Page 1

COORDENADORIA DE INFORMACAO DE DADOS RELATÓRIO ANALÍTICO 2013/2014


1

RELATÓRIO ANALÍTICO 2013/2014

Elaborado por: Francisco Cavalcante Coordenador de Informação de Dados da Câmara Municipal de Fortaleza. Fortaleza, 11 de Fevereiro de 2014.


Todas as atividades existentes na Rede de Computadores da Casa ou disponibilizadas na Rede Mundial de Computadores - Internet , são de responsabilidade da Coordenadoria de Informação de Dados. Esse relátório tem por objetivo principal apresentar a direção da Casa a situação atual da sua informatização e mostrar os avanços conseguidos nos anos de 2013 e 2014 seguindo o Plano Diretor de Informatização. (PDI)

2


COORDENADORIA DE INFORMAÇÃO DE DADOS

A Lei Complementar No. 0143, de 21 de Março de 2013, Institui a Coordenadoria de Informação de Dados (COID) e o Presidente Walter Cavalcante nomeia o Funcionário Francisco Cavalcante como Coordenador.

A Coordenadoria é destinada a assessorar a presidência da Câmara Municipal de Fortaleza no planejamento, elaboração, monitoramento, avaliação e controle relacionados a adequação a Câmara Municipal de Fortaleza a esta Lei Complementar.

O COID tem como auxiliares a Subcoordenadoria de Tecnologia da Informação, a Subcoordenadoria de Projetos e a Subcoordenadoria de Desenvolvimento de Sistemas.

3


Todos os Processo Tecnológicos passam a ser de responsabilidade do COID. Este Relatório Analítico produzido pelo COID serve de orientação à Presidência sobre os projetos existentes e os projetos a serem desenvolvidos no Legislativo de Fortaleza.

4


Computação em Nuvem A Câmara Municipal de Fortaleza passou a utilizar um conceito próprio para a tecnologia denominada computação em nuvem (Cloud Computing). A Nuvem no Legislativo de Fortaleza representa a junção das diversas estruturas tecnológicas adotadas pela casa com o intuito de disseminar o conceito de informação com interação entre o cidadão e o governo. Antes da Nuvem O Processo de informatização seguia as etapas de Análise, Desenvolvimento, Instalação e Treinamento de Softwares (programas de computadores) por técnicos especializados em tecnologia da informação e posterior uso por funcionários da casa em suas atividades dentro da mesma. A Informática preparava um programa de computador, que necessitava ser instalado por profissional da tecnologia e manuseado no computador do usuário final. Existia todo um processo burocrático para que a informação seguisse seu tramite e chegasse ao resultado esperado. Com A Nuvem O Processo de informatização continua seguindo as etapas de Análise, Desenvolvimento e Treinamento, o processo de instalação não é mais necessário. O usuário tem acesso ao seu computador 5


através de um login (nome do usuário na rede) e senha, sendo direcionado a nuvem e automaticamente tendo a sua disposição os seus programas na forma de serviços. Não necessitamos de um profissional de tecnologia para a implantação dos programas no computador e nem mesmo restringir o uso daquele programa em um único computador, ou na localização física do departamento. Conforme o nível de segurança estabelecido para aquele usuário torna-se possível manipular as informações de qualquer computador ou dispositivo móvel, esteja interno ou externo à Câmara. O Usuário não depende mais do equipamento, sistema operacional ou recursos tecnológicos específicos para realizar suas funções e sim de comprovação de sua identificação, comprovação de autoridade para uso do recurso e de um dispositivo para acesso, sendo o computador, tablet, smartphone, etc. A Computação em Nuvem Podemos dividir a nuvem em diversos conceitos. Vamos restringir este relatório abordando os conceitos utilizados na aplicabilidade da Câmara Municipal de Fortaleza, o IaaS (Infraestrutura como Serviço) e o SaaS (Software como Serviço).

