Issuu on Google+


a

Resoluçã O de todo

homem

stephen & alex

kendrick

com randy alcorn editado por Lawrence Kimbrough


Todos os direitos em língua portuguesa reservados por: © 2012, BV Films Editora Ltda e-mail: faleconosco@bvfilms.com.br Rua Visconde de Itaboraí, 311 – Centro – Niterói – RJ CEP: 24.030-090 – Tel.: 21-2127-2600 www.bvfilms.com.br/www.bvmusic.com.br É expressamente proibida a reprodução deste livro, no seu todo ou em parte, por quaisquer meios, sem o devido consentimento por escrito.

Originalmente publicado em inglês com o título: The Resolution For Men Copyright © 2011 by Stephen Kendrick, Alex Kendrick and Randy Alcorn All Rights Reserved This edition is published by B&H Publishing Group, Nashville, Tennessee. Editor Responsável: Claudio Rodrigues Coeditor: Thiago Rodrigues Capa e editoração: Chayanne Maiara Tradução: Kelly Cristina Gonçales Barros Revisão de texto: Gabriella Azevedo         Mitsue Siqueira         Louise Moore de Figueiredo

ISBN: 978-8581580-10-4 1ª edição - Março/2012 Impressão: Imprensa da Fé Classificação: Vida Cristã

Impresso no Brasil


Índice

Introdução

1

Parte Um: Um Chamado para os Homens 1. Por que Precisamos de Homens de Decisão? 2. Uma Visão Acerca da Paternidade 3. Quebrando Correntes

13 31 49

Parte Dois: Comprometendo-se com a Resolução 4. Decida ser um Homem de Responsabilidade 5. Decida Liderar sua Família 6. Decida Amar a sua Esposa 7. Decida Abençoar seus Filhos 8. Decida Viver com Honra 9. Determine-se a Combater a Injustiça 10. Decida Demonstrar o Amor 11. Determine-se a Dar uma Vida Abundante    para sua Família 12. Decida Reconciliar-se com seu Passado 13. Decida Viver com Integridade 14. Decida ser Fiel 15. Determine-se a Deixar um Legado iii

69 89 109 127 145 165 183 199 213 231 249 265


Apêndices 1. Como Posso Encontrar Paz com Deus? 2. Seis Influências Poderosas a Serem   Mostradas na Vida de seus Filhos 3. Dez Possíveis Consequências para   o Homem que Comete Adultério 4. Sete Passos para Melhorar a Vida Sexual 5. Grupos de Decisão:   Prestação de Contas para os Homens 6. Versículos para Memorizar com seus Filhos 7. Como Orar por sua Família 8. Livrando-se da Pornografia 9. O Discurso Final de Corajosos

282 286 289 292 294 299 302 306 311

Perguntas para Discussão

314

Notas

320

Agradecimentos

322

iv


Homens fracos não serão capazes de lidar com o conteúdo deste livro. A Resolução não é para os fracos de coração, e aqueles que se comprometerem com ela serão mais responsáveis no futuro. Você será desafiado a sair de sua zona de conforto, a trabalhar com questões obscuras do seu passado e a fazer sacrifícios estratégicos por sua família e por sua fé. Mas aqueles que derem um passo rumo ao desafio descobrirão que viver esta resolução impactará radicalmente suas prioridades e os ajudará a tornarem-se homens fortes, que são considerados fiéis. Será preciso ter coragem. Mas, definitivamente, valerá a pena. Você foi avisado.


Introdução

E

ste livro é um chamado aos homens, para que vivam corajosamente por sua fé e por suas famílias. Ele foi estrategicamente formulado para desafiar você a tornar-se o homem que Deus lhe criou para ser. Nas páginas seguintes, vamos discutir a maravilhosa jornada que Deus preparou para o homem, desde seu nascimento até sua morte. Vamos falar sobre como esquecer o passado, tornar-se um grande líder espiritual em sua casa, conquistar os corações de seus filhos e encontrar a pessoa obstinada que Deus espera que sejamos. Por fim, vamos desafiar você a assumir o compromisso de viver para os desígnios mais elevados de Deus em forma de Decisão. Queremos que você conheça a graça que recebemos quando arcamos, sem medo, com as responsabilidades que Deus designou a todos os homens. Independentemente de qualquer erro do passado, queremos que você abrace corajosamente a vida para a qual Deus lhe destina agora, deixando um legado significativo para futuras gerações. 1


A Resolução de Todo Homem Infelizmente, muitos homens desperdiçam suas vidas. Não conhecem o Deus a quem eles dizem adorar e não sabem a que vieram. Tímidos e indecisos, vagam espiritualmente por uma vida nebulosa, confusa e indiferente. Podem prever o que farão no próximo fim de semana, mas não têm a mínima ideia de seus propósitos em vida, muito menos para a eternidade. Como resultado, esses homens passam seus dias desperdiçando a maior parte de seu tempo com assuntos triviais. Em suas casas, eles ficam alheios à enorme capacidade de liderança que têm devido ao vazio deixado por sua passividade, e não percebem o quanto suas esposas e filhos são negativamente afetados pela falta de orientação espiritual e de liderança. Mas não temos que viver dessa maneira. Podemos nos inspirar em grandes feitos que acontecem aos homens que despertam e se empenham. Quando um homem finalmente compreende seu papel e entrega-se de imediato ao plano de Deus, sua vida muda completamente. Suas prioridades e sua visão tornam-se claras, e sua vida ganha um propósito novo e ousado. Ele aprende a dizer “não” às coisas pecaminosas e secundárias que o impedem de seguir seu caminho com Deus e guarda os seus valores e compromissos sem se importar com as circunstâncias, por mais fortes que elas sejam. Josué, um líder no Antigo Testamento, era um homem de decisão. Ele sabia quem era e quais eram as suas responsabilidades. Certa vez, sua ousadia, fé e coragem conseguiram reunir os homens amedrontados e esquecidos de Israel para lutas e conquistas. Finalmente, em seu leito de morte, despedindo-se de seus compatriotas, Josué ainda mostrou ser o líder de sua família por sua determinação e compromisso sincero com Deus. Ele disse:

