Page 1

janeiro/fevereiro 2014


setúbal guia de eventos n.º 94 janeiro | fevereiro 2014

Ficha Técnica Propriedade Câmara Municipal de Setúbal Diretora Maria das Dores Meira, Presidente da CMS Edição DICI – Divisão de Comunicação e Imagem Coordenação Geral Sérgio Mateus

Foto do Leitor de João Fino

arrábida Património Mundial porque... …são muitas as tradições seculares que ainda se mantêm de pé, como os moinhos de velas içadas ao vento e as vinhas de uva moscatel. Em trinta minutos, o documentário “Arrábida Imaterial” desvenda memórias também demonstradas na fé que homens e mulheres depositam na Senhora do Cabo ou na da Atalaia, carregando o andor, em passo lento, no cortejo religioso. O vídeo, lançado pela Associação de Municípios da Região de Setúbal no âmbito da candidatura da Arrábida a Património Mundial, mostra a emoção dos mais velhos a recordar que é da farinha que se faz o pão, depois de os cereais passarem pela moagem do moinho ou que o queijo, agora fabricado todo o ano, dantes só se produzia nos meses de inverno. “Arrábida Imaterial” está disponível em arrabida.amrs.pt.

Coordenação de Redação João Monteiro Redação Hugo Martins, Marco Silva, Susana Manteigas Fotografia José Luís Costa, Mário Peneque Conselho Editorial Ana Bichinho, Carlos Anjos, João Monteiro, Marco Silva, Miguel Farropas, Paulo Anjos, Sérgio Mateus Projeto Gráfico António Cunha, Miguel Farropas, Raquel Lopes, Rita Pereira Paginação Miguel Farropas Impressão Daniel & Lino, Lda Redação DICI – Câmara Municipal de Setúbal, Paços do Concelho,

A informação a divulgar no Setúbal – Guia de Eventos, publicação de periodicidade bimestral, deve ser enviada até ao dia 9 do mês anterior ao primeiro da edição respetiva, por e-mail (guiaeventos@mun-setubal.pt). Essas informações e outras que não cheguem a tempo de ser publicadas podem ser divulgadas na página de internet www.mun-setubal.pt/guiaeventos caso venham acompanhadas de imagem. Reservamo-nos o direito de selecionar a informação a divulgar e a forma de o fazer e não nos responsabilizamos por alterações na programação. Os pedidos de receção por correio de publicações municipais devem ser feitos em www.mun-setubal.pt ou por contacto com a Divisão de Comunicação e Imagem pelo e-mail dici@mun-setubal.pt ou telefone 265 541 500.

Praça de Bocage, 2901-866 Setúbal Telefone 265 541 500 E-mail guiaeventos@mun-setubal.pt Tiragem 10 mil exemplares ISSN 1646-0464 Contracapa Rita Pereira


3

guiajan/fev

nota de abertura

Setúbal cosmopolita É uma sala cosmopolita com vista sobre a cidade. A Casa da Cultura, a funcionar há pouco mais de um ano, revolu­ cionou a oferta cultural de Setúbal, já se sabe, e há um pro­ jeto que contribui de forma decisiva para elevar a fasquia. O “Muito Cá de Casa”, uma das rubricas com progra­ mação regular deste equipamento cultural da Baixa da cidade, funciona como ponto de encontro de autores e leitores, onde se conversa sobre livros, sobre tudo. Esse projeto, materializado em sessões de participa­ ção livre, várias vezes por mês, na Sala José Afonso, é o tema principal desta edição do Guia de Eventos. Filho da terra, António Ferrão, conhecido no mundo da música por Toy, vai gravar um DVD com base em dois concertos que, a 7 e 8 de fevereiro, dá no Fórum Municipal Luísa Todi, a principal sala de espetáculos de Setúbal, rea­ berta também há pouco mais de um ano, após obras de modernização. Nela vão atuar, em janeiro, outras importantes vozes portuguesas da atualidade, Camané, José Cid e João Pe­ dro Pais, e o Coro do Teatro Nacional de São Carlos com a Orquestra Sinfónica Portuguesa. Outros temas em relevo nos dois primeiros meses do ano são a sexta edição do Concurso de Fado Amador de Setúbal e o início dos 12.os Jogos do Sado.


4

sumário

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

13 CAMANÉ Uma das principais vozes portuguesas da atualidade vai ouvir-se no Fórum Municipal Luísa Todi num concerto a realizar a 24 de janeiro, à noite. O melhor é mesmo correr à bilheteira assim que as entradas foram disponibilizadas, porque esta passagem de Camané por Setúbal vai seguramente atrair muito público.

11 CITIZEN KANE O cidadão Kane, magnata da comunicação, teve “O Mundo a Seus Pés”, mas, ao despedir-se da vida, a memória centrou-se, não em qualquer bem luxuoso da sua coleção de arte guardada na mansão Xanadu, mas no simples trenó que teve em criança, de nome Rosebud. O filme de Orson Wells é exibido numa sessão especial a 13 de janeiro no Fórum Luísa Todi.

44 PESSOA “Dou espaço a todas as paixões da vida” António Galrinho, 49 anos, professor, pintor, fotógrafo, escritor, conferencista e mestre de aikido, imagina que o dia tem 40 horas.

19 CONCUR

O Concu Setúbal v com o m hora, pro lançame da cançã o que va fado, abe na sede

28 BASTIDORES Vida feita de sonhos Um avô, dois palhaços e uma boneca do teatro Espelho Mágico dão “Um presente especial”, e, para isso acontecer, é preciso ensaiar bem.


30 JOSÉ RUY Mais de meio século de talento nas artes é mostrado na Casa da Cultura, numa exposição do desenhador português José Ruy, patente entre fevereiro e março. O autor da famosa banda desenhada “Peregrinação”, baseada nas crónicas de Fernão Mendes Pinto, está em Setúbal para mostrar a sua obra e discutir os processos de criação.

RSO DE FADO

urso de Fado Amador de vai para a sexta sessão, mesmo objetivo da primeira oporcionar uma rampa de ento para valores emergentes ão. Os concorrentes mostram alem em valentes noites de ertas ao público, em fevereiro, da Capricho Setubalense.

47 CIDADE Relíquia sumarenta A laranja já foi ouro em Setúbal, até ao início do século XX, mas pequenas e grandes quintas estão a contribuir para que o fulgor deste fruto volte.

jan/fev

sumário janeiro fevereiro

6 eventos 16 eventos

bastidores

28 espelho mágico

exposições agir infantil retrovisor projetor

30 mostras de artes 34 cursos e concursos 36 júnior e família 38 como foi 38 março e abril

ver compasso leituras fitas

40 andreas stöcklein 41 fernando marques 43 manuel augusto araújo 43 marta pinho alves

pessoa rotas cidade prazeres afazer

44 antónio galrinho 46 polos das bibliotecas 47 laranja 48 espaço bolo 49 atelier 2:pontos

intervir espaços

50 atividades fixas 53 contactos


6 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

janeiro A decorrer

MUITO CÁ DE CASA Obras de autor são apresenta­ das na primeira pessoa e em conversas informais com o pú­ blico. Com ponto de partida num livro, convidados e plateia falam das obras e de tudo o que ocorra na esfera desse tema. Casa da Cultura Sala José Afonso Gratuito Org.: CMS e DDLX

exposições pág. 30 | agir pág. 34 | infantil pág. 36


7

programa

No princípio era o livro No coração da Baixa de Setúbal a cultura senta-se confortavelmente à mesa para uma descontraída conversa. Na Casa da Cultura, desde a inaugura­ ção a 5 de outubro de 2012, decorre o projeto Muito Cá de Casa, onde a informalidade co­ loca autores conhecidos do grande público a trocar impressões, cara a cara, com todos aqueles que desejam um pouco mais do que manter estéreis monólogos com personali­ dades que opinam, por exemplo, na televisão. Cabe a Teófilo Duarte, mentor do pro­ jeto, a seleção dos convidados e, em pouco mais de um ano, já conversaram na Sala José Afonso pessoas como Mega Ferreira, Rui Vieira Nery e Teolinda Gersão. O objetivo é proporcionar uma atividade cosmopolita em Setúbal para se trocarem impressões com os autores de determinada obra literária. Tudo sem amarras temáticas. De resto, Henrique Jones, da equipa médica da seleção nacional de futebol, deve juntar-se em 2014 aos convidados do Muito Cá de Casa para

falar da nova obra de cariz científico que se prepara para lançar. A regra de ouro do projeto é essa. Um li­ vro dá o mote, depois fala-se do que for per­ tinente no momento. Exposições, concertos ou outras manifestações culturais podem até surgir para completar as tertúlias. Com uma média de quatro a cinco encon­ tros por mês, o Muito Cá de Casa, que resgata dos sofás domésticos entre 25 a 50 pessoas por sessão, por vezes demasiada gente para a acolhedora Sala José Afonso, deixa água na boca para o que 2014 reserva. Sérgio Godinho, que lançará um livro de crónicas, por aqui vai passar, tal como os escritores José Eduardo Agualusa, Rui Zink, Richard Zimler, Baptista-Bastos e Mário de Carvalho e o desenhador José Ruy. Na calha, o Muito Cá de Casa já tem o próprio livro de autor, numa colaboração com o fotógrafo António Correia, em que cada convidado está a ser gravado em imagem. Vem a caminho a publicação de um álbum de recordações.

03 JAN RUI ZINK S E X O escritor participa em mais um

0 8 F E V JOSÉ RUY S A B O autor de banda desenhada,

22h00

22h00

Gratuito

encontro do Muito Cá de Casa, que promete um discussão lite­ rária despida de qualquer tipo de preconceitos. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS | DDLX

Gratuito

como a famosa “Peregrinação”, de Fernão Mendes Pinto, vem a Setúbal para falar da sua obra artística. Casa da Cultura Galeria de Exposições Org.: CMS | DDLX


8 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

01 Q U A 18h00

03 S E X CONCERTO DE ANO NOVO Espetáculo alusivo aos con­ certos de Ano Novo de Viena de Áustria, com Inocêncio de Sousa, piano, e Eurico Cardoso, violino, que inclui uma dança de valsa da família Strauss. Club Setubalense Avenida Luísa Todi, 99

02 Q U I

21h30 Gratuito

22h00 7,5 € | geral 6€| estudantes e +65 anos M/12 anos + dias 4, 5, 10, 11, 12, 17, 18, 19, 24,

21h00 15 €

21h30 Gratuito

CANDIDE O Coro do Teatro Nacional de São Carlos e a Orquestra Sinfónica Portuguesa apresentam, numa gala de ano novo, uma versão de concerto semicénica da opereta de Leonard Bernstein, baseada no romance homónimo de Voltaire. Fórum Municipal Luísa Todi INFERNO Película do ciclo “O Filme Francês do Mês”, de Claude Chabrol, de 1994, sobre um hoteleiro recém-casado com uma bela mulher, levado à lou­ cura pelo ciúme doentio que desen­ volve, julgando que ela lhe é infiel. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Alliance Française

25, 26 e 31

PIAZZOLANDO Concerto do duo Vânia Morei­ ra, violoncelo, e Raquel Afon­ so, piano, integrado na inicia­ tiva Temporada Musical, do projeto “Espírito de Natal em Azeitão”. Capela de Oleiros Org.: Junta de Freguesia de Azeitão Apoio: CMS A ESTRELA DE SEIS PONTAS Depois da estreia no final de de­ zembro, o Teatro Animação de Setúbal continua com a mais recente produção, baseada no livro de Manuel Tiago (Álvaro Cunhal), que conta a história de um preso político que comunga anseios e lutas de outros reclu­ sos. Teatro de Bolso Informações: 265 532 402

04 S A B Adultos | 09h30 Crianças 3//5 anos| 11h00 Gratuito

14h00 Gratuito

IOGA Aula aberta no âmbito das Ma­ nhãs nos Ginásios, do proje­ to municipal “Ativo dos 0 aos 100”. Centro de Yoga de Setúbal Marcações: 265 551 072 | 967 253 819 POESIA Encontro de poetas popula­ res. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: Andrelina Amado


9

programa

21h30 Gratuito

22h00

TUNA Concerto pela Tuna Recreativa Penalvense, integrado na iniciati­ va Temporada Musical, do proje­ to “Espírito de Natal em Azeitão”. Igreja de S. Simão Org.: Junta de Freguesia de Azeitão Apoio: CMS A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

21h00 Gratuito

+ info dia 3

05 DOM 16h00

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

16h30 19h30 Gratuito

CORO E FILARMÓNICA Os espetáculos, da Temporada Mu­ sical, do projeto “Espírito de Natal em Azeitão”, começam com o Coral da Escola Secundária de Bocage, à tarde, seguido, ao princípio da noi­ te, por concerto da Banda Filarmó­ nica da Providência. Igreja de São Simão Org.: Junta de Freguesia de Azeitão Apoio: CMS

06 S E G 17h00

DIA DE REIS A Classic Art Piano Academy apre­ senta reportório de músicas natalí­ cias e, às17h45, dá-se início a mos­ tra e degustação do bolo Rei da Baía de Setúbal, confecionado pela Esco­ la de Hotelaria e Turismo de Setúbal. Casa da Baía Org.: CMS e EHTS

