Page 39

utilidades. No caso do ar-condicionado, a refrigeração funciona por meio de serpentinas entre placas que formam o forro superior de cada andar. “A operação tem que ser muito justa, caso contrário a condensação nas placas faz cair água dentro dos andares”, explica Alexandre Lacerda. Se tais parâmetros oscilam, é dado o alarme na central da E-Vertical, que opera a retomada do equilíbrio. Caso não seja possível reverter remotamente o processo, uma equipe de manutenção é enviada imediatamente ao local. Lacerda ressalta também a importância do registro das chamadas feito pelos usuários para ajustes da temperatura ambiente. Tais solicitações podem ser feitas por meio do Portal da E-Vertical que funciona on-line. Os relatórios somam um histórico, onde são detectadas as falhas do sistema que, corrigidas pontualmente, otimizam os serviços de manutenção. “Essa economia de tempo é importantíssima para o gerente do edifício”, assinala o Dirigente. Estas e outras importantes estratégias adotadas pela administração do prédio obtiveram uma considerável redução que chegou a cerca de 38% nos custos com consumo de energia. O ganho foi imediatamente notado no terceiro trimestre de 2009, comparando-se a igual período do ano anterior. A otimização no uso do ar-condicionado, sistema que responde por uma parte significativa na conta de energia e que passou a ser realizado pela operação remota, foi um dos destaques para o saldo positivo no Condomínio Santa Catarina.

www.buildings.com.br

Já as redes hidráulicas e de esgoto não correm risco de colapso. Os transbordamentos e a falta de água são evitados por um sistema de sensores instalados nas caixas d’água, nos limites inferiores e superiores. Eventuais irregularidades, como demasiada elevação ou baixa do nível, são detectadas pelos sensores que alertam a central de utilidades da E-Vertical. A central checa estes níveis 24 horas por dia, e se, apesar da normalidade, for observado um aumento excessivo no consumo de água, a equipe especializada em manutenção da E-Vertical realiza uma minuciosa vistoria manual em toda a rede hidráulica, tendo como principal objetivo detectar possíveis focos de vazamento.

Praticidade e economia O repasse das operações junto ao monitoramento da EVertical não chegou a demandar investimentos muito altos. “Foi criada uma interface com link dedicado entre a central de controles do edifício e a central da E-Vertical”, diz Alexandre Lacerda. Segundo ele, a equação elaborada para a redução de custos e o aumento da qualidade foi muito vantajosa. Ao invés de contratar quatro funcionários que ficariam à disposição realizando uma cobertura 24 horas por dia, por meio de revezamento, para controlar a operação e monitorar as utilidades e a segurança do prédio, o Condomínio Santa Catarina entregou os comandos aos cuidados da E-Vertical, que passou a operar as utilidades e os sistemas de segurança eletrônica focada em resultado. n

39

Espaços Corporativos Online

Revista Buildings - 11ª edição  

Revista trimestral voltada ao mercado imobiliário corporativo com conteúdo editorial sobre o assunto, além das ofertas de escritórios do tri...

Advertisement