Issuu on Google+

1


2

“ Ao nos debruçar sobre as principais transformações sociais da nossa história antiga e recente, o que se percebe é que todas contaram com a participação irrestrita da juventude”. Leandro Alves Lima


3


4


Prefácio

Índice A Juventude Reunião com as Juventudes Carta-apoio Reunião com Marcio Projeto Juventude 40 A equipe Treinamento Reforma do comitê A inauguração A Juventude e o Manifesto O Pacto pela juventude Juventude na rede Juventude nas faculdades Debates e sabatinas Contorno 40 Reuniões temáticas Com a Juventude Avaliação das equipes Agradecimentos

9 14 16 21 25 26 29 32 37 41 51 58 61 64 66 68 72 78 88

E

ste livro tem como propósito apresentar a Juventude 40, sua composição e sua história, bem como descrever as atividades realizadas por este grupo ao longo da campanha eleitoral de 2012, a campanha que reelegeu o prefeito Marcio Lacerda.

5


6


A Juventude 7


8


A Juventude

R

eeleger Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte! Com esse propósito surgiu a Juventude 40, que reúne, sob uma só bandeira e um só número, a união de todas as Juventudes dos partidos que compõem a coligação “BH Segue em Frente”, além da participação de diversas outras jovens lideranças de diferentes segmentos da sociedade civil, derivadas de entidades estudantis, empresariais, ONG’s e outras associações de classe.

para enfrentar uma campanha em nome das diversas juventudes que habitam nossa Belo Horizonte. Os desafios de fazer alianças durante uma précampanha foi o tema de um bate-papo, despretensioso, entre amigos da juventude tucana no início deste ano, na capital mineira. Deste bate papo surgiu a ideia de unir as juventudes dos partidos que estivessem na campanha do 40. Este diálogo tomou corpo, e em pouco tempo aconteceu a primeira reunião de onde se tirou uma carta de apoio ao prefeito. Na terceira reunião, jovens de diversos partidos já estavam engajados na reeleição do prefeito Marcio Lacerda.

A Juventude 40 é a união de jovens em busca de uma cidade para todos. A união de jovens que acreditam no trabalho do prefeito Marcio Lacerda e, por isso, abdicaram das particularidades políticas

9


10


11


12


Reuni達o com as Juventudes 13


Reunião com as juventudes

A

identidade da Juventude 40, até mesmo este nome juventude 40, dependia da resposta que cada liderança daria para esta convocação da primeira reunião. Ali, naquele momento, sairia o primeiro resultado das urnas do prefeito Marcio Lacerda. A reunião, em tom formal, começou com a apresentação da proposta de trabalho em grupo com as diversas forças partidárias.

de lado as suas particularidades ideológicas e partidárias e investir no 40, colocando foco na campanha, na coligação. O diálogo conseguiu quebrar o “medo da democracia” que a grande maioria tinha e ali, na sede do PSDB, nascia um processo inovador entre as juventudes partidárias de Belo Horizonte, a Juventude 40. A evolução do trabalho culminou numa Carta, escrita por todas as lideranças, registrando o apoio desse novo movimento à reeleição do prefeito Marcio Lacerda.

Todos manifestaram seus anseios e pontuaram o que não seria bom acontecer. Todos concordaram que para o projeto dar certo deveriam deixar

14


15


Carta-apoio

V

ivendo em Belo Horizonte é impossível não usufruirmos cotidianamente de melhorias proporcionadas pela gestão de Marcio Lacerda, que desde 2009 vem transformando nossa cidade.

cussões sobre as políticas públicas da nossa cidade. Diante disso percebemos que nas eleições que se avizinham Marcio Lacerda se configura como o único pré-candidato capaz de continuar as melhorias e ainda tornar esses sonhos da juventude realidade.

Convictos estamos de que todas as incontáveis melhorias em infra-estrutura, transporte, educação, saúde e segurança nos impactam diretamente. Todavia, percebemos que, agora, é o momento de fomentar ainda com mais força as políticas públicas para a juventude, feitas de jovem para jovem. É o momento de discutirmos a transformação da Coordenadoria Municipal de Juventude em Secretaria Municipal de Juventude. É também momento de pensarmos o Centro de Referência da Juventude e criar parcerias com o Governo do Estado de Minas Gerais no Plug Minas e no Point Barreiro. É momento de colocarmos de fato o Conselho Municipal de Juventude no centro das dis-

Por esse motivo, sem parar de pensar, em momento algum, em como melhorar cada vez mais a vida do jovem belo-horizontino, manifestamos nosso apoio à pré-candidatura de nosso prefeito Marcio Lacerda. Juntos, estamos certos de que poderemos construir uma cidade cada vez melhor e com mais oportunidades de crescimento e participação para o jovem. Para que a capital de Minas se torne também a Capital da Juventude.

