Page 1

confederação brasileira de kendo - CBK

confederação brasileira de kendo - CBK

www.cbk.esp.br


O Kendo É a arte japonesa de duelar com espadas e significa literalmente “o caminho da espada”. Foi criado pelos Samurais durante o período de Kamakura (1180-1230), para desenvolver suas habilidades, sem a necessidade de sacrificar adversários. Os ensinos do Kendo ajudaram o Samurai a aprender a não levar em consideração suas próprias vidas em uma batalha, mas seguir o caminho que a espada o conduz, ou seja, para a vida ou para a morte. Kenjutsu era o nome dado ao Kendo, entretanto, em conseqüência da 2 a. Guerra Mundial, o Japão alterou a designação da prática para Kendo.

No Kendo há 4 alvos básicos, tendo como objetivo desarmar ou subjugar o oponente com um golpe. São eles: Cabeça, mão, abdomem e, finalmente, a garganta. A etiqueta e o respeito são fundamentais, reverenciando o local de treino, da luta e o adversário, independente do nível. Ao contrário de outras artes marciais, não possui qualquer sinal externo da graduação de seu praticante, sendo necessário confrontá-lo em uma luta, para saber suas habilidades. Objetivo da prática de Kendo: •Não golpear pontos incorretos para não desperdiçar golpes. •Golpear atacando e quebrando a postura do adversário. •Golpear com destemor, ‘sem pensar na derrota’.

Arte Marcial ou Esporte?

Pergunta-se sempre se o Kendo é uma arte marcial ou um esporte. Se considerarmos apenas os fundamentos filosóficos, o Kendo é uma arte marcial. Porém, não podemos ignorar o caráter esportivo da habilidade física exigida e exibida nas competições. O propósito do Kendo é aprimorar o uso correto da espada e seu objetivo é o aprimoramento humano. Também é considerado esporte por se colocar em prova os ensinamentos, a dedicação nos treinos e competições, buscando sempre o melhor resultado.


O Kendo É a arte japonesa de duelar com espadas e significa literalmente “o caminho da espada”. Foi criado pelos Samurais durante o período de Kamakura (1180-1230), para desenvolver suas habilidades, sem a necessidade de sacrificar adversários. Os ensinos do Kendo ajudaram o Samurai a aprender a não levar em consideração suas próprias vidas em uma batalha, mas seguir o caminho que a espada o conduz, ou seja, para a vida ou para a morte. Kenjutsu era o nome dado ao Kendo, entretanto, em conseqüência da 2 a. Guerra Mundial, o Japão alterou a designação da prática para Kendo.

No Kendo há 4 alvos básicos, tendo como objetivo desarmar ou subjugar o oponente com um golpe. São eles: Cabeça, mão, abdomem e, finalmente, a garganta. A etiqueta e o respeito são fundamentais, reverenciando o local de treino, da luta e o adversário, independente do nível. Ao contrário de outras artes marciais, não possui qualquer sinal externo da graduação de seu praticante, sendo necessário confrontá-lo em uma luta, para saber suas habilidades. Objetivo da prática de Kendo: •Não golpear pontos incorretos para não desperdiçar golpes. •Golpear atacando e quebrando a postura do adversário. •Golpear com destemor, ‘sem pensar na derrota’.

Arte Marcial ou Esporte?

Pergunta-se sempre se o Kendo é uma arte marcial ou um esporte. Se considerarmos apenas os fundamentos filosóficos, o Kendo é uma arte marcial. Porém, não podemos ignorar o caráter esportivo da habilidade física exigida e exibida nas competições. O propósito do Kendo é aprimorar o uso correto da espada e seu objetivo é o aprimoramento humano. Também é considerado esporte por se colocar em prova os ensinamentos, a dedicação nos treinos e competições, buscando sempre o melhor resultado.


A Finalidade da Prática do Kendo Moldar a mente e o corpo; Cultivar um espírito vigoroso; E, por intermédio de um correto e rígido treino; Se empenhar para o desenvolvimento da arte do Kendo; Valorizar a cortesia entre as pessoas e a honra; Relacionando-se com outros com sinceridade; Sempre buscar cultivar o auto desenvolvimento. Isto possibilitará: Amar seu País e a sociedade; Contribuir para o desenvolvimento da cultura; Promover a paz e a prosperidade entre todas as pessoas.


A Finalidade da Prática do Kendo Moldar a mente e o corpo; Cultivar um espírito vigoroso; E, por intermédio de um correto e rígido treino; Se empenhar para o desenvolvimento da arte do Kendo; Valorizar a cortesia entre as pessoas e a honra; Relacionando-se com outros com sinceridade; Sempre buscar cultivar o auto desenvolvimento. Isto possibilitará: Amar seu País e a sociedade; Contribuir para o desenvolvimento da cultura; Promover a paz e a prosperidade entre todas as pessoas.


