Issuu on Google+


O Grito Vermelho#1

O Grito Vermelho

1


O Grito Vermelho#1

2


O Grito Vermelho#1

Prefácio Este material é referente à trilogia O Grito Vermelho, precisamente ao Volume 1: A sinfonia da morte, sendo sua leitura indicada UNICAMENTE para os leitores que já terminaram todo o Volume 1, uma vez que há spoilers em todo o conteúdo aqui apresentado. Portanto, indico, e peço, a leitura SOMENTE após a conclusão do Volume 1: A Sinfonia da Morte. Com o material desse e-book, o ‚universo‛ do romance começa a ser desbravado.

3


O Grito Vermelho#1

4


O Grito Vermelho#1

O primeiro livro não é fácil, a ansiedade é como badalar de sinos: primeiro lhe tira o sono, para depois preencher sua mente... e os sinos só pararão de badalar ao fim da cerimônia! Bruno Leonardo de Godoi e Silva

5


O Grito Vermelho#1

6


O Grito Vermelho#1

Agradecimentos

Mais uma vez agradeço a Vinícius César pelo trabalho nas artes e ilustrações e a Marcelo Rattones pelo trabalho nos sites.

7


O Grito Vermelho#1

8


O Grito Vermelho#1

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Apocalipse 2:29

9


O Grito Vermelho#1

10


O Grito Vermelho#1

...estão dizendo que a Cidade do Vaticano sabia das mortes dos doze. Alguns franceses insinuam possível boicote à Itália, motivo: “não podem perdoar a terrível perda de um policial parisiense”. Por que o Papa nada fez? ... Mas o outro lado da moeda pergunta: “sabia realmente o papa sobre as mortes? Até quando a telecomunicação do Vaticano é eficiente?”. Intrigas à parte, o povo francês lamenta a perda de um ilustre patriota. “Passe bem, Jules Roche!”

C.K, Jornal Gazeta do Oeste, 16/05/60

11


O Grito Vermelho#1

O grupo Fiddich acaba de criar uma subdivisão corporativa: Fckova.com. Será novo grupo para estudos e aperfeiçoamentos em genética e biologia? ... Esperamos resultados positivos para a população e indústria farmacêutica!

L.L., Jornal Agora, 1940

12


O Grito Vermelho#1

...um grupo de pesquisadores suecos relatou, em uma respeitada revista científica de seu país, o contato com tribos nômades isoladas, e alegam, ainda, ter presenciado feitos sobrenaturais. Porém, nunca se provou nada. Já o Caso Geppetto sim (esse há provas e evidências). Próximo da região citada pelos suecos, lago Su-Ayna, foram encontrados dezenas de baús de madeira enterrados. Até então nada demais! “Baús enterrados podem ser normais, desde que se tenha histórico de comunismo e invasões violentas em um país”. Declararam alguns. Outros, entretanto, mais fantasiosos, se perguntavam: “seriam tesouros?”.

P.P., Le Monde, (data não citada).

13


O Grito Vermelho#1

14


O Grito Vermelho#1

Cronologia 1 - O Grito Vermelho. Para se ter completo entendimento da Cronologia desse Volume I, considerar as datas e locais marcadas com pontos de interrogação (?), como sendo eventos ocorridos que, de alguma forma, foram citados ou apenas lembrados no Volume 1: A sinfonia da morte, porém, não necessariamente citados ou lembrados com datas, e, sim com ‚acontecimentos ou lembranças‛, ou, até mesmo; ‚situações ocorridas no presente da narrativa mas que se remetem a fatos do passado‛. Todos esses eventos (?), ainda incógnitos, serão apresentados e narrados no Volume II: Apocalipse mental e Volume III: Amém.

15


O Grito Vermelho#1

Ao final da cronologia, se terĂĄ, entĂŁo, a

Cronologia Completa O Grito Vermelho

com

todos os fatos e acontecimentos da narrativa.

16


O Grito Vermelho#1

O Grito Vermelho Cronologia

17


O Grito Vermelho#1

HISTÓRIA PREGRESSA

 Ano: 1897. o

França:

Nasce

Jean-Martin

Charcot Hippolyte.

18


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1915. o

França: (?).

 Ano: 1917. o

Portugal: Primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima em Ourém.

o

(?)

 Ano: 1918. o

Rússia: (?)

19


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1920. o

Rússia: (?)

o

França: Nasce Mohands Deneuve Ravel.

 Ano: 1921. o

Rússia: (?)

o

Itália: Battista trabalha com os pais na biblioteca em Roma.

