Page 1

Feito para todas as classes

Itajaí, 15 de outubro de 2021 | Ano XXIII | N° 1.015

Balcão de Empregos ultrapassa a marca de mil vagas de emprego em Itajaí

DIVULGAÇÃO

Terça-feira, 19, tem reunião do Fórum de Defesa da Autoridade Portuária Pública Municipal PÁGINA 3

DIVULGAÇÃO

MARCOS PORTO

PÁGINA 5

A polêmica das motos elétricas proibidas de rodar em via pública no Brasil PÁGINA 5


2

COLUNA PRISCO PARAÍSO

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

O drible de Amin

A mesa do Senado Federal impugnou o requerimento de urgência do senador Esperidião Amin que pede celeridade na tramitação da mensagem do governo federal (MSF 18/2021) que submete à apreciação do Senado a indicação de André Mendonça para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Mendonça é o advogado terrivelmente evangélico que Bolsonaro indicou para a vaga de Marco Aurélio Mello no puxadinho que chamam de STF neste país. O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa, Davi Alcolumbre, contrariado com o Planalto desde que Bolsonaro não apoiou sua recondução à presidência do Congresso (no que fez muito bem), sentou em cima do processo, parado há três meses. Algo nunca visto antes na história deste país. Caso fosse aprovado o pedido de urgência protocolado por Esperidião Amin, a sabatina de Mendonça, que é pré-requisito constitucional para qualquer indicado ao STF, iria diretamente para o plenário, deixando Alcolumbre a ver navios. O drible político, no entanto, não funcionou. Amin não desistiu. Encaminhou uma Questão de Ordem para estabelecer a possibilidade da adoção de urgência para a deliberação do Senado Federal sobre a indicação de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

Marcos Pereira. O governador atuou fora do eixo de articulação do seu secretário chefe da Casa Civil, Eron Giordani. Foi um recadaço para o PSD, leia-se Julio Garcia e João Rodrigues. O chefe do Executivo deixa claro que não avalia apenas a alternativa posta na mesa por eles, que seria o acordo com o MDB. O governador busca outras opções. De quebra, escancara que não ficará refém das, digamos, habilidades do trio Garcia, Rodrigues e Giordani quando assunto são os acordos e acertos políticos. Eron Giordani faz a articulação com a Alesc e manobra com vistas às eleições do ano que vem. Quando se fala em Giordani, fala-se, obviamente, do deputado Julio Garcia, o padrinho político do secretário. Julio Garcia, nunca é demais lembrar, foi algoz de Moisés da Silva. Tentou cassá-lo através de dois pedidos de impeachment que por muito pouco não degolaram o governador.

Tecla única

Essa articulação de Garcia e Giordani visa a arrastar o MDB para uma coligação com o atual mandatário estadual.

Acordo comercial

E aí, teríamos um grande acordo entre Moisés da Silva e Dário Berger, sob o viés empresarial, para dar um chega pra lá em Antídio Lunelli e Celso Maldaner? Há sinais de que este encaminhamento vai avançando nos bastidores.

Biruta de aeroporto

Desde que Luiz Henrique da Silveira saiu do convívio dos catarinenses, em 2015, o MDB perdeu completamente a bússola. Não sabe para onde caminhar, essa que é a grande verdade.

PSD

Garcia carrega o MDB junto do projeto que ele vem pilotando nos bastidores. Garcia tem maioria no PSD, contando com o apoio do prefeito João Rodrigues, de Chapecó. Eles isolaram o ex-governador Raimundo Colombo, que nem de longe quer aproximação com Moisés da Silva. Outro ponto: o PSD é menor que o MDB. O PSD, contudo, está carregando o MDB a reboque para uma aliança em torno do governador?

O vice ideal

Um dos desejos do senador Jorginho Mello, pré-candidato ao governo do Estado e que atua para ser o candidato de Jair Bolsonaro em Santa Catarina, é ter pelo menos um partido forte como seu aliado em 2022. Em 2018, Mello conquistou a vaga na Câmara Alta com o apoio do MDB. Partido que muito provavelmente será seu adversário no pleito do ano que vem. Também por isso, a meta do senador é ter o PP em sua chapa. O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, (PP) é um dos nomes cotados. Ele posou ao lado de Jorginho Mello (PL) para uma foto. Também aparecem na imagem o secretário Nacional da Pesca e Aquicultura Jorge Seif e o vice-prefeito de Tubarão, Caio Torkaski (PL), que é pré-candidato a deputado federal.

