Page 78

2) QUANDO O JOGADOR ENTRA EM TILT O segundo cenário geralmente está relacionado ao primeiro. É muito difícil jogar o seu melhor se os resultados não aparecem. Quando as coisas começam a sair dos eixos, muita gente muda o estilo de jogo, chegando a ficar mais tight ou muito mais spewy. Isso faz com que elas sintam-se pressionadas demais em retas finais, deixando de fazer as jogadas necessárias.

3) QUANDO A SUBIDA DE LIMITES (MOVE UP) FOI ERRADA Já o terceiro cenário, também muito comum, dá-se quando o jogador gerencia equivocadamente e de maneira amadora a sua própria carreira, apressando objetivos. Neste caso, inclui-se ainda a falta de maturidade do jogador em diversos aspectos, inclusive em suas habilidades. Aqui, muitas vezes, a variância serve convenientemente de desculpas para os fracassos – quando, na verdade, ela já deveria ter sido considerada no momento do planejamento do move up. Em MTTs, as swings também acontecem pra cima. Então, é comum que jogadores vençam torneios mesmo sem estar devidamente capacitados para tal feito. Isso acaba afetando na avaliação do seu próprio nível de jogo e levando a uma supervalorização de si mesmo. Portanto, meu primeiro conselho é aquele que já é dito aos quatro ventos há muito tempo: uma gestão saudável de bankroll que lhe permita jogar tranquilamente e que aguente as variações às quais todos os jogadores estão sujeitos.

78

CardPlayer.com.br

Geralmente, as variações são normais, mas não significa que deva aceitá-las passivamente – o que nos leva ao segundo conselho: esteja atento à qualidade de seu jogo! Tenha uma rotina de estudos que lhe permita manter a cabeça no lugar e perceber os erros mais básicos. Por último, mas não menos importante: seja honesto, humilde e sincero consigo mesmo. Quanto mais alto o limite que se joga, maior tende a ser a variância, pois lá se encontram os jogadores mais qualificados. Assim, além de considerar o bankroll e se preparar para as oscilações, ainda é necessário uma rigorosa autoavaliação, do seu próprio nível técnico, para que se saiba se está realmente apto para o novo desafio que se apresenta.

Fábio Eiji @fabioeiji

Fábio Eiji já ganhou mais de R$ 3 milhões de reais em prêmios jogando online. Ele possui títulos e mesas finais nas principais séries e torneios regulares do PokerStars.

Card Player Digital 16  

www.cardplayer.com.br