Issuu on Google+

Escola Secundária com 3º Ciclo do Ensino Básico Dr. Joaquim de Carvalho 3080-210 Figueira da Foz

Telefone: 233 401 050

Fax: 233 401 059

E-mail: esjcff@mail.telepac.pt

Correcção Correcção do 3º Teste de Avaliação Avaliação de Física 12º ano, turmas turmas A+B

27 de Janeiro de 2010 Grupo I

1(A) Verdadeira (B) Verdadeira (C) Falsa (D) Falsa (E) Verdadeira (F) Falsa (G) Verdadeira (H) Falsa

2- (B), (B) (D) 3- (D) 4- (C) Grupo II 11.1.

I = ρliqVi g ⇒ I = ρagua (VA +VB )g ⇔ I = 1,0 × 103 × (250 + 20) × 10 −6 × 10 = 2,7 N 1.2.     I A + PA + TA = 0 ⇒ I A − PA − T = 0 ⇔ T = I A − PA ⇔ T = ρaguaVA g − ρmadeiraVA g ⇔ T = ( ρagua − ρmadeira )g ⇔ T = (1,0 × 103 − 6,0 × 102 ) × 250 × 10 −6 × 10 = 1,0 N

A tensão é a força que o fio exerce sobre o corpo A que tem a mesma intensidade da força que o corpo A exerce sobre o fio pois estas duas forças constituem um par acção-reacção. 1.3. A resultante das forças que actuam no sistema A+B é nula:      I I A + IB + PA + PB = 0 ⇒ I − PA − PB = 0 ⇔ PB = I − PA ⇔ mB g = I − ρmadeiraVA g ⇔ mB = − ρmadeiraVA ⇔ g 2,7 mB = − 6,0 × 10 2 × 250 × 10 −6 ⇔ mB = 0,12 kg 10 m 0,12 Densidade da liga metálica: ρB = B = = 6,0 × 103 kg m-3 VB 20 × 10 −6

Página 1 de 2


3º Teste de Física – 12º ano

2Cálculo da pressão na parte de cima do telhado (ponto B):

1 1 1 1 ρ v B 2 = pA + ρ g hA + ρ v A 2 ⇒ pB + 0 + ρ v 2 = p0 + 0 + 0 ⇔ pB = p0 − ρ v 2 2 2 2 2 1  2 Forças de pressão na parte de cima do telhado: FB = pB A =  p0 − ρ v  A 2   pB + ρ g hB +

Forças de pressão na parte de baixo do telhado (interior): F0 = p0 A

1 1   Resultante das forças de pressão: F = FA − FB = p0 A −  p0 − ρ v 2  A = ρ v 2 A 2 2   33.1.

a = an = ω 2 r =

4π 2 4π 2 r = × 7,783 × 1011 = 2,19 × 10 −4 m s-2 2 2 T (11,86 × 365,25 × 24 × 3600)

3.2.

G =

Fg M Jup

= a = an = 2,19 × 10 −4 N kg-1

3.3.

G =G

MSol G r2 2,19 × 10 −4 × (7,783 × 1011 )2 ⇔ M = ⇔ M = = 1,99 × 1030 kg Sol Sol G r2 6,67 × 10 -11

44.1.

∆Ep = −G

MT m  M m M m M m M m −  −G T  = −2G T + G T = −G T 1 r r  r r r  2

4.2.

MT m M v2 = m ⇔ v2 = G T 2 r r r M  M m 1  M ⇒ ∆E c = m  G 1 T − G T  ⇔ ∆E c = G T 2  2r r  2r

Cálculo do quadrado da velocidade orbital: Fg = man ⇔ G

∆E c =

(

1 1 1 mv f2 − mv i2 ⇔ ∆Ec = m v f2 − v i2 2 2 2

)

4.3. A energia mecânica do satélite diminui já que o aumento de energia cinética é menor do que a diminuição da energia potencial.

∆Em = ∆Ep + ∆Ec ⇒ ∆Em = −

GMT m GM T m M m + ⇔ ∆Em = −G T < 0 r 2r 2r

Página 2 de 2


3º teste - Física - 12º ano - 2009/10 - correcção