Issuu on Google+

• G R Á T I S • G R Á T I S • G R Á T I S • www.BrazilianVoice.com • G R Á T I S • G R Á T I S • G R Á T I S •

• Ano 25 • nº 1572 • 11 a 17 de junho de 2014 • NOVA YORK

Newark

Febre das figurinhas contagia brasileiros O álbum oficial da Copa do Mundo virou coqueluche nas redes sociais e até nas ruas. No bairro do Ironbound, um grupo de brasileiros se reúne diariamente, sozinhos ou acompanhados dos filhos, para trocar as figurinhas dos seus ídolos do esporte. 14

Governador nega que haverá carteira para indocumentados Grupos formados por imigrantes pressionaram no início do ano para que os indocumentados em Nova York obtivessem as carteiras

Comunidade

Brasileiro acusado de agredir namorada alega inocência

N

o domingo (8), o Governador Andrew Cuomo disse que a proposta que permite aos indocumentados a obtenção da carteira de motorista em Nova York não irá a lugar algum por enquanto. “Eu acho que estamos focalizando esse ano no DREAM Act”, disse Cuomo, referindo-se ao projeto de lei que permitiria os estudantes indocumentados terem acesso à ajuda financeira estadual nas faculdades. “Eu não acho que nenhuma outra proposta sobre a carteira tem credibilidade esse ano”. Grupos formados por imigrantes pressionaram no início do ano para que os indocumentados em Nova York obtivessem as carteiras, que 11 outros estados permitem. Projetos de lei para mudar a política em Nova York já foram apresentados na Assembleia e Senado estaduais. 22

Apesar de os promotores públicos terem pedido a fiança de US$ 10 mil, a advogada de defesa pediu a liberdade de Zapelini alegando a existência de “uma forte possibilidade de invenção”, uma vez que a suposta vítima não denunciou os ataques até quase um ano depois. 22

Brasil

Estados Unidos

Receita Federal brasileira orienta turistas para a Copa 14

Obama: Gisele Bündchen vende mansão por US$ 40 milhões

Esportes

Japonês que expulsou Felipe Melo será o árbitro da estréia 29 Social

24

Classificados

33

O rapper e atual produtor musical Dr. Dre, de 44 anos, comprou a mansão construída pela modelo Gisele Bündchen e o jogador do New England Patriot, Tom Brady, pela fortuna de US$ 40 milhões. O imóvel, localizado em Brentwood (CA), fica em um lote de 4 acres e foi comprado pelo famoso casal em 2008 por US$ 11.75 milhões. 12

Imigração

Na segunda-feira (9), o Presidente Obama reuniu-se na Casa Branca com um grupo de enfermeiros para discutir o impasse migratório. Alvin Vitung, um enfermeiro na Califórnia que participou do encontro, disse que o Obama “os disse que há a possibilidade de 50% de a Casa Branca agir mês que vem, talvez maior se eles, os enfermeiros, mantiverem a pressão”. 21


2

11 a 17 de junho de 2014

www.BrazilianVoice.com

Edição 1572 –


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

3


4

EDITOR

11 a 17 de junho de 2014

Edição 1572 –

Os recortes que guardo em mim

G

uardo recortes de copas do mundo em minha memória. São imagens que fui acumulando através dos tempos e que permanecem intactas, pristinas, imortais. Alguns destes recortes eu vi naquilo que aconteceram, em tempo real. Outros, recorri aos arquivos da televisão. Comecei a coleção na copa da Suécia, em 1958, quatro anos antes de eu nascer. E o primeiro recorte traz o menino Pelé dando um chapéu, dois chapéus - uma chapelaria - dentro da área sueca e fuzilando o goleiro. A segunda traz o mesmo menino chorando, como se tivesse perdido alguém da família, mas era um choro de felicidade. Aos 17 anos de idade o menino de Três Corações era campeão do mundo. Ele já era rei. Guardei também os dribles desconcertantes de Garrincha naquela copa, entortando joões de todas as raças. Tudo o que veio depois destas imagens é cereja sobre o bolo, é azeitona em meu pastel. Como esta recolhida da copa de 1962, no Chile, toda a malandragem de Nilton Santos que, após cometer pênalti sobre o atacante espanhol, dá dois passinhos para fora da área, rápidos e discretos, ludibriando o árbitro, que marcou falta. De 1966, na Inglaterra, guardo pouca coisa. Guardei a entrada criminosa de Coluna em Pelé. Guardei o antifutebol, a violência daquela caçada em campo, antítese do que deveria ser o futebol. Pelé foi retirado do gramado e muitos portugueses comemoram aquele ato de violência como

se fosse um gol do título. Não era. Não foi. Não é. Acabaram perdendo para os ingleses. No raso, achei bom. Nenhuma equipe merece vencer uma competição praticando o antijogo. Da copa de 1970 guardo tudo. Guardo os nomes Jalisco e Guadalajara, por exemplo. Guardo até gol que não foi gol. Três gols que não foram gols. No primeiro deles, Pelé chuta do meio de campo, tentando encobrir o goleiro da Tchecoslováquia, que volta desesperado para a meta, a bola voando insinuante e perigosa, até cair detrás da trave. No segundo não gol, Pelé dá um drible sem bola no goleiro uruguaio Mazurkiewicz e chuta cruzado, com o gol vazio, a bola caprichosamente passando ao lado. No terceiro, uma das defesas mais espetaculares e milagrosas que já testemunhei: Pelé cabeceia certeiro, no chão, à queimaroupa, mas o legendário arqueiro Gordon Banks se espicha todo, puro reflexo e arrojo, evitando o gol. Da copa de 1974 ficou a imagem da anarquia disciplinada da laranja mecânica de Rinus Mitchels, quebrando todos os padrões táticos jamais vistos até então. Ao lado da seleção brasileira de 1982, o escrete de Johan Cruijff e Johan Neeskens entrou para a estória como o time de futebol mais bonito, aquele que convenceu, mas não venceu. Ficaram na memória as mãos imensas do goleiro Sepp Maier, a elegância de Beckenbauer e a ausência do Rei.

De 1978 ficou o branco do papel picado salpicado sobre o verde do gramado durante a copa que a Argentina ganhou no grito. E o vento que ventava raivoso, patagônico, vento encomendado por generais, como aquele placar dilatado da vitória dos anfitriões sobre o Peru, e que tirou o Brasil da final. Ficou a curva da bola no chute de Nelinho contra a Itália, no jogo que valeu o terceiro lugar. Dino Zoff se espichando todo, arqueando como um peixe, mas que de nada adiantou. A curva feita pela bola foi um fenômeno impossível. Um dos gols mais inesquecíveis de um mundial. De 1982 ficou tudo, e esta mistura de prazer e dor que ainda hoje me fazem contorcer, ora de gozo, ora de agonia e sofrimento. Ficou o frango de Waldir Perez diante da Rússia, as jogadas geniais de Zico e Júnior e os passes de Sócrates, usando o calcanhar. Ficaram os três gols de Paolo Rossi, esta eterna viagem a bordo de um trem fantasma, uma ferida aberta que o tempo não curou. No retorno ao México, em 1986, foi mais do mesmo. Só que menos e menor. Principalmente, ficou o pênalti que Zico errou diante da França, minutos após ter entrado no jogo. Em 1990, foi como se não tivesse havido Copa. Não ficou sequer o gol eliminador de Claudio Caniggia. Da Copa seguinte, disputada aqui nos EUA, ficou a imagem de Bebeto, marcando gols e comemorando como se embalasse um bebê.

De 1998 guardei a convulsão de Ronaldo a poucas horas da final. E Roberto Carlos ajeitando o meião enquanto a anfitriã fazia 2 X 0. Em 2002 aconteceu a primeira copa sediada por dois países. Ronaldo inovou com aquele topetinho à moda do personagem Cascão, de Maurício de Souza, e fez uma dupla preciosa com Rivaldo. Mas nada me marcou tanto quanto o jogo contra a Inglaterra. Galvão Bueno anunciou no intervalo da partida a morte de Roberto Drummond, uma mistura de amigo e mentor meus. O Brasil virou o jogo com um gol espírita de Ronaldinho, cobrando uma falta de muito longe, descrevendo uma curva de arco-íris e morrendo no fundo das redes de Seaman. Até hoje acho que teve uma mãozinha de Roberto Drummond naquela jogada. Quando nada, um sopro de seus pulmões. Não guardei absolutamente nada da Copa da África do Sul e hoje, quatro anos depois, desta que se inicia em poucas horas pode ser que guarde uma ou outra gema garimpada da grama. Aconteça o que acontecer, minhas roupas já cheiram a gás lacrimogênio e a alma parece ser feita de chumbo. Ficarão esta vergonha, os elefantes brancos no norte e centro-oeste, obras inacabadas de cabo a rabo, sorrisos blasés, alguns gaiatos mais ricos e uma mancha perene na nossa história. Muito mais do que na minha história. Na história do meu país.


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

5


6

Brasil

11 a 17 de junho de 2014

Edição 1572 –

EXPEDIENTE

PO Box 5686, Newark, NJ 07105 Tel: (973) 491- 6200 • Fax: (973) 491- 6287 www.brazilianvoice.com e-mail: adv@brazilianvoice.com 412 Chestnut St. - Newark, NJ 07105 EDITOR: Roberto Lima roberto@brazilianvoice.com CHEFE DE REDAÇÃO: Léo Ferreira news@brazilianvoice.com PUBLICIDADE:

Fabianne A. Lima fabianne@brazilianvoice.com

DESIGN GRÁFICO: Joel Pinheiro WEBMASTER:

Rodrigo Barbosa

MARKETING & VENDAS: Beatriz Leitzke: (201) 960-8228 NEWARK, NJ: Matriz: (973) 491-6200 COLABORADORES: • Renan Antunes • Mário Vale • Paulo Camargos • Lair Ribeiro • Kledir Ramil • Tavares Dias • Paulo Cangussu • Carlos Herculano Lopes • Aquiles Reis • Roberto Santos • Tadeu Martins • Dilma Rousseff • Marcelo Sguassábia • Celim • Antonio Jorge Rettenmaier • Tadeu Martins • Bia Flores • Tavares Dias

© BRAZILIAN VOICE é publicado semanalmente. As opiniões expressas em artigos assinados são da responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião deste jornal. O BV não se responsabiliza pelos serviços propagados pelos seus anunciantes.

Beleza natural e saudável

H

á pouco tempo, um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou: o Brasil é o maior consumidor de remédios para emagrecer. Enquanto em nações européias o consumo de medicamentos à base de anfetaminas vem caindo, aqui a história é outra, pois juntamse a obstinação da mulher brasileira pelo corpo perfeito, a falta de fiscalização dos órgãos competentes junto a farmácias que vendem essas drogas sem receita médica e a imprudência de médicos que emitem receituários solicitando o consumo de tais substâncias indiscriminadamente. O uso continuado de anfetaminas, além da perda de peso, provoca aumento permanente da pressão sanguínea e distúrbios psicológicos, como agressividade, irritação, paranóia, confusão de pensamento, verborréia (excesso de palavras para dizer coisas de pouco conteúdo), compulsividade e até esquizofrenia. As mulheres constituem 90% dos usuários da droga. Recente pesquisa revela que pessoas “bonitas” conquistam mais sucesso no ambiente de trabalho e que, além da discriminação por sexo e raça, pessoas bem cuidadas chegam a ganhar 10% mais. O crescimento da indústria da beleza no Brasil também é revelado pelo crescente au-

mento de academias abertas em todo o território nacional. De acordo com matéria publicada pela Revista Veja, edição especial, em dezembro de 2003, existiam no Brasil sete mil academias, que atendiam a 3,5 milhões de alunos, representando em torno de 2% da população brasileira. Ainda com base nos dados publicados pela revista, o Brasil só perde para os Estados Unidos em número de academias, onde há 20.200 estabelecimentos abertos. E em relação ao número de pessoas matriculadas, o Brasil vem em quarto colocado, depois dos Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha. A popularização de cirurgias estéticas também revela o crescimento da indústria da beleza em nosso país. Nessa área, o Brasil perde apenas para os Estados Unidos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a média é de 500 mil cirurgias por ano, cerca de 60% delas para fins estéticos. Dessas, 70% são em mulheres e 15% em adolescentes. Vítimas em potencial, as mulheres almejam ter seios como os de fulana, boca igual à de sicrana, bumbum idêntico ao de beltrana e, assim, multiplicam-se copiando corte de cabelo e medidas que não são suas, perdendo sua identidade e beleza natural. Muitas vezes, para conquistar o “corpo perfeito”, exageram nos exercícios físicos, apelam

para cirurgias perigosas, privam-se de uma alimentação balanceada e, como resultado, até chegam a atingir as medidas desejadas, mas acabam com a saúde. Não há beleza maior que a exibida por uma pessoa saudável e em paz com o espelho. Mas o que é beleza? Platão, no século 4 a.C., reconhecia o caráter sensível do belo, dizendo que a beleza é a única idéia que resplandece no mundo. Desde então, o belo e o feio entraram na pauta de discussões. O ditado “gosto não de discute” surgiu a partir das conclusões de filósofos empiristas, que relativizaram a beleza ao gosto de cada um. Por sua vez, Kant afirmou que o belo é “aquilo que agrada universalmente, ainda que não se possa justificá-lo intelectualmente”. Beleza tem a ver com autenticidade e singularidade. Antes de conquistar olhares alheios, a beleza deve vir de dentro, refletindo um estilo de vida saudável e o prazer em viver bem, com saúde e feliz. O resto, é conseqüência! O que atrai as pessoas, de verdade, é o belo sorriso e o bom-humor de uma pessoa autoconfiante, pronta para alcançar o sucesso profissional e pessoal. www.lairribeiro.com.br e-mail: lrsintonia@terra.com.br Tel.: (11) 3889.0038


– Edição 1572

Brasil

11 a 17 de junho de 2014

7


8

11 a 17 de junho de 2014

Brasil

Na gestão Dilma, PT arrecada R$ 50 milhões com dízimo

Bodas de prata

N

unca prometi amar minha mulher até que a morte nos separe. Mesmo não tendo jurado ou feito promessas, eu amo essa mulher cada vez mais. Fui aprendendo a gostar dela no dia a dia. É uma pessoa inquieta, capaz de sacudir a rotina com novidades. E entre as pequenas surpresas do cotidiano, fui descobrindo virtudes escondidas que ela guardava com carinho para alguém especial. Quando percebi que aquilo tudo estava reservado para mim, me deu uma sensação estranha, que só aos poucos fui identificando como aquele sentimento que chamam de felicidade. Logo que nos conhecemos, fomos fazer uma viagem. Saímos de férias por um mês e voltamos mais apaixonados do que antes. Viajar com outra pessoa é um ótimo test drive. Se a viagem for agradável, pode apostar, tudo vai dar certo. Nunca formalizamos o casamento. Foi um gesto simbólico, uma maneira de dizer que a porta estava sempre aberta. Fui ficando, ficando, e nunca mais saí. Quando me dei conta já haviam passado 25 anos. Hoje, confesso, não sei viver sem ela. Quero ficar assim, até que a morte nos separe. No início, quando começou o jogo de ocupação de espaço, percebi que ela era meio metida. Aproveitei e abri mão da autoridade em vários assuntos nos quais não faço nenhuma questão de ter a palavra

Edição 1572 –

final. Roupas, por exemplo. Eu não sei me vestir. Cada vez que íamos sair, ela me olhava de cima a baixo e me fazia voltar ao guarda-roupa só porque a camisa listrada não combinava com a calça xadrez. Detalhe sem importância, mas, pra ela, fundamental. Agora, antes de me vestir, sempre pergunto, como Noel Rosa: “Com que roupa eu vou?” Assim ela fica feliz e eu não perco meu tempo com análise de estamparias de tecidos. Certa vez, teve um ataque, pois não levei a sério a recomendação de “não esquecer de molhar as plantas”. Quase murchou ali o casamento, junto com as plantinhas. Mas o sacrifício de meia dúzia de bromélias e violetas serviu para alguma coisa: ela nunca mais me passou tarefas tão complicadas. A vida em comum é assim, você cede aqui, ela cede ali e, entre avanços e recuos, tudo vai se encaixando. Como num quebracabeça. Certo dia, pra meu espanto, saiu de dentro dela uma outra igualzinha, só que pequena. Tipo assim, uma babuska. Como se aquela mulher extraordinária já não fosse o sufi ciente, ainda ganhei um brinde. Um tempo depois, acredite se quiser, mais um prêmio. Dessa vez um menino. Hoje, olho minha mulher e meus filhos, e me dá uma sensação que já não é estranha. Aprendi muito bem o que quer dizer felicidade.

