Issuu on Google+

Ano X - Nยบ 128 - Agosto de 2011 - Revista Mensal do Sรณcio Evangelizador

clube.cancaonova.com

ISSN 1806-1494

palavra do fundador Queremos ir onde estรก o jovem

r e v i s t a

firmes

Estamos


FUNDADOR DA COMUNIDADE CANÇÃO NOVA: MONSENHOR JONAS ABIB PRESIDENTE: WELLINGTON SILVA JARDIM DIRETOR EXECUTIVO: FILIPE JARDIM JORNALISTA RESPONSÁVEL: OSVALDO LUIZ/MTB 23094 COORDENAÇÃO: SIMONE LARANJEIRA PRODUÇÃO E ASSESSORIA: MAURICIO MOURA E DEIVIDSON SILVA REVISÃO ORTOGRÁFICA: DYRCE ARAÚJO DIREÇÃO DE ARTE: AGÊNCIA DE PUBLICIDADE CANÇÃO NOVA PROJETO GRÁFICO: NELI SESTARI DIAGRAMAÇÃO: NELI SESTARI, ANDRÉ PORTE, ISAAC ARLEY E RÔMULO RODRIGUES FOTOS: AGÊNCIA DE PUBLICIDADE CANÇÃO NOVA CAPA: NELI SESTARI

FALE CONOSCO: Cachoeira Paulista- SP - Brasil Caixa Postal 57 CEP 12630-000 Tel: 55 (12) 3186 2600 www.cancaonova.com revista@cancaonova.com clube.cancaonova.com

T IRAGEM : 464.000 unidades I MPRESSÃO : ESDEVA INDÚSTRIA GRÁFICA S.A. Distribuição gratuita aos sócios evangelizadores

Índice

Expediente

Amor e Adoração é um ministério jovem formado por doze membros da Comunidade Canção Nova. Neste CD, o grupo apresenta um repertório vibrante, fruto de oração e de uma profunda experiência com a Palavra de Deus.

5 6 7 6 7

PALAVRA DO FUNDADOR

QUEREMOS IR ONDE ESTÁ O JOVEM

ADMINISTRAÇÃO E VIDA

PREPARANDO JOVENS PARA UM MUNDO NOVO

PALAVRA

EM DESTAQUE

FAMÍLIA É NONOONO!

PALAVRA DA IGREJA

A SANTRAÇÃO

PALAVRA EM DESTAQUE FAMÍLIA, CÉLULA MATER DA SOCIEDADE

10 13 14 14 14

MATÉRIA ESPECIAL

ESTAMOS FIRMES!

+ VIDA O TABAGISMO E SUAS CONSEQUÊNCIAS

EDUCANDO

MEMÓRIAS DE UM HOMEM BOM

EDUCANDO

HOMORA

EDUCANDO

HOMEM CHORA

15 16 17 16 17

AÇÃO JOVEM

SERÁ PRECISO VOLTAR NO TEMPO?

DIA 13, SANTO ANTÔNIO

O MUNDO MATERIAL SURGIU PELA EVOLUÇÃO?

SANTO DO MÊS

DIA 4, SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

FORMAÇÃO

COMO VENCER O VÍCIO DA MASTURBAÇÃO?


carta ao leitor

No meio dos jovens “Basta que sejam jovens para que eu vos ame”. Essa declaração de amor de Dom Bosco, - santo nascido em agosto e cujo bicentenário os salesianos se preparam para comemorar (16/08/2015)- refletiu-se muito bem em um dos seus filhos, Monsenhor Jonas Abib. Toda a obra Canção Nova é fundamentada na confiança nessa juventude. Padre Jonas repete sempre: “precisamos estar no meio dos jovens”. Era justamente no meio da moçada que João Paulo II se mostrava mais à vontade. Tanto que criou a Jornada Mundial da Juventude que, nesse ano, a partir da Espanha, renova o testemunho de fé, de Igreja, de esperança. A revista, que chega hoje em suas mãos, fala alto a esses jovens. Da matéria de capa ao artigo de nosso fundador. Não se restringindo a sua página habitual, com o Tiba, mas alcançando também reflexões sobre sexualidade com o professor Felipe Aquino e sobre Educação (Faculdade Canção Nova) com o presidente da Fundação João Paulo II, Wellington Silva Jardim. Agosto é o mês das vocações. Tempo de se abrir a Deus

com generosidade e absorver seus chamados: à vida familiar que prepara homens novos para um mundo novo (Luzia Santiago); onde a figura do pai, exemplo tão essencial, nos fortalece para a vida (Gabriel Chalita). E é justamente num ambiente familiar bem estruturado, de piedade, que melhor floresce a vocação sacerdotal. O santo que neste mês destacamos, o Cura D’Ars, mostra bem como a santidade não é algo distante, para pessoas excepcionais. São João Maria Vianney quase não foi ordenado padre por suas limitações intelectuais. Depois foi enviado para um vilarejo distante, inexpressivo. Mesmo assim, na sua simplicidade, serve até hoje de modelo a todo padre. Vamos acreditar na nossa família? Vamos acreditar nos jovens de casa? Que a leitura desse mês o ajude a recuperar o ânimo e a esperança. Um ótimo agosto para você!

OSVALDO LUIZ Jornalista Responsável www.twitter.com/osvaldoluiz_

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE MADRID 2011

Os melhores momentos. Flashs ao vivo durante a programação. Entrevistas com jovens do mundo inteiro. Momentos com o Papa Bento XVI. A cobertura completa da Jornada Mundial da Juventude 2011, você acompanha aqui, na TV Canção Nova!


