Agenda de Cultura e Eventos do Município da Figueira da Foz - dezembro de 2021

Page 1

ENDA AGENDA

CULTURA E EVENTOS FIGUEIRA DA FOZ | DEZEMBRO 2021


A “Agenda Cultura e Eventos” é uma publicação da Câmara Municipal da Figueira da Foz, a qual se reserva o direito de selecionar as informações a integrar, de acordo com os seus critérios editorais. Para informação atualizada sobre a programação cultural e eventos, siga-nos em: @museu.rocha @P.Fernandes Tomas facebook.com/CAE-Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz caefigueiradaloz www.cm-figfoz.pt www.cae.pt Edição Câmara Municipal da Figueira da Foz Coordenação Departamento de Cultura e Turismo Design Editorial Eduardo Oliveira Lia Lopes Rui Santos Impressão FIG - Indústrias Gráficas, S.A. Tiragem 3 000 Periodicidade Mensal Registo ISSN 1646-2602

Alterações no calendário ou local das iniciativas aqui enunciadas são da responsabilidade dos promotores Os agentes culturais interessados na divulgação das sua atividades devem submeter a informação para figueiraturismo@cm-figfoz.pt


ESPETÁCULOS DEZEMBRO 2021


ESPETÁCULOS | 2

AMÁLIA DONA DE SI O MUSICAL

01 DEZ QUA|18h00 Grande Auditório

“Amália, Dona de Si” é um espetáculo que nos leva à descoberta da mulher, seus sonhos, seus medos e ansiedades, a sua vida e as suas escolhas artísticas, na esperança de descobrirmos a sua essência por meio das suas palavras que semeou, durante a sua carreira, em inúmeras canções de sua autoria, entrevistas e conversas que se perpetuam em livros. A voz de Portugal, a Rainha do Fado. Quem era afinal Amália? A primeira mulher a ser sepultada no Panteão Nacional com Honras de Estado.

Amália, atriz premiada e que marcou presença em alguns dos maiores sucessos de bilheteira por várias décadas, tanto no teatro como no cinema, entrando em filmes produzidos em Portugal, França, México e Inglaterra. Depois de Amália, o fado nunca mais seria o mesmo. Emprestou-lhe um novo visual, nova roupagem criando o que se viria a conhecer como Fado Canção. Atraiu ao fado novos e antigos poetas, catapultou o fado da Lisboa bairrista para o mundo.

Encenação e Dramaturgia: Jaime Monsanto | Interpretação: Diogo Carvalho | Músicos: Pedro Ferreira (Piano); Ricardo Silva (Guitarra Portuguesa) e Filipe Ferreira (Contrabaixo) | Sonoplastia: Ricardo Costa | Colaboração no Guião: Joana Machado e Mariana Gonçalves (Investigadoras da Fundação Amália Rodrigues) | Figurinos: CEARTE - Centro de Formação Profissional do Artesanato | Formandos de Artes Cénicas - Criação e Confeção de Figurinos: Ana Marinela de Oliveira Teles, Dulce Cristina Martins Carvalho Rodrigues, Isabel Margarida Santos Oliveira, Isaura Maria Correia de Oliveira, João Tiago Monteiro Dias, Juliana Maria Matos de Oliveira, Mariana da Silva Martins, Mickael Lourenço Marta, Natércia Marília Alves Ferreira, Paula Manuela de Oliveira Catarino, Sandra Maria Correia Morgado Pinto, Susana Maria Fernandes Santos Rodrigues, Vera Lúcia de Jesus Machado | Sob orientação dos Formadores Fátima Deus e Tiago de Sá Barreiros | Dress Code dos Músicos: AcorFato | Execução Rosto de Amália: S.A. Marionetas - Teatro e Bonecos | Fotografia: Carlos Gomes | Design: Rui Veríssimo Musical

Duração 1h15 min.

M/6

5,00€

CAE Grande Auditório



ESPETÁCULOS | 4

NATAL EM CASA DE ARY com

Fernando Tordo criou com Ary dos Santos umas das mais marcantes parcerias na história da música em Portugal. Mais do que um concerto, “Natal em Casa de Ary” é uma viagem aos tempos do número 23 da Rua da Saudade. O palco, cenicamente transformado na “sala dos veludos” da casa de Ary, servirá de ponto de partida para uma viagem pela obra de Fernando Tordo e Ary dos Santos.

Música

Duração 1h15 min.

