Page 1


Qualquer informação para a Agenda Cultural e de Eventos de outubro de 2017 a janeiro de 2018 deve ser enviada até 1 de setembro de 2017 com o assunto 3ª AGENDA DE EVENTOS 2017. É da responsabilidade das entidades promotoras qualquer alteração à programação apresentada.


De junho a setembro o CAE oferece a mesma qualidade de sempre, embora a cidade se encha de animação diversificada. Este será o quadrimestre dos festivais: de Jazz, da Orquestra Nacional de Jovens, das filarmónicas, de cinema. É também a altura da Gala dos Pequenos Cantores e dos concertos de tributo, no caso a Leonard Cohen e a Astor Piazzola. Continua o programa Verão Também é no CAE, com concertos vários, gratuitos, no loundge virado para as Abadias. Saliento o Encontro de Coros, a comédia ligeira e a oferta para as crianças. Continuam as sextas-feiras de cinema, com a qualidade de sempre e, em setembro, o Figueira Film Festival. Não perca as exposições: de fotografia, na sala Afonso Cruz, e a extensão da 2ª Bienal Internacional de Arte de Gaia. De resto, passe os olhos pela agenda. Há de certeza algo que lhe vai interessar.

António Tavares Vereador da Cultura Câmara Municipal da Figueira da Foz


VERÃO TAMBÉM É NO CAE Foto: Mauro Correia


CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS


04 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS

INFORMAÇÕES HORÁRIO: De Segunda a Quinta-feira: 9h00 às 23h00; Sexta-feira: 9h00 às 24h00; Sábados: 10h00 às 24h00; Domingos e Feriados: 10h00 às 19h00; Dias de espetáculos: até ao final do espetáculo

À entrada, os espetadores deverão desligar todos os sinais sonoros dos aparelhos com que se façam acompanhar (telemóveis, pagers, relógios, etc). É proibida a recolha e gravação de imagem ou som, salvo se previamente autorizadas pela Direção. Nas salas não é permitido fumar, consumir alimentos ou bebidas.

BILHETEIRA E INFORMAÇÕES: De Segunda a Sexta-feira: 13h00 às 19h30; (em dias de espetáculo ou outros eventos) 20h30 às 22h00; Sábados: 13h00 às 19h00; (em dias de espetáculo ou outros eventos) 20h00 às 22h00; Domingos e Feriados: encerrada; (exceto em dias de espetáculo ou outros eventos);

Tel. 233 407 200 Email: bilheteira@cae.pt

RESERVAS: As reservas sem pagamento prévio têm que ser levantadas 48 horas após o pedido inicial, ou serão anuladas. Só se aceitam reservas até 3 dias antes da realização do espetáculo.

CONDIÇÕES DE ACESSO Não é permitida a entrada nas salas após o início dos espetáculos e até ao intervalo, se houver, (de acordo com o disposto no Decreto de Lei nº 315/95 de 28 de Novembro), salvo indicação dos assistentes de sala, não estando neste caso, garantidos os lugares marcados.

Pagamento por Multibanco Acesso facilitado a deficientes motores

DEVOLUÇÕES Se por motivos de força maior a data do espetáculo for alterada, os bilhetes adquiridos serão válidos para a data definitiva. 15 dias após a data prevista de um espetáculo não realizado, serão restituídas aos espetadores que o exigirem até 90 dias depois, as importâncias dos respetivos bilhetes. OBSERVAÇÕES O Bilhete deverá ser conservado até ao final do espetáculo | Poderão ocorrer eventuais alterações aos programas apresentados | Não se aceitam trocas ou devoluções de bilhetes. CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS Rua Abade Pedro 3080-084 Figueira da Foz Telefone: 233 407 200 - Fax: 233 407 209 Email: geral@cae.pt www.cae.pt

Serviços ATM

Acesso PT Wi-Fi

Estacionamento coberto para 200 viaturas


MÚSICA | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 05

Al Di Meola Music of Di Meola, Piazzolla & Lennon-McCartney SEXTA-FEIRA, 2 de JUNHO, 21h30 Grande Auditório | 1h30 | M 6 anos | Entrada: 25,00 euros Al Di Meola é um dos maiores guitar ristas contemporâneos, não necessitando de grandes apresentações mesmo para o publico mais distraído, sendo um dos maiores virtuosos do Jazz nos últimos 25 anos e o guitarrista mais premiado pela “Guitar Player Magazine”. Neste concerto, Al Di Meola interpretará alguns dos seus clássicos, bem como temas de Lennon-McCartney e Astor Piazzolla. Um concerto absolutamente a não perder!


06 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA

I Festival de Jazz da Figueira da Foz SEXTA-FEIRA, 9 de JUNHO, 21h30 Grande Auditório | 1h30 (com intervalo) | M 6 anos | Entrada: 5,00 euros O I Festival de Jazz da Figueira da Foz pretende promover o intercâmbio de Orquestras/Grupos, a troca de experiências culturais e dinamizar um estilo musical que, cada vez mais, se vai integrando na sociedade de uma forma muito serena e tranquila. A Orquestra de Jazz do CAE (OJEAC), composta neste momento por 22 elementos, sendo a grande maioria estudantes, é dirigida pelo maestro Ricardo Gabriel. Ao longo destes últimos anos tem apresentado uma grande vitalidade, dinamismo e diligência nas suas apresentações. A prova disso mesmo é a organização deste I Festival de Jazz na Figueira da Foz, que conta com a participação dos RAGS da TAUC que, com toda a certeza, vai ajudar a embelezar este festival.


Grande Gala Vianeza

Festival das Bandas Filarmónicas 2017 - Final SÁBADO, 1 de JULHO, 21h30

?!

sim

porque

sim

Associação cultural E artistística

Grande Auditório | 2h00 | M 12 anos | Entrada: 15,00 euros Na Grande Gala Vianeza, as 3 fantásticas Bandas selecionadas na eliminatória de 20 de maio - Banda Velha União Sajoanense, Banda Filarmónica dos Covões e Banda Filarmónica Vestiariense – Monsenhor José Cacella, concorrem com 3 peças obrigatórias de compositores portugueses e três temas livres em movimento e alegria. Transmitido em direto pela RTP, esta gala conta, ainda, com grandes artistas convidados desta estação televisiva e a participação do Coro Mozart. A performance da Gala está a cargo dos apresentadores da RTP. O júri é constituído pelo maestro António Victorino de Almeida, pela pianista Olga Prats e Júlio Isidro. O diretor musical é o professor Vitor Santos.


08 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA INFANTIL

29ª Gala Internacional dos Pequenos Cantores DOMINGO, 16 de JULHO, 15h00 Após anos de interrupção, a Câmara Municipal da Figueira da Foz relançou, em 2013, a Gala Internacional dos Pequenos Cantores que decorreu, no CAE, com assinalável êxito. A Gala, iniciativa pioneira no género, nasceu em setembro de 1979 e, desde então, cumpriu os seus objetivos de que destacamos: a criação e divulgação de temas musicais próprios para crianças e por elas interpretadas; a divulgação dos "Direitos da Criança" e de entidades sem fins lucrativos colocadas ao serviço da criança; e o fomento de laços de amizade entre os povos sem distinção de raça, cor, credo, sexo ou origem. A Figueira da Foz, ao longo destes 28 anos e através da Gala Internacional dos Pequenos Cantores, teve o privilégio de receber mais de 400 participações, das quais cerca de metade estrangeiras, oriundas de 40 países da Europa, América, África e Ásia.

Foto © Mauro Correia

Grande Auditório | 3h00 | Para todos | Entrada gratuita


TEATRO | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 09

TOP GENIUS Com Nuno Markl e Vasco Palmeirim SÁBADO, 22 de JULHO, 22h00 Grande Auditório | 1h15 | M 6 anos | Entrada: 18,00 euros TOP GENIUS. Foi este o nome que estes dois amigos e colegas decidiram dar a este encontro. Vasco Palmeirim e Nuno Markl vão revelar o que não esperávamos - tudo sobre o guilty pleasure dos anos 80. Com a breca, os filhos dos anos 80 vingam-se com uma divertida celebração. Sabemos que haverá desenhos em tempo real, sabemos que haverá abordagens diferentes às músicas orelhudas que perduram até aos dias de hoje. Ouviremos cantar, tocar e, acima de tudo, sabemos que vai ser encantadoramente divertido. (Nota importante: Durante o espetáculo é permitido ao público cantar as músicas. Prometemos não dizer a ninguém que sabem as letras de cor). Neste espetáculo não se aplicam descontos.


Concerto Erudito SÁBADO, 5 de AGOSTO, 16h00 Grande Auditório | Entrada: 5,00 euros A Orquestra Nacional de jovens apresenta-se no seu formato sinfónico para interpretar a abertura de “Egmont”, de L. V. Beethoven, “Quadros de uma Exposição”, de M. Mussorgsky, e, ainda, uma surpresa… A direção está a cargo do Maestro convidado José Ignacio Petit, oriundo de Zamora (Espanha). Orquestra Nacional de jovens José Ignacio Petit - Direção Neste espetáculo não se aplicam descontos.

Kátia Guerreiro apresenta-se em concerto com a Orquestra Nacional de jovens, no dia 28 de julho, pelas 22h00, no Forte de Sta. Catarina / Espelho de Água. Integrado no Festival de Música da Figueira da Foz, este é um concerto imperdível e único num cenário de grande beleza. A entrada é livre.

