Page 1


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

2

Fotos: divulgação

Brasília em cólera Jusmari defende os cachorros Jusmari Oliveira liderava nesta quinta uma turma de abnegados que resistia à decisão de Humberto Santa Cruz de derrubar uma parte das instalações da ONG Vida Bixo, que abriga quase uma centena de cachorros. Segundo informações extra-oficiais, o terreno estava destinado à construção, pelo Governo do Estado, de um centro integrado de forças de segurança. Se depender do Governo do Estado, tanto Humberto quanto Jusmari podem ficar tranquilos: os cachorros não vão ficar sem as suas casinhas.

Oziel assume que o filho é seu Hoje pela manhã foi a vez do prefeito eleito, Oziel Oliveira, visitar o local e rodar a sua baianinha colorida. Diz que vai procurar o Governador, o Presidente da República e o Papa, não necessariamente nessa ordem, para preservar o lar dos cachorrinhos. Oziel sabe que o terreno que está sendo preparado para o DISEP não tem nada a ver com os cachorros, mas mesmo as-

sim já assumiu a paternidade do rebento. Quando o Governo iniciar a obra, vai repetir como sempre, "eu consegui, eu fiz, eu construí, eu inaugurei". A gestão pública brasileira precisa bem menos de politicagens e mais trabalho efetivo, que beneficiem realmente os contribuintes. Ato contínuo, a diligente assessoria de imprensa de Oziel distribuiu uma nota à imprensa, protestando pela "barbaridade": "Não é possível permitir tamanha violência. A ONG Vida Bixo presta um serviço humanitário, de utilidade pública! Não fosse pelo trabalho deles, com o apoio da iniciativa privada, milhares de animais estariam abandonados nas ruas, doentes, sofrendo e causando problemas à saúde das pessoas. Se a atual gestão municipal não tem respeito pela vida do ser humano, como esperar que o tivesse pela vida dos animais? Desta vez não. Não vamos permitir um ato tão cruel. Se o terreno foi doado para o estado, deve ser entregue. Mas não sem antes garantir a cessão de um espaço para que a ONG possa dar continuidade ao seu trabalho."

Sítio do Mato: Ministério Público se manifesta contrário a recurso de Alfredinho A situação eleitoral do prefeito reeleito de Sítio do Mato, Alfredo de Oliveira Magalhães Júnior, está cada vez mais complicada. Agora a Procuradoria Regional Eleitoral manifestou-se pelo desprovimento do recurso de Alfredinho, o que certamente deve influenciar os magistrados do Tribunal Regional Eleitoral no seu julgamento. Se tudo correr dentro dos padrões habituais da Justiça Eleitoral, quem deve assumir a Prefeitura de Sítio do Mato será o terceiro colocado na consulta popular de 2 de outubro, Cássio Guimarães Cursino, pela coligação "JUNTOS PELA RENOVAÇÃO" (PP / PSL / REDE / PSC / PMB / PSB / PC do B), o primeiro entre os votados a não ter o registro de candidatura cassado.

Propriedade da Editora de Jornais e Revistas O Expresso Eireli

Telefones: (77) 3639-0908 / 9 9992-7355

Nesta terça-feira a Câmara Federal deve votar as 10 medidas contra a corrupção. A emenda que anistia políticos corruptos dos crimes de Caixa 2 pode nem ser votada. Mas corre o risco de uma votação secreta. Se passar, oposicionistas e protestantes verde-amarelos vão transformar Brasília numa praça de guerra. Pela primeira vez este ano o povo estará unido por uma causa comum. Numa medida mais pessimista, nem força pública, nem as milícias da polícia legislativa são segurar os manifestantes. Pode até acontecer de deputados serem jogados à rua nos braços pouco carinhosos dos manifestantes. O povo tem limites de paciência. E depois que a situação se agravar, com a turba ululando na Esplanada, certamente não vão ser os "tontonsmacoute" de Rodrigo Maia quem vai segurar o povo ensandecido.

Prefeitos anêmicos

A dificuldade em obter recursos para pagar o 13º salário dos funcionários e colocar as contas em dia para entregar a gestão aos próximos prefeitos, sob o manto assustador da lei de responsabilidade fiscal, está deixando os prefeitos anêmicos em final de mandato. Antonio Henrique andou cortando até na merenda escolar, o que pode lhe trazer problemas com a Procuradoria Geral da República. Humberto cortou a água mineral e o cafezinho e implantou o turnão de 6 horas para economizar até na energia. Dia 16 demite todos os cargos comissionados e só deixa o tributo e os secretários trabalhando. A crise econômica, com a consequente queda de arrecadação, jogou os planos dos alcaides para baixo.

Diretor/Editor: Carlos Alberto Reis Sampaio - MTb-RS 11232 Diretora comercial: Victoria Parahyba Sampaio Editor gráfico: Ricardo Alexandre Bonatto / 77 9 9915-7401 Moda & Social: Patrícia Villeroy

“Não é o Estado que fiscaliza a Imprensa; a Imprensa é quem fiscaliza o Estado.” Sidnei Basile.

