Page 1

2013 Nº 01 ANO I R$ 9,00

LIMA CAMPOS Turismo estratégico

tornará a cidade um modelo a ser seguido

foto VISTA LATERAL DO BALNEÁRIO TUR

EMPREENDEDORISMO FEMININO Ginástica Mulher Maravilha em Pedreiras: auto estima e muita animação propiciam o crescimento do grupo

26

CARISMA FRANCISCANO

50 anos da Paróquia de Santo Antonio de Pádua em Trizidela do Vale: conheça os protagonistas dessa história


UMA REVISTA QUEM FAZ AC


A PARA CONTECER MNOL DE MELO Avenida Rio Branco, 838 A Pedreiras - MA 99 8119 3817 8119 3842 revistaacontecemearim@gmail.com

r e v i s t a


TURISMO ESTRATÉGICO Estratégias que vão tornar a cidade de Lima Campos modelo na região do Médio Mearim

EMPREENDEDORISMO FEMININO

Aeróbica Mulher Maravilha continua crescendo em Pedreiras

CARISMA FRANCISCANO Paróquia de Santo Antonio de Pádua celebra 50 anos de sua fundação e relembra fatos marcantes de sua história

16

26

23


6

3

07 ENTREVISTA BENSELMO BRAGA

10 TENDÊNCIA CHIQUE!APENAS UMA EXPRESSÃO, OU UMA DEFINIÇÃO DE SER?

12 O ANALFABETISMO FUNCIONAL E O ABC DA VIDA

15 REALIDADE A FACE E O FACE

21 PAPO SAÚDE ALONGUE-SE PARA SER FELIZ!

31 HUUMMM TORTA DE CAMARÃO MARANHENSE

33 INNTUDO UM GIRO PELOS EVENTOS DA REGIÃO

35 RAIZ ANTENADA FILME FLOR DE ABRIL

CAPA

6

06 EDITORIAL

Vista lateral do BALNEÁRIO TUR, em LIMA CAMPOS, fotografada por SERGIO SOMBRA

A Revista Acontece Mearim é um periódico bimestral da Empresa MNOL DE MELO CNPJ Nº 10796661 / 0001-29. A Revista Acontece Mearim não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos, ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, sendo esse último de inteira responsabilidade dos anunciantes. É proibida a reprodução total ou parcial desta obra através de qualquer meio, seja eletrônico, mecânico, fotografado ou gravado sem permissão da MNOL DE MELO. Revista Acontece Mearim Av. Rio Branco, 838 A, Centro - Pedreiras - MA - CEP: 65725 000/ CNPJ 10796661/0001-29 revistaacontecemearim@gmail.com 99 8119 3817 99 8119 3842

diretoria editorial CARLOS ALBERTO S. DE MELO, WESCLEY BRITO conselho editorial CARLOS ALBERTO S. DE MELO, CLOTILDES ABREU, MARIA NEURACI O. LIMA DE MELO, NILTON LEE, WESCLEY BRITO diretoria administrativa IVALDO LIMA CRA 5081 diretoria financeira CARLOS ALBERTO S. DE MELO diretoria de marketing CARLOS ALBERTO S. DE MELO, CLOTILDES ABREU fotografias ADIEL C. SILVA, CLAUDINEZ LACERDA, J.EDUARDO, SERGIO SOMBRA, STUDIO FOCUS DIGITAL arte CARLOS ALBERTO S. DE MELO JÚNIOR, DIÓGENES MELO diagramação TUPY NETO redação WESCLEY BRITO colaboradores CÍCERO FILHO, FREI JONAS MATHEUS, LUIS MORAIS, SHELLY TELES, SIDNEY BORGES revisão ROMILDO RIOS jornalista responsável NILTON LEE MTB / DRT 319 -TO impressão HALLEY S.A. GRÁFICA E EDITORA tiragem 3.000 EXEMPLARES


