Issuu on Google+

Circulação Semanal Nas principais cidades da região central do Estado:

16 Anos

Ano XVI - Edição 550

Filiado ao SINDIJORI

• Curvelo, 04 de fevereiro de 2012

E a humilhação continua...

Curvelo (sede), Augusto de Lima, Araçaí, Buenópolis, Cordisburgo, Corinto, Datas, Diamantina, Felixlândia, Gouveia, Inimutaba, Joaquim Felício, Monjolos, Morro da Garça, Presidente Juscelino, Presidente Kubitschek Santo Hipólito, Santana de Pirapama e Três Marias.

Azeredo coloca R$600 mil para Curvelo e ainda pode vir mais R$1 milhão O deputado Eduardo Azeredo, filho do saudoso Renato Azeredo, colocou emendas parlamentares que irão beneficiar muito a cidade.

Leia a matéria completa na página 05

Ipsemg inaugura novo modelo de Assistência à Saúde

CONFIRA OS DETALHES NA PÁGINA 08

O prefeito Dr. José Maria Penna, não tomou nenhuma providência para amenizar o dia-a-dia dos lixeiros curvelanos. Como se vê na foto, tirada essa semana numa rua do Bela Vista, os rapazes que cuidam da limpeza da cidade estão à deriva. As condições de trabalho são desumanas, já que não há preocupação alguma com a ergonomia (postura no trabalho). Por causa da altura do caminhão – inadequado ao serviço – os lixeiros são obrigados a fazer um esforço triplo para conseguir levar as sacolas, sacos e lixeiras pesadas até a caçamba. Além disso, o funcioná-

Polícia Civil recebe homenagem em Corinto

rio fica literalmente atolado no lixo, para pegar o material e colocar dentro do caminhão. Todos eles trabalham sem uniformes ou material de segurança adequados. Caso haja um acidente, além de prejudicar a saúde dos funcionários, a prefeitura pode ser responsabilizada financeiramente em caso de algum processo. Também há a questão dos caminhões, à qual ninguém da Secretaria de Obras responde – afinal, o que houve com o equipamento e por que ele não está nas ruas? É preciso que as autoridades trabalhistas e vereadores vejam isso.

Prefeito Nilton Ferreira e o Delegado de Polícia da Comarca de Buenópolis, Tiago Batista Leal, um dos homenageados na cerimônia promovida pela OAB de Corinto

Assalto em Presidente Juscelino

PM pega ladrões dos Correios no flagra.

VAV

PÁGINA 11

VERMELHO - Enquanto a Câmara de Curvelo vai gastar R$2 milhões para construir um prédio chique para os vereadores, as instalações do antigo Curumim continuam sendo usadas por traficantes e esconderijo de materiais roubados. Prometeram que ia reestruturar o imóvel, inclusive para uso de uma instituição de apoio a adolescentes, mas parece que, como tudo nessa gestão municipal, foi só conversa pra boi dormir... Um vermelho vergonhoso para todos!

AMARELO - Continua no alerta a denúncia de envolvimento de funcionários municipais de Curvelo em corrupção no negócio de um loteamento em Curvelo. O caso foi levantado na tribuna da Câmara por um engenheiro. Já que as reuniões recomeçaram, então tem que ser apurado logo! VERDE - Esta semana o verde vai para a Liga Católica Jesus Maria José, que completou 100 anos. A todos os parabéns, pois é um trabalho de dedicação à comunidade curvelana.


Editorial

Tem mais gente nessa folia

O Carnaval está che- principal mesmo, é que a gando, mas parece que tem verdade dita pelo CENgente já sambando na boca TRO DE MINAS, espedo povo. Na última edição o CENTRO DE MINAS cialmente pela tão criticada expressou aqui mesmo Urutu (principalmente por neste espaço sobre as agru- determinado edil que se ras que o povo de Curvelo tem passado com a má ges- empola todo como se fosse tão da atual administração. o guardião da morla e dos E parece que a imprensa bons costumes) encontra local está começando a to- respaldo em mais um vemar ciência dessa verdade. ículo de coEm matéria na sua edi- “Está chegando municação da ção mais re- a hora das ver- região. cente, o jornal dades capitais. O Resta-nos E AGORA?, samba vai tocar cumprimendo radialista e o bloco vai ser tar o radialista Geraldo Magela, também posto na rua. Geraldo Mac o n c o r d o u Vamos ver quem gela pela co- finalmente ragem e fazer é que vai cair - com a opinião do CEN- nessa folia dan- n o v a m e n t e TRO DE çando conforme um alerta aos MINAS e da vereadores, maioria dos a música ou sair especialmendesafinando” curvelanos em relação te ao presiao descaso do Legislativo dente da Câmara, vereador curvelano em relação ao suplício que tem sido o Saulinho da Cemig: que governo José Maria Pen- este seja mais um sinal a na. Com o título “Será que ser enxergado o quanto valeu a pena?”, o Jornal antes. Como diz a máxima mostra a relação de projetos apresentados pelos popular, “pode-se enganar vereadores, numa clara alguém por muito tempo, demonstração de insatisfa- pode-se enganar a todos ção com o trabalho desen- por algum tempo, mas não volvido pela maioria dos edis. Há relatos sobre um se pode enganar a todos determinado vereador que por todo o tempo”. - pasmem - não apresentou Está chegando a hora sequer um projeto relevan- das verdades capitais. O te nesses quase quatro anos de mandato! Isso ao custo samba vai tocar e o bloco exorbitante de R$200 mil vai ser posto na rua. Va- isso mesmo, esse é mon- mos ver quem é que vai tante que um vereador gacair nessa folia dançando nhou nesse período. Mas, o que se depre- conforme a música ou sair ende dessa publicação, o desafinando.

