Page 1


Loucos por vinho!


Promoções especiais...............................06 Entrevista................................................... 22 Lançamentos e novidades..................... 26 Champagnes e espumantes.................. 32 Argentina.................................................... 36 Chile..............................................................42 Uruguai........................................................46 Brasil............................................................ 52 Nova Zelândia...........................................54 Austrália.....................................................58 África do Sul..............................................60 Estados Unidos.........................................64 Grécia...........................................................68 Hungria........................................................70 Espanha....................................................... 76 Portugal.......................................................88 Enogastronomia........................................94 Itália...........................................................100 França......................................................... 124 Alemanha.................................................. 142 Garrafas magnum..................................144 Meias garrafas........................................ 145 Garrafas 1/4............................................. 147 Vinhos de sobremesa............................ 148 Vinhos rosados....................................... 149 Espumantes e frisantes........................ 150 Kits de presente.......................................152 Acessórios................................................160


Venha conhecer os vinhos da Vinci no novo endereço da Rua Pamplona, 917, nos Jardins, e aproveite para descobrir nossos quase 1500 rótulos de produtores premiados, exclusivos e pontuados — uma das melhores e mais amplas seleções do país — além daqueles achados muito especiais que só a Vinci tem!

Vinci Pamplona Rua Pamplona 917 Jardim Paulista São Paulo sp Brasil tel 3130 4500 | vinci.com.br Convênio com estacionamentos próximos Estapar (esquina com a Al. Jaú - Rua Pamplona, 865) Estacione (após a Vinci, à direita - Rua Pamplona, 972) Park Estacionamento (após a Vinci, à esquerda - Rua Pamplona, 1119)


Promoções Especiais de Final de Ano Vinhos Grátis, Ofertas Especiais e Parcelamento!

1

Ganhe vinhos de presente para experimentar! Para todo mundo que gosta de vinhos, este é geralmente o presente preferido por todos! Até o final do ano, dependendo do valor de seu pedido, você ganha de presente vinhos à sua escolha para experimentar! Por exemplo, efetuando um pedido de R$500, você pode escolher uma garrafa de qualquer um dos vinhos relacionados na tabela A. E se fizer um pedido de R$1000, pode escolher uma garrafa de qualquer vinho da tabela B, ou duas garrafas da tabela A. São muitos vinhos maravilhosos e premiados à sua escolha. Confira as tabelas dos vinhos que podem ser escolhidos nas páginas seguintes e aproveite! * esta promoção é válida para todos os vinhos de nosso catálogo, exceto crus classés de Bordeaux (Médoc, St Émilion, Graves, Pomerol e Sauternes), cru bourgeois de Bordeaux, acessórios, copos ou outros produtos. Não é cumulativa com outras promoções ou descontos, exceto com as promoções “Compre 5 e Leve 6” e “Compre 11 e Leve 12”, e com as condições especiais de parcelamento para pessoa física, até o final do ano. Não é válida para compras através do site. Promoção válida até 31/12/2012 ou o final dos estoques e apenas para pedidos de pessoa física.


2

Compre 5 garrafas e leve 6 Selecionamos alguns vinhos excelentes, todos que merecem ser comprados por caixa e ter sempre em casa! Escolha seu preferido e, comprando 5 garrafas, você leva a 6ª grátis! Confira a lista completa destas promoções nas páginas 18/19.

3

Compre 11 garrafas e leve 12 Selecionamos alguns vinhos dos melhores produtores do Velho e do Novo Mundo, dos quais vale a pena ter sempre muitas caixas em casa para abrir sem medo, ou comprar em quantidade para presentear clientes, parentes e amigos! Escolha seu preferido e, comprando 11 garrafas, você leva a 12ª grátis! Confira a lista completa destas promoções nas páginas 20/21.

4

Parcelamento Especial de Final de Ano Aproveite nossas condições especiais de pagamento para o final de 2012! Pedidos a partir de R$250 – parcelamento em até 2 vezes Pedidos a partir de R$500 – parcelamento em até 3 vezes Pedidos a partir de R$1200 – parcelamento em até 4 vezes Pedidos a partir de R$2500 – parcelamento em até 5 vezes * promoções válidas até 31/12/2012 ou até o final dos estoques e apenas para pedidos de pessoa física feitos na loja ou por telefone. Não são válidas para compras através do site. ** O parcelamento pode ser feito no cartão de crédito e também é válido apenas para pedidos de pessoa física, feitos na loja, por telefone ou através do site, até o final de 2012. Aproveite!


Ganhe vinhos de presente comprando na Vinci! Comprando vinhos na Vinci até o final do ano, dependendo do valor de seu pedido, você ganha de presente vinhos aclamados pela crítica para experimentar! A promoção é bem simples: ao efetuar um pedido de R$500, você pode escolher uma garrafa de qualquer um dos vinhos relacionados na tabela A. E se fizer um pedido de R$1000, pode escolher uma garrafa de qualquer vinho da tabela B, ou duas garrafas da tabela A. Se fizer um pedido de R$2000, pode escolher uma garrafa de qualquer vinho da tabela C, ou duas garrafas da tabela B, ou quatro garrafas da tabela A. E assim por diante. Como você pode comprovar, é uma grande variedade de vinhos, todos de produtores premiados. Relacionamos algumas notas e comentários ao lado de cada um para facilitar sua seleção. Aproveite e escolha seus presentes!


Escolha fantรกsticos vinhos para ganhar de presente da Vinci neste final de ano!


A Lista A

Pedidos a partir de R$500 Nos pedidos acima de R$500, escolha de presente uma garrafa de algum dos surpreendentes e premiados vinhos da lista A, abaixo. E aproveite também nossas condições especiais de parcelamento!

Espumante

Rosados

Angheben Espumante Brut

Kaiken Rosé 2011

(Angheben/Rio Grande do Sul, Brasil)

(Kaiken/Mendoza, Argentina)

Um dos melhores exemplares dos festejados espumantes brasileiros!

Um vinho incrivelmente fresco e equilibrado, de grande classe, entre os melhores produzidos no país.

Brancos Friulano 2009

Cabernet Sauvignon Rosé 2011

(Casali Maniago/Friuli-Itália)

(Errazuriz/Valle Aconcagua, Chile)

Um branco que evoca o espírito dos saborosos brancos bebidos nas tratorias, mas com um toque limpo e moderno.

Um belo rosado, intenso e potente, de grande apelo gastronômico. Marqués de Aldaz Rosado 2011

Terra Andina Chardonnay 2009

(Vega del Castillo/Navarra, Espanha)

(Terra Andina/Casablanca Valley, Chile)

Um rosado de impressionante relação qualidade/preço, é perfeito como aperitivo.

Um Chardonnay muito bem feito que mostra grande pureza e tipicidade Masseria Trajone Inzolia 2010 (Masseria Trajone/Sicilia, Itália)

Aromático, fresco e muito saboroso, é uma ótima surpresa! Urban Uco Chardonnay 2010 (O. Fournier/Valle de Uco, Argentina)

Este saboroso Chardonnay é uma ótima novidade do produtor O.Fournier.


Promoção especial

Tintos Flying Solo Grenache/Syrah 2010 (Domaine Gayda/Languedoc-Roussillon, França)

Uma saborosa combinação de Grenache e Syrah, repleto de notas de fruta.

Dão Porta dos Cavaleiros tinto 2008 (Caves São João/Dão, Portugal)

Verdadeiro clássico português, possui uma legião de admiradores em Portugal. Tilia Malbec 2010

Vega del Castillo Tempranillo 2009 (Vega del Castillo/Navarra, Espanha)

Saboroso tinto, elaborado em um estilo fácil de gostar, que combina muito bem com comida. Tegole Toscano IGT 2008 (Piccini/Toscana, Itália)

Escolhido como um dos grandes achados para o dia a dia pela Slowfood. Urban Blend 2009 (O. Fournier/Valle de Maule, Chile)

Delicioso e moderno, feito com uma saborosa combinação das uvas Tempranillo e Malbec. Robertson Shiraz 2011 (Robertson Winery/Robertson Valley, África do Sul)

Classificado por John Platter como um vinho de excepcional relação qualidade/ preço, sendo descrito como “ultra-macio, saboroso e equilibrado”.

(Tilia/Mendoza, Argentina)

Um “Best Value” para Wine Spectator!

| 11


B Lista B

Pedidos a partir de R$1000 Em pedidos de valor acima de R$1000, escolha de presente uma garrafa de algum dos fantásticos vinhos da lista B abaixo, ou 2 garrafas da lista A. Espumantes Prosecco Bel Star (Bisol/Veneto, Itália)

Aromático e delicado na boca, com deliciosas notas florais. Kaiken Sparkling Brut (Kaiken/Mendoza, Argentina)

Um excelente espumante que descansa com as borras por nada menos que dois anos para ganhar complexidade. Accento Brut (Cavit/Trentino, Itália)

Saboroso espumante, elaborado por Cavit – o produtor do melhor espumante da Itália para o Gambero Rosso em 2010.

Kallísti 2008 (Boutári/Santorini, Grécia)

O primeiro vinho branco barricado a surgir na Grécia, macio, redondo, encorpado e harmônico. Viña Real Blanco Fermentado en Barrica 2010 (CVNE/Rioja, Espanha)

Um surpreendente branco elaborado com a casta Viura, é um dos melhores vinhos para acompanhar bacalhau.

Rosados L’O Rosato 2009 (Argiano/Toscana, Itália)

Um rosado de alta gama, elaborado de uma maneira especial, é um vinho rico e classudo, de ótima profundidade.

Brancos Oyster Bay Sauvignon Blanc 2011

Monte da Ravasqueira Rosé 2010

(Oyster Bay/Marlborough, Nova Zelândia)

(Monte da Ravasqueira/Alentejo, Portugal)

Eleito o melhor Sauvignon Blanc do mundo em sua primeira safra pela International Wine&Spirits e classificado como “Top Value” pela Wine Spectator!

Saboroso rosado elaborado em um estilo mais leve e fresco, lembrando os aclamados rosados da Provence. Alto Adige Lagrein Rosato 2009

Tokaji Hétszölö Furmint dry 2009

(San Michele Appiano/Alto Adige, Itália)

(Tokaji Hétszölö/Tokaj, Hungria)

Um fascinante exemplo desta casta autóctone de Tokaj.

Delicioso rosado, perfeito para começar um refeição ou mesmo para acompanhar embutidos.

Alto Adige Pinot Grigio 2009

Boutári Rosé Sec TO Macedônia 2010

(San Michele Appiano/Alto Adige, Itália)

(Boutári/Macedônia)

Bem mais complexo e profundo que a grande maioria dos vinhos produzidos com esta casta, mostrando porque San Michele Appiano goza de um invejável prestigio no norte da Itália.

Um rosé fresco e vivo, com intenso aroma de frutas vermelhas e com longo final de boca.


Promoção especial

Tintos Max Reserva Cabernet Sauvignon 2009 (Errazuriz/Valle Aconcagua, Chile)

90 pontos de Stephen Tanzer! É frequentemente classificado como um “Smart Buy” pela Wine Spectator e “Altamente Recomendado” pela revista Decanter.

Chianti Classico DOCG 2007 (Valiano-Piccini/Toscana, Itália)

Um tinto “suculento e cheio de fruta” segundo a Wine Spectator, é um vinho de produção bastante limitada. Syrah Le Pousseur 2007 (Bonny Doon/Califórnia, Estados Unidos)

Bourgogne Pinot Noir 2009 (Chanson/Bourgogne, França)

Segundo a Burghound, que o classificou como “outstanding”, “não é nada fácil achar um vinho de melhor relação qualidade/preço que o Bourgogne Pinot Noir de Chanson”.

Expressivo e cativante Syrah, cheio e complexo, combinando muito bem potência com elegância. Quinta do Mondego 2007 (Quinta do Mondego/Dão, Portugal)

Um tinto “achocolatado” e bastante elegante. Uma ótima surpresa do Dão.

A Lisa 2008 (Bodegas Noemía/Patagonia, Argentina)

91 pontos de Robert Parker e 90 pontos da Wine Spectator!

Petit Caus 2008 (Can Ràfols dels Caus/Penedés, Espanha)

Uma das melhores escolhas entre os exuberantes vinhos da Catalunha.

Prospect Hill Cabernet Sauvignon 2004 (Robertson Winery/Robertson Valley, África do Sul)

Talvez o mais aristocrático entre os vinhos de Robertson Winery. Vedré 2007

Ernie Els Big Easy 2008 (Ernie Els/Stellenbosch, África do Sul)

Combina a potência e estrutura das castas Syrah e Cabernet Sauvignon com o apelo frutado das castas Grenache, Mourvèdre e Viognier.

(Agapito Rico/Jumilla, Espanha)

Um empolgante vinho de Agapito Rico, combina uma ótima complexidade com um delicioso toque sedoso no palato.

Chianti Riserva Castelrotto 2004 (Giacomo Mori/Toscana, Itália)

É afinado em pequenas barricas de carvalho francês, resultando em um vinho macio, elegante e complexo.

Governo di Castellare 2008 (Castellare di Castellina/Toscana, Itália)

Ótimo tinto da Toscana, rico, saboroso e cheio de fruta madura, com uma refrescante acidez. Cuvée Compostelle rouge 2007

Branco doce Côteaux du Layon 2006 (Château de la Mulonnière/Loire, França)

Um complexo vinho de sobremesa, rico, profundo e muito fino.

(Château Mas Neuf/Costières de Nîmes, França)

“Denso e puro, com um generoso final” para Parker, mostra ótima complexidade e um estilo fácil de impressionar.

Jerez Jerez Fino La Ina (La Ina/Jerez, Espanha)

94 pontos do Guía Peñin 2009!

| 13


C

Lista C

Pedidos a partir de R$2000 Para pedidos acima de R$2000, escolha de presente uma garrafa de algum dos grandes vinhos da lista C abaixo, ou 2 garrafas da lista B, ou 4 garrafas da lista A.

Espumantes

Rosado

Conttrato Millesimato Brut 2007

Sancerre Comte Lafond Rosé 2007

(Contratto-La Spinetta/Franciacorta, Itália)

(Baron de Ladoucette & Comte Lafond/Loire, França)

Maturado nada menos que 42 meses nas frias caves históricas da vinícola.

Seco, aromático e muito saboroso, elaborado por Comte Lafond, um dos mais emblemáticos nomes de toda a França.

Gran Caus Reserva Brut Nature 2002 (Can Ráfols dels Caus/Penedés, Espanha)

Tintos

Uma das melhores e mais disputadas Cavas da Espanha, impressionante e incrivelmente complexo.

Fontodi Chianti Classico 2007

Magnum Prosecco di Valdobbiadene Brut

Quinta do Pôpa Tinta Roriz 2007

(Col Vetoraz/Veneto, Itália)

“A escolha certa em Prosecco para todos os anos” para Robert Parker.

Brancos Alfa Centauri Sauvignon Blanc 2008 (O. Fournier/Leyda, Chile)

91 pontos de Stephen Tanzer, a mais alta nota já concedida a um branco Chileno!

(Fontodi/Toscana, Itália)

91 pontos de Robert Parker!

(Quinta do Pôpa/Douro, Portugal)

Vencedor da medalha de bronze no International Wine Challenge. Is Solinas Isola dei Nuraghi IGT 2006 (Argiolas/Sardegna, Itália)

90 pontos de Robert Parker! Châteauneuf-du-Pape Reine Jeanne 2009 (Ogier/Rhône, França)

Chablis 2009 (Maison Champy/Bourgogne, França)

Belo exemplar, produzido por uma das melhores Maisons da Borgonha.

Um vinho marcante, repleto de fruta e especiarias, com um toque de baunilha, taninos finos e um final persistente. Montecastro Y Llanahermosa 2005

Ronco Broilo 2007 (Conte D’Attimis-Maniago/Friuli, Itália)

Maravilhoso corte de Pinot Bianco e Chardonnay, um vinho complexo e cheio de personalidade, que merece ser descoberto.

(Montecastro/Ribera del Duero, Espanha)

93 pontos de Robert Parker!


Promoção especial

Chemin de Moscou 2009 (Domaine Gayda/Languedoc-Roussillon, França)

Eleito como o melhor IGT do país pelo prestigioso concurso International Wine Challenge.

Campanaio Cabernet Sauvignon/Merlot 2008 (Podere Monastero/Toscana, Itália)

Classificado como “outstanding” por Robert Parker em sua safra inaugural.

Carmignano Riserva Elzana 2007

Magnum Viña Real Crianza 2006

(Fattoria di Ambra/Toscana, Itália)

(CVNE/Rioja, Espanha)

Um vinho de “pura classe e elegância” para Robert Parker, com um “soberbo potencial” de evolução.

Já foi classificado como um “best buy” para a Wine Spectator!

Porto Viña Magaña Gran Reserva 1985 (Viña Magaña/Navarra, Espanha)

Maduro e complexo, envelhecido por vários anos em barricas de carvalho, com enorme apelo e um impressionante toque sedoso no palato. Mercurey rouge 2009 (Domaine du Meix Foulot/Bourgogne, França)

Frequentemente recebe o “coup de coeur” da Burghound, é elaborado com 50% de uvas de vinhedos classificados como 1er Cru. Vino Nobile di Montepulciano 2008 (Dei/Toscana, Itália)

91 pontos de Robert Parker! Demora Tempranillo 2006 (Viñas del Cénit/Toro, Espanha)

Classificado como “outstanding” pela Wine Spectator logo em sua primeira safra!

Fonseca 10 Year Old Tawny (Fonseca Port/Porto, Portugal)

Para Richard Mayson, um dos maiores especialistas em Porto de todo o mundo, “Fonseca reina de maneira suprema com seus ótimos Tawnies de 10 e 20 anos”.

| 15


D

Lista D

Pedidos a partir de R$4000 Para pedidos acima de R$4000, escolha de presente uma garrafa de algum dos grandes vinhos da lista D abaixo, ou 2 garrafas da lista C, ou 4 garrafas da lista B ou 8 garrafas da lista A. Caprichamos nestas seleções!

Espumantes

Brancos

Champagne Barons de Rothschild Brut

Baron de L 2005

(Champagne Barons de Rothschild/Champagne, França)

(Baron de Ladoucette & Comte Lafond/Loire, França)

O mais emblemático entre os já cultuados Champagnes do joint venture do Château Lafite Rothschild, Château Mouton Rothschild e Château Clarke.

Um dos maiores brancos da França e uma das mais fantásticas expressões da casta Sauvignon Blanc, “impressionante” para a Wine Spectator. Lidia Chardonnay 2008

Champagne Henriot Brut Rosé 2002 (Maison Henriot/Champagne, França)

Uma das melhores opções em Champagnes rosados disponível no mercado. Champagne Millésime Grand Cru Blanc de Blancs L’Esprit 2005 (Champagne Pierre Pèters/Champagne, França)

Elaborado com uvas de quatro dos melhores Grands Crus de Champagne, é um dos grandes segredos entre os apreciadores de Champagne.

(La Spinetta/Piemonte, Itália)

Elegante, complexo, seco, com boa estrutura e acidez balanceada. Chassagne-Montrachet 1er Cru Les Chaumées Blanc 2006 (Jean Marc Morey/Bourgogne, França)

Rico, intenso e complexo, no melhor estilo da Borgonha. Cerdeña Isola dei Nuraghi 2007 (Argiolas/Sardegna, Itália)

Provavelmente a maior expressão da casta Vermentino, mostra uma cor profunda e grande complexidade.


Promoção especial

Tintos Gevrey-Chambertin Cazetiers 2007

I Sodi di San Niccoló 2005 (Castellare di Castellina/Toscana, Itália)

(Maison Champy/Bourgone, França)

93+ pontos de Robert Parker!

Um dos mais reputados Premier Cru de GevreyChambertin.

O. Fournier Syrah 2004 (O. Fournier/Valle de Uco, Argentina)

Case Via Syrah 2004

91 pontos Wine Spectator!

(Fontodi/Toscana, Itália)

92 pontos da Wine Spectator! Mauro 2006 (Bodegas Mauro/Ribera del Duero, Espanha)

90 pontos de Robert Parker! Noemía 2007 (Bodega Noemía/Patagônia, Argentina)

94 pontos da Wine Spectator! Saffredi IGT 2005 (Le Pupille/Maremma, Itália)

93+ pontos de Robert Parker! “4” Kilos 2008 (4 Kilos/Mallorca, Espanha)

Combina a casta Cabernet Sauvignon com a Callet, um tinto finíssimo e potente, de grande mineralidade, com exuberantes notas de fruta madura.

Magnum Morellino di Scansano Poggio Valente 2006 (Le Pupille/Toscana, Itália)

92 pontos de Robert Parker!

Branco doce Tokaji Hétszölö 5 Puttonyos Aszú 2001 (Tokaji Hétszölö/Tokaj, Hungria)

92 pontos da Wine Spectator!

Cognac Cognac XO Age du Fruit (Léopold Gourmel/Cognac, França)

Um Cognac gastronômico e um dos preferidos dos enófilos.

| 17


6!

“Compre 5 e leve 6” Selecionamos alguns vinhos excelentes, todos que merecem ser comprados por caixa e ter sempre em casa! Escolha seu preferido e, comprando 5 garrafas, você leva a 6ª grátis!

Espumantes Champagne Henriot Brut Souverain (Maison Henriot/Champagne, França)

93 pontos da Wine Spectator e 94 pontos da Wine Enthusiast! Contratto For England Pas Dose 2007 (Contratto-La Spinetta/Franciacorta, Itália)

Elaborado de acordo com o método clássico, é um excepcional espumante que não deixa nada a desejar aos grandes Champagne. Crémant d’Alsace (Léon Beyer/Alsace, França)

Um espumante fresco e encantador, com uma ótima cremosidade no palato. Uma das melhores opções em espumantes franceses. Kaiken Sparkling Brut (Kaiken/Mendoza, Argentina)

Bourgogne Chardonnay 2008 (Chanson Père & Fils/Bourgogne, França)

Um dos saborosos exemplos da casta Aligoté, é uma das mais clássicas companhias para os tradicionais escargots. Oyster Bay Sauvignon Blanc 2011 (Oyster Bay/Marlborough, Nova Zelândia)

Eleito o melhor Sauvignon Blanc do mundo em sua primeira safra pela International Wine&Spirits e classificado como “Top Value” pela Wine Spectator! Estate Dry Riesling 2008 (Trefethen/Napa Valley, Estados Unidos)

Um delicioso Riesling, uma escolha excelente para acompanhar sushis.

Rosados Côtes du Roussillon Le Sarda Rosé 2007 (Sarda Malet/Languedoc-Roussillon, França)

Um excelente espumante que descansa com as borras por nada menos que dois anos para ganhar complexidade.

Delicioso rosado francês, mostra um frutado delicado e persistente, com ótima presença de palato.

Brancos

Montepulciano d’Abruzzo Cerasuolo Effe 2009

Alfa Centauri Sauvignon Blanc 2008 (O. Fournier/Leyda, Chile)

90 pontos de Robert Parker e 91 pontos de Stephen Tanzer! Le Cigare Blanc 2007

(La Valentina/Abruzzo, Itália)

O melhor rosado de La Valentina, elaborado da maneira menos intervencionista possível para expressar da melhor forma a casta e o terroir da região. Sancerre Comte Lafond Rosé 2007

(Bonny Doon/Califórnia, Estados Unidos)

(Baron de Ladoucette & Comte Lafond/Loire, Itália)

Um branco “intrigante” segundo Robert Parker, que oferece uma grande gama de combinações com comida.

Um delicioso rosé, seco, aromático e muito saboroso.


Promoção especial

Tintos Vino Nobile di Montepulciano 2008 (Dei/Toscana, Itália)

Um dos melhores e mais conceituados Vino Nobile di Montepulciano é, para a Wine Spectator, refinado e elegante, com aromas e sabores de framboesa e cereja.

Reserva Sangiovese 2008 (Viña Progreso/Progreso, Uruguai)

Uma bela surpresa do Uruguai, com notas de frutas vermelhas e um certo toque terroso, típico da casta. Le Sughere di Frassinello 2009 (Rocca di Frassinello/Toscana, Itália)

The Blend 2006 (Errazuriz/Vale de Aconcagua, Chile)

Chamado de “fabuloso” pela revista Decanter, este impressionante corte é complexo e profundo. Talvez o mais “italiano” de todos os vinhos chilenos!

Nas palavras do Gambero Rosso, este é um vinho que “preenche a boca com grande energia”. É um super-segundo vinho de Rocca di Frassinello. Ceregio Sangiovese di Romagna 2007 (Zerbina/Emilia-Romagna, Itália)

A Lisa 2008 (Bodega Noemía/Patagonia, Argentina)

91 pontos de Robert Parker e 90 pontos da Wine Spectator!

“Um dos Sangioveses preferidos em sua faixa de preço” para The Wine Advocate de Robert Parker, “entra ano e sai ano”, é um vinho incrivelmente gastronômico, combinando com “praticamente tudo” segundo Antonio Galloni.

Chianti Classico 2007 (Fontodi/Toscana, Itália)

91 pontos de Robert Parker! Châteauneuf-du-Pape Reine Jeanne 2009

Cune Crianza 2008 (CVNE/Rioja, Espanha)

Cativante vinho da Rioja, produzido por uma das grandes estrelas da região.

(Ogier/Rhône, França)

Um vinho marcante, repleto de frutas e especiarias e com um toque de baunilha, taninos finos e um final persistente. Max Reserva Merlot 2009 (Errazuriz/Vale de Aconcagua, Chile)

Elegante, macio e fácil de gostar” para The Wine Advocate de Robert Parker e “fresco e cremoso” para a revista Decanter, este saboroso Merlot é uma das ótimas descobertas de Errazuriz.

Bourgogne Pinot Noir 2009 (Maison Champy/Bourgogne, França)

Um saboroso Pinot Noir que combina fruta madura com elegância e ótima acidez.

| 19


12!

“compre 11 e leve 12” Selecionamos alguns vinhos dos melhres produtores do Velho e do Novo Mundo, dos quais vale a pena ter sempre muitas caixas em casa para abrir sem medo, ou comprar em quantidade para presentear clientes, parentes e amigos! Escolha seu preferido e, comprando 11 garrafas, você leva a 12ª grátis!

Espumantes

Rosados

Prosecco Bel Star

Monte da Ravasqueira Rosé 2010

(Bisol/Veneto, Itália)

(Monte da Ravasqueira/Alentejo, Portugal)

Aromático e delicado na boca, com deliciosas notas florais.

Elaborado em um estilo mais leve e fresco, é perfeito como aperitivo ou para acompanhar carnes leves.

Angheben Espumante Brut (Angheben/Rio Grande do Sul, Brasil)

Um dos melhores exemplares dos festejados espumantes brasileiros!

Brancos Tilia Chardonnay 2010 (Tilia/Mendoza, Argentina)

Altamente recomendado, compete com vinhos que custam duas ou três vezes mais.

Kaiken Rosé 2011 (Kaiken/Mendoza, Argentina)

Elaborado com uvas Malbec, é um rosado de grande classe, entre os melhores produzidos na Argentina. Terra Andina Rosé 2010 (Terra Andina/Vale Central, Chile)

Cativante e fácil de gostar, é ideal para abrir o apetite ou acompanhar peixes e carnes brancas.

Caminos Sémillon/Chardonnay 2010 (Terra Andina/Casablanca Valley, Chile)

Fresco e saboroso, combina a elegância da Chardonnay com um delicioso toque cítrico da Sémillon. S’Elegas Nuragus di Cagliari DOC 2009 (Argiolas/Sardegna, Itália)

Perfeito para acompanhar pratos mais condimentados, é elaborado com a casta autóctone Nuragus. Chapel Range White 2007 (Robertson Winery/Robertson, África do Sul)

Fresco e aromático, com notas de frutas frescas e muito saboroso é perfeito para ser bebido como aperitivo ou com peixes e frutos do mar.

Languedoc Rosé 2010 (H&B/Languedoc-Roussillon, França)

Delicioso rosado, saboroso e fresco com muita fruta e um ótimo final de boca.


Promoção especial

Tintos Kaiken Reserva Malbec 2010 (Kaiken/Mendoza, Argentina)

Com grande experiência na casta Malbec, a vinícola chilena Viña Montes elabora, na Argentina, este delicioso e cativante tinto.

Chianti DOCG 2010 (Piccini/Toscana, Itália)

Um eterno “Best Buy” para a Wine Enthusiast, é um ótimo achado, perfeito para acompanhar comida. Urban Cabernet Sauvignon 2008

Grayson Cabernet Sauvignon 2010 (Grayson Cellars/Napa Valley, Estados Unidos)

Mostrando uma bela intensidade e textura aveludada, é “um ótima compra”, segundo Robert Parker.

(O. Fournier/Maule, Chile)

Segundo Jancis Robinson, ele é “muito mais complexo e sutil do que a maioria dos vinhos [chilenos]. Bravo!”. Pigmentum Cahors Malbec 2011

Tatty Road Shiraz 2010 (Gemtree Vineyards/McLaren Vale, Austrália)

Este empolgante Shiraz, macio e exuberante, é um dos grandes achados entre os vinhos austalianos.

(Georges Vigouroux/Cahors, França)

“Potente, suculento e achocolatado” na opinião da Wine Spectator, é uma ótima surpresa para quem ainda não provou os clássicos Malbec franceses. Cocina Blend 2009

Montepulciano d’Abruzzo 2008

(La Posta/Mendoza, Argentina)

(La Valentina/Abruzzo, Itália)

90 pontos de Robert Parker!

Rico e exuberante, compete facilmente com os chilenos e argentinos da mesma faixa de preço.

Guardian Peak Frontier 2010

Reserva Tannat 2008

Empolgante blend que combina a estrutura e elegância da Cabernet Sauvignon com a abundância de fruta da Syrah e a maciez da Merlot.

(Viña Progreso/Progreso, Uruguai)

Elaborado com a mais emblemática casta do Uruguai, é macio e convidativo, perfeito para acompanhar churrasco. Baglio del Sole Nero d’Avola 2010 (Feudi del Pisciotto/Sicilia, Itália)

Saborosa criação do enólogo Christian le Sommer, do Château Lafite Rothschild, e do talentoso Alessandro Cellai, de Castellare di Castellina.

(Guardian Peak/Stellenbosch, África do Sul)

| 21


Eduardo Chadwick


Entrevista | Eduardo Chadwick

Verdadeira lenda viva do vinho chileno, Eduardo Chadwick é uma das personalidades mais respeitadas do mundo do vinho. Sob a batuta de Chadwick, a Viña Errázuriz realizou uma revolução qualitativa na América do Sul, adotando diversas práticas até então inéditas no país, como a irrigação por gotejamento, implementada há mais de 20 anos. Chadwick também foi o primeiro produtor a plantar a casta Syrah e a desenvolver práticas de agricultura sustentável em larga escala. O esforço incansável de Eduardo foi coroado com a famosa “Cata de Berlin”, uma degustação às cegas com especialistas de todo o mundo, onde os vinhos do produtor superaram os maiores ícones da França e da Itália. Sua contribuição para elevar a percepção de qualidade dos vinhos produzidos no Chile foi tão decisiva que o governo chileno o condecorou por melhorar – através de seus vinhos – a imagem do Chile internacionalmente. 


24 | Entrevista

Eduardo Chadwick

Você ingressou na Viña Errázuriz com apenas 24 anos. Foi difícil para uma pessoa tão jovem fazer todas as mudanças que culminaram na Errazuriz de hoje? Minha família participa do mundo do vinho há muito tempo, desde quando nossa vinícola foi fundada em 1870. Eu represento a 5a geração da família que está à frente da vinícola. Comecei a trabalhar com meu pai, Alfonso Chadwick Errázuriz, que é descendente de nosso fundador Don Maximiano. Nesta época, ele havia começado uma grande reforma na vinícola de nossa família, incorporando equipamentos de última geração e as mais modernas técnicas de vinificação — mudanças que resultaram em um grande salto qualitativo, proporcionando a produção de vinhos de mais alta qualidade. Eu me dediquei a aprender com meu pai o máximo possível e viajei por diversas regiões produtoras, inclusive para Bordeaux, onde conheci o enólogo francês Emile Peynaud, com quem aprendi técnicas de vinicultura e enologia. Já no começo dos anos 1980 meu pai me transmitiu a missão de perpetuar a tradição da família e dirigir a Viña Errázuriz. Uma vinícola precisa ter reputação para produzir um vinho-ícone, ou pode criar um vinho-ícone para ser reconhecida? Como surge um ícone? A Viña Errázuriz foi realmente visionária quando decidiu elaborar vinhos da mais alta qualidade possível de cada um de nossos diferentes terroirs. Um exemplo é o Don Maximiano Founder’s Reserve, um dos pioneiros entre os ultra premium chilenos, elaborado com uvas da nossa propriedade Don Maximiano. Depois, com uma associação com o lendário produtor norte-americano Robert Mondavi, criamos em 1995 o primeiro vinho-ícone do país, o Seña. Alguns anos mais tarde, em 1999, finalmente criamos o Viñedo Chadwick, produzido com uvas de nosso vinhedo em Maipo Alto. Cada um de nossos vinhos-ícone representam um terroir único. Os vinhos são todos de classe mundial e fazem parte de nossa história e legado. Até recentemente, o Chile era visto como um produtor de vinhos comerciais e de grande volume, mas hoje é reconhecido como fonte de alguns dos melhores vinhos do mundo. É mais fácil elaborar vinhos de qualidade hoje em dia? Desde os anos 1980 nós certamente ganhamos experiência na área de enologia e aprofundamos muito o conhecimento de nossos solos e terroirs. Estes dois fatos nos permitiram poder elaborar vinhos de classe mundial, mas com características únicas, só encontradas no Chile. O setor vitivinícola como um todo se desenvolveu muito, focando na produção de vinhos de alta qualidade, o que é a melhor forma de aproveitarmos as qualidades de nossos fantásticos terroirs, demostrando a maturidade em que o setor

se encontra. Quando comecei a trabalhar na Viña Errazuriz em 1983, percebi uma grande oportunidade para produzir vinhos de altíssima qualidade. Talvez tenhamos sido mesmo os pioneiros, uma vez que conseguimos alcançar a qualidade e reconhecimento mundial. Isto foi muito positivo para a imagem do país e hoje os melhores chilenos são comparados com naturalidade com vinhos das regiões mais históricas e importantes do Velho Mundo, como Bordeaux e Toscana. A “Cata de Berlin” de 2004, inspirada na “Prova de Paris” conduzida por Steven Spurrier em 1976, mostrou ao mundo que os vinhos de Errázuriz não eram apenas capazes de competir com os 1er Grand Cru Classés de Bordeaux e os mais famosos supertoscanos, mas podiam até mesmo superar estes ícones. Você esperava resultados tão impressionantes? Qual foi a importância desta prova para a imagem do vinho chileno? Honestamente, o resultado desta prova que é hoje um marco histórico foi surpreendente, e um divisor de águas: Viñedo Chadwick 2000 e Seña 2001 ficaram respectivamente em primeiro e segundo lugar, à frente dos 1er Grand Cru Classés de Bordeaux! A “Cata de Berlin” se tornou um marco do reconhecimento dos vinhos chilenos em todo o mundo. Desde então, repetimos esta prova mais de 15 vezes nas principais capitais do mundo, sempre apresentando as safras mais recentes. O resultado foi extremamente positivo, colocando nossos vinhos sempre entre os 5 melhores. Acho que estes resultados ajudaram, sem dúvida, a melhorar a imagem do vinho chileno, mostrando a qualidade dos terroirs e dos vinhos que temos aqui. É claro que ainda existe muito trabalho para ser feito. Precisamos conquistar ainda muitos enófilos, colecionadores e amantes de vinho em todo o mundo. Hoje, outras vinícolas estão seguindo este modelo de divulgação. Até mesmo a Wines of Chile, com sua campanha 20/20 procura atingir o mesmo objetivo: focar em vinhos de grande valor agregado, mostrando os vinhos chilenos de maior qualidade para o resto do mundo. Em 2010, você recebeu um prêmio especial do governo do Chile por ter contribuído para elevar a imagem do país internacionalmente. O que esta condecoração representou para você? Na ocasião do bicentenário chileno, em 2010, a ProChile e o ministério das relações exteriores criaram este prêmio para reconhecer os esforços de pessoas que ajudaram a melhorar a imagem do país internacionalmente. Eu fiquei muito honrado em ser a primeira pessoa a receber o prêmio, concedido pela contribuição da Viña Errázuriz em elevar a imagem do país. Estes são os tipos de surpresas na vida que nos dão força, prazer e incentivo para continuar trabalhando duro para promover os vinhos chilenos.


Entrevista Eduardo Chadwick

Se pensarmos em toda a linha de vinhos de Errázuriz, algumas pessoas podem ficar perdidas com tantos vinhos diferentes. Qual é na sua opinião a melhor forma de descobrir os vinhos da Viña Errázuriz? Eu recomendaria começar com a nossa linha Max Reserva. Eles mostram bem a diversidade do vale do Aconcagua e representam a melhor seleção de cada tipo de uva. Para aquelas pessoas que têm curiosidade e gostam de inovações, nós temos a linha de especialidades. Nesta linha, a criatividade de nosso enólogo é expressada mais livremente por meio de regiões mais inusitadas como a costa do Aconcagua. Depois, para entender os nossos melhores terroirs, eu diria que o passo seguinte seria provar nossos vinhos ícones: Kai, um Carmenère 100% feito para mostrar ao mundo toda a personalidade desta casta emblemática; seguido do La Cumbre, que representa o espírito inovador de Errázuriz porque é o resultado da introdução da casta Syrah no Chile, cultivada no topo de um de nossos vinhedos no coração do vale do Aconcagua; e por fim o Don Maximiano Founder’s Reserve, o vinho mais especial da Viña Errázuriz, que representa nosso legado, tradição e a constante busca por elaborar o melhor corte de Cabernet Sauvignon de nossos vinhedos no vale do Aconcagua. Um dos motes da Viña Errázuriz é “da melhor terra, o melhor vinho”. Este conceito é valido apenas para os vinhos-ícone? Esta filosofia se aplica a todos os nossos vinhos e o nosso objetivo principal é sempre obter a melhor expressão possível de um determinado terroir em cada um de nossos rótulos. É evidente que quanto melhor for o vinho, mais fácil é perceber mais complexidade, tipicidade e consequentemente a maior expressão do terroir. Um exemplo atual desta filosofia de procurar expressar o terroir é a nova denominação Aconcagua Costa. Localizada a apenas 12 Km do oceano Pacífico, com uma forte influência marítima, começou a ser explorada por nós há 9 anos. Os vinhos elaborados com uvas destes vinhedos estão sendo reconhecidos por enófilos e pela crítica especializada como fontes de uma fantástica expressão deste terroir de clima frio. Por que a Viña Errázuriz adotou a prática da agricultura sustentável? Nós entendemos que a sustentabilidade é a convergência de práticas ecologicamente corretas, responsabilidade social e econômica, para garantir que todos os recursos hoje estarão disponíveis para gerações futuras. Por esta razão, e por contarmos com condições naturais muito favoráveis para produzir vinhos de maneira sustentável, nós implementamos em 2008 um protocolo de enologia sustentável que serviu de padrão para o desenvolvimento dos protocolos adotados pela Vinos

de Chile. Estes protocolos, que mais tarde também foram aprovados pelo consórcio Vinnova Tecnovid, fazem parte hoje do programa Sustentavid. Assim, o grupo Errázuriz foi pioneiro no desenvolvimento de uma cultura sustentável para o setor vitivinícola, comprometendo-se em um plano de longo prazo de práticas sustentáveis com importantes repercussões nos setores sociais e do meio ambiente. É impressionante como alguns dos vinhos de Errázuriz ficam elegantes após algum tempo em — mesmo os mais simples Reservas após 2 ou 3 anos. O que os enófilos podem esperar de um vinho de Errazuriz após alguns anos em garrafa? Os vinhos de Errázuriz, sendo vinhos chilenos de qualidade, realmente têm um ótimo potencial de envelhecimento, comparável aos melhores vinhos do mundo. O potencial de envelhecimento sempre foi reconhecido como uma característica dos maiores ícones do mundo do vinho, mas a capacidade de envelhecimento dos vinhos chilenos sempre foi questionada por outros países. Assim, para demonstrar a grande capacidade de envelhecimento dos nossos melhores vinhos, nós decidimos lançar no ano passado uma série de degustações verticais, comparando o Seña de safras antigas com os melhores vinhos do mundo das mesmas safras. Realizamos nada menos que 10 provas destas nas principais capitais da Europa e da Ásia e as diferentes safras do Seña receberam o reconhecimento de sua imensa capacidade de envelhecimento nos últimos 17 anos de história, derrotando os mais celebrados vinhos do mundo em todas as ocasiões. Na sua opinião, o que distingue um bom Cabernet do Chile de outros vinhos do Novo Mundo? O Cabernet Sauvignon é a uva que fez o vinho chileno ser reconhecido em todo o mundo por sua surpreendente qualidade, estilo único e grande profundidade de fruta, e é claro que desempenha um papel importantíssimo no portfólio de vinhos chilenos. Por outro lado, eu acredito que o Chile está caminhando para se destacar por vinhos elaborados com outros “novos” tipos de uva que têm originado vinhos surpreendentes. A Carmenère, que havia praticamente desaparecido devido à praga da filoxera e foi redescoberta no Chile em 1994, é um ótimo exemplo, além de diversas castas clássicas do mediterrâneo, como a Syrah, a Grenache, etc, que ofereceram resultados impressionantes no terroir do Chile. Na verdade, a diversidade de uvas tem crescido muito nos últimos anos e deve continuar a crescer. Estas uvas têm mostrado o potencial de novos terroirs e revelam novas facetas de castas “antigas”. Basta ver os novos Sauvignon Blanc, Pinot Noir e Chardonnay de nossos terroirs de clima frio para se ter uma idéia.

| 25


‘12 Os Melhores Lançamentos de 2012


2

Lançamentos e Novidades | 27

Clos de L’Oratoire des Papes Rhône/França www.ogier.fr

Histórico produtor de Châteauneuf du Pape, com uma origem que remonta a 1880, Clos de L’Oratoire des Papes renasceu neste milênio como uma das belas promessas da região. As safras mais recentes vêm colecionando elogios da crítica especializada – o Châteauneuf du Pape tinto, elaborado com Grenache, Syrah, Mourvèdre e Cinsault, de vinhas com cerca de 40 anos de idade, recebeu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2009, a última avaliada pela publicação norte-americana, e Stephen Tanzer também classificou a de 2010 como “outstanding”, descrevendo o tinto como “suculento, focado e cheio de energia”. Da mesma forma, o branco tem surpreendido especialistas e connaisseurs. Uma raridade em Châteauneuf du Pape, é elaborado com as castas Grenache Blanc, Clairette, Roussanne e Bourboul, com contato prolongado com as borras finas das leveduras. Um branco incrivelmente aromático e floral, que mereceu 17/20 pontos de Jancis Robinson na safra 2010. Ele também mereceu 90 pontos da Wine Spectator, que o descreveu como: “maduro, em um estilo exuberante com um toque amanteigado que derrete em camadas de pêssego, melão e pera”. Por trás dessa invejável performance está o know-how de um dos enólogos mais admirados do Vale do Rhône, Didier Couturier – um verdadeiro mestre em extrair os aromas e sabores mais puros de seu terroir. Os estilosos rótulos retrô dos vinhos de Clos de l’Oratoire des Papes são uma atração à parte. O desenho do rótulo, criado em 1926, foi inspirado em uma pequena capela do século XVIII instalada entre os vinhedos e permanece tal e qual antigamente. Estes Châteauneuf du Pape estão certamente entre as melhores compras da região e contam com a chancela do cultuado produtor Ogier. Veja a lista completa dos vinhos na página 136

WS

90

JR

17

Ogier

Rhône/França   www.ogier.fr Um dos mais tradicionais produtores do Rhône, Ogier elabora vinhos deliciosos há mais de 150 anos. O produtor passou por uma pequena revolução qualitativa nos últimos anos e segundo Robert Parker, “os vinhos de Ogier estão cada vez melhores. Após o trabalho sério da maison em Clos de L’Oratoire, a qualidade de todos os vinhos têm aumentado muito. Ogier mostrou um verdadeiro ‘toque de Midas’ ao selecionar parcelas de excelente qualidade”. A devoção do produtor à região é tão profunda ao ponto de ser criado um autêntico manifesto, no qual se lê: “O Vale do Rhône nos dá diariamente ferramentas para expressar o nosso know-how graças a seus fantásticos terroirs. Selamos um compromisso para respeitá-los e protegê-los.” Como resultado disso, seus vinhos são todos talhados com uvas de vinhedos próprios convertidos, a partir de 2006, à viticultura orgânica segundo as normas francesas, o que garante uma pureza de fruta e um frescor inigualável. Outro trunfo de Ogier é a cave de envelhecimento de seus vinhos em Châteauneuf du Pape, com resquícios da Idade Média e condições perfeitas de temperatura e umidade para o estágio dos tintos em carvalho. Com uvas Syrah plantadas em solo de granito e xisto e uma maturação de 12 meses em grandes cascos – de 6 a 8 mil litros de capacidade – conhecidos como “foudres”, o tinto Saint Joseph Duc de Caderousse mostra aromas delicados de fruta vermelha e baunilha, além de um palato macio. Já CrozesHermitage Comte de Raybois é um Syrah de solo de origem aluvial com 6 meses de estágio em carvalho, resultando num tinto encorpado, cheio de fruta e especiarias. Ainda do norte do Rhône, o Côte Rotie Cardinal St. Ange exibe um estilo mais complexo e elegante. Na nobre denominação de Châteauneuf du Pape, o Reine Jeanne, um corte de Grenache, Syrah, Mourvèdre e Cinsault com até 12 meses de estágio nos tradicionais “foudres” é uma verdadeira pechincha. Trata-se de um vinho marcante, repleto de fruta e especiarias e com um toque de baunilha,


28 | Lançamentos

e Novidades

taninos finos e um final persistente. Por sua vez, o Gigondas Duc de Mayreuil é um vinho muito aromático e concentrado. A Ogier elabora ainda um rosé exuberante, o Tavel Etamines, que revela uma complexidade rara de se encontrar nesse tipo de vinho, e um saboroso branco. Simplesmente todos os Côtes du Rhône de Ogier merecem o selo de excelente relação qualidade/preço do guia Bettane & Desseauve! Cada um dos vinhos de Ogier é muito fiel às respectivas denominações e uma mostra irrepreensível da diversidade e incrível qualidade que impera nessa tradicional região francesa. Veja a lista completa dos vinhos na página 135

Domaine Gayda Languedoc-Roussillon/França www.gaydavineyards.com

A jornalista Jancis Robinson é uma grande admiradora da região francesa do LanguedocRoussillon — “um dos melhores segredos do mundo do vinho”, em suas palavras. E o Domaine Gayda é um de seus “produtores favoritos” desta região famosa por algumas das maiores pechinchas entre os vinhos franceses. O Domaine foi criado por três sócios: um francês, um inglês e um sul-africano, que adotaram o modelo das melhores vinícolas da África do Sul. A vinícola combina uma viticultura de precisão com técnicas modernas e uma atenção aos detalhes que chega ao ponto de um perfeccionismo extremo, como por exemplo, a seleção bago a bago das uvas que entram na produção de cada vinho. O Flying Solo é uma saborosa combinação de Grenache e Syrah, repleto de notas de fruta, enquanto o Gayda Syrah mereceu nada menos que 17/20 pontos de Jancis Robinson, que elogiou o frescor e a estrutura do tinto que é “bastante distinto da maioria dos vinhos da região”. A linha Figure Libre é composta de vinhos “incrivelmente ambiciosos” nas palavras do guia Bettane & Desseauve — elaborados sem intervencionismos, da maneira mais natural e espontânea possível. O Chemin de Moscou, por sua vez, é um dos grandes vinhos do Sul da França, eleito como o melhor IGT do país pelo prestigioso concurso International Wine

Challenge. Trata-se de um vinho que combina o terroir de La Livinière em Minervois — famoso desde a época de Roma — com algumas das melhores parcelas do Roussillon. O resultado desta combinação de 68% Syrah, 24% Grenache e 8% Cinsault é um vinho de muito carisma — denso e cheio de camadas, mas dotado de uma invejável elegância. Os brancos e rosado elaborados pelo Domaine Gayda são também bastante saborosos e convidativos, com destaque para um interessantíssimo Macabeo, que combina notas de mel com aromas minerais: um exemplo de livro dos melhores vinhos elaborados com esta casta. Veja a lista completa dos vinhos na página 139


Lançamentos e Novidades | 29

Gemtree Vineyards

Oyster Bay

Uma das poucas vinícolas que fazem parte da cobiçada lista de produtores 5 estrelas de James Halliday, Gemtree é uma verdadeira referência em McLaren Vale e um dos mais notáveis produtores da Austrália na atualidade. Os vinhos são elaborados com uvas de cultivo biodinâmico e combinam a exuberância de fruta dos melhores vinhos australianos com uma refrescante acidez, que deixa os vinhos muito equilibrados e elegantes. Para Robert Parker, a vinícola “é recheada de pechinchas em todas as faixas de preço”. Uma das especialidades da vinícola é a cepa espanhola Tempranillo – que tem feito grande sucesso na Austrália – e seu Luna Roja Tempranillo mereceu elogios da revista norte-americana Wine Spectator, que ressaltou retrogosto do vinho, com “sabores que não vão embora”. A Gemtree elabora alguns dos mais deliciosos tintos com a uva mais emblemática do país – a Shiraz – em várias faixas de preço. Encorpado e com “ótima concentração de fruta e especiarias, o Boodstone Shiraz 2010 mereceu 89 pontos de Robert Parker – uma excelente nota para o seu preço. Já o Uncut Shiraz, foi classificado com 95 pontos por James Halliday, entrando para o seleto grupo dos melhores Shiraz do ano. O Obsidian Shiraz é elaborado apenas com as melhores parcelas de Shiraz – apenas 1% da produção total! Com grande estrutura e riqueza de fruta, mereceu 96 pontos de James Halliday, 92 pontos de Parker e “Altamente Recomendado” pela revista Decanter. O Tatty Road Shiraz 2010 é um verdadeiro achado – um tinto cheio de fruta que agrada a todos os gostos. Segundo James Halliday, pode evoluir por até 10 anos nas melhores safras – um feito impressionante para sua faixa de preço! A Gemtree é uma vinícola genuinamente familiar, com todas as operações sob o comando atento da família Buttery, desde o trabalho imaculado e pouco intervencionista nos vinhedos. Na opinião de Robert Parker, esta vinícola produz “vinhos de qualidade surpreendente desde as gamas mais simples até as mais sofisticadas.” Lançados a partir de 1998 e produzidos mediante uma dedicação verdadeiramente artesanal, os tintos Gremtree são grandes surpresas. Veja a lista completa dos vinhos na página 59

Esta vinícola da Nova Zelândia, uma das primeiras a se instalarem na importante região de Marlborough, produz alguns dos brancos mais cobiçados do planeta. Logo na primeira safra, a de 1990, o Oyster Bay Sauvignon Blanc foi eleito pela International Wine & Spirit Competition — competição às cegas realizada na Inglaterra e uma das mais antigas e rigorosas do setor — como o melhor vinho do mundo elaborado com essa variedade de uva. Durante seis anos consecutivos, esse branco arrematou o prêmio “Premium White Wine of The Year” do Australian Liquor Industry Awards e, recentemente, a revista norte-americana Wine Spectator considerou-o um “Top Value”. Oyster Bay possui vinhedos nos vales de Wairau e Awatere, em Marlborough, plantados com Sauvignon Blanc, Chardonnay e Pinot Noir. Em 1990 começou a cultivar Merlot na promissora região Hawke’s Bay, na costa leste da Ilha Norte, conhecida por ser a “resposta neozelandesa a Bordeaux”. Seus vinhos cheios de fruta e com um acento regional inconfundível, lapidado pelo enólogo-chefe Michael Ivicevich, vêm colecionando elogios mundo afora. O Oyster Bay Chardonnay 2009, com parte das uvas fermentadas em barrica de carvalho francês, conquistou a medalha de ouro e o título “Great Value White” no International Wine Challenge 2011, em Londres. O Pinot Noir, que também é maturado em barricas de carvalho francês, mereceu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2008, sendo descrito como “polido e bastante perfumado”. Eric Asimov, do New York Times, definiu-o como “puro, com aromas frescos de flores e fruta vermelha”. O Merlot, de um clone bordalês introduzido em Hawke’s Bay, foi apontado pela Wine Enthusiast como ‘”um vinho classudo por um preço atrativo”. Uma das vinícolas mais emblemáticas da Nova Zelândia, que merece ser descoberta agora que chega ao Brasil! Veja a lista completa dos vinhos na página 55

McLaren Vale/Austrália www.gemtreevineyards.com.au

Marlborough/Nova Zelândia www.oysterbaywines.com

JH

95


30 | Lançamentos

e Novidades

Grayson Cellars Napa Valley/Estados Unidos www. graysoncellars.com

Segundo Robert Parker, a Grayson Cellars produz “vinhos de grande qualidade por um preço simplesmente sensacional”, selecionando dois rótulos da vinícola entre as 50 melhores compras entre todos os vinhos produzidos nos Estados Unidos. Esta vinícola familiar elabora os vinhos mais premiados da Califórnia em sua faixa de preços – imbatíveis segundo a imprensa especializada. Os vinhos são sempre classificados como “Top Value”, “Best Value” e “Best Buy” por revistas como a The Wine Advocate de Robert Parker, Wine Enthusiast e diversas outras publicações locais. O segredo é selecionar uvas nos melhores terroirs para cada casta e vinifica-las com o mesmo cuidado conferido a vinhos que custam 5 vezes mais. Os vinhos da Grayson Cellars contam com a assinatura de um dos enólogos mais experientes e renomados da Califórnia, Larry Levin. Instalada na emblemática região do Napa Valley, a Grayson Cellars elabora varietais cheios de fruta, equilibrados e fáceis de gostar. Considerado um “Best Buy” pela Wine Enthusiast, o Chardonnay 2010 foi descrito como “brilhantemente maduro com boa acidez e notas de pera, maçã verde e fruta tropical”. Robert Parker considerou esse branco “bom demais para ser verdade” na safra 2009, a última avaliada pelo crítico. Em um estilo muito fiel à casta, o Pinot Noir 2010 revela notas de frutas vermelhas, violeta e couro combinadas com um palato macio, que mostra um delicioso toque tostado conferido pelo estágio em carvalho. Para Parker: “chega a chocar de tão bom que é pelo seu preço”. Já o Zinfandel, uma das castas mais emblemáticas da região, é rico e repleto de especiarias, em um estilo concentrado e, ao mesmo tempo, elegante. O Merlot também é bastante saboroso, com uma suntuosa densidade de fruta e notas de chocolate. Junto com o Chardonnay, já foi apontado por Parker como uma das 50 melhores compras de todo o país! O Cabernet Sauvignon, por sua vez, mostra uma bela intensidade e textura aveludada, “um ótima compra”, segundo Parker. São todos grandes achados, excelentes sugestões tanto para quem ainda não teve a oportunidade de provar um tinto ou branco dos Estados Unidos como para os que pretendem acompanhar as inovações da vinicultura norte-americana, famosa por revolucionar o mundo do vinho. Veja a lista completa dos vinhos na página 67


Lançamentos e Novidades | 31

Azeites 6 US$ 2011.00.7

Olio extra vergine di oliva, 500 ml (Argiano)

46.50

Argiano elabora um sofisticado azeite extra virgem com azeitonas colhidas à mão na região de Montalcino – próxima aos vinhedos que dão origem aos cultuados Brunello di Montalcino. Elaborado com azeitonas Frantoio (70%) e Leccino (30%), é delicado e aromático, com o toque picante que é característico dos melhores azeites 6 2012.00.7

US$ Olio extra vergine di oliva, 500 ml (Fontodi) 58.00

Picante, frutado e cheio de notas de especiarias, o azeite extra virgem de Fontodi é elaborado com azeitonas Correggiolo (80%) de baixa produção. Esta azeitona tem características semelhantes à Frantoio, mas leva mais tempo para ficar madura, desenvolvendo aromas de especiarias. Para manter o frescor e a riqueza aromática, as azeitonas são processadas por Fontodi no mesmo dia em que são colhidas.