MÃOS À OBRA Nossa tarefa continua. Estamos cobrindo o Santuário graças a sua ajuda. Temos um grande trabalho pela frente, mas confiamos na providência divina que passa por suas mãos. A sua ajuda tem sido imprescindível e certamente o Pai vê e acolhe tudo o que você tem feito pela edificação desse Santuário. Obrigado pela sua atitude de fé!

os. ois filhos e dois net d o h n te e s o n a 9 á2 em rgi, sou casada h çãos derramadas io en G b te s n a a s lc a a d v to a s C u a n Jes Meu nome é Silva órdia agradecer a ic er is M a d ta es aF . dessa Venho nesse dia d mais perseverança e não sei o valor, conheço o valor ia d a d ca ir ed p e são participantes, confesso qu o minha vida e ã n ro s u o o lh e fi d s ça eu n a M li ado. ma a um marido abenço órdia na hora certa. Sei que Possuo apenas u o h n te is o p , to en ic sam liança estará ramará Sua Miser a aliança no meu ca er a d h in so m io e rd u o q ic er er b is ao sa us M enorme que sinto mas creio que Jes z a p a m u é s a m isericórdias. , ca M u s o a p d é i a o P çã a o o d d o a ri á ância do dinheiro tu rt minh n o a p S o im d a o d i çã se ru e st u porq a con ébito automático d contribuindo para o el p a ci só u o S ova! izando. ue por existir! g a Amo a Canção N e vocês possam continuar evangel p es lh s eu .D .. qu Nova na data certa para cada um que faz parte da Canção do a Me despeço dizen e Giorgi Silvana Cavalcant – SP Mogi das Cruzes

A paz, irmãos!

DOAÇÃO EM OURO

Envie sua doação com o seu testemunho para nossas casas de missão ou via SEDEX para o endereço: Fundação João Paulo II CX Postal 57 - CEP:12630-000 - Cachoeira Paulista-SP. D O A ÇÃO CONTA BANCÁRIA

Banco Bradesco Ag. 3373-1 – C/C 4200-5 em nome da Fundação João Paulo II


palavra do fundador

Queremos ir onde está o jovem Aprendi a acreditar em tudo o que Deus pode fazer na vida de um jovem, quando esse tem uma oportunidade de se encontrar com Jesus. Hoje, olhando para toda a minha vida de sacerdote, posso constatar que sempre estive rodeado pelos jovens, e sempre fui buscado por eles e, em muitas situações; eu mesmo tomei a iniciativa de me fazer próximo deles e sou testemunha de diversas transformações. Precisamos estar no meio dos jovens, porque eles desejam o que é correto, mas, se ao redor deles só há o que não é bom ou ainda a oferta de caminhos errados, não serão capazes de fazer sozinhos e cederão às pressões da moda. Precisamos fazer a diferença na vida deles, sendo uma presença amiga de qualidade. Não podemos cobrar do jovem um comportamento maduro e correto se não oferecemos a ele o convívio com pessoas que possam sinalizar um caminho diferente das velhas opções. Enxergo na juventude um vasto e fecundo campo de missão, investimos nossos esforços para plantar ali, naquele coração, as sementes do Evangelho, que certamente crescerão ao longo do tempo, fazendo a diferença e formando um cristão verdadeiro, capaz de ser um agente de transformação nas realidades onde estiver inserido. A Comunidade Canção Nova está repleta desta juventude, com todas as realidades próprias desta etapa da vida. Percebo que, em meio às lutas próprias de toda a juventude, esses jovens encontraram em Jesus uma razão nova de viver, escolheram fazer

Dele seu projeto de vida, e investem pra valer todas as suas energias nesse lindo processo de conversão rumo à maturidade da fé. Isso não é exclusividade para os jovens da nossa comunidade, e aqui está a razão dos nossos esforços contínuos para alcançarmos cada vez mais a juventude do Brasil e do Mundo. Temos uma parcela de contribuição a dar nesse cuidado com os jovens, embora bem pequenos, nós queremos fazer a nossa parte. Por isso, não descansamos na missão de evangelizar. Sei que os meios de comunicação (Rádio, TV e Internet), se transformaram m em um meio privilegiado para alcançarmos essa juventude da era digital. Queremos e precisamos oferecer a eles opções sadias, com qualidade superior a encontrada por aí em outros meios. Graças a Deus não estamos sozinhos nessa batalha, contamos com inúmeros sócios colaboradores, que compartilham conosco desta linda e grandiosa responsabilidade e entenderam o valor deste nosso trabalho. Você tem nos ajudado a alcançar inúmeros jovens, isso é uma realidade linda desta parceria que Deus mesmo estabeleceu entre nós. Termino dizendo que eu, em primeiro lugar, e comigo toda a Canção Nova, queremos junto com você realizar a parte que nos cabe nesta formação de Homens Novos para um Mundo Novo.

MONSENHOR JONAS ABIB Fundador da Comunidade Canção Nova www.twitter.com/padrejonasabib www.padrejonas.com

Revista Canção Nova Agosto 2011

05


administração e vida

Preparando jovens para um

mundo novo

Por meio dos estudos com capacitados professores desta região e do relacionamento com nossos missionários e colaboradores, irão comungar com nossos ideais na formação de homens e mulheres novos para um mundo novo. Com certeza, vão experimentar que, aqui, há algo diferente. Não pretendemos parar por aí. A Faculdade Canção Nova já mira outros cursos para o futuro, como Psicologia, Assistência Social, Pedagogia, Marketing, Relações Públicas e até mesmo o curso de Música. Outro assunto que gostaria de partilhar com você é a importância de os pais estarem próximos de seus filhos na fase da adolescência e início da fase jovem. A fase que antecede o ingresso à faculdade. Você que é pai/mãe ou até mesmo professor incentive seus filhos e alunos para que busquem os esportes e a dança. Proporcionem encontros com profissionais do esporte que mostrem seus desafios, vitórias, lutas até conseguirem chegar ao ‘pódio’. Jovem tem que correr, andar de bicicleta, andar de skate, jogar bola e, claro, ser inserido na vida digital. O que não devemos permitir é que nossos filhos se tornem escravos do computador e, consequentemente, jovens solitários, isolados do convívio humano, da família, da sua comunidade e até mesmo da sua Igreja. Agora falo um pouquinho da minha administração. O Santuário Pai das Misericórdias está sendo rebocado e coberto com a graça de Deus e a sua ajuda. Faltam-nos muito ainda em acabamento, iluminação, som e cabeamento para tv, rádio e web. Peço-lhe que continue nos ajudando com sua doação. Seu ouro e sua doação em dinheiro são muito importantes para a finalização desta obra. Ajude a Canção Nova a evangelizar Estou unido em oração por você e sua família. BANCO DO BRASIL Ag.: 3358-8 C/C.: 3689-7 Amo você.

