Page 1

Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

Blog: wwwescolaparaadultos.blogspot.com/

T do

15

endo em vista este ser um ano de aniversário dos

Adultos (EA), de

Informação

Projeto

de

o acadêmico da

da

ideia de criar um

de

Informática,

Jornal Informativo

e reciclagem de

a fim de realizar a divulgação da

Gisele Martiny,

e ex-bolsista do

de

de

Este

do curso de

Sistemas

Inclusão Digital

Profª Rogéria Lourenço

a qual realizou a revisão dos

dos

Santos

Textos. Ainda

da

Sistemas

onde é bolsista

EA,

Escola,

e

teve a

bem como

Carlos Eduardo W.

jornal ainda contou com o apoio

contribuiu com seus conhecimentos em diagramação.

grande apoio da

para

Computadores)

módulos intermediário e avançado da

voluntário da acadêmica

Extensão

Escola

do curso de

Santa Maria - FAMES,

FAMES (Inclusão Digital

o registro das atividades realizadas mensalmente.

Projeto

anos do grupo

Carlos Eduardo Weizenmann,

Faculdade Metodista

Extensão

professor da disciplina de

Ela

Sobre a EA...

O Projeto....

e

de

Informação (FAMES)

Reciclagem

Também

de

Computadores.

podemos contar com o

Disciplina

de

Português/Inglês,

contamos com o apoio de alunas da

com seus blogs, onde fazem postagens de eventos realizados pelo grupo da

EA,

Escola.

Gisele Martiny

O Programa Escola para Adultos iniciou suas atividades em agosto de 1996 como um projeto de extensão da Universidade Federal de Santa Maria em parceria com o IMC, denominado Universidade & Centenário: Uma Escola para Todas as Idades recebendo, pelos alunos, o nome de Escola para Adultos. Continue lendo na página 2


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

2

A História da EA O Programa Escola para Adultos iniciou suas atividades em agosto de 1996 como um projeto de extensão da Universidade Federal de Santa Maria em parceria com o IMC, denominado Universidade & Centenário: Uma Escola para Todas as Idades recebendo, pelos alunos, o nome de Escola para Adultos. Desenvolveu-se por dez anos como um projeto de extensão que objetivava atender as solicitações de atualização de ex-alunos e ex-professores do Colégio Centenário como também as pessoas da comunidade Santamariense. A proposta vinculava-se aos estudos referentes ao envelhecimento humano por receber pessoas com idade igual ou superior aos 45 anos, sendo as disciplinas organizadas em função das disponibilidades dos professores do Colégio Centenário e da UFSM. Também permitia-se a participação de estagiários e colaboradores que atuavam ministrando algumas disciplinas. O Programa Escola para Adultos desenvolveu-se por dez anos como um projeto de extensão da UFSM no Centenário, e por um semestre como um Setor do Colégio Centenário, buscando atender as solicitações de atualização de seus ex-alunos e ex-professores. Integrando-se aos rumos seguidos pela própria instituição, que assume uma nova proposta visando o crescimento integrado e fortalecido pela Rede Metodista de Educação do Sul, em 2007, a Escola para Adultos acompanhando esta evolução, apresenta-se no ano de 2007 sob nova abordagem e objetivos. Reestruturou-se totalmente em sua organização, professores e coordenação. No segundo semestre de 2007, reformula-se novamente integrando um programa maior, idealizado segundo as Diretrizes e Princípios da Política Institucional da Extensão, denominado Universidade do Adulto Maior que objetiva não apenas contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas, como também, cumprir com o papel de agente mobilizador de ações acadêmicas ou não na área do envelhecimento humano. Como trata-se de um projeto vivencial, organizado e concretizado para pessoas que em inúmeros casos modificam seu dia-a-dia pela participação no mesmo, a UAM na Fames adaptou-se a realidade local, sendo as modificações inseridas em um processo natural, em causar impactos aos alunos, que já participavam do projeto existente, anterior as reformulações.