Champagnes & Espumantes

Ótimos não apenas para celebrações, mas até para acompanhar grandes refeições, os deliciosos espumantes são incrivelmente versáteis e companhias ideais para os dias mais quentes, combinando com qualquer ocasião. A Vinci, além de Champagnes de exceção, verdadeiros colecionadores de prêmios e elaborados por produtores de enorme prestígio como a cultuada Maison Henriot, os artesanais cuvées de Pierre Pèters e os novos Domaines Barons de Rothschild, fruto da união inédita das três ramificações da família, conta com uma seleção realmente especial e completa de espumantes, dos mais secos e profundos como os Cava de Can Ràfols dels Caus aos delicados e agradáveis exemplos de Cavit, incluindo também produtores como Angheben, representante dos badalados espumantes nacionais, os deliciosos e frescos Proseccos de Col Vetoraz – apontados como “escolhas certas” por Robert Parker, os robustos espumantes das Caves São João de Portugal, os elegantes e minerais Crémant d’Alsace de Léon Beyer e muitos outros.


Champagnes e Espumantes | 33

Champagne

Champagne Henriot

www.champagne-henriot.com Um dos melhores e mais aclamados produtores de Champagne de alta qualidade, a Maison Henriot é conhecida por elaborar Champagnes artesanais e refinados, de pequena produção, maturados por períodos muito mais longos do que os exigidos por lei. Seu excelente Brut Souverain é uma das mais finas cuvées não safradas de Champagne, tendo merecido 90 pontos da Wine Spectator, que admirou seu “estilo seco e sofisticado”. O elegante Blanc Souverain Pur Chardonnay — elaborado apenas com uvas Chardonnay colhidas nos melhores crus de Champagne — foi apontado por Jancis Robinson como um dos “Melhores Champagnes Não Safrados” da atualidade. Ele mereceu nada menos do que 18/20 pontos da jornalista, que o descreveu como “perfumado, envolvente, realmente muito fino e sofisticado”! O refinado Henriot Brut 1998 também foi selecionado por Jancis Robinson como um de seus “Champagnes safrados mais recomendados”, esbanjando complexidade. Sua extraordinária Cuvée des Enchanteleurs é “soberba, uma das melhores cuvées de prestige de Champagne”, segundo o respeitadíssimo guia Bettane&Desseauve 2008. A cuvée merece uma das mais altas notas concedidas pelo guia a um Champagne: 18,5/20 pontos, além de 94 pontos da Wine Spectator, que o qualifica de “delicioso” e “Hot Wine”! São todos Champagnes exclusivos, do mais alto nível, com minúscula produção e um estilo elegante e refinado. vinhos espumantes secos

US$/gf

0685.00.0 Henriot Brut Souverain WS=93

147.50

0685.00.1 Henriot Brut Souverain (1/2 gf)

69.00

0686.00.0 Henriot Blanc Souverain pur ChardonnayJR=18/20 154.25 0687.98.0 Henriot Brut Millésimé 98 WS=92

189.90

0689.02.0 Henriot Rosé Brut 02

199.50

0688.98.0 Henriot Cuvée des Enchanteleurs 98 WS=94(95) 435.90

Champagne Barons de Rothschild As três ramificações produtoras de vinhos da família Rothschild — representados pelo Château Lafite-Rothschild, Château MoutonRothschild e Château Clarke — se uniram para criar uma casa de Champagne com vinhos de estilo único, que refletem toda a classe e aristocracia da família Rothschild. Através de contratos de longo prazo com os proprietários de alguns dos melhores vinhedos Grands Crus

e Premiers Crus da região, conseguem contar com uvas da mais alta qualidade, vinificadas em Reims sob a batuta da família. Os vinhos mostram um estilo sofisticado e elegante, com uma destacada leveza e um delicioso toque cremoso no palato. Produzidos em quantidades limitadas, já nascem como um lançamento de enorme prestígio na região de Champagne. vinhos espumantes brancos secos

US$/gf

1617.00.0 Champagne Barons de Rothschild Brut ST=90

179.50

1618.00.0 Champagne Barons de Rothschild Blanc de Blancs

228.50

vinho espumante rosado seco

US$/gf

1619.00.0 Champagne Barons de Rothschild Rosé Brut

WS

237.50

93


34 | Champagnes

e Espumantes

Champagne Pierre Pèters

Outros espumantes 0694.00.0 Angheben Espumante Brut (Angheben/Brasil)

www.champagne-peters.com Um dos melhores segredos entre os cultuados pequenos produtores de Champagne, que elaboram minúsculas quantidades de vinho com uvas de vinhedos próprios, o perfeccionista Rudolf Peters criou algumas das mais disputadas cuvées de Champagne da atualidade, com uma produção total inferior a 15 mil caixas. Os vinhos são elaborados somente com vinhedos próprios – todos classificados como Grands Crus – sendo 10 dos 17,5 hectares localizados em “Le Mesnil”, considerado o Montrachet de Champagne. Todos os vinhos passam por fermentação malolática, apresentando uma acidez um pouco menor que a maioria dos Champagnes — mas sem deixar de mostrar uma grande mineralidade. O complexo Cuvée de Réserve é elaborado com 2/3 de vinhos de uma safra recente e 1/3 de vinhos reserva de até 15 safras distintas! Um vinho de “soberba profundidade e pureza” segundo Robert Parker, ele mostra grande complexidade e um irresistível toque cremoso no palato. O Extra Brut é bastante seco e mineral, perfeito para acompanhar frutos do mar. O Millesime L’Esprit é um vinho de “fantástico equilíbrio e harmonia” para Parker, que classificou como “outstanding” a última safra avaliada. Por fim, o magnífico Les Chétillons é um dos melhores vinhos entre todos elaborados em Champagne. “Completamente irresistível” e “Altamente Recomendado” por Parker, recebeu nada menos que 95 pontos do crítico na safra de 2000. São todos Champagnes de excepcional qualidade, com distinta vocação gastronômica. vinhos espumantes secos

1922.00.0 Kaiken Sparkling Brut (Kaiken/Argentina)

R$43.00 US$49.90

0058.02.0 Gran Caus Reserva Brut Nature 2002

(Can Ráfols dels Caus/Espanha)

US$83.90

0076.00.0 Caves São João branco Bruto

(Caves São João/Portugal)

US$29.90

0077.00.0 Caves São João Tinto Bruto 2000

(Caves São João/Portugal)

1937.07.0 Contratto Millesimato Brut 07 (Contratto/Itália) 1938.07.0 Contratto For England Pas Dose 07 (Contratto/Itália)

US$27.75 US$95.50 US$109.50

1939.07.0 Contratto For England Rose Brut 07 (Contratto/Itália) US$129.00 1723.00.0 Accento Brut (Cavit/Itália)

US$36.50

1724.00.0 Lunetta Prosecco (Cavit/Itália)

US$38.50

1724.00.4 Lunetta Prosecco (Cavit/Itália) 1/4gf 1744.00.0 Prosecco Bel Star (Bel Star-Bisol/Itália)

US$11.90 US$36.50

1693.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Extra Dry

(Col Vetoraz/Itália)

US$42.75

1694.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Brut

(Col Vetoraz/Itália)

US$42.75

1695.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Superiore di Cartizze

(Col Vetoraz/Itália)

US$67.50

1693.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene Extra Dry

(Col Vetoraz/Itália)

US$109.00

1694.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene Brut

(Col Vetoraz/Itália)

1144.00.0 Crémant d’Alsace (Léon Beyer/França)

US$109.00 US$67.50

frisante tinto seco 1884.10.0 Reggiano Lambrusco 10 (Ca´De´Medici/Itália)

US$21.50

frisante tinto doce 1883.10.0 Reggiano Lambrusco Amabile 10 (Ca´De´Medici/Itália)

US$21.50

frisantes brancos doces

US$/gf

1613.00.0 Cuvée de Réserve Grand Cru Blanc de Blancs Brut RP=89

127.25

1886.10.0 Moscato d´Asti 10 (Bera/Itália)

US$41.50

1614.00.0 Extra Brut Grand Cru Blanc de Blancs RP=89

139.90

0282.09.0 Moscato d´Asti Bricco Quaglia 09 (Spinetta/Itália)

US$46.50

1615.05.0 Millésime Grand Cru Blanc de Blancs L’Esprit 05

159.90

1616.00.06 Cuvée Spéciale Grand Cru Blanc de Blancs Les Chétillons 00 RP=95

199.90


Vinhos de Colecionadores RP 94 + ST 92

WS 95 RP 93

RP 92/94

RP 93+

0772070 Don Maximiano Founder’s Reserve 2007 Errazuriz Um dos grandes ícones do vinho chileno, o aristocrático Don Maximiano Founder’s Reserve é, segundo o conceituado Guía del Vino, “sem dúvida um dos melhores Cabernet Sauvignon do Chile disponíveis no mercado”, tendo mostrado que está ao mesmo nível dos maiores vinhos do mundo nas famosas “Catas de Berlin”. Com seu estilo elegante, de inspiração européia, foi apontado por Jancis Robinson como “extremamente equilibrado, uma resposta bastante completa e sofisticada aos vinhos de Bordeaux”. US$ 189.00

RP 92

0491930 Viña Tondonia Reserva 1993

Viña Tondonia (López de Heredia)

O Viña Tondonia Reserva é um vinho branco de 6 anos de crianza com um mínimo de 4 anos em madeira. Seco e de coloração âmbar natural devido ao seu envelhecimento. Deve ser bebido fresco mas não frio para não perder seu aroma e paladar.

US$ 119.50

0213100 Chablis Vaudésir Grand Cru 2010

O lendário Pouilly-Fumé “Baron de L” é um dos maiores brancos da França e uma das mais fantásticas expressões da casta Sauvignon Blanc. Um vinho “impressionante” e de uma “adorável elegância” para a Wine Spectator, combina de maneira magistral nervo e potência aromática — referência absoluta no Loire.

Domaine Jean Paul Droin

US$ 199.50

La Spinetta

“Altamente Recomendado” pela Wine Spectator com 95 pontos, este incrível Barolo de La Spinetta é mais macio e sedoso que a maioria dos vinhos desta denominação, mostrando um exuberante bouquet de frutas maduras e imensa complexidade. Uma das melhores interpretações do Barolo moderno.

US$ 379.50

1390050 Baron de L 2005

Baron de Ladoucette & Comte Lafond

0279040 Barolo Campé Vursu 2004

Excepcional Grand Cru de Chablis, elaborado com maestria por Jean Paul & Benoît Droin, um dos domaines mais festejados nas últimas safras. Puro, complexo e muito mineral, é um dos grandes brancos da Borgonha.

US$ 179.50

0758050 I Sodi di San Niccoló 2005

Castellare di Castellina

C re bicchieri” do Gambero Rosso, este majestoso tinto já foi indicado duas vezes entre os 100 melhores vinhos do mundo pela Wine Spectator. Esta sofisticada combinação do aristocrático clone “Sangioveto” de Sangiovese e Malvasia Nera dá origem a um vinho sério capaz de envelhecer por muitos anos.

US$ 169.50


Argentina Além dos profundos Malbecs argentinos que conquistaram o mundo, o país ainda abriga maravilhosas surpresas a serem descobertas pelos apreciadores. Entre os mais cultuados produtores da atualidade estão as Bodegas Noemía, localizadas na fria Patagonia, elaborando minúsculas quantidades de vinhos únicos e muito elegantes, de incrível personalidade — possíveis apenas graças à descoberta de vinhedos muito antigos e especiais, plantados com Malbec. Outra belíssima descoberta são os vinhos de Fournier, de Mendoza, sempre classificados entre o melhor que a Argentina pode produzir, e incluindo empolgantes cortes com a uva espanhola Tempranillo. Kaiken, por sua vez, dispensa apresentações, sendo o esperado projeto argentino da chilena Viña Montes. Seus premiados tintos são as versões argentinas dos reputados Montes Alpha. Luca, uma fantástica vinícola-boutique que é o projeto pessoal de Laura Catena, também é fonte de alguns vinhos únicos, como seu Pinot Noir, apontado por Robert Parker como o melhor do país.


Argentina | 37 Noemía 2009 merece nada menos que 96 pontos, simplesmente a mais alta nota já concedida pela Wine Spectator a um vinho argentino!

Bodega Noemía www.bodeganoemía.com

Por seus vinhos excepcionais, de incrível personalidade, esta extraordinária bodega da Patagônia rapidamente se tornou objeto de culto de apreciadores pelo mundo afora. Elaboram apenas quatro vinhos de minúscula produção, entre os mais ricos, sofisticados e disputados da América do Sul. A Condessa Noemi Marone Cinzano e o enólogo Hans Vinding-Diers –descobriram um vinhedo antigo e extraordinário, de apenas 3.000 parreiras – plantado em 1930 com vinhas velhas de Malbec em pé franco, sem enxerto. Com uma produtividade minúscula, de menos de uma garrafa por videira, e uma qualidade impressionante, nasceu o maravilhoso Noemía Malbec, verdadeiro ícone. Para a Decanter, que lhe confere as máximas cinco estrelas, é um tinto que lembra um Grand Cru da Borgonha. A Wine Spectator lhe concede 95 pontos, exclamando: “Wow! Realmente impressionante!”. Apenas 4.126 garrafas são produzidas para o mundo todo. Os outros dois vinhos da casa não são segundos vinhos. São elaborados com uvas de vinhedos distintos, também excelentes e de minúscula produção. O rico e estiloso J. Alberto é elaborado com um corte de vinhas velhas de Malbec (95%) e 5% de Merlot, de um vinhedo plantado em 1955, com produção limitada a apenas 9 mil garrafas. O delicioso A Lisa, também é um corte de Malbec (91%) com um pouco de Merlot (9%), de três vinhedos antigos com produção que também não ultrapassa 9.000 garrafas para o mundo todo. Merecem 92 pontos e 91 pontos de Robert Parker respectivamente. O extraordinário e já cultuado Noemía 2 é um corte de Cabernet Sauvignon e Merlot de incrível complexidade e elegância, capaz de competir com alguns dos grandes vinhos de Bordeaux. Todos os vinhos desta maravilhosa bodega são tintos de exceção, marcados pelo terroir e possíveis somente pelo talento de Hans Vinding-Diers e pela descoberta destes vinhedos tão antigos e tão especiais.

vinhos tintos

US$/gf

0653.08.0 A. Lisa 08 RP=91 WS=90 DEC=4*

49.50

0653.09.0 A. Lisa 09 WS=90

49.90

0653.10.0 A. Lisa 10 WS=89

55.90

0653.11.0 A. Lisa 11

51.90

0654.08.0 J. Alberto 08 RP=92 WS=92. DEC=18.5

68.90

0654.09.0 J. Alberto 09 RP=92 WS=92

68.90

0654.10.0 J. Alberto 10

69,90

0654.11.0 J. Alberto 11

69.90

0655.07.0 Noemía 07 WS=94 RP=93 W&Sp=94(06)

167.50

0655.08.0 Noemía 08 RP=95(04) WS=95 DEC=5*

169.50

0655.09.0 Noemía 09 WS=96

175.50

0655.10.0 Noemía 10 WS=95

175.50

1735.10.0 Noemía “2” Cabernet Sauvignon 10

239.50

garrafa magnum vinho tinto 0655.06.2 MG Noemía 06 (1500ml) WS=95

US$/gf 535.00

WS

92

RP

92

DEC

J. Alberto 2008 Bodegas Noemía

Uma verdadeira raridade, apenas 670 caixas do fabuloso J. Alberto foram produzidas pela cultuada Bodega Noemia para o mundo todo! Este delicioso Malbec com 5% de Merlot, elaborado com uvas plantadas na fria região da Patagônia, é rico, denso e bastante complexo, merecendo 91 pontos da Wine Spectator.

US$ 68.90

18,5


38 | Argentina

O. Fournier www.ofournier.com

Pela alta qualidade de seus vinhos, esta extraordinária bodega ‘boutique’ se estabeleceu rapidamente como um dos maiores nomes da Argentina. Seus vinhedos estão plantados no famoso Valle de Uco, na região de La Consulta, em Mendoza, a mais de 1200 metros. Seus fundadores espanhóis — também proprietários da reputada bodega O. Fournier em Ribera del Duero, Espanha — não poupam esforços para produzir alguns dos melhores tintos e brancos da América do Sul. As grandes estrelas da casa são os festejados O. Fournier Syrah/Malbec, um vinho de “soberba profundidade, opulência de fruta e estrutura no palato” na opinião de Robert Parker e o O. Fournier Syrah – “o vinho dos sonhos dos hedonistas” segundo a Wine Spectator. O estupendo Alfa Crux, um corte de Tempranillo, Malbec e Merlot, é um verdadeiro ícone, merecendo nada menos do que 93 pontos da Wine Spectator, que o indicou entre os “100 Melhores Vinhos do Mundo” em 2006. Ele também foi eleito como “o Melhor Tinto do Novo Mundo” na revista Decanter, para quem “tem todas as virtudes do Novo Mundo, mas acrescenta uma elegância de Velho Mundo e um longo retrogosto a um vinho que é ao mesmo tempo suculento e sério”. O Alfa Crux Malbec também é uma grande referência, com 92 pontos da Wine Spectator, enquanto o B Crux — um corte de Tempranillo, Malbec, Merlot e Syrah — é um verdadeiro achado, um vinho delicioso, rico e puro, que mereceu 91 pontos da Wine Spectator. Os vinhos da linha Urban, varietais de Tempranillo, Malbec e Sauvignon Blanc, também são ótimos, combinando concentração e elegância, em um estilo macio e fácil de beber, com excelente relação qualidade/preço, assim como os acessíveis e saborosos Leonardo, também grandes achados. vinhos tintos

US$/gf

0527.08.0 Urban Uco Tempranillo 08 RP=89 WS=88

21.90

0527.10.0 Urban Uco Tempranillo 10

23.90

0527.11.0 Urban Uco Tempranillo 11

22.90

0526.10.0 Urban Uco Malbec 10 RP=90(11) WS=88(06)

23.90

0526.11.0 Urban Uco Malbec 11

22.90

0525.09.0 Urban Uco Blend 09 RP=90(08) WS=89(07)

22.90

0525.10.0 Urban Uco Blend 10 JR=16.5

22.90

0524.07.0 BCrux Blend 07 RP=90(06) WS=90(06)

52.50

0524.08.0 BCrux Blend 08 RP=92(09)

52.50

0522.04.0 Alfa Crux Blend 04 RP=92 WS=92

IWC=91 Dec=5* ST=91 WE=93

0522.05.0 Alfa Crux Blend 05

89.90 85.90

0523.07.0 Alfa Crux Malbec 07 RP=91 JR=17.5

99.90

1516.05.0 O. Fournier Syrah/Malbec 05 RP=93+

159.50

1191.04.0 O. Fournier Syrah 04

RP=94(02) WS=91(02) JR=18(02)

159.50

vinhos brancos secos

US$/gf

0529.10.0 Urban Uco Sauvignon Blanc 10 WS=88(12)

17.90

1517.10.0 Urban Uco Chardonnay Oak 10

21.90

0528.09.0 BCrux Sauvignon Blanc 09 RP=90(08)

WS=90(08) IWC=89(08) JR=16.5(07)

0528.10.0 BCrux Sauvignon Blanc 10 RP=90

garrafa magnum vinho tinto 0522.01.2 MG Alfa Crux Blend 01 WS=93(02)

38.50gar 39.90

US$/gf 197.90

Leonardo Vinhos frutados, macios e saborosos, produzidos pela famosa e conceituada O. Fournier. São fáceis de beber e recomendados para serem desfrutados jovens. vinhos tintos

US$/gf

0561.10.0 Leonardo Malbec 10

17.90

0561.11.0 Leonardo Malbec 11

16.90

0562.09.0 Leonardo Tempranillo 09

15.90

0562.10.0 Leonardo Tempranillo 10

17.90

0562.11.0 Leonardo Tempranillo 11

16.90

vinhos brancos secos

US$/gf

0563.09.0 Leonardo Sauvignon Blanc 09

13.90

0564.10.0 Leonardo Torrontés 10

13.90

WS 92

DEC

RP 92

ST 91

IWC 91

WE 91

5a

Alfa Crux Blend 2004 O. Fournier

Um grande tinto, ao mesmo tempo sofisticado, elegante e exuberante, o Alfa Crux é provavelmente o melhor blend de Tempranillo da América do Sul, merecendo nada menos que 92 pontos da Wine Spectator. Para Jancis Robinson, trata-se de um vinho “rico e denso, com um refrescante acento espanhol” - “complexo e interessante”. Uma das melhores descobertas da América do Sul.

US$ 89.90


Argentina | 39

Kaiken Viña Montes

www.kaikenwines.com

Sob a inspiração do genial enólogo Aurélio Montes, as Bodegas Kaiken foram criadas com o objetivo de produzir alguns dos melhores vinhos da Argentina. Os vinhos têm feito muito sucesso na Europa e nos Estados Unidos, conquistando importantes prêmios. Os Kaiken Reserve são intensos, concentrados e ricos, no melhor estilo mendocino, com excelente relação qualidade/preço. Os melhores vinhos da vinícola são os Kaiken Ultra, encorpados e poderosos, mas elegantes e sofisticados, com a inconfundível assinatura de Aurélio Montes. O Kaiken Ultra Malbec 2003 recebeu o troféu de “melhor Malbec argentino” no Decanter World Wine Awards, organizado pela revista inglesa Decanter, para quem é “complexo e elegante”. O impressionante Mai é o vinho ícone de Kaiken e já desposta entre os melhores do país. A Wine Enthusiast premiou logo a primeira safra provada como “Escolha do Editor”, destacando o caráter “super profundo e concentrado” do tinto. O Kaiken Corte, elaborado com as castas Malbec, Bonarda e Petit Verdot é uma das mais saborosas pechinchas da América do Sul, tendo merecido 91 pontos da Wine Enthusiast na safra 2009. A vinícola também elabora um sofisticado espumante pelo método champenoise, que matura com as borras por 24 meses. vinhos tintos

WE

91

US$/gf

0270.10.0 Kaiken Reserva Malbec 10 WS=89(09)

21.90

0269.09.0 Kaiken Reserva Cabernet Sauvignon 09

21.90

0269.10.0 Kaiken Reserva Cabernet Sauvignon 10

21.90

1745.08.0 Kaiken Corte Malbec/Bonarda/Petit Verdot 08

26.90

1745.09.0 Kaiken Corte Malbec/Bonarda/Petit Verdot 09 WE=91

25.90

1745.10.0 Kaiken Corte Malbec/Bonarda/Petit Verdot 10

26.90

0272.09.0 Kaiken Ultra Malbec 09 WS=90(08). RP=89(07) 43.50 0272.10.0 Kaiken Ultra Malbec 10

43.50

0271.07.0 Kaiken Ultra Cabernet Sauvignon 07 RP=88

35.90

0271.09.0 Kaiken Ultra Cabernet Sauvignon 09 WE=91

43.50

1814.07.0 Kaiken Mai Malbec 07

159.50

vinho rosado 1518.10.0 Kaiken Rosé 10

vinho espumante seco 1922.00.0 Kaiken Sparkling

US$/gf 21.90

US$/gf 49.90

Kaiken Ultra Cabernet Sauvignon 2009 Kaiken Este potente tinto mostra um perfil típico dos grandes Cabernet Sauvignon, com frutas vermelhas e notas de tabaco, em um conjunto elegante e equilibrado. Medalha de Prata no reputado “Internacional Wine Competition”.

US$ 43.50


40 | Argentina

La Posta

Luca

Laura Catena

Laura Catena

www.lucawines.com

Laura Catena, filha do brilhante visionário Nicolás Catena, tem se firmado como uma das grandes personalidades do vinho argentino. Luca é seu “projeto pessoal” — sua cultuada vinícola boutique, talhando minúsculas quantidades de vinhos grandiosos, repletos de concentração e elegância, com finesse raramente encontrada nos vinhos do país. Eles são elaborados com uvas selecionadas nos melhores vinhedos da família Catena, em Mendoza, e recebem o nome do primeiro filho de Laura, Luca. O Luca Pinot Noir é para muitos o melhor vinho elaborado com esta casta na Argentina, enquanto o majestoso Beso de Dante é um sábio corte de Cabernet Sauvignon (80%) e Malbec (20%) que mereceu 92 pontos da Wine Spectator. Já o cultuado Syrah é incrivelmente rico e sedoso, mostrando o excelente potencial desta casta na Argentina. O complexo Malbec mostra uma elegância impressionante, com um sofisticado toque feminino. Todos os vinhos são elaborados em minúsculas quantidades, causando furor nos Estados Unidos e sendo difíceis de serem encontrados até mesmo na Argentina. vinhos tintos

US$/gf

0699.09.0 Luca Pinot Noir 09 RP=93

49.90

0697.09.0 Luca Syrah 09 RP=92. WS=91(07). ST=90

49.90

0698.08.0 Luca Malbec 08 RP=93. WS=91

57.90

0698.09.0 Luca Malbec 09 RP=92

59.90

0696.08.0 Beso de Dante 08 RP =92. ST=92. WS=92(07)

62.90

0696.09.0 Beso de Dante 09

62.90

vinho branco

US$/gf

0726.09.0 Luca Chardonnay 09 RP=92

49.90

La Posta é um projeto especial que reúne os vinhos artesanais, deliciosos e cheios de charme de três famílias de vinhateiros de Mendoza, todos imigrantes italianos. “La Posta del Viñatero” (“a taverna do vinhateiro”) é o nome do restaurante-cozinha onde eles todos se encontravam para provar seus vinhos e conversar apaixonadamente sobre seus solos, vinhedos e criações. Os vinhos têm todos produção muito limitada e são elaborados apenas com uvas de vinhedos muito antigos, plantados nas melhores localizações de Mendoza. Eles levam o nome da família que os produz e de sua casta. O rico Pizzella Malbec foi considerado um dos “Top Values” do país pela Wine Spectator, merecendo 91 pontos da revista. O “maduro e suculento” Angel Palucci Malbec recebeu 90 pontos, sendo também indicado como um dos “Top Values” pela revista. Robert Parker, por sua vez, descreveu o vinho como “delicioso e de ótima relação qualidade/ preço”. O delicioso Estela Armando Bonarda, elaborado com uvas de vinhedos plantados em “pé franco”, sem enxerto, em 1963, foi apontado pela Wine&Spirits como “um dos poucos grandes vinhos elaborados com a casta Bonarda. Por sua vez, o exuberante Cocina Blend é um intrigante corte com uvas das três famílias, elaborado com Malbec, Syrah e Bonarda, de ótimo frescor e complexidade. São vinhos de conhecedores, que prometem estar entre os mais cultuados da Argentina! vinhos tintos

US$/gf

1896.08.0 Cocina Malbec 08

21.90

1896.10.0 Cocina Malbec 10

21.90

0707.08.0 Cocina Blend (Malbec/Bonarda/Syrah) 08

RP=90. WS=87

21.90

0707.09.0 Cocina Blend (Malbec/Bonarda/Syrah) 09

21.90

0707.10.0 Cocina Blend (Malbec/Bonarda/Syrah) 10

21.90

0706.10.0 Armando Bonarda 10 RP=89(08). WS=89(08)

23.90

0705.08.0 Paulucci Malbec 08 RP=88. WS=88. ST=89

27.90

0705.09.0 Paulucci Malbec 09

27.90

0705.10.0 Paulucci Malbec 10

27.90

0704.08.0 Pizella Malbec 08 RP=89. WS=90

27.90

0704.09.0 Pizella Malbec 09

27.90

0704.10.0 Pizella Malbec 10

27.90

1895.10.0 Glorieta Pinot Noir 10

27.90

Luca Pinot Noir 2009 RP

93

Luca (Laura Catena)

Um dos melhores Pinot Noir da América do Sul, possui uma característica “terrosa” pouco comum nos vinhos do Novo Mundo. Refinado e envolvente, de minúscula produção. Recebeu 93 pontos de Robert Parker na safra de 2009, a nota mais alta concedida pelo crítico a um Pinot Noir argentino!

US$ 49.90


Argentina | 41

Tilia Bodegas Esmeralda Conseguimos trazer para o Brasil os saborosos e arrojados vinhos de Tília, antes vendidos exclusivamente no mercado argentino. Elaborados pelo competente enólogo Alejandro Viggiani com uvas selecionadas de vinhedos antigos — alguns com mais de 60 anos de idade — e parcialmente maturados em barricas de carvalho, ele combinam exuberância de fruta com deliciosas notas da madeira. O Tília Cabernet Sauvignon é uma das mais surpreendentes pechinchas da América do Sul — merecedor, na safra 2009, de 91 pontos da respeitada revista Wine & Spirits, que o descreveu como “rico, fresco e repleto de notas florais e de cerejas maduras”. O emblemático Tília Malbec e o Tília Merlot são concentrados e sedosos, enquanto o cativante Tília Malbec/Syrah mostra opulência, com um bouquet repleto de frutas maduras. O Tília Chardonnay é outro verdadeiro achado, exibindo grande classe e finesse. São todos excelentes barganhas, de extraordinária relação qualidade/preço, que poderiam custar até duas ou três vezes mais! vinhos tintos

US$/gf

0700.09.0 Tilia Malbec 09 WS=88(06)

17.90

0700.10.0 Tilia Malbec 10

17.90

0700.11.0 Tilia Malbec 11

17.90

0701.09.4 Tilia Malbec/Syrah 09 (1/4 gf)

6.25

0701.10.0 Tilia Malbec/Syrah 10

17.90

0701.10.1 Tilia Malbec/Syrah 10 (1/2 gf)

9.50

0701.11.0 Tilia Malbec/Syrah 11 RP=89

17.90

0701.11.1 Tilia Malbec/Syrah 11 (1/2 gf) RP=89

9.90

0702.08.0 Tilia Merlot 08

15.90

0702.11.0 Tilia Merlot 11

17.90

1746.10.0 Tilia Cabernet Sauvignon 10 WSp=91(09)

17.90

vinhos brancos

US$/gf

0703.08.1 Tilia Chardonnay 08 (1/2 gf)

8.75

0703.09.1 Tilia Chardonnay 09 (1/2 gf)

9.50

0703.09.4 Tilia Chardonnay 09 (1/4 gf)

5.60

0703.10.0 Tilia Chardonnay 10

17.90

0703.11.0 Tilia Chardonay 11

17.90

Tilia Malbec/Syrah 2011 Tilia

Combinando duas castas de grande exuberância, o Tilia Malbec/Syrah é um verdadeiro presente para os hedonistas. Macio, maduro e incrivelmente saboroso, mostra um estilo moderno mas muito equilibrado, impossível de não gostar. Um vinho de espetacular relação qualidade/preço!

US$ 17.90

Elaborados pelo competente enólogo Alejandro Viggiani com uvas selecionadas de vinhedos antigos — alguns com mais de 60 anos de idade — e parcialmente maturados em barricas de carvalho

RP

89


Chile Um dos grandes tesouros da Vinci é a prestigiosa Viña Errazuriz, um dos maiores nomes do Chile e um dos produtores de maior reputação no mundo do vinho. Seus maravilhosos e premiados tintos e brancos são elaborados no Vale do Aconcágua e em Casablanca, regiões cujo clima fresco, sob o comando de Errazuriz, dá vinhos de inspiração européia, cheios de classe e elegância, apontados por Jancis Robinson como “uma resposta bastante completa e sofisticada aos vinhos de Bordeaux”. A uva Syrah tem tido imenso destaque no país — o sofisticado “La Cumbre” de Errazuriz certamente está entre o melhor que o país pode produzir com esta excelente casta. Na região do Vale do Maule, Terra Andina tem recebido uma verdadeira avalanche de belas notas para seus vinhos de fantástica relação qualidade/preço. A emergente região de Leyda, por sua vez, de grande influência marítima, recebeu os investimentos de O. Fournier, que já está comercializando um soberbo Sauvignon Blanc, ainda um dos mais guardados segredos da região.


Chile | 43 Don Maximiano foi o grande campeão da histórica Cata de Berlin, superando muitos dos melhores vinhos do mundo como Château Latour, Château Margaux e Sassicaia

Errazuriz www.errazuriz.com

Um dos maiores nomes do mundo do vinho, Errazuriz dispensa apresentações. Fundada em 1870, é uma das mais importantes e premiadas vinícolas da América do Sul, produzindo vinhos extraordinários e muito conceituados — verdadeiros ícones como os famosos Don Maximiano, La Cumbre Syrah e Kai Carmenère. Para Jancis Robinson, o Don Maximiano é “uma resposta completa e sofisticada aos vinhos de Bordeaux” e “uma das melhores relações qualidade/preço entre os ícones do Chile”. Ele rivalizou com vinhos como Château Lafite, Château Margaux, Château Latour e Sassicaia nas famosas “Catas de Berlin”. Entre os maiores clássicos da vinícola estão os excelentes vinhos Max Reserva — verdadeiros Bordeaux chilenos, de muita reputação e incrível relação qualidade/preço. A linha Reserva da vinícola também é muito premiada e oferece grandes barganhas. São todos vinhos extraordinários, entre o melhor que o continente pode produzir. vinhos tintos

US$/gf

0780.10.0 Reserva Cabernet Sauvignon 10

26.90

0780.11.0 Reserva Cabernet Sauvignon 11

26.90

0781.10.0 Reserva Carmenère 10

23.90

0781.10.1 Reserva Carmenère 10 (1/2 gf)

13.90

0781.10.4 Reserva Carmenère 10 (1/4 gf)

7.95

0781.11.0 Reserva Carmenère 11

26.90

0781.11.1

Reserva Carmenère 11 (1/2 gf)

12.95

0781.11.4 Reserva Carmenère 11 (1/4 gf)

7.95

0782.10.0 Reserva Syrah 10

26.90

0782.10.1 Reserva Syrah 10 (1/2 gf)

12.95

0782.10.4 Reserva Syrah 10 (1/4 gf)

7.95

0782.11.0 Reserva Syrah 11

26.90

0782.11.1 Reserva Syrah 11 (1/2 gf)

12.95

1503.09.0 Reserva Pinot Noir 09

23.90

1503.11.0 Reserva Pinot Noir 11

26.90

0783.10.0 Reserva Merlot 10

26.90

0773.06.0 La Cumbre Shiraz 06 RP=92

145.75

0773.08.0 La Cumbre Shiraz 08

179.50

0772.07.0 Don Maximiano Founder’s Reserve 07

RP=94(06). WS=91(06). RP=94+

189.00

0772.08.0 Don Maximiano Founder’s Reserve 08

RP=94(06). WS=91(06). RP=94+(07)

189.00

0774.08.0 Kai Carmenère 08 RP=96(06)

WS=90(07). ST=92

289.00

0774.09.0 Kai Carmenère 09 289.00 2002.00.0 Caixa mista 6 gfs Don Maximiano (2 x 1984, 2 x 1990, 2 x 2006) 2.390.00

vinho rosado 1893.11.0

US$/gf

Cabernet Sauvignon Rosé 11

vinhos brancos secos

23.90

US$/gf

0787.10.0 Reserva Chardonnay 10 W&S=88(04)

23.90

0787.10.1 Reserva Chardonnay 10 (1/2 gf) W&S=88(04)

12.95

0787.09.4 Reserva Chardonnay 09 (1/4 gf) W&S=88(04)

7.95

0787.10.4 Reserva Chardonnay 10 (1/2 gf) 11

7,95

0786.10.0 Reserva Sauvignon Blanc 10 WS=87(09)

23.90

0787.11.0 Reserva Chardonnay 11

26,90

0786.11.0 Reserva Sauvignon Blanc 11

26,90

0785.11.0 Max Reserva Chardonnay 11

43,90

0785.08.0 Max Reserva Chardonnay 08

DEC=”Decanter Favourite”

vinho branco doce 0784.10.1 Late Harvest Sauvignon Blanc 10 (1/2gf)

garrafas magnum vinho tinto

43.90

US$/gf 25.90

US$/gf

0775.10.2 Magnum Max Reserva Cabernet Sauvignon 10

(1.500 ml)

87.80

0772.08.2 Magnum Don Maximiano Founder’s Reserve 08

(1.500 ml)

435.00

0775.06.1 Max Reserva Cabernet Sauvignon 06

(1/2 gf) WE=90. WS=89. RP=87

22.90

0775.09.0 Max Reserva Cabernet Sauvignon 09 ST=90 43.90 0775.09.1 Max Reserva Cabernet Sauvignon 09 (1/2 gf)

22.90

1502.09.0 Max Reserva Carmenère 09

43.90

1502.10.0 Max Reserva Carmenère 10

43.90

0776.08.0 Max Reserva Syrah 08

RP=89(07). WS=89(05)

43.90

Wild Fermented Pinot Noir 2010

0776.09.0 Max Reserva Syrah 09

43.90

Errazuriz

0777.09.0 Max Reserva Merlot 09

43.90

Este exuberante Pinot Noir chileno recebeu 90 pontos da Wine Enthusiast na última safra avaliada, sendo selecionado como a “Escolha do Editor”. Rico e cativante, com boa tipicidade.

0778.07.0 Wild Fermented Pinot Noir 07

WE=90(07) RP=89

52.50

0778.10.0 Wild Fermented Pinot Noir 10

52.90

0779.06.0 The Blend 06 RP=90(05). DES=90(05)

74.50

0779.07.0 The Blend 07 RP=89

74.50

0779.08.0 The Blend 08

77.90

US$ 52.90


44 | Chile

Terra Andina www.terrandina.cl

Esta reputada bodega chilena pertence aos mesmos proprietários da famosa Viña Carmen. Seus ótimos tintos e brancos são elaborados no melhor estilo chileno, com bastante intensidade e concentração, utilizando uvas de diversas regiões do Chile, o que lhes confere maior consistência e complexidade. A vinícola produz uma ampla gama de varietais de bastante sabor e excelente relação qualidade/ preço. Seus Cabernet Sauvignon, Carmenère, Syrah e Pinot Noir são ótimos, tanto na linha clássica como entre os Reserva. Entre os melhores tintos da casa estão os poderosos e concentrados Terra Andina Altos, com cortes bastante originais de uvas, como um ótimo Carmenère/Carignan, um Cabernet Franc/Merlot, um Syrah/Cabernet Sauvignon (nos moldes australianos) e um Malbec/ Petit Verdot. O Suyai é o mais ambicioso projeto desta dinâmica vinícola e já nasce como um dos grandes vinhos do Chile, tendo merecido 93 pontos de Robert Parker logo em sua safra inicial.

vinhos tintos

US$/gf

0535.10.0 Caminos Cabernet Sauvignon /Merlot 10

15.90

0535.11.0 Caminos Cabernet Sauvignon /Merlot 11

15.90

0536.09.0 Terra Andina Carmenère 09

18.50

0536.09.1 Terra Andina Carmenère 09 (1/2 gf) 0536.10.0 Terra Andina Carmenère 10 0536.10.1 Terra Andina Carmenère 10 (1/2 gf) 0536.11.0 Terra Andina Carmenère 11 0536.11.1 Terra Andina Carmenère 11 (1/2 gf)

9.90 18.50 9.90 18.50 9.90

0537.08.0 Terra Andina Merlot 08

18.50

0537.09.0 Terra Andina Merlot 09

18.50

0538.09.0 Terra Andina Shiraz 09

18.50

0538.10.0 Terra Andina Shiraz 10

18.50

0539.09.0 Terra Andina Cabernet Sauvignon 09

18.50

0539.09.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 09 (1/2gf) 0539.10.0 Terra Andina Cabernet Sauvignon 10 0539.10.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 10 (1/2gf) 0539.11.0 Terra Andina Cabernet Sauvignon 11 0539.11.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 11 (1/2gf) 0539.11.4 Terra Andina Cabernet Sauvignon 11 (1/4gf)

9.90 18.50 9.90 18.50 9.90 5.90

1082.06.0 Terra Andina Reserva Syrah 06

27.90

0695.09.0 Terra Andina Reserva Pinot Noir 09

27.90

0695.10.0 Terra Andina Reserva Pinot Noir 10

27.90

0541.04.0 Terra Andina Reserva Cabernet Sauvignon 04

27.90

0541.06.0 Terra Andina Reserva Cabernet

Sauvignon 06 RP=86(07)

27.90

0541.08.0 Terra Andina Reserva Cabernet

Sauvignon 08 RP=86(07)

1282.07.0 Terra Andina Reserva Carmenère 07RP=87

27.90 27.90

1282.08.0 Terra Andina Reserva Carmenère 08

27.90

1560.07.0 Terra Andina Altos Carmenère/Carignan 07

35.50

1560.09.0 Terra Andina Altos Carmenère/Carignan 09

35.50

1561.07.0 Terra Andina Altos Cabernet Franc/Merlot 07 RP=87+

35.50

1563.07.0 Terra Andina Altos Syrah/Cabernet Sauvignon 07

RP=88+. WS=87

35.50

1564.08.0 Terra Andina Altos Malbec/Petit Verdot 08 RP=90+

35.50

1525.07.0 Suyai 07 RP=93. WS=87 129.50

vinho rosado

US$/gf

0534.09.0 Terra Andina rosé 09

vinhos brancos secos

18.50

15.90

0531.10.0 Terra Andina Sauvignon Blanc 10

17.50

0531.10.1 Terra Andina Sauvignon Blanc 10 (1/2gf)

9.90

0531.10.4 Terra Andina Sauvignon Blanc 10 (1/4gf) 0532.09.0 Terra Andina Chardonnay 09

Terra Andina Reserva Pinot Noir 2009 Terra Andina

Este saboroso Pinot Noir é elaborado com uvas de vinhedos localizados no frio vale de Leyda, o melhor terroir para produção de Pinot Noir no Chile. Maturado em barricas francesas de segundo e terceiro uso, mostra grande exuberância de fruta e finesse, combinando a opulência do Novo Mundo com muita elegância. Um verdadeiro achado!

US$ 27.90

US$/gf

0530.09.0 Caminos Sémillon/Chardonnay 09

5.90 18.50


Chile | 45

O. Fournier www.ofournier.com

As prestigiosas bodegas O. Fournier - que elaboram grandes vinhos em Mendoza, Argentina e na Ribera del Duero, Espanha - investiram agora em seus primeiros vinhedos no Chile, nas frias regiões de Leyda (excelente para brancos) e Maule (ótimo para tintos elegantes). Os vinhos mostram muita classe, complexidade e já estão arrematando os mais disputados prêmios da imprensa especializada. O cativante Urban Blend foi descrito como sendo “muito, muito mais complexo e cheio de nuances que a maioria dos vinhos desta faixa de preço” por Jancis Robinson, que recomendou fortemente a compra deste tinto “artesanal”. O Centauri Blend, com seus “sofisticados aromas”, arrematou 91 pontos de Robert Parker na safra 2007. O já consagrado Centauri Sauvignon Blanc, por sua vez, combina o estilo intenso e elegante dos vinhos do produtor elaborados na Argentina, com um forte acento mineral, que Jancis Robinson descreveu como “notas marinhas”. Todos os vinhos são excelentes descobertas. vinhos tintos

US$/gf

1090.07.0 Urban Cabernet Sauvignon 07

19.90

RP

90

ST

91

1090.08.0 Urban Cabernet Sauvignon 08 RP=89.

WS=88. W&Sp=88. JR=15.5

19.90

1090.09.0 Urban Cabernet Sauvignon 09

21.90

1091.08.0 Urban Blend 08 RP=89. WS=87.

W&Sp=91. IWC=88. JR=16.5

19.90

1091.09.0 Urban Blend 09

21.90

Alfa Centauri Sauvignon Blanc 2008

1091.09.1 Urban Blend 09 (1/2 gf)

12.90

O. Fournier

1530.09.0 Centauri Blend 09 RP=94(08). WS=91.

W&Sp=90(08). IWC=90+(08). JR=17(08)

vinhos brancos secos

53.90

US$/gf

1532.09.0 Urban Sauvignon Blanc 09 WS=88. IWC=88

17.50

1092.07.0 Centauri Sauvignon Blanc 07 RP=90(09). WS=88.

WE=91(08). IWC=90(08e09). JR=16. ST=90(10) 38.50

1092.09.0 Centauri Sauvignon Blanc 09 RP=90(09).

WS=88. WE=91(08). IWC=90(08e09). JR=16

36.90

1890.08.0 Alfa Centauri Sauvignon Blanc 08

Dec=18(09). ST=91 RP=90

59.90

Os vinhos mostram muita classe, complexidade e já estão arrematando os mais disputados prêmios da imprensa especializada.

Elaborado com uvas Sauvignon Blanc rigorosamente selecionadas de vinhedos plantados no fresco terroir do Vale de Leyda. Fermentado e maturado em barricas novas de carvalho francês de 500 litros, o Alfa Centauri combina complexos aromas de frutas cítricas com um sofisticado toque cremoso no palato. As safras 2008 e 2009 receberam 91 pontos de Stephen Tanzer, a mais alta nota já concedida a um branco Chileno. Um vinho robusto, que promete evoluir ainda mais após alguns anos de guarda.

US$ 59.90


Uruguai Assim como a Argentina mostrou a Malbec mais apetitosa e exuberante que em seu país de origem, o Uruguai revelou-se um dos melhores terroir do mundo para a uva Tannat, originando vinhos profundos e encorpados, mas sem o caráter duro e rústico dos vinhos franceses mais tradicionais elaborados com a casta. Alguns produtores talentosos como o jovem Gabriel Pisano da Viña Progreso conseguiram resultados surpreendentes, talhando vinhos de ótimo corpo, cheios de fruta e perfeitos para acompanhar comida. Além de muito saborosos, os Tannats são alguns dos tintos mais ricos em aintioxidantes, verdadeiros protetores do coração!


Uruguai | 47 A uva Tannat é famosa por ter uma das mais altas concentrações de resveratrol, o antioxidante natural que previne doenças cardiovasculares 

Viña Progreso www.vinaprogreso.com

O jovem e talentoso enólogo Gabriel Pisano — da mais nova geração desta importante família do vinho uruguaio — já foi elogiado por ninguém menos que Jancis Robinson, tanto por sua beleza quanto por seu talento. Comentando um vinho criado pelo enólogo, o Etxe Oneko, em 2007 ela disse: “este vinho é o filhote do ‘drop-dead gorgeous’ Gabriel Pisano, da nova geração da família. Atenção, Uruguai, aí vem Gabriel!”. Depois de trabalhar em importantes vinícolas da África do Sul e Austrália, ele voltou ao Uruguai para criar vinhos de grande originalidade, muitas vezes utilizando castas raramente usadas na América do Sul. Seus vinhos são surpreendentes, elegantes e cheios de estilo. Além da tipicamente uruguaia Tannat — em uma versão perfeita para ‘asado’ — a coleção também traz um Cabernet Franc, um Syrah, um Sangiovese e um Viognier, além de um saboroso rosado. E, no futuro, até mesmo um Petite Syrah! O grande vinho da casa é o Gran Reserva Tannat Old Vine, produzido com minúsculos rendimentos de um único vinhedo antigo, plantado pelo bisavô de Gabriel, Don Cesare Pietro Secundino Pisano. Intenso e vigoroso, é um tinto que pode evoluir em garrafa por muitos anos. vinhos tintos

US$/gf

1737.08.0 Reserva Tannat 08

29.00

1738.08.0 Reserva Cabernet Franc 08

29.00

1739.08.0 Reserva Syrah 08

29.00

1740.08.0 Reserva Sangiovese 08

29.00

1736.06.0 Gran Reserva Old Vin Tannat 06

39.90

vinho rosado

1741.10.0 Reserva Syrah rosado 10

US$/gf 29.00

Reserva Tannat 2008 Viña Progreso

Viña Progreso utiliza a mais emblemática casta do Uruguai para talhar este surpreendente tinto que combina o caráter tânico - típico desta uva - com muitas notas de fruta madura, que deixam o vinho macio e convidativo, perfeito para acompanhar churrasco.

US$ 29.00


Robert Parker e Wine Spectator

C H I L E

Altos Malbec/Petit Verdot 2008 (Terra Andina/Vale Central)

90+ pontos (RP) US$35,50

Centauri Blend 2009

La Cumbre Shiraz 2006

91 pontos (WS) 1530090 US$53,90

92 pontos (RP) 0773060 US$145,75

(O.Fournier/Valle de Maule)

(Errazuriz/Vale do Aconcagua)


90+ pontos | 49

Ar gen tina

Pizzella Malbec 2010

Tilia Malbec 2011

Cocina Blend 2009 (La Posta/Mendoza)

(La Posta/Mendoza)

90 pontos (RP) US$17,90

90 pontos (RP) US$21,90

90 pontos (RP) US$27,90

Alfa Crux Malbec 2007

J. Alberto 2008

(Bodega Noemía/Patagônia)

(O.Fournier/Mendoza)

91 pontos (RP) US$99,90

92 pontos (RP) e 92 pontos (WS) US$68,90

92 pontos (WS) e 92 pontos (RP) US$89,90

Luca Pinot Noir 2009

Noemía 2008

93 pontos (RP) US$49,90

95 pontos (WS) US$167,50

(Tilia/Mendoza)

(O.Fournier/Mendoza)

(Luca/Mendoza)

(Bodega Noemía/Patagônia)

Alfa Crux Blend 2004


Robert Parker e Wine Spectator

Gré cia Kallísti OPAP Santoríni 2008 (Boutári/Santorini)

92 pontos (WS) US$43,90

Por tu gal Fonseca Bin 27 (Fonseca Port/Porto)

90 pontos (WS) US$49,90

Aus trá lia Obsidian Shiraz 2008

(Gemtree Vineyards/Mc Laren Vale)

92 pontos (RP) US$164,00


90+ pontos | 51

Esta dos Uni dos Janzen Estate Clouy´s Vineyard Cabernet 2006 (Bacio Divino/Califórnia)

90-92 pontos (RP) US$267,50

Hun gria Tokaji Hétszölö 5 Puttonyos Aszú 2001

(Tokaji Hétszölö/Tokaj)

92 pontos (WS) US$135,00


Brasil Além de alguns saborosos espumantes que já contam com um público cativo, o Brasil tem elaborado alguns vinhos surpreendentes pelas mão de pequenos produtores como Angheben, do Rio Grande do Sul. Utilizando castas raras no país, como a italiana Teroldego e a portuguesa Touriga Nacional, Angheben cria vinhos únicos verdadeiras expressões do terroir de Encruzilhada do Sul - sem tentar copiar o estilo de outros países do Novo Mundo. O espumante é também complexo e sofisticado, entre o melhor que o país pode produzir.


Brasil | 53 Entre os mais festejados espumantes nacionais, o de Angheben mostra um estilo encorpado e seco, mais próximo do estilo dos vinhos de Champagne 

Rio Grande do Sul

Angheben www.angheben.com.br

Lançamos os ótimos vinhos de nosso primeiro produtor brasileiro — o talentoso Angheben, que vem produzindo alguns dos melhores e mais originais vinhos do país, todos de muita qualidade, tipicidade e personalidade marcante. Na contramão dos produtores que buscam se aproximar dos vinhos argentinos e chilenos, Angheben faz parte de um grupo de pequenos produtores artesanais, de alta qualidade e minúscula produção, que buscam extrair aquilo que existe de mais típico no terroir de sua região, na vila de Encruzilhada do Sul, localizada na Serra do Sudeste, no Rio Grande do Sul. O enólogo Idalencio Angheben utiliza castas européias menos conhecidas, como a Teroldego e a Barbera do Norte da Itália e a portuguesa Touriga Nacional, para dar origem a seus vinhos únicos e originais. As garrafas são todas numeradas e a produção é extremamente limitada. A crítica especializada brasileira tem destacado seus tintos e seu espumante entre os melhores exemplares do que o Brasil pode produzir em termos de alta qualidade. Seu espumante, elaborado pelo método champenoise, é excelente e muito refinado. Os tintos têm muita personalidade e são perfeitos para combinar com comida. São vinhos brasileiros diferentes, em estilo próprio, que você precisa experimentar! vinhos tintos 0690.06.0 Angheben Cabernet Sauvignon 06

R$/gf 33.50

0690.06.1 Angheben Cabernet Sauvignon 06 (1/2 gf)

19.00

1451.10.0 Angheben Pinot Noir 10

36.00

0692.05.0 Angheben Touriga Nacional 05

40.00

0691.08.0 Angheben Barbera 08

40.00

0691.10.0 Angheben Barbera 10

40.00

0693.05.0 Angheben Teroldego 05

60.00

0693.08.0 Angheben Teroldego 08

60.00

vinho espumante seco 0694.00.0 Angheben Espumante Brut

vinho branco seco 1429.10.0 Angheben Gewürztraminer 10

R$/gf 43.00

R$/gf 36.00

Angheben Pinot Noir 2010 Angheben

Fresco, aromático e delicado, com uma sofisticada qualidade terrosa, este novo tinto de Angheben é mais uma agradável surpresa desta vinícola boutique do Vale dos Vinhedos.

R$ 36.00

A crítica especializada brasileira tem destacado seus tintos e seu espumante entre os melhores exemplares do que o Brasil pode produzir em termos de alta qualidade.


Nova Zelândia Os neo-zelandeses estão entre os povos mais politizados em matéria de vinhos. Jancis Robinson ficou surpreendida quando um taxista debateu apaixonadamente a uva Pinot Noir na última vez que a jornalista inglesa esteve no país. Muitos dos melhores vinhos da Nova Zelândia são consumidos inteiramente no mercado interno, onde são tratados como verdadeiros tesouros. Oyster Bay é uma das mais emblemáticas vinícolas do país e uma verdadeira referência para os sedutores vinhos de Marlborough.


Nova Zelândia | 55 O Oyster Bay Sauvignon Blanc já foi eleito pela International Wine & Spirit Competition o melhor vinho do mundo elaborado com essa variedade de uva 

Oyster Bay

www.oysterbaywines.com

Esta vinícola da Nova Zelândia, uma das primeiras a se instalarem na importante região de Marlborough, produz alguns dos brancos mais cobiçados do planeta. Logo na primeira safra, a de 1990, o Oyster Bay Sauvignon Blanc foi eleito pela International Wine & Spirit Competition — competição às cegas realizada na Inglaterra e uma das mais antigas e rigorosas do setor — como o melhor vinho do mundo elaborado com essa variedade de uva. Durante seis anos consecutivos, esse branco arrematou o prêmio “Premium White Wine of The Year” do Australian Liquor Industry Awards e, recentemente, a revista norteamericana Wine Spectator considerou-o um “Top Value”. Oyster Bay possui vinhedos nos vales de Wairau e Awatere, em Marlborough, plantados com Sauvignon Blanc, Chardonnay e Pinot Noir. Em 1990 começou a cultivar Merlot na promissora região Hawke’s Bay, na costa leste da Ilha Norte, conhecida por ser a “resposta neozelandesa a Bordeaux”. Seus vinhos cheios de fruta e com um acento regional inconfundível, lapidado pelo enólogo-chefe Michael Ivicevich, vêm colecionando elogios mundo afora. O Oyster Bay Chardonnay 2009, com parte das uvas fermentadas em barrica de carvalho francês, conquistou a medalha de ouro e o título “Great Value White” no International Wine Challenge 2011, em Londres. O Pinot Noir, que também é maturado em barricas de carvalho francês, mereceu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2008, sendo descrito como “polido e bastante perfumado”. Eric Asimov, do New York Times, definiu-o como “puro, com aromas frescos de flores e fruta vermelha”. O Merlot, de um clone bordalês introduzido em Hawke’s Bay, foi apontado pela Wine Enthusiast como ‘”um vinho classudo por um preço atrativo”. Uma das vinícolas mais emblemáticas da Nova Zelândia, que merece ser descoberta . vinhos tintos

US$/gf

1963.10.0 Oyster Bay Merlot 10

49.90

1962.10.0 Oyster Bay Pinot Noir 10 WS=91(08)

59.90

vinhos brancos secos

US$/gf

1964.11.0 Oyster Bay Sauvignon Blanc 11

49.90

1965.10.0 Oyster Bay Chardonnay 10

49.90

Oyster Bay Chardonnay 2010 Oyster Bay

O Oyster Bay Chardonnay é elaborado com parte das uvas fementadas em barrica de carvalho francês, sendo elegante e profundo. A safra 2009 conquistou a medalha de ouro e o título “Great Value White” no International Wine Challenge 2011, em Londres.

US$ 49.90


56 | Nova

Zelândia

Villa Maria

Gibbston Valley

Segundo James Halliday, Villa Maria é uma vinícola que mostra “uma consistência realmente extraordinária”. A linha Private Bin é uma fonte de boas pechinchas entre os vinhos da Nova Zelândia. O Riesling recebeu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2008, enquanto o Sauvignon Blanc foi altamente recomendado por Parker e recebeu o selo “Smart Buy” da Wine Spectator, com 90 pontos na safra 2010. O Pinot Noir foi descrito como “sério, concentrado e mastigável” por Jancis Robinson. O Pinot Noir Cellar Selection é um vinho “estonteante” na opinião da Wine Spectator, que considerou 91 pontos a safra 2009. Da linha Reserve, elaborada apenas nas melhores safras, o Cabernet Merlot mostra belas notas de fruta doce em um conjunto cativante e equilibrado, enquanto o Pinot Noir é denso e concentrado. Os vinhos da linha Single Vineyards são elaborados em pequenas quantidades. O vinhedo Taylor Pass, localizado ao norte do rio Awatere em Marlborough, tem solos sedimentares repletos de pedregulhos, sendo famoso por originar vinhos exuberantes e concentrados, cheios de nuances.