Caro Leitor

É

com imensa satisfação que levamos até você a primeira edição da Revista

Acontece Mearim. Um periódico que marcará a história da mídia escrita em

nossa região ao passo que trará a luz, a perspectiva de um médio Mearim ousado,

empreendedor e cheio de potencialidades que precisam ser percebidas pelas regiões próximas e por todo o País. A Revista Acontece Mearim se propõe a ser este instrumento de transmissão dos valores construídos a partir de nossas singularidades. E você querido leitor, será a coluna principal desta parceria. Será sua também, a tarefa de junto conosco perceber os passos futuros de cada tiragem da revista, de identi car as notícias do mearim que dialogam com o mundo e as vozes do mundo que ecoam sobre o Vale do Mearim e o convida a debater através de nossas páginas e da repercussão das mesmas. Numa nova imersão de tempos e espaços, o nosso tempo e o nosso espaço se confunde e entra em con uência com tempos, espaços e culturas diversas, E este periódico pretende ser, diante desta realidade, não só um instrumento de leitura, mas, um elo entre seus leitores e os demais vocativos sociais que nos convocam a a rmar nossa presença enquanto sociedade que pensa e atua. Acontece Mearim é simples como tudo que acontece em nosso dia-adia. Contudo, com um toque ímpar de charme e exuberância próprios de um veículo de comunicação que vai levar a marca de uma região a tantas outras. De Lago da Pedra a Lima Campos, de Presidente Dutra a Santa Inês, nos pontos de tráfego entre São Luís e Teresina e Inicialmente nestas duas importantes capitais, o Mearim vai acontecer nos caracteres e nas guras da primeira revista da região neste formato. Transcendendo a mera questão política, falando sobre cultura, moda, e notícias de forma em geral. A Imparcialidade, a leitura apurada dos fatos e tendências, a técnica e precisão em tudo quanto se colocar à vista nestas páginas serão sinais de nosso compromisso com você, caro leitor. Fatores que o tornarão el às nossas edições e partícipe deste novo e promissor processo de divulgação escrita do Médio Mearim. Finalmente, resta-nos aguardar e torcer tanto pela revista quanto pelos leitores: que para ambos, seja o sucesso o próximo passo a cada passo, possibilitando-nos crescer em conformidade com o que se espera também de nossa região. Uma boa leitura a todos e muita inspiração para não car estagnado e fazer cada vez mais nossa região acontecer, portanto, coragem e Acontece Mearim . Os Editores


ENTREVISTA

EMPRESARIADO ORGANIZADO MAIS DESENVOLVIMENTO PARA A REGIÃO

O

experiente empresário Benselmo Braga, 44 anos, Engenheiro Civil de formação, hoje estáa frente da Associação comercial, Industrial e Agrícola de Pedreiras, importante instituição do meio empresarial do Médio Mearim, fundada em 1941, contando hoje com a representação de 71 sócios. A unidade e a organização os empresários diante dos relevantes cenários econômicos pelos quais tem passado nosso País e consecutivamente nossa região nos últimos períodos, pautaram a conversa entre a revista Acontece Mearim e o empresário. Os lados positivos e negativos do crescimento que se apresenta como irreversível para o médio Mearim poderá impactar mais ainda nosso comércio e nossas nanças como um todo? Estes e outros questionamentos foram respondidos com bastante habilidade por Braga, empresário bem sucedido no ramo de informática e material de construção.

BENSELMO BRAGA

Revista Acontece Mearim Com o crescimento econômico do país nos últimos anos, várias cidades do porte de Pedreiras, aqui mesmo no Médio Mearim, ou em regiões próximas tiveram (e têm) a possibilidade de aquecer os seus mercados. Aliado a isso, a facilidade de transporte aos grandes centros (São Luís/Teresina) e as compras pela internet também representam mu d an ç a s s i g n i c ati v a s n o cenário comercial da Região. Qual é o comportamento da ACIAP junto aos seus associados diante desta realidade? Benselmo Braga- A nossa maior preocupação neste momento é contribuir para que as nossas empresas se fortaleçam e estejam cada vez mais preparadas para garantir o seu espaço, não deixando nada a desejar para as empresas que chegam por aqui. O aumento da concorrência, na maioria das vezes, é bené co para todos: para os clientes por terem mais opções e ofertas; e para os lojistas, sobretudo para os já estabelecidos, por provocar uma necessidade de renovação em todos os sentidos (melhorias nas suas instalações físicas, busca de novos fornecedores, aumento do portfólio de produtos, renovação do estoque; quali cação dos seus colaboradores para melhorar o atendimento e gestão; mais investimentos em publicidade, etc.). A ACIAP vem acompanhando as mudanças, mantendo a parceria que já tem com o SEBRAE, pois, juntos promovem capacitação pro ssiona-

