Issuu on Google+

1

_______________________________________________________________________Por Carlos Coléct

O Reino do Eterno e a Restauração de Israel

Retorno ao Plano original Parte II


2 5. Os 1.9-11 – Efraim e Judá _____________________________________________________________________________________ Esta é uma profecia muito importante para este assunto que estamos vendo, pois é citada por Paulo e Pedro nos escritos da Brit Chadasha( NT). Os 1:9

Disse o Senhor a Oséias: Põe-lhe o nome de Não-Meu-Povo, porque vós não sois meu povo, nem eu serei vosso Elohim.

Os 1:10

Todavia, o número dos filhos de Israel será como a areia do mar, que se não pode medir, nem contar; e acontecerá que, no lugar onde se lhes dizia: Vós não sois meu povo, se lhes dirá: Vós sois filhos de Elohim vivo.

Os 1:11

Os filhos de Judá e os filhos de Israel se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça, e subirão da terra, porque grande será o dia de Jezreel.

Acima, temos uma profecia de Oséias a respeito da união de Efraim e Judá sob uma só cabeça, a qual sabemos que é o Messias, constituindo assim um Corpo. Aqui, percebemos que o Corpo do Messias Yeshua, na realidade é Israel, Efraim e Judá juntos, e não uma outra Igreja. Vejamos os episódios em que Paulo e Pedro citam esta profecia. Rm 9.19-27 - Tu, porém, me dirás: De que se queixa ele ainda? Pois quem jamais resistiu à sua vontade? 20 Quem és tu, ó homem, para discutires com Elohim?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? 21 Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra? 22 Que diremos, pois, se Elohim, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, preparados para a perdição, 23 a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão, 24 os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? 25 Assim como também diz em Oséias: Chamarei povo meu ao que não era meu povo; e amada, à que não era amada ; 26 e no lugar em que se lhes disse: Vós não sois meu povo, ali mesmo serão chamados filhos do Elohim vivo. 27 Mas, relativamente a Israel, dele clama Isaías:Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo. Paulo , está falando do Plano soberano do Senhor, e que não deve ser questionado. Ele também está falando da Igreja, a qual é um povo tirado dentro os judeus e outro tirado dentre os gentios, mas quem são os gentios aqui? Fica claro que Paulo está falando de Efraim, pois logo a seguir ele cita a profecia de Oséias, a qual está se referindo a Efraim.E ele ainda conclui dizendo que os remanescente é que serão salvos, não importa se Israel será incontável como a areia do mar, somente o remanescente de Efraim e Judá é que serão salvos. Agora vamos para os escritos de Pedro: I Pe 2.9,10 - Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Elohim, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 10 vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Elohim, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia. A primeira coisa que precisamos entender, é pra quem Pedro está falando? Ele está falando para uma outra Igreja fora de Israel?


3 Bom, vejamos a quem está endereçada a carta. 1Ped 1:1

Pedro, apóstolo de Yeshua o Messias, aos eleitos que são forasteiros da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia,

1Ped 1:2

eleitos, segundo a presciência de Elohim Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Yeshua o Messias, graça e paz vos sejam multiplicadas.

Portando, a carta é endereçada à israelitas dispersos, creio que pode ser tanto os judeus quanto aqueles dispersos da casa de Efraim, mas em I Pe 2.9,10, está nítido que ele está falando do povo de Israel, pois quem mais foi chamado pelo Senhor de Sacerdócio Real ou propriedade exclusiva? Como já vimos, só um povo na terra foi chamado assim, a saber Israel.E o verso 10 , onde há a citação de Os 1.10, confirma que Pedro está endereçando as palavras aos da Casa de Efraim, ou seja, as dez tribos perdidas. 6 As dez tribos perdidas entre as nações _____________________________________________________________________________________ Há relatos históricos das dez tribos entre as nações.A seguir veremos algumas fotos comparando rituais japoneses com rituais israelitas. Japão Fig. 1

Fig. 2

Fig. 3


4

As semelhanças acima são incontestáveis.