Uma das melhores e mais conceituadas vinícolas da Gibbston Valley produz alguns dos mais premiados vinhos do país na Ilha do Sul, na fria região de Central Otago, conhecida por seus ótimos Pinot Noir. Seus Pinot Noir são produzidos com clones da Borgonha, sendo puros e complexos, cheios de nuances. O delicioso Gold River Pinot Noir possui um estilo mais pronto, sedoso e fácil de beber, enquanto o Central Otago Pinot Noir é um tinto de respeito, pedindo alguns anos de adega. A propriedade também elabora deliciosos e refinados Chardonnay, Sauvignon Blanc (com uvas de Marlborough) e Riesling, além de um elegante Rosé de Pinot Noir. Até pouco tempo, era difícil de encontrar os elogiados vinhos da vinícola fora da Nova Zelândia, pois a pequena produção era disputada (e esgotada) totalmente pelos muitos fãs do produtor no país.

www.villamaria.co.nz

vinhos tintos 1897.09.0 Merlot-Cabernet Private Bin 09

www.gvwines.co.nz

US$/gf 49.00

vinho tinto 0708.04.0 Central Otago Pinot Noir 04 WS=87

vinho rosado 0710.06.0 Blanc de Pinot Noir 06 RP=87(06)

US$/gf 84.50

US$/gf 54.80

1898.10.0 Pinot Noir Private Bin 10

59.90

vinhos brancos secos

1899.09.0 Pinot Noir Cellar Selection 09

96.50

0713.06.0 Greenstone Chardonnay 06

54.80

1900.08.0 Cabernet Merlot Reserve 08

119.00

0711.06.0 Marlborough Sauvignon Blanc 06 WS=89(05)

54.80

1902.07.0 Pinot Noir Taylors Pass 07

128.00

0712.06.0 Riesling 06 RP=90(08)

70.90

1901.08.0 Pinot Noir Reserve 08

137.50

vinhos brancos secos

US$/gf

1903.10.0 Riesling Private Bin 10

49.50

1904.10.0 Unoaked Chardonnay Private Bin 10

49.50

1905.10.0 Pinot Gris Private Bin 10

49.50

1906.10.0 Sauvignon Blanc Private Bin 10

49.50

1908.10.0 Sauvignon Blanc Wairau Reserve 10

96.50

1909.10.0 Sauvignon Blanc Taylors Pass 10

128.00

US$/gf

Uma das melhores e mais conceituadas vinícolas da Gibbston Valley produz alguns dos mais premiados vinhos do país


Um Brinde ao Novo Ano ST 90

RP 95

1744000 Prosecco Bel Star DOC Bisol

Bel Star é o nome de um vinhedo muito bem localizado nos arredores da região produtora de Prosecco. Vinificado com perfeição pela equipe técnica do cultuado Prosecco Bisol, é aromático e delicado na boca, com deliciosas notas florais. Mais elegante e complexo que a grande maioria dos Proseccos disponíveis no mercado, Bel Star é uma escolha inteligente entre os espumantes italianos.

1937070 Contratto Millesimato Brut 2007 Contratto

O Contratto Millesimato Brut é elaborado com 80% de Pinot Noir e 20% de Chardonnay, maturado nada menos que 42 meses nas frias caves históricas da vinícola.

US$ 95.50

US$ 36.50

1617000 Champagne Barons de Rothschild Brut

Champagne Barons de Rothschild

O sofisticado Brut é o mais emblemático entre os já cultuados Champagnes do joint venture do Château Lafite Rothschild, Château Mouton Rothschild e Château Clarke. Elaborado com um corte de 50% Chardonnay e 50% Pinot Noir, combina a estrutura da Pinot com um delicioso toque cremoso da Chardonnay. Um grande Champagne! US$ 179.50

1922000 Kaiken Sparkling Brut Kaiken

Este excelente espumante de Kaiken é elaborado pelo método tradicional - o mesmo usado em Champagne. Produzido com grande proporção de uvas Pinot Noir, o vinho descansa com as borras por nada menos que dois anos para ganhar complexidade. Rico e cativante, mas dotado de uma excelente acidez, é um espumante gastronômico, que combina muito bem com ostras e frutos do mar.

US$ 49.90

0689020 Champagne Henriot Brut Rosé 2002 Maison Henriot

O fresco e exuberante Brut Rosé é uma das melhores opções em rosados disponível no mercado. Elaborado com uma grande proporção de uvas Chardonnay, é mais delicado e sofisticado que a grande maioria dos Champagnes rosés, mostrando um impressionante equilíbrio.

US$ 199.50

1616000 Cuvée Speciale Grand Cru Les Chétillons 2000 Pierre Pèters

O magnífico Les Chétillons é um dos melhores vinhos entre todos elaborados em Champagne. “Completamente irresistível” e “Altamente Recomendado” por Parker, recebeu nada menos que 95 pontos do crítico na safra de 2000. Sem dúvida, um dos grandes vinhos da região. US$ 199.90


Austrália Com seus vinhos intensos, macios e tecnicamente perfeitos a Austrália se firmou como uma fonte confiável de vinhos de qualidade. A Vinci conta com vinhos que - além das qualidade dos melhores vinhos australianos - de destacam pela elegância e fineses. Grosset elabora não apenas o melhor Riesling do hemisfério sul, mas também alguns dos mais finos e sofisticados vinhos do mundo. A Gemtree é uma das grandes referências da região de McLaren Vale, elaborando verdadeiros achados em todas as faixas de preço. Se você procura vinhos profundos, ricos e intensos, ou então grandes barganhas, a Austrália continua sendo uma excelente opção. Quase sinônimo de vinhos do novo mundo, a Austrália produz alguns dos mais ricos e exuberantes tintos e brancos da atualidade.


Austrália | 59 O Uncut Shiraz de Gemtree foi classificado com 95 pontos por James Halliday, entrando para o seleto grupo dos melhores Shiraz do ano!

Grosset

www.grosset.com.au

Uma das mais reverenciadas personalidades do mundo do vinho, Jeffrey Grosset foi chamado de “o príncipe do Riesling australiano” por Jancis Robinson e indicado como um dos 10 melhores enólogos de vinhos brancos de todo o mundo para a revista Decanter. Em sua pequena vinícola, elabora diminutas quantidades de vinhos fantásticos, todos sempre relacionados entre os melhores vinhos da Austrália e do Novo Mundo. James Halliday, o mais respeitado crítico australiano, concede as máximas 5 estrelas para a vinícola, classificando todos os vinhos com 94 pontos ou mais! O soberbo Polish Hill Riesling é para toda a crítica o melhor vinho da Austrália feito com esta uva. James Halliday o considerou, na safra de 2006, o melhor Riesling de toda a Austrália, com 96 pontos. O sofisticado Chardonnay foi descrito como “glorioso” e “com um distinto caráter da Borgonha” por James Halliday, que o classificou com 95 pontos. Para Robert Parker, é “consistentemente um dos melhores Chardonnays da Austrália”, com uma “maravilhosa finesse”. O Pinot Noir, de minúscula produção, foi eleito como um dos 20 melhores vinhos do país elaborados com esta casta pela revista Gourmet Traveller Wine, uma das mais importantes publicações da Austrália. O concentrado Gaia, por sua vez, é um cativante corte de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot, com grande capacidade de envelhecimento e incrível complexidade. Dotado de uma elegância fora do comum para um vinho do Novo Mundo, é comparado a um grande vinho de Saint Julien por Robert Parker. vinhos tintos

US$/gf

1209.06.0 Gaia 06 RP=92 (04) RP=91

97.00

1210.07.0 Grosset Pinot Noir 07 RP=89(05)

112.00

vinhos brancos secos

US$/gf

1213.08.0 Grosset Sémillon/Sauvignon Blanc 08

Uma das especialidades da vinícola é a cepa espanhola Tempranillo – que tem feito grande sucesso na Austrália – e seu Luna Roja Tempranillo mereceu elogios da revista norte-americana Wine Spectator, que ressaltou retrogosto do vinho, com “sabores que não vão embora”. A Gemtree elabora alguns dos mais deliciosos tintos com a uva mais emblemática do país – a Shiraz – em várias faixas de preço. Encorpado e com “ótima concentração de fruta e especiarias, o Boodstone Shiraz 2010 mereceu 89 pontos de Robert Parker – uma excelente nota para o seu preço. Já o Uncut Shiraz, foi classificado com 95 pontos por James Halliday, entrando para o seleto grupo dos melhores Shiraz do ano. O Obsidian Shiraz é elaborado apenas com as melhores parcelas de Shiraz – apenas 1% da produção total! Com grande estrutura e riqueza de fruta, mereceu 96 pontos de James Halliday, 92 pontos de Parker e “Altamente Recomendado” pela revista Decanter. O Tatty Road Shiraz 2010 é um verdadeiro achado – um tinto cheio de fruta que agrada a todos os gostos. Segundo James Halliday, pode evoluir por até 10 anos nas melhores safras – um feito impressionante para sua faixa de preço! A Gemtree é uma vinícola genuinamente familiar, com todas as operações sob o comando atento da família Buttery, desde o trabalho imaculado e pouco intervencionista nos vinhedos. Na opinião de Robert Parker, esta vinícola produz “vinhos de qualidade surpreendente desde as gamas mais simples até as mais sofisticadas.” Lançados a partir de 1998 e produzidos mediante uma dedicação verdadeiramente artesanal, os tintos Gremtree são grandes surpresas. vinhos tintos 1997.10.0 Tatty Road Shiraz 10

US$/gf 39,90

RP=90(09)

53.90

1993.10.0 Bloodstone Shiraz 10 RP=89

59,90

1214.06.0 Piccadilly Chardonnay 06 JH=94

81.50

1995.10.0 Uncut Shiraz 10 JH=95

78,50

1994.11.0 Luna Roja Tempranillo 11

Gemtree Vineyards

1996.08.0 Obsidian Shiraz 08 JH=96, RP=92

78,50 164,00

www.gemtreevineyards.com.au

Uma das poucas vinícolas que fazem parte da cobiçada lista de produtores 5 estrelas de James Halliday, Gemtree é uma verdadeira referência em McLaren Vale e um dos mais notáveis produtores da Austrália na atualidade. Os vinhos são elaborados com uvas de cultivo biodinâmico e combinam a exuberância de fruta dos melhores vinhos australianos com uma refrescante acidez, que deixa os vinhos muito equilibrados e elegantes. Para Robert Parker, a vinícola “é recheada de pechinchas em todas as faixas de preço”.

JH

Uncut Shiraz 2010 Gemtree Vineyards

O Uncut Shiraz foi classificado com nada menos que 95 pontos por james Halliday, entrando para o seleto grupo dos melhores Shiraz do ano. Rico, elegante e muito equilibrado, combina o peso de um grande Shiraz com uma notável finesse.

US$ 78.50

95


África do Sul A África do Sul foi um dos países que mais se destacou nos últimos anos

por seus vinhos cheios de personalidade Combinam toda a intensidade e riqueza do Novo Mundo com a classe, a elegância e o respeito ao terroir dos melhores vinhos europeus. As vinhas estão cultivadas aqui com muito sucesso há séculos. O país produz verdadeiros ícones, como os aristocráticos Rust en Vrede e o cultuado Ernie Els, talvez o mais premiado tinto sul-africano da atualidade. Os vinhos de Guardian Peak e Robertson são ótimas barganhas, com excelente relação qualidade/preço. Um dos destaques do país é a típica casta Pinotage, bastante exótica e particular.


África do Sul | 61 Com uma “bela pegada” Guardian Peak Lapa Cabernet Sauvignon 2009 merece 92 pontos da Wine Spectator

Ernie Els

Guardian Peak

Ernie Els Wines é a realização de um sonho pessoal do campeão mundial de golfe Ernie Els – elaborar vinhos na região de Stellenbosch que fossem comparáveis aos melhores do mundo. Com grande perfecionismo, a Ernie Els talha vinhos exuberantes e complexos, mas dotados de uma impressionante elegância e personalidade. A grande estrela da vinícola é o fantástico Ernie Els Signature, um corte bordalês (Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Petit Verdot e Cabernet Franc) que mereceu nada menos do que 94 pontos da Wine Spectator na safra 2005, para quem é ‘’maravilhoso, longo, denso e preciso, estiloso, o melhor que já provamos desta região’’. Jancis Robinson, por sua vez, “aprova totalmente” as 5 estrelas que John Platter - maior especialista do país - costuma dar para esse fantástico tinto, um dos maiores ícones da África do Sul. Um vinho que poderia custar duas vezes o seu preço, o Big Easy é um tinto que combina a potência e estrutura das castas Syrah e Cabernet Sauvignon com o apelo frutado das castas Grenache, Mourvèdre e Viognier, no melhor estilo dos vinhos do Novo Mundo. Um ótimo achado, de excelente relação qualidade/preço, que mereceu as quatro estrelas de John Platter. Já o Cabernet Sauvignon é encorpado e denso, capaz de evoluir e ganhar ainda mais complexidade com alguns anos em garrafa. É elaborado com uma seleção especial de 8 parcelas de Cabernet Sauvignon de caráter distintos, originando um vinho de grande apelo varietal – elegante e cheio de camadas de fruta e excelente complexidade.

Comandada por Jean Engelbrecht, a Guardian Peak começou no final dos anos 90 como uma linha alternativa - de excelente realação qualdade/preço - aos tradicionais vinhos de Rust en Vrede. Macios, exuberantes e cheios de fruta, no melhor estilo dos tintos do Novo Mundo, os vinhos tiveram tamanho sucesso que viraram uma vinícola independente, com estilo próprio, no coração de Stellenbosch. Todos os vinhos de Guardian Peak são grandes achados, verdadeiras pechinchas, com bastante concentração, riqueza e intensidade. O GSM, elaborado com um corte de Grenache, Syrah e Mourvèdre, foi descrito como “delicioso” e “fantástico” pela revista Wine Spectator, que sempre confere ótimas notas ao tinto. O Frontier é hoje sinônimo de corte típico da África do Sul, combinando a estrutura e elegância da Cabernet Sauvignon com a abundância de fruta da Syrah e a maciez da Merlot. De ótima acidez, acompanha muito bem uma infinidade de pratos. O Merlot e o Syrah são bastante macios e fáceis de gostar, enquanto o excelente Lapa é a grande estrela da vinícola – um concentrado Cabernet Sauvignon que mereceu nada menos que 91 pontos da Wine Spectator em todas as safras já avaliadas!

www.ernieelswines.com

vinhos tintos

www.guardinapeak.com

US$/gf

1765.08.0 Ernie Els Big Easy 08 RP 90(09)

49.90

vinhos tintos

US$/gf

0237.10.0 Guardian Peak Shiraz 10 WS=88(07)

29.90

0236.08.0 Guardian Peak Merlot 08

27.90

0236.10.0 Guardian Peak Merlot 10

27.90

0235.09.0 Guardian Peak Frontier Cabernet/Shiraz/

Merlot 09 WS=88(06)

29.90

0235.10.0 Guardian Peak Frontier Cabernet/Shiraz/

Merlot 10

32.90

0234.07.0 Guardian Peak SMG Syrah/Mourvèdre/

1764.09.0 Ernie Els Cabernet Sauvignon 09

59.90

0232.07.0 Engelbrecht Els Vineyards 07 WS=91(04)

65.50

0668.07.0 Cirrus Syrah 07

89.90

1763.06.0 Ernie Els Limited Edition 06

159.50

1926.08.0 Guardian Peak Tannat/Malbec 08

57.90

0667.09.0 Guardian Peak Lapa Cabernet Sauvignon 09

61.50

Ernie Els Big Easy 2008 Ernie Els

Esta nova criação de Engelbrecht-Els é um tinto que combina a potência e estrutura das castas Syrah e Cabernet Sauvignon com o apelo frutado das castas Grenache, Mourvèdre e Viognier, no melhor estilo dos vinhos do Novo Mundo. Um ótimo achado, de excelente relação qualidade/preço.

US$ 49.90

Grenache 07 WS=89(04e05)

46.90

0234.08.0 Guardian Peak SMG Syrah/Mourvèdre/ Grenache 08

49.90


62 | África

do Sul

Rust en Vrede

Robertson Winery

Fundada em 1694, Rust en Vrede é uma das mais antigas e tradicionais propriedades da África do Sul. Localizado no coração da região de Stellenbosch, é um produtor de enorme prestígio, cujos vinhos estão entre os melhores e mais premiados do país. Seu principal vinho, o Rust en Vrede Estate, é um verdadeiro ícone, que merece as máximas cinco estrelas do crítico John Platter e foi indicado nada menos do que quatro vezes consecutivas para a lista dos “100 Melhores Vinhos” da Wine Spectator (foi o primeiro vinho do país a receber a indicação e é o único a ser indicado quatro vezes, com 92 pontos). Seus Cabernet Sauvignon, Shiraz e Merlot também são excelentes, no mesmo estilo fino e cheio de classe da casa.

Esta tradicional vinícola sul-africana foi fundada em 1941 na reputada região de Robertson, de clima mais frio, próxima à Cidade do Cabo. Sua ampla gama de vinhos traz diversos varietais de excelente relação qualidade/preço — como Shiraz, Pinotage, Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc. Seus premiados “vinhos de vinhedo” são ricos e elegantes, como o Wolfkloof Shiraz, o Prospect Hill Cabernet Sauvignon, o Phanto Ridge Pinotage e o Kings River Chardonnay. O frutado Chapel Red é um Merlot macio e gostoso, de boa relação qualidade/preço. A grande estrela da casa fica por conta do poderoso e refinado Number One Constitution Road Shiraz, um tinto aveludado e intenso, produzido apenas nas melhores safras, em pequenas quantidades.

www.robertsonwinery.co.za

www.rustenvrede.com

vinhos tintos

US$/gf

0445.09.0 Rust en Vrede Merlot 09 WS=89(08)

36.90

vinhos tintos

0445.11.0 Rust en Vrede Merlot 11 WS=89(08)

39.90

0599.11.0 Chapel Range red 11

US$/gf 16.90

0443.09.0 Rust en Vrede Cabernet Sauvignon 09

56.90

0600.10.0 Robertson Pinotage 10 SP=4*(06)

18.50

0446.08.0 Rust en Vrede Shiraz 08 WS=90(04)

59.50

0600.11.0 Robertson Pinotage 11

18.50

0446.10.0 Rust en Vrede Shiraz 10 WS=90(04)

59.90

0601.10.0 Robertson Cabernet Sauvignon 10

18.50

0444.07.0 Rust en Vrede Estate Cabernet/Shiraz/Merlot 07

0601.11.0 Robertson Cabernet Sauvignon 11

18.50

0602.09.0 Robertson Shiraz 09

18.50

WS=92(04) WS=92

85.50

0444.08.0 Rust en Vrede Estate Cabernet/Shiraz/Merlot 08 89.90

0602.11.0 Robertson Shiraz 11

18.50

1923.11.0 Robertson Pinot Noir 11

26.50

0605.07.0 Phanto Ridge Pinotage 07

37.50

0603.04.0 Prospect Hill Cabernet Sauvignon 04

48.25

0604.04.0 Wolfkloof Shiraz 04

48.25

0606.04.0 Constitution Road Shiraz 04

89.90

0606.06.0 Constitution Road Shiraz 06

89.90

vinhos brancos secos

Rust en Vrede Merlot 2011

Rust en Vrede

Um dos mais surpreendentes Merlots da África do Sul, de ótima relação qualidade/preço, recebeu a excelente nota 4/5 de John Platter, o mais respeitado crítico sulafricano. Opulento e generoso, com notas de frutas vermelhas e toques florais.

US$/gf

0607.07.0 Chapel Range white 07

11.90

0608.11.0 Robertson Chenin Blanc 11

14.90

1924.09.0 Robertson Gewürztraminer 09

16.90

0610.10.0 Robertson Chardonnay 10

17.90

0609.11.0 Robertson Sauvignon Blanc 11

18.50

0611.06.0 Retreat Sauvignon Blanc 06

48.25

0612.05.0 Kings River Chardonnay 05

48.25

vinho branco doce 0613.06.1 Almond Grove Noble Late Harvest 06 (1/2 gf)

US$/gf 34.90

US$ 39.90

Robertson Pinotage 2011 Robertson Winery

John Platter, o mais respeitado crítico sul-africano, considera este saboroso tinto como um dos Pinotage de melhor relação qualidade/preço do país. Platter o descreve como “maravilhoso”, com marcantes aromas de frutas maduras e um estilo “elegante e bem comportado”, merecendo 4 estrelas do crítico.

US$ 18.50


Deliciosos Blends RP 91 WS 90

Peñin 93

RP 89 ST 90

RP 89

1732090 12 Volts 2009

0779070 The Blend 2007

0653080 A Lisa 2008

Apollonia/4 Kilos

Errazuriz

Bodegas Noemía

Elaborado na ilha de Mallorca por 4 Kilos, eleita Vinícola do Ano pelo Guia Peñin, o 12 Volts é um delicioso segundo vinho da vinícola, elaborado com um cativante corte de Callet, Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot. Encorpado e repleto de notas de fruta madura, em um estilo suculento, mas com uma destacada elegância. Um vinho bastante diferente, mas com um estilo que agrada a todos.

Chamado de “fabuloso” pela revista Decanter, este impressionante corte de Syrah, Cabernet Franc, Carmenère e Roussanne, é complexo e profundo, tendo merecido a excelente nota 90 do Guía Descorchados na safra de 2006. Um vinho único e cheio de personalidade, com uma bela concentração e ótima elegância.

Um legítimo “vinho de boutique”, o A Lisa foi chamado de “delicioso” pela revista Wine Spectator e arrematou 91 pontos de Robert Parker na safra 2008. Elaborado com uvas de vinhedos antigos, alguns com mais de 60 anos de idade, combina um bouquet repleto de frutas maduras com um palato rico e fresco, que convida a um outro gole. Minúscula produção e ótima relação qualidade/preço, com a assinatura da conceituada bodega patagônica Noemía, um dos maiores nomes do vinho argentino.

US$ 74.50

US$ 83.90

1567080 Campanaio Cabernet Sauvignon/Merlot 2008 Podere Monastero

O Campanaio, um delicioso supertoscano de Podere Monastero, é elaborado com um corte de Merlot e Cabernet Sauvignon, também de um minúsculo vinhedo de 1,5 hectare – com ótima insolação para deixar as uvas perfeitamente maduras. Com grande estrutura e complexidade, em um estilo “super maduro” foi classificado como “outstanding” por Robert Parker em sua safra inaugural.

US$ 99.50

US$ 49.50 1612100 Acústic Blanco 2010

0035070 Pazzo 2007

Este saboroso branco, baseado na casta Garnacha Blanca, mostra boa estrutura e corpo, com notas exóticas e ótimo frescor. Uma pequena parcela de Garnacha tinta, vinificada em branco, deixa o vinho ainda mais interessante. Mais uma criação de Acùstic de ótima relação qualidade/preço!

Este delicioso vinho californiano é produzido com um estilo moderno e bastante italiano, cheio de charme e com uma ótima acidez, perfeito para combinar com comida. O proprietário é Claus Janzen, da Caymus. Usa castas Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Zinfandel e recebeu 91 pontos de Robert Parker. A garrafa estilosa é outra de suas qualidades.

Acústic

US$ 56.50

Bacio Divino

US$ 89.50


Estados Unidos Além de seus elogiados Cabernet Sauvignon e Chardonnay —que chegam a competir com os melhores do Velho Mundo—

a Califórnia vive uma fase de grande experimentação, com verdadeiros artistas produzindo vinhos de grande personalidade, em estilos muito diferentes e com combinações inusitadas de castas. Os incríveis, complexos e diferentes vinhos de Bonny Doon, elaborados pelo genial enólogo Randall Grahm, têm uma verdadeira legião de fãs pelo mundo, apresentando uma curiosa (e deliciosas) releitura dos clássicos europeus. Bacio Divino é outra original descoberta, com inventivos cortes de inspiração italiana que dão origem a vinhos “inegavelmente deliciosos” nas palavras de Robert Parker. Trefethen, por outro lado, representa a Califórnia em seu aspecto mais clássico, sendo uma das mais antigas e tradicionais vinícolas do Napa Valley. Grayson é uma pequena vinícola familiar que mostra que a Califórnia também pode oferecer algumas das melhores relações qualidade/preço de todo o mundo!


Estados Unidos | 65 Segundo Robert Parker, a Grayson Cellars produz “vinhos de grande qualidade por um preço simplesmente sensacional” 

Bonny Doon

www.bonnydoonvineyard.com

Os vinhos indefiníveis, cultuados e pós-modernos de Bonny Doon. Eles são as deliciosas criações de um estranho artista — Randall Grahm, uma das figuras mais inusitadas do mundo do vinho. Diferentes e com muita personalidade, são quase paródias dos grandes vinhos europeus — cômicos e cheios de referências e alusões nos nomes, rótulos (sempre criados por artistas independentes), uvas e estilos utilizados. Randall é especialmente conhecido por ser um dos grandes defensores da tampa de rosca e das variedades do Rhône e da Provence na Califórnia, como fica evidente em seus Syrah Le Pousseur (com inspiração no Norte do Rhône e um rótulo que parece um arcano do tarot) e Le Cigare Volant (uma homenagem a Châteauneuf-du-Pape). O novo Le Vol des Anges é elaborado apenas nas safras em que as condições climáticas permitem o aparecimento de botritys nas uvas Roussane. Ele é rico, doce e deliciosamente delicado, parcialmente maturado em barricas de acácia. Outra novidade é o Vin Gris de Cigare, um vinho inspirado nos rosés da Provence mas produzido de uma forma bastante original: ele é o resultado da “sangria” do Le Cigare Volant tinto combinado com 15% de vinho branco produzido com variedades típicas do Rhône. O resultado é um vinho delicado e aromático, perfeito como aperitivo. São todos vinhos diferentes e muito interessantes, que vale a pena descobrir! vinhos tintos 0045.07.0 Syrah Le Pousseur 07 RP=86

49.90 73.50

0048.06.0 Le Cigare Volant 06 RP=89(07) WS=88(95)

79.50

US$/gf

0046.04.0 Le Cigare Blanc 04 RP=88

53.50

0046.07.0 Le Cigare Blanc 07 RP=86

59.50

vinhos brancos doces

US$/gf

0040.04.7 Viognier Doux 04 (500 ml) WS=88(02)

46.80

1756.07.1 Viognier Des Anges 07 1/2 gf

79.50

vinho rosado 1755.09.0 Vin Gris de Cigare 09 RP=88(08)

86

US$/gf

0048.02.0 Le Cigare Volant 02 RP=88(94) WS=88(95)

vinhos brancos secos

RP

US$/gf 46.50

Le Cigare Blanc 2007 Bonny Doon

Um branco “intrigante” segundo Robert Parker, que classificou com 88 pontos a safra de 2004. Um vinho aromático e cativante, oferece uma grande gama de combinações com comida, de um carpaccio de peixe até queijos de pasta mole.

US$ 59.50


66 | Estados

Unidos

Trefethen

Bacio Divino

Fundada em 1886, Trefethen é uma das mais históricas vinícolas da Califórnia, reconhecida no “National Record of Historic Places” como a mais antiga e a única vinícola do Napa Valley totalmente em madeira e funcionando por gravidade (já naquela época). A partir de 1968, Janet e John Trefethen a restauraram completamente e transformaram a vinícola em um dos pioneiros de alta qualidade no Napa Valley. Seus vinhos, em estilo elegante e refinado, são todos elaborados com uvas de seus vinhedos em Oak Knoll. Os Estate Cabernet Sauvignon, Merlot e Chardonnay são grandes clássicos, enquanto o Reserve Cabernet Sauvignon é um tinto grandioso e concentrado, mas com elegância e longa capacidade de envelhecimento. No mesmo nível de qualidade está o finíssimo Harmony, um grande Chardonnay. O Double T é um moderno e interessante corte de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Malbec e Petit Verdot. Os Eschol Ranch são belos achados, californianos de excelente relação qualidade/preço.

Criada por Claus Jansen, que por muitos anos esteve à frente dos lendários Caymus Vineyards, esta nova vinícola-boutique do Napa Valley produz tintos deliciosos e de muita personalidade, com nítida inspiração italiana, lembrando ótimos supertoscanos. São vinhos ricos, intensos e modernos, cheios de sabor, com uma refrescante acidez. O orgulho da casa é o premiado Bacio Divino, um incrível corte de Cabernet Sauvignon (62%), Sangiovese e Petite Syrah, muito elogiado por Robert Parker. Seu outro ótimo tinto é o Pazzo, um delicioso achado de Sangiovese (70%), Cabernet Sauvignon, Petite Syrah e Viognier, com belíssima acidez, muito charme e bastante equilíbrio. Diferentes e excelentes!

www.trefethen.com

vinhos tintos

www.baciodivino.com

US$/gf

0504.01.0 Estate Merlot 01

62.90

0504.06.0 Estate Merlot 06

79.90

0498.07.0 Double T 07

69.50

0506.95.0 Estate Cabernet Sauvignon 95

44.00

0502.06.0 Estate Cabernet Sauvignon 06

99.50

0502.05.1 Estate Cabernet Sauvignon 05 1/2 gf

55.90

vinhos tintos 0035.07.0 Pazzo Sangiovese 07 RP=89

US$/gf 89.50

0734.07.0 Vagabond Syrah/Cabernet 07 RP=90

159.90

0034.00.0 Bacio Divino 00 RP=90 WS=90(01)

159.00

0034.02.0 Bacio Divino 02 RP=90(01) WS=90(01)

199.50

0034.06.0 Bacio Divino 06 RP=91 WS=89

199.50

1750.07.0 Janzen Estate Napa Valley Cabernet 07

135.90

1752.06.0 Janzen Estate Cloudy´s

Vineyard Cabernet 06 RP=90-92+

267.50

1751.06.0 Janzen Beckstoffer To Kalon Cabernet 06

RP=90-93+ WS=92

346.50

0507.99.0 Reserve Cabernet Sauvignon 99 WE=99(05). WS=90

vinhos brancos secos

169.00

US$/gf

0501.03.0 Eshcol Ranch Chardonnay 03

38.90

1754.08.0 Double T Chardonnay 08 WS=91(00)

49.50

1753.08.0 Estate Dry Riesling 08

59.90

0497.93.0 Library Selection Chardonnay 93

65.00

0503.07.0 Estate Chardonnay 07 RP=90

69.50

0503.06.1 Estate Chardonnay 06 1/2 gf

36.50

0505.02.0 Harmony Chardonnay 02 WS=91(00)

99.90

Pazzo 2007 Bacio Divino

Este delicioso vinho californiano é produzido com um estilo moderno e bastante italiano, cheio de charme e com uma ótima acidez, perfeito para combinar com comida. O proprietário é Claus Janzen, da Caymus. Usa castas Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Zinfandel e recebeu 91 pontos de Robert Parker. A garrafa estilosa é outra de suas qualidades.

Double T 2007

Trefethen Vineyards

Double T é um empolgante tinto, elaborado com um corte que lembra muito alguns dos melhores tintos “petits chateaux” de Bordeaux, remetendo a um delicioso vinho de bistrô. Rico, complexo e cheio de fruta, com boa complexidade e madeira de primeira qualidade.

US$ 69.50

US$ 89.50

RP

89


Estados Unidos | 67

Grayson Cellars www.graysoncellars.com

Segundo Robert Parker, a Grayson Cellars produz “vinhos de grande qualidade por um preço simplesmente sensacional”, selecionando dois rótulos da vinícola entre as 50 melhores compras entre todos os vinhos produzidos nos Estados Unidos. Esta vinícola familiar elabora os vinhos mais premiados da Califórnia em sua faixa de preços – imbatíveis segundo a imprensa especializada. Os vinhos são sempre classificados como “Top Value”, “Best Value” e “Best Buy” por revistas como a The Wine Advocate de Robert Parker, Wine Enthusiast e diversas outras publicações locais. O segredo é selecionar uvas nos melhores terroirs para cada casta e vinifica-las com o mesmo cuidado conferido a vinhos que custam 5 vezes mais. Os vinhos da Grayson Cellars contam com a assinatura de um dos enólogos mais experientes e renomados da Califórnia, Larry Levin. Instalada na emblemática região do Napa Valley, a Grayson Cellars elabora varietais cheios de fruta, equilibrados e fáceis de gostar. Considerado um “Best Buy” pela Wine Enthusiast, o Chardonnay 2010 foi descrito como “brilhantemente maduro com boa acidez e notas de pera, maçã verde e fruta tropical”. Robert Parker considerou esse branco “bom demais para ser verdade” na safra 2009, a última avaliada pelo crítico. Em um estilo muito fiel à casta, o Pinot Noir 2010 revela notas de frutas vermelhas, violeta e couro combinadas com um palato macio, que mostra um delicioso toque tostado conferido pelo estágio em carvalho. Para Parker: “chega a chocar de tão bom que é pelo seu preço”. Já o Zinfandel, uma das castas mais emblemáticas da região, é rico e repleto de especiarias, em um estilo concentrado e, ao mesmo tempo, elegante. O Merlot também é bastante saboroso, com uma suntuosa densidade de fruta e notas de chocolate. Junto com o Chardonnay, já foi apontado por Parker como uma das 50 melhores compras de todo o país! O Cabernet Sauvignon, por sua vez, mostra uma bela intensidade e textura aveludada, “um ótima compra”, segundo Parker. São todos grandes achados, excelentes sugestões tanto para quem ainda não teve a oportunidade de provar um tinto ou branco dos Estados Unidos como para os que pretendem acompanhar as inovações da vinicultura norteamericana, famosa por revolucionar o mundo do vinho.

Segundo Robert Parker, a Grayson Cellars produz “vinhos de grande qualidade por um preço simplesmente sensacional”

vinhos tintos

US$/gf

2004.10.0 Grayson Cellars Merlot 10

39,90

2005.10.0 Grayson Cellars Cabernet Sauvignon 10

39,90

2006.10.0 Grayson Cellars Zinfandel 10

39,90

2007.10.0 Grayson Cellars Pinot Noir 10

49,90

vinho branco seco 2008.10.0 Grayson Cellars Chardonnay 10

US$/gf 39.90

Chardonnay 2010 Grayson Cellars

Considerado um “Best Buy” pela Wine Enthusiast, o Chardonnay 2010 foi descrito como brilhantemente maduro com boa acidez e notas de pera, maçã verde e fruta tropical”. Robert Parker considerou esse branco como “bom demais para ser verdade” na safra 2009, a última avaliada pelo crítico, apontando o vinho como uma das 50 melhores compras entre todos os vinhos produzidos nos EUA.

US$ 39.90


Grécia Os maravilhosos vinhos gregos foram uma das melhores descobertas recentes para os apreciadores informados. Com suas castas locais de altíssimo nível, e tintos e brancos de muita personalidade, o vinho grego vai muito além dos tradicionais Retsína. Nas mãos de Boutári — eleito nada menos do que 16 vezes como “Vinícola do Ano” pela Wine&Spirits — uvas como a Moschofílero, a Xinomavro e a Agiorgítiko ganham brilho e produzem vinhos muito originais, que combinam finesse com uma excelente relação qualidade/preço. Cambás produz vinhos mais tradicionais, incluindo os conhecidos Retsína e um delicioso vinho tinto de sobremesa.


Grécia | 69 Boutári foi eleita “Vinícola do Ano” nada menos que 16 vezes pela Wine & Spirits!

Cambás

vinhos tintos

Uma das mais antigas e tradicionais vinícolas da Grécia, Cambás foi adquirida por Boutári em 1991, dando início a um grande renascimento deste histórico produtor. Com o respeitável know-how de Boutári, Cambás vem elaborando vinhos ótimos e cheios de personalidade, em estilo mais tradicional, sempre com excelente relação qualidade/preço. Seu Mavrodaphne of Patras é um grande destaque, um saboroso tinto doce, perfeito para combinar com sobremesas à base de chocolate. O Retsína “Karaváki” é a interpretação de Cambás para esta peculiar tradição da Grécia, sendo elaborado com adição de resina de pinheiro. Além de bons Cabernet Sauvignon e Chardonnay, Cambás também elabora um ótimo branco com uva grega Moschofílero em Mantínia, delicado e com agradável aroma de rosas.

1726.07.1 Kretikos Red 07 (Creta) (1/2 gf)

12.90

1726.09.0 Kretikos Red 09 (Creta)

23.50

vinho tinto

US$/gf

0628.06.0 Cambás Cabernet Sauvignon TO

Peloponnese 06 (Peloponeso)

vinhos brancos secos

US$/gf

1726.08.0 Kretikos Red 08 (Creta)

26.90

US$/gf

22.90

0615.08.0 Neméa OPAP 08 (Peloponeso)

27.90

0617.08.0 Agiorgítiko OPAP Neméa 08 (Peloponeso)

38.90

0617.08.4 Agiorgítiko OPAP Neméa 08 (Pelop.) (1/4 gf)

8.50

0614.05.1 Náoussa OPAP 05 (Macedônia) (1/2 gf)

WS=88, JR=18/20(87)

15.90

0614.06.0 Náoussa OPAP 06 (Macedônia) RP=88. WS=87 27.90 1725.05.0 Xinomávro Reserve 05 (Macedônia)

39.90

0618.04.0 Boutári Merlot TO Imathía 04 (Macedônia)

32.00

0619.05.0 Boutári Syrah TO Imathía 05 (Macedônia)

37.90

0619.06.0 Boutári Syrah TO Imathía 06 (Macedônia)

39.90

0619.07.0 Boutári Syrah TO Imathía 07 (Macedônia)

43.90

0620.05.0 Boutári Cabernet Sauvignon TO Macedonia 05 32.00 0621.04.0 Domaine Skaláni TO Heraklión 04 (Creta)

vinho rosado

59.00

US$/gf

0622.10.0 Boutári Rosé Sec TO Macedônia 10

vinhos brancos secos

26.90

US$/gf

1727.09.0 Kretikos White 09 (Creta)

22.90

0626.05.0 Boutári Chardonnay TO Macedonia 05

32.00

0630.08.0 Cambás Chardonnay TO

0625.06.0 Moschofílero OPAP Mantínia 06 (Peloponeso)

26.90

RP=88(07)

29.90

0623.06.0 Santoríni OPAP 06 (Ilhas Egéias)

Peloponnese 06 (Peloponeso)

0629.09.0 Mantínia OPAP 09 (Peloponeso)

vinho tinto doce 0633.00.0 Mavrodaphne of Patras OPE (Peloponeso)

US$/gf 23.90

Boutári www.boutari.gr

Fundado em 1879, Boutári é um dos melhores e mais tradicionais produtores de alta qualidade na Grécia, com vinhedos próprios em praticamente todas as boas regiões vinícolas do país. Indicada nada menos do que dezesseis vezes como “Vinícola do Ano” pela Wine&Spirits, Boutári foi responsável por uma verdadeira revolução tecnológica que resgatou a boa imagem do vinho produzido na Grécia, colocando-se como o nome internacionalmente mais conhecido deste país. Seus vinhos saborosos e cheios de personalidade utilizam as reputadas castas gregas e também uvas internacionais. O delicioso Neméa, produzido com a uva Agiorgítiko, lembra um bom Chianti e possui excelente relação qualidade/preço. Seus reputados Náoussa são estruturados e muito longevos, sempre referenciados entre os melhores vinhos gregos, sendo elaborados com a uva Xynómavro, que lembra a portuguesa Baga e a italiana Nebbiolo. O Sámos é uma verdadeira especialidade grega, um delicioso vinho de sobremesa elaborado na ilha de mesmo nome. São todos vinhos de muito caráter, verdadeiras surpresas que merecem ser descobertas.

WS=88. RP=89(09)

32.90 32.00

0627.06.0 Malagouziá Mátsa TO Pallini 06 (Ática)

34.50

0624.05.0 Kallísti OPAP Santoríni 05 (Ilhas Egéias) WS=92

44.90

0624.08.0 Kallísti OPAP Santoríni 08 (Ilhas Egéias) WS=92

43.90

vinho branco doce

US$/gf

0632.00.0 Sámos OPE (Ilhas Egéias)

32.90

Sámos OPE Boutári

Uma ótima criação do tradicionalíssimo Boutári, este delicioso vinho de sobremesa é feito com a uva Muscat. Rico, doce e envolvente, com um estilo particular e fácil de gostar. Excepcional relação qualidade/preço

US$ 32.90


Hungria

Berço de alguns dos mais aclamados vinhos de sobremesa de todo o mundo a região de Tokaj, na Hungria, foi a primeira a produzir vinhos com uvas afetadas pela botrytis, a “podridão nobre”, antes mesmo que Sauternes. O famoso vinho Aszú, com seu equilíbrio perfeito entre a doçura e a fresca acidez, foi qualificado de “vinho de reis e rei dos vinhos” por Luis XIV, rei da França. São vinhos históricos, fabulosos e únicos, sem dúvida entre os melhores e mais refinados vinhos doces do mundo. Além dos famosos vinhos doces, a uva Furmint pode dar origem a um delicioso e aromático branco seco, que tem feito sucesso na Europa.


Hungria | 71 “O Tokaji 6 Puttonyos de Hétszölö é intenso mas equilibrado, graças a uma vibrante estrutura: 93 pontos” – Wine Spectator

Tokaji Hétszölö www.tokajihetszolo.com

O Domaine Hétszölö compreende alguns dos vinhedos mais especiais da Hungria, classificados como “Premiers Crus” desde 1772 e disputados pela nobreza durante séculos. Estas propriedades pertenceram ao Príncipe da Transilvânia e aos Habsburgos. Em 2009 o domaine foi adquirido pelos proprietários do Château Cos d’Estournel de Bordeaux, que aprimoraram ainda mais o estilo limpo e cheio de nuances de Hétszölö, bastante diferente dos Tokajis oxidativos da época do domínio soviético. O Furmint Dry é um fascinante exemplar desta casta autóctone que tradicionalmente dá origem aos fantásticos vinhos de sobremesa de Tokaji, mas que aqui é vinificada como um vinho branco seco. Os célebres Aszú são elaborados com uvas botritizadas, sendo muito ricos, doces e intensos — entre os grandes vinhos de sobremesa do mundo. O 5 Puttonyos mereceu 92 pontos da Wine Spectator, sendo incrivelmente denso e profundo mas dotado de uma impressionante acidez e uma grande mineralidade, que deixam o vinho equilibrado e elegante. O 3 Puttonyos é um pouco menos doce e acompanha muito bem tortas de frutas. Já o 6 Puttonyos é denso e bastante doce, com perfeita acidez e muito equilíbrio. Uma garrafa de 375ml pode servir até 8 pessoas! vinho branco seco

92

US$/gf

1796.09.0 Tokaji Hetszolo Furmint Dry 09

vinhos brancos doces

WS

45.90

US$/gf

1795.07.0 Tokaji Hetszolo Late Harvest 07

59.90

1792.03.7 Tokaji Hetszolo 3 Puttonyos Aszú 03 (500 ml)

99.50

1793.01.7 Tokaji Hetszolo 5 Puttonyos Aszú 01 (500 ml) WS=92

135.00

1794.01.7 Tokaji Hetszolo 6 Puttonyos

Aszú 01 (500 ml) WS=93

O 5 Puttonyos mereceu 92 pontos da Wine Spectator, sendo incrivelmente denso e profundo.

165.00

Tokaji Hétszölö 5 Puttonyos Aszú 2001 (500ml) Tokaji Hétszölö

O Domaine Hétszőlő compreende alguns dos vinhedos mais especiais da Hungria, que já pertenceram ao Príncipe da Transilvânia e aos Habsburgo. Com 92 pontos da Wine Spectator, este 5 Puttonyos é incrivelmente denso e profundo, mas dotado de uma impressionante acidez e uma grande mineralidade, que deixa o vinho equilibrado e elegante. Um dos grandes vinhos doces do mundo.

US$ 135.00


Robert Parker e Wine Spectator

Fran ça Champagne Brut Millésimé 1998

(Maison Henriot/Champagne)

92 pontos (WS) US$189,90

Saint Chinian 2009

(Hecht & Bannier/LanguedocRoussillon)

92-94 pontos (RP) US$59,50

Chablis Vaudésir 2010 (Domaine Jean Paul Droin/ Bourgogne)

92-94 pontos (RP) US$179,50

Champagne Pierre Pèters Cuvée Speciale Grand Cru Les Chétillons (Pierre Pèters/Champagne)

95 pontos (RP) US$199,90

Châteauneuf-du-Pape Blanc 2010

(Clos de l’Oratoire des Papes/Rhône)

90 pontos (WS) US$127,50 Languedoc AOC Rose 2010

(Hecth & Bannier/LanguedocRoussillon)

91 pontos (RP) US$26,50

Clos de Vougeot 2006 (Maison Champy/Bourgogne)

90 pontos (WS) US$399,50

Clos Vougeot Grand Cru 2008 (Camille Giroud/Bourgogne)

91-92 pontos (RP) US$338,90


90+ pontos | 73

Itá lia Perdera Monica di Sardegna DOC 2009 (Argiolas/Sardegna)

90 pontos (RP) US$41,90

Brunello di Montalcino 2006 (Argiano/Toscana)

90 pontos (RP) e 92 pontos (WS) US$137,50

Ramitello Rosso 2009 (Di Majo Norante/Molise)

91 pontos (RP) US$49,90

Valpolicella Classico Superiore Sanperetto 2009

(Roberto Mazzi/Veneto)

Fontodi Chianti Classico 2007

(Fontodi/Toscana)

Fontodi Syrah Case Via 2004

91 pontos (RP) US$54,50

91 pontos (RP) US$88,50

92 pontos (WS) US$159,50

Solengo 2005

I Sodi di San Niccoló 2006

(La Spinetta/Piemonte)

(Argiano/Toscana)

92 pontos (RP) e 92 pontos (WS) US$199,90

(Castellare di Castellina/Toscana)

96+ pontos (RP) US$159,90

(Fontodi/Toscana)

Barolo Campè 2004

93 pontos (RP) e 95 pontos (WS) US$379,50


Robert Parker e Wine Spectator

Espa nha

Vi単a Real Crianza 2008

Urban Oak Ribera 2009

90 pontos (RP) US$44,90

90 pontos (RP) US$46,50

(CVNE/Rioja)

(O.Fournier/Ribera del Duero)

Mauro 2006

Finca Sierva 2008

90 pontos (RP) Safra 2006 US$138,90

91 pontos (RP) US$59,90

(Bodegas Mauro/Ribera del Duero)

(Carchelo/Jumilla)


90+ pontos | 75

Viña Cubillo Crianza 2005 (Viña Tondonia/Rioja)

(Viñas del Cenit/Toro)

Cenit Tempranillo 2005

Victoria 2006

91 pontos (RP) US$65,90

93 pontos (RP) US$149,00

93 pontos (RP) e 93 pontos (WS) US$142,00

Imperial Gran Reserva 1999

(Acústic/Montsant)

Auditori 2007

Viña Tondonia Gran Reserva 1994

(CVNE/Rioja)

94 pontos (RP) US$146,90

95 pontos (RP) US$159,90

(Jorge Ordoñez/Malaga)

(Viña Tondonia/Rioja)

96 pontos (RP) US$239,50


Espanha A Espanha está em verdadeira efervescência, com vinhos de altíssima qualidade sendo produzidos na mais diversas regiões e nos mais variados estilos. Os elegantes e clássicos Tondonia são um verdadeiro monumento aos Riojas tradicionais, enquanto CVNE encarna todo o sabor desta consagrada região espanhola, sendo os vinhos preferidos do rei Juan Carlos II. Os saborosos brancos espanhóis vêm fazendo muito sucesso em dois estilos bastante distintos – os frescos, aromáticos e delicados; e os densos, encorpados e cheios de personalidade. A excelente seleção de vinhos espanhóis da Vinci inclui verdadeiros tesouros e raridades, como os ícones das bodegas Mauro, O. Fournier e os deliciosos e aristocráticos vinhos de sobremesa de Jorge Ordoñez, além de inúmeros achados da Catalunha e algumas das melhores relações qualidade/preço de toda a Europa.


Espanha | 77 “simplesmente divino”, Viña Bosconia Gran Reserva 1991 recebe 96 pontos da The Wine Advocate

Rioja

CVNE

Viñedos del Contino

Cia Vinícola del Norte de España

www.cvne.com

www.cvne.com

Fundada em 1879, CVNE é um dos maiores tesouros da Espanha, com vinhos consistentemente entre os melhores do país. Desde os Crianza aos Gran Reservas, são vinhos que honram a melhor tradição riojana, com perfeito equilíbrio entre fruto e carvalho. Constam de todas as relações dos melhores produtores espanhóis. De grande prestígio, os “Imperial” — Reserva e Gran Reserva — são produzidos apenas quando a safra é espetacular na Rioja Alta. Seu Imperial Gran Reserva é o vinho preferido do rei Juan Carlos. Os consagrados Viña Real seguem um estilo mais moderno e são elaborados com uvas da conceituada Rioja Alavesa, no País Basco. O produtor também é proprietário dos reputados Viñedos del Contino, um verdadeiro “château riojano”. vinhos tintos 0126.07.4 Cune Crianza 07 (1/4 gf) 0126.08.1 Cune Crianza 08 (1/2 gf)

23.90

0126.08.4 Cune Crianza 08 (1/4 gf)

12.90

0126.09.0 Cune Crianza 09 RP=89

42.90

0126.09.1 Cune Crianza 09 (1/2 gf)

23.90

0126.09.4 Cune Crianza 09 (1/4 gf)

12.90

0131.06.1 Viña Real Crianza 06 (1/2 gf)

23.90

0131.07.1 Viña Real Crianza 07 (1/2 gf) RP=88

23.90

0131.08.0 Viña Real Crianza 08 RP=90

44.90

0131.09.0 Viña Real Crianza 09 RP=91

44.90

0131.09.1 Viña Real Crianza 09 (1/2 gf) RP=91

25.50

0127.07.0 Cune Reserva 07 RP=90

66.50

0135.05.0 Viña Real Reserva 05 RP=93. WS=92(01)

77.90

0130.05.0 Imperial Reserva 05 RP=91+(04)

113.00 146.90

0129.01.0 Imperial Gran Reserva 01 RP=94

146.90

1608.04.0 Pagos de Viña Real 04 RP=92 WS=92

199.50

0133.01.0 Real de Asúa 01 RP=95+(04) WS=90. RP=91

199.50

US$/gf

0128.07.0 Cune Rosado 07 RP=87(09)

29.50

0128.08.0 Cune Rosado 08

29.50

0128.11.0 Cune Rosado 11

27.90

0125.09.0 Cune Blanco 09 RP=87

US$/gf 26.50

0132.10.0 Monopole 10 WS=87(94) RP=88(07)

33.90

1402.10.0 Viña Real Fermentado Barrica 10 RP=88(07)

40.50

garrafa magnum vinho tinto 0131.06.2 MG Viña Real Crianza 06 (1.500 ml)

89.50

0510.04.0 Contino Reserva 04 RP=91(05) RP=89+

98.50

98.50

0129.99.0 Imperial Gran Reserva 99 RP=94

vinhos brancos secos

US$/gf

0510.02.0 Contino Reserva 02 RP=92(01)

11.90 42.90

vinhos rosados

vinhos tintos

US$/gf

0126.08.0 Cune Crianza 08

0134.98.0 Viña Real Gran Reserva 98 RP=94+(01)

Contino é uma das mais reputadas e tradicionais propriedades da Rioja, pertencente a CVNE. Tratase de um verdadeiro “château riojano”, cujos vinhos são elaborados apenas com uvas de sua conceituada propriedade na Rioja Alavesa. O Contino Reserva é muito fino, de rico bouquet e grande classe, no melhor estilo da Rioja. Por sua vez, o Viña del Olivo Reserva — um fantástico “Rioja de Vinhedo” — é um dos melhores tintos espanhóis, e já foi eleito o melhor Tempranillo do mundo em um importante concurso organizado pelo governo espanhol, reunindo mais de 300 dos melhores Tempranillos de dez países.

US$/gf 89.00

Viña Real Crianza 2008 CVNE

O delicioso Viña Real Crianza já foi classificado como “Best Buy” pela revista Wine Spectator que ficou impressionada com a “intensidade e complexidade, raras de serem encontradas em Crianzas”. Excelente relação qualidade/preço.

US$ 44.90

RP

90


78 | Espanha

Viña Tondonia

Palácios Remondo

R. López de Heredia

www.vinosherenciaremondo.com

Esta é uma das melhores bodegas de Rioja Baja, que voltou a ter como enólogo o genial Alvaro Palácios, o pioneiro do Priorato, pertencente à família proprietária. A bodega produz quatro deliciosos tintos, de muito caráter e com o toque estiloso de Palacios: o macio e jovem La Vendimia; o rico La Montesa Crianza (com 40% de Garnacha, além da Tempranillo e da Graciano); o grande Reserva Especial; e também o melhor vinho da propriedade, o maravilhoso Propiedad H Remondo, que foi escolhido como “Vinho da Semana” por Jancis Robinson, com incríveis elogios. Trata-se de um tinto excelente, que combina intensidade, elegância e frescor. vinhos tintos

US$/gf

0361.10.0 La Vendimia 10 RP=90

38.90

0359.04.1 Herencia Remondo La Montesa Crianza 04

(1/2 gf) RP=90

37.90

0359.07.0 Herencia Remondo La Montesa Crianza 07 RP=87 49.90 0359.08.0 Herencia Remondo La Montesa Crianza 08 RP=91 59.25 0360.00.0 Herencia Remondo La Montesa Reserva 00

78.25

0360.01.0 Herencia Remondo La Montesa Reserva 01

97.50

0362.07.0 Propriedad H. Remondo 07 RP=91(05) RP=88

97.50

garrafa magnum vinho tinto

US$/gf

0359.04.2 Magnum La Montesa Crianza 04 (1.500 ml)

105.90

www.lopezdeheredia.com

É uma grande honra podermos apresentar em nosso catálogo os tradicionalíssimos vinhos de Lopez de Heredia, verdadeiro monumento do vinho espanhol. Fundada em 1877, a célebre Viña Tondonia é uma das mais tradicionais bodegas da Rioja, conhecida por seus tintos e brancos em estilo único, hoje sem equivalente no mundo do vinho. São vinhos de muito caráter e personalidade, elaborados à moda antiga, com um longo envelhecimento em carvalho, aptos a durar décadas. Os tintos são muito elegantes e aveludados, de coloração clara, em um estilo que prima mais pela finesse do que pela concentração, lembrando por vezes bons Borgonhas. Os Viña Tondonia e Viña Bosconia são grandes ícones que nunca se curvaram a modernismos. Os brancos são extraordinários e disputados, extremamente amadurecidos depois de um longo envelhecimento. São lançados ao mercado apenas muitos anos depois da colheita e, apesar da idade e da coloração mais escura, mantém um maravilhoso frescor e mineralidade. São todos vinhos de conhecedores. vinhos tintos 0485.05.0 Viña Cubillo Crianza 05 RP=91

US$/gf 65.90

0486.03.0 Viña Bosconia Reserva 03 WS=90(00)

99.50

0487.01.0 Viña Tondonia Reserva 01 WS=90 RP=95

119.50

0488.91.0 Viña Bosconia Gran Reserva 91 RP=96

246.25

0489.91.0 Viña Tondonia Gran Reserva 91

229.00

0489.94.0 Viña Tondonia Gran Reserva 94 RP=96

239.50

vinhos brancos secos

US$/gf

0490.02.0 Viña Gravonia Crianza 02 RP=91 WS=91(00)

71.50

0490.03.0 Viña Gravonia Crianza 03

69.50

0491.91.0 Viña Tondonia Reserva blanco 91

RP

91

WS=93(90) RP=91 (08)

119.50

0491.93.0 Viña Tondonia Reserva blanco 93 RP=92

119.50

0491.96.0 Viña Tondonia Reserva blanco 96

119.50

0492.81.0 Viña Tondonia Gran Reserva blanco 81

RP=93 WS=90

0492.91.0 Viña Tondonia Gran Reserva blanco 91 RP=93

199.50 246.50

Viña Gravonia Crianza 2002 Viña Tondonia (López de Heredia)

Um branco “sutil e magnífico”, “de outro mundo” para o El Mundo, que classificou o vinho como o segundo melhor branco da Rioja em um painel com os 20 mais notáveis vinhos da região, ficando atrás apenas do monumental Tondonia Gran Reserva 1987. Stephen Tanzer concedeu 92 pontos para a safra de 2001, destacando a imensa longevidade do vinho. Rico e complexo, com um perfil que não encontramos mais, é um dos grandes tesouros do vinho espanhol.