ACONTECE MEARIM

07


ANALFABETISMO

FUNCIONAL S

abe aquele outdoor quepassa uma mensagemen i g mát i c a e qu e vo c ê conseguiu entender, mas a pessoa que estava ao seu lado ensaiou um risosem graça por não compreender nada? E aquela criança tímida da sala do seu lho que não consegue dançar a coreogra a p e dida p ela profess ora, ou desenhar uma gura sequer? Pois é, estes indivíduos, sejam eles grandes ou pequenos, estão engrossando as leiras de um analfabetismo diferente. Trata-se dos chamados analfabetos funcionais: são aqueles que, embora sendo alfabetizados, têm imensa di culdade de compreender informações mais detalhadas.

12 ACONTECE MEARIM


A UNESCO de ne como analfabeto funcional toda pessoa que sabe escrever seu próprio nome, assim como lê e escreve frases simples, efetua cálculos básicos; porém é incapaz de interpretar o que lê e de usar a leitura e a escrita em atividades cotidianas, impossibilitando seu d e s e nvolv i me nto p e ss o a l e pro ssional. Ou seja, o analfabeto funcional não consegue extrair o sentido das palavras, colocar ideias no papel por meio da escrita, nem fazer operações matemáticas mais elaboradas. A Declaração Mundial sobre Educação para Todos a rma que mais de 960 milhões de adultos são analfabetos, sendo que mais de 1/3 dos adultos do mundo não têm acesso ao conhecimento impresso e às novas tecnologias que poderiam melhorar a qualidade de vida e ajudá-los a adaptar-se às mudanças sociais e culturais. De acordo com esta declaração, o analfabetismo funcional é um problema signi cativo em todos os países industrializados e em desenvolvimento. No Brasil, 75% das pessoas entre 15 e 64 anos não conseguem ler, escrever e c a l c u l a r p l e n a m e nt e . E s s e número inclui os 68% considerados analfabetos funcionais e os 7% considerados analfabetos absolutos, sem qualquer habilidade de leitura ou escrita. Apenas 1 entre 4 brasileiros consegue ler, escrever e utilizar essas habilida-

des para continuar aprendendo. Entre outras causas de carátersocial, um dos motivosque está levando nossas crianças a crescerem longe da compreensão de atividades práticas da vida, é o fato de que o sistema de educação formal avalia como fator conclusivo de formação, o pronto conhecimento dos c on c e it o s ab ord a d o s p e l o s conteúdos. E assim, não são valorizados fatores importantes para o desenvolvimento sensível da criança como pintura, música, teatro, desenho, nem mesmo as brincadeiras lúdicas, que tanto desenvolviam a criatividade das crianças. Assim, a criança que cresce longe dos impulsos estéticos e emotivos, torna-se um adolescente frio, que já nesta etapa da vida terá di culdades para sentir interesse pelas atividades que lhe motivem o pensamento. Esta lacuna será mais tarde o fator preponderante para a a rmação de uma p ers onalidade s em entendimento do mundo que o cerca, desta forma, estará con gurado o analfabetismo funcional. Para diminuir o enorme abismo entre formação mecânica e formação efetiva para a vida, é i mp or t a nt e a i n s e rç ã o d a s crianças em meios sociais adequados, a estimulação dos sentidos através de práticas lúdicas, brincadeiras, cores, guras e livros. O cont ato com cenár ios

naturais, atividades folclóricas e práticas que induzam o raciocínio, também são fatores condicionantes para o desenvolvimento adequado da personalidade criadora das crianças. O grande desa o que este tema nos apresenta é não esperar somente as ações governamentais ou de outras instituições que têm competência para atuar nesta área. É importante que, urgentemente, os próprios pais busquem alternativas em casa, na escola, em creches, centros de recreação ou similares para assistir com mais qualidade as necessidades cognitivas dos seus lhos. E é sempre bom lembrar que o tempo não faculta o fator espera, os indivíduos continuam crescendo diante de obstáculos socioculturais sem precedentes, impostos pelo tempo atual. É preciso mais do que nunca, e o quanto antes, iniciar os diálogos possíveis e apresentar mais do que o ABC dos livros, o ABC da vida! Equipe de gestão pedagógica da Arca Encantada Fonte: Site Planeta Educação