Fig. 4

Há muito mais evidências das dez tribos espalhadas pelo mundo. Mas somente veremos mais algumas. América do Sul -

Em 1974, 31 de dezembro, Maariv, foi publicado por um jornal Israelense, um artigo muito interessante a respeito das dez tribos, ou seja, a casa de Efraim na América do Sul: Em 1587, o jesuíta Nicholas Delttsu foi enviado à América do Sul pelo rei da Espanha, a fim de converter os índios. Na Argentina, encontrou uma tribo com nomes hebraicos: Avraham, David, Moshê, etc. Quando lhes perguntou se eram circuncidados, responderam: "Sim, da mesma maneira que nossos ancestrais." Na mesma região foram encontradas facas de pedra, usadas para circuncisão. Também merecedor de interesse foi o achado de uma tribo na Argentina, relacionada aos Incas do Peru. Numa tábua de pedra estavam gravados três mandamentos: "Não roubar - Não mentir - Não matar." Eruditos concluíram que estes mandamentos originam-se dos Dez Mandamentos de Moshê, e existiam centenas de anos antes dos Espanhóis chegarem. Em 1974, na mesma área, pedras redondas foram encontradas com uma menorá hebraica (candelabro com sete braços de Israel antigo) sobre a pedra, e no lado estava escrito em aramaico: Pascha


5 (Pêssach). O aramaico é um idioma antigo que os israelitas falavam antigamente, e isso, por si só, significa muito velho. Alguns metros adiante foi encontrada uma pedra comprida no formato de um tijolo, com um entalhe de um barco (o emblema da tribo de Zevulun é um navio) com a palavra Tziporá (o nome da esposa de Moshê) escrito sobre a pedra. Isso significa que eles aqui chegaram de barco? Eruditos acreditam que o desenho tenha 3000 anos de idade. Continente africano – Gostaria de fazer uma citação de outro artigo de um jornal israelense Yedioth Ajronoth, que o publicou em 12/10/200 por Tzadok Yejezkeli.E extraído do site Visão Judaica (http://www.visaojudaica.com.br/Julho2006/artigos/16.html). Mais e mais tribos do continente africano, declaram: "Somos judeus". Os lamba na África do Sul, os ibo da Nigéria, os tutsi do Borundi dizem que são judeus. Eles seguem as prescrições da religião judaica e novas sinagogas de palha e barro, aparecem em muitos povoados africanos. O Estado de Israel os desconhece, mas dos Estados Unidos já foi enviado um Juizado Especial para convertê-los ao judaísmo. O chefe da comunidade judaica de Uganda, viajou a Jerusalém para estudar e receber o título de rabino. Israel teme uma invasão africana que possa inundar o país. A África esta passando por um processo de aproximação do judaísmo e em diversos lugares do Continente, tribos descobrem suas raízes judaicas. O fenômeno não é novo, mas a novidade está na quantidade, não se fala em comunidades de algumas centenas, porém tribos de dezenas de milhões!. A tribo lamba da África do Sul e do Zimbabwe, tem uma população de 10 milhões de pessoas e se só uma pequena parte deles declarasse que são de origem judaica, seria uma grande quantidade de pessoas. Zeler, que pertence a uma instituição judaica americana que dá apoio à tribo lamba e que criou fundos de ajuda para as instituições culturais e fortalecem o contato com o judaísmo, sustentam que neste momento se fala "só" de 100.000 pessoas. A tribo ibo, da Nigéria, tem uma população de 40 milhões de pessoas e a quarta parte deles crê que são de origem judia. Nos últimos anos, criaram-se dez novas sinagogas na Nigéria. Na tribo lamba, circuncidam os filhos varões que nascem no oitavo dia e não comem carne de porco. Também na tribo Ibo, circuncidam os filhos varões no oitavo dia de nascimento. Os membros da organização judaica americana "Kulanu", dizem: "Se há alguém que tem um contato sagrado com o judaísmo, não devemos discutir com ele, mais ainda se se comportam como judeus. Aos nossos olhos, eles são judeus". Muitos judeus americanos se emocionam ao ouvir falar destes judeus extraviados e estão dispostos a ajudá-los. Yoav Yundav (os dois nomes são hebreus) é uma figura carismática,