16


PSDB – Juventude do Partido da Social Democracia Brasileira

PR – Juventude do Partido da Republica

PSB – Juventude Socialista Brasileira

PRTB – Juventude do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro

PSD – Juventude do Partido Social Democrático

PRP – Juventude do Partido Republicano Progressista

PHS – Juventude do Partido Humanista da Solidariedade

PSL – Juventude do Partido Social Liberal

PP – Juventude do Partido Progressista

PTC – Juventude do Partido Trabalhista Cristão

PPS – Juventude Popular Socialista

PT do B – Juventude do Partido Trabalhista do Brasil

17


18


Reuni達o com Marcio 19


20


Reunião com Marcio

A

A Carta de Apoio das Juventudes Partidárias à reeleição foi entregue nas mãos do prefeito Marcio Lacerda, que sabendo da importância deste movimento, abriu as portas da campanha para construção de um caminho seguro dentro dos próximos 3 meses que viriam

candidatura ainda tomava corpo, o prefeito já tinha 12 partidos na coligação, quando foi marcado um evento no restaurante Maria das Tranças com os presidentes dos partidos que já haviam declarado apoio. A Juventude 40 participou do evento para manifestar a importância dos jovens que acreditam numa Belo Horizonte próspera até 2030 e a importância dos jovens na construção dessa realidade, de uma cidade melhor para todos.

O evento no Maria das Tranças serviu para tecer mais um elo entre a Juventude 40, o prefeito, e todos que estavam e ainda viriam para a coligação.

21


22


Projeto Juventude 40 23


24


Projeto Juventude 40

A

Juventude 40 foi crescendo de acordo com a própria campanha, que a cada dia trazia mais partidos. E o próximo passo era traçar sua estratégia dentro da campanha, seus campos de atuação. Após um minucioso trabalho para levantar as demandas dos jovens da cidade, o desafio era encaixar este trabalho na estratégia geral da campanha.

ventude 40 iria organizar os debates e sabatinas nas universidades e coordenar panfletagens em dois turnos nas portas das faculdades da cidade. Mas por reivindicação da Juventude 40, a organização geral da campanha cedeu um Comitê para realização deste trabalho. Agora já eram dois desafios: organizar as equipes para contratação e organizar o comitê para abertura do mesmo.

Após uma semana de diálogo com a coordenação geral da campanha, ficou decidido que a Ju-

25


A Equipe

D

urante um processo pesado de campanha, como foi este de 2012, juntar diversas lideranças de juventudes partidárias para escolher equipes de trabalho foi o segundo grande desafio deste grupo. Todos teriam que ser contemplados, mais do que isso, todos teriam que ser contemplados por igual. E não se prender a detalhes na construção deste processo era o obstáculo da turma. Os idealizadores da juventude 40, uniram-se para entrevistar os indicados. O processo seletivo contou com uma grande equipe de voluntários que proporcionou agilidade no atendimento e no cadastro das informações.

Mais de 200 jovens foram entrevistados pelas lideranças partidárias. O objetivo era contratar jovens que já tivessem algum contato com política, ou que se interessasse pelo debate político. Este sim seria o diferencial nos debates, sabatinas, e no dia-a-dia nas portas das faculdades. As entrevistas entraram madrugada afora, mas o bom trabalho da equipe de voluntários permitiu às lideranças ter em mãos, de imediato, o perfil dos entrevistados, facilitando a convocação dos selecionados de primeira chamada.

26


27


28


Treinamento

À

medida em que as entrevistas aconteciam, todos percebiam a necessidade de embasar os jovens com informações sobre o processo eleitoral, sobre a gestão do prefeito, sobre as propostas para juventude na próxima gestão e sobre o perfil da juventude 40.

será para a juventude da cidade. Tross convidou os jovens que não tinham contato com a política para aproveitar o processo eleitoral e engajar na política.

No 27 de julho de 2012, no auditório do PSDB estadual, com todas as lideranças partidárias, o  coordenador de campanha Pier, e o secretario municipal de esportes, Roberto Tross, este projeto de formação aconteceu.

Na sequência, o coordenador de campanha, Píer, trouxe ao conhecimento dos jovens a trajetória de vida do prefeito Marcio Lacerda. O coordenador também contou como foi realizada a aliança para as eleições municipais de 2008 entre o PSB, PSDB e PT. E, desmistificou ali, todas as inverdades que falavam na cidade a respeito do rompimento desta aliança para a disputa das eleições 2012.

