Issuu on Google+


2

OPINIÃO

EDITORIAL Faz um ano O Papa Francisco completa um ano de pontificado. Isolado em um convento romano devido à Quaresma. Pede em seu Twitter que seus seguidores o acompanhem com orações em sua tarefa de liderar a Igreja Católica. “Rezem por mim”, tuitou Francisco em sua conta @pontifx em nove idiomas. Em um ano o Papa transformou o modo de encarar o pontificado, apresentando-se como “o padre do mundo” e rejeitando com gestos e ações que o tratem como um monarca absoluto, inacessível. “Pintar o Papa como se fosse uma espécie de Superman, uma espécie de astro, é ofensivo. O Papa é um homem que ri, chora, dorme tranqüilo e tem amigos como todos. É uma pessoa normal”, ressalta o pontífice em uma recente entrevista. Impostos por bolsas Já afirmamos nesta página, como opinião do Jor-

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

nal de Marau e Vang FM, que o ideal no Brasil seria a substituição da Bolsa Família, por Bolsa Emprego. Isto seria a forma do clichê – ensinar a pescar. Seria mais pedagógico nossos desafortunados brasileiros com dificuldades na vida, buscar na atividade a alegria de comprar o que deseja e uma vida mais cidadã. Não dá para esquecer que 13 milhões de Bolsa Família, muitas destas de duvidoso merecimento, trás respostas nas urnas. É que no Brasil, muitos votam pela barriga e não pela cabeça. Socorrer os mais necessitados, sempre seremos a favor. Somos contra eternizar o benefício para levar vantagem eleitoral. O Bolsa Família deve ser da nação e não de governos. Bolsa para cá e bolsa pra lá. Vem uma aí, cheia de boas intenções e que merece respeito. Uma das alternativas defendida pelas escolas particulares para melhorar o ensino básico brasileiro é a criação de um programa no estilo ProUni- que fornece bolsas para alunos carentes em universidades privadas. Projeto neste sentido tramita no Congresso, mas enfrenta oposição do setor público.

www.jornaldemarau.com.br

O chamado Probásico permitiria que escolas trocassem seus impostos por bolsas a alunos de famílias com menor poder aquisitivo. Além de melhorar a saúde financeira de escolas, algumas endividadas. O Probásico estaria oferecendo escola de qualidade. Calcula-se que seriam abertas 700 mil vagas por ano no Brasil, de creche ao ensino médio. É de pensar esta idéia inovadora num país carente de escolaridade e cidadania. Lições da Iraci! Sem se despedir, ficando, no entanto na lembrança, lá se vai a professora Iraci Terezinha Bonfanti. Primeira mulher bacharel em Direito, preferindo a escola como palco. Inteligente, perspicaz, dotada da sabedoria e do humor. Fica permanente sua alegria que contagiava. De ensinamento como professora no final de sua trajetória, como desembarcar na estação da vida, de forma simples, elegante, inovadora e deixando saudade. Fica em paz.

A Copa do Mundo ainda não começou, mas o assunto não sai da boca do povo. E por vezes nem tem a ver com futebol. A bola da vez é a polêmica das “estruturas temporárias”, construções que devem ser feitas – por exigência da FIFA – do lado de fora dos estádios. A obra, orçada em R$ 30 milhões, ainda não tem pai e nem mãe. Ministério Público, Internacional, FIFA, Comitê organizador da Copa e Governos Federal e Estadual digladiam-se para decidir quem NÃO arcará com esta despesa. E você, já decidiu se é a favor ou contra que o Governo banque esta obra? A FAVOR: • Como diz o próprio nome, as estruturas temporárias não renderão nenhum benefício ao clube depois que a Copa terminar, logo, seria injusto cobrar do clube estes investimentos. Foi o governo que quis a copa no Brasil, portanto, agora que arque com essas despesas que são exclusivamente direcionadas ao período da Copa. • O Governo já deixou de fazer diversas obras prometidas para a Copa. O orçamento para construções em todo o país era de R$ 10 bilhões, mas apenas 27% disso foi gasto, e o restante não foi feito a tempo. Há mais recursos para isso com o Governo Federal do que com qualquer um dos envolvidos. • O ex-presidente Lula prometeu publicamente que o Governo arcaria com estas despesas. “O Estado brasileiro tem que assumir a responsabilidade por muitas coisas, por exemplo, para começar pela infra-estrutura. O que acontece fora dos estádios não é da responsabilidade da CBF ou da Fifa. É da responsabilidade da cidade, do governo do estado e do governo federal”, disse ele, em 2007. • Nos demais Estados sedes da Copa, o próprio Estado, com a participação das prefeituras, está assumindo os custos das estruturas temporárias e na maioria dos casos, ainda assumindo o custo das construções dos estádios. Tudo em função das receitas de impostos que estão estrando com as construções de novos hotéis e obras públicas.

CONTRA: • Como diz o próprio nome, as estruturas temporárias não renderão nenhum benefício ao povo depois que a copa terminar, logo, seria absurdo cobrar do Governo estes investimentos. Foi o Internacional que quis a copa do Beira Rio, portanto, agora que arque sozinho com essas despesas que são exclusivamente direcionadas aos jogos que serão realizados em seu estádio. • O Governo já deixou de fazer obras importantes para investir na copa. Se apenas 27% do orçamento destinado a obras públicas foi utilizado, o uso de recursos públicos para a construção dos estádios extrapolou todos os limites. Até que todos os palcos de jogos fiquem prontos, os governos Federal, estaduais e municipais terão gasto cerca de 40% a mais do que o planejado, somente na construção de estádios. • Acreditar em discursos políticos pode não ser salutar. O contrato assinado pela FIFA com os clubes diz que é o dono do estádio quem precisa arcar com as despesas temporárias. No caso de Porto Alegre, o Sport Club Internacional. • Além de ser caro e inútil (perante a perspectiva de um país com problemas muito maiores a resolver) as estruturas temporárias precisam ser construídas para ontem. E sabemos muito bem o que acontece quando obras urgentes são realizadas pelo Governo: superfaturamentos, licitações duvidosas, favorecimentos. Se existe uma possibilidade desta obra ser realizada de maneira legal é sem dinheiro público.


Qual das duas? 1- É o assunto político local do momento. E aí, vai ter greve?

SENTENÇA "Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra." Bob Marley

2- Ou tudo acabará se ajeitando?

Contra o racismo

Em 2014, no mundo futebolístico, já tivemos dois casos nojentos de racismo. Primeiro foi contra o jogador Tinga, no Peru. Depois, aqui pertinho em Bento Gonçalves, o alvo foi o árbitro Márcio Chagas. A repercussão de solidariedade e inconformismo da população foi tanta que até a Presidenta Dilma recebeu ambos no Palácio do Planalto, para mostrar que o Governo é contra qualquer tipo de preconceito. Fatos lamentáveis como esse também comprovam que a política social de cotas raciais é totalmente necessária. Só se diminui as discriminações históricas, combatendo a desigualdade. E só se torna um País com mais igualdade, dando condições e oportunidades àqueles que sempre foram excluídos neste Brasil.

Secretária explica Em minha última coluna questionei o porquê da Prefeitura de Marau não estar inscrita no Mais Médicos. Durante a semana, a Secretária da Saúde, Sandra Brollo, me telefonou para dizer que o nosso Município não se enquadra nas exigências legais do programa federal. Estou buscando essas informações e retornarei ao assunto.

