Page 1

curriculum vitae

Design


curriculum vitae

Cátia

Ricardo 36

ANOS

Lisboa

PORTUGAL

designer de comunicação COMUNICAÇÃO & IMAGEM


IDENTIFICAÇÃO NOME

CÁTIA DAS NEVES MONTEIRO RICARDO

DATA DE NASCIMENTO

25/ 07/ 81

B.I.

12211868

NO CONTRIBUINTE: NATURAL NATURALIDADE CARTA DE CONDUÇÃO MORADA TELM. EMAIL.

229796842 LISBOA PORTUGUESA Nº L-1785129 7 CATEGORIA B (LIGEIROS) - EMITIDA EM 27/11/01. RUA DOM NUNO ÁLVARES PEREIRA, N.º14, 3.º ESQ., 2675-418 - ODIVELAS 914 164 797 catiaricardo.ricardo@gmail.com

HABILITAÇÕES ACADÉMICAS 2008

curriculum vitae

Pós-Graduação em Comunicação e Imagem no IADE

2006/ 2007

Licenciatura em Design Gráfico e Produção Gráfica pelo Instituto Superior de Educação e Ciências.

2003/ 2006

Bacharelato em Design Gráfico e Produção Gráfica pelo Instituto Superior de Educação e Ciências.

1999/ 2002

Curso de Técnica de Artes Gráficas pela Escola Profissional Vale do Rio (Curso de nível 3 equivalente ao 12o ano).


EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 2005/2015

2002/06

2001

curriculum vitae

Designer Gráfica e Criativa, responsável por revistas editoriais, função de paginação, criatividade e tratamento de imagem. Trabalho com revistas do Turismo de Lisboa, Follow Me Lisboa e RTL, revistas de saúde, Farmácia Portuguesa, Farmácia Saúde (ANF), Newsfarma, Medico News, Farmcêutico News e outras. Outros materiais de suporte gráfico a destacar, McDonald’s, Coca-Cola, Super Bock, APED, Costa do estoril, Turismo de Lisboa, Comporta entre outros (ver Porfólio). Com 10 anos de experiência na área. Técnica de composição de publicidade da Global Noticias S.A. – Diário de Noticias, 24 Horas, Tal & Qual. Estágio no âmbito do curso técnico de artes gráficas, levado a cabo na McCann Erickson, com a participação em diversas campanhas publicitárias, designadamente “Coca-Cola”, com nota de estágio de 17 valores.

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA > Domínio completo dos programas “Photoshop CS”, “InDesign”, “Ilustrator”, “Free Hand”, “Quark xpress”, conhecimentos de informática na óptica do utilizador, dos programas MS Office; > Domínio completo de utilização de Mac e PC; > Conhecimento de váriadas técnicas de pintura e Ilustração.

LÍNGUAS ESTRANGEIRAS > Inglês, Espanhol

SEMINÁRIOS E FORMAÇÃO COMPLEMENTAR > Workshop de ilustração, ministrado por Pedro Samith > Workshop de ilustração, ministrado por André Letria > Participação no concurso de Jovens Criativos 2006 na área de Ilustração


Portfólio Design TURISMO | SAÚDE | BANCA E TRANSPORTES SETORES PROFISSIONAIS PUBLICIDADE E MEDIA | OFFLINE E ONLINE SUPERBRANDS | CAMPANHAS VÁRIAS

Design


01

04

02

03

05

Design


01

turismo REVISTA DO TURISMO DE LISBOA FOLLOW ME | WHAT’S IN ESTORIL PORTA A PORTA | COMPORTA | SINTRA

Design


REVISTA DO TURISMO DE LISBOA apenas para os Associados do Turismo, actualmente disponivel do Turismo | Rua do Arsenal

FOLLOW ME LISBOA revista gratuita distribuida nos postos de turismo “Ask Me Lisboa”, espalhados pela cidae de Lisboa

Design


REVISTA TERREIRO DO PAÇO teve apenas 4 edições, foi criada pelo Turismo de Lisboa para promover a requalificação do Terreiro do Paço, com novos espaços e serviços

WHTA’S IN ESTORIL revista gratuita distribuida nos postos de turismo da Costa do Estoril e Cascais. Revista que acabou 2012. BROCHURA COMPORTA dossie de marketing para promover a comporta como Turismo Equestre e de negócios