ACONTECE MEARIM

13


CAPA

WESCLEY BRITO

LIMA CAMPOS VAI INCENTIVAR TURISMO COM A CONSTRUÇÃO DE BALNEÁRIO A Prefeitura de Lima Campos aposta alto no turismo, ao iniciar a construção de um balneário que promete se transformar em um dos principais centros de lazer da cidade e dos municípios vizinhos. A ideia é que essa obra alavanque o desenvolvimento local e gere renda para as famílias limacampenses. O balneário contará com quiosques e restaurantes que oferecerão comidas típicas, aumentando o fluxo de turistas.

16 ACONTECE MEARIM


CAPA

A

largada já foi dada para a primeira etapa da construção do C o m p l e x o Tu r í s t i c o L imac amp ens e: t rat a-s e d a urbanização do cais do balneário, bem no coração da cidade. A estrutura urbanística terá, além da complementação do cais já em construção, a implantação de um l on g o c a l ç a d ã o, à m a r g e m esquerda da lagoa. O projeto foi apresentado ao Ministério do Turismo, e os recursos já estão garantidos. Tão logo seja concluída a fase licitatória do processo, os cidadãos limacampenses começarão a ver, já durante o desenvolvimento da obra, a grandeza deste equipamento turístico. Este complexo aquático foi construído em 1944, quando Lima Campos era apenas Colônia. Sessenta e nove anos depois a obra

WESCLEY BRITO

que já virou atração turística natural da cidade poderá ser responsável pelo desenvolvimento acelerado da economia local, pois em tempos de descoberta e exploração do gás natural, onde grandes empresas buscam

instalações a poucos quilômetros da cidade, o município vislumbra a oportunidade de ser o grande oásis do lazer e do turismo regional. As pretenções do atual gestor são otimistas.

ACONTECE MEARIM

17


CAPA

WESCLEY BRITO

O prefeito Jailson explicou que, além de promover o desenvolvimento local, esse empreendimento também é uma forma de mostrar as nossas belezas naturais, atraindo turistas de todas as localidades. Lima Campos tem suas peculiaridades e obras como esta são sempre locais de encontro de pessoas que procuram um lugar para o lazer, queremos dar essa garantia de espaço e estimular os limacampenses e visitantes a conhecerem os belos cenários que temos em cada canto da cidade , disse. A deslumbrante paisagem poderá ser apreciada a partir do a m b i e n t e c o nv i d a t i v o q u e revestirá a estrutura dos vários quiosques construídos ao longo do calçadão. E para fechar o leque de novidades, o balneário contará com decoração temática com motivos limacampenses e iluminação especial em todos os seus paredões, os quais poderão ser vistos de todos os cantos da orla durante o dia e a noite. Os serviços de bar e restaurante serão totalmente reestruturados e capacitados para a recepção de turistas de toda a região. Além disso, será construída uma estrutura utuante onde funcionará bar e restaurante. A limp eza do C omplexo também já foi iniciada e, de acordo com o Secretário de

