Page 1

1

_______________________________________________________________________Por Carlos ColĂŠct

Conhecimento e

Entendimento


2 1. Introdução – guardar os mandamentos é o conhecimento essencial _____________________________________________________________________________________ Neste texto abordaremos sobre o tema “conhecimento”, o qual gera entendimento, mas antes de iniciarmos propriamente nesse tema, creio que precisamos compreender algo, e esse algo é que para se andar com o Eterno de Israel não é necessário muitos estudos aprofundados, muitas revelações da língua hebraica, ou muito conhecimento de informações, isto pode ajudar a ampliar alguns entendimentos, porém para se andar com o Eterno basta temê-lo e guardar os seus mandamentos em Yeshua, assim vemos a caminhada do Povo de Israel, e um dia Josué instrui os filhos de Israel assim: Jos 22:5

Tende cuidado, porém, de guardar com diligência o mandamento e a lei que Moisés, servo do Senhor, vos ordenou: que ameis o Senhor, vosso Elohim, andeis em todos os seus caminhos, guardeis os seus mandamentos, e vos achegueis a ele, e o sirvais de todo o vosso coração e de toda a vossa alma.

Portanto, para se andar no caminho do Eterno, é necessário conhecer e viver os mandamentos e a Torah do Eterno em Yeshua.Josué não disse ao Povo: “ tende cuidado de estudarem bastante a Torah”, ele disse: “ tende cuidado de guardar diligentemente a Torah”, nisto conhecemos o caminho do Eterno, e andamos com Ele, e adquirimos a Sua Vida. Lev 18:5

Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; cumprindo-os, o homem viverá por eles. Eu sou o Senhor

Dt 6.24,25 - O SENHOR nos ordenou cumpríssemos todos estes estatutos e temêssemos o SENHOR, nosso Elohim, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como tem feito até hoje. 25 Será por nós justiça, quando tivermos cuidado de cumprir todos estes mandamentos perante o SENHOR, nosso Elohim, como nos tem ordenado. Andar no Caminho do Eterno é andar na Sua Torah, guardar os seus mandamentos estatutos e juízos. Deut 5:33

Andareis em todo o caminho que vos manda o Senhor, vosso Elohim, para que vivais, bem vos suceda, e prolongueis os dias na terra que haveis de possuir.

Deut 8:6

Guarda os mandamentos do Senhor, teu Elohim, para andares nos seus caminhos e o temeres;

Cumprindo os mandamentos do Eterno, passamos a viver a sua justiça e andar com Ele. 1.1 O conhecimento histórico e lingüístico é necessário nos dias de hoje _____________________________________________________________________________________ No entanto, o tempo em que hoje vivemos é diferente em alguns aspectos do tempo em que Israel caminhou até Canaã, o tempo de hoje recebeu muitas influências de Roma e Grécia , portanto, é um tempo que carrega muitos enganos e acréscimos do homem com relação ao Eterno de ISRAEL e Suas Escrituras. E sendo assim, neste tempo se faz necessário estudos mais aprofundados , históricos e linguisticos, para desfazer alguns enganos que ocorreram na história e na interpretação lingüística das Escrituras.Mas quando se sai dos enganos, é como sair da rebentação das ondas e chegar em alto mar.Os estudos mais


3 aprofundados e detalhados são necessários para a saída do contexto de engano,mas quando se sai e entra no contexto correto do Eterno e das Escrituras, não se precisa de muito. Mas para aquele que hoje quer guardar os mandamentos do Eterno e a Torah, e que vem de um contexto de fora de Israel, é preciso mais esforço no estudo, pois está envolvido em muitas misturas, o que já é um pouco diferente de um judeu que nasceu judeu e aprendeu desde criança a Torah, ele já está nesse contexto e não tem muita dificuldade para entender certos mandamentos. Mas enfim, um dia Salomão sintetizou, e Yeshua também declara algo parecido ao ser questionado o que era necessário para entrar na vida: Salomão: Ec 12.14 - De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme ao Eterno e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de TODO HOMEM. 14 Porque o Eterno há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más. Yeshua : Mat 19:17

Respondeu-lhe Yeshua: Por que me perguntas acerca do que é bom? Bom só existe um. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.