M/6

De “Cavalo à Solta”, “Tourada” ou “Estrela da Tarde”, passando por canções do disco “Operários de Natal”, sem esquecer “Quando um Homem Quiser”, Fernando Tordo leva ao palco do CAE um concerto único acompanhado pelo Coro infantil/juvenil Pequenas Vozes da Figueira da Foz.

10,00€

CAE Grande Auditório


ESPETÁCULOS | 5

04 DEZ SÁB|21h30 Grande Auditório

Fernando Tordo convida Coro Pequenas Vozes da Figueira da Foz


A Federação de Filarmónicas do Distrito de Coimbra comemora este ano o seu 30º Aniversário, assinalando a data na III GALA FILARMÓNICA DO DISTRITO DE COIMBRA, proporcionado aos elementos das 47 Filarmónicas do Distrito e ao público em geral, um concerto pela Banda da Armada Portuguesa.


|7

ESPETÁCULOS | ACOLHIMENTO Música

Duração 1h30 min.

M/6

Entrada gratuita mediante levantamento de ingressos na bilheteira do CAE

CAE Grande Auditório


ESPETÁCULOS | 8

11 DEZ SÁB|21h30 Grande Auditório

“The Cotton Christmas” vai juntar em palco, na sua primeira edição, Aurea, Cais Sodré Funk Connection e ainda o convidado especial NBC, no melhor espetáculo deste Natal. Músicos e cantores incríveis interpretam em palco um repertório exclusivo de clássicos de Natal, com roupagem soul, funky e muita diversão.

Música

Duração 1h30 min.

M/6

Os Cais Sodré Funk Connection, a verdadeira locomotiva do funk, vão dar vida a todas as músicas, cantadas por Aurea, Tamin e NBC, distribuindo felicidade, sorrisos e boas vibrações, como verdadeiros presentes de Natal. “The Cotton Christmas” é um espetáculo originalmente concebido e idealizado pela Produtores Associados, com o apoio da Rádio Comercial e direção musical de João Cabrita e Francisco Rebelo.

15,00€

CAE Grande Auditório



ESPETÁCULOS | 10

17 DEZ SEX|21h30 Grande Auditório

O prestígio e a notoriedade intemporal alcançados pela obra são motivados pela música inspirada de Pyotr Tchaikovsky, mas também pela coreografia inventiva e expressiva de Marius Petipa que, relacionando o corpo humano com os movimentos de um cisne, revela a sua genialidade, o seu potencial coreográfico e criatividade artística. Um tema de verdadeira poética romântica, onde o bem triunfa sobre o mal.

Russian Classical Ballet, a prestigiada companhia de Moscovo, dirigida pela famosa bailarina Evgeniya Bespalova, regressa a Portugal para apresentar a obra-prima do bailado clássico, Lago dos Cisnes, uma narrativa de amor, traição e triunfo do bem sobre o mal.


Música

Duração 2h20 min.

M/6

22,00€ e 25,00€

CAE Grande Auditório


ESPETÁCULOS | 12

FESTIVAL TERMÓMETRO

28 DEZ TER|21h30

Grande Auditório | M/6 Gratuito, mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE

Bandas STARWOLF(Online) FUGUE HAUSE PLANTS MURAIS (Banda convidada) Criado em 1994 pelo radialista Fernando Alvim, o Festival Termómetro chega à sua 26a edição com um histórico considerável, para aquele que será um dos mais antigos e mais ativos festivais portugueses. Vencendo-o ou não, foi aqui que muitas bandas e artistas se viriam a revelar, como são disso exemplo os Ornatos Violeta, B Fachada, Capicua, Dj Ride, Mazgani, Ana Bacalhau, David Fonseca, Noiserv, Richie Campbell, Salto, Tatanka e os Jaguar, Jaguar(BE), Neon Soho(vencedores da última edição), entre tantos outros.


30 DEZ QUI|21h30 Grande Auditório

Há 30 anos o mundo era diferente. Portugal era diferente. Mas algumas das canções que ainda hoje têm a capacidade para unirem multidões já ressoavam com intensidade em rádios e salas de concertos. Algumas dessas canções foram elevadas por um coletivo de nome Resistência, grupo de amigos que surgiu com uma intenção clara de juntar Música

Duração 1h30 min.