Foto © Mauro Correia

Festival de Música da Figueira da Foz Orquestra Nacional de jovens

Foto © Rita Carmo

10 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA


CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 11

Festival de Música da Figueira da Foz Orquestra Nacional de jovens Concerto de Encerramento SÁBADO, 5 de AGOSTO, 18h00 Grande Auditório | 2h00 | M 3 anos | Entrada: 10,00 euros O Concerto de Encerramento da 10ª Edição do Festival de Música da Figueira da Foz / Orquestra Nacional de jovens terá, pela primeira vez, uma estreia absoluta. Celebrando 20 anos de carreira, Cristiano Silva apresenta originais seus escritos ao longo de toda a sua carreira através do seu instrumento de eleição – o Piano. Como não podia deixar de ser, será acompanhado pela Orquestra Nacional de jovens dirigida pelo Maestro José Ignacio Petit. Temas como “Another Day", "The Story", "Adagio for Strings”, entre outros, serão apresentados em modelo sinfónico para um concerto único, diferente e original. Várias surpresas e convidados estarão presentes neste dia para assinalar os 10 anos de um projeto singular por onde passaram mais de 700 alunos de todo o país. Cristiano Silva Mercury Falls Symphony Celebration of 20th Performance Career Anniversary Orquestra Nacional de Jovens Mercury Falls Band Cristiano Silva - Piano Maestro José Ignacio Petit - Direção Neste espetáculo não se aplicam descontos.


12 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA

Verão Também é no CAE 11 a 26 de AGOSTO, a partir das 23h00 Esplanada Exterior | Entrada Livre Durante o mês de agosto o CAE abre de novo as portas a um ambiente menos formal, aproveitando o espaço atrativo da sua esplanada e de todo o ambiente envolvente do Parque das Abadias. O Verão Também é no CAE tem sido um verdadeiro sucesso. Contamos com a sua presença em mais esta edição!


TEATRO INFANTIL | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 13

Xana Toc Toc na Selva DOMINGO, 20 de AGOSTO, 15h30 Na sua avioneta, na sua Biclinha Buzina ou no seu Trolipop, Xana Toc Toc tem vindo a conquistar cada vez mais corações com as suas aventuras na Ilha dos Sonhos. Neste novo espetáculo, Xana Toc Toc chega à selva e convida-nos para cantar e dançar com ela de pé descalço na terra, respirando o ar puro da natureza e ouvindo pássaros exóticos que se refrescam na água da cascata. E chega com uma missão! Um pedido de ajuda que recebeu bem cedinho, certa manhã, onde, numa carta tristonha, um novo amigo desabafa que a selva está sem vida e sem cor, carente de música e alegria. Mas quem será esse novo amigo? É com a missão de alegrar a selva que Xana Toc Toc segue em direção a um lado desconhecido e misterioso da Ilha dos Sonhos, sem suspeitar que vai conhecer muitos amigos novos e viver aventuras tribais, mágicas e alucinantes. Neste espetáculo não se aplicam descontos.

Foto © Mauro Correia

Grande Auditório | 1h00 | M 3 anos | Entrada: 18,00 e 22,00 euros


14 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | TEATRO

Tempestade Num Copo d'Água Com Marina Mota e Carlos Cunha SEXTA-FEIRA, 25 de AGOSTO, 22h00 SÁBADO, 26 de AGOSTO, 22h00 Grande Auditório | 2h00 (com intervalo) | M 12 anos | Entrada: 15,00 euros “Tempestade num Copo d'Água” é uma comédia teatral protagonizada por Marina Mota e Carlos Cunha, que decorre durante um copo d'água de um casamento. Através de um sem número de personagens, e de um ritmo constante de entradas e saídas, vamos conhecendo a história de vários casais, de várias idades, que, embora apaixonados, escondem terríveis segredos uns dos outros, mas que durante o copo d'água vão sendo revelados. Passando-se em ambiente casamenteiro, os mesmos casais de várias idades vão desmistificando o casamento, mostrando como este é geralmente entendido nas diferentes fases da vida. Para isso, temos um casal de namorados que ambiciona casar; um casal acabado de casar; um casal casado há quase quarenta anos; e outro casal que já nem se lembra há quantos anos está casado… Num dia repleto de fotografias, apita o comboio, cascatas de camarão, e muita loucura, o amor vai andar no ar. É preciso é que alguém o faça descer à terra…


CINEMA | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 15

Figueira Film Art IV Edição do Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz 28 de AGOSTO a 3 de SETEMBRO Grande Auditório | Pequeno Auditório | Sala 3 Luzes, Câmara, Ação! O Figueira Film Art – Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz vai já na sua IV edição. De 28 de agosto a 3 de setembro, todos os amantes da Sétima Arte poderão visualizar filmes de produção independente de todo o mundo, bem como alguns a convite de realizadores já conhecidos. A IV edição do FFA terá como madrinha a conhecida atriz Rita Blanco, que irá estar presente no decorrer do festival. À semelhança dos anos anteriores, o festival contará também com colóquios e tertúlias, onde irão estar presentes distintos convidados e algumas surpresas. Este ano, e pela primeira vez, irá ser criado o “Meeting Point”, onde diariamente todos os espetadores poderão interagir com os vários realizadores e atores presentes no festival, procurando aproximar, cada vez mais, o cinema das pessoas e as pessoas ao cinema.


16 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA

Tributo a Astor Piazzolla Associação António Fragoso - Orquestra OPUS 21 SÁBADO, 2 de SETEMBRO, 22h00 Grande Auditório | 1h00 (com intervalo) | M 6 anos | Entrada: 5,00 euros Na senda do concerto “Sempre Gershwin”, que se realizou no CAE, em novembro de 2016 e que alcançou grande êxito, a Orquestra OPUS 21, da Associação António Fragoso, vai homenagear, nesta noite, um dos maiores compositores do século XX – Astor Piazzolla. Além da Orquestra OPUS 21, este concerto contará com um convidado surpresa, que abrilhantará ainda mais este evento musical a não perder, tal é a mestria da sua interpretação de músicas de Piazzolla a quem este concerto é integralmente dedicado.


MÚSICA | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 17

Filarmónica do Alqueidão e Os Quatro e Meia Concerto dos 90 Anos da Sociedade Musical Recreativa do Alqueidão SÁBADO, 9 de SETEMBRO, 22h00 Grande Auditório | 1h30 | M 3 anos | Entrada: 10,00 euros Noventa anos de música, de tradição e de cultura, elevando o nome do Alqueidão e levando-o mais além. Um aniversário especial para festejar com convidados especiais. A Sociedade Musical Recreativa do Alqueidão foi fundada em 5 de junho de 1927, constituindo-se ao longo de décadas como uma escola de música para várias gerações, onde também se incutem valores de cidadania e o orgulho de vestir a farda. O 90.º aniversário da banda vai ser assinalado de forma especial, com um concerto que contará com a participação do conhecido grupo musical Os Quatro e Meia, fundado em Coimbra, em 2013, e que tem conquistado o público, com concertos agendados por todo o país. Atualmente formado por seis elementos, Os Quatro e Meia procuram, de uma forma descontraída e bem-disposta, conferir novas sonoridades e olhares sobre a música portuguesa. Um espetáculo onde a tradição e a inovação se juntarão à boa disposição.

ACOLHIMENTO


18 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA

Musicals & Coro Mozart SÁBADO, 16 de SETEMBRO, 22h00 Grande Auditório | 1h30 (com intervalo) | Para todos | Entrada gratuita

O Coro Mozart nasce em Viseu, em 2005. Tem atualmente cerca de 70 coralistas. Interpreta todo o seu repertório (orquestrações previamente gravadas) a 4, ou mais vozes. Tem no seu currículo mais de 600 concertos realizados e 10 DVD gravados. A direção artística está a cargo do Prof. Doutor Dionísio Vila Maior. Este concerto será gravado ao vivo, em DVD.


MÚSICA | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 19

Encontro de Coros Infantil / Juvenil 2017 Associação Pequenas Vozes DOMINGO, 17 de SETEMBRO, 16h00 Grande Auditório | 2h00 | Para todos | Entrada: 5,00 euros Um espetáculo de música, cor, juventude e alegria é o que se propõem oferecer à Figueira da Foz os grupos corais infantis / juvenis, capitaneados pelo anfitrião Coro das Pequenas Vozes da Figueira da Foz, já um ícone da cultura figueirense. Serão mais de duas centenas de crianças e jovens em palco que, em constante interação, com a sua graciosidade e em simbiose de sonoridades, contagiarão todo o público. Que a música se faça ouvir!...


20 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | MÚSICA

As Canções de Leonard Cohen SEXTA-FEIRA, 29 de SETEMBRO, 21h30 Grande Auditório | 1h30 | M 6 anos | Entrada: 20,00 euros Em “As Canções de Leonard Cohen”, David Fonseca, Jorge Palma, Márcia, Mazgani, Miguel Guedes e Samuel Úria, alguns dos músicos mais aclamados do panorama musical português da atualidade, vão interpretar as suas músicas de eleição do vasto e rico repertório do cantor, compositor e poeta canadiano que faleceu a 11 de novembro de 2016, um mês depois de ter editado o seu 14º álbum de originais, "You Want It Darker". A acompanhá-los estará um coletivo de músicos formado por Pedro Vidal, na direção musical e nas guitarras; João Correia, na bateria; Nuno Lucas, no baixo; Rúben Alves, nas teclas; e Paulo Ramos e Orlanda Guilande, nos coros. Com produção do Bairro da Música e a chancela da Embaixada do Canadá em Portugal, este espetáculo apresenta-se como uma homenagem ao autor de canções como "Dance Me To The End Of Love", "Bird on The Wire", "Hallelujah" e "I'm Your Man".