AS VINHAS DA IRA O ciclo Lauro António Master­ classes, iniciado em 2013, pros­ segue com a exibição de alguns dos filmes mais famosos dos anos de ouro de Hollywood, com contextualização a cargo do co­ nhecido crítico cinematográfico. “As Vinhas da Ira” é uma longametragem de 1940, realizada por John Ford e protagonizada por Henry Fonda, Jane Darwell e John Carradine. Fórum Municipal Luísa Todi

07 T E R 21h00 Gratuito

CONVERSAS SOBRE FOTOGRAFIA Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset

09 Q U I 21h30 Gratuito

ANIVERSÁRIO LUÍSA TODI Concerto comemorativo do 261.º aniversário do nascimento da can­ tora lírica setubalense, com direção de Gisela Sequeira e Miguel Sousa ao piano, no qual participam o Coral Luísa Todi, o Coral Infantil Luísa Todi e os alunos de canto do Conservató­ rio de Artes do Coral Luísa Todi Salão Nobre dos Paços do Concelho Org.: CMS e Coral Luísa Todi


10 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

09 QUI

15h00 // 19h00 Gratuito

21h30 1€

O APARTAMENTO Do ciclo Cinema Cá em Casa, dedi­ cado em janeiro ao realizador Billy Wilder, “O Apartamento”, de 1960, povoado de personagens amargas e cínicas, é uma denúncia ao cor­ porativismo empresarial americano. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

16h00 Gratuito

10 S E X 21h30 13 €

22h00

JOSÉ PERDIGÃO E SONS IBÉRICOS Espetáculo com a participação especial de José Cid. Fórum Municipal Luísa Todi A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

16h00 // 18h00 Gratuito

+ info dia 3

11 S A B 10h00 // 12h00 16h00 // 18h00 Gratuito

FITNESS Aulas de body pump, power jump e cycling, de manhã, e de danças latinas, body combat e zumba, de tarde, no âmbito das Manhãs nos Ginásios, do projeto municipal “Ativo dos 0 aos 100”. Ginásio Multigym Marcações: 265 591 727

21h30 4€

CAMPEONATO REGIONAL DE INVERNO – ABSOLUTOS Provas de atletismo destinadas a atletas federados da categoria de absolutos. Complexo Municipal de Atletismo Org.: Associação de Atletismo de Setúbal Apoio: CMS PINTURA DOS ÚLTIMOS CEM ANOS Primeira parte da palestra “Ten­ dências Figurativas na Pintura dos Últimos 100 Anos”, em que o professor e artista plástico António Galrinho aborda obras de pintores de grande relevân­ cia no panorama da pintura moderna ocidental que se man­ tiveram fiéis à representação figurativa, seguindo percursos pessoais, fora de movimentos organizados. Biblioteca Municipal Serviços Centrais AGOSTINHO DA SILVA Sessão do ciclo “Em torno de Agostinho da Silva na Casa Bo­ cage II”, com Miguel Real, que aborda o tema “Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e a Cultura Portuguesa”. Inclui lançamento do livro “Comentário à Mensagem de Fernando Pessoa”. Casa Bocage Org.: CMS e Associação Agostinho da Silva TASCA Atuação da TASCA – Tuna Académica de Setúbal Cidade Amada. Fórum Municipal Luísa Todi


11

programa

21h30

22h00

PERFORMANCE DE PATRÍCIA FILIPE Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

13 S E G 21h00 Gratuito

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

O MUNDO A SEUS PÉS A obra-prima de Orson Welles, de 1941, é exibida no ciclo Lauro António Masterclasses, em que o crítico de cinema apresenta em Setúbal uma seleção das princi­ pais obras cinematográficas dos anos de ouro de Hollywood. Fórum Municipal Luísa Todi

15 Q U A

22h00

BURLESCO SHOW Noite cheia de sensualidade e muito glamour com Anasta­ cia Zagadka, Mary Jane e Miss Mimi, num espetáculo de arte performativa que combina dan­ ça, teatro, sátira e música. Capricho Setubalense

21h30

12 DOM 09h00 // 13h00 Gratuito

16h30 Gratuito

16h00 + info dia 3

CAMPEONATO REGIONAL DE INVERNO – ABSOLUTOS Provas de atletismo. Complexo Municipal de Atletismo CORO GOSPEL DE AZEITÃO Concerto da Temporada Musical, do projeto “Espírito de Natal em Azeitão”. Igreja de São Simão A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

O MAR NA PINTURA DE JOÃO VAZ E NA POESIA DE SEBASTIÃO DA GAMA Palestra por António Galrinho e leitura de poemas por Rui Lino. Mediateca da Escola Superior de Tecnologia Informações: 265 790 263 Org.: ESTSetúbal/IPS

16 Q U I 21h30 1€

IRMA LA DOUCE Billy Wilder volta a mais uma sessão do ciclo Cinema Cá em Casa, com uma comédia romântica rechea­ da de tropelias encantadoras, com Jack Lemmon e Shirley MacLaine. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS


12 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

17 S E X 21h30 Gratuito

22h00

COMPANHIA BENGALA Espetáculo do ciclo Raízes e Criação na Música Popular Por­ tuguesa. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Associação José Afonso A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

16h00 Gratuito

16h30 Gratuito

+ info dia 3

18 S A B

18h00 Gratuito

09h00 Gratuito

15h00 Gratuito

MANHÃ NO GINÁSIO Exercícios de fitness e treino de força, das 09h00 às 14h00, pilates às 09h15, ballet para crianças, às 09h15 e às 10h00, hidroginástica, às 10h30, e zumba, às 11h00. Atividades das Manhãs nos Ginásios, do projeto municipal “Ativo dos 0 aos 100”. Complexo Desportivo du Bocage – LATI Marcações: 265 729 630 SESSÃO DE POESIA Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Uniseti

22h00

FADO E POESIA Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: Promotores de Eventos Culturais Apoio: CMS OBRA POÉTICA A poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen dá o mote a uma reunião aberta do Grupo de Leitura. Biblioteca Municipal Polo Sebastião da Gama Org.: CMS MULHERES A TRÊS TEMPOS Sessão de lançamento do livro de Susana Manteigas. Casa d’Avenida Avenida Luísa Todi, 286 Org.: Chiado Editora e Casa d’Avenida

MU NO MICHI Peça com Manuel Galrinho, Manuel Simões, Maria do Carmo Bastos, Nicole Branco e Mónica Trindade, inspirada numa questão do Budis­ mo Zen, o Koan Mu. “Mu no Michi” é caminho, guerra, dança, ritual, re­ colhimento, silêncio e quietude, num espetáculo em que são realçados os movimentos corporais do aikido. Capricho Setubalense Org.: Deaidance Project


13

programa

22h00

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

24 S E X

+ info dia 3

19 DOM 16h00

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

20 S E G 21h00 Gratuito

RELÍQUIA MACABRA O ciclo Lauro António Master­ classes apresenta o filme de John Huston, de 1941, sessão com introdução a cargo do crí­ tico cinematográfico. Fórum Municipal Luísa Todi

23 Q U I

21h30 14 €

21h30 1€

QUANTO MAIS QUENTE MELHOR Tony Curtis, Jack Lemmon e Marilyn Monroe são o trio de atores deste filme de Billy Wilder, nomea­do para sete Óscares, in­ cluindo melhor realizador e me­ lhor ator. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

21h30 Gratuito

22h00 + info dia 3

CAMANÉ Espera-se um grande con­ certo em Setúbal de uma das mais conceituadas vozes por­ tuguesas da atualidade. Espe­ táculo da digressão ao vivo “O Melhor”. Fórum Municipal Luísa Todi POÉTICA DA PALAVRA E PALAVRA DA POÉTICA Serão literário com Sara Loureiro e António Marrachi­ nho. Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal Org.: SYNAPSIS e MAEDS A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso


14 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

24 SEX 22h00 3€

GOBI BEAR E VAIAPRAIA Cantautor de voz doce e ambiências eletrónicas, Gobi Bear, ou Diogo Pinto, é um dos bons projetos nacionais que ainda passam um pouco despercebi­ dos. Vaiapraia é o alter-ego de Rodrigo Soromenho Marques, que apresenta o seu registo de estreia. Espetáculo do projeto “Emergências”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Experimentáculo

Gratuito

15h00 Gratuito

15h00 Gratuito

Gratuito

17h30 Gratuito

21h30

25 S A B 08h00 // 19h00

16h00

FITNESS Atividades para adultos e crianças ao longo do dia, como hidroterapia, natação para bebé e adultos, zum­ ba fitness, dança do ventre, car­ diofitness e musculação. Iniciativa das Manhãs nos Ginásios, do pro­ jeto municipal “Ativo do 0 aos 100”. Ginásio Aquasport Marcações: 265 520 003 O TEU ROSTO SERÁ O ÚLTIMO O Grupo de Leitura discute o li­ vro de João Ricardo Pedro. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: CMS CONFERÊNCIA “António José Saraiva epistológrafo: cartas políticas, literárias e de amor”, pelo escritor Ernesto Rodrigues. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Centro de Estudos Bocageanos

22h00

AS PARTES E O TODO Exibição do filme realizado por Levi Martins, seguida de debate. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: CMS ANDANÇAS PARA A LIBERDADE Divulgação do segundo volume do livro de Camilo Mortágua. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Associação José Afonso LUGAR AO FADO Concerto com Deolinda de Jesus. Casa da Cultura Café das Artes Org.: CMS

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

26 DOM 11h00 16h00

AUDIÇÃO Audição dos alunos da Escola de Música da Capricho, nas classes de Sensibilização e Educação Mu­ sical, de manhã, e nas classes de Sopros, Percussão e Cordas + Or­ questra, à tarde. Capricho Setubalense


15

programa

16h00

A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

31 S E X 21h30 7 € | geral 5€| estudantes, -25, +65, grupos e profissionais

16h00 3€

HOMENAGEM A FERNANDO GUERREIRO Espetáculo multidisciplinar. In­ clui diversos depoimentos. Fórum Municipal Luísa Todi Org.: CMS

+ 1, 2 e 3 FEV

SOPINHAS DE MEL Peça do Teatro Estúdio Fonte­ nova, de Teresa Rita Lopes, com encenação de José Maria Dias e interpretação de Isa Patronilho e Ivo Patronilho. Espetáculo de 45 minutos para maiores de 12 anos. Reservas: 967 330 188 www.teatrofontenova.blogspot.com

27 S E G 21h00 Gratuito

CASABLANCA Um dos romances mais famosos de todos os tempos a passar nas telas de cinema, realizado por Michael Curtiz, em 1942, com a dupla Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, é recuperado pelo ciclo Lauro António Masterclasses. Fórum Municipal Luísa Todi

21h30 14 €

28 T E R 21h00

DO ESGOTO À ÁGUA TRATADA Palestra com Lisete Epifânio e Ana Mata sobre infraestruturas de reco­ lha e transporte de águas residuais e processos de tratamento para des­ carga em condições ambientalmen­ te adequadas e possível reutilização. Casa da Baía Informações: 265 790 263 Org.: ESTSetúbal/IPS

22h00

LUÍSA TODI HOMENAGEIA ANTÓNIO CHAINHO Homenagem pelos 50 anos de carreira de um dos principais intérpretes da história contem­ porânea da guitarra portuguesa, com Rão Kyao, Celina da Pie­ dade, Marta Dias, Inês Pereira e Ana Vieira. Fórum Municipal Luísa Todi A ESTRELA DE SEIS PONTAS Teatro de Bolso

+ info dia 3

22h00

TRIO ALCATIFA Concerto do ciclo Música do Mundo. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS


16 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

fevereiro F

E

V UM AMOR ESPECIAL

07 // 08

21h30 16 € | plateia 13 € | balcão

Dois concertos fazem a retros­ petiva da (longa) carreira de Toy. Vários artistas conhecidos do público participam nos espe­ táculos, complementados por imagens da vida do cantor setu­ balense. Os concertos são grava­ dos para posterior lançamento de um DVD. Fórum Municipal Luísa Todi

exposições pág. 30 | agir pág. 34 | infantil pág. 36


17

programa

Ouçam o António “Estupidamente Apaixonado” e “Chama o An­ tónio” são apenas alguns dos muitos êxitos que se vão ouvir em dois concertos especiais de Toy, programados para os dias 7 e 8 de fevereiro no Fórum Municipal Luísa Todi. Apesar de ser avesso a assinalar marcos específicos no mundo profissional, Toy faz uma retrospetiva da carreira porque, refere ao “Setúbal – Guia de Eventos”, sente “que chegou o momento de gravar um espetáculo ao vivo”. Assim, os concertos de agora vão ser a matéria-prima para um DVD gravado ao vivo que o músico pretende lançar por volta do mês de maio. Com apresentação do comunicador An­ tónio Sala, os espetáculos contam com a participação de muitos artistas bem conhe­ cidos do público e são complementados com a exibição de fotografias recentes e antigas de Toy, algumas delas a recuperar inclusiva­ mente momentos da década de 60. O cantor setubalense foi seduzido pela música logo aos 5 anos e tinha apenas 11 quando agarrou em definitivo uma carreira na área musical. Como artista, tem o portfólio repleto de músicas originais, com boa parte delas a ga­ rantir êxitos consideráveis. Adepto da música romântica e em por­ tuguês, interpreta também com frequência temas célebres de cantores de origem fran­ cesa, inglesa e italiana. Porque considera que “a comemoração de uma determinada data é quando o homem quiser”, o sadino António Ferrão viu Setúbal como a única “escolha natural” para recordar os melhores instantes da carreira e eternizar esse momento com uma gravação ao vivo. Caso para dizer, “vocês é que queriam festa”.

