Page 1

WWW.BUSINESSREVIEWBRASIL.COM

NOVEMBRO 2014

Marketing Assessoria de imprena é irrelevante ou fundamental?

REVOLUÇÃO

Finanças A temida Bolsa de Valores

KEPLER WEBER: SOLUÇÕES INOVADORAS EM ARMAZENAGEM DE GRÃOS


C A R TA D A E D I T O R A

CONTRIBUIDORES

Fernando Cunha Jornalista, escritor, assessor de imprensa, blogueiro e especialista em Gestão de Comunicação, Comunicação Estratégica, Institucional e Conteúdo. Atuou em empresas como Odebrecht, órgãos públicos, e realizou trabalhos para diversas empresas, instituições e clientes. Atualmente é responsável pela comunicação da empresa de tecnologia da informação WebGlobal.

Bianca Benassi Fundadora e Proprietária da empresa Sentido Vital - Empowerment & Coaching. Psicóloga e master coach. Atua como Coach de empreendedores, líderes e empresários em processos de Professional, Leadership e Business Coaching.

Estratégia é a palavra do mês Sempre que estamos perto do fim do ano, antes de chegarmos ao planejamento das novas resoluções para o ano que vinda, as dúvidas mais frequentes referem-se normalmente ao o que fizemos até esse ponto. As tendências são sempre uma boa estratégia para sentir a direção que os bons ventos estão soprando e, a própria movimentação da Bolsa de Valores, por exemplo, pode ser uma boa ferramenta para iniciar um investimento. Na sessão de Finanças dessa edição, apesar das muitas circunstâncias, você vai poder esclarecer um pouquinho mais sobre alguns tipos de negociações e suas principais características. Enquanto isso, vale a pena continuar acompanhando as novidades tecnológicas – como é o caso das modernas impressoras 3D que aos poucos estão dominando o mercado e, só no ano passado, movimentou cerca de 3 bilhões de dólares.

Natalia Fernandes

A importância na forma de liderar sua

Founder and CEO na Zaru Comunicação. Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo e MBA em Controladoria e Finanças pela Universidade Cruzeiro do Sul. Atuando com Assessoria de Imprensa com clientes em diversas áreas destacando Lets Wok, Marcos & Bueno, RP Mídia, Sentido Vital entre outros.

equipe também é destaque dessa edição,

Luiz Fernando Dompieri

como o desempenho geral da sua equipe.

Graduado e Pós Graduado em Administração de Empresas, atuou em empresas como KPMG, General Motors e Delphi.

mostrando que o crescimento da empresa, assim como o desenvolvimento positivo dos colaboradores, tem tudo a ver com o exemplo que vem de cima. E aproveitando o ensejo, guarde na gaveta umas boas dicas de motivação profissional que a gente traz no Top 10 para avaliar tanto o seu,

Boa leitura,

Flávia Brancato Editora flavia.brancato@wdmgroup.com 3


48

CONTEÚDO

Kepler Weber

SEÇÕES 6 Tecnologia

Impressão 3D pode vir a ser a terceira revolução industrial

14 Finanças

Ações e Opções

20 Marketing

Até quando a Assessoria de Imprensa é necessária

28 Liderança

O relacionamento entre os cargos de chefia e seus funcionários pode mudar o rumo da sua corporação

130

36 Top 10

10 Passos NAMCOR para avaliar a motivação da sua equipe

PERFIL CORPORATIVO FABRICAÇÃO 48 Kepler Weber 62 Teksid 76 AEA

144 FMM

LOGÍSTICA 152 ID Logistics

ENERGIA 84 CPFL 98 Desenvix

SAÚDE

110 Biocor Instituto

110 Biocor Instituto 122 SINDUSFARMA

CONSTRUÇÃO 130 JCB Brasil

4

Novembro 2014

122

SINDUSFARMA


98

84

Desenvix

CPFL

76 AEA

130

JCB Brasil

5


TECNOLOGIA

UM V


IMPRESSテグ 3D

MA REALIDADE CADA VEZ MAIS PRESENTE E S C R I T O P O R LU I Z F E R N A N D O D O M P I E R I D I R E TO R G E R A L D A R O BT E C 7


TECNOLOGIA

N

o final do século 18, o mundo viu ter início aquela que é considerada a primeira Revolução Industrial, responsável por transformar toda a produção de fábricas na Europa e, anos depois, nos Estados Unidos. Foi nesse período que surgiram as primeiras máquinas e, consequentemente, enxergou-se que, de fato, era possível evoluir na execução de processos industriais. Mais de 200 anos depois, já nos anos 1990, foi o grande “boom” da Internet que deixou sua marca e mudou o modo de comunicação, comercialização e, certamente, a vida de todos nós. Nesses últimos 20, 25 anos, a tecnologia não parou de evoluir e nos apresenta novidades a todo instante. Mas, mesmo diante de um avanço tão rápido, quem poderia imaginar, há pouquíssimo tempo, que seria possível imprimir objetos, quaisquer que fossem, dentro da nossa própria casa? É aí que surge a impressão 3D, uma inovação que chegou aos poucos, movimentou 3 bilhões de dólares ao redor do mundo em 2013 e deve movimentar 21 bilhões de dólares em 2020. 8

Novembro 2014

Para alguns, as impressoras 3D podem vir a ser as responsáveis pela terceira revolução industrial, já que estão presentes em muitos processos fabris. Elas começaram a revolucionar os setores que mais demandam esse tipo de tecnologia, muito pelo fato de as companhias perceberem que é vantajoso visualizar um projeto antes de iniciar a produção em massa - surgiu, então, o trabalho com protótipos impressos em três dimensões. Bons exemplos são as montadoras automobilísticas e as


grandes indústrias, que colocaram a criatividade à prova, sem medo de que algo desse errado. Quando o assunto são as novas tecnologias, o Brasil precisa ser citado. Uma pesquisa realizada há alguns anos pela Accenture, empresa global de consultoria e outsourcing, ouviu os consumidores de oito países e apontou que os brasileiros são aqueles que mais consomem eletrônicos em 15 categorias de produtos. E a impressão tridimensional é o melhor exemplo

dessa paixão nacional: nos últimos anos, as vendas de equipamentos ligados a essa tecnologia vem dobrando a cada ano, com previsões ainda mais otimistas para o futuro próximo. O fato é que o Brasil, mais que a grande maioria dos países, está presenciando a democratização da impressão 3D, que se faz presente em diversos ramos do mercado. Agora, qualquer pequeno ou médio empresário pode obter a máquina e conhecer de perto seus benefícios. 9


TECNOLOGIA

Outro setor beneficiado é a educação, já que o equipamento permite maior interatividade entre professor e aluno, principalmente em aulas de Engenharia e Mecânica. Ninguém mais, porém, que o consumidor final, a pessoa física, tem tido mais acesso às impressoras tridimensionais, seja para tê-las como um aparelho útil no dia a dia ou apenas para brincar com as inúmeras formas de criação que elas permitem. 10

Novembro 2014

Um dos motivos principais para o latente crescimento na procura pelos equipamentos é a baixa nos preços. Com valor padrão sempre próximo de R$ 40 mil, e geralmente acessíveis apenas para grandes empresas, as impressoras 3D hoje já existem no modelo pessoal e custam cerca de R$ 5,5 mil – ou seja, podem ser adquiridas por qualquer pessoa que tenha certo poder de consumo. Outro facilitador é a execução cada


BUSINESS REVIEW BRASIL

vez mais simples do procedimento completo. Se até cerca de um ano atrás ainda eram exigidas algumas qualificações técnicas, como o manuseio de programas como o CAD (Computer-aided Design), hoje já chegaram ao Brasil, custando cerca de R$ 2 mil, os escâneres ópticos, equipamentos que permitem a qualquer leigo a criação de um arquivo em três dimensões – assim como no caso de documento em Word para

as impressoras 2D convencionais, é desses arquivos que são gerados os objetos tridimensionais. Uma terceira opção para os aficionados é baixar arquivos já prontos da Internet. Cada vez mais designers têm disponibilizado arquivos já prontos em sites especializados, que funcionam como e-commerce da tecnologia e entregam as peças impressas na casa do comprador. Bastam alguns cliques 11


TECNOLOGIA

12

Novembro 2014


BUSINESS REVIEW BRASIL

para ter o objeto que você deseja. A grande verdade é que as pessoas e instituições, a cada dia, passam a enxergar uma utilidade diferente nas impressoras 3D. As máquinas já estão presentes na medicina, sendo capazes de criar um novo crânio a acidentados; na produção de joias, ao proporcionarem os detalhes necessários para os objetos; na arquitetura, sendo capazes de imprimir maquetes inteiras de uma só vez; no mercado musical, em que as primeiras guitarras totalmente impressas em três dimensões já começam a ser desenvolvidas; e, para citar um último exemplo, nos

shoppings centers, onde ganham espaço dia após dia os quiosques que imprimem miniaturas de pessoas. A conclusão a que chegamos é que, sem sombra de dúvidas, vale a pena democratizar a impressão 3D. Especialmente aqui no Brasil, onde há milhares de talentos ávidos para ter acesso a esse tipo de tecnologia, é o meio perfeito para se criar tudo o que está escondido no imaginário de cada um. A cada dia, novos equipamentos são lançados, novas aplicações são encontradas e novos usuários aderem à tendência. Embora tudo ainda seja muito novo, esse pode ser o começo de uma revolução. 13


FINANÇAS

TENDÊNCIA, ESTRATÉGIA OU VALOR DE MERCADO? E S C R ITO PO R F LÁV I A B RA N C ATO


FINANÇAS

E

ntre as milhares de dúvidas no que diz respeito à - para muitos - intimidante Bolsa de Valores, como operar, onde investir, onde não arriscar e assim por diante, resolvi fazer um recapitulação do que vem acontecendo nos últimos meses e, baseado nos tipos de negociações e suas principais características, entender melhor qual o andar da carruagem e talvez assim, conseguir fazer com que as coisas tenham mais sentido. Primeiro começaram os rumores que algumas – grandes – empresas já estão pretendendo retirar as suas ações de negociação na BM&FBovespa ainda esse ano. Em meio as circunstâncias, algumas justificativas se concentram na redução de custos administrativos ou na liquidez no país de origem. O fechamento de capital, apesar de ser, segundo especialistas, um movimento natural no mercado de ações, gera polêmica pelo fato de 2014 também ser o primeiro ano na última década que não resgistrou nenhuma abertura de capital. Independentemente, as empresas que ficam têm um grande potencial 16

Novembro 2014

e, as diferenças entre elas, pode ser o tamanho dos seus “caps”. As especificações podem variar por exemplo entre ‘Microcaps’, ‘Small Caps’ ou ‘Large Caps’, onde “cap” faz referência à “capitalização”, que nada mais é que o valor da empresa no mercado. Ou seja, as gigantes Petrobras ou Vale do Rio Doce, cujo valor ultrapassa centenas de bilhões de reais, são exemplos de


BUSINESS REVIEW BRASIL

“Large Caps” e geralmente as mais disputadas no mercado de renda variável para a grande maioria dos debutantes no mundo das ações. No entanto, os rótulos de grandes ou pequenas são subjetivos pois sofrem alterações do mercado e podem mudar relativamente a estrutura da empresa ao longo do tempo. Investir em uma “Large Cap” nem sempre significa menos risco. As

ações de uma Small Cap também são frequentemente citadas como bons investimentos, devido as suas baixas avaliações e o grande potencial de crescimento. Depois entram as Microcaps que são justamente caracterizadas pelo baixo valor de mercado – uma média de R$ 300 milhões – onde em alguns casos o volume de negociação diária pode atingir apenas R$ 50 mil. 17


FINANÇAS

De um modo geral, antes de tomar a decisão de que tipo de investimento corresponde melhor com as suas necessidades, lembre-se de levar em consideração quais são as suas reais expectativas. O potencial de valorização das pequenas, apesar de ser alto, leva um certo tempo de maturação para o mercado entender e reconhecer a capacidade da empresa. A baixa liquidez pode ser o maior obstáculo e a falta de parâmetros acaba sendo um dos fatores de risco se estiver buscando altos retornos. Depois de se familiarizar e se sentir confortável mas sem subestimar a dificuldade de operar qualquer ação na Bolsa, considere aprender mais também sobre o Mercado de Opções. Tecnicamente falando, “é o mercado em que são negociados direitos de compra ou venda de um lote de ações, com preços e prazos de exercício preestabelecidos”. Com o intuito de oferecer um mecanismo de proteção ao mercado de ações contra possíveis perdas, limitando os riscos de oscilação de preços, as opções permitem que o investidor aumente o retorno potencial sobre um investimento sem aumentar o 18

Novembro 2014


BUSINESS REVIEW BRASIL

montante do capital investido. Mesmo parecendo mais simples, a volatilidade desses ativos pode ser o fator crucial em qualquer transação. Inclusive é muito fácil ter a ilusão de que tudo está caminhando bem, quando em um piscar de olhos, os números se alteraram dramaticamente. Porém, os resultados podem ser atraentes para aqueles que procuram retornos em curto prazo e não a consistência de um negócio mais maduro e estável.