EXPEDIENTE

16 Anos

Filiado ao Sindijori Diretor Presidente e responsável: José Adonias Ribeiro Redação: Rua General Carneiro, 107 - CNPJ: 07.323.854/0001-58 Registro nº 3120725227-6 - Insc. Mun. 002429-5 E-mail:

jornalcentrodeminas@gmail.com Fone: (38) 9967-5930 Departamento Jurídico: Dr. Robert Waybe Gonçalves Editoração gráfica e Impressão: Jornal Centro de Minas

As maté­rias assi­na­das não repre­sen­tam neces­sa­ria­men­te a opi­nião do jor­nal, sendo de intei­ra res­pon­sa­bi­li­da­dede seus auto­res.

03

ÊTA BRASIL, AQUI TUDO PODE ACONTECER! * João da Trincheira

Gestores e chefes e, em alguns casos, uma turma de incompetentes ‘correndo atrás’, principalmente no serviço público - padrinhos ou madrinhas da área política fazem parte do jogo - até a casa cair e as cabeças rolarem: esta é a nossa realidade. No Brasil isso acontece especialmente em cidades pequenas e de médio porte. O pesadelo pode durar quatro anos e, se o povo não votar

“Tudo que é bom passa, mas tudo que é ruim deve passar e passar para nunca mais voltar” corretamente, o pesadelo pode dobrar e chegar à casa dos oito anos. Tudo que é bom passa, mas tudo que é ruim deve passar e passar para nunca mais voltar. Conseguir enganar o povo por mais de quatro anos é algo muito raro. Quando há briga entre um padrinho e o chefe mais graduado, além da cabeça do padrinho, pode rolar também a cabeça de seu afilhado. Uma lambança geral em algumas administrações públi-

cas por este Brasil afora. Está acontecendo de tudo por aí: mato nas ruas; buracos; muito lixo; animais soltos nas ruas e avenidas; em alguns grotões os funcionários ficam sem receber os seus salários. Vereadores que não tomam nenhuma atitude contra o gestor - porque recebem os seus salários em dia - deveriam ter seus mandatos cassados, isto se houvesse seriedade no trato com a coisa pública. Em algumas cidades de porte médio, o patrão não manda nada, os secretários não estão nem aí e querem mais é ver o circo pegar fogo. Na hora de exercitar o direito ao voto, observe se a pessoa tem liderança, se é honesto, se trabalha, porque político profissional é coisa do passado. Político deve ‘estar’ político enquanto representa o povo que o elegeu. Quem parte leva saudades ou quem fica pode ficar morrendo de dor com tantos prejuízos causados por uma gestão desastrosa. No Brasil se pode tudo ou quase tudo. Se ficarmos de braços cruzados e não denunciarmos, este país não sai da imoralidade em que se encontra, aliás, não podemos confundir dever com poder. Pagar funcionários em

dia é obrigação, pagar fornecedores em dia é obrigação, realizar os serviços essenciais é obrigação de toda administração pública. Serviços de limpeza, saúde, educação são obrigações e fazem parte do compromisso firmado entre o gestor e o eleitor. Os vereadores e os deputados ganham para fiscalizar os gestores espalhados pelo Brasil inteiro.

“Devem fiscalizar e cassar o mandato se necessário for. Este é o verdadeiro papel do legislativo” Devem fiscalizar e cassar o mandato se necessário for. Este é o verdadeiro papel do legislativo. * João da Trincheira é um brasileiro como você e como todos os leitores do CENTRO DE MINAS. É um inconformado com a situação em que as coisas chegaram em várias cidades do país. Reside em Curvelo e sua colaboração foi inteiramente espontânea. Semelhanças nas ideias e situações citadas podem não ser meras coincidências.

APOIO:

16 Anos

Oração ao Divino Espírito Santo - “ Vinde Espírito Santo, enchei os corações de Vossos Fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. O Verbo Divino se fez carne e veio habitar entre nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo,dai-nos a Paz”. Oração: Espírito Santo, Vós que me esclareceis em tudo, Vós que iluminais todos os caminhos para que eu atinja o meu ideal, Vós que me dais o dom divino de perdoar e esquecer o mal que me fazem, quero, neste curto diálogo, agradecer-vos por tudo e confirmar mais uma vez que jamais quero separar-me de Vós, por maiores que sejam as tentações materiais. Pelo contrario, quero tudo fazer em prol da humanidade para que possa merecer a glória perpetua na Vossa companhia e na companhia de meus irmãos. Ó Divino Espírito Santo, iluminais-me! Amem! Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave- Maria, 1 Gloria

Agora com delicioso almoço self-service com churrasco Av. Othon Bezerra de Melo, 1960

ao Pai e fazer o Sinal da Cruz.