O conhecimento do Eterno vem por guardar os seus mandamentos. 1 Jo 2.3-4 - Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos. 4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. 1.2 O estudo não está excluido, mas o estudo mais detalhado e específico não é para todos _____________________________________________________________________________________ Bom, precisamos ter em mente que por mais que andar ou caminhar com o Eterno não necessite de muitos estudos aprofundados, isto não isenta o estudo, a meditação e o examinar as Escrituras. Jos 1:8

Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bemsucedido.

Todos nós temos a responsabilidade de adquirirmos conhecimentos lendo e observando as Escrituras, porém, há alguns que o Eterno estabelece pelo seu poder para serem instrutores para o povo, estes são dotados com maior habilidade e capacidade para buscarem um conhecimento mais aprofundado para auxiliar na caminhada do povo, mas não são todos do povo que possuem essa habilidade para adquirir conhecimentos por meio de estudos mais detalhados, e nisso pode ser que alguém constrangido a ser um estudioso não tendo essa vocação, se sinta frustrado por não conseguir exercer essa função. Vejamos que na comunidade do 1º séc , haviam aqueles que ensinavam, ou seja, estavam em uma posição de instrutores, e o próprio Yeshua ensina, e muitos se admiravam de seu conhecimento, Paulo ensinava as comunidades, vemos isso em suas cartas, enfim, o Eterno estabeleceu “mestres”. At 15.35 - Paulo e Barnabé demoraram-se em Antioquia, ensinando e pregando, com muitos outros, a palavra do Senhor.


4

Portanto é importante entendermos isso, mas lembrando que ninguém está isento do conhecimento por meio do meditar, da leitura, da observação, pois isto traz entendimento e revelação, porém torno a dizer que nem todos são ou se tornarão doutores no conhecimento, e para estes que não são ou não se tornarão doutores no conhecimento, o Eterno estabelece aqueles que os ajudarão, mas não por constrangimento ou imposição, e sim para mostrar um caminho, pois cada um deve ser capaz de julgar por si mesmo o que recebe de informação, saber discernir a Voz do Eterno dentro de si. 1.4 O homem passa conhecimento e informação, mas o entendimento não vem do Homem _____________________________________________________________________________________ Shaul(Paulo) fala algo interessante aos gálatas, onde ele mostra que o que ele recebeu foi por revelação de Yeshua, mas ele também não isenta o conhecimento que ele adquiriu no judaísmo, ele tinha mais conhecimento do que muitos da sua idade, porém ele une o conhecimento com a revelação de Yeshua. O Homem pode passar conhecimento, mas não revelação e entendimento.Ninguém pode dar a revelação ao outro, ninguém pode fazer o outro entender, mas pode passar conhecimento e informação. Gl 1.12 – 14 - porque eu não o recebi, nem o aprendi de homem algum, mas mediante revelação de Yeshua o Messias. 13 Porque ouvistes qual foi o meu proceder outrora no judaísmo, como sobremaneira perseguia eu a igreja de Elohim e a devastava. 14 E, na minha nação, quanto ao judaísmo, avantajava-me a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. A pergunta que fica é: “Pode o Homem entender algo se do Alto não lhe for revelado?” O homem pode ter muita informação e conhecimento, mas mesmo assim não ter entendimento algum, tal como foi com Paulo , o qual tinha muito conhecimento , mas não tinha entendimento e por isso perseguia a Igreja do Eterno, mas na estrada de Damasco o Eterno lhe deu entendimento e lhe abriu os olhos para ver Yeshua no Caminho.Porém, o conhecimento de Paulo não foi excluído, mas lhe foi acrescentado revelação . Quem abre os olhos do homem é o Eterno. 1.5 Consideração final da Introdução _____________________________________________________________________________________ Creio que outro fato ocorrido no 1º séc pode nos ajudar nesse momento, esse episódio é o primeiro concílio de Jerusalém descrito em At 15, onde haviam questionamos a respeito de alguns mandamentos os quais os gentios novos convertidos deveriam guardar, mas nessa situação, estando os discípulos reunidos estabeleceram uma lista de mandamentos iniciais para os gentios(novos convertidos) cumprirem, e assim enviaram cartas para as comunidades, mas é interessante que essas cartas e instruções dos discípulos não isentaram os gentios de buscarem por si mesmo , pois foi dito após darem as recomendações: At 15.19- 21 -Pelo que, julgo eu, não devemos perturbar aqueles que, dentre os gentios, se convertem a Elohim, 20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, bem como das relações sexuais ilícitas, da carne de animais sufocados e do sangue. 21 Porque Moisés tem, em cada cidade, desde tempos antigos, os que o pregam nas sinagogas, onde é lido todos os sábados.