Ao vivo e a cores Com apenas 5 anos Toy já tocava bateria e aos 11 subia ao palco para cantar perante público. António Manuel Neves Ferrão che­ gou a ser emigrante na Alemanha à conquis­ ta de amor, mas regressou a Portugal para abraçar de vez a carreira musical. Natural de Setúbal, onde nasceu a 10 de fevereiro de 1963, na Rua de S. Sebastião, editou 28 trabalhos desde 1984. Em 2014 lança o pri­ meiro DVD com gravação ao vivo, com base nos concertos de 7 e 8 de fevereiro no Fórum Municipal Luísa Todi.


18 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Desporto para todos O Sado é denominador comum nas cerca de trinta atividades para todos os que gostam de praticar desporto ou simplesmente man­ ter a forma física e para os que apreciam assistir a provas de diferentes modalida­ des em que participam atletas nacionais e estrangeiros. É no início de fevereiro, no dia 2, que abre mais uma edição, a 12.ª, dos Jogos do Sado. Ao longo de nove meses, atividades náuticas – entre provas de natação de alta competi­ ção e de embarcações à vela – animam o rio Sado, que vai espelhar o espírito de coopera­ ção entre o movimento associativo, as esco­ las do concelho e a população, que também é convidada a participar nalguns eventos. Nem só na água se desenrola esta ini­ ciativa que calendariza um conjunto de ati­ vidades bem mais abrangentes, como pati­ nagem, jogos de praia, atletismo e BTT, para atletas e não atletas. O grande destaque deste ano vai para o regresso de uma prova internacional de na­ tação em águas abertas, a Setúbal Bay 10 Km World Cup, que marca a qualidade dos Jogos do Sado, organizados pela Câmara Municipal de Setúbal, com o apoio da Águas do Sado. Os Jogos do Sado, com a primeira edi­ ção em 2003, com apenas 22 modalidades desportivas, tem vindo a crescer quer na oferta de atividades quer na adesão de par­ ticipantes. Na última edição, em 2013, foram registados 5855 participantes, um número que a organização quer aumentar. Os 12.os Jogos do Sado arrancam no dia 2, às 17h00, em local a designar, com a tradi­ cional cerimónia de abertura, que junta mui­ tos dos cerca de vinte parceiros associativos desta edição, para promover uma entrada em grande, com desfiles, exibições, música e animação.

F E V //OUT

12.os JOGOS DO SADO Cerca de trinta atividades de várias modalidades desporti­ vas, para atletas de competição e para participantes de todas idades, vão praticar-se em terra e no mar ao longo de nove me­ ses. Este ano, a Setubal Bay 10 Km World Cup regressa ao Sado com os melhores atletas de na­ tação mundiais e nacionais da especialidade. Org.: CMS e Águas do Sado Parceria: movimento associativo


19

programa

Amor à canção Três noites de fado prometem trazer a Setúbal, de todos os pontos do País, cantores deste género da música portuguesa para participar num certame de lançamento de novos valores. O VI Concurso de Fado Amador, mais do que uma competição, com inscrições entre os dias 2 e 17 de janeiro, é um evento que proporciona se­ rões ao som da guitarra portuguesa e do canto da saudade. Em cada uma das duas semifinais, nos dias 8 e 15 de fevereiro, são apurados três concorrentes para a final, com seis participantes, a realizar no dia 22, numa gala que inclui jantar. O vencedor tem um prémio monetário de 500 euros e atuação garantida na edição deste ano da Feira de Sant’Iago. O segundo e terceiro classifi­ cados recebem 250 e 125 euros, respetivamente. O público tem voto na matéria e elege o seu favorito, que, além de um prémio de 125 euros, atua no palco da próxima Feira de Sant’Iago. O concurso, uma parceria da Câmara Mu­ nicipal de Setúbal e da Sociedade Musical Capri­ cho Setubalense, conta com o apoio da Funda­ ção Buehler-Brockhaus, que oferece os prémios monetários.

Frito mas não só Nem só de choco frito se faz um festival que durante 15 dias promete levar à mesa dos restaurantes da Setúbal, entre 22 de feverei­ ro e 9 de março, uma panóplia de pratos para todos os palatos. O Festival do Choco, com meia centena de estabelecimentos de restauração envolvi­ dos, procura divulgar, tal como acontece com o bacalhau, as mil e uma maneiras de confe­ cionar o cefalópode. Seja guisado, frito, assado ou cozido, o receituário do choco reinventa-se quer na sua forma mais tradicional, quer na inovação da cozinha gourmet. Com requinte ou com uma apresentação mais simples, cada restaurante contribui para divulgar a gastronomia típica, num festival que contribui para a dinamiza­ ção turística e económica da região. O certame inclui ainda uma mostra e de­ gustação de receitas tradicionais e gourmet a realizar na Casa da Baía.

2 2 F E V FESTIVAL DO CHOCO 08 SAB 15 SAB 22 SAB

VI CONCURSO DE FADO AMADOR DE SETÚBAL Dos seis finalistas, apurados nas noites de 8 e 15, às 21h30, só um sai vencedor na gala do dia 22, às 20h00, que inclui jantar, mediante inscrição. Capricho Setubalense Informações: 265 545 180

//09MAR

Quinzena gastronómica dedi­ cada ao choco, em articulação com meia centena de restauran­ tes do concelho. A Casa da Baía acolhe uma mostra e degusta­ ção de choco nas versões con­ vencionais e gourmet. Restaurantes e Casa da Baía Org.: CMS


20 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

01 S A B 09h00 // 13h00 Gratuito

20h00

FITNESS Cardiofitness, treino de força e bum bum Brasil nas Manhãs nos Ginásios, do projeto munici­ pal “Ativo dos 0 aos 100”. Ginásio Setgym Marcações: 265 553 604 | 265 591 727

21h30 Gratuito

CAPRICHO BIG BAND Estreia de formação musical que conta com duas dezenas de músicos e cantores, num jantar de angariação de fun­ dos para a Escola de Músi­ ca da Capricho Setubalense, apoiado pela Interact Clube de Setúbal. Capricho Setubalense

21h30

21h30 7 € | geral

21h30 12 €

GALA LUÍSA TODI – JOVENS CLÁSSICOS Solistas laureados acompanha­ nhados pela Orquestra Metropo­ litana de Lisboa. Fórum Municipal Luísa Todi

5€| estudantes, -25, +65, grupos e profissionais + dias 2 e 3

VOZ, HARPA E FLAUTA A Temporada Musical, iniciativa do projeto “Espírito de Natal em Azeitão”, chega ao fim com o espetáculo pela mezzo-soprano Angela Diel, acompanhada por Eva-Marie Nilsson e Leandro Cardona. Igreja de São Simão Org.: Junta de Freguesia de Azeitão Apoio: CMS

HISTÓRIAS DO JAZZ Palestra/audição, comentada por Carlos Rocha sobre a vida e obra de um dos maiores pianistas de jazz de sempre, Keith Jarrett. Club Setubalense SOPINHAS DE MEL O Teatro Estúdio Fontenova apre­ senta uma peça que é uma “sopa” oferecida por um colo de feminili­ dade, com autoria de Teresa Rita Lopes, encenação de José Maria Dias e interpretação de Isa Patro­ nilho e Ivo Patronilho. Reservas: 967 330 188 www.teatrofontenova.blogspot.com


21

programa

04 T E R 21h00

22h00 7,5 € | geral 6€| estudantes e +65 anos M/12 anos + dias 2, 7, 8,

BARTOON II Peça do Teatro Animação de Setúbal, a partir das tiras de Luís Afonso, com direção de Carlos Curto e interpretações de Miguel Assis, Duarte Victor, José Nobre e Sónia Martins. Teatro de Bolso

CONVERSAS SOBRE FOTOGRAFIA Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset

06 Q U I 21h30 Gratuito

OS PEQUENOS RIACHOS De Pascal Rabate, “Les petits ruisseaux” é “O Filme Francês do Mês”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Alliance Française

9, 14, 15, 16, 21, 22 e 23

07 S E X

02 DOM 16h00

BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

22h00 + info dia 1

08 S A B

03 S E G

09h00 // 13h00 Gratuito

21h00 Gratuito

BARTOON II Teatro de Bolso

SESSÃO DUPLA O ciclo Lauro António Masterclasses apresenta, em sessão dupla, “A Pan­ tera”, de Jacques Tourneur, de 1942, e “Laura”, de Otto Perminger, de 1944. Fórum Municipal Luísa Todi

16h00 Gratuito

FITNESS Karaté para crianças, spining, lo­ calizada e zumba são propostas de mais uma iniciativa das Ma­ nhãs nos Ginásios, do projeto municipal “Ativo dos 0 aos 100”. Ginásio Proaventuras Marcações: 265 525 950 PINTURA DOS ÚLTIMOS CEM ANOS Segunda parte do encontro “Ten­ dências Figurativas na Pintura dos Últimos 100 Anos”, por An­ tónio Galrinho. Biblioteca Municipal Serviços Centrais


22 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

08 SAB

12 Q U A 21h30

UM OLHAR SOBRE A POESIA DE JOSÉ AFONSO Palestra por António Galrinho e Rui Lino. Mediateca da Escola Superior de Tecnologia

13 Q U I 21h30 1€

22h00

22h00

JIBÓIA Concerto de Jibóia, alter-ego de Óscar Silva. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

ALICE JÁ NÃO MORA AQUI Exibição do filme de Martin Scor­ sese, no âmbito do ciclo “Cinema Cá em Casa”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

14 S E X

BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

09 DOM 16h00

BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

10h00 11h00 15h00

10 S E G 21h00 Gratuito

TER OU NÃO TER Lauro António apresenta nas masterclasses que está a rea­ lizar em Setúbal a obra de Ho­ ward Hawks, de 1944. Fórum Municipal Luísa Todi

Gratuito

DIA DOS NAMORADOS Sessões do escritor Alexandre Hon­ rado, a propósito do livro “O Amor Contado ao Jovens… e aos Outros”, com alunos do 2.º ciclo, de manhã, e conversa informal de Maria Ga­ briela Sousa Silva, baseada na obra “Ler e Amar na Adolescência”, com estudantes do secundário, à tarde. Biblioteca Municipal Serviços Centrais


23

programa

16h00 // 18h00 Gratuito

21h30 13 €

22h00

JOÃO PEDRO PAIS Concerto que se quer romântico para comemorar o Dia dos Na­ morados. Fórum Municipal Luísa Todi

16h30

BARTOON II Teatro de Bolso

AGOSTINHO DA SILVA António Cândido Franco abor­ da “Alguns materiais para uma biografia de Agostinho da Silva”. Sessão do “Em torno de Agosti­ nho da Silva na Casa Bocage II”. Casa Bocage Org.: CMS e Associação Agosti­ nho da Silva PORTUGAL ELÉTRICO Apresentação do livro “Portugal Elétrico – Contracultura Rock em Portugal 1955-1982”, resultado de uma década de pesquisa dos investigadores da área da músi­ ca Edgar Raposo e Luís Futre. Casa da Cultura Org.: CMS e Experimentáculo

+ info dia 1

15 S A B 10h00 // 12h00 Gratuito

15h00

16h00 Gratuito

FITNESS Body combat, body pump e hi­ droginástica na iniciativa Ma­ nhãs nos Ginásios, do projeto municipal “Ativo dos 0 aos 100”. ACM Bela Vista Marcações: 265 739 540 SESSÃO DE POESIA Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Uniseti FADO E POESIA Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: Promotores de Eventos Culturais Apoio: CMS

16h30 Gratuito

17h00

MÁRIO DE SÁ-CARNEIRO Reunião aberta do grupo de lei­ tura em torno do livro “Prosa”, de Mário de Sá-Carneiro. Biblioteca Municipal Polo Sebastião da Gama Org.: CMS JOSÉ JORGE LETRIA Divulgação dos livros “E tudo era possível” e “Um menino chama­ do Zeca”. Casa da Cultura Org.: Associação José Afonso


24 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

15 SAB

22h00

BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

16 DOM 16h00

BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

16h30 18h00 5€

22h00

HISTÓRIA DA MÚSICA AO PIANO Concerto comentado, com João Lucena e Vale ao piano, alternan­ do os momentos musicais de célebres peças com palavras ex­ plicativas sobra as obras interpre­ tadas e a importância na história da música e na evolução do ins­ trumento ao longo dos séculos. Club Setubalense

4 SIXTIES A música dos anos 60 regressa com José Augusto e Vitor, ex-Snobs, e Telmo e Rogério, ex-Sadino’s Com­ bo, agora 4 Sixties. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Experimentáculo

