Issuu on Google+


Missão Proporcionar uma cafeicultura socialmente justa econômicamente viável e ambientalmente correta que contribua com o desenvolvimento econômico e social dos seus sócios , funcionários e da região de atuação da CAFESUL.


Valores Responsabilidade Social Responsabilidade Ambiental  Cooperação  Comprometimento  Qualidade  Ética  Inovação  Profissionalismo  Empreendedorismo 


Visão Ser a empresa referência em sustentabilidade na sua região de atuação.


PARCERIAS INSTITUCIONAIS


•SEAG – Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento,Aqüicultura e Pesca •Prefeituras Municipais de Muqui,Mimoso do Sul, Cachoeiro do Itapemirim e Anchieta. •Banco do Brasil e Fundação Banco do Brasil •MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário •MCT - Ministério da Ciência e Tecnologia •CETCAF – Centro Tecnológico do Café •INCAPER •OCB / SESCOOP •CONAB- Cia Nacional de Abastecimento •SENAR/ Sindicato Rural de Muqui


PROJETOS DESENVOLVIDOS •DRS – DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUTENTÁVEL •URCE – UNIDADE REGIONAL DE CAFÉS ESPECIAIS •TECNOLOGIA SOCIAL DA FBB – FOSSA SÉPTICAS •GALPÃO PARA ARMAZENAGEM DE CAFÉ •EQUIPAMENTOS PARA REBENEFÍCIODE CAFÉ, SECADORES COMUNITÀRIOS, MOTOS E COMPUTADORES •CONSULTORIA TÉCNICA •ESTAÇÃO DIGITAL •CERTIFICAÇÃO PARA O MERCADO JUSTO,4C e RAINFOREST ALLIANCE •CONCURSO QUALIDADE DE CAFÉ CONILON


URCE – Unidade Regional de Cafés Especiais Recursos do MCT


Galpão de Armazenamento e Rebenefício Recursos do MDA e SEAG


Equipamentos de Rebenefício Recursos da Fundação Banco do Brasil


Certificações


CERTIFICAÇÃO FAIRTRADE desde 2008 •CERTIFICAÇÃO 4C •CERTIFICAÇÃO RAINFOREST ALLIANCE •Estas Certificações são ações que foram definidas como prioritárias no nosso Planejamento Estratégico como forma de diferenciação mercadológica e de prática de uma Agricultura Sustentável.


O Brasil é a maior fonte mundial de cafés sustentáveis certificados. Em 2010, cerca de 3 milhões de sacas de café foram produzidas no País de acordo com procedimentos e padrões ambientais e/ou sociais estabelecidos pelas organizações certificadoras. Aproximadamente 100 mil hectares com café no Brasil estão comprometidos com, ao menos, um dos seguintes programas de certificação: Utz Certified, Rainforest Alliance, Fair Trade e Orgânico


Apesar das certificações variarem em certos aspectos, buscam e promovem práticas sustentáveis de produção no campo, proteção do meio ambiente, além de condições dignas de trabalho, em conformidade com as rigorosas leis trabalhistas e ambientais vigentes no Brasil. Dessa forma, as certificadoras promovem a produção responsável, o desenvolvimento econômico e social dos produtores, de sua comunidade e seu entorno, e o respeito pelo meio ambiente.


Empresas como Nespresso e Starbucks têm buscado mais intensamente os cafés brasileiros de qualidade, aumentando a competição com outros tradicionais compradores de especiais, como a Illy.


•Empresas globais estão buscando criar vínculos com seus fornecedores de cafés de qualidade; •Cooperativas; •Exportadores ; •Solicitando que as áreas de produção estejam em conformidade com aspectos social, ambiental e econômico.


Dados Relevantes

• No Brasil, 62% das pessoas pensam que o meio ambiente é mais importante que a economia. • Na França, 41% da população planeja gastar mais com “produtos verdes” nos próximos anos sendo que apenas 10% planejam gastar menos; • Nos EUA mais de um quarto da população não compra produtos verdes porque não estão disponíveis.


Com o lanรงamento da cรกpsula Kazaar, a torrefadora internacional Nespresso, demonstrou que o conilon pode sim ser valorizado e que existem nichos para o conilon de qualidade.


Crescimento anual de CafĂŠs SustentĂĄveis e Certificados


16% do Mercado dos EUA ĂŠ Certificado


Comércio Solidário no Mundo (Toneladas) 160000

150000

140000 110000 120000 87358

100000 58809

80000 60000 40000

39750

48548

33495 25972 28913

20000 0 1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005


Consumidor

Maior exigência em relação à qualidade

Preocupação em relação à forma de produção Maior conscientização do seu papel Consumo consciente Comércio Solidário Slow Food


O Cenário Mercadológico Internacional sinaliza:

● Movimento de consumidores na procura por alimentos sadios e ausentes de resíduos.

● Cadeias de distribuidores e supermercados europeus têm exigido

dos exportadores que levem em consideração: o nível de resíduos de defensivos, respeito ao meio ambiente e às condições de trabalho, higiene e saúde.

