Page 1

INFOMAIL: BALANÇO DO ANO DE 2014 NO MUNICÍPIO DE FARO

FARO 2014

EM REVISTA Inauguração do Parque Ribeirinho a 7 de setembro 2014

UM CONCELHO EM MARCHA!

Inauguração da E.B. da LEJANA

FESTIVAL F Nunca mais chega setembro…

PAEL Dívidas pagas e casa arrumada.


índice

editorial

03 DESTAQUES 05 CULTURA 08 PROMOÇÃO E ANIMAÇÃO 09 INSTITUCIONAL 10 AÇÃO SOCIAL 11 AMBIENTE 12 RELAÇÕES INTERNACIONAIS E COOPERAÇÃO 13 DESPORTO 14 JUVENTUDE 15 TEATRO

Rogério Bacalhau

16 TURISMO E ECONOMIA LOCAL

Presidente da Câmara Municipal de Faro

17 SERVIÇO DE PROTEÇÃO CIVIL CORPO DE BOMBEIROS SAPADORES SERVIÇO DE SANIDADE ANIMAL E ALIMENTAR 18 MERCADO 19 PLANEAMENTO E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO 20 SABIA QUE… 26 FACEBOOK

FICHA TÉCNICA Edição e conceção gráfica: Município de Faro Tiragem: 15 mil exemplares Distribuição gratuita CUSTOS DE IMPRESSÃO 1495€ (0,10€ por exemplar) IMPRESSÃO Naveprinter CONTACTOS GERAIS Município de Faro Largo da Sé, 8004-001 Faro Tel: 289 870 870 Fax: 289 870 039 geral@cm-faro.pt www.cm-faro.pt

A

gora que ficou para trás o ano de 2014, é tempo de balanço. Em primeiro lugar, este foi o ano em que viram a luz do dia equipamentos públicos há muito reivindicados. São os casos da Escola Básica da Lejana ou do Parque Ribeirinho. E foi também em 2014 que outras intervenções estruturantes conheceram um impulso decisivo, como as dragagens da Ria Formosa, a Variante Norte, a pavimentação dos caminhos municipais das freguesias, os acessos à Praia de Faro ou as obras da Escola João de Deus (Liceu). Avançámos com o novo terminal rodoviário urbano e colocámos a circular um minibus 100% elétrico – até há bem pouco tempo o único a fazer carreira regular no País; temos mais estacionamento gratuito e estamos a qualificar o espaço público, pintando as passadeiras, arranjando as praças e melhorando as vias pedonais. No entanto, aos que consideram que este foi o ano das inaugurações e do recomeço das obras, eu contraponho outros momentos de grande relevância. Refiro-me, desde logo, ao PAEL, que nos permitiu a liquidação de mais de 14 mil faturas vencidas, regularizando a nossa situação com todos os fornecedores, associações, clubes e entidades ban-

cárias. Resolvemos assim um problema de dívida de curto prazo, que se arrastava há anos demais e, como resultado, resgatámos a dignidade do Município no relacionamento com os outros agentes económicos. E com isto ainda injetámos dinheiro fresco na economia local, num montante superior a 16,7 milhões de €uros. Agora, a autarquia paga a tempo e horas e respeita um esforço de contenção bastante exigente que resulta, em grande medida, do Plano de Reequilíbrio Financeiro aprovado em Assembleia Municipal em 2010. Nestas circunstâncias, as atividades culturais e desportivas que o concelho conseguiu realizar este ano, exigiram uma grande dose de criatividade, engenho e muito rigor. Falo do Festival F, da Fun Zone, do Faro Ativo, da reabertura do Atrium como centro criativo ou ainda da animação de Natal. Algumas resultam do esforço do Município, Ambifaro e Teatro Municipal. Mas muitas são fruto da generosidade e da dedicação das associações, escolas, clubes e dos próprios cidadãos que, percebendo o que está em jogo, dão tudo de si em prol da afirmação de Faro. Todos são, por isso, credores do nosso sentido agradecimento. Haverá outros que preferem recor-

dar 2014 como o ano em que a Baixa se revitalizou, com novos negócios e uma dinâmica que há muito não se via. Os amantes da cultura dirão, por seu lado, que foi o ano em que o Teatro Municipal deu a conhecer uma programação muito mais rica e variada e que tem merecido o elogio da crítica e do público – que, neste particular, é o que nos interessa. E, já agora, este poderia também ter sido o ano do mar, ou não viesse do mar o apelo que fez do nosso concelho uma “Smarter City” (cidade inteligente). Este importante galardão foi-nos conferido pela multinacional IBM e coloca Faro num lote onde apenas figuram mais quatro cidades europeias. 2014 foi, efetivamente, um ano de muitas realizações. Espero que 2015 seja ano de muitas mais. Para nós, particularmente, satisfaz-nos prosseguir na direção que vimos implementando, procurando fazer da nossa capital um “Concelho em Marcha” rumo a um futuro promissor, repleto de felicidade para todos. Que seja, pois, um bom ano e que ao longo dele possamos sentir cada vez mais que o concelho de Faro é a nossa casa, onde nos sentimos bem e somos felizes.


destaques

Inauguração do

PARQUE RIBEIRINHO

O Parque Ribeirinho de Faro abriu oficialmente, correspondendo à obra mais emblemática das várias inauguradas no Dia do Município. A zona ribeirinha da Panasqueira às Pontes de Marchil, até agora sem qualquer utilização lúdica organizada, disponibiliza aos munícipes um parque de recreio e lazer, que inclui vias cicláveis e pedestres, um observatório de aves, zonas de descanso e um anfiteatro ao ar livre para 250 pessoas. Construído ao abrigo do pro-

grama de requalificação ambiental Polis para a Ria Formosa, o parque ribeirinho representou um investimento de cerca de 3,5 milhões de euros. Com esta inauguração, fica definitivamente cumprido um anseio antigo da população, na sua natural predisposição de se envolver um pouco mais com a Ria Formosa. Hoje, o Parque Ribeirinho é uma realidade e é mais uma centralidade para a cidade e para os farenses.


FARO 2014 EM REVISTA

4

FESTIVAL F Nunca mais chega setembro

destaques

ABERTURA DO ATRIUM Centro Criativo da Baixa de Faro O Atrium – Centro Criativo da Baixa de Faro abriu no dia 13 de dezembro como um projeto vocacionado para a dinamização do antigo centro comercial Atrium, encerrado em Agosto de 2009. Com uma filosofia bem diferente da que presidiu à “primeira vida” do antigo Atrium, o novo espaço implementa projetos nas áreas criativas, como oficinas de trabalho, lojas temporárias pop-ups, workshops, exposições, mercados temáticos e espaços interdisciplinares em articulação com as entidades locais. Este projeto prevê

igualmente a disponibilização de espaços destinados à incubação de ideias ou projetos inovadores e criativos, com potencial empresarial. Esta é uma realização da Ambifaro, em estreita articulação com a Associação Nacional de Designers, a Associação Cultural Palácio do Tenente, a Sardinha de Papel e a Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro. Estão presentes, entre outras entidades, a UAlg, a Algarve Film Comission, o Motoclube de Faro e a Look-Al.

CÂMARA LIQUIDA DÍVIDAS a fornecedores, no valor de 16,7 milhões de euros Em novembro, a Câmara de Faro liquidou as últimas faturas inseridas no Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), no valor total de 16.710.899,55 €, para pagamento de dívidas antigas de curto prazo a fornecedores. O pagamento do empréstimo do PAEL far-se-á até 2034, num esforço financeiro anual superior a um milhão de euros, com juros e serviço da dívida incluídos. Com o futuro condicionado, o Município já não faz nem fará qualquer aquisição ou contratação sem a garantia de que

existe verba para o seu pagamento integral. Isto introduz transparência no relacionamento entre a Câmara e os demais agentes locais, que sabem que os seus pagamentos acontecerão dentro da legalidade, no prazo de 90 dias. No final deste processo, fica finalmente restituída a credibilidade financeira perante os nossos fornecedores, associações e entidades bancárias – a Câmara de Faro é pessoa de bem e credora de toda a confiança.

Foram de festa as noites de 5 e 6 de setembro em Faro, onde decorreu a edição “zero” do Festival F. Esta iniciativa da Câmara Municipal, Teatro das Figuras e Ambifaro, procurou reunir num espaço nobre da cidade – a Vila Adentro – nomes emergentes da música portuguesa, com uma componente de comida de rua, artesanato, teatro e animação. Pelos 5 palcos disponíveis passaram ícones da música nacional e algumas das mais reconhecidas bandas e artistas farenses, nomeadamente, João Cuña, Nome, Nanook, Eudoro Grade, Mundopardo e The Wax Flamingos. Dos inúmeros momentos altos desta edição, o público destacou os concertos do irreverente

The Legendary Tigerman, Tiago Bettencourt, Capicua, Capitão Fausto e dos arrasadores Dead Combo. Muitos referem ainda a surpresa da segunda noite, quando Luísa Sobral e Miguel Araújo atuaram em duo, partilhando algumas canções. No palco do Castelo destacaram-se The Black Mamba, Capicua e os DJ’s Diego Miranda, Mónica Mendes e Rui Estevão. Com a premissa de que se pagasse a si próprio – o que acabou por se verificar, o Festival F surgiu para afirmar Faro no calendário dos eventos de qualidade. E conseguiu! Depois do arrebatador sucesso desta edição zero, é caso para dizer, nunca mais chega Setembro…

E.B. DA LEJANA abre a tempo do ano letivo

O Dia da Cidade ficou igualmente marcado pela inauguração da Escola Básica da Lejana, na qual esteve presente o Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida. A disponibilização deste novo equipamento reforçou o parque escolar público, contribuindo para a erradicação dos horários duplos nas escolas de 1.º ciclo, localizadas na área urbana. Com a Escola da Lejana ficam ainda à disposição da população mais 3 salas para o pré-escolar, o que

vem aumentar consideravelmente a oferta pública disponível, que no entanto ainda é insuficiente para a procura. Orçado em mais de 2 milhões de euros, este projeto do Município avança para modernizar e alargar a oferta educativa no ensino básico e pré-primário e também para aliviar a carga discente em outras escolas do concelho. Nas difíceis circunstâncias em que o Município se encontrava, a inauguração desta escola representou um desfecho muito favorável para todos.


5

FARO 2014 EM REVISTA

cultura

FARO terra de paixões e de sonhos

33.º Encontro de CHAROLAS da cidade de Faro

Cumpriu-se de novo esta tradição, no dia 12 de janeiro no Teatro das Figuras, com a participação de dez grupos de charolas de Bordeia, Santa Bárbara de Nexe, Montenegro, Estoi e Conceição de Faro. Os Encontros de Charolas e os Festivais realizam-se um pouco por todo o Concelho.