O

PT acelerou as filiações ao partido durante o governo Dilma Rousseff e nos últimos três anos arrecadou a cifra recorde de R$ 49,7 milhões apenas com os petistas de carteirinha que, pelo estatuto da legenda, são obrigados a pagar a chamada contribuição partidária. Na comparação com os dois mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o processo de arregimentação foi aperfeiçoado e o PT filia atualmente quase 8 mil pessoas por mês. Só no ano passado, com filiados, o partido bateu outro recorde ao arrecadar R$ 32,6 milhões, cerca de 20% das receitas do diretório nacional, com os dízimos - contribuição obrigatória, que varia de acordo com a renda e o fato de o filiado ocupar ou não cargo público. O aumento da arrecadação por meio da contribuição partidária coincide com a possibilidade de as siglas não poderem contar mais com recursos de empresas para financiar suas atividades e as campanhas eleitorais dos seus candidatos. No início de abril, a maioria do pleno do Supremo Tribunal Federal se posicionou contra tais doações ao julgar ação movida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O julgamento foi interrompido na ocasião por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes. A ascensão do PT ao governo federal, com a eleição presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva em outubro de 2002, levou a um aumento no número de filiados. Na época, de

A ascensão do PT ao governo federal, com a eleição presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva em outubro de 2002

acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, eram 828 mil filiados. Em abril passado, a legenda atingiu a marca de quase 1,6 milhão um crescimento de expressivos 91%. O maior aumento tem ocorrido no governo Dilma. Foram 196 mil filiados entre janeiro de 2011 e abril passado, número mais de duas vezes maior do que o segundo colocado no período, o PSB, com 92 mil novos membros. A tabela de contribuições do PT parte da contribuição mínima de R$ 15 por semestre, para os casos de quem é filiado sem ocupar qualquer cargo público e recebe até 3 salários mínimos, mas pode superar os R$ 3,2 mil por mês, quando se trata de ocupante de cargo eletivo na esfera federal.


– Edição 1572

Brasil

Candidatos trocam de partido para tentar vitória nas urnas em outubro

A

pesar da fidelidade partidária imposta a fórceps pelo Poder Judiciário ter reduzido muito as migrações partidárias de parlamentares ao longo do exercício do mandato, ela está longe de alcançar candidatos e principalmente suplentes de deputados estaduais e federais que bateram na trave nas últimas eleições. O ziguezague partidário é intenso. Sem referência ideológica clara, pouca diferença faz estar vinculado ao PV, ao PDT, ao PTB, ao PSDC ou a boa parte dos 32 partidos aptos a lançar chapas majoritárias e proporcionais em 5 de outubro. O que conta é a chance de sucesso eleitoral. Contas feitas, a maioria dos suplentes bons de votos disputará novamente uma cadeira legislativa este ano, só que filiado a outro partido político. “A movimentação de suplentes entre partidos é muito comum. O candidato vê possibilidade razoável de eleger-se com votação menor em outra legenda e se muda”, explica o deputado federal Lincoln Portela, secretário do PR. A regra é maximizar a chance de ser eleito, em legendas que, acreditam, não será necessária uma votação individual alta. São inúmeros casos. Candidato a deputado estadual em 2010 pelo PPS, Roberto Andrade, que obteve 30.765 votos e ficou na segunda suplência, agora irá disputar pelo PTN. Da mesma forma, Jocélia Brandão, que teve em 2010 24.815 votos para deputada estadual na chapa do PTB-PSB, mudou-se para o PSDC. Já Wederson Moreira, que com 9.050 votos tornou-se o quinto suplente do PV para deputado federal, desta vez irá con-

correr pelo PHS. São tantas migrações que encontrar a poucos meses do fim deste mandato um suplente bem posicionado na lista das últimas eleições que se manteve leal ao mesmo partido é tarefa difícil. É por causa disso que a inesperada aposentadoria por invalidez do deputado federal Antônio Roberto (PV) no mês passado se tornou mais um caso para a Justiça Eleitoral. O primeiro suplente da lista do PV, Subtenente Gonzaga, que em 2010 obteve 58.984 votos – mais do que, por exemplo, o deputado federal Dr. Grilo, que ganhou uma cadeira pelo PSL com 40.093 votos – filiouse ao PDT em setembro do ano passado. O novo deputado já exerce o mandato, enquanto o PV reivindica a cadeira junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se, com base no argumento de que o mandato pertence ao partido, o PV conseguir retomar a cadeira na Câmara dos Deputados, quem irá se beneficiar será o quarto suplente do PV das eleições de 2010. Trata-se de Denílson Teixeira, empresário de Arcos, na Região Centro Oeste de Minas. Ele teve 14.650 votos e é, entre os suplentes mais votados, o único que continua filiado ao mesmo partido. Com 45.651 votos, o segundo colocado, Raúl Belém, filiou-se ao PP e, em 2012, elegeu-se prefeito de Araguari, no Triângulo Mineiro. Já o terceiro suplente, Reinaldo Lima, que conquistou 22.201 votos, migrou para o PTdoB. “Permaneci no PV porque não pretendia me candidatar a deputado federal este ano”, explica Denilson Teixeira, ex-professor da Universidade Federal de Ouro Preto, atual-

11 a 17 de junho de 2014

9

março passado, Edmar Moreira, o oitavo suplente da coligação PSDB, DEM, PP, PPS e PR das eleições de 2010, assumiu a cadeira. Moreira concorreu em 2010 pelo PR mas migrou para o PTB no ano passado. Por isso, foi questionado por Baiano (PP), décimo suplente da mesma coligação, que reivindicou o direito à cadeira. O nono suplente da lista, Dr. Ivar, que era do PSDB, elegeu-se prefeito de Conselheiro Lafayete em 2012 pelo PSB. A demanda de Baiano ficou sem resposta, porque o seu “mandato tampão” foi curto demais: poucas semanas depois de sua posse, retornaram a Brasília os deputados federais licenciados que haviam se desincompatibilizado dos cargos nas secretarias no governo de Minas.

Migrações

Edmar Moreira, que ficou famoso por ter constru'ido um castelo em Minas Gerais, concorreu em 2010 pelo PR mas migrou para o PTB no ano passado

mente empresário. Em 2002, Denilson concorreu sem sucesso a deputado federal pelo ex-PL, hoje PR. Em 2004, perdeu as eleições pelo mesmo partido como candidato a vice à Prefeitura de Arcos. Já em 2008, pelo PV, quase chegou lá: por 3,5% dos votos válidos não elegeu-se prefeito. Tentou a sorte de novo, em 2010, para a Câmara dos Deputados. Nunca imaginou que poderia ser chamado a assumir o mandato. Rotina Nada mais comum do que o “ziguezaguear” de suplentes bem votados. Quando Eduardo Azeredo (PSDB) renunciou ao seu mandato de deputado federal, em

Até 27 de março de 2007, nenhum tipo de regra impedia as migrações partidárias de deputados estaduais e federais ao longo do seu mandato. Antes mesmo da posse, centenas de parlamentares já buscavam novos partidos onde avaliavam que teriam melhor interlocução com o Executivo. A única restrição prevista na legislação para o trocatroca dizia respeito ao princípio da “anualidade”: qualquer mudança precisaria ocorrer um ano antes das eleições. Entretanto, a partir de 27 de março de 2007, o TSE editou a Resolução 22.610, em que disciplinou o processo de perda de cargo eletivo por desfiliação partidária sem justa causa. O Supremo Tribunal Federal manteve esse entendimento de que o mandatário infiel, que é eleito graças ao partido e com verbas públicas do fundo partidário e de propaganda eleitoral gratuita, perde o mandato caso não prove a existência das seguintes hipóteses para o troca-troca: incorporação ou fusão do partido; criação de novo partido; mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário; e grave discriminação pessoal.


10

11 a 17 de junho de 2014

Brasil

Brasil Sorridente garante o direito de sorrir

E

stamos comemorando dez anos da criação do Brasil Sorridente, o programa do Sistema Único de Saúde que oferece atendimento dentário gratuito à nossa população. Antes de o Brasil Sorridente ser criado pelo presidente Lula, em 2004, praticamente não havia atendimento dentário no SUS. E o pouco que existia funcionava precariamente. Mudamos totalmente essa situação. Hoje, o SUS tem 1.013 Centros de Especialidades Odontológicas do Brasil Sorridente, e mais 23.100 equipes de saúde bucal trabalhando nos postos de saúde. Nossa capacidade atual de assistência odontológica gratuita já atinge 80 milhões de pessoas em 89% dos municípios do país – mais de 4.900 municípios. Vamos fazer mais. Até o final do ano, serão inaugurados mais de cem novos centros, e a nossa meta é oferecer serviços de saúde bucal no país inteiro. Nestes dez anos, investimos R$ 7 bilhões no Brasil Sorridente. No ano passado, foram R$ 1,28 bilhão. Para 2014, está previsto o investimento de R$ 1,8 bilhão. Esses recursos estão permitindo que milhões e milhões de brasileiras e brasileiros possam sorrir sem esconder a boca. É esse o direito que garantimos ao brasileiro: o direito de sorrir, mastigar bem, beijar e se sentir feliz com dignidade. O Brasil Sorridente oferece tratamento dentário de todo tipo. Nos centros especializados do Brasil Sorridente, a população conta com assistência de maior complexidade: cirurgias, tratamento de canal, tratamento de gengivas e até diagnóstico de câncer de boca. Alguns centros já oferecem implantes e ortodontia, que é a especialidade que corrige a posição dos dentes. As equipes de saúde bucal nos postos de saúde são responsáveis pelos procedimentos básicos, como a limpeza de dentes e tratamento de cáries, além de ensinar a população a escovar os dentes corretamente. Onde houver uma unidade do Brasil Sorridente, o atendimento está garantido. O programa também tem uma estratégia para atender quem mora em áreas rurais ou em locais distantes: contamos hoje com 185 consultórios móveis, instalados em vans com todos os equipamentos que um consultório odontológico fixo tem. As equipes levam o atendimento a áreas rurais, a assentamentos da reforma agrária, a aldeias indígenas, a comunidades quilombolas. Ou seja, em todos

os lugares onde há brasileiras e brasileiros necessitados de atenção bucal. Além disso, 425 centros odontológicos do Brasil Sorridente estão incluídos na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. Isso é muito importante, porque o meu governo defende que a pessoa com deficiência deve ter direito a viver sem limites. Por isso, investimos cada vez mais na qualificação dos profissionais que vão prestar atendimento às pessoas com deficiência. Só no ano passado, liberamos R$ 11,8 milhões para as unidades dentárias que atendem pessoas com deficiência. Quando não é mais possível recuperar os dentes, o programa devolve o sorriso às pessoas com a colocação das chamadas próteses dentárias, também conhecidas como dentaduras. Só no ano passado, foram colocadas 471 mil dentaduras. E a meta para 2014 é alcançarmos a marca de 500 mil próteses, inclusive pontes fixas e móveis. Em dez anos de programa mais de 2,1 milhões de brasileiras e brasileiros receberam dentaduras e pontes produzidas nos laboratórios regionais de prótese dentária credenciados pelo Ministério da Saúde em mais de 1.400 municípios. Como os cuidados com a saúde bucal devem começar cedo, as crianças e os adolescentes recebem um tratamento especial do Brasil Sorridente, que atua também nas escolas. É nessa fase que os dentes precisam ser bem tratados para estarem fortes e resistentes na vida adulta. E as nossas ações já mostram resultados. Hoje, o Brasil faz parte do grupo de países com baixa incidência de cárie aos 12 anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Cerca de 45% das nossas brasileirinhas e dos nossos brasileirinhos estão livres da cárie. Nestes dez anos de Brasil Sorridente, o número de adolescentes e adultos que sofreram algum tipo de perda dentária foi reduzido pela metade. Outra razão importante para a diminuição de cáries nas nossas crianças e adolescentes, e também na população em geral, são as políticas de fluoretação, que é a adição de flúor na água encanada que chega às casas, às escolas e aos locais de trabalho. A saúde bucal é fundamental para a saúde integral da pessoa humana. Estendêla a toda população faz parte das diretrizes gerais de redução das desigualdades durante meu governo.

Edição 1572 –

Morre aos 88 anos o ex-governador Marcello Alencar Em nota, o PSDB-RJ lamentou a morte de um de seus "mais ilustres representantes"

O

ex-governador do Rio de Janeiro Marcello Alencar (PSDB), 88, morreu na madrugada desta terçafeira (10). A causa da morte não foi divulgada, mas Alencar encontrava-se com a saúde frágil. Ele morreu em casa, em São Conrado, na zona sul da cidade, por volta das 4h15. O velório, segundo nota divulgada pelo PSDB-RJ, será amanhã, a partir das 9h, no Palácio da Cidade, em Botafogo, também na zona sul. Marcello Alencar nasceu no Rio de Janeiro, em 1925. Advogado, foi senador pelo MDB entre setembro e dezembro de 1967, ao substituir interinamente o senador Mário Martins, de quem era suplente. Dois anos depois, o Ato Institucional 5 (AI-5) cassou seu mandato e seus direitos políticos por dez anos. No ano passado, em uma cerimônia no Senado Federal, ele foi o único dos oito homenageados com a devolução simbólica do mandato que ainda estava vivo. Filiado ao PDT, foi nomeado prefeito do Rio de Janeiro em 1983 pelo então governador fluminense Leonel Brizola e exerceu o mandato até 1986. Em 1989, voltou à prefeitura da cidade pelo voto direto, onde ficou até 1992. Na segunda gestão, implementou as ciclovias na orla da capital fluminense.