Lúcio José Finkler POLÍTICA: POLÍTICA - O site Congresso em Foco divulgou um levantamento da assiduidade dos parlamentares em 2013. Embora tenham apresentado justificativa para praticamente todas as ausências, os cinco mais faltosos da bancada gaúcha foram: José Otávio Germano (PP, 50 faltas), Marco Maia (PT, 44), Ênio Bacci (PDT, 40), Vilson Covatti (PP, 39) e Manuela D´Ávila (PC do B, 37). Os cinco mais assíduos foram José Stédile (PSB, duas faltas), Jerônimo Goergen (PP, nove), Ronaldo Nogueira (PTB, 10), Luis Carlos Heinse (PP, 10) e Danrlei (PSD, 11). Entre os senadores, Ana Amélia (PP) e Pedro Simon (PMDB) se ausentaram 13 vezes em 2013, abaixo da média de 18 faltas do Senado. Paulo Paim (PT) é o senador mais assíduo da Casa, faltou a apenas uma sessão. GERAL: Balanço total de infrações de trânsito cometidas em 2013, divulgado pelo DETRAN-RS, aponta redução no número de multas: foram 170 mil casos a menos do que em 2012. ESPORTE: Roger Flores, que comenta jogos pelo SporTV e pela Globo está longe de ser uma unanimidade entre os boleiros e se tornou uma espécie de "persona non grata" entre as estrelas do meio do futebol. Tem gerado a ira dos jogadores pelos seus comentários e críticas. ECONOMIA: Nos três primeiros anos da gestão Dilma, o Ibovespa teve o pior desempenho das últimas três décadas, quando se levam em conta períodos de governo. Sob Dilma o Ibovespa desvalorizou-se 14,7%. Depreciação mais acentuada só mesmo a ocorrida no governo Sarney, que entre 1985 e 1990 viu o índice da Bolsa de São Paulo cair 26%. HUMOR: Num cinema ao ar livre, o sujeito nota um homem com um cachorro que ri muito do filme. Espantado, comenta com o dono do animal: Rapaz! Eu estou impressionado! Seu cachorro não para de rir do filme! - Eu também estranhei, porque ele detestou o livro. PARA REFLEXÃO: "Não sei qual é a chave do sucesso, mas a chave do fracasso é tentar agradar todo mundo." (Bill Cosby) luciofinkler@terra.com.br


4

POLÍTICA

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

“Gestão em Pauta” ouviu Leonardo Segatt e Joaquim Flores A 2ª edição do Gestão em Pauta reuniu um grande público na noite de quarta-feira, 12 de março, na Casa da Cultura de Marau. Com foco em gestão pública e troca de experiências, o evento contou com a presença do oficial do Registro de Imóveis de Marau e pesquisador, Joaquim de Segatt (esquerda) e Flores transmitiram experiências para uma plateia de autoridades e estudantes Mello Flores e do empresário marauense, Leonardo Segatt. A mediação foi feita pelo Compartilhando sua trajetória, Leonardo lembra que é jornalista Kleber Benvegnú. fundamental para qualquer administrador, seja público “Sabemos que de dez demandas um governo tem ou privado, fazer com que as pessoas se sintam parte orçamento para cinco e precisa priorizar, escolher”. A do negócio, se sintam bem no ambiente do trabalho, afirmação é de Joaquim de Mello Flores, 84 anos. para terem motivação. “Cabe a nós, empresários ou “Quando um governo é eleito o primeiro ato político gestores, planejamento, investimentos e organização. de gestão é a formação e seu grupo gestor, o quadro Cabe aos colaboradores fazer com que tudo funcione, de dirigentes de sua confiança, os secretários. Esta é por isso a importância de que estejam bem”, explicou. a primeira importante escolha. São eles que ajudarão No final da explanação Leonardo apresentou uma a gerir a máquina pública, a governar, a fazer escoimagem de um ônibus pilotado pelo prefeito Josué e os lhas”, salientou. secretários municipais como passageiros. Além dos O empresário marauense Leonardo Segatt, 50 anos, secretários municipais, diretores e servidores, o presiproprietário de dez empresas já consolidadas no munidente da ACIM, Diógenes Scorsatto, empresários e cípio, compartilhou desafios, a busca pelo crescimenjovens marauenses das Escolas Anchieta, IESTA e to e destacou o que o levou a crescer de forma rápida universitários da FABE participaram do evento. e sólida como empreendedor: “aceitar as pessoas como O Gestão em Pauta tem mais duas edições prograsão, e explorar habilidades em seus colaboradores”. madas para 2014: em agosto e em dezembro.

www.jornaldemarau.com.br

Entidades assinam termo de adesão em defesa dos direitos da mulher Os órgãos que integram a Rede de atendimento à violência contra a mulher assinaram, na última terçafeira, um termo de adesão que se constitui na parceria da Prefeitura, judiciário, polícias e a área da saúde em defesa dos direitos da mulher. De acordo com a secretária de desenvolvimento social, Sheila Figueiró, uma das primeiras ações da secretaria, ainda no ano passado, foi verificar como estava o atendimento às mulheres vítimas de violência. “Havia o atendimento, mas ele estava fragmentado, com ações isoladas e seria oportuno ajustarmos estas ações e darmos encaminhamentos necessários para que as mulheres tivessem melhor visibilidade ao atendimento, promoção de direitos e pudessem saber onde buscar este apoio quando necessário”, disse. A Rede de atendimento se constitui em diferentes áreas, sob a responsabilidade de diversos órgãos: Prevenção, orientação, notificação, denúncia, proteção, acompanhamento e tratamento.


www.vangfm.com.br

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

POLÍTICA

5

Executivo e Legislativo entram em conflito depois de decisão do Prefeito A repercussão da decisão tomada pelo prefeito Josué Longo de reduzir praticamente pela metade o repasse de recursos à Câmara dos Vereadores neste mês, notou-se também na última sessão ordinária, dia 10 de março, com diversos edis se manifestando sobre a situação. Uma nova onda de repúdio entre Executivo e Legislativo nasceu em Marau, no final da semana passada, quando o prefeito Josué Longo anunciou, em entrevista na imprensa local, que cortaria o repasse mensal ao Líder do Governo, vereador Anderson Rodigheri defendeu atitude do prefeito Josué Legislativo em R$ 200 mil, para financiar a aquisição de câmeras de videomonitoramento. 400 mil que vêm todo mês, o legislativo utiliza cerca O ato, que o presidente do Legislativo, vereador Iura de R$ 180 mil. O restante é dinheiro que fica parado e Kurtz, classificou de “autoritário e descabido”, pegou vai ser devolvido de qualquer maneira mais adiante, os vereadores de surpresa. Ainda assim, há membros mas que poderia ser utilizado em uma obra mais urdo plenário que defendem a iniciativa do prefeito. gente” salientou. Para o presidente da casa, o maior Em seu pronunciamento, o líder de governo na problema da decisão é o fato de ela ter sido unilateral. Câmara, vereador Anderson Rodigheri, lembrou que “Ficamos sabendo disso pela imprensa, pela manhã. a escolha do prefeito baseia-se no fato de o orçamenO ofício nos informando oficialmente chegou apenas to da câmara não ser plenamente utilizado. “Dos R$ no final da tarde. E apenas informando. Não pediu

sequer a opinião, a concordância desta casa legislativa”, informou Iura em seu pronunciamento, que completou salientando que esta decisão fere a constituição. “O prefeito estará cometendo um crime não só contra a democracia e a independência dos poderes. Estará ferindo a constituição federal, se isso realmente for levado a cabo. A carta magna define como crime de responsabilidade do prefeito o não-repasse dos valores ditos em lei”, concluiu. Iura Kurtz ainda informou que entidades tomaram iniciativa para criar um projeto diferente, também na área de segurança. Ele relata que foi procurado para que o legislativo participasse do planejamento de um grande projeto, segundo ele, inédito no Rio Grande do Sul. Encabeçado pela ACIM e OAB, o projeto já teria a confirmação de um auxílio de R$ 300 mil por parte da Câmara, valor superior ao que o Executivo deixaria de enviar ao Legislativo para a compra das câmeras. “O prefeito nem está informado deste projeto, mas ele conta com a participação do Legislativo e do Secretário Antonio Dall’Aqua”, ressalta.


