Issuu on Google+


introdução

Parabéns Bixo! Agora você é um aluno (a) USP!! Então, honre a camisa!! O Brasil possui 1200 cursos de direito, mais que o resto do globo. Estimativas apontam que se formam, por ano, cerca de 650 mil bacharéis em direito. Pois é bixão, tremeu?? Relaxa, porque você passou na melhor universidade do país! RIBEIRÃO PRETO E dade de São Paulo. O CAMPUS DA USP A cidade possui aproximadamente 620 mil O Centro Acadêmico habitantes, distribuíAntonio Junqueira de dos em uma área de Azevedo orgulhosa- 650 mil km²! Então, mente apresenta a Fa- bixo, se você acrediculdade de Direito de tava que Ribeirão era Ribeirão Preto da Uni- pequena, engano seu! versidade de São Paulo. Sejam bem vindos, Conhecida mundialturma VI! mente pelo seu calor, Nossa querida facul- a cidade chegou, no dade está situada em último ano, à tempeRibeirão Preto, tam- ratura de 43ºC. Logo, bém conhecida como se você gosta de frio, “hellbeirão”, distante sinto informar-lhe que cerca de 325km da ci- 30ºC é tempo fresco! 3

Tá com calor? Aposto que algum tio seu já deve ter te falado do “chope do Pinguim”, outro elemento tradicional da cidade. Falaremos sobre ele mais para frente. Não subestime o interior paulista! A vida cultural de “hellbeirão” , aos amantes da música, do teatro e da literatura, também é bem agitada. A cidade conta com inúmeros teatros, como o Pedro


II, Teatro Municipal e Teatro Santarrosa, com diversas apresentações a preços acessíveis; com a Feira Nacional do Livro (que possui inúmeras palestras, apresentações shows ao ar livre, com artistas, escritores, etc., de renome nacional e internacional - aconselhamos chegar bem cedo); com bares como o Bronze e o Vila Dionísio, onde tocam diversas bandas de pop e Rock ‘n’ Roll; com o Sesc, onde ocorrem diversos eventos,

dentre eles apresentações de jazz e blues e; com amostras de cinema, promovidas pelo Estúdios Kaiser de Cinema e parcerias. Portanto, bixo, se a faculdade deixar, em Ribeirão tem muita coisa para fazer. Já aos amantes da boemia, cara, vocês estão no lugar certo! Festa todos os dias? Sim, pode acreditar! Como ficar sabendo? Geralmente as festas são divulgadas no bandex, também conhecido por bandejão (local

4

milagroso, que serve comida a R$1,90! O salvador dos estudantes!). A cidade universitária situa-se na zona oeste de Ribeirão, tendo entradas pela Av. do Café (mais próxima ao prédio da faculdade) e pela Av. dos Bandeirantes. O campus possui 25 cursos, espalhados em uma área total de 5.859.921,78 m². Apesar disso, bixão, sempre rola interação, seja em festas, em repúblicas ou em


campeonatos. (Confira o mapa do campus no final deste manual (p. 49). A tradição do campus, quanto aos bixos, é a utilização de adereços, tais como boinas amarelas (fandangos da med), gravatas (FEA), comprimidos (farma) e as deslumbrantes coroas do direito. Quanto à alimentação no campus, já que, infelizmente ou felizmente, bixão, seu curso é integral nos dois Nós, do direito, usamos uma coroa de louros como objeto de identificaçao de nossos calouros. A coroa foi uma tradição estabelecida e selecionada pela turma I, a turma pioneira de nossa faculdade, como uma forma de identificação de quem chegava em nossa faculdade. Seu uso é facultativo, mas lembre-se, bixo: usar sua coroa faz parte de uma brincadeira divertida e inesquecível.

primeiros anos, pode ser realizada em diversos locais, tais como as cantinas da Med, da FEA e da Filô. No entanto, os locais mais práticos são: a cantina do direito ou a famosa cantina da química, mais conhecida como “Valter” ou, simplesmente, “Química”. Quer economizar, bixo? Sem problema! Prezando pelo coração e bolso de seus pais, foi criado o Bandejão, “bandex” para os íntimos, que serve uma deliciosa refeição... ok, bixo, sem exageros... uma refeição que faz jus ao preço de R$1,90! Logo, bixos e bixetes, acalmem suas mães: vocês não passarão fome! No que depender dele... Outro assunto de extrema relevância, bixo, é a locomoção! Existem duas maneiras principais de se locomover em Ribeirão Preto: ônibus ou ca5

ronas! Não deixem de manter contato com os demais bixos e os vários veteranos motorizados. Peçam caronas, quando precisarem, afinal o sol em Ribeirão Preto é muito intenso! Mas provavelmente, como lindos veteranos que são, vocês não precisarão nem pedir. Estão sempre dispostos a carregar este fardo (levar vocês, lógico) de livre e espontânea vontade. E acredite, os carros dos veteranos fazem milagres e conseguem carregar mais gente que muitos ônibus de Ribeirão. Tem vergonha? Ok! Ainda resta a opção dos ônibus, que ligam os diversos pontos da cidade, e dos circulares, no âmbito intracampus. Os pontos principais de ônibus e circulares interessantes para quem estuda na USP


localizam-se na entrada pelo HC (Hospital das Clínicas) e na entrada pela Av. do Café. E especialmente aos alunos do direito, temos um ponto de circular na entrada do estacionamento de baixo. Logo, bixo, quer ir ao bandex, não conseguiu carona e não quer ir a pé, só resta o bom e velho circular. Qual a notícia boa? O circular é gratuito! Qual a má notícia? Ele nem sempre é pontual, de modo, que às vezes, se torna um problema contar com ele! Veja a tabela no final deste manual (p. 50) para checar os horários dos ônibus circulares. O campus ainda proporciona aos que gostam de manter a forma ou aos que querem chegar à forma, o Centro de Educação Física Esportes e Recreação, mais conhecido como “CEFER”, que oferece um espaço para a prática de inúmeras

atividades físicas gratuitamente! Para tanto, basta que seja apresentado um atestado médico para a retirada da carteirinha. Nesse local, ainda são oferecidas aulas desportivas pela Atlética Casa 7, aos membros associados. Assim, bixos e bixetes, não deixem de usufruir de tudo o que o campus coloca à sua disposição na tentativa de facilitar suas badaladas vidas... A FACULDADE Fundada em 2008, a também chamada “nova academia”, teve como diretor pro tempore (temporário) o Prof. Antonio Junqueira de Azevedo, mestre homenageado por nosso Centro Acadêmico. Quer “conhecê-lo”? Ao lado da biblioteca há um busto dele, já que infelizmente o professor faleceu em 2009. 6

Nos anos de 2008 e 2009, devido às obras de construção de nossa sede, os alunos da primeira turma tiveram aulas na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA), enquanto a turma II teve aulas na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Somente em 2010, com a entrega do bloco didático, os alunos passaram a ter aulas lá, enquanto o restante do conjunto arquitetônico era finalizado. Durante sua construção, a Casa 7 do campus abrigava a sede administrativa da faculdade e a Biblioteca Central, seu acervo de livros. Em 2012, foi inaugurado o primeiro complexo de prédios da academia, composto de cinco blocos. Deu para perceber, portanto, que nossa sede é nova, certo? Logo, cabe a nós zelar por


ela, ok? Não conhece mais conhecida por o prédio? A gente ex- “tampão de ouvido” plica! ou “bidê“, a qual ludibria os alunos com O prédio conta com sua grandiosidade. Setrês andares, sendo guindo a tendência do que é importante vo- “Feng shui”, adotada cês saberem ao menos por nosso paisagista que a graduação, a sala exclusivo, espalhampró-aluno (onde você se pelo prédio inúmepode se sentar, pedir ros bonsais (a gente umas bolachinhas e nem precisa de somfazer seus trabalhos bra mesmo...). em vários computadores, além de vagar pelo Facebook, Twitter, Orkut...) e a cantina ficam no térreo; no primeiro andar ficam as salas dos professores, o anfiteatro e algumas salas de aula; por fim, no terceiro andar, temos o restante das salas de aula, a biblioteca, a entrada do auditório e o segundo estacionamento (ou “estacionamento de cima”). Ao centro de todo esse glorioso complexo, prezando pela harmonia e equilíbrio da faculdade, encontra-se a tão aclamada “fonte”, Nossa querida fonte. 7

Presidindo todo esse complexo, a academia tem como diretor o Prof. Titular Ignácio Maria Poveda Velasco, mais conhecido como “Poveda”. Já o cargo de vice-diretor é ocupado pela Prof. Titular Giselda Fernandes Novaes Hironaka. Já nossos professores são organizados em


três departamentos o Departamento de Filosofia e Disciplinas Básicas (DFB), o Departamento de Direito Público (DDP) e o Departamento de Direito Privado e Processo Civil (DPP) – sendo que junto a esses, atuam conjuntamente o Centro Acadêmico (órgão representativo) e os representantes discentes. Os representantes discentes fazem parte e são eleitos democraticamente pelo corpo de alunos da FDRP. Sua atuação ocorre junto aos órgãos docentes, tais como os departamentos e as comissões (grupo de professores incumbidos, temporária ou permanentemente, de discutir assuntos específicos, tais como os intercâmbios de graduandos no âmbito internacional). A maioria de tais alunos (RDs) se organizaram em uma chapa, a “Chapa Avante”.

Logo, se você, bixo, tiver algum problema relativo a docente, funcionário, política da faculdade, dentre inúmeros outros, converse com um representante discente ou com um membro do Centro Acadêmico! Estamos todos aqui para representá-los!

curricular demonstrada na tabela abaixo. Mas você não sabe o que são esses créditos, bixo? A gente explica (vide tabela na próx. página)! Os créditos correspondem à quantidade de horas/aula por semestre de cada disciplina... ok! Até aí só enrolação... O que você realmente preO CURSO cisa saber é que, em uma disciplina de dois O curso de direito tem créditos, por exemplo, início com a grade você terá uma aula na GRADE CURRICULAR - FDRP Teoria Geral do Estado 4 créditos (60 h) (TGE) Introdução ao Estudo 4 créditos (60 h) do Direito (IED) Filosofia Geral: a Ética 2 créditos (30 h) Idioma Instrumental I 2 créditos (30 h) Sociologia Geral 2 créditos (30 h) Matemática para Advo- 2 créditos (30 h) gados Direito Romano 4 créditos (60 h) Lógica e Epistemologia 3 créditos (45 h) Jurídica Economia para Advo- 2 créditos (30 h) gados: Microeconomia Inst. de Direito Privado 4 créditos (60 h) Contemporâneas I 8


CRÉDITOS Nº DE AULAS 2 créditos (30 h) 1 aulas/ semana 3 créditos (45 h) 1,5 aula/semana 4 créditos (60 h) 2 aulas/ semana *cada aula tem duração de 2h.

semana, logo, poderá faltar a 4 aulas, em todo semestre, para obter 70% de frequência. A tabela abaixo explica melhor. Dessa forma, bixo, use com sabedoria as quantidades de faltas, já que o regulamento da USP não permite abono de faltas, a não ser nos casos estritamente previstos, que não incluem ressaca, ter que estudar para outras provas, ter perdido a hora e outros fatos que costumam acontecer no cotidiano de um estudante. Quanto à grade horária, o site da faculdade já a disponibiliza. Então, se você é um bixo ansioso, corre lá e dá uma olhada. O link é http://www.

QUANTIDADE DE FALTAS 4 faltas/ semestre 6 faltas/ semestre 8 faltas/ semestre

direitorp.usp.br/ (é só jogar FDRP no google). Aconselho você a curtir o resto das férias e deixar isso para quando realmente forem começar as aulas. Já em relação às aulas propriamente ditas, é muito comum, e até mesmo característico, que os professores passem toneladas de textos para serem lidos, geralmente, são digitalizados. Para os que gostam de imprimir todos os textos (o que é uma grande bobagem... pensem nas árvores), a faculdade disponibiliza uma sala chamada “Pró-aluno”, sobre a qual já falamos rapidamente, que conta com inúmeros computadores e com uma impressora. Cada 9

aluno possui uma cota cumulativa de 40 páginas por mês, logo, vá atrás de seu usuário e sua senha na graduação! (Dica: imprima só o que for estritamente necessário!) Mas bixo, você acabou de sair de uma fase péssima, o vestibular, aproveite o tempo para curtir a faculdade e tudo que ela e Ribeirão Preto lhe oferecem! Administre bem o seu tempo, bixo. Não se esqueça que, ao fim do semestre, você enfrentará uma semana inteira de provas (que é, na verdade, mais que uma semana), e deverá estar com gás total para realizá-las.