Atualização diária: jornaloexpresso.wordpress.com E-mail: carlosalberto.sampaio@gmail.com


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

4

Prefeitura entrega certificados dos cursos profissionalizantes realizados no Residencial Solar dos Buritis A secretária de Trabalho e Assistência Social de Luís Eduardo Magalhães entregou na noite da última terça-feira, 22, os certificados de conclusão dos cursos de informática, técnicas de vendas e culinária (módulo saladas) para 84 formandos beneficiários dos residenciais Solar dos Buritis e Sol do Cerrado e moradores do bairro Jardim A instrutora Maria do Socorro, a formanda do curso de técnicas de vendas e a secretária de Trabalho e das Oliveiras. A en- Assistência Social, Maira de Andrada Santa Cruz trega aconteceu no Centro de Capacitação do resi- Cruz, qualificar os moradores do residencial para o dencial Sol do Cerrado. mercado de trabalho é garantir oportunidades de um Os cursos profissionalizantes fazem parte do Pla- futuro melhor. “Queremos que num futuro próximo no de Desenvolvimento Socioterritorial do Residen- esses jovens e adultos tenham uma profissão e poscial Solar dos Buritis, realizado pela secretaria com sam realmente ganhar o seu próprio dinheiro e ajuo objetivo de orientar as famílias para a melhoria da dar na renda familiar”, comentou. qualidade de vida, preservação do patrimônio adTambém participaram da cerimônia os instrutoquirido e fomento do desenvolvimento sócio eco- res Fábio Cristiano Santos, que ministrou o curso nômico através da capacitação profissional. de informática; Maria do Socorro Dourado da Cruz Para a secretária da pasta, Maira de Andrada Santa Silva, do curso de técnicas de vendas e Maxsuel

Fotos: Ascom LEM

O instrutor Fábio Cristiano, o formando do curso de informática e a secretária de Trabalho e Assistência Social

O instrutor Maxsuel do Amaral, a formanda do curso de culinária e a secretária de Trabalho e Assistência Social

Marcos Araújo Sodre do Amaral, do curso de culinária e a equipe da secretaria de Trabalho e Assistência Social representada pela assistente social Nildes Oliveira.

Transparência Internacional condena tentativas de anistia a políticos acusados de corrupção no Brasil O Congresso brasileiro está tentando aprovar um projeto de anistia para os crimes de doações eleitorais não registradas, conhecidos como caixa 2, que deixará impunes políticos que praticaram corrupção A tentativa quer pegar carona em um projeto de lei contra a corrupção, oriundo de uma iniciativa conhecida como 10 Medidas Contra a Corrupção, apoiada pela Transparência Internacional. Na Câmara dos Deputados, a TI atuou na discussão do projeto de lei apresentando contribuições e ressalvas. A Transparência Internacional condena essa iniciativa que visa conceder aos políticos corruptos uma anistia e pede ao Congresso que aprove o pacote anticorrupção sem qualquer alteração neste sentido. "Esse truque para aprovar uma legislação que conceda anistia aos políticos que cometeram crimes eleitorais é uma farsa. As pessoas ficam indignadas quando veem que os corruptos não são instados a prestar contas. O fato de que está sendo feito sob o disfarce de uma forte legislação anticorrupção é absurdo. Exortamos o Congresso a aprovar a legislação anticorrupção sem anistia e condenar o subter-

fúgio. Não é nenhuma surpresa que os cidadãos não confiem em seus políticos", disse José Ugaz, presidente da Transparência Internacional. SOBRE A TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL A Transparência Internacional é a principal organização dedicada à luta contra a corrupção no mundo, com 20 anos de atuação, presente em mais de 100 países e com um Secretariado global em Berlim. A presença global da TI permite que ela defenda iniciativas e legislações internacionais contra a corrupção e que governos e empresas efetiva-

Foto: diuvlgação

mente se submetam a elas. Sua rede global também significa colaboração e inovação, o que lhe dá condições privilegiadas para desenvolver e testar novas soluções anticorrupção.


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

5

Piscicultura é aposta de sucesso de agricultores familiares em projeto da Codevasf No perímetro São Desidério/Barreiras-Sul, extremo oeste baiano, tanques-rede ocupam 134 lotes; produção anual já é de 1,5 mil toneladas Ao lado de pés de coco, milho e mandioca, tanques-rede abrigam tambaquis, pintado e surubim entre outras onze espécies de pescado. O projeto público de irrigação São Desidério/Barreiras Sul, implantado e gerido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Médio São Francisco baiano, está se tornando referência em diversificação da produção por agricultores familiares: já são 134 lotes ocupados por piscicultura, ou 121,9 hectares de um total de 1.718 hectares. “O terreno do projeto, que tem boa quantidade de argila, é favorável à manutenção dos tanques, pois o consumo de água é baixo e com pequeno teor de infiltração. Terrenos com alto consumo de água são inviáveis para a piscicultura”, ensina Gentil Teixeira de Araújo, que também cultiva 1 mil pés de coco e é um dos pioneiros na aposta. A produção de peixes no São Desidério/Barreiras Sul já alcança 1.543 toneladas por ano, sendo que mais da metade da produção é das espécies tambacu e tambatinga, com 971.706 quilos por ano. A reprodução do pirarucu, peixe originário da Amazônia, vem crescendo entre os produtores: já são 52.441 quilos produzidos ao ano. “Ele precisa de um clima adequado, e que é semelhante ao da nossa região. O piracuru se desenvolve bem sob temperaturas altas, acima de 20 graus”, conta Araú-