6


INTERNET A Câmara Municipal de Fortaleza é pioneira na Rede Mundial de Computadores – Internet, como Provedora de Informações desde 1997. O Portal do Legislativo de Fortaleza passou a fornecer ao cidadão informações sobre a rotina diária deste órgão, iniciando assim sua caminhada no Governo Eletrônico (eGov).

A Internet ainda era pouco utilizada no Brasil ! A Casa passou a ousar em tecnologia, alcançou grandes avanços para o órgão e serviu como modelo para outras casas legislativas.

7


Linha do Tempo (Tecnologia na Câmara Municipal de Fortaleza)

1997 • Câmara Municipal de Fortaleza passa a existir na Internet através do domínio cmfor.ce.gov.br; • O Departamento de Informática realiza diversos cursos para Funcionários e Vereadores com o objetivo de apresentar a Rede Mundial de Computadores e suas aplicações dentro do Legislativo de Fortaleza. •

Com a aquisição de 01 (um) Computador com Placa de Captura de Vídeo, ligado a um sistema de webcam e ao sistema de áudio da mesa do plenário, começamos a Transmitir as Sessões Plenárias pela Internet (Inovação).

• A Casa cria um Sistema de Gerênciamento Eletrônico de Documentos e começa a transformar todo o seu acervo em papel comum para o documento eletrônico. Passamos a contar com um Banco de Imagens composto por Leis, Decretos, Emendas, Resoluções(1948) Pautas e mais 18 tipos de documentos legislativos (1997).

2000 • BID e Senado Federal visitam a Casa para conhecer os sistemas informatizados; •

Senado Federal passa a disponibilizar a Pauta das Sessões tendo como referencia o trabalho realizado pelo Legislativo de Fortaleza;

• Câmara recebe o Prêmio TOP 10 IN do Jornal Diário do Nordeste como “Melhor Sistema de Acervo Legislativo da Década”;

2009 • Câmara passa a existir nas Redes Sociais; • Recebemos o Prêmio ITLeaders 2009 da Revista ComputerWorld;

8


2010 e 2011 • Câmara implanta a Tecnologia de Computação em Nuvem (Cloud Computing) • Recebemos o Prêmio ITLeaders 2011 da Revista Computerworld;

2013 • Lançamento do Novo Portal do Legislativo; • Criação de um Blog de Noticias no formato Pinterest; • Tv Fortaleza e Radio Fm Fortaleza com transmissão Digital; • Uso das Redes Sociais e Portal com foco na Interação;

2014 • Implantação de Projetos Tecnológicos em Nuvem visando Agilidade, Segurança e Interação com o Cidadão.

9


10


11


IaaS (Infraestrutura como um Serviço) A Casa adotou em 2005 o sistema de comodato para o Hardware utilizado. Os Computadores dos Departamentos e Gabinetes são renovados conforme a necessidade, sendo atualizados a cada contrato. O Aluguel permitiu economia com a suspenção dos serviços de manutenção e agilidade neste processo, cada computador danificado tem que voltar ao funcionamento em um prazo máximo de 04 (quatro) horas a partir da comunicação do defeito e sem custo para a casa. Licenças de software e antivírus são de responsabilidade da empresa contratada.

Adotamos o conceito de IaaS para o processo de virtualização existente no Legislativo, sendo possível a criação de estruturas virtuais que atendam a necessidade de cada departamento o gabinete da casa.

12


13


14


SaaS (Software como um Serviço)

Esta tecnologia permite agilidade e segurança nos processos informatizados da Casa. O Usuário não necessita de conhecimentos técnicos ou de profissional de informática especializado para efetuar suas tarefas. A identificação do usuário e sua permissão fornecem ao mesmo acesso aos programas de computador (softwares) instalados na Nuvem. Usuários e Profissionais de Tecnologia da Informação ganham agilidade em suas tarefas e a casa passa a disponibilizar suas informações na internet com atualizações em tempo real. O Relatório utiliza a o módulo Legislativo, Administrativo e Comunicação tomando por base os projetos tecnológicos existentes e a serem desenvolvidos perlo COID, adotando o Organograma da Casa somente no ordenamento das funções estabelecidas na mesma.

