Issuu on Google+

Ver

Ano IV • n˚17 • Distribuição gratuita e dirigida

Vale

SLACKLINE

DIVERSÃO NA CORDA BAMBA

www.revistavalever.com.br

Dezembro 9772172178373125

CICLISMO

FESTAS CELEBRAM A ESTAÇÃO DAS FLORES E A CULTURA JAPONESA

Cidades da Copa

9 7 7 2 1 7 8

3 7 3 0 9 5

OS ATRATIVOS DA CIDADE QUE NUNCA PERDE A MAJESTADE

ISSN 217-217X

Setembro 9772172178373095

ARUJÁ E ATIBAIA

RIO

PEDALADAS NOTURNAS INVADEM S. J. DOS CAMPOS

9772172178373088

9772172178373118

SÃO PAULO: ROTEIRO REVELA OS LOCAIS MAIS SÃO PAULO, PARAÍSO DAS COMPRAS BADALADOS PARA SABOREAR UMA GENUÍNA FEIJOADA

Agosto/2011

ENTREVISTA Caio Carvalho, Presidente da SPTuris, comenta a força das economias criativas


Índice

Novas Experiências

São Paulo:

22

SLACKLINE Leandro Pereira

E antes que a culpa lhe tome a consciência, a ordem é pedalar! Em São José dos Campos, na região do Vale do Paraíba, grupos organizados redescobrem a cidade durante a noite. Outra opção para se exercitar é o slackline, modalidade que reinventa a velha brincadeira de andar na corda bamba.

28

Pedaladas noturnas invadem São José dos Campos

34

RIO

Rio CVB /Pedro Gamá

A Revista Vale Ver quer saber a sua opinião. Envie comentários para o e-mail sac@revistavalever.com.br.

Diversão na corda bamba

CICLISMO

Inspiração para poetas, músicos e para uma legião de artistas, o Rio de Janeiro é tema da editoria Cidades da Copa, que teve a difícil tarefa de mostrar alguns de seus inúmeros atrativos. Para finalizar, entrevistamos Caio Luiz de Carvalho, Presidente da SPTuris, referência no turismo brasileiro, que nos explica qual é o segredo do sucesso da capital paulista, que recebe mais de 11 milhões de visitantes por ano.

14

Roteiro revela os locais mais badalados para saborear uma genuína feijoada

E se o objetivo é curtir novas experiências, que tal brindar a chegada da primavera? Nesta edição apresentamos duas tradicionais festas realizadas no interior de São Paulo, em Atibaia e Arujá, que além de uma infinidade de plantas e flores, celebram a cultura japonesa. Em busca de uma receita genuinamente brasileira, a feijoada, fomos à capital paulista conhecer alguns dos mais badalados locais para saborear esta delícia. O resultado você confere na página 22.

Festas celebram a estação das flores e a cultura japonesa

Divulgação

Neste conceito, o visitante é convidado a viver novas emoções, a conhecer novos sabores, aromas e mergulhar nas histórias que ajudaram a construir a identidade do lugar.

ARUJÁ E ATIBAIA Arquivo Thyemi Kato

Muito mais do que conhecer um novo destino, cada vez mais as pessoas estão percebendo que viajar é vivenciar costumes e fazer parte da cultura local, mesmo que por um breve período de tempo.

Juliana Diehl

Editorial

Os atrativos da cidade que nunca perde a majestade

44

Boa leitura e divirta-se! 

Caio Carvalho, Presidente da SPTuris, comenta a força das economias criativas

52

4

Caio Pimenta / SPTuris

ENTREVISTA


Confira MÚSICA

Festival SWU inicia venda de ingressos

FEIRA

XV Bienal do Livro Rio acontece em setembro

Grande sucesso musical e socioambiental de 2010 o Festival SWU – Conscientização pela sustentabilidade está de volta! Neste ano o evento que reúne música, artes e consciência, acontece entre os dias 12, 13 e 14 de novembro, na cidade de Paulínia-SP. Entre as mais de 70 atrações nacionais e internacionais confirmadas estão o compositor e instrumentista britânico Peter Gabriel, a banda de thrash metal – Megadeth, The Black Eyed Peas, Snoop Dogg, Damian Marley e a banda Sonic Youth – ícone do rock alternativo. Durante o SWU, também acontece o 2º Fórum Global de Sustentabilidade com 3 dias de debates e discussões em torno de ideias, experiências e propostas para a sustentabilidade. Um dos principais convidados deste

INGRESSOS – Para quem não quer perder nem um minuto deste mega-espetáculo, os ingressos já estão à venda. O primeiro lote, promocional, será vendido até 29 de agosto e os valores para pista serão R$ 210 (inteira) e R$ 105 (meia). Já os passaportes, entrada para os três dias, custam R$ 535,50 (inteira) e R$ 267,75 (meia). Podem ser adquiridos pelo site www.ingressorapido.com.br ou pelo Call Center (4003-1212), de segunda a sábado, das 9h às 22h, domingos e feriados das 11h às 22h. Há ainda a opção de compra em 67 pontos de venda espalhados por todo o Brasil.  Informações: http://www.swu.com.br

6

Divulgação /Riocentro

ano é o cantor e compositor canadense Neil Young, uma das mais atuantes vozes pacifistas da América nos anos 60.

De 1° a 11 de setembro, o Riocentro será sede de um dos maiores eventos literários do país, a XV Bienal do Livro Rio, com a participação de mais de 900 expositores e mais de 120 autores nacionais e estrangeiros. A programação inclui debates com autores no espaço Café Literário, que terá a curadoria do escritor Ítalo Moriconi. Mulher e Ponto, com a jornalista Sonia Biondo, que promoverá bate-papos entre escritoras que retratam o universo feminino em suas obras.

Anne Rice, escritora do celebrado “Entrevista com Vampiro”, Leonard Mlodinow – autor do best-seller “O andar do bêbado (Zahar)”, William P. Young, autor de “A Cabana”, com mais de 2,5 milhões de exemplares vendidos no Brasil.

Entre os nomes internacionais confirmados está a precursora das sagas vampirescas

Local: Riocentro – Av. Salvador Allende, 6.555 – Pavilhão 2 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro –RJ. Informações: http://bienaldolivro.com.br

Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Professores, bibliotecários e profissionais do livro têm acesso gratuito. 


MÚSICA

Festa de Agosto em São Thomé das Letras De 19 a 21 de agosto a cidade mineira de São Thomé das Letras realiza sua tradicional Festa de Agosto, reunindo música e artistas renomados que irão se apresentar no Centro de Eventos do município. Na sexta-feira (19), a partir das 22h, tem show de Renato Teixeira. Também sobem ao palco os integrantes da banda Planta e Raiz. No sábado (20), às 22h, quem comanda a festa são Os Paralamas do Sucesso e no palco 2 a banda Fumassa Chucetts é quem faz o show. No domingo (21), o evento tem entrada gratuita e a música fica por conta da dupla João Pedro e Cristiano e da banda Aperê.

Informações: http://www.saothomedasletras.net (35) 9166-1492

Carina Zaratin

Os primeiros mil ingressos custam R$ 25. 

EXPOSIÇÃO

Memorial da Resistência apresenta mostra chilena A situação política do Chile na década de 70 retratada pelo olhar de suas artesãs. A exposição “Arpilleras da resistência política chilena” traz ao Memorial da Resistência de São Paulo, uma coletânea com 28 trabalhos em tecido, realizados no período de 1973 a 1980. A mostra também apresenta documentos, livros e o vídeo “Como alitas de chincol, 2002”,

que narra a história das arpilleras dentro do contexto político. A arpillera é uma técnica têxtil com raízes numa antiga tradição popular iniciada por um grupo de bordadeiras de Isla Negra, região do litoral do Chile. Neste trabalho, retalhos e sobras de tecidos são bordados sobre sacos de batatas ou de farinha, geralmente fabricados em cânhamo ou linho grosso. As peças são um instrumento de afirmação da identidade das comunidades e expressam o pensamento individual e coletivo, além de uma fonte de sobrevivência em tempos adversos.

Divulgação

Além das próprias cenas de denúncias, muitas arpilleras tinham pequenos bolsos no verso que serviam para o envio de bilhetes. Em uma das arpilleras exposta, Paz, justiça, liberdade, 1970, retalhos variados expressam

uma ação de protesto não violento num subúrbio de Santiago. A Cordilheira dos Andes, o sol e o uso de personagens tridimensionais também são comuns nas arpilleras desse período. A Cordilheira é um elemento de referência e identidade e o sol nos lembra que ele brilha para todos, sem distinção.  Até 30 de outubro de 2011, Memorial da Resistência de São Paulo – Terça a domingo das 10h às 17h30. Largo General Osório, 66 – Luz, São Paulo. Entrada Franca.

CIDADES ANIVERSARIANTES Natividade da Serra – 13 de Agosto São Bento do Sapucaí – 16 de Agosto Redenção da Serra – 25 de Agosto Ilhabela – 3 de setembro

7


Confira FESTIVAL

Regis Fernando da Silva

Holambra sedia a Expoflora em setembro

Danças folclóricas, culinária, artesanato típicos holandeses, chuva de pétalas de rosa, paisagismo e mais de 2 mil variedades de flores e plantas produzidas em Holambra.

Em comemoração aos 100 anos da imigração holandesa no país, o tema da exposição de arranjos florais, será o “Ano Holanda Brasil”. As últimas tendências do paisagismo e da jardinagem serão apresentadas no espaço “Minha Esses são alguns dos atrativos da 30ª ExCasa & Meu Jardim”. plora, evento que acontece de 1 a 25 de setembro, de quinta a domingo – além Entre as atrações mais concorridas da do feriado de 7 de setembro, das 9h às festa está o espetáculo “Chuva de Péta19h em Holambra, cidade do interior de las”, no qual são jogados por helicópteSão Paulo, a 140 quilômetros da capital. ro mais de 150 quilos de pétalas de rosas.

Os ingressos custam até R$ 28 e podem ser adquiridos na bilheteria do evento. Com apenas 10 mil habitantes, Holambra responde por 40% do comércio brasileiro de flores e plantas ornamentais e por 80% das exportações. Durante o mês do evento são esperados mais de 300 mil visitantes, que podem conhecer de perto as plantações e os atrativos da cidade em passeios turísticos.  Holambra, SP-340, Rod. Campinas-Mogi Mirim, saída 140. www.expoflora.com.br / (19) 3817-2228

TEATRO

Festivale acontece em setembro em São José dos Campos

Os espetáculos acontecem nas ruas, praças, espaços culturais, Teatro Municipal, Cine Santana, Teatro do SESI, SESC, entre outros.