Hoje venho lhe falar da graça que Deus me proporciona de ver e realizar o que é bom. Tudo começou com a primeira inspiração que tivemos de ver as crianças da Comunidade em salas de aula. Construímos então o Instituto Canção Nova - escola que vai desde a educação infantil até o ensino médio. Mas, a inspiração e a vontade de Deus não pararam por aí. O sonho de ter a nossa faculdade com o objetivo de nos profissionalizarmos e oferecer ensino superior para a cidade acaba de se concretizar. Nasce a Faculdade Canção Nova, com a responsabilidade de oferecer educação superior de qualidade, formar profissionais qualificados, eticamente orientados e socialmente comprometidos com o pensamento social cristão católico e com valores que compõem o carisma Canção Nova. Com quatro cursos autorizados pelo Ministério da Educação (MEC) - Filosofia, Rádio e TV, Jornalismo e Administração, posso perceber que tudo na Canção Nova nasce pequeno. Provavelmente iremos receber o seu filho ou filha na busca por algo diferente.

Nossas contas Juntos, Promovendo o Bem!

BANCO REAL Ag.: 0617 C/C.: 0004315 BANESE Ag.: 028 C/C.: 101368-6 Tipo: 03 BRADESCO Ag.: 3373-1 C/C.: 215-1 BRB - BANCO DE BRASÍLIA C/C.: 204007584-9 CAIXA Ag.: 2003 C/C.: 339-1 Tipo: 003 HSBC Ag.: 1378 C/C.: 0676370 ITAÚ Ag.: 0247 C/C.: 31453-7 SANTANDER Ag.: 0164 C/C.: 13-000147-3

WELLINGTON SILVA JARDIM Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador www.twitter.com/etocn blog.cancaonova.com/eto


palavra em destaque

Família, célula mater da sociedade Em agosto, a minha lembrança se volta para o meu pai que já repousa em Deus na eternidade. Dia dez era data de seu nascimento e, quase sempre, coincidia com fim de semana dos pais. Ele gostava muito de ganhar presentes e por isso nutria a expectativa de receber dois presentes. Sabendo disso, a família inteira caprichava em fazer a sua alegria. Eu tive a graça de conviver com meu pai, de viver as realidades próprias de ser família, com muitos desafios e grandes alegrias; minha vida foi se construindo com a presença do meu pai Francisco, minha mãe Anita e meus cinco irmãos: Antonio, Aparecida, Iracema, Yara, e Bernadette. O sentido de família pode diferenciar de pessoa para pessoa e de épocas, a realidade é dinâmica e as mudanças sociais acontecem. Na “Carta às Famílias”, o beato João Paulo II declara: “Através da comunhão de pessoas, que se realiza no matrimônio, o homem e a mulher dão inicio à família. A família é realmente uma comunidade de pessoas, para quem o modo próprio de existir e viver juntas é a comunhão. Ela é concebida como comunidade de vida humana, como comunidade de pessoas unidas no amor”. Em nossos dias, muitas famílias não vivem a realidade de ter o pai, a mãe, os filhos agregados numa mesma casa. Cresce em nossa sociedade o número de famílias sem pai ou sem mãe, ou sem filhos. Há famílias que não vivem juntas, na mesma residência, porque os filhos saem pra trabalhar ou estudar fora, até pais e mães, por necessidade de buscar o sustento familiar acabam mal se encontrando, por causa dos horários diferentes de trabalho, membros que migram para outras regiões e nações por conta de melhores salários, ou ainda pais que se separaram formando outras famílias. Uma coisa é certa, “a família é a célula mater da sociedade”. A vida em família é uma iniciação à vida da sociedade, percebo isto hoje com mais clareza vivendo na comunidade. Hoje se fala em três níveis de laços familiares, todos importantes para o ser humano: família nuclear, nossa família com nossos pais e irmãos; família parental onde nossa família nuclear, está inclusa, que são nossos parentes, avós, tios, primos; e uma família muito maior chamada Humanidade à qual todos nós pertencemos, pois somos filhos

NENHUMA INSTITUIÇÃO SUBSTITUI O VALOR E A FORÇA DA FAMÍLIA! e filhas de Deus que é Pai de todos, porque faz brilhar o sol sobre bons e maus e porque com seu amor abraça todas as criaturas. Deus mesmo escolheu uma família para estar entre nós, com mãe e pai Jesus viveu entre nós para nos ensinar que é possível, pela fidelidade, oração e trabalho vencer este mundo com o alvo no Céu. Por isso a “família é a Igreja doméstica”, onde os filhos são preparados para uma missão específica: homens novos para um Mundo Novo. O que concretiza o ser família não são os laços de sangue, muito menos o desejo de permanecer próximos fisicamente, mas o amor que une, espera, e suporta com paciência cada etapa, porque ele não passa jamais, só cresce, vence no testemunho, gerando novas sementes. É por isso que nenhuma instituição substitui o valor e a força da família! LUZIA SANTIAGO Cofundadora da Comunidade Canção Nova www.twitter.com/luziasantiago www.luziasantiago.com

Revista Canção Nova Agosto 2011

07


matéria especial

Estamos

firmes!

