Page 1

INFORME DAS VADIAS

O corpo é da mulher, ela dá pra quem quiser.


O corpo e da mu portanto.. ela faz que quiser! Tá... sei que sou um pouco chata, e rebelde, e indignada... Sei que sou quase insuportável as vezes... mas quando minha utopia lhe soar alta demais, estridente demais, impossível demais.. feche os ouvidos e me deixe esbravejar sozinha... Entretanto existem algumas coisas que preciso registrar aqui e que você sem dúvidas há de concordar comigo.. (se não concordar, ótimo também, não é minha intenção mudar seu ponto de vista). O tema hoje é simples mas extremamente polêmico: o direito de cada mulher de fazer com seu corpo aquilo que deseja... Não sejamos ingênuos... Vivemos em uma sociedade extremamente conservadora, em que o capital dita regras e a massa de manobra precisa seguir passivamente a cartilha imposta... Desde pequenos somos educados a comprar, amar apenas a nós mesmos, ter o dinheiro como Deus maior, tratar como lixo todos os ideais... Os meninos são ensinados a conquistar e as meninas a dar-se o devido valor... Como dizem, ensina-se a garota a não ser estuprada ao invés de ensinar

o garoto a não estuprar. O machismo não é culpa do homem, afinal de contas é uma construção histórica e faz parte das estratégias do sistema para manter o status quo e a reprodução das formas de exploração. Mas é inaceitável que um homem afirme ter o direito de abusar de uma mulher apenas pelo fato dela usar roupas curtas... A saia e o decote não são um convite, muito menos uma permissão... porra, se fosse assim, o homem que adora desfilar sem camisa por aí também estaria pedindo para ser estuprado, mas sabemos que não é assim que a sociedade vê. A mulher está se oferecendo, o homem está apenas demonstrando sua masculinidade. Ora... chega de hipocrisia.. A ideia defendida e propagada é de que a mulher foi criada para ter filhos, como se fosse uma pré-disposição genética.. mas, sinto desapontá-los: nããão, existem mulheres que não querem ser mães, e isso precisa ser respeitado você não acha? Aí você provavelmente questionará: mas e tantas formas e métodos anticonceptivos? Ora quem sou eu e quem é você para julgar


ulher.. com ele o alguém por não usar camisinha ou não tomar o bendito anticoncepcional? É engraçado ouvir os posicionamentos acerca do aborto.. Tão contraditório ouvir seguimentos como a Igreja e o Senado falando sobre ética e defesa da vida quando o tema é a legalização do aborto, mas vê-los fazendo absolutamente NADA para ajudar milhares de crianças que vivem pelas ruas, sem casa, sem pai, sem mãe, sem quem lute por elas... Sejamos no mínimo coerentes.. a Igreja tem total consciência de que se dividisse seu patrimônio teria condições de resolver o problema da fome no mundo, mas não, continua escondida atrás dos altares de ouro e dos crucifixos de prata, tentando nos fazer acreditar que tudo que pregam é em nome da palavra de Deus.. Jesus falou em igualdade e liberdade.. como podem manter a injustiça e a repressão? Ao defender o aborto não estamos dizendo que serão espalhado outdoors ou placas pela cidade dizendo “tire seu filho aqui”... não queremos matar criancinhas, tenha santa paciência... somos humanos,

amamos nossos pequeninos também... porém, estamos lutando para que toda mulher tenha o DIREITO de decidir sobre seu próprio corpo.. e de fazer escolhas acerca de uma questão tão importante em sua vida. Pense comigo... a garantia de acesso ao aborto no sistema publico de saúde não irá forçar uma mulher a fazêlo, afinal mulher nenhuma permitiria abrir mão de um filho que ela deseja e ama... mas significará a possibilidade de uma intervenção segura para mulheres que não querem ser mães, não naquele momento, e que se não tiverem acesso farão do mesmo jeito, de formas clandestinas colocando em risco sua própria vida. Você não precisa ser a favor o aborto. Você só precisa ter consciência de que assim como tem direito de decidir sobre sua vida, os outros também o tem, e isso deve ser respeitado. Pense bem antes de falar da roupa de uma mulher, ou de julgá-la... a bíblia fala que viemos da sua costela... mas o que vemos diariamente é vocês saindo do nosso útero!


Feminismo Não temos como negar que ainda vivemos em uma sociedade excludente e extremamente machista, guiada por valores e princípios distorcidos em que prevalece a voz de alguns e oprime-se o grito da maioria. Mas ao mesmo tempo, vemos abrindo-se diante de nós oportunidades de participação nunca vistas antes, espaços de discussão e debates, em que nós, juntamente com os homens podemos refletir sobre a realidade e estabelecer objetivos concretos para a construção da sociedade que tanto buscamos. Estes espaços são mais que importantes, e sim imprescindíveis para nossa efetiva participação nas transformações que pretendemos, e para que possamos realizar plenamente nosso papel e nossa função histórica, por tanto tempo renegada, mas que hoje temos a chance de dominar. Nosso objetivo não é uma guerra entre os sexos e sim que ambos dêem as mãos e que caminhem juntos para algo melhor, pois de nada adianta continuarmos gritando e esbravejando que vivemos em um mundo desigual entre nós mulheres, se a mudança passa também pela mão dos homens. O feminismo é muito mais que uma idéia de mulheres rebeldes que se propõe a guerrear com os homens... trata-se de uma postura crítica acerca da realidade que nos cerca, uma semente de reflexão, que acaba tornando-se combustível na construção da sociedade que tanto sonhamos ter.

Expediente Diagramação: Camila Veloso Textos: Patricia Vedana Disciplina: Editoração Eletrônica Professora: Lírian Sifuentes

Informe da Vadias  

textos feminista

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you