US$ 71.50


Espanha | 79 Ribera del Duero

Bodegas Mauro

O. Fournier

Um dos maiores enólogos da Espanha, o brilhante Mariano Garcia foi por décadas o responsável pelo Vega Sicília. Hoje, produz alguns dos melhores e mais premiados tintos do país na Ribera del Duero e em Toro. São todos vinhos de exceção, realmente extraordinários, de grande profundidade, classe e finesse. O Vendimia Seleccionada é um dos grandes ícones da Espanha, tendo sido eleito o “Vinho do Ano” no país em 2006 pelo Guía Peñin e pela Revista Sibaritas. Além disso, Mariano García foi eleito o “Enólogo do Ano” pelas mesmas publicações. Segundo o guia, “seu trabalho marcou a fogo a história do vinho espanhol. Seus vinhos agradam porque atendem tanto os amantes dos vinhos castelhanos mais encorpados e musculosos, como aqueles que buscam a elegância, os matizes minerais e o frescor da fruta”. Verdadeiras jóias.

Com seu perfeccionismo, sua atenção ao detalhe e seus ótimos vinhedos, esta excelente bodega tem se estabelecido rapidamente como uma das melhores da Ribera del Duero. Pertencente à família Ortega GilFournier, que também é proprietária das premiadas bodegas argentina e chilena O.Fournier. Seus vinhos são intensos, ricos e refinados, em estilo bem espanhol. o fantástico O.Fournier é a obra prima de minúscula produção da Bodega. Na safra de 2004, o tinto recebeu 95 pontos da Wine Spectator, que elogiou a combinação de “potência com um toque sedoso”. Robert Parker apontou a “soberba concentração” do tinto, que promete ser um dos mais cultuados rótulos da coleção de prestígio de O. Fournier. O poderoso e concentrado Alfa Spiga é típico dos melhores Ribera, com um longo final de boca e mereceu 92 pontos de Parker na safra 2005. O Spiga é um excelente achado, elaborado mesmo estilo, com 12 meses de envelhecimento em barrica. O Urban Ribera é intenso, macio e saboroso, com excelente relação qualidade/ preço – “um candidato ao melhor vinhos espanhol em sua faixa de preço” na opinião de Robert Parker!

www.bodegasmauro.com

vinhos tintos

www.ofournier.com

US$/gf

0037.06.0 Mauro 06 RP=90

138.90

0037.07.0 Mauro 07 RP=93(05) RP=90

148.50

0037.09.0 Mauro 09

149.50

0038.05.0 Mauro Vendimia Seleccionada 05

RP=93(04). WS=92(03) WS=94/RP=92+ 268.90

0038.07.0 Mauro Vendimia Seleccionada 07 268.90 0039.04.0 Terreus 04 RP=95. WS=93 379.00 0039.05.0 Terreus 05 RP=94. WS=94 399.50 0039.08.0 Terreus 08 399.50

vinhos tintos

US$/gf

0565.07.0 Urban Oak Ribera 07 RP=91. W&Sp=89

43.90

0565.09.0 Urban Oak Ribera 09 ST=90. RP=90 (10)

46.50

0566.05.0 Spiga 05 WS=91. RP=92+(08). Peñin=91

87.90

0566.06.0 Spiga 06

87.90

0567.04.0 Alfa Spiga 04 RP=90. WS=91. WE=93.

IWC=91. JR=17+. Dec=4*. Peñin=93

1542.05.0 O. Fournier 05

131.50 199.90

Alfa Spiga 2004 WE 93

RP 90

IWC 91

WS 91

JR 17+

DEC

4a

Peñin

93

O. Fournier

Vencedor do “Editor´s Choice”, com 93 pontos da revista Wine Enthusiast, o sofisticado Alfa Spiga nasceu como um dos melhores vinhos de Ribera del Duero, contando com um lugar cativo na lista dos melhores vinhos de toda a imprensa especializada. Maturado 20 meses em barricas novas de carvalho, combina grande potência e exuberantes notas de fruta madura, com um expressivo acento espanhol.

US$ 131.50


80 | Espanha Toro

Montecastro

Finca Sobreño

Esta ótima nova bodega da Ribera del Duero já vem conquistando importantes prêmios da imprensa espanhola e internacional por seus tintos ricos, potentes e concentrados, no melhor estilo da região. Para o rigoroso jornal El Mundo, cuja seção de vinhos é dirigida por Victor de la Serna, logo em sua segunda safra o Montecastro foi o terceiro melhor vinho da Ribera del Duero em 2003, ficando muito próximo dos primeiros colocados, vinhos que custam dez vezes mais! Trata-se de um suntuoso tinto, elaborado de vinhas velhas, que chegam a ter mais de 80 anos de idade. É encorpado e poderoso, com bela textura e uma personalidade bem espanhola.

A reputada Finca Sobreño é uma ótima descoberta na efervescente região de Toro, com seus tintos potentes, intensos e profundos, todos elaborados com uma variedade especialmente concentrada de Tempranillo, a Tinta de Toro. O delicioso Tinto é frutado e cheio de sabor, para ser bebido mais jovem. O rico e saboroso Crianza tem ótima relação qualidade-preço, enquanto o poderoso Reserva Selección Especial é elaborado com vinhas de mais de 30 anos de idade, assim como o concentrado Reserva Familiar, produzido com uma seleção das melhores parcelas da propriedade.

www.bodegasmontecastro.es

vinho tinto

www.sobreno.com

US$/gf

0334.05.0 Montecastro y Llanahermosa 05 RP=93. WS=93 92.90

Comenge www.comenge.com

Nova estrela da Ribera del Duero, esta excelente bodega foi fundada em 1999 e, desde as primeiras safras, já tem recebido excelentes referências da imprensa especializada. Um verdadeiro embaixador desta casta que está cada vez mais na moda, o Comenge Verdejo é elaborado em um estilo mais sério que a maioria dos vinhos desta casta. Aromático e exuberante, mas sem o toque doce dos exemplos mais comerciais, usa uvas de vinhedos antigos, incluindo uma parcela plantada em 1896! O Biberius é um saboroso Tempranillo – macio e cheio de fruta, capaz de competir com os melhores “best buys” do Novo Mundo. Um vinho perfeito para o dia a dia, que acompanha muito bem comida. O Don Miguel Reserva é o fruto de um vinhedo muito especial, de excepcional localização, o “Pago de las Hontanillas”. Moderno, rico e complexo, com um estilo cativante, mereceu 92 pontos do Guía Peñin e é uma verdadeira pechincha se comparado a outros vinhos de Ribera del Duero da mesma qualidade. O consagrado Comenge Crianza – carro chefe da vinícola – ficou em primeiro lugar no painel de Ribera del Duero da Decanter, competindo com 63 outros vinhos e merecendo as máximas 5 estrelas da revista inglesa. Ele também foi eleito um dos vinhos de melhor relação qualidade/preço em toda a Espanha pelo prestigioso Guía Gourmets. vinhos tintos

US$/gf

1759.09.0 Biberius Roble Tempranillo 09

28.90

0484.06.0 Comenge Crianza 06 RP=91(04)

52.50

0484.07.0 Comenge Crianza 07 RP=90(05)

48.50

1760.06.0 Don Miguel Reserva 06

92.50

vinho branco 1761.09.0 Comenge Verdejo 09

US$/gf 59.90

vinhos tintos 0252.07.0 Finca Sobreño tinto 07

US$/gf 26.90

0252.08.0 Finca Sobreño tinto 08

31.90

0252.10.0 Finca Sobreño tinto 10

31.90

0253.07.0 Finca Sobreño Crianza 07 RP=90

42.50

0253.08.0 Finca Sobreño Crianza 08 RP=90+(06)

44.50

0254.00.0 Finca Sobreño Reserva 00 RP=88

49.50

0254.05.0 Finca Sobreño Reserva 05 RP=92(04)

59.90

0264.02.0 Finca Sobreño Reserva Familiar 02 RP=89(03)

83.90

garrafa magnum vinho tinto 0253.02.2 Magnum Finca Sobreño Crianza 02 (1.500 ml)

US$/gf 72.00

Comenge Crianza 2006 Comenge

O excelente Comenge Crianza foi o grande vencedor de uma extensa degustação realizada pela Decanter, com 63 dos melhores vinhos de Ribera del Duero, recebendo as máximas 5 estrelas da revista. Eleito um dos vinhos de melhor relação qualidade/ preço de toda a Espanha pelo Guía Gourmets, é um dos grandes achados de nosso catálogo

US$ 52.50


Espanha | 81 Navarra

Viña Magaña

pensava que as grandes pechinchas do mundo do vinho estavam apenas na América do Sul.

www.vinamagana.com

Excelente bodega da Navarra, uma das mais emblemáticas de toda a Espanha segundo o Guía Campsa, e merecedora de notas altíssimas de Robert Parker. Seus vinhos de vinhedos entre os mais antigos do país são escolhidos para as mesas de personalidades como o Rei da Espanha e o Dalai Lama. O melhor vinho da casa, o Colchetas, elaborado com um corte secreto de Merlot, Cabernet Sauvignon e Malbec, é nada menos que o melhor vinho de Navarra para Robert Parker, que classificou a safra de 2005 com 95 pontos! O fabuloso Merlot, elaborado apenas nas melhores safras, também é o melhor da Espanha para Robert Parker, tendo merecido 92 pontos na safra de 2005. Os excelentes Viña Magaña Reserva e Gran Reserva, elaborados principalmente com Merlot e Cabernet Sauvignon, são concentrados e dignos de longa guarda, enquanto o sedoso e complexo Barón de Magaña, classificado com 91 pontos por Parker, é um dos grandes achados da Espanha, rico e profundo, de excelente relação qualidade/preço. O Dignus Crianza é uma verdadeira barganha, classificado com 89 pontos pelo Guía Peñín e por Robert Parker, que descreveu o tinto como “um vinho sem arestas, aromático, saboroso e fácil de gostar”. vinhos tintos

US$/gf

0791.05.0 Dignus Crianza 05 RP=87

36.90

0792.05.0 Baron de Magaña Crianza 05 RP=90(04)

43.90

0793.96.0 Viña Magaña Reserva 96

69.50

0794.85.0 Viña Magaña Gran Reserva 85

99.50

0796.05.0 Viña Magaña Merlot 05 RP=92

95.50

0795.06.0 Calchetas 06 RP=90+

119.50

Vega del Castillo www.vegadelcastillo.com

Os enófilos espanhóis consideram a região de Navarra, vizinha da Rioja, como uma das melhores fontes de grandes pechinchas no país. Vega del Castillo foi criada pela união de três históricas bodegas locais — Olite, Ujué e Pitillas — e logo em 1999 se tornou uma referência local. Seus vinhos são saborosos e interessantes, com ótimo apelo, muito fáceis de agradar, sem nada da rusticidade dos vinhos elaborados pelas grandes cooperativas de Navarra. A linha Marqués de Aldaz é vinificada em tanques de aço para destacar a opulência e o frescor da fruta. Elaborados com as castas Merlot, Tempranillo e uma parcela de Garnacha de mais de 80 anos de idade, são simplesmente irresistíveis, perfeitos para o dia a dia. Os Vega del Castillo são vinhos mais sérios, mas igualmente deliciosos. Maturados em barricas de carvalho apenas para lhes conferir mais complexidade e elegância, mantêm o perfil cheio de fruta de seus “irmãos menores”, sendo verdadeiras descobertas para quem

vinhos tintos

US$/gf

1708.09.0 Marqués de Aldaz tinto 09

14.90

1708.10.0 Marqués de Aldaz tinto 10

14.90

1709.09.0 Vega del Castillo Garnacha 09

22.90

1709.10.0 Vega del Castillo Garnacha 10

23.50

1710.09.0 Vega del Castillo Tempranillo 09

22.90

1710.10.0 Vega del Castillo Tempranillo 10

23.50

vinhos rosados

US$/gf

1711.10.0

Marqués de Aldaz rosado 10

15.90

1712.11.0

Vega del Castillo rosado 11

23.50

vinhos brancos secos

US$/gf

1713.10.0 Marqués de Aldaz blanco 10

15.90

1714.11.0

23.50

Vega del Castillo blanco 11

Priorato

Ônix

www.vinicoladelpriorat.com

Esta é uma descoberta de ótima relação qualidade/ preço na prestigiada região do Priorato, que tem dado origem a alguns dos mais cultuados vinhos da Espanha. Segundo Robert Parker, “não é fácil encontrar vinhos ao mesmo tempo acessíveis e de alta qualidade no Priorato, mas este é bastante bem feito (...) Não perca!”. O Classic é um corte de vinhas velhas de Garnacha e Cariñena, concentrado e cheio de fruta. O Evolució passa mais tempo em carvalho e é ainda mais encorpado, tendo sido recomendado pela Decanter como um dos grandes vinhos da Catalunha! O raro e austero Selecció é elaborado apenas com as melhores uvas de certas vinhas de Cariñena, com baixíssimos rendimentos. vinhos tintos

US$/gf

0352.08.0 Ônix Classic 08 RP=89(06)

53.90

0352.09.0 Ônix Classic 09

59.00

1799.09.0 Ônix Fusió 09

72.90

0354.04.0 Ônix Selecció 04

199.50

RP 90+ Baron de Magaña Crianza 2005 Bodegas Viña Magaña

Esta deliciosa combinação de Merlot com Cabernet Sauvignon e Tempranillo maturada em barricas de carvalho francês, é complexa e exuberante, com um sofisticado toque sedoso no palato. Um ótimo exemplo dos modernos vinhos de Navarra, que mereceu 90+ pontos de Robert Parker na safra de 2005.

US$ 43.90


82 | Espanha Penedès

Montsant

Can Ràfols dels Caus

vinhos tintos 1346.07.0 Acústic tinto 07 RP=90. IWC=90(06)

49.90

Esta é uma das jóias do Penedés, uma bodega de grande prestígio cujas elegantes criações estão frequentemente entre os melhores vinhos da Espanha. Seu conceituado Caus Lubis é realmente espetacular, muito aveludado, elaborado exclusivamente de Merlot. Por sua classe, riqueza e elegância, chega a rivalizar com os grandes Pomerol. O Ad Fines é um excelente Pinot Noir, talvez o melhor do país. O Gran Caus também é excelente, rico e aveludado, enquanto os Petit Caus têm estilo e ótima relação qualidade/preço. Sua maravilhosa Cava é uma especialidade a ser descoberta — bastante seca, encorpada e de incrível finesse, em um nível de qualidade superior a muitos bons Champagnes.

1346.09.0 Acústic tinto 09 RP=91

56.50

vinhos tintos

49.50

0061.08.0 Petit Caus 08

48.50

0060.02.0 Gran Caus 02 RP=90(03)

119.00

0057.96.0 Caus Lubis 96

149.50

0057.98.0 Caus Lubis 98 RP=90

193.25

0246.06.0 Petit Caus rosado 06 RP=89(05)

vinhos brancos secos 0028.06.0 Gran Caus blanco 06 RP=90(04) 0059.03.0 Vinya El Rocallís 03 RP=92

vinho espumante seco 0058.02.0 Gran Caus Reserva Brut Nature 02

1324.06.0 Braó 06 RP=92. IWC=91. WS=88M. WS=91(05) 96.50 1324.07.0 Braó 07 RP=92

97.90

1611.07.0 Auditori 07 RP=95

159.90

vinho branco seco

US$/gf

1612.10.0 Acústic blanco 10

56.50

garrafas magnum vinho tinto

US$/gf

1346.06.2 Magnum Acústic 06 (1.500 ml) RP=90

116.90

1346.09.2 Magnum Acústic 09 (1.500 ml)

122.00

1324.06.2 Magnum Braó 06 (1.500 ml)

199.50

US$/gf

0061.05.0 Petit Caus 05 WS=88(97) RP=90(03)

vinho rosado

US$/gf

RP

91

US$/gf 39.90

US$/gf 84.50 142.50

US$/gf 83.90

Acústic Esta maravilhosa bodega boutique localizada na região de Montsant, vizinha ao Priorato, elabora dois tintos realmente impressionantes a partir de um antigo vinhedo de mais de 70 anos de idade, plantado com Garnacha e Carignan. O tinto Acústic, um corte de 55% Samsó (Carignan) e 45% Garnacha, foi apontado por Robert Parker como “uma excelente introdução aos vinhos da região”, com 90 pontos do crítico, que o chama de “fantástica pechincha”. O Guía Peñin também lhe concedeu 90 pontos e as 4 estrelas por sua excepcional relação qualidade/ preço. O concentrado Braó, por sua vez, é elaborado com partes iguais de Samsó e Garnacha. Para Parker, ele “beira a opulência” e mostra uma “soberba profundidade e concentração”. Sem dúvida, entre os melhores achados de Montsant e de toda a Espanha.

Acústic 2009 Acústic

O empolgante Acústic tem um corte de 55% Samsó e 45% Garnacha, foi apontado por Robert Parker como “uma excelente introdução aos vinhos da região”, arrematando 90 pontos do crítico, que classificou o vinho como de “fantástica pechincha”. O Guía Peñin também concedeu 90 pontos ao tinto e as 4 estrelas por sua excepcional relação qualidade/preço. A região de Montsant é vizinha do Priorato e oferece vinho com um estilo semelhante, por um preço bastante condidativo.

US$ 56.50


Espanha | 83 Terra Alta

Outras regiões da Espanha

Altavins

La Ina

No extremo sul da Catalunha, Altavins elabora verdadeiras delícias na DO Terra Alta. O Domus Pensi, o melhor vinho da Bodega foi recentemente apontado como o melhor tinto da região em um painel de prova relaizado pelo respeitado jornal El Mundo, do especialista Victor de la Serna – , “um vinho que se bebe com prazer”, segundo a publicação. O Petit Negre, por sua vez, é um daqueles vinhos saborosos e cheios de fruta, que poderíam custar duaz vezes mais. O Ilercavonia é um aromático branco elaborado com Garnacha Blanca. Seu correspondente tinto, também jovem, é o Almodí, elaborado com um cativante corte de Garnacha Negra, Syrah, Cariñena, Merlot e Cabernet Sauvignon. O Tempus, “Altamente Recomendado” pela revista Decanter, foi também o vencedor do Bacchus de Plata no prestigioso concurso Bacchus, concorrendo com quase 1500 vinhos de 15 países. Terra Alta, uma região ainda pouco conhecida, oferece algumas grandes barganhas nas mão de produtores focados na qualidade, como é o caso de Altavins, que tem o cuidado de elaborar vinhos saborosos e exuberantes, sem exagerar na madeira.

Um vinho de extraordinário prestígio e fama quase mítica no Sul da Espanha, La Ina é um dos maiores nomes de Jerez, produzindo um vinho conhecido por sua grande elegância e tipicidade. Classificado com nada menos que 94 pontos do Guía Peñin 2009 — que concedeu as máximas 5 estrelas pela excepcional relação qualidade/preço do Fino La Ina — o vinho foi descrito como “expressivo, rico, complexo e equilibrado”, um grande achado e uma das maiores pechinchas entre os vinhos espanhóis. O denso Oloroso Río Viejo foi classificado com 92 pontos, com destaque para as “ótimas notas de Solera” do vinho. O Amontillado Botaina também foi muito elogiado, mostrando “muito equilíbrio e notas de frutas secas”. Os três vinhos foram classificados para o cobiçado “Pódio” dos melhores vinhos de Jerez do Guía Peñin, um feito impressionante. O rico Viña 25, por sua vez, é uma das maiores referências em Pedro Ximénez, mostrando grande complexidade. É um dos vinhos de sobremesa mais versáteis do mercado.

www.altavins.com

Jerez

vinhos tintos

US$/gf

vinhos generosos secos

41.90

1535.00.1 Fino La Ina (1/2 gf)

20.90

1536.00.0 Amontillado Botaina

49.00

1537.00.0 Oloroso Río Viejo Peñin=92

44.50

1743.09.0 Almodí Petit Negre 09

21.90

1743.10.0 Almodí Petit Negre 10 RP=90(11)

24.90

0015.04.0 Almodí 04

31.90

vinho generoso doce

35.90

1538.00.0 Pedro Ximénez Viña 25

0015.10.0 Almodí 10 0018.06.0 Tempus 06

56.25

0016.04.0 Domus Pensei 04

79.90

US$/gf

1535.00.0 Fino La Ina Peñin=94

US$/gf 42.90

Peñin

94

Almodi Petit Negre 2010 Altavins

Petit Negre é mais uma empolgante criação de Altavins, elaborado com as castas Garnacha, Syrah e Cariñena. Vinificado em tanques de aço para manter toda a exuberância e frescor da fruta, é um vinho cativante e fácil de gostar, repleto de aromas de frutas maduras. Combina muito bem com comida mas é também uma deliciosa opção para ser bebericado acompanhado apenas de uma boa conversa.

US$ 24.90

Jerez Fino La Ina La Ina Classificado com nada menos que 94 pontos do Guía Peñin 2009 — que concedeu as máximas 5 estrelas pela excepcional relação qualidade/preço do Fino La Ina — o vinho foi descrito como “expressivo, rico, complexo e equilibrado”, um grande achado e uma das maiores pechinchas entre os vinhos espanhóis.

US$ 41.90


84 | Espanha

Bodegas Carchelo

4 Kilos

www.carchelo.com

www.4kilos.com

Os vinhos da Bodegas Carchelo são os melhores da DO Jumilla, de prestígio crescente. São vinhos encantadores, feitos principalmente com a cepa nativa Monastrell, no caso do Carchelo Tinto. A Syrah é outra das especialidades da casa, beneficiandose do clima quente de Jumilla e dando origem a tintos deliciosos, como o Carchelo Syrah, de ótima relação qualidade/preço, e especialmente o ótimo Altico Syrah. O Carchelo Crianza é um dos maiores destaques, elaborado com Monastrell, Tempranillo e Cabernet Sauvignon. Com seus vinhos intensos e saborosos, Bodegas Carchelo é hoje um dos maiores nomes do Sul da Espanha.

Jóia do Mediterrâneo, a ilha de Mallorca é um dos mais inusitados terroirs da Espanha, combinando um clima seco com os famosos solos “Cal Vermell”, ricos em ferro. Neste local privilegiado — nova fronteira do vinho espanhol — Francesc Grimalt e Sergio Caballero criam minúsculas quantidades de “vinhos complexos e inimitáveis”, nas palavras do Guía Peñin. Este que é o mais conceituado guia espanhol de vinhos ficou tão impressionado com a qualidade dos vinhos que elegeu a 4 Kilos — na época com pouco mais de um ano de idade — como “Vinícola do Ano” de 2009! A filosofia por trás desta “vinícola de garagem” é selecionar as melhores uvas de diversos vinhedos de Mallorca e vinificá-las da melhor maneira em cada safra, ajustando a “crianza” de acordo com o estilo de uva que cada safra originou. Francesc Grimalt, antigo diretor técnico da pioneira vinícola Anima Negra, foi um dos responsáveis pelo resgate da quase extinta casta Callet, que confere grande originalidade aos vinhos de 4 Kilos, onde a uva é combinada com castas internacionais como a Cabernet Sauvignon, Syrah e a Merlot, além de pequenas parcelas de Fogoneu e Manto Negro. Com seus rótulos modernos, os vinhos são realmente ótimos: complexos, originais e cheios de caráter.

Jumilla

vinhos tintos

Mallorca

US$/gf

0002.09.0 Carchelo 09 RP=88

31.50

0002.10.0 Carchelo 10

34.50

0001.05.0 Altico Syrah 05 RP=90(06)

38.90

0001.08.0 Altico Syrah 08 RP=89

39.90

1539.07.0 Vedré 07

45.50

1539.09.0 Vedré 09

49.90

1973.08.0 Finca Sierva 08 RP=91

59.90

Belondrade y Lurton Rueda

www.belondradeylurton.com

vinhos tintos

Na região de Rueda, Belondrade y Lurton produz um dos melhores e mais originais vinhos brancos da Espanha, elaborados com a casta Verdejo, fermentada e maturada em barricas de carvalho. Para Robert Parker, trata-se de “um dos dois melhores vinhos brancos elaborados na Espanha”. Para Jancis Robinson, os brancos são “verdadeiros marcos históricos para a região”. Este vinho único, criado com inspiração nos grandes brancos de Pessac-Léognan, em Bordeaux, mostra grande complexidade e uma impressionante textura no palato. Uma verdadeira descoberta. O Quinta Apolonia é o delicioso segundo vinho da propriedade, elaborado com a mesma casta, sendo 30% do vinho maturado em barricas usadas no Belondrade y Lurton da safra anterior e 70% maturado em tanques de aço. É fresco e saboroso, com grande personalidade. vinhos brancos

US$/gf

1394.07.0 Quinta Apolonia Verdejo VdlT 07 RP=90

55.75

1393.05.0 Belondrade y Lurton Rueda 05 WS=89

99.90

US$/gf

1732.09.0 “12” Volts 09

83.90

1733.08.0 “4” Kilos 08

129.50

1733.09.0 “4” Kilos 09

144.50


Espanha | 85

Jorge Ordoñez

Viñas del Cénit

www.jorge-ordonez.es

Castilla y Léon

Málaga e outras Segundo Jancis Robinson, Jorge Ordoñez é dotado de uma “energia sem limites”. Um verdadeiro embaixador do vinho espanhol, foi descrito por Robert Parker como o “catalizador que inspirou a descoberta de vários vinhos espanhóis de alta qualidade”, “uma força impetuosa atrás da descoberta de castas autóctones e de regiões que agora estão cada vez mais em alta”. Trata-se de um personagem de muito talento, responsável por descobrir e consagrar alguns dos vinhos e regiões mais espetaculares da Espanha. Em Málaga, seu local de nascimento, Ordoñez elabora uma incrível coleção de vinhos doces – os históricos ‘Mountain Wines’ – concebidos com a ajuda de ninguém menos que o genial Alois Kracher. Elaborados com a casta Muscat, incluindo uvas de vinhedos centenários, são vinhos de impressionante concentração, mantendo uma ótima e refrescante acidez. O Special Selection, fermentado em tanques de aço, foi descrito como “doce, intenso e picante” pela Master of Wine Julia Harding, colega de Jancis Robinson. O Victoria, elaborado com uvas de um vinhedo excepcional, com mais de 50 anos de idade, tem nada menos que 258g/l de açúcar residual (o Château d’Yquem, por exemplo, tem 150g/l nas melhores safras) e uma acidez suficiente para deixar o vinho elegante e equilibrado. Segundo Robert Parker, que concedeu 93 pontos para a safra de 2006, “os aromas de frutas tropicais beiram o exótico”. O Old Vines, por sua vez, é elaborado com uma seleção especial das uvas dos vinhedos mais antigos do cuvée Victoria, e lembra um Vin de Paille de Hermitage para Robert Parker. Para a inglesa Julia Harding MW, “se ouro tivesse um aroma, seria o deste vinho”. O Botani – um surpreendente vinho seco – mostra “aromas florais de cair de costas” para Robert Parker, com ótima acidez e equilíbrio. vinho branco seco 1304.07.0 Botani Málaga 07 RP=90 WS=87

1302.06.1 Victoria Málaga 06 (1/2 gf)

US$/gf

1766.07.0 Las Brisas Tempranillo 07

37.50

1294.07.0 Venta Mazzaron Tempranillo 07

RP=91(05). WS=91(03)

53.90

1294.09.0 Venta Mazzaron Tempranillo 09 1767.06.0 Demora Tempranillo 06

54.90 99.50

1295.05.0 Cénit Tempranillo 05 RP=93

149.00

59.90

RP

1301.06.1 Selecció Especial Málaga 06 (1/2 gf) RP=90(04). WS=89 RP=91

vinhos tintos

US$/gf

vinhos brancos doces

Em Castilla y Léon, na região de Tierra del Vino de Zamora, próximo a Toro, são elaborados os fantásticos vinhos de Viñas del Cénit. O Venta Mazzaron é um delicioso Tempranillo, apontado pela The Wine Advocate de Robert Parker como “uma das melhores relações qualidade/preço da Espanha”, classificando a safra de 2005 com 91 pontos. O magnífico Cénit é elaborado com uvas de vinhedos entre 60 e 100 anos de idade, plantados em pé franco e maturados por 18 meses em barricas de carvalho. A safra de 2006 recebeu 93 pontos de Parker que o descreveu como “rico, intenso, completo e com ótima estrutura”. Com uvas de um excelente vinhedo de Tempranillo plantado há mais de 50 anos próximo à região de Toro, Cenit elabora o moderno e cativante Demora, maturado em barricas de carvalho francês. Logo em sua primeira safra, já recebeu 91 pontos do Guía Peñin, 92 pontos do Campsa e foi classificado como “outstanding” pela Wine Spectator. Trata-se de um vinho sedoso e intenso, de produção bastante limitada. O cativante Las Brisas é uma ótima compra” e “um vinho que agrada multidões” na opinião de Robert Parker. São todos belas descobertas, com o toque exuberante e moderno desta nova e empolgante região da Espanha.

91

63.25 142.00

1303.06.1 Viñas Viejas Málaga 06 (1/2 gf) RP=93 WS=90 199.25

Selecció Especial Málaga 2006 (1/2 gf) Jorge Ordoñez Em Málaga, Ordoñez elabora este impressionate ‘Mountain Wine’ – que foi concebido com a ajuda do genial Alois Kracher. O Special Selection, fermentado em tanques de aço, foi descrito como “doce, intenso e picante” pela Master of Wine Julia Harding. Elaborados com a casta Muscat, incluindo uvas de vinhedos muito antigos, é um vinho de impressionante concentração, mantendo uma ótima e refrescante acidez

US$ 63.25


86 | Espanha

Bodegas Mano a Mano

Viña Nora

Castilla-La Mancha

Rías Baixas

Após pouquíssimas safras no mercado, as Bodegas Mano a Mano já são consideradas uma das maiores referências para vinhos de Castilla-La Mancha, elaborando vinhos “que mostram uma qualidade muito superior ao que seus preços sugerem” na opinião de Robert Parker. O vinho mais emblemático da vinícola, o Mano a Mano Tempranillo, foi apontado por Robert Parker como uma das maiores pechinchas da Espanha e mereceu 88 pontos do critico nas safras 2007 e 2008. O Manon é igualmente impressionante e foi destacado como “uma das compras do mundo do vinho” por Parker. Trata-se de um cativante Tempranillo, maturado 7 meses em barricas de carvalho. Macio e cheio de fruto, com uma certa elegância, é uma fantástica escolha para ter sempre em casa.

Na beira do rio Minho, quase na fronteira com Portugal, Viña Nora elabora alguns dos Albariños de maior personalidade de toda a Espanha. O Nora, sem passagem por madeira, é aromático e fresco, com grande profundidade de fruta. O Nora de Neve é uma verdadeira raridade: fermentado e maturado por 7 meses em barricas de carvalho francês, ele é elaborado com vinhedos de baixíssimo rendimento, provavelmente os menores de toda região de Rias Baixas. A grande concentração das uvas permite um casamento perfeito com as barricas de carvalho, sem que o caráter complexo da Albariño fique em segundo plano. Um dos grandes brancos da Espanha, que merece ser descoberto.

vinhos tintos

US$/gf

1762.09.0 Manon Tempranillo 09

23.90

1540.08.0 Mano a Mano Tempranillo 08 RP=88

27.50

vinhos brancos

US$/gf

1299.07.0 Nora Rías Baixas 07 WS=87

59.90

1300.06.0 Nora da Neve Rías Baixas 06 RP=90(08) WS=87 97.50

Bodegas Naia Rueda Com vinhedos plantados há mais de 30 anos em “La Seca”, considerado o “Grand Cru” de Rueda – uma das regiões favoritas para brancos de toda península ibérica – as Bodegas Naia elaboram vinhos intensos e complexos, com um adorável frescor. O Las Brisas é um ótimo corte de 50% Verdejo, com partes iguais de Sauvignon Blanc e Viura. Apontado como um “Best Buy” por Robert Parker, é leve e aromático, com cativantes notas cítricas. O Naia, também um “Best Buy” para Parker, é elaborado apenas com a uva Verdejo, mostrando uma “surpreendente textura elegante e fresca” nas palavras de Robert Parker. O Naiades, um suntuoso Verdejo elaborado com uvas de vinhedos com mais de 80 anos de idade, plantados em pé franco, mostra riqueza e finesse incomuns para vinhos feitos com esta uva, sendo uma verdadeira descoberta. vinhos brancos

US$/gf

1541.09.0 K-Naia 09

33.90

1296.07.0 Las Brisas Rueda 07

39.90

1296.09.0 Las Brisas Rueda 09 WS=87

32.90

1297.07.0 Naia Rueda 07 WS=89(06). RP=88

49.90

1298.06.0 Naiades Rueda 06 RP=90 WS=91(05)

95.50

RP 88

Mano a Mano Tempranillo 2008 Bodegas Mano a Mano

Elaborado com uvas Tempranillo de vinhedos próprios e maturado 6 meses em barricas de carvalho, este delicioso tinto foi apontado por Robert Parker como uma das melhores pechinchas da Espanha e recebeu 88 pontos do crítico na safra de 2008. Saboroso e cheio de fruta madura, é um vinho fácil de gostar, com um inegável acento espanhol.

US$ 27.50


Pechinchas do Velho Mundo

RP 90 RP 90 ST 90

1980000 Memoro Bianco

1989100 Côtes du Rhône Gentilhomme 2010

Poucos meses depois de ser lançada com sucesso na Europa, a versão “branco” do celebrado Memoro chega ao Brasil. Como no caso do tinto, trata-se de um curioso corte de uvas de quatro regiões da Itália, que por sua denominação “Vino d´Itália” não pode ser safrado. A combinação sui generis de 40% de Viognier da Sicília, 30% de Chardonnay do Trentino, 20% de Vermentino da Maremma e 10% de Pecorino do Marche resulta em um vinho inigualável, que reflete o autêntico acento italiano. É mais uma saborosa invenção da família Piccini, famoso produtor da Toscana, que se dedicou ao estudo detalhado das variedades brancas de diferentes zonas vitivinícolas do país, experimentando cortes inusitados até chegar no Memoro Bianco, um vinho surpreendente, denso, cheio de fruta e com toque elegante de madeira. É uma novidade que promete repetir o grande sucesso do Memoro Tinto.

Um saboroso achado da denominação de Côtes du Rhône, o Gentilhomme é fresco e repleto de notas de fruta, com um toque terroso no palato que é perfeito para acompanhar comida. Excelente relação qualidade-preço!

US$ 24.90

US$ 45.50

0493100 Monte da Ravasqueira tinto 2010

0565090 Urban Oak Ribera 2009

1595090 Perdera Monica di Sardegna DOC 2009

Medalha de Ouro no conceituado concurso alemão MundusVini, o ótimo Monte da Ravasqueira tinto é maduro e exuberante, com taninos suaves e final de boca longo e persistente, no melhor estilo do Alentejo. Elaborado pelas mãos do celebrado enólogo Rui Reguinga, com castas selecionadas onde predominam Aragonez e Trincadeira, mas com uma pequena porcentagem de Alicante e Cabernet Sauvignon, originando um vinho complexo, macio e muito original.

Este delicioso tinto de Ribera del Duero, na Espanha, recebeu muitos elogios de Robert Parker, que descreveu o tinto como “cheio de sabor, fresco e fácil de gostar”. Recebeu nada menos do que 91 pontos de Parker na safra 2007— cotação realmente impressionante para um vinho europeu desta faixa de preços. Grande achado!

Piccini

US$ 27.90

Monte da Ravasqueira

US$ 31.50

Ogier

US$ 28.50

1953100 Flying Solo Grenache Syrah 2010

Domaine Gayda

O Flying Solo é uma saborosa combinação de Grenache e Syrah, repleto de notas de fruta. Um tinto muito gostoso e fácil de gostar, que combina muito bem com pizzas, massas e até cachorro quente!

O. Fournier

US$ 46.50

0513070 Ceregio Sangiovese di Romagna 2007

Zerbina

“Um dos Sangioveses preferidos em sua faixa de preço” para The Wine Advocate de Robert Parker, “entra ano e sai ano”, o Ceregio é um vinho incrivelmente gastronômico, combinando com “praticamente tudo” segundo Antonio Galloni. O vinho é famoso por seu delicioso aroma de cerejas maduras. Elaborado com muito cuidado por Christina Geminiani, que colhe as uvas gradualmente para garantir a maior maturidade de todas as frutas, o Ceregio é um vinho cativante, saboroso, redondo e macio, que agrada a todos os palatos.

Argiolas

Classificada com a prestigiosa “stella” pela invejável marca de 16 “tre bicchieri” acumulados, Argiolas é sem dúvida um dos grandes nomes do sul da Itália. Cheio de fruta madura, o Perdera foi considerado um vinho “delicioso” por Robert Parker. Ótima relação qualidade/preço!

US$ 41.90


Portugal Por incrível que pareça, muitos enófilos ainda não foram apresentados às grandes jóias entre os novos vinhos de Portugal – tão impressionantes que conquistaram até mesmo a crítica norte-americana, pouco acostumada com o estilo particular de muitas castas de Portugal. Alguns dos mais cultuados vinhos do país, safras antigas das Caves São João e o novo Munda são verdadeiras raridades, difíceis de serem encontrados até em Portugal. O catálogo da Vinci traz outros excelentes produtores portugueses, incluindo o clássico Alvarinho do Palácio da Brejoeira, os extraordinários Porto de Fonseca – um dos mais grandiosos nomes do mundo do vinho – e muitos outros achados. Além de todos os ícones, o país também produz verdadeiras pechinchas que merecem ser descobertas.


Portugal | 89 “Intenso, potente e complexo”, com um “final glorioso”, Fonseca 20 years Old Tawny recebe 94 pontos da Wine Spectator. Dão

Caves São João

Robinson e Neil Martin — e foi selecionado como um dos 10 melhores vinhos do Dão pela Revista de Vinhos!

Um dos nomes de maior tradição no Dão, elaborando os consagrados Dão Porta dos Cavaleiros, tinto e branco, de bastante caráter e ótima relação qualidade/ preço. Seus Reservas são muito conceituados e, como os famosos vinhos do produtor na Bairrada, conhecidos por sua longevidade. São todos vinhos de estilo tradicional e personalidade tipicamente portuguesa.

O Quinta do Mondego segue um estilo mais clássico, sendo produzido com um cativante corte de Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Alfrocheiro. É um tinto elegante e repleto de nuances. O Quinta do Mondego Rosado é elaborado a partir da sangria do precioso mosto do tinto, se transformando em um rosé cheio de notas de frutas silvestres, “perfeito para a mesa”, segundo a Revista de Vinhos. O Munda Encruzado, um branco de minúscula produção, mostra bem porque esta rara casta goza de tamanho prestígio em Portugal. Fermentado em barricas de carvalho e maturado com as borras, ele é denso mas cheio de finesse. A Revista de Vinhos concedeu 17/20 pontos para a safra 2009, descrevendo o vinho como “cheio de classe, com capacidade para excelente evolução em cave”.

www.cavessaojoao.com

vinhos tintos

US$/gf

0079.07.0 Dão Porta dos Cavaleiros 07

23.50

0079.08.0 Dão Porta dos Cavaleiros 08

24.50

0079.08.1 Dão Porta dos Cavaleiros 08 (1/2 gf)

14.90

0079.09.0 Dão Porta dos Cavaleiros 09

23.50

0079.09.1 Dão Porta dos Cavaleiros 09 (1/2 gf)

14.90

0081.07.0 Dão Porta dos Cavaleiros Reserva 07

52.90

vinhos brancos secos

US$/gf

0080.05.0 Dão Porta dos Cavaleiros branco 05

18.90

0080.11.1 Dão Porta dos Cavaleiros branco 11 (1/2 gf)

14.90

garrafa magnum vinho tinto

US$/gf

0081.75.2 Magnum Dão Porta Cavaleiros Reserva 75 (1.500 ml) 549.50

Quinta do Mondego (Munda)

Estes são achados que a Vinci novamente traz para você em primeira mão, e que prometem causar furor entre os apreciadores de vinhos portugueses pelo mundo afora! vinhos tintos

US$/gf

1772.07.0 Quinta do Mondego 07

47.50

1771.07.0 Munda Touriga Nacional 07

95.00

vinho branco seco 1774.09.0 Munda Encruzado 09

US$/gf 47.50

www.quintadomondego.com

A bela Quinta do Mondego está localizada em um dos melhores terroirs do Dão. E além desta sorte, combina também os talentos dos enólogos Joana Cunha, dona da propriedade, e de Francisco Olazabal, o famoso enólogo do Quinta do Vale Meão que, entre outras condecorações, acaba de ser eleito “Enólogo do Ano” pela publicação portuguesa Revista de Vinhos. A Quinta já contava com uma coleção de vinhas velhas plantadas em solos graníticos. Estes ótimos vinhedos antigos foram recuperados e novos vinhedos foram plantados, selecionando castas e clones para aproveitar a incrível variedade de solos desta pequena propriedade. Seu maravilhoso Munda Touriga Nacional já se tornou um verdadeiro “cult wine” em Portugal — um dos mais novos ícones do país, sendo disputado pelos apreciadores e conquistando diversos prêmios logo em sua safra de lançamento. Ele foi apontado como um dos 12 melhores vinhos portugueses elaborados com a Touriga Nacional na conferência internacional no Douro — que contou com a presença de 100 dos melhores produtores de Portugal e jornalistas do peso de Jancis

Quinta do Corujão A Quinta do Corujão é uma das novas estrelas da promissora região do Dão, elaborando vinhos concentrados e intensos, de muita estirpe, que vêm conquistando importantes prêmios e reconhecimentos em Portugal. Seu maravilhoso Garrafeira 2000, por exemplo, foi indicado como um dos 19 melhores tintos portugueses no guia Vinhos de Portugal 2005, de João Paulo Martins. É um verdadeiro achado, indicado ao lado de vinhos de preço bem mais elevado. Seus Reserva e Colheita também são ótimos e muito bem proporcionados, combinando intensidade e elegância sem descartar a tipicidade da região. São todos elaborados organicamente. vinhos tintos

US$/gf

0415.01.0 Quinta do Corujão Reserva 01

32.90

0415.03.0 Quinta do Corujão Reserva 03

32.90

0413.05.0 Quinta do Corujão Garrafeira 05

42.90

0414.04.0 Quinta do Corujão Grande Escolha 04 RdV=17.5

71.90

vinho branco seco

US$/gf

0411.05.0 Quinta do Corujão branco 05

22.90


90 | Portugal Alentejo

Monte da Ravasqueira www.ravasqueira.com

Esta excelente propriedade está situada em uma das melhores localizações do Alentejo, próximo à cidade de Arraiolos. Trata-se do novo projeto do talentoso Joaquim Guimarães, que escolheu como enólogo o conceituado Rui Reguinga. Os vinhos são elaborados no mais saboroso estilo alentejano, sendo ricos, intensos e modernos. O Monte da Ravasqueira tinto é produzido com Syrah, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Aragonez, Trincadeira, Touriga Franca e Petit Verdot. Ele recebeu a medalha de ouro no importante concurso alemão MundusVini. Os Fonte da Serrana, tinto e branco, apresentam ótima relação qualidade/preço, enquanto os Calantica são produzidos em estilo jovem, sem contato com a madeira. A propriedade também produz um belo rosé, com o rótulo Monte da Ravasqueira. vinhos tintos

US$/gf

0559.10.0 Calantica tinto 10

15.75

0558.10.0 Fonte da Serrana 10 RP=87(09)

19.50

0493.10.0 Monte da Ravasqueira tinto 10

31.50

0736.08.0 Monte da Ravasqueira Vinha das Româs 08 RP=89 99.50 0736.09.0 Monte da Ravasqueira Vinha das Româs 09

85.90

1921.08.0 Flavours Petit Verdot 08

155.00

1775.07.0 MR Premium 07

253.90

vinho rosado 0737.10.0 Monte da Ravasqueira rosado 10

US$/gf 27.50

vinho branco seco US$/gf 0738.10.0 Monte da Ravasqueira branco 10

31.50

O Monte da Ravasqueira Tinto recebeu Medalha de Ouro no importante concurso alemão MundusVini.

Monte da Ravasqueira tinto 2010 Monte da Ravasqueira

Medalha de Ouro no conceituado concurso alemão MundusVini, o ótimo Monte da Ravasqueira tinto é maduro e exuberante, com taninos suaves e final de boca longo e persistente, no melhor estilo do Alentejo, é um vinho complexo, macio e muito original.

US$ 31.50


Portugal | 91 Douro

Madeira

Quinta da Pacheca

Madeira Wine Company

A Quinta da Pacheca é uma das mais tradicionais propriedades do Douro, estabelecida desde 1738, e desde meados do século XVIII ligada à família Serpa Pimentel. Hoje a conceituada Quinta, uma das mais visitadas do Douro, está nas mãos da nova geração da família, produzindo excelentes vinhos de mesa e vinhos do Porto. O tradicional Quinta da Pacheca tinto é rico e saboroso, elaborado com uma mescla de castas do Douro. O Reserva, ainda mais denso e concentrado, é produzido apenas em safras excepcionais. O branco é intenso e cítrico, elaborado com Cerceal, Gouveio e Malvasia Fina. O saboroso e macio Quinta do Vale Abraão é produzido com vinhas mais jovens, plantadas com Tinta Amarela e Cabernet Sauvignon.

A ilha da Madeira foi descoberta em 1419 e há muitos séculos é reputada pela excelente qualidade de seus vinhos únicos, sem equivalentes em nenhuma outra região do mundo. A partir do século XVII, os navios portugueses a caminho do Brasil sempre paravam na ilha para se abastecerem dos conceituados vinhos da Madeira. No século XIX, eles eram talvez os mais valorizados vinhos do mundo e hoje voltam cada vez mais a cair nas graças dos conhecedores. Fortificados, muitos Madeiras são capazes de durar séculos. A Madeira Wine Company é uma das mais tradicionais produtoras de vinhos da Madeira, fundada em conjunto pela famosa casa Blandy’s, e hoje pertencente à família Symington, dos portos Graham’s. Seu tradicional z Medium Rich apresenta média doçura e uma excelente relação qualidade/preço.

www.quintadapacheca.com

vinhos tintos

www.madeirawinecompany.com

US$/gf

0572.04.0 Quinta da Pacheca Reserva 04

69.90

1548.07.0 Quinta da Pacheca Reserva Vinhas Velhas 07

85.00

Madeira US$/gf

1549.07.0 Quinta da Pacheca Vinha da Rita 07

149.50

0557.00.0 Ferraz Medium Rich

1550.07.0 Quinta da Pacheca Touriga Nacional 07

149.50

29.50

Quinta do Pôpa www.quintadopopa.pt

Com alguns dos vinhedos de melhor localização de todo o Douro — plantados com Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Sousão e um grande percentual de Touriga Nacional, além de várias parcelas de vinhas antigas, com mais de 60 anos de idade — Zeca Pôpa sonhou elaborar alguns dos melhores tintos do Douro. Para tanto, chamou ninguém menos que seu amigo e enólogo Luís Pato, que vem usando seu talento e perfeccionismo para talhar vinhos complexos e cheios de caráter, marcados pela inconfundível opulência que é a marca registrada de tantos dos melhores vinhos da região. vinhos tintos 1968.07.0 Quinta do Pôpa Preffácio 07

US$/gf 45.50

1969.07.0 Quinta do Pôpa Touriga Nacional 07

73.50

1970.07.0 Quinta do Pôpa Tinta Roriz 07

96.90

1971.07.0 Quinta do Pôpa Vinhas Velhas 07 RP=93(08)

119.50

1972.07.0 TRePA 07

127.50

1972.08.0 TRePA 08

129.90

Quinta do Pôpa Preffácio 2007 Quinta do Pôpa

Segundo Robert Parker, a Quinta do Pôpa já está colhendo os frutos de ter contratado o genial Luis Pato como enólogo. Produzido com uma apetitosa combinação das castas Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional plantadas em solos xistosos e vinificados nos tradicionais lagares de granito, o Preffácio mostra um cativante frutado e um toque sedoso no palato. Uma bela opção entre os novos tintos do Douro, de excelente relação qualidade/preço..

US$ 45.50


92 | Portugal Bairrada

Vinhos Verdes

Caves São João

Palácio da Brejoeira

Produtor e negociante excepcional, que vende quase toda sua produção dentro de Portugal. Os vinhos, todos muito típicos, tradicionais e de longa guarda, são considerados naquele país como vinhos de referência. As famosas Reservas são verdadeiros ícones do vinho português, em estilo único e capazes de durar décadas, assim como os tintos de sua Quinta do Poço do Lobo, cujo Cabernet Sauvignon mereceu recentemente o prêmio de “Melhores por região” na Bairrada pela Revista de Vinhos. A casa também produz dois espumantes tipicamente bairradinos: um branco e um interessante espumante tinto, elaborado com a uva Baga, bom para feijoada e pratos fortese gordurosos.

Palácio da Brejoeira é talvez o mais famoso nome em Vinho Verde, uma das grandes expressões da uva Alvarinho. No início dos anos 80, mostrou ao mundo o grande potencial desta casta, produzindo um vinho muito mais refinado e elegante que os Vinhos Verdes da época, sendo hoje considerado um dos ícones do vinho português. Aromático, fresco e com ótima presença no palato, é um Alvarinho em estilo tradicional, que surpreende quem apenas provou os exemplos mais comerciais de Vinho Verde. Construido no século XVIII, o suntuoso Palácio da Brejoeira é um dos marcos históricos do país. Os vinhedos que dão origem a este ótimo branco foram plantados no terreno do próprio palácio. Realmente uma raridade!

www.cavessoajoao.com

vinhos tintos

www.palaciodabrejoeira.pt

US$/gf

0074.03.0 Bairrada Frei João tinto 03

19.90

vinhos brancos secos

0074.07.0 Bairrada Frei João tinto 07

24.50

0637.10.0 Alvarinho Palácio da Brejoeira 10

0074.07.1 Bairrada Frei João tinto 07 (1/2 gf)

14.90

0074.08.0 Bairrada Frei João tinto 08

23.50

0074.08.1 Bairrada Frei João tinto 08 (1/2 gf) 0666.63.0 Bairrada Frei João Reserva 63

14.90 429.00

0666.05.0 Bairrada Frei João Reserva 05

52.90

0666.08.0 Bairrada Frei João Reserva 08

49.90

0666.09.0 Bairrada Frei João Reserva 09

49.90

0075.88.0 Bairrada Quinta do Poço do Lobo 88

138.00

0084.05.0 Bairrada Quinta do Poço do Lobo Reserva 05

48.50

0084.09.0 Bairrada Quinta do Poço do Lobo Reserva 09

59.50

0078.07.0 Caves São João Reserva 07

49.90

0735.64.0 Caves São João Reserva Particular 64

vinho rosado

439.50

US$/gf

1967.11.0 Bairrada Frei João rosado 11

vinhos brancos secos

23.50

US$/gf

0073.10.0 Bairrada Frei João branco 10

23.50

0073.10.1 Bairrada Frei João branco 10 (1/2 gf)

14.90

1770.09.0 Bairrada Frei João Reserva branco 09

39.90

vinhos espumantes secos

US$/gf

0076.00.0 Caves São João branco bruto

29.90

0077.00.0 Caves São João tinto bruto 00

27.75

Aguardente US$ 1498.00.9 Aguardente Velha São João (0,7 litro)

54.50

Dão Porta dos Cavaleiros tinto 2009 Caves São João (Dão)

Verdadeiro clássico português, o célebre Porta dos Cavaleiros possui uma legião de admiradores em Portugal. O estilo é dos grandes tintos de antigamente, com boa estrutura e um ótimo toque terroso.

US$ 23.5

US$/gf 63.90


Portugal | 93 Porto

Fonseca Port

Quinta da Pacheca

Pouquíssimas casas de Vinho do Porto têm um prestígio comparável à lendária Fonseca Guimaraens, que desde 1822 elabora alguns dos mais profundos, complexos e longevos vinhos do planeta. Fonseca é considerado um dos quatro melhores produtores de Porto para toda a imprensa especializada e é indicado por Robert Parker entre os melhores produtores do mundo em seu mais recente livro, “The World’s Greatest Wine Estates”. Parker destaca que se trata do “mais exuberante, expressivo e exótico” de todos os vinhos do Porto, com seu “inconfundível aroma de especiarias”. Proprietária de algumas das melhores Quintas do Douro, Fonseca produz vinhos excepcionais, em um estilo voluptuoso e sensual, e é um verdadeiro colecionador de prêmios. Recebeu nada menos que quatro notas 100 da Wine Spectator, e o título de “Melhor Vinho do Ano” para seu Vintage 1994, que já foi eleito o melhor vinho do mundo para a revista. Toda a linha de vinhos é excelente, incluindo verdadeiros “clássicos” do Vinho do Porto como o ótimo Bin 27, seus consagrados 10 e 20 Anos, seu rico LBV e seus maravilhosos Vintage.

Esta conceituada Quinta do Douro, estabelecida desde 1738, além de seus saborosos tintos e brancos de mesa também elabora um ótimo Porto Tawny 8 Anos, com vinhas velhas das excelentes castas durienses Tinta Amarela, Tinto Cão e Tinta Roriz. São vinhos ricos, com um delicioso aroma de frutas secas e caramelo.

www.fonseca.pt

Porto

www.quintadapacheca.com

37.90

0640.00.0 Fonseca Ruby

37.90

0641.00.0 Fonseca White

37.90

0642.00.0 Fonseca Siroco Branco Seco

49.90

0643.00.0 Fonseca Premium Reserve Bin 27 WS=90

49.90

1499.00.0 Terra Prima Reserva Orgânica

59.90

1500.05.0 Fonseca Unfiltered LBV 05

64.90 135.00

0646.00.0 Fonseca 40 Years Old Tawny WS=91

459.00

139.50

0649.08.0 Guimaraens Vintage 08

169.50

0647.00.0 Fonseca Vintage 00 RP=95. WS=90

WS

94

US$/gf

0649.01.0 Guimaraens Vintage 01 WS=90(04) 0649.08.1 Guimaraens Vintage 08 (1/2 gf)

139.70

89.90

0645.00.0 Fonseca 20 Years Old Tawny WS=94

Porto Vintage

0595.03.0 Quinta da Pacheca Vintage 03

US$/gf

0639.00.0 Fonseca Tawny

0644.00.0 Fonseca 10 Years Old Tawny

Porto US$/gf

96.90 189.00

0648.07.1 Fonseca Vintage 07 (1/2 gf) RdV=19

123.50

0648.09.0 Fonseca Vintage 09

259.00

1501.05.0 Quinta do Panascal Vintage 05 WS=90(04)

109.50

Fonseca 20 Year Old Tawny Fonseca Port

Com uma média de envelhecimento em casco de 20 anos, é um Vinho de cor âmbar com reflexos aloirados. A complexa mistura no bouquet de fruta madura, canela, notas de manteiga e caramelo e as nuances de carvalho, confirmamse no paladar que é rico com uma textura sedosa conduzindo a um longo e elegante fim de boca.