Alguns nomes para ter em mente: BB Seguridade (BBSE3), CCR (CCRO3), Cielo (CIEL3), Ambev (ABEV3) e Transmissão Paulista (TRPL4): foram as cinco ações recomendadas pela Citi Corretora no mês passado. Enquanto as ações da construtora Brookfield; das companhias de café Cacique e Iguaçu, e da gigante Cremer – de artigos médicos e de higiene, estão se prepararando para tirar o time de campo. 19


MARKETING

O ASSESSOR DE IMPRENSA NA VIDA DO EMPREENDEDOR O que faz uma assessoria de imprensa e quais os benefícios desse serviço. E S C R ITO PO R : N ATÁ LI A F E R N A N D E S 20

Month 2014


21


MARKETING

A

tualmente, construir e manter uma imagem sólida no mercado é uma das tarefas mais difíceis de uma organização. Entre as inúmeras ferramentas de comunicação que influenciam na imagem da empresa perante seus diversos públicos, está o serviço de assessoria de imprensa. A imagem corporativa pode ser decisiva no processo de escolha dos clientes e no sucesso da empresa no mercado, e a assessoria de imprensa apresenta-se como uma das principais atividades que podem auxiliar o empreendedor nessa jornada. Muitas pessoas ainda confundem assessoria de imprensa com publicidade, no entanto, são serviços distintos de comunicação. A publicidade utiliza-se de espaços pagos, para anunciar um produto, serviço ou empresa. Já a assessoria de imprensa é uma forma de se conquistar cobertura editorial, com apelo noticioso e não comercial. Popularmente, a assessoria de imprensa é responsável pelo relacionamento entre o assessorado e a mídia. No entanto, essa atividade vai muito além, de modo geral, seu objetivo é potencializar o nome e a 22

Novembro 2014

imagem da empresa. Mais do que consolidar o relacionamento entre o empreendedor ou empresa com a mídia, o assessor de imprensa não traz apenas visibilidade a marca, ele trata da credibilidade da mesma e da qualidade da exposição da instituição. Gerenciamento de crises Tendo em vista esses dois objetivos (Credibilidade e Qualidade da


F E AT U R E A R T I C L E S H O R T E N E D H E A D L I N E

exposição), uma das principais funções da assessoria de imprensa é atuar também no gerenciamento de crises. Construir uma marca é um trabalho árduo e uma crise de reputação administrada de maneira incorreta pode acabar com a confiabilidade nos produtos, serviços e marca. Quando uma empresa enfrenta uma crise, a reputação dela e consequentemente seus resultados

financeiros estão em risco. Uma crise é um episódio preocupante para os empreendedores, em que a imagem das empresas, se não for trabalhada adequadamente pode ser afetada negativamente, por isso necessita de um trabalho específico de comunicação. A assessoria de imprensa atuará na percepção dos diversos públicos (imprensa, funcionários, órgãos públicos, 23


MARKETING

sindicatos, investidores, entre outros) por meio de conteúdo direcionado. Assessoria de Imprensa x Redes Sociais Atualmente, com o boom das várias redes sociais, as notícias se espalham muito rapidamente. O serviço de Monitoramento de Redes Sociais cruza com o da Assessoria de Imprensa por meio dos clientes que postam sua satisfação ou insatisfação com o produto ou serviço. Nos dias atuais uma crise pode surgir de um post do facebook, por exemplo. O potencial de alcance 24

Novembro 2014

das redes sociais é imenso e uma mensagem negativa sobre a empresa pode repercutir em milhões de pessoas, por meio de compartilhamentos e opiniões, o que exige, muitas vezes, um posicionamento muito mais rápido da assessoria de imprensa, para que a organização não tenha prejuízo. Desenvolvimento do trabalho da Assessoria de Imprensa O desenvolvimento de um trabalho eficaz de assessoria de imprensa começa por um diagnóstico atual do cliente. É necessário um


BUSINESS REVIEW BRASIL

planejamento detalhado contendo objetivos, público alvo a ser atingido, além de, definição de pautas, ações de imprensa, redação, envio de releases, agendamento de entrevistas, acompanhamento de pautas e clipping. Além dessas atividades, muitas vezes a agência também se encarrega de produzir materiais de divulgação que vão além da redação e envio de releases, como vídeos institucionais, informativos, entrevistas, podcast, press-kits e outras atividades que possam despertar interesse da mídia. Vale frisar que o trabalho de assessoria de imprensa não visa o comercial da empresa. Porém trabalhar a imagem de uma empresa de forma positiva para o público pode trazer benefícios financeiros. Por meio de matérias jornalísticas, a imagem da organização é fortalecida, trazendo credibilidade e destaque para a marca, a maior exposição de forma benéfica causa consequentemente maior procura de serviços ou produtos. O trabalho da assessoria de imprensa é focado na publicação de matérias em espaços editoriais, como jornais, revistas, portais, blogs,

rádios e TVs, ou seja, canais de mídia espontânea, onde ao contrário da publicidade não se paga para publicar uma notícia ou reportagem, tornando a empresa mais confiável para o público. Um serviço para empresas de todos os portes Muitos empreendedores acreditam que a assessoria de imprensa seja apenas para celebridades e grandes organizações, entretanto, cabe ressaltar que ela pode ser utilizada por diferentes portes de instituições e segmentos, inclusive para as micros e pequenas empresas. Para se construir uma reputação e mantê-la no mercado, o trabalho geralmente, deve ser contínuo, entretanto o serviço pode ser

25


MARKETING

26

Novembro 2014


BUSINESS REVIEW BRASIL

contratado para ações específicas, tais como, assessoria de imprensa para feiras, eventos e seminários, ou ações de divulgação, como lançamentos de produtos. Construir uma reputação benéfica, formar uma marca forte no mercado, ganhar visibilidade e exposição são fatores indispensáveis para qualquer empresa, independentemente do tamanho ou segmento, principalmente na época atual, em que a concorrência aumenta a cada dia, e o ponto de vista do consumidor final tem poder de influenciar muitas outras pessoas. Benefícios do serviço de Assessoria de Imprensa Visibilidade na imprensa e fortalecimento da marca, além de assistência especializada no caso de gerenciamento de crises são apenas alguns dos benefícios de utilizar os serviços de uma assessoria de imprensa. Outras vantagens importantes são: • Ganho de reputação, por meio da difusão de informações positivas referente à empresa/ empreendedor; • Possível aumento nas vendas, pois a marca alcançara novos públicos;

• Com a publicação de notícias referente a marca em diversos portais, os mecanismos de buscas tornaram a empresa mais encontrável; • Mostra ao público o quanto o empreendedor ou a empresa é especialista em determinado assunto; • Expor a marca ao público alvo: A assessoria de imprensa sempre busca a publicação de matérias em veículos segmentados ao cliente, o que consequentemente apresentará a marca aos interessados no setor; • Potencializa ações de marketing: Ações e eventos da empresa podem ter maior visibilidade ao gerar buzz na mídia. 27


LIDERANÇA

O EXEMPLO V

FAÇA O QU E FAÇA O QU

ESCRITO POR FE


VEM DE CIMA:

UE EU DIGO UE EU FAÇO!

ERNANDO CUNHA 29


LIDERANÇA

F

oi-se o tempo onde as empresas eram comandadas com pulso impositor, como capatazes de décadas atrás. A opção por uma relação mais próxima entre os altos cargos e os nem tanto assim vem tomando conta das organizações. Essa sensação de todos os funcionários sentirem-se realmente integrantes do crescimento, das realizações empresariais, é algo cada vez mais constante nos dias de hoje. O retorno dessa proximidade é importante para a organização. É comprovado que um funcionário motivado por sentir que faz parte

rende mais. Mas e há a consciência da necessidade de mudar, sabe-se o que mudar e mesmo assim as mudanças são lentas e as pessoas não se engajam? A resposta para isso não necessita de uma grande teoria: O reclamante é o culpado. Se você não tem os funcionários ao seu lado, é como se a direção da empresa estivesse sempre no banco dos réus frente ao empregado. Espalhe menos discurso e aposte mais na atitude A evolução da empresa depende de todas as partes da pirâmide, mas apenas quando a mais baixa está seguindo os exemplos do topo. Qualquer transformação de postura em uma sociedade só se torna concreta quando se reflete nas atitudes das lideranças. Existem vários bons exemplos, como o do ex-presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, que tinha como praxe cumprimentar qualquer cidadão que por ele passava na rua. Em uma das vezes foi questionado por um assessor, que sem concordar lhe disse: o senhor é o Presidente, ele que deveria saudá-lo primeiro, não


BUSINESS REVIEW BRASIL

o senhor. Lincoln então respondeu: “você acha que ele deveria ser mais educado do que o Presidente?”. Seja na sociedade, na política ou nas empresas, os grandes escalões só conseguem mudar o comportamento dos funcionários mudando a sua própria forma de agir, sendo realmente um exemplo. Não adianta apenas comunicar seus subordinados de que a partir de

determinado momento será de tal forma, se nem você faz parte dela. Você entendeu? Essa frase, quando citada de forma impositiva, tem tudo para gerar um resultado longe do esperado. Todo funcionário é um ser humano e todo o ser humano tem uma história de vida, costumes, crenças e diversas outras coisas que definem sua forma 31


LIDERANÇA

de interpretar e captar o que você está tentando dizer e pedindo que ele colabore. Até que ponto faz sentido explicar uma mudança na empresa e logo em seguida: “Você entendeu?”. Na maioria desses casos a resposta será a mesma, até mesmo por um certo desconforto, o funcionário tende a responder: “Sim, entendi”. No momento que você vira as costas 32

Novembro 2014

ele procura o colega mais próximo e diz: “Não dá para entender nada que esses caras falam, a empresa ficou maluca!”. Quantos casos assim você já viu? Aposto que foram muitos. Nesse caso fica clara a função do topo da empresa abraçar para si o projeto de mudança. Cabe a esse topo conquistar a credibilidade dos seus subordinados e aí sim obter a adesão


de todos. A partir de hoje, todos usarão crachás! Certa vez ouvi um bom exemplo, do administrador de empresas Max Gehringer, sobre duas empresas que desejavam implantar o uso de crachás entre seus funcionários. Essa empresa tentou várias

vezes que seus integrantes usassem crachás, mas os funcionários achavam que aquilo era desnecessário, pois ali na empresa todo mundo se conhecia. Andar com aquela peça de plástico pendurada no peito não iria melhorar nada para ninguém. A direção da empresa tentou de todas as formas inserir a ideia, até chegar à solução impositiva: Quem 33


LIDERANÇA

34

Novembro 2014


BUSINESS REVIEW BRASIL

não estivesse usando crachá não entra para trabalhar. Resultado: Todo mundo passou a odiar os crachás, perdê-los de propósito, foi uma confusão. A outra empresa, por sua vez, conseguiu que seus funcionários usassem crachás sem fazer nenhuma campanha. Um belo dia, alguns diretores apareceram usando crachás. Todo mundo começou a se perguntar por que só os diretores tinham crachá. Duas semanas depois, os gerentes também receberam crachás e começaram a usar com orgulho, por que os crachás os colocavam no mesmo nível (pelo menos no uso de crachá) que os diretores. Não demorou muito para os funcionários ficarem insatisfeitos com aquela descriminação. Então, a empresa mandou fazer crachás para todos e os funcionários de todos os escalões passaram a usar seus crachás com o sentido de igualdade e por vontade própria. Com certeza a comunicação ajuda a qualquer mudança funcionar, mas como diz o historiador, orador e político romano dos séculos I e II,

Tácito, “os chefes são líderes mais através do exemplo, do que através do poder”. A mudança começa pelo alto escalão O tempo em que o comandante ordenava o exército a ingressar na batalha e ficava aguardando os resultados em sua sala de comando não existe mais. O momento pede que ele também empunhe a bandeira da empresa e saia a campo para enfrentar os desafios. Não fique apenas na campanha interna na hora de demonstrar aos funcionários a importância daquele projeto ou atitude. Faça você também parte da mudança! 35


TOP 10

MOTIVAÇÃO Profissional

Os profissionais precisam se manter motivados o tempo todo, esse é o sonho dos chefes espalhados por todo o mundo, somente o empenho dos Líderes não faz milagre. Os empresários sempre buscam alternativas para motivar a equipe. Da mesma forma, muitos profissionais querem realizar Coaching para terem motivação para alcançar seus objetivos. Será que é possível alinhar essa questão e impulsionar os resultados? Listamos alguns passos para avaliar a sua motivação e da equipe. Escrito por Bianca Benassi

36


BUSINESS REVIEW BRASIL

37


TOP 10

10

Descubra o verdadeiro significado do trabalho Um profissional externo tem o poder de entrar na estrutura da sua empresa e modificar o motivo pelo qual seus colaboradores realizam o trabalho? Ou um coach, tem o poder de trazer para um profissional o porquê ele deve investir mais energia, tempo e dinheiro em seus sonhos? Essa é uma pergunta desafiadora, principalmente, se considerarmos que motivação, como muito já é dito, vem de dentro do ser humano. O que isto quer dizer é que ninguém tem o poder de dar ao outro significados tão fortes a ponto de colocá-lo em ação. Até pode-se criar recursos pontuais para estimular um trabalho ou outro, porém, estes estímulos surtirão efeitos tão rápidos e passageiros, que se tornam injustificáveis e, muitas vezes, inviáveis para seu investimento.

38

Novembro 2014

09

Avalie se são as recompensas os seus motivadores O que é preciso dizer é que a maioria das pessoas quando pensa em motivação associam que é necessário dar alguma recompensa, que, na maioria das vezes são recursos financeiros, materiais ou reconhecimento público. Receber estas recompensas é satisfatório, mas a animação dura até acabar o impacto da surpresa. Sendo assim, se você estiver utilizando apenas este recursos para gerar movimento, já sabe onde está o problema.


BUSINESS REVIEW BRASIL

08

Aceite as diferenças

produtiva e mais dedicada, mas se pudessem escolher, prefeririam que as pessoas fizessem seu trabalho, sem precisar ser estimuladas. Se você pensa assim, esta extremamente equivocado! Se as pessoas tivessem a mesma disposição, força, energia e engajamento que você, elas não seriam seus colaboradores! Eles estariam investindo em seu próprio negócio. Por esse motivo, você é o líder!

Essa é a questão chave! As pessoas precisam encontrar dentro de si os significados mais importantes para dedicarem sua vida à realidade de qualquer atividade. Muitos empresários e líderes possuem uma força de ação muito grande. Eles realmente investem muito no seu trabalho. E justamente por este motivo, acreditam que a equipe deveria, simplesmente, saber quais são suas obrigações e fazer o trabalho. Eles acreditam que investir em motivação reflete no aumentar de lucros, por ter uma equipe 39


TOP 10

07

Dê uma direção para Equipe ou Aceite a direção oferecida OBJETIVO

Você precisa dar a direção para as pessoas e isto não se resume a contratar, colocar em um cargo e pagar o salário ao final do mês. Em muitas empresas as funções não são bem definidas, e o funcionário não sabe qual é a sua importância, como o seu trabalho contribui para o negócio e o que pode fazer para melhorar. Tudo isso acontece por falhas na comunicação, que são resultados de um dia a dia corrido, apagando incêndios. Portanto, questione-se: “eu tenho sido claro sobre o que espero do meu colaborador?”, “os papéis e funções estão bem definidos?”, “ele, realmente, sabe o que deve ser feito?”, “como tenho me certificado de que ele realmente não tem dúvidas?”, “há alguma coisa que eu posso fazer para melhorar a nossa comunicação e alinhamento?”.

40

Novembro 2014

COMEÇO

06

Saia da Zona de Conforto: Líder e Equipe Se você é o profissional e mesmo sabendo o que deve ser feito, não realiza, talvez esteja na hora de ter certeza sobre o que você realmente quer. Você sabe onde quer estar dentro de 1, 5 ou 10 anos? Sabe como o seu trabalho contribui com o seu futuro? A maioria das pessoas levantam todos os dias e repetem as mesmas coisas e quando


BUSINESS REVIEW BRASIL

questionadas afirmam não terem escolhas. Investem apenas o necessário para atingirem um resultado mínimo aceitável e colecionam um conjunto de insucessos e frustrações. Quando encontram pessoas bem sucedidas afirmam que elas tiveram sucesso ou que se valeram de fins nem sempre honestos.

05

Defina objetivos para a vida profissional

Não há sorte no mundo que seja suficientemente resistente às adversidades. O sucesso pode até ter sido um mero acaso, mas sorte mesmo é o encontro da oportunidade com um profissional preparado e que sabe exatamente o que quer. Agora, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar irá servir. Muitas vezes irá se perder nos caminhos alternativos e se encantar com oportunidades de ganhos imediatos, que não lhe levarão a lugar algum.

EU

MEU TRABALHO

41


TOP 10

04

Aprenda a ter sonhos próprios

Comece hoje mesmo refletir sobre o seu futuro e o que você deseja que faça parte dele. Questione-se se estes são os seus sonhos ou se você está herdando de alguma outra pessoa ou da sociedade. Avalie todas as suas escolhas e reflita quando e por quanto tempo elas lhe beneficiarão. Será que você deverá se desviar de objetivos de longo prazo, mas que serão mais duradouros para usufruir destes benefícios? Faça as suas escolhas com clareza e se recuse viver sem significado. As atividades não precisam ser as mais divertidas ou empolgantes, mas você deve saber exatamente onde elas as levarão.