04 de fevereiro de 2012


urutucvo@gmail.com

MAIS UM? O comentário esta semana foi a queda do secretário de Obras do Zé Maria, Marco Antônio Gallupo. Tudo indica que foi por causa da denúncia feita pelo engenheiro Valério Mourthé na Câmara a respeito do novo loteamento que foi liberado ao lado do bairro Jardim Paraíso. AINDA TEM MAIS... Há comentários também que tem mais gente envolvida dentro da Prefeitura de Curvelo – não só com este mas com outros loteamentos também. Uai Zé,

o machado que corre no João tem que correr no Dinho, no Tonho e por aí vai. Ou será que só porque os outros têm proteção no Legislativo eles vão ficar de bonitos na história? Olha isso direito, prefeito... Vai sobrar para você e, com certeza, a Controladoria não vai fechar os olhos, vai? Bom, é isso que os curvelanos de “bem” esperam. CPI DO LOTEAMENTO Comenta-se também que vai ter CPI deste loteamento. Vamos esperar para ver, pois nesta câmara são poucos os vereadores que

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS: Passo financiamento de casa, 2 qts, sala , copa, cozinha, banho , área e garagem tudo com fino acabamento (BAIRRO TIBIRA). MOTIVO : divisão de herança. Não aceito carro na troca. Entr: 30.000,00 PREST:459,00 , USE SEU FGTS. TRATAR : (38) 99456462 Vendo pálio 05/06, prata, 4 portas, ar condicionado, alarme, excelente estado de conservação. Contato: (38) 9916-7213

03

Vendo Logus ano 96 azul metálico. Preço abaixo da tabela. Tratar com Matheus. Cel: (38) 9862886 Vendo um Potro Mangalarga . Dois anos, macha picada, tem controle. Preto com as quatro patas brancas. Contato: (38) 998595891 Vendo um lote próximo a Av. Lúcio Guimarães (Av. Sanitária). Tratar: (38) 9932-0255

têm coragem de bater de frente com o Executivo. A maioria quer ganhar o seu quietinho. Com certeza o vereador Reinaldo Guimarães não vai deixar passar isso de liso, vai? Coragem e determinação é o que não falta nele. BRS 135 E 040 Vários são os cidadãos que precisam chegar na capital mais cedo, mas estão com muita dificuldade em fazer uma parada neste trecho. Motivo: maioria dos restaurantes e lanchonetes só abrem depois da 6h30. Foi perguntado a alguns dos proprietários o por quê e a resposta veio na hora: “infelizmente não temos segurança”. Uai, o que mais tem é veículos da Polícia Federal no trecho! Toda hora eles param motoristas e multam! Tem até helicóptero! Todos acham que o serviço tem que ser o mes-

mo, tanto na fiscalização quanto na segurança aos proprietários das lanchonetes. Será que é? O caso é que a Polícia Rodoviária cuida da rodovia – trânsito e suas infrações, etc. A segurança dos povoados e lugarejos, fica com quem??? Com certeza os consumidores iriam agradecer se alguém esclarecesse e resolvesse. Sair de Curvelo para BH na madrugada e não ter onde parar é duro!

catástrofe. Tem consumidor que perdeu carne, leite e até os pintinhos que estavam na chocadeira! A Cemig agora além de se preocupar com as chuvas, vai ter que preocupar-se com a chuva de ações por perdas e danos. E vai ter é elas, viu? Enquanto isso, nem explicação a Cemig deu para o povo da nossa região. Senta um vermelho neles, Adonias! A Cemig agora merece.

CEMIG

CANAL DE TV

Esta semana causou um caos a falta de energia em Curvelo e região. E o pior: nem tem ninguém aqui pra falar sobre o assunto, tudo agora é lá em Montes Claros. A redação do CENTRO DE MINAS tentou por várias vezes ver o que estava acontecendo. Há casas que ficaram até cinco dias sem energia - na zona rural, então, nem se fala. Foi uma

Esse negócio de depender lá do tal do MOC tá difícil. O canal da Globo então, ta saindo demais do ar. Os mais humildes não têm vez, quando não falta energia, os canais de TV ficam fora do ar. E o pior: temos que ficar lá implorando pro pessoal de Montes Claros. Aqui na nossa região temos que olhar pra frente, não para trás. O certo é depen-

dermos da capital, não do norte. Estamos certos ou errados? Estamos falando pro deserto, pois nem a prefeitura nem na câmara está nem aí pra quem não pode pagar TV a cabo, né? Agora, utilizar veículos para ir a BH, nossa... é quase toda hora! PARA FINALIZAR... Esta coluna questiona todo mundo que precisar: da câmara de Curvelo à Presidência da República. Não adianta achar ruim e fazer carinha feia. Falando nisso, dizem que afinal lá no tal gabinete da Casa se controla tudo. Então vão as perguntas: Quanto de vale de viagem é fornecido por dia aí, hein? Quanto que foi gasto de combustível nos últimos três anos? Responder por ano, viu. Bom, vamos aguardar as respostas... se é que eles vão ter coragem de mandar...