Assim, reformulou-se o programa segundo as características da Rede, tornando-se UAM – Escola para Adultos, ao mesmo tempo em que continua sua missão de valorizar os participantes que acompanham a Escola para Adultos por mais de 10 anos na cidade de Santa Maria e que já é marco na concepção de estudos e práticas relativas ao envelhecimento humano nesta cidade. No 2º semestre de 2008, a Escola para Adultos passa a ser um Programa Multidisciplinar da Faculdade Metodista de Santa Maria, denominado Escola para Adultos. Essa denominação e caracterização se mantém até os dias atuais. O objetivo do programa é discutir noções referentes à idade adulta e velhice, norteado pelos aspectos biológicos, filosóficos, psicológicos, sociais, artísticos, religiosos, políticos, jurídicos, e todos os demais que possam auxiliar no aperfeiçoamento e que despertem interesse de adultos/idosos. Propõese oferecer oportunidades de atualização de conhecimentos com atividades e aulas práticas e/ou oficinas, através de um trabalho multidisciplinar. A carga horária é de horas distribuídas em quatro ou mais dias por semana, sendo as disciplinas e oficinas diferentes a cada encontro. Os professores são da Faculdade Metodista de Santa Maria ou convidados no caráter de palestrante. Os alunos participam de três módulos, sendo distribuídos semestralmente, e no final destes recebem um atestado de participação. Os módulos são revistos a cada três semestres, pelo fato de que alguns alunos, por opção pessoal, tornaram-se parte da historia do próprio Instituto Metodista, desejando permanecer neste espaço educativo. Neste local realizam também seus objetivos pessoais de conhecimento, atualização e convívio. Nestes quinze anos de existência da Escola para Adultos contou-se com a participação de mais de 2 mil alunos, deixando seu registro em fichas de inscrições, devidamente oficializadas nos históricos do projeto. E, pelos trabalhos que os próprios alunos realizaram como as apresentações da disciplina do Coral – Adultos EnCanto, na cidade de Santa Maria e região em diversos eventos e oportunidades que foram convidados. Também são partícipes, colaborando ou representando a Escola para Adultos em todos os eventos e datas importantes do Colégio Centenário ou Fames. O elenco das disciplinas ofertadas no Programa são:

Tatiana Valeria Trevisan

Mestre em Educação – Especialista em Envelhecimento Humano UFSM (2000); Formada em Educação Física – Licenciatura Plena– UFSM (1997); Atua como Coord. de Extensão e Ação Comunitária, Profª e Coord. do Curso de Ed. Física – FAMES; Profª Externa da Universidade Aberta do Brasil – EaD – UFSM; Atualmente Coord. dos Programas de Extensão: Prog. de Atividade Física Para Idosos Institucionalizado – PRAFIS, Recreação Terapêutica no Âmbito Hospitalar e a EA; Exerce Atividades Profissionais em PósGraduação na Área da Educação e Saúde; DISCIPLINAS OFERTADAS PELO PROGRAMA: • 1° MÓDULO: 1) Redescobrindo o Mundo da Computação 2) Fundamentos da Língua Espanhola 3) O uso do Direito na Vida Cotidiana 4) Quimeras da Vida Adulta 5) Caminhos em Filosofia 6) Pratica de Comunicação e Expressão I 7) Oficina: Adultos em Canto 8) Oficina: Vida Adulta e Espiritualidade 9) Oficina do Movimento: Hidroginástica 10) Oficina: Literatura Espanhola • 2° MÓDULO: 1) Uso da Informação Tecnológica 2) Fundamentos Língua espanhola II 3) Direito e Cidadania 4) Quimeras da Vida Adulta II 5) Estudos em Filosofia 6) Pratica de Comunicação e Expressão II 7) Oficina: Adultos em Canto 8) Oficina do Movimento: - Hidroginástica; - Musculação; - Ginástica Fisioterápica; - Dança de Salão. 9) Oficina: A Qualidade de Vida e Saúde 10) Oficina: Planejamento Financeiro e Pessoal • 3° MÓDULO: 1) Network 2) Língua Espanhola - Conversação 3) Pratica de Comunicação e Expressão III – Produção Textual 4) Quimeras da Vida Adulta: Atividades Dissertativas 5) Filosofar: Relações Comunicativas e Artísticas 6) Direito Social: Práticas Sociais e Solidárias em Comunidades 7) Oficina: Adultos em Canto 8) Oficina do Movimento: - Hidroginástica; - Musculação; - Ginástica Fisioterápica. - Dança de Salão; - Teatralidade. 9) Oficina: Qualidade e Cuidados com a Voz 10) Oficina: Marketing Pessoal OBS: Todo semestre as disciplinas que compõem os módulos são revistas.