Fotos: divulgação Codevasf

“ jo. Conhecido como “bacalhau da Amazônia”, o pescado é o maior de água doce no Brasil e um dos maiores do mundo; ele se destaca pelo sabor e qualidade da carne, quase sem espinhas, e por isso mesmo alcança ótimo valor no mercado. De acordo com o produtor, 60% do pescado produzido no projeto de irrigação é comercializado dentro do Oeste baiano; o restante tem sido vendido para consumidores de outros estados, como Piauí, Tocantins, Maranhão, Goiás e Pará. “O projeto de irrigação São Desidério/Barreiras Sul tem potencial para se transformar em um polo de produção piscícola pois apresenta os recursos naturais necessários, como clima, potencial hídrico e solo favorável ao desenvolvimento e reprodução de dezenas de espécies de peixes”, Walkyria Feitosa, técnica da Codevasf no escritório de Barreiras, que é vinculado à 2ª Superintendência Regional da Companhia, sediada em Bom Jesus da Lapa. “A atividade está aumentando a renda dos agricul-

O projeto de irrigação São Desidério/Barreiras Sul tem potencial para se transformar em um polo de produção piscícola, pois apresenta os recursos naturais necessários como clima, potencial hídrico e solo favorável para o desenvolvimento e reprodução de dezenas de espécies de peixes”. Walkyria Feitosa, técnica da Codevasf / escritório de Barreiras

tores e consequentemente melhorando sua qualidade de vida”, observa. Entre as espécies cultivadas no projeto, destacase ainda em volume o tambaqui, com produção registrada de 416.445 quilos por ano; pintado e surubim (59.611 quilos anuais, juntos) e carpa (43.187 quilos por ano). Pirapitinga, carpa capim, carpa cabeça grande, pacu, carpa húngara, mantrixã, piau e curimatã são outras espécies encontradas no projeto. A tilápia deverá ser uma nova aposta entre os piscicultores do São Desidério/Barreiras Sul: por ser carne saudável, com pouca gordura e nenhuma espinha, o pescado tem boa aceitação entre as crianças e vem entrando cada vez mais no cardápio da merenda escolar. Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

6

Bahia perde quase 48 mil País perdeu 74.748 empregos em 10 meses e tem o vagas formais em outubro, mostra pior saldo entre estados do Nordeste Caged Foto: diuvlgação

Em outubro, 74.748 vagas formais foram fechadas no país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados ontem, 24, pelo Ministério do Trabalho. A perda de empregos ficou abaixo da registrada em outubro de 2015, quando houve fechamento de 169.131 vagas. No acumulado do ano, o Caged contabiliza 751.816 postos a menos. Nos últimos 12 meses, o país acumula 1,5 milhão de postos de trabalho suprimidos. Os setores que tiveram as maiores perdas de vagas formais foram construção civil (33.517 postos), serviços (-30.316 postos) e agricultura (-12.508 postos). Apenas o setor do comércio apresentou saldo positivo no mês passado, com criação de 12.946 postos de trabalho. A indústria da transformação, que havia apresentado saldo positivo em agosto e setembro, fechou 5.562 vagas em outubro. As perdas mais significativas de vagas foram registradas em São Paulo (-21.995 postos) e no Rio de Janeiro (-20.563). As unidades da Federação que mais geraram empregos foram Alagoas (5.832), Rio Grande do Sul (2.386), Sergipe (1.932 postos) e Santa Catarina (1.267 vagas). Divulgado desde 1992, o Caged apura o estoque de vagas formais de emprego no país calculando a diferença entre contratações e demissões. Os dados são levantados com base em declarações enviadas pelos empregadores ao Ministério do Trabalho. Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil

FAAHF abre inscrições para o processo seletivo/2017 Administração, Agronomia, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia de Produção, Letras, Pedagogia, Psicologia, Gestão de Recursos Humanos são os cursos oferecidos pela instituição. As inscrições acontecem presencialmente até o dia 03 de dezembro de 2016, às 11h, na secretária acadêmica, até as 23h e 59 min, do dia 30 de novembro. Mais informações pelo telefone (77) 3628-9900 ou pelo o edital.

O mercado de trabalho da Bahia continua sofrendo com a crise econômica. No mês passado, foram fechadas 5.601 vagas com carteira assinada em todo o estado, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 24, pelo Ministério do Trabalho. O resultado expressa a diferença entre o total de 43.240 admissões e 48.841 desligamentos. O setor de serviços liderou as dispensas, com o corte de 2.163 postos. Em seguida aparecem a construção civil (-1.136) e o comércio (-1.125). Apenas a indústria de transformação, com 279 vagas, registrou saldo positivo no mês. O ranking dos municípios com mais de 30 mil habitantes que tiveram os menores saldos de empregos em outubro foi liderado por Salvador (-2.891 postos), seguido por Feira de Santana (-554 postos) e Juazeiro (-427 postos). Em contrapartida, Camaçari (482 postos), Itabuna (238 postos) e Morro do Chapéu (178 postos) se destacaram na criação de novas oportunidades de trabalho. A Bahia ocupou a última posição no saldo de