Grande oportunidade em BH Vendo um apartamento com três quartos, um com suíte, todos com armário embutidos. Sala, copa, banheiro social, quarto de empregada com banheiro e área de serviço. Ótima localização, primeiro andar, rua Pouso Alegre ao lado do Hospital da Mulher e Maternidade Santa Fé. Sete minutos do centro da capital. Com excelente estado.

Contato: (38) 3721-5680 ou (38) 9954-0784

04 de fevereiro de 2012


VAI ENTENDER...

DE COISAS

Newtinho Por Newton Vieira

CARNAVAL DE DIAMANTINA Se Curvelo não tem mais carnaval, falemos do carnaval de Diamantina. Localizada na Reserva da Biosfera da Serra do Espinhaço, Diamantina se destaca pela exuberante natureza, conjunto arquitetônico e manifestações culturais que a consagraram Patrimônio da Humanidade. Isso sem falar na gastronomia, nas serestas, no artesanato, na religiosidade, na poesia espontânea das ruas. E a Vesperata, hein? Sem palavras para definir tão belo espetáculo. Berço de personalidades históricas, como a negra Chica da Silva e o presidente Juscelino Kubitscheck, guarda também a herança de outros importantes responsáveis por sua construção ao longo do tempo: os escravos anônimos, os tropeiros, os garimpeiros. Com tantos atributos, a

cidade não deixaria de brilhar na maior festa popular do planeta. Na abertura do carnaval, a Corte Real Momesca desfilará acompanhada por bandas de música. Na Rua da Quitanda, o Rei Momo se encontrará com o prefeito, padre Geraldo Macedo, que lhe passará a “chave da cidade”. No Espaço Sectur, a Banda do Sr. Macena tocará marchinhas de carnaval, nas sacadas do prédio da Secretaria de Cultura, Turismo e Patrimônio. O Beco do Mota se transformará em um ambiente mais intimista dedicado à MPB. No Espaço TITI, entre as ruas do Burgalhau e do Ouro, terá vez a música eletrônica. Não faltará, é lógico, o setor reservado à apresentação das tradicionais bandas Bartucada e BatCaverna, cuja folia não tem hora para acabar.

PARABÉNS, SÉRGIO MENDES Músico do mais elevado gabarito, Sérgio Mendes e seu parceiro Carlinhos Brown concorrem ao Oscar 2012 de Melhor Canção com “Real in Rio”, faixa integrante do filme “Rio”, de Carlos Saldanha. “Real in Rio” tem como única concorrente na disputa pela estatueta a composição “Music” (Original Song), do longa “Os Muppets”. Mas, atenção: não se trata da mesma categoria do prêmio de Melhor Trilha Sonora. Nada a ver. Caso se sagre vencedora – e espero vença –, a dupla Carlinhos/Sérgio será laureada na cerimônia de 26 próximo, no Teatro Kodak, em Los Angeles, com apresentação do ator e comediante Billy Crystal. Niteroinse de nascimento, Sérgio Mendes, ícone da Bossa Nova, iniciou a carreira no Sexteto Bossa Rio. Em viagens pela Europa e pelos Estados Unidos, gravou álbuns com Cannonball Adderley e Herbie Mann. Tocou no Carnegie Hall. Na década de 1960, mudou-se em definitivo para a

04

A mais recente edição do prestigioso jornal CN deu bem uma ideia de a quantas anda o desgoverno do prefeito nota zero de Curvelo, doutor José Maria Penna Silva. Na capa, na parte superior direita, a notícia de que o orçamento do Município para 2012 está na casa dos R$ 101 milhões. Até as pedras fizeram as contas e mataram a charada: o orçamento aumentou significativamente nos últimos anos. Apesar disso, na mesmíssima capa, lá embaixo, a nota triste: o povo não terá carnaval na praça por falta de verba. E os contrassensos não param aí. Nas páginas internas, mais dois absurdos: 1) na decoração natalina de 2011, a Prefeitura teve de reciclar materiais antigos para garantir ao menos alguns pontos de luz no centro da cidade; 2) a Banda de Música Lira Centenário não tem

recebido a subvenção a que tem direito. Jornal CN à parte, se o orçamento sobe e a população se vê privada de serviços básicos, por que o prefeito teve necessidade de fazer empréstimo de R$ 5 milhões? Onde estará o dinheiro que antes até sobrava? Será que o gato comeu e ninguém viu, tal como na marcha carnavalesca gravada pela Gal Costa? Pois é. Tudo isso acontecendo, e o prefeito a dizer em entrevista à imprensa, na maior cara de pau, que desafia alguém a apontar o administrador que tenha realizado mais do que ele em benefício de Curvelo. De duas, uma: ou o chefe do quatriênio das trevas pensa estar o tempo inteiro em algum programa humorístico, ou ele continua a fazer pouco-caso da inteligência dos curvelanos. Vai entender...