6 enérgica e ambiciosa de Uganda. Tem 23 filhos, "mas só dez são meus", diz "e os outros treze são adotados e a maioria deles não são judeus". Sara, que tem dez anos e é a menor de seus filhos adotados, espera ser recebida pela coletividade judaica, como membro dela. Mas isto não é tão seguro, pois a coletividade cria problemas para receber novos membros. Sara deverá demonstrar sua adesão ao judaísmo e terá que cumprir todas as prescrições da religião, leves e também as difíceis. Abraham Mugamba se recorda dos anos difíceis. "Judeu", gritavam zombando dele. Quando era menino, seus vizinhos maometanos lhe diziam: "Vocês mataram Jesus Cristo". Na época do governo de Idi Amin Dada (1972-1979), eles se viram obrigados a rezar às escondidas, as sinagogas foram fechadas e muitos judeus foram aprisionados. Como resultado dessas medidas, a comunidade judaica se encolheu, de milhares a algumas centenas. Seu pai lhe dizia: "Ainda que te matem, não deves deixar o judaísmo. Nós continuaremos sendo judeus, mesmo que isto nos custe a vida". Samy Kakongulo, lutador e líder, adotou junto com sua comunidade os costumes judeus depois de ler a Bíblia. A coletividade cuidava da Santificação do sábado, o abate dos animais, a circuncisão, a proibição dos casamentos mistos e adotaram o calendário hebreu. Coletividades judaicas no continente africano Etiópia - 17.000 / Quênia - 4.000 / Uganda 600 Nigéria - (alguns milhares) / Gana - (25 famílias) Zimbabwe - (8.000) / África do Sul - (70,000).

Índia -

Bom, ficaremos por aqui. Mas já podemos ter uma noção das evidências da Casa de Efraim entre as nações. 6.1 O Eterno congregará novamente Israel como um rebanho. _____________________________________________________________________________________ Neste ponto nos ateremos as profecias das Escrituras. E é algo muito interessante, porque podemos notar que os profetas, aqueles que falaram nem Nome do Senhor, não estavam distantes em suas profecias uns dos outros, há muita relação entre as profecias. E mais interessante que foram em épocas diferentes. E


7 aqui , podemos perceber que o Senhor instrui seus profetas pela sua Ruach(Espírito), a profetizarem, sobre um mesmo Plano. Se olharmos as escrituras, sem espiritualizarmos, ou trazendo para fundação de uma Igreja distinta de Israel, veremos um único plano do Eterno de Gênesis a Apocalipse , ou seja, o Reino de D’us andando junto com a restauração do Reino Israel. Veremos a seguir, que o próprio Yeshua veio com esta missão, ou seja, resgatar as ovelhas perdidas da casa de Israel(Efraim), unindo novamente com a casa de Judá, e assim ele dá ordem aos seus discípulos também. Ordem aos discípulos Mat 10:6

mas, de preferência, procurai as ovelhas perdidas da casa de Israel;

Declaração de Yeshua. Mat 15:24

Mas Yeshua respondeu: Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.

Um só Pastor, um só rebanho João 10:14

Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim,

João 10:15

assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas.

João 10:16

Ainda tenho outras ovelhas não deste aprisco a mim me convém conduzi-las elas ouvirão a minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor.

As ovelhas ouvem a voz do Pastor João 10:27

As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.

Acima , percebemos, que há dois apriscos, um é a casa de Judá(judeus) e outro é a casa de Efraim, cujas ovelhas o Senhor desejar agregar ao aprisco também, fazendo assim um único rebanho e um só Pastor. Yeshua não falava o que ele simplesmente queria falar, Ele tinha propósito em suas palavras. Ele certamente usou esta expressão “ ovelhas perdidas”, porque ele sabia das profecias a respeito da casa de Israel como ovelhas sem pastor no meio das nações. Ez 34.11-16 - Porque assim diz o SENHOR Elohim: Eis que eu mesmo procurarei as minhas ovelhas e as buscarei. 12 Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que encontra ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas; livrá-las-ei de todos os lugares para onde foram espalhadas no dia de nuvens e de escuridão. 13 Tirá-las-ei dos povos, e as congregarei dos diversos países, e as introduzirei na sua terra; apascentá-las-ei nos montes de Israel, junto às correntes e em todos os lugares habitados da terra. 14 Apascentá-las-ei de bons pastos, e nos altos montes de Israel será a sua pastagem; deitar-se-ão ali em boa pastagem e terão pastos bons nos montes de Israel. 15 Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas e as farei repousar, diz o SENHOR Elohim. 16 A perdida buscarei, a desgarrada tornarei a trazer, a quebrada ligarei e a enferma fortalecerei; mas a gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com justiça. Só quero fazer atenção para algo no texto acima. Prestemos atenção que quem busca as ovelhas é o Senhor e aqueles que são suas ovelhas ouvirão a sua voz, como Yeshua diz em Jo 10.27.Por entendo que a questão não é saber se sou de alguma tribo e qual tribo é, mas certamente se houve um despertar para um Retorno (Teshuvá) ao D’us de Israel e sua Torah, é porque provavelmente você ouviu a voz do seu Pastor.E isto é algo que depende muito mais da ação do Eterno do que nossa.


