Page 1

Rede de Pesquisas do Café do Cerrado

Juliano Tarabal Patrocínio, 24 de setembro de 2010 XVIII Seminário do Café do Cerrado


1 -Posicionamento

3 - Rede de Pesquisas do Café do Cerrado

2 – Contexto da Pesquisa Cafeeira no Brasil

4 – Programa de Desenvolvimento para Cafeicultura do Cerrado Mineiro


Posicionamento FUNDACCER


Posicionamento da FUNDACCER na regi達o do Cerrado Mineiro


Quem somos • Diretoria: Presidente: Gláucio de Castro Diretor Financeiro: Edson Haruo • Equipe Fundação: Superintendente: Juliano Tarabal Gestor de Pesquisas: Petrônio Junior Gestor de Desenvolvimento: Fernando Machado • Conselho técnico: Alexandrino Lopes – Engenheiro agrônomo, Dr. Fitotecnista Aquiles da Cunha Junior – Engenheiro agrônomo, Dr. Fitotecnista Donizete Gonçalves de Lima – Economista, Técnico Agrícola Marcelo Montanari – Engenheiro agrônomo - Cafeicultor


Missão Trabalhar para o desenvolvimento da atividade cafeeira no Cerrado Mineiro, através da difusão e ampliação do conhecimento, da educação, investigação e introdução de tecnologias, com base nos princípios da sustentabilidade.


Área de atuação •Alguns números da região: Hectares plantados de café em produção:170.000 Produção Total da Região: a 4.000.000,00 a 5.000.000,00 Número de produtores na região: 3.500,00 Número de propriedade cafeeiras: 4.500

- Região demarcada Cerrado Mineiro (INPI). - Compreende 55 municipios

Número de produtores associados ao Sistema: 2700


2 - Contextualização da Pesquisa Cafeeira no Brasil – Uma visão organizacional e estratégica


Principais instituições que atuam na pesquisa cafeeira no Brasil


Grande lideranรงa


Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café – CBP&D/CAFÉ

-Criado em fevereiro de 1997. - Reunir em um único organismo o planejamento e a execução das pesquisas na cafeicultura. -Congrega diversas instituições de pesquisa em todo o Brasil.


Atuação da pesquisa cafeeira no Brasil

Detalhe para o fator geográfico – forte atuação das instituições em nível regionalizado


Instituições e respectiva região de atuação PARANÁ ESPIRITO SANTO

SÃO PAULO

MINAS GERAIS

SUL DE MINAS


E NO CERRADO MINEIRO?


Números do Cerrado Mineiro - Hectares plantados de café em produção:170.000 (Aprox.) - Produção Total da Região: 4.000.000,00 a 5.000.000,00 - Número de produtores na região: 3.500,00 - Número de propriedade cafeeiras: 4.500 - Número de produtores associados ao Sistema: 2.700 - Número de propriedades certificadas Café do Cerrado: 150


Números da cafeicultura • Produção mundial em 2010 – 127M (OIC) • Produção Brasileira 2010 – 47M (CONAB) • Produção no Cerrado Mineiro – 5M (CONAB) Cerrado Mineiro em percentuais de produção: - Em relação ao mundo: Aproximadamente 4% - Em relação ao Brasil: Aproximadamente 11%


Números de produção de países importantes na produção de café arábica. (Fonte: OIC – 2009) -Guatemala: 3,5M -Etiópia: 4,5M -México: 4,2M -Colômbia: 9,0M


• Diante dos números apresentados...

O Cerrado Mineiro ĂŠ altamente representativo para a cafeicultura nacional e global!


TEMOS ALGUNS GARGALOS!


Alguns pontos... • Difusão das informações. • Direcionamento dos recursos. • Organização setorial. • Sobreposição de ações.


NUMA SÓ PALAVRA...

GESTÃO


Podemos nos espelhar em outras Atividades!

• Cana de açúcar

•Soja •Citricultura


3 - Rede de Pesquisas do CafĂŠ do Cerrado


Entidades de Pesquisa

Entidades de Extensão Rural

Gestora da Rede de Pesquisas

Cooperativas e Associações

Fontes Financiadoras


Reunião de lançamento

Conselho Diretor da Rede

Lideranças do Café do Cerrado 10 de fevereiro de 2010 – Centro de Excelência do Café do Cerrado


OBJETIVOS •

Servir como canal de difusão do conhecimento e tecnologia na cafeicultura do Cerrado Mineiro.

