Issuu on Google+

NAP – Núcleo de Ação Pedagógica 1º ano C

A PESTE NEGRA

Carlos Henrique Chaves Giuliano Pedullà Breno Teixeira João Leal Rafael Figueiredo Maio/2012


Sumário: 1- Introdução 2- Apresentação 3- Capítulo 1: A história da peste negra 4- Capítulo 2: Agentes etológicos 5- Capítulo 3: Mapa 6- Capítulo 4: linha do tempo 7- Capítulo 5: Gráficos 8- Conclusão 9- Imagens


Introdução

Português:

A Peste Negra foi uma epidemia que espalhou-se pelo continente europeu na idade media tornando-se uma pandemia devastadora que matou cerca de vinte e cinco milhões de pessoas sendo um dos maiores desastres biológicos de toda a historia da humanidade. Neste livro iremos informar sobre esse terrível desastre mundial que atingiu a região asiática, africana e europeia principalmente.

Inglês: The Black Death was a plague that spreaded at the European continent in the middle age becoming a destructive pandemic that killed about twenty five million people being one of the biggest biological disasters of humanity history. In this book we will talk about this terrible disease that affected Asia, Africa and Europe specially.

Espanhol:

La Plaga Negro fue una epidemia que se extendió por todo el continente europeo en la Idad Media al convertirse en una pandemia devastadora que mató a cerca de veinticinco millones de personas siendo uno de los mayores desastres de toda la historia biológica e del humanidade.Neste desastre mundial terrible que sacudió la región de Asia,africanos y europeos principalmente.


APRESENTAÇÃO

Em cada capitulo deste livro iremos abordar vários tópicos sobre o tema citado anteriormente. No primeiro capitulo iremos descrever toda a historia de como a peste negra surgiu e de como ela espalhou-se rapidamente pelo continente euroasiático e pela África. Já no segundo capitulo abordaremos os agentes etiológicos da doença, ou seja, iremos caracterizar o organismo causador da doença, o modo de tratamento e como os hábitos das pessoas na época agravou a situação da mesma. No terceiro e no quarto capitulo você vai deparar-se com um mapa e uma linha do tempo relatando a expansão da peste negra e suas características. O quinto e ultimo capitulo contem três gráficos diferentes que mostram respectivamente o percentual de mortes causadas pela peste negra no mundo durante o ano de 1347,o número de mortes causado pela peste negra na Europa e como a peste negra evoluiu do ano de 1347 até o ano de 1350.


Capítulo 01: História

A peste bubônica, também conhecida como peste negra foi um dos maiores acidentes biológicos da historia, que atingiu principalmente a Europa por volta dos anos de 1347 a 1351, essa doença também afetou o continente da América do Sul, mas isso aconteceu séculos mais tarde. A Peste Negra chegou à Europa por volta dos anos de 1347 com a chegada de embarcações de comercio que vinham do Oriente, essas embarcações estavam cheias de roedores, esses ratos estavam contaminados com a bactéria Yersinia pestis e as pulgas destes roedores transmitiam a bactéria aos seres humanos através de sua picada. O nome Yersínia pestis é uma homenagem ao descobridor dessa bactéria chamado de Alexandre Yersín que pertencia ao instituto Pasteur. Originalmente a bactéria foi chamada de Pasteurella pestis Porém no ano de 1967 ela foi renomeada Yersínia pestis. A doença se espalhou pela Europa rapidamente iniciando-se na Itália em Genova no ano de 1347 e se espalhando pela França, Inglaterra, Alemanha, Espanha e Escócia respectivamente, sendo os principais lugares afetados pela doença, causando a morte de quase 25 milhões de pessoas, foram tantas mortes que já não existia mais caixões e


lugares para enterrar os mortos pois as pessoas morriam aos montes. Um exemplo disso era em Veneza na Itália, aproximadamente 600 pessoas morriam por dia. As pessoas afetadas eram esquecidas e abandonadas pelas famílias em florestas ou cidades afetadas pela Peste Negra . A doença se espalhou por vários motivos um deles era a falta de higiene, as pessoas não ligavam muito para isso, elas jogavam fezes no meio das ruas e os alimentos ficavam expostos ao ar livre correndo o risco de ser contaminado também. Aquele que estivesse contaminado poderia chegar a morrer em apenas três dias. A Peste Negra começou a ser controlada no final do século XIV, com a adoção de medidas higiênicas nas cidades medievais. Além de afetar a população diretamente, a peste negra infetou a população indiretamente também, graças a ela surgiram diversas revoltas que abalaram os países da época. As principais eram as Revoltas Camponesas que geraram a morte de vários servos. Os senhores feudais aumentaram as obrigações, fazendo os camponeses trabalharem e pagarem impostos pelos que haviam morrido, essa exploração exagerada aconteceu principalmente na França e na Inglaterra, os camponeses chegaram ate a invadir e saquear castelos . Os senhores feudais não deixaram barato e organizaram seus exércitos para combater as revoltas, mas em varias regiões da Europa os camponeses obtiveram a vitória.