Zuzu Angel, mesmo depois de “encantada”, recebeu a Comenda do Mérito Cultural

América do Norte. Não faz muito tempo, gravou com o Black Eyed Peas fantástica versão da música “Mas que nada” (Jorge Benjor). Sérgio Mendes se liga à história de Curvelo pelo fato de ter sido ele quem levou para os Estados Unidos a curvelana Raimunda Pereira de Brito, a Dona Remy, sua amiga, depois conhecida no mundo inteiro como a chefe de cozinha e confidente do astro Michael Jackson. De sua casa em Los Angeles, Dona Remy fez questão de mandar esta mensagem aos conterrâneos: “Por favor, unam-se a mim na torcida pela vitória do Sérgio e do Carlinhos. Eles e a música popular Brasileira merecem o Oscar”. O brilhante compositor está de parabéns, tanto pelo trabalho artístico prestes a ganhar a estatueta quanto pelo aniversário, comemorado neste 11 de fevereiro. Viva Sérgio Mendes!

No corre-corre de fim de ano, deixei de noticiar (falha imperdoável) a entrega da Comenda da Ordem do Mérito Cultural (in memoriam) à imortal estilista curvelana Zuzu Angel. Só me lembrei disso agora, ao remexer nas gavetas e encontrar o convite do Ministério da Cultura. Eu, pecador, confesso-me: minha culpa, minha culpa, minha máxima culpa! A jornalista Hildegard Angel, filha da Rainha da Moda, recebeu a honraria das mãos da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, dia 9 de novembro de 2011, no Recife, em solenidade no Teatro Santa Izabel. Em seguida, participou de jantar comemorativo no Palácio do Campo das Princesas. A entrega

seria feita pela própria presidente da República, Dilma Rousseff, que ficou impedida de comparecer na última hora. Na lista dos homenageados, dentre outros: Luiz Melodia, Antônio Nóbrega, Antônio Pitanga, Jair Rodrigues, Hector Babenco, Beth Carvalho, Lygia Bojunga, Grupo Galpão, Academia Brasileira de Letras, Quinteto Violado... No rol dos “encantados”, como diria Guimarães Rosa, além de Zuzu, foram inseridos: Mário Lago, Nélson Cavaquinho, Herbert de Souza (Betinho), Leila Diniz... Ufa! Verdadeira constelação de valores eternos. Quem esteve lá garante: o nome de Zuzu Angel foi um dos mais aplaudidos.

Sérgio Mendes, o compositor que levou a curvelana Dona Remy para os EUA, pode levar o Oscar 2012 de Melhor Canção

Classificada entre as dez mais belas no concurso Garota e Garoto Super 2011, promovido pelo jornal SUPERNOTÍCIAS, a caetanopolitana Natália Diniz Braga, filha de Joaquim Braga e Maione Diniz, começou 2012 com altas perspectivas na carreira de modelo internacional. Neste momento, ela se encontra em Manila,

capital das Filipinas, depois de passar por Joanesburgo, na África do Sul. Inteligente, extrovertida, dedicada à família e aos estudos, a beldade tem muito mais do que rosto e corpo bonitos. Vocês ainda ouvirão falar muito nela. Sucesso, Natália! Torço por você!

ZUZU NO RECIFE

Natália Diniz, de Caetanópolis, inicia carreira de modelo internacional

CLARA NUNES NO RIO GRANDE

Apaixonada pela obra de Clara Nunes, a cantora potiguar Valéria Oliveira criou o show “Em Águas Claras”, reapresentado nos dias 1º e 2 de fevereiro, quarta e quinta passadas, às 20h, em Natal (RN), com sucesso antecipado de público, uma vez que o teatro do Centro Cultural Casa da Ribeira, com grande antecedência, já se encontrava com lotação esgotada para ambos os dias. Com a reedição do show, Valéria celebrou os 70 anos de nascimento da Guerreira. De acordo com o jornal TRIBUNA DO NORTE, “o show ‘Em Águas Claras’ traz a voz doce e límpida de Valéria Oliveira ao som da banda formada por Jubileu Filho (baixo/trompete/ vocal e direção musical), Alexandre Moreira (violão de 7 cordas e bandolim), Cacá Veloso (violão de 6 cordas), Gustavo Medeiros (cavaquinho), Déo (pandeiros e vocal), Aloysio Pisão (bateria), Kellinei (percussão e vocal), Ângela Castro e Tiquinha Rodrigues (vocais). No repertório, canções imortalizadas por Clara Nunes, como