2


Introdução “Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor”. (Josué 24:15) Ele não foi influenciado pelo que os milhares de homens ao seu redor decidiram fazer. A reação desses homens, favorável ou não ao seu desafio, não afetou Josué. Mesmo antes que eles tomassem as suas decisões, Josué já estava decidido. “Porém eu e a minha casa...” Mesmo que sua família fosse a única. As palavras de Josué perduram pela história e ecoam em nossos ouvidos ainda hoje. Ele nos pergunta: “Qual é a sua posição a respeito disto? Escolha hoje! Pare de vagar e esperar. Saia de cima do muro, deixe de ser indeciso com seus compromissos. Deixe claro o que você quer! O que você está esperando?” Bem, como você responderia essas perguntas agora? Como está a sua decisão se comparada à de Josué? Se ela fica aquém, uma decisão melhor precisa ser tomada. Você vai se entregar a uma profunda relação com Deus ou vai continuar na superficialidade? Você prefere continuar tendo uma vida vazia e ilusória ou vai optar sabiamente por uma vida completa e real? Acreditamos que há um movimento crescente de homens que estão revoltados com a sua própria mediocridade e insatisfeitos com os padrões fracos de nossa cultura obscura. Homens que desejam unir-se a outros homens fortes e corajosos para se posicionarem na defesa de Cristo e de suas famílias. Homens que querem aproveitar ao máximo o restante de seus dias. Homens que entendem que falta muito tempo até a eternidade para eles desperdiçarem o que lhes resta aqui na terra. 3


A Resolução de Todo Homem Ao longo da história, homens que tiveram uma vida incrível e deixaram grandes legados fizeram isso intencionalmente. Eles sabiam que os que viriam depois não seriam íntegros ou fiéis a Deus de uma hora para outra. A passividade leva apenas à futilidade. Um homem não pode ser passivo sobre o que a Escritura lhe diz a respeito do que fazer por sua família e esperar ser visto como servo fiel de Deus no final; ele precisa ver com olhos espirituais e entender que as gerações futuras são diretamente afetadas por suas decisões cotidianas. A Palavra de Deus nos chama para sermos os “escolhidos”: para sermos tudo o que Ele nos criou para ser e para fazermos tudo o que Ele preparou para nós. Podemos continuar como estamos e não aprendermos nada com nossos erros ou os erros de nossos antepassados, ou podemos traçar um novo caminho de fidelidade para os nossos filhos e perpetuá-lo por várias gerações que ainda estão por vir. É hora de tomarmos algumas decisões sérias. Foi isso que nos levou a pensar na Resolução.

O que é a Resolução? A resolução é uma virada de jogo. É uma declaração ousada que afirma que, de agora em diante, você optou por viver pelo que mais importa. Isso fica estabelecido em seu coração e selado por seus lábios quando você se compromete a cumprir suas responsabilidades dadas por Deus e a viver sua vida com fé e integridade. Essa resolução confirma o tipo de homem que você deseja ser e te faz lembrar de sua influência inestimável sobre as gerações futuras.

4


Introdução Decidir significa determinar de uma vez por todas. As Escrituras descrevem um homem determinado como sendo firme, o que significa que ele decidiu comprometer-se e empenhar-se a fazer o que é certo. O salmista descreve um homem abençoado dizendo: “O seu coração está firme, confiando no Senhor” (Salmos 112:7). Uma resolução sólida, verdadeira e bem pensada levará os seus dias para uma fiel linha de chegada; assim você poderá terminar a corrida da vida com perseverança, sem nunca voltar atrás. As Decisões neste livro baseiam-se nas maiores prioridades da Palavra de Deus para os homens. Cada afirmação descreve um compromisso que você deve assumir para viver como o líder da sua casa. Elas representam um chamado à ação, e viver essas afirmações pode te ajudar a ficar diante de Deus quando chegar o dia e a ouvi-Lo dizer: “Bom trabalho!” Eis a Resolução de Todo Homem, que iremos explicar, assim como iremos te desafiar a praticar nos próximos dias…

5


a

R esoluçã O

®

Eu solenemente determino, diante de Deus, assumir total responsabilidade por mim, minha esposa e meus filhos. EU VOU amá-los, protegê-los, servi-los e ensinar-lhes a Palavra de Deus como líder espiritual da minha casa. EU vou ser fiel à minha esposa, amá-la e honrá-la, e estou disposto a sacrificar minha vida por ela, assim como Jesus Cristo fez por mim. EU vou abençoar os meus filhos e lhes ensinar a amar a Deus com devoção, dedicação e força. EU vou treiná-los para honrar a Deus e para viver com responsabilidade. Eu vou enfrentaro mal e buscar justiça e misericórdia. EU vou orar pelos outros e tratá-los com bondade, respeito e compaixão. EU vou trabalhar prontamente para prover as necessidades da minha família. EU vou perdoar aqueles que me fizeram mal assim como vou pedir perdão aos que prejudiquei. EU vou aprender com meus erros, me arrepender dos meus pecados e caminhar com integridade como um homem temente a Deus. EU vou procurar honrar a Deus, ser fiel à Sua Igreja, obedecer à Sua Palavra e fazer a Sua vontade. EU vou trabalhar corajosamente com a força que Deus proporciona para o cumprimento desta resolução para o resto da minha vida e para a Sua glória. Eu e a minha casa serviremos ao Senhor. Josué 24:15 ® 2011 Stephen and Alex Kendrick - ® 2012 BV Films Editora Ltda - Versículo Josué 24:15 Bíblia Textual