CINEMA | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 21

LEMBRANDO

CONVERSA ACABADA de João Botelho (1980) Intérpretes: Fernando Cabral Martins, André Gomes, Juliet Berto “Conversa Acabada” (1980) é a primeira longa-metragem de ficção assinada por João Botelho. O filme passa-se no início do século XX, altura de profunda crise política e moral na sociedade portuguesa. Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro reinventam a língua e o modo de dizer. Um rebenta a solidão com a criação dos heterónimos que lhe permitem prolongar a existência; o outro despedaça o corpo e a própria vida na vertigem dispersa de poemas e novelas. O filme retrata a história desse encontro, os textos, a amizade e a morte apoiando-se na correspondência trocada entre Pessoa e Sá-Carneiro entre 1912 e 1916, data do suicídio, em Paris, de Sá-Carneiro. Mais do que uma biografia, este filme é um poema a duas mãos, que oscila entre a ficção e o documentário e que se destaca pelo apurado sentido plástico, pela excelente recriação de ambientes e pelo clima de forte onirismo. Esta foi também uma ousada experiência, apostando numa estilização extrema e apoiando-se na ideia de criar um documentário sobre poesia que progride e se resolve em drama poético. Uma auspiciosa estreia na realização que se tornou um dos filmes de culto do cinema português. Em 1981, “Conversa Acabada” ganhou o Prémio Glauber Rocha e uma Menção Especial do Júri no X Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz.


22 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | CINEMA

NOITES DE CINEMA

MA LOUTE 16 de JUNHO, 21h30 Realização: Bruno Dumont | Intérpretes: Fabrice Luchini, Juliette Binoche, Valeria Bruni Tedeschi Género: Comédia | Origem: França, 2016 Duração: 2h02 | M 16 anos

AS FALSAS CONFIDÊNCIAS 14 de JULHO, 21h30 Realização: Luc Bondy | Intérpretes: Isabelle Huppert, Louis Garrel, Bulle Ogier | Género: Drama Origem: França, 2016 | Duração: 1h27 | M 12 anos

CONTOS DA LUA VAGA 30 de JUNHO, 21h30 Realização: Kenji Mizoguchi | Intérpretes: Masayuki Mori, Kinuyo Tanaka, Machiko Kyo Género: Drama Origem: Japão, 1953 | Duração: 1h35 | M 14 anos Cópia Restaurada

THE SEA OF TREES 21 de JULHO, 21h30 Realização: Gus Van Sant | Intérpretes: Matthew McConaughey, Naomi Watts, Ken Watanabe Género: Drama | Origem: EUA, 2015 Duração: 1h50 | M 12 anos

PATERSON 7 de JULHO, 21h30 Realização: Jim Jarmusch | Intérpretes: Adam Driver, Golshifteh Farahani, Kara Hayward | Género: Drama Origem: EUA, 2016 | Duração: 1h53 | M 12 anos

GLORIA 28 de JULHO, 21h30 Realização: Kristina Grozeva e Petar Valchanov Intérpretes: Stefan Denolyubov, Margita Gosheva Género: Drama | Origem: Bulgária, 2016 Duração: 1h41 | M 12 anos


EXPOSIÇÃO | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 23

Miguel d'Alte (1954-2007) Exposição Retrospetiva(s): Capítulo IV Apresentação do Catálogo Raisonné Até 24 de JUNHO Sala 2 | Entrada gratuita A exposição Retrospetiva(s): Capítulo IV enquadra-se no projeto que tem por base o lançamento e promoção do Catálogo Raisonné, do pintor Miguel d'Alte (1954-2007). Neste catálogo raisonné, além de uma compilação de textos (antigos e novos) sobre o pintor, e do inventário da obra que atinge os cerca de 1.200 trabalhos, pertencentes a cerca de 170 coleções públicas e privadas, é também possível encontrar uma biografia detalhada do pintor, que nos revela o seu percurso, currículo e qualidade. Trata-se de uma edição de cerca de 400 páginas, desenvolvida ao longo de cerca de três anos por Helena AM Pereira. Miguel d'Alte expôs desde 1975 e até aos inícios da década de 1990. A sua pintura é obscura, dramática, fantástica e surreal. Na década de 1990, a paleta torna-se clara e límpida, com amplos brancos e subtis gradações de cinzentos e azuis. Nesta fase, cobria a tela com múltiplas camadas de tinta que depois raspava tentando descobrir/cobrir riscos, cores, FOYER PISO 0 | 1H30 (sem intervalo) | Para todos | Grátis formas, atmosferas. "Pintor maldito", como o apelidou o pintor Henrique Silva, a história de Miguel d'Alte poderia assemelhar-se à de um Van Gogh. Morreu de forma trágica, colhido por um comboio em Vila Nova de Gaia, entre os apeadeiros de Miramar e Francelos, na tarde de 24 de dezembro de 2007, véspera de Natal.


24 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | EXPOSIÇÃO

2ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2017 Polo Figueira da Foz 8 de JULHO a 30 de SETEMBRO Sala 2 | Entrada gratuita A 2ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2017 contemplará as áreas de desenho, pintura, escultura, fotografia, cerâmica, instalação e vídeo e será distribuída, para além de Gaia, por oito polos, nomeadamente Porto, Gondomar, Barcelos, Viana do Castelo, Vila Nova de Cerveira, Monção, Seia e Figueira da Foz. O evento, que terá a participação de largas centenas de artistas, dos mais conhecidos aos mais jovens, contemplará igualmente o polo da Figueira da Foz, com diversas atividades, nomeadamente uma exposição sobre o mar e as suas FOYER PISO 0 | 1H30 (sem intervalo) | Para todos | Grátis gentes.


EXPOSIÇÃO | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 25

Desmemória João Martins Pereira 6 de JUNHO a 2 de JULHO Sala Afonso Cruz | Entrada gratuita Nas Caldas da Rainha, se há edifício que pode ostentar o título e a representatividade de ícone da cidade é o conjunto formado pelos Pavilhões do Parque. Trata-se também do edifício mais fotografado da cidade. Este conjunto arquitetónico é verdadeiramente um caso singular na identidade urbana, um edifício que se transcendeu a si próprio. Chegou hoje a uma encruzilhada dramática, como se depreende das imagens cruas, num preto e branco propositadamente sóbrio, de João Martins Pereira. O fotógrafo leva-nos ao interior deste complexo para nos revelar a sua última metamorfose: o abandono, o vazio, os detritos, os sinais da degradação a que foi condenado no termo de um percurso de vida exuberante. Sente-se em cada fotografia a tensão do olhar, a surpresa contida, o alerta implícito de um cidadão com memória…. Não preciso de enfatizar como é imperioso e valioso cuidar do destino dos Pavilhões do Parque. É essa a interpelação que estas imagens aqui nos trazem. João B. Serra Historiador

Refúgio Exclusivo Patrícia Naré 3 a 22 de JULHO Sala Afonso Cruz | Entrada gratuita A praia está normalmente associada a multidão, vozes de crianças a brincar, intercaladas pelas dos vendedores ambulantes e a constante presença do som do mar como ruído de fundo. Diametralmente oposta, a praia que buscamos é a concretização do Paraíso na Terra, idílica, vazia, intocada pela mão humana, em que a tranquilidade é absoluta. Na exposição "Refúgio Exclusivo", de Patrícia Naré, a praia que surge não se assemelha a nenhum destes dois polos: à tranquilidade contrapõe-se o abandono; ao ruído sempre presente, associa-se o silêncio; as cores esfuziantes e águas cristalinas são substituídas pelo monocromático; as pessoas estão ausentes, a sua presença apenas é pressentida através dos objetos que ganham uma vida própria. Como se as histórias da véspera lá estivessem impregnadas ou como se estivessem a aguardar as próximas.


26 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | EXPOSIÇÃO

Invernos da minha praia João Garcia 25 de JULHO a 3 de SETEMBRO Sala Afonso Cruz | Entrada gratuita João Garcia reside em Cantanhede, cidade onde nasceu em 1963. Desde muito jovem manifestou grande interesse pela fotografia. Deu os seus primeiros passos nesta arte, com uma máquina fotográfica analógica, revelando ele mesmo as suas próprias fotografias a preto e branco. Considera-se um aprendiz de fotografia. Autodidata, revela-se um fotógrafo versátil e as suas fotografias registam uma diversidade de temas. As 30 fotografias patentes em “Invernos da minha praia” registam aspetos de uma praia, ao longo de vários invernos. Os registos fotográficos, captados na Praia da Tocha, com a qual assume uma estreita ligação afetiva, revelam pormenores únicos e interessantes, que frequentemente escapam ao olhar comum. Mar, areia, céu, sol, vento e vegetação autóctone são alguns dos aspetos captados, perpetuando cada fragmento temporal num instante, irrepetível e eterno, de grande beleza e sensibilidade.

Svalbard Pedro Mota Curto 5 de SETEMBRO a 1 de OUTUBRO Sala Afonso Cruz | Entrada gratuita Svalbard é um imenso arquipélago, pertencente à Noruega desde 1925, com uma área equivalente a uma vez e meia a da Dinamarca. Neste arquipélago residem cerca de duas mil pessoas, a quase totalidade na capital, Longyearbyen. Mais de metade do território é constituído por glaciares, mais concretamente, cerca de 60%. A população de ursos polares está estimada em cerca do dobro dos humanos. Morsas, focas, raposas do Ártico, renas, baleias e diversas espécies de aves dominam as extensas e inóspitas paisagens, acentuando a insignificância do minúsculo ser humano, que por estas bandas é apenas um hóspede minoritário, frágil e apenas tolerado. Viajar até Svalbard é uma viagem ao passado longínquo do planeta mas também ao futuro próximo do mesmo planeta que estamos a destruir. As alterações climatéricas, o degelo dos glaciares e o aquecimento climatérico deixam marcas muito visíveis em Svalbard. Arquipélago paradoxalmente inóspito e assustador mas igualmente frágil e vulnerável aos desvarios da inconsciência e da ignorância humana. Pedro Mota Curto


EXPOSIÇÃO | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 27

MAGENTA 5 de JUNHO a 2 de JULHO Sala Zé Penicheiro | Entrada gratuita Pintura, cerâmica e fotografia. São estas as três áreas do mundo das artes que estarão em exibição nesta exposição apresentada pela Magenta. Na pintura poderão ser apreciados quadros dos artistas plásticos Carlos Seabra, que traz à Figueira da Foz trabalhos da noite coimbrã, e diversos trabalhos de Emília Rosa. Na fotografia, António Ramos apresenta alguns dos seus olhares captados através da objetiva em diferentes locais. Por sua vez, na cerâmica, Odete Sousa exibe bijuteria e peças decorativas realizadas com a técnica de pit-firing.