18h00

MEIO METRO DE PEDRA Exibição de documentário de Eduardo Morais. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Experimentáculo MUSICANDO Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Experimentáculo

17 S E G

21h00 Gratuito

ALMAS PERVERSAS Filme de 1945 de Fritz Lang apresentado no ciclo Lauro An­ tónio Masterclasses, que inclui apontamentos pelo crítico de cinema. Fórum Municipal Luísa Todi


25

programa

20 QUI 21h30 1€

O REI DA COMÉDIA Exibição de filme de Martin Scor­ sese, com Robert de Niro e Jerry Lewis. Sessão do “Cinema Cá em Casa”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

22h00

22h00

OUTRA MARGEM Espetáculo do ciclo “Raízes e Cria­ ção na Música Popular Portuguesa”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Associação José Afonso BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

22 S A B 08h00 // 13h00 Gratuito

21h30

TECNOLOGIA AERONÁUTICA EM SETÚBAL Palestra com Nuno Nunes, da EST/IPS, e Armando Gomes, da empresa Lauak, entre outros. Casa da Baía Informações: 265 790 263 Org.: ESTSetúbal/IPS

EXERCÍCIO FÍSICO Cardiofitness, treino de força, power e body jump, das Manhãs nos Ginásios. Ginásio Movisport Marcações: 935 577 070

21 S E X

09h00 // 13h00

21h30 4€

PEQUENA COMPANHIA Atuação da Pequena Compa­ nhia da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal. Fórum Municipal Luísa Todi

3.º TORNEIO DE BOCCIA – CARNAVAL Iniciativa da Associação de Pa­ ralisia Cerebral de Almada Seixal, com inscrição aberta às escolas e unidades de multideficiência. Pavilhão Municipal das Manteigadas Org.: Desporto Escolar – Coordenação Educativa Península de Setúbal Apoio: CMS


26 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

22 SAB 15h00 Gratuito

A INVESTIGAÇÃO Reunião aberta do Grupo de Leitu­ ra sobre o livro de Philippe Claudel. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: CMS 21h30 12 €

16h00

16h00 Gratuito

ARRÁBIDA Encontro motivado pela candi­ datura da Arrábida a Patrimó­ nio da Humanidade, com os conferencistas António Carlos Carvalho, Lina Soares, João Reis Ribeiro e Pedro Martins. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: Centro de Estudos Bocageanos TARDE INTERCULTURAL A sessão inclui a apresentação do livro “3.º andar jardim sus­ penso”, de Filipe Jorge Chinita. Museu do Trabalho Michel Giacometti Org.: CMS

22h00 3€

22h00

FRANCISCO MENEZES Risos e boa disposição garanti­ dos com o comediante Francisco Menezes. Fórum Municipal Luísa Todi Org.: UAU

MANIPULADOR O ciclo “Emergências” apresenta projeto musical a solo de Ma­ nuel Molarinho. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS e Experimentáculo BARTOON II Teatro de Bolso

+ info dia 1

23 DOM 16h00 + info dia 1

BARTOON II Teatro de Bolso


27

programa

24 S E G

27 QUI 21h30 1€

21h00 Gratuito

DO CÉU CAIU UMA ESTRELA Apresentação do filme de Frank Capra, de 1946, no ci­ clo Lauro António Master­ classes. Fórum Municipal Luísa Todi

NOVA IORQUE FORA DE HORAS Exibição da comédia negra alu­ cinante de Martin Scorsese, de 1985, que lhe valeu os prémios de Melhor Realizador nos Inde­ pendent Spirit Awards e no Fes­ tival de Cannes. Sessão do ciclo “Cinema Cá em Casa”. Casa da Cultura Sala José Afonso Org.: CMS

28 S E X

2 6 Q UA

10h00

BAILE E CONCURSO DE MÁSCARAS Atividade de utentes do projeto municipal “Desportivamente em (Re)Forma”. Pavilhão Antoine Velge

22h00

22h00 + info dia 1

DUO CONTRACELLO Concerto do Ciclo de Música Erudita. Casa da Cultura Sala José Afonso BARTOON II Teatro de Bolso


Um avô, dois palhaços e uma boneca de trapos ensaiam as deixas de “Um presente especial”. Sem cenário, nem figurinos a peça flui, com poucos enganos e muitos sorrisos

S

e o mundo fosse perfeito, “Um presente espe­ cial” deixaria de ser uma peça de teatro e pas­ saria a ser uma feliz realidade, onde no dia-a-dia não caberia avareza nem crueldade. Embora não passe de uma utopia, esse mundo existe apenas por pouco mais de 45 mi­ nutos num palco que se enche de amizade, ge­ nerosidade e amor. Por trás do pano que cobre o “Espelho Mágico” estão Céu Campos, Jéssica Ricardo, Bruno Frazão e Luís Candeias num en­ saio que irá encher de sonhos salas de espetácu­ lo por todo o País. Levam com eles “Um presente especial” para entregar a todas as crianças, e aos mais crescidos também, um mundo de fantasia

e de ternura, entre brinquedos, palhaços e bone­ cas de porcelana e de trapos. Há um ano que o GATEM – Grupo de Ani­ mação e Teatro Espelho Mágico não apresen­ tava esta peça, adaptada também à quadra na­ talícia. As falas ainda estão frescas na memória, mas os tempos têm mais contratempos no en­ saio, a poucos dias de “Um presente especial” chegar a Trás-os-Montes. Despidos de cenografia e figurinos, os ato­ res posicionam-se antes de Bruno Frazão – o avozinho desta história, que pretende fazer uma grande surpresa à neta Ritinha – dar sinal ao assistente técnico Ricardo Pita, para o chama­ do “tapete de entrada”. Supostamente, a sala deveria estar a meia-luz quando se ouve uma voz de criança a dizer que “a vida é feita de sonhos”, mas é apenas um ensaio na sala polivalente do Centro Social Nossa Se­ nhora da Paz, da Cáritas Diocesana, na Bela Vis­ ta. Somente Jéssica trouxe com ela o palhaço que interpreta, o Teco, que anda muito infeliz por ter perdido o Tico.


29

bastidores

Saudoso está o avô Diogo dos brinquedos da sua infância, como o pião, os berlindes e o papagaio de papel, embora imaginasse brincar com os que via na montra de uma loja. “Cada brinquedo guardava um segredo”, recorda, na voz de Bruno Frazão. Enquanto o avô cai no sono, a boneca de trapos Serafina, Céu Campos, e o palhaço Xexé, Luís Candeias, acordam do mundo dos brinquedos, e aqui começa a magia, entre poe­ mas de Alexandrina Pereira e música de Tó Carlos. Um presente para a família É por acreditar na magia que o teatro pode levar às famílias que Céu Campos, há cerca de trinta anos, vem inventando e reinventando estórias, musicando-as muitas vezes. Graças à grande família que é o Grupo de Animação e Teatro Espelho Mágico, Céu Cam­ pos continua, aos 50 anos, a vestir-se de bone­ ca, exteriorizando a menina que ainda é. Uma

jovialidade que contagiou as duas filhas, Jéssi­ ca e Tânia, também atrizes. Os projetos para este ano são muitos. Um ainda mais especial, a acontecer em maio. É uma grande produção de Fernando Guerreiro, o ator e amigo que os setubalenses perderam no ano passado, que faz parte do espólio herdado por Céu Campos. No jogo da vida, em que se perde mas tam­ bém se ganha, a última produção do Espelho Mágico, “O Galinho Vaidoso”, ganhou o prémio para melhor figurino na II Mostra de Teatro Amador de Leganés, em Madrid. De Espanha, a companhia trouxe ainda duas nomeações, uma para melhor espetáculo e outra para melhor atriz secundária, Céu Campos, aliás também responsável pelo figurino. É caso para dizer que Setúbal está também vaidosa e orgulhosa.

Veja a reportagem em vídeo www.mun-setubal.pt/pt/galeria-video ou diretamente neste código QR


30 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

O artista e os quadradinhos As crónicas narradas por Fernão Mendes Pinto, no século XVI, foram contadas por José Ruy, no fim da primeira metade do sé­ culo passado, de uma forma audaz. José Ruy fez da “Peregrinação” um ícone da ban­ da desenhada portuguesa, que começou por ser publicada, nos anos 50, prancha a pran­ cha, a preto e branco, na revista Cavaleiro Andante, e, depois, a cores, em livro. Agora, vai estar exposta em Setúbal.

A decorrer

TESOUROS DO MUSEU DE SETÚBAL/CONVENTO DE JESUS Diversidade do acervo do Mu­ seu de Setúbal, incluindo peças arqueológicas e obras de arte sacra e arte contemporânea. Galeria Municipal do Banco de Portugal Ter a sex, das 11h00 às 14h00 e das 15h00 às 18h00 Sab, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Dom, das 14h00 às 18h00 Org.: CMS

AT É 0 8 OUTRO LADO J A N Exposição de pintura e escultura de Vítor Lages e Luís Fernandes. Casa da Cultura Galeria de Exposições Org.: Artiset

08 FEV // JOSÉ RUY 11 MAR Autor da banda desenhada “Pere­

grinação”, baseada nas crónicas de Fernão Mendes Pinto, José Ruy é uma das referências da história da BD em Portugal. Inauguração às 17h30. Casa da Cultura Galeria de Exposições Ter a qui, das 10h00 às 24h00 Sex e sab, das 10h00 à 01h00 Dom, das 10h00 às 20h00 Org.: CMS e DDLX

AT É 0 9 A ARTE E A FÉ J A N Pintura e fotografia de JMaria Sabino e José Rasquinho. Casa da Cultura Espaço das Artes Ter a qui, das 10h00 às 24h00 Sex e sab, das 10h00 à 01h00 Dom, das 10h00 às 20h00 Org.: Artiset


31

exposições programa

AT É 2 8 CENTENÁRIO DO GRUPO MUSIJ A N CAL E DESPORTIVO UNIÃO E PROGRESSO DE VENDAS DE AZEITÃO Exposição sobre história local. Museu Sebastião da Gama Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00

A T É 2 2 NÓS TRABALHAMOS F E V COM AS MÁQUINAS

Exposição fotográfica de José A. Carvalho sobre a oficina pedagógi­ ca e ocupacional APPACDM-CAO1 de Setúbal, localizada na Rua Vale de Cerejeiras, 26. Possibilidade de visitas guiadas à oficina-museu, que inclui a animação “O Bomboca quer trabalhar” e a coreografia “Nós Dançamos com as Máquinas”. Museu do Trabalho Michel Giacometti Ter a sex, das 09h30 às 18h00 Sab e dom, das 14h00 às 18h00 Marcações: 265 235 646

A T É 2 2 ALFREDO LE MATTRE F E V DE CARVALHO AT É 3 0 CIMENTAR J A N Esculturas de Alberto Kissola, cujo

processo de criação se desenvol­ ve no preenchimento do vazio. “Cimentar” representa a consci­ ência de pequenas partículas, a corporalidade da matéria e a sua configuração e revela a essência e a imortalidade da obra. Casa da Cultura Espaços comuns Ter a qui, das 10h00 às 24h00 Sex e sab, das 10h00 à 01h00 Dom, das 10h00 às 20h00

A T É 0 1 COM OS MELHORES F E V CUMPRIMENTOS, JAIME LEBRE

Exposição de desenho, a grafite e lápis de cor sobre papel, de Jaime Lebre. Casa Bocage Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 14h00 às 18h00

Exposição de homenagem ao pintor setubalense, com obras do próprio e trabalhos de Acácio Malhador, Eduardo Carqueijeiro, Helena Mendonça, Joaquim Gon­ çalves, José Cascada, Luciano Costa, Manuel Branco e Nuno Da­ vid. Inclui o atelier “Uma Viagem pela Paisagem”, para todas as idades e grupos escolares, me­ diante marcação prévia. Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal Org.: LASA e MAEDS

J A N IMPRESSÃO DIGITAL 0 6 / / 2 4 Ilustrações e desenho a grafite e ou­

tros feitos de raiz em computador, da autoria de Verónica Louro. Mediateca da Escola Superior de Tecnologia Seg, qua e sex, das 09h00 às 18h00 Ter e qui, das 09h00 às 20h30 Org.: ESTSetúbal/IPS


32 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

18 JAN// COLETIVA DE ARTES VISUAIS 12 FEV Pintura, desenho, instalação, foto­

J A N WORLD – BLACK AND WHITE 1 1 / / 3 0 Fotografia, pintura, máquinas foto­

gráficas vintage e lançamento do livro, numa coletiva da United Photo Press. Inauguração às 16h00. Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset

11 JAN// PERCURSOS 04 FEV Imagens da autoria de Álvaro Dias

que, a par da atividade empresa­ rial, dedicou algum tempo à foto­ grafia. Além de vereador, foi um fir­ me resistente ao fascismo, tendo participado na construção do novo regime com grande sentido de ci­ dadania. Inauguração às 17h00. Casa da Cultura Galeria de Exposições Org.: CMS e DDLX