Introdução Os objetivos desta Resolução são pontos-chave cruciais ordenados por Deus nas Escrituras e que devem ser realmente levados a sério. Não se trata de uma lista de objetivos a serem alcançados em um curto período de tempo. Não é um projeto que você idealiza no dia de Ano Novo e deixa de lado após algumas semanas. É uma decisão de vida, e uma vez afirmada, deverá ser renovada e reafirmada pelo restante de seus dias. Ao ler a resolução, talvez você concorde com cada ponto indicado mas não se considere preparado para comprometer-se com eles. Tudo bem. As Escrituras dizem que é melhor não assumir compromissos do que assumi-los de qualquer jeito e não mantê-los. Mas esses não são conceitos novos. Eles já existem há muito tempo. Todos estão nas Escrituras, e como Deus já nos mandou seguir esses mandamentos, Ele obviamente espera que nós os vivamos. Estamos apenas desafiando você a fazer o que Deus designou a cada um de nós. Então, acredite que, com Sua ajuda, você poderá ser fiel a esses compromissos. À medida que você confia, Ele lhe proporcionará a graça e a força para permanecer fiel a cada um de seus compromissos. Ainda assim, ao ler a Resolução, talvez você se sinta tomado por um sentimento de inadequação, como se seu passado fosse um fardo muito pesado que lhe impedisse de seguir em frente. Todos nós já cometemos inúmeros erros. Todos nós já pecamos de inúmeras maneiras. Mas a misericórdia de Deus é infinitamente maior do que o nosso passado, e tanto os testemunhos dos outros quanto a Palavra de Deus nos mostram que nunca é tarde demais para fazer a coisa certa. Uma falha do passado não significa o fracasso do futuro. Se você falhou com esses compromissos no passado, ainda é possível crescer e se tornar um homem de Deus, sendo bem-sucedido em seus papéis como marido, pai e avô. O maior incentivo é saber que Deus quer que você seja bem-sucedido. Ele está chamando e preparando você! 7


A Resolução de Todo Homem Talvez você tenha vivido anos com raiva dos erros que seu pai cometeu e que lhe trouxeram muita dor. Se isso acontece, agora é a hora de superar o passado e de se concentrar para ser o pai que você gostaria de ter tido. Nós te desafiamos a depreciar a mediocridade em seus compromissos e a desprezar qualquer obstáculo. Estamos orando por avanços enquanto você lê este livro, na esperança de que uma nova onda de adrenalina espiritual te leve a abraçar completamente tudo o que Deus está lhe chamando para ser e fazer. Reconhecemos que a proposta da Resolução não se aplica a todos os homens que irão ler este livro. Ficamos contentes por aqueles que são solteiros e que recorreram a ele a fim de entender melhor e de se preparar para serem bons pais e maridos futuramente. Você pode ser casado, ainda sem filhos, e querer ser melhor na liderança de seu lar. Você pode ter filhos, mas sem cônjuge, e ter o desejo de compreender melhor e de ter sucesso em seu papel como pai. Você pode ser um avô que deseja aumentar sua influência e resgatar alguma época de sua vida. Independentemente de ser casado ou não, ter filhos ou não, você é nosso convidado para aceitar o desafio de aplicar a Decisão em sua vida e de se juntar a nós no chamado de Deus, a fim de que nos tornemos homens piedosos que se empenham para ser líderes espirituais desta geração. Engajar-se nessa decisão será fácil e levará apenas alguns segundos. Mas vivê-la plenamente e ser fiel aos seus princípios será difícil e levará o resto de nossas vidas. Estamos cientes disso. Por isso, é importante fazermos isso com outros homens para mantermos a responsabilidade. Na verdade, nós colocamos questões para serem discutidas no final do livro, bem como alguns versículos para memorizarmos as lições, além de desafios específicos ao final de cada 8


Introdução capítulo, para lhe ajudar a tirar o máximo de proveito desta experiência. Mas lembre-se: qualquer que seja a sua escolha, cada capítulo deste livro é um investimento estratégico que te ajudará a vencer. Estamos lhe convidando a ser corajoso e a aprender o que significa tornar-se um homem de firme decisão. Estamos plenamente dispostos a nos entregar a essa causa, e para isso pedimos a ajuda de Deus a fim de vivermos o tipo de vida que nos torne fiel a Ele no final. E estamos pedindo para você se juntar a nós nesta incrível jornada. Como homens, somos chamados a isto! Nós fomos criados para isto! E pela graça de Deus podemos fazê-lo! É a hora dos escolhidos! Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos. (1 Coríntios 16:13)

9


parte um

Um Chamado para os Homens


E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição. Malaquias 4:6


Capítulo 1

Por que Precisamos de Homens de Decisão? Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios. Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Efésios 5:14-16

Q

uando Jack acordou com as pessoas gritando, ele foi sacudido de volta à realidade, e em uma fração de segundos percebeu que não era um sonho. Sua esposa, Sarah, tinha alcançado o volante da minivan na tentativa de colocá-la de volta na pista, mas ela virou muito, saiu da faixa e foi na direção do tráfego. O motorista de uma picape disparou a buzina e rapidamente saiu da estrada, quase os acertando. “Preste atenção!” Jack gritou enquanto retomava o volante. Mas as mãos de Sarah ainda seguravam firmemente a direção, levando o veículo para o outro lado da pista, acertando e jogando-o novamente para fora. A pancada dos defletores (“olhos de gato”) nos pneus logo foi substituída pelo som da cerca de se-

