Page 62

Daniel Negreanu E O FIM DE UM TABU por Julio Rodriguez

Em pouco mais de quatro anos, ele esteve 43 vezes entre os premiados, alcançou 20 mesas finais e embolsou mais de US$ 5 milhões em prêmios. Números obtidos entre dezembro de 2008 e março de 2013. Números que deixariam qualquer profissional do poker extasiado – principalmente em uma época que manter-se no topo por tanto tempo, enquanto o jogo evolui em velocidade meteórica, tornou-se tão difícil –, mas não o principal representante da marca PokerStars (se não da “marca” poker): Daniel Negreanu. Mesmo com resultados tão sólidos nesse período de pouco mais de quatro anos, ele não conquistou nenhum título importante. Foram várias traves, e o canadense admitiu que foi difícil não deixar que a dúvida apossasse de sua mente.

62

CardPlayer.com.br

Tradução e adaptação: Marcelo Souza

No entanto, no último mês de abril, o homem conhecido como “Kid Poker” finalmente quebrou o jejum. No Main Event da World Series of Poker Asia-Pacific 2013, ele superou 404 adversários, conquistou o seu quinto bracelete da WSOP e o primeiro prêmio de US$ 1.087.160. Agora, já com 38 anos, e pronto para reivindicar o título de melhor jogador de torneios do mundo, que já foi seu em 2004, ele concedeu uma entrevista exclusiva à Card Player.

Você já tem quase 40 anos. Quando vamos parar de chamá-lo de “Kid Poker”? Veja bem, quantos anos tem o “Kid Rock”? 50? Isso não é sobre a minha idade, mas sobre a minha aura. Eu sou um cavalheiro de espírito jovem, e isso sempre será assim [nota do editor: Robert James Ritchie, o Kid Rock, tem 42 anos].

Card Player Digital 16  

www.cardplayer.com.br