6

GERAL

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

www.jornaldemarau.com.br

Buracos nas ruas da cidade geram sinalizações e protestos bem-humorados

Pé de milho plantado no bairro Santa Rita...

Um pé de milho foi plantado num buraco – escolhido a esmo dentre outros tantos – no asfalto da rua A, no bairro Santa Rita. Foi a forma bem-humorada encontrada pela comunidade para protestar e sensibilizar as autoridades municipais por melhorias urgentes e definitivas. Os defeitos na pavimentação não são problemas enfrentados apenas por moradores dos bairros da cidade. No centro, em uma das ruas mais mo-

... E placa improvisada sinalizando o perigo no centro da cidade.

vimentadas – a Irineu Ferlin, rua da Prefeitura – a condição precária da pavimentação também gerou uma situação curiosa. Uma espécie de placa foi improvisada por moradores próximos, e instalada ao lado de um dos buracos. Um dos moradores das proximidades, que preferiu não se identificar, salienta que o objetivo não é protestar. “Já fomos à prefeitura e avisamos do problema, há alguns meses. Mas como moramos por

perto, já vimos muita gente caindo nestas ‘panelas’. Antes que mais gente tenha prejuízo, resolvemos sinalizar, para que as pessoas desviem a tempo”. Quando a questão foi notificada pela reportagem do Jornal de Marau, e repercutida no site vangfm.com.br – na manhã de terça-feira 11, uma equipe da secretaria de Cidade esteve no local e solucionou provisoriamente o problema.


www.vangfm.com.br

POLÍTICA

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

7

SIMARAU discutirá paralisação na próxima quarta-feira

Assembleia foi realizada na última segunda. Quarta-feira haverá outra.

Os funcionários públicos municipais realizaram, na noite de segunda-feira, 10 de março, a assembléia deliberativa relacionada à proposta de reajuste salarial oferecida pelo prefeito Josué Longo, de 6% em relação ao salário e 6% sobre o cartão-alimentação. O objetivo era, segundo o presidente do SIMARAU, Jaime Schu, ouvir os servidores sobre esta proposta. Porém, um ato da Secretaria de Administração, Fazenda e Planejamento, acirrou as conversações: o projeto de reajuste foi enviado à Câmara antes de ser apresentado em assembléia. Revoltados, parte dos servidores reagiu à antecipação do Governo Municipal solicitando paralisação. Schu, então, solicitou o apoio da assessoria jurídica do sindicato, que informou sobre a necessidade do agendamento de uma nova assembléia, desta vez específica para discutir a greve. Este encontro foi agendado para a próxima quarta-feira, na Casa da Cultura. “Não foi fácil de segurar o ânimo dos colegas. Muita gente queria a greve de imediato. Mas vamos cumprir os procedimentos burocráticos, e se o

Passeata cruzou a Julio Borella

Servidores lotaram o plenário da Câmara

pessoal quiser paralisar, nossa obrigação é ficar do lado do servidor”, opinou o presidente. Depois da assembléia, os servidores seguiram em passeata pela avenida Julio Borella, até a Câmara de Vereadores, onde estava ocorrendo a sessão ordinária. Por lá, mais de cem pessoas lotaram não somente o plenário, como os corredores da casa legislativa. Para os assessores, foi difícil controlar as manifestações, apesar de proibidas. O vereador Igo de Carli, por exemplo, foi aplaudido no final de sua fala, o que não é permitido no plenário. Todos os vereadores citaram a importância do funcionariado público, e manifestaramse sobre o tema. Gerou burburinho dos que suportaram até o final de uma longa sessão, a declaração do vereador Jair Roy. Segundo ele, “o mercado paga mais”, e os servidores descontentes deveriam buscar alternativas. A vereadora Bete salientou o reajuste do ano anterior, que chegou à casa dos 10%, e ainda afirmou que o valor oferecido em 2014 faz parte de um estudo que visa não sobrecarregar as finanças públicas com a folha salarial.

Esta informação foi corroborada pela secretária Adriana Brocco, no início da semana. Ela ainda afirmou que a proposta não deverá ser alterada. “Chegamos ao máximo que pode ser oferecido. Os 6% estão mantidos e, de qualquer maneira aguardamos os representantes do sindicato que queiram dialogar”, salientou. Sobre a iniciativa de mandar o projeto á Câmara antes da realização da assembléia, a secretária considera normal. “A prefeitura precisa, por lei, conceder o reajuste no mês de março. Nosso setor de RH calcula a folha salarial até o dia 20, por isso existe a necessidade de adiantar as coisas”, ponderou. Nova manifestação está agendada para a próxima segunda-feira, às 17h em frente à prefeitura. Os funcionários que participarem seguirão novamente pela Avenida Julio Borella até a Câmara, onde participarão da sessão legislativa. O presidente Jaime Schu ressalta o caráter pacífico do protesto. “Respeitamos os poderes Executivo e Legislativo, assim como queremos ser respeitados. O que a maioria decidir na quarta-feira, o sindicato vai acatar”, concluiu.


8

SEGURANÇA

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

Grave acidente mata condutor de caminhão na ERS 324

www.jornaldemarau.com.br

“A Fifa não usa dinheiro público do Brasil.” Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade. Não? E as isenções fiscais?

Bagunça

Um violento choque entre dois caminhões acabou em tragédia na manhã de quarta-feira, dia 12 de março. O acidente ocorreu na comunidade de Burro Preto, na conhecida curva da “moega”, por volta das 10h30min. Um caminhão-betoneira, da empresa Andreetta, com placas de Marau, perdeu o controle e tombou na curva, quando trafegava no sentido Passo Fundo Marau. O veículo acabou sendo colhido por um caminhão que carregava cerca de 40 mil litros de biodiesel, que trafegava na direção contrária. Este último veículo era da cidade de Araçatuba, São Paulo. Imediatamente após o impacto, os dois caminhões se incendiaram. Mesmo com a rápida ação do Corpo de Bombeiros de Marau, com a ajuda de uma guarnição de Passo Fundo, o fogo levou quase vinte minutos para ser controlado, e havia risco iminente de explosão. Duas equipes realizaram trabalhos distintos no combate às chamas. Uma tratava de resfriar o tanque de biocombustível, enquanto a outra tentava apagar o fogo. Enquanto isso, as cabines dos dois veículos foram totalmente consumidas. O condutor do caminhão-tanque, Romoaldo Alves, 48 anos, conseguiu escapar com vida. Segundo informações de motoristas que chegaram ao local logo depois do acidente, ele teria saltado a tempo do caminhão e sido arrastado para longe do incêndio. Ele segue internado em estado grave no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. O condutor do caminhãobetoneira faleceu no local. Nilson Knop da Rosa, passofundense que morava em Marau, teve o corpo inteiramente carbonizado. O trânsito ficou parado por horas, até que a perícia realizasse o seu trabalho e a remoção dos restos mortais. À tarde, com a chegada dos guinchos que retirariam os caminhões, e a retirada do biodiesel, já que havia risco de dano ambiental, o trânsito foi bloqueado novamente. Somente por volta das 18h o trânsito foi normalizado na rodovia.