postos de trabalho dentre os estados nordestinos e a 23ª posição no Brasil, em outubro de 2016. Na região Nordestina, sete estados apresentaram saldos negativos. O estado com o menor saldo foi a Bahia, seguido por Pernambuco (-3.549 postos), Ceará (-2.136 postos), Piauí (-1.797 postos), Paraíba (-850 postos), Rio Grande do Norte (-736 postos), e Maranhão (-410 postos). Duas unidades criaram posições de trabalho com carteira assinada: Alagoas (5.832 postos) e Sergipe (1.932 postos). NO ANO - De janeiro a outubro, a economia baiana eliminou 47.829 empregos formais. Seis setores de atividade registraram saldos negativos, destes, o pior desempenho foi o de serviços (-22.533 postos), seguido por comércio (-15.747 postos), construção civil (-13.808 postos), indústria de transformação (1.272 postos), serviços industriais de utilidade pública (-942 postos) e extrativa mineral (-921 postos). Os setores que apresentaram saldos positivos foram: agropecuária (5.515 postos) e administração pública (1.879 postos).


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

7

A tecnologia chega ao campo Tecnologia de pulverização eletrostática da Embrapa é finalista em prêmio internacional de inovação Tecnologias de pulverização eletrostática desenvolvidas pela Embrapa estão entre as três melhores técnicas de aplicação no mundo. As tecnologias de Gotas eletrificadas: eletrificação direta por meio de um bocal de pulverização eletrostático; Eletrificação indireta no bico de pulverização eletrostática e eletrificação indireta de um bico pulverizador eletrostático pneumático foram finalistas do Prêmio Internacional "Melhor Tecnologia de Aplicação," uma iniciativa da AgrowAwards Agrobusiness Intelligence. O evento foi realizado em Londres, Inglaterra. A premiação visou destacar as empresas que desenvolvem soluções tecnológicas com capacidade para mudar os paradigmas na forma de se pulverizar lavouras, associando economicidade, alta precisão e eficiência no controle fitossanitário, além de minimizar os impactos no ambiente e aumentar a segurança dos aplicadores. As tecnologias selecionadas como finalista na categoria inovação foram desenvolvidas e aperfeiçoadas pelo pesquisador Aldemir Chaim da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP). Para a chefe Adjunta de Transferência de Tecnologia da unidade, Maria Isabel Penteado, figurar entre os finalistas em uma premiação internacional é um feito de muito destaque. Ela explicou que houve um trabalho na construção da indicação, juntamente com a Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento e com a Secretaria de Comunicação da Embrapa no sentido de viabilizar os trâmites da participação e conseguir essa distinção para a Empresa. Segundo ela, essa conquista coloca a Unidade da Embrapa Meio Ambiente em sintonia com as tecnologias mais modernas no mundo e destaca a contribuição em perfeito sincronismo com as diretrizes da Embrapa. "Sem dúvida é um grande incentivo para a Unidade, perceber-se com trabalho capaz de receber tal honraria," disse ela. Para o pesquisador Aldemir Chaim, a indicação ao prêmio demonstra que a Embrapa sempre trilhou o caminho certo para solucionar os problemas das aplicações dos agrotóxicos. Ainda segundo ele, também demonstra que a sociedade está preocupada e muito atenta as inovações que estão ocorrendo no mundo inteiro. "As questões ambientais e financeiras têm movimentado os agricultores a buscarem alternativas para praticarem uma agricultura mais sustentável," completou o pesquisador. HISTÓRICO DA TECNOLOGIA O pesquisador Aldemir Chaim explicou que desde 1984, o Laboratório de Tecnologia de Aplicação da Embrapa Meio Ambiente tem alertado sobre a baixa eficiência das aplicações dos agrotóxicos. A partir de 1990, realizou várias pesquisas em culturas de porte rasteiro, arbustivo e arbóreo que comprovaram desperdícios entre 30 a 70% dos agrotóxicos aplicados. Diante desse contexto, a Embrapa procura alternativas para aumentar a eficiência das aplicações de agrotóxicos, envolvendo aperfeiçoamentos em métodos de calibração, desenvolvimento do programa "Gotas" para análise de deposição, além do constante aperfeiçoamento da "pulverização eletrostática. Para Chaim a aplicação de agrotóxicos praticada hoje não difere daquela de 1984, pois houve apenas melhoras significativas nas capacidades operacionais das máquinas, mas pouco ou nenhum investimento na eficiência de deposição dos agrotóxicos nos alvos. Conforme destacou o pesquisa-