O primeiro a falar foi o Secretário Municipal de Esportes, Roberto Tross. Ele relatou suas diversas participações em campanhas eleitorais à frente da juventude tucana, as diversas obras que a prefeitura realizou no último mandato, o que já foi realizado e ainda

Cada jovem liderança partidária falou do seu partido, de como é a militância e como é o cenário de uma campanha nas ruas. Ao fim da explanação eram nítido o interesse em saber mais, e a ansiedade para o início das atividades. 29


Lucas Nonato Breno Baeta Clara de Oliveira Cordeiro Clicia Thainna Santos Debora de Oliveira Gualberto Fernando Acácio e Silva Isaac Marlon Rodarte Jessica Saliba Sampaio Lara de Araujo Almeida de C. Rocha Marcelo Eustáquio Rodrigues de Siqueira Rousseau Fernandes Alves Verber Alves de Souza Yara Rios de Figueiredo

Dhiogo Galvão de Freitas Fidelis Anderson Rubens Espínola Dias Maia Carolina Costa da Silva e Silva Daniela Santos Pimenta Diego Santos Pimenta Gabriela Luisa Pereira Vianna de Andrade Henrique Diniz de Souza Julia Vilar Yankous Castanheira Julio Nunes Porfirio B. da Cunha Lígia Louro Rodrigues de Aguiar Ramon Pedro Saraiva Perez

Michelly Bruna Dalariva Rocha Melo Daniel Batista Ales Couto Diego Salomão Bento Felipe Kfoury Fonseca Ithalo Carvalho Karine Xavier Lopes Larissa Tayná de Paula da Silva Socorro Marta Xavier Lopes dos Santos Natalia Lopes Chaves Ciriaco Pedro Henrique Viana Moteram Shennia Najelo Barroso Santos de Oliveira

Betânea Nery Mateus Santiago Camila Gomes de Lima Elaine Gonçalves dos Santos Evandro Luiz Moyses Igor Batista Rocha Matheus Ligório Victor Gouvem Michele Tábata dos Santos Carmo Olivia Cristina Santos de Lima Silésia Gomes Ferreira Victor Rojo Benatti Rafael Gleison de Souza Yasmin Karine Coelho Moreira dos Santos Gensemar Dias Rochas Roney Fernandes

Antônia Pedro Ian Goulart Rodrigues Gabrielly Fernanda da Assis dos Santos Marilia Barretto de Queiroz Paola da Cruz Merlo Pedro Carnavali Silveira Sabrina Helen dos Santos Marina Zica Buchacra Barreiros Gustavo Pereira de Oliveira Ricardo Capanema Melo D. Cardoso Giselle Furst Vitor Lucio Oliveira de Jesus 30 Cínthia Gladna

Laryssa Rayane Gonzaga Silva Pedro Ian Goulart Rodrigues Guilherme Augusto de Farias Filipe Holfman Lacerda Flávia Acácio e Silva Karine Mônica Lacerda Mariana Fernandes Martins Pedro Henrique de Alcântara Sabrina Paula Sabino Shirlene Vieira de Souza Rosines Gomes Leal


31


Reforma do Comitê

A

próxima etapa seria a inauguração do comitê da Juventude 40 que foi dividido em duas etapas: conseguir um local central, de fácil acesso e grande visibilidade; já a segunda etapa seria a inauguração. O “X” da Juventude 40 no mapa de BH, apareceu por acaso, num telefonema, na Bias Fortes com Santa Catarina.

O lançamento da Juventude 40, com sua casa própria, foi muito comemorado, pois era uma resposta da coordenação de campanha para as lideranças jovens dos partidos que buscavam mostrar que não eram só os partidos da oposição que tinham juventude ativa, mas que os partidos dentro da coligação têm quadros políticos ativos e engajados nas questões de juventude na capital e no Estado.

Após autorização da campanha geral, as obras iniciaram, e no período de uma semana tudo estava modificado na antiga clínica de dentistas e se transformado no Casarão da Juventude 40.

32


33


34


35


36


A Inauguração

cidade, preparando o futuro para as novas gerações que precisarão de uma cidade bem estruturada para avançar em seus diversos gargalos como: segurança pública, transporte, moradia, trabalho, acesso ao esporte, cultura e lazer.

A

data de inauguração do Comitê da juventude 40 foi marcada para 11 de agosto, às 9 horas. Para as lideranças havia muito trabalho e pouco tempo para executar tantas tarefas. Em reunião ficou decidido que um grupo cuidaria da logística, outro da mobilização, outro seria responsável pela comunicação e cerimonial. Um último grupo estaria responsável por escrever uma carta de entidades de juventude em Belo Horizonte, para apoiar a candidatura do prefeito Marcio Lacerda.

