Issuu on Google+

1

_______________________________________________________________________Por Carlos ColĂŠct

Gerado na Cegueira


2 1. Gerado na cegueira _____________________________________________________________________________________ “Yeshua ia caminhando quando viu um homem que tinha nascido cego “ Jo 9.1

Falaremos neste breve texto sobre o episódio ocorrido no Capitulo 9 de João, onde Yeshua no meio do caminho vê um cego de nascença, ou seja , uma homem que havia sido gerado na cegueira.Particularmente creio que o Espírito através desta passagem tem muito para nos revelar. 1)A primeira coisa que observo é quando os discípulos perguntam para Yeshua quem pecou, “se ele mesmo ou seus pais?”.Entendo aqui que há uma questão geracional, isto é, se a geração presente pecou ou a geração passada, então Yeshua diz que nenhum,pois a questão não era quem errou, mas foi assim para que se tornassem visíveis as obras de Deus, ou seja para que outros pudessem ver.Yeshua iria mostrar algo por meio daquele homem.(Jo 9.3).Jesus por meio da geração presente deseja mostrar aos pais e aos opositores o que está causando a cegueira em ambos. Yeshua continua dizendo que estas obras só poderiam ser feitas durante o dia, enquanto é possível, enquanto há luz, isto é, no tempo oportuno para isso, pois a noite vem quando o trabalho cessa e não é mais possível e Ele conclui dizendo que enquanto Ele estiver no mundo , Ele é a luz do mundo.Portando, o tempo que Ele estivesse no mundo , haveria dia, e estas obras seriam visíveis. Entendo que essas obras significam a reconciliação(sentido sintetizado) com o Pai, enfim, tudo o que a morte e ressurreição de Cristo representam.Que possamos deixar Jesus estar em nossas vidas para que haja dia, e assim as obras do Pai sejam visíveis, pois se Ele não estiver, não haverá Luz e consequentemente não haverá a manifestação da ação do Pai.O tempo oportuno para vermos é quando Yeshua está posicionado em nós. Vem-me agora um questionamento para nossa reflexão: Será que Yeshua tem estado em nós ou temos vivido na noite onde não podemos ver a realização da obra daquele que o Enviou, assim como os farizeus com os quais Yeshua estava falando naquela ocasião não viam? Trazendo para o âmbito pessoal, tem alguma área em minha vida que tem estado noite, e não tem sido visível a obra reconciliadora do Pai? Convide Cristo para estar posicionado nesta area, para que haja dia. VISÃO YESHUA DIA Obras do Pai Posicionado em nós

Tempo oportuno

Reconciliação , redenção...

2)Depois que Yeshua diz que é a Luz do mundo, Ele então começa a fazer uma representação para mostrar o que estava cegando e trazendo escuridão. “ Tendo dito isso, cuspiu na terra, e, com a saliva, fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. c”1 E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo. d2 Jo 9.6,7 Primeiramente, note que só houve a restauração da visão após o Homem cego se lavar no tanque.Sendo assim, creio que Yeshua quis mostrar algo com o ato de cuspir na terra e fazer o lodo e coloca-lo nos olhos

1 2

Sociedade Bíblica do Brasil: Bíblia De Estudo Almeida Revista E Corrigida. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. Jo 9:6 Sociedade Bíblica do Brasil: Bíblia De Estudo Almeida Revista E Corrigida. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. Jo 9:7


3 do cego.Entendo que Ele mostrou o que estava cegando.Primeiro Jesus mostrou ,depois disse para se lavar daquilo que estava em seus olhos. - Vejo que a saliva tem uma representação do Divino, pois a saliva é de Cristo, e a terra tem um sentido do terreno e do humano corrompido. A palavra “terra” no original é “chomai” talvez da raiz de “chasma” pela idéia de uma fenda no chão3. A terra e o humano não são algo ruim, pois foi Elohim quem fez, e Elohim viu que era bom.O ruim é a corrupção que ocorreu.Portanto creio que aqui Yeshua misturou o Divino com uma terra partida, ou seja, com um humano alterado da forma original e assim colocou nos olhos do cego para dizer que o que estava gerando a cegueira era uma visão misturada, isto é, uma visão impura.Um cão de raça pura, por exemplo,quando cruza com outra raça deixa de ser um cão de raçã pura, assim é a nossão visão quando cruzamos com outra.Deixa de ser pura.(ver Cl 3.5-11 > natureza terrena ) - Terra fendida é uma terra seca Saliva Divino