M/6

guitarras e vozes, reunir as melhores canções de uma geração e deitar Palavras ao Vento. Fernando Cunha, Tim, Miguel Ângelo, Olavo Bilac, Alexandre Frazão, José Salgueiro, Mário Delgado e Pedro Jóia dão hoje continuidade a uma história de três décadas, mas que se encontra longe do fim. Tempo para celebrar e cantar a uma voz. 25,00€

CAE Grande Auditório


CINEMA


GEME… LA VIE UM FILME DE LUÍS ALBUQUERQUE 18 DEZ SÁB|21h30 Grande Auditório Duração: 1h46 | M/14 | Entrada: 5,00€ Bandidos e um traficante conhecido do meio planeiam o assalto à famigerada joia da baronesa de Sanfins. Pelo meio, e por entre as experiências e vivências de três amigos quarentões, eis que se desenrola uma linda história de amor. No final, quem ficará com a joia? Realização e Argumento: Luís Albuquerque| Produção: 12 Estúdios em associação com TIMELAPSE-MEDIA | Produção Técnica: Luís Pereira e João Traveira | Produção Executiva: António Albuquerque e Bruno Manique | Elenco: Rui Unas, Aldo Lima, João Damasceno, Carolina Pascoal, Mário Bertô, Paula Queirós, Óscar Branco, Hugo “Texugo”, Pedro “Mocho” e Jaime Monsanto | Áudio: Guilherme Marcelino | Adaptação: Jaime Monsanto, Ana Carolina Pascoal e João Damasceno | Caracterização: Gabriela Amado | Design Gráfico: Filipa Biggi


CINEMA

| AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO

Sessões contínuas (sem intervalo) | Sem marcação de lugares Programação sujeita a alterações

FABIAN GOING TO THE DOGS

03 DEZ SEX|21h30

Alemanha, anos 1920. Durante o dia, Jakob Fabian escreve textos publicitários para uma tabaqueira; durante a noite, deambula por bares, bordéis e estúdios de arte em Berlim, acompanhado pelo seu amigo Stephan Labude. Entretanto, apaixona-se por Cornelia, uma aspirante a atriz. Quando a carreira de Cornelia começa a florescer, Fabian vê o seu futuro ficar cada vez mais incerto… Adaptado do romance autobiográfico homónimo de Erich Kästner, que prenunciava o futuro sombrio da Alemanha e da Europa com a ascensão do Nacional-Socialismo, este é, como lhe chamou a Sight and Sound, o retrato de uma geração perdida na decadente República de Weimar. Realização: Dominik Graf | Intérpretes: Tom Schilling, Saskia Rosendahl, Albrecht Schuch | Género: Drama | Origem: Alemanha, 2021 | Duração: 2h56 | M/16

A ILHA DE BERGMAN

10 DEZ SEX|21h30

Um casal de cineastas, ambos admiradores confessos de Bergman, instala-se na ilha de Fårö, onde o cineasta sueco viveu e rodou vários dos seus filmes. Decidiram passar ali o Verão, deixarse inspirar pela força do lugar, e trabalhar nos seus novos guiões. No entanto, à medida que avançam, e em contacto com a paisagem selvagem da ilha, banhada pela luz do Verão escandinavo, a linha entre a ficção e a realidade torna-se ténue. Mise en abîme solar e melancólico, este filme rende homenagem a Ingmar Bergman longe de qualquer cliché. Realização: Mia Hansen-Løve | Intérpretes: Tim Roth, Vicky Krieps, Mia Wasikowska | Género: Drama | Origem: França, 2021 | Duração: 1h52 | M/14


CINEMA

| AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO

Sessões contínuas (sem intervalo) | Sem marcação de lugares | Programação sujeita a alterações

RODA DA FORTUNA E DA FANTASIA

27 DEZ SEG|21h30

O novo filme de Ryûsuke Hamaguchi é composto por três histórias: um inesperado triângulo amoroso, uma armadilha de sedução falhada e um encontro que resulta de um malentendido – um delicioso tríptico sobre o amor no Japão moderno, entre o imprevisível e as coincidências.