8

Além das apresentações teatrais, mostras, debates, oficinas e workshops completam as atividades que serão realizadas. Todos os eventos têm entrada gratuita, com exceção da Programação Especial, com a Cia. Fraus, de São Paulo, que terão ingressos nos valores de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada para estudantes e idosos).  A programação oficial será definida em agosto, quando a FCCR (Fundação Cassiano Ricardo), organizadora do evento, divulga os grupos selecionados. Informações: www.fccr.org.br

Acervo FCCR

De 1 a 11 de setembro, São José dos Campos, cidade no interior de São Paulo será invadida por grupos teatrais, amadores e profissionais, de várias partes do Brasil, para a 26ª edição do Festivale (Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba).


Trekking agita Ilhabela e Bonete

FEIRA

São Paulo sedia Feira Nacional de Turismo Rural Acervo de imagens FCCR

TRILHA

História, mistério, belas paisagens e muita aventura, tudo isso em uma caminhada de 15 quilômetros, por uma das belas paisagens do Litoral Norte Paulista. Essa é a proposta de um trekking que será realizado na Praia dos Vikings, em Ilhabela, nos dias 27 e 28 de agosto. O percurso de 3 a 4 horas até a praia do Bonete, no extremo sul da Ilha, tem em seu caminho três cachoeiras, além da exuberante Mata Atlântica. Após a caminhada, os participantes pernoitarão em uma das charmosas pousadas do lugar e poderão conferir de perto o modo de vida dos moradores, em sua maioria pescadores. No dia seguinte, uma nova caminhada de aproximadamente 1 hora até a praia das Anchovas será realizada. A praia, protegida por paredões naturais de pedra e altos costões rochosos é ideal para mergulho e pesca esportiva. Após essa atividade acontece o retorno para a Ilha, em canoas de pescadores. 

Jose Boaventura de Freitas

Informações: contato@portalva.com.br ou (12) 9188-9604

De 16 a 18 de setembro no Parque Água Branca, em São Paulo, acontece a 8ª edição da Feiratur (Feira Nacional de Turismo Rural) com a participação de prefeituras e secretarias de turismo, produtos artesanais, hotéis fazenda e pousadas rurais, agências e operadores de turismo, além de empreendimentos de turismo rural como agroturismo, cavalgada, pesque-pague, entre outros produtos voltados ao setor.

FEIRATUR – De 16 a 18 de setembro, das 9h às 18h, Parque Água Branca, Av. Francisco Matarazzo, 455 – Prox. a Estação Barra Funda do Metrô. São Paulo, SP. Entrada franca. Estacionamento gratuito com entrada pela Rua Germani Burchard (próprio do parque).

Segundo o IDESTUR (Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural), promotor da feira, são esperados cerca de 25 mil pessoas durante os três dias do evento, que também terá rodada de negócios, palestras, debates e apresentação de shows.  Informações e inscrições: www.feiradeturismorural.com.br

9


Espaço do Leitor “Desde a quinta edição passei a ser leitor assíduo dessa Revista, tanto pelo seu conteúdo quanto pela encadernação. Deixo sempre a disposição de meus pacientes para apreciação de informações nelas contidas. Tive a oportunidade de levar a revista para São Sebastião e Caraguatatuba para apreciação de minha filha que tem loja de jóias em prata e foi lá também colocada para servir aos clientes. Quero parabenizá-los pelo excelente trabalho editorial”. Dr. José Ricardo Camargo Xavier Taubaté/SP O trabalho da Revista Vale Ver foi novamenAdorei a última edição! Os textos estão muito te elogiado. Desta vez, pela Secretaria de bem escritos e as fotos lindas como sempre. Estado de Turismo do Rio Grande do Norte, Achei muito interessante a parte Redescubra através de Release enviado à imprensa naSão Paulo à pé. Tirei um final de semana para cional no dia 20 de junho de 2011. visitar alguns dos lugares recomendados: CateSegue trecho do texto enviado. dral da Sé e o marco zero da cidade, Estação da Luz, Museu da Língua Portuguesa e Pinacoteca “O Rio Grande do Norte estampou as páginas do estado. Foi um dia muito agradável e, com da revista Vale Ver. A publicação é especializada as dicas da revista ficou fácil achar os lugares, em turismo e a edição deste mês mostrou as embora eu não conhecesse a cidade muito bem. belezas e potencialidades do Estado. São seis páginas que reproduzem um pouco da nossa Vocês estão de parabéns!!! história, gastronomia e belíssimas imagens do Washington Batista Dias litoral potiguar. Além do turismo sol & mar, a matéria, assinada pela repórter Alessandra Jor-

ge, também destaca o Mossoró Cidade Junina, uma das festas de São João mais animadas do Nordeste. ‘Ter as belezas do nosso estado destacadas nas páginas de uma das melhores revistas de turismo do país é resultado de um trabalho intenso de divulgação que temos realizado. A intenção é investir cada vez mais nesta área com apoio a grandes publicações e promoção do RN em eventos importantes de captação do setor’, afirmou o secretário de estado de turismo e presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Ramzi Elali.” A Equipe da Revista Vale Ver agradece o reconhecimento.

Expediente Revista Vale Ver –N° 17 – Ano IV – Julho de 2011 Conselho Editorial: Alessandra Jorge, Camilo Alvarez, Cláudio Nogueira, Cyro Watari e Priscila Martins Diretora editorial: Camila Lourenço Diretor comercial: Cláudio Nogueira Contato Comercial: comercial@revistavalever.com.br e revistavalever@revistavalever.com.br Diretor de Arte: Camilo Alvarez – arte@revistavalever.com.br Jornalista Responsável: Alessandra Jorge MTB-48711 Textos: Alessandra Jorge, Cyro Watari e Priscila Martins Revisão: Alessandra Jorge Tradução: Raphaela Toledo Tiragem: 10.000 exemplares Impressão: Gráfica Mundo Capa: Vista aérea do Rio: Rio CVB/Marluce Balbino – Feijoada: Tadeu Brunelli Atendimento ao Leitor: Para receber a Revista Vale Ver, escreva para: sac@revistavalever.com.br. A Revista Vale Ver é uma publicação da HC Comunicação e Marketing Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem prévia autorização.

www.revistavalever.com.br

10


Vitrine Divulgação

TOTAL INTERATIVIDADE A TV LED 3D da Samsung é o presente ideal para quem gosta de novidade, alta tecnologia, sem perder a qualidade e o charme do produto. Com 55 polegadas, design Slim Premium de 2,3cm de espessura, a nova Samsung da série 8000 proporciona, segundo a fabricante, a visão 3D mais realista do mundo. Nela você pode jogar ou assistir filmes com total interatividade, basta um click no controle remoto para que qualquer imagem seja convertida em 3D.

TRADIÇÃO E SOFISTICAÇÃO

Outra novidade é poder usar a TV para fazer chamadas de voz e vídeo gratuitas. Basta utilizar uma Freetalk TV câmera e estar conectado ao Skype.

Mais de 100 anos de tradição conferem às canetas Montblanc sofisticação e luxo, aliados ao requinte de peças exclusivas.

Para completar, a Samsung não poupou nos detalhes e todo acabamento foi feito em “titânio escovado”, garantindo beleza e sofisticação à peça.

A edição limitada Mark Twain, é uma homenagem ao escritor norte-americano, Samuel Langhorne Clemens, que assinava suas obras com este pseudônimo.

Informações: www.samsung.com.br

Divulgação

A caneta foi inspirada no rio Mississipi, onde o autor passou boa parte de sua infância. As linhas curvas e sinuosas na tampa e no tambor, feito de deep-blue, uma resina preciosa, refletem as ondas rasas do rio. A parte superior da tampa foi cuidadosamente moldada, fazendo alusão às chaminés dos navios a vapor do Mississipi. Disponível nas versões esferográfica e tinteira. Nesta última, a pena é feita à mão em ouro 18 quilates, com incrustações de ródio, um metal da família da platina. Informações: www.montblanc.com

SOM RESISTENTE À ÁGUA Para quem pratica exercícios físicos, mas não dispensa uma boa música para distrair ou não perder o ritmo, a SONY acaba de lançar um novo modelo de MP3 Walkman. O modelo da série “W” não tem fios e é resistente à água. Perfeito para prática de esportes, pois deixa as mãos livres e pode ser lavado após o treino.

Pesando menos de 500g, possui memória de 2GB e bateria que garante até 11 horas de reprodução de áudio. Disponível nas cores, preto, branco, rosa e verde. Informações: www.sony.com

12

Divulgação

Com a função zappin, o aparelho toca um trecho das músicas a partir da lista de reprodução, assim fica mais fácil ouvir seus sons favoritos de maneira simples e rápida.


VERSATILIDADE Praticidade e versatilidade é a aposta do Quadski, lançamento da Gibb’s HSA, que fez a junção do Jet Ski com o quadriciclo em um só produto. O veículo, que nada mais é do que um Jet Ski com rodas, promete fortes emoções. Em terra ele pode alcançar a velocidade de até 80 quilômetros por hora e na água chega facilmente aos 70 quilômetros por hora. De acordo com o fabricante, outra vantagem do produto é a facilidade da transição de um modelo para outro (Jet Ski para quadriciclo ou vice-versa), feita apenas com um apertar de botão. O Quadski é ideal para quem quer se aventurar, em apenas um veículo, por trilhas onde terra e água se encontram.

Divulgação

Informações: www.gibbstech.com

IMAGEM É TUDO O novo celular da Porsche Design P’9521 aposta na funcionalidade. Nele, imagem é tudo! A tela pode ser girada em até 180 graus e o modelo possui duas câmeras traseiras que permitem ao usuário tirar fotos em 3D e filmar em HD. Criado pelo designer português André Silva, o aparelho possui ainda tela OLED de 3,8 polegadas, capaz de exibir filmes com resolução de até 1042 x 640 pixels.

Confeccionado em alumínio e vidro, o modelo aposta em poucos botões, mas garante um especialmente para gravação de vídeos, basta pressioná-lo para e começar a gravar. Informações: www.porsche-design.com

Divulgação

O P’9521 tem um leitor de impressões digitais para maior segurança dos seus dados, que também podem ser protegidos por um código, se você preferir. Usando o leitor biométrico, você pode programar cada um dos seus dedos para chamar um telefone diferente, acredite se quiser.