13


A Resolução de Todo Homem gurança raspando nas laterais da van. Jack recuou quando uma placa removeu o retrovisor da direita. Os seus três filhos no banco de trás já choravam histericamente, quando o carro acelerou na direção de uma curva acentuada cuja grade de proteção seria o único impedimento para que eles não despencassem de um barranco. “Vamos, Sarah! Eu peguei!” Tudo ficou em câmera lenta. Jack, em estado de choque, olhou para a sua esposa, que estava pálida e com um semblante apavorado, as mãos presas ao volante como se estivessem brigando — quase que um contra o outro — para controlar a direção do carro. Seus olhos foram em direção ao espelho retrovisor para ver os rostos em pânico das crianças que ele amava mais do que qualquer outra coisa no mundo. A realidade começou a surgir em sua mente: ele tinha dormido ao volante. Jack sabia que ele era a razão pela qual toda a sua família estava prestes a morrer. Mas ele também sabia que a causa de sua crise atual era a chave para o seu possível resgate: ele mesmo. Em uma reação instintiva, Jack pisou fundo nos freios, levando o carro a deslizar na calçada, impulsionando todos para frente e prendendo os cintos de segurança ao redor deles como se os estivesse castigando. Queimando os pneus, ele freiou e parou o carro a poucos metros da cerca de segurança, avistando mais à frente o declive. Enquanto todos se acomodavam novamente em seus assentos, Jack, sobre o capô do carro, vislumbrou, em estado de choque, a catástrofe que toda a sua família havia escapado segundos atrás. Sua esposa e filhos ficaram mudos. Jack sentou-se silenciosamente, sentindo ao mesmo tempo culpa e alívio. Sarah tirou o cinto de segurança, colocou os braços ao redor dele e enterrou a cabeça em seu peito. Ela chorava desesperadamente, mas estava aliviada. Seus filhos também choravam quando Jack sussurrou: “Eu sinto muito, eu sinto muito”, repetidamente. 14


Por que Precisamos de Homens de Decisão? Medo. Gratidão. Trauma. Oração. Sarah experimentou todas essas reações emocionais em seu sistema. Ainda desnorteada, ela voltou a si lentamente. Então, por fim, com o coração menos acelerado e a cor de seu rosto de volta, ela olhou para os olhos cheios de lágrimas de Jack e sussurrou palavras das quais ele jamais iria se esquecer: “Por favor, não faça isso de novo!” Esta história verídica ilustra uma situação na qual muitos homens se encontram hoje em dia: despreocupados e à deriva. Eles receberam a posição de liderança sobre suas famílias e foram colocados no posto de condutores. Mas com o tempo, ficaram acomodados em um sonho de passividade e postura de uma cultura obscura e sedutora. Neste mundo de sonhos, os homens muitas vezes se veem no direito de ser irresponsáveis, imaturos e negligentes em seus papéis como maridos e pais. Nesse meio tempo, eles colocam suas famílias em perigo moral e espiritual, ameaçando seus casamentos, seus filhos e sua fé. O que não percebem é que eles não podem ter as duas coisas ao mesmo tempo. Consequentemente, as mães de seus filhos se tornam as que (por ausência e necessidade) carregam o peso da família em seus ombros para sobreviver. Essas mulheres estão estressadas, esperando os homens de suas vidas acordarem, se resgatarem e assumirem a direção novamente. Por isso, antes que seja tarde demais, estamos alertando para o chamado e perguntando se os homens estão acordados ao volante. Ou mais importante, para ver se eles sequer percebem que estão no banco do motorista. A Palavra de Deus manda os maridos e pais liderarem seus lares amorosamente. Como homens, temos que andar em honra, integridade e abraçar as nossas responsabilidades como pastores de nossas famílias. Somos chamados para dar um exemplo de amor para nossas esposas e filhos, um amor semelhante ao de Cristo. 15


A Resolução de Todo Homem Sendo assim — por este ser um chamando de Deus — não é de se admirar que, em uma cultura de ímpios, haja ridicularização e críticas constantemente à paternidade, atacando e invertendo os desígnios e valores de Deus. Homens estão aprendendo que eles não têm a permissão ou a responsabilidade para liderar. Mas a cultura não é a sua autoridade. Deus é quem assume esse papel. Você precisa estar disposto a se fazer algumas perguntas reveladoras: • A sua esposa anda cansada, desgastada e sempre carrega peso demais sobre os ombros? • No seu matrimônio há direcionamento, romance e intimidade verdadeira? • Os seus filhos, sejam jovens ou adultos, estão emocionalmente distantes de você e espiritualmente apáticos em relação a Deus? • A sua própria fé e condição espiritual estão fracas ou medíocres? Se sua esposa assumiu todas as dificuldades da família e o lugar na direção, muito provavelmente isso aconteceu porque você não o fez. Independentemente do que ela faça, Deus te colocou intencionalmente no banco do condutor e quer que você lidere. Você precisa muito da sua esposa, mas liderar é um chamado de Deus e sua responsabilidade, não dela. Você pode não gostar disso. Você pode se sentir totalmente inadequado na liderança de sua casa. Talvez você não veja nenhuma forma de restabelecer relacionamentos que se reduziram a decepções e desconfiança. Assim como inúmeros homens, você pode ter muitos arrependimentos e se deparar com obstáculos tremendos que parecem te impedir de ser o homem que no fundo você gostaria de ser. 16


Por que Precisamos de Homens de Decisão? Seja corajoso! Queremos te dar uma esperança real e te direcionar para um sucesso futuro em sua jornada. Nenhum homem e nenhuma família é causa perdida quando Deus se envolve. E já que está no assento do motorista, você pode ser a pessoa que Ele usará para conduzir a sua família de volta ao caminho que os levará a um lugar de segurança, força e saúde. Todos nós devemos estar dispostos a ir para o próximo nível. Quando você entende isso, o sucesso ou fracasso da paternidade se tornam questões-chave da nossa geração. Liderança determina direção. E lá no fundo, todos nós sabemos. E todos nós realmente queremos que as coisas melhorem.