5 At 15.28,29 - Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas essenciais: 29 que vos abstenhais das coisas sacrificadas a ídolos, bem como do sangue, da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas; destas coisas fareis bem se vos guardardes. Saúde. Então, notemos que é dito que Moisés , ou seja , a Torah é lida todo o Shabat na sinagoga, portanto, os gentios deveriam ir e obter mais conhecimento, e nisso aprenderiam mais sobre a Torah. Pois bem, encerramos esta introdução compreendendo que adquirir conhecimento não é isentado,todos tem a responsabilidade de meditar , ler e observar as Escrituras e ser capaz de discernir por si mesmo o que recebe, porém nem todos são ou se tornarão doutores nas letras, e que para se andar com o Eterno não precisa de muitos estudos aprofundados, mas no tempo de hoje se faz necessário certos aprofundamento. MESTRE

POVO

- Guarda os mandamentos do Eterno - Vive a Torah - Estuda mais detalhadamente e especificamente - O entendimento vem do Eterno, por meio do conhecimento adquirido. - Ensina - Traz instrução ao Povo - Guarda os mandamentos do Eterno - Vive a Torah - Medita - Lê - Observa as Escrituras - Adquire conhecimento por si mesmo ou por meio dos Mestres - O Entendimento vem do Eterno, por meio do conhecimento adquirido

2. Conhecimento das Escrituras _____________________________________________________________________________________ Sei que por algum tempo criou-se um pensamento contrário ao estudo mais aprofundado das Escrituras, talvez pelo fato de alguns usarem erroneamente aquele verso “ a letra mata , mas o espírito vivifica”, mas enfim, Yeshua disse o contrário do que muitos acreditaram.Ele disse o seguinte: Mat 22:29-

Respondeu-lhes Yeshua: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder do Eterno.

Vejamos o sentido de algumas palavras usadas no grego neste verso. - “errais” - é “planao”, que significa “desvio do caminho reto” - “Poder “- “ dunamis” - que em um de seus sentidos representa a “ação dinamizadora do Senhor” - “Conhecendo” – é “eido”, que indica “percepção, discernimento, perceber com os olhos, voltar a mente e a atenção para algo” Entendamos que as pessoas com quem Yeshua estava falando, eram pessoas que tinham as Escrituras,liam as Escrituras,sendo assim, Ele está falando algo além de simplesmente ler.


6 Portanto, Yeshua está comunicando que Não nos desviaremos do caminho reto ao percebermos,ou seja, voltarmos a nossa mente e atenção para aquilo que as Escrituras dizem, e também percebermos a ação dinamizadora do Eterno. As Escrituras devem ser examinadas dentro do contexto correto, pois Elas testificam de Yeshua e fazem com que não nos desviemos Dele, pois Ele é o caminho reto, Ele é o Verbo Vivo, Ele é as Escrituras, Ele é a Lei, Ele é a Graça. Prov 23:12

Aplica o coração ao ensino e os ouvidos às palavras do conhecimento.

Prov 18:15

O coração do sábio adquire o conhecimento, e o ouvido dos sábios procura o saber

2.1 As Escrituras são a Lei e os Profetas _____________________________________________________________________________________ Só fazendo uma observação a respeito das Escrituras. Muitos hoje teem o "evangelho / boas novas" como sendo os livros do chamado "novo testamento",tais como as cartas de Paulo(Shaul), Pedro (Kefas), relatos de Mateus, Lucas, João...e assim por diante.Muitos entendem que pregar o "evangelho" se relaciona somente a pregação desses livros. Mas estes livros são relatos históricos de como Paulo, Pedro e os demais discípulos de Yeshua pregaram e viveram o "evangelho/boas novas".Vemos que nas epístolas de Paulo(Shaul) por exemplo, ele fala das Escrituras, ele procurava mostrar o Messias nas Escrituras.Mas que Escrituras? Com certeza não era nas epístolas de Pedro, ou nos livros de Mateus, Lucas, Marcos e João.Os discípulos de Yeshua usam a LEI E OS PEOFETAS para falarem e ensinarem o EVANGELHO/BOAS NOVAS.As Escrituras assim referidas são LEI E OS PROFETAS.O EVANGELHO foi ensinado e pregado por meio da LEI E DOS PROFETAS. Rom 15:4 Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das ESCRITURAS tenhamos esperança. At 18:28 porque, com grande poder, convencia publicamente os judeus, provando, por meio das ESCRITURAS, que o UNGIDO É YESHUA Aqui mostra Paulo(Shaul) mostrando por meio da LEI E DOS PROFETAS que Yeshua é o Ungido. Que EVANGELHO se prega SEM A LEI E OS PROFETAS? Há algum "evangelho/ boas novas" fora da LEI E DOS PROFETAS? Se houver, não é o verdadeiro. Fechando esta observação, só para termos em mente que as Escrituras se relaciona com a Torah e os Profetas(aqueles que falaram em Nome do Eterno) ESCRITURAS