15


Módulo Legislativo Serão disponibilizadas nesta sessão os projetos relacionados as funções legislativas de departamentos e gabinetes, além das informações no âmbito da internet relacionadas ao portal ou redes sociais.

16


Departamento Legislativo Sistemas a serem migrados para Nuvem: • SAPL - Sistema de Apoio ao Legislativo

Projetos a serem Desenvolvidos • Criação de Blog oficial do Legislativo em formato Pinterest • Conversão de Banco de Imagens Legislativos para o Formato PDF com acervo de 1948 aos dias atuais • Uso de tecnologia RFID no acompanhamento dos processos legislativos • Criação de app Legislativo de uso interno nos terminais touchscreen dos vereadores no plenário • Uso de tokens para consultar as informações legislativas • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia. • Criação do protocolo eletronico dos processos legislativos com assinatura digital • Substituição do documento em papel comum pelo documento digital • Implementação de Ilhas Digitais para encaminhamento dos processos dos gabinetes ao departamento legislativo com certificação digital

Observações A Camara Municipal de Fortaleza utiliza atualmente o sistema de apoio ao legislativo da Rede Interlegis.

17


Arquivo Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Gerenciamento eletronico de documentos • Conversão do acervo digital de 1948 aos dias atuais, das leis, decretos, emendas e resoluções

Projetos a serem Desenvolvidos • Uso de tecnologia RFID em todo seu acervo • Digitalização de toda a documentação existente no acervo • Disponibilização no portal oficial da Casa da documentação digital de domínio público • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações As informações do departamento de Arquivo geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia.

18


Redação e Debates Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Controle das Atas das Sessões

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia. • Sistema de consulta a vídeos On Demand das sessões plenárias

Observações As informações do departamento de Redação e Debates geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia. A Camara Municipal de Fortaleza utiliza atualmente o sistema de apoio ao legislativo da Rede Interlegis.

19


Comissões Técnicas Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Controle de tramitação dos processos e composição das comissões

Projetos a serem Desenvolvidos • Criação de canais web para transmissões das reuniões públicas das comissões • Controle do agendamento e atas das sessões das comissões • Uso das redes sociais • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia. • Disponibilização da comissões em tablets, Smartphones e Smart Tvs

Observações As informações do departamento da Sala das Comissões geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia. A Camara Municipal de Fortaleza utiliza atualmente o sistema de apoio ao legislativo da Rede Interlegis.

20


Coordenadoria Geral Legislativa Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Apoio ao Legislativo SAPL ( Migração interna)

Projetos a serem Desenvolvidos • Controle de qualidade dos documentos eletronicos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações As informações da Coordenadoria Geral Legislativa geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia. A Camara Municipal de Fortaleza utiliza atualmente o sistema de apoio ao legislativo da Rede Interlegis.

21


Expediente de Projetos (DIEXP) Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de mala direta

Projetos a serem Desenvolvidos • Integração do Sistema de mala direta por todos os departamentos da Casa. • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações

22


Taquigrafia Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Edição de texto compartilhada em Nuvem

Projetos a serem Desenvolvidos • Uso de caneta digitalizadora com wi-fi e OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia. • Consulta ao acervo multimidia para esclarecimento de dúvidas durante as sessões plenárias

Observações

23


IPAB Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Edição de texto compartilhada em Nuvem

Projetos a serem Desenvolvidos • Criação de livros digitais, disponibilizado em computadores, smartphones e tablets • Disponibilização do acervo

Observações Torna-se necessário o acesso do IPAB ao acervo digital do arquivo com a documentação eletronica de 1948 aos dias atuais.