A figura acima representa a quantidade absurda de pessoas que morreram vitimas da peste negra e que já não tinham mais lugares para serem enterradas.


Capítulo 02: agentes etiológicos A peste negra chegou à Europa pelos navios de comercio que vinham do oriente. Nesses navios, nos porões haviam vários ratos que estavam contaminados com a bactéria Pasteurella Pestis. Ao contrario do que se pensa os ratos não transmitem a doença, as suas pulgas transmitem. Quando os ratos morrem as pulgas vão procurar seu alimento, o sangue, em outro local. E o local que elas escolheram foi o ser humano e enquanto elas sugavam o sangue das pessoas a doença era transmitida já que as bactérias entravam no corpo pelo espaço da mordida da pulga e já dentro se multiplicava. No máximo em sete dias os sintomas da doença começam a aparecer. Os primeiros sintomas são mal-estar vômitos e febre alta. Um sintoma que também aparece são os bulbos que são bolhas azuladas formadas pela infecção de gânglios linfáticos hemorrágicos. Quando eles aparecem é um mau sinal, pois com o surgimento dos bulbos a taxa de sobrevivência é de apenas 25%. Se a doença não for tratada quando surgem sintomas pulmonares a taxa de morte é de 100% já que a medicina daquela época não era muito desenvolvida. Os sintomas pulmonares surgem quando a pessoa pega a doença via respiratória de outra pessoa que já estava infectada. Esses sintomas são tosses com sangue. Nesse tipo diferente os bulbos não aparecem. Mesmo tratada com antibióticos a taxa de mortalidade ainda é de 15%. Essa epidemia poderia ter sido muito menor, mas graças a falta de higiene das pessoas da idade media a doença se alastrou muito rapidamente já que o ambiente medieval era muito prospero para a proliferação de ratos e consequentemente de suas pulgas. Na idade media as pessoas passavam vinagre para espantar os ratos e as pulgas, tentando assim evitar a doença. Já atualmente a peste negra quase não apresenta perigo já que muito antibióticos foram descobertos e já que as pessoas da atualidade tomam banho com muito mais frequência. Antigamente as pessoas tomavam cerca de três banhos por ano, já hoje em dia o normal é a pessoa tomar 2 banhos diariamente.


capítulo 03: Mapa O mapa a seguir apresenta a eurásia e o norte da África demonstrando onde ocorreu o surgimento da doença, as principais zonas de epidemia, os pontos de difusão e as áreas de menor ocorrência.


CapĂ­tulo 04: Linha do tempo


Capítulo 05: Gráficos

Os gráficos a seguir mostram respectivamente o percentual de mortes causadas pela peste negra no mundo durante o ano de 1347,o número de mortes causado pela peste negra na Europa e como a peste negra evoluiu do ano de 1347 até o ano de 1350.

Percentual de mortes da peste negra no mundo Ano 1347

18% 4.500.000 50% 12.500.000 32% 8.000.000

China Europa outros


Números de mortes da peste negra na Europa 250.000 200.000 150.000 100.000 50.000 0 nº mortes

Portugal

Inglaterra

Itália

60.000

100.000

219.000

Evolução da peste negra na Europa - 1347 a 1350 1350,5 1350 1349,5 1349 1348,5 1348 1347,5 1347 1346,5 1346 1345,5 Itália

Inglaterra

Escócia Ano

Escandinávia


Conclusão

A Peste Negra foi o maior desastre biológico registrado na história da humanidade, ela ficou mais conhecida pelo oque ocorreu na Europa resultando a morte de quase 25 milhões de pessoas. A bactéria da Peste Negra já foi usada como arma biológica durante a primeira guerra Mundial, usada pelo exercito japonês contra civis chineses e prisioneiros de guerra na Manchúria. A Peste Negra atingiu o Oriente Médio por volta de 1300 e também afetou o continente da América do Sul no Brasil em 2000 e em 2005. Podemos concluir também que o principal fator para a peste negra ter sido tão devastadora na idade media foi a falta de higiene da população e podemos notar também como uma doença devastadora pode se espalhar tão rapidamente e para diversos locais sejam do continente de origem ou não.


Imagens:

Bactéria Yersinia pesti.

Imagem representando a falta de higiene até na hora de tomar banho.

(observada em microscópio eletrônico)

Representação da idade media na época da praga em forma de humor.


Peste Negra