O Passo Fundo já está rebaixado para a Divisão de Acesso do Gauchão (chamar a segunda divisão do campeonato estadual assim é como as promoções que fazem parecer que R$ 1,99 é um e pouco, e não praticamente R$ 2). Não pelo que fez dentro campo, o que seria razoável de se imaginar para um campeonato de futebol. Pois jogando bola, o time do estádio Vermelhão da Serra (por que um estádio tem este nome mesmo estando na região do planalto médio?) somou 16 pontos, o suficiente para se manter na elite do Gauchão. Mas o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do estado tirou metade dos pontos do Passo Fundo por causa da escalação irregular do jogador Paulo Josué. Pelo regulamento do campeonato, os clubes só podem realizar algum tipo de negociação até a quarta rodada da competição. De acordo com o TJD, o Passo Fundo inscreveu o jogador na quinta rodada do torneio. Ele também atuou em outro jogo, por isso o time perdeu oito pontos (três pontos por jogo, mais aqueles conseguidos em empates com Aimoré e Veranópolis). Pois bem. A culpa da direção do Passo Fundo é não ter analisado o regulamento detalhadamente. Mas tem uma coisa: nem a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) parece saber as regras da sua mais importante competição. Por que a entidade aceitou a inscrição feita após o prazo estabelecido pelo regulamento? É como aceitar um estudante que chegou para fazer o Enem (se o exame acontecer sem nenhum tipo de contratempo, o que é bem raro) após o fechamento dos portões, deixá-lo responder a prova e depois desclassificá-lo por ter chegado atrasado. Hein? Quando a diretoria do Passo Fundo requereu a regularização do jogador, a FGF deveria avisar que o regulamento do campeonato que ela organiza não permite inscrições depois da quarta rodada. No caso envolvendo o Esportivo e as ofensas racistas ao árbitro Márcio Chagas, acredito que a punição aplicada pelo TJD tenha sido razoável: multa (que poderia ser mais alta) e perda de mandos de campo. E que sirva de aviso: novas demonstrações de preconceito da torcida do clube serão punidas de maneiras mais rigorosa. Por que escorraçar o time de Bento Gonçalves da competição seria “jogar para torcida” (não a do Esportivo, claro). É o seguinte: tirar pontos da equipe sem provar relação direta do clube com os atos preconceituosos abriria um precedente perigoso. E se torcedores de um time se infiltrassem na torcida do rival para ofender o árbitro? Teoria da conspiração? Não nessa bagunça que é o futebol brasileiro.


2

Suplemento da edição 870 do JM/Jornal de Marau

Caminhada: um santo exercício!

Muita gente acha que caminhada é exercício para aqueles que não gostam de se exercitar. Mas pouca gente sabe do que essa atividade é capaz. E talvez não imagina que a modalidade pode se transformar em uma aliada poderosa para conquistar um corpo sequinho, forte e definido. O segredo para escapar do tédio e fazer a atividade trabalhar a seu favor é variar os tipos de treino no decorrer da semana. Afinal, qual exercício mais você pode fazer em locais diferentes todos os dias? Pessoas que possuem problemas de circulação, principalmente quem tem algum problema cardíaco ou problemas com varizes, não podem fazer exercícios físicos de impacto como corrida ou pegar peso. Por isso a caminhada além de ser boa pra manter o peso em dia, ainda consegue manter a circulação fluindo perfeitamente nos vasos e artérias. Além disso, os benefícios da caminhada não são só corporais. Sua mente também sai ganhando, deixando você com uma sensação de maior bem estar e paz. Para problemas de depressão, a caminhada pode trazer uma sensação de melhora. Outro benefício é a socialização. A caminhada é uma atividade que pode ser realizada tranquilamente a dois, ou em grupo.

Pessoas idosas ou até mesmo quem já passou dos 40, deve começar a se preocupar mais com as doenças da melhor idade. A osteoporose é uma delas. A caminhada ajuda a deixar os ossos mais fortes e resistentes, evitando assim quedas e fraturas, além de deixar os ossos menos propensos a desgastes. Sabe aquela sensação de sono ao acordar de manhã que se estende por todo dia? A caminhada acaba com isso e te deixa mais desperto e disposto. A sensação de sonolência pode ainda te pegar por uns dias logo que iniciar a atividade da caminhada, mas com o passar dos dias e meses, você perceberá que estará se sentindo melhor e com mais coragem para viver. Não precisa correr para emagrecer. A caminhada também é um excelente exercício para quem quer se livrar dos quilos sobressalentes. É claro que depende do metabolismo de cada um, mas a caminhada garante, em média, a perda de cinco calorias por minuto. Cerca de 550 calorias por hora. Comparado ao esforço da corrida, os resultados da caminhada são tão satisfatórios quanto. Se o seu desejo realmente é correr, comece caminhando, até ganhar fôlego e resistência. Aumentar progressivamente o exercício sempre é uma boa pedida.


Suplemento da edição 870 do JM/Jornal de Marau

3

Mitos e verdades sobre a queda de cabelo e suas causas 1) Lavar o cabelo com água filtrada evita a queda dos fios? Mito. O uso de água filtrada não causa e nem evita a queda dos fios de cabelo.

2) Estresse é um dos causadores da queda de cabelo? Verdade. Estresse, cansaço, ansiedade e depressão são uns dos principais fatores de queda de cabelo. Estes fatores, inclusive, podem ativar os genes ligados à calvície feminina. 3) Lavar a cabeça com água quente faz cair os cabelos? Mito. Porém, pessoas que apresentam dermatite seborreica devem evitar a água quente, que estimula a produção de oleosidade, de maneira a piorar a doença e acarretar na queda dos fios. 4) Dietas radicais têm como consequência a queda de cabelos? Verdade. A alimentação saudável, rica em nutrientes, é essencial para a saúde dos cabelos. Para não danificar os fios, a dieta deve ser rica em proteínas, vitamina B, ferro e sais minerais. 5) Lavar os cabelos todos os dias acelera a queda? Mito. Os cabelos mais oleosos precisam ser lavados todos os dias para que haja a retirada do sebo produzido pelo couro cabeludo. Porém é importante prestar atenção na quantidade de xampu e creme, que precisa ser pouca, caso contrário a queratina do cabelo é sobrecarregada. 6) Dormir de cabelos molhados faz mal à saúde dos fios? Verdade. Dormir com os fios úmidos e abafados