Já para o governador de Minas, Antonio Anastasia, focar e prover um movimento de jovens lideranças e fomentar políticas públicas de juventude, é abrir espaços para a capital mineira avançar em passos largos para o desenvolvimento. O coordenador da Juventude 40, Caio Narcio, porta voz de todas as lideranças de juventude, fez a leitura do manifesto e agradeceu o espaço cedido dentro da campanha e mostrou entusiasmo ao falar dos projetos já realizados por Lacerda para a juventude de BH. Ele também pontuou os anseios das diversas juventudes dentro de BH. Para o jovem líder 40, BH vai continuar avançando se investir na juventude.  Após o evento festivo na rua, o prefeito Marcio Lacerda, o vice Délio Malheiros e as demais autoridades conheceram o Casarão da Juventude 40, posando para fotos.

A avenida Bias Fortes ficou repleta de jovens apoiadores da campanha, de diversos segmentos, políticos e autoridades, para escutar o prefeito Marcio Lacerda consolidar a parceria do mandato com esse grupo de jovens lideranças partidárias, denominado Juventude 40. Nas palavras do prefeito ficou nítido que a juventude não está por vir, mas é o agora para nossa

37


38


39


40


O manifesto e a juventude

N

ão é segredo, para os belorizontinos, os inúmeros avanços alcançados pela gestão do Prefeito Marcio Lacerda. Através de um planejamento estratégico eficaz, nosso Prefeito promoveu uma gestão eficiente, combinando desenvolvimento com inclusão social.

cio Lacerda continue sendo nosso Prefeito, para que a nossa cidade possa avançar ainda mais. Assinam este manifesto: CAIO NARCIO – Juventude do PSDB; VICTOR NEVES – Juventude do PR

Não restam dúvidas de que Marcio Lacerda merece ser o gestor municipal mais bem avaliado do Brasil.

BRENO BAETA – Juventude do PSB JEF CESAR – Juventude do PV MATEUS VILALBA – Juventude do PPS

Através da Juventude 40, nós, jovens de Belo Horizonte, das mais diversas áreas de atuação, manifestamos nosso apoio total e irrestrito à continuidade da gestão do Prefeito Marcio Lacerda. Acreditamos que não permitir que Marcio Lacerda continue trabalhando por Belo Horizonte, será um retrocesso irreparável à nossa cidade.

LUCAS NONATO – Juventude do PDT RAFAEL ANGELI – Juventude do PT do B FERNANDO BISSOLI – Juventude do PRB THIAGO CARVALHO – Juventude do PTB MARCELO MOTA – Juventude do DEMOCRATAS FELIPE RACHID – Juventude do PP LEONARDO SANTANA – Juventude do PRP BETINHO – Juventude do PSDC ALEX – Juventude do PSL

Por amor a Belo Horizonte, queremos que Mar-

MICHEL TULLER – Presidente do DCE da PUC Minas

41


FERNADO REIS – Presidente do DCE UNI BH JAMERSON IZIDORO – Presidente do DCE Newton Paiva e Membro da LIGAMED EVALDO DE OLIVEIRA SILVA – Presidente do DCE PUC Minas Barreiro MARCELO MOTA – Presidente do DA de Direito - UNA FRANCISCO ROCHA e FERNANDA SILVA MANOEL – Membros da Executiva do DA FACE – PUC Minas RAFAEL SOUTO E PINTO – Presidente do DA de Engenharia Civil - PUC Minas RODRIGO JOSÉ DA SILVA – Presidente do DA de Administração - UNI BH CLEANDER SOUZA – Presidente DA FACE - FUMEC VITOR GONÇALVES DE ALMEIDA e MATHEUS LUIZ LIMA – Presidente e Membro da Executiva da Atlética de Direito - PUC Minas JONAS PAIVA – Presidente da Associação Atlética do Direito - FUMEC PEDRO DAVID – Presidente do DA de Engenharia Elétrica - PUC Minas DAVID PERES – Presidente do DA de Ciências Contábeis - PUC Minas LUIZ CLAUDIO DOS SANTOS e PALOMA MARCIEL DOS SANTOS – Presidente e gestora do DA de Educação Física - PUC Minas HENRIQUE SANTIAGO LIMA – Presidente do DA de Enfermagem - PUC Minas BERNARDO FIGUEREDO DE MORAIS – Presidente do DA de Odontologia - PUC Minas HUGO COSTA – Presidente do DA de Ciências da Computação - PUC Minas NATHALIA ALVES COELHO – Presidente do DA de Turismo - PUC Minas SAMUEL TOMAZ DOMINGOS – Presidente da Atlética Unificada - PUC Minas DIEGO PIMENTA – Representante da Associação Atlética - Don Helder Câmara CAIO OLIVEIRA – Presidente do DA de Comunicação - PUC Minas VINICIUS TEIXEIRA – Presidente do DA de Saúde - FUMEC BARBARA EMANUELE – Diretora Universitária de Saúde - Newton Paiva RAIDAN SIMÃO – Diretor Universitário Cultural - Newton Paiva PEDRO ABRÃO MARQUES JUNIOR – Diretor do DACON - Milton Campos DANIEL ALVES PEREIRA – Gestor do DA de Engenharia Mecânica e Mecatrônica - PUC Minas CASSIO PEREIRA SANTOS – Gestor do DA de Fisioterapia - PUC Minas JULIANA CORREA MILLER – Gestora do DA de Física e Matemática - PUC Minas VICTOR ARAUJO DE ORNELAS – Presidente do DA de Direito - PUC Minas Barreiro VINÍCIUS GABRIEL FERREIRA SILVA – Presidente do Grêmio da Escola Estadual Professor Morais NILTON BERNINI – Presidente do Grêmio da Escola do Sebrae