COMPORTA CONCURSO DE SALTOS INTERNACIONAL

CSI 3***

1 | comporta |CSI 3***

Design


Newsletter nº 17 Trimestral Novembro 2012 Esta publicação foi integralmente impressa em papel reciclado

Novidades nos Vinhos Herdade da Comporta Finalizado mais um período de vindimas, o trabalho não pára na Adega da Herdade da Comporta. É tempo de preparar novos vinhos brancos, tintos e rosé e de ultimar o lançamento de novos néctares no mercado. Conheça as novas apostas deste projecto vitivinícola. > Pág. 3

“Música na Comporta” arrasou este Verão A animação e a boa música marcaram o ambiente de mais uma edição do “Música na Comporta”. > Pág.2

Pintura e fotografia internacional na Herdade da Comporta O Espaço Museológico “Museu do Arroz” e a “Casa da Cultura” têm vindo a receber várias exposições de artistas internacionais. > Pág. 3

Verão animado com a Fundação Herdade da Comporta Ao longo de Agosto, a Fundação Herdade da Comporta promoveu um programa de actividades para as crianças e jovens da região. > Pág.4

PORTA À PORTA newsletter da Comporta, distribuição gratuita

TURISMO DA COSTA DO ESTORIL - Cartazes; - Outdoor; - Pendões da promoção turistica da Costa Estoril

Design


PORTA À PORTA newsletter da Comporta, distribuição gratuita

TURISMO DA COSTA DO ESTORIL - Outdoor; - Pendões da promoção turistica da Costa Estoril

Design


enero aproveche época de rebajas para ir de compras en el centro de Lisboa, con las mejores marcas.

En

la

Fun Park Lisboa Un mundo de ensueño en la capital portuguesa Espectáculos, pista de hielo, muñecos a tamaño real, circo, diversión, animatrópicos Reserve ya su fin de año y entre en 2009 con:

Hasta el 1 de febrero, en Alcântara

en Lisboa

Conciertos de entrada libre Fuegos artificiales sobre el Río Tajo Mucha animación y algunas sorpresas

No se pierda este espectáculo de teatro de la compañía belga Laika, en el que no basta sólo con ver y oír.

¡Hay que probar, sentir y saborear!

Me Gusta,

un ritual culinario que desvela los secretos de la cocina exótica Del 22 al 25 de enero,

en el Centro Cultural de Belém (CCB)

Lisboa, una experiencia personal

TURISMO DE LISBOA - Cartaz; CD - Webletter do visitlisboa.com CD 2

Design


02

saúde FARMÁCIA PORTUGUESA | FARMÁCIA SAÚDE | MEDICO NEWS | FARMACÊUTICO NEWS | SIDA | HEMATOLOGIA E ONCOLOGIA | SEPARATAS LABORATÓRIOS

Design


PUBLICAÇÃO TRIMESTRAL • 205 • JAN/FEV/MAR ‘14

FARMÁCIA PORTUGUESA PEDIATRIA AS GRANDES DIFERENÇAS DOS PEQUENOS GESTOS

ENTREVISTA

CONVERSA COM

CEFAR

MÁRIO CORDEIRO: «Amar não é dar coisas...»

DIOGO DE LUCENA: Sobre o poder sedutor da mudança

20 anos de pioneirismo na evidência farmacoepidemiológica

REVISTA DA ESPECIALIDADE DE SAÚDE - Hematologia e Oncologia - SIDA - Farmacêutico News - Farmácia Saúde - Farmácia Portuguesa

Design


Vitamina D DA BASE À PRÁTICA CLÍNICA

“A OSTEOARTROSE NÃO É UM PROCESSO FISIOLÓGICO ASSOCIADO AO ENVELHECIMENTO, É UMA DOENÇA”

“Vitamina D: da base à prática clínica” foi o tema da reunião organizada pela Jaba Recordati, no dia 9 março. Contou com o palestrante Dr. António Marinho, da Unidade de Imunologia Clínica do Hospital de Santo António – Centro Hospitalar do Porto (HSA-CHP).