ENTIDADES ACADÊMICAS DA FDRP

Ao longo do tempo, é comum que percebamos que aprendemos muito mais fora da sala de aula. Logo, faça Apesar de seus 5 anos, nossa facul- bom uso de tais entidades, como dade já conseguiu inúmeras con- forma de complementação de sua quistas, dentre as quais, a fundação formação, enquanto jurista. de inúmeras entidades estudantis. Então, se você é um bixo que quer Segue uma lista rápida das princifazer algo mais pela faculdade e não pais entidades estudantis que fazem quer deixar sua graduação passar parte de nossa faculdade: em branco, faça parte de uma delas! Centro Acadêmico Antônio Junqueira de Azevedo (C.A.A.J.A) O Centro Acadêmico possui por principal função representar os interesses dos alunos perante a administração. No entanto, também é responsável pela promoção de debates que envolvam o cotidiano dos discentes na faculdade e discussões acerca de temas relevantes para a formação de um profissional do direito. Além disso, o CAAJA ainda busca ter atuação junto à comunidade ribeirão -pretana através do “Projeto de Extensão Solidária – Parque Ribeirão”. Tal projeto busca proporcionar ao universitário, condições de realizar os sonhos de, já na graduação, contribuir para a sociedade e dinamizar seus conhecimentos no contato com diferentes realidades. Quer saber mais? Participar ou ser um colaborador? Procure um dos membros, nossa sala é a B-23. Nossas reuniões são abertas! Participem!! De qualquer maneira, falaremos um pouco mais sobre nosso querido CAAJA mais pra frente, ainda neste manual. Associação Atlética Acadêmica Casa 7 (A.A.A.Ca.7) A Atlética é uma entidade voltada para a promoção da prática desportiva, através do oferecimento de aulas de futebol, vôlei, basquete, natação, handebol, dentre inúmeros outros esportes. Trazendo como símbolo um touro, e com as cores bordô e dourado, ela nos defende em campeonatos, como os Jogos Jurídicos e o CaipirUSP. Logo, bixo, se você tem tendências esportivas e quer defender a faculdade perante os demais cursos, participe da Atlética! Mais informações podem ser obtidas na página do Facebook: “Atlética Casa Sete” ou diretamente na sala B-24.

10


Bateria Estouro Com as cores branco, vermelho e dourado a bateria encanta a todos com o rufar de seus instrumentos. Em jogos, campeonatos e até mesmo nos finais da tarde animam os alunos com suas músicas. Logo, bixo, se você quer defender sua faculdade e encher os ouvidos de todos, sugiro que participe da Estouro!! Mais informações podem ser obtidas na sala B-24 ou com qualquer um dos membros da bateria. Coletivo Feminista Capitu Nascido em 22 de outubro de 2012, o coletivo busca promover um espaço de discussão e construção de conhecimento acerca dos direitos das mulheres, bem como de sua participação em uma sociedade capitalista e patriarcal. O grupo ainda possui atuação em todo o âmbito acadêmico através da promoção de eventos, tais como palestras, peças teatrais, que visam à irradiação da discussão por entre os alunos “federpianos”. Portanto, primeiraistas, participem!! Mais informações podem ser obtidas por meio da página no facebook: “Coletivo Feminista Capitu”. Ou pelo e-mail coletivofeminista.capitu@ facebook.com. Núcleo de Assistência Jurídica (Najurp) Fundado em 2011, sobre a regência da Prof. Dr. Fabiana Cristina Severi, o núcleo de assistência jurídica visa à prestação de serviços jurídicos a população, que não possui condições de arcar com abusivos honorários advocatícios. Dessa forma, praticam a inclusão de tal parcela da população, no universo, segregacionista, do direito.O Najurp ainda organiza palestras voltadas a todo o âmbito acadêmico, fazendo nascer o debate sobre questões relevantes, como as consequências à população residente nos arredores do aeroporto, com a implantação do projeto de ampliação do mesmo. Mais informações podem ser obtidas diretamente na sala da entidade (B-25). Participem! Empresa Júnior da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto – Jurisconsultus Fundada em 2011, a Jurisconsultus, mais conhecida como “Juris”, tem por objeto a prestação de assistência jurídica à micro, pequenas e médias empresas Dessa forma, possui atuação no âmbito comercial. O diferencial da Juris está

11


em seus preços baixos em relação ao mercado advocatício, o que também possibilita a inclusão do micro e pequeno empresário no âmbito jurídico. A verba arrecadada com tal serviço é inteiramente revertida à manutenção de seus serviços, dessa forma, não há lucro. Além disso, a empresa júnior realiza inúmeras palestras voltadas aos amantes de direito e economia. Quer participar? O processo seletivo geralmente ocorre no mês de agosto. Mais informações, podem ser obtidas pelo facebook “Jurisconsultus Fdrp – usp” ou pelo e-mail: jurisconsultusfdrp@facebook.com. Grupo de teatro “O canto dos famintos” O grupo “O canto dos famintos”, através de reuniões frequentes, realiza oficinas de artes cênicas, as quais resultam em remontagens de peças, como “O Horácio” de Heiner Müller apresentada na Segunda Semana de Arte, promovida pelo centro acadêmico. Logo, aos amantes de tal arte e aos que desejam aprimorar suas técnicas de expressão, o grupo está aberto para acolhê-los. Mais informações podem ser obtidas com os alunos Lucas Wicher Marin (Gringo) e Juliana Moyses (Surda), ambos da turma IV, ou qualquer um dos demais membros do grupo. Jornal “Ócios de Ofício” É o jornal da FDRP. Editado semestralmente, é composto por textos enviados pelos alunos sobre temas de sua escolha e uma sessão de debate. É neste espaço que exercemos nosso lado escritor, e divulgamos as questões importantes tanto internas quanto externas a nossa faculdade. Por isso, sinta-se à vontade para escrever para o jornal, bixo, ou até melhor, para fazer parte do nosso corpo editorial! Mais informações podem ser obtidas por meio da página no facebook “Ócios de Ofício” ou com qualquer um dos membros do corpo editorial.

Você percebeu as inúmeras opções de fazer com que sua graduação não passe despercebida, sem que tenha a oportunidade de discutir assuntos que ultrapassam a fronteira da sala de aula, vivenciar situações inéditas, aprender a trabalhar em equipe, enfim, de ser um profissional com conhecimen-

to em diversas áreas, e mais do que isso, de fazer seus próximos 5 anos serem inesquecíveis. Sua faculdade é nova, bixo, ajude a construí-la e ame-a como aprendemos a amá -la. Tudo o que você fizer agora, virará história. Vai perder esta oportunidade? 12


o caaja

O CAAJA

apartidária, sem prazo determinado de duraO CAAJA é o Centro ção, com sede e foro Acadêmico (ou sim- na cidade de Ribeirão plesmente “CA”, acos- Preto” tume-se com a sigla) da Faculdade de Di- Muito provavelmente, reito de Ribeirão Preto caro bixo, você está se – USP, e é denomina- perguntando o que é e do Centro Acadêmico o que faz um Centro Antônio Junqueira de Acadêmico e, espeAzevedo. Foi fundado cialmente, o que é e o em 2009, “sob forma que faz o seu Centro de associação civil, Acadêmico. sem fins lucrativos, 13

Portanto, daqui em diante, você deverá pulverizar e defenestrar todos os logaritmos e nomes de proteínas que ainda perturbam sua mente (porque para suuuua alegria você não vai mais precisar usar) e deverá prestar bastante atenção, pois as seguintes informações são essenciais para sua mais nova vida acadêmica. O Centro Acadêmico é a entidade que representa o corpo discente da Faculdade enquanto coletividade. É o corpo discente institucionalizado. Seus órgãos são compostos por certa quantidade de membros, cuja diretoria é previamente eleita entre os estudantes, anualmente, para gerir a instituição. Tais representantes deverão expressar e


defender os interesses dos alunos quanto aos mais diversos assuntos dentro e fora da faculdade. Vale assinalar que todos os alunos se tornam associados do Centro Acadêmico no instante em que ingressam na faculdade. Exatamente, bixo, você acabou de conquistar um espaço privilegiado na maior universidade do país, na gloriosa FDRP, e agora tem voz para expressar seus interesses através do CA. São deveres do CA: agir diretamente em prol do corpo estudantil; estimular e promover debates e palestras interessantes ao meio acadêmico; elaborar projetos culturais, de extensão e assistência social; promover grandes eventos de cunho científico e político e outros. O CAAJA, por exemplo, no ano de 2012, promoveu diversos

eventos acadêmicos e culturais, como: a Semana de Direito Constitucional, com várias palestras de importantes figuras do constitucionalismo brasileiro como Dalmo de Abreu Dallari; o Workshop de Direito, que apresenta a faculdade aos nossos futuros bixos, a 3ª Semana do Advogado, com mais de 30 palestras promovidas por grandes nomes do Direito nacionais e internacionais, o evento “Ética, Democracia e Sustentabilidade”, que trouxe, entre outros palestrantes, a candidata a presidente Marina Silva, e carregou muitos elogios dos alunos; A Semana de Arte da FDRP, que trouxe a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, vários grupos artísticos que se manifestaram por uma semana toda pela faculdade, com ampla aprovação dos alunos, que também participaram apresen14

tando seus poemas ou seus dotes artísticos no Sarau. O CAAJA pretende manter vários projetos e, se possível, criar ainda outros, para incrementar a vida cultural e acadêmica de todos os associados. É importante saber, também, que todos os membros do CA são estudantes como você. Pleiteamos os cargos representativos da diretoria com nossa chapa e fomos eleitos pelos demais alunos. Entretanto, a composição dos departamentos é de livre ingresso dos alunos (trataremos melhor dos departamentos depois). Isso significa que você também pode vir a fazer parte do Centro Acadêmico em algum de seus departamentos, caso mostre interesse e assuma o devido comprometimento. Compartilhará, então, da grande responsabilidade e do grande


privilégio que é fazer parte de uma instituição representativa estudantil da FDRP. Fazer parte do CA é contribuir para a incessante melhoria da sociedade, de nossa faculdade e para a construção, com suas próprias mãos, da história que permanecerá herdada pelos futuros estudantes. Você é bemvindo para fazer parte do CA, bixo, e ficaremos muito felizes em contar com sua ajuda. Você está convidado a participar de uma de nossas reuniões abertas ordinárias para conhecer-nos melhor. Além de possibilitar que você trabalhe para construir sua faculdade e melhorar a sociedade, o CAAJA promove facilidades para seus associados. Tais facilidades podem ser conseguidas pelos associados que se tornarem Associados Colaboradores, comprando um pacote

de benefícios que se divide em três níveis diferentes, a três preços diferentes. Buscamos diversos convênios com muitas empresas ao redor dos principais bairros de Ribeirão Preto, conseguindo descontos para os associados colaboradores do CAAJA, além de outros benefícios como, por exemplo, os Cursos de Línguas e outros cursos variados. Procuramos sempre fazer com que o os benefícios do CAAJA compensem em relação ao mercado, visando a promover facilidades para o estudante da FDRP. Para se tornar um associado colaborador e desfrutar dos inúmeros benefícios, basta procurar qualquer membro do CA.

lizador e articulador da criação da nossa querida Faculdade de Direito de Ribeirão Preto. Trata-se do Professor Antônio Junqueira de Azevedo. Civilista, advogado dos mais renomados, autor de obras cujo conteúdo você muito provavelmente vai virar madrugadas estudando, foi um Professor Titular de Direito Civil da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, instituição da qual também foi vice-diretor e diretor. Desde a década de 90, Junqueira trabalhou para a criação de um curso jurídico da Universidade de São Paulo fora da capital. Mesmo com todas as dificuldades, o sonho do Professor se realizou em 2007 com a criação NOME da FDRP. Foi o nosso primeiro O nome do nosso CA, diretor, tendo postebixo, é uma homena- riormente se afastado gem ao mentor, idea- por motivos de saúde. 15


Prof. Antônio Junqueira de Azevedo, que dá nome ao CAAJA.