Fotos: divulgação Embrapa

dor, aumentou-se muito a velocidade de aplicação nas culturas de porte rasteiro, como soja e algodão, "ao ponto em que a máquina, ao passar, deixa uma nuvem de gotas que se sedimenta por gravidade sobre as plantas e dependendo da área foliar da cultura, poucas ou nenhuma gota atinge a região intermediária ou a região mais basal das plantas, locais, onde muitas vezes ocorrem problemas fitossanitários graves," disse. Ao mesmo tempo, existe uma forte tendência de reduzir o volume de calda aplicado, visando aumentar a capacidade operacional dos pulverizadores. Com alta velocidade de transporte e redução de volume de calda, é necessário trabalhar com bicos de pulverização que produzem gotas grandes e, nesse caso, também prejudica a eficiência da aplicação pela redução da biodisponibilidade dos produtos. A pulverização eletrostática aumenta a atração de gotas para as plantas, bem como a deposição. Em alguns casos específicos, onde as pulverizações são realizadas manualmente, possibilita a redução de volume de calda e princípio ativo. Contudo, esse cenário não resolve todos os problemas da baixa eficiência das aplicações, pois conforme explicou o pesquisador da Embrapa, para a eletrostática funcionar, as gotas precisam ser pequenas e evaporariam antes de chegar nas plantas. Se aplicadas com um trator de barras numa cultura sob uma temperatura de 30°C e 20% de umidade relativa, as gotas se sedimentariam por gravidade, atingindo apenas os ponteiros das plantas. O pesquisador acredita que, concomitantemente com a eletrostática, "é necessário o desenvolvimento de itens coadjuvantes e novos pulverizadores que apresentem jatos de ar com potência suficiente para levar as gotas até as regiões mais basais das plantas," disse Chaim. SISTEMA DE ELETRIFICAÇÃO DE GOTAS PARA BICOS HIDRÁULICOS CONVENCIONAIS Vai permitir que qualquer pulverizador hidráulico comum possa operar como eletrostático. A previsão é de que o sistema hidráulico comum, quando convertido, agregue ao processo 30% a 40% de economicidade e eficiência. A conversão é possível por meio da utilização de bocais específicos que serão produzidos sob licença da Embrapa, pela empresa

Magnojet fabricante de bicos de pulverização. Os dispositivos devem possuir determinadas características de vazão, para possibilitar a emissão de gotas de dimensões mais adequadas ao sistema de pulverização eletrostática. O sistema, ainda em fase de protótipo, permitirá que a agricultura brasileira se estabeleça em um novo cenário de pulverizações, mais tecnológico e eficiente. "A característica principal deste novo sistema é que o bico de pulverização eletrostático é capaz de realizar o mesmo trabalho que o hidráulico já realiza, mas acrescenta a capacidade de gerar carga eletrostática, fazendo com que as gotas também se depositem nas partes inferiores das folhas" Aldemir Chaim. SISTEMA PNEUMÁTICO ELETROSTÁTICO Sistema que está sendo fabricado e comercializado sob licença da Embrapa, pele empresa B&D Equipamentos. O dispositivo produz um dos maiores índices de carga de eletrificação de gotas já registrada no mundo para este tipo de equipamento. É indicado para plantas que apresentam alta densidade de folhas. Com tecnologia nacional gerada na Embrapa, serve de base para outras patentes e tem despertado o interesse de várias empresas em difundir e aperfeiçoar a tecnologia. "O diferencial desse equipamento é que as gotas são carregadas com mais eficiência para o interior das plantas pelo jato de ar que pulveriza o produto (ar comprimido), proporcionando atingir regiões mais escondidas, como galhos, folhas e caule e pode ser configurado em equipamentos tratorizados para grandes áreas." Aldemir Chaim.


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

10

CAI O CONDESTÁVEL DA REPÚBLICA Geddel pode complicar a vida de Temer. PSOL pede impeachment do Presidente

O ministro Geddel Vieira Lima não comanda mais a Secretaria de Governo de Michel Temer (PMDB). Por meio de uma carta, Geddel afirmou que "é a hora de sair" e creditou seu pedido ao sofrimento de seus familiares com as denúncias contra ele nos últimos dias. Ele é o sexto ministro a deixar o governo em seis meses de gestão peemdebista. A carta com a decisão foi entregue a Temer na manha desta sexta-feira (25). No texto, Geddel escreveu: "Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto". Pediu desculpas, ainda, às pessoas que estão sendo alcançadas pelas denúncias e pela "dimensão das interpretações dadas". Geddel é o sexto ministro a deixar o governo Temer, que assumiu em maio. Antes saíram Marcelo Calero (Cultura), Henrique Alves (Turismo), Fábio Osório (AGU), Romero Jucá (Planejamento) e Fabiano Silveira (Transparência). O ministro da Secretaria de Governo não resistiu às acusações do ex-ministro da Cultura. Ele foi acusado de pressionar Callero para que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) autorizasse a construção de um residencial em uma área nobre tomada em Salvador. Em depoimento à Polícia Federal (PF), Calero também afirmou - em versão confirmada por Temer -, ter conversado sobre o caso com o presidente da República.

Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto”. Geddel Vieira Lima

Foto: diuvlgação

Veja a íntegra da carta de Geddel: "Meu fraterno amigo Presidente Michel Temer, Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto. É hora de sair. Diante da dimensão das interpretações dadas, peço desculpas aos que estão sendo por elas alcançadas, mas o Brasil é maior que tudo isso. Fiz minha mais profunda reflexão e fruto dela apresento aqui este meu pedido de exoneração do honroso cargo que com dedicação venho exercendo. Retornado a Bahia, sigo como ardoroso torcedor do nosso governo, capitaneado por um Presidente sério, ético, afável no trato com todos, rogando que, sob seus contínuos esforços, tenhamos a cada dia um país melhor. Aos Congressistas, o meu sincero agradecimento pelo apoio e colaboração que deram na aprovação de importantes medidas para o Brasil. Um forte abraço, meu querido amigo. Geddel Vieira Lima"