8 Ez 34.22,23 - eu livrarei as minhas ovelhas, para que já não sirvam de rapina, e julgarei entre ovelhas e ovelhas. 23 Suscitarei para elas um só pastor, e ele as apascentaráb; o meu servo Davi é que as apascentará; ele lhes servirá de pastor. O Texto acima tem ligação com Apocalipse: o Servo Davi é Yeshua que por sua vez é o Cordeiro que apascentará suas ovelhas. Ap 7.17 - pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentaráe e os guiará para as fontesf da água da vida. E Elohim lhes enxugará dos olhos toda lágrimag. Mq 2.12 - Certamente, te ajuntarei todo, ó Jacó; certamente, congregarei o restante de Israel; pô-los-ei todos juntos, como ovelhas no aprisco, como rebanho no meio do seu pasto; farão grande ruído, por causa da multidão dos homens. 13 Subirá diante deles o que abre caminho; eles romperão, entrarão pela porta e sairão por ela; e o seu Rei irá adiante deles; sim, o SENHOR, à sua frente. Is 60.7 - Todas as ovelhas de Quedar se reunirão junto de ti; servir-te-ão os carneiros de Nebaiote; para o meu agrado subirão ao meu altar, e eu tornarei mais gloriosa a casa da minha glória. Is 53.6 - Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. Jr 23.3,4 - Eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; serão fecundas e se multiplicarão. 4 Levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e elas jamais temerão, nem se espantarão; nem uma delas faltará, diz o SENHOR. Aqui o Senhor diz que levantará pastores que apascentem suas ovelhas, há indício de que ele estaja se referindo aos discípulos de Yeshua. Ez 36.38 - Como um rebanho de santos, o rebanho de Jerusalém nas suas festas fixas, assim as cidades desertas se encherão de rebanhos de homens; e saberão que eu sou o SENHOR. Bem, acima estão algumas referências que nos mostram Israel como ovelhas perdidas, profecias estas que Yeshua sabia muito bem. 6.2 Israel ajuntado novamente ( Efraim junto com Judá) em Jerusalém _____________________________________________________________________________________ Vejamos outras profecias a respeito do ajuntamento de Israel. Ez 28.25 - Assim diz o SENHOR Elohim: Quando eu congregar a casa de Israel dentre os povos entre os quais estão espalhados e eu me santificar entre eles, perante as nações, então, habitarão na terra que dei a meu servo, a Jacó. Is 49.5,6 - Mas agora diz o SENHOR, que me formou desde o ventre para ser seu servo, para que torne a trazer Jacó e para reunir Israel a ele, porque eu sou glorificado perante o SENHOR, e o meu Elohim é a minha força. 6 Sim, diz ele: Pouco é o seres meu servo, para restaurares as tribos de Jacó e tornares a trazer os remanescentes de Israel; também te dei como luz para os gentios