O professor faleceu em 10 de Novembro de 2009, deixando como doação sua enorme biblioteca pessoal para o acervo de livros da Faculdade. No mesmo ano, os alunos da FDRP fundaram o Centro Acadêmico da FDRP e, com mais de 70% dos votos, batizaram-no com o nome Antônio Junqueira de Azevedo. Um busto em bronze do saudoso professor Junqueira foi colocado ao lado da biblioteca

da FDRP, como uma singela homenagem ao que ele proporcionou a todos nós. ESTRUTURA Assembleia Geral: Órgão máximo do CAAJA. Simplificando, trata-se de uma reunião convocada a todos os associados para discutir e decidir temas importantes para a instituição e/ ou a coletividade discente. A Diretoria fica obrigada a concretizar 16

as determinações da Assembleia Geral. Diretoria: Coordena as atividades dos Departamentos, administra o CA como um todo, seja funcional, jurídica ou financeiramente. É composta por seis cargos: Presidente, Vice-presidente, Primeiro Secretário, Segundo Secretário, Primeiro Tesoureiro e Segundo Tesoureiro. São cargos eletivos. Departamentos: São os “ministérios” da instituição, com finalidades específicas. Três são estatutariamente obrigatórios: Departamento de Extensão e Assistência Social, Departamento de Imprensa e Departamento de Cultura. A gestão, contudo, pode criar outros departamentos. Dessa forma, a atual Gestão AJA 2012/2013 estabeleceu os deptos. de Logística e Relações Institucionais e Ouvidoria.


Eleições: Há, no primeiro semestre de cada ano, a eleição do Conselho Fiscal do CAAJA, que é o órgão responsável pela organização das eleições da Diretoria que ocorrem

em Outubro, bem como pela fiscalização das contas do CAAJA. É também o órgão que promove a eleição dos Representantes Discentes da FDRP.

A GESTÃO AJA (2012/2013) Caro bixo, iniciaremos agora a apresentação da Diretoria e dos Departamentos, bem como de seus respectivos membros. Portanto pedimos, novamente, que retire de seu cérebro mais algumas cadeias carbônicas e outras tantas fórmulas de eletromagnetismo. Abra espaço e redobre a atenção para a familiarização e o conhecimento dos seus atuais representantes e suas respectivas, digamos, peculiaridades. DIRETORIA Presidente:

Jesus Pacheco Simões (Jesus – Turma IV)

Ele, Jesus, que veio de longínquas terras elevadas para nos acompanhar. Desceu lá do alto para “liderar” a todos, mostrando os caminhos da retidão. Mas antes que você pense que ele vai sair fazendo moonwalk sobre as águas da majestosa fonte da FDRP, bixo, na verdade a explicação é que nosso querido presidente veio de Caracas, Venezuela, de seus quase mil metros de altitude, terra onde nasceu. Mas repararás que Jesus é um homem muito sábio e barbado, e que opera certos milagres: além de dar conta de suas atividades acadêmicas, é ativo em inúmeros eventos e instituições pela universidade, carregando para si muitas responsabilidades, sem deixar também de comparecer às festas em que “o vinho é repartido entre os irmãos”, se é que me entende. É uma prova de que a vida universitária pode ser aproveitada como um todo de forma eficiente. Portanto, inspire-se nele, bixo. Verás Jesus pelos corredores sempre acompanhado de um brilho luminoso. Nada mais que um reflexo em seu formidável Ray-ban negro, acortinado por seus cabelos de corte arrojado e barba profética que fazem muitas gurias por aí desejarem se tornar a primeira-dama.

17


Vice-presidente: Juliana Moyses (Surda – Turma IV) Nossa querida vice-presidente é conhecida por ser praticamente uma mãe para todos nós, tamanha sua simpatia e boa-vontade para ajudar sempre que alguém estiver precisando. É uma das principais mentoras do Grupo de Teatro da nossa faculdade, O Canto dos Famintos, e recebeu seu apelido devido ao instrumento (o surdo, né, bixo) que costumava tocar em nossa gloriosa bateria, a Estouro. Possui um dialeto próprio que, ao que parece, aprendeu em suas viagens pelo Oriente: o “mimimi”. Ao passar algum tempo convivendo com ela, você entenderá, bixo. Surda parece ter uma paixão incontrolável, uma atração irrefreável por deixar o Facebook aberto quando há vários amigos por perto. Portanto, não estranhe se a vir postando que vai se casar em breve, ou que vai viajar pra Indonésia num retiro espiritual, essas coisas. Se você um dia quiser ser alguém muito querido em toda a faculdade, bixo, inspire-se na Surda. Primeira Secretária: Laíssa Furilli (Jump – Turma V) Se o centro acadêmico precisava de um toque de beleza nipônica, a primeira secretária chegou para preencher o quesito. Nossa querida Laíssa responde pela alcunha de “Jump”, por um motivo que ninguém lembra direito qual é, mas acabou por ficar assim mesmo. Você, bixo, pode chamá-la de Larissa, se quiser, e esteja certo de que ela vai adorar. Sua característica principal é a dedicação imensa para com os afazeres do Centro Acadêmico. Quando você precisar de qualquer informação sobre o CA, fale com ela, pois a Jump possui uma capacidade de organização ímpar, e saberá responder a todas as suas dúvidas. Mas caso um dia você precise esperar essa moça se arrumar para sair, bixo, leve alguns trabalhos para fazer, aproveite para ligar para a família, porque o processo é longo e leva algumas horas.

18


Vinícius Ehrhardt Drago (Bauboa – Turma V) Trazendo mais um sobrenome da série “soletrando – missão impossível”, Bauboa adquiriu tal apelido por ter seu outro sobrenome igual ao de um lutador russo dos filmes Rocky Balboa, o Drago. Entretanto, bixo, não pense que seu veterano também veio da Rússia. Acreditamos, por um motivo nítido, que as origens do Bauboa têm a ver na verdade com os Países Baixos. Atendendo também pelas alcunhas de “frigobar”, “Tarzan de samambaia” ou “pedreiro de maquete”, Bauboa é um cara muito conhecido e adorado por todos da faculdade, devido à sua enorme simpatia e a seu carisma. É outro veterano em quem você deve se espelhar se quiser ser querido por todos, bixo. Antes de passar no vestibular, treinava pilotagem em primeira pessoa com carrinhos Hot Wheels, o que explica sua prodigiosa habilidade no Mario Kart. Se quiser puxar assunto com ele, bixo, puxe um samba. Mas leve a caixinha de fósforos, pois ele sempre esquece e fica procurando uma nos lugares mais improváveis (tipo a casa da Lud). Desde o começo se mostrou muito engajado nos assuntos da faculdade, sendo muito eficiente no CA e participando também da bateria. Primeiro Tesoureiro: Lucas Wicher Marin (Gringo – Turma IV) Em seus tempos áureos, nas terras Nórdicas, comandava exércitos de valquírias contra os trolls das montanhas, com seus longos cabelos e sua barba de viking, ao som de um heavy metal. Mas, certo dia, um infortúnio do destino (uma tal de Fuvest) o fez perder as louras e sedosas madeixas, retirando todas as suas forças, restando-lhe apenas o heavy metal. Já na FDRP, Gringo ingressou no Centro Acadêmico e iluminou a todos com sua proverbial sabedoria. É uma pessoa muito sensata e inteligente, do tipo que costuma encontrar uma solução para os problemas mais difíceis.

19


Você sem dúvida o encontrará em algumas festas apreciando uma boa e gelada cerveja, mas se quiser ter com ele uma produtiva conversa sobre os assuntos da vida, é melhor acompanhá-lo em um jantar com arroz norueguês, pata de javali e hidromel. Segundo Tesoureiro: Pedro Heck (Golem – Turma V) Este veterano é conhecido por sua acentuada afeição por pedras. Durante seu ano de bixo, carregou um bloco de concreto nos braços, tratando dele como se fosse um filho. Sim, é verdade. Inclusive por conta dele há hoje um aviso na porta do bandejão com os dizeres: “Proibida a entrada de animais domésticos e pedras no recinto.” E não ouse rir, bixo: o tijolinho tem sentimentos! Provavelmente, este companheiro de Golem, enquanto você lê este manual, bixo, já acompanha algum de seus companheiros acadêmicos nesta jornada pelo primeiro ano de faculdade. Ao menos, era isso que prometia Golem ao levar sua amiga para cima e para baixo. Rapaz repleto de “seriedade e compostura”, como se autoqualifica, costuma participar de inúmeras coisas diferentes na faculdade. Mas não pense que é fácil ser como ele, bixo, pois a palavra “dormir” não consta no dicionário do Golem. Ele não bebe um copo d’água se não dissolver antes meio quilo de pó de café. Você poderá encontrá-lo por aí rodando pelo campus em sua Máquina Jurídica, apelido carinhoso dado a seu carro espaçoso de última geração. Neste momento, bixo, saia da frente para não morrer atropelado. E caso a adrenalina inspire alguma ideia genial para ajudar a engordar o caixa do CA, exponha-a ao nosso segundo tesoureiro, e instantaneamente conquiste seu coração, pois Golem é uma das pessoas que sem dúvida alguma mais trabalha para fazer crescer as finanças do CA. DEPARTAMENTOS Departamento de Cultura (DCult): O Departamento de Cultura é um dos três departamentos estatutariamente obrigatórios no CAAJA. Tem como funções e metas promover, estruturar e

20


viabilizar as atividades culturais dos associados em geral, como eventos artísticos, por exemplo, além de ser responsável pelo zelo da sala do CA, de sua biblioteca e de sua videoteca. Bianca Eckschmiedt (Polaca – Turma IV) Bixo, advertiremos sua inocente pessoa sobre a realidade dessa veterana: ela na verdade possui duas personalidades, Bianca e Polaca. Bianca é o lado doce, gentil e meigo da nossa querida diretora da Cult, amiga para todas as horas, assídua frequentadora das aulas, exímia dançarina. Sempre realiza seus deveres com muita competência no departamento de cultura. Bianca, entretanto, realiza sua metamorfose, transformando-se em Polaca, sempre que precisa articular algum plano mirabolante para conseguir alguma coisa, principalmente se for para o benefício do CA. Se você for conversar com ela enquanto Polaca, quando você menos perceber, bixo, estará trabalhando no departamento de cultura sob seu comando, hipnotizado. Aliás, a Cultura acumula fileiras de membros justamente por essa habilidade especial de sua diretora. Seu sobrenome constava em uma etapa final do “soletrando” (aquela que foi cancelada por impossibilidade de acerto), e está presente em diversos trava -línguas da cultura alemã. Daniel Lopes (51 – Turma V) Atendendo por vários apelidos, como 51, fift, fifa ou John Mayer, esse veterano de Pirassununga não economiza quando se trata de charme e estilo. Seu apelido, é claro, veio do fato de em sua terra produzirem certa água sagrada e cristalina, daquelas que esquentam o coração da gente. Há boatos que naquela terra também se produzem discos voadores, mas fique tranquilo, bixo, você logo entenderá que não estamos falando de alienígenas. Sua voz aveludada e seu sotaque único o tornam um dos maiores garanhões da FDRP. Cantor talen-

21


toso, há boatos de que viaja para Pirassununga ouvindo as próprias gravações. É um rapaz muito inteligente que acabou de ingressar no DCult e promete acrescentar muito aos trabalhos dessa área do Centro Acadêmico, com suas ideias concretas e precisas. Marina Gomes (Sardinha - Turma IV) Essa veterana é mais uma ritmista da gloriosa Estouro. Entrou recentemente na Cult por pura vocação para os assuntos artísticos, sendo que além de dançarina tem um excelente gosto musical. Bixo, essa veterana é uma amante das humanidades, faz direito só por amor e gosto, já que sua vida financeira já está garantida por ser dona de uma marca de sardinha enlatada. Apesar de sua inicial timidez, não deixa de ser uma pessoa engraçada e muito simpática, sem contar inteligente, portanto vale a pena puxar um papo com ela, bixo. Uma característica interessante da Mari são suas comparações de semalhança física. Portanto, bixo, se ela virar pra você e disser que você é igualzinho a, por exemplo, o busto do Junqueira, não se assuste, não procure um cirurgião plástico, porque a Mari costuma ver semelhança em coisas absolutamente nada a ver.

