Page 1

Notícias

Página 1 de 1

ASSINE

NOTÍCIAS

BATE-PAPO

HOME

|

E-MAIL

COLUNAS

|

SAC

Messenger

MAIS SÃO PAULO

|

RADAR

Voip

|

E-Mail Grátis

CIDADÃO JORNALISTA

|

Shopping

QUEM SOMOS

|

ÍNDICE PRINCIPAL

BUSCA

TRANSFORMAÇÃO

28/06/2007

Artistas querem tomar conta do primeiro arranha-céu de São Paulo João Batista Jr.

Com seus 12 andares e 50 metros de altura, o edifício Sampaio Moreira foi apontado em seu ano de inauguração, 1924, como o primeiro arranha-céu da cidade de São Paulo – posto que perdeu para o edifício Martinelli, em 1929. Com vista privilegiada para o Teatro Municipal, torres da Catedral da Sé e Vale do Anhangabaú, o prédio da rua Líbero Badaró passa hoje por um dos processos de recuperação mais interessantes do centro. “Queremos ativar uma retomada de caráter viral capaz de contaminar as pessoas”, conta o arquiteto Alexandre Cafcalas – um dos fundadores do grupo 55onze (escritório de arquitetura). Ao lado de Bruno Gomes e Rogério Alves, Alexandre levou em março o 55onze para sete salas no 11º andar do edifício. “Nosso escritório não pensa apenas na arquitetura pela arquitetura, trabalhamos também com conceitos de artes plásticas, grafitti, arte marginal”. O nome do estúdio se deve a soma do código de área do Brasil (55) e de São Paulo (11). “Uma definição quase geográfica, uma coordenada de local para mostrar a localização de cidade e levantar a questão da indefinição das coisas”. Novo Sampaio Moreira “Queremos fazer do 11º andar uma plataforma de recuperação por meio da interdisciplinaridade”. Alexandre afirma a burocracia dos proprietários precisa ser derrubada para que pessoas que pensem em arte urbana possam se instalar no local. “Todo o prédio é de apenas uma família e existem pessoas com vontade de alugar os andares vazios”. Dentre os interessados, o Instituto Fernando Pessoa aparece por querer se instalar no local. “O 12º andar está vazio, tem gente que quer fazer do local uma galeria de arte marginal”. Grupos de teatros também pensam em ter palco no edifício.

NOTÍCIAS ANTERIORES:

27/06/2007 Idosos fazem da internet suas plataformas de comunicação 27/06/2007 Inclusão digital de idosos será disseminada por todo mundo 27/06/2007 Idosos sonham em navegar na internet 25/06/2007 Projeto com motoboys ganha exposição no CCSP 25/06/2007 SP ganhará praia e extensão escolar de esportes náuticos 25/06/2007 Veja as escolas que estão nos seis primeiros lugares na cidade de São Paulo 22/06/2007 Escolas paulistanas que se destacaram no Ideb 22/06/2007 Entrevista com a diretora da escola paulista mais bem avaliada pelo Ideb 21/06/2007 Melhor desempenho da capital paulista no Ideb 20/06/2007 Museu da Pessoa abre as portas para os paulistanos Mais matérias

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dimenstein/noticias/gd280607.htm

17/01/2008

FOLHA DE SAO PAULO - GILBERTO DIMENSTEIN  

HOME | COLUNAS | MAIS SÃO PAULO | | CIDADÃO JORNALISTA | QUEM SOMOS | BUSCA BATE-PAPO E-MAIL SAC Messenger Voip E-Mail Grátis Shopping ÍNDIC...