Nos primeiros anos de vida são necessárias pelo menos 1 000 IU/dia, que vão sendo aumentadas ao longo da idade

acordo com as orientações da Endocrine Society de 2011, o rastreio do défice de vitamina D apenas deve ser feito em “indivíduos em risco e não na população geral”. Assim, devem ser rastreados os idosos, os institucionalizados, as grávidas e as mulheres pós-menopausa. O especialista destacou um estudo de custo-benefício da Sociedade Canadiana publicado em janeiro 2015, que fez uma meta-análise de vários estudos. Neste trabalho concluíram

De uma forma geral não é “necessário medir a vitamina D para a administrar”

não só que o doseamento da vitamina D poderá ter utilidade em alguns indivíduos que poderão vir a beneficiar de suplementação, mas também que não há evidência direta na eficácia do teste da vitamina D nos outcomes em saúde, ou seja, de uma forma geral não é “necessário medir a vitamina D para a administrar”. Em ambas as populações, quer as que fizeram screening, quer as que fizeram suplementação universal, houve um custo-eficácia positivo, com redução do risco de quedas. A população que fez screening pareceu ter algum benefício financeiro, explicou. No entanto, aqueles que tinham uma idade avançada (mais de 80 anos) foram os que beneficiaram em fazer o screening versus a suplementação universal. O orador explicitou que há uma diferença

Ref. 137.2015

Dr. António Marinho com staff Jaba Recordati

entre suplementar e tratar. Nos primeiros anos de vida são necessárias pelo menos 1 000 IU/dia, que vão sendo aumentadas ao longo da idade. A partir dos 19 anos é necessária uma dose diária de 1 500-2 000 IU para obter os níveis adequados de 25(OH) D. No défice severo de vitamina D em que deve ser dado 50 000 IU/dia, durante 1 a 3 semanas, com uma manutenção do tratamento de 50 000 IU/semana e após reposição 800 IU/dia ou 50 000 IU/mês ou quinzenalmente. Um estudo com um grupo de transplantados renais mostra a segurança de dar doses grandes de vitamina D. Foram administradas doses intensivas de colecalciferol, 100 000 IU/2 semanas, durante 2 meses, para ver a eficácia e a segurança. Verificou-se que houve benefício tanto com baixa como com dose alta de vitamina D, mas essencialmente ninguém apresentou complicações com o tratamento em doses elevadas. O Dr. António Marinho finalizou dizendo que há quatro grandes estudos a decorrer, com doses de intervenção variadas e outcomes como a mortalidade, cancro e a doença cardiovascular, que vão poder esclarecer algumas questões.

CMYK

THREE-COLOUR PRINTING

HIPERTENSÃO NO DOENTE DIABÉTICO

EFICÁCIA DO

LISINOPRIL/AMLODIPINA EM COMBINAÇÃO FIXA 9.º CONGRESSO PORTUGUÊS DE HIPERTENSÃO 28 DE FEVEREIRO | VILAMOURA

ESPECIAIS REVISTAS SEPARATAS - Grupo Italfarmaco - Vitamina D | JABA RECORDATI - Revista “CUIDAR” - “20 Anos São João - SPP 40 anos

Design


Minutos que SALVAM

Área de Sócio

E-mail

password

OK

Sociedade Portuguesa de Aterosclerose

5

HM

Reagentes Os reagentes necessários vêm todos num kit que é composto por: 1 Diluente: solução isotónica salina, que permite a diluição do sangue total e limpeza do sistema fluído do analisador entre amostras 2 Solução de Rinse: utilizado em conjunto com o diluente para evitar a deposição salina 3 Solução de limpeza: utilizado no processo de limpeza do sistema fluído do equipamento 4 Solução de Lise 1: utilizado para hemolisar os leucócitos e hemoglobina para posterior determinação 5 Solução de Lise 2: utilizado na diluição do sangue total e hemólise dos leucócitos para separar os eosinófilos granulocitos das outras células sanguíneas brancas por volume. Permite determinar os eosinófilos e basófilos em quantidade e percentagem

Minutos que SALVAMMinutos

Equipamento totalmente automático que permite fazer uma contagem das células sanguíneas, 5 séries, produzido especificamente para a área veterinária. Permite obter resultados para 22 parâmetros e um histograma celular, fornecendo ao médico veterinário, um check-up completo anual e/ou diagnóstico, para o aconselhamento de um

Minutos que SALVAM

que

SALVAM

Execução em 3 passos

tratamento adequado. A versatilidade do VetScan HM5, fácil utilização, base de dados de gestão e pouca manutenção, permite ao médico veterinário fazer uma análise hematológica no seu consultório, obtendo os resultados na hora.