No Sul

Com quem andas

É um bom exemplo a ser seguido, pergunta-se? Esse MDB não é mais passível de reconhecimento. MDB que já teve Luiz Henrique da Silveira, Casildo Maldaner, Jaison Barreto, Pedro Ivo Campos, Paulo Macarini, Dejandir Dalpasquale, Paulo Afonso Vieira e por aí vai. Definitivamente, a morte de LHS deixou o MDB mais perdido do que cego em tiroteio. Nesse ritmo, a sigla caminha rapidamente para um futuro sombrio.

A foto foi tirada em um encontro de psicultores no município de Armazém. No almoço, se conversou sobre a possibilidade do prefeito de Tubarão compor como vice na chapa de Jorginho Mello.

Moisés articula

Moisés da Silva foi a Brasília semana passada. Fez contatos políticos com os presidentes do Podemos, Renata Abreu, do Progressistas, Ciro Nogueira, e do Republicanos, Diretor: Carlos Bittencourt | carlos@bteditora.com.br 47 - 9 8405.8777 Diagramação: Solange Maria Pereira Alves (0005254/SC) solange@bteditora.com.br Departamento Comercial: (47) 3344.8600 O Jornal do Bairros é uma publicação da empresa Letras Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Anita Garibaldi, 425 Centro – Itajaí –SC. CNPJ: 03.334.705/0001-33 Telefone: (47) 3344.8600 Site: www.jornaldosbairros.tv

Impressão: Gráfica Soller

O Jornal dos Bairros não se responsabiliza pelos

Circulação: Itajaí, Balneário Camboriú, Navegantes e região.

artigos assinados pelos seus colaboradores ou de

Fale conosco: Sugestão de temas, opiniões ou dúvidas: carlos@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tv

matérias oriundas de assessorias de imprensa de órgãos oficiais ou empresas particulares.

Jornal filiado à Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina Rua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianópolis, CEP 88.015-090 Fone (48) 3029.7001 e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br


3

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

ACII entrega parecer sobre a manutenção da autoridade portuária de Itajaí Nesta semana, o presidente da Associação Empresarial de Itajaí (ACII), Mário Cesar dos Santos, entregou oficialmente ao superintende do Porto, Fábio da Veiga, e ao prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, a manifestação institucional da Associação em relação à autoridade portuária para renovação do convênio de delegação n° 08/97 e do operador portuário para o contrato de arrendamento. O documento contextualiza o que concluiu o setor empresarial do segmento portuário em face

da apresentação do Secretário Nacional de Portos, Diogo Plioni, bem como apresenta sugestões de correções no parecer da Univali, apresentado pelo Município no dia 04/10, no auditório do Porto. Em resumo, a conclusão da ACII, em consonância com a classe empresarial itajaiense, por ela representada, é favorável à autoridade portuária municipal, porém, de forma enxuta, a fim de não sobrecarregar taxas e custos do operador portuário.

MARCOS PORTO

Fórum de Defesa da Autoridade Portuária Pública Municipal se reúne na terça-feira, 19, para definir proposta final a ser apresentada à Secretaria Nacional dos Portos Discussão das sugestões e respostas às perguntas feitas a partir da Análise Técnica do Escritório de Projetos da Univali sobre a hipótese de Desestatização do Porto de Itajaí. Esse será o tema da reunião que acontecerá na próxima terça-feira, a partir das 14 horas, no Auditório do Porto de Itajaí. Estão presentes representantes do Fórum Parlamentar Catarinense, da Comissão Parlamentar Mista de Acompanhamento aos Estudos do Programa de Desestatização do Porto de Itajaí, a Universidade do Vale do Itajaí (Univali), a Assembléia Legislativa do Estado de SC (ALESC), e também os membros dos Órgãos da Administração Pública, Sociedade Civil Organizada (Entidades), do Terceiro Setor e Setor Produtivo e Classe dos Trabalhadores Portuários. O objetivo da aprovação da análise deste Estudo tem como objetivo também contribuir na Audiência Pública da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, que está marcada para o o dia 26 de outubro, às 10 h, com representantes da SNPTA, da EPL, da SPI e da Univali. O documento a ser apresentado está estruturado com base nos principais aspectos elementos da apresentação feita pelo Governo Federal (Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários -SNPTA), no último dia 25 de agosto em sessão na sede da Câmara de Vereadores de Itajaí e nas sugestões feitas ao Relatório apresentado na 3ª. Reunião do Fórum, no dia 04 de outubro de 2021, bem como dúvidas e questionamentos surgidos desde então.