Se existe cidade no Algarve que apaixona, essa cidade é Faro. Pelos seus encantos patrimoniais, pelas paisagens arrebatadoras da ria e da serra, pela sua inesquecível gastronomia, pelas suas incomparáveis festividades e rituais ou pelas sonoridades únicas do acordeão. A cultura está espalhada em cada canto. Prova disso são os cerca de 400 eventos realizados ao longo do ano de 2014 em todo o concelho, uns promovidos pela autarquia, outros dinamizados pelas associações locais, que aqui damos conta de uma pequena amostra, quer pelo protagonismo que assumiram, quer pelo espaço disponível nestas páginas. Cada uma no seu modo e feitio, reclamando origens longínquas no tempo e uma relação forte com a terra e as gentes. É esta tradição, que inspira e ao mesmo tempo alimenta o sonho criativo de associações e de represen-

A nova vida de OCEANO A sala onde está exposto o mosaico romano dedicado ao Deus Oceano, uma das peças mais emblemáticas do Museu Municipal, reabriu a 12 de abril com um novo figurino, após nove meses de remodelação. Batizada “Os Rostos de Oceanus”, esta sala mantinha-se inalterada desde que o mosaico foi recuperado, em 1976. Mais do que uma operação de cosmética, a intervenção permitiu que a exposição tenha uma linguagem mais elucidativa da posição que Ossónoba (Faro) detinha. Créditos para a equipa do nosso Museu e para as entidades que nos ajudaram a dar nova vida a Oceano: Consulado de Angola, Metalofarense, Fundação Millennium bcp, Tintas Arga e Cafés Delta.

tantes culturais do concelho, a base da imagem que a autarquia defende e valoriza para o concelho. O respeito pelo passado e a acessibilidade ao património é uma marca fundamental para caracterizar o território e divulgar as suas mais-valias junto de quem nos visita. Mas a cidade de Faro também desperta grande entusiasmo pelo trabalho na área das artes visuais, pela excelência da programação teatral, pela diversidade dos estilos musicais ou ainda pelo brilhantismo performativo na dança. A todo este trabalho proporcionado por associações culturais e pela autarquia, junta-se um conjunto de equipamentos, que oferecem todas as condições para tornar única e especial a realização de um evento. É por isso que Faro é irresistível e faz sonhar todos os dias em planos melhores e mais ambiciosos.

FARO BLUES Festival Internacional de Blues de Faro

Durante o mês de maio, decorreu no Teatro Lethes, o Faro Blues - Festival Internacional de Blues de Faro, que colocou a capital algarvia na rota destes festivais musicais, caracterizados por terem um cariz eminentemente urbano e contemporâneo. Este evento, que visa promover o Blues, um estilo musical conhecido como o Pai do Rock e de quase toda a música contemporânea, foi realizado pela AmbiFaro e pelo programa de rádio “Bluesmente Falando” da RUA FM, contando ainda com a parceria da Câmara Municipal de Faro e do Hotel Dom Bernardo.

XVI FARTUNA

Decorreu nos dias 4 e 5 de abril o Festival de Tunas Académicas, onde estiveram representadas várias universidades. O início foi marcado pela Noite de Serenatas, seguindo-se a “Pasacalles” que animou os transeuntes da Baixa de Faro. O festival terminou com o habitual espetáculo no Teatro das Figuras.

JORNADAS EUROPEIAS do património destacam gastronomia

Decorreram nos dias 26, 27 e 28 de setembro as Jornadas Europeias do Património, este ano dedicadas à temática: “Património sempre uma descoberta”. Associado à iniciativa desde a sua criação, o Município de Faro, através do Museu Municipal, destacou este ano o património gastronómico – em especial, a doçaria conventual, legado que importa proteger, valorizar e… saborear. Tiveram ainda lugar workshops e palestras sobre esta temática, devidamente ilustrados por apontamentos de teatro que nos remetiam para o ambiente do convento e da confeção dos doces que hoje nos deliciam. A música marcou presença, com as interpretações de Eduardo Ramos (música de inspiração árabe e sefardita) e de João Cuña (guitarra portuguesa).

4.º ALGARVE DESIGN MEETING

Evento internacional realizado em vários locais da cidade de Faro e que promove o design e os audiovisuais. Destinado a estudantes, investigadores, docentes, profissionais da área do design e outras profissões relacionadas e público em geral, o evento ofereceu um conjunto de iniciativas, nas quais se incluíram seminários, mostras e workshops. Foi realizada a apresentação pública de trabalhos de videomapping na fachada da Igreja da Sé, realizados pelos alunos da Universidade do Algarve e da Universidade de Tomas Bata, da República Checa e a exposição de trabalhos de alunos finalistas do curso de Design de Comunicação e Imagem Animada da UAlg. Este meeting foi uma organização da Universidade do Algarve e da Associação Nacional de Designers, com o apoio da Câmara Municipal de Faro e da Direção Regional de Cultura do Algarve.


FARO 2014 EM REVISTA

6

III ENCONTRO PARTILHAR LEITURAS No mês de março decorreu mais uma edição do Partilhar Leituras, uma organização da Biblioteca Municipal. Subordinado ao tema “O Papel Social das Bibliotecas junto da Comunidade”, deu-se a conhecer o trabalho realizado pelas Bibliotecas Universitárias, Públicas e Escolares do Algarve e também de alguns agentes culturais, divulgaram-se as boas práticas, fomentando a troca de experiências entre os diversos profissionais, demonstrando que as bibliotecas desempenham um papel fundamental na área da intervenção social contribuindo, de uma forma decisiva, para o desenvolvimento da comunidade em que se inserem.

COMBOIO PRESIDENCIAL chega a Faro, nos 125 anos do caminho-de-ferro Com a chegada a Faro do comboio centenário usado pelos chefes de Estado, assinalaram-se, a 1 de julho, os 125 anos da chegada do comboio à nossa cidade. A iniciativa foi da Fundação Museu Nacional Ferroviário, com a colaboração das câmaras de Faro e de Vila Real de Santo António. O momento histórico originou a inauguração da exposição “Um olhar sobre o Caminho-de-Ferro no Algarve”, no Museu Municipal, que reune fotografias, objetos e documentos sobre o tema.

FORAL DE FARO regressa a casa

38º FEIRA DO LIVRO da cidade de Faro

O ano não terminaria sem mais uma excelente notícia. A 30 de dezembro o Governo decide proceder ao depósito do Foral Manuelino de Faro no Museu Municipal, após insistência desta autarquia. Depois de ter sido cedido pelo Museu Nacional Machado de Castro (Coimbra) para a exposição “O Foral de Faraão”, este importante documento da história da cidade regressa em definitivo à capital algarvia. A história encarrega-se de fazer justiça e o foral regressa à nossa terra, que nunca o devia ter deixado sair.

A 38.ª Feira do Livro trouxe escritores de referência a Faro. Lídia Jorge e Nuno Júdice abrilhantaram o certame organizado pela Câmara Municipal de Faro que mais uma vez se realizou no Jardim Manuel Bivar. Um evento maduro, cada vez mais afirmado no panorama cultural algarvio.

MENAU TRAZ “POLICROMIA” e irreverência para o mercado municipal

SOLSTÍCIO MUSICAL saúda a chegada do verão

LÁPIS AZUL em Faro

No âmbito das comemorações dos 40 anos da Revolução dos Cravos realizou-se no passado mês de abril na Biblioteca Municipal, a mostra documental Lápis Azul. Esta mostra deu a conhecer o fundo documental da Delegação de Faro dos Serviços de Censura à Imprensa, existente no Arquivo Histórico Municipal. Os documentos exibidos testemunharam a falta de liberdade de expressão que se vivia nesse período da nossa história, nomeadamente nos jornais regionais, e outras publicações.

MOSTRA DE CINEMA ao ar livre

O Cineclube de Faro promoveu mais uma Mostra de Cinema ao Ar Livre no Museu Municipal, Jardim da Alameda e Mercado Municipal. Foram projetadas oito longas-metragens, seguidas de uma curta-metragem. A mostra teve início no Museu Municipal de Faro, no dia 14 de julho, com a projeção de “A Propósito de Llewyn Davis”, o mais recente filme dos irmãos Cohen e terminou com o documentário “A Mãe e o Mar” do português Gonçalo Tocha, exibido no Mercado Municipal. Pela mostra passaram ainda “Golpada Americana” de David O’Russel e “Blue Jasmine” de Woody Allen. Uma oportunidade desfrutar de bom cinema na frescura das noites de verão.

4º FARCUME

De 27 az 30 de Agosto decorreu na Escola de Hotelaria e Turismo a 4ª edição do FARCUME: Festival de Curtas-Metragens de Faro que contou com a exibição de mais de 200 trabalhos oriundos de 87 países, repartidos nas categorias Animação, Documentário, Ficção e Videoclip. A organização deste festival foi da FARO 1540 – Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro e contou com o apoio do Município.

FOLKFARO’14 Invade a cidade O Festival Folkfaro’14 e o Concelho de Faro continuam em processo de “namoro”. A cidade já não prescinde das formações internacionais que fazem o festival, em número de 12 este ano, e os mais de 300 participantes, entre músicos e bailarinos, também já não dispensam a companhia e o incentivo da população. Como prova desse encantamento, a edição deste ano foi a mais concorrida e emocionante de sempre. A organização, como sempre, foi do Grupo Folclórico de Faro e da Câmara Municipal.

Foi assinado a 3 de novembro, no Mercado Municipal de Faro, um protocolo com a Associação Cultural sem fins lucrativos Policromia. Esta associação, impulsionada pelo conhecido (e irreverente) artista plástico Menau, tem assim um espaço onde funciona a sua sede e simultaneamente recebe os seus associados. Este local será mais um espaço de encontro de expressões artísticas e os seus impulsionadores prometem trazer à cidade mais oferta cultural, com exposições, formação e residências de criação, serviço educativo, entre outras vertentes.

No que começa a ser uma tradição importante na vida cultural da cidade, o Verão voltou a ser acolhido, em Faro, com o «Solstício Musical» que o Coral Ossónoba organizou na baixa da cidade, no dia 21 de junho, com o apoio da Câmara. Para além dos três coros do Coral Ossónoba, participaram Rui Baeta, na companhia da cantora e compositora Ana Margarida, Rui Freitas, com o seu vibrafone, a Associação Filarmónica de Faro, o Grupo Folclórico de Faro e o Grupo de Dança Venezuelana “Baila Venezuela Baila”.


7

FARO 2014 EM REVISTA

1.º FESTIVAL DE FADO Entre 28 e 30 de agosto teve lugar o 1.º Festival de Fado em vários espaços públicos e restaurantes da zona de comércio tradicional. Nesta primeira edição, que todos desejamos tenha continuidade, participaram os irmãos Pedro e Teresa Viola, Filipe Sousa, Isa de Brito, Inês Graça e Cremilde. A programação do Festival foi da responsabilidade da Associação de Fado do Algarve, em parceria com a Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro.

SANTOS POPULARES

Os Santos Populares também têm tradição em Faro. Nesta altura multiplicam-se os arraiais festejando Santo António, S. João e S. Pedro. As Festas de Santo António do Alto, o arraial de S. João no Largo Afonso III e a Festa de S. Pedro celebram estes santos com bailes, música ao vivo e petiscos. As marchas populares também se inserem nesta tradição que tem vindo a ganhar novo fôlego.

CONCERTO DE NATAL Teve lugar no dia 20 de dezembro, na Igreja Matriz de S. Pedro, o concerto de Natal com a participação dos grupos corais que compõem o Grupo Coral Ossónoba que interpretaram canções de Natal originárias de diversos pontos do mundo.

EM CONTRA TEATRO

Decorreu nos dias 31 de outubro e 1 de Novembro mais uma edição do Em Contra Teatro, uma “mostra” de teatro organizada pela Associação Recreativa e Cultural de Músicos. Participaram diversos grupos de teatro nacionais: Pim Teatro, Te-Atrito, Companhia do Chapitô, Fio D’Azeite, Musgo, Animateatro e Utopia Teatro. Os espetáculos tiveram lugar na sede da associação, na Antiga Fábrica da Cerveja e no Teatro das Figuras. Em simultâneo foi realizada uma feira de livros de teatro e de adereços e figurinos.