US$ 135.00


Enogastronomia

BACALHAU Viña Real Blanco Fermentado en Barrica 2010 CVNE | 1402100 US$ 40.50

Sancerre Comte Lafond rouge 2005 Baron de Ladoucette & Comte Lafond | 1386050 US$ 79.75 Governo di Castellare 2008 Castellare di Castellina | 0755080 US$ 41.50 Dolcetto d’Alba DOC 2009 Bera | 1661090 US$ 29.90 Viña Gravonia Crianza 2002 Viña Tondonia (López de Heredia) |0490020 US$ 71.50 Bairrada Frei João tinto 2008 Caves São João | 0074080 US$ 23.50


Enogastronomia | 95

CABRITO AO FORNO

Max Reserva Cabernet Sauvignon 2009 Errazuriz | 0775090 US$ 43.90 Costera Cannonau di Sardegna DOC 2008 Argiolas | 1593080 US$ 44.90 12 Volts 2009 Apollonia/4 Kilos | 1732090 US$ 83.90 Vi単a Real Reserva 2005 CVNE | 0135050 US$ 77.90 Rosso di Montalcino 2008 Argiano | 1174080 US$ 56.90 Crozes Hermitage Comte de Raybois 2009 Ogier | 1984090 US$ 59.50


Enogastronomia

TENDER Bardolino Classico 2010 Guerrieri-Rizzardi | 0717100 US$ 37.90 Vin Gris de Cigare 2009 Bonny Doon | 1755090 US$ 46.50 Bourgogne Pinot Noir 2009 Chanson Père & Fils | 1572090 US$ 49.50 Boutári Rosé Sec TO Macedônia 2010 Boutári | 0622100 US$ 26.90 Gayda Syrah 2009 Domaine Gayda | 1954090 US$ 29.90


Enogastronomia | 97

PERU Wild Fermented Pinot Noir 2010 Errazuriz | 0778100 US$ 52.90 LĂŠgende R Bordeaux Rouge 2009 Domaines Barons de Rothschild | 0669090 US$ 34.50 Fontodi Syrah Case Via 2004 Fontodi | 1522040 US$ 159.50 Le Cigare Blanc 2007 Bonny Doon | 0046070 US$ 59.50 Gayda Syrah 2009 Domaine Gayda | 1954090 US$ 29.90 Terra Andina Syrah 2010 Terra Andina | 0538100 US$ 18.50


Enogastronomia

LEITÃO

J. Alberto 2008 Bodegas Noemía | 0654080 US$ 68.90 Côtes du Rhône Gentilhomme 2010 Ogier | 1989100 US$ 28.50 Guardian Peak SMG Blend 2008 Guardian Peak | 0234080 US$ 49.90 Terra Andina Reserva Pinot Noir 2010 Terra Andina | 0695100 US$ 27.90 La Vendimia 2010 Palácios Remondo | 0361100 US$ 38.90 Schietto Syrah 2007 Principi di Spadafora | 0583070 US$ 57.90


Enogastronomia | 99

FRUTAS SECAS

Fonseca Premium Reserve Bin 27 Fonseca Port | 0643000 US$ 49.90 Fonseca White Fonseca Port | 0641000 US$ 37.90 Jerez Fino La Ina La Ina | 1535000 US$ 41.90 Jerez Oloroso Rio Viejo La Ina | 1537000 US$ 44.50

CORDEIRO Bloodstone Shiraz 2010 Gemtree Vineyards | 1993100 US$ 59.90

Don Maximiano Founder’s Reserve 2007 Errazuriz | 0772070 US$ 189.00 Spiga 2005 O. Fournier | 0566050 US$ 87.90 Kaiken Ultra Malbec 2010 Kaiken | 0272100 US$ 43.50 Montepulciano d’Abruzzo 2008 La Valentina | 1807080 US$ 34.90 Saint Chinian 2009 Hecht & Bannier | 0263090 US$ 59.50


Itália OS MELHORES VINHOS ITALIANOS GOZAM DE IMENSA REPUTAÇÃO e o catálogo da Vinci – com tantos dos melhores do país – precisa ser descoberto por aqueles que adoram os bons vinhos da península. La Spinetta – simplesmente o segundo melhor produtor da Itália para o Gambero Rosso – Elio Altare, e tantos dos nomes que escreveram a história do vinho de qualidade no Piemonte são maravilhas que você só encontra aqui. Conte D’Attimis-Maniago, com seus brancos sedutores, ajudou a escrever a história do Friuli e dos grandes brancos italianos. Na Toscana, os tesouros também são muitos, com os premiadíssimos vinhos de Fontodi, para muitos a grande referência em Chianti Classico. Castellare di Castellina, além de elaborar alguns dos mais clássicos vinhos da Toscana, foi o produtor escolhido pelo Château Lafite-Rothschild para seu joinventure na Itália. A seleção de fantásticos vinhos da Toscana da Vinci ainda inclui alguns dos mais clássicos vinhos da região, além dos supertoscanos de Le Pupille e os disputados Brunello de Argiano, entre muitos outros. O sul da Itália guarda belas surpresas como os magníficos vinhos de Argiolas – o maior e mais premiado nome da Sardenha.


Itália | 101 Com nada menos que 37 “tre bicchieri” do Gambero Rosso, La Spinetta é a segunda melhor vinícola da Itália para o cultuado guia

Piemonte

La Spinetta

Bera

a a a

Barbaresco, Barbera, Superpiemonteses

Barbaresco, Barbera, Langhe

www.la-spinetta.com

www.bera.it

Um dos nomes de maior prestígio na Itália, classificado como segundo melhor produtor do país pelo conceituado Gambero Rosso que lhe confere suas 3 Estrelas e nada menos do que 37 Tre Bicchiere – marca superada apenas por Angelo Gaja. Seus Barbaresco são lendários, muito estilosos e de incrível complexidade, enquanto o Barbera Vigneto Gallina é para muitos o melhor do Piemonte. Seu delicioso Pin é um vinho de muito apelo, um delicioso corte de Nebbiolo, Barbera e Cabernet Sauvignon. O Lidia Chardonnay é um branco notável. Muito fino, encorpado e complexo. São todos vinhos fantásticos, entre o melhor que Itália pode produzir. vinhos tintos

US$/gf

0277.07.0 Barbera d’Asti Cà di Pian 07

73.90

0277.08.0 Barbera d’Asti Cà di Pian 08

72.50

0277.08.1 Barbera d’Asti Cà di Pian 08 (1/2 gf)

41.50

0276.06.0 Barbera d’Alba Gallina 06 WS=91

119.00

0276.08.0 Barbera d’Alba Gallina 08 RP=92(07)

129.90

0278.06.0 Barbera d’Asti Superiore Bionzo 06

119.00

0278.05.0 Barbera d’Asti Superiore Bionzo 05

RP=94(99). WS=90(04)

135.50

Segundo o Gambero Rosso, “esta excitante vinícola é comandada com maestria por Valter Bera, que elabora um pouco de tudo: dos confiáveis Moscato a tintos seriamente bons, como o Barbaresco e o Barbera, sem sacrificar sequer uma gota de qualidade — em nenhum vinho da gama”. Apaixonado por seu Piemonte natal e pela região de Asti, Bera talha vinhos “impecavelmente bem feitos”, de bastante tipicidade e muito apelo gastronômico. E faz questão de vender suas criações a preços razoáveis, apresentando uma linha de vinhos “tentadora”, segundo o guia Gambero Rosso. O Dolcetto combina um bouquet repleto de frutas maduras com um frescor só encontrado nos melhores vinhos elaborados com esta casta. O grandioso Barbaresco é finíssimo: elegante e refinado, com um complexo bouquet e ótima estrutura no palato — um vinho de imensa aptidão gastronômica. O branco Roero Arneis é fresco e perfumado, delicioso como aperitivo, enquanto o Barbera é denso e profundo, com um cativante e rico bouquet, combinando muito bem com uma infinidade de pratos. São todos grandes achados, de excepcional relação qualidade/preço.

0313.08.0 Langhe Nebbiolo 08

79.00

vinhos tintos

0313.07.1 Langhe Nebbiolo 2007 (1/2 gfa) RP=91

45.25

1662.07.0 Barbera d’Asti DOC 07

27.90

0313.09.0 Langhe Nebbiolo 09

76.50

1662.08.0 Barbera d’Asti DOC 08

28.50

0283.04.0 Pin Monferrato Rosso 04 VE=94(03)

117.50

1662.09.0 Barbera d’Asti DOC 09

28.50

0283.05.0 Pin Monferrato Rosso 05 RP=91

139.50

1661.09.0 Dolcetto d’Alba DOC 09

29.90

0283.06.0 Pin Monferrato Rosso 06

125.50

1661.10.0 Dolcetto d’Alba DOC 10

29.90

0283.08.0 Pin Monferrato Rosso 08

139.50

1664.05.0 Alladio Langhe DOC Nebbiolo 05

54.50

0283.09.0 Pin Monferrato Rosso 09

135.90

1664.07.0 Alladio Langhe DOC Nebbiolo 07

57.90

1934.06.0 Barolo Garrete 06 159.90

1663.05.0 Barbaresco DOCG 05

76.90

1934.06.1 Barolo Garrete 06 (1/2 gf) 109.90

1663.07.0 Barbaresco DOCG 07

84.90

US$/gf

1934.08.0 Barolo Garrete 08 159.90 0273.06.0 Barbaresco Gallina 06 RP=91. WS=93

359.00

vinhos brancos secos

0273.07.0 Barbaresco Gallina 07

339.50

1665.10.0 Langhe DOC Chardonnay 10

33.50

1666.09.0 Langhe DOC Arneis 09

37.50

0274.08.0 Barbaresco Starderi 08 WS=92(05). RP=93(05) 359.90 0279.04.0 Barolo Campè 04 RP=93. WS=95 379.50 0279.06.0 Barolo Campè 06 389.00 0279.07.0 Barolo Campè 07 399.50

vinhos brancos secos

vinho branco frisante doce

US$/gf

1886.10.0 Moscato d’Asti DOCG 10

41.50

US$/gf

0314.04.0 Langhe Sauvignon Blanc 04

79.50

0281.08.0 Lidia Chardonnay 08

Pin Monferrato Rosso 2005 La Spinetta

122.50

vinho branco frisante doce 0282.09.0 Moscato d’Asti DOCG 09

US$/gf

US$/gf (08) 46.50

garrafa magnum vinho tinto 0277.07.2 Magnum Barbera d’Asti Cà di Pian 07

US$/gf 149.90

RP

91

O Pin é um dos mais aclamados Superpiemonteses, oferecendo classe e requinte só encontrados nos melhores vinhos da Itália. Este soberbo corte de Nebbiolo e Barbera resulta em um vinho capaz de impressionar iniciantes e fascinar conhecedores como o crítico Robert Parker que lhe concedeu 91 pontos!

US$ 139.50


102 | Itália

Elio Altare

Aldo e Riccardo Seghesio

a a

Barolo, Barbera, Superpiemonteses

Barolo, Barbera, Superpiemonteses

www.elioaltare.com

Grande estrela do vinho piemontês, o talentoso Elio Altare é classificado pelo guia Gambero Rosso como um dos melhores produtores da Itália, um dos poucos a receber as “due stelle” por seus 25 “tre bicchieri”. Altare é um dos pioneiros “modernistas” no Piemonte, e seus extraordinários Barolo e Langhe são claramente influenciados pelos melhores vinhos da Borgonha, todos provenientes de exclusivos ‘crus’ dos melhores vinhedos da região. A marca registrada de seus vinhos é a finesse e o equilíbrio. Entre os prestigiados Langhe, o Vigna Arborina é 100% Nebbiolo, o Vigna Larigi é 100% Barbera e o La Villa é 50% Nebbiolo e 50% Barbera. Seus Dolcetto d’Alba e Barbera d’Alba, de pequena produção, também são excelentes.

Seghesio produz um excelente Barolo com uvas de seu cru La Villa, em Monforte. Concentrado e com um fino bouquet, é bastante rico e elegante, merecendo altas notas da imprensa especializada. Seu Barbera la Chiesa é simplesmente delicioso, muito intenso e aveludado, um dos melhores, com muita presença de boca, e mereceu os “tre bicchieri” do Gambero Rosso na safra 2000. O superpiemontês Bouquet — um corte de Merlot, Cabernet e Nebbiolo — segue o mesmo estilo cheio de intensidade, enquanto o Dolcetto é bastante saboroso. vinhos tintos

US$/gf

0013.09.0 Dolcetto d’Alba 09 RP=89(07)

39.90

0013.10.0 Dolcetto d’Alba 10

44.00

0009.09.0 Barbera d’Alba 09 RP=88(06)

46.90

0014.08.0 Langhe Nebbiolo 08

52.90

US$/gf

0014.09.0 Langhe Nebbiolo 09

58.00

0226.06.0 Dolcetto d’Alba 06 RP=89

56.50

0014.10.0 Langhe Nebbiolo 10

58.00

0226.07.0 Dolcetto d’Alba 07 RP=89

49.90

0012.05.0 Langhe Bouquet 05 WS=87(96)

0249.06.0 Barbera d’Alba 06 RP=88

65.90

0010.05.0 Barbera d’Alba La Chiesa 05

59.90

vinhos tintos

0249.07.0 Barbera d’Alba 07

RP=91(01) WS=91(96)

72.00

0227.00.0 L’Insieme VdT 00 WS=88(01)

123.50

0230.05.0 Langhe Vigna Arborina 05 RP=93. WS=91(00)

236.00

0581.08.0 Barolo 08

0224.03.0 Barolo Arborina 03 RP=92 WS=92

319.50

0011.05.0 Barolo La Villa 05 WS=92. RP=90

0224.04.0 Barolo Arborina 04 RP=95

299.50

0225.03.0 Barolo La Morra 03

239.50

0225.04.0 Barolo La Morra 04 RP=93

235.50

garrafa magnum vinho tinto 0227.01.2 Magnum L’Insieme VdT 01 (1.500 ml) WS=88

US$/gf 285.90

61.75

0581.07.0 Barolo 07

94.50 94.50

Paolo Scavino

149.00

a

Barolo, Barbera, Dolcetto www.paoloscavino.com

Extraordinário produtor piemontês, um pioneiro do estilo moderno em Barolo, elaborando alguns dos vinhos mais finos e premiados da denominação. “Scavino é um mestre do Barolo”, diz a Wine Spectator. Seus reputados ‘crus’ Bric del Fiasc, Rocche dell’Annunziata e Cannubi são reputados entre os melhores do Piemonte. Seus vinhos são finos, sofisticados e elegantes, com menos presença de carvalho do que os de outros “modernistas”. O Barbera d’Alba Carati é outro destaque, um vinho delicioso, com todo apelo e intensidade desta casta. O Dolcetto também é excelente, em estilo puro e cheio de fruta, enquanto o Rosso da Tavola é um interessante corte de Barbera e Dolcetto. vinhos tintos 1486.07.0 Barbera d’Alba 07

US$/gf

63.50

0363.01.0 Barbera d’Alba Carati 01

RP=92(03) WS=90(99)

77.00

0363.05.0 Barbera d’Alba Carati 05 93.50 1489.06.0 Langhe Nebbiolo 06

89.90

1488.03.0 Barolo Bricco Ambrogio 03 WS=92

222.50

0365.03.0 Barolo Bric del Fiasc 03 RP=92. WS=94

286.50

1487.04.0 Barolo Cannubi 04 RP=94. WS=93

299.90


Itália | 103

Moccagatta

Albino Rocca

Barbaresco, Barbera, Dolcetto

Barbaresco, Barbera, Dolcetto

Este produtor, especialista em Barbaresco, é um inovador, adepto do uso de pequenas barricas de carvalho francês e mínima produtividade no vinhedo. Seus ótimos Barbarescos são produzidos com uvas de seus crus Cole, Bric Balin e Basarin. O Chardonnay Buschet é um dos melhores do Piemonte, de grande prestígio, enquanto o Barbera d’Alba Basarin impressiona por sua complexidade. O Dolcetto é delicioso e puro.

Albino Rocca produz um excepcional e especialíssimo Barbaresco, com uvas de seu cru Bric Ronchi. Costuma receber os “tre bicchieri” do Gambero Rosso. Na safra 2000, mereceu nada menos que 95 pontos da Wine Spectator! Trata-se de um vinho encorpado, elegante e de grande longevidade. Seu Barbera d’Alba Gepin também é excelente e mereceu quatro estrelas da exigente Decanter. Robert Parker afirma textualmente: “Albino Rocca é um de meus produtores piemonteses favoritos”.

vinhos tintos

US$/gf

a

0331.09.0 Dolcetto d’Alba 09

43.90

vinhos tintos

0331.10.0 Dolcetto d’Alba 10

47.00

0008.06.0 Dolcetto d’Alba Vignalunga 06 RP=89(05)

US$/gf

0331.11.0 Dolcetto d’Alba 11

47.00

0007.05.0 Barbera d’Alba Gepin 05 RP=90

0327.10.0 Barbera d’Alba 10

58.00

0005.03.0 Barbaresco 03 WS=91(05)

109.50 149.50

0323.08.0 Barbaresco 08

113.50

0006.03.0 Barbaresco Brich Ronchi 03

0325.08.0 Barbaresco Bric Balin 08

165.50

0006.04.0 Barbaresco Brich Ronchi 04 RP=92. WS=91

0325.08.1 Barbaresco Bric Balin 08 (1/2 gf)

99.90

0325.09.0 Barbaresco Bric Balin 09

165.50

0325.09.1 Barbaresco Bric Balin 09 (1/2 gf)

99.90

vinhos brancos secos

US$/gf

0329.07.0 Langhe Chardonnay 07

44.25

0330.06.0 Chardonnay Buschet 06

87.50

49.90 99.50

199.50

vinho branco secoUS$/gf 0466.05.0 Chardonnay Langhe 05 WS=87

garrafa magnum vinho tinto

42.50

US$/gf

0006.03.2 Magnum Barbaresco Brich Ronchi 03(1.500ml) 326.00

Dolcetto d’Alba 2009 Moccagatta

“Impressionantemente rico, apetitoso e repleto de caráter varietal” para Robert Parker, o Dolcetto d’Alba de Moccagatta é perfeito para acompanhar massas e pizzas. Saboroso e cheio de fruta, mostra um belo frescor, pouco comum nos vinhos elaborados com esta casta.

US$ 43.90

Barbera d’Alba Gepin 2005 Albino Rocca

RP

90

Um dos grandes Barbera, o suntuoso Gepin é elaborado com uvas de vinhedos de mais de 50 anos de idade, merecendo 91 pontos de Robert Parker na última safra avaliada, sendo chamado de “um super-vinho”.

US$ 99.50 GR


104 | Itália

Cavalloto

Contratto

www.cavallotto.com

www.contratto.it

Barolo,Barbera, Dolceto

Espumante

“Um dos segredos mais bem guardados, não apenas do Piemonte, mas de toda a Itália” nas palavras de Robert Parker, Cavallotto elabora uma impressionante coleção de vinhos, combinando o melhor do estilo tradicional — como fermentação em grandes “botti” de carvalho da Eslovênia — com técnicas modernas, garantindo vinhos clássicos, cheios de finesse e equilíbrio. O sofisticado Barolo Bricco Boschis mostra “fantástico equilíbrio e profundidade” para Robert Parker, que classificou a safra de 2005 com (90-93) pontos. O Gambero Rosso, por sua vez, concedeu os máximos “tre bicchieri” ao Barolo e a “estrela de excepcional relação qualidade/preço” a nada menos que três vinhos em 2009. O refinado Barbera d’Alba Bricco Boschis Cuculo é elaborado com uvas de vinhedos de mais de 50 anos de idade. É muito fresco, equilibrado e elegante, perfeito para acompanhar comida. O Dolcetto d’Alba Scot é um dos raros Dolcetto d’Alba de vinhedo único, mostrando boa complexidade em um conjundo macio e de grande apelo. Segundo Robert Parker, “usando um eufemismo, os preços dos vinhos de Cavallotto são bastante justos e os enófilos deve correr para comprar estas verdadeiras pechinchas”. vinho tinto

US$/gf

1526.05.0 Barbera d’Alba Bricco Boschis Cuculo 05

vinho branco seco

85.90

US$/gf

1529.08.0 Langhe Chardonnay Bricco Boschis 08

Contratto Millesimato Brut 2007 Contratto

O Contratto Millesimato Brut é elaborado com 80% de Pinot Noir e 20% de Chardonnay, maturado nada menos que 42 meses nas frias caves históricas da vinícola.

US$ 95.50

63.50

Contratto é simplesmente o mais prestigioso e tradicional produtor de espumantes de toda a Itália, com uma tradição que remonta ao final do século XIX. Segundo Gambero Rosso, “bem antes de Franciacorta começar a produzir seus espumantes pelo método clássico, Contratto já era sinônimo de espumantes de grande qualidade”. O guia destaca que “o ilustre passado de Contratto faz jus à impressionante qualidade de seus espumantes elaborados hoje em dia — uma demonstração de qualidade realmente impressionante”. O Contratto Millesimato Brut é elaborado com 80% de Pinot Noir e 20% de Chardonnay, maturado nada menos que 42 meses nas frias caves da histórica vinícola. Elaborado em um estilo bastante seco — cada vez mais em moda na Europa — o For England Pas Dose é produzido com adição de apenas 10 ml de licor de expedição. O Rosé, por sua vez, é elaborado apenas com a casta Pinot Noir. Rico e encorpado, acompanha muito bem uma infinidade de pratos.Pela alta qualidade e riqueza aromática de seus espumantes, Contratto recomenda que eles sejam servidos em taças maiores que as tradicionais flûtes, podendo assim colocar em evidência toda a complexidade destes grandes vinhos. vinhos espumantes secos 1937.07.0 Contratto Brut 07

US$/gf 95.50

1938.07.0 Contratto For England Pas Dosé 07

109.50

1939.07.0 Contratto For England Rosé Brut 07

129.00


Itália | 105 Veneto

Guerrieri-Rizzardi

Bel Star/Bisol

www.guerrieri-rizzardi.it

Prosecco

Uma das mais históricas propriedades do Veneto, Guerrieri-Rizzardi conta com mais de 500 anos de tradição vinícola de alta qualidade e está em uma excelente fase, tendo recebido os “tre bicchiere” do guia Gambero Rosso em todas as últimas edições. Seu Amarone Calcarole, elaborado com uvas de um excepcional vinhedo único, é apenas elaborado nas melhores safras, sendo um dos mais ricos e exuberante Amarone que existem. O Valpolicella Classico é saboroso e cheio de fruta, em um estilo mais rico e concentrado que a maioria dos vinhos da denominação. O Pojega Ripasso é elaborado com a adição de uma parte do mosto do Amarone, originando uma segunda fermentação. É um vinho saboroso e cheio de personalidade, entre os grandes achados da Itália. O Bardolino, um tinto fresco e fácil de agradar, é uma verdadeira especialidade de Guerrieri-Rizzardi, sendo perfeito para os dias mais quentes ou acompanhando refeições leves. A versão Chiaretto do Bardolino é um delicioso rosado, seco e fresco. Na região de Soave, a vinícola elabora o emblemático branco do Veneto e também um maravilhoso Recioto di Soave, vinho de sobremesa de incrível concentração e complexidade. vinhos tintos

Bel Star é o nome de um vinhedo muito bem localizado na região produtora de Prosecco. Vinificado com perfeição pela equipe técnica do renomado Prosecco Bisol, é aromático e delicado na boca, com deliciosas notas florais. Mais elegante e complexo do que a grande maioria dos Prosecco disponíveis no mercado, Bel Star é uma escolha inteligente em espumantes — italianos ou de qualquer outra parte. vinho espumante seco 1744.00.0 Prosecco Bel Star

US$/gf 36.50

O Pojega Ripasso é um vinho saboroso e cheio de personalidade, entre os grandes achados da Itália.

US$/gf

0717.06.1 Bardolino Classico 06 (1/2 gf)

21.50

0717.07.0 Bardolino Classico 07 JR=16

29.90

0717.09.0 Bardolino Classico 09

35.90

0717.10.0 Bardolino Classico 10

37.90

0717.10.1 Bardolino Classico 10 (1/2 gf)

26.90

0716.06.0 Valpolicella Classico 06

34.50

0716.06.1 Valpolicella Classico 06 (1/2 gf)

22.50

0718.08.0 Pojega Ripasso 08

www.belstar.it

GR

57.50

0718.10.0 Pojega Ripasso 10 0719.01.0 Amarone Classico 01

55.90 159.50

0719.07.0 Amarone Classico 07

169.50

0720060 Amarone Calcarole 06

299,50

vinho rosado US$/gf 0721.09.0 Bardolino Chiaretto 09

vinhos brancos secos

34.90

US$/gf

0722.06.0 Soave Classico 06

29.90

0722.09.1 Soave Classico 09 (1/2 gf)

24.90

vinho branco doce 0723.03.1 Recioto di Soave DOCG 03 (1/2 gf)

US$/gf 83.50

Pojega Ripasso 2008

Guerrieri-Rizzardi

O delicioso Pojega Ripasso é elaborado com a adição de uma parte do mosto do Amarone, originando uma segunda fermentação. É um vinho saboroso e cheio de personalidade, entre os grandes achados da Itália.

US$ 57.50


106 | Itália

Roberto Mazzi

Col Vetoraz

www.robertomazzi.it

www.colvetoraz.it

Roberto Mazzi e seus filhos dedicam a vida à sua pequena e bela propriedade em Negrar, onde cultivam as uvas com que produzem seus excelentes Amarone e Valpolicella. Seus vinhos são todos maravilhosos, em um estilo que prima pela pureza, classe e elegância. Seu grande Valpolicella Vigneto Poiega, produzido com a técnica de ripasso, é uma espécie de “pequeno Amarone”, com fantástico equilíbrio — um pouco de Amarone é acrescentado ao blend. Seu Valpolicella Classico Superiore é um vinho delicioso, que nada tem a ver com outros exemplares mais comerciais da denominação. O venerável Amarone Punta di Villa é elaborado em um estilo elegante e equilibrado, não exagerado. O Libero é um “Rosso Veronese”, elaborado com um corte de Cabernet Sauvignon, Nebbiolo e Sangiovese.

Uma das grandes estrelas da atualidade em Prosecco, Col Vetoraz “nunca erra o alvo” e “consegue manter a extraordinária qualidade dos vinhos, entra ano e sai ano” — nas palavras do guia Gambero Rosso. O guia concede os “due bicchieri” ao Brut, para quem é “um dos vinhos mais interessantes da denominação”. Segundo Robert Parker, que classifica o Prosecco Brut de Col Vetoraz com 89 pontos, “os enófilos que procuram um Prosecco realmente distinto e classudo deveriam ir direto ao Prosecco di Valdobbiadene Brut de Col Vetoraz — uma grande escolha para ser comprada por caixas inteiras e servido como espumante da casa”. Um belo elogio vindo de Parker! O crítico aprova o estilo “lindamente preciso e fresco” do vinho e sua “maravilhosa profundidade”, apontando-o como “a escolha certa em Prosecco para todos os anos”. O ótimo relacionamento da vinícola com pequenos produtores locais permite que Col Vetoraz disponha de uvas de alguns dos mais nobres vinhedos da região, incluindo uma das mais disputadas parcelas do vinhedo Cartizze. São espumantes de grande classe e refinamento, que nada têm a ver com os exemplares mais comerciais de Prosecco.

Amarone, Valpolicella

vinhos tintos 0425.06.0 Valpolicella Classico Superiore 06

Prosecco

US$/gf 48.25

0425.09.0 Valpolicella Classico Superiore Sanperetto 09 RP=91

54.50

0426.05.0 Valpolicella Cru Poiega 05 RP=88 (06)

69.50

0426.07.0 Valpolicella Cru Poiega 07

79.00

0424.04.0 Amarone Valpolicella Cru Punta di Villa 04

159.50

0424.05.0 Amarone Valpolicella Cru Punta di Villa 05

167.90

vinhos espumantes secos

US$/gf

1693.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Extra Dry

42.75

1694.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Brut RP=89

42.75

1695.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Superiore di Cartizze

67.50

garrafas magnum vinho espumante seco US$/gf 1693.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene Extra Dry

109.00

1694.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene Brut RP=89 109.00

RP 91

Valpolicella Classico Superiore Sanperetto 2009 Roberto Mazzi

Um Valpolicella como todos deveriam ser, mas poucos são. Este, de Mazzi, é fresco, saboroso e rico, ótimo para acompanhar diversos pratos.

US$ 54.50


Itália | 107 Emilia-Romagna

Conte D’Attimis-Maniago

Zerbina

www.contedattimismaniago.it

www.zerbina.com

Colli Orientali del Friuli

Com mais de 400 anos de história e uma vinícola que remonta ao século XIV, Conte D’Attimis-Maniago ajudou a talhar os grandes vinhos friulanos de hoje em um estilo exuberante, refinado e repleto de complexidade. Com séculos de experiência no terroir do Friuli, a vinícola planta variedades locais, como a Ribolla Gialla, Schioppettino, Verduzzo Friulano, Tocai Friulano, o Refosco, a Malvasia Istriana e o famoso Picolit, além de castas internacionais presentes na propriedade há mais de 100 anos — como a Sauvignon, o Pinot Grigio, Chardonnay, o Merlot, o Cabernet Franc, o Cabernet Sauvignon, e o Pinot Nero. E o que é mais impressionante para aqueles que se interessam pela viticultura: 70% dos vinhedos são plantados com uma seleção de clones locais de cada tipo de uva, especialmente adaptados para um melhor desempenho nos diversos micro-terroirs da propriedade. O resultado deste trabalho são vinhos mais profundos e típicos, capazes de expressar muito bem tanto os vinhedos como as castas. A linha Casali Maniago é composta de varietais vinificados para melhor expressar as características de cada casta, em um estilo franco e saboroso, perfeito para acompanhar comida. A linha “Classica” é ainda mais profunda, com ótima complexidade e um destacado acento regional. São vinhos refinados e elegantes, fáceis de gostar, que ficam ainda mais apetitosos acompanhando comida. O raro Picolit, com uma produção de pouco mais de 160 caixas para todo o mundo, é um verdadeiro néctar, dotado de uma riqueza aromática surpreendente, capaz de evoluir em garrafa por mais de 10 anos. vinhos tintos

US$/gf

a

Sangiovese di Romagna O maior nome da Emilia Romagna e um dos grandes da Itália, na opinião de jornalistas como Hugh Johnson. A enóloga é a talentosa Cristina Geminiani, classificada por Parker como “uma das mais talentosas mulheres do vinho italiano”. A propriedade é “indiscutivelmente a melhor da Emilia Romagna”, segundo o jornalista. Seus vinhos são todos excelentes. Os tintos, produzidos com Sangiovese, são ricos, intensos e muito finos, de grande elegância — verdadeiros achados, com destaque para os grandes Marzieno e Pietramora (frequentemente merecedores dos “tre bicchieri”) e para o saborosíssimo Ceregio. O Arroco é um ótimo vinho branco doce, elaborado pelo método de passificação. vinhos tintos

US$/gf

0514.02.0 Ceregio Vigna Querce Sangiovese di Romagna 02 RP=89(02)

44.50

1913.09.7 Il 500 Sangiovese di Romagna 09 (500 ml)

36.50

0513.07.0 Ceregio Sangiovese di Romagna 07

RP=91 (04)

(10) 45.50

0520.01.0 Torre di Ceparano Sangiovese di Romagna 01 RP=88

59.50

0520.04.0 Torre di Ceparano Sangiovese di Romagna 04 RP=91 71.50 0520.07.0 Torre di Ceparano Sangiovese di Romagna 07 74.90 0515.00.0 Marzieno 00 RP=90(01)

(98. 99 e 03)

99.50

0515.03.0 Marzieno 03 RP=90(01)

117.25

0515.04.0 Marzieno 04 116.90 0517.04.0 Pietramora 04 RP=92(01)

117.25

0517.07.0 Pietramora 07

116.90

vinho branco seco 0519.02.0 Tergeno 02

US$/gf (99) 67.50

vinhos brancos doces

US$/gf

1696.09.0 Casali Maniago Refosco DOC 09

27.90

0512.02.7 Arroco Albana di Romagna Passito 02

1697.09.0 Casali Maniago Merlot DOC 09

27.90

1697.10.0 Casali Maniago Merlot DOC 10

27.90

0518.07.1 Scacco Matto Albana di Romagna Passito 07

1698.09.0 Pinot Nero DOC 09

40.90

1698.10.0 Pinot Nero DOC 10

44.50

1699.08.0 Schioppettino DOC 08

58.00

1700.05.0 Vignaricco rosso DOC 05

66.25

vinhos brancos secos

24.50

1701.10.0 Casali Maniago Pinot Grigio DOC 10

27.00

1703.09.0 Pinot Grigio DOC 09

36.50

1704.09.0 Sauvignon DOC 09

36.50

1705.09.0 Ribolla Gialla DOC 09

36.50

1888.07.0 Ronco Broilo DOC 07

75.50

US$/gf

1707.09.7 Tore delle Signore Verduzzo Friulano

DOC 09 (500 ml)

1706.07.7 Picolit DOCG 07 (500 ml)

(1/2 gf)

garrafa magnum vinho tinto

111.00 195.50

US$/gf

0520.01.2 Magnum Torre di Ceparano Sangiovese di

Romagna 01(1.500 ml) RP=88

128.50

US$/gf

1702.09.0 Casali Maniago Friulano DOC 09

vinhos brancos doces

(1/2 litro) RP=90(00)

32.90 116.50

Ceregio Sangiovese di Romagna 2007 Zerbina “Um dos Sangioveses preferidos em sua faixa de preço” para The Wine Advocate de Robert Parker, “entra ano e sai ano”, o Ceregio é um vinho incrivelmente gastronômico, combinando com “praticamente tudo” segundo Antonio Galloni. O vinho é famoso por seu delicioso aroma de cerejas maduras. Elaborado com muito cuidado por Christina Geminiani, que colhe as uvas gradualmente para garantir a maior maturidade de todas as frutas, o Ceregio é um vinho cativante, saboroso, redondo e macio, que agrada a todos os palatos.

US$ 45.50


108 | Itália Trentino - Alto-Adige

Ca’De’Medici

San Michele Appiano

a a

Lambrusco

Alto Adige

www.cademedici.it

www.stmichael.it

Aqueles que querem descobrir um Lambrusco bom de verdade — um vinho leve, aromático, frutado e frisante — vão adorar Ca’ de’ Medici. A propriedade é uma pequena vinícola familiar de Lambruscos artesanais, produzindo vinhos ricos e saborosos, bastante distintos da grande maioria dos vinhos da região, que é famosa principalmente por vinhos diluídos e de baixa qualidade. Pertencente à mesma família desde o século X, Ca’ De’ Medici utiliza uvas de vinhedos plantados em solos arenosos de origem aluvial, que conferem aos vinhos mais estrutura, cor e aromas. Os vinhos fermentam naturalmente pelo método Charmat, dando origem a frisantes alegres e saborosos, que devem ser servidos frescos — entre 12°C e 14°C.

Com nada menos que 21 “tre bicchieri” do Gambero Rosso e 20 “Cinque Grappoli” do Duemilavini, San Michele Appiano é uma das grandes estrelas do norte da Itália — uma referência absoluta entre os melhores produtores do Alto Adige. Segundo o guia Duemilavini (da Associação Italiana dos Sommeliers), “a alta qualidade de toda a gama de vinhos é realmente impressionante”. O Gambero Rosso vai além, escolhendo o enólogo Hans Terzer como “Melhor Enólogo do Ano” e a vinícola como “Produtor do Ano” na edição de 2000. A edição de 2010 elogia muito a qualidade dos vinhos — “sempre impecáveis” na opinião do guia. O Pinot Nero St Valentin, “aristocraticamente sedoso”, arrematou os máximos “Cinque Grappoli”. Trata-se de um Pinot refinado e cheio de nuances, no mais alto nível que o Alto Adige pode produzir. Os brancos — grande especialidade do produtor — são todos profundos e cheios de caráter, com um delicioso acento regional, típico de climas mais frios. Robert Parker também se desmancha em elogios aos vinhos, utilizando adjetivos como “maravilhoso”, “impecável” e “fantástico” para descrever os brancos e tintos, apontando inclusive, San Michele Appiano como “um dos melhores produtores do Alto Adige”. A Wine Spectator, por sua vez, sempre indica os vinhos entre os melhores do Alto Adige, tendo classificado nada menos que 23 vinhos com notas iguais ou superiores a 90 pontos! Uma belíssima coleção de vinhos — verdadeiras revelações para quem não conhece as jóias do Alto Adige.

frisante tinto seco

US$/gf

1884.10.0 Reggiano Lambrusco secco 10

frisante tinto doce

21.50

US$/gf

1883.10.0 Reggiano Lambrusco amabile 10

21.50

vinhos tintos

Alto Adige Pinot Grigio 2009 San Michele Appiano

Com nada menos que 21 “tre bicchieri” do Gambero Rosso e 20 “Cinque Grappoli” do Duemilavini, San Michele Appiano é uma das grandes estrelas do norte da Itália - uma referência absoluta entre os melhores produtores do Alto Adige. Este Pinot Grigio é bem mais complexo e profundo que a grande maioria dos vinhos produzidos com esta casta, mostrando porque San Michele Appiano goza de um invejável prestigio no norte da Itália.

US$ 46.50

US$/gf

1674.08.0 Lagrein Scuro Alto Adige DOC 08

47.90

1675.08.1 Pinot Nero Alto Adige DOC 08 (1/2 gf)

29.90

1675.09.0 Pinot Nero Alto Adige DOC 09

56.90

1675.09.1 Pinot Nero Alto Adige DOC 09 (1/2 gf)

34.50

1676.07.0 Pinot Nero Alto Adige Riserva DOC 07 1677.07.0 Pinot Nero Alto Adige DOC Sanct Valentin 07

vinho rosado 1685.09.0 Lagrein Rosato Alto Adige DOC 09

vinhos brancos secos

69.90 99.90

US$/gf 37.50

US$/gf

1678.09.0 Chardonnay Alto Adige DOC 09

44.25

1679.09.0 Pinot Grigio Alto Adige DOC 09

46.50

1680.09.0 Pinot Grigio Alto Adige DOC

Anger 09

53.50

1682.09.0 Riesling Alto Adige DOC Montiggl 09. RP=90(08)

54.90

1681.09.0 Sauvignon Blanc Alto Adige DOC Lahn 09

56.50

1683.08.0 Pinot Grigio Alto Adige DOC Sanct Valentin 08

94.90

1684.08.0 Chardonnay Alto Adige DOC Sanct Valentin 08

94.90


Itália | 109 Toscana

Cavit

Fontodi

Um dos nomes de maior respeito no Norte da Itália, Cavit conseguiu reunir o trabalho de centenas de famílias apaixonadas pelo vinho, organizadas em cooperativas de alta qualidade. E por isto consegue oferecer vinhos maravilhosos por preços realmente inacreditáveis — “uma relação qualidade/preço inigualável”, nas palavras do Gambero Rosso. O guia aponta os vinhos de Cavit como “impressionantes pechinchas que, além de tudo, conseguem refletir o terroir de onde vieram”. Segundo o Gambero Rosso, o perfeccionismo de Cavit está refletido na “qualidade realmente fantástica” de todos seus vinhos. O espumante Altemasi Graal Riserva 2002, por exemplo, não apenas foi apontado como “sensacional” pelo Gambero Rosso, como também arrematou o título de “Espumante do Ano” na edição 2010 do guia. São vinhos cativantes e cheios de tipicidade, que costumam embelezar as melhores cartas de vinho dos Estados Unidos e Itália.

Uma unanimidade na região de Chianti Classico, Fontodi elabora alguns dos melhores e mais emblemáticos vinhos da Toscana. São vinhos de referência, que colecionam prêmios como nada menos que 19 “tre bicchieri” acumulados no guia Gambero Rosso e os 99 pontos da Wine Spectator para a última safra avaliada do grande supertoscano Flaccianello — que ficou em primeiro lugar no painel de toscanos da revista e desbancou mais de 1.000 vinhos da região. O Chianti Classico de base da safra de 2007 — que já havia recebido 91 pontos de Robert Parker na safra de 2006 — recebeu também os 91 pontos da Wine Spectator, a mais alta nota concedida a um Chianti Classico nas safras de 2006 e 2007. O sofisticado Syrah Case Via 2006, que já havia recebido 94 pontos de Robert Parker, obteve a impressionante nota 95 da Wine Spectator. Já o Vigna del Sorbo — um dos maiores ícones de Chianti Classico na atualidade — arrematou nada menos que 95 pontos de Robert Parker na safra de 2006, confirmando sua fama de ser um dos melhores vinhos de toda a Itália. Toda sua gama de vinhos é fantástica, entre os melhores e mais elegantes que a Toscana pode produzir. Fontodi é um dos maiores nomes do vinho italiano na atualidade e todos seus vinhos são simplesmente fantásticos, de pequena produção, combinando uma deliciosa tipicidade toscana com muito caráter e profundidade.

Trentino-Alto Adige

vinhos espumantes secos

US$/gf

1723.00.0 Accento Brut (Veneto)

36.50

1724.00.0 Lunetta Prosecco (Veneto)

38.50

1724.00.4 Lunetta Prosecco (1/4 gf) (Veneto)

12.90

vinhos brancos secos

US$/gf

1721.09.0 Principato Chardonnay delle Venezie 09

19.50

1722.09.1 Cavit Collection Pinot Grigio 09 (1/2 gf)

17.90

1722.09.4 Cavit Collection Pinot Grigio 09 (1/4 gf)

8.50

1722.11.0 Cavit Collection Pinot Grigio 11

vinhos tintos

a

www.fontodi.com

23.90

US$/gf

vinhos tintos

US$/gf

1519.07.0 Chianti Classico 07 RP=91

88.50

1715.08.0 Principato Cabernet/Merlot delle Venezie 08

20.90

1519.07.1

55.50

1715.10.0 Principato Cabernet/Merlot delle Venezie 10

20.90

1519.08.0 Chianti Classico 08

81.90

1718.08.0 Norico Rosso 08

21.50

1519.08.1 Chianti Classico 08 (1/2 gf)

49.90

1718.09.0 Norico Rosso 09

21.50

1523.06.0 Case Via Pinot Nero 06 RP=91

1717.09.0 Cavit Collection Merlot 09

23.90

1523.07.0 Case Via Pinot Nero 07 RP=92

135.50

8.90

1522.04.0 Case Via Syrah 04 WS=92

159.50

1717.10.4 Cavit Collection Merlot 10 (1/4 gf)

8.90

1522.06.0 Case Via Syrah 06 RP=94. WS=95

159.50

1717.11.4

8.90

1520.06.0 Vigna del Sorbo Chianti Classico Riserva 06 WS=95 159.50

1717.09.4 Cavit Collection Merlot 09 (1/4 gf) Cavit Collection Merlot 11 (1/4 gf)

1719.05.0 Quattro Vicariati Rosso 05

vinho branco doce 1720.07.7 Vendimia Tardiva Rupe Rè 07 (500 ml)

garrafa magnum vinho tinto 1716.08.2 Magnum Principato Teroldego 08

77.90

US$/gf 75.50

US$/gf 36.75

Chianti Classico 07 (1/2 gf) RP=91

1520.08.0 Vigna del Sorbo Chianti Classico Riserva 08

136.00

159.90

1521.07.0 Flacianello della Pieve 07

RP=96 WS=95

1521.08.0 Flacianello della Pieve 08

vinho branco doce 1524.01.1 Vin Santo del Chianti Classico 01 (1/2 gf)

garrafas magnum vinho tinto

265.90 259.50

US$/gf 159.00

US$/gf

1519.06.2 Magnum Chianti Classico 06

168.50

1519.08.2 Magnum Chianti Classico 08

172.00

1522.04.2 Magnum Case Via Syrah 04

371.50

1520.04.2 Magnum Vigna del Sorbo Chianti

Classico Riserva 04

354.90

Azeite US$/gf 2012.00.7 Olio extra vergine di oliva 500 ml

58.00


110 | Itália

Castellare di Castellina

a

nome de imenso prestígio em Chianti Classico www.castellare.it

“Um dos mais importantes nomes da enologia européia” segundo o Gambero Rosso, Castellare di Castellina produz alguns dos mais maravilhosos e elegantes vinhos da Toscana. Sua marca registrada é a incrível finesse em Chianti Classico, em um estilo que o guia italiano descreveu como “realmente convincente”. O excepcional Chianti Classico Riserva é produzido somente nos melhores anos. O Governo é um típico vinho toscano, elaborado por um método tradicional, semelhante ao “Ripasso”. O Coniale é um soberbo Cabernet Sauvignon que merece as máximas 3 estrelas do Veronelli, combinando refinamento e uma clara expressão do terroir de Chianti Classico. O monumental I Sodi di San Niccoló é um dos maiores vinhos da Toscana, elaborado com Sangiovese e Malvasia Nera. Já recebeu 96 pontos da Wine Spectator, sendo classificado como o 6o melhor vinho do mundo! O Guía Gambero Rosso chama o vinho de “magistral”, classificando-o com os máximos “tre bicchieri” em todas as últimas safras. Poggio ai Merli é um Merlot de classe mundial e minúscula produção, elaborado com uvas de vinhedos excepcionalmente bem localizados. Combina a opulência da Merlot com boa acidez e frescor. São todos grandes vinhos! vinhos tintos

Castellare di Castellina produz alguns dos mais maravilhosos e elegantes vinhos da Toscana.

RP

90

US$/gf

0755.08.0 Governo di Castellare 08

41.50

0755.09.0 Governo di Castellare 09

39.50

0756.09.0 Chianti Classico 09

55.90

0756.09.1 Chianti Classico 09 (1/2 gf)

34.90

0756.10.0 Chianti Classico 10 RP=90

55.90

0756.10.1 Chianti Classico 10 (1/2 gf)

34.90

0757.04.0 Chianti Classico Riserva 04

RP=92(09) Dec=5*(05)

93.90

0760.00.0 Coniale Cabernet Sauvignon 00 RP=94(08)VE=*** 163.25 0758.05.0 I Sodi di San Niccoló 05 WS=93(03) 0758.06.0 I Sodi di San Niccoló 06

169.50

159.90

0758.07.0 I Sodi di San Niccoló 07 RP=94

159.90

0759.03.0 Poggio ai Merli Merlot 03 RP=92+(08)

234.50

vinho branco seco

US$/gf

0762.10.0 Le Ginestre di Castellare Chardonnay/

Sauvignon Blanc 10

vinho branco doce

39.90

US$/gf

0764.01.1 Vin Santo del Chianti Classico 01

(1/2 gf)

99.90

Chianti Classico 2010

Castellare di Castellina

Com nada menos que 90 pontos de Robert Parkerm o Chianti Classico de Castellare di Castellina é um verdadeiro embaixador da Toscana, exibindo a grande finesse que é a marca registrada dos vinhos do enólogo Alessandro Cellai. No estilo clássico e elegante dos melhores vinhos de Chianti, este saboroso tinto é elaborado sem concessões a modismos, preservando a tipicidade, exaltando as qualidades da casta Sangiovese. Um vinho que fica ainda mais macio e cheio de sabor quando acompanhado de comida.

US$ 55.90


Itália | 111

Argiano

Pertimali

(Montalcino, Toscana, Itália)

Montalcino

www.argiano.net

Fundada em 1580, Argiano está localizada onde acreditavam estar Ara Jani, o famoso altar do Deus romano Janus. Após pertencer a algumas das mais nobres famílias da Europa, Argiano passou a ser controlada pela Condessa Noemi Marone Cinzano, proprietária também das famosas Bodegas Noemía, da Patagônia. Segundo Robert Parker, a vinícola “está passando por uma fase particularmente boa, com vinhos melhores que nunca”. O saboroso Rosso di Montalcino, um verdadeiro “mini-Brunello”, foi descrito como “sexy e carnudo, com excelente equilíbrio e profundidade” por Parker, merecendo 89 pontos. O grandioso Brunello di Montalcino é sempre um dos melhores, “lindamente equilibrado e simplemente delicioso” para Robert Parker. O fantástico Solengo é um impressionante corte de Syrah, Merlot, e Cabernet Sauvignon. Sempre recebendo notas altíssimas de toda a imprensa especializada, é um dos mais disputados tintos da Itália e “um dos melhores vinhos da Toscana” para a Wine Specator , com uma “adorável elegância” segundo Jancis Robinson. O magnífico Suolo é elaborado apenas com Sangiovese, em minúsculas quantidades — um ‘vinho de garagem’, “feminino e complexo, mas com alma de Brunello” segundo a Wine Enthusiast. Por fim, o rico e saboroso “Non Confundir” é um verdadeiro achado, cheio de fruta madura e personalidade, que mereceu 90 pontos de Robert Parker, sendo indicado como um vinho de “fantástica relação qualidade/preço”. vinhos tintos

Pequeno e excelente produtor de Brunello di Montalcino, com as máximas cinco estrelas de Robert Parker, que acrescenta: “se eu tivesse apenas um único Brunello para beber, seria Pertimali. Este produtor tem feito vinhos espetaculares desde 1982”. Seus vinhos são ricos, intensos e muito finos, verdadeiramente artesanais. Além do excelentes Brunello e Rosso di Montalcino, outro destaque é o fantástico Fili di Seta, um delicioso corte de Sangiovese e Cabernet Sauvignon, com uma textura finíssima e elegante, bastante concentrado e cheio de sabor. vinhos tintos

US$/gf

0369.05.0 Vigna Fili di Seta IGT 05 RP=91

99.90

0370.05.0 Rosso di Montalcino 05 RP=90(06)

84.50

0370.07.0 Rosso di Montalcino 07 RP=90(08) 0368.05.0 Brunello di Montalcino 05

96.50 149.50

0733.01.0 Brunello di Montalcino Riserva 01 RP=94

333.50

0733.04.0 Brunello di Montalcino Riserva 04

236.50

garrafa magnum vinho tinto

US$/gf

0368.00.2 Magnum Brunello di Montalcino 00 (1.500 ml) 336.00

US$/gf

1135.08.0 Non Confunditur IGT 08 RP=90(06)

56.90

1135.10.0 Non Confunditur IGT 10

54.50

1174.08.0 Rosso di Montalcino 08

56.90

1174.10.0 Rosso di Montalcino 10

54.50

1173.05.0 Brunello di Montalcino 05 RP=92(04)

124.90

1173.06.0 Brunello di Montalcino 06 RP=92

137.50

Non Confunditur 2008

1173.07.0 Brunello di Montalcino 07

129.50

Argiano

1914.05.0 L’Orciaia Brunello di Montalcino 05

144.90

1914.07.0 L’Orciaia Brunello di Montalcino 07

137.50

1133.05.0 Solengo IGT 05 RP=92. WE=93. WS=92

199.90

1133.06.0 Solengo IGT 06

199.50

Apontado como “uma fantástica relação qualidade/ preço” para Robert Parker, este delicioso tinto é elaborado com um cativante corte de Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah e Sangiovese. Combinando a grande expressão de fruta com um ótimo acento toscano, ele é produzido por Argiano, um dos maiores nomes de Brunello di Montalcino.

1133.07.0 Solengo IGT 07

199.50

1133.08.0 Solengo IGT 08

189.50

1134.06.0 Suolo IGT 06 RP=94. WS=92

289.50

1134.07.0 Suolo IGT 07

296.50

1134.08.0 Suolo IGT 08

279.50

vinho rosado 1917.09.0 L’O rosato IGT 09

garrafa magnum vinho tinto 1173.07.2 Magnum Brunello di Montalcino 07 (1.500 ml)

US$/gf 49.90

US$/gf 277.00

Azeite US$/gf 2011.00.7 Olio extra vergine di oliva 500 ml

46.50

US$ 56.90


112 | Itália

Rocca di Frassinello

Giacomo Mori

www.castellare.it

www.giacomomori.it

(Castellare & Château Lafite-Rothschild)

Chianti

Verdadeiro “château toscano”, Rocca di Frassinello é o conceituado projeto de dois dos maiores nomes do mundo do vinho: Castellare di Castellina — um dos maiores nomes da Toscana — e do Château LafiteRothschild de Bordeaux, que dispensa apresentações. Trata-se da única joint-venture do Château Lafite Rothschild na Itália e já nasce como um dos grandes nomes de Maremma, famosa por seus monumentais supertoscanos. Segundo o Gambero Rosso, “o estilo dos vinhos é impecável”. O guia concede os máximos “tre bicchieri” para o Rocca di Frassinello 2005, que foi descrito como “um vinho de grande bouquet, complexo e profundo em sua dimensão aromática e potente e refinado em sua estrutura tânica, com uma esplêndida integração do carvalho”. Para o Gambero Rosso, “os outros vinhos são também todos muito bons, completando a linha da vinícola”. vinhos tintos

Esta propriedade histórica é um dos mais tradicionais e antigos produtores de Chianti. Após anos sem produzir, voltou com força total em 1998, impressionando a crítica italiana. São adeptos da viticultura orgânica. O Chianti é frutado e saboroso, bastante típico, enquanto o Chianti Castelrotto é maturado em pequenas barricas de carvalho francês, o que lhe confere mais elegância e concentração. vinhos tintos

US$/gf

0259.08.0 Chianti 08 RP=88(06)

59.00

0260.04.0 Chianti Castelrotto 04 RP=90(03)

89.90

US$/gf

0765.09.0 Poggio alla Guardia 09 0766.04.0 Le Sughere di Frassinello 04

49.90 87.50

0766.09.0 Le Sughere di Frassinello 09 RP=90(10)

79.90

0767.04.0 Rocca di Frassinello 04 RP=92(10) 135.90 1804.07.0 Baffonero Merlot 07 RP=91. RP=94(09)

379.00

Le Sughere di Frassinello 2009 Rocca di Frassinello

San Giusto a Rentennano Chianti Classico

www.fattoriasangiusto.it

Esta propriedade milenar, com um histórico castelo do século XII, é um dos mais conceituados produtores de Chianti Classico, elaborando pequenas quantidades de vinhos muito finos, elegantes e cheios de tipicidade. Trata-se de um dos produtores mais reverenciados pela imprensa especializada italiana e internacional nesta prestigiosa denominação. Seu Chianti Classico é um dos melhores, combinando concentração e elegância. A elogiada Riserva é ainda mais refinada, enquanto o supertoscano Percarlo merece as 5 estrelas de Parker (a safra 1997 mereceu 98 pontos do jornalista!) e o “sole” de Veronelli. O La Ricolma é um grandioso Merlot em estilo toscano, com muita profundidade de fruta e uma deliciosa textura aveludada, tendo merecido 96 pontos de Parker para a safra 1997. vinhos tintos

59.90

0243.08.0 Chianti Classico 08

59.90

0244.05.0 Chianti Classico Riserva Le Baroncole 05

99.90

0244.06.0 Chianti Classico Riserva Le Baroncole 06

US$ 79.90

US$/gf

0243.07.0 Chianti Classico 07 RP=89

RP=91(03)

Um vinho que “preenche a boca com grande energia” nas palavras do Gambero Rosso, o Le Sughere di Frassinello é um super-segundo vinho de Rocca di Frassinello, produzido na região de Maremma. Elaborado com as castas francesas Cabernet Sauvignon e Merlot – as mesmas utilizadas no mítico Château Lafite – adicionadas de 50% de Sangiovese, a casta emblemática da Toscana e de Castellare di Castellina, este belo tinto, maturado 12 meses em barricas francesas, mostra o grande potencial desta nova vinícola.

RP=92

0244.07.0 Chianti Classico Riserva Le Baroncole 07

109.50 99.50

Chianti 2008 Giacomo Mori

Para Robert Parker, “é difícil achar uma melhor compra na Toscana que o Chianti de Giacomo Mori”. Frutado, fresco e envolvente, é elaborado com uvas de cultivo orgânico.

US$ 59.00


Itália | 113

Capannelle

Sezzana/La Spinetta

Chianti Classico

Supertoscanos

www.capannelle.it

Excelente produtor da região de Chianti, hoje vivendo uma ótima fase. Seus vinhos são bastante estruturados e refinados, recebendo muitos elogios do Gambero Rosso. Seus Chianti Classico Riserva são muito bons e reputados. O aveludado Solare é um saboroso corte de Sangiovese e Malvasia Nera, que recebe os “due bicchieri”. A jóia da casa é o excelente, profundo e classudo 50 & 50, que merece os “tre bicchieri” e muitos elogios, sendo “irresistível, com frescor e elegância, um palato particularmente fascinante, com concentração, densidade que preenche a boca e taninos finos e macios”. Ele é elaborado com um corte de 50% Sangiovese, dos vinhedos de Capannelle, e 50% Merlot, dos vinhedos do conceituado produtor Avignonesi. vinhos tintos 0068.02.0 Chianti Classico Riserva 02 WS=91(99)

US$/gf 93.25

Estes são os excelentes supertoscanos elaborados pelo reputado produtor piemontês La Spinetta —o segundo melhor da Itália, segundo o Gambero Rosso, que lhe confere suas “due stelle”, por nada menos do que 29 “tre bicchieri”, marca superada apenas por Angelo Gaja! Esta é a primeira incursão do célebre produtor fora do Piemonte. Tratam-se de três tintos de 95% Sangiovese e 5% Colorino, com muita tipicidade, classe e profundidade. vinhos tintos

US$/gf

0315.06.0 Il Nero di Casanova IGT 06

58.75

0315.07.0 Il Nero di Casanova IGT 07 RP=88

51.50

0315.07.1 Il Nero di Casanova IGT 07 (1/2 gf)

29.50

0315.08.0 Il Nero di Casanova IGT 08

49.90

1649.08.0 Il Colorino di Casanova IGT 08

67.50

1936.07.0 Chianti Riserva 07

75.25

0542.03.0 Sezzana IGT 03 RP=90. WS=90

112.50

0542.04.0 Sezzana IGT 04 WS=91

135.50

0066.98.0 50 & 50 Sangiovese/Merlot 98

0543.03.0 Sassontino IGT 03

112.50

0543.04.0 Sassontino IGT 04 RP=90

135.50

RP=94(99). WS=93(99)

399.90

garrafa magnum vinho tinto

Dei

US$/gf

0315.07.2 Magnum Il Nero di Casanova IGT 07

134.50

Montepulciano www.cantinedei.com

Dei é um dos maiores nomes em Vino Nobile di Montepulciano, produzindo alguns dos mais elogiados tintos toscanos da atualidade. Segundo Parker, “os poderosos e elegantes vinhos de Caterina Dei continuam a se classificar entre os melhores de Montepulciano”. Seus Vino Nobile de Montepulciano normal e Reserva estão entre os melhores da denominação. São tintos ricos, elegantes e longevos, de grande estrutura, aptos a envelhecer longos anos. O maravilhoso Sancta Catharina é um dos grandes vinhos toscanos, de muito apelo, concentração e personalidade. São belas descobertas para aqueles que ainda não conhecem as virtudes do Vino Nobile di Montepulciano — uma das três mais reverenciadas denominações toscanas, ao lado de Brunello di Montalcino e Chianti Classico. vinhos tintos

US$/gf

0139.09.0 Rosso di Montepulciano 09 WS=89(06)

59.50

0138.07.0 Vino Nobile di Montepulciano 07 RP=91(01)

92.50

0138.07.1 Vino Nobile di Montepulciano 07 (1/2 gf)

49.25

0138.08.0 Vino Nobile di Montepulciano 08

89.90

0138.08.1 Vino Nobile di Montepulciano 08 (1/2 gf)

49.90

0248.06.0 Vino Nobile di Montepulciano

Riserva Bossona 06 JR=18(04)

0140.08.0 Santa Catharina 08

garrafa magnum vinho tinto

129.90 144.00

US$/gf

(1.500 ml)

88

Il Nero di Casanova IGT 2007 Sezzana / La Spinetta

132.75

Elaborado na Toscana por La Spinetta - o segundo melhor produtor de toda a Itália para o Gambero Rosso, com 36 “Tre Bicchieri”, este delicioso tinto é rico e envolvente, com ótima presença de palato e grande concentração. A adição de 5% de Colorino na Sangiovese deixa o vinho mais escuro e interessante. “Fresco, vinoso e com adorável equilíbrio” nas palavras de Robert Parker, é uma ótima escolha para acompanhar massas com molho de carne.