20


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1922. o

França: Nasce Louis-Jacques Simon. Nasce Adam Tomás Pascal.

 Ano: 1923. o

Inglaterra: Nasce John Newton.

o

Itália: Giovanni Battista entra para a Igreja (21 anos).

 Ano: 1925. o

Mongólia: (?)

21


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1930. o

Mongólia:

(?).

Az

Oroszlán

é

enviado para o Lago Su-Ayna. o

Paris: Aniversário de oito anos de Louis-Jacques

Simon.

(?).

Nasce

Susannah Anne-Marie Andèrs.

 Ano: 1931. o

Mongólia: (?) entrega (?) para um monge (Siddhart) em Ulan Bator. (?).

o

Itália:

Inauguração

da

Rádio

Vaticana. Antoní Kazarras (16 anos) conhece Giovanni Battista. (?). 22


O Grito Vermelho#1

o

Brasil: (?).

 Ano: 1933. o

França: (?).

 Ano: 1935. o

Roma: Kazarras (20 anos) entra para a Igreja.

23


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1940. o

Roma: Battista (38 anos) deixa a Igreja. Simon entra para universidade e conhece Adam.

 Ano: 1941. o

Roma: Battista funda a Fratellanza e aluga um templo religioso.

o

Brasil: Uma sede da Fratellanza é erguida em São Paulo, onde um padre amigo de Battista assume e conduz o templo. (?).

24


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1945. o

Rússia: (?).

o

França: Simon e Adam entram para polícia e conhecem Martin e Deneuve.

 Ano: 1949. o

França:

Simon

conhece

John

e

Susannah (19 anos, ainda estudante de medicina) em uma investigação com ajuda

da

Universidade

de

Paris,

parceria entre polícia e universidade, que forneceu ajuda técnica-científica para a investigação. 25


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1950. o

França: (?).

 Ano: 1951. o

França: Simon e Susannah saem juntos pela primeira vez.

 Ano: 1952. o

França: A SPAI – Sessão Para Assuntos Internacionais – é criada.

(?). 26


O Grito Vermelho#1

 Ano: 1955. o

França: William Fiddich conhece Louis-Isaac Simon.

 Ano: 1957. o

França: O acidente com os pais de Simon. (?).

 Ano: 1958. o

França:

Transferência

da

Administração Secundária para um prédio histórico no Lá Défense. Simon 27


O Grito Vermelho#1

e Deneuve ficam no prédio e o resto da equipe na Central de Polícia.

 Ano: 1959. o

França: Susannah é transferida para o Prédio

Técnico

onde

chefia

o

intercâmbio entre a Universidade de Paris e a Administração Secundária.

28


O Grito Vermelho#1

PRESENTE DA NARRATIVA Os acontecimentos que se seguem foram em maio, 1960 (hora aproximada).

29


O Grito Vermelho#1

o

Dia 2, segunda feira:

O ‚estranho senhor‛ visita a Capela Santa Rosa pela primeira vez, às 8h00min. As visitas se repetem nos dias 3, 4, 5 e 6. o

Dia 4, quarta feira:

Padre Marcel telefona para Giovanni Battista.

o

Dia 6, sexta feira:

Padre Marcel e Henri sofrem forte acidente vascular cerebral e falecem. o

Dia 7, sábado: 30


O Grito Vermelho#1

(?). o

Dia 8, domingo:

o

Dia 9, segunda feira:

(?).

O Vaticano recebe a mensagem telegrafada de Giovanni Battista. Battista envia uma mensagem para o Brasil. (?).

o

Dia 10, terรงa feira:

(?).

31


O Grito Vermelho#1

05h00min. Morte dos doze. 10h00min. Descoberta dos corpos pelas autoridades mongóis. (Um grupo de vários cães é avistado na região do Su-ayna, os nômades locais se assustam e vão até lá verificar. Descobrem os corpos e veem os cães que permaneciam ao redor, latindo, uivando e mordendo uns aos outros. Os nômades avisam as autoridades). 11h23min. Contato com a Embaixada Francesa em Ulan Bator. 11h30min. Contato da Embaixada com Paris (04h30min horário de Paris).