FESTIVAL FOME Festival de objetos e marionetas

GISELA JOÃO e Orquestra Clássica do Sul encantam no Largo da Sé Integrado no Festival Caixa a Sul, o concerto com Gisela João e a Orquestra Clássica do Sul no Largo da Sé, no dia 8 de agosto, foi um dos pontos altos da programação de Verão. Este evento, patrocinado pela Caixa Geral de Depósitos e apoiado pela Câmara, deu a conhecer ao público farense uma das mais frescas e aclamadas vozes do novo fado. Gisela João encantou e ficou definitivamente no coração de Faro.

FESTIVAL DE ÓRGÃO 2014 Realizaram-se durante o mês de novembro, nas Igrejas da Sé e do Carmo os cinco concertos de órgão que integraram a 7.ª edição do Festival de Órgão de Faro. Pelo festival passaram intérpretes como André Bandeira, Daniel Ribeiro, Rui Soares, José Carlos Araújo e Pavel Cerny que interpretaram obras de compositores como Carlos Seixas, Händel, Bach, Swelinck, etc.. Uma oportunidade rara para fruir da música proporcionada pelos órgãos das nossas igrejas, interpretada com virtuosismo. O Festival de Órgão de Faro é uma organização da Associação Música XXI, com o apoio do Município de Faro e da Direção Regional de Cultural do Algarve.

DANÇARTE Concurso internacional de dança Em abril realizou-se mais uma edição, a 11.ª, do Dançarte, o concurso internacional de dança que descobre e promove jovens talentos da dança, uma organização da Associação Beliaev Centro Cultural. Dirige-se a jovens bailarinos, dos 8 aos 25 anos e abrange as modalidades de dança clássica, dança contemporânea, dança de caráter, dança jazz, hip hop e sapateado. É o concurso nacional de qualificação para o Dance World Cup.

Decorreu de 9 a 15 de Junho a terceira edição do FOME – Festival de Objetos e Marionetas. O objetivo desta edição foi o aprofundamento da relação da organização com a comunidade e a manutenção do alargamento do evento, iniciado na edição anterior com a sua extensão a outros municípios. Pretendeu-se, ainda, o reforço da internacionalização com a participação de um dos mestres do mundo da marioneta – Neville – resultante da parceria com a Companhia D’Arame de Montemor-o-Novo e o seu festival “Encontros”. Participaram também os Marimbondo (Lousã), os La Fontana – Formas Animadas (Vila do Conde), Maria de Vasconcelos e Jorge Soares com o seu D. Roberto Algarvio. Na música destacaram-se os concertos de harpa de Helena Madeira. O FOME encerrou com o lançamento do balão de sonhos, sorrisos e penicos, após o último espetáculo no concerto de Manuel João Vieira.


FARO 2014 EM REVISTA

8

promoção e animação FUNZONE Mundial 2014 no Jardim Manuel Bivar O Jardim Manuel Bivar em Faro transformou-se, durante o Mundial de Futebol 2014, numa “FunZone”. Neste espaço, a cidade pôde assistir à transmissão de todos os jogos em direto da maior competição de Futebol do mundo, e participar em inúmeras atividades integradas num amplo programa de animação que teve a duração de seis semanas, numa lógica de redinamização do Jardim e do Centro Histórico, como salas de visitas da nossa cidade. Pena foi que desta vez a nossa Seleção não tenha chegado aos lugares cimeiros.

FEIRA DO QUEIJO E DO VINHO DE FARO A primeira edição da Feira do Queijo e do Vinho de Faro, organizada pela empresa municipal AmbiFaro realizou-se em abril no Jardim Manuel Bivar e revestiu-se de um enorme sucesso, contando, durante os 4 dias de atividade, com a presença de mais de 25 mil visitantes. Esta iniciativa pretendeu divulgar e promover os produtos endógenos nacionais, contribuindo para a sustentabilidade e para a valorização da identidade do património natural e rural de Portugal.

33ª CONCENTRAÇÃO INTERNACIONAL DE MOTOS Faro recebeu de 17 a 20 de julho de 2014 a 33ª Concentração Internacional de Motos. O Vale das Almas foi o ponto de encontro dos milhares de motociclistas que aqui se reuniram para um fim-de-semana com muita animação, tornando Faro a capital das 2 rodas. O Moto Clube de Faro é a entidade responsável pela organização desta que é uma das mais míticas concentrações motards da Europa. Este ano, mais uma vez, sem baixas nem incidentes graves.

FEIRA DE SANTA IRIA FESTA DA RIA Como cresceu a nossa FORMOSA 2014 Feira! Um sucesso de fazer inveja A Festa da Ria Formosa, promovida pela Associação de Viveiristas e Mariscadores da Ria Formosa (VIVMAR) com o apoio da Câmara Municipal, foi a mais participada de sempre, tendo passado pelo Largo de São Francisco cerca de 70.000 pessoas entre os dias 10 e 21 de agosto. A Autarquia trabalhou em parceria com a VIVMAR, construindo um programa de animação que a todos agradou numa nova disposição do recinto. O resto fez-se da qualidade intrínseca dos produtos genuínos da nossa Ria, confecionados como só os farenses sabem. As entradas foram gratuitas.

No mês de outubro, decorreu mais uma edição da Feira de Santa Iria que encheu de cor, sons, sabores e alegria a capital algarvia. Este ano, o certame contou com mais de 200 expositores a que se juntaram 14 entidades oficiais e associações. O número de visitantes também aumentou, estimando-se em cerca de 180 mil aqueles que, entre os dias 17 e 26 de outubro, passaram pela “nossa feira”. As novidades deste ano passaram pela montagem de uma nova tenda de atividades económicas com 450 m2 e de um novo espaço exterior de gastronomia, que se revelaram excelente complemento à oferta já existente em edições anteriores.


9

FARO 2014 EM REVISTA

institucional 40 ANOS do 25 de abril Como nos mostram acontecimentos recentes, construir a liberdade não é nunca um trabalho acabado. Exige a atenção e a participação de todos. Em Faro, quis-se dar esta dimensão às comemorações dos 40 anos da Revolução de Abril, que em 2014 se assinalaram. A programação resultou da iniciativa de todas as entidades concelhias que responderam ao repto lançado pela autarquia. O resultado foi um programa extenso e variado que ocupou todo o mês de abril com variedades, literatura, poesia, música, desporto, teatro e, claro com as solenidades celebradas no próprio dia 25 e que tiveram lugar nos Paços do Município.

RELAÇÕES DE PROXIMIDADE COM OS MUNÍCIPES A proximidade com as pessoas é um modo de trabalho que tem vindo a ser cultivado no dia-a-dia do Município. A reestruturação da autarquia, levada a cabo nos últimos anos, possibilitou menores tempos de resposta às solicitações; prosseguiu-se a prática de atendimento diário aos munícipes; apostou-se em atendimentos descentralizados através de visitas às freguesias rurais, reunião de câmara descentralizada;

reuniões mensais com os Presidentes de Juntas e também através do atendimento aos munícipes em tempo real na rede social Facebook. Desde o passado mês de Outubro, as reuniões de câmara passaram ainda a ser públicas.

COMEMORAÇÕES DO DIA DO MUNICÍPIO Três inaugurações marcaram o Dia do Município: Parque Ribeirinho, Escola Básica da Lejana e ETIC_Algarve. Os agraciados deste ano foram distinguidos com a medalha de mérito grau ouro: a ADFA - Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Delegação de Faro; CASA Centro de Apoio ao Sem-Abrigo; Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social; Professor Doutor João Guerreiro; Dr. Leo-

nardo Abreu; Liga dos Combatentes; Ator Luís Vicente; Núcleo Escola Segura do Destacamento da GNR de Faro e Programa Escola Segura da PSP. Nesta sessão, atribuíram-se medalhas de bons serviços e dedicação a nove funcionários municipais. Destaque ainda para o descerramento da placa toponímica com o nome do cineasta farense José Maria Nunes (1930-2010).

ILUSTRES QUE NOS DEIXARAM

Marciano Nobre

Teixeira Marques

Depois de, em 2013, termos visto desaparecer da nossa companhia o Poeta Ramos Rosa e o Dr. Joaquim Carvalho Afonso, antigo Presidente da Assembleia Municipal, 2014 foi também um ano em que nos despedimos de ilustres cidadãos que se notabilizaram nas suas áreas. Menção para o Eng.º José Marciano Nobre, Presidente

Barros Madeira

Alvaro Paço

da Câmara de Faro entre os anos de 1980 e 1982; para o Professor Eugénio Alte da Veiga, magnífico Reitor da Universidade do Algarve entre 1993 e 1997; o ilustre médico Dr. Barros Madeira; o filantropo da Conceição de Faro, Álvaro Calçada Paço e a saudosa Dr.ª Silvina Afonso, vulto do Ensino e notável professora da Escola

Eugénio Alte da Veiga

Secundária João de Deus. Mais recentemente, o jornalista Teixeira Marques ou o arquiteto João Reis foram outras figuras de cuja marcante companhia nos vimos privados. Permanece, contudo, bem vivo o seu exemplo e o nosso reconhecimento perante a memória de todos.


FARO 2014 EM REVISTA

10

ação social

Dia Internacional do Idoso Conforme já vem sendo tradição, o Município de Faro com o apoio da CIMFARO - Casa do Idoso do Meio Rural de Faro e do Instituto D. Francisco Gomes - Casa dos Rapazes, dinamizou mais um Dia Internacional do Idoso, no Polidesportivo do Instituto D. Francisco Gomes. Estas comemorações, instituídas em 1991 pela Organização das Nações Unidas visam principalmente sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e a necessidade de proteger e cuidar a população mais idosa. Em Faro, O Gabinete do Idoso vem-se afirmando com um trabalho de análise dos técnicos que se encontram no terreno e que têm uma noção muito mais completa das condições de vida de muitos idosos residentes no concelho.

O dever irrenunciável de apoiar os fragilizados Seja qual for o ambiente macroeconómico que se venha a respirar no futuro, temos de saber procurar implementar ações concretas no caminho do cumprimento da nossa obrigação fundamental, que é promover a qualidade de vida dos nossos Munícipes. E os mais carenciados e desprotegidos são quem merece a nossa atenção especial. Faro tem procurado construir uma rede de ação social articulada que permita apoiar de forma mais eficaz os setores da população mais fragilizados. A Câmara Municipal constituiu o Conselho Local de Ação Social, encabeçado pelo Presidente da autarquia para dinamizar a Rede Social e promover uma boa articulação entre as várias entidades que atuam localmente nesta área. A autarquia tem apoiado todos os organismos que atuam no concelho, através da cedência de terrenos e instalações, de atribuição de apoios de diversa ordem, para espaços e equipamentos, ações de divulgação, logística, etc. A autarquia dispõe ainda do seu próprio Departamento de Ação Social e Educação, que não tem mãos a medir na procura das soluções que melhor se adequam a cada caso concreto. Claro que não é possível acorrer a todos os pedidos. Os serviços procuram assim, com critérios objetivos, fazer a triagem e acorrer aos casos prioritários.