24


Módulo Administrativo Serão disponibilizadas nesta sessão os projetos relacionados as funções administrativas da casa, além das informações no âmbito da internet relacionadas ao portal ou redes sociais.

25


Financeiro Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle do VDP • Controle do ISS • Controle de Pensionistas • Sistema de Empenho • Sistema de Contabilidade

Projetos a serem Desenvolvidos

• Desenvolvimento de Sistema de Controle de Conta Corrente e de Cheques emitidos • Desenvolvimento de Sistema de Gerenciamento eletronico de documentos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações As informações do departamento Financeiro geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia.

26


Patrimonio Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle do Patrimonio com modulo de manuntenção.

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de tecnologia RFID (Radio Frequency Identification)

Observações Substituição das plaquetas usadas no tombamento dos materiais, por etiqueta de rádio frequencia. (RFID) Leitor de RFID para levantamento em tempo real do material tombado localizado nos departamentos e gabinetes dos vereadores da Casa.

27


Protocolo Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Controle do Protocolo

Projetos a serem Desenvolvidos • Uso de scanners para digitalização e envio dos documentos. • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações Encontra-se em implantação de sistema de protocolo adquirado pela Casa, composto por ilhas de digitalização com controle de acesso por identificação digital e criptografado.

28


Recursos Humanos Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de Cadastro Funcional com informações sobre funcionários, composto por: • Cadastro Funcional • Identificação • Ingresso • Urgencia • Habilitações • Registro Funcional • Histórico Funcional • Declaração de Familia • Ferias • Licença • Averbações • Anuenios • Férias Premium • Afastamentos Diversos

Projetos a serem Desenvolvidos • Acesso ao sistema de folha de pagamento • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia. • Desenvolvimento de Sistema de Gerenciamento eletronico de documentos

29


Observações As informações do departamento de Recursos Humanos geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia.

30


Primeira Secretaria Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle do Almoxarifado (Consulta e Autorização)

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações Através de acesso restrito na rede, o primeiro Secretário pode acompanhar todas as informações processadas pelo almoxarifado em tempo real. As solicitações de material ao departamento de Almoxarifado, são autorizados pela primeira Secretaria.

31


Biblioteca Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle de Livros existentes e cadastro de usuários.

Projetos a serem Desenvolvidos • Acesso ao acervo existente através da Rede mundial de computadores (Internet) • Criação de uma ilha digital, utilizando os computadores fora de linha existentes na Casa, com uso do Sistema Operacional Linux (Freeware), dando acesso ä Internet através de nossa LP.

Observações A Camara Municipal de Fortaleza estará participando da inclusão digital oferecendo mais esse serviço a população de Fortaleza.

32


Cerimonial Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de mala direta com cadastro das autoridades do país.

Projetos a serem Desenvolvidos • Utilização das mídias sociais na emissão de convites da casa. • Informar através das redes sociais as cerimonias da Casa, distribuir as autoridades homenageadas, vídeo em formato de DVD com dos eventos realizados.

Observações

33


Departamento Administrativo Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de cadastro de fornecedores

Projetos a serem Desenvolvidos • Cadastramento e acompanhamento através da Nuvem dos serviços que estam sendo realizados na Casa. • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia.

Observações

34


Licitação Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Importação dos dados do SIM

Projetos a serem Desenvolvidos • Utilização da rede mundial de computadores para o cadastramento dos fornecedores da Casa • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia • Desenvolvimento de Sistema de Gerenciamento eletronico de documentos

Observações As informações do departamento de Comissão de Licitação geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia.