facilita a proliferação de fungos e caspas, que com o tempo levam à queda de cabelo. 7) Prender o cabelo pode facilitar a queda de cabelos? Verdade. Prender o cabelo é ruim em qualquer situação, seja rabo de cavalo, tiara, faixas, bandanas ou apliques. Isto porque cada fio de cabelo é preso por um músculo. Com a tração, o músculo pode ser rompido e o cabelo perdido para sempre. 8) Secador de cabelo e chapinha provocam queda de cabelo? Depende. Se utilizados de forma incorreta, tanto o secador como a chapinha podem danificar o cabelo. No caso do secador, a distância na hora de secar os fios deve ser de pelo menos 30cm. Já a chapinha mui-

to quente quebra e desidrata os fios. 9) O uso de boné faz cair o cabelo? Depende. Usar o boné não seria o fator predominante na queda. Mas como o boné abafa o cabelo e aumenta a seborréia, pode acelerar a queda dos fios. 10) Passar condicionador na raiz do cabelo faz mal? Verdade. Nem tudo que é bom para o cabelo é bom para o couro cabeludo. O condicionador na raiz torna o cabelo mais oleoso e propenso a incidência de caspa e sebo, que em excesso levam a queda dos fios. 11) Cabelo que cai nunca mais volta a crescer? Mito. Já existem tratamentos dermatológicos com resultados significativos para interromper a queda dos cabelos e, até mesmo, cirurgias que fazem com que eles cresçam novamente


4

Suplemento da edição 870 do JM/Jornal de Marau

Causas e tratamento para as aftas Baixa imunidade, estresse, fatores genéticos, deficiências nutricionais e até tensão pré-menstrual (TPM) podem ser causas de afta na boca. De 10% a 25% da população mundial tem essa feridinha em algum momento da vida. O problema, em que aparece uma bolinha branco-amarelada envolta por um círculo vermelho, é comum em crianças, pessoas que gostam de alimentos ácidos e também em quem usa aparelho ortodôntico. Após comer uma fruta ou um alimento ácido, enxágue bem a boca – assim, a chance de afta diminui. E a melhor prevenção é a higiene oral e uma boa alimentação, para que o sistema imunológico fique forte. Não dá para saber exatamente quando a afta aparece por um problema emocional ou uma deficiência no organismo. Muitas vezes, as duas questões andam juntas. Pessoas de todas as idades podem ter esse incômodo, mas ele é mais comum em crianças e menos comum em idosos, pois com a idade a mucosa da boca fica mais grossa. A palavra “afta” vem do grego e foi usada por Hipócrates, considerado o pai da medicina. Significa "Eu queimo, incendeio, ardo". Indivíduos que fumam mais de um maço de cigarro por dia dificilmente apresentam afta, porque o tabaco provoca uma queratinização maior da mucosa da boca,

ou seja, uma espécie de calo que impede a penetração de elementos estranhos. Uma vez que a afta surge, não existe uma fórmula de eliminá-la. A ferida leva entre 10 e 14 dias para cicatrizar. Para aliviar, uma dica é bochechar água com um pouco de bicarbonato de sódio e cuspir -- o bicarbonato não deve ser engolido. Não é bom colocar bicarbonato diretamente na afta, pois isso pode irritá-la mais. Sal também não ajuda, porque desidrata a mucosa. Como muitos fatores podem causar afta, também é difícil ter um tratamento que elimine de vez esse problema.


Suplemento da edição 870 do JM/Jornal de Marau

5

Homem e cavalo: vínculos milenares formam relação de confiança e afeto mútuos O cavalo como conhecemos nos dias de hoje - Eqqus Caballus - tem sua origem em animais menores, que surgiram há aproximadamente 60 milhões de anos, segundo estimativas científicas. A interação entre o homem e este fantástico animal são registrados nos livros de história desde os tempos da Antiguidade. Na Grécia Antiga, por exemplo, o mito do centauro simboliza uma criatura supostamente perfeita, que mescla a inteligência humana ao vigor físico tão bem dominado pelos equinos. A figura do cavalo esteve associada aos principais avanços da civilização humana. O domínio do animal, seja pela imposição da força física ou por um vínculo mais sentimental, ligado ao companheirismo, conduziu a formação de parceri-

as que tornaram possíveis as atividades de agricultura, transporte, guerra e esporte. Estes fatores eventu-

Nero, O Imperador Proprietário: Jhonny Casagrande dos Santos

almente estimularam o homem a intervir no comportamento natural reprodutivo destes animais, selecionando o pareamento entre machos e fêmeas que deram origem a características genéticas específicas, formando assim as diferentes raças. Embora os fatores genéticos tenham muita representatividade no perfil de cada equino, sabe-se que estes animais são dotados de uma sensibilidade comum muito apurada. E por este motivo, a relação desenvolvida entre o homem e o cavalo, acaba sendo decisiva na funcionalidade do exemplar para atender a demanda humana, seja ela qual for. É o que reforça o médico veterinário especializado em comportamento e doma de equinos, Tiago Pes. “Quando desempenhamos uma ação pensando no resultado que desejamos, nosso corpo emite sinais, imperceptíveis a nossos olhos, mas muito claros para as espécies que dominam a linguagem corporal, como é o caso dos equinos. Em outras palavras, pensar no resultado que buscamos, ajuda nosso corpo a comunicar nossa intenção”, explica o profissional.


6

Suplemento da edição 870 do JM/Jornal de Marau

Diga adeus ao bafo de onça do seu pet

Se você acha que escovar os dentes é uma necessidade só do ser humano, está enganada. Bichos de estimação também precisam higienizar a boca para evitar gengivite, tártaro, odores ruins e até doenças cardíacas (veja ao lado). "A boca dos animais é semelhante à nossa. Portanto, os resíduos de alimentos se acumulam e formam uma placa bacteriana que só sai com a escovação", diz Daniel Ferro, veterinário da Odontovet, de São Paulo. Quanto antes você acostumar seu bicho, mais fácil será a tarefa. 3 PASSOS PARA PROTEGER A BOCA DO SEU PET 1. Crie uma rotina com horários. Pegue-o no colo e acaricie seu focinho. Com o dedo, faça círculos em torno da boca e da gengiva. Ofereça um petisco. Assim, ele associará esse ato com algo prazeroso. Em seguida, coloque um pouco de creme dental para pets (há alguns com sabor de carne e frango) nos dedos e passe nos dentes. Faça isso todos os dias, por pelo menos uma semana. 2. Na segunda semana, use uma dedeira macia (à venda em pet shops). Repita os movimentos feitos com o dedo. Ponha o creme dental na dedeira e

limpe os dentinhos do pet. 3. Agora você já pode passar para a escova de dentes (use um modelo macio para animais). Comece com movimentos circulares e, depois, de vaivém. Use o creme dental e repita o que fez nas semanas anteriores com o dedo e a dedeira. O treinamento deve durar pelo menos um mês. DENTES RUINS, CORPO DOENTE A falta de escovação estimula o surgimento de doenças sérias em vários órgãos. Tudo porque causa inflamação na gengiva, que libera substâncias tóxicas na corrente sanguínea. Pesquisa realizada por universidades americanas mostra que essas bactérias podem causar problemas cardíacos graves. Novos estudos estão sendo realizados para avaliar se também predispõem a enfermidades nos rins e fígado. "O ideal é ir ao veterinário especializado em ortodontia pelo menos uma vez por ano para fazer uma avaliação e realizar uma limpeza mais profunda", diz Daniel Ferro. No caso de outros problemas, o veterinário indicará os tratamentos mais adequados.