TchumNhuLien 4 a 30 de JULHO Sala Zé Penicheiro | Entrada gratuita TchumNhuLien nasceu em Bobonaro, Timor. Criada no seio de uma família tradicional chinesa, oriunda de Cantão, foi privilegiada por uma educação de princípios fundamentalmente chineses a par com as culturas portuguesa e timorense. Tem apresentado inúmeras exposições, tanto em território nacional como no estrangeiro, ganhando por onde passa cada vez mais admiradores da sua técnica e sensibilidade. A sua arte tem vindo a sensibilizar o gosto ocidental para a arte oriental, usando para tal a sua particular mestria e evidente talento. A sua obra reflete predominantemente a técnica da pintura tradicional chinesa – uso exclusivo de materiais importados da China (pincéis e tintas) sobre papel de arroz. Nos últimos tempos, tem alargado o seu leque técnico, utilizando frequentemente aguarela, acrílico e óleo.


28 CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS | EXPOSIÇÃO

Cunha Rocha e Isabel Mora 1 a 20 de AGOSTO Sala Zé Penicheiro | Entrada gratuita O artista não morre nunca, renasce em cada olhar nosso sobre a obra que nos deixa. Foi assim com Cunha Rocha. Desenhou o mundo de cor com a argúcia do artista, depois pintou-o com os tons quentes das memórias gulosas do Homem. É esse mundo, parido com mestria pela ponta dos seus dedos, que o convidamos a visitar nesta exposição. Isabel Mora começou a criar e manufaturar bijutaria a partir de 2000, sendo os seus trabalhos solicitados essencialmente por estilistas de moda.

Terpsícore Sofia Cravo 23 de AGOSTO a 20 de SETEMBRO Sala Zé Penicheiro | Entrada gratuita Sofia Cravo nasceu em 1983, em Lisboa. Vive e trabalha em Leiria. Licenciou-se em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (2007). Realizou o Mestrado MA Fine Art, em Birmingham City University, Institute of Art and Design, Inglaterra (2009). Desde 2010 expõe todos os anos no Salon du Louvre, em Paris. Frequentemente participa em exposições nacionais e internacionais. A sua obra encontra-se representada em coleções nacionais e internacionais.


EXPOSIÇÃO | CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 29

Diferentes Conceitos MAGENTA 22 de SETEMBRO a 24 de OUTUBRO Sala Zé Penicheiro | Entrada gratuita A Magenta - Associação de Artistas pela Arte apresenta uma exposição de pintura conjugada com outra vertente das artes - a cerâmica. Com diferentes materiais, os artistas plásticos exprimem conceitos visuais e sentimentos diferentes, como poderá apreciar nos trabalhos de pintura realizados por Filomena Louro, que utiliza o acrílico; Nuno Confraria, que utiliza o pastel; e Rosa Coelho, que utiliza o óleo. Já Odete Sousa, utilizando a versatilidade de outra matéria, exibe trabalhos em cerâmica. O barro é um material generoso e terno que se deixa deformar mantendo o movimento nele impresso. É matéria caprichosa que permite que a cerâmica seja uma arte.


CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 31

DESCONTOS CAE (quando aplicáveis) Família – 20% - Para famílias (3 ou mais pessoas, pais e filhos) Dirigente Associativo efetivo (do Concelho da Figueira da Foz) - 10% Cartão Jovem – 10% Cartão de Estudante – 10% Maiores de 65 anos – 10% Grupos – 20% (superiores a 10 pessoas)

NOTAS: - Todos os bilhetes com desconto são pessoais e intransmissíveis e obrigam à identificação na entrada quando solicitada. - Não se aplicam ao cinema e aos bilhetes de valor igual ou inferior a 5,00 euros nos espetáculos - Descontos não acumuláveis.

DESCONTO HÓSPEDE Aproveite 20% de desconto para espetáculos a realizar no CAE, quando aplicável. Para isso, basta dirigir-se à bilheteira do CAE, apresentar um documento de identificação e o cartão de check-in ou declaração da entidade aderente onde se encontra hospedado. Para informações adicionais ligue 233 407 200.

HOTÉIS ADERENTES:


CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS 33

GRANDE AUDITÓRIO Y

1 2 3 4 5 6

7 8 9 10 11 12

X

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18

19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

W

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

V

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

25 26 27 28 29 30 31 32 33 34

U

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

T

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

25 26 27 28 29 30 31 32 33 34

S

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

R

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

25 26 27 28 29 30 31 32 33 34

Q

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

P

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

25 26 27 28 29 30 31 32 33 34

O

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

N M

9 10 5 6 7 8 1 2 3 4 9 10 5 6 7 8 1 2 3 4

8 9 10 4 5 6 7 L 1 2 3 7 8 9 10 3 4 5 6 2 1 K 9 10 5 6 7 8 J 1 2 3 4 8 9 10 4 5 6 7 I 1 2 3

H G F

9 10 5 6 7 8 1 2 3 4 9 10 5 6 7 8 1 2 3 4 9 10 5 6 7 8 1 2 3 4

E D C B

9 10 5 6 7 8 1 2 3 4 10 6 7 8 9 5 4 3 1 2 9 10 5 6 7 8 1 2 3 4

9 10 5 6 7 8 1 2 3 4 5 6 7 8 1 2 3 4

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21

A

27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 22 23 24 25 26 27 28 29

PEQUENO AUDITÓRIO

M

1 2 3 4 5 6 7 8 9

L 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 K 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 J 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

I 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 H 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 G 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 F 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 E 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 C 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 B 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

PALCO

PALCO

APOIOS:


LEMBRANDO | A NOSSA MESA 35

A NOSSA MESA FRIGIDEIRA Petinga; batata; tomate maduro; cebola; azeite; vinho branco; salsa; louro; colorau; sal. Lava-se a petinga fresca, amanha-se e corta-se as cabeças. Coloca-se na frigideira camadas pela seguinte ordem: cebola, batata, petinga, tomate, salsa, alho, louro, vinho, colorau e sal. Deixa-se cozer. Continua a ser um prato muito comum no quotidiano da comunidade de Buarcos.

«A nossa mesa: receituário gastronómico da Figueira da Foz», Câmara Municipal da Figueira da Foz, 2015, p. 57


DECORAÇÃO DE EVENTOS

ORGANIZAÇÃO DE FESTAS TEMÁTICAS

Loja - Centro de Artes e Espectáculos Horário: de terça a sábado entre as 15h00 e as 19h00 e-mail: welcome@decobalao.pt | tel. 233 109 093 | tlm. 926 222 160


LEMBRANDO

ANTÓNIO DE FARIA

António de Faria (Quinta do Canal, Alqueidão, Figueira da Foz, primeira década do século XVI - Goa, p. d. 2 de junho de 1549) foi um fidalgo, aventureiro, mercador, embaixador, navegador, guerreiro, pirata e corsário português do séc. XVI. (Surge nalgumas fontes com o nome de António de Faria de Sousa, que nunca usou.) Era filho de Simão de Faria, nascido c. 1479, fidalgo da Casa Real, e de sua primeira mulher D. Filipa de Sousa, e irmão de Lourenço de Faria, morador em Samuel, Soure, termo de Montemor-o-Velho, que menciona no seu testamento. Partindo para a Índia, foi procurar fortuna no Extremo Oriente, explorando sobretudo as costas da China, mais como pirata do que como explorador, ganhando fama de temível e terrível. António de Faria e o seu bando, movidos pela cobiça, afundam barcos indefesos, incendeiam povoações, roubam mulheres e crianças, saqueiam templos, desenterram esqueletos para se apoderarem de tesouros que com eles eram sepultados e chegam a invocar Deus e a Virgem para os ajudar nos seus actos de pirataria e para os socorrer nas horas de aflição. Foi em 1537, em Patane, que António de Faria conheceu Fernão Mendes Pinto, passando a acompanhá-lo nas suas viagens e explorações, sendo mencionado por ele na sua Peregrinação, onde veio a ser uma das personagens preponderantes. Num outro rio, de novo assaltaram, e roubaram uma fortuna em bens de tal forma avultada que precisavam de a vender rapidamente, dado o excesso de peso que as embarcações levavam. Foram, todavia, assaltados no caminho, mas venceram os assaltantes e, no processo, ficaram ainda mais cheios de mercadorias, e mais ricos, porque prouve a Nosso Senhor que se lançaram os inimigos ao mar, dos quais de afogou a maior parte e os juncos ficaram em nosso poder. No ano de 1542, a China organizou uma ofensiva contra os Portugueses para vingar certas ofensas, nomeadamente a violação das sepulturas reais de Campeluy, levadas a efeito por António de Faria e seus companheiros, destruindo completamente a Feitoria de Liampó. Nesse mesmo ano sofreram novo naufrágio na enseada de Nanquim, ao qual António de Faria sobreviveu, vindo a morrer de doença, em Goa, com testamento de 2 de Junho de 1548, no qual faz algumas doações pessoais, liberta alguns dos seus escravos orientais, paga as suas dívidas e pede ao Rei D. João III de Portugal que o remunere por serviços prestados. Fontes principais: Albuquerque, Luís de – Navegadores, Viajantes e Aventureiros Portugueses – Séculos XV e XVI. Editorial Caminho, 1992. Pinto, Fernão Mendes; Catz, Rebecca; Menéres, Maria Alberta – Peregrinação & Cartas: em apêndice Testamento de António de Faria. Edições Afrodite, 1989. Wikipédia.