5

HM SPa

aterOsclerOse

SaiBa coMo reconhecê-La

notíciaS

SPa oS Media

aGenda

LinKS

contactoS

pEsquisa

2 Inserir a amostra 3 Leitura dos resultados. de sangue, que deve Os resultados e os quatro ser previamente bem histogramas poderão ser agitada, e pressionar Start visualizados no ecrã ou impressos.

Controlos Estão disponíveis Controlos de Qualidade para calibração do equipamento e Controlos de alto e baixo valor, para verificar quando necessário, se o equipamento se encontra calibrado.

SUBScreVer neWSLetter

notíciaS

1 Introdução da informação do animal

NomE E-mail

OK

eUroPean atheroScLeroSiS Society conSenSUS PaneL caLLS for a SiMPLified aPProach to defininG hiGh triGLycerideS (hyPertriGLyceridaeMia) In >95% of patients, high triglycerides reflect the burden of the effects of more than 30 genes involved in triglyceride pathways. SaBer +

XXIII cOngressO prevençãO

Equipamento totalmente automático que permite fazer uma contagem das células sanguíneas, 5 séries, produzido especificamente para a área veterinária.

pOrtuguês de aterOsclerOse 2015

eaS yoUnG inVeStiGator feLLoWShiPS

Permite obter resultados para 22 parâmetros e um histograma celular, fornecendo ao médico veterinário, um check-up completo anual e/ou diagnóstico, para

EAS is committed to supporting the next generation of atherosclerosis researchers. In the Glasgow 2015 Congress Scientific Programme there are exciting new op

o aconselhamento de um tratamento adequado. SaBer +

A versatilidade do VetScan HM5, fácil utilização, base de dados de gestão e pouca manutenção, permite ao médico veterinário fazer uma análise hematológica

Prémio de Jornalismo hipercolesterolemia familiar 2014/15

no seu consultório, obtendo os resultados na hora.

coLeSteroL hdL e riSco de cancro eM doenteS coM diaBeteS tiPo 2 Os autores (Wenhui Zhao, Jing Guan, Ronald Horswell, Weiqin Li, Yujie Wang, Xiaocheng Wu e Gang Hu) tinham como objetivo de investigar a relação entre o colesterol HDL (HDL-C) e o risco de cancro em doentes com diabetes tipo 2(DM2).

[o que é] Fotómetro, com centrífuga incorporada, que permite a determinação de parâmetros bioquímicos e electrólitos, num curto espaço de tempo, o que torna quase imediata a análise necessária. [como] É através da força centrífuga e capilar que o rotor separa o sangue total do plasma. O plasma diluído é automaticamente introduzido nas diferentes câmaras de reacção do rotor e sujeito a leitura fotométrica, sendo os resultados submetidos a um controlo de qualidade interno.

D I A G N Ó S T I C O S PA R A A V I D A

SaBer +

Beloura Office Park, Ed.11 - Quinta da Beloura 2710-693 Sintra Tel. 21 923 63 50 • Fax 21 923 63 89 www.quilaban.pt

Copyright © SPA 2009

D I A G N Ó S T I C O S PA R A A V I D A

CONSTRUÇÃO DO DESIGN GRÁFICO DO SITE DA SPA

MATERIAIS QUILABAN

Sociedade Portuguesa de Asterosclerose

Anúncio VetScan mais Roll Up Beloura Office Park, Ed.11 - Quinta da Beloura 2710-693 Sintra Tel. 21 923 63 50 • Fax 21 923 63 89 www.quilaban.pt

