Page 1

EXECUTIVA NACIONAL DOS ESTUDANTES DE FARMÁCIA GESTÃO 2010/2011: “INTEGRAR, CRESCER E MUDAR – Rafael Schuab”

PLENÁRIA FINAL DO 34º ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE FARMÁCIA


Encaminhamentos aprovados pela Plenária Final do 34º Encontro Nacional dos Estudantes de Farmácia.

A autonomia e a identidade do Movimento Estudantil é que lhe confere sua credibilidade e importância para a construção política e crescimento dos seus militantes. Em sua maior instância deliberativa, a Executiva Nacional dos Estudantes de Farmácia (ENEFAR) com participação expressiva de estudantes de Farmácia de todo o Brasil construíram suas propostas encaminhadas por esses estudantes, identificadas como bandeiras de luta e prioridade para discussão em todo o âmbito nacional. Com essas propostas, a ENEFAR se reafirma enquanto entidade de representação estudantil, atuante no cenário nacional, na construção e discussão do Movimento Estudantil de Farmácia.

Segue as deliberações:

- Que os CA/DA’s incentivem a criação de um sistema de avaliação de professores e disciplinas nas IES com participação dos alunos e que essa avaliação seja revertida em melhorias reais de ensino. - Que os currículos tenham em suas disciplinas uma visão interdisciplinar e multiprofissional e um aumento da carga horária das disciplinas de Farmácia Social e estágios obrigatórios no SUS ao longo de toda a graduação. - Que a ENEFAR produza e divulgue material informativo aos CA/DA’s para discussão com os estudantes sobre a metodologia do SINAES. - Que a ENEFAR apoie o fim da departamentalização do ensino farmacêutico dentro das faculdades de farmácia de acordo com a realidade de cada universidade.


- Incentivar a participação dos estudantes na estruturação do Núcleo Docente Estruturante (NDE) nas faculdades de farmácia. - Que na contratação de novos professores a aula pública e a experiência do candidato, o ensino-extensão tenham um peso maior e que estudante participe do processo de seleção ativamente. - Que a ENEFAR debata o impacto causado pela modificação no vestibular para entrada na universidade através do ENEM. - Programas de Mestrado/doutorado que exijam a realização de disciplinas pedagógicas, para que se possa garantir o entendimento dos futuros professores a parte do currículo, assim como a valorização da formação do mesmo como professor. - Posicionamento de oposição da ENEFAR à criação de cursos de farmácia à distância. - Que a ENEFAR lute por 10% do PIB para a educação já! - Pelo fim da desvinculação das receitas da união (DRU) para a saúde. - Pela transparência financeira por parte das diretorias dos cursos de Farmácia. - Pela criação de projetos de extensão que permitam ao estudante entender e melhorar a realidade social da população. - Disciplinas de caráter social (área de humanas) sejam obrigatórias no currículo. - Incentivar que os professores busquem mais pós-graduações em ensino farmacêutico.


- Pela reestruturação do modelo atual de avaliação dos professores através de produtividade acadêmica quantitativa (“modelo CAPES”). - Que a ENEFAR promova uma Jornada Anual de Campanhas, estendendo a Campanha 05 de Maio e suas ideologias para além dos estudantes de farmácia. - Reativar o Fórum de Escolas Pagas da ENEFAR. - Que a ENEFAR debata mais profundamente as opressões de modo a publicar cartilhas sobre o tema. - Lutar pela assistência estudantil integral a todo estudante. - Estimular a mobilização dos estudantes de farmácia do país através de divulgação nas universidades, o que podes ser feito, por exemplo, com auxílio de material disponibilizado na lista da ENEFAR. - Que a ENEFAR incentive a discussão de novas metodologias de ensino pelos professores.


Plenária Final do 34ªENEF  

Plenária Final

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you