LEI E OS PROFETAS (inclui os demais livros do Tanach, como os Salmos)

3. O conhecimento produz entendimento _____________________________________________________________________________________ Mas enfim, tenho pensado dentro da experiência do ensino, como cada pessoa recebe o que lhe é passado de forma diferente ou de forma que ainda não alcance o pleno entendimento daquilo que lhe é transmitido.Por que?


7 Compreendo que isto se dá devido ao campo de conhecimento que a pessoa tem.Por exemplo, se eu ouço um médico em uma palestra onde ele usa termos técnicos da medicina, muito provável que eu não tenha o entendimento pleno do que ele está falando, isto por não ter o conhecimento médico necessário, e este campo de conhecimento limitado acaba limitando o meu entendimento.Portanto, o conhecimento adquirido me dá mais campo para entendimento recebido.Obtenho um entendimento de acordo com o conhecimento que possuo. Por que há o vestibular para se entrar em uma faculdade? Porque é preciso ter o conhecimento necessário que irá lhe permitir receber o entendimento das disciplinas do Curso da Faculdade.SE você entrar na faculdade sem ter o conhecimento mínino, certamente você não terá um grande aproveitamento no curso. Quanto mais conhecimento, mais luz e mobilidade tenho, o que me capacita a receber uma revelação. O que é Revelação? Revelação é algo descoberto, algo que deixou de estar encoberto, é um entendimento que veio a luz. Podemos entender o conhecimento em duas esferas.Uma é o conhecimento apenas adquirido no plano das idéias(dentro de um conceito grego filosófico), e a outra é o conhecimento aplicado, o qual se torna em Sabedoria, ou seja, um conhecimento que se pratica(pensamento hebraico bíblico). É importante compreender que o conhecimento no qual me refiro, é um conhecimento como um todo, ou melhor, informações recebidas através da leitura de um livro, de um estudo, de um filme, de uma conversa, enfim, um conhecimento por meio de uma informação.Essas informações me dão condição de ampliar um entendimento sobre algo.Porém, se faz importante também a compreensão que para todo conhecimento adquirido é necessário ter uma base de sustentação, ou seja, uma base onde posso me firmar, onde possa me dar condição de julgar e discernir aquilo que estou recebendo.Caso não haja esta base, tudo o que recebo ficará solto. E como sabemos, não há nenhuma base firme e sólida no Homem, esta é uma base abalável.Não é coerente tem como base a minha própria razão, meu próprio entendimento, ou experiências e muito menos palavras de algum homem. Entendo que a base firme e inabalável é a Palavra do Eterno, a qual podemos ter acesso nas Escrituras dentro do contexto correto.Yeshua é a Palavra. Deut 4:10

Não te esqueças do dia em que estiveste perante o Senhor, teu Elohim em Horebe, quando o Senhor me disse: Reúne este povo, e os farei ouvir as minhas palavras, a fim de que aprenda a temer-me todos os dias que na terra viver e as ensinará a seus filhos.

A Palavra do Eterno não é provada de forma exterior com provas e argumentos bem fundamentados, este é um “provar” dentro do contexto grego, onde se requer argumentos, mas a Palavra do Eterno é provada como um degustar, ou seja, se comprova experimentando.Como assim está escrito: “ provai e vede que o Senhor é bom...” Esta palavra “provar”, é no sentido de “comer”, isto é, coma do Senhor , se alimente, experimente o Senhor e você saberá que Ele é bom.Ninguém pode provar por mim, é como eu dizer para alguém que um bolo é bom, eu não posso provar com argumentos que o bolo é bom, isso será comprovado, quando a pessoa provar o bolo, experimentar, sentir o gosto. Sal 34:8