Realização: Ryûsuke Hamaguchi Intérpretes: Kotone Furukawa, Kiyohiko Shibukawa, Katsuki Mori Género: Drama Origem: Japão, 2021 Duração: 2h00 M/12


FORMA DA FORMA Até 30 de janeiro 2022 SALA 2 | CAE

EXPOSIÇÕES

Entrada Livre “Forma da Forma” é uma exposição de alunos dos três anos da licenciatura em Arte e Design, sendo o testemunho dos laços que se têm estabelecido entre a Escola Superior de Educação de Coimbra e o Município da Figueira da Foz. Trata-se de uma exposição que é uma manifestação de conhecimento e, sobretudo, um meio de (des) entendimento, de objetos, que representam o ato de conhecer, implicitamente, a realidade. Nela encontramos obras que cobrem um grande número de disciplinas, desde a pintura à videoarte, passando pelas várias vertentes do design, obras com diferentes registos, representativos do fascínio e da emotiva expressão pessoal. Em “Forma da Forma”, é possível o acesso a uma simbiose curricular que coloca o acento no rigor e na resiliência, em que o público é convidado a mergulhar na intimidade intrínseca dos alunos, nos gestos criadores das suas obras, nas suas representações, enquanto produtores de arte e design.



EXPOSIÇÕES 100 ANOS: ZÉ PENICHEIRO

Até 31 de dezembro Sala 3 | CAE | Entrada Livre

ARTE ORGÂNICA “LINHAS DE TERRA E COR”ANA ANTUNES

O Município da Figueira da Foz assinala os cem anos do nascimento do artista plástico Zé Penicheiro com duas exposições, nas salas 3 e Zé Penicheiro, do CAE. Zé Penicheiro nasceu a 15 de outubro de 1921 na aldeia beirã de Candosa, Tábua, tendo vindo viver para a Figueira da Foz com apenas dois anos. Autodidata, iniciou a sua carreira artística como caricaturista e ilustrador. Executou diversos trabalhos para a Comissão Municipal de Turismo, dos quais destacamos os desenhos das maquetes dos carros alegóricos de várias edições do Carnaval, coleções de postais e outros materiais promocionais da cidade e do concelho. Colaborou em diversas publicações, nomeadamente “A Bola”, o “Primeiro de Janeiro”, “Os Ridículos”, “O Sempre Fixe”, entre outras. A ele se deve a criação de uma expressão plástica original, a “Caricatura em Volume”. Faleceu a 15 de março de 2014, aos 94 anos.

1 de dezembro 2021 a 3 de janeiro 2022 SALA ZÉ PENICHEIRO | CAE Entrada Livre “Arte Orgânica” sugere um espaço de diálogo entre os domínios da arte e do ambiente. Um cenário estético de linguagens criativas com o meio, com interação de elementos naturais variados (terra, cal, folhas e sementes…). Uma expressão que realça o imenso valor dos elementos naturais como forma artística, que se pretende como um trajeto de sensibilização ambiental. Um cenário motivador na construção de um espírito de sustentabilidade. Arte Orgânica “Linhas de terra e cor” é uma exposição que envolve cenários orgânicos na área da pintura e da tapeçaria, elaborados pela artista da Magenta, Ana Antunes. Os fios e a natureza entrelaçam-se criando ligações expressivas com o meio, fazendo coexistir a tradição da Tapeçaria com a contemporaneidade. “Teias” que recolhem a materialidade da obra num cruzamento de materiais plásticos e estéticos. Cores orgânicas e texturas variadas que expressam o têxtil como um significativo meio de expressão ecológica.


EXPOSIÇÕES CARTOGRAFIAS DE MEMÓRIA

Até 31 de dezembro SALA AFONSO CRUZ | CAE Entrada Livre

de Paula Magalhães

“Porque buscamos no quotidiano uma estrada onde se repita o amor e a casa de algum Verão. Porque a memória tem sinais de trânsito e às vezes falamos muito alto e quando está vermelho para recordar, e chamamos os amigos e de repente fica amarelo sem sabermos como, e no fim do dia, quando nos deitamos, cai o verde e tudo avança e as recordações são em vez do sono, são em vez da vida, são em vez do verbo. Porque também nós temos montanhas e rios assinalados e também em nós há itinerários principais e secundários e ruas que vão da cabeça aos pés quando a mão desejada nos percorre como carro de brincar. (...) O Mapa, Filipa Leal

Sala 1

Intitulada “Linha de Fractura”, esta Instalação é constituída por três grandes núcleos: desenhos e pinturas sobre papel, pinturas sobre madeira, que formam um políptico heptagonal e um conjunto de dioramas que encenam em perspetiva uma falsa realidade. Obras que no seu conjunto e na sua realização bi e tridimensional mostram evolutivamente um período temporal que abrange os anos de 2010 a 2019.