42

Novembro 2014

03

Não se prenda a detalhes

Sempre que não possuímos segurança para realizar algo, ou não confiamos se o nosso colaborador saiba fazê-lo, investimos uma grande energia no passo a passo. Muito mais do que o “como fazer”, nossa preocupação deve estar direcionada para “o que fazer”. Se sabemos exatamente onde queremos chegar, com certeza, haverão milhares de possibilidades de trilhar esse caminho. Se você estiver preocupado excessivamente com os pormenores, investirá uma energia excessiva desnecessária em uma etapa, sem colher os frutos desejáveis no futuro. Tenha clareza sobre os conceitos importantes, mas deixe a trajetória livre para ser ajustada conforme a necessidade.


BUSINESS REVIEW BRASIL

02

Estar ocupado nem sempre é ser produtivo Possuímos o péssimo hábito de relacionar o uso do nosso tempo à percepção de estar sendo útil. Se não estivermos ocupados o suficiente, não estamos trabalhando direito. Quantas vezes você esteve com sua agenda lotada e ao final do dia sentiu que

seu dia foi improdutivo, que nada mudou, como se você tivesse “corrido atrás do próprio rabo”, como diz o ditado? O tempo de realização de cada atividade é muito relativo. Cada pessoa possui uma maneira de assimilar, executar e gerir o tempo. E toda vez que associamos a nossa sensação de sucesso ao tempo, corremos o risco de só ter perdido tempo.

43


TOP 10

01

O que realmente importa é o resultado Nada pode trazer tanto significado e motivação para um ser humano do que, ao final de uma longa jornada, visualizar claramente o resultado que tanto buscou. Dia após dia, precisamos ter claro quais são estes resultados que queremos comemorar. Até porque a jornada da motivação é um caminho sem fim. Quando se alcança um objetivo, definimos outros e sucessivamente, nos mantemos em movimento em busca dos nossos ideais. Para viver esta realidade, os resultados devem ser algo bom para você e para quem

44

Novembro 2014

estiver envolvido. Se você é o líder e quer que o seu colaborador dê o máximo, ambos devem ganhar neste esforço. Se você é o colaborador e quer alcançar maiores degraus na organização, deve saber o que a empresa ganhará com a sua subida. Sempre determine quais são as metas que deseja comemorar ao final de cada etapa, e invista um tempo para comemorar. Este sentimento de avanço irá mantê-lo com a força renovada para continuar o trabalho. No momento em que você assumir o controle sobre os motivos certos para você ou a sua equipe dar o seu melhor, ficará impressionado com o que pode fazer.


BUSINESS REVIEW BRASIL

45


46


47


Kepler Weber:

tradição e qualidade em unidades de produção agrícola Através de soluções inovadoras, companhia é a maior no segmento de armazenagem de grãos e movimentação de granéis sólidos do hemisfério sul Escrito por: Flávia Brancato | Produzido por: Nayara Ferreira 49


KEPLER WEBER

A

“Safras recordes, preços de commodities historicamente altos e a implantação de novas modalidades de financiamentos dirigidas aos produtores a partir do último trimestre de 2012, fizeram dobrar o tamanho do mercado da empresa em dois anos” – Vice-presidente da Kepler Weber, Olivier Colas

50

Novembro 2014

tuando desde 1925 na oferta de equipamentos para os setores agrícolas, portuários, logísticos e de mineração, hoje a Kepler Weber oferece a mais completa linha de produtos para armazenagem de grãos, com os mais sofisticados e diversificados modelos de silos, secadores, máquinas de limpeza e transportadores. Mundialmente reconhecida em adaptar, produzir e instalar as soluções mais pertinentes da indústria atendendo as necessidades dos clientes, a Kepler Weber é atualmente a maior empresa do setor no hemisfério sul, e ainda a terceira maior do mundo. Para acompanhar o rápido e contínuo crescimento da agricultura brasileira, os investimentos em inovação são papel fundamental nessa longa jornada. Prova disso é o sucesso e a excelência nos trabalhos realizados no Cetek – o Centro Tecnológico de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Kepler Weber – considerado um dos maiores centros tecnológicos do mundo. Um importante suporte para toda essa eficiência, fica também por conta de um grande time de apoio, incluindo desde os vendedores e representantes comerciais, até uma equipe de assistência técnica e engenheiros e técnicos especializados, dedicados a desenvolver soluções e preparados para supervisionar mais de 600 obras simultaneamente no mundo inteiro. Segundo o vice-presidente da Kepler Weber, Olivier Colas, as soluções desenvolvidas


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

Fábrica em Campo Grande, MS

pela empresa são as que melhor preservam a integridade dos produtos que serão armazenados e transportados. “Ou seja, a empresa coloca à disposição do mercado o mais robusto quadro de profissionais com expertise ímpar para garantir aos clientes os melhores custos operacionais e equipamentos de última geração”, assegura o VP. DESTAQUE DO SETOR Além de colocar à disposição do mercado um dos maiores e mais robustos corpo de engenheiros para aplicação e criação de unidades de armazenagem adaptadas à realidade de cada cliente, através de duas plantas com equipamentos de última geração, a Kepler Weber é capaz de fabricar, montar e entregar em tempo recorde, todo e qualquer tipo de projeto exigido pelo mercado brasileiro. w w w. k e p l e r. c o m . b r

51


0800 7700496 | sew-eurodrive.com.br

O sucesso da Kepler Weber, líder

A SEW-EURODRIVE TEM ORGULHO DE SER UMA ENGRENAGEM ´ DESTA MAQUINA DE FAZER SUCESSO.

AF_SEW_0002_14AA_SEW_Ft_GRAOs_Rev_196x137 Ingles_Port.indd 1

mundial em armazenagem e movimentação de grãos, tem uma infinidade de motivos. Um deles é a seleção rigorosa dos seus parceiros. A SEW-EURODRIVE BRASIL tem o maior orgulho de ser parceira desta gigante do agronegócio e participar desta trajetória vencedora.

16/10/14 16:33


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

Com uma considerável projeção no exterior, a empresa exporta para os cinco continentes, com posições de destaque na América do Sul, Oriente Médio e África Oriental. Recentemente, a empresa ampliou suas atividades com uma entrada bem sucedida no setor de Movimentação de Graneis Sólidos, com venda e produção de transportadores para as áreas portuárias e de minério. Colas assume a boa fase e o evidente sucesso em tom de orgulho, “a empresa é a única do setor de pós-colheita listada na Bovespa. Claras regras de governança e um track record positivo de entrega de valor para os acionistas, fizeram com que a KW fechasse 2013 com a maior alta (+236%) dentre todas as companhias listadas na BM&FBovespa”. Um dos principais fatores positivos de toda essa movimentação, pode ser referido ao rápido crescimento da produção de grãos (soja, milho, trigo e arroz) ao longo dos anos 2000 e, de acordo com Colas, “mais particularmente a partir de 2010, criou-se um desequilíbrio entre oferta e demanda de armazenagem de grãos onde hoje, o déficit de armazenagem passa de 60 milhões de toneladas.” Ele atribui esses e outros elementos como responsáveis também pelo grande crescimento do mercado da Kepler Weber. “Safras recordes, preços de commodities historicamente altos e a implantação de novas modalidades de financiamentos dirigidas aos produtores a partir do último trimestre de 2012, através dos

Tecnologia em armazenagem e expedição Silos Planos

Silos Elevados

Tulhas

w w w. k e p l e r. c o m . b r

53


Usiminas e Kepler Weber. Uma parceria que dá liga.

A Usiminas tem orgulho de somar forças e contribuir para o sucesso da Kepler Weber. Alinhados com o programa de crescimento da empresa, desenvolvemos soluções inovadoras em aço que contribuem para a excelência de sistemas de armazenagem reconhecidos mundialmente. No que depender do nosso apoio, essa união trará ainda mais conquistas, consolidando a Kepler Weber como líder em seu setor.

Usiminas. Fazer melhor sempre. www.usiminas.com


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

programas Finame-PSI e PCA, fizeram dobrar o tamanho do mercado da empresa em dois anos”, explica. Operando em diversos segmentos na armazenagem de granéis sólidos, a empresa conta ainda com o crescimento substancial de alguns deles em específico, e está preparada para atender a demanda de setores como mineração, portos marítimos e fluviais, resíduos sólidos domiciliares e cervejaria, por exemplo.

“Foram beneficiados 92% dos colaboradores, em todas as categorias funcionais. Os técnicos operacionais foram os que mais receberam horas de treinamentos, sendo 69% deles abrangidos por programas de capacitação”

PROFICIÊNCIA E QUALIDADE Com previsão de alcançar uma produção anual de grãos (2014/2015) de cerca de 200 milhões

– Vice-presidente da Kepler Weber, Olivier Colas

Silos Elevados, Cervejaria no Rio de Janeiro w w w. k e p l e r. c o m . b r

55


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

WEG e Kepler Weber Eficiência e confiabilidade que ultrapassam fronteiras

www.eficienciaenergeticaweg.net


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

de toneladas nos próximos anos, o mercado brasileiro aponta estar entre as maiores potências do agronegócio mundial, enquanto a Kepler Weber é responsável pela armazenagem de quase metade desse montante, se posicionando em mercados de ciclos diferentes para garantir maior vigor do faturamento, da rentabilidade e continuidade do seu crescimento. Não só os recentes investimentos, mas ainda as operações relacionadas à pós-venda, são definitivamente algumas das diferenciações que coloca a empresa no topo da lista. Colas assume que os investimentos realizados nas fábricas de Panambi e Campo Grande, colocam a companhia como uma das empresas mais competitivas do mundo no setor e garante, “o pilar de pós-vendas é o segmento que atende de forma transversal a todos os demais segmentos da companhia. Esta área inclui venda de peças de reposição e serviços de assistência técnica. Em breve será estendida a manutenção preventiva, treinamentos e manutenção póssafra”. Além de tudo isso, a empresa coordena o desenvolvimento de seus colaboradores de forma peculiar. São aprimorados desde programas

Calcinação Vitória w w w. k e p l e r. c o m . b r

57


Mais do que um caminho, é preciso definir a direção A Deloitte oferece os melhores serviços para sua empresa planejar, desenvolver e implementar soluções de negócio que acompanham o ritmo das mundanças do mercado e a colocam sempre um passo a frente. Deloitte. Soluções multidisciplinares para todos os segmentos de negócios.

(11) 3126-6000 http://www.sondait.com.br

/SondaITBrasil /company/sonda-it

STEEL PRODUCTS

A Sonda faz 40 anos entregando respostas às necessidades de negócio dos nossos clientes, através de serviços e soluções de ponta a ponta

QUALITY SHEET AND COIL

©2014 Deloitte Touche Tohmatsu Limited. Todos os direitos reservados.

www.deloitte.com.br

A LEADING INTERNATIONAL SUPPLIER OF STEEL PRODUCTS AND SOLUTIONS

WITH MORE THAN 100 FACILITIES IN 17 COUNTRIES

SPECIALISTS IN BUILDING, MINING AND AGRICULTURAL APPLICATIONS

Proud partners with Kepler Weber since 2008

bluescope.com

Telephone

Email

# 1305-4610565

dorgival.alencar@bluescopesteel.com

BlueScope and the BlueScope brand mark are registered trade marks of BlueScope  Steel Limited. © 2014 BlueScope Steel Limited ABN 16 000 011 058. All rights reserved.


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

intensivos na área comercial, treinamentos internos e externos, até o apoio financeiro para formação profissional e Programas de Incentivo à Educação, que oferece bolsa de estudos para cursos de idiomas e especialização ou Master of Business Administration (MBA). O vice-presidente revela que, só no ano passado, a companhia investiu R$ 800 mil em capacitação, totalizando quase 17.000 sessões de treinamento. “Foram beneficiados 92% dos colaboradores, em todas as categorias funcionais. Os técnicos operacionais foram os que mais receberam horas de treinamentos, sendo 69% deles abrangidos por programas de capacitação”, resume. INVESTIMENTOS E TECNOLOGIA DE PONTA Entre 2010 e 2013 foram investidos aproximadamente R$ 90 milhões, voltados principalmente para o aumento da capacidade de produção e para os ganhos de produtividade da companhia. Ainda esse ano, os investimentos chegam à R$ 65 milhões, correspondendo à modernização das fábricas e dos processos industriais, bem como às melhorias

Obras Portuárias no Porto de Santos w w w. k e p l e r. c o m . b r

59


KEPLER WEBER

Projeto M. Dias Branco

“O excelente desempenho da Kepler Weber é resultado das decisões estratégicas tomadas ao longo dos últimos anos, que mudaram profundamente a empresa, consolidando sua liderança no Brasil” – Vice-presidente da Kepler Weber, Olivier Colas

Secador Khronos

60

Novembro 2014

operacionais, incluindo o lançamento do maior silo do mundo, sem coluna central e capaz de armazenar até 35 mil toneladas de soja. Acompanhando toda a evolução tecnológica exigida pelo próprio mercado, as iniciativas vão desde a implantação do SAP, até a introdução de novos softwares para todas as áreas de operação da empresa. Na produção, por


ARMAZENAGEM AGRÍCOLA

exemplo, foram adquiridas máquinas laser de última geração e modernos perfiladores que colocam a Kepler Weber entre as mais sofisticadas e competitivas empresas do mundo. A empresa ostenta, por exemplo, uma solução exclusiva e inovadora para armazenagem e conservação de grãos para a agricultura familiar na África, permitindo um aumento substancial da renda dos pequenos produtores agrícolas. “Os benefícios do silo Kikapu vão além do campo. Um dos principais diferenciais do produto é o sistema de ventilação que funciona por meio de um painel solar, agregando responsabilidade ambiental ao produto e viabilizando sua instalação em qualquer região. A ventilação permite armazenagem em condições ideais de conservação do grão, reduzindo as perdas na produção pela ação de umidade e de fungos”, orgulha-se Colas. Outra importante característica está na praticidade e facilidade de operação do equipamento, já que, desde a montagem até a operação, podem ser feitas pelo próprio produtor. Com o brilhante - e evidente - desempenho, o vice-presidente é conciso e admite, “o excelente desempenho da Kepler Weber é resultado das decisões estratégicas tomadas ao longo dos últimos anos, que mudaram profundamente a empresa, consolidando sua liderança no Brasil”. E completa, “temos mais desafios pela frente para mantermos nossa posição e destaque, mas sabemos que podemos contar com um time muito motivado e preparado.”

Informação da Companhia INDÚSTRIA

Agronegócio SEDE

Panambi/RS FUNDAÇÃO

1925 PRODUTOS/ SERVIÇOS

Possui um portfólio amplo de soluções sob medida constituído por silos metálicos, secadores de grãos, máquinas de limpeza e pré-limpeza de grãos, bem como transportadores horizontais e verticais. G E S TÃ O

Olivier Colas: Vice-presidente Manoel Piragibe Teixeira Júnior: Diretor Industrial João Tadeu Franco Vino: Superintendente

w w w. k e p l e r. c o m . b r

61


Teksid investe pesado para acompanhar o mercado Empresa inicia um ciclo de investimento no valor de R$250 milhões, principalmente no que diz respeito à produção de peças de alumínio Escrito por: Flávia Brancato | Produzido por: Sergio Ambrosino


63


TEKSID

R

epresentando um dos maiores grupos de fundição de autopeças do mundo, a Teksid acompanha o desenvolvimento do mercado e oferece o que há de melhor para atender as tendências do setor. Com especialização na fundição e usinagem de fundidos de ferro e alumínio, o grupo possui fábricas em Portugal, Polônia, Brasil, México, Itália e China, além de um escritório comercial nos Estados Unidos, e apresenta uma capacidade produtiva de aproximadamente 633 mil toneladas por ano. A filial brasileira, em operações há mais de três décadas, é hoje líder na produção de blocos de motores para automóveis e comerciais leves, detendo cerca de 70% de participação no mercado. A Teksid Brasil conta com duas importantes plantas instaladas no mesmo parque industrial em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Juntas, as fábricas que separam a produção de ferro e alumínio, são capazes de produzir mais de 300 mil toneladas de peças por ano, em uma área total construída de mais de 420 mil m².