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

3

Algumas palavras... Ao receber o convite para trabalhar “linguagem” na Escola para Adultos da FAMES várias expectativas surgiram. Afinal, como seria trabalhar com esse público... Quais seriam os desejos, o que os alunos e alunas esperavam das aulas?? Logo no primeiro encontro, todas as sensações foram substituídas por uma alegria imensa que foi sentida durante todos os dias de aula. Foi um tempo fe-

liz durante o qual eu aprendi, sorri e chorei, algumas vezes....Lemos muitas coisas interessantes, Rubem Alves, Mario Quintana, Clarice Lispector... E, assim, essa experiência profissional transformou-se em uma imensa experiência de vida e aprendizagem! Lembrarei sempre, com muito carinho e saudade, o tempo em que estivemos compartilhando saberes...

Prof ª Andrea Reginatto Mestre em Letras (PUCRS); Doutoranda em Letras (PUCRS); Atua como docente no ensino superior na área de Letras; Coord. de Graduação, Pesquisa e Pós-Graduação na FAMES.

Passeios O grupo de alunos da Escola para Adultos realizou, no dia 12 de agosto de 2011, um city tour pela cidade. Vários pontos turísticos de nossa cidade foram visitados, e, à medida que o passeio transcorria, era conhecido um pouco mais dessa cidade que tem uma história interessante, na qual não faltam lendas e fatos pitorescos. A visita à Basílica da Medianeira revelou um complexo

de murais lindos (detalhados em outro roteiro). Numa visão rápida, nós nos deparamos com o talento do Nuno Kobra, autor do painel que enfeita o já famoso Largo da Locomotiva. Guias militares muito bem preparados nos mostraram o acervo do Museu Mallet. Em alguns momentos, a guia quase foi “atropelada”, pois, o afã da Escola já é conhecido, eles têm pressa em tudo (será coisa da idade?). Poderíamos ter conhecido mais detalhes... É uma louvável experiência

que o curso de Turismo da UNIFRA e a Secretaria de Turismo de Santa Maria vêm realizando e que merece nosso apoio para que seja aperfeiçoada e venha a encantar os turistas que aqui chegarem. Por Lia Rauber - Aluna da EA.

UFSM VISITA AO PLANETÁRIO

do até um calendário. Foram vistos pirâmides, palácios, tumbas e sarcófagos como registros daquele tempo e que se conservam até os dias de hoje. De quebra, a turma fez registros fotográficos em frente ao Planetário, mostrando o lindo jardim e gramado, e dentro dele, junto à parede pintada por Eduardo Trevisan, mostrando astronautas no espaço. Tudo para apreciarmos e aumentarmos nosso conhecimento.

No Dia 16/09, alguns alunos da EA foram visitar o PLANETÁRIO DA UFSM. Para alguns, era novidade e, para outros, apenas iriam rever o local. Numa sessão de 40 minutos, foram assistidos 3 filmes: 1º - SOS - NATUREZA, 2º - NIGHTWALK, 3º - ESTRELAS DOS FARAÓS. Os dois primeiros filmes eram curtas, para nos mostrar a necessidade de conservarmos nosso planeta com as maravilhas que ainda tem. O terceiro foi um documentário sobre o céu egípcio e os estudos feitos por esse povo na Antiguidade, relacionando-se faraós, deuses e estrelas, e estabelecen-