18 ACONTECE MEARIM

Infraestrutura, adeu Pereira, Com a urbanização do esta ação será permanente. balneário, a Prefeitura espera que C o n t a r e m o s , a i n d a , c o m empreendimentos como: hotéis, campanhas de conscientização bares, restaurantes e casas de para todos os frequentadores shows possam ser construídos na sobre preser vação do meio cidade. Também serão criadas ambiente , informou. redes de economia solidária com Essas ações concretas de artesãos, grupos folclóricos e estímulo ao turismo vão fazer de produtores locais, para que toda a Lima Campos a cidade-polo deste produção de bens e serviços segmento no Médio Mearim. c i r c u l a n t e s d o C o m p l e x o Nesse sentido, contará com p a rc e r i a s p ú b l i c o privadas, o que vai possibilitar aos cidadãos limacampenses e aos demais Jailson Fausto, recebe em seu frequentadores Prefeito gabinete o Secretario de Turismo do usufruírem de Maranhão, Jura Filho e q u i p a m e nt o s Turístico possa permanecer turísticos tais como: churrascaridentro dos limites da cidade, as, pizzarias, área de lazer com gerando renda e qualidade de vida pedalinhos, além de equipes de aos munícipes. salva-vidas nos ns de semana. Além da urbanização do Os nais de semana do balneário, Lima Campos conta balneário mais charmoso da com a Praça de Eventos mais mesorregião centro-maranhense estruturada da circunvizinhança s e r ã o re p l e t o s d e at r a ç õ e s que será utilizada para a culturais. Haverá um enfoque composição da parte cultural todo especial da mídia do Estado, integrante do projeto de incentivo em virtude da grande e harmoniao turismo. Outro fator ímpar que osa estrutura que Lima Campos credencia o município a lutar por está construindo, para moldar mais recursos junto às esferas este presente mantido pela estadual e federal, é a existência de natureza e que repousa sereno onze comunidades quilombolas bem no centro da cidade.


CAPA

RESTAURANTE

PISTA DE ATLETISMO

QUIOSQUES

BANHEIROS

WESCLEY BRITO

RESTAURANTE FLUTUANTE

ETAPAS DO PROJETO DE TURISMO ESTRATÉGICO DE LIMA CAMPOS locais ainda hoje com grande parte de suas características culturais preservadas. S e g u nd o Jai l s on Fau sto, prefeito da cidade, a divulgação dos cenários da cidade será um fator determinante para a inclusão de Lima Campos no roteiro turístico do Estado do Maranhão. Eu aposto na divulgação da imagem de nossa cidade, porque acredito que o projeto que estamos des envolvendo vai

conseguir atrair movimentação necessária para motivar o crescimento local , destacou. A previsão é que até junho de 2014 a urbanização total da margem esquerda, incluindo a construção dos quiosques, esteja concluída. Podendo moradores e visitantes deste belo local desfrutar da beleza natural na companhia de muito progresso, salutar e sustentável.

CONSTRUÇÃO do cais do Balneário; CONSTRUÇÃO do calçadão do Balneário (com quiosques e restaurante panorâmico complementando a etapa anterior); IMPLEMENTAÇÃO de ações de limpeza sob responsabilidade do município, atividades de educação ambiental voltadas aos moradores próximos quanto à preservação e adequação total e permanente da área para a prática de banho; REATIVAÇÃO com força total de todo o calendário festivo da cidade; PARCERIA com empresas privadas para implantação de restaurantes e outros equipamentos turísticos; PARCERIA com entidades de direito civil para provimento de ações de economia solidária; CONSTRUÇÃO de outros equipamentos turísticos e culturais a partir da vocação natural do município e; EFETIVAÇÃO de parcerias para complementação total da urbanização da orla do Balneário.

ACONTECE MEARIM

VIAS DE ACESSO AO MUNICÍPIO DE LIMA CAMPOS

19


PAPO SAÚDE

SHELY TELES

ALONGUE-SE PARA SER FELIZ

C

orrer, suar, malhar. Quem já não ouviu isso? A palavra de ordem dos tempos atuais é MOVIMENTO . Para onde quer que se olhe, as pessoas estão correndo, andando de bicicleta, nadando, jogando bola ou malhando. Vai dizer que você nunca se perguntouqual deve ser o grandebarato da atividade física, que atrai cada vez mais adeptos para a prática de um esporte qualquer e o que elas esperam obter? Pe s q u i s a s a p o n t a m q u e pessoas ativas têm uma vida mais completa. Elas têm mais disposiç ão, resistem às do enç as e mantêm a boa forma física. Normalmente são mais autoconantes, menos deprimidas, ou seja, mais saudáveis. E o que o alongamento tem a ver com toda essa história? Podese dizer que ele é uma importante conexão entre o sedentarismo e uma vida ativa. O alongamento irá esticar os músculos, tornandoos mais exíveis e elásticos, diminui a tensão muscular, promovendo a sensação de um c o r p o b e m m a i s r e l a x a d o, melhora a coordenação, permitindo que os movimentos se tornem mais fortes e ágeis.