11 JAN// TOUCHING PIECES 04 FEV Um mapa de Setúbal construído através do tato de Patrícia Filipe. Desenho, performance e fotografia. Casa da Cultura Galeria de Exposições Org.: CMS e DDLX

17 JAN// ÁGUA 13 FEV Trabalhos fotográficos de Dia­

na Lima e Sara Lima, em que a água surge como elemento prin­ cipal da natureza. Restaurante Champanheria Avenida Luísa Todi, 414

grafia, escultura e vídeo pelos ar­ tistas Ana Férias, Hugo Féria, Luís Valente, Marta Lee, Renata Barre­ to, Ricardo Crista, Rita Cascais e Rita Melo. Inauguração às 16h00. Casa d’Avenida Avenida Luísa Todi, 288

J A N (MAIS) CARAS FEIAS 1 8 / / 3 1 Trabalhos de pintura de Acácio Malhador, C. Vira, Isabel Chora, Olinda Lima e Raquel Henriques. Claustros da Casa da Baía Seg a sex, das 09h00 às 20h00 Sab, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 20h00 Dom e feriados, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00

31 JAN// COLETIVA 13 FEV Mostra da Associação Paço d’Artes. Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset

F E V NA PENUMBRA DA ARRÁBIDA. 0 1 / / 2 2 O POETA LUCIAN BLAGA

E PORTUGAL Exposição fotográfica e docu­ mental representativa da ativi­ dade de Lucian Blaga enquanto ministro plenipotenciário da Ro­ ménia em Portugal (1938-1939). Inauguração às 15h30. Museu Sebastião da Gama Org.: CMS, Embaixada da Roménia e Paróquia Ortodoxa Romena de Setúbal

F E V CIDADES ENTRE RIOS 0 1 / / 2 8 Exposição de pintura de Jacinta Jerónimo. Claustros da Casa da Baía


33

exposições

F E V A MEMÓRIA DA GRANDE 0 1 / / 2 8 GUERRA (1914-1918)

Mostra bibliográfica e documental que traz, no ano em que se assinala um século sobre o início da I Guerra Mundial, o testemunho dos com­ batentes e de quem viveu o conflito de perto, numa parceria entre Câ­ mara Municipal, Associação Cultu­ ral Sebastião da Gama e João Reis Ribeiro. Inauguração às 16h00. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Seg a sex, das 09h00 às 19h00 Sab, das 14h00 às 19h00

07 FEV// DESENHOS 04 MAR Trabalhos de André Antunes. Casa da Cultura Anexo da galeria Org.: CMS

08 FEV// ESPECTRO VISÍVEL 15 MAR Primeira mostra pública de tra­

balhos fotográficos de Catarina Arranja. Inauguração às 15h30. Casa Bocage Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 14h00 às 18h00

01 FEV// ALÉM DO ÓBVIO 29 MAR Pintura da coleção do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, com a contemporaneidade como de­ nominador comum das diferentes tendências apresentadas, desde a sobreposição de formas e/ou co­ res à busca da simplicidade. Galeria Municipal do 11 Org.: CMS

F E V O PRAZER DE PARAR 0 3 / / 2 1 (N)O TEMPO

Mostra de Raul Alexandre. Mediateca da Escola Superior de Tecnologia Org.: ESTSetúbal/IPS

13 FEV// PINTURA 07 MAR Conjunto de trabalhos de C. Vira com diversas técnicas. Restaurante Champanheria Avenida Luísa Todi, 414

F E V TEMPO VAGABUNDO 1 4 / / 2 7 Pintura de Márcia Pião. Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset

28 FEV// INTERPELAÇÕES 13 MAR Pintura de Teresa Pessoa. Casa da Cultura Espaço das Artes Org.: Artiset


34

agir

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Natureza inspiradora

A decorrer

A Herdade da Mourisca, no estuário do Sado, é cada vez mais procurada para ativida­ des de lazer, como o turismo de natureza, em particular para a observação de aves, e como os eventos gastronómicos. Em todos os domingos de janeiro, no moinho, essas componentes são discutidas com técnicos de diferentes áreas.

11h00 // 15h00 30 € | geral 15 € | 4 // 12 Gratuito | -4

ROTA DOS GOLFINHOS – ROTA DA BAÍA MAIS BELA Cruzeiros diários, com embarque na Doca de Recreio das Fontainhas e na Marina de Troia, para um mínimo de cinco pessoas. Informações: 962 405 933 Org.: TroiaCruze

AT É 2 3 EXPRESSÃO DRAMÁTICA J A N Inscrições abertas para oficinas

de teatro, voz e dicção, com início em fevereiro, destinadas a crian­ ças, jovens e adultos, em que os participantes trabalham o corpo, o espaço, a imagem, o som e o texto. Espaço Fontenova Rua Dr. Sousa Gomes,11 Inscrições: 265 233 299 www.teatrofontenova.blogspot.com Org.: Teatro Estúdio Fontenova

J

A

N

D O M 15h00

CONVERSAS NO MOINHO Encontros em ambiente des­ contraído, em que o visitante partilha experiências com espe­ cialistas convidados, assiste a palestras, workshops e apresen­ tações de produtos, sobre temá­ ticas multidisciplinares como natureza, desenho e ilustração científica, fotografia, cultura e tradições e gastronomia. Moinho de Maré da Mourisca Informações: 265 545 010 Org.: CMS

25 JAN WELCOME TO NEW YORK S

A

B

14h30 // 02h00

Um dia dedicado à cultura lati­ na em Nova Iorque, através de workshops de dança, tertúlias, projeção de filmes, baile e outros espetáculos. Capricho Setubalense Informações: 917 052 293 salsaemsetubal@gmail.com Org.: Enclave – Cultura em Movi­ mento, Projecto Mambo Time e Capricho Setubalense


35

agir J A N / / F E V Gratuito

J A N //MAR T E R 20h00 // 22h00

IOGA Aulas para gestantes, crianças, adolescentes, adultos e seniores. Áshrama Súrya Setúbal – Associação do Yoga Rua Alferes Pinto Vidigal, n.º 10 A, 1.º A Informações: www.yogasetubal.com 265 551 072 | 967 253 819

01 FEV CURSO DE VINHOS

AFRO-LATINAS Cursos de iniciação a bachata e kizomba, danças populares com origem na República Dominicana e em Angola, com a duração de três meses. Capricho Setubalense Informações: 917 052 293 salsaemsetubal@gmail.com Org.: Enclave – Cultura em Mo­ vimento e Capricho Setubalense

05 FEV UGUIDE: THINKING THE FUTURE

S

A

B

10h30 // 13h00

Q

U

A

09h30 // 16h00

Formação destinada a apren­ der a descrever e apreciar um vinho com base numa meto­ dologia de prova que se baseia nos sentidos da visão, do ol­ fato e do paladar. A atividade, integrada no projeto municipal Viva o Vinum, realiza-se com um número mínimo de dez participantes e máximo de vinte. Casa da Baía Informações: 265 545 010 Org.: CMS

Encontro com psicólogos, orien­ tadores e professores do ensino secundário que visa debater a ação destes profissionais em contextos de tutoria e de pro­ moção do empreendedorismo juvenil. Campus do IPS Informações: 265 710 814 Org.: IPS


36 JANEIRO | FEVEREIRO 2014

À descoberta do retábulo Uma viagem no tempo, teatralizada por duas personagens, o pintor Mestre Jorge Afonso e a Rainha D. Leonor, que estabelecem um diálogo acerca da pintura renascentista com referência a elementos – a cor, as emoções, os adereços – de algumas obras pertencen­ tes ao Retábulo de Pintura Quinhentista, da coleção do Museu de Setúbal/Convento de Jesus.

Ano Letivo Gratuito

A decorrer

D I A ÚTEI 10h0 14h3

Ano Letivo

11h00 15h00 Gratuito

…AQUI HÁ TESOUROS! Animação para crianças dos jar­ dins de infância e do 1.º ciclo do ensino básico, a partir dos 5 anos. Galeria Municipal do Banco de Portugal Marcações: 265 537 880 Org.: CMS

S S 0 0

A decorrer

S

E

LUÍSA TODI APRESENTA-SE... Animação para alunos dos 3.º e 4.º anos do 1.º ciclo e dos 5.º e 6.º anos do 2.º ciclo, a realizar na Casa da Cultura ou nas es­ colas, por marcação. Iniciativa no âmbito do serviço educativo do Museu do Trabalho Michel Giacometti. Marcações: 265 537 880 Org.: CMS ANIMAÇÕES NA BIBLIOTECA Animações da leitura “O dia em que a mata ardeu”, baseada no livro de José Fanha, e “O Pei­ xinho Descontente”, inspirada em histórias e textos poéticos relacionados com o mar, para crianças dos 3 aos 10 anos, oficina de escrita criativa “Baú das Histórias”, para alunos a partir do 2.º ano do 1.º ciclo, e visita guiada “Biblioteca Viva,” para grupos organizados. O “Dia do Gil” dinamiza uma hora do conto nos serviços de pe­ diatria dos hospitais de S. Ber­ nardo e do Outão, na terceira segunda-feira de cada mês, às 10h00. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Marcações: 265 537 240 BIODANZA

X Atividade específica para crian­

18h00 // 20h00

ças dos 6 aos 9 anos. Espaço Porta Alegre Avenida de Moçambique, 14, R/c Dto Informações: 966 322 777 bio.dagaivota@gmail.com


37

infantil

J A N A ESTANTE

O Teatro Animação de Setúbal

S A B apresenta ao público mais jovem, 16h00

dos 5 aos 12 anos, um animado

11h00

lengalengas. Teatro de Bolso Informações: 265 532 402

D O M espetáculo de trava-línguas e 3,5 € | até 10 anos 7,5 € | adulto

F

E

V O GALINHO VAIDOSO

16 DOM 16h00 18 TER 10h30 14h30

3€

F

E

V PEQUENA COMPANHIA

21 SEX

J A N OS DOIS REIS MAGOS PERDIDOS 06 // 10 Animação para crianças dos 3 10h00 14h30

aos 10 anos, no âmbito das co­ memorações do Dia de Reis. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Marcações: 265 537 240

Peça de teatro para toda a família, uma produção do Grupo de Ani­ mação e Teatro Espelho Mágico premiada com o melhor figurino na II Mostra de Teatro Amador de Leganés, em Madrid, além de no­ meações para melhor espetáculo e para melhor atriz secundária, Céu Campos. Fórum Municipal Luísa Todi Informações: 965 051 347 ceu.campos@espelhomagico.pt

10h30 1€

Atuação da Pequena Com­ panhia da Academia de Dan­ ça Contemporânea de Setú­ bal, num espetáculo para as escolas. Fórum Municipal Luísa Todi Consultar ainda as páginas da secção Espaços


38

retrovisor / projetor

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Da Bela Vista para o mundo A vivência multicultural da Bela Vista é mostrada em três filmes portugueses sobre o bairro, exibidos em Setúbal e Lisboa depois de passagens, com distinção, em festivais nacionais e estrangeiros. Iara Teixeira, atriz em “Um Fim do Mundo”, presente numa sessão especial com a presença de realizadores e atores das três películas, no âmbito das duas semanas de exibição no Charlot, em no­ vembro, considera que esta foi uma oportunidade de dar “uma imagem positiva do bairro”. Companheiro de filme, Ma­ nuel Gomes, entende que “Um

01 MAR S A B 21h30

21 MAR S E X

Fim do Mundo”, de Pedro Pinho, “mostra que o bairro não é aquilo que as pessoas dizem”. Este filme, sobre um dia de um grupo de adolescentes do bairro, participou em diver­ sos festivais, à semelhança de “Bela Vista” e “Cama de Gato”, curtas-metragens da dupla Fi­ lipa Reis e João Miller Guerra. As três películas, produ­ zidas com financiamento da Câmara Municipal de Setúbal no âmbito do programa de re­ qualificação geral da Bela Vista e zona envolvente, estiveram presentes em países como Mé­ xico, Cuba, Chile, Brasil, Holan­ da, Alemanha, Itália e Espanha.

UHF O sempre renovado grupo de rock dá um espetáculo no âmbi­ to da segunda edição do festival “Rock no Rio Sado”. Fórum Municipal Luísa Todi

M

A

R

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DO TEATRO Programa que pretende levar o teatro a todo o concelho, com es­ petáculos, troca de experiências, conversas e oficinas.

MARATONA DA POESIA DE SETÚBAL O Dia Mundial da Poesia inclui diversas iniciativas para os mais pequenos, de manhã, e para jo­ vens e adultos, de tarde, além de poemas ditos por convidados, um “estendal de poesias” e tam­ bém música. Biblioteca Municipal Serviços Centrais Org.: CMS

M

A

R

M@RÇO.28 As comemorações locais do Mês da Juventude incluem a 11.ª Meia Maratona Fotográfica, a 1 de março, com inscrições até 24 de fevereiro, e o 10.º Con­ curso de Bandas de Garagem, todos os sábados de março, na Capricho, com inscrições até 3 de fevereiro. Informações: 265 236 168 gajuve@mun-setubal.pt


39

retrovisor / projetor

“Bela Vista”, sobre a utili­ zação dos espaços comuns do bairro, o primeiro a ser realizado, foi considerado a Melhor Curta-Metragem In­ ternacional na 17.ª edição do FIDOCS – Festival Interna­ cional de Documentários de Santiago do Chile e conquis­ tou uma menção honrosa no Festival MiradasDoc, em Guía de Isora, Ilhas Canárias, Espanha. Já “Cama de Gato”, con­ siderada a melhor curta-me­ tragem portuguesa no festival IndieLisboa 2012, é centrado na história de Joana Santos, uma mãe adolescente.