Sala 2

A mostra revela um conjunto de fotografias que abrange um percurso no tempo que vai de 2010 a 2015, e se intitula “A Linha. Rua Académico Zagalo Sem Número”. As imagens representam uma recolha no espaço de um atelier industrial na Figueira da Foz, tendo por base elementos formais volumétricos de máquinas e ferramentas, que se utilizavam para a manufactura de objetos do quotidiano.

Até 31 de dezembro Museu Municipal Santos Rocha


EXPOSIÇÕES

01 DEZ > 31 DEZ Quinta das Olaias SEG > SEX 10h00-18h00 SÁB 15h00-19h00

Patente num edifício histórico, a Quinta das Olaias, situado no centro da cidade, esta exposição reúne cerca de oitenta obras de João Reis, o pintor da Figueira da Foz e dos intervenientes na faina marítima. A mesma encontra-se organizada em núcleos específicos, reveladores das suas fases e diversidade artística.

PARQUE CINE

UM CINEMA PARAÍSO

Em “Parque Cine – Um Cinema Paraíso” dá-se a conhecer, através de um vasto espólio documental, constituído por objetos e documentos, a história do Animatógrafo Parque, mais tarde conhecido como Parque-Cine, o qual acolhia mais de mil espectadores e onde tiveram lugar, até meados do século XX, as grandes estreias do grande ecrã, do cinema mudo ao sonoro e do P&B ao Tecnicolor, produções nacionais e internacionais.

QUARTEL DA IMAGEM SEG. > SEX. 10h00 - 18h00 SÁB 15h00 - 19h00

MANUEL SANTOS O FOTÓGRAFO AMADOR

“Manuel Santos – O Fotógrafo Amador” presta homenagem a um dos mais prolíficos fotógrafos que captou, como poucos, a beleza da Figueira da Foz. Da sua longa e profícua atividade, iniciada no dealbar do século XX, resultou um vasto espólio, pertença do Município da Figueira da Foz, que se pretende dar a conhecer à comunidade, historicamente contextualizado e de forma interativa.


EXPOSIÇÕES 01 DEZ > 31 DEZ Castelo Eng. Silva

A FIGUEIRA EM AGUARELA VASCO D’OREY BOBONE

A presente exposição de aguarelas sobre a Figueira da Foz vem ao encontro da missão delineada para a sala onde agora se expõe, a sala Cores da Cidade. Por ocasião do 1º aniversário da abertura ao público do Castelo Eng.º. Silva, a 27 de setembro, o Departamento de Cultura e Turismo selecionou para apresentar nesta sala um conjunto de aguarelas, da autoria de Vasco d’Orey Bobone, que retratam a Figueira de hoje e de ontem, e ajudam-nos a conhecer e a reviver a cidade. Num traço seguro e uma paleta cromática suave e equilibrada, o artista capta com mestria a luz, a beleza e a atmosfera da Figueira da Foz, conduzindo-nos num percurso pelo património edificado e natural da cidade.

Núcleo de Arte Contemporânea

LARANJEIRA SANTOS

Obra Artística, Escultura e Desenho O Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos apresenta a obra artística do mestre Escultor Laranjeira Santos, doada ao município. Distribuído por dois pisos, apresenta um representativo conjunto de obras modernas e contemporâneas de Laranjeira Santos e do seu intenso percurso artístico de mais de 70 anos, onde a escultura e o desenho se complementam e surpreendem pela forma como nos envolvem e devolvem, a cada instante, afetos, beleza e alegria.


EVENTOS

05 DEZ DOM|16h00

Quadros Vivos é uma experiência imersiva das obras de Caravaggio acompanhada pela Missa e B Menor de Bach. Cada dramatização constrói-se e desconstrói-se, num trabalho feito com luz por forma a emular o efeito luminoso característico das obras do pintor italiano, conhecido por Tenebrismo. Quadro a quadro, assistimos às recriações das obras do pintor, testemunhando também a harmonia da música e dos movimentos na construção e desconstrução de cada cena. Em cada intervalo, experienciamos também a essencial neutralidade dos atores, criando uma expetativa pelo que se segue.


QUADROS VIVOS DE CARAVAGGIO

Teatro

Duração 60 min.