Otávio Carvalho (Tatá - Turma IV) Otávio é um rapaz que nos inspira o espírito da jovialidade e do bom humor. Esteja certo de que, quando você for conversar com ele, bixo, e disser “olá” ou “o que tem no bandejão hoje?”, ele, antes de responder, olhará para você com um belo sorriso no rosto. Se você disser “tô de reaval de Romano”, ele te receberá com nada menos que um sorriso. Experimente também “que isso novinha?” ou “chupa CAASO”, e adivinhe: sorriso. Sorriso novamente, e mais um sorriso pra tudo

22


que você for falar, pra toda hora do dia. Dizem que o jeito único com que ele expressa todos os sentimentos, mas sabemos que tudo é devido a sua grande simpatia e seu carisma. A despeito de sua prodigiosa habilidade em sinuca, Otávio é um excelente aluno, e você poderá encontrá-lo por aí vestido com casacos de pele, luvas e gorro, sempre que a temperatura estiver por volta de 30ºC ou inferior, o que, para um nativo de Ribeirão Preto como ele, é um frio tenebroso. Dizem por aí que é aspirante a cantor sertanejo e triatleta. Departamento de Extensão e Assistência Social (DEAS): O DEAS é o segundo departamento estatutariamente obrigatório do CAAJA. As funções e os projetos do DEAS são, em geral, promover a integração entre a FDRP e a comunidade, promover atividades solidárias, como o projeto Extensão Solidária, promover campanhas de arrecadação e doação de sangue, começar a engrenar o projeto do Cursinho Popular da FDRP e outros. O Projeto Extensão Solidária é uma forma de levar os alunos da FDRP à realidade da periferia de Ribeirão Preto e entrar em contato com a população, por meio de atividades realizadas aos finais de semana.

Cristiano Da Dalt Castro (Graveto – Turma IV) Também conhecido como “filé do gafanhoto”, “mapa do Chile” e “grafite zero-cinco”, Graveto é um dos maiores poetas que a FDRP já revelou. Ao que parece, tal dom literário desabrochou depois de sua viagem, junto com a Luiza, pras terras geladas do Canadá. Quando você precisar de alguém calmo e delicado em alguma discussão, bixo, chame o Graveto, pois as palavras dele soarão suaves e cristalinas. Nas horas vagas, você pode encontrá-lo correndo atletismo no CEFER, vestido de Batman e com

23


chinelos calçados nas mãos. E se você ouvir boatos sobre o campeão de valetudo categoria pesos-pesados do campus, tenha certeza que é do Graveto que estão falando. Seu jeito descontraído pode enganar a respeito de sua inteligência, bixo, pois Graveto é dono de ideias geniais aplicadas em seu departamento. João Pedro Toríbio (Toba – Turma V) Esse veterano é um dos caras com quem você mais vai se divertir, e não só porque seu apelido rende todos os trocadilhos possíveis – mas porque o Toba é muito divertido mesmo. Munido de seu violão e de sua voz afinada, o Toba é a alegria de todas as festas, churras, jantares e reuniões familiares. Além de tocar muito bem, ele também canta bem, desenha bem, e atua bem – um artista completo! Você ainda verá a galera delirando pelo Toba num palco, seja num sarau, seja numa peça do Canto dos Famintos. Sua notável semelhança com Bruce Wayne causou uma leve alteração de sua personalidade. De tanto dizerem o quanto ele se parece com o herói, ele hoje vaga nas noites de Ribeirão Preto combatendo o crime e sussurando tenebrosamente no ouvido dos bandidos: “I’m Batman!”. Além de tudo isso, o ele é super gente boa: de sorriso fácil, bom humor crônico e uma inteligência profunda, você vai se descobrir muito feliz na companhia do Toba. Departamento de Imprensa e Marketing (DImp): O último departamento estatutariamente obrigatório do CAAJA. Em 2013, foi amplamente reestruturado e englobou as funções que enumeramos a seguir: Basicamente, o DImp informa os alunos dos acontecimentos não só dentro do CAAJA, mas de várias coisas a que estão relacionados os assuntos acadêmicos. É também o contato oficial da imprensa externa (jornais, revistas, televisão) para qualquer assunto relacionado ao CAAJA. Além disso (ufa!) é o responsável pela marca e imagem do CA, contribuindo, juntamente com a Tesouraria, no desenvolvimento de produtos, busca de parcerias, patrocínios e convênios para os associados do CAAJA.

24


Ludmilla Martins (Hermione – Turma IV) Hogwarts finalmente cansou sua beleza, com todo aquele frio e aquele povo meio doido, e ela decidiu tentar um ambiente diferente na FDRP (que na verdade só resolveu o frio). Entretanto, ao que parece, guardou alguns costumes dos velhos tempos de magia: transformou o prédio onde mora num lugar impossível de se encontrar, por mais que seja do lado da Avenida do Café. É do tipo que se esconde ao invés de morar. Sua dedicação para os assuntos da faculdade e para o CA são admiráveis, sempre agindo com responsabilidade. Tem a habilidade estranha de sumir durante a época de provas. Agora, se você encontrar a Lud por aí de calça de ginástica e não quiser ser transformado no picadinho do bandejão, bixo, saia da frente. Ela sem dúvida estará a caminho da academia. É seu solo sagrado, e ela é capaz de amaldiçoar a todos que estiverem em seu caminho. Victor Cabral (Kleitim – Turma V) Mais um adepto dos agasalhos à temperatura de 30ºC, o nativo Kleitim reside em uma longínqua terra de Ribeirão Preto, a oeste de Nárnia, um pouco mais pra lá de onde as retas paralelas se cruzam no infinito, mais precisamente entre Mordor e o Condado. Quando Judas foi procurar as botas, montou acampamento ao lado de seu quintal pra seguir na jornada. É provavelmente o maior fã de Beatles da FDRP. Desconfiamos que ele esconda John Lennon dentro de uma escotilha na cozinha de casa, por ser o lugar mais inóspito possível. Não se assuste se algum dia ele e o veterano Toba estiverem serestando a música tema da FDRP pelos seus corredores: Blackbird deve ser cantada em grupo, e os dois têm uma doença que faz com que não consigam se encontrar sem tocá-la ao menos uma vez. Fotógrafo excepcional e profissional, elevou em muito a qualidade do departamento de Imprensa com sua criatividade. Com certeza, bixo, as melhores fotos que você vai ver no Facebook de seus veteranos foram tiradas por ele (inclusive

25


a foto histórica com as turmas V, IV, III, II e a saudosa turma I). Obs: é provavelmente o membro do CA e veterano com a maior variação de seu apelido. Kleitin, Kleitinho, Kleits, Kreyts, Kleytom, Cleyton, Clayton Manning (quem conhece NFL entenderá), Cleitinho, Kreytos (quase um God of War), Cllllayton! (quando avistado pelo glorioso Toba), Creito... são só algumas das variações. Você, bixo, tem uma função: aumentar essa lista. Fique à vontade! Isabela Palmer (Palmer – Turma V) Uma das editoras do querido jornal da FDRP, Ócios de Ofício, Isa Palmer era conhecida, no ano de bixete, pelo costume de usar a coroa pra prender o cabelo (não se inspire nisso, bixete!), levando alguns olhares de reprovação, a despeito de sua evidente simpatia. Tem a prodigiosa habilidade de ter boas notas ao mesmo tempo em que tira várias horas de sono todas as manhãs (se você encontrar algumas marcas de baba, já sabe), sobre o macio travesseiro que são as carteiras da classe. É uma das mais habilidosas desenhistas da faculdade, sendo uma das maiores responsáveis, junto com Kleitim, pelas artes de campanhas, símbolos, divulgações e a imagem do CA. O desenho da capa deste manual é de sua autoria. Mas sua fama também se estende à insuperável maestria em batalhas de Mario Kart, nos intervalos de aula na salinha do CA. Não ouse desafiá-la, bixo. Além de perder a corrida, você ainda será humilhado publicamente e será lembrado eternamente por isso. Thaís Bialecki (Naja – Turma V) Direto de Cascavel, no Paraná, terra que lhe acarretou seu apelido, trouxe o chimarrão para esquentar as reuniões do CA. Apesar de sua idade precoce (ela entrou na FDRP com recém-completos 17 anos, bixo), é uma veterana muito inteligente e que já fez muita coisa na vida, como viajar pela Oceania, saltar de paraquedas e fazer bungee jumping. Se você quiser puxar conversa com ela, experimente dizer que gosta de Engenheiros do Hawaii, e ficarão horas em um bom

26


papo musical. Há boatos, inclusive, que ela sabe Faroeste Caboclo em cinco línguas diferentes: Português, Inglês, Espanhol, Francês e Élfico. E quando quiser agradá-la, bixo, diga-lhe que a síndica do edifício San Leandro ligou procurando por ela, para tratar de um encanamento quebrado. Departamento de Logística (DLOG): É um departamento de atribuições funcionais. Ajuda em todos os demais departamentos, analisando viabilidade de projetos, organização e distribuição de tarefas, organização do calendário. É uma essencial ferramenta para o mais eficiente funcionamento do CAAJA. Isabela Bolotti (Bão – Turma IV) Ela veio diretamente de Monte Santos de Minas para nos encantar com sua graça e beleza, além de seu sotaque “minerim” inconfundível. Seu vocabulário é composto basicamente pelas palavras “uai, sô, trem e bão”, motivo pelo qual ganhou tal apelido. Se você precisar falar com ela, bixo, não terá grandes dificuldades em encontrá-la, principalmente nos intervalos de aula. Nesse horário ela costuma desfilar seus cachinhos dourados lá pelos arredores da cantina, lugar onde ela exerce uma de suas maiores paixões: comer. E não se deixe enganar por aquele corpão, bixo, pensando que para mantê-lo ela só deve comer alface, pois a paixão dessa mineirinha são os doces. Por isso nunca fique perto dela com alguma guloseima à vista, pois quando você menos perceber ela já terá sumido de suas mãos. Caio Henrique (Ateta – Turma IV) Natural de Maceió –AL, esse alagoano de sotaque inconfundível - e incompreensível, diga-se de passagem - é um cara tranquilo, apaixonado, conhecido pelo seu carisma e pelo seu instinto empreendedor. Além de ser representante discente da CCint, onde está sempre tentando conseguir convênios com faculdades gringas, foi um dos fundadores da Jurisconsultus, a Empresa Júnior

27


do Direito (que você mais cedo ou mais tarde conhecerá) da qual atualmente é o presidente. Cozinheiro de mão cheia, tem nas panelas e apetrechos de cozinha um intenso hobbie. Outra paixão incontrolável são as compras. Você pode encontrá-lo facilmente no estabelecimento comercial mais próximo, comprando coisas tão úteis quanto um bronzeador artificial em Ribeirão Preto. Por isso, graças aos céus, conseguimos mantê-lo longe da tesouraria do CAAJA. Caso contrário, teríamos, além de um caixa negativo, a coleção completa da Polishop. Fique a vontade para puxar papo com ele, Bixo, pois, se você entender 1 de cada 5 palavras do que ele está dizendo, lhe garantimos que será um ótimo papo. Departamento de Relações Institucionais e Ouvidoria (DRIO): O CAAJA não tem sentido se não estiver sempre em consonância com os interesses dos alunos. O DRIO faz o papel de estar sempre atento aos constantes anseios de todos os associados, por isso não hesite nunca em procurar alguém quando precisar. Além disso, cuida de relações entre as instituições dentro e fora da faculdade. Rodrigo Salvador (Download – Turma II) Download não é “nativo” da FDRP. Recebeu seu apelido por ter vindo de transferência, ou de “download” de outra faculdade.É o veterano mais antigo do CA, bixo, sendo que é o único da gestão que é do 5º ano. Portanto, sua sabedoria é muito importante para todos nós. Morador da tradicional República 12 Doses, Download possui uma silhueta assemelhada a uma vara de colher caju. Quando não é visto em vestes de trabalho, com certeza estará caminhando folgadamente calçando seus crocs por aí. Download cultiva uma longa e duradoura amizade com ninguém menos que o Mickey, seu antigo companheiro de trabalho. Se você planeja uma viagem à casa do pequeno rato, inspire-se na sabedoria deste veterano para guiá-lo por essa jornada. É sua especialidade, inclusive, armar programas como uma baladinha ou uma cerveja com o famoso rato. Mas seu amor pela faculdade e principalmente pela Estouro são evidentes, bixo, e isso é uma característica muito admirável.