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

11

Estudantes da Escola Municipal Onero Costa da Rosa dizem não às drogas A Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Luís Eduardo Magalhães, através do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), realizou na manhã desta sexta-feira, 25, na Escola Municipal Onero Costa da Rosa, o encerramento de mais uma etapa do projeto "Eu tenho atitude e Digo não às Drogas". O projeto que contempla crianças e adolescentes entre 11 e 16 anos tem como objetivo prevenir e combater o consumo de crack e outras drogas por meio do fortalecimento da autonomia dos estudantes de forma reflexiva, lúdica e interativa. "Foram aproximadamente três semanas de contato direto com os alunos da escola, utilizando como recurso não apenas a informação, mas a motivação, a criatividade e o estímulo à autonomia, para que eles fos-

Fotos: Ascom LEM

“ Foram aproximadamente três semanas de contato direto com os alunos da escola, utilizando como recurso não apenas a informação, mas a motivação, a criatividade e o estímulo à autonomia, para que eles fossem capazes de difundir essa mensage Alexsandra Vieira Bender da Cruz, idealizadora e responsável pelo projeto sem capazes de difundir essa mensagem. A intenção foi transformar os alunos em agentes participativos de combate e prevenção ao uso de drogas", disse a idealizadora e responsável pelo projeto, Alexsandra Vieira Bender da Cruz. Durante o encerramento os alunos realizaram apresentações de dança, teatro e música com letras e en-

cenações alertando os jovens para o perigo das drogas. Prestigiaram o evento a secretária de Trabalho e Assistência Social, Maira de Andrada Santa Cruz, a secretária de Educação, Marli Cenci, as esquipes das secretarias envolvidas e servidores da Escola Municipal Onero Costa da Rosa.


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

12

NOTA DE ESCLARECIMENTO Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães (BA) A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e a Secretaria Municipal deAgricultura vem a público lamentar e repudiar a divulgação de notícia através de um blog, que não corresponde com a verdade e certamente tem mera conotação politica uma vez que, em nenhum momento houve determinação do Poder Público para demolição da Ong Vida Bixo, conforme constou no blog. Pelo contrário, o Poder Público sempre permitiu que a referida Ong utilizasse o espaço para abrigo e proteção dos animais de pequeno porte e ainda não firmou convênio de cooperação com a instituição porque a mesma não é legalmente constituída, ao contrário de outras instituições legais do terceiro setor que tem recebido apoio da Prefeitura. A Prefeitura esclarece que a área pública onde antes se localizava oAbrigo deAnimaisAbandonados (AAA), de responsabilidade da secretaria deAgricultura, foi doada ao

Estado da Bahia para a construção, instalação e funcionamento do Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP), sendo que o terreno ocupado pela Ong Vida Bixo não faz parte da área doada. As ações de limpeza do espaço foram realizadas por conta da empresa contratada pelo Estado para a construção do DISEP que garantiu que as baias demolidas pertencentes ao Abrigo de Animais Abandonados serão reconstruídas temporariamente em outro local do mesmo terreno, onde não irão interferir na construção da obra do DISEP. FinalmenteaPrefeituradeLuísEduardoMagalhãesreitera e reconhece a importância do trabalho voluntário realizado pela Ong Vida Bixo e lamenta o oportunismo do veículo de comunicaçãoquedistorceuasinformaçõespara,comoécostumeiro, denegrir a imagem e o trabalho do Poder Público.

OPORTUNIDADE VENDE-SE FAZENDINHA DE 39 hectares, com 20 hectares prontos para plantio ou formar pasto. Toda cercada com arame liso e divisão de pasto. Oitocentos metros de frente para estrada vicinal. Muita água, veredas nascendo dentro da propriedade, energia, pequena casa (48 m²) para caseiro, a 4 quilômetros do centro de Taguatinga-TO. Sinal de todas as operadoras de celular. Geo-referenciada e com escriturapública.Aapenas 20 km da Cachoeira do Registro e do Rio Azuis. Chuvas abundantesnabeirada escarpa.Aceitoimóvel residencial de boa qualidade construtiva em parte da permuta. Avaliada em R$390 mil. 63-99914-9014 e 77-3639-0908. Aproveite a oportunidade: a BR 242 está totalmente asfaltada até Taguatinga!


○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110 ○

○ ○ ○

13

Formosa do Rio Preto

A equipe da Secretaria Municipal de Educação visita escolas da zona rural No início deste mês,o secretário de Educação Elias Santos, o Supervisor de Núcleo Clevison Silva, Aux. de Coordenação Dayse Moreira e os amigos da escola Mariano França e Virgilino, visitaram as escolas municipais das localidades de Furtuoso, Barra do Tapuio, Beira D'Água , Aldeia, Gato e Cacimbinha. Segundo o secretário de Educação Elias Santos, o objetivo dessas visitas às escolas da zona rural, é estabelecer uma aproximação mais assídua junto aos alunos, pais, professores e funcionários para saber o que está precisando melhorar na escola e quais reivindicações têm a fazer do âmbito escolar. "Iremos fazer visitas em todas as escolas do município para ouvir da equipe pedagógica o que realmente está precisando fazer, saber dos alunos se a merenda está boa, como está funcionando o transporte escolar, se as estradas estão em condições de trafegabilidade, se é preciso mudar a estrutura do espaço escolar, enfim, eu quero ouvir de todas as escolas suas reivindicações, assim trazer o relatório ao nosso prefeito Gerson Bonfantti e juntos trabalharmos em cima daquilo que falta e melhorar cada vez mais a nossa educação", explanou o secretário de Educação Elias Santos. Para o amigo da Escola Mariano França, a iniciativa do prefeito Gerson Bonfantti e do secretário de Educação e sua equipe mostra que se preocupa com o desenvolvimento educacional e social do município. "Estou muito feliz em está visitando as escolas juntamente com o secretário de Educação, esse momento abre espaço para os alunos, pais e toda equipe da escola estabelecer um bate papo mais próximo ao secretário de Educação que tem autonomia e confiança do prefeito. A nossa função é trabalhar auxiliando como parceiros da educação de qualidade e nessa linha garantir o futuro do nosso país", disse.