O ex-governador tinha tido dois acidentes vasculares cerebrais

Em 1994, já filiado ao PSDB, derrotou Anthony Garotinho nas urnas e foi eleito governador do Estado. Exerceu o cargo de 1995 até 1999, quando foi o responsável pela privatização do Metrô e da CEG (Companhia Estadual de Gás). Depois de não conseguir eleger o sucessor em 1998, não disputou mais cargos públicos, embora por muito tempo fizesse política nos bastidores. Em nota, o PSDB-RJ lamentou a morte de um de seus "mais ilustres representantes". O ex-governador tinha tido dois acidentes vasculares cerebrais e vivia havia alguns anos com acompanhamento médico. Em 23 de agosto, Marcello completaria 89 anos.


Brasil

– Edição 1572

11 a 17 de junho de 2014

11

Marcola ameaça presos da cozinha

O atrevimento de Moyseis Marques

C

asual Solo (Timbre/Fina Flor), o novo CD de Moyseis Marques, é uma tremenda ousadia deste bom cantor, que chegou ao público junto com uma geração de cantores, instrumentistas e compositores forjada no samba e no choro, na Lapa carioca. Desnudar-se para melhor se fazer conhecer em sua essência de intéprete, permitindo que suas qualidades sejam ainda mais perceptíveis e cristalinas aos ouvidos dos que ainda não o conhecem, bem como continuar seduzindo os seus admiradores cativos, que o acompanham desde sempre, parece ser, se não o único, um dos seus objetivos principais. O público conhece Moyseis através do seu jeitão malemolente de bamba do samba, jeitão que ele tão bem forjou ao longo do tempo. E sua coragem deriva daí, exatamente pela forma como concebeu seu novo álbum: apenas voz e violão – diferente do que a galera está acostumada a ouvi-lo cantar. Doze músicas, distribuídas em dez faixas do CD. Simples assim. Esse risco, creio, vem da possibilidade de Moyseis não conseguir o reconhecimento de quem ainda não o conhece; bem como não agradar os que o amam pelo que ele fez até o lançamento deste CD. Sua busca pelo despojamento, pelo ‘menos que é mais’, sem

com isso desmerecer a graça e a essência do que sempre cantou, foi uma decisão acertada? O tempo dirá. Fato inconteste é que Moyseis Marques é um grande intérprete. Estou convicto de que apenas aos diferençados é dado o direito de ousar. Por mais loucos que sejam os seus atrevimentos, o haver artístico será sempre maior do que as possíveis decepções. Gravado na Califórnia (EUA), o CD é muito bem mixado, principalmente a voz, cujos graves e médios mostram que continua calorosa, e o seu correto violão, que soa redondo, cheio, ambos preenchendo inteiramente o som ouvido.

O repertório é certeiro, tanto pela qualidade quanto pela diversidade. Desde Bob Marley (“Is This Love”) e Ray Noble (“The Very Thought of You”), ambas cantadas em inglês, até Jards Macalé e Waly Salomão (“Anjo Exterminado”) e João Nogueira e Paulo César Pinheiro (“Minha Esquina”). E, apenas do poeta Paulinho Pinheiro, outro bom samba, “Nomes de Favela”. O Moyseis compositor está em cinco canções: “Alma de Lia” (com Marcello Gonçalves), que abre o CD e impressiona pelo deslumbre da voz afinada de Moyseis; “Amor de Sol Nascente” (com Moacyr Luz), uma bela canção; “O Ciclo da Rosa”, linda valsa composta com Vidal Assis, que, além do violão de Moyseis, traz um sete cordas tocado pelo americano Brian Moran; “De Lupa na Lapa” (com Mauro Aguiar), um samba acelerado, misturado a outras levadas, que conta com a participação de outro americano, o percussionista Brian Rice. Casual Solo é um trabalho de fôlego que só engrandece Moyseis Marques. Afinal, a missão dos grandes é dar a cara a tapa; reinventar o estabelecido; sentir um friozinho na barriga quanto à aceitação ou não dos seus atrevimentos; ser espelho dos que vêm atrás e têm o artista como um farol. Boa sorte, Moyseis. Aquiles Rique Reis, músico e vocalista do MPB4

O principal líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, chegou a expulsar - e a ameaçar de morte - 175 membros da facção porque não gostou da comida que era servida a ele durante sua internação no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) no Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo. Os excluídos eram detentos que trabalhavam na cozinha da Penitenciária 1 de Presidente Bernardes, onde é preparada a comida servida no CRP e na própria P-1, onde estão detidos 1,9 mil homens. O paladar de Marcola não aprovou a comida e revoltado com a situação decidiu punir os "cozinheiros". Segundo a mesma autoridade, Marcola chegou a dar um ultimato para os detentos da cozinha. "Ele deu prazo de 30 dias para que a comida fosse melhorada e, se isso não ocorresse, os excluídos seriam punidos com a pena de morte", contou a autoridade. Em muitos casos, as regras do PCC incluem a pena capital para integrantes que são expulsos da facção. No final, a direção do presídio concordou em liberar a entrada de temperos para fazer a comida, e uma decisão da Justiça ajudou a amenizar a situação.


12

Comunidade

11 a 17 de junho de 2014

Americano namora mulher 60 anos mais velha

Edição 1572 –

Dr. Dre compra mansão de Gisele e Tom Brady por US$ 40 milhões O imóvel, localizado em Brentwood (CA), fica em um lote de 4 acres e foi comprado pelo famoso casal em 2008 por US$ 11.75 milhões

Jones gosta de mulheres mais velhas. Sua principal namorada, Marjorie, tem 91 anos

O

americano Kyle Jones tem 31 anos e gosta de levar uma vida amorosa bem ativa. Sua atual namorada tem 91 anos e já é bisavó, de acordo com a Televisa. "Alguns homens preferem mulheres loiras ou morenas, e alguns preferem mulheres mais velhas", explica Jones. O americano, natural do estado da Geórgia, leva uma vida amorosa distinta e gosta de conhecer pessoas pela internet e em bibliotecas. Há dias em que ele chega a se reunir com até cinco mulheres diferentes. Suas acompanhantes, quase sempre, têm entre 60 e 80 anos de idade. Ele se diz surpreendido com seus relacionamentos: "A parte física de nossa relação é maravilhosa. Eu me surpreendo comigo mesmo". Sobre o relacionamento com Marjorie, 60 anos mais velha, ele garante: "Não há nada melhor".

R

ecentemente, o antigo rapper e atual produtor musical Dr. Dre, de 44 anos, comprou a mansão construída pela modelo Gisele Bündchen e o jogador do New England Patriot, Tom Brady, pela fortuna de US$ 40 milhões. O imóvel, localizado em Brentwood (CA), fica em um lote de 4 acres e foi comprado pelo famoso casal em 2008 por US$ 11.75 milhões. Gisele e Tom passaram os 4 anos seguintes reformando a propriedade de 18.298 pés quadrados que possui 5 quartos, 9 banheiros, 7 lareiras, quedas d’água e jardins. A construção em estilo chateau francês foi posta a venda inicialmente por US$ 50 milhões, mas apesar do alto preço, Dr. Dre possui bastante dinheiro para gastar, pois vendeu recentemente a empresa Beats Entertainment para a Apple por US$ 3.2 bilhões. Gisele Bündchen nasceu em Horizontina, Rio Grande do Sul, em uma família de descendentes de alemães. Ela possui cinco irmãs, incluindo uma irmã gêmea chamada Patrícia. Quando era adolescente, seu sonho era ser jogadora de vôlei, mas em 1994, aos 14 anos, Gisele foi descoberta por olheiros em um shopping em São Paulo. Ela participou de um curso de modelos em Horizontina porque queria melhorar sua postura ao

Gisele e Tom passaram os 4 anos seguintes reformando a propriedade de 18.298 pés quadrados que possui 5 quartos, 9 banheiros, 7 lareiras, quedas d’água e jardins

andar. O curso terminava com uma excursão por Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, onde ela foi convidada a fazer seu primeiro book em uma agência de modelos. Depois, Gisele participou de um concurso e se classificou entre as dez finalistas, resultado que a levou a se mudar para São Paulo e investir na carreira. Em 1996, ela viajou pela primeira vez a Nova York, dando início à sua longa carreira de sucesso internacional. Em 1999, Gisele apareceu na capa da revista Vogue nos meses de julho, novembro e dezembro, além de ganhar o prêmio de Modelo do Ano no

evento VH1/Vogue. Ela também foi eleita a Modelo do Ano pela revista Vogue e a Garota mais Linda do Mundo pela Rolling Stone no ano de 2000. Além de modelo, Gisele já se aventurou em outras áreas, trabalhando como atriz nos filmes “Táxi”, em 2004, e “O Diabo Veste Prada”, em 2006. Ela também já foi VJ da MTV Brasil, apresentadora do programa “Al Dente” em 1996 e do evento VH1/Vogue Fashion Awards em 2000. Gisele foi chamada para ser a apresentadora da versão brasileira do reality show americano “America’s Next Top Model”, mas recusou o convite.


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

13


14

11 a 17 de junho de 2014

Comunidade

Edição 1572 –

disputarão o mundial no Brasil, ou seja, totalizando 640 figurinhas. Na tarde de segunda-feira (9), a equipe de reportagem do BV esteve na já popular “esquina das figurinhas”, na esquina das ruas Adams e Ferry, e constatou o movimento dos fãs, que faziam filas ou sentavam na calçada para trocar as figurinhas. Todo o movimento se concentra em volta de um ponto: A barraca de venda de amendoim e castanhas o brasileiro Welton Silva. “Eu considero isso muito importante, pois, numa época em que tudo são eletrônicos, os jovens vêm aqui acompanhados de seus pais e aprendem a socializar. É uma ati-

vidade plenamente saudável e importante aos jovens: o amor ao esporte. Além disso, é uma forma deles conhecerem e terem orgulho dos times de seus pais”, disse Silva. “Há figurinhas que são mais fáceis de serem encontradas em algumas áreas que outras, por isso, todos se concentram aqui para trocarem”. O brasileiro acrescentou que o maior dia de movimento é aos sábados, quando até mais de 40 pessoas se aglomeram em volta da barraca de Welton. Num mercado informal, os próprios fãs estabelecem os preços para as figurinhas mais difíceis de serem encontradas; com os valores variando de US$ 0.25 a até US$ 5, dependendo do grau de dificuldade. Próximo à barraca, o português Antônio Rolim, figura assídua do ponto, confessou à equipe do BV torcer pela seleção brasileira e que desde a infância em seu país nutre o hábito de colecionar figurinhas. “Desde criança colecionava em Portugal”, disse ele. A presença brasileira também pode ser vista na “esquina das figurinhas”, Jorge Souza, natural de Teófilo Otoni (MG), ajudava o filho Jonathan a adquiri as figurinhas que faltavam para concluir o álbum que, segundo ele, era para o irmão caçula de 4 meses de idade. “O dele (Jonathan) já está completo, agora ele coleciona para o irmão que nasceu há quatro meses que, quando crescer, poderá guardar o álbum como recordação”, disse Jorge. “Eu colecionava um pouco figurinhas quando era criança, mas minha infância foi simples, portanto, não tínhamos muito dinheiro para isso; já aqui é mais fácil”. Na “esquina das figurinhas”, brasileiros, portugueses, equatorianos, entre outras nacionalidades diferentes, possuem algo em comum: O amor pelo futebol e nas mãos as listas com os números das figurinhas que faltam para completar o álbum da Copa.

Receita Federal brasileira orienta turistas para a Copa do Mundo 2014

a data do retorno e o respectivo número do voo ou identificação do transporte. O prazo para a reexportação dos bens é o mesmo do visto de entrada do estrangeiro não residente no Brasil, ou de até 90 dias no caso da não exigência de visto de entrada.

Febre das figurinhas da Copa contagia brasileiros no Ironbound

P

opular entre as crianças nas décadas de 60 e 70, a realização da Copa do Mundo no Brasil trouxe de volta o hábito de colecionar figurinhas entre pessoas de todas as idades. O álbum oficial da Copa do Mundo virou coqueluche nas redes sociais e até nas ruas. No bairro do Ironbound, onde se concentra a população de língua portuguesa em New Jersey, um grupo de brasileiros se reúne diariamente, sozinhos ou acompanhados dos filhos, para trocar as figurinhas dos seus ídolos do esporte. As trocas obedecem a um critério: Alguns colecionadores pedem até quatro figurinhas por uma mais difícil. Aparentemente, um dos pontos de encontro preferidos pelos colecionadores locais é uma barraquinha de venda de amendoim e castanhas na esquina das ruas Adam e Ferry, também no Ironbound. Os encontros ocorrem diariamente na parte da tarde. Diferente do “boca em boca” do passado, atualmente os colecionadores tiram vantagem da internet na busca pelas figurinhas mais difíceis de serem encontradas e as mais procuradas, entre elas as dos jogadores Neymar, estrela do Barcelona, e o argentino Messi. Outra mudança fundamental provocada pela tecnologia foi a textura das figurinhas que impede que as crianças brinquem do tradicional jogo “bafão”, “bafo-bafo”, dependendo do estado no Brasil, no qual os participantes tentam desvirar com a palma da mão aberta as figurinhas postas em uma superfície plana. Outra novidade é que as figurinhas são autoadesivas, dispensando a “cola de farinha” caseira, usadas pelas crianças no

F

alta pouco para a bola rolar na Copa do Mundo FIFA 2014 e muitos turistas se preparam para viajar ao Brasil. Para garantir uma viagem sem dor de cabeça, é importante conhecer as regras da Aduana brasileira aplicadas aos bens integrantes da bagagem de viajantes internacionais não residentes no país. Os bens de uso ou consumo pessoal, como artigos de vestuário, higiene e demais bens de caráter manifestamente pessoal, em natureza e quantidade compatíveis com as circunstâncias e duração da viagem, bem como livros, folhetos e periódicos, podem ser trazidos com isenção de tributos pelo viajante não residente. Por sua vez, os bens que permanecerão no País, como, por exemplo, presentes, estão sujeitos a tributação quando seu valor global ultrapassar o limite de isenção, que é de US$ 500 por pessoa para as vias aérea e marítima e US$ 300 para as vias terrestre, fluvial ou lacustre. O viajante portando bens acima da cota de isenção deverá declará-los para cobrança do imposto de importação, que, pelo Regime de Tributação Especial para Bagagens, é calculado à alíquota de 50% sobre o valor que exceder à cota. Já os bens duráveis da bagagem, como computadores e filmadoras, que não vão permanecer no Brasil após o período da viagem, entram no país no regime de admissão temporária. Até o limite global de US$ 3 mil e dentro dos limites quantitativos, o viajante não residente está dispensado de declarar à

Jorge Souza, de Teófilo Otoni (MG), posa com Jonathan (dir.), de 9 anos, e o amigo Brian (esq.)