LEMBRANDO

HIPISMO E CONCURSOS HÍPICOS

Com uma relação de proximidade que remonta ao início da civilização, o homem usou inicialmente o cavalo como meio de locomoção e força de trabalho. Fruto de mudanças sociais e de costumes, também a relação com este animal se transformou e cavalgar tornou-se um desporto: o hipismo, praticado por homens, mulheres e crianças, especialmente nos países do norte da Europa onde o cavalo era mais utilizado. Embora considerado um desporto, o hipismo ou equitação é também entendido como uma arte e uma atividade de lazer, realçando a ligação entre o cavaleiro e a sua montada, em provas de perícia, velocidade e adestramento. Historicamente o seu aparecimento poderá procurar-se no costume dos nobres europeus, especialmente ingleses, praticarem a caça à raposa e os saltos realizados durante os percursos, através das florestas, para ultrapassar os obstáculos que surgiam. O desenvolvimento da atividade veio a acontecer no século XX, com a criação das primeiras pistas com obstáculos exclusivamente para a prática de saltos. Do hipismo fazem parte três disciplinas olímpicas: salto de obstáculos, adestramento e concurso completo de equitação (CCE). Esta modalidade fez parte do programa da primeira Olimpíada da Era Moderna, em 1896, em Atenas, como desporto de demonstração, e foi integrado nos Jogos Olímpicos de Paris em 1900. Desde então, a modalidade cresceu e desenvolveu-se adquirindo mais praticantes e novas práticas. A equitação, dirigida especialmente à classe militar com o objetivo de treinar os cavalos e cavaleiros para o combate, deu lugar à equitação como desporto e difundiu-se junto do público civil, sendo o hipismo um dos poucos desportos que admite a competição entre homens e mulheres. A realização de concursos hípicos no formato que hoje conhecemos teve início em 1883, nos EUA, sendo a categoria mais conhecida e mediática os concursos de saltos. Nos primeiros anos do século XX é fundada a Federação Equestre Portuguesa, em 1927, e a Figueira da Foz, a par com outras cidades costeiras portuguesas, representava o expoente máximo das estâncias balneares nacionais. Aqui, a prática do desporto e a realização de concursos hípicos contribuíam para o desenvolvimento do turismo, equiparando a cidade às praias estrangeiras mais famosas. As provas decorriam inseridas nas festividades de verão, realizadas especialmente para animar os turistas que nesse período visitavam a cidade e tinham lugar, normalmente, no início do mês de setembro. Os Concursos Nacional e Internacional de Saltos da Figueira da Foz eram reconhecidos internacionalmente. O Arquivo Histórico Municipal e a Biblioteca Municipal da Figueira da Foz reúnem e preservam nos seus espólios programas, material de divulgação e outros documentos relacionados com estas realizações desportivas, com datas que remontam a 1917 e podem ser consultados nestes serviços, fontes fundamentais para o estudo e construção da história desta modalidade no nosso país.

37


40

BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA CRIANÇA 01 e 02 de JUNHO

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA 01 de JUNHO

Jardins de Infância, Escolas do 1º CEB e Comunidade escolar | Atividade Gratuita Colaboração: INTEP - Curso Técnico de Apoio à Infância Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Sessões de contos, atelier de pintura facial e balões criativos

ZULEIDA A PRINCESA MOURA 02 de JUNHO, 14h00

Escolas do 1º CEB | Atividade Gratuita Colaboração: Unidade Funcional de Montemor-o-Velho da APPACDM de Coimbra Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt "Zuleida a Princesa Moura” é um espetáculo com direção da Profª Lina Carregã, baseado no livro homónimo, de Lurdes Breda, que promove a integração do cidadão com deficiência intelectual e a proximidade ao cidadão comum.


BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS 41

EXPOSIÇÃO “REALIDADES”, de Lina Santos pela AAAGP JUNHO

Público em geral | Entrada livre A Biblioteca Municipal acolhe, em junho, uma mostra pictórica de Lina Santos, vencedora do Prémio Mário Silva 2016, promovido pela Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa.

MOSTRA DE TRABALHOS DE LUÍS MAGNO COM OFICINA CRIATIVA JULHO

Público em geral | Entrada livre

OFICINA CRIATIVA DE DESENHO

Jovens| Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt O artista figueirense Luís Magno expõe na Biblioteca Municipal Mu unicipal os seus trabalhos de desenho e promove uma um ma oficina criativa de desenho, para jovens.

EXPOSIÇÃO “EMOÇÕES”, de Alice Piloto pela AAAGP EXPOSIÇÃO “BAILADO DE CORES”, de Cristina Lopes pela AAAGP

AGOSTO

Público em geral | Entrada livre “Bailado de Cores” da pintora Cristina Lopes, sócia da AAAGP, estará patente em julho na Biblioteca Municipal.

"CIDADE VIVA, QUANTOS AMORES ALI NASCIDOS, DO CÉU E DO MAR, NUMA FUSÃO ENTERNECIDA", de Rosa Maria Coelho

Público em geral | Entrada livre Em agosto, a Biblioteca Municipal acolhe a exposição “Emoções“, da artista plástica Alice Piloto.

JULHO

EXPOSIÇÃO “ZIGUEZAGUE", de Ulrich Hilmer

JULHO, inauguração dia 01 de julho às 15h00 Público em geral

SETEMBRO

Público em geral | Entrada livre A exposição "Cidade viva, quantos amores ali nascidos, do céu e do mar, numa fusão enternecida", da artista plástica figueirense, Rosa Maria Coelho, estará patente na Biblioteca Municipal, durante o mês de setembro.


42

BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS

5AS DE LEITURA

Público em geral | Entrada gratuita Como projeto de promoção e incentivo à leitura, nas próximas sessões das “5as de Leitura” os convidados serão das mais variadas áreas da literatura e da cultura nacional

ENCONTRO COM

ALMEIDA FARIA

22 de JUNHO, 21h30

Em junho o projeto de incentivo e promoção à leitura «5as de Leitura», recebe o escritor Almeida Faria e a Prof. Doutora Cristina Robalo Cordeiro, que fará uma breve apresentação da vida e obra do escritor Almeida Faria nasceu em 1943. Aos dezanove anos publicou o seu primeiro e premiado romance, «Rumor Branco». Além de romancista, é autor de ensaios, contos, teatro. Mais recentemente escreveu, a partir de um conto seu, o libreto para a cantata de Luís Tinoco «Os Passeios do Sonhador Solitário», estreada na Casa da Música, e «O Murmúrio do Mundo», relato ensaístico de uma viagem à Índia. Os seus romances têm recebido diversos prémios, estão traduzidos em muitas línguas, são estudados nos mais variados países e sobre eles há livros e teses universitárias. Tem Artigos publicados em revistas e jornais portugueses, brasileiros, espanhóis, italianos, franceses, neerlandeses, alemães, suecos e dinamarqueses. Ao conjunto da sua obra foi atribuído o Prémio Vergílio Ferreira da Universidade de Évora, o Prémio Universidade de Coimbra e o Prémio Inês de Castro.

ENCONTRO COM

NUNO ROGEIRO

13 de JULHO, 21h30

Em julho é a vez de Nuno Rogeiro marcar presença nas «5as dee Leitura» para falar, em particular, do seu mais recente trabalho literário «O Pacto Donald Trump - Novo contrato com a América ou fraude? az análise Inicialmente tentado pelo Direito Constitucional, Nuno Rogeiro faz política há 35 anos. Atualmente colabora com a SIC e a revista Sábado. Na Dom Quixote publicou «Pacto Donald Trump - Novo Contrato trato com América ou Fraude?» (2017), «Menos Que Humanos» (2015), «A Corda do Enforcado - Análise Política das Crises 2007-2013» (2011) e «Na Rua Árabe - Causas e Consequências das Revoltas no Médio Oriente »(2011).


BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS 43

ENCONTRO COM

RODRIGO GUEDES DE CARVALHO AGOSTO (DATA A DEFINIR), 21h30

Rodrigo Guedes de Carvalho, considerado pela crítica uma das vozes mais importantes da nova literatura portuguesa, e Cecília Andrade, rade, sua editora na D. Quixote – Grupo Editorial Leya, serão os convidados dados de agosto das «5as de Leitura». ar do seu O autor irá falar de toda a sua obra literária, mas em particular mais recente romance «O Pianista de Hotel». ecebeu o Rodrigo Guedes de Carvalho nasceu em 1963, no Porto. Recebeu Prémio Especial do Júri do Festival Internacional FIGRA, em m França, com uma Grande Reportagem sobre urgências hospitalaress (1997). Estreou-se na ficção com o romance «Daqui a Nada» (1992), vencedor do Prémio Jovens Talentos da ONU. Seguiram-se-lhe «A Casa Quieta» (2005), «Mulher em Branco» o» (2006) e «Canário» (2007). É ainda autor dos argumentos cinematográficos de «Coisaa Ruim» (2006) e «Entre os Dedos» (2009), e da peça de teatro «Oss Pés no Arame» (estreada em 2002, com nova encenação em 2016).

“NOS PASSOS DE SANTO ANTÓNIO - UMA VIAGEM MEDIEVAL” APRESENTAÇÃO DO LIVRO DE GONÇALO CADILHE

25 de JULHO, 21h30 AUDITÓRIO MUNICIPAL

Público em geral | Entrada livre Em mais um encontro com o público figueirense, o escritor figueirense Gonçalo Cadilhe apresenta o seu mais recente livro «Nos Passos de Santo António - Uma viagem medieval », com chancela do Clube do Autor.