28


É um excepcional Representante Discente. Qualquer dúvida ou problema, bixo, consulte-o. Não hesite em solicitar ajuda. Download é um exímio defensor dos interesses dos alunos. Lucas Morata (Péla – Turma V) Pélassaco, rapaz bonito, dono de um apelido um tanto complicado, é uma das figuras mais bermuda -e-chinelo da faculdade. A coleção toda da Havaianas deve existir dentro de seu guarda-roupa, pois ele nunca sequer segurou um par de tênis em suas mãos. De panturrilhas definidas por subir a ladeira da Avenida Catão de bicicleta toda manhã, Péla é um rapaz muito entendedor do Truco e do Mario Kart. Sempre que o vir, barbado e sorridente, faça perguntas que só o verdadeiro Lucas Morata pode responder, pois esse jovem fanfarrão possui um irmão gêmeo, com o qual ainda planeja nos pregar uma peça algum dia. Se é que já não pregou, mas lembre-se, bixo, seus veteranos nunca erram! Nas horas vagas, come, dorme e estuda. Nas horas que não são vagas, fica com o fone de ouvido no notebook jogando partidas de xadrez pela internet.

29


vida em ribeirão ONDE MORAR Repúblicas ou Apartamentos de Veteranos Nessa seção separamos para você algumas repúblicas e apartamentos de veteranos que têm vagas, definitivas ou temporárias. Aproveite a oportunidade, bixo: morar com veteranos é a melhor coisa. Você vai se ambientar na cidade e na faculdade muito mais rápido, pois eles vão te dar uma bela ajuda - além de te zoar bastante, claro. República Mansão Foster Av. Vereador Manir Calil, 465, Jardim Sumaré 4 vagas permanentes e infinitas temporárias Empregada todos os dias, internet ilimitada, TV a cabo com payperview de futebol e filmes e área grande com piscina e churrasqueira. Próximo a um Supermercado Savegnago e outros locais úteis. Fica a 10 minutos a pé do Centro. Contato: Almir (Avatar) - (16) 9768-7552 Caue (Jacaré) - (16) 8181-6135

Casa com TV a cabo, internet, piscina, empregada, toda mobiliada, com cão de guarda. Localização privilegiada, próxima da USP/FDRP, de mercadinhos, conveniências, lanchonetes e restaurantes Contato: Granola (João Pedro) (11) 960756025 Download (Rodrigo Salvador) (16) 8823-9820 Filial (Pedro Soriano) (11) 983542492 República Ediglê Rua Álvares Cabral, número 542 Centro Localização privilegiada por ser no Centro, perto de supermercados, farmácias, restaurantes, shopping, rodoviária, os melhores pontos de ônibus etc. Apartamento mobiliado com internet, TV a cabo, empregada. Vagas masculinas temporárias de 1 mês. Contato: Toba (João Pedro Toríbio) (16) 92841317 Fiel (Rafael Campos) (16) 8228-1976

República LawLaw Rua Soares Castilho, 45 - Jd Sumaré. 3 vagas permanentes e infinitas temporárias Contato: Mogli (11) 97756-7310 ou (16) 82459752 Linguado (19) 9801-6953 República 12 Doses Av. Luigi Rosiello, 204 - Cidade Universitária 3 a 5 vagas permanentes, e infinitas temporárias, sendo o 1º mês grátis

30


República 229 Avenida Santa Luzia, 837 - Bairro Jardim Sumaré Vagas temporárias com possibilidade de surgir vagas permanentes Casa com 10 estudantes de Direito, 1 da turma II e 9 da turma IV Contato: Lage (16) 8820-2567 Tropeço (16) 8178-2020

1 vaga unissex temporária Contato: Bruna (11) 97619-2655 bruna.serra@usp.br Apê da Secretária Rua Campos Salles, 526, apto 110, Centro Uma vaga feminina temporária (6 meses) Contato: Gabi (Secretária) (19) 9782-2015 ou (16) 8108-2256

Apê Two and a Half Men Rua Cerqueira Cesar, 580, apto 70 Centro Apê com 5 videogames diversos (Super Nintendo, Nintendo 64, Playstation 2 e 3 e Nintendo Wii), é diversão que não acaba mais! Duas ou três vagas temporárias, e uma vaga permanente. Contato: Happy (16) 8196-7632 Coisa (Matheus Campanholi Delghingaro) (16) 8199-8135 Grilo (Antony Curti) (16) 8122-6908

Apê da Ju Galhardo Rua Álvares Cabral, número 542, Centro Uma vaga feminina temporária (1 mês) Contato: Juliana (16) 8245-5108 Apê do Tesouro Rua Garibaldi, 806, apto 1001, Centro Entre o Santa Úrsula e o Empório Brasília. Uma vaga unissex permanente/temporária Contato: Montanha (16) 8163-4853

Apê da Natália Rua Campos Salles, 423, Centro. Uma vaga unissex temporária Contato: (11) 99888-2100 vivo nataliagois@gmail.com

Apê da Baleia, Trinxa, Flora e Taísa Maison Piaget, Rua São José, número 1049, apartamento 121, Centro. Praticamente do lado do Santa Úrsula Uma vaga feminina temporária Contato: Baleia (Isabela Cantarelli) (16) 92440342 Trinxa (Eller Aguiar) (16)8244-7757 Flora: (16)8227-7193

Apê da Nycole (Xigugas) Rua Campos Salles 330, apto 72, Centro Uma vaga feminina temporária (6 meses) Contato: (16) 9776-0112 A Casa Rua Florêncio de Abreu, 1727, apto 42

31


Apê do Tino Av. do Café, 131. Ed. Merit. É o primeiro da avenida sentido CentroUSP, perto da rodoviária. Uma vaga masculina permanente Contato: Tino (Bruno) (16) 81641583 ou (11) 971121565

República Santhatávio Rua Álvares Cabral, nº 1152, ap.61, Centro 2 vagas unissex permanentes/temporárias República Mista com 3 moradores e ambiente familiar. Contato: (16) 3878-1554 (11) 9-9142-1770 Tratar com Thaís, Sant’Anna ou Otávio.

Apê do Thales e do Barba Rua Álvares Cabral, n° 1152, ap. 21, Centro. Vagas masculinas temporárias e permanentes. Contato: Thales (16) 8179-9379

Minha Casa, Minha Vida

além de diversas linhas de ônibus e todos os serviços que você pode precisar. A vantagem de morar lá é que você fica perto da faculdade e da maioria das festas (tanto as em Repúblicas, quanto as na USP), além de morar perto de muitos outros estudantes. A desvantagem é que, sendo onde Judas perdeu as botas, é longe do resto, além de ser meio difícil de arranjar carona para lá.

Se você prefere começar a sua própria república ou arranjar o seu próprio apê, sozinho ou com amigos, aqui estão algumas das opções, bixo. Mas lembre-se: aconselhamos fortemente que você tente se hospedar com algum veterano ou conhecido pelo menos no primeiro mês, antes de escolher definitivamente onde morar. Contratos assinados às pressas com imobiliárias e pensões podem te trazer muitos problemas, e um grande arrependimento depois. Se hospedando temporariamente com veteranos, você ganha tempo pra ir se ambientando e procurando com mais calma, para depois assinar um contrato com o lugar que você achar melhor. Você vai encontrar várias possibilidades de moradia aqui em Ribeirão, sendo as três principais: Monte Alegre: é o bairro em que está localizada a USP, ou seja, é longe. Lá ficam muitas Repúblicas e apartamentos a preços acessíveis,

Av. do Café: aquela que tem o logo da USP no meio do balão. É uma das que dão acesso à Universidade. Próxima da USP e também possuindo todos os serviços que você pode precisar (além de ótimos restaurantes a preços acessíveis), também oferece uma boa opção de moradia: nos flats, você terá muitos outros estudantes como vizinhos. Além disso, em alguns deles o contrato é renovado a cada mês, então você pode começar morando lá e depois se mudar, se não gostar ou se achar algum lugar mais interes32


sante. Você deve estar pensando que uma das vantagens de morar lá é a proximidade com a USP, mas acredite: você dificilmente irá a pé. Você logo vai descobrir que andar no sol de Ribeirão Preto não é muito agradável, além disso, dependendo do ponto em que você estiver nessa Avenida, é necessário andar em torno de 67 km até a USP; mas não se preocupe: muitos veteranos passam por essa avenida e vão te reconhecer com a sua coroa, basta só esperar ou combinar.

pedir você de entrar na MELHOR FACULDADE DE DIREITO DO PAÍS. Quaisquer dúvidas você pode falar com o Jesus (turma IV). Para entrar em contato: E-mail: svsocial.pc@usp.br Telefone: (16) 3602-3593 (16) 3602-4638; (16) 3602-4908; Endereço: Rua Clóvis Vieira Carlense, 26 (Casa 26, perto da Rotatória Central). ONDE SE DIVERTIR

Centro: você fica mais longe da USP, mas mais perto de infindáveis possibilidades de coisas a fazer: restaurantes, teatro, cinemas, shoppings, bares, livrarias, sebos, escolas de idioma, o famoso Pinguim, etc. O centro oferece muitas possibilidades de moradias, embora sejam mais caras do que no Monte Alegre ou na Av. do Café. Uma grande vantagem de morar lá é a chance de quase 100% de arranjar carona do centro ou para o centro.

Nas Festas Universitárias Uma das primeiras coisas que você vai aprender aqui é que a faculdade não se faz só de teoria, mas também de muitas festas, bebedeiras e, inevitavelmente, ressacas. As festas universitárias são um meio de provar empiricamente a eficácia da dialética, além de ser, é claro, de um rigorosíssimo treinamento de resistência ao coma alcoólico. Trata-se do que a vida nos oferece de melhor, ou seja: party hard! E são bem frequentes, bixo: você pode ir praticamente a uma festa por dia, se quiser. Então tenha certeza de não perdê-las! Bares: Bares são aquelas festas organizadas por alunos e que não ocorrem no próprio campus da USP, porque são proibidas. Não ocorrendo, não têm breja barata, não tocam todo tipo de música, e nem reúnem alunos de todos os cursos. Se rolassem, alguns dos melhores bares aconteceriam na FEA, na Med, na Filô e na Edu-

Na USP: A USP oferece moradia estudantil gratuita, em dez blocos divididos por três áreas, uma ao lado do Bloco das Exatas (Bl. A ao E), outra ao lado do CEFER (Bl. F) e a mais nova atrás do Restaurante Central (Bl. G ao J). É necessário levar alguns documentos e realizar entrevista com uma assistente social, mas relaxe, as assistentes são simpáticas e estão aqui para ajudar. Caso não existam mais vagas, pode ser ganho o auxílio moradia. Converse com elas e não deixe nada im33


ca. Fique atento à publicidade que maquiagem, com o corte de cabeocorre na frente do Bandejão: lá lo ou com aquela unha encravada, você fica sabendo de todas as festas pois você se esquecerá de tudo isso que acontecem e que não aconte- quando subir no balcão para dancem na USP! çar funk. Lembre-se também de Festas de Repúblicas: São as festas garantir seu ingresso o mais rápido que, de acordo com seus veteranos, possível, pois a procura é imensa e são as melhores e, de acordo com você não pode perder essa oporseus pais, as piores. Aqui aconte- tunidade! Um dos churras mais ce todo tipo de loucura que você famosos é o Churras de Fim de Sepode imaginar (de campeonatos mestre, que acontece na 12 Doses de disco voador até...). As melhores e vêm crescendo a cada ano. Não histórias surgem nas festas de Re- perca uma das festas mais queridas públicas. Geralmente, acontecem do campus! nas segundas, Chopadas: Em terças, quartas, geral, são orquintas, sextas ganizadas pee sábados, polas Comissões dendo eventualde Formatura. mente acontecer Ocorrem denaos domingos tro e fora do - e são quase de campus e são graça. As Rep’s um pouquise concentram nho mais caras, no bairro Monmas o Chopp te Alegre, mas O tradicional Churras de Fim de Semestre, na é liberado. No existem algumas República 12 Doses. primeiro dia de que são localizaaula rola uma das em outros bairros de Ribeirão. no CV da MED. A Odonto tem Vale lembrar que no fim do ano uma chamada Choppada do Branrola o InterRep’s: 5 dias de baladas co. No fim do ano rola a OKTOe jogos. Se eu fosse você não per- BERLOK’S, uma das mais famosas deria! festas da USP. Churras: Podem ser realizados tan- Festas Grandes: são as que se torto em repúblicas, quanto em cháca- nam tão grandes, mas tão grandes, ras. Lembre-se sempre de guardar que extrapolam os limites da USP. seus bilhetes do bandejão e ficar Reúnem pessoas de todos os lugaquatro dias sem comer, porque lá, res da galáxia e são ótimas oportualém de muita cerveja e pinga, você nidades de conhecer gente que você encontrará carne à vontade e mui- nunca pensou que existisse. Semtas pessoas trajadas de cueca, bata pre acontecem em grandes centros e chinelo (inclusive as meninas). de eventos, e os Centros AcadêPor isso, não se preocupe com a micos e as Atléticas são os princi34


pais organizadores. No começo do ano rola o Entorta Bixo (FEA) e a Calourada Unificada, organizada pelos CA’s (você, bixo, PRECISA ir), com diversos tipos de shows e atrações. No meio do ano rola a Peruada (Farma), o Entorta-Tudo (Atléticas) e o MICARUSP (CA’s).

