Page 9

8<lS localidades lilllilrophes. Com ,\Iaguas, que, apczar de lei' uma I inh~l divisoria liío jll'ol'lInda, radic~l!, lnl~'ada pela natureza,le"ou em constante liligio, rixa e reclamfl~'ões, até que em [873 as (leputações cie Sergipe c .\Iagu<ls accoruaram em um mcio pratico e elelimitarflm as duas provincias pela lei n. 2 nD cie 1° de fevereiro de U17:.!, O que se dflva com .\laguas deu-se com a 13a11ia, de Ija vasL.'1 extensiío (ll'etenele o i1lustre <luctar do projecto que s de a Sergipe l11:lis de duas lIlilleguas quadrarias. Separado Sergipe ela Bahia, levon em repetidos conflictos ele jurisdicl:<10 pe'lolado do sul, até que em 18--13 foi' rlcmarcadu u limite (['csta extrema pelo decl'eto n. 323 ue 2;j de setembru d ' ]8·[:1. Estc dccrl'lo, que adeantc unil1los elllsua iII/cura, foi lanç'nd pelo Conselheiro Silva i\Iaül, entüo ministru do imperio, que CSl<ltuiu lJUe' o I~io Hcal sel'\'isse de linha divisJ)ria entre as duas IIIt'ncionadas provi nci<\s, emq ua nto [leia \ssemblca (;era I outra cousa nào fosse detcrmimHla. No entretanto, no projecto cm discussào despreza-se este limite do IIw/llIc'U do lUo !leal para se figurar um limite aereo, indeterminado, sem base firme, t' que no futuro havia de ser C<llIS,l dc duvidas e conlliclos, como é o dizer-se "que Serffgipe pelo sul limita-se com a Baltia pelo meio do IJ/al1((l/o "tliuisol' dlls (/!JIIlIS tios rios I1l1jJiclI/'Ii c 1'((s(/ Blll'ris a/I; CllcolI/l'al' ffO IJicllllll/o dillisol' dlls (/!JIUlS do /IIesmo rio f/afJiclIl'ú e Rio ,,/?eu/ e fido meio d'es/e p/WlIII/O C//c: () (}ceCl/w ,1Ilan/ico.JJ Este limite do lado do sul pc'lo rio Heal é antil[uissimo , o proprio allctor dI) projecto (J rcconhccc, quando diz: "Depois da cxpuls<io dos hollanelczcs d Sergipe os lill1ite'i se conS('rV~lm IHl rio Heal, em \'ista dI' uma carta do conde Caslei :llelhor aos olliciaes ela camanl, de julho de 16;51, etc." :\e:Le ponto estão accOl'des todos qne tem escripto sobre <I dloro"raphia do Brazil, t' o scnador Candido ;'Ir ndes cm seu .lUas, ú pago 1;5, alfinl1a que, confol'm as actua s divisas confina esta provincia ao no:te COI\1 a das .\lngoas pela linha central ou fio ela orrel1Le do rio S, Francisco; ao sul COl1\ a da l3ahia pelo I!w/IUC!f do l'io Beal' a lés te com o Oceano At\;lnlico; e a oeste com a provincia da Bahia pelo l'ibeiro ou l'ibeirüo do Xingú, e uma recta das caheceiras elo l\1eSI11O riachüo ús nascentes elo rio neal. () argllll1ento tirado cio conceito enunciado a n ]60, vaI. I' dI' IgnaC'io AcciQli, onde diz: "Para as sohrec!itas creac;ões fui auclurisado pela pru\'i~üu de !1 ue r "crciro lle 172;), e uu-

Profile for Canoa de Tolda Canoa

Estudo da Divisa Sergipe e Bahia  

Publicado em 1891, sob ordem do enão governador da Bahia José Gonçalves da Silva, o estudo teve como objetivo dar base às colocações da Bahi...

Estudo da Divisa Sergipe e Bahia  

Publicado em 1891, sob ordem do enão governador da Bahia José Gonçalves da Silva, o estudo teve como objetivo dar base às colocações da Bahi...

Advertisement