Issuu on Google+

Edição especial - Junho de 2012


Mensagem do Secretário O trabalho à frente da Secretaria Municipal da Educação envolve constante planejamento, avaliação e implantação de novos projetos. Dessa forma, colocamos em prática importantes objetivos da gestão do prefeito Paulo Cezar Simões e do meu trabalho como secretário e gestor do ensino público na rede municipal: oferecer oportunidades e promover a justiça social através da educação, além de criar novas práticas de ensino que otimizem o trabalho nas salas de aulas e aumentem a evolução individual de cada aluno. Nesse informativo, em edição especial, nós da Prefeitura Municipal de Alagoinhas e da SEDUC temos o prazer de apresentar a toda a comunidade de nosso município o Projeto Incluir Digital. Essa é mais uma de nossas ações que aumentam os investimentos e os esforços em uma área de extrema importância para toda a sociedade: a educação pública de qualidade. Com esse novo projeto, que teve o início de suas atividades em março de 2012, buscamos viabilizar o acesso dos alunos da rede municipal de ensino e da comunidade mais carente de Alagoinhas às novas tecnologias da comunicação e informação, oferecendo formação de qualidade, conhecimento e capacitação que possam abrir portas para um futuro melhor. Nas próximas páginas, você poderá conhecer um pouco mais sobre o Projeto Incluir Digital e saber como laboratórios de informática, computadores e uma equipe qualificada tem ajudado na melhoria do ensino e aprendizado nas nossas escolas.

Caio de Castro Souza

Secretário da Educação de Alagoinhas

Essa é uma publicação da Fundação ADM em parceria com a Prefeitura Municipal de Alagoinhas e a Secretaria Municipal da Educação [Prefeito: Paulo Cezar Simões | Secretário: Caio de Castro Souza] Editor, redator e fotógrafo: Caio Andrade Arte e Ilustrações: Fred Oliveira / Nix Online Diagramação: Caio Andrade


Apresentação

O Projeto Incluir Digital é fruto da parceria entre a Fundação ADM e a Secretaria Municipal da Educação de Alagoinhas (SEDUC). Com ações e atividades focadas em diferentes públicos, o projeto beneficia alunos do ensino fundamental (1ª à 9ª série), os pais e demais familiares, além de jovens e adultos que buscam uma melhor qualificação para o mercado de trabalho. Para o desenvolvimento de suas atividades, o Projeto Incluir Digital utiliza a estrutura física (salas e laboratórios) e equipamentos de informática (computadores e periféricos) já existentes na unidades de ensino da rede municipal de Alagoinhas, otimizando os recursos e investimentos já existentes. Dentre as atividades promovidas pelo projeto, destacam-se os cursos de informática para os alunos do ensino fundamental - que complementam a formação desses estudantes - e os cursos de qualificação profissional para jovens e adultos. Tais ações visam à ampliação do conhecimento e da visão crítica e social de todos aqueles beneficiados pelo projeto, dando melhores condições para uma inserção mais igualitária na sociedade e no mercado de trabalho. O Projeto Incluir Digital teve início em março de 2012, com a sua implementação em 10 diferentes escolas, e já atende mais de 3.000 crianças do município de Alagoinhas.


Educação e tecnologia criando novas oportunidades Secretaria da Educação de Alagoinhas implanta projeto piloto em escolas da rede municipal de ensino e investe em inclusão digital

Neste ano de 2012, a Secretaria Mu-

nicipal da Educação de Alagoinhas (SEDUC) levou à sua rede de ensino público o projeto piloto chamado Incluir Digital com o objetivo de ampliar seus investimentos em inclusão digital e ações sociais. Em uma parceria com a Fundação ADM, o projeto foi implantado em dez escolas e teve suas atividades iniciadas no mês de março. O Projeto Incluir Digital tem o objetivo de facilitar o acesso às ferramentas de informática e fornecer conhecimento e qualificação para o uso da novas tecnologias da comunicação e informação na vida diária ou profissional. Para isso, o projeto prevê atividades para alunos do ensino fundamental das escolas municipais. Eles tem aulas semanais em laboratórios de informática com instrutores e monitores capacitados e unirão o conteúdo aprendido em sala de aula aos novos conhecimentos adquiridos com o computador. O projeto também tem como objetivo ampliar o processo de inclusão social em Alagoinhas. A população da cidade é beneficiada com cursos oferecidos gratuitamente à comunidade circunvizinha às escolas participantes do projeto, além dos diversos funcionários da SEDUC.

Os diferentes cursos de informática dão a jovens e adultos interessados oportunidades para qualificação e crescimento profissional. Com todas essas ações previstas, o Projeto Incluir Digital atenderá mais de 5 mil alunos do ensino fundamental da rede municipal de ensino e 2 mil jovens e adultos nos outros cursos de informática até o mês de novembro deste ano. Caio de Castro Souza, Secretário da Educação de Alagoinhas, comenta que essa iniciativa é, por enquanto, um projeto piloto: “Já podemos observar ótimos resultados. Com isso, vemos que estamos cumprindo os nossos objetivos e já pensamos numa ampliação”. A partir dessa primeira experiência e dos resultados obtidos até o mês de novembro, o Projeto Incluir Digital deverá ser ampliado para aumentar seu alcance e os benefícios para a população de Alagoinhas.


