Page 29

– Edição 1521

Esportes

28 a 30 de agosto de 2013

29

'Segredo' do líder, montagem do elenco teve investimento de R$ 40 milhões Clube gastou R$ 40 milhões na formação do atual time

Alexandre Mattos admite que o sucesso obtido pelo Cruzeiro dentro de campo tem se refletido em propostas pelos atletas

A

felicidade na formação do elenco do Cruzeiro para esta temporada, a partir do alcance de uma estabilidade financeira, é apontada pelo técnico Marcelo Oliveira e também pelo diretor de futebol, Alexandre Mattos, como a maior explicação para o sucesso do time, que lidera o Brasileirão. De acordo com o dirigente, o clube colhe os frutos de um planejamento iniciado há mais de um ano e que já incluía observação de atletas a serem contratados, antes mesmo da chegada do atual treinador. Em entrevista ao Programa Arena Sportv, Alexandre Mattos destacou que o Cruzeiro se organizou financeiramente, de forma a investir R$ 40 milhões na formação do atual time e arcar também com a elevada folha de pagamentos. Ele reconheceu que o recurso obtido com a negociação do meia Montillo ao Santos ajudou na montagem da equipe. "O Cruzeiro já vinha desde outubro, novembro do ano passado, começando a se remontar. O Ricardo Goulart, por exemplo, eu já vinha conversando desde setembro do ano passado, o Cruzeiro já vinha trabalhando caladinho e as coisas foram se encaixando calmamente, tranquilamente, mas sempre focado no objetivo de formar grande time para brigar por títulos", destacou. "Não que o dinheiro do Montillo tenha resolvido todos os problemas do Cruzeiro, que isso não aconteceu, mas fez com que fosse um pontapé inicial numa série de outras situações que o Cruzeiro já vinha tratando e encontrava algumas dificuldades financeiras para fazer a conclusão de cada uma delas", comentou. Alexandre Mattos admite que o sucesso obtido pelo Cruzeiro dentro de campo tem se refletido em propostas pelos atletas de maior destaque. "Para aguentar e suportar, para não fazer uma venda, o Cruzeiro tem de estar muito bem organizado", salientou o dirigente celeste.

Marcelo Oliveira, por sua vez, observa que o papel da diretoria é importante não apenas pelas contratações, mas também por manter os jogadores, quando eles se destacam. "Essa engenharia (financeira) foi muita competência da diretoria, alguns jogadores que vieram com investimentos altos. Tivemos outros jogadores cobiçados por outras equipes", afirmou o treinador em entrevista ao Sportv. Ele citou propostas pelo meia Everton Ribeiro e pelo atacante Vinícius Araújo. "A diretoria se esforçou para mantê-los", acrescentou. Após dois anos de pouco sucesso, o Cruzeiro investiu pesado para a temporada 2013 e promoveu uma reformulação

total do elenco estrelado. Além disso, o clube mudou o perfil das contratações apostando em promessas de destaque, como Lucca e Ricardo Goulart, e alguns nomes de peso para assumirem a condição de titular. Do time atual considerado titular, apenas Fábio e Borges estavam no clube na temporada passada. Os outros nove jogadores chegaram este ano. Com um grupo numeroso em mãos e a alta rotatividade do elenco, deixando alguns jogadores com o status de "titular" no banco de reservas em algumas ocasiões, o técnico Marcelo Oliveira tem mostrado competência para gerenciar o elenco.

Edição 1521 de 28 a 30 de Agosto de 2013  

Brasileiro é acusado de estupro e outros crimes • Brasileiro pega prisão perpétua por crime em Nebraska • Condenado falsário que vendia cer...

Edição 1521 de 28 a 30 de Agosto de 2013  

Brasileiro é acusado de estupro e outros crimes • Brasileiro pega prisão perpétua por crime em Nebraska • Condenado falsário que vendia cer...

Advertisement