M/6

Gratuito Bilhetes a levantar no cae

Igreja da Misericórdia de Buarcos


LIVROS | LEITURAS | CONTOS CONCERTOS DE NATAL 08 DEZ | 15H30 | Alhadas 12 DEZ | 15H30 | Alqueidão 18 DEZ | 21H00 | Quiaios Apresentação do Livro

O BISAVÔ

DA AUTORA MARIA JOÃO LOPO DE CARVALHO Sessão de autógrafos com a escritora QUINTA DAS OLAIAS 11 de dezembro | 15H00

Conhecer

A BIBLIOTECA MUNICIPAL Marcação prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt

A biblioteca municipal organiza visitas guiadas para grupos, promovendo o conhecimento dos seus espaços e serviços disponibilizados à comunidade. As visitas podem ser complementadas com sessões de leitura e oficinas criativas.

O Município da Figueira da Foz​ assinala, uma vez mais, a época Natalícia com a r​ealização de ​ CONCERTOS DE NATAL​nas Igrejas Paroquiais do concelho. Este ano a iniciativa conta com a p​ articipação do Grupo Coral David de Sousa​, do Coro de Câmara ​ Canticus Camerae​(Assembleia ​Figueirense).


OUTROS EVENTOS cnaff 2021

REGATA CHRISTMAS CUP Clube Náutico da Figueira da Foz 18 DEZ | Local: Baia Oceanica Classe: Todas

Atividade

VISITAS GUIADAS NÚCLEO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LARANJEIRA SANTOS Todos os dias exeto terças e feriados

Vamos ficar a conhecer um pouco da história e das estórias do Bairro Novo com especial enfoque no Castelo Engenheiro Silva onde iremos saber mais sobre a obra artística Laranjeira Santos e da sua ligação à cidade da Figueira da Foz, não esquecendo a sala de exposições temporárias. Gratuito mediante inscrição prévia: patrimonio.cultura@cm-figfoz.pt

MUSEU MUNICIPAL

Todos os públicos de terça a sexta-feira das 9h30m às 17h e sábado das 14h às 19h. Visita às Reservas às sextas-feiras e 1.º sábados do mês com marcação prévia.


EVENTOS | 28

ATÉ

N 09JA 2022

FIGUEIR


EVENTOS

| 29

RA DA FOZ

NHA

ENIDA DE ESPA

PARQUE DA AV

DIAS ÚTEIS . 14H - 24H FINS-DE-SEMANA . 11H - 24H 24 DEZEMBRO . 10H - 13H 25 DEZ E 01 JAN . 15H - 24H


EVENTOS | 30

COLISEU FIGUEIRENSE ENTRADA 2€* LOCAIS DE VENDA: POSTO DE TURISMO E CAE

FIGUEIRA DA FOZ

Passagem de Ano


| 31

EVENTOS

.31. DEZ

´

´´ SIMOES INES

Matias ´ Damasio

DJ Wally Lopez Julio Cuba e Juan Viera

DJ =STIFF=

.01. jan

´ Plutonio

Christian F

USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARA E APRESENTAÇÃO DE TESTE NEGATIVO *BILHETEIRA A REVERTER PARA ASSOCIAÇÃO LOCAL


CRIANÇAS



11 DEZ | SÁB | 16h00 Castelo Eng. Silva

nacls NÚCLEO DE ARTE

CONTEMPORÂNEA LARANJEIRA SANTOS FIGUEIRA DA FOZ | 2021

OFICINAS NO

CASTELO

A partir das obras da coleção permanente o desafio é lançado à criatividade através de uma multiplicidade de abordagens nas áreas da expressão plástica, dramática, musical ou poética.

Idade: 4 aos 10 | duração 1h15 local: Castelo Eng. Silva Esplanada Silva Guimarães Gratuito mediante inscrição: patrimonio.cultura@cm-figfoz.pt


TRIM TRIM

historias ao

telefone PÚBLICO-ALVO + 60 ANOS Informações e marcações biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt

ha muito tempo... RA

DO

Todo o ano Biblioteca Municipal U S E RVI ÇO E D

É uma iniciativa que consiste na leitura pelo telefone de histórias e poemas de pequeno formato e que pretende ajudar a quebrar o isolamento e a trazer uma voz amiga que colmate a solidão da população mais envelhecida. Parceria com a Associação Há Baixa / Projecto Saco da Baixa, iniciativa apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação La Caixa através do programa PARTIS

TIV CA

O

IN

T

EG

& ARTS FOR CHANGE, e pela República Portuguesa - Cultura / Direcção-Geral das Artes e que reúne diferentes gerações na procura de fortalecer laços entre a(s) comunidade(s) que habitam, trabalham ou usufruem da Baixa, como a população idosa residente do Centro Histórico de Coimbra. Gostaríamos de estabelecer parcerias com outras instituições. Gratuito mediante inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt.