Design


03

banca e transporte LISBOA CARRIS E METRO CAIXA AGRICOLA CA

Design


VIAlx #2

Série I | Ano 1 | 2.º Trimestre abril/ maio/ junho 2013 1 euro

Lisboa andou em festa com CARRIS e METRO

Cresça com o Transporte Público

REVISTA VIA LX, CARRIS E METRO | 5 EDIÇÕES REVISTA CRÉDITO AGRICOLA CA | ESPECIAL 100 ANOS

Design


04

setores serviรงo BRIEFING | STORE | ADVOCATUS | APAN

Design


director: Hermínio santos trimestral Ano iii n.º 12 Julho/Agosto/setembro de 2014 8 euros n

n

n

n

n

www.apan.pt

APAN OTÍCIAS julho 2014

A plAtAformA dA distribuição e comércio moderno

22

O que é nacional é bom

MedIA SMArT Lança PLataforma de e-Learning Pioneira na euroPa

APAN TeM NOvA dIreçãO

GrANde eNTrevISTA nobre reforça PartiLha com os consumidores

A prova de que “o que é nacional é bom” tem a assinatura das cadeias de distribuição que operam em Portugal, cuja estratégia passa pelo apoio aos fornecedores nacionais e pela exportação de produtos portugueses.

JORNAIS

40

Inês Valadas, administradora da Sonae MC

Há uma nova marca na papelaria

10

Centros de logística na Azambuja e Alverca

NO “CORAÇÃO” DA DISTRIBUIÇÃO

Inês Valadas, administradora da Sonae MC, explica a criação da note!, a nova marca do grupo e especializada em papelaria, livraria e presentes.

Design

- Advocatus - BRIEFING - APAN Notícias - Store Magazine


` Os dias da rádio - de Franklin ` Internet D. Roosevelt à Porto de Ponta Delgada, 1918 Pintura a óleo de Charles Edwin Ruttan, ilustrando o momento da chegada do destroyer USS Dyer ao porto de Ponta Delgada em Julho de 1918. A bordo do barco vinha o (então) Subsecretário da Marinha dos EUA, Franklin Delano Roosevelt, em visita à base naval que os americanos tinham instalado meses antes nessa cidade. (Biblioteca e Museu Presidencial Franklin Delano Roosevelt)

A propósito da exposição Roosevelt nos Açores

MOSTRA ÀS CRIANÇAS NO MAPA ESTES LUGARES DOS AÇORES “ (…) Devemos chegar, amanhã, ao Faial. Esta é uma das ilhas ocidentais dos Açores, onde os Dabney, de Boston, exerceram funções de cônsul, e foi igualmente o cenário do famoso combate entre o corsário John Armstrong e os barcos de guerra britânicos, na guerra de 1812. O porto situa-se na capital do Faial, cidade da Horta. Ficámos aqui apenas umas horas e depois continuámos (…) até Ponta Delgada, na ilha de S.

EM EXIBIÇÃO NO

Miguel. (…) A propósito, não leias esta carta a pessoas que não sejam da família. Diz

Clube Asas do Atlântico

à Ana, ao James e ao Elliot que procurem no mapa estes lugares dos Açores.”

31 de Outubro a 13 de Novembro de 2009

Franklin D. Roosevelt, Diário (dirigido à mulher, Eleonor), Domingo, 14 de Julho de 1918

“ (…) Tratando-se de fazer transportar as tropas através do Atlântico, vira-se a importância da posição estratégica ocupada pelos Açores. À medida que a guerra continuar, a importância destas ilhas, que tem sido grande, irá sempre aumentando, será cada vez maior. O Governo americano apreciou devidamente a boa vontade

ENTRADA LIVRE

com que Portugal prestou estas ilhas para a instalação de uma base naval (em Ponta Delgada) e conhece a cordialidade e o espírito de camaradagem das autoridades do Governo Central e locais para que a facilidade e êxito se instalasse aquela base” Franklin D. Roosevelt, em discurso proferido no Almirantado Americano em Ponta

ORGANIZAÇÃO

APOIO

Delgada (relato do diário República, de Ponta Delgada, a 20 de Julho de 1918)

Direcção Regional da Cultura do Governo dos Açores Fundação Luso-Americana

Franklin D. Roosevelt Presidential Library Clube Asas do Atlântico

FUNDAÇÃO LUSO-AMRICANA - Cartazes; - Folheto.

Design


Consumo AdArespostA distribuição sustentável ModernA CONSUMO SUSTENTÁVEL APED - Mupi; Convite

Design


05

superbrands COA-COLA | MCDONALD’S SUPER BOCK

Design


O que é o Valor Diário de Referência – VDR?