MAIS QUE UM EVENTO...UM ACONTECIMENTO! MAIS QUE UMA VIAGEM... UMA PEREGRINAÇÃO! MAIS QUE UMA REUNIÃO... UM ENCONTRO! MAIS, BEM MAIS, MUITO MAIS É O QUE PODEMOS FALAR DE UMA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE (JMJ). AS PALAVRAS SERIAM POUCAS PARA DEFINIR ALGO TÃO IMPACTANTE, EXTRAORDINÁRIO E VERDADEIRO. Viver a 26ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) este mês, em Madri-Espanha, é mostrar para todo aquele que diz que a Igreja está perdendo força, literalmente, o contrário! É mostrar de maneira concreta que nós jovens estamos sedentos de respostas! Estamos cansados de modelos relativos, estamos fartos de uma liberdade que apriosiona! Queremos o que nos completa, o que nos preenche: encontro pessoal com Jesus Cristo! Estamos firmes nisso! Sim, é isto que move milhares de jovens do mundo todo a se fazerem presentes em uma Jornada Mundial da Juventude, é um anseio por algo além do que vemos e tocamos. É sede de eternidade, palavras de vida eterna. Por isso, respondemos ao apelo de Bento XVI e queremos estar firmes e enraizados em Cristo. Queremos mostrar a razão de nossa esperança e assumir com a vida o cristianismo, pois ele não é um traje

10

Revista Canção Nova Agosto 2011

que usamos em momentos, ele é a certeza de que não nos frustramos quando tudo entregamos ao Todo! A JMJ é um legado do Papa João Paulo II. Em 1986, ele reuniu jovens de todo o mundo para a 1ª Jornada Mundial da Juventude. Assim, a JMJ se renovou a cada nova geração de jovens católicos. De acordo com o agora beato João Paulo II, “o principal objetivo de uma Jornada Mundial da Juventude é fazer da pessoa de Jesus o centro da fé e da vida de cada jovem para que Ele possa ser seu ponto de referência constante e também a inspiração para cada iniciativa e compromisso para a educação das novas gerações. Neste ano, o Brasil surpreendeu em participação. São mais de 10 mil brasileiros inscritos. Mais de 60 bispos e a formação de uma delegação de jovens representantes de pastorais, movimentos e novas comunidades que mostra a pluralidade da juventude brasileira. E como somos parte desta Igreja que é viva e é jovem fiz algumas perguntas ao Assessor da Comissão Episcopal da Juventude na CNBB - Pe. Carlos Sávio Costa que vale a pena você ler. Adriano Gonçalves: Como o senhor percebe o impacto de uma JMJ na vida dos jovens que dela participam? Pe. Carlos Sávio Costa: A Jornada Mundial da Juventude é uma convocação do Papa para os seus jovens. Ela tem sido cada vez mais um momento forte de encontro pessoal do jovem com Jesus, mesmo sendo um evento de massa. Aqueles que participam de uma jornada percebem com mais nitidez a riqueza da diversidade eclesial e assim, certamente, sentem-se chamados à corresponsabilidade no anúncio de Jesus Cristo a outros jovens que ainda não tiveram este contato pessoal com Ele. Adriano Gonçalves: Como se dá a preparação para uma boa participação em uma JMJ? Pe. Carlos: Não podemos esquecer que a JMJ é uma peregrinação. O jovem é convocado a desalojar-se e ir para Madri com um espírito de simplicidade e missionariedade para encontrar-se com Cristo, com o Papa e com outros jovens. Esta preparação é fundamental e se dá por meio da oração, do estudo da mensagem do Papa para esta JMJ, da leitura orante da Bíblia a partir da iluminação bíblica escolhida para a JMJ e de tantas outras formas que podem propiciar esta preparação para este peregrinar.


Adriano Gonçalves: Como está a participação da Igreja do Brasil nesta 26° JMJ? Pe. Carlos: Particularmente nós, que estamos à frente do setor juventude nacional, estamos transbordando de alegria! Imaginem que estamos com mais de 10.000 jovens inscritos para a JMJ de Madri, com mais de 60 bispos confirmados. Batemos todos os recordes de participação brasileira na história de todas as JMJ. Teremos pela 1ª vez uma delegação oficial do Brasil com a participação de todas as lideranças de juventude das Dioceses de todo o país. As coordenações nacionais das pastorais, movimentos, novas comunidades, congregações e organismos que trabalham com jovens no Brasil. Isso é uma graça de Deus! Faremos também, pela primeira vez, uma festa brasileira na JMJ. Será no domingo, dia 21, à noite, em Madrid, reunindo todos os brasileiros e demais convidados para viver a festa da unidade. Tudo isso é graça de Deus e amor à causa da juventude!

Adriano Gonçalves: Existe alguma possibilidade do Brasil sediar uma JMJ? Pe. Carlos: Sim, somos fortes candidatos! O Brasil se habilita a sediar a próxima JMJ, porque tem consciência da importância dos seus jovens na construção de um mundo novo. Somos uma Igreja que valoriza o protagonismo juvenil e acredita na ousadia responsável da sua juventude. Adriano Gonçalves: Deixe sua mensagem para os jovens que irão para JMJ em Madri, mas também para os que não irão, e que poderão acompanhar tudo por meio do Sistema Canção Nova de Comunicação. Pe. Carlos: Para os que estão indo a Madrid, levem nossa esperança e nosso espírito missionário. Preparem-se e estejam atentos a tudo o que o Santo Padre nos falará. Ele é o sinal visível de nossa unidade! Aos que ficam, sintam-se representados pelos que estão lá, organizem grupos em sua comunidade, paróquia e Diocese. Reflitam o tema em grupo ou individualmente por meio da mensagem do Papa e procurem acompanhar todas as notícias que serão transmitidas pela Canção Nova que está preparando uma supercobertura desta JMJ mostrando com nitidez o seu amor incondicional aos jovens.