Roteiro solidário A Rede Social de Faro, através dos serviços do Departamento de Ação Social e Educação, continuou a promover o ciclo de circuitos interinstitucionais com o obje-

tivo de estimular o conhecimento e fomentar o diálogo e a articulação estreita entre as instituições. Participaram as entidades: Banco Alimentar, Fundação Algarvia para o Desenvolvimento Social, Centro Infantil “Os Vivaços”, APPC “Lar Residencial” Montenegro, FASL Creche “Malta Pequena”, CCSSNexe “Lar, Creche e Centro Infantil”, PROVECTUS, Associação de Reformados e Pensionistas do Concelho de Faro, Creche da Falfosa do Centro de Ação Social, Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Saúde e da Segurança Social do Distrito de Faro e Creche “O Relógio.

Centro Hospitalar do Algarve trazendo também condições de excelência e humanidade no tratamento aos doentes crónicos e acamados, sobretudo os mais idosos. O projeto representa um investimento global de 2.529.488 euros e foi financiado pelo Ministério da Saúde com um montante de 750 mil euros. A Autarquia não fugiu às suas responsabilidades e deu também o seu contributo com a cedência do terreno em regime de direito de superfície.

Prestações com rendas de habitação social limitadas a 50€ Em janeiro de 2014 entrou em vigor a suspensão, durante dois anos, do regulamento de acesso e gestão do parque habitacional do Município de Faro. Na prática, durante este período, as reduções preveem a fixação de uma renda máxima de 50€ para os inquilinos de habitação social. Com isto pretendeu-se minimizar a exposição aos efeitos nocivos da difícil conjuntura, que muita famílias ainda atravessam, e que tornou o simples gesto de pagar uma renda de casa uma tarefa quase impossível.

40 camas para cuidados continuados em Estoi A nova Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Longa Duração e Manutenção “Milreu” é gerida pela Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social. Foi inaugurada em janeiro de 2014 para colocar à disposição da comunidade mais 40 camas. Isto veio aliviar alguma pressão sobre os serviços de internamento do

da EB2/3 de Santo António do Alto, EB2/3 Dr. Joaquim Magalhães e EB2/3 Dr. José Neves Júnior.

Rede municipal escolar livre de amianto Em dezembro o Município concluiu a intervenção de substituição das coberturas das escolas básicas que ainda tinham amianto: EB1 de Alto Rodes, a EB1 de Areal Gordo e a EB Antiga de Montenegro. A autarquia conseguiu libertar 174.550,62€ para proceder, com caráter de urgência, às referidas obras, para salvaguarda da saúde e da segurança de toda a comunidade escolar. Esta verba contemplou ainda as pinturas

Nova bandeira verde para Faro: Autarquia familiarmente + responsável Em novembro, a Câmara de Faro foi distinguida pelo quarto ano consecutivo como “autarquia familiarmente responsável” pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) recebendo a “Bandeira Verde com Palma” na Associação Nacional de Municípios, em Coimbra. Uma das medidas tomadas pela Câmara de Faro que lhe deu acesso ao prémio foi a tarifa familiar de água, que tem em consideração o número de pessoas por agregado familiar e não penaliza as famílias mais alargadas. A Bandeira Verde tem como principal objetivo dar visibilidade às autarquias com boas práticas e incentivar as restantes a fazerem mais e melhor no âmbito das políticas de apoio à família.


11

FARO 2014 EM REVISTA

ambiente

Dia do Vizinho

Mercadinhos Sociais

Realizaram-se no dia 5 de junho, as comemorações inseridas no “Dia Mundial do Vizinho – A Festa dos Vizinhos” –, que juntaram cerca de 150 munícipes. A Câmara Municipal de Faro, através do Departamento de Ação Social e Educação, e em parceria com o Centro Comunitário Horta da Areia da Fundação António Silva Leal, aderiu pelo 5º ano consecutivo a esta iniciativa promovida pelo CECODHAS. P – Comité Português de Coordenação da Habitação Social. A iniciativa quer constituir-se como um estímulo e uma oportunidade para contrariar a apatia e funcionar como um espaço de encontro e de socialização.

Na área social, a autarquia manteve a realização dos Mercadinhos Sociais que reuniram diversas associações de solidariedade do concelho, com exposições e atividades de divulgação e sensibilização. O XIII Mercadinho Social, tema “Família e Comunidade”, foi alusivo à quadra pascal e realizou-se nos dias 9, 10 e 11 de abril de 2014, em parceria com o Mercado Municipal de Faro e com a cooperação das entidades parceiras da rede social; o XIV Mercadinho Social “Infância e Juventude”, comemorativo do Dia Mundial da Criança, teve lugar no dia 30 de maio de 2014; o XV Mercadinho Social Tema “Saúde” – Associado ao evento Faro Ativo 2014, teve lugar entre os dias 19 e 21 setembro de 2014; o XVI Mercadinho Social Tema “Envelhecimento Ativo”, decorreu de 15 a 17 dezembro de 2014.

Apoios a alunos carenciados 2014/2015 Para o presente ano letivo os valores atribuídos para a Ação Social Escolar, Auxílios Económicos destinados às crianças do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo, são de 70€ para os alunos do escalão 1 da Segurança Social e de 35€ para os escalões 2 e 3. Estes apoios garantiram a gratuitidade dos livros e dos materiais escolares a cerca de 1600 alunos. Em 2014/2015, o Município de Faro assegura ainda uma refeição e um pequeno-almoço a todos os alunos carenciados afetos às escolas de 1º Ciclo do Concelho durante as interrupções letivas. Este programa funcionou em 5 refeitórios escolares: E.B.1/J.I. do Carmo; E.B.1/J.I. da Conceição; E.B.1/J.I. de Santa Bárbara de Nexe; E.B.I./J.I. do Montenegro e E.B.1/ J.I. de Bordeira. Lanches, transportes, material didático e prolongamento de horário foram outros apoios especialmente requisitados, e concedidos, aos agregados familiares sempre que isso se justificou.

Dia Mundial da Árvore e Dia Mundial da Água A autarquia preparou um conjunto de iniciativas, especialmente dirigidas às crianças, com o objetivo de consciencializar para a importância de zelar pelos recursos naturais e proteção do ecossistema.

Natal Sénior O Município de Faro em parceria com diversas Associações e Instituições do concelho ligadas à 3ª Idade promoveu a realização de mais uma edição do Natal Sénior. O evento teve lugar no dia 5 de dezembro no Teatro das Figuras que apresentou lotação esgotada. A atividade assinalou mais uma vez a importância do contributo da população sénior para a sociedade na ótica da promoção do envelhecimento ativo e do reforço da solidariedade entre as gerações.

Porque o ambiente não tira férias, todos contribuímos! A FAGAR desenvolveu uma campanha de sensibilização ambiental junto do público escolar, em parceria com o Município de Faro, nas praias do concelho. As 242 crianças participantes no evento “Limpar a Ria Formosa – escolas” foram responsáveis pela decoração dos dispensadores de cinzeiros do areal. A FAGAR disponibilizou também placas informativas com o tempo aproximado de decomposição dos diversos tipos de resíduos, decoradas pelas 200 crianças que, de 20 a 23 de maio, no âmbito das comemorações do dia Mundial da Biodiversidade, deram cor aos respetivos pictogramas.

Projeto Cal

Durante o mês de Maio, teve lugar uma campanha de caiação numa das zonas históricas de Faro (Bairro Ribeirinho – São Pedro). A iniciativa foi organizada pela Ambifaro e teve como parceiros o Centro de Emprego e Formação Profissional de Faro e a Câmara Municipal. Para além de melhorar a qualidade visual e o ambiente urbano das ruas intervencionadas, o objetivo desta iniciativa era também sensibilizar os cidadãos para a importância da utilização dos materiais adequados nos processos de conservação de edifícios antigos, nomeadamente da cal – um material natural, sustentável, acessível a todas as bolsas e de grande valor identitário no património cultural farense, algarvio e mediterrânico.

IX Limpar a Ria Formosa

Minibus elétrico

Muito apropriadamente, Faro assinalou o dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, com a apresentação oficial do primeiro veículo minibus 100% elétrico em Portugal, em rota regular, cujo protótipo foi desenvolvido especificamente para este serviço, tendo em conta todas as características e requisitos necessários à circulação na cidade de Faro. Esta viatura, que integra a frota de 28 veículos da Rede Próximo, é alimentada por três baterias com funcionamento exclusivamente elétrico, tem uma autonomia média de 100Km e circula no centro urbano da cidade, com resultados efetivos ao nível da diminuição de emissões de gases de efeito de estufa e poluição ambiental. Com este projeto, o nosso concelho dá mais um passo a caminho de uma mobilidade sustentável.

Iluminação pública

A Câmara Municipal realizou nos últimos dias de março, a nona edição da ação ecológica Limpar a Ria Formosa que tem como obetivo promover a educação ambiental. Com a iniciativa, integrada no Programa Bandeira Azul, concretizámos uma ação de limpeza com a parceria de cerca de 50 entidades (públicas, associações, escolas, clubes e empresas) e mais de 300 voluntários. As ações decorreram na Ilha da Culatra, Praia de Faro (ria e costa), Barrinha, Ilha Deserta, Ilha do Farol e ilhotes.

A Câmara de Faro repôs o acender e desligar da iluminação de acordo com o horário solar, tendo em conta fatores como a segurança pública e o conforto de circulação dos munícipes. Implementando um sistema de iluminação em ambos os lados das vias em ligação alternada, os serviços da câmara e a EDP criaram uma solução ambientalmente correta e ainda mais económica e respeitadora dos ditames orçamentais a que a câmara está obrigada.

Ação de limpeza no Ludo

Dia europeu sem carros celebrado em Faro

No âmbito do plano anual de Educação Ambiental, a Divisão de Ambiente Energia e Mobilidade da Câmara, em parceria com a FAGAR, GNR Sepna, Junta de Freguesia de Montenegro, Algar e com a colaboração de alunos e professores de escolas do concelho, assinalou no passado dia 5 de junho de 2014 o dia mundial do Ambiente. A atividade decorreu no Ludo, para assinalar ações positivas de proteção do meio ambiente e alertar a população para a importância ambiental e ecológica deste ecossistema

A Câmara de Faro associou-se à celebração do Dia Europeu sem Carros no dia 22 de setembro, através de um conjunto de atividades gratuitas, que tiveram lugar na Vila Adentro e que contaram com a colaboração de diversas entidades. Estas comemorações estiveram integradas na Semana Europeia da Mobilidade subordinada ao tema “As Nossas Ruas, A Nossa Escolha”. Pretendeu-se sensibilizar a população para as questões da mobilidade sustentável, apelando a uma mudança consciente dos comportamentos.


FARO 2014 EM REVISTA

12

relações internacionais e cooperação

Faro assina protocolo com a Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa

Interagindo com o mundo que nos rodeia A atividade autárquica de uma cidade como Faro, não pode deixar de considerar o mundo que a rodeia. Cientes dessa responsabilidade, em 2014 revitalizámos algumas geminações internacionais como a histórica Tânger (a cumprir 30 anos) e a promissora Haikou (República Popular da China). Estabelecemos também laços de colaboração estreita com a comunidade portuguesa emigrante no Sul de França, através da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa, possibilitando a intensificação de contactos recíprocos. No âmbito da cooperação internacional, intensificámos a nossa participação no projeto de Rede Intermunicipal para a Cooperação e Desenvolvimento e manifestámos apoio solidário com a população dos países lusófonos com quem estamos ligados por via de geminações existentes. A Ilha do Fogo, atingida pelas erupções vulcânicas que desalojaram milhares, foi o exemplo mais recente.

