Issuu on Google+

Estudo-plano (Acção 1) A INI-GraphicsNet Foundation é uma estrutura integradora de todos os membros da INIGraphicsNet, uma rede de excelência de conhecimento especializado, focalizada em investigação aplicada e no desenvolvimento de tecnologias inovadoras, com forte proximidade ao mercado. Esta rede funciona através de agências e associados de todo o mundo, permitindo uma rede transnacional de transferência de tecnologia, aglutinando dessa forma conhecimento de várias procedências, incluindo de diversas universidades de todo o mundo, bem como de institutos de investigação aplicada. Fundada por um Português, o Prof. José Luis Encarnação, esta rede adopta uma filosofia única que lhe permite trabalhar de forma sustentada e com uma abrangência global a todos os níveis. Qualquer instituto de investigação desta rede encontra-se umbilicalmente ligado a uma universidade. A investigação básica é assim reservada às universidades (conforme os modelos tradicionais de investigação), enquanto a investigação mais próxima do mercado (aplicada) é efectuada por institutos da rede INI-GraphicsNet. Estes institutos servem por isso de ponte entre as universidades e o mercado, no sentido em que o valioso conhecimento da investigação básica é transferido para o mercado via projectos de I&D aplicada, que permitem à indústria introduzir mais valias nos seus processos e produtos. Os institutos de I&D da INI-GraphicsNet desenvolvem também variados projectos em parceria com outras instituições de I&D, nem sempre totalmente dirigidos para uma empresa em particular, mas de grande valor para um dado mercado. A INI-GraphicsNet assume aqui mais uma vez um papel único, o de transferência de tecnologia. A transferência de tecnologia é de resto uma temática de elevada complexidade e de grande dificuldade no que diz respeito a taxas de sucesso. A INI-GraphicsNet desenvolveu por isso uma metodologia própria que assenta em três ferramentas que permitem identificar que tecnologias são transferíveis para o mercado, ou seja, quais as que têm potencial de serem adquiridas pelo mercado, e cria formas de as distribuir para o mesmo. A 1ª ferramenta utilizada pela INI-GraphicsNet é o processo pró-activo de integração para comercialização sistémica da tecnologia com o objectivo único de cobrir a totalidade da cadeia de comercialização, desde o instituto de investigação ao mercado, combinando várias etapas de avaliação no que respeita à aptidão do mercado de tecnologias numa fase embrionária. Isto permite reduzir consideravelmente o tempo de transposição de conhecimento para o mercado. A 2ª ferramenta, um método de avaliação (screening) efectivo e excepcional, serve como instrumento de identificação de tecnologias passíveis de serem transpostas para o mercado Pag. 1 de 3


numa fase embrionária da sua evolução. Este screening é realizado através de uma série de entrevistas com investigadores pré-seleccionados. Estas entrevistas servem sobretudo para expor o potencial tecnológico e de mercado dos institutos de investigação. A combinação única de questões chave standard, juntamente com um brainstorming, encoraja a colaboração dos investigadores e o interesse destes em comercializarem as suas tecnologias. As entrevistas são documentadas e servem de base à decisão de comercialização e às próximas fases do trabalho a ser desenvolvido. A 3ª ferramenta é a existência e interacção suave de duas redes globais interligadas, uma para investigação/desenvolvimento tecnológico, e a outra para comercialização da tecnologia (ver figuras 1 e 2).

Figura 1 – rede de institutos de investigação e Gestão de inovação

Figura 2 – Rede de parcerios para comercialização

É assim incontornável a elevada experiência de muitos anos em transferências de tecnologia e gestão de inovação que a INI-GraphicsNet evidencia, e a forma como o faz com sucesso. Prova disso são os inúmeros spin-offs a que este método deu origem, ou mesmo às pools tecnológicas que construíram, recheadas de inovações tecnológicas ao serviço do mercado de forma imediata. É ainda admirável a forma como está organizada a rede, cobrindo toda a cadeia de valor relacionada com inovação, desde a investigação, passando pela transferência de tecnologia, distribuição/comercialização, e financiamento, não esquecendo que tudo isto assenta numa plataforma global, e recheada de casos de sucesso reais.

Pag. 2 de 3


A colaboração com a INI-GraphicsNet permite o acesso a uma rede mundial de estado de arte tecnológico com os respectivos activos, nomeadamente pools tecnológicas, especialistas em variadas áreas, e vasta experiência. Acresce ainda a tudo isto o reconhecido conhecimento e experiência em gestão de inovação, como é demonstrado claramente pelas 24 spin-offs criadas, e pelo elevado rácio de transferência tecnológica. Para este projecto colocaram-se patamares elevados que exigem do ‘fornecedor’ não apenas a capacidade de ‘desenhar’, mas também de implementar, e com sucesso. A INI-GraphicsNet tem sido fornecedora de diversas agências governamentais em projectos de boas práticas que deram origem ao estabelecimento de incubadoras na Grécia e Alemanha, ou a processos de comercialização sistémicos em institutos de investigação no Norte da Alemanha, e mais recentemente também na Universidade do Porto. O processo de desenho de um modelo de prestação de serviços inovadores tem que estar assente em tecnologias e conhecimento de ponta, mas tem fundamentalmente que ter um enquadramento comercial realista, isto é, que por um lado seja acessível aos industriais para quem se destina, e por outro assegure a sustentabilidade da estrutura que os providencia. Todos os serviços de comercialização supridos pela INI-GraphicsNet são, para além de realistas, uma forma clara e objectiva de adopção de métodos de crescimento sustentável dos negócios das empresas. Isto permite ter uma elevada confiança nas competências desta instituição para o desenvolvimento do trabalho em causa. A INI-GraphicsNet é, indubitavelmente, a única instituição a operar dentro da realidade empresarial e científica europeia, com ligações a três continentes distintos dentro destas mesmas realidades, e com sucesso comprovado em toda a linha de actuação que suporta a criação de um modelo de serviços inovadores. Por essa razão é a única opção possível quando se tem como objectivo terminar o In-MEI com resultados totalmente realistas, não alimentando ilusões sobre potenciais modelos que a médio prazo demonstrem estar errados e totalmente falidos. A prioridade é INOVAR com SUSTENTABILIDE através de serviços inovadores. A INIGraphicsNet é a única instituição com um modelo sólido, e capacidade de implementação e gestão bem sucedido. A título de exemplo consulte-se o apêndice 3 da proposta, onde se apresentam alguns dos projectos mais relevantes realizados. Neste sentido, e ao abrigo da alínea d) nº1 do artº.86 do DL 197/99 de 08/07, onde se pode ler: "Por motivos de aptidão técnica ou artística ou relativos à protecção de direitos exclusivos ou de direitos de autor, a locação ou o fornecimento dos bens ou serviços apenas possa ser executado por um locador ou fornecedor determinado", decidiu o Município de Paredes adjudicar directamente a prestação de serviços em causa.

Pag. 3 de 3


estudo_plano_wdnr