13


Flores dão o tom da estação Por Priscila Martins – editorial@revistavalever.com.br

14


15

Divulgação


Primavera

SPRING Flowers set the tone for the season With the end of the winter cold and gray days give the charm and the colorful flowers that announce: Spring has come! To celebrate the season cities like Arujá and Atibaia, inside the State of São Paulo, promote great events, which together attract about 200 000 people every year. In your 31st edition, the “ Atibaia’s Festival of Flowers and Strawberries” takes place 2-25 September, Friday through Sunday. In addition to the more than 2,000 varieties of flowers and ornamental plants, visitors can feast on six types of strawberries, which will be presented and sold at booths set up in City Park Edmundo Zanoni.

Divulgação/Festa das Flores E Morangos de Atibaia

16

Com o fim do inverno os dias gelados e cin- to conquistado é fruto do esforço da colônia zentos dão lugar ao charme e ao colorido japonesa e de colaboradores que se uniram das flores, que anunciam: é chegada a pri- para mostrar o trabalho e a dedicação de tomavera! E para celebrar a estação, cidades dos os produtores agrícolas da região. como Arujá e Atibaia, no interior do Estado “Esse evento foi a forma encontrada pelos de São Paulo, promovem grandes eventos, japoneses para agradecer a cidade de Atique juntos atraem aproximadamente 200 baia pela terra, plantio e colheita”, destaca mil pessoas todos os anos Nobuyuki Hiranaka, presidente da AssociaEm sua 31ª edição, a “Festa das Flores e ção Hortolândia de Atibaia. Morangos de Atibaia”, acontece de 2 a 25 A festa oferece ainda um mini shopping com de setembro, de sexta a domingo. Nos dias artesanatos, eletrodomésticos, importados, 7 e 8 de setembro, em virtude do feriado, confecções, bijuterias, chocolates, vinhos, também haverá programação. frutas, embutidos entre outros produtos. Além das mais de 2 mil variedades de flores ARUJÁ – Em Arujá, a 20ª edição da “Expo e plantas ornamentais, os visitantes podem Aflord” acontece aos sábados e domingos, se deliciar com seis tipos de morangos, que de 20 de agosto a 4 de setembro, com a serão apresentados e comercializados nos exposição de mais de 130 espécies de flores stands montados no Parque Municipal Ede plantas, sendo 120 delas disponíveis para mundo Zanoni. a compra. São mais de 60 tipos de orquíPara a Associação Hortolândia de Atibaia, or- deas e 30 de ervas, entre as medicinais e ganizadora do evento, todo o reconhecimen- os temperos


Divulgação

Realizado pela Associação dos Floricultores da Região da Via Dutra (Aflord) o evento conta com a participação de 76 associados, que abrangem desde a cidade de Taubaté até Guarulhos. “É uma grande oportunidade para os produtores e para os consumidores, que irão conhecer nossos produtos”, destaca Luiz Kei Takanaashi, produtor de orquídeas e um dos organizadores do evento. De acordo com a organização, em 2011 as vendas devem aumentar em 15% em relação ao ano passado, isso porque a maioria dos produtos não sofreu reajuste em relação à festa anterior. ATRAÇÕES – Nas duas cidades além da exposição de flores, plantas e jardins decorados, os visitantes poderão saborear

algumas delícias culinárias e apreciar os costumes e a cultura japonesa. As apresentações de “Taiko” (tambores) e danças típicas como o “Bom Odori”, agradecimento pela boa colheita, são comuns nestes eventos. Se o objetivo é não só apreciar, mas também comprar, esta é uma ótima oportunidade para quem busca qualidade e bom preço. Muitos produtos são comercializados por preços promocionais, geralmente abaixo dos valores de mercado. Os eventos também são uma oportunidade para aprender como lidar com as plantas, garantindo maior durabilidade e saúde. As dicas serão oferecidas aos compradores por engenheiros e técnicos agrônomos.

SERVIÇO FESTA DAS FLORES E MORANGOS DE ATIBAIA Data: de Sexta a domingo, de 2 a 25 de setembro. Funcionará também nos dias 7 e 8 de setembro, em virtude do feriado Local: Parque Municipal Edmundo Zanoni Endereço: Av. Horácio Netto, 1030 – Vila Loanda. Atibaia – SP Horário: 9h às 18h Ingresso: R$ 8 a R$ 18 www.festadasfloresdeatibaia.com.br EXPO AFLORD Data: 20,21,27 e 28 de agosto / 3 e 4 de setembro Local: Pavilhão de Exposições Endereço: Av. PL do Brasil, KM 4,5 – Fazenda Velha – Arujá – SP Horário: 8h30 às 18h Ingresso: R$ 7 a R$ 18 www.expoaflord.com.br

17


Divulgação/Festa das Flores E Morangos de Atibaia

Primavera

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Arujá – Arujá, the 20th edition of “Aflord Expo” takes place on Saturdays and Sundays from 20 August to 4 September, with the exhibition of more than 130 species of flowers and plants, 120 of them being available for purchase. Conducted by the Association of the Region Floriculturists Via Dutra (Aflord) event with the participation of 76 members, ranging from the city of Taubaté to Guarulhos. Attractions- In both cities, beyond the exposure of flowers, plants and gardens decorated, visitors can taste some delights culinary and enjoy Japanese culture and customs. Tickets- At ‘’Atibaia’s Festival of Flowers and Strawberries’’ tickets cost R$ 8 to R$ 18. Since the “Expo Aflord” offers tickets from R$ 7 to R$ 18.

18

INGRESSOS – Na “Festa das Flores e Morangos de Atibaia os ingressos são promocionais às sextas-feiras e também no dia 8, com o valor de R$ 8. Para os outros dias o preço sobe para R$ 12 (antecipado) e R$ 18 na bilheteria. Aos sábados, para grupos acima de 15 pessoas os ingressos custam R$ 9 (antecipado). Estudantes e Idosos pagam R$ 9, crianças até 10 anos tem entrada gratuita. A “Expo Aflord” tem ingressos a R$ 18 na bilheteria e R$ 14 antecipado. Idosos e estudantes pagam R$ 9 (bilheteria) e R$ 7 (antecipado). Para grupos acima de 20 pessoas a entrada custa R$ 14, crianças até 5 anos não pagam. 

COMO CHEGAR ATIBAIA

Partindo de São Paulo, existem três opções para chegar até Atibaia. Pela Rodovia Fernão Dias, principal estrada de acesso, é só seguir pela Marginal do Rio Tietê, até a ponte da Vila Guilherme Cotching (antiga ponte Vila Maria). Depois virar na rodovia Presidente Dutra (sentido Rio de Janeiro) e entrar no primeiro acesso a Fernão Dias. Há ainda opções pela Rodovia Anhanguera e pela Rodovia Dom Pedro I. ARUJÁ – EXPO AFLORD

Sentido SP/RJ – após o pedágio de Guarulhos entrar na segunda saída do Km 201 da Dutra. Fazer o retorno, passando debaixo do viaduto da Dutra. Em frente a rotatória, seguir pela Avenida que fica entre o Colégio Jean Piaget e o ferro velho. Continuar por aproximadamente 3 Km até a placa da AFLORD.


Primavera

Divulgação/Festa das Flores E Morangos de Atibaia

O Brasil, o Japão e a Primavera

Brazil, Japan and the Spring Sakura, known in Brazil as Cherry, is the great attraction of spring in Japan, are very delicate flowers that last up to four weeks. There’s even party to celebrate its flowering is the “Haru Matsuri” or “Sakura Matsuri” (Cherry Blossom Festival). “Spring (haru in Japanese) is quite expected and one of the most beautiful seasons in Japan, both by the beauty of flowers and the joy of the people,” says Thiemy Kato, a student of 27 years, who lived nine years in Japan.

20

Os japoneses são maioria entre os produtores de flores e plantas na região, por isso a presença forte da cultura e dos costumes orientais nas festas que comemoram a chegada da primavera. Entretanto, esta relação vai muito além.

delicadas que duram no máximo quatro semanas. “Todos os anos as pessoas vão aos parques para tirar fotos com suas famílias ou namorados, é tradição. Eu mesma, no tempo que morei lá, passei a cumprir esse ritual japonês”, explica Thiemy.

“A primavera (haru em japonês) é bastante esperada e uma das épocas mais bonitas do Japão, tanto pela beleza das flores quanto

Tem até festa para celebrar o florescimento do Sakura, é o “Haru Matsuri” ou “Sakura Matsuri”, traduzindo para o português

pela alegria das pessoas que saem de suas “Festa das Cerejeiras”. casas para admirar lindos ‘quadros’ que a na“Nos finais de semana e nos locais que os tureza produz”, revela Thiemy Kato, estudansakuras florescem é que ocorrem as festas. te de 27 anos, que morou 9 anos no Japão. São montadas barraquinhas de comidas tíO Sakura, conhecido no Brasil como Cere- picas, com yakisoba, yakitori, doces e brinjeira, é a grande atração. São flores muito cadeiras para as crianças”, conta Thiemy. 


Parques: até o fim de 2012, serão cem em toda a cidade

Theatro Municipal: a grande casa de ópera da América Latina

Museu do Futebol: em dois anos e meio, mais de 1 milhão de visitantes

Metrô de São Paulo: R$ 2 bilhões investidos até 2012

O QUE ESPERAR DE UMA CIDADE QUE TEM TUDO? TUDO. São Paulo é sempre uma estreia. São Paulo

Represa de Guarapiranga

se reinventa todos os dias. Novas pessoas, culturas diferentes, lugares que se multiplicam. Uma cidade que conta histórias nas ruas, nos prédios e nos parques como o da Represa de Biblioteca Mário de Andrade: totalmente restaurada

Guarapiranga, agora revitalizada. Visitar São Paulo é levar histórias de seus restaurantes, museus como o do Futebol, único do gênero no Brasil, e teatros como o Municipal, ainda mais moderno e emocionante. São Paulo acolhe quem quiser se misturar e mergulhar nesse caldeirão de atrações para todos os gostos e bolsos. São Paulo é cultura, diversão, arte, criatividade. É uma combinação de experiências

Ciclofaixa: 45 km ligando quatro parques da cidade

Fotógrafos: Jefferson Pancieri, Sylvia Masini, Caio Pimenta, Fábio Góis, Alex André Diniz, Nage Gonzaga, Fernando Conti (Secom), Paulo Dias (Seme), Luiz Guadagnoli (Secom) e Ronaldo Franco. Metrô: foto de divulgação.

que nunca se repetem. São Paulo. Cidade criativa.