O Poder de um Pai Se você quiser chegar à essência das pessoas, é necessário fazê-las falar sobre seus pais e sobre como eles as trataram. Os exemplos que eles deixaram serão muito reveladores a respeito de suas razões e maneiras de ser. E se estiverem sendo sinceras, muitas vezes elas lutarão contra as lágrimas, seja porque amavam e admiravam seus pais ou porque foram, de alguma forma, profundamente magoados por eles. Seja qual for a idade, todo mundo quer uma boa resposta para a pergunta: “O que meu pai realmente pensa a meu respeito?” Nossos corações esperam por essa aprovação. E quando não a obtemos, tendemos a passar o resto da vida trabalhando incansavelmente para ganhá-la dos outros na tentativa de preencher o vazio intenso que ele nos causou. Da mesma forma, quando um homem guarda mágoas de seu pai, talvez ele passe a vida inteira tentando provar que o pai estava errado. Ele dirá: “Eu nunca quero ser como o meu pai.” Seja lá como for, este homem será o foco da energia emocional em sua vida. 17


A Resolução de Todo Homem Mas muitos pais não percebem o seu papel vital, e seus filhos estão destinados a sofrer por isso. Se você fosse resumir razões atuais associadas ao individualismo, à passividade ou à ausência dos pais, descobriria que os pais perderam seu senso de propósito. Os pais costumavam ser muito intencionais sobre a paternidade de seus filhos, pois sabiam o quanto sua influência era importante. Mas como muitos pais da atualidade não sabem quem são e o que estão fazendo, eles acabam atuando muito pouco. Eles não estão criando seus filhos para serem homens responsáveis, pois a cultura está entrando aos poucos em suas vidas e restringindo sua influência. A geração atual não sabe o que significa ser homem, ou ser um líder maduro e responsável. Os jovens não sabem como se tornar um pai forte e engajado um dia. A sociedade está orientando os meninos a permanecerem meninos o quanto puderem, estendendo a infância até seus trinta anos — enquanto força as meninas a se tornarem mulheres muito antes de estarem prontas. Ao invés de crescerem, se casarem e corajosamente elevarem o nível da próxima geração, milhões de jovens estão permanecendo emocional e diretamente dependentes de suas mães, de entretenimento, pornografia e vídeo games. Eles querem os privilégios e recompensas da masculinidade, mas não querem as responsabilidades e exigências morais. Assim, quando se tornam pais, eles não sabem o que fazer e se sentem extremamente despreparados. Mulheres jovens, da mesma forma, estão entrando na vida sem um senso profundo de valores e respeito. Em vez de exibirem charme feminino, simplicidade e graça, muitas tornaram-se quase (se não iguais) tão rudes e desenfreadas quanto o estereótipo masculino. Elas são instruídas a agir de maneira 18


Por que Precisamos de Homens de Decisão? superior aos homens sempre que puderem. Glamorosas, sem modéstia e agressivas, vivem em uma busca constante por aceitação e atenção — coisas que não receberam gratuitamente de um só homem em sua vida, cujo amor e aprovação é o que sempre quiseram. E assim, milhões de meninas, a cada ano que passa, leiloam sua inestimável virgindade por uma pizza, um “cineminha” e algumas gentilezas. Cada uma delas espera, ao estar nos braços de um menino viciado em pornografia e com os hormônios em ebulição, preencher por alguns minutos a ferida obscura de amor que seu pai, descompromissado, deixou em seu coração. Mas ela nunca preencherá. Sabe qual é a peça perdida do quebra-cabeça? Pais.

A Peça Perdida Quando um pai se afasta, vai embora ou morre muito cedo, o mesmo acontece com uma parte do coração do filho. A partir do momento em que uma criança é separada de seu pai, ele ou ela cria um vazio enorme de necessidades não saciadas em todas as áreas pelas quais um pai é responsável. A cada dia que passa, cresce o número de crianças que estão indo para a cama à noite sem seus pais em casa. A ausência física é agora considerada o problema social e familiar mais significativo enfrentado pela América.1 A pesquisa é estarrecedora. Prisioneiros, usuários de drogas, mendigos, fugitivos e estupradores têm algo em comum. A maioria esmagadora vem de lares sem pai. Nos orfanatos, acontecem mais da metade de todos os suicídios de jovens, assim como a maioria das crianças com distúrbios de comportamento também estão lá. Crianças têm vinte vezes mais chances de acabar na prisão se seus pais não estiverem envolvidos em suas vidas.² 19


A Resolução de Todo Homem Orfanatos também afetam a saúde física das crianças. Aqueles que vivem sem seus pais têm uma taxa muito maior de asma, dores de cabeça, ansiedade, depressão e problemas de comportamento. Eles são significativamente mais propensos a usar drogas e a cometer suicídio.³ Faz sentido então, porque as Escrituras dizem que Deus tem um lugar especial em Seu coração para dois grupos específicos de pessoas: crianças órfãs e viúvas. Em Tiago 1:27, a Bíblia faz referência à religião como “a religião pura, imaculada” quando se trata de visitar e mostrar compaixão a esses indivíduos em sua “angústia”. O que as crianças órfãs e as viúvas têm em comum? O homem mais importante que exercia o papel de liderança em suas vidas se foi. Mesmo os pais que têm toda a intenção de fazer o melhor estão descobrindo um mundo de coisas que trabalham contra eles, afastando-os da missão de liderança. Existem múltiplos fatores minando a paternidade. Aqui estão alguns dos mais influentes. Divórcio. O casamento é a cola que mantém os pais conectados com seus filhos. Filhos fora do casamento e divórcio são os dois maiores fatores que afastam as crianças de seus pais. Casais de gerações anteriores eram mais propensos a ficar juntos pelo bem-estar das crianças. Mas essa geração tem sido cada vez mais convencida de que as crianças estarão em melhor situação se os seus pais descontentes optarem pelo divórcio. As estatísticas revelam que isso não é verdade. Com certeza a melhor coisa para as crianças é ver seus pais reconhecendo seus erros, arrependendo-se do egoísmo, perdoando um ao outro e resgatando a união. A conveniência do divórcio sem culpa chegou a um preço extremamente alto e milhões de crianças inocentes são obrigadas a pagar esse preço todos os anos.