VENDE-SE FILHOTE DE PASTOR ALEMÃO


www.vangfm.com.br

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

A velha dita Alguns sintomas não passam despercebidos no governo de Josué Longo, e que fazem os mais antigos lembrarem os tempos da ARENA em seu auge, ou seja, a Ditadura Militar. O principal deles surgiu ainda na semana passada, e ficou sem comentário por aqui: a decisão do prefeito em não repassar a verba que diz respeito à câmara de vereadores. Segundo alguns juristas, o corte no repasse até é legal, desde que seja em comum acordo entre os poderes. Uma decisão unilateral do jeito que foi, além de ser inconstitucional, é de arrepiar os cabelos. Será que tem gente querendo a volta dos que não foram?

Ônibus

Vídeo Monitoramento Público e Privado Segunda feira, a imprensa tem encontro marcado na ACIM com o Grupo de Trabalho de Segurança Marau. Horário é 09h45 às 10h45. Antes o encontro é com autoridades de diferentes poderes. Será apresentado projeto de vídeo monitoramento, moderno, inovador para a cidade. Essa proposta contempla várias fases e está sendo construída por esse Grupo de Trabalho desde o início de fevereiro de 2014. JM/Jornal de Marau e Vang FM estarão presentes. Vai receber dos veículos todo o apoio para encontrar caminhos de melhor segurança. Poder público e iniciativas empresariais devem seguir caminhos juntos para buscar o mesmo sucesso final. Não queremos saber de paternidade.

Festival do Salame Apoiamos integralmente a iniciativa de transferir a próxima edição do Festival Nacional do Salame para o Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti na Rui Barbosa. Não há razão de pagar valores superiores a 20 mil reais para a Paróquia Cristo Rei. Com esses valores dá para ir equipando a cozinha do Ginásio do município para futuros eventos de outras naturezas. O local escolhido é amplo, tem largo espaço externo para aproveitamento no festival. Vai aqui nosso apoio. O local é ideal. Durante o “Gestão em Pauta”, que reuniu um empreendedor privado e um titular de registro de imóveis para falar sobre experiências em gestão pública (???), o empresário Leonardo Segatt mostrou um desenho de um ônibus guiado pelo prefeito Josué, com o viceprefeito Bordin de co-piloto e os secretários municipais como passageiros. Fina ironia. Com a dança das cadeiras de ultimamente, os secretários municipais precisam se contentar em serem, mesmo, passageiros. Quem será que desce na próxima parada? Recomendamos cinto de segurança.

Quando se vendem.... “Comparando o caso da moça que vendeu a virgindade e os políticos que se vendem no mercado do toma lá dá cá, há um consenso de que quem acha que compra tudo, na verdade não valoriza nada. Vender a virgindade e comprar apoio político são duas atitudes que revelam a mesma concepção utilitarista e rasa da vida. Uma deprecia a intimidade. A outra ultraja a democracia”. (Autor desconhecido)

9

Subindo o morro e descendo o morro... O Espaço Plural da Vang comentou a iniciativa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre de que faz triagem de atendimento. Na oportunidade, recebemos uma mensagem de texto do diretor do nosso hospital filantrópico, Cristo Redentor, para onde convergem todos os atendimentos, não só de urgência, no Pronto lá existente. Sérgio Antônio Lunardi se expressou assim: “PACIENTE CERTO EM LUGAR CERTO”, onde o Clínicas faz uma triagem e os pacientes que não são atendidos como urgência e emergência são enviado de táxi (pagos pelo Clínicas) de volta para as unidades básicas de Saúde, que é onde eles devem ser atendidos. Que tal fazermos isso em Marau também...? O único problema é que o nosso hospital não tem dinheiro para pagar o táxi...... Enquanto as filas continuam, o Pronto Atendimento de Marau recebe população superior ao do município por ano. Assim não dá. Há uma nítida inversão de responsabilidade.

Francisco, um ano de pontificado 93% dos argentinos aprovam a postura do Papa. Percentagem muito alta em todo o mundo reconhece a performance de Francisco. O papa pediu no Twitter a seus seguidores que o acompanhem em suas orações na quaresma na tarefa de líder da igreja Católica. “Rezem por mim”, tuitou Francisco em sua conta @pontifex em nove idiomas. Bem perto de nós há quem se manifesta no twitter. O médico Márcio Turra sentenciou em seu microblog: Há 01 ano era eleito o #PapaFrancisco. Agora, c todo poder, continua #humilde. Questão de #caráter: #BomExemplo


10

GERAL

"Tudo na Cama 2" em Marau Após 8 anos de sucesso, a comédia romântica Tudo na Cama ganha sua continuação. E a saga de Laura e Fernando prossegue na tentativa de solucionar sua crise conjugal e encontrar a tão sonhada felicidade. Realizado numa montagem despojada para permitir sua representação nos mais diversos locais e reduzir custos, no objetivo de difundir o teatro e popularizar a arte da representação teatral, sem vulgarizá-la, Tudo na Cama 2 tem a proposta de fazer com que a encenação teatral deixe de ser o sonho de muitos e privilégio de poucos. Segundo Carlos Job, ator da peça, a Cia Arte & Palco deseja levar às pessoas o sonho, momentos de magia e diversão com arte. “Primamos pelo conteúdo ético, que seja útil, ilustrando o ser humano na busca do autoconhecimento”, propõe. Em Marau, a peça será apresentada neste domingo, a partir das 20h, na Casa da Cultura

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

Emater garante filantropia por mais 3 anos O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) deferiu o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas-Filantropia) à Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Ascar). A certificação vem sendo pleiteada desde 2003. A certificação será válida somente por três anos, estendendo-se, portanto, até março de 2017, quando deverá ser renovada. “Estamos constituindo com o Governo do Estado um grupo de trabalho para pensarmos, nestes três anos, em uma solução estrutural e definitiva para a Ascar. Esta medida garante que a Instituição execute as suas ações com tranquilidade daqui para frente”, afirmou a ministra Tereza Campello. “Este é um momento de júbilo para a agricultura familiar no Rio Grande do Sul”, destacou o governador

Tarso Genro, afirmando que a Emater/RS-Ascar é essencial para o desenvolvimento do meio rural gaúcho. Conforme o advogado que defende a Emater/Ascar no processo de recuperação do certificado de filantropia, Rodrigo Dalcin, a medida não extingue o passivo de cerca de R$ 2 bilhões referentes às cobranças de débitos decorrentes da revogação da imunidade, “mas nos dá excelentes argumentos para trabalhar na ação e comprovar que o trabalho executado pela Instituição é social”. A Emater está presente em 493 dos 497 municípios gaúchos, atendendo cerca de 250 mil famílias de agricultores e pecuaristas familiares, quilombolas, indígenas, assentados da reforma agrária e pescadores artesanais, muitos em situação de vulnerabilidade social.