32


O Grito Vermelho#1

04h50min. Contato de Coronel Paoli para Simon (horário de Paris) avisando que já estava tudo pronto para a viagem de última hora. 05h50min. Voo de Paris para Ulan Bator (horário de Paris). 10h00min. (?). 10h20min. (?). o

Dia 11, quarta feira:

12h30min. A SPAI desembarca em Ulan Bator. 14h27min. Início dos trabalhos no lago Su-ayna. 20h00min. Reunião da equipe dentro da barraca. o

Dia 12, quinta feira: 33


O Grito Vermelho#1

07h57. Simon desperta do pesadelo.

o

Dia 13, sexta feira:

(?). (?). 14h15min: Apresentação de Kazarras. 15h10min: Conversa na sala de Simon. 17h15min: Simon e Kazarras comem no Café Royalle. 18h20min: Leopardo e Helénne chegam ao edifício de Giovanni Battista. 18h30min: Simon e Kazarras chegam ao apartamento de Giovanni Battista. 34


O Grito Vermelho#1

18h40min: Leopardo escuta vozes e passos no corredor do apartamento de Battista. 20h30min: Kazarras reza e abençoa a bíblia de Jules Roche, agora em posse de Simon. 21h00min: Simon e Kazarras deixam o apartamento. 21h05min: Leopardo deixa o apartamento. 21h35min: Simon pega um taxi e vai para casa de Deneuve. 21h37min: Leopardo deixa o prédio, confronta o cão negro e entra no carro dirigido por Helénne. 21h43min: Ligação de Leopardo. 22h15min: Helénne e Leopardo em Tróia. 22h00min: Simon chega à casa de Deneuve. 35


O Grito Vermelho#1

23h43min: Simon telefona para Adam e para Sally. o

Dia 14, sábado (França):

01h00min: Leopardo embarca em Troia e vai para o Brasil. Helénne fica em Paris. 04h00min: Kazarras telefona para Carrano. 05h45min: Adam corre à margem do rio Sena. 08h06min: Simon acorda na casa de Deneuve. 08h30min: Irmã Francisca liga para a Central de Polícia. 10h00min: Simon chega ao seu apartamento. 11h00min: John liga para Simon. 11h05min: Simon liga para Kazarras no hotel. 11h10min: Simon liga para Coronel Paoli. 36


O Grito Vermelho#1

11h20min: Simon liga para a Administração Secundária e passa as ordens. 11h50min: John e Katarina chegam à Capela Santa Rosa. 15h30min: John e Katarina retornam para a Central. 16h00min: Simon passa na Administração Secundária e pega o envelope para entregar à viúva de Jules Roche. 16h20min: Martin passa na Administração Secundária e volta com um envelope. 17h40min: Simon liga para Susannah da porta do prédio da família de Jules Roche. 18h00min: Susannah liga para Emily.

37


O Grito Vermelho#1

20h00min: Voo para o Brasil (Simon, Adam e Patrick partem). 20h23min: John termina as pesquisas no Prédio Técnico. 21h00min: Emily chega à casa de Susannah. o

Dia 14, sábado (Brasil):

00h00min: Carrano recebe a ligação de Kazarras. 13h00min: O Leopardo desembarca no Brasil. Um motorista o esperava e o leva a Rio Vermelho. 15h06min: Apresentação de Giuseppe Carrano e encontro do grupo no restaurante em Rio Vermelho. 16h00min: Residencial Pôr do Sol. 16h15min: Roubo do Volkswagen de Edmundo. 38


O Grito Vermelho#1

16h45min: Magrelo (o marginal) se envolve com Domingos. 16h50min: Leopardo chega ao Residencial Pôr do Sol e vê a cena de Domingos e Magrelo. 17h00min:

Ricardo,

Bob

e

Carrano

deixam

o

Residencial e vão para o Centro da cidade. 17h40min: A Polícia chega e lavram do B.O na praça. 18h16min: Carrano, Roberto e Ricardo descansam e alimentam à entrada do Comercial Henrique Galvão. 19h15min:

Domingos

e

Edmundo

jantam

no

restaurante. 19h23min: Ricardo encontra a ‘mulher prateada’.

39


O Grito Vermelho#1

19h35min: Edmundo deixa o restaurante e vai para São Paulo. 19h46min:

Carrano, Bob

e Ricardo chegam ao

restaurante. 20h15min: Chegam à casa de Bob. 20h20min: O Leopardo contorna o quarteirão de taxi. 21h20mim: Carrano termina a tradução do relatório que estava na pasta e no idioma inglês, copia seguindo a mesma formatação para folhas brancas retiradas do escritório Dalila & Dalila. 21h45min: O grupo captura Tiago que observava da rua. 22h57min: Um tiro de escopeta é disparado.

40


O Grito Vermelho#1

23h00min: Três tiros de uma pistola calibre 38 são disparados.

