Issuu on Google+

1

_______________________________________________________________________Por Carlos Coléct || A ÚLTIMA PESSACH DE YESHUA || Farei, brevemente ,uma abordagem a cerca do episódio da última Pessach de Yeshua com seus discípulos. Este entendimento difere em alguns aspectos do pensamento comumente compreendido no "cristianismo", e isto , porque a teologia "cristã" interpretou as Escrituras sem Israel . Quero trazer uma leitura hebraica /judaica sobre este episódio ocorrido, o qual é muito conhecido no meio "cristão" e em tantos outros meios religiosos, como “santa ceia”, e a partir disto, criou-se um cerimonial semanal (dominical) onde as pessoas se reúnem para tomar um copo de vinho (fruto da vide) e um pedaço de pão, pois assim entendem que Yeshua ( ou o Jesus que eles conhecem) dá uma ordem para que fosse realizada esta ceia, pois é dito " fazei isto em memória de mim". Pois bem, começamos com o partir do Pão: Lc 22.19 -E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Bom, Yeshua e seus discípulos estão no momento da ceia da Pessach, e Yeshua pega um pão, o qual é um pão asmo, ou seja, sem fermento, e isto indica simbolicamente a ausência do levedo do pecado, da malícia, e da maldade. Então, Yeshua, dá a benção : " baruch ata Adonay eloheinu melech haolam hamotzi lechem mim haaretz _ Bendito és Tu Adonay (yhwh) nosso Elohim, Rei do Universo, que tiras o pão da terra " , e a seguir quebra este pão e dá aos discípulos e diz que aquele pão é o seu corpo. E pensemos que o Corpo de Yeshua dentro das Escrituras é Israel, composto pelas 12 tribos e estrangeiros que são incorporados às 12 tribos.Aquele que não está dentro do contexto hebraico das Escrituras terá dificuldade para compreender que o Corpo do Messias é Israel, e provavelmente pensará que é uma Igreja à parte de Israel, ou seja, a "Eklesia" cristã,mas não é o que dizem as Escrituras, pois elas dizem que o Corpo é ISRAEL. Os 1:11 Os filhos de Judá e os filhos de Israel se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça, e subirão da terra, porque grande será o dia de Jezreel. Pois bem, Yeshua pega este Corpo e quebra, mostrando que Israel foi partido, dividido em DOIS, isto é, na Casa de Judá e na Casa de Efraim, e seus discípulos judeus certamente tinham isto em mente , quando Yeshua fala de Corpo.