42


VICTOR PEREIRA L. FRANÇA – Presidente do Grêmio do Colégio Magnum ANA ELISA – Presidente do Grêmio do Colégio Santo Agostinho MARCOS LANNA DAMÁSIO DE CASTRO – Gestor do Grêmio Estudantil do Colégio Marista GUILHERME PAZINNE – Representante de turma do Colégio Loyola FILIPE RIBEIRO – Presidente do Conselho Estadual da Juventude DANIEL JUNQUEIRA / FILIPE MOTTA – Vice-Presidente da FIEMG Jovem LUCAS PITTA – Vice-Presidente da CDL Jovem FABRÍCIO SOUZA CRUZ ALMEIDA – Representante dos Advogados Jovens JORGE PERIQUITO – União Representativa dos Estudantes e Juventude do Brasil (URE Brasil) VALDECIR FERNANDES BUZON – Presidente do grupo VHIVER WALFREDO RODRIGUES – Coordenador Geral da Rede Mineira da Cidadania de Belo Horizonte ANA BEATRIZ MARQUES – Diretora Executiva do Coletivo Negro ANTONIO FERNANDES – Membro e articulador do grupo Organização NPN de Cultura e Rede Favela MG CAMILA GIFFONE – Coordenadora Grupo de Jovem ARC BRUNA ESTANISLAU – Representante da ONG Força do Bem ELIAS MURAD FILHO – Representante da Entidade ABRAÇO MARCO ANTÔNIO DA SILVA – Presidente da ONG Casa do Professor GLEYSSON SILVA- Coordenador do Grêmio Recreativo Cultural Pipoca Doce FLAVIO CAMPOS FERREIRA – Coordenador Pastoral da Crisma Paróquia São Geraldo PATRICIA MAGALHÃES – Coordenadora Mundo Novo sem Drogas RAFAEL GUEDES – Coordenador FORANIA São Geraldo e da Pastoral da Crisma Paróquia NS de Nazaré ROGERIO LUIZ S. ALGUSTO – Administrador do Site: omundocatolico.com RONEI CÉSAR PMMI – Prêmio Mineiro da Música Independente TÚLIO AUGUSTO FREITAS ALVES DA SILVA- Representante do Movimento Cultural MARCILIO DE ASSIS – Presidente da Federação Mineira de Futebol Society GLAUBER MERLO – ONG Olhai as Crianças e os Adolescentes WAGNER JUNIO ULISSES – Representante da Força Sindical Jovem

43


44


45


46


47


48

O p J


O pacto pela Juventude 49


50


Pacto pela Juventude

D

urante a campanha a troca com outros segmentos da sociedade foi muito intensa e por isso a Juventude 40 participou de diversos eventos como: Mães de Minas contra o crack, Coletivo Negro, Times de Futebol, Contorno 40, Pacto Pela Juventude.

Melhor Emprego, o Voluntários da Cidadania e o meio passe estudantil, reivindicação feita pelos belo-horizontinos há algumas décadas e atendida na nossa gestão”, disse. O meio passe estudantil será ampliado na próxima gestão para estudantes do Programa Universidade para Todos (ProUni), do governo federal, e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Marcio assinou o Pacto pela Juventude e destacou diversas ações da prefeitura em prol dos jovens da capital. Parceria para a criação do Centro de Referência da Juventude, ampliação do programa BH Digital e implantação do meio passe estudantil foram alguns dos avanços ressaltados por Marcio.

O Pacto pela Juventude, assinado pelo prefeito e pelo candidato a vice-prefeito, Délio Malheiros, é uma proposição das organizações da sociedade civil que compõem o Conselho Nacional da Juventude para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam com as políticas públicas de juventude em suas ações e programas.