Lado B ARTES. Música e cinema inovadores passaram pela Casa d’Avenida e pela Casa da Cultura neste festival, a 6, 7 e 8 de dezembro. Nas sonoridades, contou com Shampoo Planet (na foto), Joana Guerra, a dupla Carlos Barretto e António Eustáquio, Rita Cardoso, Jibóia e Sign. No cinema, houve filmes sobre Bansky e Annie Leibovitz e curtas de Paulo Furtado e António Galrinho.

A

B

R

40.º ANIVERSÁRIO DO 25 DE ABRIL A Revolução dos Cravos é cele­ brada com iniciativas de âmbi­ to cultural, social, desportivo e educativo, em todos os pontos do concelho, num programa que junta Câmara, juntas de fregue­ sia e outras instituições.

A

B

R

4.ª FEIRA DE PESCA LÚDICA

2 4 / / 2 7 E DESPORTIVA DE SETÚBAL

Feira interativa de pescadores para pescadores com concur­ sos e workshops relacionados com as várias técnicas de pes­ ca, da 12.ª edição dos Jogos dos Sado. Parque Urbano de Albarquel


40

ver

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Pintura Residual

O processo criativo pode ser encarado como entrar numa mansão com muitas salas, em que temos vistas para o exterior e aragens por uma janela aberta algures ao virar da esquina. Umas salas são grandes, outras são gabinetes, umas são de passagem e outras sem outra saída senão pela entrada. Numas, a luz do dia flutua numa suave penumbra enquanto noutras ela recorta paredes e chão com uma geometria oblíqua e ofuscante. Ainda noutras, a luz é fabricada, de maneira íntima ou clinicamente racional. Deambulamos em exploração, optamos por nos demorar nalgum ambiente ou segui­ mos adiante com um olhar de relance. De­ cidimos abrir portas, estabelecer ligações e percursos entre alas, introduzir separadores ou derrubar paredes.

Começamos a reestruturar um espaço que é mental até que sentimos estar tudo na proporção certa. Absorvemos aos poucos a narrativa das paredes. Este território ima­ terial então é mobilado com o necessário, e intervimos por tentativa com gestos, movi­ mentos, ou com um pensamento manifesto em matéria. Habitamos fazendo. Fotografado com cortesia da Casa D’Avenida, Setúbal

Andreas Stöcklein Artista plástico texto escrito com as regras anteriores ao novo acordo ortográfico


41

compasso

“A fluidez do Óleo”

Por mais sofisticados que sejam os mecanis­ mos, todos necessitam de um elemento neu­ tro que assegura a sua atividade, no sentido de obstar o aquecimento e consequente degrada­ ção, decorrente do atrito mecânico. Esta substância fluida, viscosa, por vezes densa e com notáveis propriedades de lubri­ ficação e lavagem, poderá bem ser uma das mais espantosas descobertas da humanidade, talvez mesmo ao nível da roda, uma vez que esta, sem a presença daquela, não desenvolve o seu trabalho de forma competente. O óleo está assim presente nas mais sim­ ples e minúsculas engrenagens, na relojoaria ou medicina, nos superpetroleiros – monstros marítimos movidos a poderosos motores a diesel, onde, nas suas câmaras de combustão, cabe um homem de pé, automóveis, aviões, enfim, numa panóplia de máquinas, com todas a funcionar através de um lubrificante espe­ cífico, no sentido de permitir a sua rotação e arrefecimento. Até em domínios da tecnologia de pon­ ta, como a Fórmula 1, onde sabemos que os motores daqueles bólides atingem regimes na ordem das 20.000 rotações por minuto, ou, por outro lado, na cozinha, em que aqueles fuidos permitem a confeção dos nossos alimentos, verificamos que os óleos utilizados, sejam eles minerais ou sintéticos, desempenham um pa­ pel fulcral nas nossas vidas. Por mero acaso, ao procurar um antigo colega das lides musicais, no “berço” das ban­ das e grupos de Setúbal por todos conhecido

como tal, na Quinta do Padre Nabeto, encontrei um grupo de três jovens cuja banda se deno­ mina Óleo e, perante uma curiosidade e seu desafio, decidi ir ouvir a sua música. Naquela audição de sete temas originais, percebi de imediato que estava perante uma “engrenagem” sensacional, alimentada por três jovens “motores” nascidos em 1993, cuja fluidez e eficácia é servida por um qualquer “lubrificante” que eu, em dezenas de anos em Setúbal, nunca tinha presenciado. Fiquei de imediato a saber que estes jo­ vens sabem o que querem, não enjeitando as influências que de imediato identifiquei; já tinha uma pista que me tinham fornecido, pois pu­ deram conhecer uma obra dos King Crimsom – o álbum Red –, onde aprenderam as bases do seu som progressivo. O trabalho destes “miúdos” é fantástico, podendo reconhecer no seu som ainda outras influências, de Dream Theater a Tool, com uma pitada de Hard Rock e mesmo Metal, perto de bandas contemporânes, mais pesadas; o seu som configura fundamentalmente uma cons­ trução sonora que King Crimson, Gentle Giant, Genesis, Yes, para nomear alguns, não desde­ nhariam de possuir. Falarei outra vez do João Nunes, André Oli­ veira e João Palma; eles já têm uma maqueta na Net em Oleoproject, no Facebook, e aconse­ lho vivamente os amantes deste género a ouvir. Fernando Marques Músico


42

leituras

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Inferno Maria Velho da Costa/António Cabrita Íman Editores Capa: José Teófilo Duarte 1.ª edição: 1991 280 páginas

Livros… procura-se

Agora que Maria Velho da Costa recebeu o prémio Vida Literária, da Associação Portu­ guesa de Escritores, reconhecendo a gran­ de originalidade, inventiva e criatividade da escritora, rebuscámos um texto, escrito em parceria, que teve uma circulação restrita. Trata-se do guião para uma série televi­ siva sobre Camilo Castelo Branco, a ser rea­ lizada por Alberto Seixas Santos, que, com “a sua habitual minúcia e exigência na pesquisa, neste caso literária e histórica”, confiou a António Cabrita e a Maria Velho da Costa o guião de “uma trilogia cinematográfica, que se desdobraria em série televisiva, que retratasse o estro, a aventura e o acinte de Camilo Castelo Branco”. Bem português o destino desse projec­ to. Sem se saber bem porquê, nem sequer se filmou uma cena do livro, quando os autores decidiram recuperar o trabalho literário reali­ zado, publicado uns anos depois pela Íman Edições, editora suicidada nas danças e con­ tradanças que anunciavam a concentração das editoras. Se antes já não era fácil encontrá-lo escondido nas prateleiras carregadas indi­ ferenciadamente de obras notáveis, assim-assim e mesmo abomináveis, agora só se

encontra nesses novos alfarrabistas que estão instalados nas estações de metro e comboio ou em tendas que aparecem e de­ saparecem país fora. Quando está presente é fácil vislumbrá-lo, virtudes da belíssima capa de José Teófilo Duarte. Destino muito camiliano de “Inferno”, que se divide em três temas: 1-O Demó­ nio do Ouro (focalizado na vida material); 2-Onde Está a Felicidade? (centrado na vida sentimental do escritor); 3-Noites de Insónia (a escrita e a pulsão suicida de Camilo). De forma bastante original, fundada numa po­ derosa escrita, “Inferno” é um fresco sobre a vida, a genialidade e os demónios de Camilo. Procurem-no agora que, com o prémio e muito justamente, a obra de Maria Velho da Costa vai ser, assim o esperamos, mais pro­ curada, para que esta obra, feita em parceria, não continue quase secreta.

Manuel Augusto Araújo Membro do Conselho de Redação da “Vértice” texto escrito com as regras anteriores ao novo acordo ortográfico


43

fitas

De Hollywood ao Youtube

A Universal Pa­ ramount propõe uma síntese das mudanças assi­ naladas contem­ poraneamente no campo do cinema. Na imagem é representado o clássico letreiro situado no topo de Mount Lee em Los An­ geles, letreiro esse que tantas vezes tem servido de bilhete postal à indústria cinematográfica dos EUA. No entanto, a palavra aí habitualmente ins­ crita, Hollywood, dá lugar a outra, Youtube. Deste modo, é sugerida a substituição de um determi­ nado modelo de elaboração, difusão e receção do cinema, simbolizado pela designação supri­ mida (mas que permanece latente pelo reconhe­ cimento do seu espaço regular), por um outro, representado pelo termo que agora aí figura. De acordo com múltiplos discursos con­ temporâneos provenientes do contexto institu­ cional, académico ou artístico, as plataformas disponíveis na Web 2.0, entre as quais se inclui o Youtube, concorrem para a destabilização dos modos clássicos de funcionamento das indús­ trias de conteúdos ao possibilitar o papel criador e difusor do cidadão comum. Nesta perspetiva, a substituição de uma entidade pela outra po­ deria indiciar a consumação desta transferência de poder. No entanto, é notório que, ao longo do tempo, aquelas mesmas plataformas se têm convertido em empresas com modos de funcio­ namento similares às que pretendiam destronar. Tendo iniciado a sua atividade, alegadamente, com propósitos marginais à indústria e tentando

potenciar as possibilidades oferecidas pelas fer­ ramentas digitais e online, o Youtube, adquirido pela Google um ano após a sua criação, rapida­ mente foi convertido numa empresa milionária. Não obstante a vontade de manter o seu ethos inicial, pelo menos nas suas estratégias discursi­ vas e muito provavelmente com intuitos promo­ cionais, o Youtube é hoje um produtor de conteú­ dos a operar à escala global. Para este propósito mobiliza não apenas os seus próprios recursos como o trabalho da sua designada “comunida­ de”. Isto permite-lhe reforçar a ideia de que per­ manece uma plataforma comunitária de partilha ao mesmo tempo que lhe confere acesso a uma vasta base de dados de material em bruto e ela­ borado gratuitamente pelos vários participantes em rede. Esta estratégia de aproveitamento de contributos criativos oferecidos gratuitamente está a ser mobilizada crescentemente por um já alargado número de empresas, algumas delas fundando exclusivamente aí o seu negócio. Olhando de novo para a imagem de Fleis­ chauer, a ocupação do Youtube do espaço antes dominado por Hollywood, num cenário que ade­ mais permanece inalterado, pode aludir à ideia de que, existindo uma mudança de protagonistas, as dinâmicas económicas – e também sociais e culturais – não sofrem mudanças significativas.

Foto: Universal Paramount (2010) de Eric Fleischauer, edição digital sobre fotografia

Marta Pinho Alves Professora de Guionismo, Cinema e Televisão


“Sou uma espécie de esponja” António Galrinho


45

pessoa

Professor de artes visuais, artista plástico, fo­ tógrafo, escritor, palestrante em encontros de pintura e poesia e mestre de aikido. Na preen­ chida agenda ainda encaixa períodos de medi­ tação pela corrente budista zazen. Cada dia de António Galrinho, como o pró­ prio gosta de imaginar, “tem 40 horas”. Ainda assim, manifestamente pouco para tudo o que pretende fazer. “Quando estou a fazer uma coisa, dou por mim a pensar como fazer uma outra”, confes­ sa. Esta desmultiplicação da concentração, garante, não lhe afeta as tarefas imediatas e, acrescenta, prepara-o para o que pretende con­ cretizar mais tarde. É um robot, desconfiamos. Toda esta versatilidade de António Galri­ nho faz com que se descreva “como uma espécie de esponja”, o que o faz “ver as coisas de uma forma ampliada, mais completa”. Na pintura não tem um género preferido, tal como na escrita, área em que já chegou a ser premiado e na qual gosta de plasmar ideias através de géneros como o romance, o conto e a poesia. Ambas são paixões, que levam, hoje, a dar 30 a 40 palestras por ano, num “voluntariado cultural”, reconhecido até pelo Município, que o agraciou em 2012 com a Medalha de Honra da Cidade, na área Cultura. Na fotografia, embora menos dedicado, tem uma coleção com mais de cinco mil ima­ gens sobre arquitetura tradicional doméstica de Setúbal, porque é uma área em que não co­ nhecia “nenhum registo aturado”. António Galrinho parece uma espécie de marinheiro cultural. Deixa-se levar ao sabor das correntes artísticas e dos desejos que o atraem no momento, numa viagem sem amarras. Por isso, escreveu o primeiro ao livro aos 11 anos, somando muita poesia e pequenos contos nos tempos seguintes. Mas, também

por isso, deixou um único poema em papel en­ tre os 20 e os 35, retomando nova regularidade na escrita há 13 anos. “Feroz” autocrítico, tal como de “tudo o resto à volta”, detesta que o elogiem. “Isso leva as pessoas a estagnar.” Um dia, se a História o decidir eternizar como pintor ou escritor, serão poucos os re­ gistos de obras para ilustrar as biografias. Boa parte das criações da adolescência, do perío­ do universitário e de adulto foi destruída pelo próprio. “Não foram ataques de fúria. Quando por vezes revejo o que fiz, não estou satisfeito. Assim não vale a pena guardar. Então toca de rasgar”, confessa, apesar de se negar um perfecionista. Perentoriamente ateu, sente todavia a ne­ cessidade de procurar uma determinada “espiritualidade não religiosa”. O seu templo, aliás, atelier, onde Miles Da­ vis acompanhou, “por acaso”, a conversa com o Setúbal – Guia de Eventos, “porque até podia ter sido Led Zeppelin, rádio ou silêncio”, divide-se também em dojo de aikido e espaço para as meditações. A arte marcial foi, de resto, das poucas ati­ vidades que nunca abandonou no percurso da vida, com assento de nascimento de 1964, em Santarém. Com a ajuda do irmão mais velho, também mentor do gosto pela pintura, iniciou-se no aikido aos 14 anos, já em Setúbal, onde viveu entre 1969 e 2008, até se mudar para a Baixa de Palmela. Está no prestigiado – para um ocidental – quinto dan, de dez possíveis, mas nem liga a isso, até porque o que mais o cativa no aikido “é não existir competição”. O que interessa é “dar espaço a todas as paixões da vida”. E, por isso, os dias de António Galrinho precisam de 40 horas.