b

34.23 Ap 7.17 7.17 Sl 23.1; Ez 34.23 f 7.17 Sl 23.2 g 7.17 Is 25.8 e


9 Zc 10.6-10 - Fortalecerei a casa de Judá, e salvarei a casa de José, e fá-los-ei voltar, porque me compadeço deles; e serão como se eu não os tivera rejeitado, porque eu sou o SENHOR, seu Elohim, e os ouvirei. 7 Os de Efraim serão como um valente, e o seu coração se alegrará como pelo vinho; seus filhos o verão e se alegrarão; o seu coração se regozijará no SENHOR. 8 Eu lhes assobiarei e os ajuntarei, porque os tenho remido; multiplicar-se-ão como antes se tinham multiplicado. 9 Ainda que os espalhei por entre os povos, eles se lembram de mim em lugares remotos; viverão com seus filhos e voltarão. 10 Porque eu os farei voltar da terra do Egito e os congregarei da Assíria; trá-los-ei à terra de Gileade e do Líbano, e não se achará lugar para eles. Jr 32.37-41 - Eis que eu os congregarei de todas as terras, para onde os lancei na minha ira, no meu furor e na minha grande indignação; tornarei a trazê-los a este lugar e farei que nele habitem seguramente.38 Eles serão o meu povo, e eu serei o seu Elohim. 39 Dar-lhes-ei um só coração e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem e bem de seus filhos. 40 Farei com eles aliança eterna, segundo a qual não deixarei de lhes fazer o bem; e porei o meu temor no seu coração, para que nunca se apartem de mim. 41 Alegrar-me-ei por causa deles e lhes farei bem; plantá-los-ei firmemente nesta terra, de todo o meu coração e de toda a minha alma. Ez 20.40-42 - Porque no meu santo monte, no monte alto de Israel, diz o SENHOR Elohim, ali toda a casa de Israel me servirá, toda, naquela terra; ali me agradarei deles, ali requererei as vossas ofertas e as primícias das vossas dádivas, com todas as vossas coisas santas. 41 Agradar-me-ei de vós como de aroma suave, quando eu vos tirar dentre os povos e vos congregar das terras em que andais espalhados; e serei santificado em vós perante as nações. 42 Sabereis que eu sou o SENHOR, quando eu vos der entrada na terra de Israel, na terra que, levantando a mão, jurei dar a vossos pais. Ez 36.24 - Tomar-vos-ei de entre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra. Ez 37.21 - Dize-lhes, pois: Assim diz o SENHOR Elohim: Eis que eu tomarei os filhos de Israel de entre as nações para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei para a sua própria terra (Jerusalém) Zc 8.13;23 - E há de acontecer, ó casa de Judá, ó casa de Israel, que, assim como fostes maldição entre as nações, assim vos salvarei, e sereis bênção; não temais, e sejam fortes as vossas mãos. Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Naquele dia, sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla da veste de um judeu(tsitsit) e lhe dirão: Iremos convosco, porque temos ouvido que Elohim está convosco. Neste verso, há algo muito lindo, pois os dez homens representam as dez tribos do reino do Norte, ou seja, a casa de Efraim que se perderam entre as nações, e esta pega na orla da veste de um judeu, o que nada mais é um tsisit, ou seja, as franjas, que simbolizam a Torah. Portanto, este texto nos mostra a casa de Efraim retornando a Torah do Eterno. Muito lindo e maravilhoso. Am 9.9-15 - Porque eis que darei ordens e sacudirei a casa de Israel entre todas as nações, assim como se sacode trigo no crivo, sem que caia na terra um só grão. 10 Todos os pecadores do meu povo morrerão à espada, os quais dizem: O mal não nos alcançará, nem nos encontrará.11 Naquele dia, levantarei o tabernáculo caído de Davi, repararei as suas brechas; e, levantando-o das suas ruínas, restaurá-lo-ei como fora nos dias da antiguidade; 12 para que possuam o restante de Edom e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o SENHOR, que faz estas coisas.a13 Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que o a

9.11-12 At 15.16-18


10 que lavra segue logo ao que ceifa, e o que pisa as uvas, ao que lança a semente; os montes destilarão mosto, e todos os outeiros se derreterão. 14 Mudarei a sorte do meu povo de Israel; reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão, plantarão vinhas e beberão o seu vinho, farão pomares e lhes comerão o fruto. 15 Plantá-los-ei na sua terra, e, dessa terra que lhes dei, já não serão arrancados, diz o SENHOR, teu Elohim. Esta profecia é citada no Concilio de Jerusalém por Tiago em At 15 .16-18. O contexto é quando chegam até a Beit Din dos nazarenos questionamentos a respeito da entrada dos Gentios. O que eles deveriam fazer a respeito deles. Enfim, e então Tiago cita esta profecia, pois o que estava acontecendo ali era o cumprimento dela, ou seja, os gentios, os restantes de Edon estavam sendo possuídos, mas precisamos prestar a tenção que em Amós em nenhum momento está falando de outra nação, mas está claramente falando da restauração da nação de Israel. At 15.16-18 - Cumpridas estas coisas, voltarei e reedificarei o tabernáculo caído de Davi; e, levantando-o de suas ruínas, restaurá-lo-ei.17 Para que os demais homens busquem o Senhor, e também todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome,18 diz o Senhor, que faz estas coisas conhecidas desde séculos.e Efraim e Judá juntas Os 1.11 - Os filhos de Judá e os filhos de Israel se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça(Yeshua), e subirão da terra, porque grande será o dia de Jezreel. Jr 3.17,18 - Naquele tempo, chamarão a Jerusalém de Trono do SENHOR; nela se reunirão todas as nações em nome do SENHOR e já não andarão segundo a dureza do seu coração maligno. 18 Naqueles dias, andará a casa de Judá com a casa de Israel, e virão juntas da terra do Norte para a terra que dei em herança a vossos pais. Is 11.12,13 - Levantará um estandarte para as nações, ajuntará os desterrados de Israel e os dispersos de Judá recolherá desde os quatro confins da terra. 13 Afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá serão eliminados; Efraim não invejará a Judá, e Judá não oprimirá a Efraim. Podemos observar acima, que a casa de Efraim é colocada como sem terra, ou seja, desterrada, enquanto a casa de Judá, tem a terra, mas também foi dispersa entre as nações. E esta dispersão ocorreu depois de Efraim, ou seja, começou com a destruição de Jerusalém e o Templo por Tito e Vespasiano em 70 d.C e continua em 135 d.C, com a revolta de Bar Kochba, onde os judeus foram proibidos de entrarem em Jerusalém e também foram vendidos como escravos para outras regiões. E acabou-se então ocorrendo a diáspora. Judeus foram habitar na Espanha, na península Ibérica, e como sabemos ocorreu a inquisição na idade Média, tendo assim muita perseguição aos judeus, e sendo inevitável ainda mais a dispersão dos judeus pelas nações. Muitos vieram para o Brasil, e também acabaram de algum modo perdendo a identidade judaica, não tanto quanto Efraim.E esses são os chamados Maranos, os conversos a força pela inquisição ao Cristianismo católico. Vemos esta dispersão na segunda guerra mundial, onde judeus fugiam da Europa, mas ainda sim permaneciam com a Torah, ainda que só por tradição. Mas todos estes o Eterno reunirá novamente, tanto Efraim quanto Judá. Ez 37.16-28 - Tu, pois, ó filho do homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Para Judá e para os filhos de Israel, seus companheiros; depois, toma outro pedaço de madeira e escreve nele: Para José, pedaço de madeira de Efraim, e para toda a casa de Israel, seus companheiros. 17 Ajunta-os um ao outro, e