JARDIM BOTÂNICO Também no Dia 16/09, o Grupo de Alunos da Escola Para Adultos, realizou um passeio pelo JARDIM BOTÂNICO, no qual foram recebidos pelo Diretor Professor Renato Aquino Zachia, que gentilmente mostrou o local, salientando as variedades de plantas ou as mais interessantes, dando-nos, assim, verdadeira aula de Botânica. Das espécies naturais e exóticas, circulamos entre pitangueiras, amexeiras, jambolão, jatobás,taquaras, pinheiros, azaleias e outras mais, desfrutando, eventualmente, de alguma fruta que estava no caminho, e ao

alcance das mãos. Queremos agradecer ao Professor Renato pela paciência e presteza com que nos mostrou o “caminho das plantas”. Com certeza, houve grande aprendizado nesse local, e a UFSM deve preservar e divulgar esse trabalho que seus abnegados professores e funcionários mantêm. Para finalizar o passeio, os alunos deixaram assinaturas no Registro de Visitantes, e para registrado o momento, nada melhor do que uma foto coletiva para a posteridade! “É a EA acontecendo em seus 15 anos de existência” - Por Lia Rauber - EA


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

Os projetos Musculação...

4

Gestão do Tempo & Atualidades...

Atuando na Escola para Adultos há um ano e meio como Apoio Extensionista. Posso dizer que nesse tempo tenho aprendido muito com a troca de experiência com pessoas mais velhas, e também, é uma experiência de vida e com certeza contribuirá para a minha formação, já que além, de apoio do programa, atuo como orientadora de musculação.

Priscila Dias - Acad. Ed. Física - FAMES

Cases Jurídicos... A disciplina de Case Jurídicos tem por objetivo apresentar e discutir, com os alunos, situações encontradas no dia a dia de nossos discentes, bem como as que nos são apresentadas pelas mídias, sejam locais ou nacionais. Abordamos, ainda, um viés educativo, apresentando os principais dispositivos legais presentes no cotidiano dos alunos, como: o Código de Defesa do Consumidor, o Estatudo do Idoso, as Legislações Trabalhistas, entre outros. Prof. Mauro Cesar Maggio Stürmer Graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria UFSM (2003), Especialista em Direito Penal Militar pela Faculdade de Direito de Santa Maria - FADISMA (2007), Mestre em Direito Público pela Universidade de Direito de Santa Cruz do Sul (2009). Atualmente, é professor de Direito da Faculdade Metodista de Santa Maria - FAMES e Analista Judiciário do Superior Tribunal Militar - STM - DF.

A disciplina Gestão do Tempo & Atualidades visa debater, com os alunos e as alunas da Escola para Adultos, questões relativas à administração do tempo durante as 24 horas do dia, descrevendo técnicas para gerenciamento, determinando as principais atividades e suas prioridades. Também procura discutir o impacto das “atualidades” no dia a dia das pessoas e sua interferência na gestão do tempo. João Carlos Coelho Junior é Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing, Mestrando em Administração de Empresas, e é Professor de Ensino Superior desde 1994.

Informática... Neste segundo semestre de 2011, a escola para Adultos está com três turmas de informática, que são: básico, intermediário e avançado. A turma de informática básica, cujas aulas são ministradas pelo professor Leonardo, é destinada para iniciantes, alunos que sabem pouco ou quase nada de informática. O objetivo é apresentar a história do computador, bem como seu funcionamento, conhecendo o Windows e explorando seus recursos funcionais. Já a turma de intermediário, ministrada pelo Professor Carlos Eduardo Weizennmann (Cadu), tem por objetivo apresentar demais ferramentas não exploradas no módulo básico, tais como internet, e-mail, ferramentas Home Office (Word, Excel, Power-Point), vídeos, pesquisas e trabalhar com pen drive e câmera digital. A turma de avançado, também com o Professor Cadu, tem por objetivo trabalhar com ferramenta de desenho, editoração de vídeos, gravação de CD/DVD, entre outros.