44

BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS

SÁBADO A LER

01 de JULHO, 05 de AGOSTO, 02 de SETEMBRO, 15h30

“A INFORMAÇÃO NA ERA DA PÓS-VERDADE”

Famílias e crianças | Atividade Gratuita | Sala Infanto-Juvenil

COLÓQUIO

JULHO (data a anunciar), 21h30 AUDITÓRIO MUNICIPAL Público em geral | Entrada Livre

“PRIME TIME IS MY TIME – CRÓNICAS SOBRE COMUNICAÇÃO JORNALISMO POLITICA E CULTURA” APRESENTAÇÃO DO LIVRO DE BRUNO PAIXÃO Conta com a participação de diversos jornalistas nacionais

COMUNIDADE DE LEITORES

29 de JULHO, 26 de AGOSTO e 30 de SETEMBRO, 15h30

Público em geral | Entrada Gratuita A Comunidade de Leitores é uma iniciativa de promoção da leitura, que no último sábado de cada mês realiza um encontro na Biblioteca Municipal, onde se conversa sobre livros, autores, leitura e muitos outros assuntos.

“LUDOTECA, OS MALMEQUERES “ “A ÚLTIMA RODADA”

APRESENTAÇÃO DE LIVRO DE RUI MIGUEL FÉTEIRA

01 de JULHO, 15h00

Público em geral A apresentação da obra está a cargo de Fátima Coimbra e as leituras de Ana Madureira.

FÉRIAS COM A BIBLIOTECA JULHO e AGOSTO

BIBLIOTECA MUNICIPAL | BIBLIOTECA DE PRAIA | BIBLIOTECA DE JARDIM | PRAIA DE BUARCOS | PRAIA DA CLARIDADE | PRAIA DA COVA-GALA | PRAIA DA LEIROSA | PRAIA DE QUIAIOS Público em geral, crianças e famílias | Atividade Gratuita Informações: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Programa: www.cm-figfoz.pt

ATELIER CRIATIVO DE CONTOS E CONSTRUÇÃO DE BRINQUEDOS

20 de JULHO

Crianças Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt A Biblioteca Municipal recebe um grupo de jovens e professores da escola de ensino especial Os Malmequeres - Centro de Ocupação Permanente de Leiria, que vai promover a realização de um atelier criativo com contos e construção de brinquedos em madeira.


BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS 45

COMEMORAÇÃO DO DIA MUNDIAL DO AMBIENTE 05 de JUNHO, 14h00

Escolas do 1º CEB | Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Oficina de reutilização e reaproveitamento de materiais de uso corrente para construção de peças decorativas

COMEMORAÇÃO DO DIA DAS BIBLIOTECAS 01 de JULHO

Público em geral | Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Sessões de contos, visitas guiadas, jogos e ateliers diversos

DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE 12 de AGOSTO

BIBLIOTECA MUNICIPAL | BIBLIOTECA DE PRAIA E JARDIM Jovens | Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia, para grupos: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt A Biblioteca Municipal assinala esta data com um dia de atividades culturais para jovens. Visitas guiadas, sessões de contos e ateliers criativos, jogos tradicionais e outras atividades lúdicas realizam-se durante o dia no espaço da Biblioteca Municipal, Biblioteca de Praia e de Jardim.

DIA INTERNACIONAL DA PAZ 22 de AGOSTO

Público em geral | Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia, para grupos: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Programa a divulgar oportunamente

COMEMORAÇÃO DO DIA DOS AVÓS 26 de JULHO

População sénior e infantil Sujeita a inscrição prévia, para grupos: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Neste dia vamos partilhar memórias e muitas histórias que só existem no coração dos avós.

DIA EUROPEU SEM CARROS Oficina Ambiental 22 de SETEMBRO

Biblioteca Municipal | Parque das Abadias Jardins de Infância | Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Programa a divulgar oportunamente


46

BIBLIOTECA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS

DIA MUNDIAL DO TURISMO

“O TURISMO E OS TURISTAS QUE VISITARAM E VISITAM A FIGUEIRA DA FOZ” OFICINA

27 de SETEMBRO

Escolas 1º CEB| Atividade Gratuita Sujeita a inscrição prévia, para grupos: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt


50

MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA


MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA 49

EXPOSIÇÃO “SOBRE A PELE DA PEDRA”, de Francisco Simões ESCULTURA, PINTURA, DESENHO E CERÂMICA

até 14 de JULHO MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

Sala de exposições temporárias 1 e 2 Público em geral | Entrada Gratuita Francisco Simões nasceu em 1946, em Porto Brandão, "à esquina do Tejo com o mar", e foi aí que criou as suas primeiras esculturas - ingénuas brincadeiras de criança construídas com o barro do chão e com as madeiras trazidas pela maré. Mas nada disso se lhe afigurava como carreira. Foi a intervenção do professor Calvet Magalhães junto da sua mãe que encaminhou este aluno excelente para uma escola artística, a António Arroio, e foi aí, primeiro nas oficinas e depois entre os livros e as conversas com outras sensibilidades artísticas, que Francisco Simões foi descobrindo o seu próprio lugar. Foi bolseiro da OCDE em Roma, Turim, Novara, Verona e Milão em 1967. Em 1968 trabalhou no Museu do Louvre convidado por Germain Bazin. Autor de inúmeras capas de livros e ilustrações, de dezenas de esculturas e pinturas, está representado em Museus e Coleções Públicas. Ao longo de mais de quatro décadas dedicadas às artes, participou em numerosas exposições coletivas e individuais. Onze anos depois de ter exposto na Figueira da Foz, no Centro de Artes e Espectáculos, regressa para expor no Museu Municipal Santos Rocha.


EX EXPOSIÇÃO "A ERA DO LIXO M MARINHO"

SE SETEMBRO NUCLEO MUSEOLÓGICO DO MAR N

EXPOSIÇÃO Ç “ALÉM-MAR”, de Sérgio Eliseu e J. Eliseu JUNHO, JULHO e AGOSTO NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO MAR

Público em geral | Entrada Gratuita "Através de uma pequena selecção de trabalhos de pintura a óleo sobre tela, Pai e filho propõem uma viagem pictórica em torno do tema do mar. Os trabalhos apresentam-se de forma multidimensional, abrindo horizontes a diversas linhas de interpretação por parte do público. Abertura essa que é levada ainda mais além através de uma instalação interactiva experimental a, onde se pode "entrar", através de Realidade Aumentada, num dos trabalhos."

Org Organização: Mare - Universidade de Coimbra, MAREFOZ e Ecogestus, E Lda Co Complementada com diversas atividades de for formação, direcionadas para a comunidade escolar, do docentes e população em geral. Pú Público em geral | Entrada Gratuita A eexposição “A Era do Lixo Marinho” pretende sensibiliza lizar a população em geral para o problema atual do lixo marinho, em particular os resíduos de plástico, qu que constituem mais de 80% do lixo presente nos eco ecossistemas marinhos. Através de objetos produziddos a partir de lixo marinho recolhido em praias e imagens que conjugam Ciência e Arte, são colocadas várias questões ao visitante: O que é o lixo marinho? De onde vem? Quais os perigos para o Homem? Que medidas estão a ser tomadas para reduzir o lixo marinho? Junta-se a esta informação um resumo das atividades conduzidas pelo MARE no âmbito dos estudos sobre lixo marinho.

EXPOSIÇÃO “300 ANOS DE MAÇONARIA AÇONARIA SÍMBOLOS E RITOS 1717 - 2017” 17” 5 de AGOSTO a 7 de OUTUBRO MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA HA

Público em geral | Entrada Gratuita ação da Grande Loja Esta exposição pretende evocar os 300 anos da fundação de Inglaterra - “a primeira obediência universal”- e dar a conhecer uma das mais enigmáticas e controversas organizações mundiais. ndiais. A Maçonaria esteve presente na Figueira da Foz desde os seus primórdios, rdios, contando com insignes obreiros como Manuel Fernandes Tomás, António dos Santos Rocha, Goltz de Carvalho, João de Barros, Joaquim m de Carvalho, entre outros. Para além do Museu Maçónico Português, o Museu eu Municipal Santos Rocha e a Biblioteca Municipal Pedro Fernandes Tomás,, detêm um dos mais ricos e completos legados documentais, a que se alia um vasto espólio de insígnias e objetos, testemunho deste mundo secreto e discreto. O discurso expositivo permitirá, ao visitante, vislumbrar rar a simbologia e a ritualística desta ancestral organização.


52

“O MAR NÃO VAI DE FÉRIAS” ATIVIDADES LÚDICO PEDAGÓGICAS DIVERSAS

de JUNHO a AGOSTO NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO MAR

Escolas do 1º CEB, Jardins de Infância e ATL´s Atividades Gratuitas Sujeitas a inscrição prévia: nucleo.mar@cm-figfoz.pt

Não é magia, é Ciência!

Atividades de ciências experimentais

Descobrir as poças de maré Atividade sujeita a condições de maré

Contos do mar

Exploração do conto “Nem todos os pardais são pardos”, de Milu Loureiro e Joana Rita

Explorar o Núcleo do Mar

Atividades pedagógicas diversas (atividades diversas sujeitas a marcação prévia direcionadas para alunos de jardins de infância e 1º ciclo)

O Mar: conhecer para preservar Construção de maquete de praia em 3D

Construção de uma maquete com representação da zona costeira rochosa e dunar. Exposição da fauna e flora existente na zona rochosa, como é exemplo a Praia de Buarcos, e da zona dunar, como a Praia do Cabedelo ou Murtinheira.

Elaboração de cartazes ilustrativos da fauna e flora de zona costeira

Pintura e recorte de exemplares de fauna e flora que habitam as praias e zona entre marés. Elaboração de pósteres com representação das diferentes áreas costeiras e colocação dos diferentes elementos ilustrados nas zonas correspondentes.

Observação de espécies marinhas à lupa

Observação de exemplares de fauna e flora marinha recolhida na Praia de Buarcos.