passado. Se antigamente os álbuns eram lançados por editoras diversas, atualmente existe o monopólio do Panini Group, ou simplesmente Panini, é um conglomerado editorial italiano de produção de história em quadrinhos (fumetti, mangás, entre outros) e vídeos animados, com atuação centrada no mercado europeu e com filiais no Brasil, França, Reino Unido, Alemanha, Espanha, Argentina e Hungria. O álbum da Copa, licenciado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), é impresso pelo mesmo grupo. Completar o álbum da Copa não é tarefa simples, pois ele contém as 32 seleções que

alfândega brasileira quando chegar ao território nacional. Acima desse valor, e ultrapassados os limites quantitativos, a declaração passa a ser obrigatória. Os bens que entram pelo regime de admissão temporária devem retornar ao exterior. Se não retornarem, devem ser nacionalizados, com pagamento de tributo. Valores em espécie acima de R$ 10 mil, ou o equivalente em outras moedas, portados pelo viajante na entrada ao País ou na saída, também devem ser declarados, bem como animais, vegetais e produtos derivados, produtos médicos, medicamentos e alimentos, armas e munições, bens destinados a pessoa jurídica e bens acima dos limites quantitativos, dentre outros. As informações devem ser prestadas por meio da Declaração Eletrônica de Bens do Viajante – e-DBV, que pode ser preenchida no site da Receita Federal e também em tablets e smartphones, por meio do aplicativo “Viajantes”. A nova versão do aplicativo, disponibilizada para download este mês nas lojas virtuais Google Play e App Store, permite que a declaração de bens seja preenchida sem a necessidade de conexão com a internet. Dessa forma, os passageiros poderão preencher os dados da declaração e calcular o imposto devido, se for o caso, durante o voo, por exemplo. A conexão com a internet será necessária apenas na hora de transmitir a declaração à Receita. Os aeroportos

Limites quantitativos

O Rio de Janeiro, onde fica o lendário estádio do Maracanã, sediará alguns jogos da Copa do Mundo 2014

internacionais, portos e pontos de fronteira brasileiros também disponibilizam aos viajantes terminais de autoatendimento para preenchimento da declaração. No caso de pessoas viajando pelas fronteiras terrestres, a declaração de bagagem poderá ainda ser realizada por meio dos formulários Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA) ou Declaração de Bens do Viajante (DBV). Sempre que possuir valores em espécie e/ou bens de declaração obrigatória para importação temporária ou definitiva, na chegada ao Brasil, o viajante deverá dirigir-se à fiscalização aduaneira para registro da e-DBV. A mesma e-DBV que serve para registrar a entrada de bens do viajante não residente servirá também para registrar o retorno desses bens ao exterior. Para tanto, o viajante deverá informar nesse documento eletrônico

O turista deve obedecer às restrições quantitativas na importação como bagagem. São permitidos até 12 litros de bebidas alcoólicas, 10 maços com 20 unidades de cigarros, 25 unidades de charutos ou cigarrilhas e 250 gramas de fumo por viajante. Os demais bens devem obedecer a regra geral de até 20 unidades, com não mais do que 10 idênticas, de itens com valor de até US$ 10 para a via aérea e marítima ou US$ 5 para a via terrestre, fluvial ou lacustre, e até 20 unidades, com não mais do que 3 idênticas, de bens com valor acima de US$ 10 para a via aérea e marítima ou US$ 5 para a via terrestre, fluvial ou lacustre. Bens que não podem ser importados como bagagem, a exemplo de partes e peças para embarcações e aeronaves, que excedam o limite quantitativo ou que se destinem a pessoa jurídica, dentre outros, caso sejam trazidos ao país como bagagem acompanhada, ficarão retidos na Alfândega para posterior avaliação quanto à possibilidade de liberação, mediante pagamento dos tributos, no Regime Comum de Importação.

Mais informações A Receita Federal disponibiliza em sua página na internet e no aplicativo "Viajantes" informações detalhadas sobre a legislação aduaneira aplicada à bagagem acompanhada: http://www.receita.fazenda.gov.br/Adua na/Viajantes/default.htm


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

15


16

11 a 17 de junho de 2014

Comunidade

Edição 1572 –

Torcedores no Ironbound se preparam para a Copa do Mundo 2014 A equipe de reportagem do BV correu as ruas do bairro do Ironbound, em Newark (NJ), e ouviu a opinião de torcedores brasileiros, portugueses e hispânicos

O

s constantes protestos ocorridos em algumas das principais capitais brasileiras a poucos dias de sua realização, fizeram com que a Copa do Mundo 2014 fosse marcada por demonstrações de otimismo e incerteza. A quantia bilionária gasta na reforma e construções de estádios e o fato de que grande parte das obras prometidas para acolher os milhares de turistas e as seleções internacionais não ficou pronta a tempo dividem opiniões de brasileiros e estrangeiros. Muitos defendem que a competição mundial no país trará divisas e gerará inúmeros empregos, enquanto outros rebatem que os bilhões de Reais já gastos seriam mais úteis na construção e reforma de hospitais e escolas, além de investimentos no transporte, habitação, programas de educação e serviços sociais.

Durante a realização da Copa das Confederações, uma espécie de “aperitivo” para a Copa do Mundo, no Brasil em 2013, vários protestos também marcaram o evento. Nos últimos dois anos, os holofotes do mundo estão voltados para o Brasil que busca o Hexa e compete o posto de favorito com as seleções da Argentina, Alemanha e Espanha, seguidas de perto pelas perigosas Itália e França. Especialistas acreditam que, pelo fato de o Brasil estar “jogando em casa” e com o apoio da torcida, é grande a possibilidade de vitória. Entre os craques, estão o brasileiro Neymar, o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo, considerados os valores individuais mais falados da competição. Apesar das expectativas pessimistas, muitos torcedores acreditam que o amor do brasileiro pelo futebol, sua simpatia e calor humano possam suplantar as dificuldades e transformar o evento em uma grande Copa aos olhos do mundo. A equipe de reportagem do BV circulou as ruas do bairro do Ironbound, em Newark (NJ), para conferir o que os torcedores pensam sobre a Copa do Mundo no Brasil e suas expectativas.

“Eu acho que vai dar Brasil. Os brasileiros estarão jogando em casa enquanto algumas das melhores seleções, que são européias ou de países mais frios, terão que se acostumar à temperatura local. Já imaginou um inglês jogando em Manaus?! Depois de 10 minutos de jogo ele já não aguenta mais. Já os brasileiros, quanto mais quente melhor. Quando ao melhor jogador, eu acho que será o Neymar”, comentou o equatoriano José Velez, conhecido na comunidade como “Branco”’, que já morou no Brasil e tem como clube de coração a Liga Desportiva Universitária (LDV), do Equador, e vive há cerca de 40 anos nos Estados Unidos.

“Eu quero muito que o Brasil ganhe. Vou tocar a minha corneta e hastear a minha bandeira na janela. Se não ganhar, que ganhe em cortesia, que o Brasil mostre ao mundo a sua cordialidade. Se não vencer nos campos, que vença na gentileza. Já que Brasil aceitou realizar a Copa do Mundo, temos que tratar os nossos visitantes da melhor forma possível; assim eu fui criada”, disse a professora curitibana Ana Oliveira, cujo time preferido é o tricolor paulista.

“O Brasil já ganhou a Copa do Mundo. Futebol é futebol, política é política e educação é outra coisa. O Brasil já está ganhando e precisa plantar novas sementes. Eu vou para a Copa e ajudar no que posso, com o nosso pouco inglês e espanhol. Apesar de já ter jogado no Cruzeiro na juventude, não tenho um time preferido no Brasil. Eu acho que o Brasil receberá um ‘empurrão’ na Copa do mundo”, comentou o joalheiro Josefino Alves da Silva, conhecido popularmente como “Fino”, natural de Belo Horizonte (MG) e residente há 30 anos nos EUA


– Edição 1572

“O Brasil é o favorito, enquanto a Argentina e o Uruguai são sempre uma surpresa. Sem sombra de dúvidas, o Neymar é o destaque. O Brasil tem grandes chances de ganhar, mas se haverá problemas, a gente nunca sabe. Quanto a Portugal, será um desafio. Se nós chegarmos as oitavas de final vai ser muito bom”, comentou o gerente de bar Celestino Ferreira, natural do Porto, Portugal, e torcedor do time do mesmo nome.

“Não sou a favor da Copa no Brasil, mas quero que a nossa seleção ganhe. Obviamente, havia outras prioridades, mas os jogadores não têm culpa. Muitos deles nasceram na pobreza e melhoraram de vida graças ao futebol. Não tenho um time preferido específico no Brasil, portanto, torço somente pela seleção brasileira”, disse Betânia Pereira, natural de Recife (PE), voluntária de uma ONG local e mãe de soldado nas Forças Armadas dos Estados Unidos.

“É claro que nós queremos que ganhe, tem que ganhar. Eu penso um pouco, porque do jeito que está hoje, essas greves nos jogos, eu acho que eles farão a mesma coisa. (Os manifestantes) vão aproveitar os dias dos jogos e fazer a mesma coisa. Muitos daqueles que não poderão estar nos campos, vão estar nas ruas, entende? É isso o que eu penso”, comentou o estudante de inglês Fábio, natural de São Felix de Minas e torcedor do Cruzeiro.

Comunidade

“Devido aos problemas já existentes, pode haver algum movimento (nas ruas), mas como o brasileiro é pacífico por natureza, ele recua. Não deverá ser nada tão sério. O povo brasileiro é naturalmente pacífico. Quanto à Copa, é claro que nós torcemos para o Brasil vencer. Eu não conheço grandes estrelas das outras equipes mundiais, então, acho que o destaque da Copa será o jogador Neymar”, disse a cozinheira Irene Leitão, natural de Itabirinha (MG) e torcedora do Cruzeiro.

11 a 17 de junho de 2014

17

“Na minha terra, nós somos fãs de boxing, um esporte bastante popular lá. Na realidade, eu não sou muito ligado a esportes, pois sou mecânico e passo a maior parte do meu tempo consertando carros, portanto, o meu esporte acaba sendo esse”, comentou o portoriquenho Juan Salgado, acrescentando que provavelmente não terá tempo de assistir os jogos da Copa do Mundo.


18

11 a 17 de junho de 2014

Comunidade

Edição 1572 –

Governo providenciará advogados para crianças que enfrentam deportação As autoridades federais emitirão US$ 2 milhões em verba para contratar 100 advogados e especialistas para representar as crianças nas Cortes migratórias

N

a sexta-feira (6), a administração Obama anunciou o lançamento de um programa que ajudará no recrutamento de advogados para crianças que enfrentam a deportação, enquanto tenta lidar com a disparada do número de menores naturais da América Central que cruzam clandestinamente a fronteira com o México. Conforme o plano, o Governo federal emitirá US$ 2 milhões em verba para contratar 100 advogados e especialistas (paralegals) para representar as crianças nas Cortes migratórias. “Nós estamos dando o passo histórico no fortalecimento do nosso sistema judiciário e proteção dos direitos dos membros mais vulneráveis da nossa sociedade”, disse o promotor público geral Eric H. Holder. “Como tratamos aqueles que precisam, particularmente jovens que devem comparecer a processos migratórios, muitos deles fugindo da violência, perseguição, abuso ou tráfico, chega ao âmago do que somos enquanto nação”. As autoridades vêm tentando lidar com a onda de crianças desacompanhadas, a maioria da América Central, que têm lotado as Cortes de Imigração e superado a capacidade dos patrulheiros na fronteira. Na segunda-feira (2), a administração ordenou que as autoridades federais de emergência coordenassem uma ação conjunta em resposta ao projeto. Dois abrigos de emergência foram abertos em bases militares, um na Base Naval do Condado de Ventura em Oxnard (CA) e outra em Lackland Air Force Base em San Antônio, com capacidade para abrigar até 1.800 jovens.

“Nós estamos dando o passo histórico no fortalecimento do nosso sistema judiciário e proteção dos direitos dos membros mais vulneráveis da nossa sociedade”, disse Eric H. Holder

Desde outubro, mais de 47 mil crianças que viajavam desacompanhadas foram detidas na fronteira sudoeste, um aumento de 92% com o mesmo período ano passado. A maioria oriunda de El Salvador, Guatemala e Honduras, segundo as autoridades. Críticos conservadores alegam que a flexibilidade da administração atual no cumprimento das leis migratórias tem encorajado os centro-americanos sugerindo que eles podem gozar de uma anistia se conseguirem atravessar a fronteira do México. “A mensagem principal é que não levamos a sério as leis migratórias”, disse Mark Krikorian, diretor executivo do

Centro de Estudos Migratórios, favorável ao endurecimento das leis migratórias. “Essa é a realidade e as pessoas estão respondendo a isso”. O novo programa de representação legal será uma colaboração entre o Departamento de Justiça e a Corporação de Serviços Nacionais e Comunitários (CNCS), que opera o programa nacional AmeriCorps. O programa será restrito a jovens com idade inferior a 16 anos que já receberam a ordem de comparecer perante a Corte de Imigração e enfrentam processos de deportação, mas que não estão sob custódia do Governo federal, segundo as autoridades. As verbas serão destinadas a ONGs em 29 cidades com grandes populações de imigrantes. Essas entidades em retorno recrutarão e contratarão advogados e especialistas para o programa, explicou Samantha Jo Warfield, porta-voz da corporação. Cada representante legal terá que se comprometer a 1 ano de serviço e em troca receberá uma verba de manutenção, acrescentou Warfield. Nos tribunais criminais ou de família, os réus que não podem arcar um advogado têm o direito de obter um patrocinado pelo Governo. Nada na lei exige tal benefício nos tribunais de imigração, mesmo para crianças, e as leis migratórias em geral proveem poucas proteções, especificamente para menores. Ativistas defensores dos direitos dos imigrantes, argumentando que as crianças deveriam ter cuidados especiais, vêm há muito tempo pressionando para a criação de um sistema de representação universal para os menores desacompanhados que enfrentam a deportação. Eles redobraram seus pedidos em decorrência do novo fluxo de crianças da América Central. Vários ativistas comemoraram a notícia, mas ao mesmo tempo frisaram que o programa promete oferecer representação para somente uma fração de todos os menores desacompanhados que passam pelo sistema legal americano.


Comunidade

– Edição 1572

Pesquisa:

M U

19

Empresa americana nomeia brasileiro para mercado latino Talento brasileiro: Paulo P. Lima trabalhou por 12 anos nas indústrias de aviação, viagem e turismo

ma pesquisa recente revelou que New Jersey é um dos estados mais caros para se viver nos Estados Unidos. O estudo anual foi criado há 4 anos e leva em consideração fatores como média salarial, custo de vida, índice de desemprego e condições de trabalho. O Estado Jardim ficou entre os 9 piores, principalmente porque os altos salários são ofuscados pelo elevado custo de vida, segundo o estudo. O índice de desemprego no estado é relativamente alto e as condições de trabalho são “abaixo da média”. O MoneyRates.com utilizou dados disponibilizados pelo Comitê de Estatísticas Trabalhistas, o C2ER e o Gallup-Healthways Well-Being Index. O Havaí foi considerado o pior lugar para trabalhar, segundo a pesquisa. O alto custo de vida, baixos salários e nível inferior do índice de emprego são razão que fizeram o Estado Aloha um dos piores nos últimos 4 anos de estudo. Já Washington, Texas e Mionnesota foram considerados os melhores do país.