46

rotas

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Livros em rede Precisamente porque o saber não ocupa lugar e por ser um direito universal o livre acesso à cultura, educação e lazer, a Biblioteca Pública Municipal de Setúbal tem disponíveis quatro polos distribuídos pelo concelho para facilitar o usufruto dos munícipes. Todos os polos, desde o de Azeitão, o Sebastião da Gama, ao da Gâmbia, têm em co­ mum a possibilidade de consulta in loco ou o empréstimo domiciliário de livros, material áudio, vídeo e multimédia, além de jornais e re­ vistas. O acesso gratuito à internet, por tempo limitado, é aproveitado por diferentes gerações de utilizadores. A consulta do Fundo Local, conjunto de publicações que de alguma forma contribuem

para o conhecimento do concelho nas mais di­ versas áreas, é outra valência comum, aprovei­ tada sobretudo para trabalhos escolares. A pro­ ximidade do polo de São Julião com as escolas básica e secundária de Bocage, em pleno Bairro do Liceu, é uma vantagem para a elaboração de trabalhos de grupo. Tudo isto está também disponível no polo da Bela Vista, que oferece ainda à comunidade local salas de apoio à realização de projetos. Embora encerrado ao público, é no polo de conservação e restauro que técnicos municipais procedem à catalogação do fundo documental, constituído por livros que os serviços centrais, na Avenida Luísa Todi, dispunham antes de fecha­ rem para obras de ampliação, em 1987.

SEBASTIÃO DA GAMA (1). Instalado no primeiro andar do Museu Sebastião da Gama, em Vila No­ gueira de Azeitão, este polo tem a particularidade de reunir, todos os meses, um grupo de leitura para abordar uma obra, seja um clássico da lite­ ratura ou um contemporâneo.

SÃO JULIÃO (3). Ampliado em 2010, o polo situado na Praceta Ilha da Madeira, com aceso pela Ave­ nida de Angola, no Bairro do Liceu, é o que regista mais utentes, tendo em média 700 visitantes por mês. A requisição de livros é o serviço mais procu­ rado pelos munícipes.

GÂMBIA (2). Não é por viver na área menos urbanizada do concelho que a população de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra fica sem acesso às tecnologias de informação e à lite­ ratura. Este polo funciona nas instalações da junta de freguesia, junto da EN 10, nas Pontes, e oferece as valências dos outros.

BELA VISTA (4). Inauguradas em abril de 2012, as novas instalações deste polo, localizado na Rua do Moinho, possuem uma área ampla dedi­ cada às tecnologias de informação. Num apro­ veitamento do pátio anexo, realizam-se várias atividades de animação dirigidas às comunida­ des da zona.


47

cidade

Entre pequenos e grandes agricultores, todos estão empenhados em devolver aos campos frondosos laranjais para recuperar a produção da famosa laranja de Setúbal, que, graças à sua doçura e suculência, foi, durante séculos, dos produtos mais exportados para todo o mundo

Laranjeira em flor Cristalizada ou em barquinhos, a laranja de Setúbal continua a dar que degustar e beber, mesmo que as produções agora existentes sejam quase familiares. Durante séculos, este fruto suculento, rico em vitamina C, que crescia nos pomares das quintas que se estendiam de Setúbal a Palmela, foi conhecido em todo o mundo. O historiador Pinho Leal, no Dicionário “Portugal Antigo e Moderno”, editado em 1880, referia que, a par do vinho, do azeite e do trigo, “só em laranjas, exportadas para Inglaterra, tem anos de fazer 30 contos de réis”. A conjugação de fatores naturais, como o clima, o relevo, a água e o solo, favoreceram o aparecimento de quintas que abundavam, até ao início do século XX, na cidade, sobretudo na vasta área da várzea, até Azeitão. Mas, se durante muito tempo a laranja de Setúbal foi dos produtos mais exportados em Portugal, depressa a sua produção também decaiu. Em 1949, o engenheiro Henrique Cos­ ta Neves, então diretor-adjunto da Estação de Fruticultura do Porto de Setúbal, indicava que a fruta aqui produzida “era conhecida e

disputada nos principais mercados”, recor­ dando que “boa parte das laranjas de Setúbal saía da barra do Sado com destino a portos estrangeiros”. No entanto, Costa Neves apontava duas razões para o declínio deste fator económico tão importante para a região: “Por um lado, os países produtores alargaram e aperfeiçoaram a cultura, estimulados pela procura cada vez maior que as laranjas começaram a ter em todo mundo. Por outro lado, nós não só não soubemos acompanhar o aperfeiçoamento da cultura como até, pela nossa incúria, deixámos depreciar a magnífica qualidade da nossa fruta.” Ao mesmo tempo, os campos foram abandonados e a cidade cresceu, sobretudo para norte, a passos largos. Mas nem tudo se perdeu, muito menos a fama da laranja de Setúbal. Se existem proprietários de grandes quin­ tas que fazem questão de revitalizar o inves­ timento neste produto regional, também os pequenos agricultores colhem o fruto da la­ ranjeira que semearam.


48

prazeres

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Doce criação

ESPAÇO BOLO Largo do Poço do Concelho, 7 • As festas de aniversário passaram a ter preços mais convidativos com os packs “escola” até 15 pessoas, a 29,95 euros, “família” até 20, a 46,50 e “festa”, até 25 convidados, a 97,90 euros, entre muitas opções à escolha. • Toda a atenção à saúde do cliente é pouca. Por isso, em caso de intolerância à lactose, o leite é substituído por soja. O mesmo acontece com as reações alérgicas aos frutos secos ou a qualquer outro alimento. • Quem quiser aprender pode sempre frequentar os vários workshops, como os de gelatina encapsulada e de iniciação à pasta de açúcar. Os preços variam consoante o número de horas. • Para encomendas e horário de funcionamento, o melhor mesmo é contactar o “Espaço Bolo” através do telefone 265 092 996, do endereço espacobolo@gmail.com ou em facebook.com/espacobolo.

Se houvesse curso superior de cupcake designer, Telma Luzia já teria canudo nas mãos, embora as tenha sempre ocupadas a criar de­ liciosos bolos de mil e uma cores e feitios, pe­ quenos e grandes, de casamento e de divórcio. O gosto em pôr as mãos na massa vem de pequena. A avó era cozinheira e a mãe tem uma confeitaria. Embora sem formação aca­ démica, mas com várias formações na área, Telma e o marido, Sérgio Cruz, abriram, em agosto, o “Espaço Bolo”, na Baixa de Setúbal, uma sala de chá que concilia o divertido mundo dos cupcakes, incluindo todos os utensílios de confeção. Dos cortadores de massa aos rolos textu­ rizados, das pastas de açúcar de várias cores aos variados moldes, tudo se vende para a confeção de bolachas, cupcakes e cakepops, um género de chupa-chupa na versão bolinho. O espaço em si já é uma delícia ao olhar, com uma decoração em que predomina o cor-de-rosa. “Queremos que as pessoas se sintam em casa”, justifica a proprietária, que fez questão de o tornar, literalmente, o “mais familiar” possível, uma vez que um dos móveis, um aparador lilás, pertenceu à avó e foi totalmente restaurado. Beber um chá de ervas Estrelas do Egito depois do almoço ou de Folhas de Framboesa, ótimo para mamãs a amamentar, é convite ir­ resistível para entrar no “Espaço Bolo”, que ofe­ rece ainda uma pastelaria variada “embora fora do normal”. Mas é na confeção de bolos de aniversário e de casamento que Luzia dá largas à imagina­ ção. Para um bolo de casamento sugere a co­ bertura em biscuit porque é uma massa “mais viável e duradora” do que a pasta de açúcar. Os preços variam, claro, de acordo com tamanhos, ingredientes e número de horas de trabalho.


49

afazer

O WikiPaintings é uma base de dados para ver e ficar a conhecer melhor grandes obras de arte do período medieval ao contemporâneo. A maioria dos quadros disponíveis em www.wikipaintings.org tem descrições em português e o sítio inclui ainda arte chinesa, japonesa e islâmica

Na cabeça… das crianças À volta da mesa do Atelier :2Pontos são várias as cabeças que, de sua sentença, desenham, pintam ou moldam o que interpretaram de um quadro de Miró, Magritte ou Amadeo. Durante a manhã de sábado, os participantes, dos 5 aos 13 anos, entram “Na cabeça do artista”, seja Paula Rego, Fri­ da Kahlo, Picasso ou ainda de Leonardo Da Vinci. Rita Melo e Ricardo Crista, com mestrados em ensino de Artes Visuais, são os verdadeiros artistas e anfitriões destes encontros, no número 98 da Avenida General Daniel de Sou­ sa, numa alternativa às aulas de música, dança ou desporto. Em cada workshop, com o preço de 10 euros, a aborda­ gem é feita a um artista diferente, começando pela interpre­ tação conjunta da vida e obra da personalidade escolhida. A figura de Mona Lisa, por exemplo, coloca várias ques­ tões. É hora de entrar na cabeça do multifacetado Leonardo Da Vinci. O que passou pela cabeça do artista italiano para pintar aquela mulher? Quem era ela? De volta à superfície, os participantes mergulham pincéis em tintas e passam para a tela a recriação da “sua” Mona Lisa com o enigmático sorriso, agora personalizado. Mais informações disponíveis em atelier2pontos.weebly.com

www.colorirgratis.com Sítio pensado para os pequenos artistas que gostem de dar cor ao mundo. A página tem dezenas de desenhos em 27 categorias temáticas. As imagens pintadas no computador podem ser impressas para mais tarde recordar Diney.pt/art-attack O Art Attack, programa do canal Disney Junior, está presente na internet. Entre vídeos e fichas de instruções, são imensas as sugestões para se fazer com materiais simples e muita cor os mais divertidos brinquedos e jogos


50

intervir ARTES Artes plásticas • Arte & Imaginação Info: 933 754 530 • Atelier A Garagem Info: 265 537 326 • Atelier Antónia Calixto Info: 917 347 908 • Atelier Espaço do Pai Info: 939 841 119 • Atelier Pólvora d’Cruz Info: 934 739 320 • Atelier d’Artes Estúdio Info: 966 788 209 • Atelier de Artes Plásticas Rita Melo Info: 914 337 854 • Atelier :2 Pontos Info: 914 337 854 | 919 142 246

Artesanato, Pintura e Desenho

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

DESPORTO Capoeira Aulas do Centro Cultural de Capoeira Água de Beber, às terças e quintas, 19h00. Clube de Futebol “Os Sadinos” Info: 918 667 108

Centro Municipal de Marcha e Corrida Atividades no Complexo Munici­ pal de Atletismo de Setúbal e na Avenida Luísa Todi. Info: 265 793 980 | 934 077 088 marchaecorrida.setubal@gmail.com

Academia de Dança Contemporânea Info: 265 236 463

Academia de Danças e Artes de Setúbal Pavilhão Municipal de Aranguês Info: 916 905 279

Academia União Desportiva e Recreativa das Pontes Info: 917 585 686 | 914 310 969

Capricho Setubalense Centro Náutico Municipal de Setúbal

Info: 265 522 327

Atividades enquadradas por téc­ nicos do Clube de Canoagem de Setúbal para maiores de 10 anos. Parque Urbano de Albarquel Info: 965 602 951

Club Setubalense

Escola Municipal de Desporto de Setúbal

Enclave – Ritmo e Movimento

Núcleos de Pentatlo, Natação e Atletismo. Info: 212 199 540 | 265 793 980

Info: 917 052 293 | 916 831 783

Triatlo • Centro de Cidadania Ativa Info: 265 547 450

DANÇA

Iniciação pelo Remo Clube Lusitano, às segundas e quartas‑feiras, para todas as idades. Colégio de S. Filipe Info: 919 896 695

Info: 968 938 682

Dança & Companhia Info: 912 146 513 | 968 997 732

RITMUS Sociedade Musical e Recreativa União Setubalense Info: 265 522 818 | 917 062 217


51

intervir CIDADANIA “Apoio na procura de emprego”, “Como vender o meu peixe”, “Português e Cidadania” e oficinas de informática. São aceites voluntários. Centro de Cidadania Ativa Info: 265 547 450

Mercadinho do Moinho Mostra de produtos regionais, no último domingo do mês, no Moinho de Maré da Mourisca.