Trabalhar em prol da organização setorial no agronegócio café.

Gerar conhecimento aplicado para o setor produtivo.

Integrar competências convergindo ações para a cafeicultura do Cerrado Mineiro.

Coordenar programas de pesquisas em toda a região do Cerrado Mineiro.

Viabilizar oportunidades para o setor produtivo.

Apoiar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica no agronegócio café.

Trabalhar constantemente em busca de INOVAÇÃO para o agronegócio café.


Fontes de recurso • Setor produtivo – Região do Cerrado Mineiro • Órgãos públicos de fomento a pesquisa. • Iniciativa privada. Estratégia importante na captação de recursos: Fundação sendo reconhecida com Bem de Utilidade Pública na instância Estadual e Federal


Principais formas de Difusão de informação da Rede

• REPECC – Reunião de Pesquisa do Café do Cerrado

• Guia de Recomendação para Cafeicultura do Cerrado Mineiro • Outros... (work shops, dia-de-campo, boletins informativos, etc)


Estrutura organizacional da Rede • Conselho Diretor – Dirigir interesses da Rede

• Conselho Consultivo – Fonte de captação de demandas

• Conselho Técnico – Avalia demandas, orienta projetos, etc.


4 - Programa de Desenvolvimento para cafeicultura do Cerrado Mineiro.


Etapas para desenvolvimento do Programa

1 – Levantamento de demandas. 2 – Apuração dos dados. 3 – Geração e aplicação de questionário. 4 – Geração de diagnóstico. 5 – Elaboração do programa. 6 – Concretização das parcerias e Captação de recursos.


1 - Levantamento de demandas Grupos:

Municípios:

•Cafeicultura empresarial

•Patrocínio •Monte Carmelo

•Cafeicultura familiar

•Araguari •Araxá

•Consultores em cafeicultura

•Carmo do Paranaíba •São Gotardo

•Representantes de Revendas de insumos/defensivos agrícolas •Especialistas em qualidade do café

•Campos Altos •Unai


Levantamento de demandas


2 – Apuração dos dados

• Análise e apuração de todas informações obtidas nas reuniões de levantamento de demandas de pesquisa.


3 - Geração e aplicação de questionário

• Elaboração de questionário baseado nas informações levantadas nas reuniões de levantamento de demanda para aplicação junto aos cafeicultores de todos os municípios envolvidos. • Meta: 300 Cafeicultores


4 - Geração de Diagnóstico • Work shop para apresentação e discussão dos resultados apurados do questionário. • Elaboração das diretrizes que irão compor o programa.


5 – Elaboração do Programa

• Elaboração do Programa de Desenvolvimento para Cafeicultura do Cerrado Mineiro. • Um programa a ser desenvolvido em médio e longo prazo através de várias ações.


6 – Concretização das parcerias e Captação de recursos.

• Convênios com Universidades e Instituições de pesquisa para desenvolvimento das ações.

• Captação de recursos.


Finalizando...


AGRADECIMENTO!

Parabéns a todos Gestores do Agronegócio Café pela USP-FIA


Em breve... • 2º Programa de Qualificação para Cafeicultores do Cerrado – PQCC

Maior programa de capacitação para a cafeicultura familiar do Brasil.


Em Breve...

• Tecnocafé Programa que ira abranger cursos técnicos (irrigação, Nutrição de Plantas, Tecnologia de Aplicação, entre outros).


Em breve... -Estação meteorológica -Estação de avisos Fitossanitários -Divulgação de balanço Hidrico Informações divulgadas através de boletins de aviso.


Nada ĂŠ tĂŁo bom que nĂŁo possa ser melhorado!

Obrigado. Juliano Tarabal juliano.tarabal@cafedocerrado.org

Seminario do cafe  

Rede de Pesquisas do Café do Cerrado Juliano Tarabal Patrocínio, 24 de setembro de 2010 XVI I I Seminário do Café do Cerrado 4 – Programa de...