Português e Inglês... A disciplina de Língua Portuguesa visa trabalhar a língua portuguesa do Brasil com foco nos aspectos sociais e culturais. Além de regras, normas, exceções, a preocupação, nas aulas, é trabalhar a língua com respeito as suas peculiaridades, mas também como forma de representação de uma visão específica sobre o mundo, e, portanto, flexível, contextualizada e repleta de variações. Dessa forma, os alunos refletem, como cidadãos, a importância de utilizar a língua em cada situação, na forma oral e escrita, de acordo com os objetivos desejados, sempre cientes da ideologia que se reflete por trás das escolhas das palavras e das construções linguísticas. A disciplina de Língua Inglesa visa trazer aos alunos uma visão básica e geral das quatro habilidades linguísticas:

leitura, escrita, fala e compreensão auditiva. A partir de uma abordagem comunicativa, os alunos são estimulados a ouvir e ler diálogos, bem como a reproduzir frases curtas em inglês. O ensino da gramática também é contemplado nas aulas. O mais importante, no entanto, é desmistificação de alguns aspectos relacionados à língua, como o achar que é impossível aprender idiomas em uma determinada fase da vida e, principalmente, o exercício da persistência e da superação que é exercido em cada aula. Rogéria Lourenço dos Santos, professora licenciada em Letras Português-Inglês (2003), especialista em Metodologias de Ensino da Língua Inglesa (2008) e em Tradução no par inglês-português (em curso), e mestre em Estudos Linguísticos (2010).


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

Bem-Estar e Qualidade de Vida... Atualmente, estamos inseridos num cenário de vida que exige cada vez mais do sistema humano. Esse sistema, apesar de perfeito, apresenta diferentes reações frente às exposições trazidas em razão dos fatores necessários à vida moderna. Vivemos numa sociedade em que os avanços tecnológicos são notáveis e também são modificadores de rotinas. Há certo tempo, as rotinas diárias ofereciam a possibilidade de movimento do corpo na execução das tarefas diárias e tais movimentos constituiam os exercícios ou as atividades físicas necessárias à saúde e ainda proporcionavam o relaxamento da mente. Hoje, temos as funções físicas bastante abreviadas, restando mais tempo para ocupar a mente com outras preocupações, com outras tarefas, com outros desejos e assim numa escalada sucessiva e inigualável de exigências ao velho sistema. Isso trouxe um desequilíbrio que pode ser mensurado por meio das novas

patologias, como por exemplo, o estresse. Somos uma população que tem aumentada sua expectativa de vida em progressão assustadora e, por consequência, o corpo precisa de mais cuidados para acompanhar a jovialidade da mente. Felizmente, há inúmeras formas de buscar restabelecer o equilíbrio desse sistema, basta que se encontre um tempo, uma forma, um meio de conviver com outras pessoas apenas pelo prazer da companhia, que possamos exercitar nosso corpo dentro das limitações que possuímos, que tenhamos “sempre vivos” nossos desejos e que eles sejam transformados em objetivos. Assim, há grandes chances de que o equilíbrio entre o corpo e a mente, as atividades necessárias e as prazerosas estejam presentes em cada instante da nossa trajetória, guiando-nos para uma vida longa e qualificada onde o bem-estar possa se fazer presente. A disciplina de Bem-estar e Qualidade de vida busca despertar o interesse por todas as saúdes humanas, de maneira a estimular todos a traçar suas metas, auxiliando na obtenção de uma vida saudável e harmoniosa.

Prof. Marcelo Tatsch Graduação em Administração, Mestrado em Engenharia de Produção, e, atualmente, faz doutorado na UFSM. Atua como professor de ensino superior desde 2008 e é empresário do setor da construção civil.