O PRINCIPAL OBJETIVO O PRINCIPAL OBJETIVODE DE UMA UMA JORNADA MUNDIAL JORNADA MUNDIALDA DA JUVENTUDE JUVENTUDE É FAZER A PESSOADE DEJESUS JESUS O É FAZER A PESSOA O CENTRO CENTRO E DA VIDADE DECADA CADA JOVEM DA DA FÉ EFÉDA VIDA JOVEM ADRIANO GONÇALVES Comunidade Canção Nova twitter.com/adriano_rvj

Revista Canção Nova Agosto 2011

11


Santuários Marianos Veja o que preparamos para você... SAÍDAS: 21/09 – Pe. Paulinho e Prof. Felipe Aquino - México 18/10 – Pe. Silvio Cesar SDB e Dunga – Portugal, Espanha e França 26/10 – Diac. Nelsinho e Márcia Correa - Alemanha, Suíça, França e Itália 01/11 – Pe. Francisco, Prof. Felipe Aquino, Ricardo e Eliana Sá - Polônia e França 23/11 – Pe. Paulinho e Sonia Venâncio - Itália e Medjugorje 30/11 – Cleto - Terra Santa Igreja de São José- Nazaré

ASSESSORIA AO PEREGRINOre..ali. zar

Guadalupe - México

er A Obra de Maria qu a Canção Nova er ec nh co o seu sonho de sta. uli em Cachoeira Pa ino. gr re Pe Assessoria ao m maior co va No ão nç Conheça a Ca comodidade.

LIGUE E INFORME-SE

Mais que viagens... Encontros com Deus!

Prado Flores

Informações:

(12) 3186-2055 atendimento@obrademaria.com.br peregrinacoes@cancaonova.com


+ vida

O tabagismo e suas

consequências do correr o risco de abortamento espontâneo, o feto pode ter más formações neurológicas, nascer com baixo peso, menor estatura, deficiências imunológicas e cognitivas. A mulher que fuma e usa hormônios (pílulas) eleva o seu risco de ter problemas de infarto e acidentes vasculares. A interrupção do uso do fumo, em fumantes inveterados, provoca a baixa da nicotina sanguínea, causando a síndrome da abstinência e a conhecida “fissura” para dar aquela tragada e satisfazer o cérebro com aquela falsa tranquilidade e uma curta euforia com relaxamento. Outras lesões como enfisema pulmonar, câncer do pulmão e outras comorbidades que vão certamente agravar a saúde. Doenças geralmente insidiosas, progressivas e irreversíveis, com severas restrições à qualidade de vida. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o tabagismo uma doença pandêmica (no mundo) e que limita, incapacita e gera lesões irreversíveis no ser humano, levando-o à morte e que precisa ser tratada com relevância em Saúde Pública.

COMO COMBATER O VÍCIO... ... e viver vida saudável?

Jovens: não experimentar fumo, álcool ou drogas; Práticar esportes e manter uma alimentação saudável; Viver num ambiente familiar, saudável; Buscar práticas saudáveis de convivência social; Respeitar o próximo e amar a natureza; Acreditar em Deus! Com Ele tudo é possível de se resolver!

foto ilustrativa

+ dicas

O uso do tabaco é primitivo e surgiu aproximadamente 1.000 AC, entre os povos indígenas da América Central, utilizado para rituais mágico-religiosos, com o objetivo de purificar, contemplar e fortalecer os ímpetos guerreiros. A partir do sec. XVI, foi introduzido na Europa pelo diplomata Jean Nicot após ter-lhe curado uma úlcera de perna. O fumo apresentou grande expansão após a primeira guerra mundial e, somente na década de 60, é que apareceram os primeiros trabalhos científicos que relacionaram o cigarro às doenças do pulmão. Cada tragada do cigarro carreia ao cérebro cerca de quatro mil e setecentas substâncias químicas, desencadeando reações psicoativas cerebrais e relaxamento pela diminuição do tônus muscular. A nicotina cria a dependência química e psicológica e deixa nosso consumidor de cigarros ansioso e irreverente quanto à sua saúde e ao seu ambiente social. No homem pode diminuir a fertilidade, na mulher grávida além

ÁLVARO MACHUCA Médico Cirurgião Torácico e Pneumologista almachuca@uol.com.br

Revista Canção Nova Agosto 2011

13


educando

Memórias de um homem bom Esse foi o título de um livro que fiz em homenagem ao meu pai quando ele celebrou seus 80 anos de idade. Fizemos uma missa e, no ofertório, os livros foram oferecidos como uma gratidão a Deus por uma vida tão intensa. Ele estava presente. E, assistindo a tudo, chorou. Ficou emocionado com a própria história e com a surpresa. Pude ter esta honra: homenagear meu pai em vida, dizer a ele o quanto o amor esteve presente em nossa relação, o quanto o exemplo de homem bom se enraizara dentro de mim. Não poupei afeto e, por isso, é apenas a saudade, a ausência de seu olhar e de seus gestos corretos e gentis em meu dia a dia, que me incomodam, nada mais. Meu pai não era perfeito. Nenhum pai é. Nenhum ser humano é. As nossas imperfeições nos fazem necessariamente carentes uns dos outros. As nossas relações têm o poder de fazer com que a cada dia melhoremos um pouco. É esse o caminho. Olhar, aprender, fazer.