O VDR (Valor Diário de Referência) é uma medida padrão que pretende auxiliar os consumidores a tomarem consciência da informação nutricional incluída nos rótulos das embalagens. Traduzem dados científicos complexos para uma linguagem mais quotidiana e simples, amiga do consumidor, oferecendo indicações que ajudam o consumidor a incluir a informação nutricional que lêem nas rotulagens no contexto diário da sua dieta alimentar. O VDR é uma referência para adultos e crianças saudáveis acerca do número de calorias aproximado, lípidos, lípidos saturados, açúcares e sódio. Porque as pessoas são todas diferentes, nos tamanhos e actividade física, o VDR não pode ser usado como valores alvo para as pessoas, mas sim médias. Providenciam comparações e equivalências quanto às doses recomendadas de ingestão dos macronutrientes.

O que irá mudar com o VDR?

O mito de que as bebidas leves com gás podem A Companhia Coca-Cola Portugal introduz os Valores Diários contribuir para a obesidade tem sido desmistificado por de Referência (VDR’s) nas suas bebidas. Uma medida pioneira que vem comprovar o empenhamento da Companhia na investigadores especialistas em gastrenterologia. alguns informação prestada aos consumidores. Em Portugal esse mito está ainda muito enraizado entre os consumidores. Os VDR’s referem-se aos níveis de ingestão de energia e excluírem as bebidas com gás, os consumidores nutrientes, que a maioria das pessoas é aconselhada a Ao fazer diariamente no âmbito de uma dieta saudável e apresentam-se estão a limitar a diversificação das suas próprias fontes como directrizes sobre a quantidade aproximada que de hidratação, excluindo um vasto leque de bebidas cuja deve ser ingerida de energia, lípidos, lípidos saturados, composição é, em grande percentagem, água. açúcares e sódio numa alimentação saudável. No entanto, as pessoas têm necessidades diferentes consoante o peso, tamanho e nível de actividade física. Por isso, os VDR’s As investigações levadas a cabo pelo professor não estão estabelecidos para o indivíduo, mas fornecem norte-americano Ronnie Fass e pelo professor italiano referências sobre a contribuição dos macronutrientes. Rosário Cuomo têm confirmado a não existência de uma

Para promover estes objectivos, a Associação Nacionalrelação dos causa/efeito entre o gás e a obesidade e têm ainda Industriais de Refrigerantes e Sumos de Fruta e da Federação revelado os efeitos positivos que o gás das bebidas tem no das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares adoptaram um organismo a diferentes níveis. plano de rotulagem comum, a ser aplicado pelas empresas aderentes. Este sistema tem sido desenvolvido em claro entendimento com o pressuposto na actual legislação dadois investigadores, com vários trabalhos publicados Estes União Europeia sobre a rotulagem nutricional (Directiva em revistas científicas, têm estudado, com recurso a 90/496/EEC). diversas técnicas e metodologias, os efeitos das bebidas

leves com gás no sistema gastrointestinal. Esses estudos foram apresentados em Portugal em congressos médicos de gastrenterologia e de clínica geral. A adopção do VDR na rotulagem das bebidas da Companhia Coca-Cola Portugal inclui-se numa estratégia pan-europeia de iniciativas com vista a melhorar a informação ao consumidor, com foco nas opções alimentares. A informação prestada aos consumidores nas embalagens irá sofrer alterações em todas as rotulagens, com a inclusão novas informações:

Estas iniciativas têm um objectivo comum e definido: estimular no consumidor uma alimentação mais equilibrada e estilos de vida saudáveis.

O MITO DO GÁS

BIBLIOGRAFIA Agrawal A et al. Ingestion of acidic foods mimics gastroesophageal reflux during pH monitoring. Dig Dis Sci, 50: 1916-1920, 2005. Cuomo R, Carbonated Beverages and Gastrointestinal System: Myths vs reality, Universidade “Frederico II”, Nápoles, Itália, 2008. Cuomo F, et al. Effects of carbonated water on functional dyspepsia and constipation. European J Gastroenterology Hepatology, 14: 991-999, 2002.