Encontro de motos e carros antigos Segundo domingo do mês, das 10h00 às 13h00. Largo José Afonso

Poemas do País da Vida Projeto cultural para conhecer e viver. Info: 265 591 592 | 933 246 119 poemasdopaisdavida. wordpress.com

Feira de Colecionismo Segundo sábado do mês, das 08h00 às 13h00. Mercado 2 de Abril

BEM-ESTAR Ioga • Centro de Cidadania Ativa Info: 265 547 450 • Centro do Yoga de Setúbal Info: 265 551 072 • Club Setubalense Info: 961 238 571 • Grupo Musical e Desportivo União e Progresso Info: 210 873 097

Feira de Velharias de Azeitão LÍNGUAS Alemão Info: 265 530 087 | 961 817 550 965 653 896

Segundo domingo do mês, das 07h00 às 17h00. Vila Nogueira de Azeitão – Praça da República

• Instituto Português da Juventude Info: 265 521 200 • Parque Urbano de Albarquel Info: 934 904 330

Mostr’Arte! Várias línguas • Centro de Cidadania Ativa Info: 265 547 450 • Espaço Futuro Seguro Aranguez Info: 265 283 377

MOSTRAS Mercado Agrobio Quintas-feiras, das 14h00 às 18h00. Jardim do Quebedo

Artesanato, artes performativas, animações e workshops, das 07h00 às 14h00, no primeiro e último fim de semana do mês no Mercado do Livramento.

• Ioga pais/filhos e Pilates Escola para Pais Info: 265 221 609 | 968 348 773

Biodanza Info: 919 193 246 | 925 638 520

Mostra de Antiguidades e de Velharias Primeiro e terceiro sábados, das 09h00 às 18h00. Avenida Luísa Todi

LITERATURA Grupos de Leitura Espaço de discussão de obras literárias. Biblioteca Municipal –S. Centrais e Polo Sebastião da Gama Info: 265 537 240


52

intervir MÚSICA Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi Piano, viola dedilhada, violino, violoncelo, flauta transversal, saxofone e clarinete. Info: 265 522 563

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Coral Luísa Todi

Instituto Musical Mozart

Coral adulto e juvenil (12 aos 16 anos) e Conservatório de Artes com cursos oficiais de música e cursos livres de música, teatro, pintura e dança para todos os públicos. Info: 265 572 190 | 967 668 202

Guitarra clássica e piano. Info: 265 522 957 | 919 315 606

Coro Gospel de Azeitão Allegro – Atelier de Estudos Artísticos

Vozes tenores e baixos Info: 960 157 475

Piano, violino, guitarras clássica e elétrica, flauta, bandolim e gaita de foles. Info: 919 859 524 | 966 472 478

Club Setubalense Guitarra clássica. Info: 962 588 875

Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense Instrumentos de sopro, guitarras clássica e elétrica, violino, piano, bateria, teatro e bailado. Info: 212 181 364 | 932 181 364

Sociedade Musical Capricho Setubalense Instrumentos de sopro, percussão e cordas. Info: 265 522 327

Dámsom Arena – Criatividades Musicais Baixo, bateria, guitarras clássica e elétrica, piano, órgão, violino, instrumentos de sopro, canto, técnica vocal e criação e acompanhamento de bandas. Info: 910 556 609

Conservatório Regional de Setúbal Todos os cursos de instrumento do ensino oficial de música. Info: 265 529 350

Coral Infantil de Setúbal Inclui Coro Feminino TuttienCantus, a partir dos 16 anos. Info: coralinfantildesetubal@ gmail.com

Formação musical, acordeão, piano, órgão, violino, guitarra clássica, elétrica, baixo, bateria, flauta, concertina, jazz, canto e técnicas vocais. Info: 265 732 781 | 968 063 818

Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Setúbal Escola de música gratuita com metais e percussão. Info: 918 767 350 | 963 160 779

Instituto Musical Patrício Acordeão, guitarras clássica e elétrica, baixo, violino, teclas, bateria e educação musical. Estúdio de gravação, oficina e aluguer de materiais. Info: 265 400 099

SENIORES “Desportivamente em (Re)Forma” Ginástica, hidroginástica e danças sociais promovem bem­ ‑estar, saúde e qualidade de vida. Info: 265 545 170 Org.: CMS

Mais Saber Cursos de informática e inglês. Info: 265 545 170 Org.: CMS

“Memórias, Identidades e Patrimónios” Visitas guiadas a monumentos e a locais de interesse. Info: 265 545 170. Org.: CMS


53

espaços MUSEUS (encerrados nos feriados) Museu do Trabalho Michel Giacometti Largo Defensores da República Tel.: 265 537 880 E-mail: museu.trabalho@mun-setubal.pt Ter a sex, das 09h30 às 18h00 Sab e dom, das 14h00 às 18h00 Preço: 1,15 € gratuito: -16 anos | +65 anos | grupos escolares Exposições permanentes: • A Indústria Conserveira (Da lota à lata) • Mundo Rural – Coleção Etnográfica Michel Giacometti e a Génese do Museu • Mercearia Liberdade – um património a salvaguardar Serviços: Centro de documentação e serviço educativo Extensão: C.A.O. 1 da APPACDM de Setúbal Rua Vale Cerejeiras, n.º 26 (Tel.: 265 235 646) Museu de Setúbal/Convento de Jesus Serviços técnico e administrativo: Rua do Balneário Dr. Paula Borba Tel.:265 537 890 Exposição de longa duração: “Tesouros do Museu de Setúbal/Convento de Jesus” Avenida Luísa Todi, 119 Ter a sex, das 11h00 às 14h00 e das 15h00 às 18h00 Sab, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Dom, das 14h00 às 18h00 Apresentação de obras representativas da diversidade cronológica e temática do acervo do Museu, com arte sacra (artes plásticas e decorativas), com especial destaque para o retábulo de pintura da Igreja do Convento de Jesus, da primeira metade do século XVI, arte contemporânea (pintura e escultura), dos séculos XIX e XX, e achados arqueológicos. Serviços: Centro de documentação e serviço educativo

Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal Avenida Luísa Todi, 162 Tel.: 265 239 365 E-mail: maeds@mail.telepac.pt Ter a sab, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Exposições permanentes: • Etnografia e Arqueologia Regional Serviços: Visitas guiadas, centro de estudos arqueológicos e biblioteca especializada. Museu Sebastião da Gama

Rua de Lisboa, 11, Vila Nogueira de Azeitão Tel.: 212 188 399 Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00 Sab, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00 Preço: 1,15 € gratuito: -16 anos | +65 anos | grupos escolares Exposição permanente: • Espólio bibliográfico e de artigos do poeta e imagens da história local e objetos de pastorícia e vinicultura. Serviços: Visitas guiadas, maleta pedagógica, exposição itinerante, animações, ateliers de verão. Casa Bocage

Rua Edmond Bartissol, 12 Tel.: 265 229 255 Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 14h00 às 18h00 Preço: 1,15 € gratuito: -16 anos | +65 anos | grupos escolares Exposição permanente: • Peças de arte e livros do Museu de Setúbal/ Convento de Jesus e documentos da Biblioteca Municipal retratam a figura e obra de Bocage. Serviços: Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro e Centro de Centro de Documentação Bocagiano.


54

espaços

Casa do Corpo Santo Museu do Barroco Rua do Corpo Santo, 7 Tel.: 265 236 066 Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Sab, das 14h00 às 18h00 Preço: 1,15 € gratuito: -16 anos | +65 anos | grupos escolares Decoração em azulejos barrocos do primeiro terço de setecentos, do mestre P.M.P., tetos pintados setecentistas e talha dourada na Capela. Exposição permanente: Coleção de instrumentos de ciência náutica, doados por Ireneu Cruz.

JANEIRO | FEVEREIRO 2014

Arquivo Distrital de Setúbal

Rua Prof. Borges de Macedo, Manteigadas 265 709 900 | mail@adstb.dgarq.gov.pt Das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Serviços: Leitura e referência, pesquisa, transcrição paleográfica, reprodução documental, emissão de certidões, visitas de estudo guiadas e venda de publicações.

BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL Catálogo: www.biblioteca-municipiosetubal.com Serviços Centrais

Museu Oceanográfico Luís Saldanha Fortaleza de Santa Maria – Portinho da Arrábida Tel.: 212 189 791 Ter a sex, das 10h00 às 16h00 Sab, das 15h00 às 18h00 Preço: 1,75 €

ARQUIVOS (dias úteis) Arquivo Municipal de Setúbal

Paços do Concelho, Praça de Bocage 265 541 500 | sarq@mun-setubal.pt Das 09h00 às 16h00 Serviços: Visitas guiadas, apoio à consulta pública da documentação municipal, reserva de documentação para consulta em sala, serviço de fotocópias/digitalização e apoio externo na avaliação de documentação relevante.

Av. Luísa Todi, 188 | Tel.: 265 537 240 Seg a sex, das 09h00 às 19h00 Sab, das 14h00 às 19h00 Polo da Bela Vista Rua do Moinho, 5 Seg a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Polo de S. Julião Praceta Ilha da Madeira | Tel.: 265 552 210 Seg a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Polo de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra EN 10 – Pontes | Tel.: 265 706 833 Seg a sex, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 Polo Sebastião da Gama Rua de Lisboa, 11, Vila Nogueira de Azeitão Tel.: 212 188 398 Ter a sex, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00 Sab, das 13h00 às 19h00


55

espaços SALAS DE ESPETÁCULOS Fórum Municipal Luísa Todi Av. Luísa Todi, 61-67 | Tel.: 265 522 127 bilheteira.fmlt@mun-setubal.pt Cinema Charlot – Auditório Municipal Rua Dr. António Manuel Gamito Tel.: 265 522 446

TURISMO Casa da Baía de Setúbal

Av. Luísa Todi, 468 | Tel.: 265 545 010 | 915 174 442 E-mail: gatur@mun-setubal.pt Seg a sex, das 09h00 às 20h00 Sab, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 20h00 Dom e feriados, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00 Posto Municipal de Turismo – Azeitão

Casa da Cultura

Rua Detrás da Guarda, 28 | Tel.: 265 236 168 Ter a qui, das 10h00 às 24h00 Sex e sab, das 10h00 à 01h00 Dom, das 10h00 às 20h00 Serviço Educativo MÚSICA. Aulas de expressão musical, Sala José Afonso, sábados, 10h00 e 11h00, pela Capricho, que tem uma escola de música a funcionar de segunda a sábado. ARTES. Ateliers de pintura sobre material reciclado para crianças dos 6 aos 12, Espaço das Artes, sábados, 10h00, e domingos, 14h30, por Margarida Rodrigues (963 034 025). Artistas da Artiset (918 928 573) dão, às 18h00, aulas de desenho a carvão, terças, por Maria José Brito, pintura a óleo sobre tela, quartas, por Márcia Pião, e iniciação à pintura, quintas, por Gamy. DANÇA. Oficina de iniciação ao movimento, para crianças dos 3 aos 5 anos, a 19 de janeiro e 16 de fevereiro, da Academia de Dança Contemporânea. Aulas de biodanza, da biogaivota (966 322 777), segundas, às 10h00, e quintas, às 18h00. A Dança & Companhia (912 146 513 | 968 997 732) dá aulas às segundas de jazz kid, às 18h30, de dança jazz, 19h30, e de danças de salão, às 20h30 e às 21h30, e às terças workshops, às 21h30. Atividades na Sala José Afonso. TEATRO. Atividade para crianças, do Teatro do Elefante, 26 de janeiro e 2 e 23 de fevereiro, 11h00, Sala José Afonso.

Praça da República, 47 – Vila Nogueira Tel.: 212 180 729 Seg a sab, das 09h30 às 12h00 e das 13h30 às 17h00 Dom e feriados, das 09h00 às 13h00 Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa Travessa Frei Gaspar, 10 | Tel.: 265 539 120 Seg e sab, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00 Ter a sex, das 09h30 às 18h00 Espaço “Coisas de Setúbal” Paços do Concelho, Praça de Bocage Seg a sex, das 09h00 às 19h00 Sab, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00 Moinho de Maré da Mourisca – Herdade da Mourisca Tel.: 265 783 090 | 914 162 354 E-mail: gatur@mun-setubal.pt Qua a dom, das 10h00 às 18h00 Turismo de natureza com passeios pedestres e fluviais, observação de aves e visitas guiadas.


Setúbal - Guia de Eventos Jan/Fev'14  

Edição do Setúbal - Guia de Eventos de janeiro e fevereiro de 2014

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you