Obras de ampliação da Fundição de Alumínio

64

Novembro 2014


FUNDIÇÃO DE AUTOPEÇAS

Alguns Produtos Teksid Catálogo

Comitê de Sustentabilidade da Teksid

Orgulhoso, o Diretor Comercial da Teksid, Raniero Cucchiari, explica que esses números já estão crescendo devido aos planos de investimentos, principalmente no que diz respeito à produção de peças de alumínio. “No final do ano passado nós demos início a um ciclo de investimento muito importante na fundição de alumínio. Estamos falando de R$ 250 milhões entre 2013 e 2016”. O motivo principal de todo esse movimento se dá às mudanças relacionadas após o governo ter promulgado o Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto), em 2012. O programa é uma medida adotada pelo Governo Federal com o objetivo de estimular o investimento na indústria automobilística nacional. Para se ter uma ideia, estima-se que até 2015 o Programa levantará mais de R$ 50 bilhões em investimentos no setor.

Cabeçote para motor diesel

Cabeçote Automotivo de Alumínio

Girabrequim

w w w. t e k s i d . c o m . b r

65


IMPULSIONAMOS A PRODUTIVIDADE SUSTENTÁVEL DE NOSSOS CLIENTES Atlas Copco é um fornecedor líder mundial de soluções industriais. A área de negócios Compressor Technique atende clientes com compressores inovadores, equipamentos para tratamento de ar e gás e sistemas de gerenciamento de ar comprimido. Temos o compromisso de aumentar a eficiência energética de nossos clientes em 20% até o ano de 2020*. Acesse nosso site e conheça nossas soluções. www.atlascopco.com.br *ano base de 2010


TEKSID

FUNDIÇÃO DE AUTOPEÇAS

As mudanças e expectativas Ainda com o intuito de apoiar o desenvolvimento tecnológico, a inovação, a segurança, a proteção ao meio ambiente, a eficiência energética e a qualidade dos veículos e das autopeças, uma das medidas assumidas pelas montadoras é de passar a produzir carros mais econômicos. E é exatamente aí que entra o trabalho da Teksid. Produzir as novas peças – antes de ferro – agora em alumínio. “Essa tendência nos fez entrar com tudo na produção dos blocos em alumínio para as novas

Alguns Produtos Teksid Catálogo

Volante de Motor

Ponta de Eixo

Coletor de Escape

Carrossel onde são produzidos os cabeçotes em alumínio w w w. t e k s i d . c o m . b r

67


TEKSID

Unidade Operativa Fornos - Fundição de Ferro

plataformas de motores. No fim do ano passado nós confirmamos o investimento, no início de 2015 iniciaremos as operações, e a expectativa é atingir uma produção de 720 mil blocos por ano”, comemora Cucchiari. Hoje o grupo produz peças fundidas em ferro como blocos, cabeçotes, discos e tambores de freio, pontas de eixo, girabrequins, carcaças e componentes destinados a automóveis e veículos industriais, além de cabeçotes em alumínio . São mais de 200 itens. A previsão para o ano que vem é atingir uma capacidade produtiva na fundição de alumínio de cerca de 1 milhão e 400 mil cabeçotes, contando também


FUNDIÇÃO DE AUTOPEÇAS

com a instalação do terceiro carrossel que está em fase de conclusão, e começará a funcionar ainda esse ano. Para garantir a qualidade dos produtos, a Teksid investe constantemente em processos de desenvolvimento, fabricação e distribuição. “Dentro do plano de investimento - e vale lembrar que esse é o maior investimento do grupo Teksid em todo o mundo e provavelmente um dos mais importantes investimentos do setor de autopeças brasileiro - também é importante destacar os novos fornos para fundição de ferro”, explica Cucchiari. O elevado padrão de qualidade fez da Teksid uma empresa premiada e reconhecida internacionalmente como fornecedora de elevada confiança. Dispõe de quatro linhas de moldagem para fabricação de peças fundidas de ferro cinzento e nodular, com flexibilização de composição química para atender à indústria automotiva e aos

Cabeçote em alumínio w w w. t e k s i d . c o m . b r

69


TEKSID fabricantes de motores em suas diversas aplicações.

“No final do ano passado nós demos início a um ciclo de investimento muito importante na fundição de alumínio. Estamos falando de R$ 250 milhões entre 2013 e 2016” – Diretor Comercial da Teksid, Raniero Cucchiari

70

Novembro 2014

Tecnologia de ponta Ocupando posição de destaque, a empresa atende as maiores montadoras instaladas no país. Entre seus clientes encontram-se as mais importantes fabricantes de automóveis e veículos industriais do mundo, além de fabricantes mundiais de motores e tratores. Trazendo na bagagem a qualidade do produto, assim como a excelência na fabricação dos equipamentos, os diferenciais tecnológicos utilizados pela Teksid fazem toda a diferença. Indicada ao Prêmio AutoData na categoria Inovação Tecnológica, a liga exclusiva HPI (High Performance Iron), por exemplo, foi especialmente desenvolvida para produção de blocos e cabeçotes aplicados em motores de última geração, que exigem alto desempenho e potência, além de baixo consumo de combustível e emissão de poluentes. Outra importante tendência para a qual a empresa está voltada é a produção de cabeçotes e blocos diesel, utilizando a tecnologia CGI (Compact Graphite Iron). Raniero admite, “essa é uma novidade que até pouco tempo não estávamos preparados e agora estamos prontos para atender o mercado”. Outro destaque é o pioneirismo na aquisição de gusa em estado líquido. O processo, inaugurado em 1988, foi totalmente desenvolvido


FUNDIÇÃO DE AUTOPEÇAS

Acabamento de peças leves - Fundição de Ferro w w w. t e k s i d . c o m . b r

71


Unidade Operativa Macharia - Fundição de Ferro

pela Teksid e possibilitou consideráveis ganhos na qualidade dos fundidos, aumento da produtividade e economia de 32% no consumo de energia elétrica, sem que fosse necessária qualquer expansão da capacidade instalada.

Bloco para motor automotivo

72

Novembro 2014

Sustentabilidade Em toda a história da Teksid, é possível encontrar iniciativas comprometidas com a ética e transparência, aliadas às preocupações socioambientais. Um Comitê de Sustentabilidade


é responsável tanto pela avaliação de todas as ações já realizadas, como coordenar novas possibilidades e trabalhar para futuras melhorias relacionadas à responsabilidade ambiental. Raniero ainda lembra que, “além de agregar novas tecnologias e aumentar a produtividade para acompanhar a demanda, manter ações sustentáveis é um dos nossos maiores desafios”. As características do processo produtivo de uma fundição acarretam a geração de resíduos industriais, entretanto, a empresa tem envidado

Bloco para motor diesel

w w w. t e k s i d . c o m . b r

73


TEKSID

Sistema de regeneração de arei

esforços para adotar práticas sustentáveis que permitam a redução destes resíduos ou a sua reutilização nos seus processos produtivos. Um bom exemplo foi a recente premiação da filial mexicana, que foi contemplada com o “Prêmio de Liderança Ambiental (EUA)”, durante a Conferência de Fornecedores da Cummins. A premiação foi concedida pelo cliente como reconhecimento da importância do investimento e instalação do sistema de recuperação de areia na fábrica. De acordo com os planos, “pretendemos trabalhar com o mesmo conceito na nossa unidade brasileira, onde a ideia é aumentar a capacidade de regeneração de areia para 70%, em dois anos”, explica o executivo. Além disso, o grupo está sempre em busca de manter-se como um exemplo de consciência ambiental no setor e, entre outras ações, investe 74

Novembro 2014


FUNDIÇÃO DE AUTOPEÇAS

Informação da Companhia NOME

Teksid do Brasil INDÚSTRIA

Fundição SEDE

Betim, Minas Gerais FUNDAÇÃO

1976 PRODUTOS/ SERVIÇOS

ia da Fundição de Alumínio

ainda na adoção de sistemas de filtragem de partículas em suspensão; reciclagem da água utilizada no processo produtivo; classificação e destinação adequada dos resíduos sólidos e sistema de tratamento de água de chuva. Para completar, “na sua primeira auditoria de WCM – Programa amplo de manufatura que visa a redução de desperdício, a Teksid Brasil foi destaque entre as demais plantas do grupo obtendo 12 pontos”, finaliza Raniero em tom de modéstia.

Ferro Fundido: Bloco, Cabeçote, Ponta de eixo, Girabrequim, entre outros. Alumínio: Bloco e cabeçote G E S TÃ O

Rogério Silva Junior : CEO Raniero Cucchiari: Diretor Comercial, operações NaftaMercosul

w w w. t e k s i d . c o m . b r

75


de


AEA:

Associação Brasileira de Engenharia Automotiva

2014: Ano em que a AEA completa 30 anos e esenvolve um manual técnico sobre o Inovar-Auto Escrito por: Nilton Monteiro Produzido por: Nayara Ferreira 77


AEA

A

Presidente da AEA Antonio Megale

Seminário Combustíveis Alternativos

78

Novembro 2014

AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva é um fórum neutro de convergência de ideias que reúne empresas privadas automotivas, instituições de ensino, de pesquisa e órgãos governamentais com o objetivo de buscar soluções que contemplem os interesses do setor automotivo e da sociedade em geral em torno dos assuntos relacionados à mobilidade. Em 2014, ano em que a entidade completa 30 anos de fundação, vimos relembrar capítulos importantes desta trajetória e suas principais contribuições para o setor até os dias de hoje, em que a entidade trabalha em conjunto com órgãos governamentais para disseminação do conhecimento, como no desenvolvimento do manual sobre o novo regime automotivo, o InovarAuto. A trajetória da AEA faz parte da história da indústria automobilística brasileira e guarda uma intersecção com a história do etanol e seu uso como combustível, bem como sua relação com os engenheiros que dedicam suas carreiras ao estudo. O etanol foi um catalisador do ingresso da tecnologia no país, uma oportunidade de os engenheiros se livrarem dos grilhões que os prendiam ao exterior. Em 1975, foi criado o Programa Nacional do Álcool (Proálcool) cujo objetivo era de oferecer uma alternativa energética em substituição aos derivados de petróleo, principalmente a gasolina, e aumentar a produção de etanol com a implantação de


C O M P L E TA 3 0 A N O S

30 anos, a história da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) faz parte da história da indústria automobilística brasileira.

destilarias em todo o Brasil. Considerando a possibilidade de integração dos pesquisadores e dos profissionais qualificados dos diversos segmentos relacionados à produção e uso do etanol combustível, à pesquisa voltada a combustíveis alternativos, bem como ao controle da emissão de poluentes, foi criada em 1984 em Brasília – DF, a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) com o objetivo de concentrar e difundir as informações de maneira independente, e indicar a necessidade de novos trabalhos para a consolidação do álcool combustível automotivo. A partir de então, a AEA tem trabalhado no desenvolvimento de estudos, normas e regulamentações nas mais diversas áreas de engenharia automotiva. Os 30 anos de AEA, com sua história de desafios e de w w w. a e a . o r g . b r

79


AEA

80

Novembro 2014


C O M P L E TA 3 0 A N O S

sucessos, ganharão um marco com o livro comemorativo AEA 30 Anos que será lançado em breve e que ilustra a cronologia da entidade e a insere definitivamente na história da indústria automotiva brasileira. Buscando estar sempre engajada com os assuntos mais importantes do setor e a serviço da sociedade, a AEA, desde o início das discussões sobre o novo regime automotivo, buscou se interar do assunto e em parceria com a ANPEI e a Inventta BGI, criou um grupo de trabalho para discutir os impactos do Inovar-Auto, principalmente no que se refere às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação de tecnologias, envolvendo necessariamente todas as partes atuantes da cadeia automotiva, contando com a participação da ANFAVEA, do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), SINDIPEÇAS e USP. Este grupo foi criado com o objetivo de fomentar discussões sobre o novo regime a fim de esclarecer questões, auxiliar a operacionalização w w w. a e a . o r g . b r

81


AEA

do programa e principalmente, criar um canal de conversação entre empresas, governo e universidade. Nas reuniões foram discutidas questões relevantes ao processo de inovação tecnológica na indústria automotiva, contando com a colaboração de especialistas, engenheiros automotivos, área jurídica, representantes do governo e da academia. Como resultado, a AEA pretende compartilhar o conhecimento gerado através de um manual técnico, que servirá de suporte para eventuais questões relacionadas ao novo regime. Além do manual, como contribuição ao esclarecimento das questões referentes a este novo regime, em 05 e 06 de agosto a AEA realizou seu principal evento, o SIMEA – Simpósio internacional de Engenharia 82

Novembro 2014


C O M P L E TA 3 0 A N O S

Informação da Associação INDÚSTRIA

Automotiva SEDE

São Paulo, SP FUNDAÇÃO

24 de Julho de 1984 NÚMERO DE ASSOCIADOS

125 PESSOAS CHAVES

Automotiva tendo como tema principal “InovarAuto e a Evolução Tecnológica do Brasil”, por meio do qual pode levar aos mais de 1.100 participantes presentes as principais medidas e ações que estão sendo tomadas a respeito deste programa. Os associados da AEA fazem parte da trajetória e das atividades desenvolvidas pela entidade e, portanto, são parte fundamental desta trajetória.

Presidente: Antonio Megale Vice-Presidente: Sidney Oliveira Diretor Executivo: Nilton Monteiro

w w w. a e a . o r g . b r

83


CPFL BRASIL

SOLIDEZ, ECONOMIA E PARCERIA Eleita a melhor do país na Categoria Energia por três anos consecutivos, a empresa foca no crescimento e em manter a qualidade no portfólio de produtos, serviços e atendimento Escrito por Flavia Brancato Produzido por Danilo Stefaneli

85


CPFL BRASIL

C

om a concepção de que a energia é essencial ao bem-estar das pessoas e ao desenvolvimento da sociedade, é através do abastecimento de soluções energéticas sustentáveis, com excelência e competitividade, que a CPFL Brasil acredita que, produzir e utilizar energia de forma sustentável é vital para o futuro da humanidade. Atuando no Mercado Livre desde a sua criação, a CPFL Brasil é comercializadora do Grupo CPFL Energia – maior grupo privado do setor elétrico brasileiro com mais de 100 anos de tradição e história no setor. Atendendo cerca de 350 clientes nos mais diversos segmentos comerciais e industriais, a empresa comercializa energia suficiente para atender aproximadamente 6,2 milhões de residências. Só no ano passado foram negociados pouco mais de 13.500 GWh, o que significa um total de mais de 1550 MWm de energia vendida no ano de 2013.