Vacina contra gripe já disponível em clínicas particulares A campanha de vacinação gratuita contra a gripe em 2014 inicia daqui a um mês, mas a vacina já começou a ser distribuída nesta semana em clínicas particulares de Marau. O município ainda não recebeu informações sobre campanha deste ano, mas a previsão é que o Ministério da Saúde encaminhe as regras até o final de março. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) está em fase de planejamento das ações de divulgação da campanha de vacinação contra a gripe, que neste ano ocorre entre os dias 14 de abril e 2 de maio. A proposta é chamar a atenção dos grupos prioritários para os quais a vacina é destinada: crianças maiores de 6 meses e menores de 2 anos, gestantes, mães de recém-nascidos com até 45 dias, pessoas acima dos 60 anos e doentes crônicos.

www.jornaldemarau.com.br

Ministra Tereza Campello anunciou decisão em coletiva, junto a Tarso Genro


2

SEGURANÇA

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

www.jornaldemarau.com.br

Viatura da Consulta Popular é entregue à BM

Milho para as pombas: carga é derrubada sobre a ERS 324 e causa transtorno

Autoridades locais como o prefeito Josué Longo, o presidente da Câmara de Vereadores, Iura Kurtz e o Secretário de Segurança, Trânsito e Meio Ambiente, Antonio Dall’Aqua participaram nesta quinta-feira 13, da entrega de uma viatura Renault Duster, conquistada através da votação da Participação Popular e Cidadã de 2012/2013, do governo do estado, para a Brigada Militar de Marau. O Coordenador da Participação Popular da macro-região Norte, Rene Cecconello, esteve presente no ato, representando o Governo Estadual. Ele afirmou que ainda há equipamentos para serem entregues em Marau, que irão auxiliar o trabalho da corporação. "Estamos tentando aproximar o atendimento das demandas, da execução orçamentária, para agilizar a entrega de equipamentos. Afinal, quando a demanda foi aprovada, certamente já existia a necessidade de receber o que foi solicitado", disse. O ato, realizado na sede da Brigada Militar, ainda reuniu o efetivo da corporação, o representante da participação popular da região, Rodrigo Roman, o presidente do Conselho municipal de Segurança, Vagner Segala, o Capitão Jeferson da Silva e o vereador Matheus Fernandes. Também esteve presente, representando o Corede produção, o presidente do COMUDE, Leonardo Bessa de Oliveira. O processo de escolha das prioridades com Participação Popular de 2014 começa no dia 26 de março, com a realização de uma audiência pública regional, na UPF, em Passo Fundo. A votação das prioridades será realizada nos dias 2, 3 e 4 de junho.

A paciência dos motoristas que transitavam pela ERS 324 nesta quarta-feira, 12, foi testada até o limite. Além do grave acidente que resultou em vítima fatal e trancou a rodovia durante praticamente toda a tarde, os condutores ainda precisaram redobrar a atenção ao passar em frente à empresa Metasa. Por lá, um caminhão que transportava milho acabou perdendo boa parte de sua carga, que se espalhou pela rodovia. A situação exigiu atenção e perícia dos motoristas que transitaram pelo local, para evitar derrapagens e saídas de pista. Antes que alguma ocorrência grave fosse registrada, o Corpo de Bombeiros de Marau e a Brigada Militar realizaram a lavagem da pista.

Pista foi lavada antes que algum acidente ocorresse

Ônibus escolar derrapa e atola no loteamento Santin

O veículo foi conquistado ainda em 2012

BM prende jovem com 157g de maconha

Um ônibus escolar que presta serviço para a Secretaria de Educação de Marau atolou, na manhã da última segunda-feira 10, enquanto fazia o trajeto pela rua Romano Marafon, que liga os bairros Novo Horizonte e Loteamento Santin, próximo à creche Pequeno Aprendiz. A estrada não-pavimentada havia recebido patrolamento nos dias anteriores, e a chuça que caiu naquela manhã deixou a via escorregadia e lamacenta. O ônibus, que transportava cerca de dez crianças naquele momento, não conseguiu tracionar e, ao tentar vencer o trajeto, acabou caindo em uma vala na beira da pista, atolando no local. O Corpo de Bombeiros foi chamado para auxiliar as crianças – duas delas utilizando cadeira-de-rodas – a sair do veículo, já que havia risco de movimentos bruscos na medida em que o ônibus fosse desatolado. O veículo foi retirado do atoleiro por uma máquina da Prefeitura.

No início da tarde de quarta-feira, a Brigada Militar foi informada através de denúncia anônima, que um jovem teria adquirido certa quantia de entorpecentes no Bairro Casulo, e se deslocava em direção ao Bairro Rigo. A BM localizou o jovem na Rua 21 de Abril, Bairro Rigo. Tratase de Marcelo Martins, 23 anos. Ao avistar a viatura da BM, Marcelo ainda tentou fugir, mas foi capturado. No momento da prisão, ele portava 157g de maconha. Marcelo foi encaminhado à DP para registro da prisão. Subida acentuada e barro provocaram o incidente


14

REGIÃO

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

Inaugurada nova sede da Emater em Camargo

www.jornaldemarau.com.br

Vazamento de amônia assusta Nova Araçá

A inauguração da nova sede do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Camargo aconteceu na última quinta-feira, 13. As novas instalações estão situadas na Avenida Brasil, 1163. Em Camargo, a Emater/RS-Ascar atende aproximadamente 500 famílias. A atuação da Entidade está ligada às áreas de grãos, abrangendo milho, soja e trigo, avicultura, bovinocultura de leite e suinocultura, além de trabalho voltado à área social. A equipe é composta pela assistente administrativa Ana Carla Radomski, pela extensionista social Simara Regina Lovizon e pelo técnico em agropecuária, Carlos Geuvani Kaefer. Participaram da solenidade de inauguração da nova sede da Emater/RS-Ascar o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Ivar Pavan, o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo, Milton Rossetto, os coordenadores regionais da SDR, Lauri de Carli e Darcy Preto, autoridades locais, extensionistas e produtores.

Um vazamento de gás amônia causou alarde no final da noite de domingo passado, dia 9, em Nova Araçá. A substância vazou do Frigorífico Nicolini, no bairro Zucchetti. As residências foram evacuadas em um raio de 200 metros ao redor da fábrica. Segundo a Brigada Militar, seis pessoas ficaram intoxicadas e foram encaminhadas ao Hospital São João Batista, em Nova Prata, mas nenhuma delas se encontra em estado grave. De acordo com o diretor do frigorífico, Pedro Carrer, ocorreu o rompimento da válvula de alívio da tubulação de amônia no início da noite de domingo. A situação foi percebida por conta do forte cheiro em torno das 22h30min. Técnicos e o engenheiro responsável pela empresa foram avisados e isolaram a peça. Ninguém trabalhava na fábrica no momento. As atividades no frigorífico continuaram normalmente no decorrer da semana. Mesmo assim, a empresa foi autuada pela Fepam devido ao vazamento. A empresa foi multada em R$ 288.999 mil, além de outras suspensões e da obrigatoriedade de ajudar a todos os afetados.