e sociais. Localiza-se no Centro, na Rua São Sebastião, 920, e exibe filmes blockbusters e filmes mais undergrounds. Vá assistir a um filme lá, bixo! Você curte um filme, uma cerveja Colorado (ou outra à sua escolha), e, de quebra, contribui com essa instituição admirável. Cinemark Novo Shopping: É lá longe, lá no bairro de Ribeirânia. O Cinemark do Novo Shopping conta com 7 salas de cinema, sendo 2 em 3D. O preço varia em torno de R$11 e R$18, e o preço dos filmes 3D varia entre R$19 e R$25. Cinépolis Santa Úrsula: No shopping Santa Úrsula, facinho de chegar, o Cinépolis Santa Úrsula tem 8 salas de cinema, sendo 3 em 3D. O preço varia em torno de R$12 e R$18, e o preço dos filmes 3D vai de R$17,50 a R$23,50. UCI Cinemas RibeirãoShopping: Também lá longe, o UCI do Ribeirão Shopping tem 11 salas de cinema, sendo 3 em 3D. O preço vai de R$12 a R$18, e o preço dos filmes 3D vai de R$17 a R$23.

Na Cidade Bixo, além de todas essas festas, a cidade de Ribeirão Preto também apresenta uma variedade muito grande de opções para você se divertir. Bares, cinemas, baladas, e muito mais opções para você aproveitar com seus amigos. Aqui relacionamos apenas algumas das opções, mas tenha certeza que há muito mais!

Cinemas Cineclube Cauim: De acordo com o seu perfil do facebook, o Cineclube CAUIM é “uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1979, que promove a cidadania através da Cultura e Educação em Ribeirão Preto e em todo o estado”.O Bares cineclube tem Pinguim: Simuma história riplesmente o bar quíssima, e luta mais famoso de pela inclusão Ribeirão Presocial: seus filto (com certeza mes são exibidos algum tio seu, g r at u i t a m e nt e quando desco(cobra-se apenas O tradicional Pinguim, no Quarteirão briu que você viuma taxa de ma- Paulista nha pra Ribeirão, nutenção, bem te perguntou se baixinha), e a instituição promove você ia tomar todas no Pinguim), a ida de estudantes da rede pública, o Pinguim é conhecido pelo seu além de diversos projetos culturais Chopp delicioso e ambiente tra35


Posto da Catão: Perto da USP e com litrão de breja por um bom preço – o que mais se pode pedir? O “bar” de um dos postos da Catão (uma loja de conveniência, na verdade) tem umas mesinhas do lado de fora, frequentadas por alunos da USP após as aulas, antes da aulas, entre as aulas, ou durante as aulas – por que não? Empório Brasília: Localizado no Centro, outro queridinho dos alunos da USP, especialemente dos que moram por ali. É facinho de chegar, o preço é razoável, e as porções são uma delícia, além de servir uma cerveja boa. Invicta: Localizado na Café, com lanches deliciosos e cerveja de todos os tipos, inclusive de fabricação própria. Vale a pena dar uma conferida, especialmente durante o happy hour, em que geralmente eles fazem preços bem atrativos para os Chopps e algumas porções – e é bem na hora em que você sai da faculdade, bixo, e pertinho da USP, ou seja: sucesso! Cervejarium: Como o próprio nome já diz, esse bar é destinado aos apaixonados por cerevjas. Servindo cervejas gourmets e artesanais, nacionais e importadas, bem como a cerveja e o chopp Colorado, natural de Ribeirão Preto. Paddock: Localizado no Centro, outro bar bastante frequentado por alunos do Direito. Música ao vivo, preço razoável e comes e bebes de qualidade, um bom bar para encerrar o árduo dia de aula. Espaço A Coisa: De acordo com o seu site, trata-se de “um Espa-

dicional, além de porçõezinhas de dar água na boca, e claro, o preço nada camarada. São três os bares do Pinguim: um no térreo do Shopping Santa Úrsula, um no Ribeirão Shopping, e o tradicional Pinguim Centro, ao lado do Pedro II. Vale muito a pena ir assistir uma apresentação ali no Pedro II e depois tomar um Chopp do Pinguim, ou comemorar lá o seu aniversário: você ganha um Pinguim de cerâmica de presente! Vila Dionísio: Pra quem curte rock, blues, e uma boa cerveja, o Vila é um dos bares queridinhos dos universitários – acredite, tem dias em que mais alunos da FDRP estão por lá do que nas aulas! Com dois palcos, o Vila apresenta covers muito bons de bandas como Bon Jovi, Guns, Los Hermanos, Metallica, Aerosmith, Queen e diversas outras, além de bandas independentes como Terra Celta – vale a pena ir a um show deles, bixo, é um dos dias em que a casa mais lota! Também possui um espaço com sinuca, uma enorme variedade de cervejas, drinks, e porçõezinhas deliciosas. O preço, porém, é um tanto salgado, então tome um pouco de cuidado antes de sair pedindo. Bronze Night Club: Outro bar para quem gosta de rock, blues, sambarock, hip-hop, etc etc etc. Localizado na 9 de Julho, o Bronze é, como diz o seu site, “bar noturno diferenciado com música ao vivo”. Com bandas de estilos bem variados, o Bronze é uma ótima opção para quem curte uma boa música. 36


ço para produção e apresentação de arte, conhecimento científico e filosófico, situado no centro da cidade de Ribeirão Preto”. Um lugar bem underground e alternativo, com uma galera alternativa e música alternativa. Uma boa pra quem quer variar do mesmo sertanejo de sempre!

A banda Skank em apresentação na Feira

Atrações Culturais Nacional do Livro, em 2012. Theatro Pedro II: O teatro Pedro II está localizado no Centro de Ri- Feira do Livro: Um dos eventos beirão, ao lado do Pinguim Centro, mais esperados na agenda cultural e em um prédio histórico tombado da cidade, a Feira do Livro de Ri– e lindo! Construído na década de beirão Preto é um evento comple20 como símbolo do poder da aris- tíssimo. Uma das maiores feiras do tocracia cafeeira da cidade, o Thea- livro ao ar livre do mundo, a feira tro foi tombado traz palestras, em 82 e restaurafilmes, peças, do na década de apre s e nt a ç õ e s 90, trazendo hoje de dança, mesas uma programaredondas, shows ção variadíssima, ao ar livre com de orquestras ao muitos grandes grupo de coménomes da múdia Melhores do sica brasileira, Mundo (do Josee claro, livros e ph Klimber, lemmais livros! Ela bra?), além de pe- Interior do Theatro Pedro II acontece no priças e apresentações musicais. meiro semestre, bixo, então já abra Teatro Municipal e Teatro de um espaço na sua agenda. Todas as Arena: Localizados no Morro de atrações são gratuitas e precisam de São Bento, este complexo cultural senhas retiradas. abrange tanto peças, shows e even- SESC: Localizado no Centro, o tos de fora de Ribeirão Preto como SESC Ribeirão Preto oferece muitambém espetáculos locais. O espa- tas atrações boas e quase sempre de ço também é utilizado para divesas graça ou bem baratas. Tem sempre festas temáticas como o Festival algo de bom por lá. Fique atento à Tanabata (festa japonesa com apre- sua programação no site www.sessentações musicais e comida típica) csp.org.br/ribeiraopreto e a FestItália (festa italiana com co- Instituto Figueiredo Ferraz: De midas e música). acordo com seu site, o “Institu37


to Figueiredo Ferraz é um espaço concebido para a difusão de arte e cultura. Situado em Ribeirão Preto, busca trazer (...) debates sobre as mais importantes manifestações artísticas no cenário nacional e internacional”. Localizado na R. Maestro Ignácio Stabile, 200 – Subsetor Sul de Ribeirão, um passeio no Instituto é uma ótima pedida para quem curte arte comtemporânea! MARP: O Museu de Arte de Ribeirão Preto também atende pelo nome de Pedro Manuel-Gismondi, nome que recebeu no ano de 2000. Tem vários espaços, não se restringindo à sede na Rua Barão do Amazonas, XXX; compreende também centros culturais, escola de arte e casa da cultura. Entre no site deles e divirta-se, bixo! http://migre.me/cBpfQ Varal Diverso: o site do Varal Diverso te dá uma programação bem completa atrações culturais de Ribeirão, desde apresentações musicais a exibições de filmes cult. Basta acessar www.varaldiverso.com.br e decidir o que fazer! Cultura na USP Além de tudo o que já falamos, bixo, a própria USP também oferece muitas opções de entretenimento e cultura! Ótimas ideias para quem quer um entretenimento de qualidade sem gastar muito – porque

geralmente estas atrações são de graça, ou muito baratas. E lembrese: aqui só reunimos algumas das muitas opções excelentes que a sua universidade oferece!

Museu do Café: Pra quem não sabe, onde é o campus da USP Ribeirão antes eram duas grandes fazendas de café, lááá na época colonial. Por isso, alguns dos prédios e construções do campus ainda têm aquela cara de antigos (como um dos prédios da Med, ou o CEFER). Esse museu reúne alguns objetos daquela época e ajuda a contar um pouco da história desse tempo tão longínquo. Cine Debate: Esta é para os cinéfilos de plantão: toda terça-feira à noite, na FDRP, é exibido um filme seguido de discussões profundas, geralmente ligadas à Filosofia ou ao Direito, ou aos dois – já que o Cine Debate é ligado às matérias de Filosofia e Filosofia do Direito. Uma atividade altamente recomendável para quem curte a sétima arte. Cinema na Tulha: Outra para os cinéfilos de plantão. Toda terça-feira, um filme diferente. Vai ser difícil escolher entre esse e o Cine Debate! Semana de Arte da FDRP: A Semana de Arte é um dos eventos mais legais que o CAAJA organiza ao longo do ano – uma semana inteiGramado da FDRP durante a II Semana de Arte da FDRP, em 2012 ra cheia de interven38


