Page 86

(25 anos, Goiás)

@larimetran Linda, inteligente e simpática. Apenas esses três adjetivos já qualificariam a goiana Larissa Metran a conseguir um contrato com qualquer empresa que quisesse seu produto associado à credibilidade e sucesso. Contudo, para um gigante do poker, tudo isso pode ainda não ser o bastante. É preciso saber, como diz um dos jargões do poker, “jogar o joguinho” – e isso ela faz com maestria. Com mais de um milhão de reais em prêmio na internet e três mesas finais de BSOP, Larissa está mais do que pronta para ser a primeira mulher a representar o Full Tilt nesta nova era de reconstrução – dentro e fora das mesas.

86

CardPlayer.com.br

DS: Como você recebeu o convite do FTP? LM: Eu recebi o convite via e-mail, e foi uma surpresa para mim. Fiquei muito feliz. Posso dizer que é um sonho foi realizado. DS: Você vai seguir no Steal Team? LM: Eu continuo sendo sócia, mas agora eu defendo o FTP. Isso é muito importante também, já que eu não estou ligada a uma empresa que atrapalhe o Steal. DS: Como é ser a primeira mulher brasileira no FTP? LM: Para mim, é gratificante ser um exemplo para as mulheres. Isso é muito legal. Eu sempre recebo mensagens dizendo que sou uma inspiração para elas.

Card Player Digital 16  

www.cardplayer.com.br

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you