Kendo no Brasil

A história das artes marciais japonesas no Brasil, entre elas do Kendo, começa com a chegada

dos primeiros imigrantes japoneses no Brasil, em 1908. Inicialmente, foi praticado individualmente por eles e seus descendentes, principalmente no interior do estado de São Paulo. Em 1933, na comemoração dos 25 anos da imigração japonesa, os praticantes de judô e kendo fundaram a primeira associação brasileira de judô e kendo, a “Hakoku Ju-Ken Do Ren-Mei”.

O Kendo passou a ser ensinado nas escolas de língua japonesa existentes nas colônias rurais.

O início da 2 a Guerra Mundial afetou a vida dos imigrantes japoneses no Brasil, pois todas as escolas de língua japonesa foram fechadas e qualquer manifestação da cultura japonesa foi proibida. Só após a 2 a Guerra que o Kendo voltou a ser praticado no Brasil, tomando contornos mais organizados, alguns anos depois, com a fundação do Zen Haku Kendo Ren-Me e, posteriormente, da ABRAKEN – Associação Brasileira de Kendo. Considera-se que a era moderna do Kendo no Japão e no Brasil, começou na década de 70.


Kendo no Brasil

A história das artes marciais japonesas no Brasil, entre elas do Kendo, começa com a chegada

dos primeiros imigrantes japoneses no Brasil, em 1908. Inicialmente, foi praticado individualmente por eles e seus descendentes, principalmente no interior do estado de São Paulo. Em 1933, na comemoração dos 25 anos da imigração japonesa, os praticantes de judô e kendo fundaram a primeira associação brasileira de judô e kendo, a “Hakoku Ju-Ken Do Ren-Mei”.

O Kendo passou a ser ensinado nas escolas de língua japonesa existentes nas colônias rurais.

O início da 2 a Guerra Mundial afetou a vida dos imigrantes japoneses no Brasil, pois todas as escolas de língua japonesa foram fechadas e qualquer manifestação da cultura japonesa foi proibida. Só após a 2 a Guerra que o Kendo voltou a ser praticado no Brasil, tomando contornos mais organizados, alguns anos depois, com a fundação do Zen Haku Kendo Ren-Me e, posteriormente, da ABRAKEN – Associação Brasileira de Kendo. Considera-se que a era moderna do Kendo no Japão e no Brasil, começou na década de 70.


Confederação Brasileira de Kendo - CBK A Confederação Brasileira de Kendo - CBK, como entidade oficial representativa do Kendo no Brasil, foi constituída em 1998. Estima-se que existam cerca de 1000 praticantes de Kendo em todo o país. Além dos campeonatos organizados pela CBK, são realizados os Exames de Graduação, que recebem candidatos de toda a América Latina, pois o Brasil é o único país latino-americano credenciado pela International Kendo Federation - FIK para a realização destes exames. Anualmente, a CBK realiza quatro campeonatos de abrangência nacional, são eles: Fevereiro - Campeonato Brasileiro - Mirim-Infanto-Juvenil abril - Campeonato Brasileiro Universitário JULHO - Campeonato Brasileiro - Adultos OUTUBRO - Campeonato Brasileiro Absoluto Participantes de alto nível técnico com graduação superior a 2o Grau para mulheres e 3o Grau para homens.


Confederação Brasileira de Kendo - CBK A Confederação Brasileira de Kendo - CBK, como entidade oficial representativa do Kendo no Brasil, foi constituída em 1998. Estima-se que existam cerca de 1000 praticantes de Kendo em todo o país. Além dos campeonatos organizados pela CBK, são realizados os Exames de Graduação, que recebem candidatos de toda a América Latina, pois o Brasil é o único país latino-americano credenciado pela International Kendo Federation - FIK para a realização destes exames. Anualmente, a CBK realiza quatro campeonatos de abrangência nacional, são eles: Fevereiro - Campeonato Brasileiro - Mirim-Infanto-Juvenil abril - Campeonato Brasileiro Universitário JULHO - Campeonato Brasileiro - Adultos OUTUBRO - Campeonato Brasileiro Absoluto Participantes de alto nível técnico com graduação superior a 2o Grau para mulheres e 3o Grau para homens.


14° WKC - WORLD KENDO CHAMPIONSHIPS

Kendo Brasileiro no Mundo No Japão, em outubro de 1967, foi realizado o Campeonato Mundial de Confraternização, na cidade de Tóquio. Nesta ocasião, os nove países participantes, incluindo o Brasil, decidiram organizar o 1 o Campenato Mundial de Kendo. Foi em abril de 1970 que ocorreu o primeiro Mundial, nas cidades de Tokyo e Osaka. Neste campeonato, a equipe brasileira conquistou o 3 o lugar na modalidade por equipes. Desde então, o Kendo brasileiro é muito respeitado internacionalmente, não só pela organização, como pelos expressivos resultados alcançados nos campeonatos mundiais.