4

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021 WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

Apenadas de Itajaí resgatam a autoestima ao participar do evento “Rosas de Outubro”

Presidente da CDL de Itajaí participou do Fórum Nacional do Comércio em Brasília Imagens: Divulgação/SAP

Para celebrar o Outubro Rosa, a Vara de Execuções Penais da comarca de Itajaí autorizou a realização do evento “Rosas de Outubro’, da Secretaria de Administração Penal (SAP), que atenderá 100% das mulheres privadas de liberdade do Complexo Prisional do VaIe do Itajaí. O primeiro grupo de 20 apenadas, para respeitar as regras sanitárias impostas pela pandemia da Covid-19, participou de palestra sobre a saúde da mulher e aprendeu técnicas de automaquiagem, o que é uma forma de também despertar o autocuidado. As primeiras mulheres foram capacitadas no Presídio Feminino de Itajaí, mas o evento segue até o mês de novembro para atender a todas. “A ação foi muito proveitosa e as apenadas se divertiram muito em uma atividade em que puderam aprender mais sobre maquiagem, sobre elas e sobre autoestima”, anotou a

magistrada Cláudia Margarida Ribas Marinho, titular da Vara de Execuções Penais da comarca de Itajaí. Após a sessão de maquiagem, as internas tiveram uma sessão de fotos, e cada uma receberá posteriormente sua foto como forma de incentivar a conscientização sobre saúde, bem-estar, autocuidado e resgate da autoestima. O evento teve início no último dia 6 de outubro, com uma palestra e dinâmica de automaquiagem para as policiais penais. Profissionais da Unisul apresentarão as palestras sobre a saúde da mulher, e os Doutores da Beleza, da Univali, ensinarão as técnicas de automaquiagem. Ações semelhantes ocorrem em outras unidades prisionais do Estado em apoio à campanha, que estimula o debate e o compartilhamento de informações sobre a saúde da mulher.

A

quinta edição do Fórum Nacional do Comércio foi realizada em Brasília e contou com a participação de lideranças empresariais de todo o Brasil. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Laerson Batista da Costa, esteve presente no evento que registrou ainda a participação do ministro da economia, Paulo Guedes. O Fórum Nacional do Comércio é uma iniciativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas - CNDL e neste ano por conta da pandemia de COVID-19, contou com um público restrito e número de va-

gas limitado. Durante os dois dias de evento, lideranças empresariais das Câmaras de Dirigentes Lojistas de todo o país debateram sobre os desafios e expectativas para o setor pós-pandemia e as alternativas para manter as atividades do setor de comércio e varejo. Durante os dois dias de encontro foram realizados painéis com temas sobre inovação, tecnologia e transformações econômicas que o Brasil está vivenciando. A quinta edição do Fórum Nacional do Comércio aconteceu nos dias 28 e 29 de setembro em Brasília.

Associação dos deficientes físicos amplia serviços para comunidade Parceria com Município de Itajaí e Semasa possibilitou reforma das instalações e abertura de nova sala de fisioterapia Bairros, e recebemos recursos do Semasa”, afirma Cláudio João da Cruz, presidente da APDEFI. O Município de Itajaí auxilia a APDEFI desde 2017. Em 2019, por exemplo, foram repassados R$ 52,5 mil em recursos para a associação por meio de convênio. Já para construção da nova sala de fisioterapia, aquisição de equipamentos, contratação de profissionais e manutenção, o Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura (Semasa) destinou R$ 84.996,30 em 2021. A autarquia também realizou repasse à entidade em 2020. Nesta semana, o prefeito Volnei Morastoni visitou a sede da APDEFI para ver as melhorias concluídas e também saber mais sobre as demandas da organização. O prefeito também conheceu a nova sala de fisioterapia, conversou com a administração da associação e com os pacientes que aguardavam o atendimento. “O serviço de fisioterapia é muito importante para os associados e pessoas atendidas pela APDEFI terem um

tratamento contínuo. Estamos levando todas as reivindicações para podermos, na medida do possível, continuar atendendo e ampliar o apoio para que