US$ 51.50

0138.03.2 Magnum Vino Nobile di Montepulciano 03

RP


114 | Itália

Podere Monastero

Valiano

Supertoscanos

Chianti Classico

www.poderemonastero.com

Com o trabalho meticuloso do talentoso enólogo Alessandro Cellai, Podere Monastero foi criada para produzir dois vinhos diferentes e excepcionais no coração de Castellina in Chianti. O impressionate La Pineta foi concebido para ser o melhor Pinot Nero da Itália. Para tanto, foram estudados dezenas de clones franceses de Pinot Noir, em busca dos mais adequados a uma minúscula parcela de 1,5 hectare com condições perfeitas para o cultivo desta casta. Logo na primeira safra, o vinho arrematou 92 pontos de Robert Parker, que destacou a “soberba profundidade e riqueza” do vinho, que é “um canhão”, mas com “fantástica harmonia e toneladas de equilíbrio”. Já o Campanaio, o segundo tinto da propriedade, é elaborado com um corte de Merlot e Cabernet Sauvignon, também de um minúsculo vinhedo de 1,5 hectare – com maior insolação para deixar as uvas perfeitamente maduras. Com grande estrutura e complexidade, em um estilo realmente maduro, foi classificado como “outstanding” por Robert Parker em sua safra inaugural. Para o crítico, esta é “sem dúvida uma vinícola que promete muito para o futuro próximo”. vinhos tintos

US$/gf

Esta prestigiosa propriedade toscana — no coração de Castelnuovo Berardenga, em Chianti Classico — pertencia nos anos 1960 ao presidente da Itália, Giovanni Gronchi, e posteriormente foi comprada pela tradicional família Piccini. Os vinhedos estão localizados a 400m de altitude, com excelente exposição e um solo privilegiado, que possibilitam a produção de excelentes vinhos. A propriedade se tornou o grande orgulho da família Piccini e todas as uvas são colhidas manualmente. Seu Chianti Classico é um tinto “suculento e cheio de fruta”, segundo a Wine Spectator. Por sua vez, o Chianti Classico Riserva é “outstanding” segundo a revista, que lhe concede 90 pontos — sendo uma verdadeira pechincha. É um vinho bastante elegante. O Donna di Valiano é um saboroso Chardonnay fermentado em barricas de carvalho francês. O Vino in Musica celebra as grandes paixões de Pierangelo Piccini: vinho, música e arte, sendo um supertoscano criado pelo patriarca Piccini com seu amigo, o renomado artista Giuseppe Chiari. Ele é elaborado somente nas melhores safras, com partidas selecionadas de Sangiovese e Cabernet Sauvignon, maturados por 18 meses em carvalho francês vinhos tintos

US$/gf

1567.08.0 Campanaio IGT 08

1642.07.0 Chianti Classico 07 WS=88(08)

1643.05.0 Chianti Classico Riserva 05 WE=90(06)

RP=90(07) WS=90(06)

1567.09.0 Campanaio IGT 09 RP=94(10)

99.50 99.50

1566.08.0 La Pineta IGT Pinot Nero 08

RP=92(06) WS=90(07)

1566.09.0 La Pineta IGT Pinot Nero 09 RP=92+(10)

119.50 119.90

vinho branco seco 1645.05.0 Donna di Valiano Chardonnay 05

(08) 45.90 59.90

US$/gf 35.00


Itália | 115

Lanciola

Le Pupille

a

Morellino di Scansano

Chianti Classico www.lanciola.it

Eis um achado que produz verdadeiras jóias em Chianti Colli Fiorentini e Chianti Classico, sob a batuta da família Guarnieri. Elaborados com técnicas modernas, mas sempre valorizando a tipicidade da região, os vinhos de Lanciola são difíceis de resistir, com ótima fruta e um sofisticado toque terroso no palato. O “refinado” Chianti Classico Le Masse di Greve Riserva foi classificado como “outstanding” pela Wine Spectator, que destacou “os taninos sedosos que acariciam o palato”. O Chianti Classico Le Masse di Greve, por sua vez, mereceu 90 pontos da revista na safra de 2007 — uma nota excelente para sua faixa de preço. Raccionero é um profundo Pinot Nero, com ótimo corpo e cativantes notas de frutas silvestres; um dos mais notáveis exemplos da casta Pinot Noir elaborados na Toscana. O Rosso della Lanciola é um tinto vivo e muito saboroso, com um agradável toque de cerejas no palato e bastante frescor — um belo vinho de trattoria.

Produtor ‘cult’ entre os apreciadores de vinhos italianos, Le Pupille é uma das grandes estrelas de Maremma, região toscana em evidência, famosa por seus Morellino di Scansano e por estilosos supertoscanos. O Gambero Rosso se desmancha em elogios a este produtor, que costuma merecer diversos “tre bicchieri” por seu Poggo Valente e por seu estupendo Saffredi — que recebeu 96 pontos de Parker e 95 pontos da Wine Spectator na ótima safra de 1997! Os outros tintos da casa também são finos, concentrados e aveludados, com um delicioso toque achocolatado. O branco doce Solalto é “maravilhoso”, segundo o Gambero Rosso. vinhos tintos

US$/gf

0284.06.0 Morellino di Scansano 06

33.50

0284.08.1 Morellino di Scansano 08 (1/2 gf) RP=90

25.50

0284.09.0 Morellino di Scansano 09

43.90

0284.09.1 Morellino di Scansano 09 (1/2 gf)

27.90

0284.10.0 Morellino di Scansano 10

43.90

0284.10.1 Morellino di Scansano 10 (1/2 gf)

27.90

US$/gf

1496.09.0 Pelofino IGT 09

39.50

1651.07.0 Rosso della Lanciola 07

27.90

1496.10.0 Pelofino IGT 10

39.50

1651.06.1 Rosso della Lanciola 06 (1/2 gf)

18.90

0285.06.0 Morellino di Scansano Poggio Valente 06

1652.07.0 Chianti Colli Fiorentini 07

31.50

RP=92 79.90

1652.07.1 Chianti Colli Fiorentini 07 (1/2 gf)

21.50

vinhos tintos

0286.05.0 Saffredi IGT 05 WS=92. RP=91(03) 0286.06.0 Saffredi IGT 06 RP=96

vinho branco seco 1654.09.0 Bianco della Lanciola 09

US$/gf 30.90

vinho branco doce 0287.06.1 Solalto 06 (1/2 gf)

garrafa magnum vinho tinto

189.50 239.50

US$/gf 55.90

US$/gf

0285.06.2 Magnum Morellino di Scansano

Poggio Valente 06 (1.500 ml) 199.50

La Querciolina Montecucco www.laquerciolina.it

Morellino di Scansano 2009 Le Pupille

Le Pupille é o grande nome de Morellino di Scansano, e o pioneiro desta DOC cada vez mais em evidência na Toscana. Este é seu conceituado tinto desta denominação, um vinho delicioso, frutado e fresco, produzido predominantemente com Sangiovese, com um toque de Alicante e Malvasia Nera. Uma expressão nítida do terroir de Maremma, este vinho é produzido desde 1985 e foi o primeiro grande tinto desta região hoje tão falada.

US$ 43.90

Os irmãos Sasseti, do famoso Brunello di Montalcino Pertimali, adquiriram uma propriedade com ótimos vinhedos na região de Montecucco, em Maremma, famosa por produzir alguns dos vinhos de melhor relação qualidade/preço de toda Itália. Utilizando a casta Sangiovese, eles talharam um vinho sério, com personalidade tipicamente toscana e repleto de cativantes notas de frutas silvestres, além de uma ótima acidez. É um tinto agradável e saboroso, com ótimo frescor, um toque cremoso no palato e um caráter levemente terroso. Perfeito para acompanhar massas! vinho tinto 1806.07.0 Montecucco DOC 07

US$/gf 59.50


116 | Itália

Piccini

Riecine

Estabelecidas há quatro gerações no coração da Toscana, as Tenute Piccini elaboram tintos e brancos de muita tipicidade, combinando as mais modernas técnicas de vinificação com toda a tradição das práticas regionais. Esta receita garantiu um enorme sucesso, fazendo com que Piccini se tornasse o segundo maior produtor da Toscana, atrás apenas da família Antinori. Toda sua gama de vinhos apresenta uma ótima relação qualidade/ preço, e as 22 medalhas recebidas recentemente no International Wine Challenge compravam a ótima fase da vinícola. Os Chianti, grande especialidade de Piccini, são bastante saborosos, com boa fruta e um estilo perfeito para acompanhar comida. Os outros tintos e brancos regionais são ótimos exemplos das respectivas denominações, sempre macios e agradáveis, com um inegável acento italiano e uma qualidade impressionante para sua categoria.

Riecine é um dos maiores nomes em Chianti Classico, elaborando vinhos de suprema elegância, sempre entre os melhores da península. Seus três maravilhosos Chianti Classico são extremamente finos e classudos, com uma textura sedosa e muito estilo. Produzido apenas em grandes safras, o La Gioia (100% Sangiovese) é relacionado entre os melhores vinhos italianos por Veronelli e é frequentemente premiado com os “tre bicchieri” do Gambero Rosso. O Chianti Classico Riserva é sofisticado e impressionante, tendo sido um dos “100 Melhores Vinhos do Mundo” da Wine Spectator em 2006. Segundo o jornalista Matt Kramer, da revista, “mesmo na gloriosa safra de 2001, provei muito poucos Chianti Classico mais profundos do que o Riserva de Riecine. Este é um Chianti Classico como a denominação poderia ser, deveria ser — uma obra prima de densidade, pureza e profunda qualidade da Sangiovese”. Seus vinhos estão todos no ápice de qualidade da denominação.

www.tenutepiccini.it

vinhos tintos

US$/gf

vinhos tintos

US$

0662.08.0 Tegole Toscano IGT 08

19.50

0421.07.0 Chianti Classico 07

74.50

0657.09.0 Chianti DOCG 09

23.90

0421.08.0 Chianti Classico 08

56.90

0657.09.1 Chianti DOCG 09 (1/2 gf)

15.50

0422.03.0 Chianti Classico Riserva 03 WS=91

119.50

0657.10.0 Chianti DOCG 10

23.90

0422.06.0 Chianti Classico Riserva 06 RP=91 (01)

145.50

0657.10.1 Chianti DOCG 10 (1/2 gf)

15.90

0422.07.0 Chianti Classico Riserva 07

0658.08.0 Chianti Riserva DOCG 08

28.90

0423.05.0 La Gioia di Riecine 05 WS=91 (01)

99.50

0659.05.0 Selezione Oro Chianti Riserva 05 WE=88

46.90

RP=93 (01) YYY(03)

174.00

0659.07.0 Selezione Oro Chianti Riserva 07 WS=89

48.50

0423.06.0 La Gioia di Riecine 06

124.50

0660.08.0 Rosso di Montalcino 08

48.90

1531.05.0 Sasso Al Poggio IGT 05 WS=90

61.90

1531.07.0 Sasso Al Poggio IGT 07 WS=90(04). WE=91

61.90

0661.05.0 Collezione Piccini Brunello di Montalcino 05

WS=91(06). WE=90(06)

108.00

1768.04.0 Brunello di Montalcino Riserva 04

WS=91(05). WE=91(05)

vinhos brancos secos

182.00

US$/gf

1641.10.0 Orvieto 10

18.90

0664.09.0 Vernaccia di San Giminiano 09

25.90

1980.00.0 Memoro Bianco d’Italia s/s

27.90

garrafas magnum vinho tinto

US$/gf

0659.05.2 Magnum Selezione Oro Chianti Riserva 05

134.00

1531.05.2 Magnum Sasso Al Poggio IGT 05 (1.500 ml)

158.00

0661.03.2 Magnum Collezione Piccini Brunello di

Montalcino 03 (1.500 ml)

225.00

Memoro Bianco Piccini

Poucos meses depois de ser lançada com sucesso na Europa, a versão “branco” do celebrado Memoro chega ao Brasil. Como no caso do tinto, trata-se de um curioso corte de uvas de quatro regiões da Itália, que por sua denominação “Vino d´Itália” não pode ser safrado. A combinação sui generis de 40% de Viognier da Sicília, 30% de Chardonnay do Trentino, 20% de Vermentino da Maremma e 10% de Pecorino do Marche resulta em um vinho inigualável, que reflete o autêntico acento italiano. É mais uma saborosa invenção da família Piccini, famoso produtor da Toscana, que se dedicou ao estudo detalhado das variedades brancas de diferentes zonas vitivinícolas do país, experimentando cortes inusitados até chegar no Memoro Bianco, um vinho surpreendente, denso, cheio de fruta e com toque elegante de madeira. É uma novidade que promete repetir o grande sucesso do Memoro Tinto.

US$ 27.90


Para o Verão

WS 93

RP 90 JR 17

RP 92

ST 91

WS 90 0763100 Baglio del Sole Inzolia 2010

1518110 Kaiken Rosé 2011

0685000 Champagne Henriot Brut Souverain Maison Henriot

Feudi del Pisciotto

Esta deliciosa novidade de Kaiken é elaborada com uvas Malbec dos mesmos vinhedos destinados à produção do famoso Kaiken Ultra, mas colhidas um mês antes, enquanto a acidez das uvas é um pouquinho maior. O resultado é um vinho incrivelmente fresco e equilibrado, seco mas dotado de cativantes aromas de frutas vermelhas. Um rosado de grande classe, entre os melhores produzidos no país.

Um dos melhores Champagne não safrados de todo o mercado, o aristocrático Brut Souverain tem um “estilo seco e sofisticado”, para a revista Wine Spectator, que o classificou com 93 pontos, uma das mais altas já concedidas a um Champagne de base. De estilo elegante e refinado, Henriot é um dos Champagnes de maior prestígio na França.

Este saboroso branco da Sicília mostra um delicioso toque amendoado, típico da casta Inzolia. Marcante, com ótima presença no palato, é um vinho diferente e cativante, que merece ser descoberto. US$ 29.50

1982100 Châteauneuf-du-Pape Blanc 2010

1890080 Alfa Centauri Sauvignon Blanc 2008 O. Fournier

0726090 Luca Chardonnay 2009

Luca (Laura Catena)

Com a excelente nota 17/20 de Jancis Robinson, este Châteauneuf-du-Pape branco mostra aromas “que remetem a um vinho de Condrieu” segundo a Master of Wine. Este empolgante corte de Grenache Blanc, Clairette, Roussanne e Bourboulenc é encorpado e expressivo. Um belíssimo branco, de pequena produção.

Elaborado com uvas Sauvignon Blanc rigorosamente selecionadas de vinhedos plantados no fresco terroir do Vale de Leyda. Fermentado e maturado em barricas novas de carvalho francês de 500 litros, o Alfa Centauri combina complexos aromas de frutas cítricas com um sofisticado toque cremoso no palato. As safras 2008 e 2009 receberam 91 pontos de Stephen Tanzer, a mais alta nota já concedida a um branco Chileno. Um vinho robusto, que promete evoluir ainda mais após alguns anos de guarda.

Segundo Robert Parker, este soberbo branco” é o candidato ao melhor Chardonnay da Argentina entra ano e sai ano”, tendo merecido consecutivamente 92 pontos na safra de 2009. Maturado 12 meses em barricas de carvalho, oferece grande complexidade, potencia e elegância em um conjunto muito sofisticado, que compete com brancos da Borgonha que custam até três vezes mais.

Kaiken

US$ 147.50

US$ 21.90

Clos de L’Oratoire

US$ 127.50

US$ 59.90

US$ 49.90


118 | Itália

Adanti

Ambra

Umbria

Carmignano

www.cantineadanti.com

Segundo Robert Parker, “Ambra se tornou meu produtor favorito em Carmignano. Sou fã de seus estilo super rico, expansivo e cremoso de tintos. Os vinhos de Ambra são os Pomerols da viticultura toscana”. De fato, a pequena Fattoria di Ambra é o melhor produtor de Carmignano e um dos poucos toscanos a merecerem as 5 estrelas do jornalista. O Carmignano é um vinho que lembra os melhores Chianti, mas que com 15% de Cabernet Sauvignon — plantado na região desde o século XVIII — acaba por ter maior concentração de cor e sabores. vinhos tintos

US$/gf

0770.06.0 Barco Reale 06

33.50

0770.09.0 Barco Reale 09

39.90

0242.05.0 Carmignano S. Cristina in Pilli 05

RP=89(00) WS=88(01)

49.90

0242.08.0 Carmignano S. Cristina in Pilli 08

58.90

0769.07.0 Carmignano Riserva Elzana 07

91.50

Villa Poggio Salvi www.poggiosalvi.it

Contando com o “know-how” de ninguém menos que Biondi Santi, o criador do Brunello di Montalcino e um dos grandes nomes do mundo do vinho, Villa Poggio Salvi produz o delicioso Vaio, um Morellino di Scansano elaborado com uvas Sangiovese de vinhedos de baixos rendimentos plantados na região de Maremma. Mesmo sem passagem por madeira, sua ótima estrutura e profundidade permitem ao vinho evoluir em garrafa por até 15 anos, desenvolvendo um complexo bouquet e uma maravilhosa textura sedosa no palato. Já o Tosco, um ótimo supertoscano da região de Montalcino, combina a casta Sangiovese em seu caráter mais puro com notas intensas de frutas vermelhas e uma ótima acidez. Maturado por 10 meses em barricas de carvalho esloveno, conjuga muito bem a opulência dos mais modernos vinhos da Itália com um ótimo toque de austeridade tendo merecido nada menos que 93 pontos da Wine Spectator na última safra avaliada. Mostra taninos aveludados e marcantes notas típicas da uva Sangiovese Grosso, o mesmo clone que dá origem aos grandiosos Brunello di Montalcino. vinhos tintos 1226.07.0 Vaio Morellino di Scansano 07 1225.06.0 Tosco IGT 06 WS=93(07). VE=

US$/gf 63.90 68.00

Adanti é um dos mais tradicionais produtores de Sagrantino — “um verdadeiro clássico” nas palavras do Gambero Rosso. Estes poderosos vinhos, os mais tradicionais da região da Úmbria, são tintos poderosos, incrivelmente tânicos quando ainda jovens, mas capazes de evoluir por décadas. Adanti promoveu uma verdadeira revolução em sua cantina, adotando métodos de vinificação modernos e colocando, segundo o guia Duemilavini da Associação Italiana de Sommeliers, “o coração e a alma na gestão dos vinhedos e da vinícola”. Os resultados são evidentes e os vinhos têm arrematado os principais prêmios da imprensa italiana. O grandioso Sagrantino di Montefalco, “repleto de finesse e complexidade”, obteve os máximos “tre bicchieri” do Gambero Rosso que descreveu o vinho como “esplêndido”! O Montefalco Rosso é feito para ser bebido mais jovem, enquanto o Sagrantino evolui na adega. É um vinho mais macio, elaborado com grande proporção de Sangiovese. O Níspero, por sua vez, é um cativante corte de Sangiovese com uma “pitada” de Merlot e Barbera. O Arquata, por sua vez, é uma resposta da Umbria aos famosos supertoscanos. Elaborado com 45% de Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc, 45% de Merlot e 10% de Barbera para conferir frescor ao tinto, é incrivelmente elegante, com ótima complexidade e um toque aristocrático no palato. Os brancos são muito saborosos e frescos, com grande tipicidade. O Sagrantino de Montefalco Passito é uma raridade, uma especialidade de Adanti. Trata-se de um tinto doce com taninos marcantes e grande profundidade. Uma deliciosa escolha para acompanhar chocolate meio amargo. vinhos tintos 1686.06.0 Nispero Rosso Dell’Umbria IGT 06

US$/gf 28.50

1687.06.0 Montefalco Rosso DOC 06

41.50

1688.04.0 Montefalco Sagrantino DOCG 04

87.90

1689.04.0 Arquata Rosso Dell’Umbria IGT 04

73.00

vinho rosado 1691.08.0 Amanter Rosato dell’Umbria IGT 08

vinho branco seco 1690.09.0 Grechetto Colli Martani DOC 09

vinho tinto doce

US$/gf 31.90

US$/gf 30.90

US$/gf

1692.04.7 Montefalco Sagrantino Passito

DOCG 04 (500 ml)

113.00


Itália | 119 Umbria, Marche e Molise

Di Majo Norante

A Vita

www.dimajonorante.com

www.avita.it

Di Majo Norante é o grande nome de Molise, a segunda menor região da Itália. “Um exemplo a ser seguido e um atestado do grande potencial desta zona” segundo o Gambero Rosso, Di Majo Norante elabora vinhos surpreendentes, todos certificadamente orgânicos — e “estonteantes pechinchas”, na opinião de Robert Parker. Utilizando variedades típicas das regiões vizinhas, como a Aglianico, a Montepulciano, a Sangiovese, a Falanghina e o Negroamaro, este dedicado produtor talha vinhos repletos de fruta e vigor, com um acento que lembra os melhores vinhos do sul da Itália. O orgulho da casa é o Contado Riserva Aglianico del Molise, um tinto robusto e encorpado que conseguiu a façanha de arrematar ao mesmo tempo os “tre bicchieri” do Gambero Rosso e sua estrela especial de excepcional relação qualidade/preço, sendo sem dúvida uma das melhores pechinchas entre os mais premiados vinhos da Itália. Os brancos Falanghina e Greco são versões mais delicadas e aromáticas do que os exemplares produzidos na Campania. O Don Luigi é um suntuoso tinto baseado na casta Montepulciano, maturado por 18 meses em barricas de carvalho — certamente o mais ambicioso tinto de Molise.

A Vita é um dos mais saborosos segredos entre os vinhos italianos da atualidade — a ponto de causar um certo furor entre os especialistas locais. Francesco De Franco e sua mulher, a friulana Laura Violino, decidiram mostrar ao mundo o potencial da casta Gaglioppo para produzir vinhos complexos e elegantes, de muita classe e com uma deliciosa tipicidade. O vinhedo do casal, de apenas 8 hectares, é cultivado de maneira totalmente biológica, com vinhos elaborados de forma natural, sem intervencionismos. Trata-se de um vinho artesanal e de notável profundidade, concebido na contramão da maioria dos vinhos de Cirò. Os fantásticos elogios de alguns influentes críticos italianos — como Franco Zilani e Andrea Petrini — originaram uma verdadeira corrida entre os blogueiros italianos especializados em vinhos, curiosos para provar a novidade. O Cirò Superiore de A Vita é um vinho repleto de nuances, e mostra todas suas qualidades algum tempo após servido, preferencialmente em taças grandes de cristal.

Molise

vinhos tintos

Calabria

29.90

1655.10.0 Sangiovese IGT Terra Degli Osci 10

36.50

1658.08.0 Cretaccio Negroamaro IGT Puglia 08

42.90

1656.07.0 Contado Agianico Riserva rosso DOC 07

49.50

1974.09.0 Ramitello Biferno rosso 09 RP=91

49.90

1657.07.0 Don Luigi Riserva 07

97.50

1976.11.0 Moli rossato 11

vinhos brancos secos

1910.09.0 Cirò Classico Superiore 09

US$/gf 79.90

US$/gf

1975.10.0 Moli rosso 10

vinho rosado

vinho tinto

US$/gf 29.90

US$/gf

1977.11.0 Moli bianco 11

29.50

1659.09.0 Greco Bianco DOC Molise 09

38.90

1660.09.0 Falanghina DOC Molise 09

38.90

Moli Rosso 2010 Di Majo Norante Saboroso corte de Montepulciano e Aglianico sem passagem por madeira. Revela boa fruta e frescor, e um discreto e característico amargor, perfeito para diminuir a sensação de gordura de alguns pratos.

US$ 29.90


120 | Itália Sicilia

La Valentina

Feudi del Pisciotto

www.lavalentina.it

www.castellare.it

La Valentina é o melhor produtor de Montepulciano d’Abruzzo na opinião de Robert Parker, que conferiu nada menos que 94 pontos —a mais alta nota já concedida a um vinho desta denominação — ao Belloverde 2005. Para Parker, os vinhos de La Valentina estão “entre os mais impressionantes” que o crítico provou nos últimos tempos. Segundo o Gambero Rosso, “o segredo do sucesso de La Valentina é a dedicação, perfeccionismo, respeito às tradições do Abruzzo e a verdadeira paixão que os proprietários colocam em todos os aspectos da vinícola”. Os vinhos são elaborados com consultoria de Luca D’Attoma, responsável pelos vinhos de Le Macchiole e considerado um dos maiores enólogos da Itália. Os cuidados são pouco comuns na região, incluindo baixos rendimentos, longas macerações com as cascas e vinificação separada por vinhedo. O Montepulciano d’Abruzzo de base é uma das melhores compras da Itália — “um vinho que oferece prazer demais pelo que custa; excelente escolha como vinho do dia a dia” nas palavras de Robert Parker, que concedeu 88 pontos para a última safra avaliada. O Spelt, que mereceu os “Tre Bicchieri” do Gambero Rosso e 89 pontos de Parker na safra 2005, é um tinto delicado e cheio de camadas de frutas maduras. O Belloverde é um dos ícones da região — “lindo de cair de costas” para a The Wine Advocate, que compara o tinto a um elegante vinho da Borgonha ou de Barolo. Os rosados são frescos, com ótima profundidade e deliciosas notas de frutas silvestres. O Trebbiano d’Abruzzo,por sua vez, é aromático e cheio de personalidade, um delicioso aperitivo!

O conceituado produtor toscano Castellare di Castellina adquiriu alguns dos melhores e mais elevados vinhedos da Sicília, plantados com a emblemática uva Nero d’Ávola e outras variedades. A belíssima propriedade de Feudi del Pisciotto está sendo restaurada, com consideráveis investimentos, para que passe a produzir alguns dos melhores vinhos da Itália meridional. As primeiras safras de vinhos varietais já têm sido lançadas com muito sucesso. O Baglio del Sole Nero d’Ávola é rico, intenso e delicioso, cheio de fruta, com grande tipicidade. O Baglio del Sole Inzolia é um saboroso branco, bastante refrescante, perfeito para acompanhar comida.

(Castellare di Castellina)

Abruzzo

vinhos tintos

US$/gf

1807.08.0 Montepulciano d’Abruzzo 08

34.90

1807.09.0 Montepulciano d’Abruzzo 09

34.90

1807.09.1 Montepulciano d’Abruzzo 09 (1/2 gf)

21.90

1809.06.0 Montepulciano d’Abruzzo Spelt 06

72.90

1808.05.0 Montepulciano d’Abruzzo Bellovedere 05 RP=94 146.50

vinhos rosados

US$/gf

1810.09.0 Montepulciano d’Abruzzo Cerasuolo 09

29.90

1811.09.0 Montepulciano d’Abruzzo Cerasuolo EFFE 09

57.90

vinhos brancos secos 1812.09.0 Trebbiano d’Abruzzo 09 1941.10.0 Pecorino Colline Pescaresi 10

US$/gf 29.50 38.50

vinhos tintos

US$/gf

0761.09.0 Baglio del Sole Nero d’Avola 09 29.50 0761.10.0 Baglio del Sole Nero d’Avola 10 29.50 1805.08.0 Versace Nero d’Avola 08

59.90

1805.09.0 Versace Nero d’Avola 09

59.90

vinho branco seco 0763.09.0 Baglio del Sole Inzolia 09

US$/gf 29.50

Le Vigne di Eli Este novo projeto pessoal de Marco de Grazia já está despontando como uma das melhores fontes para os cultuados vinhos do monte Etna, na Sicília — que vêm sendo chamados, por sua classe e elegância, de “borgonhas do mediterrâneo”. Os vinhedos estão dispostos em dois dos melhores terraços do Etna, com solo negro de lava vulcânica, que confere à casta Nerello Mascalese uma mineralidade impressionante. “Intenso e mineral, com notas de violeta” segundo a Wine Spectator, o Feudo di Mezzo recebeu 92 pontos da revista. O Calderara, por sua vez, é “denso e encorpado, com camadas de frutas suculentas”, merecendo 91 pontos da revista, enquanto o branco é “intensamente perfumado”. Todos os vinhos são de minúscula produção e bastante disputados na Europa. Uma atração à parte são os rótulos que foram desenhados por Elena (Eli), a filha de Marco de Grazia quando tinha apenas 3 anos de idade! vinhos tintos

US$/gf

1606.07.0 Etna Rosso Feudo di Mezzo 07 RP=88

107.50

1606.08.0 Etna Rosso Feudo di Mezzo 08

109.90

1813.08.0 Etna Rosso Moganazzi Volrta Sciara 08

109.90

Montepulciano d’Abruzzo 2008 La Valentina

Nas palavras de Robert Parker, o Montepulciano d’Abruzzo de La Valentina é um vinho “incrivelmente prazeroso e cheio de sabor para sua faixa de preço”. Rico e exuberante, com cativantes notas de frutas maduras e ótimo frescor, é um tinto italiano que compete facilmente com os chilenos e argentinos da mesma faixa de preço.

US$ 34.90


Itália | 121 Sul da Itália

Principi di Spadafora www.spadafora.com

Spadafora é um dos grandes nomes da Sicília, produzindo tintos modernos e cheios de estilo, com muito sabor e personalidade. Segundo a revista Wine Enthusiast, “se um homem deve ser denominado o melhor produtor de Syrah da Sicília, esta honra deve ir para Francesco Spadafora”. A Syrah, plantada em vinhedos situados em colinas de 450 metros de altura, é a grande estrela da casa. O melhor tinto é o excelente Sole del Padre Syrah, de muita classe e intensidade, “monumental, maravilhoso e complexo”, segundo a Wine Enthusiast. O Schietto Syrah é outro grande destaque, “esplendidamente concentrado”, que merece 92 pontos da revista. O Don Pietro é típico, rico e saboroso, de ótima relação qualidade/preço, e recebe 90 pontos, enquanto os ótimos Rosso Virzì e Alhambra bianco são deliciosos achados, que mereceram o “Oscar Qualidade/Preço” do Gambero Rosso. vinhos tintos

US$/gf

0385.08.0 Monreale Syrah 08 WS=88(06)

32.50

0385.09.0 Monreale Syrah 09

34.50

0383.04.0 Don Pietro Rosso 04 WE=90(03)

43.50

0383.05.0 Don Pietro Rosso 05

39.50

0583.07.0 Schietto Syrah 07 WE=91(03)

57.90

0387.01.0 Schietto Cabernet Sauvignon 01 WS=88

57.25

vinhos brancos secos

29.90

0384.07.0 Don Pietro bianco 07 WS=86(02)

35.90

0388.02.0 Schietto Chardonnay 02 WS=87

43.25

1758.09.0 Schietto Grillo 09

47.90

0385.09.2 Magnum Monreale Syrah 09 (1.500 ml)

Campania - Taurasi

www.salvatoremolettieri.it

Sobre os extraordinários e encorpados tintos de Molettieri, Robert Parker disse: “esta é uma nova onda de vinhos da Campania que mostra quão especial a uva Aglianico pode ser”. Produzido com a uva Aglianico, o Taurasi é talvez o melhor tinto do Sul da Itália. É um vinho de enorme concentração e potência, muito robusto, de enorme longevidade e muita personalidade. Molettieri é sem dúvida uma das grandes estrelas da região, e seu fabuloso Taurasi Vigna Cinque Querce 2001 foi simplesmente o melhor vinho italiano em 2006 para o guia Gambero Rosso! Os Irpinia também são ótimos achados, “quase bons demais para sua categoria”, nas palavras de Steve Tanzer. vinhos tintos

US$/gf

0447.06.0 Irpinia Cinque Querce 06 RP=90(99e01) 0448.03.0 Taurasi Cinque Querce 03 RP=93 0448.04.0 Taurasi Cinque Querce 04

59.90

147.50

139.90

0449.02.0 Taurasi Riserva Cinque Querce 02

199.50

0449.03.0 Taurasi Riserva Cinque Querce 03 PR=94

189.00

garrafa magnum vinho tinto 0448.02.2 Taurasi Cinque Querce 02 (1.500 ml)

US$/gf 239.00

US$/gf

0382.09.0 Alhambra DOC Monreale bianco 09

garrafa magnum vinho tinto

Salvatore Molettieri

US$/gf 76.90

Don Pietro Rosso 2005 Principi di Spadafora

Ótima descoberta da Sicília, este saboroso tinto é elaborado com as castas Cabernet Sauvignon, Merlot e Nero d’Avola, e parcialmente maturado em barricas de carvalho. Mostra um frutado rico e abundante, sendo sedoso e macio no palato. Recebeu nada menos do que 90 pontos da revista Wine Enthusiast! Em um estilo perfeito para combinar com massas e carnes.

US$ 39.50


122 | Itália

Clelia Romano

Masseria Li Veli

Puglia - Primitivo, Salice Salentino, Negroamaro

Campania - Fiano di Avellino Simplesmente o produtor do melhor branco da Itália para o Gambero Rosso 2010, Clelia Romano produz apenas um único vinho de muito charme e caráter com os vinhedos de sua propriedade Colli di Lapio. O bouquet é intenso, de frutas maduras com notas florais. Na boca é fresco e sedutor, com estrutura e persistência. O retrogosto tem fruta seca e mel. vinhos brancos secos

US$/gf

0124.08.0 Fiano di Avellino 08

- melhor branco da Itália 69.90

0124.09.0 Fiano di Avellino 09

69.90

Masseria Trajone Puglia - Primitivo, Salice Salentino, Negroamaro Esta inovadora vinícola possui propriedades em diversas regiões do Centro e do Sul da Itália, elaborando uma gama de vinhos ricos e modernos, todos de excepcional relação qualidade/preço. Os intensos e deliciosos vinhos da Puglia — como o Negroamaro del Salento, o Primitivo di Manduria, o Primitivo e o Salice Salentino — são todos grandes destaques, assim como os tintos do produtor na Sicília e Lazio. Entre os brancos, produzem um bem elaborado Frascati e um fresco Orvieto.

www.liveli.it

Na histórica região de Salento, a moderna vinícola Masseria Li Veli elabora vinhos saborosos e cativantes, com grande apelo regional. Em sua curta história, este dinâmico produtor da Puglia tem conquistado prêmios importantes da imprensa especializada. Passamante, um delicioso Negroamaro, foi apontado como uma das 100 melhores compras do mundo pela Wine & Spirits, além de ser selecionado para a final dos “tre bicchieri”do Gambero Rosso. O guia italiano classificou o tinto com os “due bicchieri rossi”, além de conceder a estrela especial por sua excepcional relação qualidade/preço. O robusto Pezzo Morgana Salice Salentino mostra a casta Negroamaro em uma versão “realmente muito boa” para o Gambero Rosso, tendo merecido os “due bicchieri”. O Morgana Alta Riserva é ainda superior, com ótima complexidade e potencial de guarda. O Orion é um delicioso vinho elaborado com a casta Primitivo, a mesma Zinfandel da Califórnia. Denso, combina o espírito convidativo dos vinhos da Puglia com uma ótima acidez, o que deixa o vinho incrivelmente palatável, perfeito para acompanhar comida. vinhos tintos

US$/gf

US$/gf

1453.08.0 Orion Salento Primitivo 08

35.90

0316.10.0 Aglianico Beneventano Epicuro 10

27.90

1453.10.0 Orion Salento Primitivo 10

39.90

0319.09.0 Masseria Trajone Sicilia Nero d’Avola 09

24.90

1454.08.0 Passamante Salento Negroamaro 08 RP=88 37.90

0319.10.0 Masseria Trajone Sicilia Nero d’Avola 10

24.90

1454.10.0 Passamante Salento Negroamaro 10

0317.08.0 Masseria Trajone Puglia Copertino Riserva 08

27.90

1455.05.0 Pezzo Morgana Salice Salentino

0317.09.0 Masseria Trajone Puglia Copertino Riserva 09

27.90

vinhos tintos

Riserva 07

Negroamaro 05

63.50

1456.03.0 Morgana Alta Salice Salentino Riserva 03

0321.07.0 Masseria Trajone Puglia Salice Salentino

39.90

99.90

28.90

0321.09.0 Masseria Trajone Puglia Salice Salentino

Riserva 09

28.90

0320.08.0 Masseria Trajone Primitivo di Manduria 08

29.90

0320.10.0 Masseria Trajone Primitivo di Manduria 10

29.90

0732.05.0 Bacarossa 05

79.50

vinhos brancos secos

US$/gf

0635.06.0 Orvieto Lazio 06

15.90

0634.09.0 Masseria Trajone Lazio Frascati Superiore 09

18.50

0322.06.0 Vermentino Lazio 06

19.50

0318.09.0 Masseria Trajone Sicilia Inzolia 09

20.90

Masseria Trajone Puglia Primitivo di Manduria 2008 Masseria Trajone

A uva Primitivo é a mesma que a californiana Zinfandel, dando origem a vinhos muito ricos, cheios de fruta madura. Saboroso e fácil de gostar, combina muito bem com massas e pratos de sabor marcante.

US$29,90


Itália | 123

Argiolas

a

Sardegna

www.argiolas.it

Segundo o Gambero Rosso, “é surpreendente a qualidade e a regularidade que há tantos anos a família Argiolas opera sua vinícola”. Classificada com a prestigiosa “stella” pela invejável marca de 18 “tre bicchieri” acumulados, é sem dúvida um dos grandes nomes do sul da Itália. Para Robert Parker, os vinhos de Argiolas são “referências absolutas que capturam a mágica da Sardegna por preços realmente justos se considerarmos a alta qualidade dos vinhos”. Trabalhando com castas autóctones e o conhecimento enológico de Giacomo Tachis, criador de alguns dos maiores ícones do vinho italiano como o Sassicaia e o Solaia, Argiolas se firmou como um líder da região da Sardegna, contribuindo muito para o desenvolvimento da produção vinícola local. O Costerea é um surpreendente Cannonau, repleto de notas de especiarias, que recebeu 90 pontos de Robert Parker na safra de 2007. Cheio de fruta madura , o Perdera é elaborado com a casta Monica di Sardegna. Um vinho “delicioso” para Parker, recebeu a impressionante nota 88 na safra de 2007. O Is Solinas, por sua vez, baseado na uva Carignano, é “soberbo” na opinião da The Wine Advocate, que classificou como “outstanding” a safra de 2006. Com nada menos que 9 safras com “tre bicchieri” do Gambero Rosso, o Turriga é para muitos o melhor vinho da Sardegna e uma das maiores expressões da casta Cannonau – a mesma que a Garnacha espanhola. Com 92 pontos de Parker e “lindamente equilibrado”, o interessantíssimo Korem é elaborado com um corte de 55% Bovale Sardo, 35% Carignano e 10% Cannonau. Os brancos são generosos e cheios de camadas – verdeiras descobertas para quem nunca provou um grande vinho elaborado com as castas Vermentino e Nuragus. O Angialis é um dos melhores vinhos de sobremesa da Itália. Com um “equilíbrio soberbo” para Robert Parker e “maravilhoso” para a Wine Spectator, arrematou os cobiçados “tre bicchieri” do Gambero Rosso na safra de 2006.

vinhos tintos

US$/gf

1595.09.0 Perdera Monica di Sardegna 09 RP=90

41.90

1593.08.0 Costera Cannonau di Sardegna 08 RP=90(07)

44.90

1593.08.1 Costera Cannonau di Sardegna 08 (1/2 gfa)

25.50

1593.09.0 Costera Cannonau di Sardegna 09

49.90

1593.09.1 Costera Cannonau di Sardegna 09 (1/2 gfa)

27.90

1597.06.0 Is Solinas Isola dei Nuraghi IGT 06 RP=90

63.00

1600.06.0 Korem Isola dei Nuraghi IGT 06 RP=92

118.50

1598.05.0 Turriga Isola dei Nuraghi IGT 05 RP=93

229.50

vinhos brancos secos 1601.09.0 S’Elegas Nuragus di Cagliari 09

US$/gf 33.50

1602.10.0 Costamolino Vermentino de Sardegna 10

RP=89

41.50

1603.08.0 Is Argiolas Vermentino di Sardegna 08

49.90

1604.07.0 Cerdeña Isola dei Nuraghi IGT 07

179.50

vinho branco doce

US$/gf

1594.06.7 Angialis Isola dei Nuraghi IGT 06 (500 ml)

RP=91

RP

119.50

90

Perdera Monica di Sardegna DOC 2009 Argiolas

Classificada com a prestigiosa “stella” pela invejável marca de 16 “tre bicchieri” acumulados, Argiolas é sem dúvida um dos grandes nomes do sul da Itália. Cheio de fruta madura, o Perdera foi considerado um vinho “delicioso” por Robert Parker. Ótima relação qualidade/preço!

US$ 41.90


França Por muitas décadas ou muitos séculos, os maravilhosos e aclamados vinhos da França foram o modelo em que praticamente todos os produtores do mundo se inspiraram. O país possui uma gama invejável de regiões e vinhos quase que arquetípicos, e muitos dos melhores vinhos do mundo ainda saem de sua privilegiada variedade de terroirs da mais alta qualidade. O catálogo da Vinci apresenta verdadeiros ícones no país, como os reputadíssimos Champagne Henriot - uma das únicas quatro casas ainda familiares de Champagne, de enorme reconhecimento internacional. Seus Champagnes elegantes e exclusivos, de pequena produção, estão entre o que a região pode produzir de melhor. Além dos artesanais Grands Crus de Pierre Pèters e os sofisticados Champagnes Rothschild - criados a partir da união dos três ramos do que é talvez a mais famosa família do mundo do vinho - tornam a coleção de Champagne da Vinci realmente invejável. Na Bourgogne, além dos excelentes vinhos do Maison Champy, Chanson e Camille Giroud, destacam-se inúmeros pequenos produtores de muito prestígio, como J.J Confuron, Bruno Clair e Jean Marc Morey. Domaine de Cristia, os novos “superstarts de Châteauneuf-du-Pape”, enquanto Ogier e seu histórico Clos de L’Oratoire des Papes são grandes estrelas do Rhône. O Sul da França dá origem a vinhos de muito caráter e criatividade, como os belos vinhos de H&B - incluindo um moderno rose que foi uma das escolhas do ano para o guia Bettane & Desseauve, enquanto Léon Beyer elabora na Alsace alguns dos mais clássicos vinhos da região.


França | 125 Segundo a Burghound, “não é nada fácil achar um vinho de melhor relação qualidade/preço” que o Bourgogne Pinot Noir de Chanson

Bourgogne

Maison Champy www.champy.com

Fundada em 1720, a Maison Champy é a mais antiga da Borgonha, possuindo diversas propriedades na valorizada Côte d’Or. Hoje está em uma ótima fase, com vinhos cada vez melhores e mais elogiados a cada safra. A Revue du Vin de France a escolheu como o “Coup de Coeur 2001” (a vinícola preferida da revista), elogiando sua “impressionante expressão do terroir e grande elegância, tanto nos tintos quanto nos brancos”. Segundo a revista Gault-Millau, “seus tintos são extraordinários, com um Bourgogne ‘Signature’ delicioso e fácil de agradar, cheio de fruta, além de excelentes Savigny”. A Wine Spectator muitas vezes lhe concede altas notas. Champy está hoje entre as melhores casas da Borgonha. vinhos tintos 0296.08.0 Bourgogne Pinot Noir 08

US$/gf 44.90

0296.09.0 Bourgogne Pinot Noir 09

57.50

0296.09.1 Bourgogne Pinot Noir 09 (1/2 gf)

32.50

0301.01.0 Côtes de Beaune Villages 01

49.50

0301.05.0 Côtes de Beaune Villages 05 WS=87 (08)

55.50

0301.05.1 Côtes de Beaune Villages 05 (1/2 gf)

35.50

0301.06.1 Côtes de Beaune Villages 06 (1/2 gf)

29.90

0789.09.0 Pernand-Vergelesses Fichots 09 (Premier Cru)

74.00

0304.06.0 Gevrey-Chambertin Vieilles Vignes 06 WS=90

99.50

0303.07.0 Gevrey-Chambertin Cazetiers 07 (Pr. Cru)

179.50

0303.09.0 Gevrey-Chambertin Cazetiers 09 (Pr. Cru)

232.00

0727.05.0 Chambolle-Musigny Les Bussières 05 WS=90

99.90

0727.06.0 Chambolle-Musigny Les Bussières 06

129.50

1147.05.0 Hospices de Beaune Beaune

Clos des Avaux 05

129.50

1571.07.0 Corton 07 (Grand Cru) WS=91

149.90

0299.06.0 Clos de Vougeot 06 (Grand Cru) WS=90

399.50

vinhos brancos secos

US$/gf

0295.08.0 Bourgogne Chardonnay 08 RP=87(02)

39.90

0295.09.1 Bourgogne Chardonnay 09 (1/2 gf)

29.90

0585.08.0 Pouilly-Fuissé 08

69.90

0585.11.0 Pouilly-Fuissé 11

69.90

0297.09.0 Chablis 09

78.90

0297.10.0 Chablis 10

76.90

0307.04.0 Pernand Vergelesses 04

WS=89. Dec=4*(01)

0300.05.0 Corton Charlemagne 05* (Grand Cru) WS=92

garrafas magnum vinho tinto

69.90 344.50

US$/gf

0296.09.2 Bourgogne Pinot Noir 09

(1.500 ml)

129.90

Côtes de Beaune Villages 2005 Maison Champy

Ótimo Côtes de Beaune Villages, de excelente relação qualidade/preço, com todo o charme e a tipicidade desta elegante zona no coração da Côtes d’Or.

US$ 55.50


126 | França

Chanson Père & Fils

vinhos brancos 1585.08.0 Bourgogne Chardonnay 08

www.vins-chanson.com

Uma das mais tradicionais e respeitadas maisons de vinhos da Borgonha, a Chanson Père & Fils foi fundada em 1750 e é um dos maiores proprietários de vinhedos finos da região, contando com uma invejável coleção de propriedades de excepcional localização em Premiers Crus e Grands Crus. Em 1999, a propriedade foi adquirida pelo Champagne Bollinger, que investiu para reimpulsionar a maison de volta ao posto de um dos melhores produtores da Borgonha, trazendo Jean-Pierre Confuron como enólogo chefe. Para Clive Coates, “os vinhedos de propriedade de Chanson são impressionantes e, desde 2001, os vinhos têm feito jus ao potencial dos terroirs”. Coates aponta Chanson como “uma das fontes recomendadas para vinhos de qualidade”. Jancis Robinson ressalta a “dramática melhora na qualidade dos vinhos” desde que os novos proprietários assumiram a maison, dizendo estar “realmente impressionada” com os tintos e brancos, usando adjetivos como “notável”, “incrivelmente puro”, “finíssimo” e “impressionante” para descrever os rótulos da casa. A Burghound classificou o Bourgogne Pinot Noir – o vinho mais simples da maison – como “outstanding”, destacando os “sérios aromas de frutas vermelhas e o longo final”. Para a revista, “é bastante difícil encontrar um vinho de qualidade maior por este preço”. Todos os vinhos são excelentes, com um estilo refinado e bastante borgonhês, representando excelentes achados em suas respectivas categorias.

US$/gf 43.90

1862.09.0 Chablis 09

63.50

1863.09.0 Chablis Montmains 09 (Premier Cru)

99.90

1861.09.0 Pouilly Fuissé 09

79.90

1584.07.0 Meursault 07

117.00

1582.07.0 Chassagne Montrachet 07

124.00

1583.07.0 Puligny Montrachet 07

129.90

1864.09.0 Chassagne Montrachet Chévenottes 09

(Premier Cru)

215.50

1865.09.0 Puligny Montrachet Folatières 09 (Premier Cru) 255.90

Domaine J. J.Confuron Vosne-Romanée / Nuits-St. Georges

Segundo Parker, este é o novo superstar da Borgonha. O casal Sophie Confuron e Alain Meunier produz minúsculas quantidades de tintos de grande riqueza e concentração, em estilo moderno. Seus vinhedos têm localização privilegiada, resultando em tintos que aliam classe e fineza com corpo e concentração. Clive Coates MW considera o seu Grand Cru RomanéeSaint-Vivant como um dos maiores tintos da Borgonha. vinhos tintos

US$/gf

0192.03.0 Côtes de Nuits Villages Les Vignottes 03*

RP=88 (96)

0192.04.0 Côtes de Nuits Villages Les Vignottes 04*

87.00 95.00

0192.05.0 Côtes de Nuits Villages Les Vignottes 05*

95.50

0192.06.0 Côtes de Nuits Villages Les Vignottes 06*

99.90

0192.09.0 Côtes de Nuits Villages Les Vignottes 09*

134.00

0189.04.0 Chambolle-Musigny 04* WS=94(93)

149.00

0189.06.0 Chambolle-Musigny 06*

159.90

0194.09.0 Nuits-St Georges Les Fleuriéres 09*

186.90

US$/gf

0194.10.0 Nuits-St Georges Les Fleuriéres 10*

188.50

37,90

0196.06.0 Nuits-St Georges Les Chaboeufs 06*

1572.07.1 Bourgogne Pinot Noir 07 (1/2 gfa)

28.50

1572090 Bourgogne Pinot Noir 09 WS=89

49.50

0196.09.0 Nuits-St Georges Les Chaboeufs 09*

1574.09.0 Moulin a Vent 09

52.90

1581.07.0 Mercurey 07

59.50

0196.10.0 Nuits-St Georges Les Chaboeufs 10*

1858.08.0 Santenay Beauregard 08 (Premier Cru)

114.50

1576.06.0 Beaune Clos du Roi 06 (Premier Cru)

122.50

0195.03.0 Nuits-St Georges Aux Boudots 03*

vinhos tintos 1573.10.0 Beaujolais Villages 10

(Premier Cru) (Premier Cru) (Premier Cru)

249.90 342.50 379.50

1576.08.0 Beaune Clos du Roi 08 (Premier Cru)

119.50

1857.06.0 Beaune Clos des Fèves 06 (Premier Cru)

199.90

0195.04.0 Nuits-St Georges Aux Boudots 04*(Premier Cru) 267.00

(Premier Cru) RP=92(93) WS=86(97)

245.00

1575.07.0 Pommard 07

124.00

0191.06.0 Clos de Vougeot 06*(Grand Cru) WS=94

429.90

1859.07.0 Nuits Saint Georges 07

138.00

0191.09.0 Clos de Vougeot 09*(Grand Cru)

493.90

1860.07.0 Gevrey Chambertin 07

138.00

0191.10.0 Clos de Vougeot 10*(Grand Cru)

553.50

1580.06.0 Chambolle Musigny 06

173.00

0197.04.0 Romanée-Saint Vivant 04*(Grand Cru)

764.50

1579.06.0 Vosne Romanée 06

187.00

0197.06.0 Romanée-Saint Vivant 06*(Grand Cru)

839.90

1577.06.0 Charmes Chambertin 06 (Grand Cru) WE=95 (07) 389.50

0197.09.0 Romanée-Saint Vivant 09*(Grand Cru)

945.50

1578.06.0 Clos Vougeot 06 (Grand Cru)

459.90

vinho branco 0742.06.0 Bourgogne Aligoté 06*

US$/gf 41.00


França | 127

vinhos brancos secos

Domaine Bruno Clair www.bruno-clair.com

Bruno Clair é proprietário de alguns excelentes vinhedos na Côte de Nuits. Seus vinhos são bastante clássicos e elegantes, em um estilo contido e equilibrado, com mais charme do que opulência. Seus tintos mais reputados e longevos são os Premier Cru de Gevrey Chambertin e Savigny les Beaune, além de um ótimo Morey-St-Denis. Os Marsannay são saborosas curiosidades, vinhos únicos na região. O rosé é considerado o melhor da Borgonha. vinhos tintos 0153.05.0 Marsannay Les Vaudenelles 05

US$/gf 87.50

0153.07.0 Marsannay Les Vaudenelles 07

99.50

0153.09.0 Marsannay Les Vaudenelles 09

116.50

0153.10.0 Marsannay Les Vaudenelles 10

129.50

0993.06.0 Aloxe-Corton 06*

153.25

0993.08.0 Aloxe-Corton 08*

164.00

0154.05.0 Morey-St. Denis En la Rue de Vergy 05* WS=90(98)

173.00

0154.06.0 Morey-St. Denis En la Rue de Vergy 06*

182.00

0154.08.0 Morey-St. Denis En la Rue de Vergy 08*

193.90

0156.06.0 Savigny-les-Beaune 06* (Premier Cru)

133.00

0156.08.0 Savigny-les-Beaune 08* (Premier Cru)

142.50

0156.10.0 Savigny-les-Beaune 10* (Premier Cru)

178.50

0157.04.0 Savigny-les-Beaune La Dominode 04*

(Premier Cru) RP=92(06). WS=90(99)

167.00

0157.08.0 Savigny-les-Beaune La Dominode 08*

(Premier Cru)

0158.04.0 Vosne-Romanée Les Champs Perdrix 04*

245.90 169.00

US$/gf

0143.06.0 Bourgogne Aligoté 06*

43.25

0144.04.0 Bourgogne Chardonnay 04*

42.00

0151.05.0 Marsannay blanc 05* RP=87(03)

69.90

0155.04.0 Pernand-Vergelesses 04*

93.75

0146.04.0 Corton-Charlemagne 04*

(Grand Cru) RP=(93-95) (07)

398.00

0146.05.0 Corton-Charlemagne 05* (Grand Cru)

434.00

0146.06.0 Corton-Charlemagne 06* (Grand Cru) RP=92

457.50

0146.09.0 Corton-Charlemagne 09* (Grand Cru)

516.00

garrafa magnum vinho tinto

US$/gf

0157.04.2 Magnum Savigny-les-Beaune La Dominode 04*

(Premier Cru) (1.500 ml)

garrafa magnum vinho branco seco

325.00

US$/gf

0146.04.2 Magnum Corton-Charlemagne 04*

(Grand Cru) (1.500 ml)

759.00

Domaine Jean Paul & Benoît Droin Chablis

www.jeanpaul-droin.fr

Excelente pequeno produtor de Chablis, cujos vinhos já ganharam mais de seis vezes o “coup de coeur” do Guia Hachette. Seus brancos possuem um estilo mais complexo do que a maioria dos Chablis, com um ótimo equilíbrio de fruta e carvalho. Os Grand Cru e Premier Cru, de muita riqueza e elegância, são todos fermentados e maturados em barricas de carvalho parcialmente novas. vinhos brancos secos

US$/gf

0158.06.0 Vosne-Romanée Les Champs Perdrix 06* RP=90 222.50

0212.09.0 Chablis 09*

0158.09.0 Vosne-Romanée Les Champs Perdrix 09*

0212.10.0 Chablis 10* RP=90

79.50

116.00

1468.10.0 Chablis Vaillons 10* (Premier Cru) RP= 91

99.50

0149.05.0 Gevrey Chambertin 05*

149.90

0213.06.0  Chablis Vaudésir 06* (Grand Cru)

0149.06.0 Gevrey Chambertin 06*

166.00

0213.07.0  Chablis Vaudésir 07* (Grand Cru)

149.50

0149.08.0 Gevrey Chambertin 08*

185.00

0213.08.0  Chablis Vaudésir 08* (Grand Cru) RP=92

149.90

0213.10.0  Chablis Vaudésir 10* (Grand Cru) RP=92-94

179.50

0149.04.0 Gevrey Chambertin 04* WS=87(98)

276.00

0495.05.0 Gevrey Chambertin Clos Fonteny 05*

(Premier Cru)

269.50

0148.04.0 Gevrey Chambertin Les Cazetiers 04*

(Premier Cru)

256.50

0148.06.0 Gevrey Chambertin Les Cazetiers 06*

(Premier Cru) RP=91

343.50

0148.09.0 Gevrey Chambertin Les Cazetiers 09*

(Premier Cru)

417.50

0148.10.0 Gevrey Chambertin Les Cazetiers 10*

(Premier Cru)

1483.06.0 Bonnes-Mares 06* (Grand Cru)

424.50 473.50

0145.03.0 Chambertin-Clos de Bèze 03*

(Grand Cru) RP=91

449.50

0145.06.0 Chambertin-Clos de Bèze 06*

(Grand Cru) RP=95

555.50

(Grand Cru)

vinho rosado 0152.06.0 Marsannay rosé 06*

Domaine Jean Paul Droin

Excelente Chablis, elaborado por uma das grandes estrelas da região. Limpo, fresco, com ótima fruta e grande mineralidade, este é sem dúvida um dos melhores Chablis AOC disponíveis no mercado, ficando ainda melhor com alguns anos de guarda.