Meu pai era um homem simples. Gostava do ofício de cuidar dos pais. Compreendia o doce e o amargo da vida. Todas as vidas são doces e amargas. Sofreu as perdas. Olhou para o horizonte mesmo com os pés sangrando nos tantos chãos pedregosos e crespos que surgiram pelo seu caminho. Perdeu filhos, perdeu pais. Foi preso. Passou dificuldades. Ganhou serenidade. O doce amenizou o amargo e a sua expressão tranquilizava as pessoas que dele se aproximavam. Lembro-me da docilidade cotidiana, da proteção, da compreensão com os meus erros e da vibração com os meus acertos. Errar e acertar são processos comuns nas ações humanas. Em agosto, celebramos o Dia dos Pais. Como o Dia das Mães, talvez não precisássemos de uma data específica, mas ela existe. E, se existe, faço uma sugestão carinhosa. Agradeça ao seu pai, imperfeito, cheio de falhas, como você, o privilégio de ele ter sido um instrumento de Deus para que você viesse ao mundo. Agradeça ao seu pai o carinho dado e o poupado. Muitos pais não conseguem demonstrar a ternura necessária talvez porque não tenham aprendido. Mesmo assim, agradeça. Pelo aprendizado com o exemplo. Pela oportunidade da vida. Valorize seu pai enquanto ele estiver por perto. E se seu pai já mora, como o meu, na pátria celeste, agradeça em forma de oração.

GABRIEL CHALITA Professor, escritor e apresentador da TV Canção Nova twitter.com/gabriel_chalita

14

Revista Canção Nova Agosto 2011


ação jovem

Será preciso voltar no tempo?

dicas

Se de repente você encontrasse a incrível máquina do tempo e pudesse escolher uma época para voltar, em qual época voltaria pra ser testemunha de um acontecimento? Com toda certeza, muitos voltariam à época de Jesus - aí me incluo - pra serem testemunhas da Sagrada Família. Imagina só, você vendo Jesus menino, José, Maria Santíssima em seus afazeres, ensinando a Jesus as leis de Deus! Até arrepia, só de pensar! Porém, teríamos uma surpresa, ou melhor, um grande choque ao ver que a Santíssima Sacratíssima Família, em primeira instância, não se

LIVROS CRISTÃOS DE ATITUDE Pe Mário Bonatti Em “Cristãos de Atitude”, Padre Mário Bonatti faz um alerta para a apatia que tem tomado conta de muitos cristãos. O autor alerta e convoca todos para entrar em ação, para seguir de forma concreta os passos de Jesus e seus apóstolos. PHN, 12 HISTÓRIAS DE AMOR Gabriel Chalita Nesse livro Gabriel Chalita presta uma homenagem ao movimento PHN (Por Hoje Não Vou Mais Pecar) e mostra as mudanças que o Amor de Deus realiza na vida das pessoas.realiza na vida das pessoas.

distinguiria em absolutamente nada das outras famílias de Nazaré, teríamos até dificuldade de saber quem eram ou onde moravam. Não veríamos sobre a cabeça de Maria uma grande auréola luminosa, José não estaria carregando nas mãos um ramo de lírio branquíssimo e o menino Jesus estaria com as barras da túnica sujas de terra. Ó! Talvez você até se decepcionasse ao ver uma família tão simples! Não se iluda, Deus escolheu como palco do maior acontecimento do mundo um cocho, lugar de bicho comer; e de simplicidade igual foram todas as cenas mais sagradas que envolveram a Família de Nazaré. Por que na sua vida Deus agiria diferente? (O discípulo não é maior que o mestre) bem nos ensinou Jesus, por isso a sua casa, seu trabalho, o lugar onde viveu são palcos a estrelar sua santidade. Sei que lá não há canhões de luzes e talvez sua atitude mais altruísta não ganhe ao menos um (obrigado). Mesmo assim, encha a garrafa d’água e o pote de açúcar, reponha o papel higiênico que acabou, deixe um bilhetinho, uma flor, gaste tempo com as pessoas, crie um twitter pra seu pai, devolva o troco que recebeu a mais, ensine seu filho a rezar o terço, siga seu coração e sua consciência; talvez ninguém o canonize por isso, mas, com certeza, você será mais feliz por ter encontrado a via com que Deus costuma revelar o que Ele nos prepara de mais sagrado.

TIBA CAMARGOS Comunidade Canção Nova blog.cancaonova.com/tiba twitter.com/tibaphn

Revista Canção Nova Agosto 2011

15


santo do mês

04 ago

São João Maria Vianney

“O padre deve estar sempre pronto para responder às necessidades das almas”

agosto 2011

liturgia

São João Maria Vianney

16

Dia 1 – Segunda • Nm 11,4b-15 • Sl 80(81) • Mt 14,22-36 Dia 2 – Terça • Nm 12,1-13 • Sl 50(51) • Mt 15,1-2.10-14 Dia 3 – Quarta • Nm 13,1-2.25-14,1.26-30.34-35 • Sl 105(106) • Mt 15,21-28 Dia 4 – Quinta • Nm 20,1-13 • Sl 94(95) • Mt 16,13-23 Dia 5 – Sexta • Dt 4,32-40 • Sl 76(77) • Mt 16,24-28 Dia 6 – Sábado • Dn 7,9-10.13-14 ou 2Pd 1,16-19 • Sl 96(97) • Mt 17,1-9 Dia 7 – Domingo • 1Rs 19,9a.11-13a • Sl 84(85) • Rm 9,1-5 • Mt 14,22-33