11 a 17 de junho de 2014

ais um imigrante brasileiro conquista o sonho americano nesta terra de oportunidades. A agência de comunicações LaGrant anunciou na terça-feira (10) que seu conselheiro sênior Paulo P. Lima, Ph.D., será efetivado como vice-presidente e diretor da sua prática voltada ao mercado hispânico e brasileiro. Ele terá como responsabilidade ampliar os negócios da agência com a captação de novos clientes e estabelecer estratégias voltadas ao mercado Latino Americano nos Estados Unidos. Nos últimos 10 anos, Lima tem trabalhado junto à agência proporcionando um posicionamento estratégico criativo para seus clientes. Baseando-se em pesquisa e num estreito relacionamento com grupos comunitários e meios de comunicação local e nacional, seu trabalho envolveu o desenvolvimento de estratégias para clientes como a Harley-Davidson Motor Company, Zimmer, L.A. Care Health Plan, Community Health Councils e a Robert Wood Johnson Foundation (RWJF) entre outras. Paulo também serve como diretor editorial do website: www.Afro-Brazilian.com,

Paulo Lima também serve como diretor editorial do website: Afro-Brazilian.com, o primeiro dedicado a ligar a cultura afroamericana à cultura afro-brasileira

o primeiro dedicado a ligar a cultura afroamericana à cultura afro-brasileira. Nessa função, ele desenvolve conteúdo visando a ampliação do site com artigos voltados a educar a população vivendo nos Estados Unidos sobre a riqueza da cultura brasileira. Antes de se juntar à empresa, Lima tra-

balhou por 12 anos nas indústrias de aviação, viagem e turismo. Ele iniciou carreira como diretor de serviços aos passageiros pela United Airlines no aeroporto internacional de São Paulo. Na United Airlines, ele era responsável pela operação diária, incluindo pontualidade dos vôos, qualidade do serviço oferecido aos passageiros, e desenvolvimento profissional de seus funcionários. Diariamente, Paulo gerenciava cerca de 35 funcionários e três vôos. Depois de se mudar para os Estados Unidos, Lima continuou sua carreira em viagem e turismo ao se juntar ao grupo The Charter at Beaver Creek em Avon, Colorado. Recentemente, Paulo recebeu seu título de Doutor pelo Departamento de Teatro e Estudos de Desempenho junto à Universidade da Califórnia, Los Angeles. Sua pesquisa sobre a indumentária utilizada no Candomblé reflete sua preocupação com assuntos referidos à raça, gênero e classes sociais. Sua dissertação intitulada “Candomblé e Sua Indumentária Viva” (“Candomblé and Its Living Garments”) analisa a vestimenta religiosa em São Paulo e Salvador, Bahia. Em 2013, a Deputada Federal Karen Bass (D-Califórnia) mostrou a primeira coleção de fotografias do brasileiro. Com o título Devoção Afro-Brasileira a exibição mostra aspéctos culturais do Candomblé em espaços rituais religiosos e públicos. Um artista prolífico, Lima também servirá como fotógrafo oficial da agência.


20

11 a 17 de junho de 2014

Comunidade

Crime, imigrantes e política se cruzam nas ruas de Tulsa

Q

uatro agentes do Departamento de Polícia de Tulsa, Oklahoma, terminam o jantar e entram em uma viatura disfarçada de veículo particular. Eles perseguem um indivíduo que vende drogas na vizinhança e planejam pegá-lo antes que fuja. Eles bloqueiam o Chevy Suburban, saem da viatura e apontam armas para o suspeito, que decide não correr. Um dos policiais descobre dois papelotes de uma substância branca; um testou positivo para anfetamina, acrescentando que provavelmente tenha sido traficada do México. “Há menos de três anos, nós nunca havíamos visto anfetamina importada”, disse o Sargento Sean Larkin. “Agora, vemos muito”. Para o escritório do xerife do Condado de Tulsa, que patrulha as rodovias locais e administra a penitenciária local, a cena explica porque focalizar no cumprimento das leis locais no que diz respeito à imigração faz sentido. “Como um estrangeiro ilegal, é realmente difícil encontrar um emprego decente”, disse o major Shannon Clark, porta-voz do xerife, que vem priorizando o cumprimento das leis migratórias há vários anos. “Entretanto, é muito fácil voltar-se ao mundo das drogas e começar vende-las nas esquinas”. Já a polícia municipal vê as coisas de forma diferente, pois a maioria dos traficantes de drogas e assassinos presos na região metropolitana de Tulsa, segundo as autoridades, não são imigrantes ou hispânicos. A maioria dos crimes ocorridos na comunidade latina, acrescentaram, envolvem quadrilhas

A polícia municipal em Tulsa focaliza na prisão de membros de gangues de rua

de rua não hispânicas que atacam os imigrantes, que tendem a denunciar menos os crimes. Ao invés de prender os imigrantes suspeitos de estar ilegalmente no país, uma política que o escritório do xerife fortemente apoia, a polícia municipal disse preferir trabalhar com os imigrantes, legais ou não, para encorajá-los a denunciar os crimes e reduzir a violência. Especialistas dizem que a postura conflitante dos dois órgãos de segurança que trabalham lado a lado na mesma área ressalta a complexidade e choque de agendas no que diz respeito à imigração e criminalidade e a forma que a política migratória influencia a realidade dos policiais. “O xerife é eleito; é um cargo político”, disse Elizabeth M. McCormick, professor de

Direito da Universidade de Tulsa. “Há motivações em jogo no escritório do xerife, em termos de continuar engajado com a imigração, o que não existe para o Departamento de Polícia de Tulsa”. A polícia municipal reconheceu que as gangues hispânicas expandiram com o crescimento da população imigrante nos últimos anos. Entretanto, a maioria dos seus membros são residentes legais ou americanos naturalizados ou natos: muitos deles filhos e netos de imigrantes, que parecem juntar-se a gangues de rua não para retornar às raízes e sim para se tornarem mais americanos. “Seus pais tentam dar-lhes uma vida melhor, mas algumas dessas crianças veem o estilo de vida das gangues e querem seguila”, disse o Sargento Larkin. “Está quase entranhado na cultura adolescente americana”. O agente Jesse Guardiola, descendente de mexicanos e lotado no Departamento de Polícia de Tulsa, disse que as gangues hispânicas estão crescendo em parte porque os filhos de imigrantes vêm de famílias nas quais os adultos trabalham sem parar, sem tempo ou inclinação para encorajar a busca pela educação. “O que nós temos é a crescente epidemia de jovens abandonando a escola que são latinos; 52% dos latinos em Tulsa não se graduam na escola secundária”, disse Guardiola. Para criminosos de todas as etnias, segundo várias autoridades, os imigrantes são geralmente vistos como alvo preferido. Por exemplo, na St. Thomas More Catholic Church, que concentra um grande número de atividades comunitárias hispânicas, carros geralmente têm os vidros quebrados e são roubados durante as missas em espanhol. Guardiola disse saber de alguns casos de estupro há poucos anos nos quais as vítimas

Edição 1572 – nunca denunciaram o ataque ou foram ao hospital porque pensaram que seriam deportadas. “Eu também já vi pessoas inocentes feridas por balas perdidas em tiroteios que estavam simplesmente no estacionamento de um prédio”, comentou. “Por medo, eles não ligam para a polícia”. Clark rebateu que a resistência dos imigrantes em denunciar crimes reflete a falta de assimilação, resultado de suas experiências com a corrupção em seus países de origem. “Aqueles que não vêm a nós são aqueles que não entendem a nossa cultura”, disse ele. “Isso não tem nada a ver com o que fazemos”. Entretanto, os policiais municipais discordam, frisando que quando o escritório do xerife se afiliou ao programa federal 287(g) em 2007, tendo o direito de perguntar o status migratório das pessoas durante batidas, o trabalho de manter a segurança ficou mais difícil, pois os imigrantes passaram a desconfiar de qualquer pessoa que trajasse um uniforme. Desde então, o programa foi limitado a verificar o status migratório de indivíduos mantidos na penitenciária do condado, que o Departamento de Imigração (ICE) paga ao Condado US$ 54,13 diários por cada detido. Enquanto isso, gangues de rua como a “Crips” e “Bloods” continuam a focalizar em hispânicos que elas pensam ser imigrantes. Por exemplo, semana passada, dois homens, nenhum deles latino, foram acusados de matar uma menina hispânica de 14 anos, April Montano, quando tentaram sequestrar os membros de sua família que estavam em uma caminhonete depois de passarem o dia celebrando a sua graduação no ensino médio. O Sargento J. P. Ward, membro da unidade de combate a gangues em Tulsa, disse que os arrombamentos em conjuntos habitacionais na zona leste da cidade, uma área conhecida como “Pequeno México”, ocorrem quase todas as noites. Ele calculou que menos da metade deles são denunciados à polícia. “É uma fonte de renda contínua para algumas de nossas gangues afro-americanas, pois para algumas delas essa é a principal fonte de dinheiro, simplesmente roubar hispânicos”, disse ele. “Nós sabemos porque vemos coisas em seus telefones celulares, nós os ouvimos falando sobre isso, ‘atacar mexicanos’, é como eles se referem a isso. Eu sei que muita coisa não é denunciada porque converso com as pessoas nas comunidades e alguns membros de gangue”. Ward disse que a diferença de abordagem com relação à imigração entre o escritório do xerife e sua unidade é decorrente das visões conflitantes na relação imigração e crime. “Nós focalizamos em colocar os membros de gangues na cadeia”, comentou. “Não importa para nós se eles são hispânicos, ilegal ou legal, não faz a mínima diferença”.


– Edição 1572

Comunidade

11 a 17 de junho de 2014

21

Obama: Câmara tem 50% de chance de votar proposta em julho O Presidente reuniu-se na Casa Branca com um grupo de enfermeiros para discutir o impasse migratório Na segunda-feira (9), o Presidente Obama reuniu-se na Casa Branca com um grupo de enfermeiros para discutir o impasse migratório. Alvin Vitung, um enfermeiro na Califórnia que participou do encontro, disse que o Obama “os disse que há a possibilidade de 50% de a Casa Branca agir mês que vem, talvez maior se eles, os enfermeiros, mantiverem a pressão”. Como o Breitbart News divulgou, os republicanos na Câmara dos Deputados, como Paul Ryan (R-WI), Mick Mulvaney (R-SC) e Mário Diaz Balart (R-FL) têm angariado apoio em defesa a favor de uma reforma migratória. O porta-voz John Boehner (R-OH) já adiantou que tende a aprovar uma votação ainda esse ano e Valerie Jarrett, que é confidente e consultora de Obama, disse que a Casa Branca possui a promessa de Boehner de aprovar uma nova lei migratória até o mês de agosto. Já o Senador Chuck Schumer (DNY) disse que um projeto de lei poderia ser aprovado entre junho e julho, enquanto outros republicanos líderes, como a líder da Conferência, Cathy McMorris Rodgers (RWA) vem focalizando no prazo em agosto. Enquanto isso, o líder da maioria na Câmara, Eric Cantor (R-VA), que vem distribuindo mensagens contra qualquer possibilidade de votação em uma reforma migratória em contraste com o seu oponente,

Obama instruiu o secretário do Departamento de Segurança Interna (DHS), Jeh Johnson, a atrasar a ordem administrativa de rever a política de deportações do (ICE)

Dave Brat, indicando que trabalharia com Obama na votação da legalização dos menores indocumentados (Dreamers). Segundo o Breitbart News, o grupo contra a legalização dos imigrantes indocumentados “We Deserve Better” (Nós merecemos melhor) e de oposição a Cantor tentou denunciar a postura

do candidato de apoio à reforma migratória. Os ativistas conservadores alegaram que o próximo grande passo de Obama e Cantor será a concessão de anistia e cidadania aos milhões de imigrantes indocumentados que vivem no país. Recentemente, Obama instruiu o secre-

tário do Departamento de Segurança Interna (DHS), Jeh Johnson, a atrasar a ordem administrativa de rever a política de deportações do Departamento de Imigração (ICE). A decisão teve como objetivo dar tempo ao Congresso de votar em uma reforma migratória até agosto.


22

11 a 17 de junho de 2014

Comunidade

Edição 1572 –

Brasileiro acusado de agredir namorada alega inocência Governador de NY uando a vítima entrou no escritório promotor público James Puritz detalhou que nega que haverá a vítima foi ao escritório da Promotoria Púda Promotoria Pública do Condado blica no dia 12 de março para denunciar as de Middlesex em Lowell em 12 de carteira para agressões físicas. março, ela descreveu às autoridades cenas Em um incidente, segundo Puritz, Zapeindocumentados de abusos. Ela, natural de Marilac (MG), lini utilizou uma mangueira de jardim para alegou ter sido chutada e espancada por seu este ano forçar água na boca da vítima, então, arrasnamorado, o catarinense Rodrigo Kestering

Q

Zepelini, de 40 anos, residente em Lowell (MA), e teve água forçada sua garganta abaixo com uma mangueira de jardim. Na quarta-feira (4), na Corte Distrital de Lowell, o réu alegou inocência com relação às acusações de: tentativa de homicídio (2), sequestro (2), agressão física (2) e agressão com arma perigosa (2) decorrentes de incidentes ocorridos em março de julho de 2013. Apesar de os promotores públicos terem pedido a fiança de US$ 10 mil, a advogada de defesa Lindsay Kanter pediu a liberdade de

Zapelini alegando a existência de “uma forte possibilidade de invenção”, uma vez que a suposta vítima não denunciou os ataques até quase um ano depois. A Juíza Stacey Fortes determinou que Rodrigo ficasse detido sob a fiança de US$ 5 mil em dinheiro. O brasileiro possuia uma acusação de agressão pendente e, portanto, teve que retornar ao tribunal em 24 de março. O

tou a namorada até sua casa onde a pôs debaixo do chuveiro de roupa ao mesmo tempo em que a insultava, segundo o Lowell Times. Entretanto, a irmã do catarinense, Adriana K. Zapelini, disse durante entrevista ao jornal Brazilian Times que toda a estória contada pela ex-namorada de Rodrigo era uma fabricação, pois pretende utilizar o caso para se legalizar nos Estados Unidos. Depois que os familiares do réu conseguiu a fiança foram informados que ele seria mantido detido a pedido do Departamento de Imigração (ICE).

“Eu não acho que nenhuma outra proposta sobre a carteira (para os indocumentados) tem credibilidade esse ano”, disse Cuomo, durante o desfile de Porto Rico

O Governador Andrew Cuomo comentou o tema durante a sua participação nas comemorações do Dia de Porto Rico

N

o domingo (8), o Governador Andrew Cuomo disse que a proposta que permite aos indocumentados a obtenção da carteira de motorista em Nova York não irá a lugar algum por enquanto. “Eu acho que estamos focalizando esse ano no DREAM Act”, disse Cuomo, referindo-se ao projeto de lei que permitiria os estudantes indocu mentados terem acesso à ajuda financeira estadual nas faculdades. “Eu não acho que nenhuma outra proposta sobre a carteira tem credibilidade esse ano”. Grupos formados por imigrantes pressionaram no início do ano para que os indocumentados em Nova York obtivessem as carteiras, que 11 outros estados permitem. Projetos de lei para mudar a política em Nova York já foram apresentados na Assembleia e Senado estaduais. Perguntado sobre o tema durante o desfile no Dia de Porto Rico, Cuomo respondeu: “Depende do que seja. A dificuldade está em realmente entender essa questão”. O DREAM Act, que é prioridade para Cuomo, não passou pelo Senado estadual. Uma pesquisa revelou que a aprovação do controverso Dream Act, um projeto de lei que permitiria a legalização de estrangeiros que imigraram ilegalmente aos EUA ainda na infância, não avançaria somente o debate sobre o tema, mas ajudaria a combalida economia norte-americana. O Center for American Progress, baseado em dados do American Community Survey, disse que a aprovação do Dream Act que beneficiaria os estimados 2.1 milhões de jovens geraria US$ 329 bilhões e 1.4 milhão de empregos à economia norte-americana até 2030, publicou o diário The Washington Post. Entre outros detalhes, a pesquisa revelou que ao legalizarem o status, esses jovens poderão completar os estudos superiores e, consequentemente, tendem a aplicar para empregos que oferecem salários mais altos, ao invés de dependerem de atividades que oferecem salários abaixo do estabelecido pelas leis trabalhistas.