● Comprovação

da gestão sócio-ambiental como garantia de negócio sustentável. (Portocarrero et al., 2005)


CONSUMIDOR Garantia de que um produto, processo ou serviço esteja em conformidade com os requisitos especificados.

Ambiental Social

CERTIFICAÇÃO

Econômica


SUSTENTABILIDADE “Um conjunto abrangente de ações e iniciativas voltadas para assegurar a continuidade e a viabilidade da atividade cafeeira, abrangendo questões como a preservação ambiental, as relações sociais e econômicas no trabalho, condições dignas de emprego e de remuneração, a melhoria da qualidade do produto e o desenvolvimento dos mercados e do consumo”

II Conferência Mundial do Café


SUSTENTABILIDADE “Sustentabilidade em café implica em condições de produção, processamento e comércio que, com referência a todas as partes envolvidas na cadeia da oferta: a) Proporcionam um retorno econômico suficiente para cobrir os custos de produção e de vida, acrescido de uma margem para o desenvolvimento; b) Tratam o meio ambiente de maneira responsável, permitindo que os recursos naturais continuem disponíveis para as gerações futuras; e c) Asseguram condições sociais e de trabalho compatíveis com os padrões internacionais e condizentes à manutenção de comunidades estáveis” (OIC, 2005)


RASTREABILIDADE

A rastreabilidade é um sistema de identificação que permite resgatar a origem e a história do produto em todas as etapas do processo produtivo da produção ao consumo.


BENEFICIOS DA CERTIFICAÇÃO Diretos

Indiretos

Não monetários Monetários Acesso à mercados Vendas adicionais

Diferencial de preço

Redução dos custos

Redução das perdas

Ambientais Sociais

Maximização dos lucros

Organizacionais


COMÉRCIO JUSTO - FAIRTRADE


COMÉRCIO JUSTO - FAIRTRADE

•É voltado exclusivamente para grupos de produtores familiares • inclui alguns critérios de preservação ambiental. • Direcionado ao sistema de comercialização, • Assegura aos produtores um preço mínimo acrescido de prêmio que deve ser utilizado para investimento na própria entidade ou em projetos comunitários.


Nossa primeira comercialização FAIRTRADE – fevereiro de 2009


Rainforest Alliance


Rainforest Alliance • Preconiza a preservação ambiental • Bem estar dos trabalhadores • Não proíbe o uso de produtos químicos, exige MIP • Manutenção da cobertura arbórea e restauração da vegetação nativa.


Rainforest Alliance

Kraft Foods, Procter and Gamble, Lavazza Ueshima Coffee. Nestle Café Bom Dia – Marques de Paiva (MG) Café Ituano – Ghinni (SP).


Certificação 4C União de produtores, comércio, indústria e sociedade civil para alcançar maior sustentabilidade na cadeia produtiva mundial do café. O Brasil é um dos líderes em volume na produção de cafés certificados 4C.


Conclusões

Cafés sustentáveis certificados Realmente: Ambientalmente MAIS Corretos Socialmente MAIS Justos Economicamente MAIS Viáveis


Recomendações

Consumidores

Dêem preferência aos

Cafés Certificados


MELHORIAS QUE A CERTIFICAÇÃO TROUXE AOS COOPERADOS DA CAFESUL.


cafesul@cafesul.coop.br cafesul@hotmail.com tel: 28-3554-1885 28-92983090 www.cafesul.coop.br


Viagem a Portland – EUA - SCAA


Consumidor

Maior exigência em relação à qualidade

Preocupação em relação à forma de produção Maior conscientização do seu papel Consumo consciente Comércio Solidário Slow Food


O Cenário Mercadológico Internacional sinaliza:

● Movimento de consumidores na procura por alimentos sadios e ausentes de resíduos.

● Cadeias de distribuidores e supermercados europeus têm exigido

dos exportadores que levem em consideração: o nível de resíduos de defensivos, respeito ao meio ambiente e às condições de trabalho, higiene e saúde.

● Comprovação

da gestão sócio-ambiental como garantia de negócio sustentável. (Portocarrero et al., 2005)


CONSUMIDOR Garantia de que um produto, processo ou serviço esteja em conformidade com os requisitos especificados.

Ambiental Social

CERTIFICAÇÃO

Econômica


SUSTENTABILIDADE “Sustentabilidade em café implica em condições de produção, processamento e comércio que, com referência a todas as partes envolvidas na cadeia da oferta: a) Proporcionam um retorno econômico suficiente para cobrir os custos de produção e de vida, acrescido de uma margem para o desenvolvimento; b) Tratam o meio ambiente de maneira responsável, permitindo que os recursos naturais continuem disponíveis para as gerações futuras; e c) Asseguram condições sociais e de trabalho compatíveis com os padrões internacionais e condizentes à manutenção de comunidades estáveis” (OIC, 2005)


RASTREABILIDADE

A rastreabilidade é um sistema de identificação que permite resgatar a origem e a história do produto em todas as etapas do processo produtivo da produção ao consumo.


Palestra encontro dos cafeicultores 2011