UHE Campos Novos 86

Novembro 2014


MERCADO LIVRE DE ENERGIA

DIFERENCIAÇÃO Levando em consideração que no mercado livre você tem o direito de escolha, seja de quem comprar ou para quem irá vender energia, a CPFL Brasil se distingue no mercado não só pela solidez dos serviços prestados mas também através das parcerias comerciais, oferecendo produtos e soluções customizadas criadas especialmente pela equipe interna de especialistas em todo o território nacional. Para o Diretor-Presidente da CPFL Brasil, Fabio Rogerio Zanfelice, as evidências não param por aí. “Nos diferenciamos da concorrência pela solidez que ofereceremos aos nossos clientes, já que somos parte da CPFL Energia, além de comercializarmos energia da CPFL Renováveis, líder na América Latina em geração de energia limpa e renovável, no Mercado Livre, possibilitando que seus clientes façam parte do seleto grupo de empresas que adquirem energia sustentável.” Comercializando energia para os consumidores finais, a empresa w w w. c p f l . c o m . b r / b r a s i l

87


MERCADO LIVRE DE ENERGIA

oferece produtos de preço indexado, preço referenciado ao PLD (Preço de Liquidação de Diferenças), swap de energia, contratos customizados, além de servir de ponte através da comercialização para geradores. “Oferecemos este mesmo produto para outras comercializadoras, além de outros tipos de operações estruturadas. Temos também o serviço de Gestão de Energia para póscontratação, assessorando consumidores finais na administração na sua contratação”, explica Zanfelice. Fabio Zanfelice,

O MERCADO DE ENERGIA De acordo com o executivo, a principal tendência do mercado é o crescimento no segmento de empresas de médio e pequeno porte que tem

PERFIL DO FORNECEDOR

Presidente da CPFL Brasil

WCA BRASIL

8.000 colaboradores em 400 clientes por todo o Brasil. Terceirização de Serviços Empresariais é a especialidade da WCA: São 30 anos de experiência e qualidade reconhecidas no mercado. As soluções apresentadas pela WCA são únicas, personalizadas, alinhadas com os objetivos e as estratégias de cada empresa. Terceirização de Serviços: Limpeza e Conservação - Jardinagem – Portaria e Controle de Acesso – Movimentação e Armazenagem – Processos Operacionais Industriais – Manutenção e Conservação de Instalações – Processos Administrativos. Processos de Recrutamento e Seleção de Pessoal: Em todos os níveis através de projetos customizados. Mão de Obra Temporária – Lei 6.019/74: Ferramenta para suprir as necessidades provenientes das sazonalidades de produção e comércio, como também para substituição temporária do quadro efetivo das empresas, por ocasião de treinamentos, férias e afastamentos. Treinamentos: Cursos, Palestras e Treinamentos diversificados e diferenciados. Website: www.wcabrasil.com.br

w w w. c p f l . c o m . b r / b r a s i l

89


Raízen e CPFL.

Nossa energia gera um futuro melhor. A Raízen é uma empresa de energia que trabalha desde o cultivo da cana-de-açúcar, a produção de etanol, açúcar e energia, até a distribuição de combustíveis. Surgimos da visão estratégica entre a Shell e a Cosan, uma união que cresce impulsionada por seus talentos, sua tecnologia, parcerias vitoriosas e clientes, como é a da CPFL, que contribui para a evolução e desenvolvimento da Bioenergia da Raízen.

Nossa energia gera um futuro melhor. www.raizen.com.br www.facebook.com/RaizenOficial

A ENERGIA QUE CHEGA ATÉ VOCÊ PASSA POR UM PRODUTO ROMAGNOLE

Torres metálicas para transmissão

Estruturas de concreto para transmissão

A energia elétrica é uma alavanca do desenvolvimento econômico e social. Há mais de 50 anos, a Romagnole vem produzindo soluções para redes de energia e instalações industriais que levam o desenvolvimento a milhões de pessoas.

Transformad ores de potência

Mate riais subes para tação

Cabos de cobre e alumínio

ra Estruturas pa oltaicos painéis fotov

Transformadores monofásicos

madores Transfor s pedestai

Transformadores secos

Miscelâneas

Poste

s de concreto

Ferragens eletrotécnicas

Centro de Operações Comerciais Romagnole Rua Armindo Romagnoli, 309 - Parque Industrial

Fone: (44) 3233 8500

Mandaguari - PR

Transformadores subterrâneos submersíveis

Central de Vendas:

Transformadores trifásicos

44 3233 8500

Cabines metálicas

www.romagnole.com.br


MERCADO LIVRE DE ENERGIA

no consumo de energia um item relevante na sua composição de custos. Zanfelice entende que “o mercado livre de energia é hoje a principal alternativa para propiciar economia frente ao consumo de energia. Dentro dessa tendência fica cada vez mais forte o papel do CRM: é necessário identificar o que cada grupo de cliente precisa para entregar cada vez mais um produto customizado ao mesmo, trazendo benefício para todas as partes envolvidas.” Vale lembrar também que parte dessas empresas de porte menor tem como uma das suas barreiras à entrada do mercado livre os processos na CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). Dessa forma, outra tendência fica por conta da criação do Comercializador Varejista modalidade de comercialização que beneficiará os consumidores com facilidades para operar no mercado livre, com previsão para iniciar as operações a partir do ano que vem. De um modo geral, o crescimento de forma sustentável propiciando a expansão de oferta de energia por meio de novos empreendimentos de geração, pode ser considerado um dos principais desafios do setor

w w w. c p f l . c o m . b r / b r a s i l

91


CPFL BRASIL

Mesa de Comercialização

elétrico brasileiro. Zanfelice destaca também que, no curto prazo, “há ainda o desafio criado pela escassez de chuvas o que reflete em preços elevados para a energia em 2015”. Para enfrentar esses desafios, a CPFL Brasil possui um modelo próprio de construção de carteira de contratos com consumidores que lastreiam os projetos de geração de energia garantindo o produto final aos seus clientes. ENERGIAS RENOVÁVEIS E CONSUMO CONSCIENTE Dentro das operações de comercialização da empresa, uma importante parcela é voltada às fontes renováveis. A CPFL Renováveis, braço de geração de fontes renováveis dentro do Grupo CPFL Energia, tem hoje 92

Novembro 2014


MERCADO LIVRE DE ENERGIA

2.108 MW em capacidade total contratada, o que corresponde a 1.773 MW em operação, além de outros 335 MW que estão em construção. O próprio Grupo CPFL Energia possui programas direcionados à eficiência energética onde, através das distribuidoras, foram investidos em 2013 cerca de R$ 56,5 milhões em ações aprovadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os programas servem não só para promover o uso consciente da energia elétrica, mas para compilar com a arborização urbana onde, só no ano passado, foram distribuídas 219 mil mudas para prefeituras municipais, por exemplo. Outros projetos de destaque são o Programa de Revitalização de Hospitais Filantrópicos – onde o grupo investiu mais de R$ 5 milhões e beneficiou mais de 80 entidades do interior de São Paulo; w w w. c p f l . c o m . b r / b r a s i l

93


CPFL BRASIL

Mesa de Comercialização

“Nos diferenciamos da concorrência pela solidez que ofereceremos aos nossos clientes, já que somos parte do Grupo CPFL Energia, além de comercializarmos energia da CPFL Renováveis no Mercado Livre” – Diretor-Presidente da CPFL Brasil, Fabio Rogerio Zanfelice 94

Novembro 2014

o Programa de Apoio aos Conselhos Municipais da Criança e do Adolescente, e o Semear, programa que envolve mais de 5% do quadro de colaboradores da companhia para desenvolver projetos de voluntariado. O grupo figura entre os 15 maiores investidores brasileiro na área cultural. “O Grupo CPFL Energia possui também diversos trabalhos com foco na qualidade de vida, saúde e segurança. O Projeto Transformação, por exemplo, visa preparar a empresa para o crescimento contínuo nos próximos anos. Realizamos também semanalmente (nas equipes de campo diariamente) diálogos de segurança com a equipe, com foco em saúde, segurança e


CPFL BRASIL

Usina Baldin

qualidade de vida dentro e fora da empresa”, completa Zanfelice. INVESTIMENTOS E ESTRATÉGIAS Através de um sistema de planejamento energético e sistema de aprovação de operações de compra e venda de energia desenvolvido pela CPFL Brasil, é possível acompanhar bem de perto, e em tempo real, a carteira de contratos e os dados de gestão dos clientes, o que permite administrar com máxima segurança as operações de compra e venda de energia. Quanto ao relacionamento com clientes e fornecedores, o presidente assegura a importância de ações de comunicação e relacionamento. “Empenhados na qualidade do sistema de gestão comercial e na formação de pessoas, nós realizamos o Fórum CPFL Brasil, para 96

Novembro 2014


MERCADO LIVRE DE ENERGIA

Informação da companhia INDÚSTRIA

Comercialização de energia elétrica SEDE

Campinas (SP) FUNDAÇÃO

2002 FUNCIONÁRIOS:

92 PRODUTOS/ SERVIÇOS

discussão sobre temas atuais e o mercado livre de energia. Patrocinamos também eventos que proporcionam esse tipo de discussão e que nos aproximem dos nossos clientes”, completa. Outro ponto importante sublinhado por Zanfelice é a questão do progresso positivo da empresa. “Os planos para a empresa preveem foco no crescimento da carteira de vendas a clientes finais, oferecendo serviços adicionais de Gestão de Energia pós-contratação no mercado livre de energia”. E complementando, a CPFL Brasil está estruturando a equipe e processos para atuar em eficiência energética.

Comercialização de energia elétrica para consumidores finais e geradores. G E S TÃ O

Diretor-Presidente: Fábio Rogério Zanfelice Diretor de Mercado: Daniel Marrocos Camposilvan

w w w. c p f l . c o m . b r / b r a s i l

97


Desenvix soma tradição no setor com excelência na área de energia renovável Com mais de 2.960 MW de potência instalada no Brasil, companhia se evidencia em todas as linhas de operações, inclusive com destaque de melhor desempenho na geração de energia de fonte eólica. Escrito por: Flávia Brancato | Produzido por: Danilo Stefaneli


99


DESENVIX E ENEX

C

om a finalidade de identificar, avaliar e desenvolver oportunidades de negócios na área de energia renovável, em quase duas décadas, a Desenvix já desenvolveu e contribuiu para a implantação de mais de 5.300 MW em empreendimentos de geração de energia elétrica em operação no Brasil. A tradição e excelência no setor elétrico, levou a empresa a um patamar ainda mais alto. Focar no desenvolvimento, implantação e operação de novos projetos na área de geração e transmissão de energia elétrica baseada em fontes renováveis, é hoje uma das principais metas da Desenvix. Entre Usinas Hidrelétricas de Energia (UHE), Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), Usinas Termelétricas (UTE) e Usinas de Energia Eólica (UEE), ao todo são 15 empreendimentos em operação de geração de energia elétrica 100% renováveis, com capacidade instalada própria de 349 MW.

UHE Monjolinho

100

Novembro 2014


GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Além disso, a companhia participa com 25,5% em duas linhas de transição em implantação com 511 km de extensão. O extenso portfólio de projetos soma nada menos que 2.960,8 MW de potência instalada, composto por 17 Projetos Prioritários em Desenvolvimento e mais 21 Projetos em Desenvolvimento. DESTAQUE NO SETOR Orgulhoso, o CEO da Desenvix, Robert Coas, assume que o trabalho focado em projetos de energia renovável, em conjunto com sólidos fundamentos financeiros e de governança corporativo, foram e continuam sendo essenciais no crescimento e no consistente desenvolvimento da companhia. “Trabalhamos para atingir a excelência em todas as nossas atividades. Nossas Usinas do Complexo Eólico da Bahia, por exemplo, têm o melhor desempenho de geração de energia de fonte eólica entre os participantes do sistema integrado nacional, com fator de capacidade médio de 48% nos últimos doze meses, conforme o Boletim Mensal de Geração Eólica”. Na ocasião ele destaca também o sucesso nas operações das usinas de Novo Horizonte e Seabra, que carregam o 1º e 2º lugar respectivamente, no ranking geral. As conquistas durante a jornada também são fatores cruciais que justificam a primazia. Em setembro de 2011, a Desenvix adquiriu o controle integral da Enex - empresa especializada em operação e manutenção (O&M) de usinas,

Pessoas Chaves DESENVIX

Gestão

João Robert Coas Diretor Presidente Diretoria

. Samuel Saldanha Teixeira . Paulo Roberto Fraga Zuch . Darico Pedro Livi . Paulo Marcelo Gonçalves Margarido . Margaret Rose Mendes Fernandes

w w w. d e s e n v i x . c o m . b r

101


C O M PA N Y N A M E

Centro de Operações (COS) da ENEX O&M

subestações e linhas de transmissão de energia elétrica. Detendo 100% do capital, hoje a companhia atua como prestadora de serviços de operação e manutenção de usinas de geração e de sistemas elétricos. Para tanto, há poucos meses, a Enex O&M tornou-se a maior empresa de O&M do Brasil, somando 46 contratos distribuídos em 75 plantas – sendo 40 PCHs e 24 eólicas – e cerca de 1,8 GW em operação. Coas ainda ressalta, “em apenas oito anos de operação, ela já é responsável por 13% do total nacional de Pequenas Centrais Hidrelétricas (em volume de empresas, excluindo as empresas que fazem O&M de seus próprios ativos). O objetivo da Enex O&M é garantir alta produtividade com custos reduzidos e grande agilidade.” 102

Novembro 2014


SECTOR

Um ponto importante é a localização geográfica da empresa que converte na redução de custos para os contratantes. Além disso, o Centro de Operação (COS), localizado em Florianópolis, concentra todas as atividades, resolvendo rapidamente problemas em locais remotos, com o acionamento dos diversos recursos que estão à disposição da empresa em todo o país. “Enxergamos um grande potencial de crescimento para O&M, especialmente considerando os projetos de energia eólica que devem ser desenvolvidos nos próximos anos”, complementa o CEO. Priorizando ainda a sustentabilidade em todos os projetos que estão envolvidos, a Desenvix possui dentro do seu sistema operacional, uma rigorosa avaliação ambiental, que considera, por exemplo, as alterações w w w. d e s e n v i x . c o m . b r

103


Mantenedor realizando leitura das grandezas elĂŠtricas


GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

no meio ambiente e influências no meio socioeconômico nas áreas de influência direta e indireta dos empreendimentos. Indo mais além, desde 2004 o Instituto Engevix - projeto de responsabilidade social da Engevix Engenharia S.A, tem a missão de promover a melhoria da qualidade de vida de comunidades de baixa renda da Grande Florianópolis, em Santa Catarina. O programa tem como meta a educação e o resgate da cidadania de seu público-alvo, buscando formas de enriquecer o aprendizado e a capacidade criativa da comunidade, auxiliando no seu desenvolvimento social. ESTRATÉGIA CORPORATIVA Em se tratando de modelos de gerenciamento, a companhia adota elevados padrões de governança corporativa em acordo com as normas exigidas das empresas de capital aberto, como por exemplo a adoção de Conselho de Administração e Conselho Fiscal, contratação de auditoria externa e manutenção de Área de Relações com Investidores. Em relação a qualificação profissional, de acordo com Coas, a mão de obra especializada é um dos grandes desafios para a companhia, principalmente para a Enex O&M. “Esta é uma mão de obra bastante especializada, especialmente quando falamos de O&M para parques eólicos. É uma área que deverá atrair muitos empregos num futuro próximo. Hoje nós temos dificuldade de encontrar essa mão de obra e investimos na qualificação, o que tem se mostrado uma fórmula que está dando certo porque estamos conseguindo montar uma sólida atuação em todas as regiões do país, o que é fundamental para atender nossos clientes com agilidade”, explica.