Comunidade

– Edição 1572

11 a 17 de junho de 2014

23

Promoção Torcida BV

A

promoção da Copa ‘Torcida BV’ promovida pelo Brazilian Voice está sendo um grande sucesso e vários leitores já foram sorteados! Os kits contendo uma camisa oficial, uma bandeira, uma bandana, pulseira e caxirola já estão sendo distribuídos para diversos estados americanos. A promoção continua durante a copa, e na semana da final, sortearemos uma passagem para o Brasil, cortesia da WTT Travel e um ensaio fotográfico fantástico com o fotografo Rodrigo Barbosa. Para participar, basta acessar a nossa fan page no Facebook e clicar na Promoção Torcida BV. Boa sorte! Alguns dos ganhadores são:

Victor Silva, de Newark

Julieta Correia, de Newark

Cleito Silva, de Newark

Jadson Souza, de Perth Amboy, NJ

Raquel de Souza, de Newark

Paulo Moreira e seu filho, de Newark

Gisele Brito Braga, de Lake View Terrace, CA

Irlene Castro, de Newark

As gêmeas Cleuza Cunha e Neuza Coelho, ambas em Newark

Loeny Silva, que recebeu o prêmio para sua mãe


24

Coluna Social

11 a 17 de junho de 2014

Edição 1572 –

verareis@brazilianvoice.com

Pagando Mico na América

Quando confiamos nosso bens pessoais à uma empresa de mudanças, temos que ter total confiança nela. Que tal uma companhia estabelecida em nossa cidade há quase 40 anos? A Portugalia Sales faz parte da história da imigração portuguesa e brasileira, por isso, inspira credibilidade e responsabilidade. Se vai mudar, mude para melhor! Na Portugália Sales somos sempre recebidos com um delicioso cafezinho e toda a atenção de Carlos Fonseca, Tino Moreira, Cristina Miranda ( Dilma) e Clemy Caldeira. Grande abraço aos amigos!

Q

uando eu e Debora Beldowicz pensamos em escrever um livro sobre gafes de imigrantes na América imaginávamos apenas uma leitura engraçada. Contatamos o renomado ilustrador Adalberto de Souza (Toquinho), residente em Jundiaí (SP), para fazer nossas ilustrações e mergulhamos fundo na seleção dos “micos”. Nosso conceito acabou se modificando e se tornando muito diferente, algo como uma sátira ao imigrante, que sempre tem tristes histórias para contar, uma homenagem aos nossos erros, tropeços e gafes e no poder de rirmos diante das situações mais complicadas em nossas vidas. A obra “Pagando Mico na América” será lançada nas nações Unidas, nesta sexta-feira, 13 de junho, com um finíssimo coquetel servido pelo renomado Chef Henrique e muitas outras surpresas. Haverá ainda no mês de junho um lançamento no Ironbound, em Newark (NJ). Em breve, confirmaremos data e local. Os interessados em adquirir um exemplar devem contatar a Debora: (732) 608-1574 ou a mim: (973) 444-4466.

Este grupo compõe a direção e grande elenco do filme “Perdida - Night Lost”, durante première exibida no domingo (8) em New York City. A obra, produzida, dirigida e estrelada por imigrantes brasileiros, superou nossas expectativas, com uma historia emocionante e comovente, envolvendo assuntos polêmicos como aborto, adoção e estupro. Parabéns Marco Antônio, minha sugestão é que você continue ousando em sonhos como este, pois já sabe bem o caminho para realizá-los!


– Edição 1572

Coluna Social

11 a 17 de junho de 2014

25

12º Brazilian Film Festival em NYC O 12º Brazilian Film Festival, realizado de 1 a 7 de junho no Tribeca Cinemas de New York, reuniu grandes “feras” apresentando os melhores filmes e documentários do Brasil, exibindo ritmo, cultura e talento brasileiro.

Na noite de sábado (7), após a exibição de Toquinho no Summerstage do central Park, muitos amigos se reuniram para um animadíssimo jantar no Circus Restaurant in NYC para celebrar o sucesso de mais um festival.

A amiga Zaida Dish, em companhia da equipe do VEJTV, aproveitou a oportunidade de posar para foto com a atriz Global Regina Duarte, um dos maiores ícones da dramaturgia brasileira. Regina e a atriz principa do filme "Gata Velha Ainda Mia " e não pdoeria faltar à este grande evento. .

No dia da exibição alusiva aos 100 anos de nosso peota maior , Vinícius de Moares o evento contou com a presença de suas filhas Georgiana e Maria Moraes, que aqui são vistas em companhia de uma das organizadoras do evento, Vaiviane Spninelli.

Foi com muita emoção e carinho que ana Cristina Natividade, nossa querida repórter do VEJATV.COM, entrevistou a estrelinha Tathiana Piancastelli. Esta linda jovem de 28 anos, portadora de Sindrome de Down, é auto-defensora no Instituto Meta Social, responsável pela campanha "Ser Diferente é Normal" . Entre outras peças teatrais, escreveu e encenou a peça Menina dos Meus Olhos , que é a história de Bela – uma adolescente em busca do amor e aceitação social. Tathiana ainda é apresentadora do programa Ser Diferente é Normal, que envolve entretenimento, entrevistas com brasileiros residentes no exterior e matérias ligadas a eventos, pontos turísticos e curiosidades nas diversas partes do mundo.

Em momento muito especial o evento contou com a presença da cantora Vanessa Falabella, que encheu de alegria o ambiente repleto de amigos.


26

11 a 17 de junho de 2014

Coluna Social

Parabéns pela organização e animação da festa junina do Brooklyn (NY), realizado no domingo (8) pelas voluntárias do evento beneficente às crianças pobres. Um evento realizado pela igreja St. Savior Parish no Brooklyn. Eu estive lá para conferir! Todas as fotos tiradas no evento foram doadas pela fotógrafa Flávia Olm e seu esposo Collin Olm.

Parabéns Rodrigo da Silva e Francisco Rosa por mais uma porta aberta. Agora, o Burger Bound se encontra também em Kearny (NJ), na 190A Kearny Ave. Marcelo Araújo e eu estivemos lá para brindar pelo sucesso que esses novos empreendedores terão.

Edição 1572 –

Olha a turma animada se divertindo na festa junina... Flávia Olm, Daniela Kruschewsky e este colunista.

Quem esteve também na festa junina do Brooklyn, foi a simpática Zilda Rodrigues, vendendo os seus deliciosos queijos. Grande abraço deste colunista.

Parabéns a linda Raimeiry Julia Oliveira Silva que comemorou o seu aniversario com um tema muito popular por esses dias! Felicidades!

Feliz Aniversário para o Ronaldo Guimarães, mais conhecido como o Ronaldo do Galo. Sua esposa Senisia Guimarães e suas filhas preparam uma linda festa para ele!

Parabéns ao Marcelo Pimentel que comemorou mais um ano de vida ao lado da namorada Keyla Oliveira.

Um feliz Aniversário para Luize Cunha que ganhou várias festas de aniversario surpresa. Vá-ri-as! Isso demonstra o quanto ela é amada e querida por todos. Ao lado da amiga e chefe Claudia Cascardo, de quem recebeu uma linda surpresa.

Parabéns ao casal Javier e Erica De Contreras que no sábado (7) realizou um grande sonho. A festa foi decorada pela Divine Decor, somente para os familiares e amigos mais íntimos. A linda foto foi tirada pelo renomado Victor Batista.


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

27


28

11 a 17 de junho de 2014

Coluna Social

Edição 1572 –

A amiga Edilaine Doron, que vive há 3 anos em Israel, dando uma folga no trabalho e visitando amigos em New Jersey. Que suas férias sejam tranquilas e que aproveite bastante.

Um forte abraço ao empresário JP (Por do Sol Restaurante), super preparado para o Copa, prontíssimo para receber a comunidade brasileira. Ele mostrará todos os jogosem um ambiente espaçoso e, de quebra, com a grande culinária Portuguesa, brasileira e americana. Show de bola e competência em Long Branch.

O belo Casal Vagner e Tatiana aproveitaram a tarde de sábado para um almoço em Long Branch, felicidades amigos. Continuem assim.

Os amigos Luciano Alves e Sergio Rieger em um momento de descontração após o churrasco de domingo. Abraços.


Esportes

– Edição 1572

Capitão Thiago Silva sonha erguer taça do hexa Brasileiro chega à Copa com status de melhor zagueiro em atividade

11 a 17 de junho de 2014

29

Japonês que expulsou Felipe Melo será o árbitro da estréia Yuichi Nishimura foi selecionado pela Fifa para apitar partida de abertura da Copa do Mundo 2014

S

e o Brasil conquistar a Copa pela sexta vez, caberá a Thiago Silva repetir o ritual que já eternizou Bellini, Mauro Ramos, Carlos Alberto Torres, Dunga e Cafu: levantar a taça de campeão. Escolhido pelo técnico Luiz Felipe Scolari para ser o capitão da seleção no Mundial de 2014, com início daqui a dois dias, o zagueiro do Paris Saint-Germain já teve uma prévia de como será esse momento, na campanha vencedora na Copa das Confederações do ano passado, no mesmo Maracanã onde almeja estar no dia 13 de julho, na decisão do torneio. "Eu sonho com esse momento todos os dias. Seria a minha maior realização profissional", confessou Thiago Silva ao iG Esporte. Reserva em 2010, na África do Sul, o jogador de 29 anos chega à segunda Copa da carreira com status de melhor zagueiro em atividade. Por seu clube, formará na próxima

Thiago Silva sonha em repetir o ritual que já eternizou Bellini, Mauro Ramos, Carlos Alberto Torres, Dunga e Cafu

temporada europeia a "melhor defesa do mundo", já que o PSG contratou David Luiz, seu parceiro de zaga na seleção brasileira. A caminhada para a realização do sonho do carioca revelado pelo Fluminense tem início na próxima quinta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo, com o jogo de abertura do Mundial, entre Brasil e Croácia.

O

árbitro que apitou a última partida do Brasil na Copa do Mundo de 2010 será o responsável por comandar a estreia em 2014. O japonês Yuichi Nishimura, que trabalhou na derrota brasileira por 2 a 1 para a Holanda há quatro anos, foi selecionado pela Fifa para o duelo da próxima quinta-feira contra a Croácia, em São Paulo. Nishimura, de 42 anos, participará de seu segundo Mundial. Em 2010, o japonês expulsou corretamente o volante Felipe Melo, lance que acabou sendo determinante para a

eliminação da equipe do então técnico Dunga. Além daquele jogo, Nishimura trabalhou no confronto entre Uruguai e França, que terminou empatado em 0 a 0, e foi o quarto árbitro na decisão entre Espanha e Holanda, vencida pelos espanhóis por 1 a 0 na prorrogação. Os auxiliares serão Toshiyuki Nagi e Toru Sagara, também do Japão. Brasil e Croácia entram em campo a partir das 17h (horário de Brasília) pela abertura da Copa 2014.


30

Esportes

11 a 17 de junho de 2014

"Argentina tem o melhor ataque", diz Pelé Em entrevista à imprensa hermana, o ídolo brasileiro elogiou os arquirrivais e destacou nossa defesa

U

Rei diz que defesa brasileira é melhor que o ataque

Edição 1572 –

Diego Costa diz que não espera apoio do Brasil

ma das figuras mais influentes no futebol brasileiro, o tricampeão Pelé, deu uma declaração que agradou os hermanos argentinos. Em entrevista concedida para a web TV do jornal Clarín, Pelé admitiu que a a Argentina tem “um ataque poderoso”, e que a seleção arquirrival do Brasil, vem para o Mundial com o melhor ataque. Ganhou generoso destaque no site dos vizinhos. Pelé afirmou que essa é a primeira vez que o Brasil chega em uma Copa com a defesa melhor que o ataque. “No meio campo para trás, o Brasil se destaca”, comentou Pelé. Ele disse que a nossa Seleção está colocando toda a responsabilidade do ataque em Neymar. E que o atacante da seleção argentina, Lionel Messi, tem mais experiência que o craque brasileiro; o talento do argentino pode ser comparado ao do ídolo hermano Maradona e o inglês David Beckham, segundo Pelé.

Atacante nascido no Brasil optou por defender seleção espanhola na Copa

Jogador esquivou-se de responder sobre possível transferência para o Chelsea

E

m uma entrevista coletiva com mais de 200 jornalistas, foram escalados na manhã desta terçafeira o atacante nascido no Brasil, Diego Costa, e o volante Sergio Busquets para falarem pela seleção espanhola, no CT do Caju, em Curitiba. Das cerca de 10 perguntas na coletiva – apenas uma feita por um jornalista brasileiro – quatro foram extremamente parecidas, sobre o clima do Paraná, frio, mais próximo ao qual estão acostumados os europeus. E nenhuma passou perto de falar daquilo que pareceria mais pertinente: a possível transferência milionária de Diego Costa para o Chelsea, da Inglaterra. Durante a entrevista coletiva, jornalistas brasileiros pediram a palavra em diversos momentos. Sem a possibilidade de questionar Diego Costa sobre a repercussão da escolha por representar a seleção espanhola ou sobre a transferência, restou ao brasileiro falar brevemente sobre o que espera encontrar no Brasil. Ele espera apoio, mas diz que sabe que não terá. Até agora, para ele, a recepção não foi negativa. "As coisas vão muito bem, da maneira que eu espero, seiq eu não vai ser assim, mas espero que seja. Tenho o apoio de bastante de gente", falou o atacante. O atacante do Atlético de Madrid afirmou que, apesar de esperar a recepção negativa da maioria do povo brasileiro, tem apoio integral da família. Segundo Diego, seus familiares entendem perfeitamente a decisão de representar a Espanha, e não o Brasil, tomada no fim de 2013. "Eles sabem porque tomei minhas decisões e eles me apoiam. Estão muito contentes que estão jogando aqui", falou o jogador, que ainda afirmou que a recepção dos companheiros de seleção espanhola foi a melhor possível: "As pessoas aqui me tratam de uma maneira especial, estou particularmente vivendo um momento muito lindo. Tenho que agradecer", acrescentou.