35


Almoxarifado Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de controle do almoxarifado • Requisição Eletronica

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia • Implantação de tecnologia RFID (Radio Frequency Identification)

Observações

36


Departamento Jurídico Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle do sistema de acompanhamento dos processos jurídicos

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia • Desenvolvimento de Sistema de Gerenciamento eletronico de documentos

Observações

37


Departamento de Manuntenção Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Controle de sistema de manuntenção

Projetos a serem Desenvolvidos • Sistema de solicitação e acompanhamento da manuntenção

Observações Abertura de chamados técnicos de departamentos e gabinetes, através da Nuvem

38


Departamento de Processamento de Dados Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de folha de pagamento

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de uma solução de identificação digital com criptografia • Disponibilização do contra cheque eletronico com validação em Nuvem

Observações

39


Recepção Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de cadastro de visitantes

Projetos a serem Desenvolvidos • Implantação de Tecnologia RTLS • Controle de acesso usando tecnologia RFID

Observações

40


Sala do Empreendedor Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de mala direta de empreededores

Projetos a serem Desenvolvidos • Site na Internet para consulta ao serviços oferecidos pelos empreendedores • Agenda de eventos do Camara Móvel • Site na Internet para consulta aos eventos do programa Camara móvel • Wi fi disponível em eventos do Camara Móvel

Observações Computação em Nuvem

41


Módulo Comunicação Serão disponibilizadas nesta sessão os projetos relacionados as funções de comunicação de departamentos e gabinetes, além das informações no âmbito da internet relacionas ao portal ou redes sociais.

42


Assessoria de Imprensa Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de alimentação do blog oficial de notícias • Sistema de criação e alimentação do Informativo eletronico

Projetos a serem Desenvolvidos • Criação de revista digital mensal, com a coletania de notícias do blog oficial, disponibilizado em computador, smartphones e tablets

Observações A assessoria de Imprensa utiliza tecnologia de QR Code As informações disponibilizadas são acessíveis através de tablet, computador e smartphones.

43


Tv Fortaleza Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de controle de programação da TV • Transmissão da Tv pela Internet em formato HD

Projetos a serem Desenvolvidos • Transmissão da programação através do canal no Youtube • Disponibilização da programação em tablets, Smartphones e Smart Tvs • Sistema de consultas a vídeos On Demand com opção de Download. • Utilização de tecnologia de vídeo conferencia • Transmissão ao vivo de eventos externos

Observações A Camara Municipal de Fortaleza é pioneira nas transmissões das sessões plenárias na Internet (1997).

44


Rádio Fortaleza FM Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Transmissão da Rádio pela Internet em formato Digital

Projetos a serem Desenvolvidos • Utilização de tecnologia de vídeo conferencia durante a programação

Observações

45


Ouvidoria Sistemas a serem migrados para Nuvem: • Sistema de controle da Ouvidoria • Alimentação do Site oficial da Ouvidoria

Projetos a serem Desenvolvidos • Uso das redes sociais • Utilização de tecnologia de vídeo conferencia

Observações As informações do departamento da Ouvidoria geram relatórios em tempo real para o portal da transparencia.

46


47


MESA DIRETORA

Câmara Municipal de Fortaleza - Biênio 2013/2014

Walter Cavalcante (PMDB) Presidente

José do Carmo (PSL) 1º Vice Presidente

Adail Júnior (PROS) 2º Vice Presidente

Elpídio Nogueira (PROS) 1º Secretário

Wellington Sabóia (PSC) 2º Secretário

Antônio Henrique (PROS) 3º Secretário

xlviii


DIREITOS AUTORAIS

© Coordenadoria de Informação de Dados Câmara Municipal de Fortaleza, 2014.

Elaborado por Francisco Cavalcante Coordenador de Informação de Dados

Diretor Geral Marcelo Holanda

Equipe Técnica - Coordenadoria de Informação de Dados: Alexandre Pereira Cavalcante Jéssica Sayuri Fernández Honda Lucas Cavalcante Gomes Carlos Eugênio Torres
 xlix

Ibook relatorio analitico 2013 2014  

Relatório Analítico Câmara Municipal de Fortaleza ano 2013/2014 pela Coordenadoria de Informação de Dados.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you