O prefeito destacou a importância da participação dos jovens na administração municipal. “Graças à luta constante dos jovens e ao esforço da prefeitura, criamos e aprimoramos programas e ações, como o

51


52


53


54


55


56


Atividades eventos

mobilização 57


Juventude na rede

A

juventude se conectou na internet para promover as açþes realizadas durante a campanha.

58


59


60


Juventude nas Faculdades

A

entrada da Juventude 40 na campanha de rua teve o privilĂŠgio de ser nas portas das universidades, proporcionando uma grande troca de conhecimento entre estudantes e as equipes que se revezaram

em dois turnos. Durante os 60 dias de campanha nas universidades, as equipes estiveram em mais de 50 instituiçþes de ensino, um trabalho exaustivo e gratificante.

61


62


As universidades visitadas pela Juventude 40 em todas as unidades:

Venda Nova Norte

PUC MINAS UEMG NOVOS HORIZONTES FACULDADE PITAGORAS IBHES FACEMG ESTACIO DE SÁ FACULDADE KENNEDY FEAMIG UNI-BH MILTON CAMPOS UNIVERSO UNIFENAS UNIPAC CIÊNCIAS MÉDICAS CEFET DOM ELDER CÂMARA FUMEC NEWTON PAIVA IBMEC IZABELA HENDRIX CEFET FABRAI ARNALDO UFMG UNA IBS – GETULIO VARGAS FACULDADE PROMOVE NOVOS RUMOS FACULDADE COTEMIG FACULDADE SÃO CAMILO FAMINAS FEAD

Nordeste

Pampulha

Leste

Noroeste

Oeste

Barreiro

Centro-Sul

50

Mais de faculdades e universidades foram visitadas ao longo da campanha. 63


Debates e Sabatinas

O

prefeito Marcio Lacerda foi convidado a participar de diversos debates entre estudantes secundaristas e universitários. Em todos os eventos, mesmo os que não organizou, mas que o prefeito participou, a Juventude 40 se fez presente para fortalecer o diálogo com os estudantes.

As sabatinas com Márcio Lacerda aconteceram nas seguintes instituições: PUC Minas, UNI, UNA, Milton Campos, Colégio Batista, IBMEC entre outras. As perguntas sempre estavam pautadas no transporte público, nas questões da educação, do desenvolvimento da cidade, e em esclarecimentos sobre dúvidas levantadas pelos adversários.

Nas tarefas delegadas à Juventude 40 estava a promoção de sabatinas e debates nas maiores faculdades e escolas de BH.

64


65


Contorno 40

P

ara Marcio, que percorreu toda a avenida acompanhado pelo candidato a vice-prefeito, Délio Malheiros, e pelo senador Aécio Neves, a mobilização que se viu durante as duas horas de percurso é uma demonstração inequívoca da força de sua campanha.

mília”, “Saúde”, “Habitação”, “Pampulha”,  “Coerência”, “Melhor Emprego”, “Liberdade”, “Inclusão Social”, “Turismo”, “Cidade  Compartilhada”, “Juventude”, “Ciclovias”, “BH Segue em Frente”, “Gestão Eficiente”, “Revitalização do Barro Preto”, “Meio Ambiente”, “Hospital do Barreiro”, “Mobilidade Urbana”, “Democracia”, “Justiça”, “Recuperação de Vilas”, “Educação”, “Artesanato”, “Segurança e  Prevenção”, “Nova Savassi” e “BH Cidade Limpa”. O ponto de partida e chegada foi a Praça Milton Campos. Pelos bairros Serra, São Lucas, Santa Efigênia, Floresta, Centro, Prado, Gutierrez, Santo Antônio e Savassi as pessoas aplaudiam a comitiva. Motoristas e pedestres que cruzavam com o grupo não perdiam a chance de evidenciar seu apoio a Marcio.

“A palavra que define o dia de hoje é agradecimento. Tantos voluntários, simpatizantes,  pessoas que acreditam no trabalho que realizamos e nos avanços que iremos fazer nos próximos anos é uma grande demonstração de apoio ao nosso trabalho e a nossas propostas. E são eles, os belo-horizontinos, que decidem as nossas eleições”, disse ele.

Entre os temas, “Proteção às Mulheres”, “Fa-

66


67


Reuniões Temáticas

A

aproximação com as diversas juventudes era o que faltava para o trabalho de conhecer de perto as particularidades das juventudes de Belo Horizonte. Pensando no que fazer, as lideranças jovens partidárias, montaram um trabalho de plenárias temáticas de juventude. A princípio seria debatido um tema por dia.

teu “Juventude, o esporte e os espaços públicos para prática esportiva”. As contribuições foram riquíssimas, tirando o esporte da condição de sub bandeira social, e o colocando no devido lugar de formador e transformador de crianças, adolescentes e jovens.