‘Tristeza Pé no Chão’ (Armando Fernandes), ‘Canto das Três Raças’ (Mauro Duarte/Paulo César Pinheiro), ‘Você Passa e Eu Acho Graça’ (Ataulpho Alves/Carlos Imperial), ‘O Mar Serenou’ (Candeia), ‘Juízo Final’ (Nélson Cavaquinho/Élcio Soares) e ‘Jardim da Solidão’ (Monarco), entre outros sucessos”. Na manhã de 1º de fevereiro, Mônica Macdowell, produtora do show “Em Águas Claras”, conversou comigo por telefone e me disse que o projeto de homenagear Clara Nunes será de longo prazo e incluirá outros espetáculos. “A Valéria se emociona só de ouvir o nome de Clara Nunes, baluarte da cultura nacional. Teremos outros espetáculos ao longo do ano e, pelo menos em um deles, esperamos contar com a presença de representantes da terra em que nasceu ‘o ser de luz’”, acentuou. Valéria Oliveira acaba de completar vinte anos de carreira. Em março ela seguirá para mais uma temporada internacional, desta feita em Nova Orleans - EUA.

NATÁLIA NAS FILIPINAS

Clara Nunes, a Guerreira da MPB, está mais do que viva no Rio Grande do Norte.

FOTO: ARQUIVO DA FAMÍLIA

04 de fevereiro de 2012


R$ 600 MIL PARA CURVELO Emenda no valor de R$ 600 mil, garantida pelo deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) para Curvelo, foi aprovada e já empenhada pelo Governo Federal. O recurso deverá ser aplicado em obras de infraestrutura urbana. “Com esta verba, a expectativa é trazer melhorias para que os curvelanos tenham mais qualidade de vida. Acredito também que este recurso irá ajudar Curvelo a aprimorar sua estrutura e incrementar a economia da cidade. Cabe agora ao Governo Federal a liberação deste valor”, diz Azeredo. O recurso, incluído no Orçamento Geral da União (OGU) do ano passado, foi proposto por Azeredo quando ainda estava no Senado. A verba poderá ser usada na construção de passarelas, meios-fios, asfaltamento e pontes, desde que localizados na zona urbana. A Prefeitura ficará encarregada de definir os locais que serão beneficiados. PODE VIR MAIS R$ 1,1 MILHÃO Para o OGU 2012, Azeredo apresentou emendas

05

que irão beneficiar Curvelo com mais R$ 1.100.000,00. Ao todo, são duas emendas nas áreas de infraestrutura e saúde. A data de liberação dos valores depende agora do Governo Federal. Azeredo indicou R$ 400 mil que deverão ser gastos em obras de urbanização de estrada. Para a saúde foram R$ 700 mil que serão destinados para a implantação do Instituto do Câncer do Hospital Imaculada Conceição. O Instituto atenderá pacientes de 52 municípios, originários do SUS ou que não disponham de recursos suficientes para um tratamento oncológico. “O Instituto do Câncer precisa e merece do apoio de todos. É um grande projeto que vai ajudar muitas famílias da região. E Curvelo é uma cidade pela qual tenho grande apreço, por isso é que, através de minha atuação parlamentar, trabalho para que continue sempre avançando”, afirma Azeredo.

Eduardo Azeredo, filho do saudoso Renato Azeredo, que dá nome a uma das principais avenidas curvelanas: “estou feliz em ajudar esta cidade que tanto significou para meu pai e para a minha infância”

04 de fevereiro de 2012


Corinto

E

m concorrida cerimônia, realizada na cidade do Corinto, o Delegado Regional de Curvelo, Dr. André Pelli, e o Delegado de Polícia da Comarca de Buenópolis, Tiago Batista Leal, foram homenageados pela 133ª Subseção da OAB, instalada naquela cidade. Os Delegados receberam uma placa em agradecimento pelos relevantes serviços prestados à causa da Justiça e na defesa dos interesses sociais. Na ocasião foi instalada a OAB

06

Delegados são homenageados pela OAB JOVEM naquela cidade. A cerimônia contou com a presença do Presidente da OAB de Corinto, Dr. Adilson Alves Moreira, do Prefeito Municipal, Nilton Ferreira, além de várias autoridades municipais, advogados da região e do representante do presidente da OAB/MG. Também esteve presente: Advogado Geral da União, representante do MP e do Poder Judiciário.

Dr. André Peli, foi um dos homenageados com a entrega da placa na cerimônia Mesa de autoridades presente no evento

04 de fevereiro de 2012


07

04 de fevereiro de 2012


Mudanças no modelo de Assistência à Saúde Ipsemg já estão em vigor Novas regras, que foram negociadas com sindicatos e aprovadas pela Assembleia Legislativa, visam melhorar atendimento aos usuários Novas regras visam o aprimoramento dos serviços de saúde oferecidos aos beneficiários do Ipsemg Já estão em vigor as novas regras de assistência à saúde do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) estabelecidas pela Lei Complementar 121/2011, aprovada pela Assembleia Legislativa em dezembro. As mudanças – que foram negociadas com diversos sindicatos que representam os servidores públicos – visam melhorar o atendimento aos usuários (servidores, dependentes e pensionistas) e, ao mesmo tempo, proporcionar o equilíbrio financeiro do Instituto. Entre os benefícios para os servidores está a manutenção da gratuidade do plano para os dependentes com idade até 21 anos, que atualmente somam mais de 100 mil. Além disso, foi ampliado o limite de idade dos filhos dependentes, independente se são estudantes ou solteiros. Os filhos com idade entre 21 e 35 anos poderão ser beneficiários, pagando, como contribuição, o valor do piso de R$ 30,00. Outra alteração na legislação beneficia especialmente professores e demais servidores que têm mais de um cargo no Estado. Atualmente, existem aproximadamente 33 mil servidores nessa condição. No modelo anterior, esses profissionais eram obrigados a contribuir mais de uma vez. Com a nova Lei, será cobrada apenas uma contribuição, prevalecendo o valor do vínculo de maior remuneração. AMPLA NEGOCIAÇÃO As alterações no modelo