15.16-18 Am 9.11-12


11 faze deles um só pedaço, para que se tornem apenas um na tua mão. 18 Quando te falarem os filhos do teu povo, dizendo: Não nos revelarás o que significam estas coisas? 19 Tu lhes dirás: Assim diz o SENHOR Elohim: Eis que tomarei o pedaço de madeira de José, que esteve na mão de Efraim, e das tribos de Israel, suas companheiras, e o ajuntarei ao pedaço de Judá, e farei deles um só pedaço, e se tornarão apenas um na minha mão. 20 Os pedaços de madeira em que houveres escrito estarão na tua mão, perante eles. 21 Dize-lhes, pois: Assim diz o SENHOR Elohim: Eis que eu tomarei os filhos de Israel de entre as nações para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei para a sua própria terra. 22 Farei deles uma só nação na terra, nos montes de Israel, e um só rei será rei de todos eles. Nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos. 23 Nunca mais se contaminarão com os seus ídolos, nem com as suas abominações, nem com qualquer das suas transgressões; livrá-los-ei de todas as suas apostasias em que pecaram e os purificarei. Assim, eles serão o meu povo, e eu serei o seu Elohim. 24 O meu servo Davib reinará sobre eles; todos eles terão um só pastor, andarão nos meus juízos, guardarão os meus estatutos e os observarão. 25 Habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, na qual vossos pais habitaram; habitarão nela, eles e seus filhos e os filhos de seus filhos, para sempre; e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente. 26 Farei com eles aliança de paz; será aliança perpétua. Estabelecê-los-ei, e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles, para sempre. 27 O meu tabernáculoc estará com eles; eu serei o seu Elohim, e eles serão o meu povo. 28 As nações saberão que eu sou o SENHOR que santifico a Israel, quando o meu santuário estiver para sempre no meio deles. Este texto dispensa comentários. O Eterno declara que restaurará a aliança com a cada de Israel e com a casa de Judá, e esta restauração se dá por meio do sangue de Yeshua.Portanto o sangue de Yeshua é para restaurar a aliança com a casa de Efraim e a casa de Judá, para as fazerem uma só novamente, onde a Torah é gravada no entendimento e no coração. Jr 31.31 - Eis aí vêm dias, diz o SENHOR, em que firmarei nova aliançad com a casa de Israel e com a casa de Judá. Hb 8.8 - Eis aí vêm dias, diz o Senhor, e firmarei nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá, 7. A Teshuvá (Retorno)de Efraim e Judá _____________________________________________________________________________________ A seguir veremos uma das profecias mais lindas a respeito da Teshuvá, do retorno de Efraim e Judá ao Eterno. Os 5.13- 15 - Quando Efraim viu a sua enfermidade, e Judá, a sua chaga, subiu Efraim à Assíria e se dirigiu ao rei principal, que o acudisse; mas ele não poderá curá-los, nem sarar a sua chaga. 14 Porque para Efraim serei como um leão e como um leãozinho, para a casa de Judá; eu, eu mesmo, os despedaçarei e ir-me-ei embora; arrebatá-los-ei, e não haverá quem os livre. 15 Irei e voltarei para o meu lugar, até que se reconheçam culpados e busquem a minha face; estando eles angustiados, cedo me buscarão, dizendo: Os 6.1-3 - 1 Vinde, e tornemos(teshuvá) para o SENHOR, porque ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará. 2 Depois de dois dias, nos revigorará; ao terceiro dia, nos levantaráa, e viveremos diante b