João Batista Maria Vianney nasceu e foi batizado em 8 de maio de 1786. Desde a infância, manifestava uma forte inclinação à oração e grande amor ao recolhimento. Muitas vezes era encontrado num canto da casa, jardim ou estábulo, rezando, de joelhos. A França achava-se agitadíssima com os horrores da revolução e como os sacerdotes estivessem exilados ou encarcerados, não foi possível a João Vianney encontrar um mestre, que lhe desse algumas instruções sobre as ciências. Matriculou-se no Seminário de Verteres. Mestres e alunos eram unânimes em reconhecer em Vianney as virtudes, a santidade. O preparo intelectual do jovem, porém, era tão deficiente, que os mestres não se viram com coragem de apresentá-lo para a ordenação. Ao vigário geral, coube decidir a questão, dando consentimento para que Vianney fosse admitido ao sacerdócio e o jovem recebeu as santas Ordens a 9 de agosto de 1815. Seu campo de ação era o mais ingrato possível. Ars era um lugar sem religião. A Igreja deserta, os sacramentos não eram frequentados, a missa aos domingos desprezada, a frequência de bailes e cabarés estavam na ordem do dia. Fixou residência na matriz e sua primeira ocupação era rezar pela conversão dos paroquianos. Desde a manhã à noite, ficava de joelhos diante do altar do Santíssimo Sacramento. Depois começou a procurar as famílias. Pouco a pouco, o povo ficou conhecendo o páro-

co, alguns começaram a frequentar a Santa Missa. O número daqueles que acompanhavam o piedoso Cura na recitação do rosário crescia e, depois de algum tempo, o Santíssimo não ficava nenhuma hora, sem adorador. O segredo dos grandes resultados espirituais, na paróquia de Ars, estava unicamente na santidade do Cura. Vianney era homem da oração e da penitência. Se aquela santa vida agradava a Deus, tanto mais provocava as iras do inimigo, que o perseguia com toda a sorte de malefícios, chegando a ponto de fisicamente o maltratar. Tudo isso não conseguia roubar-lhe o contentamento íntimo e a alegria da alma. Vianney morreu a 4 de agosto de 1859, mas sua memória ainda está viva. Declarado “venerável” por Pio IX, em 1925, lhe foi conferida a honra dos altares, pela solene canonização proferida pelo Papa Pio XI. Peçamos a intercessão deste homem santo, para nossas famílias e por nossos sacerdotes. Que a fecundidade da vida deste santo desperte em nós o desejo de sermos mais ativos na busca desta santidade de vida. São João Maria Vianney, rogai por nós.

Dia 8 – Segunda • Dt 10,12-22 • Sl 147 (147B) • Mt 17,22-27 Dia 9 – Terça • Dt 31,1-8 • Cânt.:Dt 32,3-4a. 7. 8. 9.12 [R.9a] • Mt 18,1-5.10.12-14 Dia 10 – Quarta • 2Cor 9,6-10 • Sl 111(112) • Jo 12,24-26 Dia 11 – Quinta • Js 3,7-10a.11.13-17 • Sl 113A(114) • Mt 18,21-19,1 Dia 12 – Sexta • Js 24,1-13 • Sl 135(136) • Mt 19,3-12 Dia 13 – Sábado • Js 24,14-29 • Sl 15(16) • Mt 19,13-15 Dia 14 – Domingo • Is 56,1.6-7 • Sl 66(67) • Rm 11,13-15.29-32 • Mt 15,21-28

Dia 22 – Segunda • Is 9,1-6 • Sl 112(113) • Lc 1,26-38 Dia 23 – Terça • 2Cor 10,17-11,2 • Sl 148,1-2 • Mt 13,44-46 Dia 24 – Quarta • Ap 21,9b-14 • Sl 144(145) • Jo 1,45-51 Dia 25 – Quinta • 1Ts 3,7-13 • Sl 89(90) • Mt 24,42-51 Dia 26 – Sexta • 1Ts 4,1-8 • Sl 96(97) • Mt 25,1-13 Dia 27 – Sábado • 1Ts 4,9-11 • Sl 97(98) • Mt 25,14-30 Dia 28 – Domingo • Jr 20,7-9 • Sl 62(63) • Rm 12, 1-2 • Mt 16,21-27

Dia 15 – Segunda •Jz 2,11-19 • Sl 105(106) • Mt 19,16-22 Dia 16 – Terça • Jz 6,11-24a • Sl 84(85) • Mt 19,23-30 Dia 17 – Quarta • Jz 9,6-15 • Sl 20(21) • Mt 20,1-16a Dia 18 – Quinta • Jz 11,29-39a • Sl 39(40) • Mt 22,1-14 Dia 19 – Sexta • Rt 1,1.3-6.14b-16.22 • Sl 145(146) • Mt 22,34-40 Dia 20 – Sábado • Rt 2,1-3.8-11; 4,13-17 • Sl 127(128) • Mt 23,1-12 Dia 21 – Domingo • Ap 11,19a; 12,1.3-6a.10ab • Sl 44(45) • 1Cor 15,20-27a • Lc 1,39-56 (2)

Revista Canção Nova Agosto 2011

PE. FABRÍCIO ANDRADE Comunidade Canção Nova www.cancaonova.com/portal/canais/ liturgia/santo/ twitter.com/pe_fabriciocn

Dia 29 – Segunda • Jr 1,17-19 • Sl 70(71) • Mc 6,17-29 Dia 30 – Terça • 1Ts 5,1-6.9-11 • Sl 26(27) • Lc 4,31-37 Dia 31 – Quarta • Cl 1,1-8 • Sl 51(52) • Lc 4,38-44

DATAS ESPECIAIS 04 - Dia do Padre 11 - Dia do Estudante 15 - Assunção de Nossa Senhora - Nossa Senhora Desatadora dos Nós 29 - Dia Nacional do Combate ao Fumo