CRIANÇAS | 36

MÚSICA PARA BEBÉS

A educação musical representa uma componente essencial e insubstituível no desenvolvimento de estímulos aos níveis sensorial, comportamental, social, emocional e linguístico, além de ser facilitadora do processo de aprendizagem.

12 DEZ DOM|11h00 Estúdio 1 | Escola de Artes do CAE

Esta oficina tem como principal objetivo apresentar, desde cedo, às crianças o universo da música e do teatro e despertar a escuta ativa e curiosa na primeira infância. Vem conviver com sons, cores e muita sensorialidade!

Promove a sensibilidade, a criatividade, a memória, a concentração contribuindo também para uma efetiva consciência do corpo e do movimento.

Serviço Educativo

Duração 45 min.

M/6 meses*

5,00€**

Estúdio 1 Escola de Artes do CAE


| 37

CRIANÇAS *Dos 6 meses aos 4 anos (acompanhados). Sujeito a pré-inscrição através do email pequenasvozes.figfoz.cae@gmail.com | + Info.: 913 119 147 | 912 938 750 ** Bébé/ criança + 1 acompanhante 5.00€ | Bilhete normal 3.00€


CRIANÇAS | 38

CONTOS NA BIBLIOTECA

Diariamente, na sala infanto juvenil da biblioteca municipal, realizam-se sessões de leitura de contos para grupos. A participação está sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt

Peddy Paper

UMA AVENTURA NO SALGADO

DEZ a JAN| QUI a DOM

10h00 às 12h30 |14h00 às 16h00 Núcleo Museológico do Sal | Público-alvo: Todos Este jogo consiste num percurso feito na salina, proporcionando aos praticantes momentos de caminhada e diversão, em simultâneo são lançados desafios para testar os conhecimentos sobre o “Salgado da Figueira da Foz”. No final do percurso leva a tua prenda para casa!...

PRESÉPIO NO SAL

2 DEZ a 9 JAN| QUI a DOM 10h às 12h30 | 14h00 às 16h00 Núcleo Museológico do Sal | Público alvo: Todos

O Núcleo Museológico do Sal assinala o Natal com o seu presépio no Armazém de Sal. Um local mágico onde o sal é Rei. Visite!

SÁBADO A LER

4 DEZ | SÁB | 15H30

Biblioteca Municipal Público-alvo: crianças de 05 a 12 anos com um adulto | Sala Infanto-Juvenil da biblioteca municipal | Gratuito | Inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Sessão de leitura de conto, seguido de um atelier criativo para crianças e famílias. Vamos construir enfeites para a Árvore de Natal.

CONTOS DE NATAL NA BIBLIOTECA A partir de 06 de dezembro

Biblioteca Municipal | Atividade para grupos, mediante inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt | Público em geral e comunidade escolar | Gratuito Em dezembro, na sala infanto-juvenil, há contos de Natal para partilhar a magia desta quadra com pequenos e crescidos.

MOSTRA COLETIVA DE PRESÉPIOS 06 a 31 de dezembro

Biblioteca Municipal Público em geral e comunidade escolar A biblioteca municipal convida a comunidade para participar na exposição que vai alegrar a biblioteca durante a quadra de Natal e Reis Magos. Participe e, a partir de 06 de dezembro, traga o seu presépio ou árvore de Natal.

ENCONTRO DA COMUNIDADE DE LEITORES DA BMFF 18 DEZ | 15h00

Biblioteca Municipal | Público em geral | Gratuito Descubra este espaço de conversa, de encontro com livros e autores e onde encontrará novos amigos. Venha participar e traga outras sugestões de leitura e conversa.


A brincar também aprendemos! O Museu Municipal Santos Rocha convida os mais pequenos a virem divertir-se

ANTES DE NÓS

ALINHAS?

18 DEZ| Sábado | 15h00 6 aos 10 anos | Máx: 7 crianças | Gratuito | Inscrições Prévias: servico.educativo@cm-figfoz.pt

21 DEZ |Terça-feira |15h00 A partir dos 10 anos | Máx: 7 Crianças Gratuito Inscrições Prévias: servico.educativo@cm-figfoz.pt

Vem divertir-te numa fantástica Caça ao Tesouro à descoberta de objetos da Pré-história na Sala de Arqueologia do Museu Municipal Santos Rocha. Passo a passo, um recuo ao tempo longínquo do inimaginável, uma experiência única a ser vivida nas tuas FÉRIAS DE NATAL.