Espanhol... As aulas de Espanhol para Escola de Adultos são centradas nas necessidades e expectativas dos alunos e estão atualmente centradas em um Curso de Espanhol para viagens, conforme solicitação dos próprios alunos. Dessa maneira, as aulas tratam de temas específicos que atendam as necessidades comunicativas de um contexto de viagem. O curso tem enfoque comunicativo, desenvolvendo, principalmente, a habilidade oral. Ana Nelcinda Garcia Vieira é mestre em Letras-Estudos Línguísticos pela UFSM (2009), possui Licenciatura em Letras – Língua Espanhola e respectivas Literaturas pela UFSM (2007), e em Letras-Português pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição (1987). Atualmente, é professora formadora do Curso de Espanhol UAB/UFSM, e professora da FAMES, onde atua no Curso de Letras e da EA.

5

VIVER Leia tua vida com alegria Página a página deste viver Sublinhe o que mais gostas no momento Saliente o que não podes jamais perder. Afaste o amargo de doenças e achaques, Desfrute o doce do bem viver Apague as mágoas e desavenças, Recorte o que vai te engrandecer! Viva e complete tua vida Só morra na hora certa. Tua vida é muito importante, Esteja vivendo alerta! Brinque, cante, corra, Caminhe devagar quando convém. Pense sério, faça tua escolha, Gangorreie, mas sempre vivendo bem! Lia Rauber - Aluna EA

Arte e direito... A arte é movida pelo talento, pela inspiração, pelo sentimento. Há técnica, mas o que faz a obra prima é a sensibilidade do artista. E é aí que temos a relação entre Arte e Direito. A excelente formação técnica e dogmática não é garantia da justiça. O justo se realiza na sensibilidade de perceber a sociedade e suas sutilezas. Interpretar a arte é compreender a essência poética da manifestação artística, assim como interpretar o direito é compreender a essência de vida que existe por trás da lei e do conflito. A lei está para a partitura assim como o Direito está para a música. O direito, como a música, existe com ou sem lei, com ou sem partitura. Uma mesma partitura pode ser tocada de diferentes formas, em diferentes ritmos, assim como a lei pode ter diversas interpretações. O que vale para que a música e o direito se concretizem são as experiências de cada um de nós e o momento histórico em que vivemos. É nesse contexto que a Oficina Arte e Direito pretende estabelecer uma forma crítica de ver o Direito, abrindo-se os horizontes para as diferentes formas de ser analisar o fenômeno jurídico com a consciência das limitações e abrangências que a vida impõe a cada um de nós. Discutem-se, assim, temas de Direitos sempre precedidos de alguma manifestação artística para que seja possível, a partir da poesia da arte, desarmar o espírito e colocar-se no lugar do outro para que a compreensão do Direito ocorra com sensibilização e solidariedade Prof. Karina Schuch Brunet


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

Conselhos Para Uma Vida Feliz 10 conselhos de uma sábia senhora de 99 anos para uma vida mais tranquila: 1. “Mantenha-se organizado. Se você pegar um palito, ou um par de meias, ou uma nota de cem dólares, recoloque-os sempre onde você os encontrou, porque, se você somar o tempo que você gasta procurando por eles mais tarde, é um desperdício de tempo. “ 2. “Diga sempre a verdade, porque se não você vai ter que pensar em outra mentira.” 3. “Para ser mais, apareça menos”. 4. “Deixe sempre o telefone fora do gancho quando você estiver no banho.” 5. “Faça amizade com os maitres”. 6. “Não peça emprestado e nunca empreste coisas”. 7. “Nunca deixe alguém esperando. Esteja sempre 15 minutos mais cedo.” 8. “Nunca olhe para trás. Sempre olhe para a frente.” 9. “Não tenha medo de dizer a sua idade, isso é bobagem. Tenha orgulho da sua idade.” 10. “Não frequente um restaurante onde eles não retiram as migalhas da mesa.”