Terra fendida Terreno/ humano Corrompido

Visão Corrompida/ Misturada

Antes de continuarmos com o texto gostaria de abrir um parêntese sobre a vida que este homem vivia, pois creio que se relaciona conosco nos dias de hoje. Segundo os relatos no verso 8 das pessoas que o conheciam, ele era um homem que vivia assentado e mendigando. Vamos um pouco mais a fundo nos sentidos dessas palavras. a) Assentado: nos passa a idéia de comodismo e de uma posição passiva. b) Mendigando: Mendigo no grego é “tuphlos” que é mentalmente cego e vem de “tuphloo” que significa cego pelo orgulho, arrogância, convencimento, ou seja ele estava convencido daquela situação.E pela lógica o mendigo é uma pessoa que pede esmolas e esta ação é “prosaiteo” que tem o sentido de aproximar-se de alguém com suplicas. E quando alguém suplica por esmolas, ela pede por qualquer coisa.Esmola_ no latin é “eleemosyne”, que significa “aquilo que se dá aos pobres”.Ele estava convencido da posição de pobre.A esmola não muda a situação c) Pobre : -“ptochos” que em um de seus significados é “impotente para realizar um objetivo e esta palavra vem de “ptosso” que é rastejar.

Portanto este homem estava passivo diante da sua cegueira mental , rastejando e convencido de sua pobreza, pedindo assim por qualquer coisa.Talvez seja este o nosso estado e nossa condição como povo de D-us.

Bom, fechando o parêntese, a ordem de Yeshua foi para ele se lavar no tanque de Siloé. Siloé significa Enviado, o cego deveria assim lavar-se no próprio Yeshua, em quem Ele era e em seus ensinamentos, pois isto iria trazer a ele a visão. 3

Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. H8679


4 O tanque de Siloé ficava em lugar baixo, sendo assim precisava-se descer até ele por meio de escadas e para lavar-se nele era preciso curvar-se ou ficar de joelhos.Portanto, entendo que a primeira ação é curvar-se, vejo aqui contrastando com o orgulho que cega. (convencimento), reconhecendo que precisa se lavar. Colocando o reconhecimento no lugar do convencimento. Um outro ponto interessante é que a nascente do tanque é o Giom(irromper, surgir) e este rio sai do Éden(Gn 2.13) que quer dizer “prazer, luxo, coisas delicadas, delícia, finuras e procede de “Adan” que significa viver em regalias, deliciar-se e tudo isto está ligado com satisfação, descanso e contentamento. Yeshua aponta para o Éden , para tudo aquilo que Dus é, e tudo aquilo que fomos criados para ser.(a origem). Deixar a “entropia” e receber novamente a potência do Reino de D’us.(Igor Miguel)* ÉDEN SILOÉ Enviado- Yeshua.

GIOM

Origem-descansoprazer, Tudo aquilo que fomos criados para ser.

Após lavar-se, o homem foi indagado de que como ele agora via?.Então, ele lhes falou o que Yeshua havia feito e conclui dizendo “ fui, lavei-me e vi”.Percebo aqui um caminho para se percorrer. 1)FUI – nos mostra sair do estado passivo para um ativo, levantar-se e ir em direção a algo. 2)LAVEI-ME – como já foi dito, demonstra um curvar-se, um reconhecimento da necessidade de ver. 3)Vi – olhar por uma perspectiva diferente, perceber coisas nunca antes percebidas. Que possamos percorrer este caminho. 2. Cuidemos para não voltarmos a condição de cegos por falta do que é principal _____________________________________________________________________________________ Outro contexto de cegueira , mas agora não alguém que é cego de nascença e sim alguém que pode se tornar cego se não voltar a posição de fidelidade a Cristo, isto é, à posição de discípulo.Creio que este texto pode também ser um alerta tanto para aqueles que voltaram a condição de cegueira,quanto para aqueles que não perderam a visão, mas estão sujeitos a perderem. Em apocalipse 2 nos fala de uma carta escrita a igreja de Efeso.E entendo que esta carta faz muito sentido para nós como igreja nos dias de hoje. Neste breve texto vamos fazer um paralelo entre Apocalipse e o livro de Efésios, e que tudo o que for falado seja ligado com a nossa situação como Igreja, ou até mesmo com a situação individual. _______ * resumidamente: antes da queda havia 100% de uso da capacidade de trabalho(avodá), após a queda surgiu o “ suor” (..com suor trabalharás...), o que indica perda de energia(entropia).No Reino de D’us, recebemos novamente o poder(dunamis) e retomamos a potência, a capacidade.


