Page 38

cozinha

OUTONO COM

HarmonizaçÃO Com o clima mais frio, até as comidinhas práticas ficam especiais com um bom vinho

A

s temperaturas mais amenas do outono, marcado pela transição da estação mais quente para a mais fria, são mais convidativas para ficar em casa e receber os amigos ou encarar uma maratona de séries ou filmes e, se for para sair, a busca é pelos ambientes mais aconchegantes para curtir com uma companhia especial ou com os amigos. Para todas as situações, é possível apostar em bons vinhos que se harmonizam perfeitamente com comidinhas práticas. E, se no verão a preferência era por vinhos mais frutados e refrescantes, agora é a vez dos tintos de corpo mais leve e textura macia, considerados fáceis de beber. Segundo Natália Cacioli, sommelière da

38 CAMPINAS CAFE

Evino, os vinhos ideais para a estação caem bem para acompanhar algum prato ou petisco, mas também podem ser aproveitados sozinhos em um fim de tarde no sofá. “O tempranillo de safras mais recentes sem barrica ou com uma breve passagem em carvalho, classificados como “Crianza” na Espanha, ou um tinto da região de Rioja caem como uma luva”, afirma. Ela dá outras sugestões que podem encher a taça nos dias em que o edredom é indispensável. “Um vinho francês de Côtes du Rhône, feito com as uvas Grenache e Syrah, também é uma ótima pedida. Da Itália, vale provar um Primitivo de Puglia jovem e sem barrica, que tem um estilo macio e frutado.Também não tem como errar optando por um Merlot ou, se

preferir um vinho branco, um Chardonnay com breve passagem por barrica, considerada a melhor companhia para uma tábua de queijos num fim de tarde”, indica. “É possível encontrar bons rótulos no mercado com valores que variam de R$ 30 a R$ 100, sendo o vinho do Porto o mais caro entre eles”, completa.

“Os vinhos ideais para o outono acompanham bem pratos e petiscos, mas também caem bem sozinhos”

Campinas Cafe | edição 282 | abril 2018  
Campinas Cafe | edição 282 | abril 2018  
Advertisement