6

Vale Vêneto 2011 Como parte das atividades da EA, de 2011, um grupo de 13 colegas, amigos e familiares, deslocou-se a Vale Vêneto para acompanhar o encerramento do 26º Festival Internacional de Inverno da UFSM e da 26ª Semana Cultural Italiana, cujo lema Cantar e bever le el meio viver animou os mais de 10 mil presentes no almoço e o grande público que acompanhou a apresentação dos corais: Ricordi d’Italia, Restinga Seca, Vozes da Pulquéria, Santa Cruz do Sul e APUSM. Uma tarde memorável que encerrou ao som de: “Mérica,Mérica,Mérica Cosa sara sta Mérica ,Mérica,Mérica,Mérica Un bel marzzolino di fior” Entoada por todos os corais, pela plateia, ao som de violão, acordeão e dos Tambores do Vale. A queima de fogos e a salva de palmas levaram o público até a praça, onde um show de MPB aguardava para dar continuidade ao espetáculo do último dia do festival. O lauto almoço e as apresentações dos corais amenizaram o frio intenso que se fez sentir no vale, mas que não esfriou os ânimos de quem organizou e daqueles que lá estiveram e, que, desde já, prometem lá comparecer em 2012.

Comemoração.... No dia 25 de agosto foram comemorados, com um jantar no Restaurante Churrasquito, os aniversários do mês de julho das colegas da EA Cleonice Domingues, Dirlane Costa, Célia Vruk, Carmem Lucia Valente, Elenir Cogo, Ana Emilia Alonso, Élida Cervo, Eneida Bordignon, Sonia Witt, Marli Caetano, Jaqueline Lopes e, do professor Mauro Sturmer. Um encontro alegre e descontraído, como sempre, que contou com aproximadamente 50 pessoas. Também contamos com a presença encantadora do professor Cadu e da sua noiva. Realizamos o sorteio da churrasqueira portátil doada pela colega Leda Belochio, e a felizarda foi a colega Teresa Seligman. Também foram arrecadados alimentos não perecíveis, solicitados, em vez de presentes, pelos aniversariantes. A doação dos alimentos é sempre para uma instituição da escolha dos aniversariantes. A gente comemora, faz festa, mas não esquece das boas ações! Sônia Tolfo Aluna da EA


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

7

Eventos...

Apresentação do Adultos EnCanto - 13 anos da FAMES

Adultos EnCanto no XI Congresso Internacional de Educação Popular 31/05/2011

Momento da entrega das doações a AAHUSM por Lia e Sonia

Pré - carnaval 2011

Aniversário

Semana Farroupilha

Há 7 anos o Professor Renato Tolfo ministra o Coral Adultos EnCanto, da EA. Tem sido uma convivência muito alegre durante a qual temos crescido (envelhecido?) juntos e, com isso, angariado muitas e especiais experiências. Um professor de canto deve ter e o professor Renato tem paciência e persistência tamanhas para não deixar de acreditar que é possível fazer pessoas sem conhecimentos técnicos na área de Música cantarem afinadamente e com entusiasmo. No dia 9 de setembro, o Professor Renato completou 29 anos, 7 dos quais regendo nosso coral. Comemoramos essa data no dia 6/09 e a foto registra o momento. Parabéns, professor! Muita saúde e paciência para acompanhar nossa turma.

De 14 a 20 de setembro, anualmente, por todos os rincões do Rio Grande do Sul e onde quer que se encontrem gaúchos e gaúchas, são reverenciados os heróis farroupilhas que deram suas vidas em prol do ideal de uma república independente. Entre tantos eventos como desfiles, fandangos e churrascadas, a EA não se omitiu e participou de um Almoço Campeiro na Cantina do Colégio Centenário, no dia 15 de setembro... Foi um momento de alegre confraternização no qual não faltaram elementos que identificam o povo gaúcho: o chimarrão, a bombacha, o chiripá, o lenço colorado, a bota, a alpargata, o Galpão Crioulo; e, no cardápio, feijão, arroz, carreteiro, salsichão, mandioca, batata doce, farofa, moranga caramelada, saladas de vários tipos. Foi mais um belo momento dos 15 anos da EA que pretendemos repetir a cada ano com maior adesão e ainda mais entusiasmo!! Valeu, gaúchos e gaúchas de todas as querências!!!