08

ram não oferecer essa prestação de serviços aos servidores. “O Governo de Minas não só optou por oferecer este benefício como está trabalhando para aprimorá-lo e torna-lo sustentável”, afirma a presidente do Ipsemg, Jomara Alves da Silva. NOVO MODELO

de Assistência à Saúde Ipsemg foram negociadas e aprovadas por diversos sindicatos que representam servidores públicos de várias categorias. Antes do envio das propostas à Assembleia Legislativa foram feitas várias reuniões para discutir as medidas, das quais participaram as seguintes entidades: Sindicato Único dos Trabalhadores na Saúde (Sind-Saúde), Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Minas Gerais (Sindpúblicos), Sindicato dos Servidores do Ipsemg (Sisipsemg), Sindicato dos Técnicos de Tributação, Fiscalização e Arrecadação (Sinffaz), Sindicato dos Médicos (Sinmed), Sindicato dos Especialistas em Educação (Sindesp G), Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais (Asthemg) e Associação dos Servidores do Instituto Mineiro de Agropecuária (Assima). SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA Um dos objetivos das alterações no modelo de Assistência à Saúde Ipsemg é equilibrar as finanças do Instituto

e, consequentemente, viabilizar a sua sustentabilidade a médio e longo prazo. Uma das mudanças estabelecidas pela nova lei é a instituição de um piso de contribuição no valor de R$ 30. Já o teto de contribuição passa dos atuais R$ 232 para R$ 250. Atualmente, 359 mil beneficiários do Ipsemg não contribuem e 161 mil contribuem com valores entre R$ 1 e R$ 30. A proposta prevê ainda que os dependentes que não são filhos – como cônjuge, companheiro, pensionista e outros – contribuirão com o valor de 3,2% da remuneração do titular. Para este caso, também será aplicado o piso de R$ 30. O somatório das contribuições do segurado e dos dependentes nesta situação não poderá exceder o teto de R$ 250. Importante ressaltar que a assistência à saúde dos servidores é um benefício facultativo, ou seja, que podem ou não ser adotados pelos estados. Em algumas unidades da federação – como Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins – decidi-

Além disso, o novo modelo de Assistência à Saúde Ipsemg se aproxima muito do adotado em outros Estados brasileiros. Na Bahia, por exemplo, o valor mínimo de contribuição por usuário é de R$ 26, contra os R$ 30 que estão sendo sugeridos em Minas. Já o valor máximo de contribuição em Minas será de R$ 250, contra R$ 290 na Bahia. No caso da contribuição máxima, Minas terá um dos valores mais baixos do país (R$ 250), na comparação com outros Estados. No Pará, por exemplo, a contribuição máxima é de R$ 500, no Mato Grosso de R$ 323, em Santa Catarina R$ 320 e em Goiás, R$ 295. O Ipsemg encerrou o ano de 2011 contabilizando a realização de mais de 11 milhões de procedimentos (consultas, exames, internações e cirurgias) contra 9,1 milhões registrados em 2010 e 6,3 milhões executados em 2005. Cada beneficiário realizou, em média, 2,4 consultas por ano e 3,6 exames por consulta. “Com as novas regras, será possível manter o plano de saúde dos servidores e seus dependentes inscritos e oferecer serviços com mais qualidade e segurança”, conclui a presidente do Instituto, Jomara Alves da Silva.

04 de fevereiro de 2012


09

04 de fevereiro de 2012


10

04 de fevereiro de 2012


Matando Saudade/ Presidente Juscelino

Como já tínhamos prometido, aqui está a foto do Primeiro Quadro do Paraúna Futebol Clube. Em pé: Tita, Noca, Carlito, Eloi, Zé Barbosa e Palito, que forneceu a foto. Agachados: o mascote Nâna, Adriano, Valdir, Lúcio, Mário e Nezinho. Essa equipe fez muito time tremer, principalmente os de Curvelo, como o Atlético, o Maria Amália, o DER e o próprio Curvelo Esporte Clube. Segundos os jogadores, o Paraúna só ganhava. Essa foto foi tirada em 1969, antes da partida com o Frigodiniz, do saudoso Aquilis Diniz. O Paraúna venceu por 3X1, com

gols de Nenzinho e Lúcio. Nesta época o Frigodiniz disputava a Copa Itatiaia. Para o vereador Betinho, é emocionante ver esses registros. “Além de ser emocionante relembrar os nossos craques de Presidente Juscelino, é gratificante. Parabenizamos o CENTRO DE MINAS por nos ceder este espaço. E, na próxima reunião da Câmara, irei fazer uma moção aos jogadores que estão aí e aos familiares daqueles que estão com Deus. É o mínimo que podemos fazer hoje pelas muitas alegrias que nos deram”.