Esportes

– Edição 1572

Estádio Beira-Rio finalmente é liberado para Copa

11 a 17 de junho de 2014

31

Feito épico há 90 anos embala sonho uruguaio Uruguaios venceram brasileiros em um maracanã lotado em 1950

J

Beira-Rio recebeu alvará de funcionamento após vistoria dos Bombeiros e está apto a receber jogos

F

oi só um susto. Depois de ser reprovado em avaliação do Corpo de Bombeiros no fim da última semana, o estádio Beira-Rio passou por nova vistoria na noite de segunda-feira e nesta terça teve alvará de um ano concedido. Com isso, a casa do Internacional está apta a receber jogos da Copa do Mundo, que começa dentro de dois dias. O primeiro jogo no Beira-Rio está marcado apenas para o próximo domingo. Porém, a Fifa já coordena ações no estádio há quase um mês. Lá, testa luzes, sistema de sons e credencia voluntários que participarão dos jogos. Na última sexta-feira, a entidade abriu as portas do estádio para uma avaliação do Corpo de Bombeiros que visava o alvará de-

finitivo de funcionamento. Porém, a vistoria encontrou problemas nas luzes de emergência e cobrou correções. O Internacional agiu no sábado e no domingo. Nesta segunda, uma nova vistoria, que durou cerca de quatro horas e acabou perto da meia-noite, aceitou as novidades apontadas pelo clube. "Foi tudo corrigido e o Beira-Rio está liberado", garantiu o vice de administração do Internacional, José Amarante. O estádio vermelho será palco de cinco jogos durante a Copa do Mundo. O primeiro deles, no próximo domingo, marca as estreias de França e Honduras no Mundial. Além deste, serão mais três jogos da fase de grupos e um de oitavas de final.

Fred alfineta desafeto Mano Menezes Atacante agradeceu a troca de comando pela valorização da posição

D

esafeto de Mano Menezes durante a passagem do treinador pela seleção brasileira, Fred voltou a alfinetar o atual comandante do Corinthians. Em entrevista coletiva na Granja Comary, ele agradeceu a troca de comando pela valorização da posição em que atua. "Graças a Deus o Felipão assumiu a seleção. Ele adora jogar com centroavante e me deu mais oportunidades. Inclusive, quando eu passei por momentos difíceis ele demonstrou essa confiança em mim", disse Fred, autor do gol da vitória sobre a Sérvia no amistoso da última sexta. O atacante do Fluminense chegou a jogar com Mano, mas depois da Copa América de 2011 ele passou um ano longe da seleção. Pouco antes de ser demitido, o treinador testou uma formação sem uma camisa 9 de ofício. Felipão, ao contrário, estabeleceu desde os primeiros amistoso que apostaria em Fred. Agora, a questão para o atacante é se acertar em campo. Titular absoluto, ele não vinha se apresentando bem até marcar o gol

Fred voltou a alfinetar o atual comandante do Corinthians

contra a Sérvia. Mesmo assim, ele descarta mudar de postura e quer seguir atuando fixo como pivô. "Acho que tenho de melhorar em vários aspectos, mas cada um tem uma característica. Eu respeito as minhas características e meus limites. Lógico que em alguma hora do jogo às vezes o Felipão e o Parreira pedem para a gente sair e movimentar mais. Só que aí bate com Hulk, com Neymar", disse Fred, que ainda brincou com sua condição técnica. "Se pudesse fazer gol driblando cinco seria um sonho, mas esquece. Isso não vai acontecer", completou o centroavante.

á em território brasileiro, a Seleção Uruguaia começa nesta terça-feira, em Sete Lagoas, a preparação para a Copa do Mundo. A Celeste, embora longe de ser uma das favoritas, correrá por fora em busca do sonho do tricampeonato mundial. Mais do que a grande fase do atacante Luis Suarez, a história credencia os uruguaios, que comemoram os 90 anos da primeira grande conquista: a medalha de ouro na Olimpíada de Paris. No dia 9 de junho de 1924, a Celeste venceu a Suíça, por 3 a 0, e se tornou a primeira seleção sul-americana a vencer um torneio dessa grandeza. A competição, disputada na França, foi composta por 16 países (Itália, Espanha, Turquia, Tchecolosváquia, Suíça, Lituânia, Estados Unidos, Estônia, Iugoslávia, Uruguai, Hungria e Polônia). A campanha uruguaia foi irretocável: quatro jogos e quatro vitórias. Na estreia, goleada por 7 a 0 sobre a Iugoslávia. Depois, em outra grande atuação, venceram os donos da casa: 5 a 1 na França. Na semifinal, vitória sofrida sobre a Holanda (2 a 1).

Seleção do Uruguai busca o tricampeonato mundial em território brasileiro

Na grande decisão, triunfo tranquilo sobre a Suíça (3 a 0), com gols de Pedro Petrone, José Pedro Cea e Angel Romano. Quatro anos depois, o Uruguai voltaria a ganhar a medalha de ouro, desta vez em Amsterdã, na Holanda. A década de 1920 marca o início da era de ouro do futebol uruguaio, que se estendeu até 1950, com a conquista da Copa do Mundo no Brasil. “O curioso é que muitos uruguaios falam que somos tetracampeões mundiais por causa dos dois títulos olímpicos. São feitos épicos, que fizeram crescer, sem dúvida, o futebol uruguaio”, comenta o jornalista uruguaio Rafael Villanueva.


32

11 a 17 de junho de 2014

Esportes

Blatter é protegido por seguranças e usa carro discreto Hotel em que dirigentes da Fifa estavam hospedados foi atacado por manifestantes

J

oseph Blatter pintou um quadro festivo no Brasil, minimizando os protestos contra a Copa do Mundo no país. Porém, na contramão do discurso tranquilizador, o presidente da Fifa contou até com o exército em sua proteção e se deslocou num carro discreto, sem propaganda dos patrocinadores da Fifa e adesivos relativos ao Mundial na lataria. "Apesar de todas as críticas, a Copa do Mundo vai começar com o espírito correto", disse o dirigente, emendando que o sucesso da primeira fan fest no país mostra que "definitivamente o brasileiro gosta de futebol". Em Fortaleza, o evento reuniu cerca de 35 mil pessoas. Minutos depois de descrever um ambiente amistoso no país, Blatter deixou o Congresso da Confederação Asiática protegido por um esquema que sugere um clima tenso. O carro do dirigente estava cercado por 12 homens da Polícia do Exército, que se retiraram assim que o veículo partiu. No estacionamento do hotel em que aconteceu o evento também estavam 12 motos da Polícia Rodoviária Federal. O carro escolhido por Blatter tem apenas uma referência ao Mundial da Fifa. É um adesivo colado no vidro dianteiro e que serve como identificação para usar estacionamento. A frota da Fifa tem outros assim, sem identificação. O automóvel que Valcke usava nesta manhã não tinha nem o adesivo

Blatter deixou o Congresso da Confederação Asiática protegido por um esquema que sugere um clima tenso

do estacionamento. A maioria dos veículos usados por dirigentes, porém, tem adesivos com a marca de um dos patrocinadores da Copa do Mundo. No ano passado, durante a Copa das Confederações, no auge dos protestos contra o Mundial de 2014, vários dirigentes preferiram usar carros sem identificação. Patrocinadores também adotaram ônibus discretos.

A preocupação em não mostrar ligação com a federação internacional e com a competição aumentou na ocasião após o hotel em que dirigentes da Fifa estavam hospedados em Salvador ser atacado por manifestantes. O forte esquema de segurança para proteger Blatter e Valcke é garantido pela Lei Geral da Copa. Ela assegura à dupla tratamento de chefe de Estado.

Edição 1572 –


www.BrazilianVoice.com

– Edição 1572

PARA ANUNCIAR LIGUE: (973) 491-6200 ou venha à nossa redação no 412 Chestnut St. - Newark, NJ 07105

VENDE-SE APARTAMENTO NOVO pronto para morar ou alugar! Região de Goiânia. Parque Amazônia, perto do Buriti Shopping. Excelente investimento. Dois Quartos, ótimo acabamento. Informações: 201 960 8228. VENDO CHÁCARA NO ATALAIA EM VALADARES - Com aproximadamente 2000m2, casa com 178m2 , asfalto e ônibus na porta. Ótimo preço. Tel. (973) 551-5562 ou (973) 510-7465.

AULAS DE COMPUTAÇÃO - TODAS AS IDADES & INICIANTES. WINDOWS, INTERNET, E-MAIL e FACEBOOK. MS-OFFICE (Word, PowerPoint, Excel). QUICKBOOKS. Tel.: (973) 522-1189 - Rosângela

ALUGA-SE 1 QUARTO PARA HOMEM NO IRONBOUND, EM NEWARK - NJ. Área central, amplo, com direito à cozinha, TV Globo e Internet. US$ 450 + depósito. Não é permitido visitas. Disponível em 6 de junho. Tel.: (973) 392-4373. KEARNY - NJ. Aluga-se casa de 1 família com 7 cômodos, lavanderia e perto de escolas e transportes. Tel.: (551) 482-0999. IRONBOUND - ESPAÇO COMERCIAL COM BANHEIRO próprio no segundo andar (Ótimo para office) com janelas, ar condicionado central e aquecimento incluído no preço por $600. Também outro menor por $400. Monroe/Ferry St. Ligar Tel. 1 (732) 608-1574. ALUGA-SE APARTAMENTO COM 2 QUARTOS EM NEWARK-IRONBOUND NJ. Na Gotthardt St. com 1 banheiro, varanda e estacionamento interno. No distrito escolar da Ann St. School. US$ 1.400 mensais + 1.5 mês de depósito. Tel.: (973) 757-8239, falar com Jack. ALUGA-SE 1 QUARTO NO IRONBOUND, EM NEWARK - NJ. Na Hilton St. Para senhora não fumante. US$ 450 com cable e internet incluidos. Tel.: (201) 6407778. APARTAMENTO NOVO DE 2 QUARTOS NA WALNUT ST. 5 quadras da Penn Station. Lavanderia no local. $1,400.00 - (973) 5898085 APARTAMENTO DE 2 QUARTOS NA FERRY ST. 1/2 QUADRA Penn Station. Lavanderia no local. $ 1,350.00 -(973) 589-8085 APTO DE 3 QUARTOS NA FERRY ST. 1/2 QUADRA DA PENN STATION. $1,600.00- Lavanderia no local. $ 1,350.00 (973) 589-8085

CONSERTAMOS ELETRODOMÉSTICOS TV e outros aparelhos. Servindo Nova Jersey desde 1996! Visite: www.SANTRONICS.net ou contate Mário: (908) 403-0313. CONSELHEIRA/CURANDEIRA SRA. SALOMÉ - Leio cartas, tarôs e fotos. Posso ajudar em qualquer problema de saúde, trabalho, amor perdido e etc. Limpeza e banhos. Trabalhos garantidos. 1 pergunta grátis. Tel.: (201) 304-1818. LIMPEZA DE CARPETES & PISOS EM GERAL - Comercial e residencial. Atuamos há muitos anos no mercado com trabalho feito por profissionais com ótimos preços. Limpeza de pisos, carpetes, residências, escolas, restaurantes, salão de cabeleireiros, escritórios e etc. Para orçamento grátis, ligar: (862) 588-7291. COMPRAMOS CARROS VELHOS E COM O MOTOR E TRANSMISSÕES BATIDOS (PARA JUNKYARD - FERRO-VELHO) - Buscamos no local grátis – FREE TOWING (REBOQUE). Oferecemos também serviço de TOWING 24 HORAS! Falar com Marcio: (973) 907-3865 – Falamos Inglês, português e espanhol. SE VOCÊ SOFREU ACIDENTE DE TRABALHO EM QUALQUER CIDADE NO ESTADO DE NOVA YORK - Não perca tempo, procure seus direitos. Trabalhamos com os melhores advogados em casos de "law suit" e "workers compensation". Temos ótimas referências. Consultas gratuitas. Ligue já! Tel.: (201) 7594243. CANADA DRUG CENTER es tu mejor opcion para ordenar medicamentos seguros y economicos. Nuestros servicios de farmacia con licencia Canadiense e Internacional te proveeran con ahorros de hasta el 75 en todas las medicinas que necesites. Llama ahora al 1-800-7307629 y obten $10 de descuento con tu primer orden ademas de envio gratuito. DISH TV RETAILER. Starting at $19.99/month (for 12 mos.) & High Speed Internet starting at $14.95/month (where available.) SAVE! Ask About SAME DAY Installation! CALL Now! 1-800-395-2581 DO YOU TAKE CIALIS? OR VIAGRA?? Save $500! Get 40 pills for only $99.00! Buy The Blue Pill! 888-649-3696 Satisfaction Guaranteed. SIX DAY VACATION IN ORLANDO, FLORIDA! Regularly $1,175.00. Yours today for only $389.00! You SAVE 67 percent. PLUS One-week car rental included. Call for details. 1-800-291-0264 PROFLOWERS - Show lots of love this Valentine`s Day! SAVE 55 PERCENT on our Tender Hugs & Kisses bouquet with chocolates for $19.99 plus S/H. ALSO, Get 20 percent off your other gifts over $29! Go to www.Proflowers.com/bliss or call 1-800-831-8604 FOTOGRAFO CASAMENTOS, ANIVERSÁRIOS, BATIZADOS & EVENTOS EM GERAL - Bons preços! Cobertura jornalística. Veja as fotos de sua festa no site do jornal Brazilian Voice. Tel.: (973) 688-8081, falar com Vera Reis.

PRECISA-SE INSTALADOR MECÂNICO PARA UNIDADES DE AR-CONDICIONADO COMERCIAL - Experiência em chapas de metal e instalação de dutos. Necessário de 1 a 2 anos de experiência e inglês básico. Tel.: (718) 492-4985. PRECISAM-SE DE BARMAIDS PARA GOGO BAR EM NEWARK - NJ. April's Lunch. Com ou sem experiência e boa aparência. Tel.: (862) 755-5308, falar com Ana. RESTAURANTE BRASILEIRO EM MOUNT VERNON - NY. Procura cozinheiro, bartender e garçom. Somente com experiência. Tel.: (212) 470-7889. IVO'S EMPLOYMENT AGENCY - HOUSE KEEPERS/BABY SITTERS - Precisa-se de imediato. Live in/live out para New Jersey e New York - excelente oportunidade em casas americanas e brasileiras, falar inglês ou não. Orientamos e levamos para entrevista. Dirija-se pessoalmente a 291 Lafayette St., esquina com a Adams St., em Newark - NJ. Tel.: (973) 344-2540. Visite o site: www.ivosemploymentagency.coM BANQUET/HOUSEKEEPER PART-TIME OR FULL-TIME - Flexible hours. Must speak English and be flexible with hours. Call: (973) 344-4700. BILINGUAL, HEALTH-CONSCIOUS SECRETARY FOR DOCTOR'S OFFICE IN THE IRONBOUND - Must be responsible, hardworking and have computer skills. Full-time. Fax Resume to: (973) 465-9596 or e-mail: prereiradc@yahoo.com

VENDE-SE RESTAURANTE BRASILEIRO EM TAMPA-FL. Único restaurante brasileiro na cidade. Com lanchonete, mercearia e envio de dinheiro. Motivo: Retorno ao Brasil. Ligar somente interessados. Tel.: (347) 339-4759. VENDE-SE DELI & MERCEARIA EM SOUTH RIVER - NJ. Na comunidade brasileira e portuguesa. Em funcionamento. Vendo todo o negócio. US$ 50 mil ou melhor oferta. Renda: US$ 14.500 mensais. Tel.: (732) 309-3992. OPORTUNIDADE DE BEBIDAS ENERGÉTICAS! - Tenha seu próprio negócio! Beba e promova a bebida energética mais saborosa e saudável no mundo. Mude seu pensamento a partir de uma mentalidade de empregado para empresário. steveleeboston@aol.com

11 a 17 de junho de 2014

33


34

Esportes

11 a 17 de junho de 2014

ÁRIES - 21/03 a 20/04

CÂNCER - de 21/06 a 22/07

LIBRA - de 23/09 a 22/10

Altos e baixos nas relações sentimentais anunciam dia em que precisará de mais tato e paciência, contentandose com o que for possível. Mostre também que respeita limites que os outros impõem a você, na intimidade. Decisão financeira importante em andamento.

