Page 10

10

Sábado - 23 a 26 de fevereiro e 2013

Comunidade

Edição 1468 –

Brasileiro é preso peladão em “drive-thru” do Dunkin' Donuts em Massachusetts Casos de motoristas nus não são raros nos Estados Unidos

N

a terça-feira (19), foi libertado sem pagar fiança o imigrante brasileiro Rosildo C. Santos, de 34 anos, preso no domingo (17) por dirigir pelado através do “drive-thru” de uma filial do Dunkin’ Donuts na cidade de Westborough (MA). O réu está judicialmente proibido de se aproximar do estabelecimento comercial na Rota 9, a qual as autoridades informaram que ele frequentou duas vezes na manhã de domingo, publicou o portal online Metrowest Daily News. Santos foi acusado de atentado ao pudor, depois que funcionários do Donkin’ Donuts contataram a polícia e denunciaram um homem que dirigia completamente nu com somente uma jaqueta sobre os quadris. Ele repetiu o mesmo ato minutos depois, desta vez, completamente nu, logo depois que policiais chegaram ao local para interrogar os funcionários da rede de fast food, segundo Alan Gordon, chefe de polícia de Westborough. Ele detalhou que um detetive seguiu Santos depois que ele saiu do Dunkin’ Donuts e o viu parar no “drive-thru” de uma filial do McDonald’s, também na Rota 9, que estava fechado ao público no momento. O policial parou o indivíduo, posteriormente identificado como Rosildo C. Santos, residente na mesma cidade onde ocorreu o incidente. Gordon detalhou que o brasileiro

O brasileiro Rosildo C. Santos foi preso após retornar nu ao local

passou no teste do bafômetro, portanto, pode ter decidido tirar a roupa por autogratificação. Durante a audiência judicial realizada na terça-feira (19), Santos solicitou um prazo para poder contratar um advogado de defesa particular. Ele terá que regressar à Corte Distrital de Westborough em 13 de abril. Casos de motoristas nus não são raros nos Estados Unidos. Em 2011, um homem no Colorado dirigiu até uma filial do Burger King sem as calças e perguntou à atendente se ela gostaria de tocar em seus órgãos sexuais. No mesmo ano, um casal dirigiu até uma filial do McDonald’s completamente nu e ficou no estacionamento da lanchonete até que um policial os abordou e perguntou sobre a “brincadeira”. Nos Estados Unidos, as leis sobre o assunto variam conforme os estados. Em Nova York, uma pessoa é considerada culpada de atentado ao pudor se aparecer em público com as partes íntimas de seu corpo descobertas ou expostas. Partes íntimas em mulheres incluem áreas a partir da auréola dos seios. A legislação não inclui necessariamente a amamentação de bebês ou qualquer indivíduo que participe de uma peça de teatro, show ou exibição afim. A “nudez” é definida como a exibição da genitália masculina e feminina em locais públicos, coberta ou não por materiais não opacos, a exposição pública dos mamilos femininos ou o pênis em estado óbvio de excitamento, coberto ou não (Fonte: YpdCrime.com).

Edição 1468 de 23 a 26 de fevereiro de 2013  
Edição 1468 de 23 a 26 de fevereiro de 2013  

• Brasileiro é preso peladão no “drive-thru” em MA • Brasileiro tenta se livrar da pena de morte em Nebraska • Sindicatos e empresários anun...