37.24 Ez 34.24 37.27 2Co 6.16; Ap 21.3 d 31.31 Mt 26.28; Mc 14.24; Lc 22.20; 1Co 11.25; 2Co 3.6 a 6.2 Lc 24.46; 1Co 15.4 c


12 dele. 3 Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. A profecia acima é muito linda, pois reflete o retorno de Efraim e Judá nos dias atuais. Yeshua diz que voltará quando houvesse busca por sua face e um reconhecimento, ou seja, um arrependimento da culpa. Podemos notar que esta busca ocorrerá de madrugada, e madrugada fala da ocasião em que todos dormem, e dormir na escrituras diz respeito a uma situação de apostasia. Portanto no tempo da apostasia, Efraim e Judá, dirão : “Vinde , façamos teshuvá ao Senhor, retornemos para Ele.” Algo mais lindo ainda , é que este retorno começa depois de dois dias. O texto fala que o Senhor despedaçará Judá, este fato, pode dizer respeito a destruição de Jerusalém em 70 d.C. Há quem diga que estes dois dias se refere a depois do tempo de Yeshua na terra até sua morte. Mas a questão é que está praticamente na mesma época. Então, como sabemos que pelas Escrituras podemos tomar os dois dias como uma figura simbólica para se referir a dois mil anos , pois um dia é como mil anos e mil anos como um dia. Se pensarmos desta maneira, e creio profundamente nisto, pois há evidências do cumprimento desta profecia. Pois bem, estamos vivendo os dois mil anos após a vinda de Yeshua e a destruição de Jerusalém. Estamos vivendo na época do começo da Teshuvá, do retorno de Efraim e Judá ao Eterno. Efraim está retornando a Torah e Judá retornando ao Messias Yeshua.Há evidências concretas de retorno de Efraim e também de Judeus(Este retorno pode ser visto claramente através dos Maranos e Sefaraditas) E no terceiro dia, ou seja, no milênio, o povo do Eterno ressuscitará , Yeshua voltará, e viveremos juntos no monte do Senhor(Sião). E nesta ocasião de Retorno e Teshuvá, aqueles que estão entendendo esta volta a Torah e ao Messias, teem um papel extremamente importante , assim como o tinham os discípulos de Yeshua, pois eles tinham o testemunho de Yeshua, ou seja, o Messias, e também tinham a Torah, guardavam os mandamentos. E estes que estão sendo restaurados, entram nesta missão de conexão entre Efraim e Judá. 8. Parábolas de Yeshua relacionadas a Efraim e Judá _____________________________________________________________________________________ Vemos nos ensinos de Yeshua, que Ele contou algumas parábolas, que por não termos o entendimento deste plano do Senhor sobre a restauração das duas casas de Israel, acabamos dando sentido a elas que nos distanciam de algo mais real e concreto.Não que as demais interpretações sejam erradas, mas creio que a interpretação que veremos a seguir esteja em concordância com aquilo que Yeshua tinha em mente. Parábola do Filho Pródigo Lc 15.11-32 - Continuou: Certo homem tinha dois filhos; 12 o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me cabe. E ele lhes repartiu os haveres. 13 Passados não muitos dias, o filho mais moço, ajuntando tudo o que era seu, partiu para uma terra distante e lá dissipou todos os seus bens, vivendo dissolutamente. 14 Depois de ter consumido tudo, sobreveio àquele país uma grande fome, e ele começou a passar necessidade. 15 Então, ele foi e se agregou a um dos cidadãos daquela terra, e este o mandou para os seus campos a guardar porcos. 16 Ali, desejava ele fartar-se das alfarrobas que os porcos comiam; mas ninguém lhe dava nada. 17 Então, caindo em si, disse: Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome! 18 Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; 19 já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores. 20 E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou. 21 E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. 22 O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a