20


Por que Precisamos de Homens de Decisão? Trabalho. Antes da revolução industrial, pais trabalhavam em casa com seus filhos, muitas vezes juntos. Os pais tinham, naturalmente, oportunidades para compartilhar sua fé e seus valores com a próxima geração. Mas em 1800, o trabalho nas fábricas afastou os homens de casa, deixando as crianças sozinhas com as mães e diminuindo sua influência. Quando o pai finalmente chegava em casa, ele estava muito cansado para se envolver e sua família ganhava as sobras de sua atenção e energia. Hoje, o problema continua. Se um homem não estabelecer limites e aprender a dizer “não”, as prioridades do seu trabalho irão constantemente puxá-lo para longe de sua esposa e filhos, cujos corações estão abertos para ele. Entretenimento. Os homens de hoje passam mais tempo vendo TV ou navegando na internet do que em uma conversa significativa com seus filhos. Se os filhos estão com o pai enquanto ele está se divertindo, a televisão passa a ser a maior influência. E isso é ser um péssimo pai. Antipaternidade e preconceito na mídia. Quando a América era mais influenciada pela ética judaico-cristã, os pais em programas de televisão e filmes eram geralmente descritos como honrados e heroicos. Na década de 50, alguns programas de televisão mostravam pais fortes, inteligentes e responsáveis. Em contraposição, os pais de hoje na TV são incompetentes e constantemente enganados por suas esposas e filhos desrespeitosos. Sua perversão e passividade redefinem sutilmente o que é o normal para os pais e abaixam o nível das expectativas que temos de nós mesmos. A igreja. É doloroso incluir este item, mas muitas vezes pastores ficam em silêncio quando se trata de ensinar aos homens o que a Palavra de Deus diz sobre seus papéis e responsabilidades. Da mesma forma, muitos programas da igreja separam as famílias ao ponto de as crianças nunca verem seus pais li21


A Resolução de Todo Homem derando, lendo suas Bíblias, adorando ou orando por eles não estarem perto delas quando o fazem. Essas não são as únicas ameaças. Do movimento feminista aos constantes ataques à liderança masculina e às leis de aborto que legalmente identificam as mães como as únicas responsáveis pela vida de seus filhos, colocou-se os homens em uma sociedade que quer derrubá-los, o que não deveria nos surpreender. O demônio nunca vai parar de atacar o que Deus prioriza. E exatamente como em um campo de batalha, o inimigo sempre tenta destruir o líder. Se você quiser manter uma equipe fora de algum campeonato, coloque o seu melhor jogador no banco. Como você vence no xadrez? Colocando o rei em xeque-mate. Uma guerra foi declarada contra você como marido e pai. E é por isso que agora, mais do que nunca, precisamos de homens de decisão que entendam seu propósito.

O Inestimável Propósito da Paternidade Deus criou a paternidade com um propósito eterno: revelar e representar a Si mesmo. Ele não apenas percebeu que pais terrenos eram semelhantes a Ele e decidiu intitular-Se nosso Pai. Pelo contrário, Ele sempre existiu como Deus, o Pai no céu, e intencionalmente criou o papel da paternidade na terra para refletir quem Ele é a fim de nos mostrar a natureza da Sua relação com o seu Filho. Toda paternidade vem de Deus (Efésios 3:14-15). Cada pai humano é chamado para ser uma representação física diária de Deus aos seus filhos e para apresentar-lhes à próxima geração. Quando uma criança olha para o seu pai terreno, ela deve ser capaz de ver essas qualidades de Deus:

22


Por que Precisamos de Homens de Decisão? • Um provedor de amor; • Um protetor forte; • Um líder de verdade; • Uma autoridade respeitável; • Um amigo íntimo. Isso influencia na maneira de pensar do filho. “Se meu pai terreno me ama e cuida de mim, então meu Pai Celestial me ama e cuida de mim. Se o meu pai cumpre o que ele diz, então Deus cumpre o que Ele diz. Se o meu pai morreria por mim,  Deus morreria por mim.” Por outro lado, se o pai terreno é duro ou distante, o que o filho pensará ao dizer: “Deus é o nosso Pai”? Naturalmente, todos nós, pais terrenos, somos inevitavelmente falhos. Estamos a milhas de distância de sermos como Deus. E mais, faz parte da natureza humana dos filhos julgar o que eles não podem ver em Deus à luz do que podem ver em nós. Atualmente, esta geração não sabe como é a verdadeira paternidade. As pessoas raramente veem esse modelo na mídia ou em casa. E, infelizmente, o resultado é outra geração se esforçando ao máximo para compreender como Deus realmente é. A palavra pai significa “fundador, fonte, chefe ou líder”. O pai de uma nação, uma invenção, uma empresa ou de um movimento é alguém que ajudou a trazê-los à existência. Como nosso Pai Celestial, Deus é a fonte da qual todas as outras coisas vêm à existência. Nas Escrituras, Deus, como Pai, é a primeira Pessoa da Trindade. Sempre que você ouve falar na Trindade, há o Deus Pai em primeiro lugar, em seguida o Filho, então o Espírito Santo. Jesus, o Filho, segue a liderança do Pai. E se você estudar a vida de Cristo, vai descobrir que Ele sempre fala as palavras, executa as obras e realiza a vontade de Seu Pai Celestial. Como Filho de Deus, Jesus veio para revelar o Pai para nós. A Bíblia diz que Jesus é “corporalmente toda a plenitude da 23