Sônia Tolfo - Aluna EA

Sônia Tolfo - Aluna da EA


Edição 001 - Agosto/Setembro de 2011 - Santa Maria-RS

Poesia... Tempo Passa Passa Tempo

Sonhos

Tempo que só passa, E passa bem depressa Tempo que não dá pra segurar. Tempo que não pára, não perdoa, Fazendo a vida avançar. Tempo que se vê no meu semblante Anunciando que a idade já chegou, È o tempo dizendo para todos: Viver Hoje é curtir e se cuidar, Sendo a vida um passa tempo, Não deixa só o tempo passar

Reflexão

““O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”

Todos temos sonhos, Alguns se realizam, outros não. Mas, continuamos sonhando, Pois acreditamos que todos virão! Sonhar nos traz alegrias Sonhar nos traz ilusão. Quem não sonhou que um dia Teria uma grande paixão? E, quem sonhou também quis Que sua vida fosse, Eternamente feliz!

8

Fernando Pessoa Lia T. Rauber da Silva

Crônica O processo de ser mãe é a maior experiência de minha vida. Durante minha gravidez, curti muito meus filhos, amando-os, sem nem mesmo os conhecer. Ser grávida, para mim, era ter a serenidade e tranquilidade maior, porque pensava e sentia emoções muito fortes e prazerosas o tempo todo. Era a gravidez normal de uma gestante sadia e feliz. Com os filhos nascidos, aprendi as diferenças entre seres humanos irmãos, nascidos totalmente dependentes, que à medida que crescem e desenvolvem, aumentam suas capacidades e seus talentos vão aflorando. Ser mãe, passou a exigir de mim tempo, dedicação, estudo, mudanças de hábitos e, principalmente, a prestação de cuidados. Ser mãe me fez renovar constantemente. Passei pelo tempo do colo, dos primeiros passos, ao de vê-los andar sozinhos. Da amamentação, um pouco frustrante, de apenas dois meses, passei às incertezas da alimentação artificial. Teve o tempo da higienização, com fraldas, babeiros,

aprendizado do controle de esfíncteres, tempo dos choros, birras, baldas, brigas e do sono e repouso tranquilos. Teve o tempo de ninar, cantar cantigas, ler historinhas infantis, contar repetitivamente e da mesma forma, as mesmas histórias, mas também também chegou o tempo de ouvir suas peripécias, seus medos, inquietações e suas conquistas. O tempo das brincadeiras dentro e fora de casa: balanços, esconde-esconde, corridas, saltos, joguinhos... Tempo do sim e do não, de impor limites, quem sabe nem sempre necessários ou adequados ao momento... Teve o momento doloroso de ir trabalhar e ter de deixá-los, às vezes aos prantos, chamando “mamãe”. Assim como também teve o tempo de deixá-los na escola, com pessoas com quem apenas estavam começando a conviver. Chegou também o tempo de ser sua fã incondicional, pelas muitas coisas lindas que faziam em casa, na casa de familiares, na escola, aplaudindo-os sempre como os melhores filhos do mundo. Hoje, chegou o tempo de aplaudi-los pela sua independência, e embora o ninho possa estar vazio, o coração está sempre transbordante de laços filiais entrelaçados pelos braços do amor. Com os filhos aprendi a amar mais e ser mais amada! E isso para mim é ser mãe. Por Lia Rauber - Aluna da Escola Para Adultos.

Aniversariantes... 9)

(15-0 e n e l r Di

9)

(28-0 Zélia

0)

0)

(20-1 arina

(17-1 Izara

Cat 0)

-1 . (19 B r i Na

10)

F.(31 a i n ô S

Contatos Para Anúncios e Patrocínios:

Carlos Eduardo W. (55) 9908.9835 email: carloseduardosm@gmail.com Gisele Martiny (55) 96167824 - email: giselemartiny@gmail.com

Jornal da Escola Para Adultos  

Esta e a Primeira edição do informativo da escola para adultos do colégio centenário de Santa Maria - RS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you