Page 1


Segunda lista procura apoios

Marília Azevedo já possui programa de candidatura ao SPM. João Sousa procura apoiantes Data: 25-03-2009

A actual coordenadora do Sindicato dos Professores da Madeira (SPM), Marília Azevedo, já possui uma equipa e um programa com as linhas estruturantes da recandidatura à direcção do sindicato. Por outro lado, o ainda vice-coordenador do SPM, João Sousa, continua por confirmar se vai avançar ou não com uma candidatura, embora o DIÁRIO tenha apurado que, junto das escolas, circula uma lista para angariação de subscritores para que assim possa reunir condições para as eleições. Quando confrontado, ontem, pelo DIÁRIO sobre esta questão, João Sousa disse apenas que "o processo está a decorrer", não havendo mais novidades. "É um processo que tem os seus timings e momentos decisivos e um deles será a apresentação pública da candidatura", explicou, remetendo mais pormenores para os próximos dias. Certo é que a possível lista encabeçada pelo actual vice-coordenador já tem um blogue - alternativaspm.blogspot.com/ -, onde estão expressas algumas linhas gerais que defende. Nas escolas está a circular, de forma a cumprir a lei, uma lista de subscritores, que deverá ter pelo menos 50 pessoas. Os objectivos definidos por João Sousa passam por fortalecer e renovar o SPM para melhor servir os professores e a Educação, aproximar mais o sindicato dos professores e criar grupos de estudo para reflectir os problemas associados à Educação. Segundo o que o DIÁRIO apurou, nomes como o de André Escórcio e de António Rodrigues surgem associados a uma eventual candidatura de João Sousa à direcção do sindicato. 'Renovação' como meta A palavra 'renovação' domina os objectivos da recandidatura de Marília Azevedo à direcção do SPM, embora também surja bem expressa nas intenções da eventual candidatura do ainda vicecoordenador. No blogue - cadavezmaisperto.blogs.sapo.pt -, Marília Azevedo descreve a candidatura que lidera como "unitária, plural e de renovação". Para o cargo de vice-coordenador, é apontado o nome de Paulo Cafôfo, professor da Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol, e para presidente da Mesa da Assembleia Geral, Rita Pestana. Ao DIÁRIO, Marília Azevedo referiu que aceitou o desafio de se recandidatar depois de ter recebido apoio, no início deste mês, por parte da direcção e garantiu que a existência de duas listas "não divide os professores, é salutar e só vem mostrar que o sindicato discute os problemas". "É um sinal de vitalidade numa estrutura democrática", apontou, relembrando que "não é a primeira vez que há duas listas a concorrer à direcção do sindicato". Todos os pormenores da candidatura estão disponíveis no blogue cadavezmaisperto.blogs.sapo.pt. A actual coordenadora do SPM sublinha que "não há disputa entre pessoas, mas de projectos e de ideias". No blogue, Marília Azevedo explica que se disponibilizou para mais um mandato como coordenadora da direcção do SPM "por considerar ser um dever responder ao desafio" que a direcção cessante colocou, de "continuar a liderar projectos iniciados no mandato que ora termina e cuja consolidação se impõe". A data limite de entrega das candidaturas à Mesa da Assembleia Geral do SPM é 31 de Março. O acto eleitoral está marcado para o próximo dia 15 de Maio. Zélia Castro - DIÁRIO DE NOTÍCIAS DA MADEIRA

Recortes da Imprensa  

Arquivo de notícias relativas à candidatura: Cada vez mais perto

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you