Não cou convencido? Vai então agora mais uma tentativa de seduzi-lo: É ótimo para postura e quando você alonga o tronco, amplia a distância entre os quadris e as costelas, o que faz parecer mais magro e alto. Os alongamentos são especialmente importantes para quem realiza atividades vigorosas que promovam tensões e in exibilidade e para quem pratica esportes (competitivo ou não). Alongando-se antes e depois das at i v i d a d e s , d e s e nv o l v e - s e c ons c i ê n c i a c or p or a l ; p oi s permite que você se concentre nas diversas partes do seu corpo, conhecendo-se melhor passando a ter mais domínio sobre cada músculo. Fora tudo isso, previne problemas comuns tais como distensões, tendinites, LER (lesão por esforço repetitivo) e encurtamento muscular. É gostoso fazer alongamentos quando procedemos de forma adequada. Nada de exageros, não é preciso forçar limites ou tentar aumentá-los a cada dia, tampouco competir consigo mesmo, extrapolando limites. O alongamento deve ser adequado à estrutura física de cada um, à sua exibilidade. Lembre-se que cada pessoa é única, física e mentalmente, com ritmos e necessidades próprios. Se você aprendeu a respeito do seu corpo e do que ele precisa, será capaz de desenvolver seu próprio potencial e aos poucos, construir bases de boa forma que vão durar a vida inteira. E lembre-se, regularidade e continuidade é

imprescindível para essa conquista. Aqui vai mais uma dica: observe os gatos, instintivamente eles sabem alongar-se, e fazem isso de modo natural e relaxado, nunca além do adequado. Que tal imitá-los? A prática do alongamento não é só um método e tanto para o corpo, mas, sobretudo, um fantástico investimento à sua saúde. Shelly Teles é sioterapeuta e professora de Química

Modelo: Paloma Thaise

ACONTECE MEARIM

21


EMPREENDER

WESCLEY BRITO

EMPREENDEDORISMO

FEMININO E

m tempos divisores de água no campo da política, a força feminina é fenômeno emergente também no meio empresarial. A conquista de espaços nunca antes ocupados pela sensibilidade da mulher se faz clara e cada vez mais forte em nosso meio. A Mineira Vanessa d e F i g u e i r e d o Vi l e l a Araújo, proprietária da KAPEH é uma das mu l he re s m ai s in uentes no meio empresarial brasileiro. Esposa de um bem sucedido cafeic ultor, percebeu na essência do café um potencial bem mais vasto do que simplesm e n t e o gastronômico, e a partir daí, contratou mão-de-obra terceirizada para a fabricação de cosméticos à base do café. Daí nascia uma das maiores faturas do mercado de cosméticos

d a atu a l i d a d e. Van e s s a foi escolhida pela ONU uma das dez mulheres empreendedoras do mundo no ano de 2010. Já a carioca Zica, dona da rede Beleza Natural, provou que salões de beleza não são apenas para mulheres gastarem dinheiro, mas, com uma pitada de criatividade e muita coragem para empreender, estes espaços se transfo rmam e m lu g are s diferenciados p a r a lucrar m u i t o nanceiramente. Ela abriu a empresa em 1993 no quintal de sua casa, e hoj e j á tem salões distribuídos pelos Estados do Rio, Espírito Santo e Minas Gerais. Mas ao contrário do que ACONTECE MEARIM

23


EMPREENDER WESCLEY BRITO

muitos pensam, não é somente nos grandes centros que paira a vara de condão das boas estratégias femininas na área de negócios. Um bom exemplo disso é a Ginástica Mulher Maravilha, empresa que cresce ao sabor do pensamento empreendedor de uma mearinense sem medo de crescer na vida. Segundo a jovem empresária Patrícia Melo, 34 anos, formada em Geogra a e Educação Física, O início do projeto foi apenas com a nalidade de possibilitar um horário extra para algumas professoras que desejavam fazer exercício físico, mas não encontravam horários e nem espaço adequado , a rma.