O fantasma deixa a casa de Bob e

desaparece rua abaixo. 23h15min: A mulher prateada assassina o casal vizinho de Dalila e pega uma agenda rosa dentro do apartamento de Dalila.

o

08h00min:

Dia 15, domingo (França):

John

e

Susannah

se

encontram

no

laboratório do Prédio Técnico. o

Dia 15, domingo (Brasil):

41


O Grito Vermelho#1

16h00min: Simon, Adam e Patrick desembarcam no Brasil, conhecem Matheus Berna e se hospedam em um hotel em São Paulo. o

Dia 16, segunda (Paris):

05h00min: Susannah e Martin partem para Ulan Bator. o

Dia 17, terça feira (Mongólia):

11h00min: Susannah e Martim desembarcam em Ulan Bator. Marieta, intérprete arranjada pela Embaixada, os aguardava. o

Dia 18, quarta feira (Mongólia):

42


O Grito Vermelho#1

19h05min: Morre Marieta. O ‚óbito‛ de Susannah Andèrs é avisado à Embaixada Francesa que repassa a informação para Paris. o

Dia 19, quinta feira (Brasil):

(?): Kournikova Leda van Mesihin recebe uma ligação de Ulan Bator e um envelope de Edmundo.

o

Dia 20, sexta feira:

Brasil: Simon e sua equipe deixam São Paulo e partem para Rio Vermelho. Adam recebe a notícia da ‘morte’ de Susannah. Edmundo se encontra com Kournikova.

43


O Grito Vermelho#1

Israel: Padre Kazarras e Padre Frederico chegam à Jerusalém. França: Helénne deixa Troia e embarca para Londres. Coronel U. Rhaiszen deixa Troia e embarca para Israel.

O lamento silencioso da alma... 44


O Grito Vermelho#1

45


O Grito Vermelho#1

Não, infelizmente as autoridades tiveram o dissabor de verificarem que, definitivamente, os baús não continham riquezas, e, sim; corpos humanos. As autoridades contaram pouco menos de vinte corpos, porém, a população local afirma serem mais de 100. Vinte ou cem, não importa! O caso foi mistério para as autoridades que o arquivaram. Pelo menos o fato possui uma informação tanto que cômica: o nome. Caso Geppetto foi o "apelido" de batismo. Caixas de madeiras com corpos humanos! Uma brincadeira com Geppetto e seu boneco de madeira Pinóquio. Porém, no Geppetto mongol, nenhuma criança se alegrará.”

P.P., Le Monde, (data não citada).

46


O Grito Vermelho#1

...enquanto isso, o lendário e insuperável "O Leão", promete apresentar a solução perfeita para a

Mãe Vermelha. .../... Mas o povo quer saber: “e o alimento em nossas mesas?” .../... A oposição já ataca: “A Mãe não precisa de leão e nem de outros felinos, e sim, de bovinos!”

(Carta anônima)

47


O Grito Vermelho#1

48


O Grito Vermelho#1

Notas complementares ao Volume um: A Sinfonia da Morte. A Administração Secundária, Academia de Treino, Clube de Tiro e Prédio Técnico, são locações fictícias, bem como a relação dos agentes especiais dentro do Prédio da Chefatura de Polícia de Paris. Todas as relações políticas ou organizações internas feitas no romance não possuem a intenção de expressar o funcionamento do governo francês e nem de sua política e polícia. Essa é uma obra de ficção e não tem caráter histórico-político-econômico. A menção ao órgão – instrumento musical – no Prólogo se refere a sua grande importância na história da música, sendo, de sorte, considerado por alguns como o ‚rei dos instrumentos‛. 49


O Grito Vermelho#1

Rio Vermelho é uma cidade fictícia. Trata-se de uma homenagem ao Rio Itapecerica, que corta e abastece Divinópolis, cidade do Centro Oeste de Minas Gerais. Ainda, os nomes Henrique Galvão, Bairro Jardim Capitão Silva e Bairro Santa Clara são homenagens diretas à Divinópolis.

50


O Grito Vermelho#1

51


O Grito Vermelho#1

Copyright Š 2013 by Bruno Godoi

52


O Grito Vermelho#1

Acesse: www.ogritovermelho.com www.facebook.com/ogritovermelho * Conte-nos suas interpretações, conclusões e dúvidas. * Discuta com outros leitores. * Participe de fóruns e discussões. Quais os mistérios por trás do romance? Qual o segredo de Louis Simon? * Acompanhe demais postagens e fique por dentro do universo O Grito Vermelho. Fale diretamente com o autor: ogritovermelho@ogritovermelho.com www.facebook.com/brunolgodoi

(Material produzido por Bruno Godoi) 53



O GRITO VERMELHO CONTEÚDO EXTRA#1