ções artísticas e culturais, para “tra- TUSP Ribeirão, ou procure o gruzer o que há de mais belo e humano po do facebook. Além do grupo de em nós”. Nos anos que se passaram, teatro, o TUSP também traz peças tivemos orquestras, apresentações de fora, no Circuito TUSP de Teateatrais, bandas, dança, obras de tro. Vale MUITO a pena conferir, arte, intervenções interativas e até as peças são excelentes! Fique atenchurrasquinho na fonte. Ela acon- to aos cartazes colados na faculdatece no segundo semestre, bixo, e é de ou no bandejão para não perder um evento imperdível! esta programação. Durante a semana, a faculdade se Saraus: São muitas as oportunidatransforma e você pode tanto mos- des para você mostrar o seu talentrar sua própria arte, como obser- to ou assistir as apresentações de var a de seus colegas. Em 2012, a outros alunos ou grupos! Temos semana de arte teve até um show o sarau realizado pela Casa 4, que no estacionamento da faculdade! acontece uma vez por semestre e O Canto dos Famintos: O grupo reúne exposição de fotos dos alude teatro da nossa amada FDRP nos das aulas de Fotografia que a reúne-se uma vez por semana, e USP proporciona, apresentação de é aberto a participação de todos, teatro (do TUSP), dança, entre ouFDRPianos ou não! Buscam fazer tras coisas, além de um lanchinho um trabalho de direção coletiva, em para todos os presentes. Também que todos trazem elementos para há o Pândegos, um super sarau orcompor os ensaios e as peças, e no ganizado pela Filô, que ocorre no final todos ensinam e aprendem, e segundo semestre. O ShowMed, claro, se divertem muito. Se você que ocorre no segundo semestre, é tiver interesse mais um meem participar, nos um sarau: procure a Suruma apresenda ou o Grintação teatral go (da Turma escrita e atuaIV), ou o Toba da pelos aluou a Cubinho nos da Med, é (da Turma V). um show bem TUSP: O Teaengraçado. tro da USP é Por fim, o sauma inciativa Grupo de Teatro O Canto dos Famintos rau do Direito da Pró-Reitoria de Cultura e Ex- em 2012 foi um grande sucesso... tensão, e o TUSP de Ribeirão ofe- quem sabe não tenhamos outro(s) rece aulas de teatro gratuitas, aber- esse ano? tas para toda a população, uma vez Direito e Literatura: Pra quem por semana – se você tiver interes- curte ler, este grupo de estudos vem se em participar, procure o Dilson bem a calhar. Com mais ou menos Rufino, na casa 3, ele é o diretor do uma reunião por mês, os membros 39


do grupo lêem um conto ou uma história e depois o analisam, discutindo sobre ele, às vezes na presença de algum professor. As discussões são bem profundas, vale bastante a pena! Se você tiver interesse, entre em contato com Iscúbi (Guilherme Bruniera) da Turma IV.

que atende a uma grande variedade de convênios. É considerado por muitos o melhor hospital da cidade, com o mais eficiente atendimento de pronto-socorro. Supermercados No Centro Dia: este não tem açougue, então é um mercado em que você vai pra comprar coisas bem básicas... e é barato! Localiza-se na Visconde de Inhaúma, 651. Extra: o Extra do Calçadão da Praça XV de novembro é um supermercado com mais variedade, tem hortifruti, padaria, açougue... apesar do atendimento deste último não ser o melhor! Rua General Osório, 672 Carrefour: no Carrefour Bairro você pode encontrar muitos outros alunos da USP que moram por ali, além de uma boa variedade de produtos, e geralmente de boa qualidade – apesar de que as hortaliças são bem ruins! Rua Rui Barbosa, 805/817/825/829 (é um desses hahaha)

LUGARES ÚTEIS Bixo, aqui separamos alguns lugares que podem ser úteis para você na hora do aperto. Claro, não daria pra cobrir a cidade de Ribeirão Preto inteira nas páginas deste manual – por isso, separamos apenas alguns lugares, baseados nas nossas próprias experiências, no Centro e no Monte Alegre. Para encontrar outras opções, não hesite em pedir informação para os veteranos que morarem perto de você, okay? Hospitais HC: O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto existe desde 1956 e reúne mais de 7.000 profissionais. Além da unidade no campus da USP, o HC também tem uma unidade de emergência no Centro, na Rua Bernardino de Campos, 1000. São Francisco: Um hospital privado que integra uma rede de empresas, que incluemm o hospital, o São Francisco Odontologia, entre outros. O hospital se localiza na Rua Bernardino de Campos, 912, Centro. Hospital São Lucas: localizado próximo ao centro, na Av. Quintino Bocaiúva, é outro hospital privado

Na Café Batatão: Varejão que quebra um galho pra quem mora por lá. As frutas e hortaliças são muito boas, enquanto que as carnes, nem tanto. Já o mercado em si é razoável. Localiza-se na Avenida do Café, n° 695. No Monte Alegre Tonella: Mercado que se localiza bem no meio do Monte Alegre, na rua Bela Vista com a Monte Alegre 40


(ou mais ou menos isso... nosso informante não tinha muita certeza do endereço), é um mercado acessível em termos geográficos pra quem mora ali. Supermercado Gimenes: Já um pouquinho afastado do “Monte Alegre” no geral, fica na Avenida Zerrener. É um mercado maiorzinho, diferente dos mercadinhos e mercearias que você vai encontrar no Monte Alegre. Rua Coronel Camisão: Vale a pena dar uma olhada nessa rua, bixo. De acordo com o nosso informante, é o ponto máximo do Monte Alegre: tem padaria da hora, varejão, até semáforo!

lojas, como todo shopping, inckusive a FNAC, que vende de livros a eletrônicos. O RibeirãoShopping acaba de inaugurar sua VIª Expansão e já prepara a VIIª para agosto deste ano. O shopping passará a contar com muito mais lojas, academia e até um jardim suspenso! Localiza-se na Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 - Jd California. Novo Shopping: Esse shopping existe desde 1999, e o melhor adjetivo para ele, além de longe, é: gigantesco! Esse shopping não tem andares, mas é muuito fácil se perder nele. Apesar disso, é um bom shopping, com cinemas, lojas, praça de alimentação (em que encontra-se, inclusive, o restaurante de um dos seus veteranos! Pergunte para o Turco do que estamos falando, e se possível, vá lá almoçar qualquer dia – vale muito a pena), etc etc. Localiza-se na Avenida Presidente Kennedy, 1500, Ribeirânia. Shopping Santa Úrsula: Esse shopping é super frequentado pelos alunos da USP, já que fica ali na região do Centro, onde muita gente mora. Não é nada incomum você ir lá dar uma passeada e encontrar com amigos, colegas, professores – até com o Poveda! Tem cinema, livrarias, academia de ginástica, pet shop, etc etc. Localiza-se na Rua São José, 933. Iguatemi (em breve): O Shopping Iguatemi de Riberão Preto está atualmente sendo construído na região sul de Ribeirão, com inauguração prevista para abril de 2013. Perto do RibeirãoShopping, contará com lojas de alto padrão.

Hotéis Hotel Pousada Santa Rita: localizado a 300m da entrada da USP, é um hotel em que se hospedam muitos bixos na primeira semana. Tem quartos com uma ou duas camas, piscina, ar condicionado (você vai precisar!), TV a cabo, e café da manhã. Av. do Café, 2295 Contato: (16) 3966-5404 e (16) 3966-6409 reservas@hotelpousadasantarita. com.br gerencia@hotelpousadasantarita. com.br Shoppings RibeirãoShopping: Inaugurado em 1981, o Ribeirão Shopping é longe e enorme: um grande complexo com shopping, hotel, prédios comerciais, etc. Tem cinema, hot zone, boliche, Outback, etc, e várias 41


AUXÍLIOS E BOLSAS

mento do aluno da residência até a Universidade. O Auxílio Livros dá direito a R$150 em compras na livraria da USP, mas é um pouco mais difícil de conseguir, pois são apenas 700 bolsas para todos os campi da USP. Os Auxílios Emergenciais são dados enquanto se espera o resultado do processo de classificação socioeconômica dos candidatos (que geralmente sai pro final de abril), quando os alunos saberão quais bolsas receberão definitivamente. Por exemplo, você pode conseguir uma moradia provisória enquanto aguarda para saber se receberá uma vaga na Moradia Estudantil. Para obter esses auxílios, é necessário se inscrever no Júpiter Web: você entra no Júpiter, vai em Gestão de Bolsas, e aí em Inscrição PAPFE; o candidato deve preencher o formulário e entregar os documentos que comprovem a sua situação para o Serviço Social, que vai fazer a avaliação socioeconômica de acordo com os critérios estabelecidos. Depois, você vai ter que fazer uma entrevista com a assistente social, bixo, mas não se preocupe, elas são muito simpáticas. A concessão do auxílio vai depender da pontuação obtida no Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE). Para informações sobre todos esses auxílios, entre em contato com o Serviço Social da USP Ribeirão, localizado na Rua Clóvis Vieira, casa 26. Telefone (16) 3692-4908. E-mail: svsocial.pc@usp.br e o site é o www.ccrp.usp.br/sas

A USP instituiu, em dezembro de 2011, por meio de uma portaria, dois programas voltados para os alunos de graduação: o Programa de Bolsas de Estudo e o Auxílio ao Estudante, ambos parte da Política de Permanência e Formação Estudantil. As Bolsas de Estudo são oferecidas aos alunos que se dedicam às atividade de pesquisa, cultura e extensão, e têm duração de 12 meses. Então, bixo, se você tem algum projeto de pesquisa ou extensão em mente, ou quer entrar em algum dos já existentes, informe-se sobre a concessão de bolsas. Uma bolsa interessante é a Bolsa Tutoria Científica, voltada para alunos que tenham uma renda x especificada pelo serviço social do cada campus. Já os auxílios têm por objetivo dar suporte para alunos de graduação com comprovada carência econômica. E são vários: existe o Auxílio Moradia, o Auxílio Moradia Emergencial, o Auxílio Livros, Auxílio Alimentação, Auxílio Transporte, e o Auxílio Transporte Emergencial. O Auxílio Moradia consiste em uma vaga na Moradia Estudantil (ver seção I), ou em um auxílio financeiro mensal. O Auxílio Alimentação dá isenção total no bandejão – todo mês, você retira seus tickets no Serviço Social do campus. O Auxílio Transporte é um apoio financeiro mensal, durante o período letivo, para auxílio no desloca42


faq frequently asked questions (and fears) 1. Onde estou? R. Em Ribeirão Preto! Ribeirão Preto é uma cidade que fica a aproximadamente 336km da capital estadual. Tem aproximadamente 600.000 habitantes, sendo que 100.000 deles são estudantes (o que não quer dizer que todos estudem). Uma das cidades mais quentes do Estado, e também lar da melhor faculdade de direito do país, vulgo: a sua querida FDRP

sua tão suada vaga na FDRP. 4. Morar sozinho, dividir apartamento, ou morar numa Rep? Depende da sua personalidade, planos, e bolso. Obviamente, dividir significa gastar menos – e por isso, as Rep’s são as opções mais baratas, já que os custos se dividem entre muitos moradores. As Reps são bem legais, bixo: você acaba entrando numa família e tem várias festas acontecendo bem ali na sua casa – e, claro, mora com veteranos bonzinhos e sossegados. Dividir apartamento ou morar sozinho também é legal: a vida é menos agitada, mas pra quem não curte morar com muita gente (ou com ninguém at all), é a opção ideal. Só tome cuidado com o lugar que vai escolher: reza a lenda de que certos síndicos passam as suas noites fazendo vudu e magia negra contra seus inquilinos estudantes. Pergunte para a Naja mais próxima de você.

2. A faculdade é boa mesmo? Sim, bixo. Pode confiar. A FDRP é muito boa e você vai se apaixonar e adaptar rapidinho. Em breve você não vai querer que estes 5 anos acabem.

3. Preciso confirmar matrícula pessoalmente? SIM! Você precisa confirmar a sua matrícula em pessoa, na FDRP, com todos os documentos que ficaram faltando da primeira vez. Cole a data na geladeira, coloque um alarme no celular, coloque como senha no facebook, tatue no Toba, 5. Devo aceitar hospedagem de alops, no pulso, mas NÃO se esqueça gum veterano? – caso contrário, você vai perder a De novo, bixo: sim! Você conhe43


ce vários veteranos amigos do seu veterano, é levado pa conhecer o campus/a cidade praticamente pela mão, e ganha um tempo pra escolher sua casa com calma.