US$ 79.50

0145.09.0 Chambertin-Clos de Bèze 09*

Chablis 2009

697.00

US$/gf 47.25

79.50

179.50


128 | França

Domaine du Meix Foulot Mercurey

www.bourgogne-vigne-verre.com

Conduzido com maestria por Agnès Dewé-de Launay, o Domaine du Meix Foulot é um dos mais brilhantes expoentes de Mercurey na atualidade. Quando elaborado por um produtor criterioso, a deliciosa denominação de Mercurey é um dos grandes segredos da Borgonha, oferecendo vinhos de boa complexidade sem os altos preços dos vinhos mais famosos da Côte de Nuits. Os Mercurey de Meix Foulot frequentemente recebem o “coup de coeur” da Burghound — revista que é a referência máxima para os vinhos da Borgonha — sendo todos classificados como “outstanding”. O Mercurey de base do produtor “oferece uma qualidade fantástica pela sua denominação modesta”, sendo particularmente recomendado pela Burghound. O Premier Cru é ainda mais complexo, com “sofisticadas notas selvagens e um final longo e marcante” na opinião da revista. O 1er Cru Clos du Château de Montaigu, por sua vez, é um Monopole do Domaine du Meiex Foulot e sempre um candidato ao posto de melhor Mercurey da safra. vinhos tintos

US$/gf

1948.09.0 Mercurey 09*

83.50

1948.09.1 Mercurey 09* (1/2 gf)

46.90

1949.09.0 Mercurey 09* (Premier Cru)

99.50

1950.09.0 Mercurey Clos du Ch. de Montaigu 09**

(Premier Cru)

vinho branco 1951.09.0 Mercurey blanc 09*

vinhos tintos 1948.09.2 Magnum Mercurey 09*

114.50

US$/gf 91.50

US$/gf 189.90

Mercurey rouge 2009 Domaine du Meix Foulot

O Domaine du Meix Foulot é um dos mais brilhantes expoentes de Mercurey da atualidade. Um tinto que frequentemente recebe o “coup de coeur” da Burghound, o Mercurey é elaborado com 50% de uvas de vinhedos classificados como 1er Cru, sendo que “oferece uma qualidade fantástica pela sua denominação modesta”, segundo a revista. Sem dúvida uma ótima pedida para os amantes da uva Pinot Noir!

US$ 83.50


França | 129

Domaine Jean Marc Morey

Chassagne-Montrachet, Santenay, etc Jean Marc Morey é de uma tradicional família vinhateira, que só produz vinhos com uvas de seus vinhedos. É um dos melhores produtores de Chassagne-Montrachet, tanto de brancos quanto de tintos, com quatro estrelas de Robert Parker. A utilização de um quarto de barris de carvalho novo garante uma ótima complexidade aos vinhos, sem que a madeira soprepuje a fruta. Os tintos são deliciosamente redondos, enquanto os crus de Chassagne-Montrachet blanc são ricos, intensos e complexos, no melhor estilo da Borgonha.

vinhos brancos secos

US$/gf

0209.04.0 Saint Aubin Charmois 04* (Premier Cru)

99.90

0209.05.0 Saint Aubin Charmois 05* (Premier Cru)

119.50

0209.06.0 Saint Aubin Charmois 06* (Premier Cru)

129.00

0202.08.0 Chassagne-Montrachet blanc 08*

146.25

0202.09.0 Chassagne-Montrachet blanc 09*

168.50

0202.10.0 Chassagne-Montrachet blanc 10*

169.00

0206.08.0 Chassagne-Montrachet Les Champs Gains

blanc 08* (Premier Cru)

217.50

0206.09.0 Chassagne-Montrachet Les Champs Gains

blanc 09* (Premier Cru)

235.50

0206.10.0 Chassagne-Montrachet Les Champs Gains

vinhos tintos

US$/gf

blanc 10* (Premier Cru)

0207.06.0 Chassagne-Montrachet Les

0200.07.0 Bourgogne Pinot Noir 07*

64.50

0200.08.0 Bourgogne Pinot Noir 08*

71.00

0200.09.0 Bourgogne Pinot Noir 09*

79.50

0204.08.0 Chassagne-Montrachet Les Caillerets blanc 08*

0200.10.0 Bourgogne Pinot Noir 10*

86.50

0210.04.0 Santenay La Comme Dessus 04*

72.00

0204.09.0 Chassagne-Montrachet Les Caillerets blanc 09*

0211.08.0 Santenay Grand Clos Rousseau 08*

(Premier Cru) RP=88(95)

132.00

Chaumées blanc 06* (Premier Cru) (Premier Cru) WS=90(06) (Premier Cru)

0198.05.0 Bâtard-Montrachet 05* (Grand Cru)

149.00

187.90 236.90 255.00

0204.10.0 Chassagne-Montrachet Les Caillerets blanc 10*

0211.09.0 Santenay Grand Clos Rousseau 09* (Premier Cru)

217.90

(Premier Cru)

237.50 499.50

0211.10.0 Santenay Grand Clos Rousseau 10*

0198.06.0 Bâtard-Montrachet 06* (Grand Cru)

561.50

157.50

0198.08.0 Bâtard-Montrachet 08* (Grand Cru)

663.90

105.90

0198.09.0 Bâtard-Montrachet 09* (Grand Cru)

735.50

113.90

0198.10.0 Bâtard-Montrachet 10* (Grand Cru)

743.50

(Premier Cru)

0201.09.0 Chassagne-Montrachet rouge 09* 0201.10.0 Chassagne-Montrachet rouge 10* 0205.06.0 Chassagne-Montrachet Les Champs Gains 06*

(Premier Cru)

113.75

0205.08.0 Chassagne-Montrachet Les Champs Gains 08*

(Premier Cru)

132.00

0203.08.0 Chassagne-Montrachet Le Clos Saint-Jean 08*

(Premier Cru)

132.00

0203.09.0 Chassagne-Montrachet Le Clos Saint-Jean 09*

(Premier Cru)

149.00

0203.10.0 Chassagne-Montrachet Le Clos Saint-Jean 10*

(Premier Cru)

157.50

0199.04.0 Beaune Les Grèves 04* (Premier Cru)

112.00

0199.05.0 Beaune Les Grèves 05* (Premier Cru)

129.90

0199.06.0 Beaune Les Grèves 06* (Premier Cru)

117.50

0199.08.0 Beaune Les Grèves 08* (Premier Cru)

135.50

0199.09.0 Beaune Les Grèves 09* (Premier Cru)

154.00

0199.10.0 Beaune Les Grèves 10* (Premier Cru)

163.50

Chassagne Montrachet Les Verges Premier Cru 2007 Camille Giroud

Concentrado, complexo e mineral, o suntuoso Chassagne-Montrachet Les Verges é um fabuloso 1er Cru, capaz de envelhecer por muitos anos. Um fantástico branco da Borgonha

US$ 175.00

WS 91


130 | França

Camille Giroud www.camillegiroud.com

O Domaine Camille Giroud elabora, desde 1865, alguns dos mais marcantes e clássicos vinhos da Borgonha, cheios de estrutura, charme e refinamento. Para a revista Burghound, os vinhos de Camille Giroud “nunca estiveram tão bons” e incluem alguns de “maravilhosa relação qualidade/preço”. O fantástico Chambertin recebeu da Burghound uma das mais altas notas da grandiosa safra de 2005, sendo considerado “um monumento” pela publicação. O excelente Vosne-Romanée foi descrito como “um Village absolutamente fantástico”, recebendo a designação especial de “outstanding”. O Bourgogne rouge, elaborado com uvas de vinhedos plantadas em Meursault, foi classificado como um “Top Value”, sendo descrito como “preciso e complexo, com qualidade equivalente a, pelo menos, de um Village”. O elegante Beaune Cent Vignes 1er Cru, mostra “concentração e equilíbrio impressionantes” e “um estilo bastante fiel a Beaune”. Todos os vinhos de Camille Giroud demonstram grande elegância, refinamento e tipicidade, em um estilo límpido e tradicional, entre o melhor que a Borgonha pode produzir. vinhos tintos 0674.08.0 Bourgogne rouge 08

US$/gf 58.90

0674.09.0 Bourgogne rouge 09

61.50

0674.09.1 Bourgogne rouge 09 (1/2 gf)

38.50

1673.08.0 Côte-de-Beaune Villages 08

66.50

1673.09.0 Côte-de-Beaune Villages 09

72.50

1207.08.0 Gevrey-Chambertin Les Crais 08

113.50

1207.09.0 Gevrey-Chambertin Les Crais 09

125.00

0675.07.0 Vosne-Romanée 07 WS=90

155.00

0675.08.0 Vosne-Romanée 08 RP=(90-91)

149.90

0675.09.0 Vosne-Romanée 09

167.50

0678.07.0 Beaune Cent Vignes 07 (Premier Cru) WS=89(06) 109.50 0678.08.0 Beaune Cent Vignes 08 (Premier Cru) RP=88-89

99.90

0678.09.0 Beaune Cent Vignes 09 (Premier Cru)

115.00

0679.07.0 Pommard Épenots 07 (Premier Cru)

147.00

0679.08.0 Pommard Épenots 08 (Premier Cru) WS=92 (06) 149.90 0679.09.0 Pommard Épenots 09 (Premier Cru)

171.00

1635.07.0 Gevrey-Chambertin Cazetiers 07 (Pr. Cru)

219.50

1562.07.0 Corton Clos du Roi 07 (Grand Cru) WS=92(06)

243.00

1562.08.0 Corton Clos du Roi 08 (Grand Cru) WS=92(06)

239.90

1562.09.0 Corton Clos du Roi 09 (Grand Cru)

273.90

0680.05.0 Clos de Vougeot 05 (Grand Cru)

349.00

0680.06.0 Clos de Vougeot 06 (Grand Cru)

358.50

0680.07.0 Clos de Vougeot 07 (Grand Cru)

333.00

0680.08.0 Clos de Vougeot 08 (Grand Cru) RP=91-92

338.90

0680.09.0 Clos de Vougeot 09 (Grand Cru)

376.00

1568.07.0 Charmes-Chambertin 07 (Grand Cru)

299.50

1568.08.0 Charmes-Chambertin 08 (Grand Cru) RP=91

313.50

1568.09.0 Charmes-Chambertin 09 (Grand Cru)

359.90

1208.06.0 Latricières-Chambertin 06 (Grand Cru) WS=92 349.00 1208.08.0 Latricières-Chambertin 08 (Grand Cru)

346.50

1208.09.0 Latricières-Chambertin 09 (Grand Cru)

398.00

vinhos brancos

US$/gf

1945.09.0 Bourgogne blanc 09

63.90

1569.07.0 Beaune Lulunne 07

69.90

1570.07.0 Meursault La Barre 07

109.50

0681.07.0 Chassagne-Montrachet Les Vergers 07

(Premier Cru) WS=91

175.00

0681.08.0 Chassagne-Montrachet Les Vergers 08

(Premier Cru)

175.50

0681.09.0 Chassagne-Montrachet Les Vergers 09

(Premier Cru)

189.90

0682.05.0 Puligny-Montrachet Champgain 05

(Premier Cru)

189.50

0682.06.0 Puligny-Montrachet Champgain 06

(Premier Cru)

198.00

0682.07.0 Puligny-Montrachet Champgain 07

(Premier Cru)

189.90

0682.08.0 Puligny-Montrachet Champgain 08

(Premier Cru)

199.50

0682.09.0 Puligny-Montrachet Champgain 09

(Premier Cru)

0683.05.0 Corton-Charlemagne 05 (Grand Cru)

217.00 325.50

0683.06.0 Corton-Charlemagne 06 (Grand Cru)

333.50

0683.07.0 Corton-Charlemagne 07 (Grand Cru)

322.50

0683.08.0 Corton-Charlemagne 08 (Grand Cru)

327.90

0683.09.0 Corton-Charlemagne 09 (Grand Cru)

356.50


Autóctones

RP 90

1941100 Pecorino Colline Pescaresi 2010

1699080 Schioppettino 2008

0617080 Agiorgítiko OPAP Neméa 2008

La Valentina

Conte D’Attimis-Maniago

Boutári

A casta Pecorino é uma das uvas mais emblemáticas do Abruzzo, famosa por originar vinhos frescos e minerais. Este exemplo de La Valentina mostra também delicadas notas florais em um conjunto moderno e saboroso. Um ótimo branco, que acompanha incrivelmente bem frutos do mar.

Schioppettino é uma interessante casta autóctone do Friuli que combina aromas de violetas com notas de especiarias. Conte D’Attimis-Maniago elabora um Schioppettino de grande tipicidade e elegância. Uma saborosa descoberta!

Ótimo e complexo tinto, elaborado com a casta Agiorgítiko, a variedade tinta mais nobre do Sul da Grécia. Com delicado aroma de carvalho e frutas vermelhas, um sabor sedoso de ameixa seca, amora e notas de cravo e canela.

1796090 Tokaji Hétszölö Furmint dry 2009

0756100 Chianti Classico 2010

Tokaji Hétszölö

Castellare di Castellina

O Furmint Dry é um fascinante exemplo desta casta autóctone de Tokaj, que tradicionalmente dá origem aos fantásticos vinhos de sobremesa, mas vinificada com vinho seco. Trata-se de um vinho fresco e aromático, de grande personalidade.

Com nada menos que 90 pontos de Robert Parkerm o Chianti Classico de Castellare di Castellina é um verdadeiro embaixador da Toscana, exibindo a grande finesse que é a marca registrada dos vinhos do enólogo Alessandro Cellai. No estilo clássico e elegante dos melhores vinhos de Chianti, este saboroso tinto é elaborado sem concessões a modismos, preservando a tipicidade, exaltando as qualidades da casta Sangiovese. Um vinho que fica ainda mais macio e cheio de sabor quando acompanhado de comida.

US$ 38.50

US$ 45.90

US$ 58.00

US$ 55.90

US$ 38.90


132 | França Bordeaux

Pomerol & Saint Emilion

US$/gf

1632.06.0 Ch. Beauregard 06 (Pomerol)

184.20

1350.07.0 Ch. Gazin 07 (Pomerol)

276.60

1350.08.0 Ch. Gazin 08 (Pomerol)

311.88

1426.05.0 La Croix du Casse 05 (Pomerol)

154.20 

Crus Bourgeois Tintos 1512.06.0 Ch. d’Agassac 06 (Haut-Médoc) 1129.03.0 Ch. Clauzet  03 (St Estèphe) 

US$/gf 85.46 77.30

1510.05.0 Ch. Gloria 05 (St Julien) WS=92

159.50

0107.05.0 Ch. Maucaillou  05 (Moulis. Haut-Médoc)

115.60

1869.08.0 Ch. Potensac 08 (Médoc)

114.92

1130.02.0 Ch. Poujeaux  02 (Moulis. Haut-Médoc) WS=88

85.00

1511.04.0 Ch. Sociando-Mallet 04

(Haut-Médoc) RP=90. WS=87

Deuxièmes Vins Tintos 1351.01.0 Pagodes de Cos 01 (2ème Ch.Cos d’Estournel)

201.94

US$/gf 215.40

1351.02.0 Pagodes de Cos 02

(2ème Ch.Cos d’Estournel). RP=89

292.20

1351.04.0 Pagodes de Cos 04

(2ème Ch.Cos d’Estournel) WS=88

215.40

1871.07.0 Réserve de la Comtesse 07 (2ème Ch. Pichon Lalande)

192.96

Légende “R” Barons de Rothschild Château Lafite-Rothschild Légende “R” é uma impressionante e premiada linha de vinhos de Bordeaux, elaborados pelos proprietários do mítico Château Lafite Rothschild, um dos maiores vinhos de todo o mundo. O estilo é envolvente e saboroso, com boa complexidade e uma excelente textura sedosa, capaz de proporcionar grande prazer de prova mesmo com poucos anos de garrafa. Os vinhos mostram ótima tipicidade, exaltando bem as características dos famosos terroir de Bordeaux, com o clássico toque de elegância do Château Lafite. Os Bordeaux AOC — branco e tinto — são frescos e macios, com ótima fruta. O Médoc é mais robusto e complexo, com bela profundidade. O Pauillac por sua vez, elaborado apenas com uvas da mesma comuna que o château, é ainda melhor, com grande concentração e equilíbrio. São todas descobertas de excelente relação qualidade/preço!

Grands Crus Classés Tintos Médoc & Graves US$gf

vinhos tintos

1508.05.0 Ch. Boyd-Cantenac 05 (3ème Margaux) RP=92

0669.09.0 Légende R Bordeaux rouge 09

239.40

US$/gf 34.50

1505.06.0 Ch. Branaire-Ducru 06 (4ème St. Julien) RP=95(05) 287.40

0669.10.0 Légende R Bordeaux rouge 10

35.50

1123.01.0 Ch. Cos d´Estournel 01 (2ème St. Estèphe) RP=92 599.00

0670.04.0 Légende R Médoc 04

45.50

1123.02.0 Ch. Cos d’Estournel 02 (2ème St. Estèphe)

0670.10.0 Légende R Médoc 10

48.50

RP=93.WS=93

599.00

1123.04.0 Ch. Cos d’Estournel 04 (2ème St. Estèphe)

RP=93(01e02).WS=94 RP=92

1509.05.0 Ch. Giscours 05 (3ème Margaux) RP=91 1870.08.0 Ch. Grand Puy Ducasse 08 (5ème Pauillac)

599.00 359.40

0671.06.0 Légende R Pauillac 06

79.50

0671.10.0 Légende R Pauillac 10

99.90

vinhos brancos

US$/gf

177.48

0672.07.0 Légende R Bordeaux blanc 07

31.90

1634.06.0 Ch. Haut Bages Libéral 06 (5ème Pauillac) WS=92 167.40

0672.10.0 Légende R Bordeaux blanc 10

34.50

1872.08.0 Ch. Haut Batailley 08 (5ème Pauillac)

190.68

1506.05.0 Ch. Lafon-Rochet 05 (4ème St. Estèphe)

RP=90. WS=90

195.00

1127.04.0 Ch. La Lagune 04 (3ème Haut-Médoc) RP=95(05)

237.00

1127.07.0 Ch. La Lagune 07 (3ème Haut-Médoc) RP=90

239.40

1127.07.1

Ch. La Lagune 07 (1/2gf) (3ème Haut-Médoc)

119.40

1504.06.0 Ch. La Tour Carnet 06 (4ème Haut-Médoc) RP=91 159.00 1506.06.0 Ch. Lafon Rochet 06 (4ème St. Estèphe)

189.00

1633.06.0 Ch. Léoville-Poyferré 06 (2ème St. Julien) RP=91

375.00

1667.05.0 Ch. Malartic Lagravière rouge 05

(Pessac-Léognan. Graves) RP=92

1874.06.0 Ch. Talbot 06 (4ème St. Julien)

227.40 227.40

Château Les Grands Maréchaux Segundo Parker, este château “é uma ótima escolha para um Bordeaux para o dia a dia, já perfeito para ser bebido (…) um vinho brilhante, encorpado com muita riqueza, taninos aveludados e uma textura voluptuosa, em um estilo hedonista”. vinhos tintos

US$/gf

0468.02.1 Ch. Les Grands Maréchaux 02

(AC 1ère Côtes de Blaye) 1/2 gf

0468.02.0 Ch. Les Grands Maréchaux 02

21.50 38.90

Légende R Bordeaux Rouge 2009 Domaines Barons de Rothschild

Com a chancela do mítico Château Lafite Rothschild, este belo Bordeaux é um dos melhores achados da região. Cheio e macio, com grande intensidade aromática, bastante tipicidade bordalesa e excelente relação qualidade/preço.

US$ 34.50


França | 133

Château RauzanDespagne

Château L’Église de Saget

Este excelente petit château pertence à talentosa família Despagne e merece incríveis elogios de Robert Parker. Seus vinhos são intensos, ricos e cheios de charme, com fantástica relação qualidade/preço. Segundo Parker, a propriedade é “uma brilhante estória de sucesso, de inegável relação qualidade/preço”. Para o jornalista, “um dos empreendimentos mais admiráveis de Bordeaux é o da família Despagne, que produz vinhos extraordinários de apelações menos ambiciosas, como Bordeaux Supérieur (…) Eles são visionários, revolucionários fazendo vinhos que podem competir com algumas das propriedades mais renomadas de Bordeaux”. O château também produz um delicioso rosé, com nítido acento de Bordeaux.

“Petit château” com ótima relação qualidade/preço, pertencente aos mesmos proprietários do Château Kirwan.

vinhos tintos

vinhos tintos

US$/gf

0467.07.0 Ch. L’Église de Saget 07 (A.C. Bordeaux)

26.90

0467.07.1 Ch. L’Église de Saget 07 (A.C. Bordeaux) (1/2 gf)

16.90

0467.09.0 Ch. L’Église de Saget 09 (A.C. Bordeaux)

26.90

0467.09.1 Ch. L’Église de Saget 09 (A.C. Bordeaux) (1/2 gf)

vinhos brancos doces

17.50

US$/gf

1629.10.1 Ch. Jany 10 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

38.90

1797.09.0 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes)

68.00

1797.09.1 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

39.90

US$/gf

0596.07.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 07

(A.C. Bordeaux Supérieur) RP=(86-88)(08)

39.90

0596.07.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 07

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/4 gf)

10.90

0596.08.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 08

(A.C. Bordeaux Supérieur)

39.90

0596.08.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 08

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/2 gf)

23.90

0596.09.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 09

(A.C. Bordeaux Supérieur)

40.90

0596.09.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 09

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/2 gf)

26.50

0596.09.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 09

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/4 gf)

11.50

0596.10.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur)

40.90

0596.10.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/2 gf)

26.50

0596.10.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/4 gf)

vinho rosado seco

11.50

US$/gf

0598.06.0 Château Rauzan-Despagne Reserve rosé 06

(AOC Bordeaux)

vinhos brancos secos

29.90

US$/gf

0597.10.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) WE=90 (06)

36.50

0597.10.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/2 gf)

24.50

0597.10.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) (1/4 gf)

10.50

Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 2010

Château Rauzan-Despagne

O premiado Château Rauzan Despagne elabora este delicioso e exuberante Bordeaux, em um estilo rico e moderno, com um ótimo toque sedoso. Excelente relação qualidade/preço.

US$ 36.50


134 | França

Château Gabaron Pequena propriedade no coração de Bordeaux, elaborando um tinto saboroso, de ótima relação qualidade/preço, que pode ser guardado ou bebido já.

1381.06.0 Alios 06 (A.C. 1ères Côtes de Bordeaux)

48.90

1381.07.0 Alios 07 (A.C. 1ères Côtes de Bordeaux)

49.90

vinho rosado 1382.09.0 Ch. Sainte Marie Clairet 09 (A.C. Bordeaux)

vinhos tintos

US$/gf

US$/gf 32.50

28.90

vinhos brancos secos

28.90

1383.07.0 Ch. Sainte Marie 07 (A.C. Entre-Deux-Mers)

33.00

0099.10.1 Ch. Gabaron 10 (A.C. Bordeaux) (1/2 gf)

19.50

1384.07.0 Madlys 07 (A.C. Entre-Deux-Mers)

49.90

0099.11.0 Ch. Gabaron 11 (A.C. Bordeaux)

28.90

0099.11.1 Ch. Gabaron 11 (A.C. Bordeaux) (1/2 gf)

19.50

0099.09.0 Ch.Gabaron 09 (A.C. Bordeaux) 0099.10.0 Ch. Gabaron 10 (A.C. Bordeaux)

garrafas magnum vinho tinto 0099.06.2 Magnum Ch. Gabaron 06 (A.C. Bordeaux)

59.90

0099.10.2 Magnum Ch. Gabaron 10 (A.C. Bordeaux)

65.90

Vinhos Brancos de Bordeaux vinhos brancos secos 0672.07.0 Légende R Bordeaux blanc 07

Château Roquefort

1377.08.0 Ch. Roquefort 08 (A.C. Bordeaux)

US$/gf 46.50

1377.08.1 Ch. Roquefort 08 (A.C. Bordeaux) (1/2 gf)

27.90

1377.09.0 Ch. Roquefort 09 (A.C. Bordeaux)

44.90

Primo Palatum O talentoso enólogo Xavier Copel produz vinhos excelentes nas mais diversas denominações francesas. Esta é sua leitura pessoal de alguns clássicos estilos e apelações bordalesas. vinho tinto 0380.00.0 Graves rouge 00 (A.C. Graves)

US$/gf 55.25

Château Sainte Marie Na região de Entre Deux Mers, o dinâmico Château Sainte Marie elabora vinhos vibrantes e cheios de personalidade. O château possui duas encostas de vinhedos com ótima exposição solar, incluindo pequenas parcelas com vinhas centenárias de Merlot e Semillon. São tintos e brancos modernos e exuberantes, de uma impressionante relação qualidade/preço. Todos ótimas descobertas! vinhos tintos

US$/gf

1380.06.0 Ch. Sainte Marie rouge 06

(A.C. Bordeaux Supérieur)

34.90

1380.07.0 Ch. Sainte Marie rouge 07

(A.C. Bordeaux Supérieur)

36.90

1380.10.0 Ch. Sainte Marie rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur)

US$/gf 31.90

0597.10.0 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

Produzido em Entre-Deux-Mers, o Château Roquefort é sedoso e expressivo, tendo merecido o “coup de coeur” do guia Hachette. Com boa estrutura e frescor, mostra todos os encantos da excepcional safra de 2005. É um petit château de excelente relação qualidade/preço. vinhos tintos

US$/gf

37.90

(A.C. Bordeaux Supérieur) WE=90(08)

36.50

1383.07.0 Ch. Sainte Marie 07 (A.C. Entre-Deux-Mers)

33.00

1384.07.0 Madlys 07 (A.C. Entre-Deux-Mers)

49.90

vinhos brancos doces

US$/gf

1629.10.1 Ch. Jany 10 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

38.90

1797.09.0 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes)

68.00

1797.09.1 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

39.90


França | 135 Rhône

Domaine de Cristia www.cristia.com

Este fabuloso novo Domaine de Châteauneuf-du-Pape tem causado verdadeiro furor entre os apreciadoresde grandes vinhos do Rhône. Para Robert Parker, tratase dos novos “superstars de Châteauneuf-du-Pape e seus 2003 são representativos dos sensasionais vinhos que têm sido produzido de seus vinhedos nos últimos três anos. O Cuvée Renaissance 2003 é um candidato ao posto de ‘melhor vinho da safra’ dessa apelação”. Parker o chamou de uma “versão mais acessível do famoso Beaucastel Hommage a Jacques Perrin” e afirma: “Wow! Quanta concentração e personalidade! 94-96 pontos”. No mesmo estilo é elaborado o também excelente Châteauneuf-duPape Cristia, que mereceu 92 pontos de Parker. A família Grangeon também produz ótimos Côtes-duRhône, Vacqueyras, Gigondas e Cairanne, todos este mesmo caráter rico e profundo, cheio de tipicidade. vinhos tintos

US$/gf

0177.07.0 Côtes du Rhône Domaine de Cristia 07 39.00 0175.03.0 Cairanne Domaine St. Genis 03

47.50

0176.05.0 Châteauneuf-du-Pape 05 RP=90 119.50 0549.05.0 Châteauneuf-du-Pape Renaissance 05 248.75 0550.06.0 Châteauneuf-du-Pape Vieilles Vignes 06 RP=93 249.50

Ogier

www.ogier.fr

Um dos mais tradicionais produtores do Rhône, Ogier elabora vinhos deliciosos há mais de 150 anos. O produtor passou por uma pequena revolução qualitativa nos últimos anos e segundo Robert Parker, “os vinhos de Ogier estão cada vez melhores. Após o trabalho sério da maison em Clos de L’Oratoire, a qualidade de todos os vinhos têm aumentado muito. Ogier mostrou um verdadeiro ‘toque de Midas’ ao selecionar parcelas de excelente qualidade”. A devoção do produtor à região é tão profunda ao ponto de ser criado um autêntico manifesto, no qual se lê: “O Vale do Rhône nos dá diariamente ferramentas para expressar o nosso know-how graças a seus fantásticos terroirs. Selamos um compromisso para respeitá-los e protegê-los.” Como resultado disso, seus vinhos são todos talhados com uvas de vinhedos próprios convertidos, a partir de 2006, à viticultura orgânica segundo as normas francesas, o que garante uma pureza de fruta e um frescor inigualável. Outro trunfo de Ogier é a cave de envelhecimento de seus vinhos em Châteauneuf du Pape, com resquícios da Idade Média e condições perfeitas de temperatura e umidade para o estágio dos tintos em carvalho. Com uvas Syrah plantadas em solo de granito e xisto e uma maturação de 12 meses em grandes cascos – de 6 a 8 mil litros de

capacidade – conhecidos como “foudres”, o tinto Saint Joseph Duc de Caderousse mostra aromas delicados de fruta vermelha e baunilha, além de um palato macio. Já Crozes-Hermitage Comte de Raybois é um Syrah de solo de origem aluvial com 6 meses de estágio em carvalho, resultando num tinto encorpado, cheio de fruta e especiarias. Ainda do norte do Rhône, o Côte Rotie Cardinal St. Ange exibe um estilo mais complexo e elegante. Na nobre denominação de Châteauneuf du Pape, o Reine Jeanne, um corte de Grenache, Syrah, Mourvèdre e Cinsault com até 12 meses de estágio nos tradicionais “foudres” é uma verdadeira pechincha. Trata-se de um vinho marcante, repleto de fruta e especiarias e com um toque de baunilha, taninos finos e um final persistente. Por sua vez, o Gigondas Duc de Mayreuil é um vinho muito aromático e concentrado. A Ogier elabora ainda um rosé exuberante, o Tavel Etamines, que revela uma complexidade rara de se encontrar nesse tipo de vinho, e um saboroso branco. Simplesmente todos os Côtes du Rhône de Ogier merecem o selo de excelente relação qualidade/preço do guia Bettane & Desseauve! Cada um dos vinhos de Ogier é muito fiel às respectivas denominações e uma mostra irrepreensível da diversidade e incrível qualidade que impera nessa tradicional região francesa. vinhos tintos 1989.10.0 Côtes du Rhône Gentilhomme 10

US$/gf 28.50

1989.10.1 Côtes du Rhône Gentilhomme 10 (1/2gf) 16.90 1990.10.0 Côtes du Rhône Les Moirets Elevé en “Chaîne” 10 29.90 1988.10.0 Rasteau Helianthe 10

45.90

1984.09.0 Crozes Hermitage Comte de Raybois 09

59.50

1984.09.1 Crozes Hermitage Comte de Raybois 09 (1/2gf) 30.50 1985.07.0 Saint Joseph Duc de Caderousse 07

66.00

1987.10.0 Gigondas duc de Mayreuil 10

73.50

1986.09.0 Châteauneuf du Pape Reine Jeanne 09

94.50

1986.10.1 Châteauneuf du Pape Reine Jeanne 10 (1/2gf) 48.90 1983.09.0 Côte Rôtie Cardinal St Ange 09

vinho rosado 1991.11.0

Tavel Etamines 11

vinho branco seco 1992.11.0 Côtes du Rhône Gentilhomme 11

Côtes du Rhône Gentilhomme 2010 Ogier

Um saboroso achado da denominação de Côtes du Rhône, o Gentilhomme é fresco e repleto de notas de fruta, com um toque terroso no palato que é perfeito para acompanhar comida. Excelente relação qualidade-preço!

US$ 28.50

157.50

US$/gf 42.90

US$/gf 28.50


136 | França

Clos de L’Oratoire des Papes www.ogier.fr

Histórico produtor de Châteauneuf du Pape, com uma origem que remonta a 1880, Clos de L’Oratoire des Papes renasceu neste milênio como uma das belas promessas da região. As safras mais recentes vêm colecionando elogios da crítica especializada – o Châteauneuf du Pape tinto, elaborado com Grenache, Syrah, Mourvèdre e Cinsault, de vinhas com cerca de 40 anos de idade, recebeu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2009, a última avaliada pela publicação norte-americana, e Stephen Tanzer também classificou a de 2010 como “outstanding”, descrevendo o tinto como “suculento, focado e cheio de energia”. Da mesma forma, o branco tem surpreendido especialistas e connaisseurs. Uma raridade em Châteauneuf du Pape, é elaborado com as castas Grenache Blanc, Clairette, Roussanne e Bourboul, com contato prolongado com as borras finas das leveduras. Um branco incrivelmente aromático e floral, que mereceu 17/20 pontos de Jancis Robinson na safra 2010. Ele também mereceu 90 pontos da Wine Spectator, que o descreveu como: “maduro, em um estilo exuberante com um toque amanteigado que derrete em camadas de pêssego, melão e pera”. Por trás dessa invejável performance está o know-how de um dos enólogos mais admirados do Vale do Rhône, Didier Couturier – um verdadeiro mestre em extrair os aromas e sabores mais puros de seu terroir. Os estilosos rótulos retrô dos vinhos de Clos de l’Oratoire des Papes são uma atração à parte. O desenho do rótulo, criado em 1926, foi inspirado em uma pequena capela do século XVIII instalada entre os vinhedos e permanece tal e qual antigamente. Estes Châteauneuf du Pape estão certamente entre as melhores compras da região e contam com a chancela do cultuado produtor Ogier. vinhos tintos

US$/gf

1981.10.0 Châteauneuf de l’Oratoire des Papes 10

127.50

1981.09.1 Châteauneuf de l’Oratoire des Papes 09 (1/2gf) WS=91

vinho branco seco

67.50

US$/gf

1982.10.0 Châteauneuf de l’Oratoire des Papes blanc 10 WS=90, JR=17

garrafa magnum vinho tinto

127.50

US$/gf

1981.09.2 Magnum Châteauneuf de l’Oratoire des Papes 09

WS=91

255.00

WS 90

JR 17

Châteauneuf-du-Pape Blanc 2010 Clos de L’Oratoire

Com a excelente nota 17/20 de Jancis Robinson, este Châteauneuf-du-Pape branco mostra aromas “que remetem a um vinho de Condrieu” segundo a Master of Wine. Este empolgante corte de Grenache Blanc, Clairette, Roussanne e Bourboulenc é encorpado e expressivo. Um belíssimo branco, de pequena produção.

US$ 127.50


França | 137 Loire

Château Mas Neuf www.chateau-mas-neuf.com

“Uma das melhores vinícolas desta região emergente, famosa por vinhos de alta qualidade a preços justos” — este é o belo elogio de Robert Parker ao Château Mas Neuf. Parker aponta “a grande qualidade e consistência dos vinhos” da propriedade, comandada com maestria pelo dinâmico Luc Baudet. Jancis Robinson também ficou maravilhada com os vinhos do Château Mas Neuf quando provou o Paradox rouge junto a alguns dos mais famosos vinhos do sul da França. Ao final da prova, entre todos os vinhos, selecionou o “delicioso” tinto de Mas Neuf para acompanhar o jantar. Jancis se impressionou com a “abundância de frutas maduras e apimentadas”. “Com um estilo fácil, mas muito bem equilibrado”, a Master of Wine completa: “sinceramente, o que mais você pode querer?”. “Denso e puro, com um generoso final” para Parker, o Compostelle rouge é elaborado com um corte de 70% Syrah, 25% Mourvèdre e 5% Grenache, enquanto o Mourvache, produzido com partes iguais de Mourvèdre e Grenache, recebeu 90 pontos do critico na safra de 2007. O Avec de Si, por sua vez, um Syrah maturado 18 meses em barricas de carvalho, foi descrito como “soberbo” pela The Wine Advocate. O grandioso Armonio, por sua vez, é uma magnífica criação de Luc Baudet em conjunto com o famoso Château Tertre Roteboeuf de Bordeaux. Os deliciosos rosés fizeram parte da lista de “Roses Adoráveis” de Jancis Robinson, incluindo a impressionante nota 17/20 para o Compostelle. Entre os brancos, o Tradition é elaborado com Grenache Blanc e Roussane enquanto o sofisticado Compostelle – maturado nas barricas utilizadas no ano anterior pelo Château d’Yquem – é talhado com 90% Roussanne e um toque de Viognier. Todos prometem ser grandes sucessos. vinhos tintos

US$/gf

Baron de Ladoucette & Comte Lafond A mais famosa e aristocrática propriedade de PouillyFumé, no Loire, está nas mãos dos Condes Lafond e da família Ladoucette desde 1787. Baron de Ladoucette é um dos maiores e mais lendários nomes do vinho francês — grande estrela de Pouilly-Fumé, responsável por elevar os clássicos Pouilly-Fumé, Sancerre e Vouvray a padrões de qualidade nunca antes vistos. Ladoucette criou uma gama de vinhos incrivelmente finos, repletos de mineralidade e notas aromáticas, com um notável acento regional. Foi seu pioneirismo que tornou possível o surgimento dos grandes brancos hoje elaborados no Loire. O lendário “Baron de L” é um dos maiores brancos da França e uma das mais fantásticas expressões da casta Sauvignon Blanc — referência absoluta no Loire. O Pouilly Fumé De Ladoucette também mostra grande classe, “sempre uma soberba combinação de uma textura rica com fruta madura, toques de ervas e refrescantes notas cítricas” nas palavras de Robert Parker. O Sancerre Blanc traz grande tipicidade, sendo “longo e cremoso” segundo a Wine Spectator. O rosado é fresco e rico, repleto de saborosas notas de frutas vermelhas. O Sancerre rouge, por sua vez, é uma das melhores interpretações da casta Pinot Noir do Loire, com complexas notas terrosas e uma refrescante acidez que limpa o palato. Sem dúvida, são alguns dos vinhos de maior prestígio em toda a França. vinhos brancos secos 1388.10.0 Sancerre Comte Lafond blanc 10

US$/gf 79.90

1388.06.1 Sancerre Comte Lafond blanc 06 (1/2 gf)

41.90

1389.08.0 Pouilly-Fumé De Ladoucette 08 RP=89(06)

99.50

1389.06.1 Pouilly-Fumé De Ladoucette 06 (1/2 gf)

48.90

1390.05.0 Baron de L 05

199.50

vinhos rosados

US$/gf

1387.07.0 Sancerre Comte Lafond rosé 07

79.75

1387.07.1 Sancerre Comte Lafond rosé 07 (1/2 gf)

43.50

1620.09.0 Rhône Paradox rouge 09

33.90

1620.09.1 Rhône Paradox rouge 09 (1/2 gfa)

21.90

vinhos tintos

1620.10.0 Rhône Paradox rouge 10

32.90

1386.05.0 Sancerre Comte Lafond rouge 05

79.75

1621.07.0 Cuvée Compostelle rouge 07 RP=89

46.50

1386.05.1 Sancerre Comte Lafond rouge 05 (1/2 gf)

43.50

1622.05.0 La Mourvache 05 RP=89

79.90

1623.05.0 Avec des Si 05

79.90

1624.05.0 Armonió 05

131.00

vinhos rosados

US$/gf

1625.10.0 Rhône Paradox rosé 10

33.90

1626.10.0 Cuvée Compostelle rosé 10

47.90

vinho branco seco 1627.10.0 Rhône Paradox blanc 10

garrafas magnum vinho tinto

US$/gf 33.90

US$/gf

1620.07.2 Rhône Paradox rouge 07 (1.500 ml)

65.75

1620.09.2 Rhône Paradox rouge 09 (1.500 ml)

79.50

US$/gf

Domaine Chupin Esta propriedade pertence à familia Saget e está localizada na região histórica de Anjou, produzindo seu tinto com 100% de Cabernet Franc. Ele possui um encantador aroma frutado de framboesas, sendo saboroso e macio, já pronto para consumo. vinho tinto 0159.09.0 Anjou Cabernet 09

US$/gf 27.90


138 | França Alsace

Léon Beyer

Château de la Mulonnière

www.leonbeyer.fr

Este belo domaine possui excelentes vinhedos na região leste do Loire, nas áreas de Anjou, Coteaux du Layon, Savennières e Quart de Chaume — onde a maravilhosa uva branca Chenin Blanc é a grande rainha, ao lado da Cabernet Franc. A Chenin Blanc mostra toda sua classe, estrutura e mineralidade nos excelentes brancos secos de Savennières e nos deliciosos Côteaux du Layon, vinhos de sobremesa. Complementa a seleção um saboroso Rosé d’Anjou, muito típico do Loire. vinho branco seco 0589.04.0 Savennières 04

vinhos rosados

US$/gf 47.50

US$/gf

0590.08.0 Rosé d’Anjou 08

25.90

0590.09.0 Rosé d’Anjou 09

26.90

vinho branco doce 0591.06.0 Côteaux du Layon 06

US$/gf 49.90

Domaine Pallus

Segundo o guia Bettane & Desseauve, “esta histórica maison continua no caminho de qualidade com o estilo clássico que fez a reputação das grandes vinícolas da Alsácia”. David Schildnecht, talvez a maior autoridade na uva Riesling em todo o mundo, afirma que os vinhos de Léon Beyer “têm oferecido um padrão qualitativo constante em todos os 22 anos” que o crítico conhece a vinícola. O estilo é deliciosamente tradicional, provocando adjetivos como “maravilhoso” e “outstanding” da revista The Wine Advocate de Robert Parker. Para Michel Bettane, os vinhos da linha clássica são “muito confiáveis”. São todos muito típicos, frescos e secos, com ótimo apelo e carater varietal, perfeitos para acompanhar comida. Os vinhos da linha Réserve são ainda mais profundos e cheios de fruta, com ótima concentração e um inegável acento alsaciano. Uma grande descoberta! vinhos brancos secos

US$/gf

1136.07.0 Pinot Blanc 07

43.90

1137.07.0 Riesling 07 RP=87(05)

58.50

1138.06.0 Gewürztraminer 06 RP=88(05)

59.90

1139.06.0 Pinot Gris 06

59.90

www.lespenseesdepallus.info

1866.04.0 Riesling Réserve 04

67.50

1141.05.0 Gewürztraminer Réserve 05

79.90

Os dois impressionantes vinhos do Domaine de Pallus são sem dúvida os melhores tintos do Loire que você já provou — e alguns dos mais vinhos mais deliciosos e cheios de estilo de nosso catálogo. São dois incríveis Chinon, com complexidade e profundidade raramente encontradas nos tintos desta região. O delicioso Pensées de Pallus é um Chinon incrivelmente profundo, “elegante e refinado, com uma textura que acaricia o palato” segundo Robert Parker, que concedeu 90 pontos para a safra de 2005. Para Parker, o vinho “já está maravilhoso demais para não ser bebido, embora alguém possa ficar tentado a guardar algumas garrafas na adega”. O raríssimo Le Pallus é ainda mais cheio de nuances, com imensa complexidade. Ambos representam talvez o ponto máximo que a casta Cabernet Franc pode atingir no Loire.

1142.05.0 Pinot Gris Réserve 05 RP=89

85.00

1143.05.0 Riesling Les Ecailleirs 05 RP=88

89.90

vinhos tintos

US$/gf

1392.08.0 Chinon Pensées de Pallus 08

WS=90(07). RP=90(05)

1392.09.0 Chinon Les Pensées de Pallus 09

67.50 61.90

1391.06.0 Chinon Le Pallus 06 WS=92

115.50

1391.09.0 Chinon Le Pallus 09

119.50

vinho espumante seco

US$/gf

1952.00.0 Crémant d’Alsace

67.50

vinhos brancos doces

US$/gf

1145.95.1 Riesling Vendange Tardive 95 (1/2 gf) WS=92 (98) 77.75 1146.00.1 Gewurztraminer Vendange Tardive 00 (1/2 gf)

86.50

Chinon Pensées de Pallus 2008 Domaine Pallus

Maturado em barricas onde estagiou o lendário Château Haut Brion, o delicioso Pensées de Pallus é um Chinon incrivelmente profundo, “elegante e refinado, com uma textura que acaricia o palato” nas palavras de Robert Parker. Para o crítico, o vinho “já está maravilhoso demais para não ser bebido, embora alguém possa ficar tentado a guardar algumas garrafas na adega”. Um Chinon de primeiríssima linha, elegante e delicado como os melhores vinhos da denominação

US$ 67.50


França | 139 Sul da França

Hecht & Bannier

Minervois, St. Chinian, Côtes du Roussillon www.hbselection.com

Com a proposta de repetir no Languedoc-Roussillon o que Maisons de prestígio como Drouhin fizeram na Borgonha, H&B apresenta alguns excelentes vinhos, que combinam tipicidade, finesse e elegância. A proposta é oferecer vinhos de alta qualidade, sempre entre os melhores de cada denominação, e com muita consistência qualitativa de uma safra para a outra. O estilo da Maison enfatiza as virtudes e a tipicidade de cada terroir, conferindo aos vinhos também um grande toque de elegância, que nem sempre é encontrado na região. Desde as primeiras safras, eles já recebem muitos elogios de Jancis Robinson e da Wine Spectator, entre outras referências. vinhos tintos 1648.09.0 Languedoc rouge 09 RP=90(08)

US$/gf 34.50

da região”. A linha Figure Libre é composta de vinhos “incrivelmente ambiciosos” nas palavras do guia Bettane & Desseauve — elaborados sem intervencionismos, da maneira mais natural e espontânea possível. O Chemin de Moscou, por sua vez, é um dos grandes vinhos do Sul da França, eleito como o melhor IGT do país pelo prestigioso concurso International Wine Challenge. Trata-se de um vinho que combina o terroir de La Livinière em Minervois — famoso desde a época de Roma — com algumas das melhores parcelas do Roussillon. O resultado desta combinação de 68% Syrah, 24% Grenache e 8% Cinsault é um vinho de muito carisma — denso e cheio de camadas, mas dotado de uma invejável elegância. Os brancos e rosado elaborados pelo Domaine Gayda são também bastante saborosos e convidativos, com destaque para um interessantíssimo Macabeo, que combina notas de mel com aromas minerais: um exemplo de livro dos melhores vinhos elaborados com esta casta.

0262.08.0 Minervois 08 RP=90

52.50

vinhos tintos

0262.09.0 Minervois 09

55.50

1953.10.0 Flying Solo Grenache/Syrah 10

24.90

0261.08.0 Côtes du Roussillon Villages 08 RP=93

57.00

1953.11.0 Flying Solo Grenache/Syrah 11

24.90

1954.09.0 Gayda Syrah 09

29.90

0261.09.0 Côtes du Roussillon Villages 09

RP=91(05). WS=90(03)

0263.08.0 Saint Chinian 08 RP=92

59.50 57.00

1954.11.0 Gayda Syrah 11

29.90

1955.09.0 Figure Libre Cabernet Franc 09

69.50

1956.09.0 Chemin de Moscou 09

99.90

0263.09.0 Saint Chinian 09

59.50

0592.03.0 Faugères 03 RP=(93-94)(07)

69.90

0592.08.0 Faugères 08

87.50

vinho rosado

0592.09.0 Faugères 09

87.50

1957.11.0 Gayda rosé 11

vinho rosado 1647.10.0 Languedoc rosé 10 RP=91

vinho branco 1646.09.0 Languedoc blanc 09 RP=89(10)

US$/gf 26.50

US$/gf 33.90

Domaine Gayda Languedoc-Roussillon www.gaydavineyards.com

A jornalista Jancis Robinson é uma grande admiradora da região francesa do Languedoc-Roussillon — “um dos melhores segredos do mundo do vinho”, em suas palavras. E o Domaine Gayda é um de seus “produtores favoritos” desta região famosa por algumas das maiores pechinchas entre os vinhos franceses. O Domaine foi criado por três sócios: um francês, um inglês e um sul-africano, que adotaram o modelo das melhores vinícolas da África do Sul. A vinícola combina uma viticultura de precisão com técnicas modernas e uma atenção aos detalhes que chega ao ponto de um perfeccionismo extremo, como por exemplo, a seleção bago a bago das uvas que entram na produção de cada vinho. O Flying Solo é uma saborosa combinação de Grenache e Syrah, repleto de notas de fruta, enquanto o Gayda Syrah mereceu nada menos que 17/20 pontos de Jancis Robinson, que elogiou o frescor e a estrutura do tinto que é “bastante distinto da maioria dos vinhos

US$/gf

vinhos brancos 1958.10.0 Flying Solo Grenache/Viognier 10

US$/gf 29.90

US$/gf 24.90

1959.10.0 Gayda Chardonnay 10

29.90

1960.09.0 Figure Libre Macabeo 09

69.50

Minervois 2009 Hecht & Bannier

Uma das grandes descobertas do Sul da França, este tinto encorpado é um verdadeiro achado. Potente, carnudo e cheio de fruta, mostra taninos abundantes e maduros, em uma perfeita síntese entre a intensidade e o sabor que caracterizam o Languedoc, e o estilo elegante e equilibrado que são a inspiração dos proprietários Hecht e Bannier. Recomendado!

US$ 55.50


140 | França

Domaine de Bachellery Vin de Pays d’Oc

Este célebre domaine produz vinhos desde o século XVI. No século XIX, o poeta provençal Frédéric Mistral vinha sempre degustar os tintos e brancos da propriedade. Hoje, o produtor elabora vinhos deliciosos e modernos na denominação Vin de Pays d’Oc, varietais com as principais castas francesas: Sauvignon Blanc e Chardonnay em brancos; Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah em tintos. São todos achados de ótima relação qualidade/preço. vinhos tintos

US$/gf

0174.05.0 Vin de Pays d’Oc Syrah 05

25.90

0173.10.0 Vin de Pays d’Oc Merlot 10

29.90

0171.10.0 Vin de Pays d’Oc Cabernet Sauvignon 10

29.90

2001.10.0 Petite Ballade Vin de Pays d’Oc

Syrah/Cabernet Sauvignon 10

vinhos brancos secos

29.90

US$/gf

0172.02.0 Vin de Pays d’Oc Chardonnay 02

19.90

0551.06.0 Vin de Pays d’Oc Sauvignon Blanc 06

26.90

Georges Vigouroux Cahors

Com moderníssimas caves instaladas abaixo de um castelo do século XIII que é um dos mais belos Relais & Châteaux do sul da França, o impressionante Château de Mercuès dá origem a alguns dos mais surpreendentes vinhos do país elaborados com a casta Malbec, em um estilo bastante distinto do encontrado na Argentina. Os vinhedos, cultivados desde a época dos romanos, foram remodelados na década de 80, com plantações de densidades elevadas — 65% mais densas que o padrão da região — o que dá origem a menor produção e uvas mais concentradas, perfeitamente maduras. Os vinhos são elaborados em um estilo moderno, sem a rusticidade de alguns vinhos de Cahors. Uma bela surpresa e uma verdadeira descoberta para quem nunca provou um bom Malbec de Cahors. vinhos tintos

US$/gf

1534.09.0 Pigmentum Malbec 09

29.90

1534.09.1 Pigmentum Malbec 09 (1/2 gf)

18.90

1534.10.0 Pigmentum Malbec 10

29.90

1534.10.1 Pigmentum Malbec 10 (1/2 gf)

18.90

1534.11.0 Pigmentum Malbec 11

29.50

1534.11.1

Pigmentum Malbec 11 (1/2 gf)

17.90

1533.07.0 Château de Mercuès Malbec 07 WE=90

65.90

1533.07.1 Château de Mercuès Malbec 07 (1/2 gf) WE=90 37.90 1978.09.0 Château de Mercuès Cuvée Malbec 6666 09

126,50

1979.09.0 Château de Mercuès Icone Wow 09

299,50

Domaine Sarda Malet (Roussillon/França) www.sarda-malet.com

Segundo o guia Bettane & Desseauve, Sarda Malet “produz uma gama de vinhos que faz parte da elite de Roussillon, em um estilo que combina refinamento e grande concentração”. Com parcelas de vinhas antigas, de baixíssimos rendimentos, localizadas ao sul da cidade de Perpignan, o Domaine Sarda Malet elabora vinhos sedosos e cheios de fruta, com grande apelo regional. Para Robert Parker, as safras provadas recentemente mostram que o talentoso Jerome Malet está elaborando vinhos da mais alta qualidade, incluindo alguns de “fantástica relação qualidade/preço”. O Côtes du Roussillon Le Sarda mereceu a excelente nota 90 de Parker na safra de 2005, sendo descrito como “cheio de fruta madura, com uma complexa textura sedosa no palato”. O mesmo vinho recebeu também os 90 pontos da Wine Spectator na safra anterior, sendo descrito como “deliciosamente suculento”. O excelente La Reserve foi descrito por Bettane como “elegante, profundo e gracioso”, recebendo a menção especial de excelente relação qualidade/preço na safra de 2004. O Côtes du Roussillon Terroir Mailloles é ainda melhor, “impressionantemente rico” para Robert Parker. O Rivesaltes Ambré 1970 é uma verdadeira raridade, elaborado com uvas Grenache Blanc e Grenache Gris de um único vinhedo excepcional. É uma excelente companhia para foie gras, queijos ou mesmo chocolate! vinhos tintos

US$/gf

1085.09.0 Côtes du Roussillon Le Sarda 09 RP=88(07)

39.90

1086.04.0 Côtes du Roussillon Réserve 04 RP=89

59.90

1086.06.0 Côtes du Roussillon Réserve 06

53.50

1087.04.0 Côtes du Roussillon Terroir Mailloles 04

99.50

vinho rosado 1088.07.0 Côtes du Roussillon Le Sarda Rosé 07

vinhos brancos doces

US$/gf 39.90

US$/gf

1084.07.0 Muscat de Rivesaltes 07

57.00

1084.07.1 Muscat de Rivesaltes 07 (1/2 gf)

39.90

1084.09.1 Muscat de Rivesaltes 09 (1/2 gf) 1089.70.0 Rivesaltes Ambré 1970

garrafa magnum vinho tinto 1086.04.2 Côtes du Roussillon Réserve 04 (1.500 ml)

39.90 166.50

US$/gf 129.50

Côtes du Roussillon Le Sarda 2009 Sarda Malet

O Côtes du Roussillon Le Sarda mereceu excelentes 90 pontos de Parker na safra de 2005, sendo descrito como “cheio de fruta madura, com uma complexa textura sedosa no palato”. O mesmo vinho recebeu também os 90 pontos da Wine Spectator na safra anterior, sendo apontado como “deliciosamente suculento”.

US$ 39.90


França | 141 Cognac

Léopold Gourmel Presença obrigatória nos melhores restaurantes da França. os Cognacs de Léopold Gourmel são elaborados com um notável rigor e padrão de qualidade impressionante. Todos a linha de destilados é elaborada com uvas de uma única safra. provenientes de vinhedos antigos. com raízes que atingem mais de 30 metros de profundidade. Ao contrários dos Cognacs tradicionais. Léopold Gourmel não filtra seus destilados em baixas temperaturas. utilizando um processo muito mais trabalhoso. mas que mantém todas as nuances e complexidade da bebida. Na opinião de Thierry Desseauve. do guia Bettane & Desseauve. os Cognacs de Gourmel “surpreendem até os maiores connaisseurs”. São acompanhamentos perfeitos para os melhores charutos ou mesmo para meditar após uma refeição. Cognac

US$/gf

1586.00.9 Cognac VSOP Premières Saveurs (0.7 litro)

109.00

1587.00.9 Cognac XO Age du Fruit 10 carats (0.7 litro)

185.50

1588.00.9 Cognac XO Age du Fruit 10 carats

“en carafe”(0.7 litro)

471.00

1589.00.9 Cognac Extra Age des Fleurs

15 carats (0.7 litro)

284.00

1590.00.9 Cognac Très Vieux Age des Épices

20 carats (0.7 litro)

439.00

Logis de la Mothe Este extraordinário cognac é produzido no coração da Grande Champagne (sub-região de Cognac. não confundir com a região de Champagne). Possuem grandes estoques de cognac que são envelhecidos por longos períodos. muito mais longos do que o exigido por lei para cada tipo.Seus cognacs mostram grande maciez. charme e distinção. Cognac US$/gf 0289.00.9 Cognac Logis de la Mothe VSOP (0.7 litro)

109.50

0290.00.9 Cognac Logis de la Mothe XO (0.7 litro)

172.50

1399.00.9 Cognac Logis de la Mothe Vieille Réserve (0.7 litro) 228.50

Cognac VSOP Premiéres Saveurs (700 ml) Léopold Gourmel

Maturado seis anos em barricas de carvalho de grão fino, sem tosta, este estupendo Cognac não é filtrado a frio, para manter todas suas nuances aromáticas. Extremamente delicado e macio, é uma bebida perfeita para meditação.