VENHA PARA SÃO PAULO. CIDADEDESAOPAULO.COM

CONSULTE SEU AGENTE DE VIAGENS.


São Paulo

FEIJOADA:

Típica, Tradicional e Saborosa

São Paulo oferece ótimas opções para saborear um dos pratos mais apreciados pelos brasileiros Por Priscila Martins – editorial@revistavalever.com.br

22


23

Vinicius Tupinamba


São Paulo

‘’FEIJOADA’’: Typical, Traditional and Tasty São Paulo offers great options to enjoy one of the dishes enjoyed by Brazilians Black beans, bacon, dried beef, pork, ribs, tongue, ears, feet and pig tails. All these ingredients together give rise to a traditional dish and much appreciated by the Brazilians, the ‘’feijoada’’. The flavor and originality of the recipe no one disputes, but much is said about their origin. Some say that ‘’feijoada’’ came in the slave quarters, but some argue the thesis that she was born by European influences, which is common to blend grains and cooked meats. Discussions aside, following of the city of São Paulo. Land for all budgets, tastes, and why not tastes. In the city is common to find restaurants specializing in different segments of the food. Over the years some restaurants in Sao Paulo were acclaimed art of serving a good and hearty black bean soup. One of the oldest and most traditional is the “little ball”. The house has been operating since 1946, but it was not until 1952 that the first bean stew was served, from there became a great success since 1976 and is available daily on the local.

Feijão preto, bacon, carne seca, lombo, costelinha, língua, orelha, pé e rabo de porco. Todos estes ingredientes juntos dão origem a um prato tradicional e muito apreciado pelos brasileiros: a feijoada. Farofa, couve refogada, arroz branco e fatias de laranja acompanham esta delícia. É de dar água na boca! O sabor e a originalidade da receita ninguém discute, mas muito se fala sobre sua origem. Há quem diga que a feijoada surgiu nas senzalas. Naquela época, os senhores de escravos rejeitavam as partes menos nobres do porco – orelha, língua, rabo, pé – que acabaram incrementando as refeições de seus subordinados. A partir daí, surgiu a ideia de cozinhar todos estes pertences junto ao feijão, adicionando um pouco de água, sal e diversas pimentas. Para alguns, esta é uma visão romanceada sobre a criação do prato, o mais provável é que ele tenha nascido por meio de influências européias, onde é comum a mistura de grãos e carnes cozidas. Podemos citar como exemplo o cassoulet francês, que também leva feijão no seu preparo, ou ainda o cozido madrilhenho, comum na Espanha. Discussões à parte seguimos para a cidade de São Paulo. Terra de todos os bolsos, gostos e, porque não, sabores. No município é comum encontrar restaurantes especializados em diversos segmentos da gastronomia: tem massas italianas, comida mexicana, japonesa, churrasco e, é claro, delícias genuinamente brasileiras! Ao longo dos anos alguns restaurantes paulistanos se consagraram na arte de servir uma boa e farta feijoada. Um dos mais antigos e tradicionais é o “Bolinha”. A casa funciona desde 1946, mas foi somente em 1952 que a primeira feijoada foi servida, a partir daí tornou-se um grande sucesso e desde 1976 está disponível diariamente no local.

Vinicius Tupinamba

24


O “Pé pra Fora Bar” foi inaugurado em 1970 e era tanta gente disputando um lugarzinho por lá que o pessoal acabava se acomodando na calçada mesmo, com o pé pra fora do bar, daí o nome. Divulgação

25


Tadeu Brunelli

São Paulo

A Figueira Rubaiyat possui um dos mais exuberantes ambientes da cidade. No salão principal a árvore que dá nome a casa possui 130 anos de idade, 50 metros de altura e 8 metros de diâmetro.

Another establishment that crashed in São Paulo looking for taste of the dish for lunch is the “Pé Pra Fora Bar.” There, the meal is always served on Wednesdays and Saturdays. Between snacks and meals are on the menu: steak appetizer with cheese and garlic (served directly on the plate), the steak with garlic, codfish, parmigiana and filet grilled salmon. BANQUET – Available in three addresses in Sao Paulo, a unit in Buenos Aires and another in Spain, the restaurant chain “Rubaiyat” serves the complete ‘’feijoada’’ every Wednesday and Saturday. A veritable feast with more than 40 components, among the ingredients of a main dish and its accompaniments. The property has its own farm and offers its guests all the care and quality handling and preparation of meat. Also highlights the variety of wines to the restaurant since 2005 ensures its inclusion in the guide of “Wine Spectator”, a renowned American magazine which annually selects the best wine lists in the world.

26

SERVIÇO BOLINHA – A CASA DA FEIJOADA Quando: diariamente Valor por pessoa: 2ª à 6ª – R$ 80. Finais de semana e feriado – R$ 97. Delivery – R$ 125 (2 pessoas) e R$ 66,50 (individual) Av. Cidade Jardim, 53. Jardim Europa. (11) 3061-2010 e www.bolinha.com.br

A FIGUEIRA RUBAIYAT Quando: 4ª e sábado Valor por pessoa: R$ 98. Até 5 anos: Grátis de 6 a 12 anos: R$ 49 Feijoada Completa para Viagem: R$ 110 Rua Haddock Lobo, 1738 – Jd. Paulista. (11) 3087-1399

PÉ PRA FORA BAR Quando: 4ª e sábado Valor por pessoa: R$ 37 Av. Pompéia, 2517. Sumarezinho. (11) 3672-4154 www.pepraforabar.com.br

FEIJOADA DA BIA Quando: 4ª a sábado Valor por pessoa: R$ 44, exceto aos sábados – R$ 62 Até 6 anos: Grátis / de 7 a 11 anos: pagam metade do valor Feijoada Completa p/ Viagem: R$ 44 / Sábados - R$ 58 Rua Lopes Chaves, 105. Barra Funda. (11) 3663-0433

BABY BEEF RUBAIYAT – AL. SANTOS E FARIA LIMA Quando: 4ª e sábado Valor por pessoa: R$ 79 Crianças até 5 anos: Grátis / de 6 a 12 anos - R$ 39,50 Feijoada Completa para Viagem: R$ 85 Alameda Santos, 86. Paraíso. (11) 3170-5100 Av. Brig. Faria Lima, 2954. Itaim Bibi. (11) 3165-8888 www.rubaiyat.com.br

FEIJOADA DA LANA Quando: diariamente Valor por pessoa: 2ª a 6ª – R$ 30. Finais de semana e feriados – R$ 55. Crianças até 6 anos: Grátis / de 7 a 11 anos: pagam metade do valor Rua Aspicuelta, n° 421. Vila Madalena. (11) 3814-9191


Outro estabelecimento que caiu no gosto dos paulistanos que procuram o prato para o almoço é o “Pé Pra Fora Bar”. Por lá, a refeição é servida sempre às quartas-feiras e aos sábados. De acordo com Sérgio Comodo, um dos sócios do local, toda semana são vendidos aproximadamente 150 pratos desta delícia. “No Pé Pra Fora, a feijoada conta com o segredo especial do chef, além de ser uma das mais tradicionais da cidade!”, conta Sérgio.

BANQUETE – Disponível em três endereços em São Paulo, uma unidade em Buenos Aires e outra na Espanha, a rede de restaurantes “Rubaiyat”, serve a feijoada completa toda quarta-feira e sábado. Um verdadeiro banquete com mais de 40 componentes, entre os ingredientes do prato principal e seus acompanhamentos. “Nossa feijoada é considerada a mais completa da cidade, inclui Baby Pork, entradas variadas com dez tipos de pães caseiros

Nos dias em que a feijoada é servida no “Rubaiyat”, quarta-feira e sábado, são vendidas aproximadamente 600 unidades da receita.

feitos no forno à lenha do restaurante, saladas e buffet de sobremesas, nove tipos de batidas, uma caipirinha de aguardente ou Vodka e uma Cerveja Baden Baden”, informa Gerson Meneses, gerente do “Figueira Rubaiyat”. O estabelecimento possui fazenda própria e oferece a seus clientes todo cuidado e

Tadeu Brunelli

O “Pé pra Fora Bar” ainda possui em seu cardápio diversas opções. Entre petiscos e refeições estão: o filé aperitivo com catupiry e alho (servido direto na chapa), a picanha com alho, o bolinho de bacalhau, o filé à parmegiana e o salmon grelhado.

qualidade na manipulação e no preparo das carnes. Destaque também para sua variedade de vinhos que desde 2005 garante ao restaurante sua inclusão no guia da “Wine Spectator”, conceituada revista norte-americana que anualmente elege as melhores cartas de vinhos do mundo.

NOSSO DESTINO É ENCANTAR VOCÊ!!! A BTB Viagens atua com foco em viagens corporativas, proporcionando através de um gerenciamento eficaz e tecnologia avançada, redução imediata de custos. Agende sua visita agora mesmo e surpreenda-se!!

WWW Tel: (12) 3308-9458

VIAGENS COM BR atendimento@btbviagens.com.br

27


SLACKLINE: NA CORDA BAMBA! Por Cyro Watari editorial@revistavalever.com.br

A velha brincadeira da corda bamba virou mania no Brasil e agora tem o nome de slackline – linha frouxa em inglês. A modalidade surgiu no Parque Yosemite, na Califórnia, no final da década de 1970 com praticantes de escalada em rocha e por culpa do inverno. Quando nevava e não havia condições para a escalada, para se exercitar, eles começaram a se equilibrar nas correntes dos estacionamentos do local. Logo perceberam que podiam esticar suas fitas de ancoragem para praticar o exercício e se divertir. No Brasil a atividade foi trazida por escaladores brasileiros no final da década de 80 e ganhou destaque com o esportista Hugo

28

Langel, do Rio de Janeiro, que montou o maior “highline” (modalidade praticada a no mínimo 5 metros do chão) em terras tupiniquins. Ele atravessou a Pedra da Gávea, a 840 metros de altura, em 32 metros de extensão. Hoje, a prática ganhou status e virou febre nas principais capitais até entre os famosos. Luana Piovani,Caio Castro e as gêmeas do nado sincronizado Bia e Branca Ferres já foram vistas andando sobre a fita nas areias das praias cariocas. A prática pode trazer mais benefícios do que o aparente. Segundo os especialistas a atividade alivia o estresse, ajuda a aprender a controlar a respiração e auxilia no desen-


29 Paulo Eduardo


Slackline

Rodolfo Bazetto

Slackline The old game of the tightrope became a mania in Brazil and goes by the name of ‘’slackline’’. The practice is divided into categories. In lowline, ideal for beginners, the crossing from 8 to 15 meters, it happens on the tape attached to at least 50 cm from the floor. In the “highline”, height is 5 meters above the ground and is recommended to use safety equipment. In trickline and jumpline – crossing jumps included on the tape. In the waterline, the tape is fixed above the water (swimming pools, lakes). In longline, walking distance to over 15 meters. The Speedline is a run on the tape! Competitors who compete in it reaches the other side or the middle of the tape faster.