Entrevista com Caio de Castro Souza Quais são os principais objetivos da Secretaria Municipal de Educação de Alagoinhas ao implantar na sua rede pública de ensino o Projeto Incluir Digital?

Caio de Castro Souza - O objetivo da SEDUC é proporcionar o aprendizado da informática para os alunos da rede municipal e estimular o ensino e o aprendizado nos laboratórios de informática que tornam mais atrativos a rotina escolar. Hoje, a competitividade no mundo globalizado está muito grande, o mercado de trabalho exige conhecimentos de informática. O Incluir Digital vem, então, fortalecer as diversas ações da SEDUC de inclusão digital e social para nossos alunos e comunidade do município. Qual avaliação pode ser feita dessa experiência inicial nas dez escolas que já integram o projeto? Já há algum plano de expansão para o projeto?

Caio de Castro Souza - A experiência tem sido bastante positiva e nós temos percebido, através do corpo docente e gestor das escolas, um estímulo maior e melhores condições para integração dos alunos com os laboratórios de informática. Alagoinhas tem 45 laboratórios de informática equipados, mas muitos deles sem utilização devida por falta de conhecimento dos professores e gestores das escolas sobre como utilizar esses equipamentos integrados ao ensino em sala de aula. Por isso, o projeto se torna importante ao proporcionar meios para uma utilização desses laboratórios de uma forma mais otimizada.

Diante desses resultados positivos, já tomamos a iniciativa de ampliar o projeto em 30%, incluindo mais três escolas que terão suas atividades iniciadas em no final do mês de junho. Pretendemos também aumentar esse número de escolas paulatinamente de acordo com as condições dos laboratórios para receber o Projeto Incluir Digital. Qual a importância de pensar novas ações para a educação pública como, por exemplo, o Projeto Incluir Digital, que complementa a educação tradicional com o acesso e ensino para o uso de novas tecnologias?

Caio de Castro Souza - A maior importância é que a educação tem evoluído em nossa sociedade de uma forma muito rápida e nem sempre os alunos tem o mesmo estímulo para as atividades mais tradicionais. Como a sociedade evoluiu e o acesso à informação está muito mais fácil, se você tem um ensino no modelo tradicional em que só há a sala de aula, um quadro negro e livros, a escola não cria novos estímulos para aprendizagem, além de não suprir todas as necessidades que esses alunos tem de novas habilidades e conhecimentos que passamos a ter com acesso a novas tecnologias, conhecimentos da informática e acesso à internet. Então, a Secretaria de Educação pretende, com projetos arrojados como esse, dinamizar um pouco mais a educação tornando-a mais atrativa e, com isso, garantir a permanência e uma maior frequência do aluno e resultados mais positivos.


Quem pode participar do projeto?

O projeto dará oportunidade para que todos aqueles que estiverem dispostos a aprender e ter acesso aos conceitos e tecnologias disponíveis, no mais alto grau de qualidade, com didática própria e acompanhamento permanente por parte da equipe técnica e pedagógica montada pela Fundação ADM.

Assim, as ações do projeto incluem os alunos do Ensino Fundamental I e II, os funcionários das escolas, os professores da Rede Pública de Ensino, além de ofertar cursos de qualificação profissional para a comunidade circunvizinha às escolas.

Quem executa o projeto?

Para executar as atividades previstas no projeto, a Fundação ADM disponibiliza uma equipe multidisciplinar formada pelos seguintes profissionais: • • • • • • • • •

Gerentes de projetos; Coordenadores de equipe de campo; Secretárias laboratoriais; Instrutores; Monitores; Psicólogas; Pedagogas; Técnicos de informática; Apoio administrativo.


Como funciona o projeto?

Para cada escola participante do Projeto Incluir Digital, a Fundação ADM disponibiliza uma equipe técnica formada por uma secretária, dois instrutores e dois monitores. Essa equipe tem a função de ministrar os cursos e fazer o acompanhamento das atividades do projeto. Será disponibilizado apoio técnico, pedagógico, psicologico e de manutenção dos equipamentos durante toda a vigência do projeto.

Cada escola funcionará como um centro educacional e de formação moderno que oferece cursos de informática (de segunda a sexta-feira) aos alunos da rede municipal de ensino – em adequação ao conteúdo programático e didático das escolas –, e cursos de qualificação profissional no turno noturno ou aos sábados, que serão abertos para as comunidades vizinhas às escolas.

Quais são os principais benefícios?

• Fortalecimento da participação da família na escola; • Formação de jovens e adultos com a abordagem de conteúdos relevantes e atuais; • Fortalecimento da gestão escolar; • Consonância com a proposta pedagógica da escola; • Realização de palestras motivacionais bimestrais nas escolas beneficiadas; • Aperfeiçoamento das condições de uso dos laboratórios de informática das escolas; • Oferecimento de formação na área de tecnologia sociodigital; • Apoio pedagógico e aulas de reforço de acordo demandas identificadas; • Valorização da mão de obra local.



Projeto Incluir Digital - Revista de Lançamento