Issuu on Google+

A Ratinha Robertina Texto e ilustração: Tiago Santos


Era uma vez uma ratinha chamada Robertina.

Certo dia, a sua mãe pediu-lhe para levar comida roubada da despensa da casa onde tinham feito ninho á sua avó, uma velha rata do campo, que morava depois do pântano.


Toda contente, Robertina pôs-se a caminho, para ir visitar a avó, que já não via desde o Natal. Quando saio de casa, a sua mãe disse-lhe para não ir pelo pântano, mas ela já estava tão apressada e entusiasmada


Quando chegou a meio do pântano, parou de correr, pois já estava muito cansada e, então um gato apareceu-lhe á frente á frentee perguntou:

- Onde é que esta deliciosa ratinha vai? -Vou a casa da mnha mnha avó, que vive depois do pântano. -Ah! Muito bem. Queres companhia? -Não, obrigada. Quero ir sozinha.


O, gato percebendo que em vez de uma, podia comer deuas ratinhas, decidiu correr atĂŠ casa da avĂł e comĂŞ-la.


Quando a ratinha Robertina chegou lá, notou as diferenças na sua avó e perguntou-lhe: -Avó, por que tens as orelhas tão bicudas? -É para te ouvir melhor, minha ratinha. -por que é que tens uns dentes tão grandes? -É para andar á caça, minha ratinha.


E então,Robertina virou-se para trás para apanhar o cesto que tinha poysado na mão. O gato tentou atacá-la, mas tropeçou, caiu no chão e Robertina, muito assustada, pegou numa pedra que estava ali ao lado e deu-lhe com ela com tanta força tinha. o gato desmaiou e erla, com a unha afiada, abriu-lhe a barriga e salvoua avó. Com muito esforço, as duas ratinhas atiraram o gatoa ao pantano e, assim, foram felizaes para sempre.


Tiago Santos 10ºE Escola Secundária Eng. Acácio Calazans Duarte. Ano lectivo: 2010/2011 Desenho A/Português


A Ratinha Robertina