24 ACONTECE MEARIM

Patrícia Melo uniu o útil ao agradável. O grupo inicial de vinte mulheres passou a crescer, e logo um cadastro teve que ser efetivado. Ela precisou alugar a quadra de uma escola, e hoje a Mulher Maravilha já conta com mais de três turmas em diferentesbairros de Pedreiras. Ao todo, o grupo já soma mais de quatrocentas mulheres cadastradas, e há ainda expectativa de mais crescimento em 2013, o que deverá também aumentar o faturamento da aeróbica Mulher Maravilha. Os encontros são embalados a alongamento, dança, suor e sorrisos à beça. Esse é o grande chama do grupo: elevar a autoestima das frequentadoras e

realizar a interação social entre todas elas. A proprietária, destaca sorridente, que numa mesma turma se encontram familiares de gerações diferentes, além de patroas e funcionárias, fazendo assim, com que o Gr up o Mu l her Marav i l ha exerça também uma nuança social. Por sua ousadia e pioneirismo, a Revista Acontece Mearim parabeniza a professora, dançarina e show girl, Patrícia Melo, que nesta edição exemplica a coragem que move a mu l he r c onte mp or âne a a buscar constantemente sua emancipação, erguendo com garra ecomprometimento, o seu futuro e o de suas alunas.


PARÓQUIA DE SANTO ANTONIO DE PÁDUA COMEMORA 50 ANOS DE FUNDAÇÃO Março de 2013 marca o cinquentenário da Paróquia de Santo Antonio de Pádua. Foi no dia 19 de março de 1963 que se deu a ereção canônica da paróquia de Trizidela do Vale, o que constitui uma festa para os fiéis católicos do local, além de ser motivo de memória histórica para os cidadãos trizidelenses. Assim, ressalta-se a recordação dos primeiros frades capuchinhos que assumiram em 1963 esta paróquia e a chegada das Irmãs Preciosinas, dando impulso na pastoral paroquial e na educação do município.

26 ACONTECE MEARIM


O

s frades capuchinhos já trabalhavam no serviço de desobriga missionária ao longo do Rio Mearim desde 1902, quando o bispo de São Luís: Dom Antônio Albano, encarregou os frades da missão sediada em Barra do Corda para a assistência da grande paróquia de São Luís Gonzaga, que também abrangia as terras de Pedreiras, onde chegaram a morar os Freis: Natal de Besana e Germano de Cedrate, este que ergueu a atual Igreja matriz de São Benedito, erigida paróquia em 1940. Nos albores da década de 60, estando a Igreja Católica vivenciando o Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965), com a crescente população em Pedreiras e a necessidade de maior assistência pastoral aos éis, o Arcebispo metropolitano de São Luís, Dom José de Medeiros, ao qual pertencia o cuidado pastoral de Pedreiras, decidiu erigir uma nova paróquia no bairro Trezidela, daquela cidade. Assim se rmou o convênio com os Frades Capuchinhos da Custódia do Maranhão, para assumirem a nova paróquia. Deste modo, em 19 demarço de 1963, após um tríduo pregado pelo próprio Arcebispo de São Luís, procedeu-se a solenidade de ereção canônica da nova paróquia sob a proteção de Santo Antônio de Pádua, funcionando na antiga capela de N. Sra. de Fátima. Assumiu como primeiro pároco o Frei Raimundo Vale (que foi

pároco até 1980) e como vigário o Frei Arcádio de C e r e t e . Na q u e l e d i a houve missa e solene procissão com a imagem de Santo Antônio, doada pelo Mons e n h or G e rs on Fre i re, pároco de Pedreiras. O então prefeito pedreirense Vicente B e n i g n o, d e c re t o u f e r i a d o municipal. Os Frades Capuchinhos desde aqueles dias trabalhavam, mais arduamente e muito próximo dos éis e cidadãos daquele bairro. Frei Raimundo Vale se desdobrou muito nos primeiros trabalhos da área urbana de sua paróquia, ao passo que Frei Arcádio não media esforços para lhe assessorar nesta nova missão. Frei Raimundo, parceiro dos Vicentinos e do Clube das Mães que vigorava já no princípio deste nova paróquia, muito trabalhou para estruturar a paróquia e urbanizar o bairro Trezidela que muito sofria com o alagamento devido ao transbordamento do rio Mearim ao longo do inverno. Obras levadas a frente por Frei R aimundo, s empre com a parceria de lideranças locais como Tiago Costa e Francisco Guida, foram a aquisição de terras sobre a colina para a construção do Centro comunitário, também, cerâmica, cinema, grá ca, posto de saúde, escola e um trator, que abriu muitas vias em Trezidela.