13 melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; 23 trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, 24 porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. E começaram a regozijar-se. 25 Ora, o filho mais velho estivera no campo; e, quando voltava, ao aproximar-se da casa, ouviu a música e as danças. 26 Chamou um dos criados e perguntou-lhe que era aquilo. 27 E ele informou: Veio teu irmão, e teu pai mandou matar o novilho cevado, porque o recuperou com saúde. 28 Ele se indignou e não queria entrar; saindo, porém, o pai, procurava conciliá-lo. 29 Mas ele respondeu a seu pai: Há tantos anos que te sirvo sem jamais transgredir uma ordem tua, e nunca me deste um cabrito sequer para alegrar-me com os meus amigos; 30 vindo, porém, esse teu filho, que desperdiçou os teus bens com meretrizes, tu mandaste matar para ele o novilho cevado. 31 Então, lhe respondeu o pai: Meu filho, tu sempre estás comigo; tudo o que é meu é teu. 32 Entretanto, era preciso que nos regozijássemos e nos alegrássemos, porque esse teu irmão estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. É impressionante como esta parábola nos mostra uma analogia entre Efraim e Judá. Vejamos: Um homem tinha dois filhos. Quem são os dois filhos? A Resposta é: Judá e Efraim. Efraim é o mais moço e Judá o mais velho. Efraim, o mais moço sai de casa e vai viver dissolutamente. Mas chega um dia que Ele se arrepende e volta para a casa do Pai e para junto de seu irmão. O pai se alegra quando Efraim retorna, pois estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. O irmão mais velho Judá, não gostou, pois se sentiu injustiçado, pois repare que ele fala “ jamais transgredi uma ordem tua”, isto pode nos mostrar a obediência de Judá a Torah, o que Judá quis dizer é que ele não transgrediu a Torah, enquanto Efraim deixou a Torah.Mas o Pai diz para Judá que eles sempre estavam juntos em aliança, Judá poderia ter se alegrado também quando quisesse, porém estava mais preocupado com o Serviço que talvez estivesse sendo realizado mais por tradição do que por prazer. E o Pai conclui que era preciso se alegrar naquele momento. Outro ponto que podemos observar, é que parece que Yeshua cria esta parábola baseando-se em Isaías 11.12,13. Is 11.12,13 - Levantará um estandarte para as nações, ajuntará os desterrados de Israel e os dispersos de Judá recolherá desde os quatro confins da terra. 13 Afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá serão eliminados; Efraim não invejará a Judá, e Judá não oprimirá(demostrará hosjtilidade) a Efraim. No final do verso 13, temos Efraim não invejando mais Judá e Judá não oprimindo mais Efraim. Se repararmos , veremos que faz muito sentido com a parábola do filho pródigo, pois em um determinado momento Efraim invejou Judá que estava na casa do pai como um trabalhador tendo do bom e o do melhor, e por sua vez Judá oprimiu, esta palavra no hebraico tem o sentido de “demonstrar hostilidade”, e foi isso que Judá fez em relação ao seu irmão mais novo, ele foi hostil. Mas segundo a profecia de Isaías, chegará o dia que isto não acontecerá mais. Parábola do bom samaritano Lc 10.25-37 - E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Yeshua à prova e disse-lhe: Mestre, que farei para herdar a vida eterna? 26 Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? 27 A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Elohim, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e:Amarás o teu próximo como a ti mesmom . m

10.27 Dt 6.5; Lv 19.18


14 28

Então, Yeshua lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverásn.o 29 Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Yeshua: Quem é o meu próximo? 30 Yeshua prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. 31 Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo. 32 Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo. 33 Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. 34 E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. 35 No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar. 36 Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? 37 Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo. A parábola acima surge de um questionamento de um Judeu sobre quem seria o seu próximo. Yeshua então fala de certo homem que desce de Jerusalém, provavelmente um judeu, ou seja, da casa de Judá, este é roubado e deixado como morto, então alguns passam por ele sem o ajudá-lo, mas um certo samaritano, isto é, um da casa de Efraim, passa por ele e o ajuda. Yeshua devolve a pergunta para o interprete da lei, e este responde dizendo que o próximo é o samaritano que usou de misericórdia para com o provável judeu, e Yeshua diz “ vai e faze o mesmo”. Entendo que Yeshua estava falando sobre a casa de Judá ter compaixão e usar de misericórdia com a casa de Efraim do mesmo modo que Efraim fez para com o Judeu. Nisso estaria amando o sei próximo.

(Continua parte III)

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com

n o

10.28 Lv 18.5 10.25-28 Mt 22.35-40; Mc 12.28-34


O Reino do Eterno e a Restauração de Israel -PARTE II