A Resolução de Todo Homem divindade”(Colossenses 2:9). Então, se você quiser saber como é Deus, basta olhar para Jesus. Ele representa o seu Pai perfeitamente. Como você está representando o Pai Celestial para o seu filho e/ou filha? Esse é o seu propósito de valor inestimável. Tanto as Escrituras quanto as estatísticas falam claramente que não há ninguém mais influente na vida de uma pessoa do que o seu pai. Embora as mães sejam de valor inestimável, insubstituíveis e necessárias além de qualquer medida, elas definitivamente não foram criadas para ser homens ou para preencher o papel de um pai. Quando a Bíblia diz que “a glória dos filhos são seus pais” (Provérbios 17: 6), ela está revelando a importante dinâmica de como Deus tem guardado os corações e as mentes dos filhos. Eles aprendem a ter identidade com você. Quando jovens, seus filhos não sabem quem são, o que é certo ou errado ou quem é Deus. Eles não sabem viver. Mas as crianças vão naturalmente aos seus pais a fim de buscar respostas para suas maiores perguntas: Quem é Deus? Quem sou eu?  Sou amado? Eu sou um sucesso? Eu tenho o que é preciso? Qual é o meu propósito na vida? E se os pais não ensinam a seus filhos a verdade sobre essas coisas, então o mundo vai ensinar-lhes mentiras. Eles aprendem os valores com você. Os filhos observam seus pais para buscar o que é importante. Cabe ao pai evitar que seus filhos aprendam lições de vida da maneira mais difícil. Palavras e ações sábias de um pai reforçam constantemente as prioridades mais altas e as verdades mais profundas da vida. Então, se o pai não está lá — ou se ele está, mas não para formar e liderar —, seus filhos tomarão as decisões mais importantes de suas vidas sem a pessoa que deveria ser extremamente amorosa e orientadora.

24


Por que Precisamos de Homens de Decisão? Eles aprendem a viver em excelência com você. Quando o filho tem um pai que diz: “Eu te amo, eu estou orgulhoso de você e eu vou ficar com você”, ele muda sua vida para sempre. Filhos que têm pais presentes se saem significativamente melhor na escola, têm melhores habilidades sociais e autoestima e são mais propensos a dizer não a comportamentos criminosos.4 O mesmo acontece quando uma filha se olha no espelho; ela precisa ouvir a voz de seu pai em seu coração, lembrando que ela é bonita e amada. Como resultado, as meninas com pais fortes são muito mais propensas a se sentirem seguras e menos propensas a terem distúrbios alimentares e problemas de identidade ou a tornarem-se sexualmente ativas nos anos da adolescência.5 Mas em muitas famílias, não é isso que está acontecendo. Precisamos redescobrir a intenção original de Deus para o nosso lar. Famílias devem ser um refúgio de amor e prazer. Casas deveriam ser lugares de paz e propósito. Mas lares maravilhosos não existem por acaso. Eles são jardins que precisam ser intencionalmente cultivados e guardados. Um homem deve deixar o amor, a verdade e a disciplina se tornarem ingredientes sábios e constantes na sua paternidade. Ele deve cuidar atentamente de sua esposa, seus filhos e de suas próprias atitudes para que sua casa seja um lugar onde o seu casamento e as gerações futuras possam crescer e prosperar. É por isso que precisamos de uma Resolução para virar o jogo. E é isso que nossos tempos estão pedindo.

É Hora de os Homens Serem Corajosos Nossa geração precisa desesperadamente de homens corajosos para prosseguir. Precisamos de homens que não sejam influenciados pela cultura ou que não tenham medo de críticas. Precisamos de homens decididos a liderar suas famílias, inde25


A Resolução de Todo Homem pendentemente da situação. Precisamos de homens que ensinem a pureza sexual aos seus filhos e filhas, para que mais crianças não venham a este mundo sem pais casados. Precisamos de homens que renovem seus votos de casamento e clamem pela ajuda de Deus para amar suas esposas ao invés de desistirem em tempos difíceis. Precisamos de homens que se recusem a sacrificar suas famílias pelo bem de uma promoção no trabalho. Homens que se recusem a deixar que o entretenimento roube seu tempo e amorteça sua consciência. Homens que falem contra as leis e filosofias que estão destruindo as famílias. Homens que vão perdoar seus pais, quebrar as correntes do passado e definir novos padrões. Homens que vão orar por seus pastores, por avivamento em suas igrejas e tomar decisões que irão fortalecer as próximas gerações. Precisamos ser esses homens. E precisamos uns dos outros! Quando homens fortes trabalham juntos, eles podem realizar coisas incríveis. Uma história de 2 Samuel 10 mostra uma imagem poderosa de como nós, homens, podemos efetivamente apoiar um ao outro em nossa geração. Os exércitos de Davi tinham se reunido para enfrentar seus inimigos em meio a probabilidades aparentemente impossíveis. Joabe, general comandante de Davi, reconheceu que a batalha estava contra ele, de todos os lados. Mas ele e seu irmão, Abisai, decidiram trabalhar juntos, apoiando um ao outro e confiando no poder de Deus, sabendo que os resultados estariam nas mãos Dele. Joabe desafiou o seu irmão com estas palavras:

26


Por que Precisamos de Homens de Decisão? Se os sírios forem mais fortes do que eu, tu me virás em socorro; e, se os filhos de Amom forem mais fortes do que tu, irei a socorrer-te. Esforça-te, pois, e esforcemo-nos pelo nosso povo, e pelas cidades de nosso Deus; e faça o Senhor o que bem parecer aos seus olhos. (2 Samuel 10:11-12) Aquela estratégia corajosa funcionou! Deus abençoou a coragem e o trabalho em equipe dando uma vitória poderosa em meio ao que parecia ser uma situação impossível. Os homens de hoje estão sentindo a pressão intensa ao redor deles. A depravação obscura de nossa cultura e as necessidades das próximas gerações estão à frente de nós. Os erros de nossos pais e os pecados do nosso próprio passado nos cercam. Cada uma dessas barreiras dá a impressão de que há uma nuvem ameaçadora que nos desafia a desistir e a entregar nossas famílias à derrota. Mas precisamos nos lembrar de uma verdade, inalterável e incondicional: temos um Pai no céu que é o nosso Provedor de amor, o nosso forte Protetor, o nosso verdadeiro Líder, a nossa Autoridade respeitável e nosso Amigo íntimo, que nos ama incondicionalmente. Ele sozinho já é a maioria, e a batalha sempre pertence a Ele! Se Ele é por nós, não importa quem ou o que está contra nós. Estamos aqui na terra, neste momento, para sermos semelhantes ao Seu Filho, Jesus Cristo. Estamos aqui para pregarmos corajosamente a Palavra, fazermos Sua obra e cumprirmos a vontade de nosso Pai sem dar ouvidos ao que a nossa cultura diz ou ao que os outros homens fazem. Temos que ser corajosos para liderar os nossos casamentos e as nossas famílias para o bem daquele que representamos e para o bem das gerações que estão por vir.