Fotos: divulgação

O Supervisor de Núcleo Clevison Silva, falou da alegria em visitar as escolas municipais na Zona Rural: "É uma grande alegria participar dessa comitiva, ouvir de perto o que estão precisando. Essa iniciativa nos deixa seguro que o Prefeito Gerson Bonfantti e o Secretário de Educação e sua equipe estão preocupados com a educação e visa o crescimento educacional em nosso município tanto na sede como na zona rural", frisou.

Durante as visitas o amigo da Escola Virgilino, parabenizou a administração atual pela iniciativa em se aproximar das comunidades passando aos professores, alunos e pais que a mudança apenas começou. "Todos os professores, alunos e pais estão de parabéns, que esta administração atual continue sempre com essa vontade de está próximo das comunidades e que faça da educação prioridade.

Secretaria Municipal de Educação realiza o seminário do PACTO/PNAIC O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. É uma ação que conta com a participação articulada do governo federal e dos governos estaduais e municipais, para que todas as crianças sejam alfabetizadas até os 8 anos de idade. Dispostos a mobilizar o melhor dos seus esforços e recursos, valorizando e apoiando a formação continuada dos professores e escolas, proporcionando materiais didáticos para todas as crianças e

implementando sistemas adequados de avaliação, gestão e monitoramento. A Secretaria Municipal de Educação de Formosa do Rio Preto aderiu a essa responsabilidade com alfabetização de suas crianças e tem realizado um trabalho de compromisso com a qualidade da educação isso ficou notório no Seminário, apresentação das atividades do programa PACTO/PNAIC, realizado no dia 19 de novembro de 2016, com o tema: Anos iniciais: Refletindo sobre as experiências pedagógicas e de gestão no âmbito do Programa, momento onde as 36 escolas envolvidas, juntamente com a equipe Coordenada pela pedagoga Adriana Carvalho e os orientadores de estudos: Ludimilla Dourado, Charlles Maciell, Valdivia Castro, Marina Celia, poderem demonstrar a toda a comunidade o trabalho que vem sendo realizado nas escolas fruto da formação continuada.

Contando com o apoio e incentivo do nosso Secretário Municipal de Educação Elias Santos que diante das dificuldades tem feito o possível para alcançarmos os nossos objetivos. O evento foi marcado pelas apresentações dos professores alfabetizadores do município e dos alunos, os stands também retrataram o que vem acontecendo no espaço escolar. A presença do prefeito Municipal Gerson Bonfantti que desde o inicio de sua gestão tem apoiado a educação veio fortalecer ainda mais o seu compromisso falando da necessidade de investimento nas estruturas físicas das escolas que estão sucateadas, valorização dos professores alfabetizadores e demais profissionais da educação para que os mesmos possam atuar com mais satisfação e segurança, que todos esses investimentos só trarão bons resultados no bem maior que são os nossos alunos. Para abrilhantar ainda mais o evento, a Formadora Estadual Givaedna Moreira, representante da Secretaria de Educação do Estado da Bahia que em suas palavras firmou o compromisso do Estado com o programa Pacto/Pnaic, enaltecendo toda equipe da educação pelo trabalho desenvolvido e o compromisso com a alfabetização das crianças.


○ ○

○ ○ ○

○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110

14

Governo aposta na renovação de concessões públicas para gerar novos investimentos Com os cofres raspados, o Governo pretende que os cessionários de serviços públicos de infraestrutura, como transportes ferroviários, portos, energia e outros invistam pesado em seus negócios para renovar as concessões Foto: diuvlgação