MARCOS PORTO

A Associação dos Portadores de Deficiência Física de Itajaí e Região (APDEFI) ampliou os serviços prestados à comunidade. A instituição promoveu uma reforma em sua estrutura e instalou uma nova sala de fisioterapia para atender a uma antiga demanda dos usuários. As melhorias foram possíveis com recursos disponibilizados pelo Município de Itajaí. Além da nova sala de fisioterapia, a APDEFI aprimorou sua oficina para conserto e pintura de cadeiras de rodas e uma área designada para atendimentos gerais. Também está em construção uma sala de informática que será direcionada para a comunidade local. Na estrutura atual, são realizados em média 15 atendimentos diários, além dos atendimentos fisioterápicos que ocorrem três vezes por semana. “A administração municipal auxilia a associação desde 2017. O troco solidário, recebido por indicação da prefeitura, foi o que nos manteve ativos durante a pandemia. Além da indicação, possuímos apoio de programas, como o Arte nos

a APDEFI continue prestando este importante trabalho às pessoas de nossa cidade”, comenta o prefeito Volnei Morastoni.


5

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

E

las estão à venda no país, mas são proibidas pela legislação de circular tanto em ciclofaixas quanto em vias de trânsito, sob risco de multas e apreensão. Na teoria, os ciclomotores devem circular na via, como os demais veículos. O problema é que as motos elétricas também não podem circular nas ruas e avenidas, já que não são veículos registrados na Base Nacional de Veículos. Fora a questão de legalidade, também existe o risco em ambos os locais de tráfego. “Elas são rápidas e pesadas demais para uma ciclovia, e são leves e frágeis demais para circular nas vias”, resumiu um especialista. Tem se tornado comum em grandes centros urbanos brasileiros ver pessoas, geralmente jovens, trafegando com motos ou scooters elétricos, geralmente em áreas de ciclovia. Quem tem um veículo como esse não pagou barato: eles são comercializados no Brasil a preços que variam de R$ 6.000 a R$ 20.000. No entanto, a prática vem gerando multas e até apreensão dos veículos quando estes se encontram com autoridades locais de trânsito. Isso porque esse tipo de veículo, embora tenha sua comercialização autorizada no país, ocupa uma espécie de limbo: não está autorizado a trafegar nem nas ruas, como um ciclomotor, nem nas ciclovias, como uma bicicleta. No caso das vias de trânsito, motos ou lambretas elétricas estão proibidas de ocupá-las junto com outros veículos, como carros, motos, ônibus e até os ciclomotores de até 50 cc, pois não são veículos emplacados nos Detran ou mesmo registrados na Base Nacional de Veículos. A solução seriam as ciclovias ou ciclofaixas, não é mesmo? Afinal, é justamente ali que a maioria dos condutores de moto elétrica circulam, juntamente com ciclis-

tas e, em muitos casos, pedestres. No entanto, os condutores desse tipo de veículo também são proibidos de transitar nas ciclovias e calçadas. O motivo? Tais motos elétricas se encaixam na categoria de ciclomotores, pois são consideradas grandes e potentes demais em comparação com uma bicicleta. Assim, teriam de rodar teoricamente na rua, como uma motocicleta. O que são os ciclomotores? De acordo com o Contran (Conselho Nacional de Trânsito), são “veículos de duas ou três rodas providos de motor de combustão interna, cuja cilindrada não exceda 50 cc, ou de motor de propulsão elétrica com potência máxima de 4 kW, e cuja velocidade máxima de fabricação não exceda a 50 km/h”. A oferta de lambretas elétricas está cada vez mais diversa. É possível encontrar modelos de todos os estilos e preços. Porém, o que mais chama atenção é sua potência: algumas delas chegam a até 80 km/h. No entanto, a maioria não passa de 35 km/h, segundo os revendedores do segmento. Porém, se as motos elétricas não podem trafegar em ciclovias, por serem classificadas como ciclomotores, mas também não podem rodar nas ruas, pois não possuem placas, onde elas podem rodar? Em vias públicas, no Brasil, por enquanto… Em lugar nenhum. E é isso que vem causando problemas para quem comprou um veículo do tipo. Por que os condutores de motos elétricas estão sendo multados? Em várias cidades do Brasil, inclusive Itajaí, usuários de scooters elétricos vêm sendo multados e tendo seus