2 Então, depois de mostrar simbolicamente a divisão de Israel, Ele traz este Corpo (Israel) dividido para si mesmo, ou seja, esta divisão seria levada na sua própria carne em favor de muitos, estando Ele sem o fermento do pecado, e nisto Yeshua diz " fazei isto em memória de mim", mas este " fazei" no texto grego está no presente, ou seja, " FAÇAM AGORA", e a palavra "memória", está relacionada com "trazer a lembrança, pensar para lembrar", portanto, ficaria assim " FAÇAM AGORA LEMBRANDO DE MIM" , isto é, Yeshua não estava criando um cerimonial de ceia dominical, Ele simplesmente estava falando ao seus discípulos para que NAQUELE MOMENTO , AO COMEREM O PÃO, estivessem comendo trazendo a lembrança, ou em outras palavras, estivessem CONSCIENTES de que o PÃO ERA O CORPO DE YESHUA.Simplesmente isto !! Paulo (Shaul) aos Coríntios, usa as palavras de Yeshua, não para falar de uma ceia dominical, mas usa para um situação específica, a qual estava dentro da reunião do Shabat em Coríntios, e como eles deveriam se comportar, mas esta é uma outra questão. Depois do pão, eles bebem o fruto da vide: Mc 14.23-25 -A seguir, tomou Yeshua um cálice e, tendo dado graças, o deu aos seus discípulos; e todos beberam dele. 24 Então, lhes disse: Isto é o meu sangue, o SANGUE DA [nova] ALIANÇA, derramado em favor de muitos. 25 Em verdade vos digo que jamais beberei do fruto da videira, até àquele dia em que o hei de beber, novo, no reino de Elohim (YHWH). Yeshua dá a benção do vinho : " baruch ata Adonay eloheinu melech haolam bore peri hagafen_ Bendito és Tu Adonay (yhwh) nosso Elohim, Rei do Universo, que crias o fruto da vide " E a seguir deu aos discípulos, dizendo que aquele fruto da vide estava simbolizando o seu sangue. Mas o que Ele quiz dizer com a frase : " isto é o meu sangue, sangue da aliança "? Repare que a palavra " nova" está entre colchete, e isto porque nos textos mais antigos não existe esta palavra " nova", ou seja, somente há " sangue da aliança". Pois bem, Yeshua faz uma "drashcorrelação" ligando as palavras de Moisés às suas, pois Yeshua cita aquilo que Moisés disse no monte Sinai a cerca da ALIANÇA feita pelo Eterno e Israel a respeito das palavras da Torah. Esta aliança é a ALIANÇA DE CASAMENTO entre Israel e o Eterno realizada no Sinai, quando a Torah , a Ketubá(contrato de casamento) foi assinado com sangue.Vejamos : Êx 24:8 Então, tomou Moisés aquele sangue, e o aspergiu sobre o povo, e disse: Eis aqui o SANGUE DA ALIANÇA que o Senhor fez convosco a respeito de todas estas palavras (torah). Esta aliança foi quebrada por Israel, pois Israel seguiu outros maridos, assinando contrato com outros, e por isto foi dividida, como pudemos ver na representação do PÃO QUEBRADO OU CORPO DIVIDIDO. Portanto, a sequência do jantar de Pessach, Yeshua mostra por meio da representação do vinho, que o seu sangue derramado é o mesmo sangue derramado no Sinai, e que assim por seu sangue Ele RESTAURARIA a ALIANÇA feita no Sinai, fazendo com que o PÃO PARTIDO, torne novamente a ser UM PÃO INTEIRO, ou seja, ISRAEL VOLTE A SER UM REINO e não DOIS REINOS. Porém, Yeshua diz que Ele não comerá mais o jantar da Pessach e nem mais beberá o fruto da vide, até que venha o Reino do Pai.


3 Lc 22.16-18 Pois vos digo que nunca mais a comerei, até que ela se cumpra no reino de Elohim (YHWH). 17 E, tomando um cálice, havendo dado graças, disse: Recebei e reparti entre vós; 18 pois vos digo que, de agora em diante, não mais beberei do fruto da videira, até que venha o reino de Elohim (YHWH). Compreendo que estas palavras indicam que a obra realizada em Yeshua, ou seja, a Restauração do Corpo Israel pelo seu sangue, o qual restaura a aliança do Casamento feita no Sinai, só se cumprirá no seu retorno.A pessach se cumprirá de fato , quando Yeshua voltar no Reino vindouro, ou seja, Israel ainda não está restaurado por completo, a Torah ainda não está sendo vivida plenamente, a libertação do Egito ainda não está completa [...] e não se concretizará até que Yeshua volte e vença o último inimigo a MORTE. 1 Co 15.24-28 E, então, virá o fim, quando ele entregar o reino ao Eterno (YHWH) e Pai, quando houver destruído todo principado, bem como toda potestade e poder. 25 Porque convém que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo dos pés. 26 O último inimigo a ser destruído é a morte. [...] 28 Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que YHWH seja tudo em todos. Então, percebemos que quando Yeshua retornar, Ele reinará por um tempo, e neste tempo tudo ainda lhe estará sendo sujeito, e a restauração ainda estará acontecendo, e somente um tempo depois é que a morte será vencida e o Reino será do Pai. Shalom

Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


A ÚLTIMA PESSACH DE YESHUA