A primeira plenária debateu os “Jovens e a Segurança Pública”. O pequeno auditório contou com a presença de 15 jovens lideranças que falaram de extermínio de jovens até o combate as drogas, sempre analisando de um ponto de vista muito plural.

O resultado dos debates estavam sendo satisfatórios, mas ainda não era o que a Juventude 40 esperava. O interesse era estar com os jovens, escutar o que estavam pensando a respeito da cidade, da gestão do prefeito, e o que esperavam de um próximo mandado. O objetivo era fazer um diagnóstico nas bases para ter um retrato o mais próximo do real possível.

A segunda plenária, com a presença do secretário de esportes do município, Roberto Tross, deba-

De plenárias dentro do Comitê, a Juventude 40 foi parar nas ruas, casas, creches, escolas, grupos

68


Participação Organizações Movimentos Sociais Vilas e Favelas

Conviver com as Diferenças Acessibilidade Sustentabilidade GLBT

culturais, escolinhas esportivas e praças para saber o que os jovens tinham de expectativa para com a política pública de juventude na capital. Não foi fácil juntar grupos de 10 a 15 jovens para falar da realidade deles, mas quando se sentiam à vontade, davam declarações que preocuparam a Juventude 40.

Vida Saudável Esportes Cultura Antidrogas Entretenimento

Internet e Comunicação

As temáticas mostraram à Juventude 40 que os jovens da capital estão preocupados em adquirir conhecimento, ocupar os espaços da cidade, construir uma capital melhor para o futuro, mas focada no desenvolvimento local, de suas regiões, bairros e comunidades.

Mobilização Movimento Estudantil Universitário Secundarista

69

Sites Redes Sociais Materiais Imprensa


70


71


Com a Juventude

A

Juventude 40 recebeu grandes lideranças no comitê, que reiteraram o apoio e reforçaram a importância da atuação da juventude na campanha. Agradecemos as lideranças que nos proporcionaram enorme aprendizado: Andrea Neves Narcio Rodrigues Mário Heringer Bispo Fernando Luiz Bruno Miranda Pricila Teixeira Sargento Rodrigues Eros Biondini João Leite João Vitor Xavier E tantos outros 72


73


74


75


76


Juventude em grรกficos 77


Avaliação das equipes

A

Com Márcio BH ganhou mais um restaurante popular no:

Juventude 40 foi avaliada com base no material, 40 motivos para votar em Márcio Lacerda.

a) Santa Efigênia. b) Lagoinha. c) Barreiro.

Marcio fez uma revolução na educação. Quais das opções abaixo retratam esta revolução:

São propostas do Marcio:

a) Escola Plural, Escola Integrada e Avalia BH. b) Escola Integrada, merenda reforçada e provas semanais. c) Avalia BH, boletim escolar e aumento do número de escolas integradas.

a) Construir o Centro de Referência da Juventude e ampliar o horário de atendimento dos consultórios de rua. b) Construir o Centro de Referência da Juventude e ampliar o horário de atendimento do Centro de Apoio à Mullher. c) Construir o Centro de Referência da Juventude e ampliar o horário de atendimento dos Núcleos do BH Cidadania.

Uma das propostas de Márcio para a saúde é: a) Redução do tempo de espera por consultas especializadas. b) Terminar a construção do hospital de Venda Nova. c) Criar o Programa Saúde das Crianças.

Marcio vai recriar: a) Secretaria Municipal de Cultura. b) Sub-secretaria Municipal de Cultura e Teatro. c) Conselho Regional de Cultura.

O orçamento participativo é um grande avanço para a democracia participativa, com Márcio ele está avançando porque: a) Modernizou as regras do Orçamento Participativo. b) Implementou o OP regionalizado e vai implementar o OP da criança e do adolescente. c) Sancionou uma lei que extingue o OP digital aumentando os recursos do OP tradicional.

Marcio vai implementar: a) Pelo menos uma academia a céu aberto em cada regional b) Pelo menos uma academia a céu aberto em cada bairro de Belo Hori-

78


Desempenho na prova:

2%

Menos de 5 pontos

Acima de 11 pontos

75%

51%

Mais de dos colaboradores conseguiram notas acima de 8.

