Page 96

nós vós eles, vocês

somos sois são

Usarei o mesmo esquema para os demais verbos. Antes, porém, de indicar a conjugação regular dos verbos, é indispensável analisar a estrutura das suas formas. Diante de duas formas verbais como amavas e amássemos, qualquer de vocês reconhecerá, na primeira, a 2.ª pessoa do singular do imperfeito do indicativo, e na outra, a 1.ª pessoa do plural do imperfeito do subjuntivo. O que tornou possível essa identificação? A FLEXÃO, isto é, a variação que ocorre na parte final: em amavas, o -s indica a 2.ª pessoa do singular, e na sílaba -va- reconhecemos o imperfeito do indicativo da 1.ª conjugação; em amássemos é a desinência -mos que identifica a 1.ª pessoa do plural, e -sse- nos aponta o imperfeito do subjuntivo. Vou, então, sistematizar aquilo que você sabe intuitivamente, examinando os elementos que podem ocorrer numa forma verbal: 1. o RADICAL, que nos fornece a significação básica, e pode vir acompanhado de PREFIXO: amar, fazer, desfazer; cobrir, encobrir. 2. a VOGAL TEMÁTICA, característica de uma das três conjugações: -a-, para a 1.ª, -e-, para a 2.ª, -i-, para a 3.ª: estudar, aprender, partir. 3. o TEMA, que se compõe do radical, prefixo (quando houver) e vogal temática, prontinho para receber as flexões: falaste, aprendendo, ouvíssemos. 4. a CARACTERÍSTICA MODO TEMPORAL, que identifica o modo e o tempo; eis as principais: -va-, do pretérito imperfeito do indicativo da 1.ª conjugação: amávamos; -(i)a-, desse mesmo tempo, na 2.ª e 3.ª conjugações: aprendia, partiam; -ra-, do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de qualquer conjugação: caminhara, esqueceras, fugira; -re-, -rá-, -rão, do futuro do presente do indicativo: chegaremos, correrá, partirão; -ria-, do futuro do pretérito do indicativo: falaria, aprenderias, ouviriam;

Profile for Carlos Duarte

Adriano da Gama Kury - Para falar e escrever melhor o português  

oi.

Adriano da Gama Kury - Para falar e escrever melhor o português  

oi.

Advertisement