Page 93

19 para o rio Carahiba e por esle abuixo lli\'idindo-se com a freguezia de S. João BapLisla rle Geremoabo, alé o rio Vasabarl'is ao logar denominado barra, r, alrayessando o rio, ira dividir-se com a mesma freguezia de Geremoabo alé enconlrar a fazenda de Sanlo Anlonio das Almas, e, dividindo-se com esta, alé o logar denolllinauo Barra elo rio Salgado, onde principiou (Doc. n. 16). Todos esles lerrilorlos do anligo Geremoabo diz o illu'trado auctor dos capitulas que acompanham o projecto 11. 86 1 que deviam pertencei' Ú Sergipe, por lerem feito parle de sesmarias antigamenle dadas pelo capitão-ruór de Sergipe a diversos, prel'azenclo o lolal ele 30 leguas, d'ollde conclue que a colonisação ele Sergipe tinha chegado alé as immediaçoes de Geremoabo, e qLle, portanlo, podia-se lraçar os limiles de Sergipe por 11Il1Cl linha, que, partindo da cachoeira de Palllo AfJonso, que I7WrCa/lfl o limite da sesmaria de 30 leglla.~ do De:embargador Burrlos, viesse á Mdssacará jnnlo as cabeceiras do rio l'asa-b.1rris, e c/'ahi partindo conlornando Pombal c TucCl/w, lerlllÍ/wsse na nascença do rio Real. Quanlo ao motivo de sesmarias, já alraz llisse () que d'ellc se devia peusar. Mas qutlulo aos dois oulros ponlos, islo é: chegaria alé Geremoabo a colonisação Scrgipallu'l consultemos os documenlos. Gerel11oabo principia a apparecel' na hislorkl no lempo do goyerno de D. ,João ue Lancaslro ('0111 o nome de Jnlgado ue Geremoabo. Ainda n'esse lempo era Ulll lel'rilorio em posse de innumeras nações de barbaros, que só vieram a lranquillisar-se inteiramente em 1715 epocha em que .subl11elleral11se ao christianismo pela solicilude evangelica do vigario de lLapicmll, o p~1dre Eusebio Dias Laços Lima, que el11 lres dias baplisou 3.700 indios)), o que deo,motivo a uma publicação feita em 1716 por José Freire de Monleiro Mascarenhas. sob o tilulo de "OS Orizes onquisladosl!, reimpressa no lomo 1°,2" serie da «Re"isla do Inslitllto». Basta, porém, a leilura da carla de D. João <1e Lancaslro /doc. n. 17) de 1° de Março ele 1697 ao capitão-mór elo dislriclo de Geremoabo, Anlonio Dias La os, para ficul'luos sabendo o que l1'essc anno ainda era aquelle tlistriclo alé onde linha chegado 11 colonisaçiio sel'gipall11. Ao lado el'esses indigenas viviam muitos ([uilollluolas, lal qual como no principio do povoamenlo ue oulras pa:les do Eslado. J)'elles falla-se jú em lGRO, c em HmS D. João d Lancaslro

Profile for Canoa de Tolda Canoa

Estudo da Divisa Sergipe e Bahia  

Publicado em 1891, sob ordem do enão governador da Bahia José Gonçalves da Silva, o estudo teve como objetivo dar base às colocações da Bahi...

Estudo da Divisa Sergipe e Bahia  

Publicado em 1891, sob ordem do enão governador da Bahia José Gonçalves da Silva, o estudo teve como objetivo dar base às colocações da Bahi...

Advertisement