Em 2009, é a vez do Brasil sediar esta competição, que reunirá pessoas de todas as partes do mundo para disputar e apreciar esta arte milenar. O 14° Campeonato Mundial de Kendo será realizado na cidade de São Paulo e espera-se uma grande repercussão do evento em toda a mídia, assim como no 5° Mundial em 1982, também em São Paulo. Participarão cerca de 47 países (América do Sul, América do Norte, Europa, Ásia, Oceania, África) filiados à International Kendo Federation – FIK que deverá contar com cerca de 700 atletas e membros de suas delegações.

WKC – World Kendo Championships

Resultados do Brasil nos Campeonatos Mundiais de Kendo Edição 1 o WKC 5 o WKC 6 o WKC 7 o WKC 10 o WKC 11 o WKC

Ano

Local

Modalidade

1970 Tóquio/Japão

Equipe Masculina

3 o lugar

1982 São Paulo/Brasil

Equipe Masculina

2 o lugar

1985

Equipe Masculina

2 o lugar

1988 Seul/Corea

Equipe Masculina

3 o lugar

1997

Individual Feminina Equipe Masculina

2 o lugar 3 o lugar

Equipe Feminina Equipe Masculina

2 o lugar 3 o lugar

Paris/França

Kyoto/Japão

2000 Santa Clara/EUA

Colocação

Em julho de 2003, o Brasil participou do 12 o Campeonato Mundial de Kendo, na cidade de Glasgow, Escócia, onde três atletas brasileiros receberam a premiação de Honra ao Mérito, o mesmo ocorrendo no 13 o , realizado em Taipei (Taiwan) em dezembro de 2006, onde dois atletas receberam essa premiação. O Campeonato Sul-Americano em todas as suas 17 edições até 2007, teve o Brasil como campeão por Equipes e na modalidade individual. A próxima edição do Campeonato Sul Americano, será realizado no Brasil (2008).

Sua empresa ao lado da nobreza Mostre para o mundo inteiro que sua empresa apóia o espor te, a qualidade de vida e o desenvolvimento humano. Patrocine este grande evento e associe sua marca aos valores nobres dos Samurais.


14° WKC - WORLD KENDO CHAMPIONSHIPS

Kendo Brasileiro no Mundo No Japão, em outubro de 1967, foi realizado o Campeonato Mundial de Confraternização, na cidade de Tóquio. Nesta ocasião, os nove países participantes, incluindo o Brasil, decidiram organizar o 1 o Campenato Mundial de Kendo. Foi em abril de 1970 que ocorreu o primeiro Mundial, nas cidades de Tokyo e Osaka. Neste campeonato, a equipe brasileira conquistou o 3 o lugar na modalidade por equipes. Desde então, o Kendo brasileiro é muito respeitado internacionalmente, não só pela organização, como pelos expressivos resultados alcançados nos campeonatos mundiais.

Em 2009, é a vez do Brasil sediar esta competição, que reunirá pessoas de todas as partes do mundo para disputar e apreciar esta arte milenar. O 14° Campeonato Mundial de Kendo será realizado na cidade de São Paulo e espera-se uma grande repercussão do evento em toda a mídia, assim como no 5° Mundial em 1982, também em São Paulo. Participarão cerca de 47 países (América do Sul, América do Norte, Europa, Ásia, Oceania, África) filiados à International Kendo Federation – FIK que deverá contar com cerca de 700 atletas e membros de suas delegações.

WKC – World Kendo Championships

Resultados do Brasil nos Campeonatos Mundiais de Kendo Edição 1 o WKC 5 o WKC 6 o WKC 7 o WKC 10 o WKC 11 o WKC

Ano

Local

Modalidade

1970 Tóquio/Japão

Equipe Masculina

3 o lugar

1982 São Paulo/Brasil

Equipe Masculina

2 o lugar

1985

Equipe Masculina

2 o lugar

1988 Seul/Corea

Equipe Masculina

3 o lugar

1997

Individual Feminina Equipe Masculina

2 o lugar 3 o lugar

Equipe Feminina Equipe Masculina

2 o lugar 3 o lugar

Paris/França

Kyoto/Japão

2000 Santa Clara/EUA

Colocação

Em julho de 2003, o Brasil participou do 12 o Campeonato Mundial de Kendo, na cidade de Glasgow, Escócia, onde três atletas brasileiros receberam a premiação de Honra ao Mérito, o mesmo ocorrendo no 13 o , realizado em Taipei (Taiwan) em dezembro de 2006, onde dois atletas receberam essa premiação. O Campeonato Sul-Americano em todas as suas 17 edições até 2007, teve o Brasil como campeão por Equipes e na modalidade individual. A próxima edição do Campeonato Sul Americano, será realizado no Brasil (2008).

Sua empresa ao lado da nobreza Mostre para o mundo inteiro que sua empresa apóia o espor te, a qualidade de vida e o desenvolvimento humano. Patrocine este grande evento e associe sua marca aos valores nobres dos Samurais.


confederação brasileira de kendo - CBK

confederação brasileira de kendo - CBK

www.cbk.esp.br


14º WKC - Kendo  

14º WKC - Worlsd Kendo Championship

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you