Primeira capela de Santo Antonio de Pádua

Frei Raimundo Vale

Frei Ubaldo Civera

Frei Osvaldo Coronini

ACONTECE MEARIM

27


Digno de nota é que a Diocese de Bacabal foi criada em 1968, tendo como 1º Bisp o D om Pascásio Rettler, sendo as paróquias Pedreiras e Trezidela, bem como outras, desmembradas da Arquidiosese de São Luís e integradas na recém criada diocese. O 2º pároco, Frei Ulderico C hig ione (de1980 a 1981), transferiu a sede da paróquia da capela de N. Sra. de Fátima, devido ao constrangimento de ser todos os anos alagada pelas enchentes, para o C entro

Treidela para que as irmãs auxiliassem no serviço pastoral e dirigissem a escolinha Jardim N. Sra.de Fátima. Assim o convênio foi assinado por Frei Ubaldo e pela Madre Maria Vilani a 08 de março de 1987, ocasião na qual se erigiu a comunidade das Irmãs Preciosinas em Trezidela de Pedreiras, com Santa Missa, com a presença do pároco, da Madre regional e sua secretária, do Vigário Geral da Diocese de Bacabal e do povo de Deus que acolheram as Irmãs: Filisbina

Comunitário ao passo que se erguia a novo Templo paroquial sobre a colina, ao lado do Centro comunitário. Assim, demoliu-se aquela capela que sofria com as enchentes. Após o paroquiato do Frei Liberato Giudice (1982 a 1983), foi pároco o Frei Ubaldo Civera (1983 a 1992). Este solicitou a então Madre regional das Irmãs do Preciosíssimo Sangue, Madre Maria Vilani, a abertura de uma casa desta congregação em

Reis, Maria Esquerdo e Francisca Oliveira que constituíram a primeira comunidade das Irmãs Preciosinas em Trezidela. Com o paroquiato de Frei Osvaldo C oronini (1992) a escolinha Jardim N. Sra. De Fátima, foi ampliada e, construíndo- se mais amplo prédio numa depressão geográ ca próximo a primeira escola, erigiu- se o Colégio Frei Germano de Cedrate, continuando sobre a direção das Irmãs Preciosinas.

28 ACONTECE MEARIM

Este fato ampliou a possibilidade de educação qualitativa para as crianças e os jovens de Trezidela que, nalmente foi desmembrada de Pedreiras e elevada a categoria de município em 1994, assumindo o topônimo de Trzidela do Vale. Após Frei Osvaldo, a paróquia Santo Antônio foi assumida por capuchinhos brasileiros que após os trabalhos de estruturação dos confrades italianos, animam a vida paroquial de Trizidela do Vale com a sua presença apostólica e fraterna, chegando aos nossos dias. Assim entram em cena os Frades brasileiros assumindo o serviço de párocos: Frei Ronaldo Melo, Frei Gilson Mariano, Frei Silvio do Carmo, Frei Ribamar Cardoso e, atualmente, Frei William Alves, que está à frente da paróquia neste ano jubilar, contando com o auxílio fraterno do Frei Silvimar Diniz e das Irmãs Preciosinas: Nazaré, Francisca Célia e Gleice. Junto ao povo de Deus que trabalha ativamente na paróquia. As comemorações do jubileu ocorrerão em vários momentos celebrativos deste ano, a começar do tríduo de aniversário realizado no mês de março. No entanto, as festividades apenas nos apontam o compromisso de vitalizar sempre mais a paróquia com gestos concretos de evangelização, participação na fé e obras de caridade. Trizidela do Vale, Frei Jonas Matheus Sousa da Silva. OFM cap

Revista Acontece Mearim  

A Revista Acontece Mearim é um periódico que marcará a história da mídia escrita em nossa região ao passo que trará a luz, a perspectiva de...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you