Oh! Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia

Bom, a nossa base é a Palavra do Eterno que se revela em uma convicção interior e é comprovada nas Escrituras, na Torah.Todo conhecimento por meio de informação que se recebe, precisa ter esta base para julgamento e discernimento, para que eu não me perca no conhecimento. O conhecimento precisa ter um propósito, senão se torna inútil.E o propósito deve estar no Eterno e não em interesse próprio. A transpiração dá campo para a inspiração.Como assim? Por exemplo, se alguém possui um conhecimento hábil no violão, isto lhe dará mais campo para inspiração e para improvisação. Aquele que


8 sabe apenas duas notas, este está limitado na sua inspiração.Ou seja, quanto mais ele transpirou para ter o conhecimento no violão, mas ele alcança o entendimento na inspiração. Quem somente conhece o Sl 23 e o Sl 91, está limitado no seu entendimento das Escrituras e do Senhor.Agora, se alguém se aprofunda no estudo das Escrituras, no hebraico, isso lhe dá mais campo para entendimento e conseqüentemente mais revelação da Pessoa do Eterno. Isto quer dizer que a revelação vem pelo esforço? Eu diria nem sim nem não, mas também. Isto quer dizer que até a busca pelo conhecimento procede do Senhor , ninguém pode achá-lo se Ele não se deixar ser achado.Isto quer dizer que o Homem precisa conhecer o Caminho até o Senhor .Há um esforço que precisa existir.Não é assim na física? Para que um corpo se movimente é preciso a aplicação de uma força, quanto maior a força aplicada (esforço) mais aceleração haverá.Em outras palavras, quanto mais força aplicada no conhecimento, mais aceleração e movimento haverá no entendimento. Mas é lindo, porque o Eterno deseja ser buscado e achado.Mas isto ocorrerá quando for uma busca com o TODO. Jer 29:13

Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.

Bom, já vimos que o entendimento recebido vem de acordo com o campo de conhecimento de cada pessoa. Por exemplo, eu posso falar muitas coisas interessantes sobre a vida para um adolescente de 15 anos, mas dificilmente ele vai entender e compreender a beleza das instruções para a sua vida.Por que? Porque ele não tem o conhecimento daquilo, ele ainda não viveu.Ele só entenderá o que falei quando ele tiver o conhecimento daquilo, passando pela situação. É como eu falar para alguém que no alto do morro do Anhangava é lindo, dá para se ver o mar, enfim, é algo extraordinário, mas se esse alguém nunca viu uma foto ou nunca foi, ela não vai receber o entendimento que estou passando, mas quando ela ver uma foto ou for no Morro, ela vai lembrar e dizer “ é realmente o Carlos tinha razão, é muito lindo”, ela provou por si mesma. Aquilo que eu falei fez sentido para ela quando ela sentiu, experimentou e vivenciou. Em uma conversa com um amigo João Gladstone, esta palavra “sentido”, me tornou mais ampla.E creio que este “sentido” se encaixa aqui.”Sentido”, está ligado com “sentir”, mas entendo que não seja simplesmente algo que fica dentro de um “sentimento”, mas algo que se sente, se experimenta e se vivencia, ou seja, algo que ultrapassa a barreira do “sentimento” e alcança a “realidade”. 4. Consideração final _____________________________________________________________________________________ O conhecimento dá espaço para o entendimento,e o entendimento quando vivido dá lugar ao sentido, isto é, algo fará sentido para você quando o entendimento que veio a luz, for sentido, experimentado e vivenciado, então surgirá a frase “ agora tudo faz sentido”. Algumas palavras ou entendimentos ainda não nos fazem sentido, porque ainda não sentimos, experimentamos e vivemos. Por isso que quanto mais se estuda a Lei do Eterno,mais conhecimento tenho sobre Ela, mais entendimento tenho Dela, e quando a sinto, experimento e a vivo, Ela tem para mim mais sentido. Bom, de tudo isso, creio que é importante obter conhecimento tendo a Base correta(Palavra do Eterno, Escrituras, Torah, Yeshua) e o propósito certo, para que se amplie o entendimento(revelação), e quando houver a ampliação do entendimento, esse entendimento seja sentido, experimentado e vivido, para que haja sentido, e esse sentido se torne em sabedoria, em prática e verdade no caminhar da vida. Conhecimento BASE – Lei e os profetas

Entendimento

SENTIDO - sente - experimenta - vivencia

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


CONHECIMENTO E ENTENDIMENTO  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you