à Catedral. Agora, claro, tanto pra ir à USP quanto pra voltar depende muito de onde você pega o ônibus, ou de onde você quer descer. Além dos que falamos, o Sumarezinho e o Jardim Recreio são alguns dos 6. Táxi ou moto-táxi? outros que chegam à USP. PergunDepende da sua pressa, coragem, e te aos veteranos que moram perto estado alcoólico. Se você é mão-de- de você quais os ônibus mais indivaca, moto-táxi é a melhor opção. cados, ou ligue na Transerp: o núSe você não abre mão do conforto mero é 118, e eles dão informação do carro e de um rádio tocando de intinerário e horários dos ônimúsica sertaneja, é melhor ficar bus. Maiores informações também com o táxi convencional mesmo. podem ser encontradas no site Em qualquer caso, peça a seus vete- da Transerp: www.transerp.ribeiranos o telefone de táxis e moto-tá- raopreto.sp.gov.br xis baratos... tem muitos que fazem um preço incrivelmente baixo! 8. Como fazer a carteirinha de ônibus municipal? 7. Quais ônibus devo pegar para che- Bixos e bixetes, temos uma grande gar à USP? E para voltar pra casa? notícia! Você, enquanto estudante, Há várias linhas de ônibus que che- paga só 50% da taxa do busão! Para gam à USP, como por exemplo: o isso, basta ter a carteirinha de estuHC (206), que passa na Praça da dante da TRANSERP (empresa de Catedral de “vinte em vinte minu- ônibus de Ribeirão Preto). tos” (é isso o que diz a Transerp, Não sabe como tirar a carteirinha? empresa que cuida do transpor- Documentos Necessários: te urbano em Ribeirão, mas é um - Cópia do documento de identidapouco mais lento do que isso); o de – RG Cidade Universitária, que também - Declaração escolar original e repassa na Catedral de hora em hora, cente (válida por 30 dias a partir da e passa pela Avenida do Café; e o data de emissão), constando grau, Santa Cruz HC, que passa pelo bair- série e período, devidamente caro Monte Alegre. Para sair da USP, rimbada e assinada pelo responsávocê pode pegar o HC ou o Castelo vel. Branco, por exemplo, para chegar - Comprovante de residência (con44


ta de luz ou telefone recente, que esteja dentro dos últimos 3 meses) em nome do pai, mãe ou aluno. Na ausência do comprovante de residência em nome do pai, mãe ou aluno, o titular da conta deverá emitir uma declaração de residência assinada com firma reconhecida em cartório. Anexar certidão de casamento caso o comprovante de residência esteja em nome do esposo ou esposa do aluno. ATENÇÃO: O cartão, emitido somente com a presença do interessado, será concedido para o estudante que residir e estudar em Ribeirão Preto. Aos que moram em pensões, repúblicas ou dividem apartamentos, vocês precisarão de uma declaração de residência com firma reconhecida em cartório, logo, ambos assinantes devem possuir firma aberta em cartório de Ribeirão Preto. (Dica: tem um cartório na rua do posto de atendimento da TRANSERP, o que facilita a vida!!)

guns documentos, como comprovante de matrícula, comprovante de residência, foto 3x4 (ou5x5, ou enfim), carteirinha de vacinação, comprovante de nascimento da avó, etc. 10. Devo aceitar caronas? Confie plenamente nos seus veteranos do direito – só tenha certeza de que eles são seus veteranos do direito, okay? Há também a modalidade carona selvagens, só para os fortes e arrojados – aquela em que você estica o dedão na rua. Também há a carona combinada, especialmente para ir à aula de manhã: combine com um veterano, e, por uma módica taxa mensal, você vai de carro pra FDRP todos os dias. Para procurar caronas para a sua cidade natal (ou de lá pra Ribeirão), procure o respectivo grupo do face. 11. O que é ECO? É o famoso Estágio Curricular Obrigatório. É meio que um nó na garganta dos alunos da FDRP, que levaram quase um ano para conseguir melhorar as coisas, com muito esforço. Chuck Norris ainda está atrás da validação de seu ECO. Há quem diga que Jack Bauer conseguiu todos os créditos em 24 horas, mas lendas são lendas.

9. Como fazer a carteirinha de ônibus intermunicipal? Geralmente, você pede um formulário no guichê da companhia que vai para a sua cidade, preenche e entrega na Graduação, onde eles vão preencher dados referentes à faculdade. Você também anexa al45


12. O que são ensino, pesquisa e extensão? São os pilares da Universidade de São Paulo – ou pelo menos, devem ser. Você entenderá com o tempo o que é cada um e qual o seu peso na FDRP.

semestre o Júpiter fica congestionado, devido ao grande número de acessos de alunos desesperados por saber se pegaram uma reavalzinha básica ou se tiveram a frequência suficiente em toas as matérias. Além disso, também é no Júpiter que você se inscreve para as aulas 13. Como participar do CAAJA? do semestre seguinte: fique atento Bixo, participar do CAAJA é muito aos prazos, bixo, chamados “interafácil. Nós temos reuniões uma vez ção de matrícula”. por semana, e elas são todas abertas: basta aparecer! A sua opinião 15. O que é Pró-aluno? sempre será ouvida e levada em Pró-aluno é aquela sala que fica conta, já que você é um associa- no andar térreo, perto da cantina, do. Você também pode participar cheia de computadores e impresna organização ou realização de sora à disposição. Muito útil para alguns eventos avulsos, ou, se nos pesquisar, terminar e imprimir tracurtir, virar um membro da gestão. balhos, e abrir o cardápio online Além disso, nossos membros estão do bandex. Você vai receber uma sempre abertos a ouvir a sua opi- senha provisória, depois é só ir lá e nião, e você também pode enviar modificar. Você pode pedir a ajuda uma mensagem pelo face, ou um do atendente para isso. Quanto às e-mai para caajausp@gmail.com. impressões, use com parcimônia: Acima de tudo, esperamos que você pode imprimir 40 folhas por você se sinta bem à vontade com a mês, e tem que levar o seu próprio gente – para opinar, sugerir, criti- papel sulfite. car, elogiar, zoar, o que quiser. 16. Faz frio em Ribeirão? 14. O que é Júpiter? Então, bixo... Você com certeza já Júpiter é o quinto planeta do nosso começou a perceber que essa persistema solar, sendo o maior deles, gunta é típica de bixo, mesmo... o “gigante dos planetas”. Mas tam- Você veio parar na cidade mais bém é o sistema em que seu resu- quente do Estado. Só isso. Para mo escolar se encontra e onde suas você ter uma ideia, você vê os nanotas serão lançadas. Todo final de tivos (nossos queridos colegas 46


ribeirão-pretanos) usando calça comprida e agasalho quando está fazendo 28°C. É esse o nível de calor que faz aqui, o que deu à cidade o carinhoso apelido de “Califórnia Brasileira”, faltando só uma boa praia. As estações do ano aqui são duas: verão e inferno. Então, bixo, a resposta a sua pergunta é: tirando uma certa semana do ano (que ninguém pode prever, mas que faz frio mesmo, e pega todo mundo desprevenido), quando chove (já que a nossa faculdade é projetada para nos deixar em contato com a chuva, não para nos proteger dela – uma vibe meio new age, saca?), e em aulas de professores que colocam o paletó e ligam o ar condicionado no -20°C, não, não faz frio em Ribeirão.

Mas no geral, a comida é boa sim – e é open de tudo! Além disso, é R$1,90 (AWWW YEAH!), o que será perfeito na hora de economizar para as balads mais caras. Sobre bolsa alimentação vide a seção “Auxílios e Bolsas” do capítulo anterior. 19. Vou morrer gordo de tanto ficar sentado lendo? Procure a Atlética para evitar esse problema. 20. Pode chegar atrasado na aula? Não. Mas na verdade sim – dependendo da aula. Prof. Luciano: definitivamente não.

21. Devo comprar todos os livros? Não. Eles são caros, além de que vários você só vai usar um pouquinho. Vale mais a pena emprestar 17. Eu vou ter mesmo aula de ma- na biblioteca, ou, quando todos os temática? poucos exemplares já tiverem sido Pois é, bixo. Não é trote. retirados, pedir emprestado a algum veterano ou tirar um xerox. 18. Comer no bandejão dá doenças? O que não mata, engorda (e como 22. Devo me associar ao CAAJA? engorda!). Você aprenderá com o Sim! Como já explicamos, você já Bandejão e com as festas que cerve- é um associado do CAAJA, bixo, ja mais comida do bandeco é a die- mas pode se tornar um associadota perfeita se você precisa ganhar colaborador. Com isso, por uma peso. E o bandejão é uma delícia – taxa anual, você ajuda o CAAJA a a menos, é claro, que eles decidam se manter e a promover debates, fazer hamburguer com abacaxi. palestras, semana de arte, e muito Nesse caso, você estará perdido. mais. E como contrapartida, você 47


desfruta dos descontos nos estabelecimentos conveniados, descontos nos nossos eventos, e também dos cursos oferecidos por nós, como os cursos de idiomas e cursos variados. Associe-se ao CAAJA! Consulte um dos membros da Gestão e torne-se um colaborador de nosso Centro Acadêmico. 23. Tenho muitas outras dúvidas, o que faço? Pergunte, bixo! Os seus veteranos já passaram por tudo o que você está passando e poderão te ajudar. A gente te zoa, mas não morde, e é fácil ser compreensivo quando já se passou por tudo na pele. Ficaremos felizes em te ajudar a se adaptar à melhor faculdade de direito do país!

Sejam bem-vindos! 48


Anexo 1 (pรกg. 5)

49


Anexo 2 (pág. 6)

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO / CIRCULAR Tabela de horários do ônibus circular Circular Garagem Av. RestauHospi- Fac. de RestauBandei- rante tal das Odonto- rante rantes Central Clíni- logia Central cas 1 6h20 6h25 6h35M 6h40 6h50 6h55M 2 6h45 6h50 7h00M 7h05 7h15 7h20M 1 7h10 7h15 7h25M 7h30 7h40 7h45M 2 7h35 7h40 7h50M 7h55 8h05 8h10M 1 8h00 8h05 8h15M 8h20 8h30 8h35M 2 8h25 8h30 8h40M 8h45 8h55 9h00M 1 8h50 8h55 9h05M 9h10 2 9h15 9h20 9h30M 9h35 G 1 9h20 9h25G 1 10h30 10h35 10h45 10h50 11h00 11h05 2 10h55 11h00 11h10 11h15 11h25 11h30 1 11h20 11h25 11h35 11h40 11h50 11h55 2 11h45 11h50 12h00 12h05 12h15 12h20 1 12h10 12h15 12h25 12h30 12h40 12h45 2 12h35 12h40* 12h55 13h00 13h10 13h15 1 13h00 13h05* 13h20 13h25 13h35 13h40 2 13h30 13h35 13h45 13h50 14h00 14h05 1 14h25 14h30 14h35 14h40 14h50 14h55 2 14h20 14h25G 1 15h10 15h15 15h25 15h30 15h40 15h45 2 15h50 15h55 16h05 16h10 1 16h00 16h05 16h15* 16h25 16h35 16h40 2 16h25 16h30 16h40* 16h50 17h00 17h05 1 16h55 17h00 17h10 17h15 17h25 17h30 2 17h20 17h25 17h35 17h40 17h50 17h55 1 17h45 17h50 18h00* 18h10 18h20 18h25 2 18h10** 18h15 18h25* 18h35 18h45 18h50 1 18h45 18h55 19h00 19h10 19h15 2 19h10 19h20 19h25 19h35 19h40 2 19h55 G 2 21h40 21h45 21h50M 2 22h05 22h15 22h20M 2 22h35 22h45 22h50M 2 23h05G * Pausa de cinco minutos ** A partir das 18:10 não passa na garagem M Passa na moradia nova G Garagem

50

Hospital das Clínicas 7h00 7h25 7h50 8h15 8h40 9h05 11h10 11h35 12h00 12h25 12h50 13h20 13h45 G 14h10 15h00 15h50 16h15 16h45 17h10 17h35 18h00 18h30 18h55 19h20 G 19h45 21h55 22h25 22h55 -


GUIA DE SOBREVIVÊNCIA CAAJA CALOUROS TURMA VI Realização CAAJA - Centro Acadêmico Antônio Junqueira de Azevedo Organização Departamento de Imprensa e Marketing - CAAJA Coordenação Victor Cabral Fonseca Redação Ludmilla Martins João Pedro Toríbio Marina Gomes Juliana Moyses Capa Isabela de Andrea Sherman Palmer (desenho e coloração) Victor Cabral Fonseca Fotografia e Imagens Banco de Dados FDRP Google Imagens Victor Cabral Fotografia (fotos da gestão e das 5 turmas) Diagramação e Finalização Victor Cabral Fonseca Apoio Logístico Tesouraria - CAAJA


CO FN NT AC RA RI CA BE PA IR RE ÃO S PR ERV ET AD O A

-

COMPARTILHE TUDO O QUE VOCÊ VIVE.

A sua história passa pela Fnac Ribeirão Preto. LIVROS | INFORMÁTICA | MÚSICA | FILMES | TV | SOM | FOTO | TELEFONIA | GAMES | KIDS

Cartão Fnac. Vantagem é ser Associado.


Guia de Sobrevivência CAAJA 2013 - FDRP/USP