A prorrogação antecipada RELICITAÇÃO - A medida prode concessões de ferrovias e visória também prevê a possibilirodovias poderá gerar invesdade da devolução amigável das timentos de R$ 15 bilhões. concessões, no caso de a empreSegundo o ministro do Planesa não ter condições financeiras jamento, Dyogo Oliveira, mais de manter o projeto. Nesses cade dois terços desse valor sos, o governo irá licitar novamente devem ser investidos nas conas concessões devolvidas. "O gocessões de ferrovias, e o resverno não obrigará ninguém a detante, em rodovias. volver, nem nenhum concessionáO governo publicou hoje rio é coagido a fazê-lo. O que ha(25) uma medida provisória verá é uma decisão individual do que permite que as atuais concessionário, considerando que concessões de rodovias e fero projeto se encontra inviável ou rovias sejam prorrogadas ancom dificuldade de execução, entes do prazo final, desde que tão que ele deseja aderir a esse sejam feitos investimentos mecanismo", explicou o ministro. adicionais, não previstos no A vantagem da relicitação, secontrato vigente. A MP tamgundo o ministro, é garantir a conbém prevê a possibilidade de tinuidade da prestação dos servidevolução de concessões, ços aos usuários em boas condicaso a empresa responsável ções durante todo o processo. não consiga manter o projeAlém disso, a empresa que resolto. ver devolver a concessão poderá O ministro disse que tem permanecer idônea, o que não conversado com várias emacontece se houver a caducidade Cada concessão fará uma análise particular presas e associações e perda concessão. cebeu um grande interesse na Segundo Oliveira, esse será individualizada, da adequação ou não. Mas há vários prorrogação das concessões. um mecanismo permanente nas casos em que houve manifestação de interesse, Segundo ele, o valor dos infuturas concessões. "Não é uma principalmente para a inclusão de novos investimentos vestimentos pode ser ainda proposta casuística para resolver maior que o estimado pelo problemas pontuais", disse. A reem concessões já existentes. Estamos muito otimistas”. governo. "Cada concessão licitação prevê um termo aditivo no Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento fará uma análise particular, qual a empresa deverá se comindividualizada, da adequação ou não. Mas há vários obras obrigatórias, no caso de concessões rodoviárias, prometer a prestar os serviços até a assinatura do novo casos em que houve manifestação de interesse, princi- ou à prestação de serviço adequado, no caso de con- contrato de parceria. palmente para a inclusão de novos investimentos em cessões ferroviárias. Os acionistas que tenham mais de 20% da atual Ao fazer essa alteração do contrato, deverão ser in- concessão não poderão participar da nova licitação para concessões já existentes. Estamos muito otimistas", cluídas nas regras as práticas mais modernas de regu- a mesma concessão. "Isso é para evitar que haja uma disse. Para o ministro, a prorrogação antecipada resolve lação do setor. As concessões de rodovias mais anti- operação casada de o sujeito devolver a concessão e um importante dilema no setor de concessões: a redu- gas, por exemplo, não previam um índice que medisse comprar a mesma concessão por um preço menor", ção de investimentos no final do prazo do contrato. "O a qualidade dos serviços, o que já foi incluído nos pro- explicou o ministro. concessionário que já está próximo do final da conces- cessos mais recentes. Se houver a prorrogação das são tem poucos incentivos para fazer investimentos, concessões mais antigas, esse mecanismo vai ser inARBITRAGEM - Uma das novidades incluídas por porque sabe que não pode amortizar esses investimen- cluído. meio da medida provisória é a possibilidade de um meSegundo o ministro, a medida provisória é parte das canismo de arbitragem no caso de disputas entre contos até o fim do prazo de concessão", explicou Oliveira. A concessão poderá ser prorrogada uma única vez, ações do governo para retomar os investimentos na área cessionários e agências reguladoras sobre temas ecopelo mesmo período do contrato original. "Não se pre- de infraestrutura. "Embora as novas concessões este- nômicos e obrigações. Na avaliação do ministro, o metende com isso perpetuar o concessionário naquela jam deslanchando muito rapidamente, temos um con- canismo garante mais segurança jurídica para o setor concessão, apenas viabilizar um conjunto novo de in- junto importante de infraestruturas já concedidas que de infraestrutura e pode dar mais qualidade às decivestimentos", disse o ministro. A prorrogação antecipa- podem também realizar um volume elevado de investi- sões dos temas em disputa. da das concessões está condicionada ao atendimento mentos, a partir da inclusão de novos investimentos (Da Agência Brasil, com edição deste jornal) de exigências como a execução mínima de 80% das nos contratos já existentes", disse.


○ ○

OPORTUNIDADE PARA PCD (Pessoa Com Deficiência)

A LIDERANÇA INDÚSTRIA DACONSTRUÇÃO CIVIL LTDA está recebendo currículo de PCD (Pessoas Com Deficiência), para oportunidade profissional. Podem se inscrever candidatos que possua experiência com construção civil (Pedreiros, Serventes De Obra, Carpinteiros, Armadores, Pintores). Os interessados devem comparecer no escritório da empresa localizado na Rua Castro Alves, s/n, Quadra 69, Lote 04, Centro, município de Luís Eduardo Magalhães/BA ou enviar curriculum vitae para o seguinte endereço eletrônico: rh@construtoralideranca.com.

EDITAL DE COMUNICAÇÃO

NOTIFICAÇÃO A ELDORADO DO ROSARIO 21 EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, Notifica os (as) clientes: Ualace Ribeiro da Silva; Junior Clesio Pereira Magalhães a comparecer ao escritório sito Al. Dos Buritis, nº 408, Ed. Buriti Center, Sala 101, Centro, Goiânia, Go, no prazo de 5 dias, contados desta data, para purgar a mora de seu contrato de compra e venda relativo ao imóvel situado no Loteamento Rio Pratudão-BA, Quadra SW-M-4 Lote 14 em Eldorado do Rosário - BA. Não havendo o purgamento da mora, o contrato estará rescindido por falta de pagamento e a posse do imóvel volta à vendedora.

○ ○ ○

EDITAL

○ ○

Oeste Baiano, 25 de novembro de 2016 - Edição 110

15


O expresso edição 110 25 11 2016  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you