5 DIAS 5 PASSOS NA CULTURA CAMPO DE FÉRIAS NÃO RESIDENCIAL

26 a 29 JUNHO e 04 a 07 de JULHO MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA, NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MAR E DO SAL, PRAIA DE BUARCOS Crianças dos 06 aos 08 anos Max: 20 crianças/semana 30 € - pagos no ato da inscrição | isenções totais e parciais (50% para beneficiários de escalão A e B) Inscrições: 05 a 09 junho | Presencialmente ao balcão do Museu Municipal | 09h30 – 17h00 Ficha de inscrição e programa provisório disponíveis em: www.cm-figfoz.pt

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO E DIA MUNDIAL DO TURISMO 23, 24, 25 e 27 de SETEMBRO MUSEU MUNICIPAL, NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MAR E DO SAL E OUTROS EQUIPAMENTOS CULTURAIS MUNICIPAIS

O Programa estará brevemente disponível em: www.cm-figfoz.pt À semelhança de anos anteriores o Município da Figueira da Foz junta-se à programação das Jornadas Europeias do Património 2017 e do Dia Mundial do Turismo.


MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA 53

(A)GOSTO COM SABOR A SAL 10º aniversário Núcleo Museológico do Sal AGOSTO NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO SAL

Público em geral Programa brevemente disponível: www-cm-figfoz.pt Ao longo do mês de agosto o Núcleo Museológico do sal vai celebrar o seu 10º aniversário, com um programa vasto de atividades, “(A)GOSTO COM SABOR A SAL”. O salgado da Figueira da Foz oferece uma vida condimentada. Junte-se a nós e partilhe o prazer de cada acontecimento, descubra as emoções que os “jardins de sal” nos proporcionam e que acreditamos serem do seu agrado.

EXPOSIÇÃO “GENTE DO SAL”, de Renato Neves até 25 de JUNHO NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO SAL

Público em geral | Entrada Gratuita “Gente do Sal” é um tributo a todos aqueles que, direta ou indiretamente, mantêm viva a memória e a atividade salineira da Figueira da Foz. Os retratados são de, antigos e novos marnoteiros, ou pessoas que não sendo produtores, trabalham ou estão relacionadas com os produtos e a tradição cultural do salgado da Figueira da Foz. São eles a garantia deste legado e desta paisagem. O reconhecimento do valor do salgado figueirense como Património Cultural e Natural, passa também, pelo reconhecimento dos que lhe deram - e continuam a dar – VIDA.


56

EVENTOS | FESTAS DA CIDADE - S. JOÃO 2017

FESTAS DA CIDADE | S. JO JOÃO OÃO 2017

CONCERTO

10 de JUNHO, 22h00 JARDIM MUNICIPAL

São jovens, cantam em português e já nos habituaram às suas músicas dançáveis, com letras que não saem da cabeça nem das rádios nacionais, como «A cada passo», «Distância» ou «Falar a dois». Neste dia em que se celebra o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a festa no Jardim Municipal é de entrada livre e termina com a atuação do DJ Diogo Jerónimo.

UNIDOS MUSICAMOS MÚSICA

17 de JUNHO JUNHO, 18h00 PRAIA DO RELÓGIO

O Município e as Bandas Filarmónicas da Figueira da Foz renovam o desafio “Unidos Musicamos” que assinala a abertura da época balnear na Praia do Relógio e dos seus novos equipamentos de lazer e diversão para usufruto dos figueirenses e comunidade em geral. Neste evento participam centenas de músicos que compõem as oito Bandas Filarmónicas do concelho, os quais vão desfilar entre a Avenida 25 de Abril e a Torre do Relógio, terminando aí com um concerto às 19h00.


FESTAS DA CIDADE - S. JOÃO 2017 | EVENTOS

57

FESTAS DA CIDADE | S. JOÃO 2017 MARCHAS POPULARES

23 de JUNHO, 21h00 TORRE DO RELÓGIO -> PRAÇA DO FORTE 24 de JUNHO, 22h00 COLISEU FIGUEIRENSE

ESPETÁCULO PIROMUSICAL 23 de JUNHO, após as Marchas Populares

FESTA EM DESTAQUE BANHO SANTO

24 de JUNHO, 01h00

& A Festa do Banho Santo este ano faz-se com DJeff Afrozila, nome artístico de Tiago Barros, um português com raízes em Angola e Cabo Verde, que tem vindo a conquistar o mundo da música eletrónica de dança. Após o lançamento do álbum “Malembe Malembe”, seguido de “Ascensão do Soldado”, Djeff Afrozila prepara o lançamento da sua próxima obra discográfica intitulada “Gratitude”, do qual farão parte os sucessos Reborn, So Blessed e Awakening. De Djeff Afrozila esperam-se boas energias para uma ida ao Banho Santo…


58

EVENTOS | FESTAS DA CIDADE - S. JOÃO 2017

FESTAS DA CIDADE | S. JOÃO 2017 MARCHAS M ARCHAS POPULARES POPULARES 24 de de JUNHO, J N JU NH HO, HO, O, 22h00 22h 2h00 0 00 COLISEU CO C OLLIISE SEEU U FIGUEIRENSE FIGU FI GUEEIREENS NSE SE

CONCERTO

30 de JUNHO, 22h00 PRAÇA DO FORTE TE

A 30 de junho, Os Azeitonas, onas, a percorrer o país em digressão, chegam à Praça do Forte para um dos concertos do ano na Figueira da Foz, ou não ão fossem milhares os fãs que sabem de cor músicas como «Quem És Tu Miúda», «Anda Comigo Ver os Aviões», «Tonto de ti» ou «Nos Desenhos Animados (Nunca Acaba Mal)». O concerto ideal para a despedida de junho e a receção a um mês de julho inesquecível…

E AINDA... ARRAIAIS POPULARES RES | FOGUEIRAS DE S. JOÃO | FEIRA POPULAR | FEIRA DAS FREGUESIAS REGATAS | BEACH SPORTS | MEIA MARATONA


GASTRONOMIA | EVENTOS

59

SEMANA GASTRONÓMICA DAS CALDEIRADAS 02 a 11 de JUNHO RESTAURANTES ADERENTES

SEMANA GASTRONÓMICA DA RAIA 21 a 20 de JULHO RESTAURANTES ADERENTES

SEMANA GASTRONÓMICA DA SARDINHA 01 a 10 de SETEMBRO RESTAURANTES ADERENTES

Sob o lema “Figueira à Mesa” a Associação Figueira com Sabor a Mar organiza diversas ações que visam promover e divulgar a gastronomia figueirense.


60

EVENTOS | DESPORTO

REGATAS

CNAFF | MARINA DA FIGUEIRA DA FOZ

23º RALLY PORTUGAL À VELA 2017 ETAPA FIGUEIRA DA FOZ

17 a 20 de JUNHO

REGATA DE S. JOÃO 2017 24 de JUNHO

4ª REGATA COSTEIRA DO CNAFF 2017 15 de JULHO

XI VOLTA A PORTUGAL À VELA 23 a 25 de JULHO

2º TROFÉU FÓRMULA FUTURO MOTONÁUTICA

05 e 06 de AGOSTO

13ª SUBIDA DO MONDEGO 2017 16 de SETEMBRO


DESPORTO | EVENTOS 61


62

EVENTOS | DESPORTO

FIGUEIRA DA FOZ INTERNACIONAL LADIES OPEN 2017 03 a 11 de JUNHO, 09h00 TENNIS CLUB DA FIGUEIRA DA FOZ

FIGUEIRA FIT

01 e 02 de JULHO PRACETA LEDESMA CRIADO

12º ENCONTRO IBERO-BRASILEIRO DE CAPOEIRA 13 a 15 de JULHO ARTÉRIAS DA CIDADE 15 de JULHO PREGUIÇA

2ª EDIÇÃO FIGUEIRA CITY RACE PROVA DE ORIENTAÇÃO

16 de JULHO, 10h00

TRIATLO DA FIGUEIRA DA FOZ 30 de SETEMBRO, 10h00

TAÇA DE PORTUGAL DE SURFING 06 a 10 de SETEMBRO, 08h00 PRAIA DO CABEDELO


14 de JULHO a 26 de AGOSTO

COIMBRA EM PIANO DE FUNDO

ESPETÁCULO MUSICAL DA REDE CASTELHOS E MURALHAS DO MONDEGO

14 de JULHO, 22h00

FESTIVAL ONJ COM KÁTIA 28 de JULHO, 22h00

GUERREIRO

ORQUESTRA DE JAZZ DO CAE & JACINTA 29 de JULHO, 22h00

LUÍSA SOBRAL 04 de AGOSTO

RODRIGO LEÃO E SCOTT MATTHEW 05 de AGOSTO, 22h00

“CORRER O FADO”, de QUORUM BALLET DANÇA

11 de AGOSTO, 22h00

SALVADOR SOBRAL 14 de AGOSTO, 22h00

MOSELLE VALLEY BRASS BAND 15 de AGOSTO, 22h00

WARM UP, de GLIDING BARNACLES 25 e 26 de AGOSTO


64

EVENTOS | ESPETÁCULO

7,8 E 9 DE JULHO 2017 FIGUEIRA DA FOZ

praia do relógio / 14h00 - 01h00 sex. 07

sab. 08

armin van buuren

dom. 09

blasterjaxx tiesto ordem alfabética • alfabetic order

3lau • BREATHE CAROLINA • BRENNAN HEART • FLORIAN PICASsO • KUNGS KURA • LAIDBACK LUKE • MARNIK • MERK & KREMONT • MIKE WILLIAMS NERVO • Rich & Mendes • SAN HOLO • SUNNERY JAMES & RYAN MARCIANO TIMMY TRUMPET • Tungevaag & Raaban PROMOTOR/PRODUCTION

ARTIST COORDINATION

OFFICIAL SPONSORS

OFFICIAL PARTNERS

MEDIA PARTNERS

Bilhetes à venda nos locais habituais: www.blueticket.pt, Meo Arena, FNAC, Worten, El Corte Inglês, Agências ABEP, Media Markt, Turismo de Lisboa, PAGAQUI, ACP, Casino Figueira e na bilheteira do recinto nos dias do evento. Informações e reservas: 18 20


ESPETÁCULO | EVENTOS 65

FESTIVAL PIRATA 2017 27 a 30 de JULHO RUA 5 DE OUTUBRO BUARCOS

É já uma tradição de verão: as muralhas de Buarcos animam-se numa viagem no tempo que nos leva ao século XIII, com os seus trajes, um mercado de sabores e saberes e, claro, os temíveis piratas, com direito a desembarque na praia… Animação itinerante, recriação histórica e artes performativas, personagens, rábulas, música e dança fazem parte do 7.º Festival Pirata Português, que «invade» a vila de Buarcos e aguarda a sua visita.