África lusófona: A responsabilidade histórica

O Município de Faro celebrou a 15 de Setembro um protocolo com a Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP) que visa promover a internacionalização das empresas do concelho junto do mercado francês e atrair investimento daquele país por via da divulgação das potencialidades do nosso território. A oportunidade surgiu em resultado dos contactos estabelecidos em França pelo Presidente da Câmara Municipal, após uma bem-sucedida viagem à Região de Alpes, Provença e Côte d’Azur (PACA), realizada em maio último, a convite do Consulado Geral de Portugal em Marselha. A CCIFP compromete-se a apoiar as empresas sediadas no Concelho de Faro no processo de internacionalização no mercado francês. Ao mesmo tempo disponibiliza-se para promover os eventos culturais, a gastronomia regional, os recursos naturais, paisagísticos, patrimoniais e arquitetónicos da capital algarvia.

Cooperação transfronteiriça: Faro apresenta RUTA CECE

Faro acolhe comemorações dos 150 anos das relações México/ Portugal

No dia 6 de março, o Município de Faro apresentou o projeto RUTA CECE (2013/2015) cofinanciado pelo Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha - Portugal (POCTEP), numa parceria entre o Algarve e a Andaluzia. Com 8 sócios coordenados pelo Município de La Palma del Condado, Ruta CECE propõe uma estreita cooperação transfronteiriça para impulsionar o empreendedorismo cooperativo Algarve/Andaluzia, envolvendo as empresas de ambos os lados da fronteira na sociedade da informação. Como resultado do projeto espera-se a criação de uma plataforma online de serviços de apoio às empresas.

Faro correspondeu à iniciativa da Embaixada do México em Portugal, que queria que as comemorações dos 150 anos do estabelecimento de relações diplomáticas entre o México e Portugal passassem pela nossa cidade. No dia 23 de outubro, teve lugar no Teatro das Figuras o concerto com a Orquestra Clássica do Sul, dirigida pelo Maestro mexicano Eduardo Alvarez e com obras de autores portugueses e mexicanos. O público pôde também presenciar a exposição de pintura “Energia e Transformação”, do artista Pedro Trueba, patente no Museu Municipal de Faro. No dia 23 de outubro decorreu, na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, um almoço/mostra de gastronomia mexicana com o Chef Gerardo Vazquez Lugo. O programa de comemorações incluiu ainda um ciclo de cinema mexicano na Escola Superior de Saúde da UAlg.

Ciente dos seus compromissos históricos, mas também das suas próprias dificuldades, o Município de Faro encontrou forma de corresponder ao apelo da cooperação para o desenvolvimento com as populações da África Lusófona. O primeiro passo foi dado em 2013, com a adesão da nossa cidade ao projeto Rede Intermunicipal para a Cooperação e Desenvolvimento, uma rede

de 14 municípios que cria sinergias e encontra mecanismos mais eficientes no apoio às comunidades geminadas. De 22 a 24 de Setembro, Faro providenciou o acolhimento da Rede, para que fosse preparado o seu Plano Estratégico para a Cooperação. Em novembro, o Município assegurou a Presidência do Conselho Fiscal da associação no ato da sua formalização enquanto associação.

O reencontro com Tânger Tânger é a segunda mais antiga geminação estabelecida pela capital algarvia. 2014 foi ano de consolidar o relacionamento com as autoridades locais e regionais, e de trabalhar para reforçar os laços, que já não são apenas históricos e sentimentais. Com o crescimento da Região de Tânger / Tetuão, as oportunidades surgem em todas as áreas, em particu-

lar no comércio, turismo e educação. A visita a Tânger, em maio, de uma comitiva de Faro conjuntamente com uma delegação de empresários algarvios do ramo da hotelaria, foi o ponto de partida para os desenvolvimentos que se seguirão em 2015, ano em que comemoraremos os 30 anos da assinatura deste acordo de geminação.

Abrindo as portas do oriente O processo de revitalização das geminações existentes conheceu um dos seus pontos altos com a reaproximação à cidade chinesa de Haikou, irmanada com Faro desde 2008. À visita a Faro efetuada em Junho por altos responsáveis de Haikou, correspondeu a Câmara de Faro, enviando em novembro uma delegação chefiada pelo Presidente (e que incluía empresários do ramo imobiliário) chamada a participar em três importantes eventos com

municípios, ONG’s e empresários de todo o Mundo, sem quaisquer custos para a autarquia. Em processo de afirmação industrial, marítima e turística, Haikou procura em Faro obter know-how e oportunidades de investimento. Pela sua parte, Faro, abrindo as portas do Oriente, encontra um mundo novo de oportunidades que importa agora explorar.


13

FARO 2014 EM REVISTA

desporto

No campo desportivo, o Concelho de Faro tem grande dinâmica associativa. Trabalhando juntas, a autarquia e as 48 coletividades ativas assumem um papel preponderante: no fomento da prática desportiva, chegam a mais de 11.000 praticantes regulares de todas as idades; e desenvolvem ainda mais de 107 atividades distintas e mais de uma centena de eventos desportivos anuais. No seguimento de um trabalho que já vem de trás, na promoção de atividades informais praticadas ao ar livre, em

44.º Grande Prémio dos Reis

XV Marcha Corrida da Ria Formosa

No dia 3 de janeiro, a baixa da cidade recebeu mais de 700 atletas nacionais e internacionais, que participaram nesta tradicional prova de atletismo organizada pela Associação de Atletismo do Algarve, em parceria com o Município de Faro.

A 16 de março realizou-se em pleno Parque Natural da Ria Formosa, mais uma edição XV Marcha Corrida da Ria Formosa, prova que integra o calendário regional das Marchas Corridas do Instituto Português do Desporto e Juventude e que alcançou ao longo dos anos o estatuto de “marcha rainha”. Este ano tivemos 2100 participantes, batendo a média de 2000 pessoas presentes em edições anteriores.

Four Oceans 2014 Praia de Faro O ano de 2014 começou pleno de ação na Praia de Faro, com a realização da 1ª etapa do Circuito de Surf do Algarve e uma prova open de Longboard. De entre quase uma centena de atletas inscritos, contavam-se figuras bem conhecidas do surf nacional como Marlon Lipke, João Mealha, Miguel Mouzinho, Eduardo Fernandes, Pedro Henriques, os irmãos Luca e Joaquim Guichard.

23.º Faro Future Portugal Organizado pela Associação Desportiva do Centro de Ténis de Faro, decorreu entre os dias 17 e 23 de Fevereiro, o torneio de 10 mil dólares “Faro Future” que contou para o ranking mundial ATP. Dos 140 jogadores inscritos, saiu vencedor Andres Artunedo Martinavarr, 321.º classificado da hierarquia mundial.

Faro homenageia o Campeão do Mundo Rui Costa

2014 as caminhadas e o BTT estiveram em destaque. Referência ainda para os nossos equipamentos desportivos e espaços naturais. Só o novo Pavilhão Desportivo Municipal da Penha recebeu 24 eventos pontuais, 139 jogos de várias modalidades e mais de 5000 utilizações mensais regulares. Menção para o recentemente inaugurado Parque Ribeirinho (ver Destaques), que é palco de várias atividades de lazer para as famílias farenses.

O Presidente da Câmara, Rogério Bacalhau, em representação do Município de Faro homenageou o ciclista Rui Costa, Campeão Mundial de Estrada em 2013, em reconhecimento do seu alto mérito desportivo e da sua postura enquanto cidadão exemplar, modelo de humildade e espírito de conquista para os mais jovens. A cerimónia decorreu a 19 de fevereiro de 2014 no Jardim Manuel Bivar, local de onde saiu a etapa inaugural da 40ª Volta ao Algarve em Bicicleta.

1.º Encontro de Canoagem da Ria Formosa Realizou-se no dia 26 de abril o 1.º Encontro de Canoagem da Ria Formosa. A iniciativa, organizada com a colaboração da Escola Superior de Educação e Comunicação da UAlg, da Associação Regional de Canoagem do Algarve e do clube Sport Faro e Benfica, reuniu 120 atletas federados. Entre eles estavam diversos remadores oriundos da vizinha Espanha, a competir pelo Regional de Maratonas, 60 participantes no passeio de Turismo Náutico e ainda 40 crianças para participar no Kids Náutico com batismos de Canoagem, Remo e Stand Up Paddle.


FARO 2014 EM REVISTA

14

3.ª Convenção Urban Xpression e Convenção Internacional Hip Hop Dance Algarve Modalidade em ascensão, a dança conta já com resultados interessantes a nível nacional, do que são exemplo os farenses Fábio Henriques e Rita Ramires, tricampeões nacionais de danças de salão modernas. Os eventos de hip-hop cresceram, com o novo pavilhão municipal a garantir as condições ideais para a receção de centenas de jovens praticantes da modalidade, tendo esgotado a sua lotação para público nos dois momentos, nos meses de fevereiro e abril.

Faro Ativo

2.º Torneio Internacional de Traquinas e 8º Algarveminifoot Com larga distância sobre as demais, o futebol ainda é a modalidade mais praticada pelos nossos jovens. Para além da extensa atividade dos campeonatos e das outras competições regulares, realizaram-se em Faro vários torneios extra calendário com o concurso de algumas equipas nacionais e internacionais, reunindo milhares de atletas. O 2.º Torneio Internacional de Traquinas disputou-se nos dias 17 e 18 de maio e o 8º Algarveminifoot de 7 a 15 de junho.

De 19 a 21 de setembro, o Faro Ativo foi um evento organizado em colaboração com mais de 40 entidades associativas e empresariais, que promoveram inúmeras atividades desportivas, lúdicas e de sensibilização, em 30 modalidades diferentes, no Parque de Lazer das Figuras. Este ano decorreu em simultâneo a 7.ª Mostra Náutica no Centro Náutico da Praia de Faro, tendo havido ainda lugar para a solidariedade social com a realização do XV Mercadinho Social.

6º Meeting Vítor Tavares Decorrido a 19 de julho, o 6º Meeting Vítor Tavares resultou de uma organização da Casa do Benfica de Faro, com o intuito de homenagear um grande nome do Atletismo Algarvio: Vítor Tavares. A edição de 2014 contou com a presença de 39 Clubes Nacionais dos quais se destacam o Sport Lisboa e Benfica e o Sporting Clube de Portugal.

24 horas Btt Estádio Algarve Organizadas pela Altimetria Associação Desportiva, as 24 Horas BTT realizaram-se nos dias 31 de maio e 1 de junho, com o apoio do Município. O evento consistiu num circuito de resistência para os amantes do BTT, complementado com um vasto programa de animação.

juventude

Congresso Be@Live Realizada entre os dias 14 e 17 de agosto, o Congresso Be@live foi uma iniciativa organizada pela Associação de Ação Bíblica “Be@live”, com a parceria do

Município de Faro. Proporcionou-se, a mais de 300 jovens, diversas experiências de cariz lúdico, pedagógico e de formação cívica.