US$ 109.00


Alemanha Os maravilhosos Rieslings alemães, leves e cheios de personalidade, estão cada vez mais em alta no Brasil e no mundo. Selbach-Oster, um dos maiores nomes do Mosel, elabora verdadeiras preciosidades, vinhos que combinam grande profundidade de aromas e sabores com uma incrível leveza e elegância. São todos vinhos únicos, sem equivalentes em outras regiões do mundo. Os vinhos menos secos combinam muito bem com a nova cozinha de inspiração asiática, enquantos os mais secos são bastante versáteis, acompanhando peixes, carnes brancas e até carne de porco, além de serem maravilhosos aperitivos. Os tintos artesanais de Hans Lang, elaborados em minúsculas quantidades no coração do Rheingau, estão entre alguns dos mais surpreendentes achados do país.


Alemanha | 143 “A coleção de vinhos de Selbach-Oster vai de vinhos excelentes a profundamente excelentes” – Robert Parker

Selbach-Oster

Hans Lang

www.selbach-oster.de

www.weingut-hans-lang.de

Mosel

Rheingau

Selbach-Oster é uma das maiores estrelas da região do Mosel e responsável por alguns dos mais complexos e profundos vinhos da Alemanha. Proprietário dos melhores vinhedos de Zeltingen, Selbach-Oster mostrou ao mundo o incrível potencial de fantásticos “crus” como Himmelreich, Sonnenuhr e Schlossberg. Todos seus vinhos são grandes expressões do terroir, muito admirados pelos connaiseurs e amantes do vinho alemão por todo o mundo. Um colecionador de prêmios, SelbachOster sempre recebe notas altíssimas da imprensa especializada, incluindo diversas notas entre 9599 pontos de Robert Parker e da Wine Spectator, principalmente para seus vinhos de sobremesa. vinhos brancos secos 0472.10.0 Selbach-Oster Riesling QbA trocken 10

US$/gf 39.25

0479.10.0 Zeltinger Schlossberg Selbach-Oster Riesling

QbA trocken 10

46.50

0480.07.0 Zeltinger Sonnenuhr Selbach-Oster Riesling

Kabinett trocken 07 WS=90(04) RP=88

55.50

0481.08.0 Zeltinger Sonnenuhr Selbach-Oster

Riesling Spätlese trocken 08 RP=90(07)

vinhos brancos meio-secos

64.00

US$/gf

0477.08.0 Zeltinger Himmelreich Selbach Riesling

QbA halbtrocken 08

No coração de Hattenheim, um dos mais destacados terroir do Rheingau para Hugh Johnson e Jancis Robinson, Hans Lang elabora de maneira artesanal vinhos de excepcional qualidade. Classificado como um dos melhores produtores pela imprensa local, Hans Lang é pioneiro no uso de barricas francesas para maturar seus vinhos tintos, considerados entre os melhores Pinot Noir elaborados na Alemanha. Hans Lang só colhe uvas perfeitamente maduras, esperando muitas vezes até meados de novembro para terminar a colheita. Este perfeccionismo está refletido nos vinhos, complexos e minerais, sempre grandes expressões do terroir e verdadeiras pechinchas em cada categoria. A vinícola foi uma das quatro primeiras a submeter voluntariamente seus vinhos aos rígidos padrões da Erstes Gewächs, que atesta que o vinho é um verdadeiro Grand Cru, elaborado com uvas dos melhores e mais distintos terroirs. Os brancos suaves e doces mostram riqueza e complexidade dificilmente encontradas, combinando profundidade e leveza em um estilo encantador. vinhos tintos

US$/gf

1305.05.0 Pinot Noir 05

77.25

1306.05.0 Johann Maximilian Pinot Noir 05

98.50

34.25

0478.07.0 Zeltinger Himmelreich Selbach-Oster

vinhos brancos secos

US$/gf

1307.07.0 Riesling trocken 07

46.90

Riesling Kabinett halbtrocken 07 RP=90

vinhos brancos suaves 1734.09.0 Selbach Riesling QbA 09

48.75

US$/gf 28.75

0471.09.0 Piersporter Michelsberg Selbach Riesling

Kabinett 09 Kabinett 04

55.50

1310.06.0 Johann Maximilian Riesling trocken 06

68.00

1309.05.0 Vom Bunten Schiefer Riesling trocken 05

79.90

1311.05.0 Hattenheimer Wisselbrunen Erstes Gewächs 05 127.00 32.90

vinho branco meio-seco

0474.04.0 Wehlener Sonnenuhr Selbach Riesling

1308.06.0 Riesling Kabinett trocken 06

39.90

1312.07.0 Riesling Kabinett halbtrocken 07

43.90

vinhos brancos doces

US$/gf 57.50

0476.04.0 Wehlener Sonnenuhr Selbach-Oster Riesling

Kabinett 04 RP=86-88

vinhos brancos doces

US$/gf

0475.08.0 Wehlener Sonnenuhr Selbach Riesling

Spätlese 08 WS=90(01) Selbach-Oster 03  

49.90

1314.07.0 Hattenheimer Hassel Riesling Spätlese 07

78.00

1315.03.1 Hattenheimer Hassel Riesling 46.50

1347.03.0  Wehlener Sonnenuhr Riesling Auslese

US$/gf

1313.07.0 Riesling Kabinett 07

Auslese 03 (1/2 gf) WS=94 (07)

73.50

1317.99.7 Hattenheimer Hassel Riesling 99.90

Beerrenauslese 99 (500 ml) WS=96 (07)

237.90

1316.07.1 Hattenheimer Schützenhaus

Riesling Eiswein 07 (1/2 gf)

232.00

Zeltinger Schlossberg S-O Riesling QbA Trocken 2010 Selbach-Oster

Seco, fresco, mineral e repleto de deliciosas notas florais, este ótimo Riesling é elaborado no novo estilo, mais seco, ideal para combinar com uma gama maior de pratos, sem perder o saboroso e tradicional toque frutado.

US$ 46.50


144 | Garrafas

Magnum

Garrafas Magnum de vinhos tintos vinhos tintos MG - Argentina

vinhos tintos MG - França

US$/gf

0522.01.2 Alfa Crux Blend 01 (O. Fournier)

197.90

0655.06.2 Noemía 06 (Noemía)

535.00

vinhos tintos MG - Chile

US$/gf

US$/gf

0099.06.2 Ch. Gabaron 06 (A.C. Bordeaux)

59.90

0099.08.2 Ch. Gabaron 08 (A.C. Bordeaux)

62.50

0099.10.2 Ch. Gabaron 10 (A.C. Bordeaux)

65.90

0296.09.2 Bourgogne Pinot Noir 09

(Champy - Bourgogne)

129.90

0157.04.2 Savigny-les-Beaune La Dominode 04*

(Bruno Clair - Bourgogne)

325.00

1948.09.2 Mercurey 09*

0775.10.2 Magnum Max Reserva Cabernet Sauvignon 10

(Errazuriz)

1981.09.2 Châteauneuf-du-pape de L’Oratoire des Papes 09

87.80

0772.08.2 Don Maximiano Founder’s Reserve 08 (Errazuriz) 435.00

vinhos tintos MG - Espanha 0131.06.2 Viña Real Crianza 06 (CVNE - Rioja)

US$/gf 89.00

0359.04.2 La Montesa Crianza 04

(Herencia Remondo - Rioja)

105.90

(Dom. du Meix Foulot - Bourgogne)

189.90

(Rhône)

255.00

1620.07.2 Rhône Paradox rouge 07 (Ch. Mas Neuf-Rhône)

65.75

1620.09.2 Rhône Paradox rouge 09 (Ch. Mas Neuf-Rhône)

79.50

1086.04.2 Côtes du Roussillon Réserve 04

(Sarda Mallet - Roussillon)

129.50

0253.02.2 Finca Sobreño Crianza 02

(Finca Sobreño - Toro)

72.00

1346.06.2 Acústic 06 (Acústic - Monsant)

116.90

1346.09.2 Acústic 09 (Acústic - Monsant)

122.00

1324.06.2 Braó 06 (Acústic - Monsant)

199.50

vinho tinto MG - Portugal

US$/gf

0081.75.2 Dão Porta Cavaleiros Reserva 75

(Caves São João - Dão)

549.50

vinhos tintos MG - Itália

US$/gf

0277.07.2 Magnum Barbera d’Asti Cà di Pian 07

(La Spinetta - Piemonte)

149.90

0227.01.2 L’Insieme VdT 01 (Elio Altare - Piemonte)

285.90

0215.06.2 Langhe Arte 06 (D. Clerico - Piemonte)

269.50

0006.03.2 Barbaresco Brich Ronchi 03

(Albino Rocca - Piemonte) (Cavit – Trentino) (Dei - Toscana) RP=91(01)

36.75 132.75

0368.00.2 Brunello di Montalcino 00

(Pertimali - Toscana)

336.00

1173.07.2 Brunello di Montalcino 07

(Argiano - Toscana)

277.00

1519.06.2 Chianti Classico 06 (Fontodi - Toscana)

168.50

1519.08.2 Chianti Classico 08 (Fontodi - Toscana)

172.00

1522.04.2 Case Via Syrah 04 (Fontodi - Toscana)

371.50

1520.04.2 Vigna del Sorbo Chianti Classico

Riserva 04 (Fontodi - Toscana)

354.90

0315.07.2 Il Nero di Casanova IGT 07 (Sezzana - Toscana) 134.50 0659.05.2 Selezione Oro Chianti Riserva 05 (Piccini-Toscana)

134.00

1531.05.2 Sasso Al Poggio IGT 05 (Piccini-Toscana)

158.00

0661.03.2 Collezione Piccini Brunello di Montalcino 03 (Piccini-Toscana)

225.00

0285.06.2 Morellino di Scansano

Poggio Valente 06 (Le Pupille - Toscana) 199.50

0663.00.3 Rosso Toscano Piccanti

(Piccini - Toscana) (3.000 ml)

69.90

0520.01.2 Torre di Ceparano Sangiovese

di Romagna 01 (Zerbina - Emilia)

0385.09.2 Monreale Syrah 09 (Spadafora - Sicília)

128.50 76.90

0448.02.2 Taurasi Cinque Querce 02

(S. Molettieri - Campania)

0146.04.2 Corton-Charlemagne 04*

(Bruno Clair - Bourgogne)

759.00

Garrafas Magnum de espumantes secos vinhos espumantes secos MG - Itália US$/gf

Extra Dry (Col Vetoraz)

109.00

1694.00.2 Prosecco di Valdobbiadene

0138.03.2 Vino Nobile di Montepulciano 03

vinho branco seco MG - França US$/gf

1693.00.2 Prosecco di Valdobbiadene 326.00

1716.08.2 Principato Teroldego 08

Garrafa Magnum de vinho branco seco

239.00

Brut (Col Vetoraz)

109.00


Meias Garrafas | 145

Meias garrafas de vinhos tintos vinhos tintos 1/2gf - Argentina

vinhos tintos 1/2gf - Itália

0313.07.1 Langhe Nebbiolo 07 (La Spinetta-Piemonte)

0701.11.1 Tilia Malbec/Syrah 11

0325.08.1 Barbaresco Bric Balin 08

9.50

9.90

0325.09.1 Barbaresco Bric Balin 09

vinhos tintos 1/2gf - Chile

45.25

0277.08.1 Barbera d’Asti Cà di Pian 08 (La Spinetta-Piemonte) 41.50

US$/gf

0701.10.1 Tilia Malbec-Syrah 10

US$/gf

1934.06.1 Barolo Garrete 06 (La Spinetta - Piemonte) 109.90

US$/gf

(Moccagatta - Piemonte) (Moccagatta - Piemonte)

99.90 99.90

0716.06.1 Valpolicella Classico 06

0536.09.1 Terra Andina Carmenère 09

9.90

0536.10.1 Terra Andina Carmenère 10

9.90

0717.06.1 Bardolino Classico 06

0536.11.1 Terra Andina Carmenère 11

9.90

0539.09.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 09

9.90

0717.10.1 Bardolino Classico 10

0539.10.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 10

9.90

0539.11.1 Terra Andina Cabernet Sauvignon 11

9.90

1675.08.1 Pinot Nero Alto Adige DOC 08

0781.10.1 Errazuriz Reserva Carmenère 10

13.90

0781.11.1

12.95

Errazuriz Reserva Carmenère 11

0782.10.1 Errazuriz Reserva Syrah 10

12.95

0782.11.1 Errazuriz Reserva Syrah 11

12.95

0775.06.1 Errazuriz Max Reserva

Cabernet Sauvignon 06

22.90

0775.09.1 Errazuriz Max Reserva

Cabernet Sauvignon 09

1091.09.1 Urban Blend 09 (O. Fournier)

vinho tinto 1/2gf - Brasil 0690.06.1 Angheben Cabernet Sauvignon 06

22.90 12.90

R$/gf 19.00

(Guerrieri-Rizzardi - Veneto) (Guerrieri-Rizzardi - Veneto) (Guerrieri-Rizzardi - Veneto) (San Michele Appiano – Alto Adige)

22.50 21.50 26.90 29.90

1675.09.1 Pinot Nero Alto Adige DOC 09

(San Michele Appiano – Alto Adige)

34.50

1651.06.1 Rosso della Lanciola 06 (Lanciola – Toscana)

18.90

1652.07.1 Chianti Colli Fiorentini 07 (Lanciola – Toscana)

21.50

0756.09.1 Chianti Classico 09

(Castellare di Castellina - Toscana)

34.90

0756.10.1 Chianti Classico 10

(Castellare di Castellina - Toscana)

1519.07.1

Chianti Classico 07 (Fontodi - Toscana)

34.90 55.50

1519.08.1 Chianti Classico 08 (Fontodi - Toscana)

49.90

0284.08.1 Morellino di Scansano 08 (Le Pupille - Toscana)

25.50

0284.09.1 Morellino di Scansano 09 (Le Pupille - Toscana) 27.90

vinho tinto 1/2gf - Estados Unidos 0502.05.1 Estate Cabernet Sauvignon 05 (Trefethen)

vinhos tintos 1/2gf - Grécia

US$/gf

0284.10.1 Morellino di Scansano 10 (Le Pupille - Toscana) 27.90

55.90

0138.07.1 Vino Nobile di Montepulciano 07 (Dei - Toscana) 49.25

US$/gf

1726.07.1 Kretikos Red 07 (Boutári - Creta)

12.90

0614.05.1 Náoussa OPAP 05 (Boutári - Macedônia)

15.90

vinhos tintos 1/2gf - Espanha

US$/gf

0138.08.1 Vino Nobile di Montepulciano 08 (Dei - Toscana) 49.90 0315.07.1 Il Nero di Casanova IGT 07 (Sezzana - Toscana)

29.50

0657.09.1 Chianti 09 (Piccini - Toscana)

15.50

0657.10.1 Chianti 10 (Piccini - Toscana)

15.90

1807.09.1 Montepulciano d’Abruzzo 09 (La Valentina)

21.90

0126.08.1 Cune Crianza 08 (CVNE - Rioja)

23.90

1593.08.1 Costera Cannonau di Sardegna DOC 08

0126.09.1 Cune Crianza 09 (CVNE - Rioja)

23.90

0131.06.1 Viña Real Crianza 06 (CVNE - Rioja)

23.90

1593.09.1 Costera Cannonau di Sardegna 09

0131.07.1 Viña Real Crianza 07 (CVNE - Rioja)

23.90

0131.09.1 Viña Real Crianza 09 (CVNE - Rioja)

25.50

0359.04.1 La Montesa Crianza 04

(Herencia Remondo - Rioja)

vinhos tintos 1/2gf - Portugal

37.90

US$/gf

0079.08.1 Dão Porta dos Cavaleiros 08 (Caves São João-Dão) 14.90 0074.07.1 Bairrada Frei João tinto 07

(Caves São João - Bairrada)

14.90

0074.08.1 Bairrada Frei João tinto 08

(Caves São João - Bairrada)

14.90

(Argiolas - Sardegna) (Argiolas - Sardegna)

25.50 27.90


146 | Meias

Garrafas

vinhos tintos 1/2gf - França

US$/gf

0596.08.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 08

(A.C. Bordeaux Supérieur)

23.90

0596.09.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 09

(A.C. Bordeaux Supérieur)

26.50

0596.10.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur) (A.C. 1ères Côtes de Blaye - Bordeaux)

0467.07.1 Ch. L’Église de Saget 07 (A.C. Bordeaux)

0703.08.1 Tilia Chardonnay 08

21.50

0531.10.1 Terra Andina Sauvignon Blanc 10

9.90

16.90

0787.10.1 Errazuriz Reserva Chardonnay 10

12.95

17.50

0099.10.1 Ch. Gabaron 10 (A.C. Bordeaux)

19.50

0099.11.1 Ch. Gabaron 11 (A.C. Bordeaux)

19.50

1377.08.1 Ch. Roquefort 08 (A.C. Bordeaux)

27.90

0301.05.1 Côtes de Beaune Villages 05 (Champy - Bourgogne) 35.50 0301.06.1 Côtes de Beaune Villages 06 (Champy - Bourgogne) 29.90 0296.09.1 Bourgogne Pinot Noir 09 (Champy - Bourgogne)

32.50

1572.07.1 Bourgogne Pinot Noir 07

(Chanson - Bourgogne)

28.50

0674.09.1 Bourgogne rouge 09

(Camille Giroud - Bourgogne)

38.50

1948.09.1 Mercurey 09* (Dom. du Meix Foulot - Bourgogne) 46.90 1981.09.1 Châteauneuf-du-Pape de L’Oratoire des Papes 09 (Rhône)

67.50

1620.08.1 Rhône Paradox rouge 08 (Ch. Mas Neuf)

17.25

1620.09.1 Rhône Paradox rouge 09 (Ch. Mas Neuf)

21.90

1386.05.1 Sancerre Comte Lafond rouge 05 (C. Lafond)

43.50

1534.09.1 Pigmentum Malbec 09 (Vigouroux)

18.90

1534.10.1 Pigmentum Malbec 10 (Vigouroux)

18.90

1534.11.1

17.90

Pigmentum Malbec 11 (Vigouroux)

1533.07.1 Château de Mercuès Malbec 07 (Vigouroux)

37.90

Meia garrafa de vinho rosado vinho rosado 1/2gf - França 1387.07.1 Sancerre Comte Lafond rosé 07 (C. Lafond)

8.75

vinhos brancos secos 1/2gf - Chile US$/gf

0467.09.1 Ch. L’Église de Saget 09 (A.C. Bordeaux)

vinho branco seco 1/2gf - Argentina US$/gf

26.50

0468.02.1 Ch. Les Grands Maréchaux 02

Meias garrafas de vinhos brancos secos

US$/gf 43.50

vinhos brancos secos 1/2gf - Portugal

US$/gf

0080.11.1 Dão Porta dos Cavaleiros branco 11

(Caves São João-Dão)

14.90

0073.10.1 Frei João branco 10 (Caves São João - Bairrada)

14.90

vinhos brancos secos 1/2gf – Itália

US$/gf

1722.09.1 Cavit Collection Pinot Grigio 09

(Cavit – Trentino)

17.90

0722.09.1 Soave Classico 09

(Guerrieri-Rizzardi - Veneto)

24.90

vinhos brancos secos 1/2gf - França

US$/gf

0295.09.1 Bourgogne Chardonnay 09

(Champy - Bourgogne)

29.90

0597.10.1 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

(A.C. Bordeaux Supérieur)

1388.06.1 Sancerre Comte Lafond blanc 06 (C. Lafond) 1389.06.1 Pouilly-Fumé De Ladoucette 06 (C. Lafond)

24.50

41.90 48.90


Garrafas 1/4 | 147

Garrafas de 187ml (¼) Tintos vinho tinto 1/4gf - Argentina

US$/gf

0701.09.4 Tilia Malbec Syrah 09 (Tilia)

vinhos tintos 1/4gf - Chile

6.25

US$/gf

0781.10.4 Reserva Carmenère 10 (Errazuriz)

7.95

0781.11.4 Reserva Carmenère 11 (Errazuriz)

7.95

0782.10.4 Reserva Syrah 10 (Errazuriz)

7.95

0539.10.4 Terra Andina Cabernet Sauvignon 10

(Terra Andina)

5.90

0539.11.4 Terra Andina Cabernet Sauvignon 11

(Terra Andina)

vinhos tintos 1/4gf - Espanha

5.90

US$/gf

0126.07.4 Cune Crianza 07 (CVNE)

11.90

0126.08.4 Cune Crianza 08 (CVNE)

12.90

0126.09.4 Cune Crianza 09 (CVNE)

12.90

vinhos tintos 1/4gf - França

US$/gf

0596.07.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 07

(Château Rauzan-Despagne)

10.90

0596.09.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 09

(Château Rauzan-Despagne)

11.50

0596.10.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve rouge 10

(A.C. Bordeaux Supérieur)

vinho tinto 1/4gf - Grécia

11.50

US$/gf

0617.08.4 Agiorgítiko OPAP Neméa 08 (Boutári)

vinhos tintos 1/4gf - Itália

8.50

US$/gf

1717.09.4 Collection Merlot 09 (Cavit)

8.90

1717.10.4 Collection Merlot 10 (Cavit)

8.90

Brancos vinho branco 1/4gf - França

US$/gf

0597.10.4 Ch. Rauzan-Despagne Réserve blanc 10

(Château Rauzan-Despagne)

vinhos brancos 1/4gf - Itália

10.50

US$/gf

1722.09.4 Collection Pinot Grigio 09 (Cavit)

8.50

1722.10.4 Collection Pinot Grigio 10 (Cavit)

8.90

vinho branco 1/4gf - Argentina

US$/gf

0703.09.4 Tilia Chardonnay 09 (Tilia)

5.60

vinhos brancos 1/4gf - Chile

US$/gf

0787.09.4 Reserva Chardonnay 09 (Errazuriz)

7.95

0531.09.4 Terra Andina Sauvignon Blanc 09 (Terra Andina)

5.39

0531.10.4 Terra Andina Sauvignon Blanc 10 (Terra Andina)

5.90

Espumante 1/4gf - Itália 1724.00.4 Lunetta Prosecco (Cavit)

11.90


148 | Sobremesa

Vinhos de Sobremesa vinho doce - Chile

US$/gf

0784.10.1 Late Harvest Sauvignon Blanc 10

(1/2gf)(Errazuriz)

25.90

vinho doce - África do Sul

US$/gf

vinhos doces - Itália

(Guerrieri-Rizzardi – Veneto)

(Cavit – Trentino)

DOC 09 (500 ml) (D’Attimis – Friuli)

0512.02.7 Arroco Albana di Romagna Passito 02

US$/gf

0632.00.0   Sámos OPE (Boutári - Ilhas Egéias)

32.90

0633.00.0   Mavrodaphne of Patras OPE  (Cambás - Peloponeso)

vinhos doces - Hungria

(Zerbina - Emilia) (1/2 litro)

23.90

US$/gf 59.90

1792.03.7 Tokaji Hetszolo 3 Puttonyos Aszú 03 (500 ml)

99.50

(Zerbina - Emilia) (1/2 gf)

(Castellare di Castellina - Toscana) (1/2 gf)

(Fontodi - Toscana) (1/2 gf)

0287.06.1 Solalto 06 (1/2 gf)

135.00

1594.06.7 Angialis 06 (Argiolas - Sardegna) (500 ml)

US$/gf

0040.04.7 Viognier Doux 04 (500 ml) 46.80

1756.07.1 Viognier des Anges 07 (1/2 gf) (Bonny Doon - California)

vinhos doces - Espanha

79.50

US$/gf

1301.06.1 Selecció Especial 06 (1/2 gf)

(Jorge Ordonez - Málaga)

63.25

1302.06.1 Victoria 06 (1/2 gf)

(Jorge Ordonez - Málaga)

142.00

1303.06.1 Viñas Viejas 06 (1/2 gf)

(Jorge Ordonez - Málaga)

199.25

99.90 159.00 55.90

1692.04.7 Montefalco Sagrantino Passito

165.00

195.50

0764.01.1 Vin Santo del Chianti Classico 01

1794.01.7 Tokaji Hetszolo 6 Puttonyos Aszú 01 (500 ml)

(Bonny Doon - California)

111.00

0518.07.1 Scacco Matto Albana di Romagna Passito 07

1793.01.7 Tokaji Hetszolo 5 Puttonyos Aszú 01 (500 ml)

32.90 116.50

1524.01.1 Vin Santo del Chianti Classico 01

1795.07.0 Tokaji Hetszolo Late Harvest 07

vinhos doces - Estados Unidos

75.50

1707.09.7 Tore delle Signore Verduzzo Friulano

0613.06.1 Almond Grove Noble Late Harvest 06 (1/2gf)

vinhos doces - Grécia

83.50

1720.07.7 Vendimia Tardiva Rupe Rè 07 (500 ml)

1706.07.7 Picolit DOCG 07 (500 ml) (D’Attimis – Friuli)

(Robertson) 34.90

US$/gf

0723.03.1 Recioto di SoaveDOCG 06 (1/2 gf)

DOCG 04 (500 ml) (Adanti – Umbria)

vinhos doces - França

113.00 119.50

US$/gf

1629.10.1 Ch. Jany 10 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

38.90

1797.09.0 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes)

68.00

1797.09.1 Ch. Haut-Monteil 09 (A.C. Sauternes) (1/2 gf)

39.90

1145.95.1 Alsace Riesling Vendange Tardive 95

(Léon Beyer) (1/2 gf)

77.75

1146.00.1 Alsace Gewürztraminer Vendange Tardive 00

(Léon Beyer) (1/2 gf)

86.50

0591.06.0 Coteaux du Layon 06

(Château de la Mulonnière - Loire)

49.90

1084.07.0 Muscat de Rivesaltes 07

(Sarda-Malet - Roussillon)

57.00

1084.07.1 Muscat de Rivesaltes 07

(Sarda-Malet - Roussillon) (1/2gf)

39.90

1084.09.1 Muscat de Rivesaltes 09

(Sarda-Malet - Roussillon) (1/2gf)

39.90

1089.70.0 Rivesaltes Ambré 1970

(Sarda-Malet - Roussillon)

vinhos doces - Alemanha

166.50

US$/gf

0475.08.0 Wehlener Sonnenuhr Riesling Spätlese 08

(Selbach - Mosel)

46.50

1315.03.1 Hattenheimer Hassel Riesling Auslese 03

(Hans Lang - Rheingau) (1/2 gf)

73.50

1316.07.1 Hattenheimer Schützenhaus Riesling

Eiswein 07 (Hans Lang - Rheingau) (1/2 gf)

232.00

1317.99.7 Hattenheimer Hassel Riesling Beerenauslese 99

(Hans Lang - Rhiengau) (500 ml)

237.90


Rosados | 149

Vinhos Rosados

vinhos rosados - Portugal

vinho rosado - Argentina

US$/gf

1518.10.0 Kaiken rosé 10 (Kaiken)

21.90

vinhos rosados - Chile

US$/gf

1893.11.0 Cabernet Sauvignon Rosé 11 (Errazuriz)

23.90

0534.09.0 Terra Andina rosé 09 (Terra Andina)

18.50

vinho rosado - Uruguai 1741.10.0 Reserva Syrah rosado 10 (Viña Progresso)

vinho rosado - Nova Zelândia 0710.06.0 Blanc de Pinot Noir 06 (Gibbston Valley)

US$/gf

1967.11.0 Bairrada Frei João rosado 11

US$/gf 29.00

US$/gf 54.80

(Caves São João-Bairrada)

23.50

0737.10.0 Monte da Ravasqueira rosado 10 (Alentejo)

vinhos rosados – Itália

27.50

US$/gf

0721.09.0 Bardolino Chiaretto 09

(Guerrieri-Rizzardi – Veneto)

34.90

1685.09.0 Lagrein Rosato Alto Adige DOC 09

(San Michele Appiano – Alto Adige)

37.50

1917.09.0 L’O Rosato IGT 09 (Argiano - Toscana)

49.90

1691.08.0 Amanter Rosato dell’Umbria IGT 08

(Adanti – Umbria)

31.90

1810.09.0 Montepulciano d’Abruzzo Cerasuolo 09

vinho rosado - Estados Unidos 1755.09.0 Vin Gris de Cigare 09 (Bonny Doon)

vinho rosado - Grécia 0622.10.0 Boutári Rosé Sec TO Macedônia 10

vinhos rosados - Espanha

US$/gf 46.50

US$/gf

(La Valentina)

29.90

1811.09.0 Montepulciano d’Abruzzo Cerasuolo EFFE 09

(La Valentina)

57.90

1976.11.0 Moli rossato 11 (Di Majo Norante)

29.90

26.90

US$/gf

vinhos rosados - França

US$/gf

0152.06.0 Marsannay rosé 06*

0128.06.0 Cune Rosado 06 (CVNE – Rioja)

25.75

0128.07.0 Cune Rosado 07 (CVNE – Rioja)

29.50

0598.06.0 Château Rauzan-Despagne rosé 06

0128.08.0 Cune Rosado 08 (CVNE – Rioja)

29.50

(Bruno Clair - Bourgogne) (AOC Bordeaux)

47.25 29.90

1711.10.0

Marqués de Aldaz rosado 10

1382.09.0 Ch. Sainte Marie Clairet 09 (A.C. Bordeaux)

32.50

(Vega del Castillo – Navarra)

1625.10.0 Rhône Paradox 10 (Ch. Mas Neuf - Rhône)

33.90

15.90

1712.11.0

Vega del Castillo rosado 11

1626.10.0 Cuvée Compostelle rosé 10

(Vega del Castillo – Navarra)

23.50

39.90

1387.07.0 Sancerre Comte Lafond rosé 07 (Loire)

79.75

1387.07.1 Sancerre Comte Lafond rosé 07 (1/2 gf) (Loire)

43.50

0246.06.0 Petit Caus rosado 06 (Can Ráfols - Penedès)

(Ch. Mas Neuf - Rhône)

47.90

0590.08.0 Rosé d’Anjou 08

(Château de la Mulonnière - Loire)

25.90

1647.10.0 Languedoc rosé 10 (Hecht & Bannier)

26.50

1957.11.0 Gayda rosé 11 (Dom. Gayda - Languedoc)

29.90

0798.06.0 Château Puech Haut Prestige rosé 06 (Languedoc) 53.50 1088.07.0 Côtes du Roussillon Le Sarda rosé 07 (Sarda-Malet - Roussillon) 39.90


150 | Espumantes,

frisantes e azeites

Espumantes & Frisantes vinho espumante seco - Argentina 1922.00.0 Kaiken Sparkling Brut

vinho espumante seco - Brasil 0694.00.0 Angheben Espumante Brut

vinho espumante seco - Espanha

US$/gf 49.90

R$/gf 43.00

US$/gf

0058.02.0 Gran Caus Reserva Brut Nature 02

(Can Rafòls - Penedès)

vinhos espumantes secos - Portugal (Caves São João - Bairrada)

US$/gf 29.90

0077.00.0 Caves São João tinto bruto 00

(Caves São João - Bairrada)

vinhos espumantes secos -Itália 1937.07.0 Contratto Brut 07

0685.00.0 Brut Souverain (Henriot - Champagne)

27.75

US$/gf 95.50

1938.07.0 Contratto For England Pas Dosé 07

109.50

1939.07.0 Contratto For England Rosé Brut 07

129.00

1723.00.0 Accento Brut (Cavit)

36.50

1724.00.0 Lunetta Prosecco (Cavit)

38.50

1724.00.4 Lunetta Prosecco (1/4 gf) (Cavit)

12.90

1744.00.0 Prosecco Bel Star (Bel Star/Bisol)

36.50

US$/gf 147.50

0685.00.1 Brut Souverain

(Henriot - Champagne) (1/2 gf)

69.00

0686.00.0 Blanc Souverain pur Chardonnay

(Henriot - Champagne)

154.25

0687.98.0 Brut Millésimé 98 (Henriot - Champagne)

189.90

0689.02.0 Rosé Brut 02 (Henriot - Champagne)

199.50

0688.98.0 Cuvée des Enchanteleurs 98

83.90

0076.00.0 Caves São João branco bruto

vinhos espumantes secos - França

(Henriot - Champagne)

435.90

1613.00.0 Cuvée de Réserve Grand Cru Blanc de

Blancs Brut (Pierre Peters - Champagne)

127.25

1614.00.0 Extra Brut Grand Cru Blanc de

Blancs (Pierre Peters - Champagne)

139.90

1615.05.0 Millésime Grand Cru Blanc de Blancs

L’Esprit 05 (Pierre Peters - Champagne)

159.90

1616.00.0 Cuvée Spéciale Grand Cru Blanc de Blancs

Les Chétillons 00 (Pierre Peters - Champagne)

199.90

1617.00.0 Brut (Barons Rothschild - Champagne)

179.50

1618.00.0 Blanc de Blancs (B. Rothschild-Champagne)

228.50

1619.00.0 Rosé Brut (Barons Rothschild - Champagne)

237.50

1952.00.0 Crémant d’Alsace (Léon Beyer)

vinho tinto frisante seco - Itália 1884.10.0 Reggiano Lambrusco 10 (Ca’ Medici - Emilia)

67.50

US$/gf 21.50

1693.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Extra Dry

vinho tinto frisante doce - Itália

42.75

1883.10.0 Reggiano Lambrusco Amabile 10

42.75

(Col Vetoraz)

1694.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Brut (Col Vetoraz)

1695.00.0 Prosecco di Valdobbiadene Superiore

di Cartizze (Col Vetoraz)

67.50

(Ca’ Medici - Emilia)

vinhos brancos frisantes doces - Itália

1693.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene

0282.09.0 Moscato d’Asti DOCG 09

Extra Dry (Col Vetoraz)

109.00

1694.00.2 Magnum Prosecco di Valdobbiadene

Brut (Col Vetoraz)

(La Spinetta – Piemonte)

1886.10.0 Moscato d’Asti DOCG 10 (Bera - Piemonte)

US$/gf 21.50

US$/gf 46.50 41.50

109.00

Azeites azeites - Itália

US$/gf

2011.00.7 Olio extra vergine di oliva, 500 ml (Argiano)

46.50

2012.00.7 Olio extra vergine di oliva, 500 ml (Fontodi)

58.00


Para Finalizar em Grande Estilo

GR GR

WS 94

0784101 Late Harvest Sauvignon Blanc 2010 (1/2 gfa)

1084080 Muscat de Rivesaltes 2008

Errazuriz

Um dos mais clássicos vinhos de sobremesa da França, o ótimo Muscat de Rivesaltes é elaborado com grande perfeccionismo por Sarda Malet. As uvas são colhidas em pelo menos três passagens, para garantir a ótima maturidade de cada fruta. Os vinhedos antigos contribuem para os baixos rendimentos, garantindo um vinho complexo e concentrado, capaz de evoluir por mais de uma década.

Apontado por Robert Parker como “delicioso”, este é um dos melhores vinhos de sobremesa produzidos no Chile. Denso, rico e com ótimo caráter varietal, é mais uma ótima descoberta elaborada por Errazuriz.

US$ 25.90

0632000 Sámos OPE Boutári

Uma ótima criação do tradicionalíssimo Boutári, este delicioso vinho de sobremesa é feito com a uva Muscat. Rico, doce e envolvente, com um estilo particular e fácil de gostar. Excepcional relação qualidade/preço.

US$ 32.90

1594067 Angialis 2006 (500ml)

Argiolas

O Angialis é um dos melhores vinhos de sobremesa da Itália. Com um “equilíbrio soberbo” para Robert Parker e “maravilhoso” para a Wine Spectator, arrematou os cobiçados “tre bicchieri” do Gambero Rosso na safra de 2006.

US$ 119.50

Sarda Malet

US$ 54.00

1793017 Tokaji Hétszölö 5 Puttonyos Aszú 2001 (500ml) Tokaji Hétszölö

O Domaine Hétszőlő compreende alguns dos vinhedos mais especiais da Hungria, que já pertenceram ao Príncipe da Transilvânia e aos Habsburgo. Com 92 pontos da Wine Spectator, este 5 Puttonyos é incrivelmente denso e profundo, mas dotado de uma impressionante acidez e uma grande mineralidade, que deixa o vinho equilibrado e elegante. Um dos grandes vinhos doces do mundo.

US$ 135.00

WS 92

RP 91

1524011 Fontodi Vin Santo del Chianti Classico 2001 (1/2gfa)

Fontodi

Maturado por um mínimo de 5 anos em barricas de diversos tipos de madeira, este maravilhoso vinho de sobremesa é uma das melhores criações de Fontodi. Rico, denso, com um estilo que combina notas frescas e exóticas e um toque cremoso no palato. Um grande exemplo deste clássico vinho doce italiano.

US$ 159.00

0645000 Fonseca 20 Year Old Tawny Fonseca Port

Com uma média de envelhecimento em casco de 20 anos, é um Vinho de cor âmbar com reflexos aloirados. A complexa mistura no bouquet de fruta madura, canela, notas de manteiga e caramelo e as nuances de carvalho, confirmam-se no paladar que é rico com uma textura sedosa conduzindo a um longo e elegante fim de boca.

US$ 135.00


Kits de presente E DA MONT UEIRA Q RAVAS

Monte da Ravasqueira tinto 2010 Monte da Ravasqueira, Portugal

Monte da Ravasqueira branco 2010 Monte da Ravasqueira, Portugal

Livro “Uma Historia do Vinho”, Monte da Ravasqueira Caixa de presente especial R$233.00

qua Cune Crianza 2008 CVNE, Espanha

Château Rauzan-Despagne Réserve rouge 2009 Château Rauzan-Despagne, França

Reserva Carmenere 2010 Errazuriz, Chile

Lunetta Prosecco Cavit, Itália

Terra Andina Cabernet Sauvignon 2010 Terra Andina, Chile

Tilia Chardonnay 2011 Tilia, Argentina

Caixa de presente especial R$117.25

Santenay Beauregard Premier Cru 2008 Chanson Père et Fils, França

2 taças especiais Chanson Caixa de presente especial R$295,60

C H A N S O N

rti n

hos


Kits de Presente | 153

M

agnum Max Reserva Cabernet Sauvignon 2010 Errazuriz, Chile

Caixa de presente especial R$193.90 outras opções* Barbera d’Asti Cá di Pian 2007 La Spinetta, Itália

R$317.50 Viña Real Crianza 2006 CVNE, Espanha

R$196.30 Alfa Crux Blend 2001 O. Fournier, Argentina

R$413.00 Vigna del Sorbo Chianti Classico Riserva 2004 Fontodi, Itália

R$725.50 *Todos os vinhos são acompanhados de uma caixa especial de presente


Champagne Barons de Rothschild Brut Champagne Barons de Rothschild, França

2 taças para Champagne

PAR A

Spiegelau, Alemanha

Caixa de presente especial R$446.20

BRIND AR

outras opções* Bel Star Bisol, Itália

R$161.60 Kaiken Sparkling Brut Kaiken, Argentina

R$188.30 Champagne Henriot Brut Rosé 2002 Maison Henriot, França

R$486.00 * Todos os espumantes são acompanhados de 2 taças para Champagne Spiegelau e uma caixa de presente especial

o PARA

O VERÃ

Pouilly-Fumé De Ladoucette 2008 Baron de Ladoucette, França

Balde de gelo acrílico R$272.60 outras opções* Grayson Chardonnay 2010 R$154.00 Oyster Bay Sauvignon Blanc 2011 Oyster Bay, Nova Zelândia

R$173.90 Flying Solo Grenache/Viognier 2011 Domaine Gayda, França

R$124.20 * Todos os vinhos são acompanhados de um balde de gelo acrílico


Kits de Presente | 155

Sobre mesa E Medi tação Fonseca Premium Reserve Bin 27 Fonseca Port, Portugal

Caixa de presente especial R$117.00 outras opções* Sámos OPE Boutári, Grécia

R$83.20 Tokaji Hétszölö Late Harvest 2007 Tokaji Hétszölö, Hungria

R$136.90 Guimaraens Vintage 2008 Fonseca Port, Portugal

R$355.00 *Todos os vinhos são acompanhados de uma caixa especial de presente


V E R T I C A L

La Spinetta Pin Monferrato Rosso 2005 Pin Monferrato Rosso 2006 Pin Monferrato Rosso 2008 La Spinetta, Itália

Caixa de presente especial R$832.70

Bodega Noemía A Lisa 2008 A Lisa 2009 A Lisa 2010 Bodega Noemía, Argentina

Caixa de presente especial R$336.80

Cabernet Sauvignon & Chardonnay Terra Andina Cabernet Sauvignon 2010 Terra Andina, Chile

Urban Uco Chardonnay 2010 O. Fournier, Argentina

Caixa de presente especial R$101.00 Don Maximiano Founder’s Reserve 2007 Errazuriz, Chile

Chablis 2010 Jean Paul & Benoît Droin, França

Caixa de presente especial R$555.00


Kits de Presente | 157

Pinot Noir & Sauvignon Blanc Reserva Pinot Noir 2011 Errazuriz, Chile

Urban Sauvignon Blanc 2009 O. Fournier, Chile

Caixa de presente especial R$109.00 Gevrey Chambertin Vieilles Vignes 2006 Maison Champy, França

Pouilly Fumé De Ladoucette 2008 Baron de Ladoucette, França

Caixa de presente especial R$416.70

Syrah & Riesling Gayda Syrah 2009 Domaine Gayda, França

Estate Riesling QbA Trocken 2010 Selbach-Oster, Alemanha

Caixa de presente especial R$158.30 Uncut Shiraz 2010 Gemtree Vineyards, Austrália

Riesling 2007 Léon Beyer, França

Caixa de presente especial R$293.30


Sangiovese & Pinot Grigio Vino Nobile di Montepulciano 2008 Cantina Dei, Itália

Alto Adige Pinot Grigio Sanct Valentin 2008 San Michele Appiano, Itália

Caixa de presente especial R$388.50 Ceregio Sangiovese di Romagna 2007 Zerbina, Itália

Pinot Grigio 2009 Conte d’Attimis-Maniago, Itália

Caixa de presente especial R$183.90

The Blend 2007 Errazuriz, Chile

Acústic Blanco 2010 Acústic Cellar, Espanha

Caixa de presente especial R$281.40 Kaiken Corte 2010 Kaiken, Argentina

Le Ginestre di Castellare 2010 Castellare di Castellina, Itália

Caixa de presente especial R$153.60

*Os preços dos kits indicados nesta seção serão mantidos caso a cotação comercial do Dólar não ultrapasse R$2,05

B L E N D S


Campeões da Imprensa

1598050 Turriga Isola Dei Nuraghi IGT 2005

Argiolas

Com nada menos que 9 safras com “tre bicchieri” do Gambero Rosso, o Turriga é para muitos o melhor vinho da Sardegna e uma das maiores expressões da casta Cannonau – a mesma que a Garnacha espanhola. O guia Duemilavini, que classificou com os máximos “cinque grappoli” a safra de 2005, descreveu o tinto como “um vinho de absoluta e rara fineza”, enquanto Robert Parker apontou o caráter “encorpado e super rico” do Turriga, concedendo 93 pontos para a safra de 2005.

US$ 229.50

0655090 Noemía 2009

Bodegas Noemía

O raro e fabuloso Noemía é um dos melhores vinhos da América do Sul, na opinião de toda a crítica especializada. Um tinto “realmente impressionante” para a Wine Spectator, que o classificou com 96 pontos na safra de 2009, é também “o vinho que colocou a Patagônia nas adegas dos colecionadores” na opinião da revista Decanter. Potente, concentrado, com um complexo bouquet que já foi descrito como comparável ao de um Borgonha, é um dos grandes tesouros da região. Um vinho único, verdadeiro ícone, colecionável.

WS 93 WS 95

WS 96

WS 88

RP 93

RP 96

US$ 175.50

La Spinetta

1521070 Flaccianello della Pieve 2007

Fontodi

0385090 Monreale Syrah 2009

Um dos maiores tintos italianos, o fantástico Barbaresco Gallina é produzido por La Spinetta, o segundo melhor produtor de toda a Itália segundo o guia Gambero Rosso. Com 93 pontos da Wine Spectator na safra de 2006, este Barbaresco é elaborado com uvas do famoso vinhedo Gallina, mostrando uma incrível complexidade e grande identidade do terroir. Um grande vinho, de longuíssima guarda.

Entre os 8 melhores vinhos do mundo para a Wine Spectator, o Flaccianello della Pieve 2007 recebeu nada menos que 95 pontos da revista, que destacou o caráter “longo e mastigável” do vinho. Elaborado apenas com a casta Sangiovese, mostra “camadas sensuais de frutas em compota” segundo Robert Parker, que classificou o vinho com 96 pontos!

Um Syrah “suculento e equilibrado” na opinião da Wine Spectator, que cencedeu 88 pontos para a última safra avaliada pela revista. Spadafora é um verdadeiro especialista na uva Syrah e o ótimo Monreale é sem dúvida um dos melhores vinhos elaborados com esta casta em sua faixa de preço. Rico, exuberante e incrivelmente sedoso, é um dos belos achados da Itália.

0273060 Barbaresco Gallina Vursu 2006

US$ 359.00

US$ 265.90

Principi di Spadafora

US$ 34.50


acess贸rios


L’Esprit et le Vin Copos especiais e acessórios

a mais famosa grife francesa de acessórios para vinho L’Esprit et le Vin é a mais famosa grife francesa de acessórios para vinhos. São vários belos artigos para os apreciadores de bons vinhos, todos com um design exclusivo – como abridores especiais, incluindo algumas reproduções de modelos antigos, uma linda coleção de decantadores e carafes; termômetros, higrômetros, funis de decantação, tastevins e artigos para cave; “Le Nez du Vin”, os famosos estojos de aromas, entre outros. Um catálogo completo destes produtos sai no final do ano. Belos acessórios para presentear seus amigos ou para presentear a si próprio!

Decanters US$

66110

Caixa com 6 copos “Le Connaisseur”. 350 ml (+ 15% IPI) 129.00

64676

Decanter “Premium” em forma de pato.

66115

Caixa com 6 copos “Duo de Table Nº1”. 420 ml (+ 15% IPI) 139.00

com alça prateada. 750 ml (+ 10% IPI)

66116

Caixa com 6 copos “Duo de Table Nº2”. 340 ml (+ 15% IPI) 135.00

64664

Decanter “Culinan” em forma de pato.

66113

Caixa com 6 copos “Grand Champagne”.

com alça. base e pescoço em estanho.

260 ml (+ 15% IPI)

750 ml (+ 10% IPI)

64653

Decanter “Panier” em forma de pato.

com pescoço. base e alça em estanho.

750 ml (+ 10% IPI)

64670

Decanter “Cordoba” em forma de pato.

69050

Caixa de madeira com 4 copos “Impitoyables”

Nº 1. 2. 3 e 4 (+ 15% IPI)

00069

Copo Impitoyable nº 1 Tintos jovens (+ 15% IPI)

135.00 563.00 99.50

69011

Caixa com 2 copos Impitoyable nº 1 Tintos jovens (+ 15% IPI) 139.50

69002

Copo Impitoyable nº 2 - Brancos (+ 15% IPI)

99.50

69004

Copo Impitoyable nº 3 - Tintos maduros (+ 15% IPI)

99.50

69015

Caixa com 2 copos Impitoyable nº 3

Tintos maduros (+ 15% IPI)

69090

Copo universal de degustação

139.50

Impitoyable “Le Taster” (+ 15% IPI)

57.00

66118

Caixa com 2 copos de whisky “Ultimate” (+ 15% IPI)

99.50

com alça de couro. 750 ml (+ 10% IPI)

64680

Decanter “Prestige” em forma de pato.

com pescoço e alça em estanho. 750 ml (+ 10% IPI)

US$ 125.00

374.00

495.00 299.00 229.00


Taças Spiegelau

Fundada em 1521, Spiegelau é uma das maiores grifes européias para copos de vinho de alta qualidade. Produzindo finos copos – encontrados nos melhores restaurantes e adegas da Europa, Estados Unidos e Brasil – ainda hoje a empresa está localizada em uma tradicional área de artesãos de vidro na pequena cidade de Spiegelau, no coração da floresta da Bavária, no Sul da Alemanha. Os prestigiosos copos Grand Palais são a linha de topo da casa – artesanais, soprados a boca e lapidados a mão, sendo peças únicas, sem solda. Por sua vez, os copos Grand Palais High Tech apresentam excelente relação qualidade/preço, sendo soprados a máquina, com mesma pureza do cristal da linha Grand Palais e toda a qualidade Spiegelau.

Vinhos tintos Código

Tipo

Linha Spiegelau

Vol (ml)

Alt (mm)

Dia (mm)

15336

Bourgogne Grand Cru

Grand Palais

950

249

115

86.70

15300

Bourgogne

Grand Palais

710

217

106

64.60

15400

Bourgogne

GP High Tech

710

217

106

42.60

15338

Bordeaux Grand Cru

Grand Palais

730

254

97

86.70

15435

Bordeaux

GP High Tech

620

226

94

42.60

15335

Bordeaux

Grand Palais

620

226

94

64.60

15301

Tinto / Água

Grand Palais

424

224

84

61.20

15401

Tinto / Água

GP High Tech

424

224

84

37.30

45801

Tinto maduro

Revolution

480

220

103

47.90

Vol (ml)

Alt (mm)

Dia (mm)

Vinhos brancos Código

Tipo

Linha Spiegelau

Preço (R$)

Preço (R$)

15302

Branco barricado

Grand Palais

340

211

78

15402

Branco barricado

GP High Tech

340

211

78

57.80 37.30

15328

Branco frutado

Grand Palais

315

211

75

57.80

15303

Branco

Grand Palais

315

197

73

61.20

15403

Branco

GP High Tech

315

197

73

37.30


Acessórios | 163

Taças para champagnes e espumantes Código Tipo Linha Spiegelau

Vol (ml)

Alt (mm)

Dia (mm)

Preço (R$)

15329

Champagne flûte bojuda

Grand Palais

242

213

68

61.20

15429

Champagne flûte bojuda

GP High Tech

242

213

68

37.30

15407

Champagne flûte

GP Hgh Tech

178

227

52

37.30

40207

Champagne flûte

Festival

---

---

---

US$ 7.25

Vol (ml)

Alt (mm)

Dia (mm)

Taças de degustação Código

Tipo

Linha Spiegelau

Preço (R$)

15431

Degustação especial

GP High Tech

365

203

79

37.30

46331

Degustação expert

Spezialgläser

260

179

72

25.30

40803

Degustação ISO s/ marcas

Congress

265

162

71

18.90

40804

Degustação ISO c/ marca 100ml Congress

265

162

71

22.00

Outras taças Código

Tipo

Linha Spiegelau

Vol (ml)

Alt (mm)

Dia (mm)

15305

Jerez

Grand Palais

106

180

47

Preço (R$) 54.00

19118

Cognac

GP Exquisite

558

153

102

64.80

15318

Cognac

Grand Palais

558

153

102

56.00

15326

Grappa

Grand Palais

108

204

41

54.00

19105

Licor

GP Exquisite

106

188

47

54.00

15319

Cerveja

Grand Palais

368

178

73

54.00

15411

Água Mineral/Cerveja

GP High Tech

340

164

79

37.30

Decanters

US$

70860

Decanter Pisa, 1.000 ml

70557

Decanter Sommelier com tampa, 750 ml

139.50 92.95

70959

Decanter Fascination, 1.000ml

43,00

70891

Decanter Set. Gran Palais

280,00

80851

Funil para decanter

21,20


Convenções e boas notas! Como você vai perceber, os vinhos da Vinci recebem ótimas notas da imprensa especializada! As principais convenções utilizadas neste catálogo para as pontuações das revistas são as seguintes: WS Wine Spectator (máximo 100) RP Robert Parker (máximo 100) DEC Revista Decanter (máximo 5 estrelas) JR Jancis Robinson (máximo 20) W&SP Wine&Spirits (máximo 100) WE Wine Enthusiast (máximo 100) GR Gambero Rosso (máximo 3 copos) RDV Revista de Vinhos (Portugal) (máximo 20) RV Revue du Vin de France (máximo 10 pontos ou 5 estrelas) VE Veronelli (máximo 100) PL John Platter (África do Sul) (máximo 5 estrelas) MC Michael Cooper (Nova Zelândia) (xx) Notas atribuídas a outra safra. DES Guia Descorchados (máximo 100) GDV Guia de Vinhos (máximo 100) ST

Stephen Tanzer

JH

James Halliday (máximo 100 pontos)

Por exemplo: WS=92 (03) significa que este vinho, em sua safra 2003, recebeu 92 pontos da Wine Spectator. Algumas vezes a safra em questão ainda não foi avaliada, e a nota atribuída a outra safra ajuda a avaliar o nível de qualidade do vinho.

Vinhos italianos O Gambero Rosso atribui seus “tre bicchieri” (“três copos”) apenas aos melhores e mais destacados vinhos da safra. São vinhos realmente espetaculares. Nem mesmo os melhores vinhos italianos conquistam os “tre bicchieri” em todas as safras, apenas nas melhores. Os “due bicchieri” também são um excelente reconhecimento, atribuído a vinhos de altíssima qualidade, quase no nível dos melhores. As “stella” são conferidas aos produtores de acordo com o número de “tre bicchieri” já recebidos. Uma “stella” indica um produtor que já recebeu pelo menos 10 “tre bicchieri”; duas “stelle”, vinte. Os produtores referenciados com uma ou mais “stelle” são considerados os melhores da Itália pelo guia Gambero Rosso. Vinhos reconhecidos como orgânicos em seus países de origem e internacionalmente. Não possuem a certificação orgânica brasileira. REPRESENTANTES Acre e Rondônia Felipe Faria 69 8428 4268

Cuiabá Paulo José Pereira 65 9924 9489

Jundiaí Murilo Azevedo 11 99961 8858

Pernabuco José Albino Pimentel 81 9278 3419

Santa Catarina Volnei Bastos 47 8801 8745

Bauru e região - SP Artur Ricardo de Souza 18 9705 5374 18 8133 5552

Curitiba Jorge Ferlin 41 9644 3535

Londrina e Maringá José Perri Neto 43 9922 9101

Riberão Preto Sabrina Galli e Taís Gerra 16 9153 9292 16 8111 5133

Serra Gaúcha Roberta Martins Lucas 54 8100 5774

Espirito Santo Ederson Antonio Possati 27 3326 9110 27 8127 9209

Manaus José César da Fonseca 92 8238 8492 92 8124 8671

Fortaleza Marco Ferrari 85 3267 8038 85 8845 1823

Passo Fundo - RS Leonardo Zimmermann Weide 54 9165 7013 54 8133 5189

Brasília e Goiás Marly Maia 61 3248 7311 61 9115 4929 Campinas Pedro Cunha 19 7813 0499

Rio de Janeiro Lilian Seldin 21 2523 5434 21 8853 6923 Salvador e Aracaju Juan Carlos Magliarella 71 9669 1001

Vale do Paraíba e Litoral - SP Caio Ludovico 12 8868 2050 12 7812 9308 ID 55*120*19509 Volta Redonda - RJ Alessandro Varandas 24 8118 0153 24 9208 1780

CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO Os preços deste catálogo estão expressos em dólares comerciais e são meramente referenciais, já que esta publicação permanece em circulação durante muitos meses, e os produtos com que trabalhamos são todos importados. Para os preços atuais e efetivos de venda de nossos produtos, que são cotados em reais, consulte nossos vendedores pelo telefone 11 3130 4500. Os preços deste catálogo estão expressos em dólares comerciais, para pagamento à vista e retirada em nossos estoques, ou entrega na Grande São Paulo (gratuita a partir de seis garrafas). Entregamos em outras cidades, com frete e seguro por conta do comprador. Todos os preços estão sujeitos a alteração sem prévio aviso. Não há pedido mínimo.


catálogo final de ano Vinci 2012  

catálogo Vinci

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you