“Enxergamos um grande potencial de crescimento para O&M, especialmente considerando os projetos de energia eólica que devem ser desenvolvidos nos próximos anos” – Robert Coas, CEO w w w. d e s e n v i x . c o m . b r

105


DESENVIX E ENEX

“Para nós, 2014 foi um ano muito importante, de consolidação de fundamentos financeiros, melhoria do perfil de nossa dívida, enxugamento de estrutura, investimento em produtividade” – Robert Coas, CEO

Sala de painéis de Monjolinho

106

Novembro 2014

Outro elemento fundamental referente as estratégias de melhoria à qualidade, saúde e segurança, além dos contínuos investimento em tecnologia, é manter os profissionais dedicados e engajados com a missão da empresa. “Para isso, investimos bastante em nosso pessoal, terceirizando o que é necessário e focando no desenvolvimento das atividades ligadas diretamente ao negócio”, explica Coas. REESTRUTURAÇÃO SOCIETÁRIA Em 22 de setembro de 2010, após uma reestruturação societária executada para a entrada indireta da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) em seu capital social, a Companhia passou a operar sob a denominação social “Desenvix Energias Renováveis S.A.” (Desenvix). Em setembro de 2011, a Desenvix conquistou a concessão de registro de Companhia aberta dada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), seguido pelo evento de listagem das ações da Companhia no Bovespa Mais. Em março de 2012, a estatal norueguesa SN Power, passou a integrar o quadro de acionistas da Desenvix com 40,65% do capital social; a Jackson Empreendimentos mantém igual percentual; e a Fundação dos Economiários Federais (Funcef), 18,7%. Em razão de alteração no controle acionário do Grupo SN Power, em junho de 2014, a SN Power Brasil Investimentos


GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Turbinas de Monjolinho

Ltda. alterou sua denominação social para Statkraft Investimentos Ltda. A Statkraft é uma empresa de origem norueguesa, líder e maior geradora de energia renovável da Noruega, sendo ainda a terceira maior da região nórdica da Europa desde a década de 90, atuando nos segmentos de energia hidroelétrica, energia eólica e gás de aquecimento urbano. TENDÊNCIAS E O FUTURO Acompanhando o grande potencial para energias renováveis no setor, sem dúvida, a diversificação da Desenvix se torna ainda mais notável. Coas comemora os bons ventos considerando que, “em primeiro lugar, é importante frisar que enxergamos essa força no mercado para energias w w w. d e s e n v i x . c o m . b r

107


DESENVIX E ENEX

Manutenção geral em transformad potencial em subestação de alta te

renováveis, especialmente para os parques eólicos. A dependência do regime de chuvas e o caráter hidrológico do modelo de energia brasileiro, somados aos altos preços de energia e de sua distribuição pelo país, têm estimulado o governo e o setor de um modo geral a concentrar suas atenções para as energias renováveis, como eólica e solar, além da biomassa.” Ainda assim, o impacto explícito da MP 579 – Medida Provisória que trata da redução dos encargos na tarifa e da renovação das concessões no setor elétrico, somado à crise pela qual passa o setor de energia, definitivamente trazem à tona alguns obstáculos. “Certamente (esses fatores) representam desafios, com os quais estamos lidando muito bem, graças aos nossos sólidos fundamentos financeiros e foco em ações que possam aumentar a produtividade e eficiência da empresa”, diz Coas com 108

Novembro 2014


GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Informação da Companhia NOME

Desenvix

INDÚSTRIA

Energia Renovável SEDE

Florianópolis (SC) FUNDAÇÃO

19 de maio de 1995

dores de corrente e ensão

FUNCIONÁRIOS

60 Desenvix e 350 Enex

satisfação. Quando perguntado como ele enxerga a Desenvix daqui há cinco anos, o CEO Robert Coas é franco. “Para nós, 2014 foi um ano muito importante, de consolidação de fundamentos financeiros, melhoria do perfil de nossa dívida, enxugamento de estrutura, investimento em produtividade. Para os próximos anos, vamos trabalhar em novos projetos e estamos, por enquanto, olhando e estudando todas as possibilidades.” E completa, “e é fundamental destacar que temos, hoje, uma empresa de sólidos fundamentos financeiros”.

PRODUTOS / SERVIÇOS

Notadamente geração hidrelétrica e eólica e novas tecnologias de geração de eletricidade, como solar/fotovoltaica e WTE

w w w. d e s e n v i x . c o m . b r

109


Biocor Instituto

é à base de pesquisa, aprimoramento técnico e investimentos contínuos Seja para cuidar da saúde ou tratar das doenças, o Instituto deseja sempre ser a primeira escolha em assistência à saúde Escrito por: Flávia Brancato Produzido por: Karla Sohn 111


BIOCOR INSTITUTO

O “A atenção carinhosa e sempre presente, garante ao Biocor Instituto um nível de aprovação raro: 99,7% dos pacientes e familiares se dizem satisfeitos com o atendimento da instituição” – Presidente do Biocor Instituto, Dr. Mario Vrandecic

112

Novembro 2014

Biocor Instituto vem sendo reconhecido ao longo dos anos como um hospital de referência internacional no diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares e mais recentemente, após se tornar um hospital geral, também vem se destacando como referência em muitas outras clínicas. Há quase 30 anos o BIOCOR se destaca como Centro de Referência em alta complexidade, com instalações para atendimento ambulatorial, internação e urgência/ emergência, em 40 especialidades médicas. Instalado em uma área de 32 mil m2 numa região nobre de Nova Lima, em Minas Gerais, o complexo conta com uma estrutura completa para consultas e serviços diagnósticos, através de um corpo clínico qualificado, formado por uma equipe de médicos autônomos e experientes, agregando cerca de 1.200 colaboradores preparados para prestar um atendimento humanizado com rapidez, eficiência e segurança, em todos os seus 320 leitos. EM CONSTANTE CRESCIMENTO Atentos à importância da educação continuada e da atualização em novas tecnologias, o Biocor Instituto tem investido constantemente em todas as áreas de operação, com destaque para o moderno sistema de informática integrado, mantendo-se focado na estratégia de diferenciação em tecnologia, prontuário eletrônico e assistência humanizada. Conveniados com mais de 70 operadoras de


P R E V E N Ç Ã O , D I A G N Ó S T I C O E T R ATA M E N T O

Planos de Assistência à Saúde, Seguradoras e Empresas de Auto Gestão, os serviços do Biocor são disponibilizados para aproximadamente 2 milhões de pessoas. “A atenção carinhosa e sempre presente, garante ao Biocor Instituto um nível de aprovação raro: 99,7% dos pacientes e familiares se dizem satisfeitos com o atendimento da instituição”, comemora o Presidente do Biocor Instituto, Dr. Mario Vrandecic, considerando que o reforço contínuo na assistência avançada e completa faz toda a diferença. “O índice atesta a condição de referência no setor, graças a infraestrutura moderna e tecnologia de ponta aliada ao modo muito particular de acolher e cuidar das pessoas em um momento tão especial, quando estão enfrentando problemas de saúde”, completa. Ainda com a visão estratégica focada em manter-se como referência nacional e internacional na alta complexidade, o hospital também investe continuamente no aprimoramento da gestão organizacional e de pessoas.

Corpo Clínico altamente capacitado e atendimento humanizado w w w. b i o c o r. c o m . b r

113


Os gases medicinais são medicamentos. Conte com nossa experiência.

A Linde Healthcare domina a regulamentação dos gases medicinais com sólida experiência em mercados de saúde dos cinco continentes. Experiência aliada às mais inovadoras e seguras soluções em gases medicinais. Conheça as soluções Linde Healthcare em: • Gases medicinais • Infraestrutura hospitalar • Oxigenoterapia domiciliar • Terapias do sono • Ventilação • Consultoria e serviços especializados Linde: Living healthcare

Linde Gases Ltda. Linde Healthcare, Al. Mamoré, 989, 11º e 12º andares, Alphaville, 06454-040, Barueri, São Paulo, Brasil Tel 0800.725.4633, cliente.lg.br@linde.com, www.linde-healthcare.com.br


P R E V E N Ç Ã O , D I A G N Ó S T I C O E T R ATA M E N T O

“Desde 2012, tivemos um crescimento de, aproximadamente, 11% da nossa força de trabalho, aliado à soluções na tecnologia e mecanização de processos”, diz Vrandecic. A meta é continuar também o crescimento no que diz respeito ao faturamento. O presidente explica que com o esforço focado na contínua melhoria assistencial, aprimoramento e expansão física, dentro de um planejamento prévio e considerando a política de sustentabilidade, “a tendência de crescimento é positiva. O crescimento médio anual tem sido de 16% desde 2012, e, para 2014, a previsão continua a mesma.” PLANOS DE INVESTIMENTOS Os investimentos referem-se desde ampliações nas estruturas físicas, máquinas e equipamentos, como nas áreas de TI. Destaque para Tomografia Computadorizada Multislice de 64 canais já em operação.

Novas suítes amplas e confortáveis w w w. b i o c o r. c o m . b r

115


Novos postos de enfermagem equipados para atender com eficiĂŞncia e agilidades aos pacientes

SuĂ­tes bem equipadas proporcionando conforto aos pacientes e familiares


P R E V E N Ç Ã O , D I A G N Ó S T I C O E T R ATA M E N T O

Trata-se de um dos mais avançados equipamentos de TC do mundo que permite a realização de exames com maior agilidade e com alta resolução de imagens, inclusive com tecnologia 3D, aumentando a acurácia diagnóstica das lesões vasculares através de dupla leitura de imagens, melhor avaliação nos demais segmentos corporais e medidas precisas para o melhor planejamento terapêutico, na realização de exames como, por exemplo, angiotomografia, hepatotomografia, colonoscopia virtual, enterotomografia, urotomografia, volumetria, dentre tantas outras aplicações. Em evidência também estão as áreas de educação técnica e profissional que envolve reforço na Escola Própria de Técnicos de Enfermagem, contando com uma programação de mais de 28 eventos científicos por ano. Vrandecic ainda afirma que outros pontos devem ser levados em consideração como a responsabilidade social. “Reafirmamos as nossas ações junto à sociedade com práticas inovadoras em meio ambiente e responsabilidade social, além de eventos semanais junto aos

w w w. b i o c o r. c o m . b r

117


Novos postos de enfermagem equipados para atender com eficiência e agilidades ao

“A tendência de crescimento é positiva. O crescimento médio anual tem sido de 16% desde 2012, e, para 2014, a previsão continua a mesma” – Presidente do Biocor Instituto, Dr. Mario Vrandecic 118

Novembro 2014

nossos pacientes, como o programa Arte no Pátio”, explica. O presidente ressalta que “o Instituto tem se pautado pela análise e ações que levem em consideração o bom global e não somente o bom local. No último triênio foram investidos R$35 milhões em obras, equipamentos e despesas pré-operacionais, sendo igual importância prevista para investimentos no triênio 2014/2016”. Por fim, o Plano Diretor do Biocor prevê a


os pacientes

incorporação de uma nova área de cerca de 6 mil m². Em fase final de estudo, este projeto proporcionará novos leitos, a expansão do CTI, do bloco cirúrgico, do setor oncológico, do pronto atendimento, do Day Clinic, entre outros. EXCELÊNCIA E RECONHECIMENTO O Biocor Instituto foi o primeiro hospital no Brasil a contar com a Certificação Internacional ISO 9000 em todos os seus setores. Pioneiro na gestão de qualidade em Saúde, é certificado pela NIAHO (National Integrated Accreditation for Healthcare Organizations) - acreditação w w w. b i o c o r. c o m . b r

119


BIOCOR INSTITUTO

Dr. Mario Vrandecic, Diretor-Presidente do Biocor Instituto e Dra. Erika Vrandecic, Diretora Médica do Biocor Instituto

internacional desenvolvida pela DNV - Det Norske Veritas (empresa de certificação de origem norueguesa com 144 anos de existência) e aprovada pelo Centers Of Medicare and Medicaid (CMS) do Governo Americano, que busca capacitar e homologar os hospitais, não só nos Estados Unidos, como em outros países do mundo, tendo como foco, entre outros, a segurança dos processos, o relacionamento e a organização do Corpo Clínico. Sem modestia, o Biocor também compreende as certificações na gestão integrada ISO 9.001:2008, ISO 14.001 e a OSHAS 18.001, acreditado em nível de excelência ONA Nível 3. Todos provando ainda mais a consolidação do Biocor Instituto como referencial de excelência em serviços de saúde, destacando-se por seu consistente sistema de gestão 120

Novembro 2014


P R E V E N Ç Ã O , D I A G N Ó S T I C O E T R ATA M E N T O

e pelo compromisso com o desenvolvimento científico, tecnológico e humano. POLÍTICA DO SISTEMA DE GESTÃO Seguir os preceitos da legislação e do sistema integrado de gestão, conscientes da relação mútua entre instituição, pacientes, convênios, médicos, Segurança da Informação e o meio ambiente; Atender o paciente com humanismo, profissionalismo e dedicação, dentro dos mais elevados padrões da medicina moderna, com eficiência, Segurança da Informação e custo equilibrado; Usar a pesquisa e o desenvolvimento como meios para o contínuo aperfeiçoamento dos serviços, com Segurança da Informação e minimizando os riscos ao paciente, ocupacionais, ambientais, de responsabilidade civil e financeiros; Difundir e delegar a cada membro da organização a responsabilidade pelo serviço executado, minimizando os riscos ao paciente, da Segurança da Informação, ocupacionais, ambientais, de responsabilidade civil e financeiros, através do treinamento continuado; Envolver fornecedores e instituições de cooperação e apoio na busca constante dos melhores meios para a prestação dos serviços, atendendo as necessidades ambientais, ocupacionais e de Segurança da Informação e da instituição.

Informação da companhia NOME

Biocor Instituto INDÚSTRIA

Saúde SEDE

Nova Lima, Minas Gerais FUNDAÇÃO

1985 PRODUTOS / SEVIÇOS

hospital de alta complexidade G E S TÃ O

Mario Vrandecic: Diretor Geral Heloisa Vrandecic: Diretora Financeira Erika Vrandecic: Diretora Médica Ektor Vrandecic: Diretor Clínico

w w w. b i o c o r. c o m . b r

121


S

S P


SINDUSFARMA:

SINDICATO DA INDÚSTRIA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Escrito por: Nelson Mussolini Produzido por: Karla Sohn 123


S I N D U S FA R M A

C Nelson Mussolini, presidente executivo do SINDUSFARMA

Nelson Mussolini durante apresentação em workshop que tratou da rastreabilidade de medicamentos

124

Novembro 2014

om 81 anos de existência, o Sindusfarma é a maior entidade representativa da indústria farmacêutica no Brasil. Atualmente, congrega 182 empresas nacionais e internacionais que detêm mais de 90% do mercado de medicamentos no país. Em linhas gerais, o Sindusfarma orienta seus associados nas áreas de regulação sanitária, regulação de mercado e trabalhista. Também atua nas questões econômicas e tributárias, além de participar das discussões com o governo e organismos da área da saúde a respeito de todas as questões relacionadas ao desenvolvimento, produção e ampliação do acesso da população aos medicamentos. Conhecimento Ao longo de sua trajetória, o Sindusfarma tem reafirmado seu compromisso com a difusão do conhecimento científico e tecnológico e o aprimoramento dos profissionais da indústria farmacêutica. Desde 2000, os encontros e workshops promovidos pela entidade atraíram cerca de 95 mil participantes. O Sindusfarma também realiza grandes eventos, como Prêmio Sindusfarma de Qualidade, Colar Cândido Fontoura, Prêmio Excelência em Segurança e Saúde do Trabalho, Prêmio Bumerangue e Jogos Abertos Sindusfarma, entre outros.