CONSUMO DE BEBIDAS COM GÁS NÃO CONTRIBUI PARA O AUMENTO DE PESO

Fass R, Carbonated Beverages and Upper GI Disorders, Wath is the Evidence?, Universidade do Arizona, EUA, 2007. Fass R, et al. Predictors of heartburn during sleep in a large prospective cohort study, Chest, 127: 1658-1666, 2005. Gallus S et al. Re: Carbonated soft drink consumption and risk of esophageal adenocarcinoma. J Natl Cancer Inst, 98: 645-646, 2006. Kaltenbach T, Crockett S, Gerson LB. Are lifestyle measures effective in patients with gastroesophageal reflux disease? Arch Intern Med, 166: 965-971, 2006. Kinney MA. Does consumption of cola beverages cause bone fractures in children? Mayo Clin Proc, 77: 1005-1006, 2002. Mayne ST. Carbonated soft drink consumption and risk of esophageal adenocarcinoma. J Natl Cancer Inst, 98: 72-75, 2006. Shoenut JP et al. Impact of ingested liquids on 24-hour ambulatory pH tests. Dig Dis Sci, 43: 834-839, 1998. Whiting SJ, et al. Relationship between carbonated and other low nutrient dense beverages and bone mineral content of adolescents. Nutrition Research, 21: 1107-1115, 2001.

• Na frente da embalagem com o total de calorias da embalagem. • Na parte de trás da embalagem com a inclusão de tabelas com VDR por embalagem e nutrientes por 100 ml.

COCA-COLA | FOLHETOS | CARTAZES | EXPOSIÇÃO | STAND’S

Design


COCA-COLA | ROLL - UP

Design


AF LonaWrapMaio11 3900x1000 5/26/11 5:33 PM Page 1

AF TraseiraBus WrapMaio11 5/26/11 5:31 PM Page 1

MCDONALD’S | FOLHETO | CAIXA WRAP | MUPI

Design


NOVIDADES NO HAPPY MEAL

www.mcdonalds.pt

MCDONALD’S | FOLHETO | AUTOCOLANTE

Design


SÓ ALGUÉM COMO NÓS É TÃO RIGOROSO COM A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS.

Maquete Painel Fundo|Internet Chat McDonalds

time out

time out

ce

eni

rie

nce

ence

soc

ia

ly

pe

nd

t nv

bi

lii

ul

ty

e ri e n

n m ent

e fe

ad co

ion axat rel

es espr so cof at

exp ex

on sis t

vir o

t en

a gr e

f

qu a

il y

casual en joy m

fa m

prod uct c

fee of yc lit

rie

ly

ia

QSC&V

ence

soc

nd

nce

cy en

eni

rie

rie

t nv

bi

lii

ul co

pe

en

nm ent

ce

vir o

e ri e n

ty

ad

exp ex

on sis t

en

a gr e

es espr so cof at

e fe

casual en joy m

t en

ion axat rel

QSC&V

prod uct c

fee of yc lit

cy en

qu a

SÓ ALGUÉM COMO NÓS É TÃO RIGOROSO COM A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS.

fa

m

il y

f

MCDONALD’S | FOLHETO | CAIXA WRAP | MUPI

Design


Membros registados:

1457

Boa tarde

António Silva

Home

Comentários

Fotos

Adicionar Comentários

Fotos

Actualizar perfil

ler mensagens

Vídeos

Pesquisa

Vídeos Links

Vídeos mais recentes

Beber com moderação mensagens do moderador

Foto do dia Uma corrida dos diabos

Grande party!!!

António Silva

Carlos B arbosa

Muito radical Pedro Barbosa

Nas nuvens... António Silva

Inês Castro Lisboa

Festivais PORTO 4 E 5 JUL / LISBOA 9 E 10 JUL

Viva o paraíso!!!

Grande bronze

António Silva

Maria Brazuna

Muito fresco Ricardo Pereira

Frequissiiimmmooo!!! José Tavares

Membros do Super Block

Super Block © 2008

PETE THE ZOUK XUTOS & PONTAPÉS + ORQUESTRA DE JAZZ DO HOT CLUB ZZ TOP LOVE AND ROCKETS DAVID FONSECA CROWED HOUSE

Politica de privacidade

Sobre o Super Block

SUPER BOCK | MUPI | LAYOUT SITE | ROTULO ESPECIAL XUTOS

Design

Termos de privacidade

C v portfolio c  
C v portfolio c  
Advertisement