Através da Exposição Temporária Linha de Fractura do Mestre António Viana vamos transpor a sua técnica para uma peça da coleção do Museu Municipal e recriá-la como ilustração.

| 39

CRIANÇAS

APRENDER NO MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA…


A VISITAR MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

Rua Calouste Gulbenkian 40°09’08.0”N 8°51’37.9”W/ 40.152222, -8.860528 VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 402 840 | (e) museu@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha

Fundado em 1894, o Museu Municipal Santos Rocha está instalado desde 1974 num interessante edifício de arquitetura moderna, projetado por Isaías Cardoso, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. O museu apresenta exposições permanentes de arqueologia, escultura religiosa e moderna, numismática, mobiliário indo-português e etnografia, bem como exposições temporárias e um Serviço Educativo. Harmoniosamente enquadrado no Parque Verde das Abadias, e tendo como vizinho o Centro de Artes e Espectáculos, esta “pequena Gulbenkian” é um espaço de visita obrigatória.


MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

Um Museu de Coleções para Descobrir!


A VISITAR NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO MAR

A conhecer por um Mar de Razões!

VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 413 490 (e) nucleo.mar@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha

NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO SAL

Testemunho da relação do Homem com as Salinas

VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 413 490 (e) nucleo.sal@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha


A VISITAR Visitas Segunda a Sexta 10h00 -17h00 Sábados ou Domingos 10h00 - 13h00 Encerra Feriados

QUINTA DAS OLAIAS

Coleção de Pintura de João Reis 1889-1982 | A intuição da pintura

Coleção Rodrigues Caetano em permanência

Visitas guiadas com marcação prévia* (t) 966913607 (e) quinta.olaias@cm-figfoz.pt * 48 horas de antecedência

CASTELO ENG. SILVA

Posto de Turismo e Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos

Para além do Núcleo de Arte Contemporânea que ocupa dois pisos, este edifício acolhe o Posto de Turismo e uma sala de exposições temporárias dedicada à Figueira da Foz. Um espaço voltado ao mar onde, para além de uma vista excecional, se encontra o diálogo perfeito entre a arte e a emoção. Esplanada Silva Guimarães 40°08’59.8”N 8°51’58.5”W /40.149944, -8.866250 Horário: 9h30 às 13h00 / 14h00 às 17h30 (últimas entradas 12h30/17h00) Encerra à terça-feira e feriados. (t) 233 209 500/503 (e) figueiraturismo@cm-figfoz.pt


A VISITAR QUARTEL DA IMAGEM

Onde a imagem ganha outro significado

Horário Segunda > Sexta 10h00 às 18h00 Sábado 15h00 às 19h00 Largo Padre Arménio Marques (t) 233 209 780 (e) arqfoto@cm-figfoz.pt

CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS

De segunda a quinta-feira: 09h00 - 23h00 Sexta-feira: 09h00 - 24h00 Sábados e feriados: 10h00 - 24h00 Domingos: 10h00 - 19h00 Em dias de espetáculo, cinema ou outros eventos, o CAE encerra após o seu término

Rua Abade Pedro | 3080-084 Figueira da Foz (t) 233 407 200 | (e) geral@cae.pt www.cae.pt | facebook.com/CAE-Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz


Grande Auditório

Lotação: 832 lugares (4 de mobilidade reduzida)

CONDIÇÕES DE ACESSO AOS ESPETÁCULOS Não é permitida a entrada a menores de 3 anos, exceto nos eventos classificados “Para Todos os Públicos” (DL 23/2014, 14 fevereiro). Bilhete pago a partir dos 3 anos, inclusive. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo, e caso seja autorizada, não estão garantidos os lugares marcados. Não é permitida a captação de imagem e som.

Auditório João César Monteiro

Lotação: 197 lugares (2 de mobilidade reduzida)

Não é permitido fumar, consumir alimentos ou bebidas.

SERVIÇOS GRATUITOS: Estacionamento coberto para 200 viaturas (ver horário CAE) Serviço de Bengaleiro nos eventos com bilhetes emitidos pelo serviço de bilheteira CAE


Grande Auditório do CAE | 28 de janeiro | 21h30


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.