5 Bem, a Igreja de Éfeso realizava muitas obras, pelo que vemos no verso 2 o Senhor falando que conhecia as suas obras, o seu trabalho, sua perseverança, enfim.Este verbo “conhecer” pode ser melhor traduzido como sendo “ver” e está no tempo perfeito, ou seja, uma ação que foi realizada de uma vez por todas, sem a necessidade de ser repedida.Portando creio que o Senhor estava dizendo que via todas as suas obras e que não precisava mais ver, pois eram inquestionáveis.Era fato de que existia perseverança e trabalho. Porém, havia uma queixa que era o abandono, a negligência do primeiro amor, isto é, do amor ou compromisso principal. A palavra “primeiro” no grego é “protos” que ao meu ver seria melhor colocada como “principal”, ou seja,algo que é essencial, fundamental, que está em primeiro lugar .Se fazia muito , mas sem o principal.Vejamos algo, se eu sou casado e negligencio o amor pela minha esposa, estou deixando o compromisso que tenho com ela e assim automaticamente me tornando infiel e deixando aquilo que é fundamental para um bom relacionamento. Creio que Éfeso tinha uma tendência a cair no engano de colocar as obras em um lugar muito elevado, negligenciando o amor , a graça e a fé.Pois Paulo fala aos efésios em Ef 2.8,9 que a salvação não vem de obras, mas sim pela graça por meio da fidelidade. Dando seqüência, há em Ap 2.5 uma ordem no imperativo:” lembra-te de onde caíste”.Esta palavra “caíste” significa “cair de um lugar onde não se pode permanecer”.Portanto há uma ordenança para trazer a memória o local onde ela não permaneceu, e assim se arrepender, mudar a maneira de pensar gerando uma nova ação e um retorno a pratica das obras que eram principais.Vejo que quando O Senhor fala “praticar”, Ele está querendo dizer que era algo que ela, a igreja, já sabia e conhecia, mas que faltava apenas colocar em pratica. Quais obras? Já que era uma igreja que realizava muito. Vamos ver o que Paulo escreve a igreja de Éfeso no livro de Efésios 1.15. “Pelo que, ouvindo eu também a fé que entre vós há no Senhor Yeshua e a vosso amor para com todos os santos, d4 “ Neste verso Paulo fala que havia naquela igreja, fé no Senhor e amor para com os Santos.Esta palavra Fé no pensamento hebraico é melhor traduzida por fidelidade.Portanto havia um fidelidade no Senhor e amor. Entendo que a obra que deveria ser praticada novamente é o amor para com os santos e a fidelidade no Senhor.A qual eles deixaram por causa das obras. E como conseqüência se esta obra não voltar a ser realizada, O Eterno diz que removerá o seu candeeiro.Creio que candeeiro fala de luz, revelação, entendimento.E se voltarmos para o livro de Éfeso, veremos que eles tinha os olhos do seu entendimento iluminados. “Peço que Elohim abra a mente de vocês para que vejam a luz dele e conheçam a esperança para a qual ele os chamou. E também para que saibam como são maravilhosas as bênçãos que ele prometeu ao seu povo 19 e como é grande o seu poder que age em nós, os que cremos nele (Ef 2.18,19)

A igreja de Éfeso tinha muita revelação sobre o Corpo de Cristo, sobre a unidade, o amor. Trazendo tudo isto para nós, compreendo que se não houver arrependimento , a revelação do Messias será removida, não haverá luz com relação ao nosso chamado , nossa herança e ao poder Dele que age em nós. Será que temos perdido o entendimento sobre todas essas questões? 4

Sociedade Bíblica do Brasil: Bíblia De Estudo Almeida Revista E Corrigida. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. Ef 1:15


6

Hoje as congregações teem falado em fazer, mas não podemos nos esquecer e negligenciar o que é fundamental ou aquilo que é o principal.Precisamos voltar a sermos fiéis ao Eterno e à vivermos o amor para com os santos.Precisamos voltar aos ensinamentos do Mesias, a sermos fiéis, isto é, idênticos a Ele. Que possamos ter novamente a revelação do Messias, do nosso chamado , da nossa herança e do Seu Poder que Age em nós.

Amor fundamental Obras Principais

Amor para com os santos

Fidelidade no Senhor Revelação Luz

- ddo Messias - de nosso chamado - da herança - e de seu poder

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


GERADO NA CEGUEIRA