Pensamentos graves e preocupações com filhos ou amores tomam dianteira hoje. E você não terá dúvidas de até onde pode ir ? e quanto carga pode carregar! Generoso e autoconfiante, seja paciente consigo e assim se equilibrará melhor nessas relações importantes.

O astral de hoje está perfeito pra você confiar em si e apostar alto em uma meta social ou profissional. Cheio de recursos, só a timidez poderia atrapalhar agora! No plano íntimo, obterá provas e certezas, mas deve manter o foco em um objetivo familiar bem atual.

Necessidade de adaptar um plano futuro aos limites atuais dá o tom do astral de hoje. A entrada em uma associação, clube ou grupo está próxima, mas você depende de uma pessoa importante. Na relação amorosa, ajuste de planos comuns.

TOURO - DE 21/04 A 20/05

LEÃO - de 23/07 a 22/08

ESCORPIÃO - de 23/10 a 22/11

AQUÁRIO - de 21/01 a 19/02 Tensão dramática garantida por Lua e Saturno culminando no seu céu particular: assunto de família em destaque, exigem intervenção objetiva e decisiva. Você está na berlinda no campo profissional ? não misture assuntos privados com seus relacionamentos de trabalho.

Somatória de observações e vivencias permite a você, hoje, tomar rumo definitivo em um relacionamento. Sem esperar demais nem de menos da pessoa, já pode tratar da vida depois desse passo. Júpiter protege vida social e relação com grupos e entidades, vá fundo.

Pensamentos graves e preocupações com filhos ou amores tomam dianteira hoje. E você não terá dúvidas de até onde pode ir ? e quanto carga pode carregar! Generoso e autoconfiante, seja paciente consigo e assim se equilibrará melhor nessas relações importantes.

Com a Lua em seu signo encontrando Saturno, mente e emoção se unem, permitindo transformações emocionais através da consciência dos limites pessoais. Talvez você se sinta um tanto isolado e enfraquecido, procure descansar. Júpiter envia esperanças e intuição!

GÊMEOS - de 21/05 a 20/06

VIRGEM - de 23/08 a 22/09

SAGITÁRIO - de 23/11 a 21/12

Chatices de trabalho e vida cotidiana em destaque ? é possível também que você precise rever um documento de trabalho, um diagnostico médico, e mudar o rumo de algo na rotina. É melhor assim, e tanto mais pesquisar e aprimorar, tanto mais efetivo será.

Seu lado investigativo está a toda hoje! E sorte de quem trabalha com você, pois contará com sua tremenda percepção. Notícias de um irmão, movimento na vizinhança, informações estão chegando. Arrume papelada e prepare-se para enfrentar burocracias.

A tendência forte dos últimos meses está bastante acentuada hoje: a imersão na vida privada, a visitação de assuntos do passado que não ficaram esclarecidos, percepções diferentes e mergulhos na solidão. Aprendizado rápido, este seu e mais acelerado agora.

CAPRICÓNIO - de 22/12 a 20/01

PEIXES - de 20/02 a 20/0 Final de projeto ligado a exterior, publicações, estrangeiros ? o tema de hoje se expande para uma chance de mostrar toda a sua competência e seus talentos de síntese. Ótimo para a vida profissional. E o grande presente do ceu é a intuição poderosa e vibrante!

Edição 1572 –

Cuidados com o couro cabeludo garantem cabelos mais saudáveis

E

nrolados, lisos, crespos, claros ou escuros. Não importa qual é o seu tipo de cabelo, certamente você já desejou uma cabeleira de arrasar, com efeito de comercial de xampu. E para isso investiu em cremes, acessórios e salões de beleza. Mas é provável que você tenha se esquecido de um "pequeno" detalhe: o couro cabeludo. É dele que cada fio de cabelo nasce e, consequentemente, herda tanto as qualidades quanto os defeitos. Se essa região estiver com excesso de oleosidade, pele ou constantemente suja, não há corte que resolva, as madeixas terão sempre os mesmos problemas.

Confira os cuidados com o couro cabeludo a seguir: Na hora de lavar Você é adepto de um bom banho quente e ainda lava o cabelo todo dia? A tática pode até ser relaxante, mas provavelmente está detonando o seu couro cabeludo - e de diferentes maneiras. Primeiro: a água quente estimula as glândulas sebáceas da região, responsáveis pela produção da oleosidade, que trabalharão mais que o normal. Já o excesso de água decorrente da lavagem diária vai retirar a oleosidade natural, estimulando as glândulas a trabalhar ainda mais para compensar a falta de sebo. O resultado é o aspecto engordurado em dobro, que pode obstruir os poros que dão passagem ao fio de cabelo, e, consequentemente, dificultar a distribuição dessa oleosidade, importante para a hidratação do fio por inteiro. Para evitar o desastre, a lavagem deve ser feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente em dias alternados. Assim você evita os desgastes causados pelo excesso de água, sem permitir o acúmulo de sujeira. No caso de cabelos muito oleosos, se não der para intercalar as lavagens, é fundamental respeitar a temperatura da água, que deve ser de morna a fria.

Enxágue bem O acúmulo de produtos na raiz dos cabelos também pode entupir os poros (folículos pilosos) do couro cabeludo, que é por onde o fio de cabelo sai, prejudicando a nutrição dos fios. Isso acontece comumente com os produtos do tipo "2 em 1", que agregam xampu e condicionador numa só fórmula. Em geral, as pessoas não retiram totalmente esse produto do cabelo, e os resquícios acabam se acumulando no couro cabeludo. Mas o problema pode acontecer com qualquer outro produto. Condicionadores e cremes não dever ser aplicados diretamente na raiz e que o xampu seja muito bem retirado após a lavagem.

Hidratações para combater a descamação Muita gente sofre com o ressecamento do couro cabeludo. Especialistas recomendam esse cuidado quando houver descamação, que pode ser causada pela queda de temperatura: No frio, a sudorese fica diminuída, por isso há o ressecamento do couro cabeludo e possivelmente a descamação. Existem produtos específicos que podem hidratar o couro cabeludo sem deixá-lo com aspecto ensebado e nem obstruir os poros do couro cabeludo. Princípios ativos como a ureia e o lactato de amônio, por exemplo, têm alto poder emoliente. Enquanto o lactato promove

a hidratação do couro retendo água, a ureia tem como principal função hidratar e amaciar o cabelo. Vale lembrar que os produtos que hidratam o couro cabeludo não são os mesmo usados para hidratar o fio.

Secador e chapinha Para os fios existem produtos ativados pelo calor do secador e da chapinha que dão a proteção necessária. Mas e para as raízes? Não há produto capaz de atenuar o dano do calor excessivo, a única solução é o cuidado ao fazer esses procedimentos. É recomendado manter o secador a uma distância mínima de 30 centímetros da raiz dos cabelos e a chapinha a cerca de um centímetro e meio do couro cabeludo. Atenção: por mais popular e prática que a chapinha tenha se tornado, é preciso lembrar que ela danifica os cabelos e não pode ser usada tão frequentemente.

Produtos químicos Escova progressiva, definitiva, permanente e qualquer outro procedimento químico pode detonar os fios. O mesmo perigo corre o couro cabeludo. Esses produtos são ácidos e por isso podem queimar o couro cabeludo e gerar descamação. O ideal é que o profissional faça um teste de sensibilidade antes de aplicar o produto.

Alimentação nutre o couro cabeludo Os fios de cabelo são compostos por substâncias que adquirimos através da alimentação, por isso, uma dieta adequada é fundamental para que os nutrientes cheguem ao couro cabeludo e constituam um belo fio. Os aminoácidos e proteínas (carnes, ovos e leite), por exemplo, estimulam o crescimento e o fortalecimento dos fios, enquanto o zinco (nozes, frutos do mar, gérmen de trigo e levedo de cerveja) estimula o crescimento e reduz a oleosidade, e o ômega-3 e o ômega-6 (presentes nos óleos funcionais) ajudam na hidratação dos fios.

Procure um médico se ... Xampus, condicionadores e loções encontradas com facilidade em farmácias podem sim ajudar no controle de problemas como a caspa, por exemplo, mas caso o incômodo não melhore, o ideal é consultar um médico. Isso porque as raízes do cabelo podem esconder problemas muito graves, como o eczema - uma descamação que começa comumente com uma alergia -, a psoríase de couro cabeludo, e até a alopecia areata, que é uma das formas com que a queda de cabelo pode se manifestar.


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

35


36

11 a 17 de junho de 2014

CULINARIA

Edição 1572 –

Ingredientes:

Pâté Maison

O

s patês ou terrines têm texturas e formatos variados e um de seus segredos mais importante é serem consumidos frios. Se você nunca preparou este tipo de pâtéterrine comece por este. Ele é fácil, simples e nem precisa de banho-maria para ser assado. Experimente, garanto que ele fará parte do seu cardápio especial.

300 g de carne de vitela ou carne de peito de frango ou peru cortada em pedaços pequenos 200 g de tiras de bacon, picadas grosseiramente 2 dentes de alho, cortados ao meio 1 cebola pequena, cortada em pedaços 120 g de presunto defumado, cortado em pedaços 1 ovo grande 1 colher (sopa) de conhaque ou vinho branco ½ colher (chá) de noz-moscada ralada ½ colher (chá) de molho de pimenta ou 1 pitada de pimenta caiena (opcional) 1 pitada de canela em pó Sal e pimenta-do-reino moída a gosto 1 folha de louro

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 375°F (190°C). Reserve uma vasilha própria para patê ou terrine, ou uma forma de pão de forma com capacidade de (500 ml). Em um processador, junte a vitela, o bacon, o alho e a cebola. Processe até ficar bem misturado. Acrescente o presunto, o ovo, o conhaque ou vinho e processe até o presunto ficar finamente picado. Tempere com a noz-moscada, a canela, o molho de pimenta ou a pimenta, caso esteja usando, o sal e a pimenta-do-reino, e misture bem. Transfira a mistura para a vasilha reservada, pressione firmemente, nivelando a superfície com uma espátula. Disponha a folha de louro no centro da mistura deixando uma parte visível para que possa ser retirada depois. Deixe repousar por alguns minutos para os sabores se juntarem. Coloque a forma sobre uma assadeira e leve para assar, descoberto, por 45 minutos ou até que o patê comece a soltar dos lados e fique levemente dourado. Retire do forno e

deixe esfriar. Cubra com papel-alumínio e coloque um peso de aproximadamente 500 g por cima. Isso fará com que o patê fique compacto e fácil de fatiar.Coloque na geladeira por um dia para liberar o sabor. Sirva como entrada, cortado em fatias, acompanhado de torradas, picles, geleias ou saladas de folhas com pepinos e tomates. Rendimento: 8 a 10 porções Sugestão: O nome "vitela", se refere a um novilho que tem menos de um ano. Carne mole própria para bife, pode ser usada para substítuir a vitela. Dica: O patê pode ser batido, aos poucos, no liquidificador. Pedras pequenas ou sacoscom arroz ou feijão cru podem ser usados para servir de peso. Depois de assado este patê pode ser mantido na geladeira por 4 a 5 dias.


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

37


38

11 a 17 de junho de 2014

HUMOR

Edição 1572 –

Divórcio Acelerado

Cultura do Sertão

Um casal estava voltando de Angra dos Reis em um potente Jaguar a aproximadamente 120 Km/h. Depois de passarem quase todo o trajeto sem conversar uma palavra sequer, a esposa resolveu quebrar o silêncio: — Querido, nós estamos casados há 30 anos, já vivemos muitas alegrias juntos, já compartilhamos muitas coisas boas... Mas eu quero o divórcio! O marido permaneceu calado e aumentou a velocidade para 130 km/h. Então a esposa continuou: — Eu não quero que você me peça para mudar de idéia... Estou tendo um caso com o seu melhor amigo e estou convencida de que ele é o homem certo pra mim... O marido, ainda calado, aumentou a velocidade para 140 km/h. E ela continuou: — Eu vou ficar com a casa... Mais uma acelerada e a velocidade vai para 150 km/h. — Eu quero ficar com as crianças... 160 km/h. Eu quero o carro, a conta-corrente, todos os cartões de credito! 170 km/h. E você, não vai dizer nada? Não vai dizer o que você quer? — Não, querida... Eu tenho tudo o que eu preciso aqui mesmo, neste carro... Neste momento eu tenho a coisa mais importante do mundo do meu lado! — disse ele, começando a se emocionar. Ela não entendeu o discurso do marido e perguntou: — Ah, é? Posso saber o que de tão importante você tem do seu lado? Então ele aumentou a velocidade para 220 Km/h e completou: — O carro só tem um air bag... E fica do meu lado!

Um grupo de estudantes de uma faculdade do Rio de Janeiro foi até a cidade mais pobre do sertão do nordeste para fazer uma pesquisa. Chegando lá abordaram um senhor e começaram a lhe fazer perguntas: — Qual o seu nome? — Josicreison da Silva... — Tem filhos? — Ô... Tenho 17 fio e 44 neto... — E de onde saíram tantos filhos? — perguntou um estudante, em tom de brincadeira. — Ué... Viero dos tetículos! Os estudantes ficaram paralisados e um deles comentou: — Parabéns, seu Josicreison! Em uma cidade distante como essa o senhor fala uma palavra difícil... "Testículos"... Que cultura, hein! — Num é curtura não! — negou o sujeito — É prevenção memo! Imagina só, no meio dessa fome toda, que nois passa aqui, se eu falo que isso aqui é ovo, já tava capado há muito tempo!

O Portuga e o Bem-dotado O português se encontra com um baita dum negão no banheiro e, espantado ao ver o tamanho do membro do crioulo, pergunta: — O que você faz para ter um negócio desse tamanho? O negão, muito do malandro, quis tirar um sarro do portuga: — Todas as manhãs eu amarro uma pedra de dez quilos nele e dou dez voltas no quarteirão. Dois meses depois os dois se encontram novamente na fila de uma padaria. — E aí, Manoel, tudo bem? — vai logo perguntando o crioulo. — Seguiu o meu conselho? — Segui, sim! — responde o português. — E então? — Ainda não está do tamanho do seu, mas a cor já ficou igualzinha...

Argumento Justo Marido e mulher tomam o café da manhã. O marido lê o jornal e fala: — Está tendo uma promoção de impressoras a laser. Acho que vou comprar uma. — Para que você quer uma impressora se nem tem computador? — Deixe de resmungar, mulher! Eu reclamo quando você compra um sutiã novo?


– Edição 1572

www.BrazilianVoice.com

11 a 17 de junho de 2014

39


40

11 a 17 de junho de 2014

www.BrazilianVoice.com

Edição 1572 –


Edição 1572 de 11 a 17 de junho de 2014