27


A Resolução de Todo Homem Ao invés de reclamarmos do rumo que a nossa cultura está tomando, devemos parar e decidir algo sobre isso. Devemos fechar as brechas, junto a outros homens ao nosso redor, para protegermos uns aos outros do fracasso na luta por nossos casamentos e famílias. Devemos dar aos nossos filhos e netos uma nova imagem de liderança e um novo exemplo a ser seguido. Devemos ajudar a nossa geração de homens a arcar com suas responsabilidades diante de Deus e a amar e conduzir suas famílias. Se tomarmos coragem e mostrarmos o caminho, poderemos mudar o mundo e deixar um legado forte para os filhos de nossos filhos. Esse é o propósito deste livro. Essa é a nossa missão! Temos que aprender a ficar juntos, a nos tornar homens decididos e a corajosamente dizer: “Se minha batalha ficar muito forte para mim, então você deve me ajudar, mas se a sua batalha ficar forte demais para você, então voltarei para te ajudar! Esforça-te, pois, e esforcemo-nos pelo nosso povo, e pelas cidades de nosso Deus; e faça o Senhor o que bem parecer aos seus olhos”.

Desafio de Coragem Assista ou leia em voz alta o discurso de encerramento do filme Corajosos (encontrado no apêndice, página 311).

28


Verso para Memorizar: Esforça-te, pois, e esforcemo-nos pelo nosso povo, e pelas cidades de nosso Deus; e faça o Senhor o que bem parecer aos seus olhos”. (2 Samuel 10:12)


PREPARE-SE PARA A CHUVA

No livro Prepare-se para a Chuva, Michael Catt conta sua história como pastor e a história da Igreja Batista de Sherwood (a qual se tornou referência em organização e estrutura). Michael conta histórias de superação, espera, fé, diferenças e preconceito e do agir de Deus de forma sobrenatural na produção dos filmes A Virada e Desafiando os Gigantes, marcos do cinema independente norte-americano. Apesar de tratar sobre a mudança radical de uma igreja do sul dos Estados Unidos e sobre as lutas e vitórias de um líder disposto a obedecer à vontade de Deus, este livro não se destina apenas a líderes e pastores, mas a todos aqueles que desejam ser usados por Deus como instrumento de transformação. O resultado de tanta luta e dedicação é o casamento notável entre visão e fé. Este é um livro que nos encoraja e nos ensina a preparar a terra seca que há em cada um de nós para a chuva de Deus com bênçãos insondáveis que transformarão de uma só vez a nossa vida.

WWW.BVFILMS.COM.BR ❖ (21) 2127-2600


SUA VIDA À PROVA DE FOGO

Como podemos permanecer fortes em meio a provas de fogo que, inevitavelmente aparecerão em nossas vidas e, ainda assim, gerar frutos? O livro Sua Vida à Prova de Fogo nos mostra que podemos ser como as sequoias, que permanecem ilesas mesmo após séculos de incêndios florestais. Utilizando-se de ilustrações do seu próprio cotidiano, e baseado no filme Prova de Fogo, Michael Catt apresenta oito maneiras para que passemos pelos desafios da vida, sem ceder às circunstâncias e as tentações do dia a dia, permanecendo erguidos e encarando os desafios no poder de Cristo. Transforme sua vida de maneira que seu casamento, suas finanças, sua fé e seus pensamentos se tornem à Prova de Fogo.

WWW.BVFILMS.COM.BR ❖ (21) 2127-2600


O DESAFIO DE AMAR DIA A DIA

Um Ano de Devoção para Casais O Desafio de Amar Dia a Dia é um livro que aborda as circunstâncias vividas no cotidiano de um casamento e as dificuldades que um casal encontra na vida conjugal. O livro se propõe a instruir, através de desafios diários, sobre como lidar com os problemas mais complexos de um casamento: diálogo, sexo, dinheiro, perdão, filhos, ciúme... A obra é um desafio de um ano para maridos e esposas que buscam entender e praticar o amor incondicional que a Palavra de Deus ensina. Esta é uma ferramenta que te ajudará a fortalecer e solidificar seu casamento. Aprenda a amar dia a dia. Essa é a essência do verdadeiro amor.

WWW.BVFILMS.COM.BR ❖ (21) 2127-2600


O DESAFIO DE AMAR

O amor incondicional é apaixonadamente declarado nas cerimônias de casamento, mas raramente posto em prática na vida real. Como resultado, algumas expectativas românticas são sempre substituídas por decepções em casa. Contudo, essa situação não pode permanecer desta forma. O livro O Desafio de Amar é um desafio de 40 dias para maridos e esposas que desejam entender e praticar o amor incondicional. Independentemente de como esteja o seu casamento, ameaçado ou forte e saudável, O Desafio de Amar é uma estrada que precisa ser seguida. É hora de descobrir os segredos de um casamento cheio de vida e da verdadeira intimidade. Aceite o desafio! “Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba.” 1 Coríntios 13:7-8.

WWW.BVFILMS.COM.BR ❖ (21) 2127-2600


HOMEM DE VALOR

Em uma sociedade em que se tornou aceitável esconder quem realmente somos, o autor Richard Exley fala sobre todas as pressões reais e intimidadoras que todos os homens encaram – desafiando-os a confrontar estes problemas com convicção e caráter. Richard fala ainda sobre problemas desconfortáveis e muitas vezes velados sobre a masculinidade discursando desde as pressões financeiras, integridade, saúde, os malabarismos para administrar a família e a carreira até o preço real da infidelidade. Com um formato de devocional, este livro vai direto ao ponto, utilizando passos práticos que são projetados para ajudar você a se integrar aos princípios de Deus em sua própria caminhada diária.

WWW.BVFILMS.COM.BR ❖ (21) 2127-2600



A Resolução de Todo Homem