Divulgação

30

volvimento físico, pois trabalha músculos e articulações (principalmente as pernas e abdômen) e mental (concentração, paciência e equilíbrio). DESAFIO – A prática constante ajuda no desenvolvimento da mente, pois exige muita concentração e equilíbrio para se manter na fita, que oscila em todas as direções, tornando o desafio maior ainda. Com isso, o atleta deve manter o foco sempre no objetivo de atravessar para o outro lado. E não há restrições de idade para a prática da modalidade, diversão garantida pra toda família, dos 5 aos 80 anos. A única recomendação apontada pelos instrutores é que crianças só se aventurem acompanhadas por adultos. KIT – Para a prática da modalidade é necessária a aquisição de um kit simples, que pesa menos de 3 quilos e é composto por fitas de alta resistência com 10 a 15 metros de comprimento por 25 a 50 mm de largura, além de uma catraca para dar a tensão. Para montá-lo, é preciso apenas de duas árvores ou postes distantes 8 a 15 metros um do outro, ficando tensionada a 50 centímetros do chão – “lowline”.

Os corajosos podem se arriscar no “highline”, modalidade mais radical praticada a uma altura superior a 5 metros do solo, neste caso recomenda-se o uso de sistema de segurança em caso de queda. CATEGORIAS – Com a evolução do esporte outras categorias foram criadas dando aos praticantes outras possibilidades de diversão. No trickline e jumpline – são realizados saltos sobre a fita. Já no waterline, a fita é fixada acima da água, que estã em uma piscina, lagos ou rochas na praia. No longline, é preciso coragem para caminhar longas distâncias superiores a 15 metros. O speedline é pura adrenalina! Nesta categoria os competidores disputam quem chega ao outro lado mais rápido ou há também a opção onde cada competidor fica de um lado da fita, iniciam a corrida na fita e quem chegar ao meio antes é o vencedor. Quando se ganha confiança, dá até para se arriscar em algumas manobras, como andar de lado, fazer o trajeto ida e volta, andar de ré ou com as mãos para trás, sentar e dar um salto de 360 graus sobre a fita.


31


Cyro Watari

Slackline

Enquanto aqui no Brasil, o esporte é amador, ideal para brincar com os amigos em clima de descontração, na Europa e Estados Unidos, existem campeonatos onde os esportistas fazem manobras arriscadas e ousadas, como um salto mortal sobre a fita.

HISTORY – The slackline appeared in Yosemite Park in California (in dec.70), on the initiative of climbers, who unable to climb the rocks in winter, began to balance the current parking lots. After came the anchor tapes. In Brazil, he came to the 80s and gained prominence with the sportsman Rio Hugo Langel, who crossed the Sugar Loaf, at 840 meters, 32 meters in length.

Além das capitais, algumas cidades do interior também são destaques, como São José dos Campos, no interior paulista.

The practice relieves stress and aids in physical development, because it works muscles and joints. It requires concentration and balance to keep the tape, which oscillates in all directions.

KIT – You need a kit with ribbons of high-strength (10 to 15 meters long and 25 to 50 mm in width), and a ratchet to take the strain. To mount it, you just need two trees or poles 8 to 15 meters distant from each other, becoming taut tape to 50 inches off the ground

Rodolfo Bazetto

There are no age restrictions. But children must be accompanied by adults.

A galera do Portal Vale Aventura (www. portalva.com.br) costuma se divertir na Praça Ulisses Guimarães (Jardim Aquárius) e Parque da Cidade (avenida Olivo Gomes, Santana) chamando muita atenção de crianças e adultos. O Kit com 10 metros de fita e catraca custa em média R$ 169.  Informações pelo email cyrowatari@gmail.com e pelo telefone (12) 9188-9604


Qualidade

de vida

Ciclismo noturno cresce e muda estilo de vida nos grandes centros

Clio

Por Priscila Martins – editorial@revistavalever.com.br

34


35

Cyro Watari


Arquivo Pdeala Valle

Ciclismo Noturno

Quality of life Night Cycling grows and change the life style in big downtowns The chaotic traffic of large cities, the stress and the rush of the day by day, often prevent the practice of physical activity. However, these arguments are actually good reasons to become a “biker night”. The practice of night cycling appeared around the 70 and 80 in Sao Paulo, with journalist Renato Falzon. But it was in 1989, the activity gained momentum with the creation of Biker’s Night Club in Brazil. From there, riding at night became a fever in various regions of the country and the idea is gaining more supporters wherever he goes. In Sao Jose dos Campos, the city about 90 km from the state capital, the sport started three years ago, with the ‘’Pedala Valle’’.

O trânsito caótico das grandes cidades, o estresse e a correria do dia-a-dia muitas vezes impedem a prática de uma atividade física. No entanto, esses argumentos são, na verdade, bons motivos para se tornar um “night biker”.

De acordo com “Coquinho” é importante incentivar também o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia das pessoas. “Com o aumento do número de carros, a bike se torna uma ótima opção. A saúde ganha e o meio ambiente também!”, conclui.

A prática do ciclismo noturno surgiu por volta dos anos 70 e 80 em São Paulo, com a jornalista Renata Falzoni. Mas, foi em 1989, que a atividade ganhou força, com a criação do Night Biker’s Club do Brasil. A partir daí, pedalar à noite virou mania em diversas regiões do país e a ideia vem conquistando cada vez mais adeptos por onde passa.

O PASSEIO – Os ciclistas do Pedala Valle se reúnem todas às quartas-feiras, às 20h, em frente ao Parque Santos Dumont, em São José dos Campos.

Em São José dos Campos, município a aproximadamente 90 quilômetros da capital paulista, a modalidade surgiu há três anos, com o Pedala Valle, grupo de ciclistas que também escolheu a “escuridão” para dar suas pedaladas. “As pessoas trabalham durante o dia todo, mas pelo menos uma vez por semana elas conseguem sair da rotina, tirar o estresse, rever os amigos, cuidar da saúde mental e corporal”, ressalta o administrador de empresas. Adolfo Querino Luiz, o “Coquinho”, um dos fundadores do grupo.

36

Os roteiros são definidos e divulgados no site www.pedalavalle.com.br um dia antes do passeio. Normalmente os trajetos possuem 25 quilômetros e são percorridos em ritmo moderado. Há casos em que o grupo é dividido em duas equipes: uma para ritmo leve e outra mais intenso. Qualquer pessoa pode participar dos passeios noturnos, basta ter uma bicicleta e disposição. “É importante consultar primeiro um cardiologista e ter pelo menos o mínimo de preparo, mas quarta-feira é ótimo para pegar o ritmo. É bem tranqüilo”, conta “Coquinho”. Menores de 18 anos devem ter um termo de responsabilidade assinado pelos responsáveis e crianças com até 12 anos devem estar acompanhadas dos pais.


Juliana Diehl

“With the increasing number of cars, the bike becomes a great option. The health and the environment wins too, “concludes the business administrator. Luiz Quirino Adolfo, the “Coquinho, “ one of the founders of the group THE RIDE – The Pedala Valle cyclists gather all on Wednesdays at 20h, in front of the park Santos Dumont, in São José dos Campos. The roadmaps are defined and disclosed in the site www.pedalavalle.com.br one day before the ride. Usually paths are 25 km. Children under 18 must have a signed waiver by guardians and children up to age 12 must be accompanied by their parents.

Arquivo Pdeala Valle

OPTION – Another group, Mainly composed of students of an academy in Sao Jose dos Campos to ride out EVERY Friday at 20h. The Bike Night, Focus on Santa Clara Street and thence to follow the path That Can Have Between 20 and 60 km, lasting Until 3:30 am.

37


Ciclismo Noturno

The scripts are defined with the participation of all and can vary from tarmac, dirt road and trail. There needs to be student of the academy to participate.

Arquivo Pdeala Valle

SAFETY – It is imperative to wear helmets, gloves, lights front and rear, along with appropriate clothing and comfortable for cycling. It is important to review the bike and have always near a repair kit with inner tube and tools for quick fixes.

38

OPÇÃO – Outro grupo, formado basica- “O grande objetivo desses passeios, além mente por alunos de uma academia de da prática de uma atividade física, é incenSão José dos Campos sai para pedalar toda tivar o uso de um transporte alternativo sexta-feira, às 20h. O Bike Night, como é que não polui, que seja saudável e que duconhecido, se concentra na rua Santa Clara rante a sua prática todos possam conhecer e dali segue para um trajeto que pode ter um pouco mais de nossa cidade e locais entre 20 e 60 quilômetros, com duração interessantes”, relata o educador fisco e de até 3h30. coordenador do grupo, Fernando Oliveira. Os roteiros são definidos com a participação de todos e podem variar entre asfalto, estrada de terra e trilha.

Para garantir a organização dos passeios e a possibilidade de pedalar para lugares mais distantes o Bike Night mantém sua


Ciclismo Noturno

Bicycling Movement encourages the bicycle use as transportation With a simple message, “one car less” and a lofty goal: to encourage bicycle use for transportation is growing each day the number of supporters of the “bicicletada”. In Sao Jose dos Campos, movement happens on the last Friday of the month at 20h. But, as of 19:30, cyclists gather on the corner of Santos Dumont Park for a chat, where the doubts are clarified, made the distribution of pamphlets and making tracks for the movement.

equipe limitada entre 15 e 20 participantes. Não precisa ser aluno da academia para participar.

simplesmente pedala. Isso renova a alma!”, afirma Adolfo Querino Luiz, o “Coquinho”, do Pedala Valle.