81 ANOS DE LIDERANÇA

Grandes temas O Sindusfarma tem dialogado com autoridades, especialistas da área da saúde e a sociedade sobre grandes temas setoriais. Um deles é a redução da alta carga tributária que incide sobre os medicamentos no Brasil. É um absurdo que os impostos representem um terço do preço final dos medicamentos - 33,9% -, enquanto a média mundial de tributação do produto é de 6,3%. O Sindusfarma entende que a indústria farmacêutica instalada no país se ressente de algumas distorções na regulação econômica. Por exemplo, há a necessidade de modernizar a legislação que fixa preços e reajustes dos medicamentos, pois a regra em vigor penaliza os ganhos de produtividade e inibe os investimentos em Pesquisa e o Desenvolvimento (P&D).

Solenidade do Prêmio Sindusfarma de Qualidade, realizada na casa de espetáculos HSBC Brasil, em São Paulo w w w. s i n d u s f a r m a . o r g . b r

125


Cleiton de Castro Marques e Geraldo Alckmin


S I N D U S FA R M A

81 ANOS DE LIDERANÇA

Estande do Sindusfarma na feira FCE 2014

A correta remuneração da inovação é fundamental para as empresas sejam estimuladas a investir os altos recursos exigidos pela pesquisa de medicamentos de ponta. Acesso aos medicamentos Uma preocupação permanente do Sindusfarma diz respeito ao crescimento sustentado do acesso da população brasileira aos medicamentos. Como garantir o acesso a medicamentos mais modernos para as doenças graves e de larga incidência - câncer e as doenças degenerativas como Alzheimer, entre outras -, num contexto em que os recursos para a saúde são finitos, tanto por parte das empresas quanto do governo? O Sindusfarma entende que esse objetivo exigirá o aprofundamento das parcerias entre a indústria farmacêutica e o governo, para tirar proveito w w w. s i n d u s f a r m a . o r g . b r

127


S I N D U S FA R M A

Vencedores do Prêmio Excelência em Gestão de Saúde e Segurança do Traba em cerimônia realizada no Clube Sírio, em São Paulo

do poder de compra do Estado e da capacidade de produção e inovação das empresas. Além do aprimoramento dos sistemas de saúde público e privado, no sentido de racionalizar e elevar a qualidade de seus gastos. Perspectivas O Sindusfarma defende a tese de que o Brasil precisa definir uma estratégia clara de desenvolvimento da cadeia farmacêutica. Nos anos de 1970, o Brasil perdeu a oportunidade de criar uma sólida indústria farmoquímica baseada em medicamentos de síntese química. A grande oportunidade do momento está na biotecnologia. A indústria farmacêutica internacional está investindo pesadamente nos produtos biotecnológicos e o Brasil não pode perder essa chance. O Sindusfarma tem dito ao governo que a origem de capital não é o 128

Novembro 2014


81 ANOS DE LIDERANÇA

Informação da Associação INDÚSTRIA

Farmacêutica SEDE

São Paulo, SP FUNDAÇÃO

1933 NÚMERO DE ASSOCIADOS

alho,

182 empresas nacionais e internacionais

mais importante e sim que as pesquisas sejam feitas no Brasil e que seja montado no Brasil um tripé semelhante ao que sustenta os polos farmacêuticos dos países desenvolvidos: a colaboração estreita entre iniciativa privada e instituições acadêmicas, com o apoio do governo, por meio de incentivos. O governo tampouco deve assumir o papel das empresas no desenvolvimento e produção de medicamentos. Como acontece no resto do mundo, o alto risco envolvido em projetos de P&D de medicamentos deve ficar com a iniciativa privada.

PESSOAS CHAVES

Presidente Executivo: Nelson Mussolini Vice-presidente Executivo: Lauro Moretto

w w w. s i n d u s f a r m a . o r g . b r

129


A ESCOLHA NÚMERO 1 EM SEGURANÇA

Líder mundial na venda de retroescavadeiras e manipuladores telescópicos, JCB é sinônimo de inovação e pioneirismo Escrito por Flavia Brancato Produzido por Sergio Ambrosino

131


JCB

O

pioneirismo vem de sempre. A primeira máquina retroescavadeira do mundo foi desenvolvida na pequena cidade de Uttoxeter, na Inglaterra, pelo então fundador que dá o nome à JCB - Joseph Cyrill Bamford - e hoje é considerada uma das três maiores fabricantes mundiais de equipamentos de construção civil. A outra descoberta chegou mais de 20 anos depois, em 1977, com a criação do primeiro manipulador telescópico do mundo. A história de sucesso não parava por aí. Além de atingir a liderança global na venda de retroescavadeiras e manipuladores telescópicos, atualmente a JCB possui algumas das melhores instalações de engenharia do mundo, responsável pela produção de mais de 300 outros modelos de máquinas. Durante seus longos 67 anos de jornada, a JCB sempre investiu pesado em pesquisa e desenvolvimento, mantendo a qualidade e uma linha de inovação sempre à frente do mercado. Hoje a companhia conta com 23 fábricas, mais de 10.000 colaboradores espalhados por quatro

Linha de Produção JCB 132

Novembro 2014


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

Complexo de pintura, Fábrica da JCB

continentes, e seus produtos são orgulhosamente comercializados através de 2.000 pontos de vendas, em 150 países. EM 1995 CHEGOU AO BRASIL O presidente da JCB no Brasil, Carlos Hernández já começa dizendo, “nos destacamos no mercado pois temos a inovação em nosso DNA e seguimos a inquietude de nosso fundador. Nunca estamos satisfeitos. Queremos sempre aprimorar os processos para que nosso cliente receba os melhores produtos e serviços”. Aconteceu naturalmente, resultado de muito trabalho e aceitação do mercado. A comercialização dos produtos no Brasil começou em 1995, alguns anos depois foi inaugurada a primeira fábrica de retroescavadeiras. Precursora no desenvolvimento de tecnologia para manipulação de w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

133


Reduza a velocidade, preserve a vida.

O motor da construção.

A MWM é a maior fabricante de motores diesel do Mercosul porque suas soluções estão sempre à frente em tecnologia, confiabilidade e sustentabilidade. • Soluções personalizadas para cada cliente. • Motores veiculares, agrícolas, geração de energia, construção e marítimos. • Mais de 4 milhões de motores produzidos desde 1953. • Centro de Criação e Desenvolvimento. • 480 pontos de distribuição. • Exportação para mais de 30 países. • 3 unidades industriais (São Paulo - SP, Canoas - RS, Jesus Maria - Argentina).

clubedodiesel.com.br

mwm.com.br


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

materiais em obras de infraestrutura e para a agropecuária, a JCB sempre se preocupou no constante investimento para melhor atender o cliente com excelência e sustentabilidade. Foi pensando assim que, recentemente, a filial brasileira uniu as operações das duas fábricas (retroescavadeiras e escavadeiras) em uma moderna unidade fabril, com investimentos de cerca de 100 milhões de dólares, em um espaço de 200 mil m² com 33 mil m² de área construída. “Buscamos atender com excelência os mercados de construção civil, mineração e agrícola, e investimos para oferecer o melhor atendimento pós-venda especializado e próximo ao cliente”, explica Hernández. De qualquer forma, o forte investimento realizado pela JCB no Brasil não se resume

PERFIL DO FORNECEDOR

Carlos Hernández, presidente da JCB no Brasil

MWM INTERNATIONAL

A MWM INTERNATIONAL, fabricante independente de motores diesel líder no

Mercosul, conta com plantas em Santo Amaro (SP), Canoas (RS) e Jesús Maria,

em Córdoba – Argentina. Com 61 anos de atuação, a companhia, afiliada do grupo norte-americano Navistar, atua em mercados diversos como Estados Unidos,

Turquia, China, Coréia e México. Os produtos da empresa atendem aos segmentos veicular, agrícola, industrial, geração de energia e marítimo. A companhia está

estrategicamente instalada no Mercosul, com o objetivo de atender aos clientes da

região e trabalhar como base para exportação de produtos para o mundo todo. Hoje, a companhia exporta para mais de 30 países ao redor do mundo.

Website: www.mwm.com.br

w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

135


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

apenas ao parque fabril. Um bom exemplo é a moderna infraestrutura tecnológica instalada na unidade de Sorocaba que apresenta um dos mais modernos ambientes de TI, com sistema de ponta, equipamentos de última geração, totalmente projetados e dimensionados para atender todas as necessidades operacionais. O presidente ainda ressalta que, “diferente de outras empresas com foco específico na produção, a JCB aposta alto no Brasil e entende que para isto seria necessário criar as condições ideais para suporte do negócio, de acordo com sua visão e missão”. As demonstrações vão do avançado Data Center com sistemas de redundância física e lógica, sistemas contra incêndio e telefonia digital, a um importante sistema integrado SAP, com alto

SUPPLIER PROFILE

“Diferente de outras empresas com foco específico na produção, a JCB aposta alto no Brasil e entende que para isto seria necessário criar as condições ideais para suporte do negócio, de acordo com sua visão e missão” – Presidente da JCB no Brasil, Carlos Hernández

COMPANY NAME

Main text goes here and can be a block of copy - if there is no desire to indent the copy with headings. Main text goes here and can be a block of copy - if there is no desire to indent the copy with headings. If you need to create a new paragraph then just hit return and a separating rule appears for segregating the paragraphs. The text in this box aligns from the bottom up. Adjust the text box height of course, but leave the position of the box so that the bottom of the box has a y co-ordinate of 742pt. Website: address goes here as the last entry

w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

137


JCB

nível de integração e controle que disponibilizam informações precisas para uma correta tomada de decisões.

Agrimaster

Manipulador Telescópico Agrícola com fardo de algodão 138

Novembro 2014

O MERCADO DA CONSTRUÇÃO CIVIL Com a tendência do crescimento do mercado de manipulação de materiais tanto na construção civil, como na agricultura, pecuária e manutenção urbana, o setor acaba exigindo cada vez mais máquinas versáteis com alto nível de automação e tecnologia, além de proporcionar ao mesmo tempo economia de combustível e alta produtividade. Hernández é confiante e assume que “a JCB está preparada para atender este mercado, oferecendo máquinas de alta performance, que são referências em qualidade em todo mundo, como o caso do manipulador


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

telescópico.” Outra estratégia, segundo o presidente, são as formas que a empresa utiliza para driblar os desafios do setor. “Todo o setor enfrenta hoje as dificuldades do cenário econômico, com a desaceleração de obras públicas e do mercado imobiliário, porém a JCB segue apostando no mercado brasileiro”. Um exemplo para impulsionar as vendas foi a promoção de dois modelos de pás carregadeiras - que atuam tanto na construção civil, mineração e agricultura – que passarão as ser fabricadas no país, através de um investimento de R$ 5 milhões. Na produção, em geral, o departamento de engenharia é responsável pelos projetos de adaptação da linha de montagem e também na adaptação dos produtos à realidade do mercado brasileiro, de

“Nos destacamos no mercado pois temos a inovação em nosso DNA. Queremos sempre aprimorar os processos para que nosso cliente receba os melhores produtos e serviços” – Presidente da JCB no Brasil, Carlos Hernández

w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

139


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

Manipulador Telescópico

maneira que haja a máxima produtividade para o processo fabril e para os clientes. QUALIDADE E INVESTIMENTO De um modo geral, uma das principais prioridades da JCB é a saúde e a segurança dos colaboradores e prestadores de serviço. Dentre os diversos programas destinados a esses fatores, um dos destaques é o chamado Quase Acidentes. Basicamente, o programa é vinculado com todo evento que poderia ter sido um acidente mas que por pouco não foi. Dessa forma, toda vez que é apresentado um Quase Acidente a equipe se organiza para solucionar o problema, evitando possíveis acidentes no futuro. Hernández w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

141


JCB

Carlos Hernández

ainda assegura que “todos os colaboradores participam ativamente deste programa, de tal maneira que os mais atuantes são reconhecidos pela sua contribuição. A nossa meta é o Zero Acidente”, conclui. A busca pelo desenvolvimento sustentável também é outro ponto muito importante nos procedimentos da companhia. Além de seguir as diretrizes ambientais que regulam o correto descarte de resíduos, reaproveitamento de água pluvial, captação de energia solar e espaço exclusivo para coleta e separação de recicláveis, outras iniciativas de responsabilidade social e ambiental, ficam por conta da atividade de reflorestamento de cerca de 20% dos 200 mil m² de terreno da nova fábrica e, em parceria com o Centro de Orientação e Educação Social de Sorocaba (COESO), a JCB participa de projetos que proporcionam trabalho para as famílias em situação de risco social que vivem na região. 142

Novembro 2014


E Q U I PA M E N T O S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L

Informação da companhia INDÚSTRIA

Máquinas SEDE

Uttoxeter – Inglaterra FUNDAÇÃO

1945 PRODUTOS/ SERVIÇOS

retroescavadeiras, escavadeiras, manipulador telescópico, rolo compactador, pá carregadeira

Hernández evidencia que os contínuos investimentos são um dos principais fatores que faz com que a JCB mantenha a liderança global. “No ano passado inauguramos nossa planta de pintura, a qual recebeu um aporte de R$ 20 milhões” - a empresa é pioneira na construção de uma planta de pintura a pó método que garante maior durabilidade para as peças e reduz o impacto ambiental do processo, em comparação com o convencional. “Nos próximos anos queremos continuar trabalhando na nacionalização de mais modelos e manter o crescimento”, finaliza.