VII Festival E-motion 17 maio de 2014: o Parque de Lazer das Figuras acolheu esta iniciativa de cariz desportivo, cultural e social, organizada pelo Núcleo do Algarve do Instituto

Paulo Freire de Portugal (UAlg), com o apoio do Município de Faro e da Escola Superior de Educação e Comunicação.

III Faro Jovem Eternal Running O Estádio Algarve recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, no dia 27 de setembro, mais uma etapa do circuito mundial “Eternal Running”. Mais de 500 pessoas aceitaram o desafio de participarem nesta invulgar prova de atletismo no meio de muita lama e obstáculos. A “corrida mais louca do mundo” é organizada pela “Thunar Esports”, com o patrocínio da “Fisherman’s Friends” e a parceria da Câmara Municipal.

A 10 junho realizou-se o III Faro Jovem, Iniciativa de organização municipal que pretende divulgar o trabalho das associações juvenis do Município que integram o Juvfaro – Conselho Municipal de juventude, com realização de atividades nas áreas da música, dança, formação, arte e desporto.

Dia Mundial da Juventude “Saúde e educação de portas abertas para a juventude” Promovido pela Equipa de Saúde Escolar da Unidade de Cuidados na Comunidade de Faro, em parceria com o Município de Faro e colaboração de várias associações e entidades oficiais do

Concelho, o evento teve lugar no dia 28 março, com o principal objetivo de dar a conhecer à população jovem os recursos existentes relativamente à promoção da saúde e educação.


15

FARO 2014 EM REVISTA

teatro

2014 O ano do Teatro das Figuras O Teatro das Figuras conseguiu recuperar a dinâmica de programação que, fruto das limitações financeiras e alterações estruturais, se tinha alterado consideravelmente no decorrer do ano de 2013.

MÚSICA

Ao longo ano de 2014 o Teatro acolheu o lançamento do novo trabalho de Miguel Araújo, apresentou mais um concerto eletrizante dos Dead Combo e em julho voltou a assinalar o seu aniversário com um programa de dois dias, composto por um concerto do pianista António Rosado e um extenso programa na rampa com Nanook, Daniel Kemish, Batida e o DJ Marfox. O Teatro recebeu também um nome maior da música portuguesa, Carlos do Carmo, no ano em que foi distinguido com Grammy Lifetime Achievement Award. O Dia Mundial da Música foi assinalado com um concerto do consagrado António Pinho Vargas. E o final do ano ficou marcado pela presença da fadista Carminho, que apresentou o seu último trabalho Canto. Na área da música clássica a Orquestra Clássica do Sul (OCS) foi presença habitual na programação, desde logo com um arrebatador Concerto de Reis cujo programa foi o Messias de Haendel com a participação do Coro de Câmara Lisboa Cantat e destacados cantores líricos nacionais. A OCS protagonizou também mais um Ciclo de Concertos Promenade, desta feita dedicado às Histórias com Música, um Ciclo de Concertos Pedagógicos destinados à comunidade escolar, um concerto dedicado à Música Americana bem como um dedicado a compositores mexicanos. Em 2014 foi também possível recuperar conceitos como as Noites de Sofá, concertos intimistas, nos quais se recria uma sala de estar no palco, que é partilhado pelo artista e pelo público. Este ano, o Teatro apresentou neste formato Viviane e os Pop dell’Arte.

BAILADO E DANÇA

A Companhia Nacional de Bailado voltou ao palco para apresentar “Orfeu e Eurídice”, numa coreografia de Olga Roriz muito aclamada. setembro voltou a ser tempo de dança contemporânea no Teatro das Figuras, com a realização do Festival Dance, Dance, Dance, que ao longo de duas semanas apresentou um workshop e quatro espetáculos de criadores emergentes do panorama da dança contemporânea nacional. Na área do cinema e em parceria com o Cineclube de Faro foi possível acolher uma extensão com os filmes premiados do Indie Lisboa - 11º Festival Internacional de Cinema Independente e em parceria com o Institut Français du Portugal e a Alliance Française de l’Algarve apresentar a 15ª edição da Festa do Cinema Francês.

INTERNACIONAL

Ao nível da programação internacional destacam-se o recital da pianista sul-coreana Young-Choon Park, a companhia de teatro basca Kulunka Teatro e a companhia de teatro físico e gestual colombiana Casa del Silêncio. Em novembro teve lugar a apresentação do músico finlandês Kimmo Pojhonen, que presenteou o público com um espetáculo surpreendente. Já em plena quadra natalícia, o palco principal recebeu os Peking Acrobats, na primeira tournée que realizaram em território nacional, assim como a espiritualidade dos nova-iorquinos Harlem Gospel Choir.

SERVIÇO EDUCATIVO, PALESTRAS E EXPOSIÇÕES

No âmbito da atividade do Serviço Educativo e dirigido ao público infantil, o Teatro apresentou Barriga da Baleia, o ciclo de concertos para bebés Música de Pais para Filhos e espetáculo de teatro A Caminhada dos Elefantes. Em 2014 abrimos o palco do Teatro das Figuras às ideias, que não as somente artísticas, e promovemos a reflexão sobre temas da atualidade no Ciclo de Conferências Ideias em Palco, iniciativa que tem como comissário João Guerreiro, ex-reitor da UAlg. Destaque ainda para o foyer do Teatro das Figuras, que acolheu momentos fundamentais como a exposição “Relevos” de Manuel Baptista, que volta a expor em espaço municipal depois de longos anos de ausência.

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

O processo de extinção da empresa municipal TMF – Teatro Municipal de Faro, E.M. foi concluído com a sua dissolução e encerramento, no dia 30 de novembro de 2014, conforme determinava a Lei n.º 50/2012, de 31/08 (regime jurídico da atividade empresarial local). A 22 de fevereiro de 2013, sob proposta da Câmara Municipal, foi criada a Teatro Municipal de Faro - Serviços Municipalizados, aprovada pela Assembleia Municipal. Em 6 de maio de 2014, foi publicado o Regulamento Interno do Teatro Municipal de Faro - Serviços Municipalizados. O Diretor Delegado do serviço municipalizado, entrou em funções, em regime de nomeação, no dia 7 de maio de 2014. No dia 24 de novembro de 2014 foi aberto concurso para ocupação de 14 postos de trabalho, na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado.


FARO 2014 EM REVISTA

16

Com a abertura sucessiva de novos espaços comerciais, cafés, esplanadas e restaurantes, a Baixa de Faro viu crescer o número dos que a visitam, ganhando um novo colorido e animação, a que ninguém fica indiferente, e deixa de regressar. Em resposta a estes interesses empresariais, a Câmara desenvolveu novos esforços, agilizando procedimentos, de modo a assegurar celeridade no licenciamento destes novos investimentos, vindos sobretudo de jovens empresários.

turismo e economia local

Dispondo ainda de um Serviço de Apoio às Atividades Económicas, vocacionado para prestar informação útil ao setor empresarial, promoveram-se diversas iniciativas dedicadas ao incentivo ao empreendedorismo local. O concelho assistiu finalmente a um importante aumento da sua capacidade de alojamento, registando-se a abertura de 20 novas unidades de alojamento local, entre 2013 (8) e 2014 (12), das quais 2 são hostels.

Novos Negócios FARO, uma “SMART CITY” dedicada ao mar e ao turismo Após ter vencido o desafio “Smart Cities Challenge”, com uma proposta baseada no compromisso de abraçar o Mar e a sua economia, Faro recebeu em fevereiro os executivos da IBM, promotora da iniciativa, para trabalho de campo e consequente relatório. No documento, apre-

sentado em fevereiro, estão patentes novas oportunidades e sugerem-se estratégias e iniciativas nos setores da formação, da inovação, do turismo e da economia do mar, para tornar a cidade de Faro e toda a região do Algarve uma zona melhor para se trabalhar e viver.

Promover Faro

Faro esteve representada nos mais importantes eventos e feiras dedicadas ao turismo, apresentando-se como Faro-Património Natural. Seguindo a tendência que coloca o turismo de natureza como um dos segmentos de turismo com maior procura, a elaboração de suportes promocionais, o envolvimento entre a autarquia e as

empresas de animação turística e marítimo turística e a participação em eventos de especialidade como a BTL, a Observa Natura, a Bienal de Turismo da Natureza e a Mar Algarve expo, resultaram de uma nova abordagem centrada na promoção dos elementos que mais nos diferenciam de outros destinos regionais, e mesmo nacionais.

... escolhe Faro O maior centro de aprendizagem de atividades criativas do Sul do País nasceu em Faro no dia 7 de setembro. Com a abertura das suas portas no Mercado Municipal, num espaço de 535m2,

a etic_algarve prossegue a sua estratégia de crescimento, imparável desde que, em 2010, iniciou a sua atividade em Portimão. A nova vida da etic em Faro está a ser muito bem sucedida.

No Urbanismo destacam-se os novos alvarás de utilização emitidos, os quais refletem o crescimento do número de novas ou renovadas atividades económicas.

Alvarás Total Restauração e Bebidas Comércio e Serviços Indústria Equipamentos Sociais Turismo Reabilitação Outros

2013 123 10 42 3 3 0 1 63

2014 121 20 41 1 1 1 0 57

De entre os estabelecimentos que abriram portas, de novo ou renovados, nestes dois últimos anos, destacamos os seguintes:

• • • • • • • • • • •

Apple Baixa Caffé Baixa Hamburgueria Casa Apícola FNAC Atelier Pipoca’s Hostel 1878 Mezzanine Bar & Vinoteca Nespresso Salvador Caetano Steak House de São Pedro

A Ambifaro organizou a iniciativa “Ativar a Baixa!”, que tinha como finalidade facilitar a abertura de novos negócios, em espaços que se encontram devolutos na zona comercial da Baixa de Faro. Para além disso, o programa pretende fomentar a revitalização e a dinamização da baixa farense, estimulando a iniciativa, a criatividade, a inovação e o espírito em-

preendedor. Por outro lado, o “Ativar a Baixa!” também procura incentivar a criação de novos postos de trabalho. Esta iniciativa teve como parceiros estratégicos a Câmara Municipal, a FARO 1540 – Associação e Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro e a Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro.

Bivar - Arte, Cultura e Design

O Bivar – Arte, Cultura e Design foi uma iniciativa que resultou do esforço e da vontade de um conjunto de pessoas e entidades, que pretenderam dar o impulso para a criação de um circuito cultural informal em toda a Baixa através do fomento de atividades criativas e lúdicas e da requalificação da imagem e da oferta desta zona da cidade. Concertando o esforço e o saber de todas as entidades envolvidas no evento, realizaram-se diversas atividades que compreenderam desde inaugurações, exposições simultâneas, eventos de rua, performances até à

música e ao teatro, entre outras. A organização esteve a cargo da Câmara Municipal, da AND - Associação Nacional de Designers, do Palácio do Tenente, da Sardinha de Papel, do Jornal de Faro, do Hotel Faro. Contou com o patrocínio da empresa Bertin Picanço, Mediação Imobiliária, Lda, e ainda com o apoio da Direção Regional de Cultura do Algarve, da Vinilconsta, da UAlg – ESEC, do CRIA, da Etic, da Ray Just, da Associação de Músicos em Faro, da Tertúlia Algarvia, da ZEEV, da Associação Académica da UAlg e da DesignThinking.