SEGURANÇA – Para participar dos pas- Para Fernando Oliveira, coordenador do seios noturnos é imprescindível o uso de Bike Night, incentivar o ciclismo é imporcapacete, luvas, luzes dianteira e traseira, tante para a preservação da natureza. além de roupas adequadas e confortáveis “Pretendo em minha vida ter muito mais para prática de ciclismo. É importante fatempo pedalando e caminhando do que zer a revisão da bicicleta e ter sempre por sentado num carro ou outro meio de transperto um kit de reparo, com câmara de ar e porte motorizado. Minha pequena parcela ferramentas para consertos rápidos. de contribuição à preservação da Terra e Todo passeio possui um guia, que ajuda aos seus tripulantes para alertá-los, será a manter a ordem e ainda acompanha os com certeza dada”, destaca.  estreantes no pedal. Outros ciclistas mais Informações – http://www.pedalavalle.com.br/ e experientes auxiliam no final do comboio http://www.nightbikers.com para que ninguém fique para trás. Os pasDicas seios do Pedala Valle possuem ainda um carro de apoio para segurança dos ciclistas. - RESPEITE AS LEIS DE TRÂNSITO E AO PRÓXIMO. - NUNCA DEIXE O COMPANHEIRO SOZINHO. - EM DIAS DE CHUVA NÃO TEM PEDAL À NOITE

Cyro Watari

BEM-ESTAR – “Quando você pedala, você esquece tudo, entra em harmonia. Você

40


Mário Simabukuro Filho

BICICLETADA MOVIMENTO INCENTIVA O USO DA BICICLETA COMO MEIO DE TRANSPORTE

Com uma mensagem simples “Um Carro a Menos” e um objetivo grandioso: incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e criar condições favoráveis para a utilização deste veículo no meio urbano, cresce a cada dia o número de adeptos da “Bicicletada”.

Os roteiros são definidos na hora e podem ser praticados, inclusive por iniciantes na modalidade. Além de uma forma saudável de protesto, os participantes também apostam no bom humor e investem na confecção de cartazes e panfletos.

O movimento nasceu no Brasil, ganhou força em Portugal e já encontra praticantes em Moçambique. A ideia tupiniquim foi inspirada em outros grupos espalhados pelo mundo, como o Massa Crítica, originado nos EUA. O evento não possui líderes, nem estatutos definidos, o que torna a “Bicicletada” diferente em cada lugar em que acontece.

SJC – Em São José dos Campos, a “Bicicletada” acontece sempre na última sexta-feira do mês, às 20h. Mas, a partir das 19h30, os

ciclistas se reúnem na esquina do Parque Santos Dumont para um bate-papo, onde são esclarecidas as dúvidas, feita a distribuição de panfletos e a confecção de faixas para o movimento. Acesse o site e participe da “Bicicletada” em sua cidade! Mais Informações www.bicicletada.org

O que a gente faz bem, faz bem pra você! (12) 3904 - 6000

Os encontros normalmente são realizados na última sexta-feira de cada mês. Para participar é só comparecer ao local, data e horário combinados. Não é preciso fazer inscrição e nem pagar qualquer tipo de taxa. É recomendável o uso de equipamentos de segurança como o capacete.

41


Ciclismo Noturno

Arquivo Pdeala Valle

MEXA-SE!

Para falar sobre os benefícios que a prática do ciclismo traz, tanto para o corpo, quanto para a mente, conversamos com o Educador Físico Fernando Oliveira, que atua também como Guia Ambiental por trilhas do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Sul de Minas Gerais. Confira as dicas e bom pedal! BENEFÍCIOS – O ciclismo proporciona aos seus praticantes uma grande queima de calorias por ser uma atividade predominantemente aeróbia, sendo assim, utiliza as gorduras acumuladas como principal fonte de energia. Excelente para quem quer ficar com o corpo definido. Além disso, existe o trabalho de força realizado pelos membros inferiores – coxas, glúteos e panturrilhas e também superiores – braços, ombros, costas e abdome. Mas, o grande beneficiário de todo esse trabalho é o coração

42

pela exigência cardiorrespiratória durante a prática. ESTRESSE – O estresse também não tem vez devido à liberação da endorfina e adrenalina – hormônios que causam a sensação do bem-estar. Outro fator muito importante no ciclismo é a ausência de impactos que tanto podem sobrecarregar nossas articulações. Tome cuidado com os buracos no trajeto. INICIANTES – Para quem está começando, cerca de 30 minutos por dia e três vezes por semana já são suficientes para sentir os efeitos positivos. Após um mês o tempo pode ser aumentado, mas sempre respeitando seus limites de intensidade – dor significa que você exagerou em algum momento. VOLUME E INTENSIDADE – Para quem deseja perder peso, o importante é au-

mentar o volume do que a intensidade – maior tempo com esforço moderado. Já para quem quer um corpo mais sarado, a intensidade é mais importante que o volume – maior esforço com tempo moderado. Seja qual for a escolha, é aconselhável passar por uma avaliação médica antes de qualquer atividade física.

SERVIÇO PEDALA VALLE Saídas às quartas-feiras, às 20h. em frente ao Parque Santos Dumont Endereço: Rua Prudente Meireles de Moraes, n° 100. Vila Adyana. São José dos Campos-SP BIKE NIGHT Saídas às sextas-feiras, às 20h Endereço: Rua Santa Clara, 119 na Vila Adyana. São José dos Campos-SP


Mais uma vez eleito pela revista veja o melhor Boteco do Vale e agora também a melhor cozinha! O melhor chopp com as melhores porções de são josé dos campos "Se a bebida atrapalha os negócios, abandone os negócios" O Bar do Coronel não possui filiais!


Cidades da Copa

Rio de Janeiro

Eventos turbinam a baixa temporada!

MĂşsica, gastronomia, literatura e esportes potencializam os atrativos da Cidade Maravilhosa

Pedro Kirilos /Riotur

Por Alessandra Jorge – editorial@revistavalever.com.br

Bondinho em Santa Tereza

44


A cidade é um daqueles destinos completos, onde praia, cultura, história, aventura e turismo de compras combinam perfeitamente. Tais características fazem com que ano a ano mais de 6 milhões de turistas descubram e redescubram essa maravilha, que em 2014 será uma das sedes da Copa

do Mundo de Futebol e em 2016, sede dos Jogos Olímpicos. Se visitá-la já era um passeio imperdível, com a política de segurança pública, que tem na instalação das UPP´s (Unidades de Polícia Pacificadora) nas comunidades seu principal marco, o clima está realmente mais leve, com a cara do carioca. O transporte público é outro diferencial, que permite aos turistas acessar de ônibus, trens e bondinho (caso de Santa Tereza), alguns dos principais pontos turísticos. Em outros é possível alugar uma bicicleta e pedalar, nos mais de 130 quilômetros de ciclovias, que se estendem do Centro da cidade (Marina da Glória) à Zona Sul e Barra da Tijuca.

Rio de Janeiro: Events turbines the off-season

Rio CVB/Marluce Balbino

Cantado em verso e prosa, fonte de inspiração para inúmeros artistas e intelectuais, o Rio de Janeiro se justifica pela beleza de suas paisagens como o Corcovado, Parque Nacional da Tijuca e inúmeras atrações como o Cristo Redentor, os ateliês e escadaria Selarón de Santa Tereza, bares e as rodas de samba da Lapa, o calçadão de Copacabana e tantos outros.

Music, food, literature and sports in enhancing the attractiveness of the Wonderful City Source of inspiration for many artists and intellectuals, the Rio de Janeiro is justified by the beauty of its landscapes as Corcovado, Tijuca National Park and numerous attractions such as Christ the Redeemer, the mansions of St. Teresa, the agitation of Lapa, the boardwalk in Copacabana and many others.

45


Riotur

Cidades da Copa Rio de Janeiro

Rio Scenarium, um dos melhores espaços do samba, choro e gafieira na noite carioca

The city is full of those destinations where beach, culture, history, adventure and shopping tourism combine perfectly. Such characteristics make them every year more than 6 million tourists discover and rediscover the wonder of it, which in 2014 will be one of the venues of the Football World Cup and in 2016 Olympic Games With the installation of the UPP’s (Units Pacification Police) in the climate community is actually lighter, with the face of Rio. Another difference is the public transportation that allows travelers to access main attractions by bus, train and tram (the case of Santa Teresa) or by cycling over 130 kilometers of bike paths. Taxis are viable as long as the cooperatives, but keep an eye on the meter

46

Os taxis amarelos, um dos símbolos locais, também são opções viáveis, mas prefira os de cooperativa e fique de olho no taxíme-

menu especial dentro de sua especialidade. Os destaques ficam por conta do concurso que escolhe a Feijoada Nota 10 e a participa-

tro. Uma corrida de Copacabana a Ipanema custa, por exemplo, em média, R$ 14. Do Centro/Lapa a Urca em média, R$ 22.

ção de chefs renomados no espaço Cozinha Show, um caminhão montado especificamente para que os seus segredinhos sejam revelados em vários pontos da cidade.

O fato é que o destino mais lembrado por turistas estrangeiros e brasileiros está na moda e repleto de eventos para o ano inteiro. Em agosto e setembro, esportes, música, literatura e gastronomia são alguns itens da agenda. GASTRONOMIA – De 18 a 28 de agosto, música, história, lazer e toda diversidade gastronômica da cidade serão celebrados no Rio Gastronomia. Durante o festival os restaurantes participantes preparam um

O Museu de Arte Moderna, um dos patrimônios históricos do Rio, também é palco para atrações gratuitas, além de pockets shows em polos gastronômicos da cidade. BACK2BLACK – A centenária Estação da Leopoldina, no coração da capital, abrigará pelo terceiro ano consecutivo o Back2Black Festival, de 26 a 28 de agosto. O evento relembra a África e celebra a sua influência na nossa cultura contemporânea, com muita


ANOTE AÍ

RIO+20: Impulsiona mudança de hábitos No próximo ano, o Rio de Janeiro sediará a Rio+20, Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, entre os dias 4 e 6 de junho. Vinte anos após, a Rio ECO 92, presidentes de mais de 100 países voltam à cidade para discutir um novo modelo de desenvolvimento sustentável para o planeta e fazer um balanço do que mudou com relação ao meio ambiente e erradicação da miséria no mundo.

até 2012. Entre elas, está a redução em 8% do volume de gases emitidos na atmosfera. O objetivo é dobrar essa marca em 2016, e até 2020, chegar a 20% a menos de gases jogados na atmosfera.

The fact that the destination is most remembered by Brazilians and foreign tourists is trendy and full of events for the entire year. In August and September, sports, music, literature and cuisine are some items of the tour.