G E S TÃ O

Presidente: Carlos Hernández Diretor de RH: Rafael Cardoso Diretor de operações: Marcus Marchesin Diretor de vendas: Nei Hamilton

w w w. j c b b r a s i l . c o m . b r

143


FMM ENGENHARIA

Realizando o sonho da casa própria Com mais de 10 mil unidades habitacionais entregues no Brasil, atender às necessidades dos clientes é o objetivo principal da empresa Escrito por Flavia Brancato Produzido por Serio Ambrosino

145


FMM ENGENHARIA

F

undada em 1987, a FMM Engenharia é uma das maiores construtoras em números de unidades habitacionais entregues no Brasil. A empresa entregou mais de 10.000 unidades e atualmente, mais de 3.000 estão em construção. Eficiência que anda lado a lado com um compromisso que vai além de próprio negócio: o de garantir que mais brasileiros realizem o sonho da casa própria. Hoje, a FMM está presente nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, atuando na incorporação, construção e comercialização de edifícios residenciais. Obras construídas com o que existe de mais avançado em tecnologia, dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade. Tudo para oferecer conforto, espaço e qualidade de vida, sem abrir mão de preços acessíveis a todos os brasileiros, pelos financiamentos diretos com a Caixa Econômica Federal ou através do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

Residencial Cedros 146

Novembro 2014


MINHA CASA MINHA VIDA

Vila Verde

QUALIDADE A gestão da qualidade na FMM Engenharia foi desenvolvida com o objetivo de auxiliar no controle, padronização e monitoramento dos processos construtivos, buscando a melhoria e a inovação. Acreditando no conceito mundial de que tecnologia e qualidade caminham juntas, a FMM investiu em recursos de gestão que fazem com que a empresa tenha alto desempenho técnico, administrativo e produtivo. Aliando habilidade e capacitação profissional, os colaboradores são incentivados na especialização de suas atividades, com o objetivo de elevar sua produção. Para a busca da qualidade, foi necessário inserir na rotina diária a liderança e o trabalho em equipe, essenciais na conquista dos resultados e objetivos empresariais. A valorização humana e a busca pela excelência estão hoje disseminadas na cultura de qualidade da empresa. Destacando-se dos demais, o sistema de gestão é utilizado não w w w. f m m . c o m . b r

147


C O M PA N Y N A M E

Premier

somente como um requisito obrigatório, mas também como uma ferramenta de domínio, medição e melhoria contínua nas atividades desenvolvidas por toda a empresa, com o objetivo de construir melhor e crescer sempre. Com uma estrutura prontamente disposta e consolidada, a FMM preparou uma base forte e sustentável para atuar no mercado. A FMM não é obra do acaso. Foi construída dia após dia por profissionais que acreditam que a confiança pode ser conquistada com qualidade e dedicação. CERTIFICADOS As certificações obtidas pela FMM Engenharia asseguram operação e desempenho dentro de parâmetros técnicos evolutivos e por 148

Novembro 2014


SECTOR

conseqüência, produção de imóveis de qualidade constantemente atestada. Credenciada e certificada pelo Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade no Habitat – PBQP-H, e pelas Normas de Qualidade Internacional ISO 9001, a FMM faz parte de um seleto grupo de empresas brasileiras cujo controle da qualidade dos materiais utilizados, assim como componentes e a gestão construtiva são garantia de um excelente resultado. PARCERIAS A empresa tem total domínio sobre as tecnologias de construção e produção. Especializou-se em saneamento e obras industriais para a habitação, proporcionando aos consumidores a oportunidade de w w w. f m m . c o m . b r

149


FMM ENGENHARIA AF_anuncio_BR.pdf

1

10/6/14

5:20 PM

Le Village Pitangui 2

uma moradia de qualidade, com imóveis bem acabados, em locais estruturados e com preços acessíveis. Como exemplo, grandes parcerias são a chave do sucesso. Destaque para alguns dos principais clientes atendidos pela FMM Engenharia como: Caixa Econômica Federal; Prefeitura Municipal de Curitiba; Klabin; Scholpp Montage (Audi/Volkswagen); Bloco Indústria Cerâmica, entre outros. VALORES Dentro de um mercado tão exigente, ser reconhecida como uma das melhores construtoras que oferece e entrega - a seus clientes do segmento econômico - imóveis com os melhores acabamentos, prazos e custos, é um orgulho. Em mais de 25 anos de operações, a FMM 150

Novembro 2014


MINHA CASA MINHA VIDA

Informação da companhia INDÚSTRIA

Construção SEDE

São José dos Pinhais, Paraná FUNDAÇÃO

1987 FUNCIONÁRIOS:

500 PRODUTOS/ SERVIÇOS

mantém os mesmos valores de respeito, ética e transparência, para continuar atendendo a indústria e manter o comprometimento de qualidade em todos as etapas, desde a incorporação, construção e comercialização de seus edifícios residenciais. Sempre em busca dos melhores resultados, a empresa também leva em consideração os fatores ligados à sustentabilidade, o comprometimento dos colaboradores e, sem dúvida, a entrega das obras no prazo, constatando a satisfação dos clientes em todos os sentidos.

Incorporação, construção e comercialização de edifícios residenciais G E S TÃ O

Diretor Técnico: Gustavo Tetto

w w w. f m m . c o m . b r

151


ID Logistics

investe em novas parcerias e expansão internacional Desenvolvendo soluções logísticas com padrão de excelência e um modelo de sucesso Escrito por: Flávia Brancato | Produzido por: Taybele Piven


153


ID LOGISTICS

C

om a proposta de desenvolver uma logística inteligente, combinando os benefícios de uma sólida estrutura, tecnologia de ponta, eficiência operacional e inovação, o grupo ID Logistics desenvolve e implementa soluções logísticas sustentáveis sob medida para o mundo inteiro. Operando em 14 países, a empresa conta com 170 centros operacionais e emprega mais de 13 mil funcionários. A ascensão do grupo iniciou-se logo após o lançamento na França de serviços destinados à armazenagem e distribuição de produtos em geral, com a abertura de sua primeira filial em Taiwan no final de 2001. Dali em diante, o sucesso e a expansão das implantações não pararam mais, incluindo clientes líderes do mercado em países como Brasil, China e Espanha – trazendo novas parcerias a cada ano de operação.

Armazém Geral de Jaguariúna e frota da ID Logistics

1 5 4 N o v embro 2014


L O G Í S T I C A A D A P TA D A

Pessoa Chave

Nicolas Derouin Diretor Geral da ID Logistics no Brasil

Serviço de entrega em domicílio

Expansão Internacional e novos serviços A importância do crescimento global não é apenas relacionada ao número de novos parceiros, mas do plano estratégico do grupo em relação a ampliação das atividades, especialmente no que diz respeito à distribuição especializada. O Brasil, por exemplo, está entre os primeiros países no desenvolvimento internacional da ID Logistics e hoje é considerada a maior subsidiária do grupo, tanto em termos de receita, como em força de trabalho. Contribuindo também para todo esse esforço, o Diretor Geral da ID Logistics no Brasil, Nicolas Derouin, destaca, “Principalmente nesses últimos dois anos, o grupo tem se concentrado

“Vamos continuar com a nossa estratégia de crescimento que inclui aquisições direcionadas e um foco cada vez maior na expansão internacional” – Nicolas Derouin

w w w. i d - l o g i s t i c s . c o m / b r

155


Carregamento paletizado no Armazém Geral de Jaguariúna

em novos contratos e parceiras fortes e duradouras com soluções customizadas para responder o escopo específico dos projetos que estamos envolvidos. A ideia geral é montar as filiais em mercados atrativos se tivermos uma demanda de um parceiro nosso.” Outra ação importante foi a abertura de 25% do capital em 2012, onde o grupo reforçou sua estrutura financeira, com a entrada na bolsa de valores NYSE Euronext. Segundo Derouin, “Isso ajudou a empresa em diversas formas, não apenas em termos de gestão e comunicação estratégica mas também na diversificação de negócios, viabilizando ainda mais a realização de aquisições externas. 1 5 6 N o v embro 2014


Dentre tantas novas aquisições, principalmente de 2012 para cá, sem dúvida a compra da CEPL foi um dos fatores mais relevantes para a empresa. “Em 2012 o nosso faturamento foi em torno de 565 milhões de euros. Depois da aquisição da CEPL – que aconteceu no meio do ano passado - fechamos 2013 com um crescimento de 31.4%, atingindo 800 milhões de euros, explica Derouin. Ainda de acordo com o executivo, a expectativa para 2014 é que o faturamento da ID Logistics deve chegar ao patamar de 900 milhões de euros, levando em consideração o crescimento orgânico e a contabilização dos resultados anuais do grupo. No ano passado, outra nova parceria importante foi o contrato com a w w w. i d - l o g i s t i c s . c o m / b r

157


Diante desse cenário, ganha força a contratação de consultorias especializadas em gestão dos benefícios para implantação do GIS - Gestão Integrada da Saúde, que tem sido uma grande saída para os Gestores de RH e Financeiros. A VICTORY, por exemplo, é uma dessas consultorias, capaz de indicar soluções para redução de custos. Após uma análise de como o benefício é utilizado pelos funcionários, ações importantíssimas são propostas para mitigar a elevação de sinistros no plano de saúde. Um exemplo de sucesso da GESTÃO INTEGRADA DA SAÚDE é a da empresa ID LOGISTICS, multinacional francesa, que adotou para seus funcionários um Programa Na foto, Vera e a equipe de Qualidade de Vida Victory.

de Qualidade de Vida bastante efetivo com atuação em vários programas de saúde, iniciando com o mapeamento do perfil de saúde e apresentação estratégica para a alta

liderança, identificando, assim, hábitos e estilo de vida para ações de promoção e prevenção na empresa. Notadamente, as empresas de logística têm como característica a pulverização dos funcionários em várias filiais pela abrangência operacional. Com isso, o desafio do RH é bem maior para

A ÚNICA FORMA DE REDUZIR OS CUSTOS COM PLANOS DE SAÚDE É MANTER OS FUNCIONÁRIOS SAUDÁVEIS! A equipe mu ltid i s c i p l i n a r d a V i c to r y está pronta par a atu a r fo r te me n te a tr a v és de Programas de Saúde no ambiente corporativo.

montar equipe multidisciplinar e garantir a saúde de todos. A VICTORY trouxe a solução: Uma equipe de profissionais da saúde coloca a “mão na massa!”, como diz Vera. Composta por médicos, enfermeiros de gestão, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogas e assistentes sociais, o time trabalha para atingir as metas de redução de custos médicos, através da bandeira da prevenção e promoção à saúde.

“O mundo corporativo precisa entender que se queremos ter maior produtividade, menor absenteísmo e presenteísmo, uma equipe motivada e feliz, tem que investir na prevenção e promoção da saúde no ambiente da empresa”. Com esta frase, VERA BEJATTO, Presidente da VICTORY CONSULTORIA, uma das mais importantes e qualificadas empresas de gestão integrada de saúde, afirma que não existe outra fórmula de manter controlados os custos dos planos de saúde. A consolidação no setor de saúde suplementar e o crescente número de prestadoras desse serviço com dificuldades financeiras, diminuíram as opções de planos de saúde ofertados. Além disso, não adianta apenas trocar de plano de saúde, porque se houver um problema na carteira, ele será repassado para a outra operadora e na renovação do contrato haverá aumento de preços novamente.

www.victorysaude.com.br

(11) 5088.0000

contato@victorysaude.com.br


ID LOGISTICS

L O G Í S T I C A A D A P TA D A

Colaboradores da ID Logistics atuando na organização do CD

Nivea. Entrando na indústria de cosméticos, a ID criou uma nova plataforma com equipamentos especializados, scanners integrados, e softwares que evitam as operações manuais. “Esse tipo de investimento nos ajuda a eliminar o risco de erros, reduz o prazo de entrega e otimiza custos. Tudo é monitorado automaticamente e os resultados são formidáveis”, comemora Derouin. O teor do negócio Desde sua criação, a ID Logistics desenvolve serviços de logística, seguindo um padrão de excelência e um modelo de sucesso. Tendo como atividade principal o fornecimento de serviços de logística e otimização de supply chain para grandes players da indústria e do setor de distribuição, a proposta principal é trabalhar com

“A ideia geral é montar as filiais em cada país para atender primeiro as necessidades específicas daquele mercado e depois desenvolver novos projetos” – Diretor Geral da ID Logistics no Brasil, Nicolas Derouin

w w w. i d - l o g i s t i c s . c o m / b r

159


ID LOGISTICS

“No geral, o nosso faturamento fica dividido assim: 41% varejo, 27% indústria, 26% unit picking e 6% e-commerce” – Diretor Geral da ID Logistics no Brasil, Nicolas Derouin

Equipe de Engenheiros de Segurança

1 6 0 N o v embro 2014

soluções de armazenagem, serviços de valor agregado e gestão de transporte. Tendo como referência a importância da operação logística, antes vista como um “mal necessário”, com a demanda, tornou-se progressivamente uma ferramenta de criação de valor que diferencia a atuação da empresa. Os setores de atividades da ID Logistics cobrem uma boa parte das indústrias. Se colocarmos a distribuição do faturamento por segmento de atividade, o setor alimentício (secos) e o de bens de consumo são os principais, que correspondem por 20% e 18%, respectivamente. Como a logística contratual tem particularidades setoriais, a empresa integra seu posicionamento atuando fortemente na distribuição em larga escala também em mercados como eletroeletrônicos, farmácia e perfumaria, têxtil e e-commerce. “No geral, o nosso faturamento fica dividido assim: 41% varejo, 27% indústria, 26% unit picking e 6% e-commerce”, explica Derouin. Derouin lembra ainda sobre o evolução da empresa nesse sentido. “A ID começou com uma forte expertise no varejo convencional, diversificando para o varejo especializado - como é o caso de materiais esportivos e de construção - e mantendo o vínculo natural entre as indústrias, caracterizando o posicionamento da ID no mercado”.


L O G Í S T I C A A D A P TA D A

Visão geral do CD de Varejo e Construção Civil sob gestão da ID Logistics

Qualidade e tradição A garantia de evolução dos processos e de ganhos de qualidade e de produtividade também está entre as vantagens competitivas da empresa. Os sistemas de informação ainda agregam recursos internos de alto nível, reativos e especializados por tipo de atividade, gerando um resultado ainda mais profissional. Alguns exemplos de equipamentos utilizados nas operações, incluem o uso de empilhador inteligente em operações de armazenamento e o desenvolvimento de ferramentas específicas para gerenciar o transporte entre as diversas cadeias de suprimentos. w w w. i d - l o g i s t i c s . c o m / b r

161


ID LOGISTICS

Fachada filial Jundiaí

A solução de unit picking é outro serviço que atende às necessidades tanto dos fabricantes quanto dos varejistas. De um modo geral, enquanto o ponto de venda sempre foi o principal canal de distribuição, hoje com o crescimento e o boom do e-commerce, foi mais do que necessário a empresa entrar com um novo formato na organização logística. “Adaptamos toda a estrutura de unit picking, criamos uma unidade de negócios e-commerce e um formato novo de distribuição”, explica Derouin. O gerenciamento do transporte de seus clientes é outra operação de destaque das soluções da ID Logistics. O sistema de TI incorporado nas operações possibilita o rastreamento e a eficiência durante todo o processo de entrega - incluindo a Gestão de Sistemas de Transporte 1 6 2 N o v embro 2014


L O G Í S T I C A A D A P TA D A

Informação da Companhia INDÚSTRIA Logística SEDE Cavaillon (França) e Barueri, SP (Brasil) FUNDAÇÃO 2001 (Grupo) e 2002 (Brasil) FUNCIONÁRIOS 13.000 (Grupo) e 3.700 (Brasil) PRODUTOS / SERVIÇOS

(TMS) - para os mais de 1 milhão de encomendas entregues por ano. Dando continuidade ao excelente crescimento, o foco da ID Logistics está concentrado em concluir a integração com a CEPL e consolidar ainda mais o posicionamento da empresa em todos os setores. Com os ventos soprando a favor, Nicolas Derouin admite, “Vamos continuar com a nossa estratégia de crescimento que inclui aquisições direcionadas e um foco cada vez maior na expansão internacional”.

Especializado em contrato logístico, presente nos segmentos de varejo, indústria e-commerce, cosméticos e automotivo G E S TÃ O Eric Hemar, CEO Christopher Satin, COO Nicolas Derouin, Diretor Geral no Brasil

w w w. i d - l o g i s t i c s . c o m / b r

163


164

Business Review Brasil Novembro 2014  
Business Review Brasil Novembro 2014