Prezados leitores, esta coluna do CENTRO DE MINAS cumprirá o papel de informar, com o máximo de isenção, sobre os fatos pertinentes à segurança pública em Curvelo e Região. Todas as notas aqui publicadas são redigidas com base em boletins de ocorrência (B.O.) da Polícia Militar ou mesmo em e-mails e informes da Regional da Polícia Civil ou da Assessoria de Comunicação do Comando da Polícia Militar de Minas Gerais e Polícia Civil de Minas Gerais.

POLÍCIA MILITAR PEGA LADRÕES DOS CORREIOS NO FLAGRA No dia 31 de janeiro, por volta das 11:40 horas, funcionários dos Correios, acionaram a Polícia Militar em Presidente Juscelino e relataram que dois indivíduos armados, chegaram em uma motocicleta e os renderam, roubando certa quantia em dinheiro, fugindo em seguida do local. Policiais Militares do Destacamento de Presidente Juscelino foram informados que os ladrões teriam fugido por uma estrada vicinal pela zona rural, indo para Santana de Pirapama, seguidos por um veiculo Fiat Palio de cor roxa. Com essas informações e características dos autores, foi feito contato com a polícia daquela cidade e ainda de Jequitibá, Baldim e Funilândia. Um intenso rastreamento foi iniciado. Na zona rural de Santana, em comunidades conhecidas como Tibuna e Onça, os ladrões foram cercados. O Pálio e a motocicleta teve sua passagem bloqueada. Após perseguição, a polícia pôs as mãos nos sus-

11

peitos. Com o condutor da moto foi encontrada uma mochila preta, contendo R$31.652,60. Ele admitiu ser da agência dos Correios e também que participou do roubo, junto com um rapaz conhecido por “Tico”. Também foram apreendidos com ele um celular e um cupom fiscal datado de 27/ Jan/12 no qual constava que seu detentor esteve na cidade de Presidente Juscelino e comprou na agência dos Correios quatro bilhetes da Tele-Sena.

Nome misterioso O Pálio, que estava sendo conduzido por uma pessoa identificada pela PM apenas como L.H., foi abordado próximo à ponte sobre o Rio das Velhas, na cidade de Jequitibá, e seu motorista também confirmou ter participado do assalto. Ele também contou aos policiais militares que o plano começou a ser arquitetado na quarta-feira da semana passada, por telefone, com a participação de um rapaz

chamado Geraldo, que conheceria bem a região de Presidente Juscelino. Tico e o tal Geraldo seriam da cidade de Santa Luzia (região metropolitana de BH) e não foram localizados. Os veículos, o dinheiro e demais materiais encontrados foram apreendidos e os ladrões confessos, Lucas e Luciano foram presos em flagrante e conduzidos para a Polícia Federal (já que o crime é federal), em Belo Horizonte.

Tel:(38) 9914-1478

Nathália Pais Fernandes Engenharia de Produção Civil

CREA: 122988

Elaboração de Planilhas de serviços; Construção de Projetos (Autocard); Consultoria em Planejamento de Obras (Ferramenta MS Project); Montagem de processos de financiamento de imóveis e processos licitatórios; Fiscalização de Obras e realização de medições.

04 de fevereiro de 2012


PEDRO ALCHIMIN: um exemplo a ser seguido. Esta nota especial vai para um dos maiores amigos do CENTRO DE MINAS, o Sr. Pedro Alchimin. Depois de passar por um aperto na saúde – e tirar de letra essa prova, né seu Pedro? – ele continua firme e forte, distribuindo o Jornal por onde vai. Coisa aliás, que faz há muitos anos, para nosso orgulho e satisfação. Sr. Pedro, o senhor é um exemplo, não apenas pela maneira como nos brinda com sua amizade, mas pela vitalidade e lição de vida. Grande abraço, de toda a equipe do CENTRO DE MINAS!

Rogério Silva curtindo o seu neto, Arthur

12

Fotos: Foto Calazans

Karla Vitória, filha de Fábio Guimarães e Edna, ganhou festa no clube da AABB, com direito a Vera Bufet e sonorização do DJ Léo. Aqui, feliz ao lado dos irmãos Jéssica e Fábio Esta foi a Missa em comemoração às ‘’Bodas de Ouro” de Nilson Ricardo e Francisca da Silva Ricardo, casal exemplo de perseverância e união familiar

Foi um sucesso a estréia da nova banda “Os Barcanas”, no espaço Jardim. Eles prometem! Dr. Alberto Diniz Filho está

atendendo em Curvelo e BH, continuando sua carreira de oftalmologista de alto nível. A ele os nossos cumprimentos.

04 de fevereiro de 2012


Jornal Centro de Minas edição 550