Mas, até lá a Prefeitura do Rio estabeleceu

Para cumprir suas metas estão sendo elaborados projetos nas áreas de Transporte, Meio Ambiente, como a reformulação do sistema de transporte público viário; a implantação dos BRTs (Bus Rapid Transit) nos corredores viários Transcarioca e Transoeste

From 18 to 28 August, music, history, entertainment and all the city’s gastronomic diversity will be celebrated in Rio Gastronomy. During the festival the participating restaurants prepare a special menu within your specialty, comedy shows and contest of the best feijoada.

metas para redução de emissão de gases do efeito estufa, que deverão ser cumpridos

e o incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte.

Rio CVB/Jean Jacques Limbourg

Ciclovia na Praia da Macumba no Recreio dos Bandeirantes

47


Cidades da Copa Rio de Janeiro

On August 27, RIO happens UFC (Ultimate Fighting Championship) at HSBC Arena in Barra da Tijuca in the presence of the best fighters in the world, Anderson Silva, Mauricio Rua and Antonio Rodrigo Nogueira. BACK2BLACK – The Centennial Station Leopoldina, in the heart of the capital, will host the 3rd edition of Back2Black Festival, 26-28 August. Among the confirmed presence is the singer Prince, success in 80 years. Ten years later, Rock in Rio back to his homeland, with a forecast of more than 100 shows in seven days of the event (23,24, 25, 29, Sept. 30, 1 and 2 October. CUP / OLYMPICS – According to the Undersecretary of Tourism of Rio de Janeiro, Pedro Guimarães, but to leave the Rio de Janeiro ready for the Olympics and World Cup matches, the project is aimed at improving the quality of life in the city making it more sustainable. “The city has changed with the pacification of the communities and we can already see that with the resumption of old habits. And that’s a big political decision of governments to implement improvements in the city, which first has to be good for those who live in it, “said Undersecretary of Tourism.

48

música, artes visuais e debates sobre temas variados, que estão na ordem do dia. Entre as presenças confirmadas está Prince Rogers Nelson, ou simplesmente Prince. O cantor, dançarino, multi-instrumentista, sucesso nos anos 80, promete incendiar o palco montado exclusivamente pra ele, no dia 27. O Festival ainda terá atrações étnicas como a cantora Oumou Sangare, uma das vozes mais conhecidas e importantes da música africana. Entre os brasileiros Seu Jorge abre as apresentações do último dia (28).

A estação faz parte do antigo terminal ferroviário Barão de Mauá, inaugurada no fim do século 19. Após fazer parte do cotidiano carioca por mais de 100 anos, foi desativada em 2004. Desde então, o local é administrado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. Os amantes do vale tudo, ou como são chamadas artes marciais mistas, também tem endereço certo: HSBC Arena, na Barra da Tijuca, que sedia o UFC Rio (Ultimate Fighting Championship), com a presença dos brasileiros e melhores do mundo, Anderson Silva, Maurício Shogun e a lenda


viva do esporte, Rodrigo Minotauro, estão confirmados.

Em setembro também ocorre a 15ª Bienal do livro, no RioCentro. Confira mais detalhes na página 6 desta edição.

Pedro Kirilos /Riotur

ROCK IN RIO – Dez anos depois da última edição, o Rock in Rio volta a sua terra na- PORTAS ABERTAS – O bairro de Santa tal, com a previsão de mais de 100 shows, Tereza recebe nos dias 04, 05, 11 e 12 de nos sete dias de evento (23,24, 25, 29, 30 setembro, a 19ª edição do “Arte de portas de setembro, 1 e 2 de outubro. No entan- abertas”, que já faz parte do calendário to, os ingressos para esta edição estão es- cultural do Rio, com muita arte e gastrogotados, mas ainda há muitas promoções nomia. Nesses dias, esse recanto histórico, com patrocinadores ou com muito cuida- com suas ruas estreitas e casario antigo do do adquiri-los junto a cambistas. início do século 20, se torna mais agitado e ganha um colorido especial.

Rio CVB/Marluce Balbino

Escadaria do Selarón em Santa Tereza

49


Cidades da Copa Rio de Janeiro

Roteiro Vale Ver Rio CVB/Marluce Balbino

Lugares que não podem faltar na visita LAPA E ARCOS DA LAPA Os Arcos da Lapa, com 64 metros de altura e 270 metros de comprimento, integravam um aqueduto erguido em 1750. Além da beleza da arquitetura, desde 1896 funciona como viaduto para os bondinhos de Santa Teresa. Os Arcos são o atrativo mais famoso, mas a Lapa abriga ainda o Passeio Público, a Escola Nacional de Música e a Igreja de Nossa Senhora da Lapa, símbolos do Rio antigo. Desde a década de 1950, a Lapa é ponto de referência na vida cultural e noturna da cidade.

LAGOA RODRIGO DE FREITAS

SANTA TERESA

A Confeitaria Colombo fundada em 1894 é até hoje considerada uma das mais importantes obras de arquitetura e decoração da belle époque carioca. Da clarabóia ao piso, os gigantescos espelhos belgas, os mármores italianos e o mobiliário em jacarandá tudo é arte e beleza. Não deixe de pedir as tradicionais torradas Petrópolis e os pastéis de nata, receita genuinamente portuguesa.

Os casarios do início do século 20, que remetem à arquitetura francesa, fazem de Santa Teresa um dos mais charmosos lugares do Rio. A chegada de bondinho é uma perfeita viagem ao tempo. No local, cerca de 50 ateliês com mais de 80 artistas plásticos, restaurantes e bares, somada a hospitalidade dos moradores, completam os atrativos. Outra vantagem do bairro é a proximidade da Zona Sul e da Lapa, que oferecem diversas opções de diversão durante toda a semana.

Onde: Rua Gonçalves Dias, Centro.

Como chegar: De bonde: Estação de BondesRua Lélio Gama, s/nº – Centro. De ônibus: Ônibus – 206 A, 206 B, 214 – Nas principais avenidas do Centro

Pedro Kirilos/Riotur

CRISTO REDENTOR

50

A estátua com 30 metros de altura, mais 8 metros de base, está a 710 metros de altura no Morro do Corcovado. Não é possível chegar ao Corcovado de carro. O ideal é ir até as Paineiras de carro/táxi e optar por vans da cooperativa Beltour. Até 2005 só se chegava a estátua subindo os mais de 200 degraus. Hoje o acesso é feito por elevadores, rampas e escadas rolantes, o que permite acesso a portadores de necessidades especiais. Onde: Parque Nacional da Tijuca, acesso Estrada de Ferro Corcovado, Rua Cosme Velho, 513. Abre diariamente às 8h30.

Rio CVB/Marluce Balbino

CONFEITARIA COLOMBO

Emoldurada pelas montanhas fica ao pé do Cristo Redentor e em meio a alguns dos mais famosos bairros do Rio – Lagoa, Ipanema, Leblon, Gávea e Jardim Botânico. Sua orla tem parque, quadras de esportes, pista de corrida, ciclovia, quiosques de alimentação. Há aluguel de pedalinhos em um dos decks próximos ao Parque do Cantagalo. Outra opção é contemplar o por-do-sol nos demais decks ao longo da Lagoa.


Rio CVB/Marluce Balbino

PARQUE NACIONAL DA TIJUCA É considerado um dos maiores parques urbanos do mundo, com 3953 hectares de área total. O turismo ecológico e cultural são os pontos fortes deste cinqüentão (completados no último 6 de julho), que surgiu do agrupamento de 6 florestas, entre elas a da Tijuca (maior urbana do mundo). Além da rica fauna e flora, possui vários atrativos históricos como a Cascatinha, a Gruta Paulo e Virgínia, o Lago das Fadas, a Vista Chinesa e o Açude da Solidão. Montanhismo, asa delta, trilhas, banhos de cachoeira, rotas de ciclismo e skate completam as possibilidades de diversão.

A escadaria Selarón, com 215 degraus cobertos de mosaicos coloridos de cerâmica dá acesso ao Convento de Santa Tereza, construído no século 19 e que deu o nome ao bairro. A cobertura da escadaria foi obra do artista chileno Selarón.

PÃO DE AÇÚCAR E MORRO DA URCA

Onde: Estrada da Cascatinha, 850 – Alto da Boa Vista. Aberto diariamente das 8h às 17h. Informações (21) 2492-2253/2492-5407

IGREJA DE NOSSA SENHORA CANDELÁRIA

ESCADARIA SELARÓN PARA O CONVENTO DE SANTA TERESA

ESTRADA DE FERRO DO CORCOVADO A Estrada de Ferro do Corcovado foi a primeira ferrovia eletrificada do Brasil. Inaugurada em 9 de outubro de 1884 por Dom Pedro II, sendo mais antiga do que o próprio monumento do Cristo Redentor (1931). Sua estação é tombada pelo Patrimônio Histórico. O grande destaque é o Espaço Cultural que guarda a história da Estrada de Ferro e do Monumento ao Cristo e o próprio caminho que corta a Floresta da Tijuca

Bilheteria: Av. Pasteur, 520 – Urca. O ingresso custa R$ 53 (adultos), R$ 26 (crianças entre 6 a 12 anos), idosos (acima 60 anos) e portadores de necessidades especiais tem desconto. www.bondinho.com.br e tel.: (21) 2546-8400

A cúpula, toda em pedra lioz de Lisboa, representa a principal marca visual da igreja, construída em estilo neoclássico entre 1865 e 1877. O revestimento interior é todo em mármore, com vitrais de cores vivas. O teto da nave principal apresenta seis grandes painéis do pintor João Zeferino da Costa. Onde: Praça Pio X – Centro. Visitação: Seg-Sex: 7h30-16h, Sab:8-12h e Dom: 9-13h

Rio CVB/Pedro Gamá

Rio CVB/Pedro Gamá

Onde: Rua Cosme Velho, 513, Cosme Velho. Funciona diariamente das 8h às 19h. Adultos R$ 36, crianças (6-12 anos) R$ 18 e abaixo de 6 anos, grátis. www.corcovado.com.br

A Praia Vermelha, na Zona Sul, é o ponto de partida do famoso bondinho do Pão de Açúcar. A bilheteria abre às 8h, primeira viagem parte às 8h20. Depois desse horário, as viagens acontecem de 20 em 20 minutos ou quando atingir a capacidade máxima do bondinho (65 pessoas). Há estrutura para receber cadeirantes como rampas, elevadores e uma plataforma móvel. No meio do caminho está o Morro da Urca, a 220 metros acima do nível do mar, onde se tem uma belíssima vista de Botafogo e da Baia da Guanabara. Já, o Pão de Açúcar está a 396 metros. Para muitos seu topo é o mirante mais bonito de toda a cidade, com vista para o Corcovado e o Cristo Redentor a oeste e a praia de Copacabana ao sul.