FOTO ILUSTRATIVA

A polêmica das motos elétricas proibidas de rodar em via pública no Brasil

veículos apreendidos por autoridades. Segundo o Detran (Departamento Estadual de Trânsito), quem dirige uma moto elétrica na rua pode estar cometendo até quatro infrações, que podem chegar a um valor total de R$ 2.347 em multas:  Conduzir veículo não licenciado – Multa de R$ 293,47 (Como dito, não é possível licenciar motos elétricas no país)  Trafegar na ciclovia com ciclomotor – Multa de R$ 880,41  Conduzir sem habilitação – Multa de R$ 880,41  Andar de moto sem capacete – R$ 293,47 (Como não é obrigatório para ciclistas, ficou subentendido que também não seria necessário para uma lambreta, embora devesse ser obrigatório para todos).

Por que “cismar” com as motos elétricas agora? O crescimento das motos elétricas nas ruas, conduzidos especialmente por adolescentes sem CNH, chamou atenção de órgãos de trânsito, que vetou a circulação desse tipo de veículo nas ciclofaixas por representar perigo para os ciclistas, já que se trata de um veículo bem mais pesado e potente que uma bicicleta. Nas ruas e avenidas, a proibição ocorre pela inexistência de possibilidade de emplacamento. Sendo assim, em meio a blitzes e apreensões, o órgão prometeu fazer um debate público a fim de encontrar uma solução e propor as devidas alterações à lei.

Balcão de Empregos ultrapassa a marca de mil vagas de emprego em Itajaí

O Balcão de Empregos de Itajaí ultrapassou a marca de mil vagas para esta semana em diversas áreas de atuação e locais de Itajaí. Entre as oportunidades há demanda para atendimento de diferentes públicos, barista e analista fiscal e contábil. As opções de emprego também podem ser consultadas no aplicativo Conecta.í e no site empregos.itajai. sc.gov.br. Os atendimentos presenciais para se candidatar acontecem em quatro locais diferentes. Além do Centro de Serviços Integrados, o CRAS Itaiapava, o Centro Administrativo e Câmara de Vereadores também servem como ponto de atendimento presencial para se candidatar. Os atendimentos ocorrem de segunda a sexta-feira. (Confira os endereços abaixo). “Essas mil e vinte e três vagas de emprego demonstram o potencial de crescimento da economia e criação

de oportunidades para os cidadãos de Itajaí. O Município criou um ambiente de mercado e de investimentos que vem atraindo muitas empresas e vagas qualificadas. Diante disso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico se coloca à disposição do cidadão para encaminhá-lo às oportunidades de trabalho e também presta consultorias para a qualificação dos candidatos”, afirma o secretário da pasta, Thiago Morastoni. Como se cadastrar para o serviço on-line Caso já possua cadastro no sistema do Balcão de Empregos, o candidato poderá enviar um e-mail para encaminhamento@itajai.sc.gov.br, informando o número de CPF e o código da vaga. Para os que não utilizam o serviço municipal, será necessário preencher um formulário de cadastro, que pode ser acessado

aqui. Após o cadastro, o cidadão deve fazer o mesmo percurso já mencionado, enviando e-mail com CPF e código da vaga. Por enquanto, não é possível efetuar o cadastro através do aplicativo Conecta.í. A ferramenta está disponível somente para consulta de vagas. Diariamente é possível solicitar encaminhamento para, no máximo, duas vagas. O atendimento presencial é realizado nos seguintes locais:  CENTRO DE SERVIÇOS INTEGRADOS: Rua Antônio Caetano, nº105, Fazenda (Atrás do Teatro Municipal). Horário: Segunda a sexta-feira das 13h às 19hrs. Telefone: (47) 3246-1190  CENTRO ADMINISTRATIVO: Rodovia Antônio Heil, nº11320, Arraial dos Cunha Horário: Segunda a sexta-feira das 7h às 17hrs. Telefone: (47) 3241-2837

DIVULGAÇÃO

Serviço da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico encaminha cidadãos às empresas

 CRAS ITAIPAVA: Avenida Itaipava, nº4134, Itaipava Horário: Segunda a sexta-feira das 7h às 18hrs. Telefone: (47) 3349-4348  CÂMARA DE VEREADORES: Av. Ver. Abrahão João Francisco (Contorno Sul), 3825 – Ressacada. Horário: Segunda a sexta-feira das 8h às 18hrs. Fone: (47) 3344-7100


6

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021 WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV


7

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021

WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

neidefestas@matrix.com.br

Neide Uriarte Festa do Dia das Crianças no Clube Atiradores

Parabéns à Diretoria do Clube de Atiradores Vasconcelos Drumond, pela belíssima Festa do Dia das Crianças, realizada no dia 12 de outubro. Um dia de muitas brincadeiras, sorteios, almoço e diversas guloseimas.