Dia 24 - Dom.: para a Missa vespertina: Lc 24, 13-35


Série Pergunte e Responderemos

formação

Como vencer o vício da masturbação? Muitos jovens cristãos me fazem esta pergunta. É grande a luta do jovem cristão contra esse vício; mas essa luta agrada muito a Deus porque a pureza é uma grande virtude. É um dos principais problemas enfrentados pelos jovens cristãos; não é indício de distúrbio de personalidade e nem de problema mental. É um problema muito antigo na humanidade; já o “Livro dos Mortos”, dos egípcios, a condenava por volta do ano 1550 antes de Cristo. Pelo código moral dos antigos judeus, era considerado pecado grave. Há homens casados que continuavam a se masturbar. Isto mostra que o vício da juventude continuou e prejudica o casamento. Embora as aulas de “educação sexual” ensinem que a masturbação seja “normal”, e até necessária, na verdade é contra a natureza e contra a lei de Deus. É uso do sexo de maneira egoísta, fora do plano de Deus. O sexo é para a união do casal e geração dos filhos. Na masturbação isso não acontece. A Igreja ensina que é um ato desordenado. “A masturbação é um ato intrínseca e gravemente desordenado” (Catecismo, §2352). O jovem e a jovem cristãos devem lutar contra a masturbação, com calma, sem desespero e sem desânimo, sabendo que vai vencer esta luta com Deus, na hora certa. Para isso algumas atitudes são importantes: 1 - Tenha calma diante do problema. Você não é nenhum desequilibrado sexual. 2 - Corte todos os estimulantes do vício. Jogue fora todas as revistas pornográficas, livros e filmes eróticos. E não fique olhando para o corpo das moças ou dos

rapazes, alimentando a sua mente com desejos eróticos. Deixe de assistir filmes e programas pornográficos ou excitantes (tv, internet, filmes, etc.). Sem essa vigilância, você não consegue deixar o vício. 3 - Faça bom uso de suas horas de folga. Aproveite o tempo para ler um bom livro, praticar esportes, sair com os amigos, caminhar, etc. Não fique sem fazer nada, especialmente na cama, pois “mente vazia é oficina do diabo”. 4 - Não desanime e nem se desespere nunca. Se você cair, levante-se imediatamente, peça perdão a Deus, de imediato, e retome o propósito de não pecar. Não fique pisando na sua alma e se condenando. Confesse-se logo que puder, não tenha vergonha, o padre não se assusta mais com isso. Peça a ajuda dele. 5 - Alimente a sua alma com a oração, a Palavra de Deus e os sacramentos da Igreja. “Mosca não assenta em prato quente”. Consagre-se todos os dias a Nossa Senhora e a São José, pais da castidade. Não deixe de rezar o Terço. Se puder, comungue sempre. 6 - A receita de Jesus é “vigilância e oração” para não pecar. “A ocasião faz o ladrão”, ou ainda: “Quem ama o perigo, nele perecerá”.

PROF. FELIPE AQUINO Escritor e apresentador na TV Canção Nova blog.cancaonova.com/felipeaquino

Revista Canção Nova Agosto 2011

17


Untitled-1 1

28/6/2011 10:28:57


AGENDA DE EVENTOS 6 de

SHOW COM PE. REGINALDO MANZOTTI - A partir das 21h

7 de

KAIRÓS - Tema: LIVRES PARA AMAR

AGOSTO

AGOSTO

Presença de Pe. Fábio de Melo e Pe. Reginaldo Manzotti

KAIRÓS - Tema: NA SANTA POBREZA COMO CLARA E FRANCISCO

14 de AGOSTO

Com a Fraternidade Toca de Assis

SHOW COM A COMUNIDADE BETHÂNIA

20 de AGOSTO

KAIRÓS COM A COMUNIDADE BETHÂNIA

21 de AGOSTO

Presença de Pe. André Luna, Pe. Vicente e Pe. Ivan Paixão

Acampamento - No Combate da Oração “Sede fortes e corajosos”

26 a 28 de AGOSTO

Presença de Pe. Bruno, Pe. José Augusto, Pe. Roger Luis, Pe. Edimilson, Ironi Spuldaro, Dunga, Eliana Ribeiro, Salette e Amor e Adoração

SEMANA SOCIAL CANÇÃO NOVA

5 a 11 de SETEMBRO

APROFUNDAMENTOS CANÇÃO NOVA Aprofundamento

Aprofundamento

Aprofundamento

Aprofundamento

VOCACIONAL

BÍBLICO

SÃO PAULO APÓSTOLO

JOVENS SARADOS

5a7

19 a 21 de Agosto

de Setembro

de Setembro

Presença de Pe. Fabrício, Pe. Aloísio, Diácono Nelsinho Corrêa, Verinha e ministério Canção Nova

Presença de Pe. Ademir e Denis Duarte

Presença de Dom Benedito Beni Pe. Ademir e Ângela Chineze

Presença de Pe. Edimilson, Pe. Roger Luis, e Amor e Adoração

de Agosto

9 a 11

23 a 25

VAGAS LIMITADAS

A

Í

3º ENCONTRO DA DIVINA MISERICÓRDIA

VE

M

2 A 4 DE SETEMBRO

PRESENÇA DE PE. EDNILSON DANTAS, PE. ANTÔNIO AGUIAR, MÁRCIO TODESCHINI E RICARDO E ELIANA SÁ SHOW COM IRMÃ KELLY PATRÍCIA

Abri as portas ao Redentor

De 2 a 4 de Dezembro AGENDA SUJEITA A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO. Venha peregrinar na Canção Nova com a

Acompanhe-nos: /eventoscn

Mais informações: (12)3186 2055

Canção Nova - Cachoeira Paulista/SP Informações: (12)3186 2600 eventos.cancaonova.com


ORAÇÃO

Santa Maria Mãe de Deus, Virgem cheia de graça, vós sois nossa desatadora de nós. Com vossas mãos cheias do amor de Deus, vós desatais os obstáculos de nosso caminho, como um nó que sob vossas mãos perde todos os obstáculos e se torna uma fita do amor de Deus! Desatai Virgem Mãe, santa e admirável, todos os nós que nós mesmos nos causamos por nossa vontade própria, e todos aqueles que, diante de nós, impedem nosso caminho. Lançai nossos olhos de luz sobre eles, para que todos os nós tornem-se transparente e, cheios de gratidão, possamos, com vossas mãos, desatar aquilo que nos parece impossível. Amém.


Revista Canção Nova de Agosto 2011