51


CONVERSA URBANA Rio CVB/Jean Jacques Limbourg

Apropriação predatória e excludente do espaço urbano Por Jéssica Chryssafidis editorial@revistavalever.com.br O processo de industrialização no Brasil intensificou-se a partir da década de 1950, devido à modernização das atividades agrárias. Nesse contexto, o desenvolvimento do sistema capitalista levou à comercialização do espaço geográfico, a fim de sustentar interesses econômicos. Essa realidade justifica-se tanto pela negligência do Estado, quanto pela desarticulação das camadas sociais. O histórico da primazia da esfera econômica ante a social e a consequente mercantilização deram origem aos principais entraves do crescimento urbano brasileiro. Esse paradoxo se comprova com a formação de bolsões de miséria em meio às metrópoles conurbadas do Brasil, marcados pela ausência de infraestrutura e pela marginalização de seus habitantes. Nota-se, assim, que o precário planejamento urbano dificulta o desenvolvimento econômico, devido ao alto custo que as desigualdades implicam para o Estado. Soma-se a esse fenômeno a fragmentação da sociedade em camadas individualistas que se ausentam de exercer sua cidadania e contribuem para a manutenção das mazelas sociais. O caso do metrô em Higienópolis, em São Paulo, que resulta da falta de diálogo entre as camadas, exemplifica a contestável postura dos habitantes das cidades e, principalmente, do Estado, que, sob uma ideologia neoliberal, descarrega-se de suas responsabilidades. Dessa forma, nota-se que a causa das adversidades urbanas brasileiras não reside no desenvolvimento econômico, como tal, mas, sim, na unilateralidade dessa perspectiva como projeto social. A discussão em torno da gestão territorial é vital para que uma sociedade decida os rumos de sua história. 

52

Estádio do Maracanã possível sede da final da Copa 2014

COPA/OLIMPÍADAS – Mas, do que deixar o do produtos turísticos, como conseguimos Rio de Janeiro pronto para os jogos da Copa fazer com o carnaval de rua e estamos fae Olimpíadas, as ações visam tornar a cida- zendo com a região do porto, que era esde referência em turismo sustentável, com quecida e agora vai voltar a ser nosso cartão ações específicas para melhoria da acessibi- de visita”, disse o Subsecretário de Turismo. lidade aos portadores de necessidades espeQuanto ao perfil do turista, Guimarães brinca ciais, qualificação dos moradores, ampliação “O turista que vem pra cá é bem diversificado, da infraestrutura hoteleira, aeroportuária, mas a gente brinca que todos eles saem catransporte público, entre outros pontos. riocas. Carioca é um estilo de vida”.  “O prefeito (Eduardo Paes) não se cansa de dizer que a cidade tem que se beneficiar dos jogos e avançar. Por isso, temos um projeto para a cidade e não apenas para um evento. Estamos investindo no resgate de espaços que estavam degradados, na expansão do metrô, melhoria dos trens, ônibus articulados (BRTs) e temos VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), sendo instalado”, disse o Subsecretário do Turismo do Rio de Janeiro, Pedro Guimarães, que ressalta as melhorias nas comunidades. “A cidade mudou com a pacificação social das comunidades e a gente já pode perceber isso com a retomada de hábitos antigos. E isso é uma grande decisão política dos governos, que dividem procedimentos para implementar melhorias na cidade, que primeiro tem que ser boa para quem vive nela. E você resgata a autoestima da população, promovendo a qualificação, valorizan-

Mais informações: www.rioguiaoficial.com.br www.rioofficialguide.com e pelo telefone (21) 2271-7000 e 0800 282 2007

COMO CHEGAR DE AVIÃO

Trip Linhas Aéreas Voos diários do Aeroporto de São José dos Campos para Santos Dumont/Rio Segunda a sábado – saída às 6h15 – chegada 6h55 SSegunda a sexta – saída 17h50- chegada 18h48 Domingo – saída às 9h30 – chegada 10h17 Volta: Aeroporto Santos Dumont/Rio – São José dos Campos Segunda a sexta: saída 10h35 – chegada 11h35 Segunda a domingo (exceto sábado): saída 21h24 – chegada 22h Sábado – 14h30-15h15 *sujeito a alterações Informações e reservas: www.voetrip.com.br


POR UMA CIDADE CRIATIVA Alessandra Jorge – editorial@revistavalever.com.br

Caio Luiz de Carvalho, Presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), revela à Revista Vale Ver a aposta da capital paulista na promoção das economias criativas para o desenvolvimento sustentável da atividade turística. Mais do que conhecer um destino novo, cada vez mais os turistas querem vivenciá-lo. Desfrutar de experiências que o façam compartilhar do modo de vida, a cultura, a história, os costumes das pessoas que ajudam a construir a identidade de cada localidade. Para o presidente da São Paulo Turismo S/A (SPTuris), Caio Luiz de Carvalho, aprender a medir e a trabalhar o potencial das economias criativas é o grande desafio para o desenvolvimento do turismo na capital paulista ou em qualquer parte do mundo.

“Uma cidade criativa é aquela que une várias ferramentas e desenvolve uma política para o desenvolvimento urbano utilizando os setores criativos, como artes e artesanato, música, cinema, artes cênicas, moda, design e propaganda e, em um conceito mais amplo, o turismo. Estamos investindo e precisamos mostrar o quanto São Paulo já está adiantada nesta área, com sua diversidade, seu grande caldeirão cultural que faz surgir lugares como a Vila Madalena, a nova Augusta, o Mercadão, e eventos como a Virada Cultural, as Bienais, a Parada Gay e tantos outros”, disse o presidente.

Caio Pimenta / SPTuris

A ideia tem sido trabalhada pela pasta, que aposta na ferramenta para aumentar o número de turistas e tempo de permanência deles no destino. Em 2010 mais de 11,7 milhões turistas visitaram a capital, o que gerou ao setor de turismo faturamento de R$ 9,7 bilhões. A média de permanência de turistas estrangeiros em 2010 foi de 5,6 dias e de 3,6 dias entre os brasileiros.

53


Entrevista

Revista Vale Ver – São Paulo recebe mais de 90 mil eventos/ano, 11 milhões de visitantes, ocupa 12ª lugar em eventos internacionais. Qual é a receita da cidade para se tornar tão atrativa?

Caio Carvalho/SPTuris – O Observatório analisa o comportamento do turismo paulistano, destacando seus impactos e resultados mais significantes. Com isso, é possível conhecer os visitantes da cidade e trabalhar de maneira personalizada a necessidade de cada lo-

Caio Carvalho/SPTuris – Até pouco tempo atrás calidade, época e evento. a cidade era conhecida A SPTuris vem apenas como destino desenvolvendo projetos Revista Vale Ver – Nesde negócios. Agora, os ses três anos de criação em sinalização turística, quais foram os avanços turistas sabem que São programas de capacitação conquistados pelo ObPaulo tem muito mais a e qualificação, como o oferecer. São 160 teatros, servatório? 110 museus, 299 salas CapaCidade que atendeu Caio Carvalho/SPTuris – de cinema, 12,5 mil rescentenas de policias, O conhecimento do tutaurantes, 15 mil bares. agentes de viagem rismo paulistano não é Além disso, cada vez mais e taxistas. algo que se consegue de a capital paulista se desimediato. Por isso, nesses taca por suas economias últimos anos trabalhando com profissionacriativas. Isso atrai o turista que não quer lismo e criatividade foi possível desenhar somente viajar, e sim, ter experiências metraços cada vez mais claros sobre o mapa moráveis e aproveitar ao máximo o que o turístico da cidade. destino pode lhe oferecer.

Revista Vale Ver – São Paulo firmou acordo de promoção mútua com Nova York. Quais são as vantagens desta parceria? Esse modelo pode ser aplicado em outros destinos? Caio Carvalho/SPTuris – Essas parcerias são importantes não só pelo valor econômico que movimentam, mas pela troca de experiências com uma cidade que, assim como a capital paulista, usa as economias criativas para atrair turistas e gerar riquezas. Acordos como esse, seguidos de um bom estudo e de boas estratégias acarretam sempre em resultados positivos para qualquer destino. Revista Vale Ver – Qual é a importância do Observatório do Turismo para o desenvolvimento do setor?

54

de sinalização turística, por exemplo. Foram criados também programas de capacitação e qualificação, como o CapaCidade que atendeu centenas de policias, agentes de viagem e taxistas. Outro projeto interessante também feito com os taxistas foi o “Um Milhão de Amigos”, onde foram entregues talões de recibos, que continham no verso de cada folha, dicas de atrativos turísticos, culturais e de eventos da capital paulista. Além disso, o Governo e a Prefeitura vêm desenvolvendo diversas obras de mobilidade urbana. Revista Vale Ver – Quais são as suas expectativas para o Brasil e para São Paulo nos próximos anos? Como a cidade pretende equilibrar a demanda, pois hoje já temos superlotação em hotéis?

Caio Carvalho/SPTuris – Atualmente o grande gargalo de São Paulo são os aeroportos. Essa é uma questão urgente se Revista Vale Ver – Quais as expectativas e quisermos continuar atraindo turistas. Em como a cidade está se preparando para a relação aos hotéis, não há uma superlotação. São Paulo é a cidade com a maior Copa de 2014? oferta hoteleira da Caio Carvalho/SPTuris – A América do Sul. A taxa Copa é um dos eventos esmédia de ocupação Atualmente o grande portivos mais importantes dos hotéis foi de quagargalo de São Paulo do mundo. No Brasil são se 70%, um percentual são os aeroportos. Essa esperados cerca de 500 bem alto, mas ainda mil visitantes entre esé uma questão urgente há espaço pra receber trangeiros e nacionais. Os se quisermos continuar mais turistas. Além disinvestimentos necessários atraindo turistas. so, a previsão é que, até para atender essa deman2014, dez novos empreda ajudarão muito no deendimentos hoteleiros senvolvimento não só do turismo, mas de sejam criados em São Paulo. O segmento toda a cidade. de hostels (albergues) também está cresA SPTuris vem desenvolvendo diversos pro- cendo. Somente no ano passado, nove jetos desde de 2007, como a implantação novos hostels foram abertos em São Paulo.


Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisa em Inovação, Tecnologia e Competitividade Disseminando conhecimento com foco no desenvolvimento sustentåvel.

www.institutoibec.org.br



Vale Ver 17