Issuu on Google+

SALVADOR, SÁBADO, 6 DE NOVEMBRO DE 2010

*

ANO 6

*

Nº 265

EDITORA-COORDENADORA: NADJA VLADI / ATARDINHA@GRUPOATARDE.COM.BR

O menino que troca o erre pelo ele e o que vive com uma panela na cabeça fizeram aniversário. Sabe quem são estes personagens? PÁGINA 3

Mar à vista

Embarque em uma viagem curiosa com surfistas, sereias, ondas gigantes, água salgadinha e navios flutuantes PÁGINAS 4-5

SUPLEMENTO INFANTIL DE A TARDE. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE


4 e5

SALVADOR, SÁBADO, 6 DE NOVEMBRO DE 2010

car a

Por que os

atenção e lá vem interrogação! Respondê-las pode ser tão legal quanto pegar jacaré. A TARDINHA pescou curiosidades para você. colaborou DANIEL MARQUES*

Ilustração Anita Dominoni

transparente ?

é ua g aá

Por que o

can t

das sereias imita o mar. Para o antropólogo (pessoa que estuda o comportamento e a vida dos homens) Ordep Serra, o canto da sereia é tão sedutor quanto o oceano. "Quando a gente para de frente para o mar e fica olhando ele, quer logo dar um mergulho". Assim é o canto da sereia. Iemanjá é uma sereia também. Seu nome siginifica mãe dos peixes; e na mitologia iorubá ela dá origem a todas as criaturas

abia? cê s o V

A areia é formada por pedaços pequeninhos de pedras. Estas foram sendo quebradas ao longo dos anos pelos ventos e pela água, processo chamado de erosão

lo ua

tamanho de

u

Este tamanho pode variar e depende do tipo de areia. A medida entre uma ponta e a outra de um grão pode ter entre 0,063 milímetros a 2 milímetros. Isso é bem pouquinho! Para você ter uma ideia, uma formiga tem 4 milímetros, e um grão de arroz, 8 milímetros

o de areia? grã

exemplo, o motivo pelo qual as águas-vivas queimam a gente? E por que ficamos bronzeados quando tomamos sol? Por que o mar é salgado e o caranguejo anda de lado? É só prestar

por causa do formato de suas patas e da maneira como elas se dobram. As patas dos caranguejos são como pinças, que permitem que eles se movimentem melhor nos manguezais e escalem com maior facilidade os buracos e as fendas onde se escondem para se proteger de predadores, como peixes e caranguejos maiores

ia é mágico sere ? a d A voz

m

do mar

andam de lad jos o? e u g Eles andam assim n

o

A luz branca que nós enxergamos é formada pela mistura de várias luzes coloridas. Quando a luz penetra na água do mar, ela é absorvida de jeitos diferentes com o aumento da profundidade. As ondas que formam o azul e o verde conseguem chegar a lugares bem fundos, dando a impressão de que o mar está azul. Perto do continente e das ilhas, há mais partículas na água, como algas amarelas bem pequenas chamadas plânctons. A mistura dessas algas com o azul do mar faz com que vejamos a água esverdeada, já que a mistura das cores amarela e a azul é a cor verde

Q

Enquanto as férias não vêm, resolva mistérios nestes dias de sol

O verão está chegando e o calorão pede praia. Pois, lá mesmo, enquanto você se diverte, um monte de coisas curiosas acontece. Você já se perguntou, por

Por qu e

Po rq

Você sab i

A sensação de queimadura pode ser mais forte ou mais fraca a depender da espécie de água-viva e do local de nosso corpo onde ela encosta. Alguns desses bichinhos podem nos machucar muito, por isso o melhor é ficar esperto e evitar tocar neles quando estamos no mar!

não afunda? o i v na

os ocean são sa s lga o ue

Po rq

a?

Há um cabo-deguerra entre duas forças invisíveis que cutucam o navio ao mesmo tempo. Uma dessas forças é o peso, que age de cima para baixo, empurrando o navio para dentro d´água. A outra força é o empuxo, que empurra o navio para fora da água. O equilíbrio dessas duas forças faz o barco flutuar. Além disso, o navio é oco e está cheio de ar, o que o deixa mais leve que a água. Por isso ele não afunda

Po r q ue

têm fogo, mas possuem células especiais, chamadas de cnidócitos, para se defender e caçar. Estas células ficam na parte da frente de seus tentáculos e possuem um bocado de veneno. Quando encostamos na água-viva, ela solta esse veneno na nossa pele, que fica bastante irritada e, por isso, temos a sensação de queimadura

porquês MARIELE GÓES*

entre a Terra e a Lua. Quando nosso planeta e o seu satélite natural estão alinhados, essa força faz com que a Lua atraia a água do mar e a maré fica mais alta. Seis horas depois, a Terra terá chegado a um ponto de 90º da Lua e teremos maré baixa. Dali a mais seis horas e 12 minutos, o mesmo ponto estará a 180° da Lua, e teremos maré alta novamente. Como a Terra segue girando, a rotação faz com que um mesmo ponto passe pela maré alta e pela baixa, em ciclos de 12 horas e 25 minutos em média

Po r

Os

ca alta e baix ré fi a? a m invisível força uma Por a

a? eim

Os oceanos são como uma grande sopa de letras, com água e várias substâncias químicas arrastadas dos rios até o mar. Há muito cloreto (Cl-) e muito sódio (Na+) nos oceanos. Estes, quando se encontram, formam o cloreto de sódio ou “sal de cozinha”. Durante milhões de anos, o sal se acumulou nos oceanos, deixando a água salgadinha

Em nosso corpo, existe uma substância chamada melanina. Esta proteína é responsável por dar cor aos nossos olhos, cabelos e pele. Funciona como uma tinta, e quanto mais melanina uma pessoa tem, mais abia? escura vai ser a cor da sua pele. Os s ê raios de sol estimulam a produção oc de melanina, o que nos deixa O sol é básico para a saúde, temporariamente mais mas em excesso é um perigo. escuros ou bronzeados Há vários tipos de raios solares, e alguns deles podem causar queimaduras e outras doenças. Evite se expor ao sol entre as 10 e as 16 horas. Use sempre protetor solar

V g ue a á ua-viva q r q Po As águas-vivas não u

s? do

os bronzea cam do fi s ue

omamo s s do t ol? an qu

das? on az

Quando os ventos sopram, passam energia para os oceanos e bagunçam a superfície da água. Esta bagunça faz o mar balançar. As ondas podem se formar no meio do oceano e viajar até 2mil quilômetros antes de chegar à praia. É mais ou menos a mesma coisa que acontece quando colocamos a boca bem pertinho de um copo com água e sopramos. Quanto mais forte for o vento, maiores serão as ondas

é verde e a z mar u ls e

ma rf

eo qu

Por que o

FONTES A dermatologista Lorena Dantas, o oceanógrafo e professor do Departamento de Física da Terra e do Meio Ambiente da Ufba Carlos Lentini e o biólogo e professor do Departamento de Zoologia da Ufba Francisco Barros


Por que o mar é assim?