Issuu on Google+


ACORDE EM WOODSTOCK “A melhor calourada dos últimos tempos da última semana...” O dia 27/04/2012 foi uma sexta-feira memóravel para todos e a todas que estiveram na calourada animada e pacífica. Um dos eventos mais esperados deste semestre e de outros 4 que até então não tinham tido a tão sonhada calourada. Antes mesmo de começar, a concentração do público já era grande, e a cada banda, a cada música, saltos, gritos, gotas de suor e suspiros de euforia se misturavam a cada corpo que ali estava presente. O que foi tudo aquilo? O elefante branco lotado, todo mundo com a sua bebida, com a sua galera, com as suas risadas e brincadeiras. Todo mundo cantando junto, todo mundo unido em prol de ser feliz e curtir aquele momento. Penso que algumas desavenças entre variadas pessoas, independente de quem sejam, foram lá resolvidas e a nova paz foi brindada. Os professores que compareceram lá tiveram a sensação nostálgica de suas calouradas enquanto alunos de graduação. Foi um momento único de descontração com os mestres, momentos necessários de aproximação. É óbvio que essa calourada não teria sido tão perfeita do jeito que foi se não tivesse sido o esforço e dedicação da galera do primeiro semestre. Todos da comissão organizadora merecem os parabéns e os elogios, pois o produto do esforço de vocês foi gratificante, foi louvável. Houve também o bar que o C.A, representado pela Gestão Identidades. Tinha muito de bebida, muito de alegria dos companheiros e companheiras que estavam servindo a galera. Eu sei que esse festejo possui muitas palavras chaves, mas posso destacar algumas: Vontade, esforço, diversão, amor e paz. Quem não foi, infelizmente perdeu um dos momentos mais marcantes que o curso de história da UECE já nos proporcionou nesses últimos tempos! Na noite de sexta ouvimos uma pergunta que nos deixou muito feliz: Como vocês se sentem fazendo a melhor calourada de todos os tempos?? Repassamos a pergunta ao primeiro semestre: e aí primeiro semestre, como vocês se sentem tento participado da organização e realização do que está sendo considerado a maior calourada de todos os tempos? PATROCÍNIO:

Perón Cópias

Cópias com qualidade e rapidez, vá as escadinhas do bloco I e confira.

Página 3

CANAL H Ano I, 2º Edição


SEMANA DE HISTÓRIA Entre os dias 23 e 24 de abril, professores e alunos votar. ENTRE OS PROFESSORES QUE VOTARAM E APOIARAM A ESCOLHA DO TEMA POR VOTAÇÃO PODEMOS CITAR: Gleudson Passos Marco Aurélio Silva Gisafran, Isaíde e Francelino A contagem de voto foi feita e o resultado foi o seguinte: TEMA 1 - O papel da Juventude nos processos históricos (TOTAL DE VOTOS :23) TEMA 2 - Conceitos e contextos: história, teoria e outras metamorfoses (TOTAL DE VOTOS : 59 ) TEMA 3 - Professor ou pesquisador, o que somos realmente? Reflexões sobre o ensino e a produção do conhecimento histórico (TOTAL DE VOTOS: 67) TEMA 4 - A Prática profissional em História: limites e possibilidades.(TOTAL DE VOTOS PARA ESTE TEMA: 40) VOTOS NULOS: 1 O TEMA ESCOLHIDO FOI 3 ( Professor ou pesquisador, o que somos realmente? Reflexões sobre o ensino e a produção do conhecimento histórico) COM 67 VOTOS COMISSÃO ELEITORAL: Pádua Júnior Milena Marques Luis Paulo Freire de Oliveira Maria Adaíza Raul Castro Pedro Ivo Danielle Almeida Reverson Nascimento Albertina Paiva Lucas I. O Centro Acadêmico juntamente com os alunos está se organizando toda semana, as sextas-feiras, às 17:00 nas escadinhas. Várias comissões de organização estão sendo estabelecidas e as decisões sendo tomadas. È importante que você, como aluno, participe e esteja atento, se informando e compondo tal evento que é um dos mais importantes do ano em nosso curso. Precisamos de toda ajuda possível e essa semana é de todos nós.

“O R.U. morreu! O R.U. morreu!” ATO DO DIA 10 DE ABRIL “O R.U. morreu! O R.U. morreu!”, anunciavam, na fila do nosso velho restaurante universitário, os estudantes que protagonizaram, na última terça-feira, 10/04, no horário do almoço, o ato R.U.ínas – De pé, ó vítimas da fome. A ideia da intervenção, foi se utilizar de uma ferramenta lúdica, o teatro, para dialogar com os diversos estudantes e denunciar as condições precárias nas quais se encontra o nosso atual restaurante universitário. Quem o frequenta diariamente, não se surpreende mais com as longas e intermináveis filas, nem quando acabam os ingredientes da comida, nem com o desconforto do local. A própria estrutura física do espaço compromete a integridade dos estudantes – vide o famoso caso do desmoronamento de parte do teto. As principais pautas levantadas durante a intervenção foram a entrega do novo R.U., pois as obras do mesmo se encontram com quatro (4) anos de atraso, e a necessidade de uma política de assistência estudantil capaz de fornecer suporte para que o estudante possa se manter na universidade, sendo residência universitária pros estudantes que moram fora da cidade, creche universitária onde as estudantes mães possam deixar suas/seus filhas/os, laboratórios, bolsas de pesquisa, etc. Compuseram o ato estudantes dos cursos de História, Pedagogia, Serviço Social, Geografia, Ciências Sociais, Biologia, Matemática, o Coletivo Braços Dados e a ANEL, mostrando a vivacidade e criatividade das lutas do movimento estudantil.Confira:http:// www.youtube.comwatchv=apRh9WcLI8g Ícaro Souza, 8° semestre, Coletivo Braços Dados

CANAL H Ano I, 2º Edição

COMISSÕES DA SEMANA DE HISTÓRIA Acadêmica Camila Mota - 7° Semestre Elaine - 9° Semestre Caio - 7° Semestre Dani - 4° Semestre Acácio - 11° Semestre Patrícia (zás) - 12° Semestre Jenílson - Mestrado Infra-estrutura Lucas Inocêncio - 2° Semestre Reverson - 7° Semestre Luã - 7° Semestre Tessie - 4° Semestre Financeira Camila bandeira Marília Comunicação Tessie - 4° Semestre Marília Amanda Brecknfeld - 4° Semestre Emanuel Felipe (Gamelão) Cultural Patrícia (Zás) - 12° Semestre Magão - 9° Semestre Fernando - 5° Semestre Jéssica - 5° Semestre Sthefani - 5° Semestre Érica - 4° Semestre Amanda Brecknfeld - 4° Semestre

Página 4



jornal 2 abril