(47)9977.2390 Neide Pasold Uriarte

Bodas de Prata de Juliana e Francisco

Parabenizamos o casal Juliana Sedrez Reis Patino e Francisco Patino, pela celebração das suas Vidas de Prata, no dia 11 de outubro. A comemoração de Bodas de Prata celebra vinte cinco anos de união e uma trajetória de experiências e realizações.

Dia 13 de outubro: Dia do(a) Fisioterapeuta

No dia 13 de outubro foi comemorado o Dia do(a) Fisioterapeuta. Quero através do Fisioterapeuta Lucas Corrêa, homenagear todos os Fisioterapeutas, pelo maravilhoso trabalho que realizam, na reabilitação das atividades físicas, motoras e respiratórias. Lucas Corrêa é meu Fisioterapeuta, no Centro de Reabilitação Pós-Covid de Itajaí.

Aniversário do Diácono Víctor Cadore

O dia 13 de outubro foi muito especial, para os familiares e amigos do Sr. Toti - Diácono Víctor Cadore, que completou 91 anos de vida. Parabéns! Feliz Aniversário! Que Deus lhe dê saúde e lucidez sempre!

Aniversário de Rosa Helena Severino

No dia 13 de outubro, a querida amiga Rosa Helena Severino comemorou mais um ano de vida e recebeu o carinho da família e amigos. Para a amiga Rosa desejamos uma vida repleta de: amor, paz, saúde, alegrias e prosperidade! Parabéns! Feliz Aniversário!


8

Ano XXIII - edição 1.015 - 15 de outubro de 2021 WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

IST participa da Regata Marina Itajaí O time busca a sexta vitória consecutiva nesta regata, que até 2018 era denominada Regata Marejada

O

Itajaí Sailing Team (IST) participa da Regata Marina Itajaí, que ocorre amanhã, sábado (16), partindo da Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina (ICSC) com destino a Itajaí, com a linha de chegada nas proximidades da Ponta de Cabeçudas. O percurso é de aproximadamente 35 milhas náuticas, cerca de 65 quilômetros. A regata conta pontos para a Copa Veleiros de Oceano. “A participação do IST na Regata Marina Itajaí é fundamental para o time embaixador da vela oceânica de Itajaí e Santa Catarina fortalecer sua ligação com a sua cidade de origem e a Marina Itajaí, parceira do time desde o seu surgimento”, diz o manager e comandante do IST, Alexandre Santos. Inclusive, há dois anos o IST garantiu o pentacampeonato nesta regata, que até a edição de 2018 era denominada Regata Marejada. A largada está prevista para as 11h de sábado e deve ser uma regata rápida, uma vez que estão previstos fortes ventos para o sábado, de até 30 nós. “Esse fator deve contar muito para um bom resultado do time itajaiense, que navega em um veleiro Soto 40, considerado um dos mais rápidos da classe Oceano”, acrescenta Alexandre. O time itajaiense é patrocinado pela APM Terminals Itajaí, Brasfrigo S/A, Multilog, Portonave, Braskarne Terminal Portuário, Platinun Log, Terminal Barra do Rio e Conexão Marítima. Tem o apoio da Marina Itajaí, Molin do Brasil, Lechler e NOB Multisports.

Lista de embarcações | Regata Marina Itajaí Marco Antônio/Nimbus Mauro Ribeiro/Biero Celso Faria/Argonauta Edio Luz/Quival Nuno Marques/Chiara di Luna Paulo Schaefer/Açores III Filipe Koefender/Terra Firme Gessé/Chicama Carlos Augusto de Matos/Terroso Sérgio Sevelliano/Dom Justo Alexandre Santos/Itajaí Sailing Team Henrique/Aracate Antônio/Missionário


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.