47%

MĂŠdia global das notas

79

Entre 6 e 10 pontos


c) Datafolha

zonte c) Vinte academias a céu aberto em Belo Horizonte Qual alternativa abaixo está correta:

Marcio Lacerda está se candidatando a reeleição, em seu mandato atual qual é o nome e partido do seu vice:

a) Antes eram 60 unidades de UMEIs com Márcio já são 69 b)Antes eram 53 unidades de UMEIs com Márcio já são 79 c) Antes eram 82 unidades de UMEIs com Márcio já são 99

a) Roberto Cavalcante( PT do B) b) Roberto Carvalho (PT) c) Roberto Malheiros (PV)

Marcio investiu na melhoria das condições das creches conveniadas:

Marcio Lacerda vai criar:

a) Contratando mais professores b) Aumentando o número de vagas c) Aumentando o repasse de verbas

a) Coordenadoria de defesa dos animais b) Coordenadoria de defesa das crianças c)Coordenadoria de defesa dos idosos

Como reconhecimento de sua gestão Marcio recebeu o prêmio:

Marcio Lacerda e Délio Malheiros são candidatos da coligação:

a) Amigo do adolescente e Gestor eficiente de educação b)Amigo da cidade e Gestor eficiente da saúde c) Amigo da criança e Gestor eficiente da merenda escolar

a) Frente BH popular b) BH segue em frente c) Para BH continuar renovada

Marcio implementou o meio-passe estudantil e vai estender para:

Marcio foi apontado como melhor prefeito do Brasil entre as principais capitais brasileiras por qual instituto de pesquisa:

a) alunos de faculdade pública e bolsitas de colégios particulares b) alunos do Prouni e EJA c) alunos negros e portadores de necessidades especiais

a) Vox Populi b) Ibope

80


Desempenho na prova por equipe: Desempenho nas provas por equipe. 74%

64%

70%

66%

69%

68%

1

2

62%

50%

61,8%

60%

3

4

66,8%

70%

66,7%

74%

72%

5

6

A mĂŠdia global de acertos foi de

81

68%


82


Presença e participação nos eventos:

12% 3 faltas

39%

24%

Nenhuma falta

2 faltas

25%

1 falta

31

Dos 80 colaboradores, estiveram presentes em todos os dias de campanha.

83


84


Abrangência de nossas equipes: Material entregue (unid.)

Material entregue (unid.)

Propagacão

1.100.000

550.000

275.000

Alcance projetado (eleitores até 32 anos)

Eleitorado total

1.860.000 582.000

31%

Alcance projetado

275.000

A ação da Juventude 40 atingiu do total de eleitores, e mais de 50% dos eleitores jovens entre 16 e 29 anos 85


86


Desempenho geral por equipe:

Desempenho por equipe %

3

22% 19%

22%

A equipe 2 foi responsĂĄvel por do material distribuido, apresentando melhor resultado.

40.000

30.000

20.000

10.000

0

1

2

3

4

52.168

4

2

30.425

5

36.344

50.000

51.422

60.000

43.142

11% 13%

6

panfletos de campanha foram distribuĂ­dos

70.000

60.013

19%

16%

1

273.514

5

6

Material de campanha entregue por equipe

87


Agradecimentos

A

A Juventude 40 marcou a história de Belo Horizonte, escreveu com cada jovem participante uma nova página na história dessa cidade.

Construímos com crianças, adolescentes, jovens e adultos, um jeito diferente de pensar o futuro, futuro do qual participamos ativamente através da construção do presente. Futuro de uma Belo Horizonte que pensa e atua com responsabilidade, e acredita que amanhã vai ser sempre melhor que hoje. Construímos o melhor para nossa cidade, elegemos não só um prefeito, elegemos a efetiva participação da juventude numa gestão comprometida com os cidadãos.

88

Adler

Juarez Amorim

Aécio Neves

Léo Burgues

Ana Campos

Madalena

Andrea Neves

Marcelo

Antônio Anastasia

Marcelo Teixeira

Antônio Jorge

Marcio Lacerda

Ayres

Marcus Pestana

Beatriz Goes

Marina Lemos

Bruno Miranda

Mario Heringer

Carlos

Monalisa

Cerimonial

Narcio Rodrigues

Claudia

Nelly Rosa

Daniel Nepomuceno

Paulo Bregunce

Délio Malheiros

Pier Giorgio

Dilzon Melo

Preto

Eliana Piola

Pricila Teixeira

Eros Biondini

Regis Souto

Fernanda

Reinaldo Alves Costa

Flavia Viegas

Ricardo

Gabriel Lacerda

Roberto Tross

Gustavo Corrêa

Tiago Lacerda

Isadora Sabino

Tito

Joana Sommers

À Coordenação da campanha

João Leite

Aos jovens que trabalharam com a gente

João Marcos Lobo

Aos lideres partidários

João Vitor Xavier

Voluntários

José Luiz

Zé Maia


89


90


Créditos: Projeto gráfico: Vinicius Vasques Textos: Denise Gabriela e Luana Carvalho Fotografias: Rafa Aguiar e Acervo de Campanha Gráficos: Adriano Faria

91


92


Livro Juventude 40 0 Eleições 2012 - Belo Horizonte