Page 14

14

28 a 30 de agosto de 2013

Comunidade

Edição 1521 –

Ordem executiva de Obama completou 1 ano e beneficiou milhares de jovens indocumentados Mais da metade de 1 milhão de jovens aplicou para a o DACA entre agosto de 2012 e julho de 2013

A

Ação Diferida para Entradas na Infância, conhecida por muitos como DACA, completou seu primeiro aniversário em 15 de agosto. Criada através da ordem executiva assinada pelo Presidente Barack Obama, o programa de 2 anos protege temporariamente da deportação imigrantes indocumentados que foram trazidos ao EUA ainda na infância. Mais da metade de 1 milhão de jovens aplicaram para a o DACA entre agosto de 2012 e julho de 2013, segundo dados do Departamento de Serviços Migratórios e Cidadania (USCIS). O pique de aplicações nos 6 primeiros meses foi provocado por alunos da escola secundária ou calouros em universidades, divulgou o Brookings Institute. De fato, 54% dos candidatos tinham idade abaixo de 21 anos e 36% estavam entre 15 e 18 anos, conforme análises do grupo, que monitorou as aplicações entre 15 de agosto de 2012 e 22 de março de 2013. Os agraciados com a ordem executiva podem aplicar para a autorização de trabalho, permitindo que conquistem a autonomia, legalmente. Além disso, os jovens podem gozar de benefícios concedidos em outros estados, como a aquisição da carteira de motorista ou desconto nas mensalidades universitárias. Entretanto, ativistas defensores dos direitos dos imigrantes alegam que

Em 15 de agosto do ano passado, o Presidente Barack Obama assinou a ordem executiva conhecida como DACA

tal ação temporária não serve como substituta para uma solução permanente. Ao longo do ano passado, 61% dos imigrantes agraciados pela ordem executiva adquiriram a carteira de motorista, sendo que a mesma proporção conseguiu um emprego novo e 54% abriram a sua primeira conta bancária, segundo uma pesquisa realizada pelo Centro de Política migratória (IPC). Diana Eusébio, aluna da Academia de Ciência Hustos-Lincoln em Nova York, pla-

neja utilizar o seu novo status temporário para trabalhar e juntar dinheiro para a universidade, disse ela ao canal de TV ABC News Univision, em junho desse ano, publicou o portal online Yahoo News. Além disso, o status atual da jovem pode tornar os custos da faculdade mais baixos. Dezenove universidades, incluindo Nova York, permite que os alunos indocumentados recebam descontos em entidades públicas de ensino. Em muitos casos, estes estudantes devem qualificar

para a ordem executiva. O DACA, o qual exige que os jovens estejam matriculados na escola, tenham se graduado no ensino secundário ou possuam o diploma do supletivo (GED), deveria servir como “motivação para a conclusão do equivalente ao 2º Grau (High School) e até mesmo para retornar à escola e conquistar o GED”, disse Roberto Gonzalez, professor assistente da Escola de Serviço Social & Administração da Universidade de Chicago. O entusiasmo inicial com relação à ordem executiva pode estar desaparecendo, devido ao fato de os imigrantes indocumentados estarem cada vez mais impacientes durante a espera de uma reforma migratória permanente. “Ainda me sinto como seu estivesse nas sombras”, disse Carla Chavarria ao jornal Arizona Republic, beneficiada pelo DACA. Apesar de o novo programa ter entusiasmado inúmeros jovens indocumentados, Carla, graduada em 2010 pela Arcadia High School, em Phoenix (TX), disse que uma solução temporária ainda não é o suficiente. “Nós precisamos de algum tipo de lei ou regulamentação que beneficiem não somente os ‘Dreamers’, mas também os nossos pais”, acrescentou. Mais de dois terços dos jovens agraciados pela ordem executiva atestaram que, desde a sua aprovação, alguém que eles conhecem foi deportado, segundo uma pesquisa realizada pelo IPC. Outros 31% disseram que uma família havia sido deportada, sendo 14 % deles chefe de família, pai ou parente.

Edição 1521 de 28 a 30 de Agosto de 2013  

Brasileiro é acusado de estupro e outros crimes • Brasileiro pega prisão perpétua por crime em Nebraska • Condenado falsário que vendia cer...

Edição 1521 de 28 a 30 de Agosto de 2013  

Brasileiro é acusado de estupro e outros crimes • Brasileiro pega prisão perpétua por crime em Nebraska • Condenado falsário que vendia cer...

Advertisement