17

FARO 2014 EM REVISTA

serviço de proteção civil, corpo de bombeiros sapadores, serviço de sanidade animal e alimentar

Campanha inovadora esteriliza animais errantes

Sapadores integrados no dispositivo de combate a incêndios florestais

Em outubro último, esteve no terreno uma experiência piloto, levada a cabo com a Animais de Rua, a Change For Animal Foundation e a Universidade Lusófona, que permitiu fazer na Praia de Faro uma campanha de cadastro, vacinação e esterilização da população animal errante com a supervisão do Serviço de Sanidade Animal e Alimentar. No total, conseguimos esterilizar 161 de 230 gatos errantes. Com o envolvimento da comunidade veterinária do concelho, pretendemos agora replicar o sucesso em todas as zonas, de forma a controlar os núcleos populacionais assilvestrados. Exterminar os animais errantes não resolve o problema. Tratá-los, minora os efeitos negativos para a saúde pública.

Durante o ano de 2014, o Corpo de Bombeiros Sapadores de Faro integrou o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), da Autoridade Nacional de Proteção Civil, na fase Charlie nos meses de junho, julho, agosto e setembro. Durante este período foi chamado a intervir em 134 acionamentos para incêndios florestais.

Ações de sensibilização e simulacros

Sem nunca esquecer o importante papel pedagógico que desempenham, os Bombeiros de Faro efetuaram ao longo de 2014 diversas ações de sensibilização e simulacros em empresas e escolas do concelho.


FARO 2014 EM REVISTA

18

mercado municipal

prepara fusão e assume centralidade

Com a aprovação pelo Tribunal de Contas da fusão entre as empresas Mercado Municipal e AmbiFaro, o ano de 2015 será de rentabilização de meios e recursos humanos e de consolidação de estratégias. Durante 2014, ano em que se cumpriram 7 anos da abertura das suas portas, a gestão do Mercado Municipal de Faro focou-se principalmente na liquidação gradual de dívidas antigas a fornecedores, implementando estratégias que

permitiram aumentar as receitas da empresa e diminuir a despesa. Conscientes do papel deste equipamento na vida social e comercial da cidade, redobraram-se os cuidados com a limpeza e manutenção preventiva e corretiva do edifício. E por outro lado, apostou-se na dinamização e promoção do espaço, enquanto polo de atração de novos públicos e preservação dos já existentes.

Atividades e eventos No desenvolvimento de inúmeras atividades e ações, em parceria com os operadores do Mercado e diversas associações e empresas do concelho realizaram-se: • • • • • • • • • •

Feira de queijos e enchidos Comemorações do aniversário do Mercado Municipal Workshops de culinária Feira de doces típicos da Páscoa Mês das Flores, da mãe e do coração Workshop de arranjos florais e rastreios na área da saúde FolkFaro no Mercado, em parceria com o Grupo Folclórico de Faro. Desfile de Moda Solidário a favor da “Proteção à Rapariga” Feira de chocolate Decoração do edifício: presépio, decoração de Natal e música alusiva à época


19

FARO 2014 EM REVISTA

planeamento e ordenamento do território Plano de urbanização do Areal Gordo No final de 2014 foi entregue a proposta do Plano de Urbanização do Areal Gordo que incide sobre uma área de 133 hectares confinante com a EN 125 na ligação a Olhão. Este plano pre-

tende criar as condições para um Parque Empresarial que dê resposta às carências que se verificam na instalação de indústrias, armazenagem e logística. Este plano viabilizará a requalifica-

ção das áreas adjacentes à EN 125, assim como a criação de percursos pedonais e cicláveis seguros e circuitos alternativos de deslocação. A elaboração do plano está adjudicada e encon-

tra-se atualmente em fase de aprovação. Seguir-se-á o agendamento da conferência de serviços que antecede o respetivo período de discussão pública.

Plano Diretor Municipal adjudicado e a avançar O ano de 2014 foi um ano em que trabalhámos a fundo na preparação de um novo Plano Diretor Municipal (PDM) mais adequado às novas circunstâncias de um concelho que quer crescer, sim, mas de forma inteligente, inclusiva e em bases de sustentabilidade ambiental. No dia 12 de fevereiro foi celebrado contrato

para a revisão do PDM e para a elaboração do Plano Municipal de Mobilidade e Transportes (PMMT); a 7 de abril iniciou-se mais um período de recolha de sugestões aberto a todos os munícipes; em 15 de abril realizou-se a primeira Reunião Plenária da Comissão de Acompanhamento da revisão do PDM

e foram, igualmente promovidas várias reuniões setoriais com representantes de diversas entidades. Em 2 de dezembro, o consórcio adjudicatário entregou os relatórios de caraterização e diagnóstico do PDM e do Plano de Mobilidade e Transportes de Faro, bem como os restantes relatórios de estratégia territorial e

as respetivas peças desenhadas, que incluem as plantas brutas da Reserva Ecológica Municipal (REN), Reserva Agrícola Nacional (RAN) e Planta da Estrutura Ecológica Municipal.

Compromisso: Requalificar o espaço público Através de recursos próprios, ou dentro das responsabilidades que competem à FAGAR, o Município deu um sinal de comprometimento com a melhoria

do espaço público do concelho. Fê-lo através de intervenções que vão desde a recuperação de calçadas, pintura de passadeiras, ao arranjo de largos e bairros,

passando pela requalificação dos espaços verdes e pelo aumento da cobertura da varrição e limpeza. À medida que a situação financeira da autarquia vai nor-

malizando, será possível libertar mais verba para estes trabalhos para que Faro seja um concelho com mais qualidade de vida para quem cá está ou nos visita.

mobilidade

Pagamento de parquímetro por telemóvel chegou a Faro A partir de julho de 2014, Faro passou a ter um sistema de pagamento de parquímetro de estacionamento através de telemóvel. Disponível nas zonas tarifadas concessionadas à Empark, o sistema permite pagar o estacionamento através de um telemóvel, sem necessidade de utilizar moedas nem de se des-

locar ao parquímetro. É, de resto, o primeiro a funcionar sem necessidade a pré-pagamentos ou ao carregamento de carteiras virtuais. O pagamento do estacionamento é faturado quinzenalmente aos clientes e a cobrança é feita através de cartão de crédito.

Mais lugares de estacionamento gratuitos A Avenida Eng.º Joaquim Lopes Belchior passou a contar com 73 novos lugares de estacionamento gratuitos. As viaturas podem estacionar ao longo da berma

a norte desta artéria que liga o Largo de São Francisco à Rotunda do Instituto Português do Desporto e da Juventude.


FARO 2014 EM REVISTA

20

sabia que ...

ambiente

… a FAGAR abastece água a 35.500 contadores registados, o que representa um consumo de 6.663.541m3? … a taxa de cobertura de abastecimento de água do Concelho é de 96%? … o Concelho é servido por 744Km de condutas para abastecimento de água e 333Km de coletores de águas residuais domésticas? … durante o ano de 2014 foram recolhidas cerca de 34 mil toneladas de resíduos urbanos, entre os quais 3.700 toneladas de resíduos recicláveis? … em média cada habitante produz anualmente cerca de 525Kg de resíduos por ano? … existem 2.675 contentores de resíduos urbanos indiferenciados e 634 ecopontos para recolha de resíduos recicláveis? … a limpeza urbana foi reforçada durante o ano de 2014, contando com um total de 1000 papeleiras e 240 dispensadores de sacos para dejetos caninos? … a FAGAR substituiu 54 equipamentos de recolha de resíduos, dos quais 18 destinam-se à recolha de resíduos recicláveis?

cultura

… existem 52 associações culturais em atividade? … se realizaram 398 eventos e espetáculos realizados no Concelho (não inclui atividades dos serviços educativos)? … 183 foram da responsabilidade do Município e 215 de outras entidades, quer públicas quer privadas?

população

… se estima que a população residente no Concelho de Faro era, em 2013, de 61.749? … nasceram nesse ano 542 pessoas, tendo falecido 636? … se registaram 281 casamentos e se divorciaram 163 casais? … a taxa de desemprego no 2º trimestre de 2014 foi no Distrito de 11,2% e no País de 13,1%?

recursos humanos

… que a Autarquia tem 767 funcionários mais 73 ao abrigo de Contratos de Emprego e Inserção? … que em 2009 os funcionários da autarquia eram 1023 e, em 2013, 790?

economia e turismo

… o volume de crédito à habitação era, em 2013, de 12.180€ por habitante do Concelho, sendo a média nacional de 9.024€? … foram emitidos 121 alvarás para novos negócios no Concelho? … o Aeroporto Internacional de Faro movimentou 6,17 milhões de passageiros, mais 175 mil que em 2013? … o posto de turismo de Faro (Arco da Vila) foi visitado por 82.277 turistas, o que faz dele o mais visitado do Algarve? … a capacidade de alojamento no Concelho era, em 2013, de 33,8 por 1000 habitantes, sendo a média da Região de 251,5? ... em 2014 nasceram em Faro 12 novas unidades de alojamento local? … temos 4 praias com bandeira azul, com 11 postos de vigia?

biblioteca municipal

… apresentou este ano 125 sessões? … recebeu mais de 37 mil espetadores? … a taxa média de ocupação desde 2005 é de 54,74% e que, em 2014, esse indicador excedeu os 57%? … em média, 332 espectadores assistem a cada sessão, incluindo os eventos no pequeno auditório?

teatro municipal

… disponibiliza 64.291 títulos? … em 2014 recebeu 136.667 visitantes? … tem 19.993 utilizadores inscritos? … registou 51.492 consultas de documentos? … e 29.427 empréstimos? … o serviço educativo promoveu 594 atividades para crianças? … realizaram-se 198 horas do conto? … acolheu 32 exposições... … e 41 conferências? … proporcionou 27 encontros com autores? … promoveu 115 atividades fora de portas? … o serviço de internet foi utilizado por 15.226 pessoas? … realizou 45 atividades para bebés?

urbanismo

ação social

… em 2014 foram constituídos 185 novos processos de obra, o que representa um acréscimo de 31,2% face a 2012? … que a receita arrecadada com novos processos de obra foi de 536.627,92€ em 2014, contra 384.532,02€ em 2013? … que, só no ano de 2007 essa receita ascendia a 1.273.447,00€?

… que os serviços de Ação Social atenderam 2359 pessoas, o que representa um acréscimo de 14,5% face a 2013? … em 2014 os técnicos da autarquia efetuaram 1549 visitas domiciliárias, mais 656 que em 2013? … os bairros sociais justificaram 767 dessas visitas sendo que, em 2013, esse número foi de 265? … dos 1418 pedidos de habitação social ativos, 101 foram feitos em 2014? … a autarquia tem atualmente 463 fogos de habitação social? … o Gabinete de Apoio ao Idoso acompanha 95 idosos tendo integrado 15 em ERPI?


21

FARO 2014 EM REVISTA

f inanças … a Autarquia teve como Receita 38.309.551,54€? Sabe de onde provêm?

desportos … a despesa com a Divisão de Desporto é de 1.446.505,60€? … a Câmara organizou 17 eventos em 2014 com a participação de 11.072 praticantes? … a Câmara apoiou 119 eventos organizados no Concelho, sendo 90 % destes organizados pelo associativismo local? … só o novo pavilhão municipal alberga mais de 10 associações desportivas que fazem ali a sua atividade regular e que recebeu 136 jogos oficiais e 21 eventos? … a iniciativa Faro a Pedalar vai contar com mais passeios (14 em vez de 8), com a introdução de passeios noturnos? … o concelho tem 48 clubes ativos em 107 modalidades diferentes? … o concelho tem cerca de 3000 atletas federados?