WOODROCK

20 a 22 de JULHO PRAIA DE QUIAIOS

O WoodRock Festival volta à Praia de Quiaios para a sua 5ª edição, contando no seu line up com 14 bandas,sendo 5 delas internacionais e tendo como cabeça de cartaz os portugueses Mão Morta. 3 dias de praia,sol e muita música. A conferir nos dias 20,21 e 22 de julho, na nossa praia, que é o rock.

TAU, THE LEGENDARY FLOWER PUNK, DESERT MAMMOOTH 20 de JULHO CORREIA, BLACK WILLOWS, MR. MIYAGI, LÂMINA, ODDHUMS, DÚVIDA 413 21 de JULHO MÃO MORTA, VODUN, BALA, HER NAME WAS FIRE, MR. MOJO 22 de JULHO


66 EVENTOS | ESPETÁCULO

FESTIMAIORCA

15 a 20 de JULHO MAIORCA 16 a 20 de JULHO FIGUEIRA DA FOZ (PREGUIÇA)

FINDAGRIM

09 a 13 de AGOSTO MAIORCA DAVID CARREIRA 09 de AGOSTO NÉMANUS 10 de AGOSTO COCK ROBIN 11 de AGOSTO

TONY CARREIRA 13 de AGOSTO

FOTOGRAFIA . MAURO CORREIA

MIGUEL ARAÚJO 12 de AGOSTO


68 EVENTOS | ESPETÁCULO

CARNAVAL DE VERÃO 19 de AGOSTO, 14h30 AV. 25 DE ABRIL

Os ritmos quentes do Samba regressam à cidade com o “Carnaval de Verão”. A edição deste ano promete muita animação a partir das 14h30 com o trio elétrico e a alegria das escolas de samba: A Rainha, Novo Império, Unidos do Mato Grosso, às quais se juntam as convidadas, Sócios da Mangueira, da Mealhada, Costa de Prata, de Ovar e Vai Quem Quer, que vem representar Estarreja. A festa continua pela noite dentro com muita animação.

JOANA BAGULHO TOCA CARLOS PAREDES EM CRAVO 23 de AGOSTO, 22h00 MERCADO MUNICIPAL

GLIDING BARNACLES

28 de AGOSTO a 03 de SETEMBRO GARAGEM AUTOPENINSULAR E PRAIA DO CABEDELO

O Gliding Barnacles 2017 (GB17) será alicerçado em sentimentos de partilha e diversão, associados a uma cultura de surf clássico, com participação de artistas e curiosos de todo o mundo.O GB17 apresentará novas parcerias, e manterá as existentes, com o intuito de apresentar artes performativas inovadoras, dar a conhecer os melhores vinhos de Portugal produzidos em pequena escala, artes gráficas, design e fotografia, workshops diversos e inclusivos.O evento decorrerá na praia do Cabedelo durante o dia, e do fim do dia até de madrugada no centro da cidade. Estão todos convidados! #GB17


- ON THE ROAD -

FIGUEIRA DA FOZ 14 AGO - 20 AGO PRAIA DO RELÓGIO O SEVEN ON THE Road vai agitar a Praia do Relógio com os melhores DJs, os melhores músicos e a melhor música. Muito mais que um evento de 7 dias, o SEVEN ON THE ROAD pretende ser um acontecimento social, aberto a todos os agentes culturais e económicos da Figueira da Foz. A experiência do SEVEN em Vilamoura e do Sound Beach na Praia da Falésia são a garantia de sucesso para a Figueira da Foz

/sevenvilamoura

/Seven Vilamoura

@sevenvilamoura

sevenvilamoura.pt


Festas de S. Pedro

Encontro de Folclore

Festejos de Sto. António

Arraial de Sto. António

Festas de Sto. António

em jun

em jun

em jun

em jun

em jun

Santa Luzia, Lavos

Lg de Sto António, S Julião, Figueira da Foz

Carritos, Tavarede

Marinha das Ondas

Buarcos

Sanfins, Maiorca

Maiorca

Local

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Feira Mensal do Alqueidão

Feira Bimensal de Maiorca

Feira de Velharias

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Feira Bimensal de Maiorca

Festas de S. Tomé

Festas de S. Pedro

Festejos de S. Pedro

Festas de S. Pedro

Festas de S. Simão

Festejos de Nª Sra. da Piedade

Festas de Nª Sra. do Livramento

Festa de Nª Sra. da Luz

Festejos de S. Teotónio

Festas de Verão

Festas de Nª Sra. da Conceição

Festas de Sta. Bárbara

03/06

07/06

17/06

17/06

18/06

28/06

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

em jul

Vais, Buarcos

Lares, Vila Verde

Quiaios

Brenha

Carvalhais, Lavos

Gigante, Marinha das Ondas

Anta, Maiorca

Carvalhais, Alhadas

Cova-Gala, S. Pedro

Buarcos

Alhadas

Ferreira-a-Nova

Maiorca

Jardim Municipal

Rua 5 de Outubro

Maiorca

Mercado Geral, Alqueidão

Jardim Municipal

Matos, Sampaio, Marinha das Ondas

Mercado Geral, Ferreira-a-Nova

Feira Mensal de Ferreira-a-Nova

Festa Popular

03/06

03/06 e 04/06

Feira Mensal de Marinha das Ondas

02/06

Cova-Gala, S. Pedro

Mercado Geral, Marinha das Ondas

Festas de S. Pedro

em jun

FEIRAS R S FESTAS FEST TAS R ROMARIAS I

Festas Populares de Sanfins

Evento

em jun

Hora

Festas dos Santos Populares

Data

em jun


Feira Bimensal de Maiorca

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

17/07

16/07

Jardim Municipal

Maiorca

Rua 5 de Outubro

Mercado Geral, Alqueidão

Mercado Geral, Ferreira-a-Nova

Mercado Geral, Marinha das Ondas

Jardim Municipal

Local

Festas de Sto. Isidoro

Festival Nacional de Folclore

Feira Mensal de Marinha das Ondas

Feira Mensal de Ferreira-a-Nova

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Feira Mensal do Alqueidão

Feira Bimensal de Maiorca

Feira de Velharias

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Festas de Nª Sra. da Saúde

Feira Bimensal de Maiorca

em ago

02/08

03/08

05/08

07/08

17/08

19/08

20/08

20/08

28/08

Festa de Nª Sra. da Esperança

em ago

Festival de Folclore

Festas de Sta. Bárbara

em ago

em ago

Festas de S. Mamede

em ago

em ago

Festas de Nª Sra. dos Remédios

em ago

Festival Folclore e Etnográfico

Festas de Nª Sra. de Santana

em ago

Festival Folclore Internacional

Festas de S. Tomé

em ago

em ago

Festas de Nª Sra. da Boa Viagem

29/07 e 30/07

em ago

Feira Bimensal de Maiorca

28/07

Maiorca

Ribas, Alhadas

Jardim Municipal

Rua 5 de Outubro

Maiorca

Mercado Geral, Alqueidão

Jardim Municipal

Mercado Geral, Ferreira-a-Nova

Mercado Geral, Marinha das Ondas

Carvalhais, Lavos

Cova da Serpe, Quiaios

Quiaios

Vila Verde

Praia da Leirosa, Marinha das Ondas

Esperança, Alhadas

Vais, Buarcos

Quiaios

Bom Sucesso

Santana

Ferreira-a-Nova

Leirosa, Marinha das Ondas

Maiorca

FEIRAS I S FESTAS FEST STAS RO ROMARIAS S

Feira Mensal do Alqueidão

Feira de Velharias

15/07

Feira Mensal de Ferreira-a-Nova

03/07

07/07

Feira Mensal de Marinha das Ondas

Evento

02/07

Hora

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Data

01/07


Festa Anual

Feira Mensal de Marinha das Ondas

Feira Franca Mensal de Colecionismo, Antiguidades e Velharias

Feira Mensal de Ferreira-a-Nova

Festas do Senhor

em set

02/09

03/09

03/09

03/09

Quiaios

Mercado Geral, Ferreira-a-Nova

Jardim Municipal

Mercado Geral, Marinha das Ondas

Marinha das Ondas

Buarcos

Alhadas

Local

Feira Mensal do Alqueidão

Feira de Velharias

Feira Bimensal de Maiorca

Feira Bimensal de Maiorca

07/09

16/09

16/09

28/09

Maiorca

Maiorca

Rua 5 de Outubro

Mercado Geral, Alqueidão

FEIRAS R S FESTTAS R ROMARIAS I

Festas da Sra. da Encarnação

Evento

em set

Hora

Festas de Santíssimo Sacramento

Data

27/08


RAรZES

Mariza, Jorge e Custรณdio

7 de OUTUBRO, 21h30

Agenda 2 2017  

Agenda de Cultura e Eventos da Figueira da Foz, de junho a setembro de 2017

Advertisement