Nova sede fica na Avenida Brasil, 1163

Frigorífico Nicolini foi autuado pela Fepam


www.vangfm.com.br

JORNAL DE MARAU | SÁBADO, 15 DE MARÇO DE 2014

ESPORTE

15

Resultados negativos marcam a semana do F.C. Marau l Não poderia começar a minha coluna sem fazer uma referência a mulher que convivia conosco e que mais entendia de futebol que conheço. Estou me referindo a coloradaça Iraci Terezinha Bonfanti. Foi através dela que tivemos a oportunidade de levar Lucas Leiva, jogador do Liverpool ao programa Ponto e Contra Ponto. A Iraci a minha saudade eterna, com certeza junto com o Humprhey estarão assistindo a inauguração do Beira Rio em um lugar muito especial. Um grande beijo no coração e com certeza estará descansando em paz. l Não vai ser a grande vitória contra o fraco Remo que vai mudar o meu pensamento a respeito do Internacional. É claro que fazer seis gols, independente de quem for o adversário, sempre se leva em conta. Mas mesmo assim algumas coisas ficaram mais uma vez clara. A principal delas para mim continua sendo a situação do Alex que não pode ser titular do Inter. Não com este futebol que está apresentando. Contra o Santo Ângelo, o Marau ganhou um ponto e uma lição...

Empate em casa, derrota fora. Essa foi a semana do Futebol Clube Marau, que segue na luta para alcançar a primeira divisão do futebol gaúcho em 2015. Dois confrontos foram realizados nesta semana, válidos pela 5ª e 6ª rodadas da Divisão de Acesso. No domingo, dia 9, diante do seu torcedor – que pela primeira vez no ano compareceu em bom número no estádio Carlos Renato Bebber – o Marau recebeu o Santo Ângelo. Empurrado pela torcida e incentivado pela campanha de 100% até então, o time da casa foi para cima e dominou amplamente as ações no primeiro tempo. Tocando a bola com facilidade e envolvendo a marcação do Santo Ângelo, Rodrigão, Adilson e Bahia iam transformando o goleiro Altieri em destaque da partida. Passou pelas mãos do arqueiro adversário o fato de o placar não ter sido aberto ainda na primeira etapa. Os gols apareceriam depois do intervalo. Em cruzamento para a área, Rodrigão aparou de cabeça e abriu o placar. Depois do gol, o Marau teve diversas chances claras de ampliar, mas a insistência não foi premiada com gols. E como quem não faz, leva, o Santo Ângelo empatou numa cobrança de escanteio, em que Willian subiu no primeiro pau e desviou para longe do alcance do goleiro Douglas. Final: 1 x 1. Na quarta-feira, o Marau foi a Panambi, enfrentar

o time local. Precisando da vitória se quisesse se manter com os mesmos pontos do líder da chave – o Ypiranga – o Marau teve que se defender durante boa parte do primeiro tempo. Novamente os gols só vieram na etapa final. Logo no início, o Marau partiu alucinadamente para o ataque e Rodrigão, desviando cruzamento, colocou para as redes. Mas o gostinho da vitória durou pouco: minutos depois, o Panambi conseguiria a sua virada. Primeiro com Collazzo, girando sobre os zagueiros e batendo no canto esquerdo do goleiro Douglas. E depois com Gavião, de cabeça, em cobrança de escanteio. Gavião ainda ampliaria para o time da casa, pouco antes do apito final. Resultado: 3 x 1 e a primeira derrota do time no ano. “Uma hora teria que acontecer. Agora é se preparar para os próximos jogos, que adquiriram ainda mais importância”, destacou o zagueiro Saulo, no fim da partida. Antes a quatro jogos sem conhecer outro resultado senão a vitória, o Marau agora está há dois jogos sem vencer. Ainda assim, o time local ocupa a terceira colocação na chave B da competição, precedido por Ypiranga e Santa Cruz, e sucedido por Brasil de Farroupilha. Os quatro primeiros de cada grupo se classificam para a fase de mata-mata. O próximo jogo do time é neste domingo, 16h, contra o Avenida, em Marau.

lAgora uma pergunta tem que ser feita. Será que o Remo é tão inferior a São José, Cruzeiro PA, Lajeandense, Veranópolis, etc. Acho que não. Devem ser no mínimo da mesma força. Porque então da facilidade encontrada? Com certeza deve ser a “cabeça” dos jogadores em jogar um campeonato regional e disputar uma competição a nível nacional. l Não morro de amores pelo goleiro Dida, mas tenho que reconhecer que o mesmo transmite confiança aos demais jogadores do Internacional. Não sei se ele é melhor ou pior que o Muriel, só sei que segurança ele transmite mais. Ao menos para mim. l Assisti a um vídeo no Youtube que ao menos para mim é inédito. Jogo da primeira divisão do futebol alemão se não me falha a memória. Atacante entra na área driblando e claramente se joga. Arbitro que estava perto marcou pênalti. Jogador levantou e disse para o árbitro que ele tinha caída sozinho e que não era pênalti. Juiz volta atrás e marca falta técnica. Detalhe: o jogo estava 2 x 0 para o time que tinha um pênalti a seu favor. l Não tive oportunidade de assistir ao jogo do Grêmio na quarta feira. Por isso não vou poder comentar sobre o mesmo. Olhando friamente o resultado não foi ruim, mesmo o Grêmio tendo empatado em casa. Sempre digo que você somar três pontos em casa e ganhar um ponto fora de casa é muito bom. l Com o Grêmio não aconteceu exatamente isto. Mas ele jogou duas em casa e uma fora e está com sete pontos ganhos. Ou seja, está com o tema de casa feito. l Vale lembrar que o Grêmio no final da fase de classificação da Libertadores no ano passado terminou em décimo quinto lugar. Hoje, terminada a primeira fase ele termina em primeiro lugar na geral. Quero lembrar que continuo achando que o Grêmio não tem time para ser campeão da Libertadores. Mas HOJE a realidade é esta e não podemos esconder. l E o Futebol Clube Marau? Jogou as primeiras quatro partidas e havia vencido todas. As últimas duas não foram tão boas assim. Um empate e uma derrota. No geral o time está muito bem e é um dos candidatos a classificação. l As pessoas que estão “ajudando” o time de Marau, dentro da direção de futebol do mesmo, estão se queixando da falta de apoio da comunidade Marauense. Confesso que também não estou vendo ninguém se engajar de forma firme e definitiva. l Sempre achei que o Poder Público tem que ajudar e acho que já o esta fazendo. Agora, quem tem que dar a resposta se quer ou não futebol em Marau é a sociedade. Ninguém, mas ninguém mesmo, faz futebol sem ter o apoio da comunidade. Ou se começa apoiar, ou este time tem vida curta. Ao menos é isto que eu penso.

Quem não faz, leva, como foi contra o Panambi


SÁBADO | 15 DE MARÇO DE 2014

Horror na ERS-324

Paulo H. Santarém

Página 8

De acordo com o TJD, o Passo Fundo inscreveu o jogador na quinta rodada do torneio. Ele também atuou em outro jogo, por isso o time perdeu oito pontos (três pontos por jogo, mais aqueles conseguidos em empates com Aimoré e Veranópolis).

Lencaster Foresti

Colisão entre dois caminhões resultou na morte de um dos motoristas na manhã da última quarta-feira. Rodovia ficou trancada durante a tarde toda. Página 8

Desarmonia pública

Página 15

Não morro de amores pelo goleiro Dida, mas tenho que reconhecer que o mesmo transmite confiança aos demais jogadores do Internacional.

Decisão do prefeito Josué Longo de cortar 200 mil reais do repasse mensal ao Legislativo causou alvoroço na última sessão da Câmara. Vereadores de situação e oposição revezaram-se na tribuna discursando sobre o tema. Página 5


Jm15mar2014