… a Autarquia teve como Despesa 30.871.467,96€? Sabe como foi repartida?

educação … o número de alunos inscritos na rede pública de ensino é de 8.458, tendo decrescido 3,3% face a 2013? … no entanto, o número de passes sociais para transporte escolar apoiados pelo Município subiu de 660 (2013) para 861? … os refeitórios do Concelho serviram 383 mil refeições, mais 14mil que em 2013? … o pessoal não docente nas escolas é composto por 268 profissionais, mais 1 que em 2013?

curiosidades … os gastos com Aquisições e Serviços, que totalizaram 7.404.826,20€, se destinaram a…?

… Participaram 4900 crianças no concurso de árvores de natal «Dizem que na Baixa é Especial»? … 903 dias foi o tempo de interrupção das obras da Variante Norte, retomadas a 18 de agosto último? … se cumprem, em 2015, 30 anos da Geminação estabelecida com Tânger, Marrocos? … de acordo com o Bloom Consulting City Brand Ranking © 2014, Faro é o 8º concelho mais atrativo do País nas vertentes “Negócios, Visitar, Viver”, e o primeiro a Sul do Tejo?

… os 2.979.706,54€ correspondentes a Transferências beneficiaram…?

museu municipal … tem 13.053 peças inventariadas? … recebeu 19.172 visitantes? … recebeu a visita de 3.055 alunos em 2014 (2.423 em 2013)? … o Museu está aberto de terça a sexta-feira até às 18h00 (19h00 de junho a setembro) e que aos sábados e domingos as portas encerram às 17h00 (18h00 no verão)? … as entradas são gratuitas até às 14h30 de domingo?


FARO 2014 EM REVISTA

22

Prosseguindo uma salutar prática instituída em 2010, o Presidente da Câmara manteve este ano a disponibilidade para responder a todas as questões colocadas pelos seguidores da página do Município na rede social Facebook. Em 2014, foram realizadas 11 sessões deste atendimento virtual, o que nos permite reconhecer os assuntos que mais importam aos munícipes. Neste espaço reproduzimos algumas das perguntas coloca-

das e que, na altura, mereceram a resposta do Presidente que se adequava. Considerando a recorrência das mesmas e as atualizações ocorridas em muitos dos assuntos, impõe-se deixar aqui um esclarecimento um pouco mais completo. O atendimento virtual é uma prática mensal que tem vindo a crescer com o interesse dos nossos munícipes, cuja participação muito agradecemos.

ATENDIMENTO VIRTUAL CADA VEZ MAIS PARTICIPADO Luis Caetano

Maria Coelho

Eduardo Roque

Daniel Iria

O novo terminal rodoviário vai servir apenas a Rede Próximo ou será utilizado também para os serviços expresso e inter-urbano da EVA?

Boa noite. Amianto nas escolas do concelho. Quando será retirado integralmente?

Gostaria de saber a quem cabe a responsabilidade da manutenção do sistema de rega dos espaços públicos da cidade de Faro?

Vamos ter iluminação de natal este ano?

Município de Faro

Município de Faro

Município de Faro

Município de Faro

O novo terminal rodoviário será exclusivo para o transporte público urbano, que se encontra concessionado à Rede Próximo (marca detida a 100% pela Eva Transportes). A sua localização, contígua ao velho terminal de interurbanas, expresso e serviço internacional, permite uma melhor operacionalização com os diferentes serviços que ainda se encontram na antiga estrutura. De referir ainda que o novo terminal rodoviário resulta da celebração, em junho de 2013, do contrato de concessão do serviço de transportes coletivos urbanos de passageiros, que já previa um investimento em frota, equipamentos e infraestruturas da ordem dos 3,6 milhões de euros.

O Município deu por concluídas, a 30 de dezembro, as obras de remodelação de diversos dos seus equipamentos escolares, que permitiram, entre outras tarefas, proceder à remoção dos materiais potencialmente perigosos ainda presentes nas coberturas de três escolas do concelho, nomeadamente a EB1 de Alto Rodes, a EB1 de Areal Gordo e a Escola Básica Antiga de Montenegro. Apesar das restrições e das dificuldades resultantes do processo de reequilíbrio financeiro em que este Município se encontra desde 2010, a autarquia conseguiu libertar 174.550,62€ para proceder, com caráter de urgência, às referidas obras, para salvaguarda da saúde e da segurança de toda a comunidade escolar. Esta verba contempla ainda as pinturas das Escolas EB 2,3 de Santo António do Alto, EB 2,3 Dr. Joaquim Magalhães e EB 2,3 Dr. José Neves Júnior.

Até agosto de 2013, quem tratava dos jardins era a FAGAR. Por uma interpretação do Tribunal de Contas, que não visou o contrato que tínhamos com a empresa, não nos foi possível prolongar esta prestação. Desde então, quem tem a responsabilidade de manutenção dos jardins é a autarquia que, com as dificuldades que são do conhecimento de todos, procura efetuar uma manutenção eficiente sem, contudo, dispor dos meios que a FAGAR empregava. Em relação à reformulação e limpeza dos espaços verdes estamos a tentar mantê-los da melhor forma possível, dentro das nossas restrições. À medida que formos melhorando a nossa situação financeira iremos aperfeiçoando esse aspeto também. Sempre que tenham conhecimento de algo que não está bem comuniquem-nos. Obrigado.

Mais uma vez, não tivemos iluminação de natal nos moldes em que existia no passado. Isso implicaria um investimento de muitas dezenas de milhares euros. Este ano, o Município e a Ambifaro, em colaboração com a ACRAL e a Associação de Comércio da Baixa, assinalaram a quadra com um programa de animação que promoveu a cultura, o desporto e a solidariedade com atividades para toda a população. Isto fez com que milhares de transeuntes “enchessem” as principais artérias pedonais, refletindo um ambiente que transpareceu o verdadeiro espírito de Natal. O concurso de árvores de Natal decoradas pelas cerca de 4900 crianças do pré-escolar, 1.º e 2.ºciclos do ensino básico público e privado, foi também um sucesso que marcará uma nova forma de fazer decorações de Natal na Baixa.


23

FARO 2014 EM REVISTA

Tito Olívio Gostava de saber em que pé estão as obras da Circular Norte de Faro ou se o Senhor Presidente ainda não foi a Lisboa tratar desse assunto.

Paula Dias Gosto de utilizar a cidade, mas há uma coisa que não está bem. É haver parquímetros por todo o lado. Porquê a necessidade de tanto lugar pago? Poderia ser como antigamente?

Marco Feijó Os arrumadores são uma praga que invadiu nossa cidade. Porque a Câmara não atua com mais contundência? Município de Faro

Município de Faro Município de Faro

Em agosto último verificou-se o recomeço efetivo das obras da 2ª Fase da Variante Norte a Faro, que haviam ficado interrompidas no dia 24 de março de 2012, por via de um litígio que separava os parceiros privados do consórcio responsável. Se tudo correr dentro da normalidade, é de esperar que a Variante possa estar ao serviço de todos antes do Verão, depois de longos 903 dias de impasse. Deve ainda informar-se que, por proposta da Câmara, as Estradas de Portugal deram prioridade ao troço que liga a Penha à Conceição de Faro, para que esta ligação possa ser utilizada para escoamento do trânsito automóvel antes mesmo do final da obra.

Carlos Silva Gostava de saber se existe algum projeto para substituir as palmeiras que infelizmente têm sido dizimadas na nossa cidade, tendo ficado as praças, jardins, ruas, avenidas e até mesmo a Alameda João de Deus muito mais pobres. Obrigado pela sua atenção. Município de Faro

A praga de escaravelho da palmeira (Rhynchophorus ferrugineus) sentiu-se com particular visibilidade em zonas como a Av. Calouste Gulbenkian, Praça António Sérgio, Praça de Tânger, Av. Prof. Dr.º Adelino Palma Carlos e Alameda João de Deus. A imagem do nosso espaço público ficou manchada mas estamos a fazer o que podemos para melhorá-la. Substituir as palmeiras todas para já, não é possível, devido às restrições que atravessamos, mas mesmo assim tem sido possível realizar alguns arranjos interessantes, como o que está presente nas praças António Sérgio e de Tânger e noutras. Tapámos igualmente os canteiros onde as palmeiras estavam plantadas de modo a aumentar os níveis de segurança dos transeuntes.

A maioria das cidades tem parquímetros nas suas zonas centrais. Isso contribui para a rotatividade das viaturas estacionadas. Caso não tivéssemos parquímetros em Faro não conseguiríamos lugar para estacionar. E os próprios residentes não encontrariam sítio para parar as suas viaturas. O problema não se põe, por isso, em relação à existência ou não dos parquímetros. A questão coloca-se em relação à tarifa dos mesmos…

António Pedro Continua por resolver o problema da repavimentação das estradas municipais em redor de Faro. Município de Faro

De facto, por motivos a que Câmara e FAGAR são alheios, as obras de repavimentação têm conhecido alguns atrasos e contratempos que se repercutem em transtornos e prejuízos não só para os habitantes, mas também para todos os passantes nas estradas e caminhos das freguesias. Perante o impasse que foi de todos conhecido, Câmara e FAGAR trabalharam duramente para encontrar uma solução que permitisse retomar a obra, procurando recuperar algum do tempo perdido. No momento, estamos convencidos que as maiores dificuldades atravessadas pelos empreiteiros estarão ultrapassadas, pelo que mantemos a esperança de um desfecho definitivo a breve prazo e a contento das populações, já tão martirizadas pelos contratempos que a obra de ligação de água e saneamento das freguesias acabou por causar.

Com a publicação da Lei 75/2013, o licenciamento da atividade de arrumador de automóveis passou a ser uma das competências materiais das Juntas de Freguesia, deixando de ser competência dos municípios. Em tempo oportuno, já tínhamos um regulamento de cumprimento obrigatório. Temos estado agora disponíveis para trabalhar com a União das Freguesias de Faro na gestão deste assunto.

Lina Martins Uso este meio para falar com o senhor sobre o problema dos gatos vadios, que é um problema de saúde pública urgente. O que se está a fazer para o resolver? Município de Faro

Temos consciência do problema e temos tentado minorá-lo com os meios que estão ao nosso alcance. Deve louvar-se o empenho das associações e organizações animais de Faro (Animais de Rua, CIIA, MAF e PRAVI), que têm demonstrado ser parceiros muito valiosos na resolução das questões que nos vão surgindo, através das famílias de acolhimento. Em outubro último, esteve no terreno uma experiência piloto, levada a cabo com a Animais de Rua, a Change For Animal Foundation e a Universidade Lusófona, que permitiu fazer na Praia de Faro (um dos locais mais críticos) uma campanha de cadastro, vacinação e esterilização da população animal errante – com a supervisão da Médica Veterinária Municipal. Esta solução é ambientalmente correta e tem obtido bons resultados por toda a Europa. Com o envolvimento da comunidade veterinária do concelho, pretendemos agora replicar o sucesso em todas as zonas do concelho, de forma a controlar todos os núcleos populacionais assilvestrados, procurando assim interferir positivamente no equilíbrio entre a natureza e o concelho. Exterminar os animais errantes não resolve o problema. Tratá-los, minora os efeitos negativos para a saúde pública.


Faro 2014 em revista  

um concelho em marcha!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you